Aluno processa professor por celular retirado em

sala de aula e perde
Em sentença, juiz afirmou que país virou as costas para
educação e culpa novelas e reality-shows
A polêmica do uso de celular em sala de aula chegou nos tribunais depois que um aluno
processou o seu professor por ter tomado o aparelho no meio de uma aula. O episódio aconteceu
em Recife e teve a decisão do juiz Elieser iqueira de ouza !unior a favor do docente. O
magistrado aproveitou a senten"a para criticar as novelas# realit$%sho&s e a ostenta"ão#
considerados pelo magistrado como contra educa"ão.
'!ulgar procedente esta demanda ( desferir uma bofetada na reserva moral e educacional
deste pa)s# privilegiando a aliena"ão e a contra educa"ão# as novelas# os *realit$s sho&s+# a
ostenta"ão# o *bull$ing* intelectivo#
o ócio improdutivo# enfim# toda a
massa intelectivamente
improdutiva que vem assolando
os lares do pa)s# fazendo ,s vezes
de educadores# ensinando falsos
valores e implodindo a educa"ão
brasileira-# afirmou o juiz.
A a"ão foi movida pelo aluno
.hiago Anderson ouza#
representado por sua mãe
ilenilma Eunide Reis# que#
segundo consta nos autos do processo# passou por 'sentimento de impotência# revolta# al(m de um
enorme desgaste f)sico e emocional- após ter o celular retirado pelo professor Odilon Oliveira
/eto. O estudante disse que apenas utilizava o aparelho para ver o hor0rio. 1or(m# perante outras
provas# o juiz não acreditou na versão de .hiago.
'2emos que os elementos colhidos apontam para o fato de que o Autor não foi 3ver a hora3. O
mesmo admitiu que o celular se encontrava com os fones de ouvido plugados e que# no momento
em que o professor tomou o referido aparelho# desconectou os fones e... come"ou a tocar m4sica-.
Em depoimento# o professor e a coordenadora do col(gio afirmaram que não foi a primeira
vez que o aluno foi chamado a aten"ão para o uso do aparelho em sala de aula. O juiz apontou que#
para al(m da proibi"ão do col(gio# e5istem normas do 6onselho 7unicipal de Educa"ão que
pro)bem o uso do celular em sala de aula# e5ceto para atividades pedagógicas.
'1ode%se at( entender que o 8iscente desconhe"a a legisla"ão municipal sobre os direitos e
deveres dos alunos em sala de aula. O que não se pode admitir ( que um aluno desobede"a#
reiteradamente# a um comando ordin0rio de um professor# como no presente caso-# observa.
O juiz ainda aproveitou a e5ecu"ão para fazer uma an0lise sobre a educa"ão do 9rasil
apontando que a mesma tornou%se uma esp(cie de 'carma- para quem trabalha.
'/o pa)s que virou as costas para a Educa"ão e que faz apologia ao hedonismo inconsequente#
atrav(s de tantos e5pedientes alienantes# reverencio o verdadeiro herói nacional# que enfrenta
todas as intemp(ries para e5ercer seu *m4nus+ com altivez de car0ter e senso sacerdotal: o
1rofessor-# sentenciou.
Read more http!!o"lo#o$"lo#o$com!sociedade!educacao!aluno-processa-professor-por-celular-retirado-em-sala-de-aula-perde-
%&'%()'*+i,zz**l-(i.A#
Aluno processa professor por celular retirado em
sala de aula e perde
Em sentença, juiz afirmou que país virou as costas para
educação e culpa novelas e reality-shows
A polêmica do uso de celular em sala de aula chegou nos tribunais depois que um aluno
processou o seu professor por ter tomado o aparelho no meio de uma aula. O episódio aconteceu
em Recife e teve a decisão do juiz Elieser iqueira de ouza !unior a favor do docente. O
magistrado aproveitou a senten"a para criticar as novelas# realit$%sho&s e a ostenta"ão#
considerados pelo magistrado como contra educa"ão.
'!ulgar procedente esta demanda ( desferir uma bofetada na reserva moral e educacional
deste pa)s# privilegiando a aliena"ão e a contra educa"ão# as novelas# os *realit$s sho&s+# a
ostenta"ão# o *bull$ing* intelectivo#
o ócio improdutivo# enfim# toda a
massa intelectivamente
improdutiva que vem assolando
os lares do pa)s# fazendo ,s vezes
de educadores# ensinando falsos
valores e implodindo a educa"ão
brasileira-# afirmou o juiz.
A a"ão foi movida pelo aluno
.hiago Anderson ouza#
representado por sua mãe
ilenilma Eunide Reis# que#
segundo consta nos autos do processo# passou por 'sentimento de impotência# revolta# al(m de um
enorme desgaste f)sico e emocional- após ter o celular retirado pelo professor Odilon Oliveira
/eto. O estudante disse que apenas utilizava o aparelho para ver o hor0rio. 1or(m# perante outras
provas# o juiz não acreditou na versão de .hiago.
'2emos que os elementos colhidos apontam para o fato de que o Autor não foi 3ver a hora3. O
mesmo admitiu que o celular se encontrava com os fones de ouvido plugados e que# no momento
em que o professor tomou o referido aparelho# desconectou os fones e... come"ou a tocar m4sica-.
Em depoimento# o professor e a coordenadora do col(gio afirmaram que não foi a primeira
vez que o aluno foi chamado a aten"ão para o uso do aparelho em sala de aula. O juiz apontou que#
para al(m da proibi"ão do col(gio# e5istem normas do 6onselho 7unicipal de Educa"ão que
pro)bem o uso do celular em sala de aula# e5ceto para atividades pedagógicas.
'1ode%se at( entender que o 8iscente desconhe"a a legisla"ão municipal sobre os direitos e
deveres dos alunos em sala de aula. O que não se pode admitir ( que um aluno desobede"a#
reiteradamente# a um comando ordin0rio de um professor# como no presente caso-# observa.
O juiz ainda aproveitou a e5ecu"ão para fazer uma an0lise sobre a educa"ão do 9rasil
apontando que a mesma tornou%se uma esp(cie de 'carma- para quem trabalha.
'/o pa)s que virou as costas para a Educa"ão e que faz apologia ao hedonismo inconsequente#
atrav(s de tantos e5pedientes alienantes# reverencio o verdadeiro herói nacional# que enfrenta
todas as intemp(ries para e5ercer seu *m4nus+ com altivez de car0ter e senso sacerdotal: o
1rofessor-# sentenciou.
Read more http!!o"lo#o$"lo#o$com!sociedade!educacao!aluno-processa-professor-por-celular-retirado-em-sala-de-aula-perde-
%&'%()'*+i,zz**l-(i.A#