You are on page 1of 2

Colégio Pedro II

Campus Realengo II
Departamento de Língua Portuguesa e Literatura Data:
___/____/2014
Chee do Departamento: !laine Correa Coordenador:
"ar#os Pon#iano
Proessores: $eloisa "angia e Lui% &uilherme 'ar(osa
!studante: _________________________________________________ 2) série do !nsino "édio*
turma: _____
O texto dissertativo-argumentativo
+n,lise de uma reda-.o nota 1/000 no !0!"
1 te2to a(ai2o* de Larissa Reghelin Coma%%etto* aluna na #idade de 3anta "aria* no Rio &rande do 3ul* oi a4aliado #om
nota m,2ima na pro4a do !0!" em 2012/ 1 o(5eti4o desta an,lise n.o é 4eri6#ar por 7ue este te2to re#e(eu nota m,2ima* e sim
e2plorar os recursos expressivos utili%ados pela autora 7uanto a: #oes.o* #oer8n#ia* norma9padr.o* argumenta-.o e
organi%a-.o te2tual/ + pergunta 7ue nos orienta é: por 7ue este é um (om te2to dissertati4o9argumentati4o: ;amos < leitura=
Imigração no Brasil : Resolver para poder crescer
>aponeses* italianos* portugueses* a-orianos ou espanh?is/ Durante o sé#ulo @I@* muitos oram
os po4os 7ue* em (us#a de tra(alho e (em9estar so#ial * desem(ar#aram no 'rasil e enri7ue#eram
nossa #ultura/ +tualmente* em pleno sé#ulo @@I* a imigra-.o para o 'rasil mantém9se #res#ente*
desa6ando n.o somente nossa so#iedade #omo tam(ém nossa e#onomia/
+ssim #omo os antigos imigrantes* os indi4íduos 7ue ho5e se instalam em territ?rio (rasileiro
anseiam por melhores e mais dignas #ondi-Aes de 4ida/ "uitos deles* de4ido < Crise !#onBmi#a
originada em 200C* 4iram9se o(rigados a se dirigir para outras na-Aes* #omo o 'rasil/ 1s espanh?is*
por e2emplo* por terem sido intensamente atingidos pela re#ess.o* 5, somam uma 7uantidade
e2pressi4a na perieria de 3.o Paulo/ Diante disso* a ra-.o da so#iedade 7ue reside em tal lo#alidade
4em enrentando muitas di6#uldades em Ddi4idir E seu espa-o* 7ue* ini#ialmente* n.o era ade7uado <
so(re4i48n#ia* 7uem dir, ap?s a #hegada dos europeus/ 3egundo pes7uisas reali%adas pelo 5ornal D+
Folha de 3.o PauloE* no primeiro semestre de 2012* (rasileiros e espanhois dos arredores de 3.o Paulo
4i4em em #onstantes #onGitos e a #ausa tradu%9se* 5ustamente* na irregularidade ha(ita#ional 7ue
am(os #ompartilham/
Como se n.o (astasse* a e#onomia (rasileira tam(ém tem sorido #om a #hegada dos
migrantes/ !2istem* entre eles* tanto tra(alhadores des7uali6#ados #omo pro6ssionais graduados/ 1
pro(lema reside na pou#a oerta de emprego a eles destinada/ ;isto 7ue n.o re#e(em oportunidades*
passam a integrar setores inormais da e#onomia* sem direitos tra(alhistas e #om aus8n#ia de
pagamento dos de4idos impostos/ 1 !stado* dessa orma* dei2a de arre#adar #apital e de apro4eitar a
m.o9de9o(ra disponí4el * o 7ue au2iliaria no andamento da e#onomia na#ional/
+ssim* #om a 6nalidade de preparar a so#iedade e a e#onomia (rasileiras para a #hegada dos
no4os imigrantes* medidas de4em ser tomadas/ 1 !stado de4e oere#er in#enti4os <s empresas 7ue
empregarem os re#ém9#hegadosH essas* por sua 4e%* de4em prepar,los para o mer#ado (rasileiro*
oere#endo treinamentos ade7uados e #ursos de Língua Portuguesa e* ainda* garantir seus direitos
tra(alhistas/ I impres#indí4el 7ue o go4erno pro#ure ha(ita-Aes para os imigrantes e 7ue n?s*
(rasileiros* respeitemos os po4os 7ue* se5a no passado ou no presente* somente t8m a nos a#res#entar/

Related Interests