You are on page 1of 9

PRÉ-PARTICIPAÇÃO DE TRIAGEM: O USO DE MOVIMENTOS FUNDAMENTAIS como

Avaliação da função - parte 1
Para preparar um atleta para a grande variedade de atividades necessárias para participar de seu esporte, o
análise dos movimentos fundamentais devem ser incorporados triagem pré-participação a fim de determinar
quem possui, ou não tem, a capacidade de executar certos movimentos essenciais. em uma série de dois
artigos, o contexto e razão para a análise de movimento fundamental será ser fornecida. Além disso, uma tal
ferramenta de avaliação que as tentativas para avaliar o movimento fundamental padrões realizados por um
indivíduo, o Tela Movimento Funcional (FMS ™), será descrito. Três dos sete movimento fundamental
padrões que compõem o FMS ™ são descrito em pormenor na parte I: agachamento profundo, obstáculo
passo, e estocada em linha. Parte II desta série, que será publicado na edição de agosto de NAJSPT, irá
fornecer uma breve revisão da análise dos direitos fundamentais movimentos, bem como uma descrição
detalhada dos quatro padrões adicionais que complementam os apresentados na Parte I (para completar o
total de sete padrões fundamentais de movimento que compreendem o FMS ™): mobilidade do ombro,
Ativo levantar a perna reta, tronco estabilidade push-up e estabilidade rotativo. A intenção desta série de
duas partes é introduzir o conceito da avaliação de fundamentais movimentos, se é o ™ sistema FMS ou um
sistema diferente idealizado por outro médico. Uma avaliação funcional, tais devem ser incorporadas em
pré-participação de triagem, a fim de determinar se o atleta tem o essencial movimentos necessários para
participar de atividades esportivas com uma diminuição do risco de ferimento.
INTRODUÇÃO
Ao longo dos últimos 20 anos, a profissão de esportes reabilitação sofreu uma tendência longe de, avaliação
e fortalecimento isolado tradicional em direção a uma abordagem integrada, funcional incorporando os
princípios da neuromuscular proprioceptiva fascilitation (PNF), a sinergia muscular, e learning.1 motora No
entanto, é difícil desenvolver e referem-se a protocolos como "funcional" quando um padrão de avaliação
funcional não existe. em muitas situações, os profissionais de reabilitação em configurações esportivas são
muito ansioso para realizar isolado, o teste objetivo específico para as articulações e músculos. Da mesma
forma, estes médicos, muitas vezes realizar desempenho esportivo e avaliações de habilidades específicas
sem antes examinar movimento funcional. é importante inspecionar e entender fundamental comum
aspectos do movimento humano percebendo movimentos que ocorrem ao longo de muitos semelhantes
atividades e aplicações esportivas. a reabilitação profissional deve perceber que, a fim de preparar
indivíduos para uma ampla variedade de atividades, fundamentais movimentos devem ser avaliadas. No
modelo de medicina esportiva tradicional, pré-participação exames são seguidos por desempenho
avaliações. Este processo sistemático não parece para fornecer informação de base suficiente para avaliar
preparação de um indivíduo para a atividade. Geralmente, o médica pré-participação ou exame de
reabilitação inclui somente informações que irão excluir um indivíduo de participar de certas atividades. A
percepção de muitos pesquisadores passado é que não existem normas estabelecidas para determinar quem
está fisicamente preparado para participar de activities.2-5 Recentemente, inúmeras sociedades médicas têm
colaborou e tentou estabelecer mais uniformidade nesta área, no entanto, apenas sugestões de base médica
parâmetros necessários para a participação foram provided.6 Idealmente, a colaboração também deve
ocorrer entre os profissionais para determinar que a base para fundamentais movimento deve ser e se os
indivíduos devem ser permitidas para participar, se eles não são capazes de realizar movimentos em um
nível básico. No exame típico de pré-participação de triagem, uma vez que o exame médico pré-participação
é realizada a indivíduo ativo é, então, pediu para completar o desempenho testes. Testes de desempenho
comumente recomendado incluir abdominais, flexões, resistência corridas, sprints e agilidade activities.7
Em muitos ambientes esportivos e ocupacionais essas atividades de desempenho tornam-se mais específico
para as tarefas necessárias para áreas definidas de desempenho. Os testes de desempenho funcionar para
reunir quantitativa de base informações e, em seguida, tentar fazer recomendações e estabelecer metas. As
recomendações são baseadas em informações normativo padronizado, que pode não ser em relação às
necessidades específicas do indivíduo. Da mesma forma, em muitos casos, os testes de desempenho fornecer
informações objectivas Informação que não se avaliar a eficiência pela qual indivíduos executar certos
movimentos. pouca consideração é dada para os défices funcionais de movimento, os quais pode limitar o
desempenho e predispor o indivíduo a lesões micro-traumática. Programas de resistência e condicionamento
prescrito frequentemente trabalhar para melhorar a agilidade, velocidade e força sem consideração para a
perfeição ou a eficiência do subjacente movimento funcional. Um exemplo seria uma pessoa que tem uma
pontuação acima da média do número de flexões realizada durante um teste, mas está realizando muito
ineficiente compensando e iniciando o movimento com a parte superior do corpo e da coluna cervical, em
comparação com o tronco. Compare essa pessoa a um indivíduo que pontuação acima da média do número
de abdominais, mas está realizando muito eficiente e não utiliza compensatória movimentos para alcançar o
sit-up. Estes dois indivíduos que cada ser considerado "acima da média", sem notar suas ineficiências
movimentos individuais. a questão surge: Se as deficiências principais são anotados em sua funcional
padrões de movimento, então deve ser o seu desempenho julgados como iguais? Estes dois indivíduos
provavelmente teria diferenças significativas na mobilidade funcional e estabilidade; no entanto, sem avaliar
a sua mobilidade funcional e estabilidade é inapropriado assumir diferenças. O principal objetivo na
realização de pré-participação ou projeções de desempenho é diminuir lesões, melhorar performance, e,
finalmente, melhorar a qualidade de vida.4, 6,8 Atualmente, a pesquisa é inconsistente sobre se o pré-
participação ou projeções de desempenho e padronizada medidas de fitness têm a capacidade de alcançar
este goal.4 principal, 5 Uma razão para a falta de um valor preditivo de exames é que os exames
padronizados não fornecer uma análise individualizada, fundamental de um indivíduo de movimentos. Os
autores deste comentário clínica sugerem que a análise de movimentos fundamentais deve ser incorporado a
triagem pré-temporada, a fim de determinar que possui, ou não tem, a capacidade para executar certos
movimentos essenciais.
O FUNCIONAL movimento da tela ™
A tela de Movimento Funcional (FMS) ™ é uma ferramenta de avaliação que tenta avaliar o essencial
padrões de movimento de um individual.9-11 A avaliação ferramenta preenche o vazio entre o pré-
participação / exames pré-colocação e os testes de desempenho, avaliando indivíduos em uma capacidade
dinâmica e funcional. A ferramenta de triagem como este oferece uma abordagem diferente para prevenção
de lesões e previsibilidade de desempenho. quando usado como parte de uma avaliação abrangente, a FMS
™ levará a, recomendações específicas e funcionais, individualizados para protocolos de aptidão física em
atletismo e grupos da população activa. A FMS ™ é composta por sete movimento fundamental padrões que
exigem um equilíbrio entre mobilidade e estabilidade. Esses padrões fundamentais de movimento são
projetados para proporcionar um desempenho observável de locomotor básico, movimentos de manipulação
e de estabilização. O lugar testes o indivíduo em posições extremas em que os pontos fracos e os
desequilíbrios se tornam perceptíveis se a estabilidade adequada e mobilidade não é utilizado. Tem sido
observado que muitos indivíduos que realizam em níveis muito elevados durante atividades são incapazes de
realizar estes movimentos simples. 11,12 Estes indivíduos devem ser considerados utilizando padrões de
movimento de compensação durante a sua atividades, sacrificando movimentos eficientes para ineficiente
os, a fim de realizar em níveis elevados. Se compensações continuar, em seguida, os padrões de movimento
pobres são reforçadas levando a biomecânica pobres e, finalmente, o potencial de lesões micro-ou macro-
traumático. Os testes FMS ™ foram criados com base na fundamentais princípios proprioceptivas e
cinestésicas de sensibilização. Cada teste é um movimento específico, o qual requer apropriada função do
sistema de ligação cinética do corpo. o modelo de ligação cinética, usado para analisar o movimento, retrata
o corpo como um sistema de ligação de segmentos interdependentes. Estes segmentos muitas vezes
trabalham em um distal proximal-to-sequência, de modo a conferir uma acção desejada no distal segment.13
Um aspecto importante deste sistema é a habilidades proprioceptivos do corpo. Propriocepção pode ser
definida como uma variação especializada da modalidade sensorial de toque que engloba a sensação de
movimento articular e posição conjunta sense.14 Propriocepção em cada segmento da cadeia cinética deve
funcionar correctamente, pedir para os padrões de movimento eficientes para ocorrer. Durante o crescimento
e desenvolvimento, de um indivíduo proprioceptores são desenvolvidos através de movimentos reflexos a
fim de executar tarefas motoras básicas. este desenvolvimento ocorre de proximal para distal, o lactente
aprender a primeira estabilizar as articulações proximais na espinha e tronco e, eventualmente, as
articulações distais das extremidades. Essa progressão ocorre devido à maturação e aprendendo. A criança
aprende movimentos fundamentais por respondendo a uma variedade de estímulos, ao longo do processo de
aprendizagem motora de desenvolvimento. Como o crescimento e desenvolvimento progride, proximal para
distal processo se torna operacional e tem uma tendência para se inverter. o processo de regressão
movimento evolui lentamente em um distal para direction.15 proximal Esta regressão ocorre como
indivíduos gravitar em torno de habilidades e movimentos específicos por hábito, estilos de vida e
treinamento.
Exemplos de Aplicação
Bombeiros inicialmente treinar através de controlada, voluntária movimentos. Então, através da repetição, o
movimento torna-se armazenados centralmente como um programa motor. o motor programa eventualmente
requer menos comandos cognitivas levando a um melhor desempenho subconsciente do tarefa. Esse
desempenho subconsciente envolve a mais alta níveis de função do sistema nervoso central, como sabem
programming.14 cognitiva Neste exemplo, problemas surgiriam quando os movimentos e treinamento sendo
"Aprendidas" são realizados incorretamente, de forma ineficiente, ou assimetricamente. Um exemplo
específico do esporte é um atacante de futebol americano que entra prática pré-temporada que não tem o
equilíbrio necessário de mobilidadeou estabilidade para executar uma habilidade específica tais como o
bloqueio. O atleta pode realizar a perícia utilizando padrões de movimento de compensação, a fim de
superar os de estabilidade ou mobilidade ineficiências. o padrão de movimento compensatório será então
reforçado durante todo o processo de formação. Em tal exemplo, o indivíduo cria um padrão de movimento
pobre que vai ser subconscientemente utilizado sempre que a tarefa é executada. Padrões de movimentos
alterados programadas têm o potencial para levar a mais mobilidade e estabilidade desequilíbrios, que
tenham sido previamente identificados como fatores de risco para injury.16-18 Uma explicação alternativa
para o desenvolvimento de má padrões de movimento é a presença de lesões anteriores. Os indivíduos que
sofreram uma lesão pode ter um diminuição do input proprioceptivo, se não tratada ou tratada
inappropriately.14, 19 A interrupção no proprioceptiva desempenho terá um efeito negativo sobre a cinética
sistema de ligação. O resultado irá ser alterada a mobilidade, estabilidade e influências assimétricas, acabou
levando a padrões de movimento compensatório. Esta pode ser uma razão por lesões anteriores foram
determinados a ser um dos fatores de risco mais significativos na predispondo os indivíduos a repetir
injuries.19, 20 Determinar qual fator de risco tem uma influência maior sobre lesão, lesões anteriores ou
desequilíbrios de força / flexibilidade, é difícil. Em ambos os casos, tanto levar a deficiências no
desempenho funcional. Foi determinado que esses déficits funcionais levar à dor, ferimentos e diminuição
do desempenho. Cholewicki et al 21 demonstraram que as limitações em termos de estabilidade da coluna
vertebral levou a muscular compensações, fadiga e dor. Gardner-Morse et al 22 determinaram que as
instabilidades espinhais resultar em degenerativa mudanças devido às estratégias de ativação muscular, que
pode ser interrompido devido a lesão anterior, rigidez, ou fadiga. Além disso, Battie et al23 demonstraram
que os indivíduos com dor lombar anterior realizada cronometrado ônibus é executado a um ritmo
significativamente mais baixos do que os indivíduos que não tinham dor lombar anterior. Portanto, um fator
importante na prevenção de lesões e melhorar o desempenho é identificar rapidamente os déficits em
mobilidade e estabilidade por causa de suas influências sobre a criação de alteradas programas motores ao
longo da cinética cadeia. A complexidade do sistema de ligação cinética torna a avaliação dos pontos fracos
utilizando convencional, métodos estáticos difícil. Por essa razão, a utilização funcional testes que
incorporam toda a cadeia cinética precisa ser utilizados para isolar as deficiências na system.8, 19,23 O FMS
™ é projetado para identificar os indivíduos que desenvolveram padrões de movimentos compensatórios na
cinética cadeia. Esta identificação é realizada por meio da observação desequilíbrios laterais direita e
esquerda e mobilidade e estabilidade fraquezas. Os sete movimentos na tentativa FMS ™ para desafiar a
capacidade do corpo para facilitar a circulação através da sequência proximal para distal. Este curso de
movimento na cadeia cinética permite que o corpo a produzir padrões de movimento mais eficiente. o
correto padrões de movimento foram inicialmente formada durante o crescimento e desenvolvimento. No
entanto, devido a uma deficiência ou disfunção no sistema de ligação cinética, uma circulação pobre padrão
pode ter resultado. Uma vez que um movimento ineficiente padrão foi isolado pela FMS ™, funcional
estratégias de prevenção pode ser instituída para evitar problemas tais como desequilíbrio, quebra micro-
traumático e lesão.
Marcando o Funcional Tela Movimento ™
A pontuação para o FMS ™ consiste em quatro possibilidades. As pontuações variam de zero a três, três
sendo o melhor pontuação possível. As quatro pontuações básicas são bastante simples em filosofia. Um
indivíduo é atribuída uma pontuação de zero se a qualquer tempo durante o teste, ele / ela tem dor em
qualquer parte do corpo. Se ocorrer dor, uma pontuação de zero é dado eo área dolorosa é anotado. A
pontuação de um é dada, se a pessoa é incapaz de completar o padrão de movimento ou é incapaz para
assumir o cargo para executar o movimento. Uma pontuação dos dois é dado se a pessoa é capaz de
completar o movimento mas deve compensar de alguma forma para executar o movimento fundamental.
Uma pontuação de três é dada se o pessoa executa o movimento corretamente, sem qualquer compensação.
Observações específicas Note-se definindo por que uma pontuação de três não foi obtida A maioria dos
testes no direito teste FMS ™ e deixou lados respectivamente, e é importante que ambos os lados estão
marcou. A pontuação mais baixa dos dois lados é gravada e é contado para o total; No entanto, é importante
desequilíbrios de notas que estão presentes entre direita e esquerda lados. Três testes têm telas de
compensação adicionais que são classificado como positivo ou negativo. Estes movimentos de compensação
considerar apenas a dor, se uma pessoa tem dor, então, que parte do teste seja positivo e se não houver
nenhuma dor, então isto é marcado negativo. Os testes de compensação afetar a pontuação total para os
testes em particular em que são utilizados. Se uma pessoa tem um teste positivo clareira então a pontuação
será zero. Todas as pontuações para os lados direito e esquerdo, e aqueles para o testes que estão associadas
com as telas de compensação, devem ser registrados. Ao documentar todas as pontuações, mesmo se eles
são zeros, o profissional de reabilitação esportiva vai ter uma melhor compreensão das deficiências
identificadas quando se realiza uma avaliação. É importante note que apenas a pontuação mais baixa é
registrada e considerada quando contabilizar a pontuação total. A melhor pontuação total que pode ser
alcançado na FMS ™ é vinte e um.

DESCRIÇÃO DOS TESTES FMS ™
A seguir estão as descrições de três dos sete testes específicos utilizados no seu sistema de pontuação e FMS
™. Cada teste é seguido por dicas para testes desenvolvidos pela autores, bem como as implicações clínicas
relacionadas com os resultados do teste.
Agachamento profundo
Propósito. O agachamento é um movimento necessário na maioria eventos esportivos. É a posição pronta e é
necessária para a maioria dos movimentos de alimentação que envolvem as extremidades inferiores. O
agachamento profundo é um teste que desafia total do corpo mecânica quando realizada corretamente. O
agachamento profundo é usado para avaliar a mobilidade bilateral, simétrico, funcional dos quadris, joelhos
e tornozelos. O passador realizada sobrecarga avalia a mobilidade bilateral, simétrico dos ombros , bem
como a coluna vertebral torácica.
Descrição. O indivíduo assume a posição de partida colocando o seu / seus pés aproximadamente a largura
dos ombros separados e os pés alinhado no plano sagital. o indivíduo em seguida, ajusta suas mãos sobre o
passador de assumir uma Ângulo de 90 graus dos cotovelos com a sobrecarga passador. Em seguida, o pino
é pressionado em cima com os ombros flexionado e sequestrado, e os cotovelos estendidos. o indivíduo é
então instruído a descer lentamente em um agachamento posição. A posição de agachamento deve ser
assumido com a calcanhares no chão, cabeça e peito virado para a frente, e o passador sobrecarga
maximamente pressionado. Tal como muitos como três repetições pode ser realizada. Se os critérios para a
pontuação de III não é alcançado, o atleta é então solicitado a executar o teste com um bloco de 2x6 sob seus
calcanhares. (Figuras 1-4)
Dicas para Teste:
• Em caso de dúvida, marcar o baixo assunto.
• Tente não interpretar a pontuação durante o teste.
• Certifique-se se você tem uma pergunta para ver indivíduo a partir do lado.
Implicações Clínicas para Deep Squat
A capacidade de executar o agachamento profundo requer cadeia cinética fechada dorsiflexão dos
tornozelos, flexão do joelhos e quadris, extensão da coluna torácica e flexão e abdução dos ombros. Fraco
desempenho deste teste pode ser o resultado de vários fatores. Mobilidade limitada na parte superior do
tronco pode ser atribuído à má glenoumeral e mobilidade da coluna torácica. Mobilidade limitada na
extremidade inferior incluindo a má closed-cinética dorsiflexion cadeia dos tornozelos ou pobre flexão dos
quadris também pode prejudicar o desempenho do teste. Quando um atleta alcança uma pontuação inferior a
III, o fator limitante deve ser identificada. documentação clínica estes limites podem ser obtidos usando
medições goniométricas padrão. testes anteriores identificou que quando um atleta consegue uma pontuação
de II, pequenas limitações na maioria das vezes existe, quer com cadeia cinética fechada de flexão dorsal do
tornozelo ou extensão do coluna torácica. Quando um atleta consegue uma pontuação de I ou menos
limitações, bruto pode existir com os movimentos apenas mencionado, bem como a flexão do quadril.
Passo sobre a barreira
Propósito. O passo obstáculo é projetado para desafiar o mecânica da passada apropriadas do corpo durante
um movimento de pisar. O movimento exige coordenação e estabilidade adequada entre os quadris e tronco
durante o movimento stepping bem como a estabilidade postura única perna. O passo obstáculo avalia a
mobilidade funcional bilateral e estabilidade do quadris, joelhos e tornozelos.
Descrição. O indivíduo assume a posição de partida por em primeiro lugar colocar os pés juntos e alinhar os
dedos tocar a base do obstáculo. O obstáculo é então ajustada a altura da tuberosidade da tíbia do atleta. o
passador está posicionado em frente dos ombros abaixo do pescoço. O indivíduo é, então, pediu para passar
por cima do obstáculo e tocar o calcanhar no chão, mantendo a postura perna numa posição estendida. A
perna em movimento é, em seguida, voltou para a posição de partida. O passo obstáculo deve ser realizada
de forma lenta e até três vezes bilateralmente. Se uma repetição é completada reunião bilateral a critérios
estabelecidos, a III é dado. (Figuras 5-8)
Dicas para Teste:
• Marque a perna que está pisando sobre o obstáculo
• Certifique-se de que o indivíduo mantém um tronco estável
• Diga indivíduo para não travar os joelhos do membro postura durante o teste
• Manter o alinhamento adequado com a corda eo tuberosidade da tíbia
• Em caso de dúvida pontuação sujeito baixo
• Não tente interpretar a pontuação no teste
Implicações clínicas para Hurdle Passo
Realizar o teste passo obstáculo exige postura de pernas estabilidade do tornozelo, joelho e do quadril, bem
como máxima extensão da cadeia cinética fechada do quadril. O passo obstáculo também requer passo a
perna em cadeia cinética aberta-dorsiflexão de do tornozelo e flexão do joelho e quadril. Além disso, o atleta
também deve mostrar equilíbrio adequado porque o teste impõe a necessidade de uma estabilidade dinâmica.
Fraco desempenho durante este teste pode ser o resultado de várias fatores. Pode ser simplesmente devido à
falta de estabilidade do perna postura ou má mobilidade da perna passo. A imposição de máxima flexão do
quadril de uma perna, mantendo quadril extensão da perna oposta requer que o atleta demonstrar mobilidade
relativa bilateral, assimétrica quadril. Quando um atleta alcança uma pontuação inferior a III, o fator
limitante deve ser identificada. documentação clínica estes limites podem ser obtidos utilizando o padrão
medições goniométricas das articulações, bem como muscular testes de flexibilidade, tais como teste de
Thomas ou teste de Kendall para flexores do quadril identificou tightness.24 teste anterior que quando um
atleta consegue uma pontuação de II, pequenas limitações na maioria das vezes existem com dorsiflexão do
tornozelo e quadril flexão da perna passo. Quando um atleta a pontuação I ou menos, em relação a
imobilidade hip assimétrica pode existir, tronco secundário a uma visão anterior da pelve inclinadas e pobres
estabilidade.
Avanço Linear
Propósito. O soco na linha tenta colocar o corpo no uma posição que incidirá sobre as tensões como
simuladas durante movimentos de rotação tipo, desacelerando, e laterais. A estocada in-line é um teste que
coloca os membros inferiores em uma posição estilo tesoura desafiando o tronco do corpo e extremidades
para resistir à rotação e manter adequada alinhamento. Este teste avalia a mobilidade do quadril e tornozelo
e estabilidade, flexibilidade quadríceps, e a estabilidade do joelho. Descrição. O aparelho de teste atinge
tíbia do indivíduo comprimento, por uma das medi-la a partir do chão para o tibial tuberosidade ou adquiri-
lo a partir da altura da corda durante o teste passo obstáculo. O indivíduo é, então, pediu para coloque o final
do seu calcanhar no final do conselho de administração ou de um fita métrica colado no chão. A medição da
tíbia anterior é então aplicada a partir da extremidade dos dedos do pé do pé na tábua e uma marca é feita. A
cavilha é colocada atrás das costas tocando a cabeça, coluna torácica e sacro. O oposto mão para o pé da
frente deve ser o mão segurando o pino na coluna cervical. a outra mão segura o pino na coluna lombar. o
indivíduo então sai na placa ou fita métrica no chão colocando o calcanhar do pé oposto ao indicado marca.
O indivíduo, em seguida, diminui o joelho para trás o suficiente tocar na superfície atrás do calcanhar do pé
da frente e em seguida, retorna à posição inicial. A investida é realizada até três vezes bilateral de uma
forma lenta e controlada. Se uma repetição é concluída com êxito, em seguida, três é dado para esse
extremidade (direita ou esquerda). (Figuras 9-12)
Dicas para Teste:
• A perna da frente identifica o lado a ser marcado
• Cavilha permanece em contato com a cabeça, coluna torácica, e sacro durante a estocada
• O calcanhar frente permanece em contato com a superfície e calcanhar toca a superfície ao retornar para
partida posição
• Em caso de dúvida marcar o sujeito baixo
• Preste atenção para a perda de equilíbrio
• Permaneça perto de indivíduo no caso de ele / ela tem uma perda de equilíbrio.
Implicações Clínicas do Avanço Linear
A capacidade de realizar o teste estocada em linha requer postura estabilidade perna do tornozelo, joelho e
quadril, bem como aparente abdução do quadril de cadeia cinética fechada. A in-line estocada também
requer mobilidade passo a perna de abdução do quadril, dorsiflexão do tornozelo, e reto femoral
flexibilidade. o atleta devem também apresentar equilíbrio adequado devido à lateral estresse imposto. Fraco
desempenho durante este teste pode ser o resultado de vários fatores. Mobilidade Primeiro quadril pode ser
inadequada em ou a posição da perna ou da perna passo. Em segundo lugar, o stanceleg joelho ou tornozelo
pode não ter a estabilidade necessária como o atleta realiza a estocada. Finalmente, um desequilíbrio entre a
fraqueza relativa e adutor abdutor aperto em um ou ambos os quadris pode prejudicar o desempenho do
teste. Limitações também podem existir na coluna torácica região que pode inibir o atleta a executar testar
adequadamente. Quando um atleta alcança uma pontuação inferior a III, o fator limitante deve ser
identificada. documentação clínica estes limites podem ser obtidos utilizando o padrão medições
goniométricas das articulações, bem como muscular testes de flexibilidade, tais como teste de Thomas ou
teste de Kendall para flexores do quadril tightness.24 Testes anteriores já haviam identificado que quando
um atleta alcança uma pontuação de II, pequenas limitações, muitas vezes existe com mobilidade de um ou
de ambos os quadris. Quando um atleta a pontuação I ou menos, uma assimetria relativa entre a estabilidade
e mobilidade pode ocorrer em torno de um ou de ambos os quadris.
RESUMO
A pesquisa relacionada a avaliações baseadas em movimento é extremamente limitada, principalmente
porque apenas alguns movimentos baseados estão sendo utilizados testes de avaliação quantitativos. De
acordo com Battie et al, 23 o teste final de qualquer pré-admissionais ou pré-colocação técnica de triagem é
o seu eficácia na identificação de indivíduos com maior risco de lesão. Se o FMS ™, ou qualquer teste
desenvolvido de forma semelhante, podem identificar-se a indivíduos de risco, então as estratégias de
prevenção pode ser instituída com base em suas pontuações. A pró-ativo, funcional abordagem de formação
que diminui a lesão através de melhoria da eficiência de desempenho irá melhorar global bem-estar e
produtividade em muitas populações ativas. {A próxima edição, Volume 1; Número 3, de agosto de 2006,
de NAJSPT irá fornecer os quatro testes fundamentais finais incorporado no ecrã Movimento Funcional
(FMS) ™.}