MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS
INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E TECNOLÓGICAS
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO
DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
EM ENGENHARIA AGRÍCOLA, NÍVEL MESTRADO ACADÊMICO

SELEÇÃO PARA 2014
(Publicado em 12/08/2013)

A Coordenação do Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, do Instituto de
Ciências Agrárias e Tecnológicas – Campus Rondonópolis, comunica a abertura de inscrição de
candidatos para o preenchimento de até 12 vagas, nível Mestrado Acadêmico, nas linhas de
pesquisa Engenharia de Sistemas Agrícolas e Agroecossistemas. Serão oferecidas vagas nas
seguintes áreas: Agricultura de Precisão; Máquinas Agrícolas; Fertilidade do Solo; Manejo do
Solo e Nutrição Mineral de Plantas; Agrometeorologia; Irrigação e Drenagem; Microbiologia
Agrícola e Produção Vegetal.

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 07/10/2013 a 01/11/2013, de segunda a sexta-feira (exceto
feriados), das 08:00 horas às 11:00 horas e das 13:30 às 17:00 horas.

LOCAL DE INSCRIÇÃO: Universidade Federal de Mato Grosso, na Secretaria da Coordenação do
Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola – Campus Universitário de Rondonópolis -
ICAT, Rodovia Rondonópolis-Guiratinga, km 6, Bairro: Sagrada Família, CEP: 78735-901,
Rondonópolis, MT.

1. INFORMAÇÕES GERAIS
O Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, nível de Mestrado, com área de
concentração em Engenharia Agrícola, está vinculado ao Instituto de Ciências Agrárias e
Tecnológicas do Campus Universitário de Rondonópolis, Universidade Federal de Mato Grosso
(ICAT/UFMT) e tem como objetivo principal formar recursos humanos com qualificação
acadêmica, senso crítico e formação humanística voltada para docência e pesquisas agrícolas,
fundamental para o desenvolvimento da região Centro-Oeste. O curso, que tem duração
mínima de 12 (doze) e máxima de 24 (vinte e quatro) meses, é oferecido para candidatos com
curso de graduação na área de Ciências Agrárias ou afins, e requer dedicação integral dos
alunos para o cumprimento da programação didática, que compreende aulas teóricas e
práticas, seminários, trabalhos de campo e de laboratório, desenvolvimento de pesquisas,
elaboração de relatórios, exame de qualificação, elaboração e defesa de dissertação.

2. INSCRIÇÃO
Somente serão aceitas inscrições mediante a entrega de cópia de todos os documentos (para
os documentos pessoais, diploma de graduação e histórico escolar as cópias deverão ser
autenticadas em cartório ou apresentadas no ato da inscrição juntamente com os
documentos originais para autenticação administrativa). Reiteramos que não será possível o
candidato entregar qualquer documento após o encerramento do período de inscrição. O
pedido de inscrição deve ser apresentado à Secretaria de Pós-graduação, mediante a
apresentação dos seguintes documentos, e na ordem em que estão listados (não encadernar):

2.1. Formulário de inscrição, devidamente preenchido conforme (Anexo 1);
2.2. Duas fotos 3x4 recentes;
2.3. Documentos pessoais (cópias autenticadas – verificar item 2.4.) declaração de
regularidade de cadastro junto à Receita Federal
(http://www.receita.fazenda.gov.br/), título de eleitor, comprovante de votação
na última eleição, certidão de nascimento ou casamento e, para homens,
certificado de reservista ou de dispensa de incorporação);
2.4. Cópia autenticada do diploma de graduação autorizado e reconhecido pelo MEC,
documentação equivalente ou outra documentação que comprove estar o
candidato em condições de colar grau no curso de graduação antes do período
previsto para efetivação de matrículas no Programa de Pós-graduação. Os
candidatos que apresentarem diplomas emitidos por universidades estrangeiras
deverão anexar as respectivas revalidações, conforme legislação vigente - Lei nº
9.394, de 20 de dezembro de 1996.
2.5. Histórico Escolar do curso de graduação (cópia autenticada em cartório);
2.6. Curriculum vitae documentado no modelo Lattes/CNPq (http://lattes.cnpq.br/);
2.7. Comprovante da taxa de inscrição no valor de R$ 132,64 (cópia do requerimento
de inscrição na Fundação Uniselva e o comprovante original de pagamento).
2.8. Poderão ser isentos os servidores da UFMT e os candidatos que requererem
isenção.
2.8.1. Poderão ser isentos os servidores da UFMT e os candidatos que requererem
isenção, em virtude de situação econômica que não lhes permita cumprir a
exigência, desde que o requerimento seja analisado e aprovado pelo Colegiado do
Curso.
2.8.2. Solicitação de isenção de pagamento da taxa de inscrição:
2.8.3. Os servidores efetivos da Universidade Federal de Mato Grosso estão
isentos da taxa de inscrição, desde que acrescentem à documentação exigida para
a inscrição, cópia de documento comprobatório de vínculo institucional.
2.8.4. De acordo com o Decreto n. 6.593, de 2 de outubro de 2008, fará jus à
isenção total de pagamento da taxa de inscrição o candidato que,
cumulativamente: a) comprovar inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) para
Programas Sociais do Governo Federal, de que trata o Decreto n. 6.135, de 26 de
junho de 2007, por meio de indicação do Número de Identificação Social (NIS) do
candidato, constante na base do CadÚnico existente no Ministério do
Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS); e b) for membro de “família de
baixa renda”, nos termos do Decreto n. 6.135, de 26 de junho de 2007. O
requerimento de isenção deverá ser apresentado por meio de processo
protocolado junto ao Setor de Protocolo Central da UFMT, instruído com
documentação comprobatória autenticada em cartório (ou apresentada
juntamente com o documento original para autenticação administrativa) e
entregue na Secretaria do Programa em Engenharia Agrícola, no período de 14 a
18 de outubro de 2013, das 14h às 17h (horário de Mato Grosso), exceto feriados.
2.8.5. Os processos serão analisados e terão parecer emitido pelo Colegiado do
Curso dia 22 de outubro de 2013.
2.8.6. O candidato cuja solicitação de isenção do pagamento de taxa de inscrição
for indeferida deverá fazer o pagamento da taxa conforme orientações presentes
no item 3 deste Edital até o dia 25 de outubro de 2013.
2.8.7. O candidato cuja solicitação de isenção do pagamento de taxa de inscrição
for deferida deverá anexar cópia da decisão aos documentos exigidos para
inscrição.
2.9. Declaração de próprio punho de que está ciente que o curso requer dedicação
integral;
2.10. Declaração da Instituição de origem de que o candidato será liberado para
dedicar-se ao curso (apenas para candidatos que possui vínculo empregatício);
2.11. Três cartas de recomendação de Professores ou Pesquisadores Científicos
(Anexo 2).
2.12. Projeto de pesquisa de acordo com uma das linhas de pesquisa ofertadas pelo
Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, sendo: 1-Engenharia de
Sistemas Agrícolas ou 2-Agroecossistemas, máximo de 18 páginas, tamanho A4,
fonte Arial 11 e espaçamento entre linhas de 1,5.
2.13. Para candidatos estrangeiros, apresentar documento de identificação emitido
pelo Departamento de Polícia Federal (RNA – Registro Nacional de Estrangeiros)
válida, Visto de Permanência vigente e Passaporte; além do diploma revalidado
conforme legislação, caso tenha sido obtido em outro País.

A documentação completa acima relacionada deve ser entregue em envelope contendo
identificação do candidato e indicação da Linha de Pesquisa que pretende concorrer. A entrega
dar-se-á pessoalmente ou por procurador devidamente constituído, ou ainda via correio (neste
caso, exclusivamente por SEDEX), na Secretaria do Programa de Pós-graduação em Engenharia
Agrícola, campus Rondonópolis, durante o período de inscrição. No caso de envio pelo correio,
será considerada como data de entrega a data da postagem.

Endereço para postagem:

Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário de Rondonópolis
Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola – ICAT
Rodovia Rondonópolis-Guiratinga, km 6, Bairro: Sagrada Família, CEP: 78735-901
Rondonópolis, MT.

O candidato que encaminhar sua inscrição pelo SEDEX deverá entrar em contato com a
Secretaria do Programa para confirmar o recebimento da inscrição, através do telefone (66)
3410-4041 ou (66) 3410-4063.

3. TAXA DE INSCRIÇÃO: O pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 132,64, deverá ser
efetuado mediante depósito em favor da FUNDAÇÃO UNISELVA. Para isso será necessário
entrar no site da FUNDAÇÃO UNISELVA (www.fundacaouniselva.org.br), preencher o
requerimento de inscrição on-line, gerar e imprimir o boleto eletrônico e efetivar o pagamento
do boleto. O registro da inscrição dependerá do atendimento às exigências quanto à formação
acadêmica e apresentação integral dos documentos solicitados. Somente serão analisadas as
inscrições cuja documentação for entregue na ordem citada anteriormente.

O registro da inscrição dependerá do atendimento às exigências quanto à formação acadêmica
e apresentação integral dos documentos solicitados. A divulgação das inscrições deferidas e
indeferidas ocorrerá no dia no site da UFMT - www.ufmt.br.

4. SELEÇÃO
Realizada por uma Comissão Examinadora nomeada pelo colegiado do Programa. A seleção
será feita por meio de prova escrita, arguição, análise da documentação do Curriculum vitae,
do projeto de pesquisa e das cartas de recomendação.
Os candidatos deverão apresentar documento de identidade oficial com foto em todas as
etapas do processo seletivo.

Etapa 1: Prova escrita dissertativa:
Os candidatos cujas inscrições foram deferidas serão submetidos à prova escrita dissertativa,
de caráter eliminatório, versando sobre conhecimentos gerais em Engenharia
Agrícola/Engenharia de Sistemas Agrícolas e Agroecossistemas; conhecimentos básicos em
metodologia científica: formulação de hipóteses; redação científica; análise e interpretação de
dados.
A nota 7.0 (sete) ou superior, em uma escala de 0 a 10, obtida na prova escrita classificará o
candidato para as demais etapas do processo seletivo.

A prova escrita dissertativa será realizada no Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas do
Campus Universitário de Rondonópolis, Universidade Federal de Mato Grosso (ICAT/UFMT), no
dia 18/11/2013, na sala 06 – Bloco das Engenharias, com início as 08:00 horas e duração
máxima de 04 (quatro) horas. O não comparecimento no dia, local e horário determinados
para a prova escrita acarretará na eliminação do candidato. A entrada dos candidatos nas salas
em que serão realizadas as provas será permitida, impreterivelmente, até às 8h.
O resultado da prova escrita dos candidatos, classificados para as demais etapas do processo
seletivo, será divulgada em ordem decrescente com a respectiva pontuação dos candidatos,
em lista afixada no quadro de avisos do Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola e
publicada nas páginas da UFMT (http://www.ufmt.br/ufmt/site/editais/index/Cuiaba/3) e do
Programa (http://www.ufmt.br/pgeagri) no dia 19/11/2013, a partir das 9:00 horas.


Bibliografia recomendada para a prova escrita dissertativa:
BERNARDO, S.; SOARES, A.A.; MANTOVANI, E.C. Manual de irrigação. 7ª ed. Viçosa:
Universidade Federal de Viçosa, 2005. 611p. BRAGA, B.; HESPANHOL, I.; CONEJO, J. G. L.;
MIERZWA, J. C.; BARROS, M. T.L. de; SPENCER, M.; PORTO, M.; NUCCI, N.; JULIANO, N.; EIGER,
S. Introdução à Engenharia Ambiental. O desafio do desenvolvimento Sustentável. 2ºed.; São
Paulo, Pearson Prentice Hall, 2002. 305 p. KLAUS, R., TIMM, L. C. Solo, Planta e Atmosfera –
Conceitos, Processos e Aplicações. Editora: Manole: 2004, 478 pg. BERTONI, J. Conservação do
Solo. Ed. Ícone, Editora: ICONE., 2008. 356p. FERREIRA, P.V. Estatística experimental aplicada à
agronomia. Maceió, EDUFAL, 1991. 440p. GOMES, F.P. & GARCIA, C.H. Estatística aplicada a
experimentos agronômicos e florestais. Piracicaba: FEALQ, 2002. 309 p.


Etapa 2: Arguição, análise da documentação do Curriculum vitae, do projeto de pesquisa e
das cartas de recomendação
Os candidatos classificados na prova escrita passarão por arguição, que abordará, entre outros
aspectos, do curriculum vitae e formação profissional, conhecimento específico na área,
projeto de pesquisa e justificativa do interesse pelo curso e do conteúdo das cartas de
recomendação.
A arguição abordará exame do curriculum vitae, de acordo com a tabela de pontuação (Anexo
3) e do projeto de pesquisa proposto nos documentos de inscrição.
A arguição será realizada no dia 21/11/2013 de 8:00 as 12:00 horas e de 14:00 as 18:00 horas,
na sala 06 – Bloco das Engenharias, do Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas do Campus
Universitário de Rondonópolis/UFMT. O não comparecimento no dia, local e horário
determinados para a arguição acarretará na eliminação do candidato.
Para esta etapa, a banca examinadora atribuirá aos candidatos uma nota consensual, em uma
escala de 0 a 10, que será divulgada no dia 22/11/2013 na página oficial da UFMT e do
Programa em Engenharia Agrícola.


5. DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL: A divulgação do resultado final do Exame de Seleção
será afixada no quadro de avisos do Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas do Campus
Universitário de Rondonópolis/UFMT e no site da UFMT e do PGEAgri, em 26/11/2013. A
publicação do resultado de todas as fases, assim como o resultado final do processo seletivo,
obtido pelo resultado da média aritmética dos resultados de cada fase, será feita por meio de
lista contendo a pontuação dos candidatos aprovados.

6. RECURSOS: Caberá recurso em relação a todas as fases do processo de seleção no prazo de
24 horas a contar da data de publicação do resultado. A solicitação deverá ser dirigida à
Coordenação do Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, por meio de processo
instruído e protocolado junto ao Setor de Protocolo Central da UFMT – Campus Rondonópolis.
O pedido deverá ser justificado, e deverá indicar com precisão o ponto sobre o qual versa a
reclamação. O recorrente deverá expor os fundamentos do pedido de reexame de forma clara
e objetiva, podendo juntar os documentos que julgar convenientes. Será concedida vista
acompanhada (Coordenador do Programa ou membro do Colegiado indicando para tanto) ao
candidato que requerê-la para fundamentar o recurso, devendo o Programa disponibilizar os
critérios utilizados na correção.

7. MATRÍCULA: Os candidatos selecionados deverão efetivar sua matrícula na Secretaria da
Pós-graduação em Engenharia Agrícola, no Campus de Rondonópolis, entre os dias 03 e 22 de
fevereiro de 2014, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08:00 horas às 11:00 horas e
das 13:30 às 17:00 horas. As cópias dos documentos entregues no Ato da Inscrição serão
utilizadas para a efetivação da matrícula.

8. BOLSAS DE ESTUDOS
O Programa não garante bolsas de estudos para os candidatos aprovados.
Os critérios em relação à distribuição de cotas (porventura existentes), são definidos pela
Comissão de Bolsas do PGEAgri.

OBSERVAÇÕES

 Os candidatos não selecionados poderão retirar seus documentos na Secretaria do
Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola até 28/03/2014. Após esta data
os documentos serão incinerados;
 Não serão aceitos quaisquer documentos enviados via FAX ou correio eletrônico.
 Casos omissos neste edital serão apreciados pela comissão examinadora responsável
pelo processo seletivo.
9. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

ATIVIDADE DATA
Período de Inscrições 07/10/2013 a 01/11/2013
Homologação das Inscrições 06/11/2013
Prova Escrita 18/11/2013
Resultado da Prova Escrita 19/11/2013
Prazo para Recurso 20/11/2013
Arguição 21/11/2013
Resultado da Arguição 22/11/2013
Prazo para Recurso 25/11/2013
Resultado Final 26/11/2013
Prazo para Recursos 27/11/2013
Matrícula dos Aprovados 02/02/2014 a 22/02/2014
Início das Aulas 17/03/2014

Aprovado em reunião do Colegiado do Programa do Programa de Pós-graduação em
Engenharia Agrícola no dia 08 de agosto de 2013 às 15:00 horas, na sala 09 do ICAT/UFMT.





Prof. Dr. Tonny José Araújo da Silva
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola

ANEXO 1 (Ficha de Inscrição)
ANEXO 2 (Modelo carta recomendação)
ANEXO 3 (Tabela de pontuação do Currículo vitae)