You are on page 1of 2

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES

XII FÓRUM DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E CULTURA.

OBSTÁCULOS DIDÁTICOS: ALGUNS CONHECIMENTOS MATEMÁTICOS


ESTABILIZADOS NO PLANO INTELECTUAL QUE PODEM DIFICULTAR A
EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR.
PROF. ALZIR FOURNY MARINHOS
Introdução
Os obstáculos didáticos são conhecimentos que se encontram relativamente
estabilizados no plano intelectual e que podem dificultar a evolução da aprendizagem do
saber escolar. No que se refere ao estudo dos obstáculos didáticos, permanece o interesse de
estabelecer os limites do paralelismo possível entre o plano histórico do desenvolvimento
de um conceito e a aprendizagem escolar deste conceito. Se a didática se dispõe a estudar o
aspecto evolutivo da formação de conceitos, é conveniente admitir a flexibilização de que
os obstáculos não dizem respeito somente às dificuldades históricas e externas ao plano da
aprendizagem. É preciso estar atento às diferentes fontes de dificuldades na aprendizagem
escolar.
O interesse em estudar a noção de obstáculo decorre do fato da mesma permitir
identificar as fontes de diversos fatores que levam a aprendizagem a uma situação de
inércia e de obstrução.
Estamos, neste encontro, apresentando alguns obstáculos didáticos, servindo como
reflexão para a busca da identificação dos possíveis obstáculos que nós, futuros professores,
possamos encontrar e os fatores que podem influenciar na formação dos obstáculos.
1. Nas resoluções das equações, ensinadas no Ensino Fundamental:
Fica estabilizado no plano intelectual: “passa de um membro para o outro muda o
sinal”.
Assim: Ao resolver a equação 2x – 8 = 6, fazemos 2x = 8 + 6.
Dificuldades na evolução da aprendizagem: Ao continuar a resolução, alguns alunos
14
erram ao fazer 2x = 14; x = = −7. Entendem que ao passar o 2 para o segundo
−2
membro (dividindo), muda o sinal.
Procedimentos didáticos para rompermos as dificuldades: O professor deve
promover o significado de uma equação; mostrar as justificativas para os procedimentos
usados; Desenvolver o cálculo mental; Desenvolver a habilidade da verificação da
resposta.do problema.
2. Nas regras de sinais, ensinadas no Ensino Fundamental:
Fica estabilizado no plano intelectual: Nas operações aritméticas da adição e
subtração, números com sinais iguais somamos e damos o mesmo sinal; números com
sinais diferentes, subtraímos e damos o sinal do maior número.
Assim: - 5 – 3 = -8; - 6 + 2 = - 4.
Dificuldades na evolução da aprendizagem: Ao fazerem as operações aritméticas da
multiplicação e divisão, fazem , como exemplo, (-2) x (-3) = - 6; (-4) x ( +5) = +20
Transferem as regras da adição e subtração para o produto.
Procedimentos didáticos para rompermos as dificuldades: Devemos apresentar
modelos matemáticos justificando as regras de sinais.

3. Nas resoluções de inequações, ensinadas no Ensino Fundamental:


Fica estabilizado no plano intelectual: Ao resolver a inequação que tem sinais negativos
nos dois membros, multiplica-se por -1 e muda-se o sinal da inequação..
Assim : -2x > -8; 2x < 8.
Dificuldades na evolução da aprendizagem: Ao resolver uma inequação que tem o
sinal de menos em um dos membros erram no procedimento da resolução. Como
exemplo:
8
Faz -2x > 8, x > ; x > -4.
−2
Procedimentos didáticos para rompermos as dificuldades:
O professor deve promover o significado de uma inequação; mostrar as justificativas
para os procedimentos usados; Desenvolver o cálculo mental; Desenvolver a habilidade
da verificação da resposta.do problema.
4. Nas operações de adição, subtração com frações ensinadas no Ensino
Fundamental.
Fica estabilizado no plano intelectual: A adição de números nas operações
aritméticas.
Dificuldades na evolução da aprendizagem; Na busca da soma de frações fazem a
adição dos numeradores e denominadores.
1 1 2
Assim: + = .
3 2 5
Procedimentos didáticos para rompermos as dificuldades:
Justificar geometricamente os procedimentos para operações com frações.
5- Nas operações de multiplicação e divisão com frações ensinadas no Ensino
Fundamental.
Fica estabilizado no plano intelectual: Ao resolver operações com denominadores
diferentes deve-se reduzir ao mesmo denominador e depois fazer a operação.
Dificuldades na evolução da aprendizagem:Na busca do produto ou divisão de duas
frações com denominadores diferentes fazem a redução ao mesmo denominador para
depois fazer a operação.
2 1 4 3 12 1
Assim: x = x = = .
3 2 6 6 24 2
Procedimentos didáticos para rompermos as dificuldades:
Justificar geometricamente os procedimentos para operações com frações.
6- Nas operações aritméticas com frações.
Fica estabilizado no plano intelectual: Ao simplificar uma fração dividi-se o
numerador e o denominador pelo mesmo número, gerando uma fração equivalente.
Fica estabilizado no plano intelectual: Na operação aritmética,
2+4 1+ 4 5
, faz − se = , simplificando apenas uma das parcelas
6 3 3
Procedimentos didáticos para rompermos as dificuldades: Mostrar que
2+4 2 4 1 2 3
= + = + = =1
6 6 6 3 3 3