1

Edificai-vos uns aos outros

Efésios 4.7-16 ”Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida
do dom de Cristo. 8Pelo que diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro e
deu dons aos homens.
9Ora, isto – ele subiu – que é, senão que também, antes, tinha descido às
partes mais baixas da terra? 10Aquele que desceu é também o mesmo
que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. 11E ele
mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para
evangelistas, e outros para pastores e doutores, 12querendo o
aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do
corpo de Cristo, 13até que todos cheguemos à unidade da fé e ao
conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura
completa de Cristo, 14para que não sejamos mais meninos inconstantes,
levados em roda por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens
que, com astúcia, enganam fraudulosamente. 15Antes, seguindo a
verdade em caridade, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
16do qual todo o corpo, bem ajustado e ligado pelo auxílio de todas as
juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo,
para sua edificação em amor.
” Exortação a perseverar na sã doutrina e a pregar em todas as ocasiões
2 Timóteo 3.10-17” 10Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de
viver, intenção, fé, longanimidade, caridade, paciência, 11perseguições e
aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio e em Listra;
quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou. 12E também
todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão
perseguições. 13Mas os homens maus e enganadores irão de mal para
pior, enganando e sendo enganados.
14Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado,
sabendo de quem o tens aprendido. 15E que, desde a tua meninice, sabes
as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que
há em Cristo Jesus. 16Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa
para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça, 17para
2

que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda
boa obra.
1 Corintios 10.23-33”Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as
coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas
edificam. 24Ninguém busque o proveito próprio; antes, cada um, o que é
de outrem. 25Comei de tudo quanto se vende no açougue, sem perguntar
nada, por causa da consciência. 26Porque a terra é do Senhor e toda a sua
plenitude. 27E, se algum dos infiéis vos convidar e quiserdes ir, comei de
tudo o que se puser diante de vós, sem nada perguntar, por causa da
consciência. 28Mas, se alguém vos disser: Isto foi sacrificado aos ídolos,
não comais, por causa daquele que vos advertiu e por causa da
consciência; porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude. 29Digo,
porém, a consciência, não a tua, mas a do outro. Pois por que há de a
minha liberdade ser julgada pela consciência de outrem? 30E, se eu com
graça participo, por que sou blasfemado naquilo por que dou graças?
31Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra qualquer coisa, fazei
tudo para a glória de Deus. 32Portai-vos de modo que não deis escândalo
nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus. 33Como também
eu em tudo agrado a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o
de muitos, para que assim se possam salvar.
Romanos 15.1-13 ” 1Mas nós que somos fortes devemos suportar as
fraquezas dos fracos e não agradar a nós mesmos. 2Portanto, cada um de
nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação. 3Porque
também Cristo não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre
mim caíram as injúrias dos que te injuriavam. 4Porque tudo que dantes foi
escrito para nosso ensino foi escrito, para que, pela paciência e
consolação das Escrituras, tenhamos esperança. 5Ora, o Deus de paciência
e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros,
segundo Cristo Jesus, 6para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao
Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.
7Portanto, recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu
para glória de Deus. 8Digo, pois, que Jesus Cristo foi ministro da
circuncisão, por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as
promessas feitas aos pais; 9e para que os gentios glorifiquem a Deus pela
3

sua misericórdia, como está escrito: Portanto, eu te louvarei entre os
gentios e cantarei ao teu nome. 10E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios,
com o seu povo. 11E outra vez: Louvai ao Senhor, todos os gentios, e
celebrai-o todos os povos. 12E outra vez diz Isaías: Uma raiz em Jessé
haverá, e, naquele que se levantar para reger os gentios, os gentios
esperarão. 13Ora, o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz
em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito
Santo.
Efésios 4.1-16 “Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é
digno da vocação com que fostes chamados, 2com toda a humildade e
mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,
3procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz: 4há um só
corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só
esperança da vossa vocação; 5um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
6um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos, e em todos.
7Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de
Cristo. 8Pelo que diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro e deu dons
aos homens.
9Ora, isto – ele subiu – que é, senão que também, antes, tinha descido às
partes mais baixas da terra? 10Aquele que desceu é também o mesmo
que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. 11E ele
mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para
evangelistas, e outros para pastores e doutores, 12querendo o
aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do
corpo de Cristo, 13até que todos cheguemos à unidade da fé e ao
conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura
completa de Cristo, 14para que não sejamos mais meninos inconstantes,
levados em roda por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens
que, com astúcia, enganam fraudulosamente. 15Antes, seguindo a
verdade em caridade, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
16do qual todo o corpo, bem ajustado e ligado pelo auxílio de todas as
juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo,
para sua edificação em amor.
4

Salmo 19.1-14 “Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento
anuncia a obra das suas mãos. 2Um dia faz declaração a outro dia, e uma
noite mostra sabedoria a outra noite. 3Sem linguagem, sem fala, ouvem-
se as suas vozes 4em toda a extensão da terra, e as suas palavras, até ao
fim do mundo.
Neles pôs uma tenda para o sol, 5que é qual noivo que sai do seu tálamo e
se alegra como um herói a correr o seu caminho. 6A sua saída é desde
uma extremidade dos céus, e o seu curso, até à outra extremidade deles;
e nada se furta ao seu calor.
7A lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é
fiel e dá sabedoria aos símplices. 8Os preceitos do Senhor são retos e
alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro e alumia os olhos.
9O temor do Senhor é limpo e permanece eternamente; os juízos do
Senhor são verdadeiros e justos juntamente. 10Mais desejáveis são do
que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o
licor dos favos.
11Também por eles é admoestado o teu servo; e em os guardar há grande
recompensa. 12Quem pode entender os próprios erros? Expurga-me tu
dos que me são ocultos. 13Também da soberba guarda o teu servo, para
que se não assenhoreie de mim; então, serei sincero e ficarei limpo de
grande transgressão.
14Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu
coração perante a tua face, Senhor, rocha minha e libertador meu!
1 Tessalonicenses 5.1-14 “assim como Sodoma, e Gomorra, e as cidades
circunvizinhas, que, havendo-se corrompido como aqueles e ido após
outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.
8E, contudo, também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam
a sua carne, e rejeitam a dominação, e vituperam as autoridades. 9Mas o
arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do
corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas
disse: O Senhor te repreenda. 10Estes, porém, dizem mal do que não
sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem, como animais irracionais,
se corrompem. 11Ai deles! Porque entraram pelo caminho de Caim, e
foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na
contradição de Corá. 12Estes são manchas em vossas festas de caridade,
5

banqueteando-se convosco e apascentando-se a si mesmos sem temor;
são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são
como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas;
13ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações,
estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das
trevas.
14E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo:
Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos, 15para fazer juízo
contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas
obras de impiedade que impiamente cometeram e por todas as duras
palavras que ímpios pecadores disseram contra ele. 16Estes são
murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas
concupiscências, e cuja boca diz coisas mui arrogantes, admirando as
pessoas por causa do interesse.
17Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas
pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo, 18os quais vos diziam que,
no último tempo, haveria escarnecedores que andariam segundo as suas
ímpias concupiscências. 19Estes são os que causam divisões, sensuais, que
não têm o Espírito.
Exortação e doxologia final
20Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa
santíssima fé, orando no Espírito Santo, 21conservai a vós mesmos na
caridade de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo,
para a vida eterna. 22E apiedai-vos de alguns que estão duvidosos; 23e
salvai alguns, arrebatando-os do fogo; tende deles misericórdia com
temor, aborrecendo até a roupa manchada da carne.
24Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar e apresentar-
vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória, 25ao único Deus,
Salvador nosso, por Jesus Cristo, nosso Senhor, seja glória e majestade,
domínio e poder, antes de todos os séculos, agora e para todo o sempre.
Amém!

2 Timóteo 3.10-27 “u, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de
viver, intenção, fé, longanimidade, caridade, paciência, 11perseguições e
aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio e em Listra;
6

quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou. 12E também
todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão
perseguições. 13Mas os homens maus e enganadores irão de mal para
pior, enganando e sendo enganados.
14Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado,
sabendo de quem o tens aprendido. 15E que, desde a tua meninice, sabes
as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que
há em Cristo Jesus. 16Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa
para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça, 17para
que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda
boa obra.

1 Tessalonicenses 5.1-11 “Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações,
não necessitais de que se vos escreva; 2porque vós mesmos sabeis muito
bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite. 3Pois que, quando
disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição,
como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum
escaparão.
4Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos
surpreenda como um ladrão; 5porque todos vós sois filhos da luz e filhos
do dia; nós não somos da noite nem das trevas. 6Não durmamos, pois,
como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios. 7Porque os que
dormem dormem de noite, e os que se embebedam embebedam-se de
noite. 8Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da
couraça da fé e da caridade e tendo por capacete a esperança da salvação.
9Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da
salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo, 10que morreu por nós, para que,
quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele. 11Pelo que
exortai-vos uns aos outros e edificai-vos uns aos outros, como também o
fazeis.