You are on page 1of 11

Portefólio

IEFP
Pedro Rebelo Nº16
Formadora: Isabel Loureiro
Disciplina: Viver em Português
Alternância S. Mamede Infesta
12º Ano
IEFP Viver em Português

Índice
Introdução.............................................................................................................2

Sumários...............................................................................................................3

Testes...................................................................................................................5

Texto Reflexivo.................................................................................................7

Trabalhos..............................................................................................................8

Biografia de Luís Vaz de Camões....................................................................8

Resumo do Filme Reino Proibido (história épica no cinema)...........................8

Romantismo......................................................................................................8

Conclusão.............................................................................................................9

Anexos................................................................................................................10

Ficha de Avaliação..........................................................................................10

Biografia de Luís de Camões..........................................................................10

Resumo do Reino Proibido.............................................................................10

Trabalho sobre Romantismo...........................................................................10

Trabalho sobre Romantismo

Pedro Rebelo Página 2


IEFP Viver em Português

Introdução
Este portefólio está a ser elaborado para o efeito de avaliação do primeiro
módulo de português. Irá conter vários pontos importantes que fui adquirindo
ao longo do trajecto formativo do módulo 7, “Questões Ibéricas”, desde
sumários, testes e trabalhos elaborados. Cada trabalho que fiz, irá ter um
pequeno texto reflectivo que falará um pouco sobre o que aprendi, ou uma
crítica e uma auto-avaliação, se atingi o objectivo, se percebi o contexto do
trabalho dentro da matéria dada ou se poderia melhorar.

Pedro Rebelo Página 3


IEFP Viver em Português

Sumários
Lição 1, 2 e 3
Breve exposição do programa do 3º ano.
Apresentação dos conteúdos, dos objectivos e das estratégias de avaliação do
módulo 7 “Questões Ibéricas”.
Biografia de Luís de Camões – Pesquisa da Internet
Elaboração de um inquérito.

Lição 4, 5 e 6
Conclusão da elaboração do Inquérito.
Apresentação oral dos poemas de Luís da Camões escolhidos pelos
formandos.
Noção de Epopeia e a sua estrutura interna e externa – “Os Lusíadas” de Luís
de Camões.

Lição 7, 8, 9 e 10
Recapitulação dos conteúdos tratados na aula anterior.
Visionamento do filme “Reino Proibido” – história épica no cinema.
Elaboração de um resumo do filme tendo em conta o seu herói e o assunto
tratado.

Lição 11, 12 e 13
Continuação do estudo da epopeia “Os Lusíadas” de Luís de Camões.
Leitura, interpretação e análise estilística da proposição e da invocação de “Os
Lusíadas”.
Ficha de Trabalho.

Lição 14, 15 e 16

Leitura, interpretação e análise estilística da dedicatória de “Os Lusíadas”.

Ficha de Trabalho.

Pedro Rebelo Página 4


IEFP Viver em Português

Lição 17, 18 e 19

Portefólio: Características e estrutura.

Inicio da construção do portefólio do módulo 7.

Lição 20, 21 e 22

Recapitulação dos conteúdos tratados nas sessões anteriores:

- Noção de Epopeia – suas características;

- Estrutura interna de “Os Lusíadas” (proposição, invocação, dedicatória);

- Ficha de Trabalho.

D. Sebastião e a Crise Dinástica – O Sebastianismo.

Lição 23, 24 e 25

D. Sebastião – causas e consequências da Batalha de Alcácer Quibir.

Trabalho de pesquisa e sua apresentação.

Lição 29, 30 e 31

Conclusão do sumário da aula anterior.

Leitura e interpretação do poema “Nevoeiro”.

Ficha de Trabalho.

Pedro Rebelo Página 5


IEFP Viver em Português

Testes
(teste em anexo)
Correcção do Teste de Avaliação.
A.
1 – As estrofes 6 e 10 enquadram-se no canto I, na dedicatória, as estrofes
152, 153 e 155 enquadram-se no final da Narração, no canto X.

2.1 – O receptor do poeta é o Rei D. Sebastião.

2.2 – As palavras que indicam que há um receptor são as seguintes: “vós”,


“vereis”, “de quem sois senhor”, “julgareis”, e “ser”.

2.3 – As expressões qualificativas acerca do receptor contidas no texto são: “ó


novo temor”, “maravilha fatal” e “bem nascida segurança”.

2.4 – As figuras de estilo presentes são: “vós, ó novo temor da Maura lança”
que é uma perífrase e uma personificação, visto que poderia ter escrito apenas
“D. Sebastião” e dado que personifica D. Sebastião como temor dos Mouros; “E
vós”, “vós” e “ouvi” em que o recurso estilístico utilizado é a apóstrofe,
utilizando para se referir ao rei e chamar à atenção (dirigindo-se a ele).

2.5 – O objectivo do poeta ao escrever estes versos era louvar o Rei para o Rei
aceitar a sua obra.

3.1 – O poeta nestas estrofes está a querer aconselhar o rei para ouvir as
ideias das pessoas que já têm experiência, para não ir apenas pelo que
aprende com as teorias e para ter ele próprio as experiências ir também às
batalhas só assim aprendia como era na verdade e na última estrofe ele finaliza
oferecendo os seus serviços, que batalharia por ele.

Pedro Rebelo Página 6


IEFP Viver em Português

3.2 – A mensagem contida nestas estrofes é que o poeta para além de dar
novamente louvar ao Rei D. Sebastião ele aconselha-o a olhar para que já
“pelejou” e quem já tem experiência, visto que ele era muito novo ainda, assim
refere que o rei deverá empreender novas conquistas.

B.
1 – O poema situa-se na III parte da “Mensagem” no “encoberto”, que significa
o renascimento.

2 – O poema faz referência aos inícios do séc. XX, na época da Implantação da


República.

2.1 – Uma das características patente no poema “Nevoeiro” é que Portugal


vivia uma crise política, o autor do poema expressa-a no primeiro verso “nem
rei nem lei, nem paz nem guerra”, o que foi comprovado com os vários
governos provisórios que Portugal teve depois da Implantação da República.
Portugal teve também uma crise de unidade que Fernando Pessoa descreve
com o seguinte verso “Tudo é disperso, nada é inteiro”. Nesta altura em que
Portugal vive várias crises, mais uma é descrita neste poema com o verso “que
é Portugal a entristecer”, uma crise moral que o País sofria na época que se
vivia na escuridão.
Em suma uma última crise é relatada pelo autor do poema “Nevoeiro” no verso
2 da segunda estrofe a crise de identidade que Portugal vive.

3 – No poema o sebastianismo evidencia-se no que respeita ao mito em que


alguém iria aparecer e seria o salvador do País, visto que Portugal se
encontrava numa situação de crise sem resolução aparente e só uma
intervenção divina poderia estabilizar e tranquilizar o País.

Pedro Rebelo Página 7


IEFP Viver em Português

C.
1 – Em “Os Lusíadas”, escrito no séc. XVI, Luís de Camões fala dos
descobrimentos, mais precisamente da viagem de Vasco da Gama à Índia.
Este relata um período em que ele próprio vivia e dedicou esta obra a D.
Sebastião, rei jovem e a esperança que faria temer os mouros e levaria
Portugal à vitória e à Glória.
Na “Mensagem”, escrita no séc. XX, Fernando Pessoa inspirando-se nos
Lusíadas desenvolve uma obra dividida em 3 partes: “Brasão”, mostrando o
seu início, sim balizando o seu nascimento; “Mar Português”, mostrando os
gloriosos feitos portugueses e simbolizando a vida; e “Encoberto” que fala no
renascimento esperando por um salvador que iria iniciar um novo Império.
Estas duas obras comungam do mesmo mito visto que Fernando Pessoa fala
de Portugal voltar ao auge a partir de um salvador. Ainda nos dias de hoje dos
deparamos com essa realidade visto que sempre que alguém inicia a
realização de grandes feitos e a solução para a glória é relacionado com o mito
sebastianista.

Texto Reflexivo
Neste teste obtive 13 valores. Poderia obter uma nota melhor mas não me
tinha preparado para o teste. Mas mesmo assim, penso que atingi os principais
objectivos visto que consegui absorver a matéria e aprendi bastante sobre
estas duas obras, “Os Lusíadas” e a “Mensagem”. Talvez até soubesse mais
aquando a elaboração do teste, mas acho que não consegui expressar muito
bem as ideias no papel, acho que talvez seja este aspecto que tenha de
melhorar para o próximo teste, e preparar-me melhor com mais estudo antes
da prova de avaliação.

Pedro Rebelo Página 8


IEFP Viver em Português

Trabalhos

Biografia de Luís Vaz de Camões


(ver trabalho em anexo)
Neste pequeno trabalho de pesquisa tinha como objectivo encontrar
informação sobre Luís Vaz de Camões, uma biografia com pequenos detalhes
como o nome completo, data de nascimento, um pouco sobre o percurso de
vida e obras publicadas. Foi também preciso escolher 2 poemas do poeta,
tendo eu escolhido “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades” e “Se tanta
pena tenho merecida”. Penso que atingi todos os objectivos deste trabalho.

Resumo do Filme Reino Proibido (história épica no cinema)


(ver trabalho em anexo)
Sobre este trabalho não há muito a dizer, era apenas necessário elaborar um
pequeno resumo sobre um filme visualizado em aula, o “Reino Proibido”. Foi
feito sem dificuldades e foi atingido assim o objectivo.

Romantismo
(ver trabalho em anexo)
Este trabalho, elaborado em pares, tendo eu elaborado com o Pedro Almeida,
tínhamos como objectivo falar do Romantismo. Tivemos vários temas para
falar, assim como a arquitectura, artes plásticas, música e literatura. Penso que
também atingimos o objectivo, permitiu absorver alguns novos conceitos e
ideias sobre o Romantismo.

Pedro Rebelo Página 9


IEFP Viver em Português

Conclusão
Agora para concluir este portefólio, tenho a dizer que com a construção do
mesmo, consegui organizar algum trabalho que fui tendo ao longo deste
módulo 7, e foi engraçado voltar a rever a matéria dada neste 3º ano de Viver
em Português. Acho que tive um bom percurso formativo, conseguindo atingir a
maioria dos objectivos propostos, aprendendo novas competências e
adquirindo novos conhecimentos sobre vários assuntos, desde a Literatura
Portuguesa com “Os Lusíadas” e a “Mensagem” até ao Romantismo com a
elaboração do trabalho. E claro que penso que atingi o objectivo pretendido
com a elaboração deste portefólio.

Pedro Rebelo Página 10


IEFP Viver em Português

Anexos

Ficha de Avaliação

Biografia de Luís de Camões

Resumo do Reino Proibido

Trabalho sobre Romantismo

Pedro Rebelo Página 11