UNIVERSIDADE FUMEC – FACE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL PROFESSORA MARIA HELENA ALUNOS

-

CAPA DO TRABALHO

MARÇO DE 2008

1. HISTÓRIA DA EMPRESA, ESTRUTURA ADMINISTRATIVA, PRODUTOS E SERVIÇOS 2. NÚMERO E CARACTERISTICAS DOS FUNCIONARIOS: ESCOLARIDADE, SEXO, IDADE ETC 3. PRODUTIVIDADE: MEDIDAS, AÇÕES DE MELHORIA 4. PROCESSO DE RECRUTAMENTO INTERNO, EXTERNO, RESPONSABILIDADES 5. PROCESSO DE SELEÇÃO: PROCEDIMENTOS RESPONSABILIDADES 6. NORMAS DE HIGIENE E SEGURANÇA, USO DE EQUIPAMENTOS. 7. ROTATIVIDADE, ABSENTEÍSMO: MEDIDAS E ANÁLISES 8. DESENHOS E EXIGENCIAS DOS CARGOS 9. QUAIS SÃO AS POLITICAS E NORMAS GERAIS DA EMPRESA 10. QUE VALORES CARACTERIZAM A CULTURA 11. EXISTE UMA PREOCUPAÇÃO POR PARTE DOS DIRIGENTES EM CRIAR UM CENSO DE IDENTIDADE ORGANIZACIONAL 12. QUAL O PAPEL DA GERENCIA NA GESTÃO DE PESSOAS 13. COMO E O CLIMA DE TRABALHO 14. COMO FUNCIONA A COMUNICAÇÃO INTERNA E EXTERNA 15. A ORGANIZAÇÃO PREOCUPA-SE EM GERENCIAR A SATISFAÇÃO DO TRABALHADOR 16. A ORGANIZAÇÃO INCENTIVA E APOIA A PARTICIPAÇÃO DOS TRABALHADORES NAS ESTRATEGIAS DE RETENÇÃO 17. A EMPRESA TEM SE PREOCUPADO EM MELHORAR OS PROCESSOS DE TRABALHO , REALIZAR MUDANÇAS E APRENDER 18. AS LIDERANÇAS TEM COMPETENCIA PARA AJUDAR A EMPRESA A ALCANÇAR SEUS OBJETIVOS 19. COMO SÃO ADMINISTRADOS OS CONFLITOS 20. AÇÕES VOLTADAS PARA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.

GERENTE 1 R.L.A.T. – CASADA, 54 ANOS, TRABALHA NA EMPRESA A 21 ANOS CARGO GERENCIAL – CHEFE DEPARTAMENTO 1- A SUDECAP – Superintendência de Desenvolvimento da Capital – foi criada a quase 38 anos, e responde por quase todas as obras de BH, desde as consideradas manutenção da cidade, como reformas de prédios municipais, centros de saúde, recapeamento de vias, drenagens de ruas, limpeza de galerias e etc, como tambem responde pelas obras de infra-estrutura e edificações, como abertura de novas ruas, construção de escolas etc. 2- O Orgão emprega hoje quase 700 funcionários em regime celetista, com corpo administrativo técnico, técnico, técnico de nível superior, abrangendo todos níveis de escolaridade. 3- Existe hoje um grande esforço no sentido de mudança, na rigidez do antigo modelo burocrático para um modelo de gestão gerencial: introdução de novas técnicas, descentralização administrativa, redução de hierarquias, instrumento de avaliação de desempenho organizacional, porém tudo isto de uma maneira muito tímida. 4 e 5- Realizado em 2007, concurso público para preenchimento de vagas pois desde a constituição de 88 as contratações foram proibidas sem concurso. Entraram de imediato, aproximadamente 135 concursados. O PCS (Plano de Cargos e Salários) foi aprovado na Câmara, para a realização do concurso. 6- existe uma seção de segurança e medicina do trabalho, que além do nosso prédio, vistoria as obras, exigindo que as empreiteiras contratadas, respeitem as leis de segurança, e exijam dos seus funcionários o uso de equipamentos corretos, e também, há uma fiscalização na parte de higiene. 7- A rotatividade existe na medida de necessidade, e não como “estratégia” 8- Os cargos obedecem ao organograma aprovado na Câmara Municipal, e são preenchidos como “cargos de confiança” , as pessoas escolhidas obedecem interesses técnicos ou políticos. 9- A SUDECAP está ligada diretamente à SMURBE – Secretaria Municipal Políticas Urbanas – e segue a política estabelecida pela prefeitura 10- A Cultura dessa Autarquia sofreu grandes mudanças com duas reformas administrativas ocorridas em 2001 e em 2005 11- A Empresa tenta recuperar sua identidade junto a população. 12- As gerencias encontram dificuldades em treinamento e capacitação técnica

13- O ambiente de trabalho é formal, onde se respeita a hierarquia. 14- Toda comunicação é formal, através de documentos e protocolos de saída, e entrada. 15- A empresa tem como prioridade atingir as metas estabelecidas sem preocupação com a satisfação do empregado. 16- Um órgão público onde não se tem muito poder de barganha na contratação ou dispensa de funcionários 17- Somente em áreas específicas, através de cursos de capacitação, mas no âmbito geral, esta preocupação não se aplica 18- Sim, através de transferencia de conhecimento de forma que a empresa atinja seus objetivos 19- Através de reuniões e se necessário, com a ajuda do setor de Recursos Humanos 20- Através do setor de segurança, e medicina do trabalho, porém limitado à liberação de recursos.

GERENTE 2 A.A.O. CASADO, 51 ANOS, TRABALHA NA EMPRESA A 23 ANOS CARGO DE GERENCIA – CHEFE DEPARTAMENTO 1. A Sudecap foi criada como Autarquia Municipal com o objetivo básico de fazer projetos e obras no município de Belo Horizonte. Posteriormente assumiu também os serviços de manutenção da cidade. Passou por duas reformas administrativas levadas à efeito pela Prefeitura no âmbito da política urbana. A primeira reforma tirou da Sudecap toda autonomia que possuía transferindo para uma Secretaria criada para assumir as funções que eram da autarquia, mantendo nela uma estrutura mínima. Na segunda reforma, a estrutura organizacional da Sudecap foi aumentada e suas funções originais de fazer projetos e obras foram restabelecidas, porém ainda sem autonomia para o planejamento e com recursos orçamentários escassos, ficando toda dotação orçamentária na responsabilidade de uma Secretaria centralizadora (Políticas Urbanas). Os serviços de manutenção ficaram à cargo das Regionais. 2. A empresa, no mês de jan/2008, apresentou um nº de 611 (seiscentos e onze) funcionários. Possui servidores com formação de terceiro grau para as funcões de engenharia, arquitetura, administração, contabilidade, juridica. Possui servidores com formação de grau médio para as funções administrativas e também servidores com formação primária no exercício de atividades ligadas ao Departamento de Manutenção. A maior parte dos servidores da Sudecap está acima da idade de 45 anos. Recentemente, através de concurso público, agregaram-se ao quadro de pessoal da Sudecap pessoas mais jovens, entre 20 e 30 anos de idade. 3. A Sudecap não exerce investimento em tecnologia. Apenas atende ao comum para exercício das atividades. Possui softwares antigos precisando de renovação. Não oferece cursos de capacitação e de reciclagem para seus funcionários em geral. Há apenas algum esforço neste sentido de forma muito pontual e restrita. Não é um procedimento sistematizado e estratégico. A empresa trabalha muito pouco os fluxos internos para melhoria da produtividade. 4. Internamente há pouca mobilidade de pessoas para outros setores. Existe grande resistência neste sentido por parte dos funcionários e passividade da direção. Externamente, através de concurso público, ocorrido pela primeira vez em 2007. Faz-se também o chamado “recrutamento amplo” quando um profissional é admitido temporariamente para contribuir em determinado setor.

5. A seleção fica à cargo dos Diretores que decidem por si próprios quem deve ficar onde.

6.

Há um trabalho interessante de acompanhamento e fiscalização da higiene e segurança do trabalho nas obras contratadas pela Sudecap. O Departamento de Recursos Humanos possui engenheiro e técnico que percorrem constantemente as obras exigindo das contratadas todo procedimento legal e necessário. Os editais de licitação também avançaram neste sentido, pois detalham melhor as obrigações da contratada.

7. A rotatividade apenas ocorre para resolver problemas de relacionamento e raras vezes como questão estratégica. 8. Os cargos possuem um “desenho”, oficializado em documento aprovado peça Câmara Municipal. Na prática, as exigências dos cargos são um pouco diferentes do escrito, em alguns casos, por necessidade prática. As gerências possuem remuneração adicional como gratificação e estímulo.

9. A empresa tem suas políticas e normas submetidas à uma Secretaria de Governo (Políticas Urbanas) e não possui autonomia para estabelecer sua Organização. Apenas emite normas técnicas, como caderno de padrões e encargos. 10. A cultura da empresa, que vinha valorizando seus profissionais de maior destaque por experiência, vivência da estrutura urbana da cidade, sofreu grande transformação com as reformas administrativas promovidas pela PBH. Anteriormente o nome da Sudecap era conhecido pela população como responsável pelas obras. Atualmente, este nome não é mais divulgado e aparece a imagem da Prefeitura Municipal. 11. A Superintendência da empresa tem se preocupado em recuperar o senso de identidade. A estrutura atual, coloca a empresa em posição de apoio operacional e, por não ter autonomia, os resultados são fracos. 12. Mobilizar pessoas e recursos no cumprimento de metas. A gerência deverá cuidar para que a condição de trabalho seja, no mínimo, satisfatória. As gerências são elo de ligação entre a Administração e a produção 13. O clima de trabalho é satisfatório. As pessoas exercem o papel de colegas. Há momentos de pouca concentração no trabalho e dispersão com excesso de ruídos 14. Em termos de relacionamento pessoal não temos dificuldades. Toda relação externa e interna necessária ao trabalho ocorre satisfatoriamente. Apenas com as Administrações Regionais temos dificuldades pontuais em encontrar as pessoas. Temos os recursos de telefonia fixa, e correio eletrônico 15. Por parte da macro – organização da empresa, não há um preocupação com as condições físicas do trabalho. Quanto à satisfação devido aos salários, também não há esta preocupação pois, neste caso, respeita-se política pública.

16. Por tratar-se de um Órgão público, não há uma política de retenção. O funcionário deliberadamente permanece devido à questão da estabilidade no emprego. O funcionário também permanece quando considera que ser funcionário público é uma missão. A pessoa precisa doar-se em função do social 17. Muito pouco. Toda inovação é muito lenta. As condições de trabalho permanecem iguais por muito tempo. 18. As lideranças da empresa são competentes. A atuação dos líderes fica submetida às diretrizes da Administração Municipal 19. Os conflitos são administrados politicamente 20. Recentemente, uma iniciativa ainda a nível de planejamento, para troca de móveis de escritório, como mesas, cadeiras, armários. O RH promove cursos e palestras, ação muito voltada para os funcionários de baixa renda, combatendo alcoolismo, ensinando administrar o salário. Existe consultório odontológico para atendimento de funcionários e familiares. Existe plano de saúde com desconto em folha de pagamento.

GERENTE 3 R.P.A.A. NÃO RESPONDEU O QUESTIONÁRIO ALEGANDO FALTA DE TEMPO