FACT SHEET

1T 11
A BM&FBOVESPA S.A. – Bolsa de Valores, Mercadorias
e Futuros foi criada em maio de 2008 com a integra-
ção da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) e da
Bovespa Holding (Bovespa). Atualmente, é a quarta
maior bolsa do mundo em valor de mercado. Além
disso, é a maior empresa de capital pulverizado do
Brasil, com mais de 90% de suas ações em circulação
no mercado.
Os principais focos de atuação da Companhia são:
Abaixo seguem os principais destaques fnanceiros e
operacionais do 1T11:
Perfl e estratégia
Estrutura do negócio/Cadeia produtiva
A BM&FBOVESPA oferece aos seus clientes uma es-
trutura completa e integrada de serviços ligados à
negociação, liquidação e custódia dos ativos nego-
ciados em seus sistemas eletrônicos. A robustez de
tal modelo possibilita que a Companhia seja contra-
parte central de todos os negócios realizados nos
mercados que administra, o que signifca garantir
que toda transação realizada entre compradores e
vendedores será liquidada.
Outra característica do modelo de negócio da
BM&FBOVESPA é a diversifcação de produtos e servi-
ços, sendo que a principal fonte de receita é a negocia-
ção de ações e de contratos derivativos (principalmen-
te contratos futuros e opções, referenciados em taxas
de juro e câmbio, índices de ações e commodities).
Além desses, outros ativos são negociados em seus
ambientes, como é o caso do ouro, dólar norte-ame-
ricano a vista e títulos de dívida pública e corporativa.
Destaques fnanceiros
e operacionais
Destaques fnanceiros – R$milhões
Listagem
(ações, fundos, títulos
corporativos, securitização
dentre outros)
GTS
Plataforma
eletrônica de
derivativos
DMA
Direct Market
Access
(HOME BROKER)
INVESTIDOR FORMA DE ACESSO CORRETORA BM&FBOVESPA
Mega Bolsa
Plataforma
eletrônica
de ações
RREEDDEE
RRREEEDDDEEE
Serviços para emissores e
negociação de mercadorias
Classifcação de
mercadorias
Negociação, clearing e depositária
Outros serviços
Negociação
(ações, derivativos, títulos públicos e corporativos,
fundos, dólar pronto, dentre outros)
Clearing e liquidação
(para todos os produtos)
Depositária
(ações e títulos corporativos)
Empréstimos de títulos
(ações e títulos corporativos)
Custódia
(serviços prestados para fundos e
outros participantes)
Vendors
Licenciamento de software
(utilizado por corretoras e outros
participantes do mercado)
Licenciamento de índices
1T11 1T10
Variação
1T11/1T10
4T10
Variação
1T11/4T10
Segmento BM&F
Volume médio diário
(em milhares de contratos)
2.865,8 2.453,6 16,8% 2.616,5 9,5%
Receita por contrato
média em R$
1,040 1,126 -7,6% 1,099 -5,4%
Segmento BOVESPA – ações
Volume médio diário
(em milhões R$)
6.735,4 6.599,6 2,1% 6.793,9 -0,9%
Bps 6,017 6,361 -5,4bps 6,110 -1,5bps
Desempenho Operacional
Segmento BM&F - Recorde de contratos
negociados
O volume negociado no segmento BM&F no
1T11 apresentou uma alta de 16,8% em re-
lação ao 1T10, quarto recorde trimestral nos
últimos cinco trimestres, principalmente em
decorrência do aumento do volume negocia-
do de contratos de taxas de juros em reais, o
qual aumentou 32,5% entre os dois períodos.
Segmento Bovespa - crescimento dos volu-
mes negociados pelos Investidores de Alta
Frequência
No segmento Bovespa, os volumes subiram
2,1% sobre igual período de 2010, sendo que
os destaques foram o aumento da atividade
dos investidores de alta frequência, conhecidos
como HFTs (High Frequency Traders), e o cresci-
mento do mercado de ETFs (ver dados adiante).
(1)
Lucro Líquido foi ajustado pelo reconhecimento de passivo diferido da
amortização do ágio, plano de opções de compra de ações, e equivalência
patrimonial da participação da Companhia no CME Group (líquida de impostos).
(2)
As despesas foram ajustadas pelo plano de opções de compra de ações,
depreciação, provisão para devedores duvidosos e imposto relacionado aos
dividendos recebidos do CME Group.
Em milhões de reais -
exceto LPA
1T11 1T10
Variação
1T11/1T10
4T10
Variação
1T11/4T10
Receita operacional liquida 472 460 2,5% 470 0,4%
Result. operacional 283 326 -13,2% 281 0,7%
Lucro líquido do período 270 284 -4,8% 261 3,6%
Lucro Líquido Ajustado
(1)
384 405 -5,2% 368 4,4%
Lucro ajustado por ação -
em reais
 0,196  0,202 -3,1%  0,185 5,9%
EBITDA Ajustado 332 345 -3.6% 311 6.7%
Margem EBITDA Ajustada 70,4% 74,9% -4.5 pp 66,3% 4.1 pp
ETFs – Fundos de Índices
Os fundos de índices, conhecidos no mundo todo como ETFs
(Exchange Traded Funds), são fundos espelhados em índices
e suas cotas são negociadas em Bolsa da mesma forma que
as ações. Ao adquirir cotas de um determinado fundo, o in-
vestidor passa a deter todas as ações componentes do índi-
ce a ele relacionado, sem ter de comprar separadamente os
papéis de cada empresa. Desta forma, os Fundos de Índices
podem proporcionar maior praticidade, rapidez e efciência
no momento de investir, além de facilidade para acompanhar
seu desempenho, que está associado ao do respectivo índice.
As cotas dos fundos de índice são altamente negociadas nos
mercados norte-americano e europeu, e o volume negocia-
do na BM&FBOVESPA vem crescendo desde seu lançamento.
Fundos de Índice negociados na BM&FBOVESPA: Atualmente,
há oito ETFs em negociação nos nossos mercados e outros
cinco estão em fase de desenvolvimento.
Voce Sabia?
Fortalecimento
do modelo de
negócio
• Investimentos em TI para alcançar o
estado da arte
• Efciência de capital na integração das
Clearings
• Melhora na relação com os clientes
• Rebalanceamento da política de preços
(negociação e pós-negociação)
Crescimento
Consistente das
Receitas e do
Lucro Líquido
• Captura de oportunidades de
crescimento macro
• O subdesenvolvimento de algumas
áreas do mercado criam condições
ideais para a construção de um
crescimento sustentável de longo
prazo
• Foco no controle das despesas
• Retorno estratégico do capital para a
maximização de valor ao acionista
• Elevada base de distribuição de
proventos e recompra de ações
InvesƟmento no
desenvolvimento
de produtos e
parcerias
Entrega
consistente
Melhora nos
resultados
• Estabelecer uma base diversifcada de
produtos para sustentar o crescimento
das receitas no longo prazo
• Construir uma base de sucesso na
implementação dos produtos
• Desenvolver parcerias com outras bolsas
24,9
28,9
28,2
32,1
39,5
1T10 2T10 3T10 4T10 1T11
ETFs - Volume Médio Diário (R$ milhões)
460
470 472
405
368
384
345
312
333
1T10 4T10 1T11
Receita Líquida Lucro Líquido Ajustado EBITDA Ajustado
• Dupla listagem de contratos futuros (começando com o IBOVESPA Futuro, contrato futuro de soja com liquidação
fnanceira e mini contrato futuro do S&P 500, sendo que outros contratos estão em discussão)
Dupla listagem de derivaƟvos com CME Group
• Processo de concorrência para a seleção de formadores de mercado para opções sobre ações de dez companhias
e para o IBOVESPA
Formador de mercado para opções sobre ações
• 8 ETFs negociados atualmente
• 5 novos índices desenvolvidos (IGCT, IBrA, IDIV, IMAT, UTIL) que serão base para novos ETFs
Crescimento dos ETFs
• 20 novos programas de BDR no 1T11 e processo de concorrência para 10 programas adicionais no 2T11
• CVM passou a permitir a negociação para um grupo maior de investidores
Lançamento de novos BDRs
Nova plataforma de negociação multi-ativos
Primeira fase do projeto (derivativos) será concluída no 2T11. O módulo
para negociação de ações será entregue no 4T11/1T12 e o de renda fxa
ao longo de 2012.
Novo data center
O data center receberá a infraestrutura de TI da Companhia e permitirá
sua expansão no futuro . Também oferecerá espaço para co-location e
hospedagem da infraestrutura tecnológica das corretoras, investidores e
Independent Software Vendors.
Integração das Clearings (em desenvolvimento)
Novo Modelo de Risk management
Nova infraestrutura de TI para a “nova clearinghouse
Ampliação da base de investidores
Informações BVMF3
Novos Produtos e Inovações tecnológicas
FACT SHEET
No período de janeiro a abril de 2011,
a ação da BM&FBOVESPA foi a 7ª mais
negociada do mercado brasileiro, com
média diária de negociação de R$
milhões e mil negócios.
Programa de Recompra de Ações
Até o dia 31 de março de 2011, a
BM&FBOVESPA adquiriu 50,6 milhões
ações de sua própria emissão, ao
preço médio de R$13,09 por ação,
com base no Programa de Recompra
de Ações aprovado pelo Conselho de
Administração da Companhia em 12
de agosto de 2010, cuja prorrogação foi
aprovada em 16 de dezembro de 2010.
No 1T11, foram adquiridas 18,6 milhões
ações, ao preço médio de R$12,23.
Contato RI: ri@bmfbovespa.com.br
(11) 2565-4007 / 4728 / 4729 /
4418 / 4834
60
70
80
90
100
110
120
130
140
Performance BVMF3(R$) vs. IBOVESPA (Pontos) – Jan’10=100
BVMF3 IBOVESPA
j
a
n
-
1
0
f
e
v
-
1
0
m
a
r
-
1
0
a
b
r
-
1
0
m
a
i
-
1
0
j
u
n
-
1
0
j
u
l
-
1
0
a
g
o
-
1
0
s
e
t
-
1
0
o
u
t
-
1
0
n
o
v
-
1
0
d
e
z
-
1
0
j
a
n
-
1
1
f
e
v
-
1
1
m
a
r
-
1
1
a
b
r
-
1
1
m
a
i
-
1
1
A Companhia continua seus esforços com foco nos investidores de
varejo, sendo os principais destaques:
A Campanha “Quer ser sócio?”, estrelada por Pelé, divulga o mercado
acionário e tem sido veiculada na TV, rádio, cinema e imprensa
escrita, em todo o território nacional.
Campanha Educativa em Mídias de Massa (TV, revistas e rádios),
por meio da TV Educação Financeira, Rádio Web, Cursos online,
Simulação, Turma da Bolsa (uma iniciativa educacional para o
público infantil), Canal de rádio, website Mulheres em Ação,
organização de ciclos de palestras presenciais, programas Desafo
BM&FBOVESPA, Dinheiro no Bolso e Patrocínio à Estratégia Nacional
de Educação Financeira – ENEF.
Além das Campanhas veiculadas nos meios de comunicação de
massa, e com o intuito de educar a população no sentido de trazer
investidores pessoas físicas aos nossos mercados, a BM&FBOVESPA
continua a oferecer cursos gratuitos sobre o mercado de capitais
para investidores de todo o país, que podem encontrar no site www.
quersersocio.com.br esclarecimentos e informações sobre como
investir neste mercado.