1


Embu das Artes, 14 de fevereiro de 2012
Os desafios da
Inclusão no dia-a-dia
da Gestão Escolar

Silvana Drago,
Coordenadora do
Programa Inclui da SME-SP
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
DE SÃO PAULO

PROGRAMA INCLUI

Todas as crianças devem aprender juntas


MUNICÍPIO DE SÃO PAULO
População em 2010: 11.244.369 habitantes
Área do Município: 1.500 Km2
TOTAL DE MATRÍCULAS EM SP
• 2.158.167 alunos em
escolas públicas

• 709.315 alunos em
escolas privadas

Ano Base: Censo MEC 2010
•902.769 alunos
•14.023 alunos com NEE
em escola regular
•1.093 alunos surdos nas
EMEBs
•54,5 mil professores
•29.500 funcionários
•84 mil funcionários total

Fonte: Sistema Escola Online (Eol) – jan/2012
NÚMEROS DA REDE MUNICIPAL
DE ENSINO
•1940 – doação de terrenos para implantação de instituições
•1951 – criação da EMEDA Helen Keller
•1987 – criação do setor de Educação Especial
•1988 – criação de outras quatro EMEDA
•1992 – criação do Programa de Atendimento aos Portadores de NE
(PAPNE) “Centros de Treinamento e Apoio (2 CTAs)” /SAPNE
•1993 – publicação da política: “Programa de Atendimento aos
Portadores de NE” SAPNE (26 SAPNE)
•1999 – Criação de uma EMEE
•2004 – publicação do Decreto 45.415/04 - Política de Atendimento a
Crianças, Adolescentes, Jovens e Adultos com NEE no Sistema
Municipal de Ensino – (59 SAPNE -1 CEFAI)
•2005/2008 – criação 12 CEFAI – 600 Estagiários – criação 51 SAAI
•2009/2012 – publicação do Decreto 51.778/2010 – Programa Inclui
Histórico da educação especial no município
de São Paulo
INCLUSÃO
EVOLUTIVO DE MATRÍCULAS
0
2.000
4.000
6.000
8.000
10.000
12.000
14.000
16.000
Evolutivo do Número de Matrículas Alunos de Inclusão - Rede
Municipal e Conveniada
Fonte: Sistema Educacenso (*2011 dados preliminares do Censo)
**Fonte: Sistema Escola Online (Eol) - 30/01/2012
EMEB
EVOLUTIVO DE MATRICULAS
0
200
400
600
800
1.000
1.200
1.400
1.600
1.800
Evolutivo do Número de Matrículas das Escolas Municipais de
Educação Bilíngue para Surdos - EMEBs
Fonte: Sistema Educacenso (*2011 dados preliminares do Censo)
**Fonte: Sistema Escola Online (Eol) - 30/01/2012
COMPOSIÇÃO DA REDE MUNICIPAL
DE ENSINO
 Educação Infantil: 781 escolas
 Ensino Fundamental: 468 escolas
 Ensino Médio: 8 escolas
 Escola Bilingue: 6 escolas
 Educação de Jovens e Adultos:
– CIEJA: 14
– EJA: em 285 Escolas de Ensino Fundamental
 CECI: 3
 CEU: 45
Setores da SME
Gabinete
DOT
ATP
AT, Convênios, TEG
Jurídico
RH
Imprensa
DRE
CONAE
Gestão dos Projetos
Planos e
Obras
Problemas Identificados
• Nº elevado de alunos com deficiência e TGD
matriculados na RME

• Serviços de AEE insuficientes em relação ao nº de
alunos matriculados

• Alunos encaminhados para o AEE que não
apresentavam deficiência

• Transporte escolar não atendia a totalidade dos
alunos

• Recursos e materiais didáticos específicos
insuficientes

• Escolas antigas não acessíveis

• Alunos necessitavam de cuidadores

• Professores sem especialização para atuar nas
SAAI

• Formação para professores das classes comuns
que atuavam com alunos com deficiência e TGD
não atingia um nº expressivo de participantes

• Avaliações da aprendizagem pouco consistentes

• Acompanhamento dos processos de
aprendizagem não sistematizado

• Necessidade de reestruturação da educação de
surdos na perspectiva da educação bilingue
• Ações incipientes de articulação entre os CEFAI e
os serviços e recursos das secretarias municipais,
estaduais e demais recursos disponíveis na
comunidade
• Atendimento oferecido pelas instituições
conveniadas de educação especial marcado pela
perspectiva assistencialista, de caráter clinico ou
substitutivo da escolarização
• Falta de rede de apoio entre as esferas
governamentais para a tomada de ações
conjuntas e cooperativas
2010 - Decreto Municipal nº 51.778/2010
Política de Atendimento de Educação Especial
Programa Inclui

• Integrado por diversos projetos
com objetivos específicos,
desenvolvidos de forma
articulada

• Constitui uma rede de apoio ao
aluno, à escola e à família

• Oferece suportes e serviços
especializados que viabilizem o
acompanhamento da trajetória
escolar e do processo de
aprendizagem do aluno
PROGRAMA INCLUI
7 PROJETOS

Identificar
Apoiar
Formar
Acessibilidade
Rede
Reestruturar
Avaliar
Identificar


• Identificar os alunos público
alvo da educação especial

• Atender suas necessidades
educacionais especiais

• Assegurar os apoios e
serviços necessários ao seu
desenvolvimento e
aprendizagem
Apoiar
• Ampliar o nº de SAAIs
• Ampliar o número de PAAIs
• Ampliar o nº de Estagiários
• Firmar convênios com
Instituições Especializadas
e Escolas Especiais
Formar
• Formação específica para
atuar nos serviços de
Educação Especial
• Formação Continuada
para profissionais da
educação
• Educação Inclusiva nas
formações regulares para
todos os profissionais
da Rede Municipal de Educação
Acessibilidade
• Currículo
• Comunicação
• Arquitetônica
• Mobiliário
• Tecnologia Assistiva
• Transporte Escolar
Projeto Rede

• Auxiliar de Vida Escolar – AVE

• Avaliação funcional e diagnóstica dos alunos

• Assessoria às escolas na indicação de tecnologia
assistiva

• Suporte técnico de equipe multidisciplinar em
parceria com os CEFAI para as equipes escolares

• Regulação com os serviços oferecidos pelo
Município

• Produção de materiais orientadores:
• Cartilha para Programa de acolhimento da
equipe escolar
• Cartilha para Programa de acolhimento dos
pais

Projeto Reestruturar

• Construção de documento orientador:
• para o atendimento de alunos surdos na RME, e
• para nortear das ações educativas direcionadas
à Educação de Surdos no município

• Organização das EMEE para se configurarem como
Escolas Bilíngues

• Organização das Escolas Municipais de Ensino
Regular Pólo de atendimento a alunos surdos para
se configurarem como Escolas Inclusivas Bilíngues

• Formação das equipes para atuarem neste contexto
Avaliar
• Avaliação e Monitoramento do Programa
INCLUI

• Avaliação e acompanhamento do processo de
aprendizagem dos alunos público alvo da
educação especial
Estratégias
• Reuniões sistemáticas com as escolas para
acompanhamento das informações contidas no
sistema EOL
• Criação do Projeto Gerenciamento de Dados
• Contratação de 200 TEG adaptados.
• Ata de mobiliário com 2.495 produtos
• Oferecimento de curso de Pós graduação para
700 professores
• Qualificar e otimizar os serviços que vinham
sendo prestados pelas instituições conveniadas
• GT intersecretarial para atendimento dos usuários
dos convênios da SME
• Convocar professores para formação com
dispensa de ponto
• Estimular a interação com a família dos alunos
• Realizar cursos para os pais
• Elaboração e aplicação do RAADI

Resultados
• Formação
• Media de 35.000 educadores
• 1000 pais

• Apoios
• SAAI - 356 em 2011 e tendo como meta 400 salas
• CEFAI - 13 implementados
• Equipe que atua no CEFAI - ampliação com
atuação de equipe multidisciplinar
• AVE – 500 que atendem 1551 alunos
• Estagiários – 1300 tendo como meta 1800


• Acessibilidade
• 75 obras concluídas - 52 escolas com obras em
andamento e previsão para 2012 de 187 unidades
• 100% dos alunos cegos recebendo material em
braile
• 100% de alunos surdos matriculados nas unidades
polo com Interpretes de LIBRAS
• 200 carros acessíveis para o TEG que atendem
1400 alunos cadeirantes
• 9.095 alunos com deficiência sendo transportados
pelo TEG comum
• Mobiliários e equipamentos adquiridos -Media de
1000 itens
• Acervo literário para os alunos - Programa Minha
Biblioteca
• Avaliação
• Prova São Paulo e RAADI –
• Melhora nos indicadores de aprendizagem no 5º
ano
• Sistematização quanto à análise dos dados de
avaliação dos alunos para a intervenção
pedagógica
• Avaliação por equipe NMD de 2.163 (59% dos
alunos atendidos já estão sendo acompanhados
pela saúde e 41% sem acompanhamento previo)
- Media de encaminhamento para a saúde: 33%


• Elaboração do Programa e seus Projetos
envolvendo os diferentes segmentos da SME-SP
• Formação do conjunto dos profissionais da
educação
• Produção e acompanhamento da implementação
de documentos normativos e orientadores
• Disponibilização no Portal da PMSP/SME de
todos os documentos produzidos
• Dotação Orçamentária própria e projeto/atividade

Continuidade.....
CURSO PARA
PAIS E RESPONSÁVEIS
Professores elaborando material didático
específico para os alunos com deficiência
Recursos Específicos e materiais
nas classes comuns e SAAI
Todas as crianças devem aprender
juntas!
sdrago@prefeitura.sp.gov.br

35








Realização