Perfil e estratégia

3T 11
O novo sistema de negociação unificado
multiativos (PUMA), desenvolvido em parceria com
o CME Group (bolsa de mercadorias de Chicago),
substituirá os quatro sistemas de negociação
atualmente em funcionamento na BM&FBOVESPA
e será desenvolvido e implantado em três grandes
fases: a primeira concluída em outubro de 2011,
engloba os mercados de derivativos e de câmbio
pronto; a segunda contemplará o mercado de
ações, e a última fase englobará os mercados de
renda fixa pública e privada.
O PUMA será o alicerce do crescimento da
BM&FBOVESPA, já que vários projetos da Bolsa,
tais como aumento do número de investidores
(de varejo, institucionais e estrangeiros), o
desenvolvimento de novos produtos, o crescimento
da atividade de investidores de alta frequência
dentre outros, passam pelo PUMA. Todos esses
projetos têm em comum a necessidade de uma
plataforma de negociação cada vez mais estável,
com alta capacidade e com alta performance.
Essa nova plataforma colocará a BM&FBOVESPA
no estado da arte em termos de tecnologia de
negociação, permitindo à Bolsa oferecer aos seus
clientes (corretoras e investidores) alta performance
no processamento de ordens, com tempo de
resposta próximo de 1 milissegundo e capacidade
dezenas de vezes superior à atual.
O Puma também proporcionará independência
tecnológica para a BM&FBOVESPA, uma vez que
seremos coproprietários da plataforma. Essa
autonomia é estrategicamente importante, uma
vez que tecnologia é uma vantagem competitiva
importante no mercado mundial de bolsas.
Por fim, essa é mais uma importante etapa do
processo de modernização e fortalecimento da
BM&FBOVESPA, posicionando nossa bolsa na
vanguarda do constante processo de evolução
tecnológica.
A BM&FBOVESPA (BVMF) foi criada em maio de 2008 com a integração da BM&F (bolsa de derivativos) e da Bovespa (bolsa de ações).
Atualmente, é a terceira maior bolsa do mundo em valor de mercado. O crescimento da BVMF será sustentado por seu modelo de
negócio verticalmente integrado que contempla as atividades de negociação e pós-negociação de ações, derivativos e outros valores
mobiliários; pelos investimentos em tecnologia que colocarão suas plataformas no estado da arte; e pelo desenvolvimento de produ-
tos e mercados. Nossos principais objetivos estratégicos são:
• Proporcionar um crescimento
sustentável das receitas através
i) da captura de oportunidades
oferecidas pelo crescimento do
mercado e da economia brasilei-
ra, ii) do lançamento e desenvol-
vimento de novos produtos e iii)
da construção de parcerias;
• Fortalecer o modelo de negócio
através de investmentos em tecno-
logia e com a integração das plata-
formas de negociação e pós-nego-
ciação, o que trará maior efciência
para a companhia e para o mercado,
fortalecendo o relacionamento com
os partcipantes;
• Entrega consistente e sustentável
de resultados, focada no aumento
da efciência da companhia e ma-
ximização de valor ao acionista,
através de elevada base de distri-
buição de proventos e recompra
de ações.

Sobre a BVMF3
No período de julho a setembro de 2011, a ação da BM&FBOVESPA
foi a 8ª mais negociada do mercado brasileiro, com média diária de
negociação de R$153,1 milhões e 14,6 mil negócios.
O Programa de Recompra de Ações que autoriza a Companhia a
adquirir até 30 milhões de ações foi iniciado em 01 de julho de 2011
e tem como termo final o dia 31 de dezembro de 2011. Até o final
de Outubro de 2011, haviam sido adquiridas 27,5 milhões de ações
(dos quais 0,2 milhão de ações foram adquiridos em outubro)
Distribuição de Lucros
No dia 09/11/11, o Conselho de Administração deliberou o paga-
mento de dividendos no montante de R$233,6 milhões, a ser pago
em 31/01/12, com base no registro de acionistas de 17/11/11.
Contatos
O volum
e m
édio diário negociado apresentou alta de
11,7%
sobre o 3T10 e de 6,3%
na com
paração com
o 2T11.
Esse aum
ento dos volum
es está diretam
ente relacionado
com
o aum
ento da volatilidade observada no m
ercado,
principalm
ente no m
ês de agosto, decorrente do agra-
vam
ento do cenário de crise econôm
ica na Europa e nos
EUA. Além
disso, houve um
aum
ento da atividade de in-
vestidores de alta frequência, cujos volum
es cresceram

48%
em
relação ao 2T11.
Seg
m
en
to
B
ovesp
a

O volum
e m
édio diário de contratos negociados no
segm
ento BM
&F no 3T11 cresceu 15,5%
em
relação
ao m
esm
o período de 2010. Fatores que contri-
buíram
para esta alta incluem
o aum
ento de 9,0%

nos volum
es negociados de contratos de Taxa de
Juros em
Reais, devido à volatilidade relacionada a
possíveis alterações da política m
onetária no Brasil,
e o aum
ento de 49,0%
nos volum
es negociados
de contratos de Taxa de Juros em
Dólares entre os
períodos m
encionados.
Seg
m
en
to
BM
&
F
Desempenho Operacional
Destaques financeiros
Destaques Financeiros - em R$ milhões Volume médio diário
3T11 3T10
Variação
3T11/3T10
2T11
Variação
3T11/2T11
Segmento BM&F
Volume médio diário
(em milhares de contratos)
2.804,5 2.428,1 15,5% 2.670,2 5,0%
Receita por contrato
média em R$
1,112 1,167 -4,7% 1,127 -1,3%
Segmento BOVESPA – ações
Volume médio diário
(em milhões R$)
6.599,7 5.905,8 11,7% 6.207,1 6,3%
Pontos base (bps) 5,708 6,162 -454 bps 5,862 - 154 bps
3T 11
Em milhares de R$ -
exceto LPA
3T11 3T10
Variação
3T11/3T10
2T11
Variação
3T11/2T11
Receita operacional liquida 494 489 0,9% 468 5,6%
Result. operacional 324 322 0,7% 301 7,7%
Lucro líquido do período 292 293 -0,3% 294 -0,7%
EBITDA 347 339 2,5% 313 10,9%
Margem EBITDA 70,4% 69,2% 113 bps 67,0% 340 bps
Lucro Líquido Ajustado 400 389 2,7% 409 -2,3%
Lucro por ação - em reais 0,150140 0,146176 2,7% 0,150230 -0,1%
Lucro ajustado por ação -
em R$
0,205459 0,194071 5,9% 0,208948 -1,7%
Depositário
Banco Bradesco
Tel: 3684-9441 Fax: 3684-2811
Fale com RI
Tel: 2565-4729 /4418/4728/4834
Fax: 3684-2811
Segmento BM&F
(milhares de contratos)
3T10
1T11
2T11
3T11
Segmento BOVESPA
(R$ milhões)
2.428,1
2.865,8
2.670,2
2.804,5
5.905,8
6.793,9
6.207,1
6.599,7
3T10
1T11
2T11
3T11
468
409
323
2T11
494
400
356
3T11
Receita Líquida
Lucro Líquido Ajustado
EBITDA Ajustado
489
389
344
3T10