Capítulo 05 Estabelecimento de Contextos

Generalidades
Filme: Motor Mania

Gestão de Riscos - Capítulo 03

2

1

Generalidades
Estabelecer o contexto significa: • definir o que fazemos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

3

Generalidades
• mensurar se estamos sendo bem sucedidos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

4

2

Generalidades
• a quem podemos causar impacto com nosso trabalho

Gerência de Riscos - Capítulo 05

5

Generalidades
• quais as categorias ou grupos de atividades que compõem este trabalho.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

6

3

Generalidades
O estabelecimento de contextos define os parâmetros básicos dentre os quais os riscos devem ser gerenciados, e estabelece o escopo para o restante do processo de Gestão de Riscos.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

7

Generalidades
Estabelecer contextos também refere-se a: • Entender o histórico da organização e seus riscos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

8

4

Generalidades
• Definir o escopo das atividades de Gestão de Riscos que são realizadas

Gerência de Riscos - Capítulo 05

9

Generalidades
• Desenvolver uma estrutura para as tarefas de gestão de riscos subseqüentes

Gerência de Riscos - Capítulo 05

10

5

Generalidades
Os resultados desta etapa são: • o relato conciso dos objetivos organizacionais e critérios específicos para que tenhamos êxito

Gerência de Riscos - Capítulo 05

11

Generalidades
• os objetivos e o escopo da Gestão de Riscos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

12

6

Generalidades
• um conjunto de elementos-chave para a estruturação da atividade de identificação de perigos.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

13

Generalidades
O primeiro passo para gerenciar riscos é reunir informação relativa à empresa e seus objetivos organizacionais, tanto no âmbito geral quanto em suas particularidades, bem como identificar os ambientes interno e externo nos quais se buscam tais objetivos. Isto estabelece o contexto no qual os riscos são gerenciados.
Gerência de Riscos - Capítulo 05 14

7

Stakeholders
Pessoas e/ou organizações que podem afetar ou serem afetados por uma decisão, atividade ou risco, de forma positiva ou negativa. Também chamados de partes interessadas, ou público de interesse. Os stakeholders podem ser internos ou externos.

Stakeholders
Órgãos governamentais
Bancos e outras instituições financeiras

Familiares SAMU

Sindicatos
Empregados Proprietários Diretoria Acionistas

Mídia

ONGs
Comunidade

Parceiros CoBom
Fornecedores Concorrentes Filiais

Clientes Entidades patronais Matriz

Gerência de Riscos - Capítulo 05

16

8

Stakeholders
CoBoM Fornecedores Outras empresas Hospital FIEMG Filiais Clientes

Clientes

Clientes

1 km
Assoc. bairros

Clientes

5 km
Fornecedores Sindicato Fornecedores Unipac

10 km
SENAI

Bancos

SESI

TV Z

20 km
Fornecedores Rádio X

>20 km

Comunidades

SAMU

Polícia Militar

DRT-MTe

Outras unidades

ONGs

Clientes

Gerência de Riscos - Capítulo 05

Stakeholders

A análise dos stakeholders fornece um perfil documentado destes, possibilitando uma melhor compreensão de suas necessidades e interesses.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

Matriz
17 18

9

Stakeholders

STAKEHOLDERS

Positivamente

Negativamente

Influenciam

São influenciados

Gerência de Riscos - Capítulo 05

19

Stakeholders
Exemplo:
Ministério do Trabalho Positivamente Negativamente

Influenciam

• Fiscalização dos concorrentes • Orientação técnicolegal • Cumprimento da legislação de SSO

• • • •

Multas Penalizações Interdição Embargo

São influenciados

• Ocorrência de acidentes e doenças • Falta de registro de acidentes
20

Gerência de Riscos - Capítulo 05

10

Stakeholders

Os stakeholders devem ser devidamente incluídos em cada etapa/ciclo do processo de Gestão de Riscos, por meio de comunicação e consulta.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

21

Stakeholders O engajamento dos stakeholders promove a aceitação de gerar soluções construtivas; a nãoidentificação e/ou não-inclusão destes pode levar à não aceitação da proposta e de sua estratégia pelos mesmos.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

22

11

Stakeholders
ALTA PROBABILIDADE BAIXA MÉDIA

BAIXO

MÉDIO IMPACTO

ALTO
23

Contextos Interno e Externo
Estabelecimento de contextos

Contexto interno

Contexto externo

Contexto de Gestão de Riscos

Desenvolvimento de critérios Definição da estrutura
Gerência de Riscos - Capítulo 05 24

12

Contextos Interno e Externo
Contexto Interno
• • • Cultura organizacional Stakeholders internos • Capacidade da estrutura em termos de recurso Objetivos, estratégias e metas de negócio A organização deve procurar determinar o direcionamento chave do negócio e os valores dos stakeholders. Stakeholders externos •

Contexto Externo
Define o ambiente externo no qual a empresa opera

Gerência de Riscos - Capítulo 05

25

Contextos Interno e Externo
É igualmente importante para o processo de Gestão de Riscos considerar a missão, objetivos e metas da organização como um todo e também suas restrições de operação.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

26

13

Contextos Interno e Externo
A política e os procedimentos de Gestão de Risco devem levar em consideração os valores e a cultura da organização e os pontos de vista dos stakeholders quando do desenvolvimento e implementação

Gerência de Riscos - Capítulo 05

27

Contextos Interno e Externo
É importante estar consciente dos fatores organizacionais que influenciam decisões sobre os riscos de SSO, incluindo práticas de trabalho e procedimentos existentes, como aquelas relativas a:

Gerência de Riscos - Capítulo 05

28

14

Contextos Interno e Externo
• Melhorias no negócio

Gerência de Riscos - Capítulo 05

29

Contextos Interno e Externo
• Finanças

Gerência de Riscos - Capítulo 05

30

15

Contextos Interno e Externo
• Meio ambiente

Gerência de Riscos - Capítulo 05

31

Contextos Interno e Externo
• Produtos e serviços

Gerência de Riscos - Capítulo 05

32

16

Contexto de Gestão de Riscos
Os objetivos, metas, estratégias, escopo e parâmetros da atividade, ou parte da organização para a qual o processo de Gestão de Riscos está sendo aplicado devem ser estabelecido.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

33

Contexto de Gestão de Riscos
Este processo deve considerar a necessidade de balancear custos, benefícios e oportunidades.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

34

17

Contexto de Gestão de Riscos
Os recursos necessários e os registros a serem mantidos também devem ser especificados.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

35

Contexto de Gestão de Riscos
Também devem ser considerados:

• O conhecimento que a organização tem em termos de Gestão de Riscos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

36

18

Contexto de Gestão de Riscos
• A estrutura (recursos) disponível para se fazer a Gestão de Riscos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

37

Contexto de Gestão de Riscos
• A maturidade da organização em termos de Gestão de Riscos

Gerência de Riscos - Capítulo 05

38

19

Contexto de Gestão de Riscos
Estabelecer o contexto de riscos de SSO inclui entender a importância de SSO na cultura e nos processos de planejamento da organização, considerando fatores tais como:

Gerência de Riscos - Capítulo 05

39

Contexto de Gestão de Riscos
• Requisitos legais de SSO

Gerência de Riscos - Capítulo 05

40

20

Contexto de Gestão de Riscos
• Considerações gerais sobre SSO do empregado

Gerência de Riscos - Capítulo 05

41

Contexto de Gestão de Riscos
• Padrões e políticas específicos de SSO

Gerência de Riscos - Capítulo 05

42

21

Contexto de Gestão de Riscos
• Documentação relevante de SSO

Gerência de Riscos - Capítulo 05

43

Contexto de Gestão de Riscos
• Resultados das auditorias

Gerência de Riscos - Capítulo 05

44

22

Contexto de Gestão de Riscos
• Identificação de stakeholders e consideração de suas necessidades e expectativas

Gerência de Riscos - Capítulo 05

45

Contexto de Gestão de Riscos
• Objetivos e metas de SSO

Gerência de Riscos - Capítulo 05

46

23

Definição dos critérios de risco
Os critérios que serão usados para decidir se o risco deve ou não ser tratado. As prioridades para tal tratamento dependerão dos objetivos da organização e do contexto no qual a mesma está inserida.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

47

Definição dos critérios de risco
Os critérios de SSO devem levar em consideração requisitos legais para eliminar os perigos, ou quando não for aplicável, mitigá-los a um nível aceitável pela a organização; Outros requisitos também podem e devem ser considerados (ex.: requisitos de stakeholders).

Gerência de Riscos - Capítulo 05

48

24

Definição dos critérios de risco
Em um certo ponto, é necessário decidir quando o Nível de Risco deve ser reduzido para um nível aceitável e quando mais tratamento é praticável.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

49

Definição dos critérios de risco
Em termos legais, os aspectos práticos são, com freqüência julgados retrospectivamente, após a ocorrência de um acidente – isto deve ser considerado quando da definição dos critérios.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

50

25

Definição dos critérios de risco
Além dos objetivos óbvios de prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, outras devem ser consideradas (ex.: minimizar perdas financeiras referentes a tais ocorrências).

Gerência de Riscos - Capítulo 05

51

Definição dos critérios de risco
• Diminuir taxa de absentismo da organização

Critérios relativos a Saúde Ocupacional
• Garantir 100% de realização de exames ocupacionais no prazo estipulado

Gerência de Riscos - Capítulo 05

52

26

Definição dos critérios de risco
• Diminuir a taxa de freqüência de acidentes

Critérios relativos a Segurança do Trabalho

• Diminuir a taxa de gravidade de acidentes

• Eliminar acidentes fatais

Gerência de Riscos - Capítulo 05

53

Definição dos critérios de risco

Critérios de SSO em projetos

• Os processos de entrega do projeto devem garantir o mais alto nível de segurança

• Desempenho de SSO deve ser considerado nas cláusulas contratuais

Gerência de Riscos - Capítulo 05

54

27

Definição dos critérios de risco

• Desempenho de SSO no trabalho

Critérios de SSO para empresas

• Minimizar riscos de SSO na construção

• Zero acidente e/ou doença ocupacional a longo prazo

Gerência de Riscos - Capítulo 05

55

Definição da estrutura
Em um ambiente de trabalho, normalmente existem alguns perigos; desta forma, é importante que os mesmos sejam identificados em estágios lógicos, de modo a cobrir toda a organização.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

56

28

Definição da estrutura
A estrutura é definida com base no planejamento de como o processo é conduzido de forma gerenciável, o que possibilita uma priorização na qual os riscos mais significativos são tratados primeiro.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

57

Definição da estrutura
Isto envolve separar a atividade, projeto ou mudança em um conjunto de elementos ou etapas a fim de possibilitar uma estrutura lógica que ajuda a assegurar que riscos significativos não serão omitidos e/ou desconsiderados.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

58

29

Definição da estrutura
Faz-se desta maneira uma abordagem sistemática em cada etapa do processo, dividindo-o e atividades, tarefas e/ou equipamentos.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

59

C & C sobre o Contexto
Na definição de prioridades e no planejamento do processo, os stakeholders precisam ser consultados, e a forma na qual a comunicação ocorre ao longo das etapas do processo precisa ser definida.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

60

30

Monitoramento do Contexto
O contexto, incluindo a definição dos critérios de risco, deve ser periodicamente revisado para análise das mudanças organizacionais. Os critérios e padrões devem ser revisados, tanto devido à revisão do processo de Gestão de Riscos quanto devido ao processo de melhoria contínua.

Gerência de Riscos - Capítulo 05

61

Documentação da etapa
• Escopo das atividades de Gestão de Riscos que serão realizadas e os resultados esperados Objetivos organizacionais e critérios de sucesso Fatores importantes nos ambientes interno e externo Stakeholders pertinentes e os mecanismos de comunicação e consulta aos mesmos • • Principais critérios de avaliação de riscos Documentos consultados ao se estabelecer os contextos Elementos-chave através dos quais o restante do processo será estruturado Descrição do ambiente de trabalho Fluxograma de produção
62

• •

• •

Gerência de Riscos - Capítulo 05

31

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful