TERMO DE ADESÃO AO INSTRUMENTO PARTICULAR DE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS,
CELEBRADO ENTRE LOPES DA SILVA & ASSOCIADOS – sociedade
de advogados E ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS
DISTRIBUIDORES FORD- ABRADIF
INCLUIR NOME DO DISTRIBUIDOR inscrito no CNPJ/MF sob nº.
__________________, com sede na ________________________________,
na cidade xxx, Estado xxxx, doravante denominada simplesmente
PARTICIPANTE, neste ato representado na forma de seu Contrato
Social, por seu _____________________________, (nacionalidade),
(estado civil), (profssão), portador do R.G. nº. ______________ e
inscrito no CPF/MF sob nº. __________________ vem, por meio deste
Instrumento, requerer sua adesão ao INSTRUMENTO PARTICULAR
DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS,
CELEBRADO ENTRE LOPES DA SILVA & ASSOCIADOS – sociedade de
advogados E ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS DISTRIBUIDORES
FORD- ABRADIF, constante do Anexo I do presente Termo, para
participar da ação a ser proposta pela Associação para
ressarcimento das contribuições Pis e Cofns monofásico, de acordo
com as Leis 10.865/04 e 11.033/04, em conformidade com os
termos a seguir defnidos.
1 – DO OBJETO
1.1 – O presente Termo tem por objeto a adesão do DISTRIBUIDOR
ao INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO
DE SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS, CELEBRADO ENTRE LOPES DA
SILVA & ASSOCIADOS – sociedade de advogados e ASSOCIAÇÃO
BRASILEIRA DOS DISTRIBUIDORES FORD- ABRADIF, constante
do Anexo I do presente Termo, para aderir da ação a ser proposta
para ressarcimento das contribuições PIS e COFINS Monofásico
1
1.2 – O presente Termo de Adesão somente terá efcácia quando
acompanhado da Autorização outorgada a ABRADIF, bem como,
das memórias de cálculo dos valores a serem discutidos.
2
2 – DA CONDIÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO
2.1 – O Distribuidor manifesta ciência e concordância expressa e
plena com todas as cláusulas e condições estabelecidas neste
termo e no instrumento particular de contrato de prestação de
serviços advocatícios.
3 – HONORÁRIOS
3.1 – A adesão ao Termo implica no pagamento dos honorários a
prestadora de Serviços Lopes da Silva, conforme cláusula 2 do
Instrumento Particular e 3.2 deste instrumento, bem como, o
pagamento de despesas e custas, conforme cláusula 5.
3.2 - O Distribuidor pagará a título “ad exitum”, 4% (quatro por cento)
sobre o valor total que vier a ser pago ou creditado a favor da revenda
Distribuidora associada da ABRADIF, com decisão transitada em
julgado, em função de ações pertinentes relativa ao tributo que vier a
ser recuperado, que deixar de ser pago ou puder ser recuperado, quer
por restituição ou de alguma forma compensado.
3.3 - Os valores dos tributos a serem recuperados a que se referem a
Cláusula 3.2., supra, serão calculados com atualização da SELIC na data
em que se operar a compensação, ou em qualquer outro índice que
refita, plenamente, os acréscimos legais previstos na legislação
tributária, tais como a correção monetária e juros moratórios do período.
3.4 A parcela referida na Cláusula 3.2 supra, será devida a partir de
30 (trinta) dias após o trânsito em julgado, da decisão favorável, e
conforme recuperação do Distribuidor, ressalvado o disposto na cláusula
3.5 abaixo.
3
3.5 Após transito em julgado da decisão que autorizou o
creditamento das contribuições, objeto da presente prestação de
serviços e com o consequente aproveitamento do crédito pelo
Distribuidor, este deverá enviar mês a mês documento
comprobatório dos valores creditados, seja por compensação,
recuperação ou outra forma de aproveitamento, para a devida
cobrança dos honorários estipulados na cláusula 3.2. Caso o
Distribuidor não envie os documentos referente ao aproveitamento
do mês, fca a prestadora de serviços, desde já, autorizada a cobrar
o valor total da planilha enviada, devidamente corrigida pela taxa
Selic, ou outro índice que vier a substituí-la, em uma única
parcela.
3.6 O Distribuidor deverá enviar a prestadora de serviços planilha,
conforme modelo anexo II, constando a relação de notas fscais e
cálculo dos valores a serem discutidos na ação judicial proposta.
3.7 - Considerar-se-á vencido e imediatamente exigível o total dos
honorários previstos na Cláusula 3.2., supra, caso ocorra a cassação
do mandato, sem culpa da PRESTADORA DE SERVIÇOS.
3.8 – Fica aqui consignado, que o Distribuidor somente poderá se
ressarcir dos valores, objeto da ação, após decisão transitada em
julgado, momento em que os honorários à prestadora de serviços
serão devidos.
3.9- Caso o Distribuidor decida, recuperar os valores, objeto da
ação, antes da decisão transitada em julgado – o que a
PRESTADORA DE SERVIÇOS e a ABRADIF não recomendam, o
fará por sua conta e risco, desde já ciente dos riscos de autuação e
das implicações advindas deste ato.
4
3.9.1 - Nesta hipótese os honorários à prestadora de serviços,
serão devidos, após 30 dias da decisão favorável transitada em
julgado em uma única parcela, obrigando-se o DISTRIBUIDOR a
provisionar para pagamento futuro, mês a mês ou, conforme o
creditamento se der, o valor correspondente à parcela de
honorários prevista na cláusula 3.2.
5
4- DISPOSIÇÕES GERAIS
4.1 -Este instrumento rege todo o entendimento havido entre as
PARTES E A PRESTADORA DE SERVIÇOS.
4.2 - Este instrumento: é celebrado em caráter irrevogável; só poderá
ser alterado por consenso entre as PARTES e a PRESTADORA DE
SERVIÇOS e as obriga, bem como seus sucessores a qualquer título.
É eleito o foro de São Paulo-SP, com expressa exclusão de qualquer outro,
por mais privilegiado que seja..
Desta forma ajustadas e contratadas, assinam este instrumento em 3
(três) vias de igual teor e forma, para os mesmos efeitos de direito, na
presença das duas testemunhas abaixo identifcadas e assinadas.
São Paulo,.
LOPES DA SILVA & ASSOCIADOS – sociedade de advogados
DISTRIBUIDOR
Testemunhas
1-
RG
2-
RG
6
Anexo I
INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO
DE SERVIÇOS ADVOCATÍCIOS.
I. AS PARTES
LOPES DA SILVA & ASSOCIADOS – sociedade de advogados, com sede
na cidade de São Paulo, SP, onde se instala na Avenida Paulista n.º
2.073, Edifício Horsa II, 4.º e 14.º andares, inscrita no C.N.P.J. sob
n.º 44.077.196/0001-98, aqui representada por seus sócios
advogados LUIZ EDUARDO VIDIGAL LOPES DA SILVA, brasileiro,
casado, portador da Carteira de Identidade RG. 26.661.861-3 e do
CPF/MF nº 251.835.098-59, residente e domiciliado na cidade de
S. Paulo, Estado de S. Paulo onde reside na rua Guarará, 77 – apt.
14 – Jardim Paulista, e VASCO JOÃO SAVORDELLI, brasileiro,
casado, portador da Carteira de Identidade RG 4.178.188-0 –
SSP/SP e do CPF/MF nº 070.031.888-72, residente e domiciliado
na Rua Vicente Galafassi nº 70, bairro de Nova Petrópolis, São
Bernardo do Campo – SP e com endereço profssional idêntico ao
da sede da sociedade PRESTADORA DE SERVIÇOS, para patrocinar
as medidas judiciais e administrativas objeto deste instrumento e aqui,
doravante, designada simplesmente PRESTADORA DE SERVIÇOS;
e
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS DISTRIBUIDORES FORD – ABRADIF,
associação civil com sede em São Paulo, Estado de São Paulo, onde se
instala na Avenida Indianópolis n.º 529 , inscrita no CNPJ/MF sob n.º
44.416.550/0001-61, neste ato representado por seu Presidente,
BENEDITO PORFÍRIO LIMA e por seu Vice-presidente SERGIO JOSÉ
ZARDO, na forma do seu Estatuto Social, doravante designada
simplesmente ABRADIF
7
CONSIDERANDO
a)- que a ABRADIF e os DISTRIBUIDORES FORD ( DISTRIBUIDORES
ou REDE DE DISTRIBUIDORES FORD), estes representados pela
primeira, na forma da Lei Federal n

6.729/79 e Estatuto Social,
quando mencionadas em conjunto, referidas como PARTES
b) que os Distribuidores outorgaram uma Autorização à ABRADIF,
conforme modelo constante do Anexo I ao presente instrumento,
autorizando a contratação da prestadora de serviços e o ingresso de
medidas jurídicas, necessárias para a recuperação do montante
tributário cuja recuperação entendem viável, quanto ao creditamento
dos valores dos PIS e COFINS pagos monofasicamente;
c) que nos termos mencionado neste instrumento particular essas
medidas judiciais serão:
c.1) ajuizadas em nome da ABRADIF, na qualidade de representante
dos Distribuidores Ford, mediante autorização outorgada por cada
Distribuidor, que fcam anexadas ao presente, dele fazendo parte
integrante, foi autorizada a prosseguir na negociação e contratação
de profssionais para o ajuizamento da Ação de que se trata; e
d) que as PARTES têm interesse em ofcializar a remuneração, sob a
forma de honorários, pôr conta dos DISTRIBUIDORES, dos serviços
profssionais contratados com a sociedade de advogados Lopes da
Silva & Associados – Sociedade de Advogados
II. RESOLVEM
Celebrar o presente Instrumento Particular de Contrato de Prestação de
Serviços que consolida todo o seu entendimento entre as PARTES e a
PRESTADORA DE SERVIÇOS, conforme as cláusulas a seguir.
8
III. CLÁUSULAS
1- A PRESTADORA DE SERVIÇOS prestará à ABRADIF como
-representante dos Distribuidores da marca FORD e a seus Associados
diretamente, serviços profssionais consistentes em propor e
acompanhar, até decisão fnal transitada em julgado, medidas
judiciais e, quando for o caso, medidas administrativas até decisão fnal
irrecorrível, visando a recuperação ou o direito de aproveitamento
como crédito para liquidação de outros tributos federais da espécie,
parcela das contribuições sociais conhecidas como PIS e como
COFINS monofásico, incidência essa que se entende indevida, em
desacordo com as regras estabelecidas pelas Leis 10.865/04 e
11.033/04, além da demais legislação tributária aplicável à espécie.
2- Pelos serviços profssionais prestados, os DISTRIBUIDORES
pagarão à PRESTADORA DE SERVIÇOS, honorários como segue:
2.1 –a título “ad exitum”, 4% (quatro por cento) sobre o valor total que
vier a ser pago ou creditado a favor das revendas Distribuidoras
associadas da ABRADIF, participante do processo judicial, com
decisão transitada em julgado, em função de ações pertinentes
relativa ao tributo que vier a ser recuperado, que deixar de ser pago
ou puder ser recuperado, quer por restituição ou compensação ou
qualquer outra forma de ressarcimento.
2.2 - Os valores dos tributos a serem recuperados a que se referem a
Cláusula 2.1., supra, serão calculados com atualização da SELIC na data
em que se operar a compensação, ou em qualquer outro índice que
refita, plenamente, os acréscimos legais previstos na legislação
tributária, tais como a correção monetária e juros moratórios do período.
2.3 -A parcela referida na Cláusula 2.1 supra, será devida a partir
de 30 (trinta) dias após o trânsito em julgado, da decisão favorável, e
conforme recuperação do Distribuidor, ressalvado o disposto na cláusula
10.
9
3- Os serviços profssionais serão prestados pela PRESTADORA DE
SERVIÇOS através dos advogados que a integram, ou por escritórios
jurídicos por ela nominados para acompanhamento do(s) processo(s)
em todas as instâncias e, todos os pagamentos efetuados serão
objeto de emissão dos respectivos documentos fscais compatíveis.
4- Os honorários serão devidos à época do evento que determinar
sua incidência e serão calculados sobre o valor então em
discussão, acrescidos da correção pela taxa Selic ou outro índice
que venha a substitui-lo.
4.1 Na eventualidade da ABRADIF junto a sua rede de Distribuidores,
deliberar pelo não recolhimento dos Impostos ora discutidos, em razão de
liminar proferida em ação judicial, e tais valores sofrerem acréscimos
fnanceiros em função de aplicações, o montante dos rendimentos que
supere o limite do item 4 (retro), deverá integrar a base de cálculo dos
honorários que ora se contratam.
5- As despesas e custas judiciais decorrentes da prestação dos serviços
contratados serão pagos por cada Distribuidor participante da ação judicial.
Para tanto, será efetuado um depósito inicial no valor de R$ 500,00
(quinhentos reais) por distribuidor, na conta-corrente de titularidade da
Prestadora de serviços a saber: Banco Bradesco (237) Agencia 099, conta
corrente: 259.471-4. A Prestadora de serviços encaminhará trimestralmente a
cada Distribuidor e para ABRADIF relatório contendo os valores pagos a titulo
de custas e despesas acompanhados dos devidos comprovantes.
5.1- No caso de necessidade de reforço de custas e despesas, a prestadora
de serviços informará a ABRADIF para que os distribuidores procedam
com o depósito complementar.
10
6- A eventual alteração da legislação pertinente sobre a matéria objeto
do presente contrato não altera os honorários contratados, relativos
aos períodos anteriores ao advento da modifcação legislativa.
7- Será frmado com cada Distribuidor, termo de adesão, conforme
anexo II, o qual deverá ser assinado juntamente com a autorização
outorgada a ABRADIF, fcando estipulado as cláusulas e condições
a que se refere a prestação de serviços objeto do presente
instrumento.
8- Concomitantemente com a documentação acima o Distribuidor
deverá enviar a prestadora de serviços, planilha de cálculo,
conforme modelo anexo III, constando a relação de notas fscais e
cálculo dos valores a serem discutidos na ação judicial a ser
proposta.
09- Após transito em julgado da decisão que autorizou o
creditamento das contribuições, objeto da presente prestação de
serviços e com o consequente aproveitamento do crédito pelo
Distribuidor, este deverá enviar mês a mês documento
comprobatório dos valores creditados, seja por compensação,
recuperação ou outra forma de ressarcimento, para a devida
cobrança dos honorários estipulados na cláusula 2. Caso o
Distribuidor não envie os documentos referente ao aproveitamento
do mês, fca a prestadora de serviços, desde já, autorizada a cobrar
o valor total da planilha enviada, devidamente corrigida pela taxa
Selic, ou outro índice que vier a substituí-la, em uma única
parcela.
10 – Fica aqui consignado, que o Distribuidor somente poderá se
ressarcir dos valores, objeto da ação, após decisão transitada em
julgado, momento em que os honorários à prestadora de serviços
serão devidos.
11
10.1- Caso o Distribuidor decida, recuperar os valores, objeto da
ação, antes da decisão transitada em julgado, o que a
PRESTADORA DE SERVIÇOS e a ABRADIF não recomendam, o
fará por sua conta e risco, desde já ciente dos riscos de autuação e
das implicações advindas deste ato.
10.1.1 - Nesta hipótese os honorários à prestadora de
serviços, serão devidos, após 30 dias da decisão favorável
transitada em julgado em uma única parcela, obrigando-se o
DISTRIBUIDOR a provisionar para pagamento futuro, mês a mês
ou, conforme o creditamento se der, o valor correspondente à
parcela de honorários prevista na cláusula 2.
11- A outorga da Autorização à ABRADIF, implica na plena
aceitação das condições deste contrato e do Termo de Adesão.
12- Considerar-se-á vencido e imediatamente exigível o total dos
honorários previstos na Cláusula 2., supra, caso ocorra a cassação do
mandato, sem culpa da PRESTADORA DE SERVIÇOS ou, ainda, o
não fornecimento, pela ABRADIF, das importâncias necessárias ao
atendimento das despesas e custas dos processos.
13- Este instrumento rege todo o entendimento havido entre as
PARTES E A PRESTADORA DE SERVIÇOS.
14- Este instrumento é celebrado em caráter irrevogável só poderá ser
alterado por consenso entre as PARTES e a PRESTADORA DE
SERVIÇOS e as obriga, bem como seus sucessores a qualquer título.
É eleito o foro de São Paulo-SP, com expressa exclusão de qualquer outro,
por mais privilegiado que seja..
Desta forma ajustadas e contratadas, assinam este instrumento em 3
(três) vias de igual teor e forma, para os mesmos efeitos de direito, na
presença das duas testemunhas abaixo identifcadas e assinadas.
12
São Paulo, 16 de fevereiro de 2009.
LOPES DA SILVA & ASSOCIADOS – Sociedade de Advogados
Luiz Eduardo Vidigal Lopes da Silva e Vasco João Savordelli
(original assinado)
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS DISTRIBUIDORES FORD AUTOS E
CAMINHÕES - ABRADIF
Benedito Porfírio Lima Sergio José Zardo
TESTEMUNHAS
1- 2-
RG RG
13