You are on page 1of 5

PROVA ESTRUTURAS CARTÃO 01 9512

01- Um sistema de manutenção aban!e os as"e#tos de "$ane%amento& e'e#ução(
a) objetivo e supervisão b) inspeção e centralização
c) supervisão e atualização d) limite de deterioração e inspeção
02- A medida em )ue uma aeona*e sobe a "essão(
a) e a densidade do ar aumentam b) e a densidade do ar diminuem
c) aumenta e a densidade do ar diminui d) diminui e a densidade do ar aumenta
0+- Em #ondiç,es nomais& "aa )ue um a*ião manten-a um *.o -oi/onta$ 0 ne#ess1io )ue a
sustentação se%a i!ua$ ao(
a) peso b) tração c) arrasto d) velocidade
02- Uma #oente de 05 am"ees "assa ata*0s de uma esist3n#ia de 50 O45S a "ot3n#ia dissi"ada 0(
a) 05 watts b) 55 watts c) 250 watts d) 1250 watts (P=R!" = 505" = 5025 = 1250 watts)
05- A unidade de medida de taba$-o no sistema 56S 0 o(
a) er# b) dina c) joule d) $ewton
07- As bateias são $i!adas !ea$mente em(
a) s%rie com a barra de &' b) paralelo com a barra de &'
c) s%rie com a barra essencial d) paralelo com a barra essencial
08- 9a a*iação a identi:i#ação da :iação do sistema de i$uminação& !ea$mente& #omeça #om a $eta(
a) ( b) ) c) * d) +
0;- O taman-o da "unção s<$ido 0 dado "e$o(
a) di,metro do cabo b) comprimento do cabo
c) comprimem toda ponta d) di,metro da ponta ce#a
09- Os ebites ti"o mone$ são usados em "eças de(
a) -erro doce b) bronze puro c) aço ino.id/vel d) alum0nio tratado
10- O aame de :eno 0 usado em "aa:uso )ue "ossui a #abeça(
a) alta b) -urada c) ac1atada d) escariada
11- O !1s #om"onente do a )ue 0 uti$i/ado na )ueima da !aso$ina 0 o(
a) azoto b) o.i#2nio c) nitro#2nio d) mon3.ido de carbono
12- Atua$mente& os dois ti"os de sistemas de a #ondi#ionado usados na a*iação são(
a) evaporação e ebulição b) circulação e ventilação
c) re-ri#eração e a4uecimento d) ciclo de ar e ciclo a vapor

1+- A unidade es"ons1*e$ "e$a tans:omação de ene!ia me#=ni#a em -id1u$i#a #-ama-se(
a) motor b) pistão c) bomba 1idr/ulica d) cilindro 1idr/ulico
12 - Os :$u>dos -id1u$i#os de base minea$& a"esentam& !ea$mente& a #o(
a) azul b) verde c) marrom d) vermel1a
15- O in#one$ 0 uma $i!a de(
a) n04uel b) ma#n%sio c) alum0nio d) aço carbono
17- O aço ino'id1*e$ tem "o"iedade e$e*adas de(
a) elasticidade b) maleabilidade c) antima#netismo d) resist2ncia a corrosão
18- ? desa#onse$-1*e$ o teste #om o $>)uido "enetante em(
a) alum0nios b) pl/sticos r0#idos
c) peças com super-0cies porosas d) materiais com bai.a capacidade ma#n%tica
1;- Em um moto @ #ombustão intena& uma das :unç,es do "istão 0(
a) dosar a mistura combust0vel
b) comandar a abertura das v/lvulas
c) in-lamar a mistura no momento e.ato da combustão
d) comprimir a mistura combust0vel antes de ser in-lamada
19- Paa en#uta a dist=n#ia na #oida do "ouso dos a*i,es a %ato& a$0m dos :eios das odas& usa-
se(
a) anti s5id b) corte dos motores
c) -us0vel especial na be4uil1a d) reversão dos #ases de escapamento
20- O es#a"amento dos motoes a eação 0 :eito de(
a) li#a de c1umbo b) li#a de alum0nio c) aço resistente ao calor d) cobre resistente ao calor
PROVA ESTRUTURAS CARTÃO 02 9512
01- Aos en!en-os e:eidos abai'o os #$assi:i#ados em aeodinos são os BasC(
a) bal6es livres b) en#en1os mais leves 4ue o ar
c) bal6es cativos e os diri#0veis d) aeronaves mais pesadas 4ue o ar
02- Duanto a "osição das asas na :use$a!em& os a*i,es são #$assi:i#ados em asa(
a) alta7 bai.a7 m%dia ou superior b) bai.a 7m%dia7 alta7 ou parassol
c) bai.a7 ventral7 dorsal7 ou parassol d) superior 7 in-erior 7reta ou inclinada
0+- Em aeona*es são #onsideadas unidades estutuais "in#i"ais(
a) -usela#em e empena#em b) trem de pouso e pontas de asa
#) nacele dos motores e trem de pouso d) pontas de asa e super-0cies -i.as na cauda
02- Ata*0s das eaç,es aeodin=mi#as& a asa tema :unção de #ia(
a) atrito b) arrasto c) sustentação d) resist2ncia ao avanço
05- O "onto de a"$i#ação da esu$tante de todos os "esos em um a*ião 0(
a) braço b) momento c) corda do per-il d) centro de #ravidade
07- As :oças e'tenas em sustentação& a!indo sobe um #o"o& são #on-e#idas #omo(
a) pesos b) car#as c) es-orços d) potenciais
08- O endimento estutua$ de um a*ião 0 deteminado "e$o(
a) -ator car#a limite
b) razão entre a resist2ncia e o peso
c) car#a unit/ria da asa e car#a 8til transportada
d) relação entre a /rea da asa e a pot2ncia necess/ria ao v9o
0;- O ti"o de tin#a )ue ata*essa os !ãos da "eça& !ea$mente& 0 #on-e#ida #omo(
aC :adi!a b) -issura c) est/tica d) de-ormação
09- A :use$a!em #u%a estutua 0 :omada "o #a*enas& $on!ainas e e*estimento& 0 do ti"o(
a) monoco4ue b) cantilever c) semi monoco4ue d) semi cantilever
10- Paa se e*ita uma modi:i#ação na :oma estutua$ aeodin=mi#a da :use$a!em ou de outa
"ate )ua$)ue do a*ião& de*e-se usa um e"ao do ti"o(
a) embutido b) tempor/rio c) sobreposto d) de-initivo
11- A "oteção das su"e:>#ies met1$i#as& "o meio de "o#esso o!=ni#o& uti$i/a(
a) anodização b) produtos imperme/veis
c) ban1o de c/dmio ou alum0nio d) tratamento de alclad ou metalização
12- A estabi$idade $atea$& "<"ia do a*ião& 0 asse!uada "e$o(
a) aileron e an#ulo diedro b) en-le.amento e an#ulo diedro da asa
c) estabilizador vertical e an#ulo diedro d) estabilizador 1orizontal e en-le.amento
1+- 9uma ins"eção )ua$itati*a "ode-se uti$i/a(
a) ultra:som b) borosc3pio c) ru#os0metro d) prismas paralelos
12- O e*estimento ou ente$a!em usados em estutuas ie!u$aes 0 do ti"o(
a) caverna b) envelope c) es-%rico d) cobertura
15 - 9uma induta!em uma su"e:>#ie ente$ada de*e1 e#ebe no m>nimo(
a) 0; demãos de dope b) 0< demãos de dope
c) 0; demãos de acetona d) 0< demãos de acetona
17- A estutua de uma asa )ue "ossui duas $on!ainas& #-ama-se(
a) duospar b) duolon#a c) bi:celular d) bi:cantilever
18- Em "ates su%eitas a tensão os ebites usados ne#essitam& antes de tudo& de um(
a) endurecimento b) ban1o de alclad c) tratamento 4u0mico d) tratamento t%rmico
1;- O ti"o de tan)ue de #ombust>*e$ )ue& "o sua :oma& edu/ o "eso estutua$ e tem maio es"aço
"aa ama/ena!em 0 o(
a) inte#ral b) met/lico c) -le.0vel d) remov0vel
19- O a$in-amento de um a*ião se :a/ em tono de um "onto #omum& 0 denominado(
a) 4uil1a b) simetria c) en-le.amento d) ,n#ulo de ata4ue
20- A su"e:>#ie in:eio da asa :oma& #om o "$ano -oi/onta$ "aa$e$o ao so$o& o =n!u$o(
a) diedro b) #lissado c) de ata4ue d) de per-il
PROVA ESTRUTURAS CARTÃO 0+ 9512
01- Como e'em"$o de su"e:>#ies au'i$iaes& tem-se os(
a) ailerons b) lemes de direção
c) perturbadores de v9o=== d) compensadores do leme de direção===
02- O #on%unto #om"$eto da #auda& #on-e#ido #omo em"ena!em& 0 #onstitu>do de(
a) estabilizadores7 pro-undores e asa b) estabilizadores7 pro-undores e -lapes
c) aileron7 compensador e estabilizadores d) leme de direção7 estabilizadores e pro-undores
0+- Os :$a"es são su"e:>#ies(
a) prim/rias b) au.iliares c) terci/rias d) secund/rias
02- A identi:i#ação +'8& em um #abo de #omando& si!ni:i#a )ue o mesmo "ossui(
a) 2< -ios b) 21 pernas c) > -ios com ? pernas d) > pernas com ? -ios
05- Os esti#adoes& do sistema de #omando das su"e:>#ies "im1ias de *.o& se*em "aa(
a) dar tensão aos cabos de comando b) re#ular as amplitudes das super-0cies
c) desconectar7 rapidamente7 os cabos de comando d) au.iliar os para-usos7 batentes7 an%is re#ula#ens
07- O #ote de um #abo de #omando de*e se& sem"e& :eito "o(
a) estiramento b) m%todos mec,nicos c) processos t%rmicos d) processos 4u0micos
08- Duando o *o$ante do man#-e 0 #omandado "aa dieta& o ai$eon(
a) direito -ica est/tico b) es4uerdo vai para cima
c) direto vai para bai.o d) es4uerdo vai para bai.o
0;- O ba$an#eamento est1ti#o do #om"ensado do "o:undo 0 :eito(
a) ap3s ser realizado o do pro-undor b) durante o balanceamento da aeronave
c) durante o balanceamento do pro-undor d) antes de ser realizado o do pro-undor
09- Um dos "ob$emas #ausado "e$o "eso do a*ião a#ima das $imitaç,es estabe$e#idas "e$o
:abi#ante& se1 o BaC(
a) desbalanceamento b) des#aste dos pneus
c) di-iculdade na pesa#em d) -acilidade de decola#em
10- O me#anismo anit-s-immE "emite(
a) -rena#em r/pida b) liberação das rodas
c) liberação dos -reios d) eliminação de vibraç6es
11- Os otoes "in#i"ais dos -e$i#<"teos& !ea$mente& são insta$ados nas seç,es(
a) centrais b) traseiras c) dianteiras d) superiores
12- A e!ião da "1 do oto "in#i"a$& )ue "odu/ "ou#o aasto& sem #o$aboa #om a sustentação& 0
a e!ião(
a) da raiz b) da ponta c) de arrasto d) auto:rotativa
1+- A tend3n#ia )ue o -e$i#<"teo tem de !ia& no sentido o"osto ao oto "in#i"a$& 0 #-amada de(
a) tor4ue b) pressão c) -orça centri-u#a d) -orça centr0peta
12- Paa uma aeona*e mante um *.o -oi/onta$& 0 ne#ess1io )ue o seu "eso se%a i!ua$ ao BaC(
a) tor4ue b) sustentação c) -orça propulsiva d) ,n#ulo de incid2ncia
15- O !au de en:$e'amento das "1s do oto& o#asionado "e$o "eso do -e$i#<"teo e "e$a otação do
oto& 0 denominado(
a) momento b) batimento c) cone do rotor d) simetria do rotor
17- O oto )ue& "aa se usado& ne#essita de mais de duas "1s 0 do ti"o(
a) r0#ido b) articulado c) semi:ri#ido d) semi:articulado
18- O moti*o "e$o )ua$& muitas *e/es& des"e/am-se as :omas aeodin=mi#as da :use$a!em& na
:abi#ação de um -e$i#<"teo& 0 :a#i$ita(
a) aceleração r/pida b) altas velocidades
c) transporte de car#as d) parada r/pida do mesmo
1;- A :use$a!em do -e$i#<"teo& ti"o estutua tubu$a& tem #omo #aa#te>sti#a(
a) -acilidade de inspeção b) di-iculdade de inspeção
c) menor peso 4ue a monoco4ue d) maior resist2ncia
19- O "eso estutua$ de uma :use$a!em do ti"o semi-mono#o)ueF Em e$ação a um mono#o)ue&
se1 sem"e(
a) menor b) maior c) o dobro d) a metade
20- A #onstução de uma estutua tubu$a 0 :eita& noma$mente& #om tubos de(
a) li#as leves b) mesmo di,metro c) alum0nio pesado d) v/rios di,metros
PROVA ESTRUTURAS CARTÃO 02 9512
01- O "in#i"a$ es:oço desen*o$*ido no taba$-o dos ebites 0 o BaC(
a) tensão b) torção c) -le.ão d) cisal1amento
02- Um -e$i#<"teo :abi#ado "aa o"ea em so$o :ime uti$i/a& !ea$mente& tem de "ouso ti"o(
a) s5@s b) de ta. c) trac5in# d) de servos
0+- A dist=n#ia& da ai/ da "1 at0 a "onta& medida de #ento a #ento& em uma $in-a eta& #-ama-se(
a) enver#adura b) /rea da asa c) corda m%dia d) alon#amento
02- O oto )ue :a/ o mo*imento de a*anço e e#uo das "1s e)ue& no m>nimo(
a) tr2s p/s b) seis p/s c) cinco p/s d) 4uatro p/s
05- Rotoes semi->!idos são os )ue "ossuem(
a) somente passo -i.o b) movimento de -lappin#
c) somente a mudança dos ,n#ulos das p/s d) mudança dos ,n#ulos das p/s e movimento de -lappin#
07- A e!ião da "1 do oto "in#i"a$& )ue tem maio es"essua e maio =n!u$o de toção& 0 a e!ião(
a) 8til b) da raiz c) da ponta d) auto:rotativa
08- Os a%ustes nos #om"ensadoes das "1s do oto "in#i"a$& são :eitos "aa a #oeção(
a) do balanceamento das p/s b) de uma vibração lateral
c) de uma vibração vertical d) da rotação de auto:rotação
0;- O oto "in#i"a$ desba$an#eado "odu/& no -e$i#<"teo& uma *ibação(
a) lateral de alta -re4A2ncia b) lateral de bai.a -re4A2ncia
c) vertical de alta -re4A2ncia d) vertical de bai.a -re4A2ncia
09- O #om"onente do -e$i#<"teo& onde são "esos os "un-os das "1s& #-ama-se(
a) can#a b) escapador c) amortecedor d) braço de arrasto
10- Os amote#edoes das "1s de um oto ati#u$ado se*em "aa amote#e os mo*imentos de(
a) batimento b) avanço e recuo c) mudança de passo d) batimento e avanço
11- O #omando #>#$i#o atua dietamente na BsC(
a) estrela rotativa b) estrela estacionaria
c) p/s do rotor de cauda d) p/s do rotor principal
12- As tubu$aç,es de !aso$ina são identi:i#adas "e$a #o(
a) azul b) verde c) amarela d) vermel1a
1+- 9as o"eaç,es de e"ao& o "imeio ob%eti*o a se #onsideada 0(
a) substituir a parte avariada
b) reparar a parte avariada de 4ual4uer -orma
c) reparar a parte avariada7 de acordo com o ori#inal
d) substituir a parte avariada7 sempre7 com material superior
12- Os e"aos no e*estimento met1$i#o de uma aeona*e e)ueem )ue o mateia$ do emendo
ten-a a es"essua(
a) apenas maior 4ue a ori#inal b) apenas menor 4ue a ori#inal
c) i#ual ou maior 4ue a ori#inal d) i#ual ou menor 4ue a ori#inal
15- Uma a*aia a"esenta um :uo de 2 "o$e!adas de di=meto& a"o'imadamente& a )uantidade de
ebites& ne#ess1ia "aa "een#-e o emendo& se1 de(
a) ; rebites b) 1B rebites c) 2< rebites d) >2rebites
17- A :eamenta usada "aa #-a"as a seem #a*adas& tem o nome de(
a) morsa b) #rampo cleco c) torno pneum/tico d) alicate de pressão
18- Com a mu$ti"$i#ação do di=meto do ebite& "o 2F5& obtem-se(
a) dist,ncia de borda b) 4uantidade de c1apas
c) dist,ncia entre rebites d) 4uantidade de resist2ncia
1;- Duando& em ebita!em de su"e:>#ie du"$a& se tona di:>#i$ o a#esso "o ambos os $ados& 0
a#onse$-1*e$ o uso do ebite(
a) loc5 b) c1err@ c) c1obert d) i1:s1ear
19- Uma "eça ata#ada "e$o 1#ido de bateia de*e se $a*ada #om(
a) /#ua ou /lcool b) #asolina e 4uerosene
c) cloreto de s3dio e /#ua d) bicarbonato de s3dio e /#ua
20- Po de:inição& #oosão inte!anu$a 0 a(
a) rutura intermolecular b) -adi#a por vibração acelerante
c) dissolução dos cristas dos metais d) -ormação de bol1as na super-0cie dos metais
GAHARITO J PROVA J 9512 - ESTRUTURA
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
CARTÃO - 01 C B A D C D C D C B B D C D A D C D D C
CARTÃO - 02 D B C C D B B A C A B C A D A A D A B A
CARTÃO - 03 C D B D A B D D B D A B A B C B C A B D
CARTÃO - 04 A A A A D B C B A B B D C C B B A B D C