You are on page 1of 196

SAlmao a preguiçoso

Eis os ingredientes (para 2 pessoas):

Um filete de salmão com um quilo. Peça ao peixeiro que faça um corte
da cabeça até à primeira barbatana dorsal. Diga-lhe que é para comer
cru e peça-lhe que corte o peixe ao meio e remova a pele e, com a
ajuda de uma pinça, todas as espinhas de cada metade. Bem sei que a
pele é muito boa mas deixe-a estar, para ser realmente preguiçoso.
Para o peixe ser absolutamente fresco encomende-o com
antecedência, para um determinado dia, e peça para ver o salmão
inteiro antes de ser cortado.

100 gramas de mostarda. Escolha a mostarda que quiser. O clássico é
com mostarda Dijon mas qualquer mostarda serve. Nós obtivemos
resultados deliciosos com mostarda alemã Kuhne, Dijon da Edmond
Fallot e, melhor que todas, a mostarda portuguesa Paladim, que é
barata mas deliciosa. Também dá pelo nome de Peninsular e é mais
barata ainda.

Um frasquinho de alcaparras (100 gramas). As da Cimarrom dão
perfeitamente. Não as lave mas seque-as com muito papel de cozinha,
para perderem o vinagre.

Duas colheres de sopa de bom azeite.

Duas pitadas de sal.

Um metro e meio de papel de alumínio.

Um pyrex para ir ao forno.

Forre o pyrex com muito papel de alumínio, deite uma colher de sopa
de azeite e coloque o salmão lá dentro. Barre-o com a mostarda e
distribua as alcaparras. Feche o alumínio, com tudo muito bem tapado,
e coloque no forno durante 30 minutos. Isto acendendo o forno cinco
minutos antes.

Depois é só tirar e servir, com o acompanhamento que quiser (uma
salada de beterraba com rúcula, por exemplo). Idealmente, parte do
salmão ainda estará encruado, indo do cor-de-rosa ao cor-de-laranja. O
pior que pode acontecer é o salmão secar e ficar rijo e sem sabor. Daí
que só fique 30 minutos.

A técnica - se é que embrulhar em papel de alumínio tenha direito a tão
elevado substantivo - aplica-se a outros peixes. Junte-lhes azeite ou
manteiga e aquilo que quiser, lembrando-se que o sabor do peixe tem
de sobreviver.
A louça suja também é mínima: o pyrex fica limpíssimo. É só deitar fora
o papel de alumínio. Também esta é uma consideração importante do
ponto de vista estudantil.
O prato em si, quando é servido a fumegar, tem um aspecto e um
sabor sumptuosos. A mostarda fica muito suavizada, realçando o sabor
e a textura, às lascas, do salmão. As alcaparras incham e ficam
suculentas. Em termos gustativos é prato que deveria exigir duas horas
de preparação e custar para cima de cinquenta euros. Na verdade, a
festa faz-se por 15 euros, no máximo.
Se gosta de salmão grelhado ou cozido prepare-se para nunca mais
querer comê-lo assim: é no forno, abafado pelo papel de alumínio, que
ele fi ca mais delicioso, sem secura ou excesso de gordura. Deixando
ficar a pele (como recomendam algumas receitas), o peixe fica gordo
de mais e enjoa. Eu, por exemplo, só consigo comer salmão assim ou
então cru, em sushi.
Para as pessoas que gostam de fruta com o peixe talvez uma rodela de
limão ou de laranja agradem. Mas peço que experimentem só como
recomendo, acrescentando depois, na mesa, o que quiserem.
Claro que, como todos os pratos estudantis, dá para uma pessoa
(usando metade) ou para quatro (usando o dobro). Ou, caso o dinheiro
esteja apertado, qualquer quantidade de salmão serve, desde que leve
o mesmo tratamento. À preguiçoso, acompanha-se bem com batatas
inteiras, das grandes, com a pele e sem quaisquer temperos,
assadinhas no forno.
Bom proveito!


Crepes
Esta receita serve para fazer crepes doces ou crepes salgados, é
muito fácil e rápida.

3 ovos
6 colheres (sopa) de farinha
1 copo de leite
50g de manteiga
raspas de limão
1 pitada de sal

Junto todos os ingredientes na liquidificadora ou passo com a varinha
mágica.
Ponho um pouco de óleo em papel de cozinha e unto a sertã/frigideira.
Depois tiro uma concha do preparado, coloco na sertã e espalho o
preparado num movimento circular.
Deixo os crepes bem douradinhos dos dois lados...e voilá!

Depois é só rechear e dobrar em triângulo, semi-círculo, rectângulo ou
até fazer um rolinho.
Acho que os crepes são divertidos, costumam fazer as delícias das
crianças e... dos mais crescidos. kkkk

Sugestões fáceis para rechear crepes doces:
• chocolate derretido com amêndoa laminada (o meu preferido)
• nutella
• compotas
• raspas de limão, uns pingos de sumo e açúcar
• açúcar e canela em pó
• mel e frutos secos
• morangos e chantilly
• banana laminada regada com mel e amêndoa laminada

Sugestões fáceis para rechear crepes salgados:
• cogumelos frescos aloirados em azeite, alho e oregãos; sal e pimenta
qb (o meu preferido)
• queijo e fiambre coberto com um pouco de béchamel
• tirinhas de frango, pimento e cebola refogados em azeite e alho; sal e
pimenta qb
• miolo de camarão, mexilhão e ameijoa com molho béchamel ou
molho de camarão
• bacalhau desfiado e espinafres refogados em cebola e azeite
Desafie a sua imaginação...e invente.


Bon





Tarte de frutas frescas


1 base redonda de massa folhada
fruta a gosto fatiada (usei 3 kiwis, 1/4 de manga, 1 pêssego e 4 uvas)
Geleia de Marmelo para pincelar

Creme de Pasteleiro:

1 ovo inteiro
2 gemas
2,5dl leite
40g de farinha de trigo
75g de açúcar
0,5 colher de chá de aroma de baunilha

Pré-aqueça o forno a 200º.
Coloque a massa folhada sobre uma tarteira, sem retirar o papel
vegetal.
Pique a base e leve ao forno até dourar.

A meio do tempo, quando verificar que a base está insuflada, use uma
faca para dar uns golpes no centro e na junção com as laterais...

Quando a massa folhada estiver douradinha, retire do forno e deixe
arrefecer.

Enquanto isso faça o creme de pasteleiro.

Coloque ao lume, para ferver, 2 dl de leite. Reserve o restante.

Numa taça junte o ovo inteiro e as duas gemas, a farinha e o açúcar.
Bata bem à mão com vara de arames.

Junte o leite restante (meio decilitro).








Tarte Tatin
Recheio

6 maçãs grandes (usei royal gala)
50g de manteiga (usei Becel Cozinha)
125g de açúcar

Fazer o recheio:
Descasque as maçãs, corte-as ao meio (perpendicular ao caroço) e
retire o caroço com a ajuda de uma colher de fazer bolas de melão
(com jeitinho também o pode fazer com uma faca).

Coloque a manteiga a derreter sobre lume médio numa frigideira de
25cm de diâmetro que possa depois ir ao forno (terá de ser toda
metálica ou com pega que se retire).
Quando a manteiga derreter junte metade do açúcar - incline a
frigideira de um lado para o outro para a manteiga e o açúcar ficarem
bem misturados.

Coloque as metades de maçã com a parte redonda virada para baixo,
aperte-as bem; as que sobrarem corte em pedaços e preencha os
intervalos - com a cozedura a maçã vai encolher.
Polvilhe as maçãs com o restante açúcar e deixe cozer. Se vir que o
açúcar começa a caramelizar muito depressa, baixe o lume até que o
líquido libertado pelas maçãs o deixe mais líquido. Aí poderá voltar a
colocá-lo em médio.

Uma ou outra vez vire as maçãs com a ajuda de dois garfos e use-as
para mexer o caramelo - tenha muito cuidado para não fazer à mão
porque corre o risco de se queimar.

Quando o caramelo estiver quase no ponto certifique-se de que as
maçãs estão com a parte redonda virada para baixo, e o mais
arrumadinhas possível, já que é assim que vão ficar, para que a tarte
fique bonita ao virar.
Atingido o ponto perfeito de cor âmbar, retire a frigideira do lume.

Retire a massa do frigorífico e cubra a frigideira.

Com a ponta dos dedos dobre as extremidades para dentro e pressione
ligeiramente a massa para a encaixar.

Se usar massa folhada pique-a ao de leve e faça um buraquinho no
meio, que vai funcionar como chaminé para que a massa cresça mais.
Este procedimento não é necessário se optar por massa quebrada.
Leve a forno pré-aquecido a 220º durante 5 minutos.
Depois baixe para 200º e deixe cozer durante 20 minutos ou até que a
massa esteja dourada.
Retire do forno e ainda quente coloque um prato largo sobre a frigideira
e vire a tarte para o prato.

Se por acaso algum pedaço de maçã se pegar na frigideira (o que
nunca me aconteceu, mas pode acontecer) retire os pedacinhos com
uma colher e coloque-os sobre a tarte, ajeitando bem - ninguém irá
reparar.
















BOLO DE CENOURA COM COBERTURA DE CHOCOLATE



Ingredientes:
2 chávenas de farinha
2 chávenas de açúcar
2 colheres de sopa de fermento (pó Royal)
4 cenouras grandes raladas
1 chávena de óleo
4 ovos inteiros

Num recipiente, misturam-se e trituram-se os três últimos
ingredientes.

Junta-se esta massa líquida aos ingredientes sólidos (açúcar, farinha e
o fermento). Bate-se um pouco. Vai ao forno em tabuleiro bem untado
e polvilhado com farinha.

Cobertura:
Leva-se ao lume, num tachinho: 3 colheres de açúcar, 2 colheres de
leite, 2 colheres de margarina e 125g de chocolate em pó ou em
barra.

Deita-se esta cobertura em cima do bolo, depois de cozido e ainda
quente.



Tartelettes de mascarpone e maracujá em 5
minutos

Ingredientes:
1 embalagem de queijo mascarpone
125 g de iogurte natural grego
60 g de açúcar em pó
8 bases de tartelettes de massa folhada prontas a rechear
2 a 3 maracujás


1. Bater o mascarpone com o iogurte e o açúcar.

2. Rechear as tartelettes com a mistura anterior.

3. Abrir os maracujás e retirar a polpa.

4. Distribuir a polpa de maracujá pelas tartelettes e servir de
imediatamente.

BIFANAS A MODA DO PORTO

1 embalagem de bifanas cortadas (entre 500 e 600g) 1dl de azeite 5
dentes de alho 1 colher de sopa de paprika (colorau) pimenta branca
moída na hora q.b. 3 folhas de louro 2dl de vinho branco 2dl de
cerveja (uma mini) 4 colheres de sopa de whisky 2 colheres de sopa
de vinho do Porto 2 colheres de sopa de molho inglês 1 limão
pequeno sal grosso q.b. molho picante opcional (eu coloco na mesa
para quem gostar de picante colocar depois)
4 carcaças opcional
Comece por laminar as bifanas, o mais fininho que conseguir (as
bifanas não se temperam). Coloque no tacho o azeite, os dentes de
alho laminados finamente, a paprika, a pimenta e o louro. Misture,
coloque ao lume e deixe que o alho frite um pouco para libertar sabor
(não deixe queimar!). Junte o vinho, a cerveja, o whisky, o vinho do
Porto, o molho inglês e uma pitada de sal. Quando levantar fervura,
coloque a carne, envolva-a bem no molho, regue com sumo de meio
limão e coloque a outra metade do limão inteira no tacho (esta metade
retira-se no final). Deixe cozinhar em lume brando, durante cerca de
45 minutos, para que a carne fique muito tenra - se em algum momento
verificar que precisa de mais molho, junte mais um pouco de cerveja ou
vinho branco. Este molho não leva nenhuma água! Prove o molho e
rectifique os temperos, se necessário. Sirva e acompanhe com
batatas fritas em palitos. À Moda do Porto serve-se dentro de uma
carcaça (papo-seco), com molho. NOTA: Feitas com antecedência, e
aquecidas na hora de servir, ficam ainda mais saborosas!

TARTE DE AMEIXAS

Massa (semi-folhada) - dá para 2 bases

320g de farinha de trigo tipo 65 sem fermento
1 colher de chá de sal fino
220g de manteiga sem sal bem fria
1 dl de água gelada

Recheio:

1kg de ameixas maduras
75g de açúcar
4 colheres de sopa de mel
2 colheres de sopa bem cheias de maizena (amido de milho)
1 colher de café de sal fino
1 colher de chá de extracto de baunilha

Para finalizar:
2 colheres de sopa de leite
açúcar q.b




Fazer a massa:

No robot com lâmina junte a farinha e o sal e pulse para combinar.
Junte a manteiga cortada em pedaços pequenos e pulse umas 10
vezes até que a massa fique com o aspecto de mal esfarelada. Com a
máquina a funcionar em baixa velocidade junte a água bem gelada até
a massa ficar ligada - não deixe bater muito para que a manteiga não
se desfaça toda. Se a massa lhe parecer um pouco seca junte mais um
pouco de água, uma colher de sopa de cada vez. Se lhe parecer muito
húmida, junte um pouco de farinha.
Coloque a massa sobre a tábua enfarinhada, divida ao meio e faça
duas bases redondas com cerca de 30 cms de diâmetro.
Envolva em película aderente e leve ao frigorífico durante uma hora no
mínimo (pode deixar de um dia para o outro. Pode também congelar
até um mês).

SE PREFERIR PODE USAR AS MASSAS DE COMPRA - FOLHADA
OU QUEBRADA.


Fazer o recheio:

Lave muito bem as ameixas, corte-as ao meio, rode as metades em
sentido contrário para as separar, retire os caroços e corte em fatias.
Não se retira a pele.

Coloque as fatias de ameixa numa tigela e junte o açúcar, mel,
maisena, extracto de baunilha e sal. Envolva tudo muito bem. Reserve
até que a massa já esteja pronta para colocar na tarteira.

Use um disco de massa para forrar a base da tarteira.
Verta o recheio.
Cubra com o outro disco de massa.
Pressione bem as extremidades (pode ser passando um rolo de
massa) para cortar a massa em excesso.
Faça uns cortes na massa (veja foto do passo-a-passo) e uma cruz no
meio, de forma a que os cortes não se toquem.
Pincele com leite e polvilhe com açúcar.
Leve a forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 40 minutos, ou até
ficar dourada.
O recheio vai borbulhar pelas aberturas da massa.
Sirva morna ou fria.
Morna, com uma bola de gelado, fica ainda mais deliciosa.

Sopa de Peixe

Ingredientes:
Lombos de peixe (pode ser qualquer peixe)
Azeite
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
1 folha de louro
1 cubo de caldo de peixe
2 cenouras
Meio pimento vermelho cortado aos cubos
2 tomates pelados cortados aos cubos
200 gr de massa cotovelos
Miolo de camarão (opcional)
Sal q.b.
Coentros picados q.b.
Delicias do mar (opcional)
Picante (opcional)

Preparação:
1. Tempere o peixe com sal. Numa panela com 2 litros de água a
ferver, coloque o cubo de caldo de peixe, o peixe e o miolo de
camarão. Deixe cozer durante 10 minutos. Depois do peixe cozido,
retire-o para um prato e deixe arrefecer. Reserve o caldo.

2. Numa panela, leve ao lume o azeite, a cebola, as cenouras, a folha
de louro, os alhos e o pimento.
Mexa e deixe refogar. Quando começar a alourar, junte o tomate
pelado. Mexa e deixe refogar tudo. Ao refogado, adicione a água de
cozer o peixe. Deixe ferver durante 5 minutos.
Passado os 5 minutos, retire a folha de louro e passe tudo com a
varinha mágica. Junte a massa. Mexa e deixe cozer durante 10
minutos.

3. Entretanto, desfie o peixe e reserve.
Depois da massa cozida, adicione o peixe e os coentros.
Caso seja necessário, acrescente um pouco mais de água.
Quando a sopa começar a ferver, apague o lume, deixe apurar durante
5 min e sirva.



salada fresca e deliciosa!

Ingredientes para 2 pessoas:
- 1 abacaxi grande
- 1 laranja
- 2 kiwis
- 500 gr de miolo de camarão pequeno
- Folhas de alface
- 4 tomates cereja
- 4 delicias do mar
- Coentros ou salsa

Coza os camarões em água a ferver, com sal, durante 5 min. Deixe
arrefecer e reserve. Abra o abacaxi ao meio, retire-lhe cuidadosamente
o miolo e reserve. Prepare tudo antes de começar a rechear o abacaxi.
Depois é só rechear !

Corte a laranja em gomos e o kiwi em cubos. Abra ao meio os tomates
cereja e corte a alface em Juliana. Não se esqueça de juntar o miolo de
camarão, as delicias do mar, os coentros (pode ser salsa) e o abacaxi
ao pedacinhos.

Tempere com creme de vinagre balsâmico ou creme de iogurte.

Para acompanhar, aconselho uma bebida saudável, Batido de
morango:

- Morangos (podem ser congelados)
- 1 iogurte natural grego
- 1 copo de leite de soja
- Colocar tudo no liquidificador e já está.

Um bom ano!



Espumante com Romã

A romã simboliza a prosperidade. Há quem diga que se deve comer
esta fruta e guardar as suas sementes na carteira para garantir dinheiro
o ano todo...

Ingredientes:
3 romãs maduras
Uma garrafa de espumante doce

Lave 2 das romãs, corte e esprema o seu sumo para dentro de um
jarro. Da outra romã retire as sementes e coloque também no jarro.
Coloque o espumante bem gelado, mexa e está pronto a servir.

Decore a borda dos copos com açúcar colorido: Coloque açúcar branco
num prato fundo ou numa tigela. Adicione algumas gotas de corante
alimentar da cor que preferir, e comece a misturar com uma colher ou
garfo, mexa bem.

Coloque o corante aos poucos até adquirir o tom desejado. Misture até
o açúcar estar todo colorido. Depois molhe a borda do copo com água
e passe pelo açúcar colorido.

Dica: Pode substituir o espumante por água gasificada fresca, neste
caso convém colocar um pouco de xarope de groselha para intensificar
o sabor da romã.


Para descascar alhos rapidamente, coloque-os no microondas em
potência alta durante 15 segundos. A casca solta-se completamente!

Se salgou demasiado a comida, não se preocupe... Junte-lhe um
pedaço de batata crua que o "salgado" depressa desaparece!

Coza o bacalhau em lascas, as couves e as batatas, tudo em separado
e reserve. Compre um pão grande saloio, abra uma cavidade e retire
todo o miolo.

Coloque dentro do pão camadas alternadas de batatas, couves e
bacalhau. Frite numa pequena caçarola alhos em azeite e regue com
este azeite o preparado que está dentro do pão. Leve ao forno durante
15 mint e sirva directamente do pão o tradicional bacalhau cozido! O
miolo pode ainda ser aproveitado para fazer uma açorda de bacalhau,
prato tradicional de Natal em várias regiões.


Queijadinhas de limão rápidas

Ingredientes:
1/2 litro de leite meio-gordo
3 ovos inteiros
200 g de açúcar
100 g de farinha
50 g de manteiga
raspas de limão (ou laranja)

Coloque todos os ingredientes num liquidificador e deixe por alguns
minutos. Se não tiver liquidificador pode bater tudo com uma batedeira
ou até mesmo com a máquina de triturar a sopa.

Unte com manteiga e farinha forminhas (se forem de silicone, salte este
passo) verta a massa, sem encher na totalidade.

Leve ao forno pré-aquecido a 180º, durante cerca de 30 minutos ou até
estarem douradas.



"Sopa rápida de vegetais sem batata".

Ingredientes:
- 250 grs de feijão branco cozido
- 1 cubo de caldo de legumes
- Vários legumes lavados e cortados (por exemplo brócolos, cenoura e
couve flor)
- Sal e pimenta moída na altura
- Azeite
- Massas pequenas

Num tacho coloque o feijão já cozido, com a água que utilizou para a
sua cozedura. Se for usar feijão enlatado, coloque a água da lata e
junte mais água até tapar o feijão.

Adicione também, o cubo de legumes, sal, pimenta e azeite. Deixe
ferver cerca de 5 minutos. Depois triture tudo.
Rectifique o sal e acrescente água se necessário.
Junte os legumes e as massas e deixe cozer tudo cerca de 10 a 15
minutos.

Desligue o lume e deite um fio de azeite.



Arroz de bacalhau no forno

Visite também os 'Milagres da Anabela' em:
http://www.facebook.com/FairyPT/app_327668854006276

Ingredientes:
- 3 postas de bacalhau demolhadas
- 1 taça de arroz agulha
- 2 cebolas médias
- 2 dentes de alho
- rodelas de chouriço
- sal e pimenta a gosto
- azeite
- salsa
- uma colher de chá de açafrão
- 2 ovos cozidos e tomate cereja para decorar

Preparação:
Descasque e pique as cebolas e os alhos. Reserve.
Coza o bacalhau durante 10 minutos em água. Retire-lhe a pele e as
espinhas e parta-o em lascas. Reserve a água do bacalhau.
À parte, faça um refogado com o azeite, as cebolas, os alhos e as
rodelas do chouriço.

Deite 2 vezes a água do bacalhau (utilizando a medida da taça do
arroz). Tempere com sal e pimenta moída na altura.
Quando levantar fervura, deite o arroz e a colher de açafrão.

Rectifique o sal, mexa e retire do lume. Misture o bacalhau, deite tudo
numa travessa e leve ao forno.

Está pronto quando o arroz já não tiver água.





Receita da Anabela Salema: Queijadinhas de limão rápidas

Ingredientes:
1/2 litro de leite meio-gordo
3 ovos inteiros
200 g de açúcar
100 g de farinha
50 g de manteiga
raspas de limão (ou laranja)

Coloque todos os ingredientes num liquidificador e deixe por alguns
minutos. Se não tiver liquidificador pode bater tudo com uma batedeira
ou até mesmo com a máquina de triturar a sopa.

Unte com manteiga e farinha forminhas (se forem de silicone, salte este
passo) verta a massa, sem encher na totalidade.

Leve ao forno pré-aquecido a 180º, durante cerca de 30 minutos ou até
estarem douradas.





1. Quando preparar puré, não escolher batatas novas porque têm
muita água.

2. Cozer as batatas com uma cebola descascada para dar sabor.

3. Escorrer bem as batatas e reduzi-las a puré com um esmagador ou
passe-vite. Nunca com a varinha mágica, pois transforma o delicado
amido presente nas batatas numa “pasta pegajosa”. Se as batatas
forem bem cozidas, basta utilizar o esmagador para se obter um
delicioso e macio puré de batata.

4. Juntar o leite ou natas bem quentes ao puré.

( Foto da autoria de www.batatasdefranca.com )




Scones com compota de morango e ruibarbo
para comemorar o II aniversário do Figo
Lampo


A mesa já está posta e eu não quero faltar à festa do segundo
aniversário do Figo Lampo, da doce e maravilhosa Margarida, que tive
o prazer de conhecer no encontro Paladares ao Sul.

Para o lanche preparei scones e compota de morango e ruibarbo.
Espero que seja do agrado da anfitriã e dos restantes convidados.



Scones

Ingredientes:
16 colheres de sopa de farinha
3 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de chá de fermento em pó
2 ovos
1 pitada de sal

1. Numa tigela colocar a farinha e o fermento. De seguida adicionam-
se os restantes ingredientes e amassa-se ligeiramente, até todos os
ingredientes estarem ligados. Se for necessário acrescentar duas
colheres de sopa de leite morno.

2. Moldar pequenas bolas e levar ao forno num tabuleiro com papel
vegetal ou untado com margarina e polvilhado com farinha, cerca de
20 minutos.

Esta receita dá para sensivelmente 10 scones.



Compota de morango e ruibarbo

Ingredientes:
400 g de morangos
400 g de ruibarbo
5 colheres de sopa de açúcar gelificante
2 colheres de sopa de mel
6 colheres de sopa de água
3 colheres de sopa de sumo de laranja
uma pitada de sal
pimenta preta de moinho

1. Num tacho colocar os morangos cortados em pedaços e os talos de
ruibarbo cortados em pedaços de sensivelmente 1 cm de largura.

2. Adicionar o açúcar, o mel, a água, o sal e um pouco de pimenta.
Levar ao lume e deixar que os frutos quebrem.

3. Adicionar o sumo de laranja e deixar apurar um pouco.


Esta receita de compota é do sítio The Pioneer Woman.

Muitos parabéns ao Figo Lampo, que nos continue a maravilhar por
muitos anos com a sua simpatia e excelentes sugestões.

Arroz de camarão com peixe e cenoura



Eu adoro arroz de quase todas as maneiras, mas tenho uma
preferência pelos arrozes de peixe. Acho que ficam sempre tão bons.

A minha cozinha tem andado a meio gás. Nos últimos tempos tenho-
me envolvido em vários projectos, um dos quais espero partilhar
convosco muito em breve. Fiz este arroz para um almoço com uma
amiga que todos os anos me visita nas férias de verão. Soube-nos
muito bem.


Ingredientes:
2 postas de pescada
300g de camarão
2 cenouras raladas
1 dl de azeite
1 cebola picada
1 folha de louro
2 dentes de alho picados
350 g de arroz carolino
1,2 l de água de cozedura de peixe
2 colheres de sopa de coentros picados
sal q.b.
pimenta preta q.b.


1. Descascar o camarão e reservar as cascas e as cabeças.

2. Colocar uma panela ao lume com água e sal. Assim que ferver,
adicionar as postas de peixe.

3. Depois do peixe cozido, retirar da panela e reservar. Adicionar as
cascas de camarão ao caldo e levar novamente ao lume. Deixar ferver
aproximadamente cinco minutos.

4. Com a varinha mágica, triturar as cascas de camarão. Coar o caldo
e reservar.

5. Num tacho colocar o azeite, a cebola, o louro e o alho. Deixar
refogar até a cebola quebrar.

6. Juntar o arroz e a cenoura e mexer. Ir acrescentando aos poucos o
caldo de peixe e camarão.

7. Adicionar o peixe e o camarão descascado ao arroz. Temperar com
sal e pimenta preta de moinho a gosto.

8. Servir o arroz polvilhado com coentros picados.

É este o meu bacalhau com natas! Já vi mil e uma maneiras de o
fazer. Eu faço-o assim desde sempre, com as batatas cozidas, e não
fritas. Ficas bem mais leve e menos enjoativo. É uma refeição óptima
para fazer em quantidade e congelar, depois num dia de "aperto" é só
retirar do congelador e levar ao forno. Fica como se fosse acabado de
fazer.
Faço assim:



Ingredientes:

4 postas de bacalhau
1,500kg de batatas
1 cebola
2 dentes de alho
noz moscada ralada a gosto
azeite e sal q.b.
2 folhas de louro
pimenta preta de moinho
2 p. natas magras
queijo mozarella ralado


Preparação:

Leve o bacalhau a cozer por cinco minutos. Apague o lume e deixe
repousar na água de cozer mais cinco minutos. Descasque e corte as
batatas em cubos pequenos. Coza-as na água do bacalhau durante 10
minutos. Escorra e reserve.
Prepare um refogado com a cebola picada, os alhos, o louro e regue
com azeite a gosto.
Desfaça o bacalhau em lascas e junte à cebola. Envolva bem e polvilhe
com a noz moscada. Junte as batatas, envolva e por fim adicione as
natas. Junte um pouco de pimenta de moinho, rectifique os temperos
e transfira para um pirex, untado com manteiga. Polvilhe com o
queijo ralado. Leve ao forno pré-aquecido até gratinar (cerca de 15
minutos). Acompanhe com uma salada.


Jantar em 10 minutos: uma reconfortante
massa chinesa com legumes e filetes de
cavala



Jantar em dez minutos, há dias em que é mesmo a única opção, pelo
menos para mim, quando chego a casa tarde, em dias de reuniões.
Para quem como eu sente esta necessidade, hoje deixo mais uma
sugestão prática e muito rápida, sem esquecer o sabor.


Lembro-me de usar a massa chinesa regularmente quando andava na
faculdade e não queria perder muito tempo na cozinha. Uns minutos
em água quente e já está. Depois basta saltear legumes, muitos de
preferência, e adicionar proteína, se assim o entendermos. Para além
da massa, recomendo sempre ter na despensa umas conservas. Dão
tanto jeito nestas alturas!

Esta receita foi feita para a edição de Novembro de 2012 da revista
Saber Viver.

Ingredientes:
2 latas de filetes de cavala
1 cenoura
1 cebola
170 g de folhas de espinafre
350 g de cogumelos fatiados
0,5 dl de molho de soja
1 colher de sopa de molho de ostra
0,5 dl de óleo de amendoim
170 g de massa chinesa
2 colheres de sopa de sementes de sésamo


1. Colocar o óleo no wok ou numa frigideira funda. Assim que estiver
quente, colocar a cebola, a cenoura cortada em palitos e os
cogumelos. Saltear mexendo regularmente.

2. Acrescentar as folhas de espinafres, os filetes de cavala
previamente escorridos e os molhos. Mexer. Deixar cozinhar durante
um a dois minutos e retirar do lume. Os legumes devem ficar
crocantes.

3. Preparar a massa chinesa seguindo as indicações da embalagem.

4. Escorrer a massa e juntá-la ao preparado de legumes e cavala.

5. Servir polvilhado com sementes de sésamo.




Embrulhos de bacalhau no forno



Os assados fazem parte regulamente das refeições cá de casa. Adoro
ligar o forno e colocar desde legumes, carne ou peixe num tabuleiro
com uma mão cheia de aromáticos e deixar assar lentamente. Para
além do cheirinho bom que enche a cozinha, o resultado final que
chega à mesa é sempre delicioso.

Um dos métodos que uso para confecionar legumes, peixe ou por
exemplo, peitos de frango, é en papillote. Ou seja, embrulhar em
papel vegetal ou folha de alumínio o que pretendemos cozinhar. O
importante é que os embrulhos fiquem bem fechados para que os
ingredientes cozinhem nos seus próprios sucos. Um dos ingredientes
que gosto de cozinhar desta maneira é o bacalhau.


Estes embrulhos de bacalhau assados no forno foram feitos para a
revista Saber Viver de Dezembro de 2012.

Ingredientes:
4 postas de bacalhau
2 dentes de alho
50 g de pimento vermelho
1 colher de chá de pimentão doce
1 colher de chá de pimenta rosa em grão
1 raminho de salsa
1 dl de azeite


1. Colocar cada uma das postas de bacalhau num quadrado de papel
vegetal.

2. Por cima de cada posta colocar, os dentes de alho laminados, um
pouco de pimentão doce, duas tiras de pimento vermelho, duas a três
hastes de salsa, e pimenta rosa.

3. Regar as postas de bacalhau com o azeite.

4. Fechar o papel vegetal e embrulhar cada posta em papel de
alumínio.

5. Levar ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 30 minutos.



Sopa de galinha com tomate



Os dias frios de Inverno convidam a ficar em casa, a escutar o crepitar
da lenha a arder na lareira. A aquecer as mãos até já não aguentar
mais. Convidam a segurar uma chávena quente de chá nas mãos
enquanto lá fora a chuva escorrega pelos vidros da janela e o vento
despenteia as árvores.

Os dias frios de Inverno convidam a camisolas quentes e botas forradas
a lã. Convidam a ler romances. Convidam a comidas de forno,
fumegantes, e a barrar pão quente com manteiga logo pela manhã.
Convidam a usar especiarias. A fazer bolo de chocolate ou tarte de
maçã com canela. Convidam a um prato de sopa rico, calorento e
reconfortante.

Ingredientes:
1/2 galinha ou frango do campo
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro
4 cravinhos
1 cenoura
1 lata (400 g) de tomate pelado em pedaços
1 courgette
180 g de ervilhas
1,7 l de caldo de galinha
180 g de conchas ou outra massa a gosto
0,5 dl de azeite
1 raminho de salsa picado
sal q.b.


1. Cozer a galinha em água temperada com sal. Depois de cozida,
limpá-la de peles e ossos. Desfiar a carne. Reservar o caldo de
cozedura.

2. Numa panela colocar a cebola e o alho picados, o louro, os
cravinhos e o azeite. Levar ao lume e deixar refogar até a cebola
quebrar.

3. Adicionar o tomate e deixar cozinhar três a quatro minutos.

4. Adicionar o caldo de galinha, a galinha desfiada, as ervilhas, a
cenoura e a courgette cortadas em pedaços. Temperar com sal.

5. Depois de deixar ferver durante cinco minutos, adicionar a massa.

6. Adicionar a salsa picada, mexer e servir.


















Marmelos assados com calda de vinho do
Porto e especiarias




Ingredientes:
3 marmelos
sumo de 1 limão
2 dl de água
4 colheres de sopa de açúcar mascado escuro
1 dl de vinho do Porto
1 pau de canela
1 estrela de anis


1. Colocar o sumo de limão, a água, o açúcar, o vinho do Porto, a
canela e o anis num tacho. Levar ao lume e deixar ferver uns minutos.

2. Cortar os marmelos ao meio. Retirar as sementes.

3. Num pirex, regar os marmelos com a calda de açúcar, vinho do
Porto e especiarias.

4. Levar a assar em forno pré-aquecido. Durante a assadura virar os
marmelos e regá-los com o molho.


A calda fica espessa, ligeiramente caramelizada. Muito bom,
especialmente para quem é fã deste fruto como eu.







200 g de coca cola
20 g de gelatina em pó neutra (ou 10 folhas de gelatina neutra)
1 pacote de gelatina de laranja (80 g)
Coloque todos os ingredientes num tachinho e mexa para dissolver.
Levar ao lume mexendo sempre por 5 minutos.
Distribua a mistura por forminhas de silicone (para gelo ou bombons)
molhadas.
Leve ao figorifico a solidificar.




Francesinhas Especiais


Este "petisco" estava fotografado há algum tempo, e à espera de ser
publicado. Um jantar de "francesinhas" em casa de família, foi o que
me fez lembrar destas fotos. Um jantar onde houve "competição"
entre Bimby e "Bimba", na elaboração do molho. Sinceramente, não
sei quem venceu...mas o meu molho fica muito bom!
Aqui fica a receita:

Para 4

Ingredientes:

Francesinha:
10 Fatias de pão de forma
4 bifes médios
4 linguiças
4 fatias de fiambre
cerca de 16 fatias de queijo
4 ovos

Molho:
1 cebola pequena
1 dente de alho
2 tomates bem maduros
1 folha de louro
2 malaguetas secas
sal e azeite q.b.
1 c. chá de açúcar
1 caldo de carne
1 c. chá de oregãos secos
1/2 cálice de brandy
1 cerveja
1/2 copo de vinho branco
2 c. de sopa de maisena

Preparação:

Comece por preparar o molho. Pique a cebola e o alho, regue com um
pouco de azeite e leve a refogar. Junte o louro, e quando a cebola
estiver a começar a dourar, junte o tomate triturado e deixe ferver.
Regue com a cerveja, o vinho branco e o brandy. Adicione os oregãos,
o caldo de carne e as malaguetas em pedaços. Deixe ferver
lentamente durante 20 minutos. Passe o molho com a varinha
mágica, Junte a maisena dissolvida num pouquinho de àgua,
rectifique os temperos e junte o açucar. Deixe ferver mais cinco
minutos, para engrossar o molho e está pronto.
Para as francesinhas, frite os bifes e reserve-os ao calor. Corte as
linguiças ao meio e grelhe-as. Torre as fatias de pão. Para empratar,
coloque uma fatia de pão e por cima o bife. Cubra com uma fatia de
queijo, depois outra fatia de pão, as linguiças e o fiambre, Termine
com o pão e com fatias de queijo. Leve ao forno quente até o queijo
derreter. Frite os ovos e coloque um sobre cada francesinha. Regue
com o molho bem quente e acompanhe com batatas fritas. Se achar
muito grande, reduza a duas fatias de pão (para mim chega...).
Bacalhau à Braga



Esta é uma receita tradicional, bem típica aqui da minha cidade. Uma
receita deliciosa que bem merece ser lembrada e partilhada aqui. O
molho de pimentos e cebola deixam o bacalhau com um sabor
maravilhoso, e esta é uma receita bem fácil de fazer. Apesar das
variações que cada um pode dar, a base da Bacalhau à Braga, é um
bom bacalhau, pois faz toda a diferença no resultado final.
Faço assim:

Ingredientes:

4 postas ou lombos de bacalhau demolhado
3 cebolas
4 dentes de alho
1/2 pimento verde
1/2 pimento vermelho
2 folhas de louro
1 c. sopa de vinagre
1 tomate maduro
sal e azeite q.b.
pimenta moída na hora
batatas q.b.

Preparação:

Leve o bacalhau a cozer, quando a agua ferver, desligue o lume e
deixe ficar o bacalhau na àgua 5 minutos. Retire e seque-o com papel
de cozinha. Leve uma sertã ao lume com bastante azeite, as folhas do
louro e dois dentes de alho. Quando estiver bem quente coloque aí o
bacalhau e deixe fritar. Retire para o recipiente de servir e reserve no
forno, para manter quente.
Entretanto prepare a cebolada, corte as cebolas e os alhos em laminas
e coloque na sertã onde fritou o bacalhau (retire os alhos e o louro).
Junte os pimentos em tiras e o tomate em pedaços. Tempere de sal e
pimenta, junte o vinagre e deixe cozinhar até a cebola estar cozida.
Frite as batatas em rodelas grossas e coloque-as à volta do bacalhau.
Cubra com a cebolada e sirva acompanhado de uma salada mista.





Bacalhau com Natas


É este o meu bacalhau com natas! Já vi mil e uma maneiras de o
fazer. Eu faço-o assim desde sempre, com as batatas cozidas, e não
fritas. Ficas bem mais leve e menos enjoativo. É uma refeição óptima
para fazer em quantidade e congelar, depois num dia de "aperto" é só
retirar do congelador e levar ao forno. Fica como se fosse acabado de
fazer.
Faço assim:



Ingredientes:

4 postas de bacalhau
1,500kg de batatas
1 cebola
2 dentes de alho
noz moscada ralada a gosto
azeite e sal q.b.
2 folhas de louro
pimenta preta de moinho
2 p. natas magras
queijo mozarella ralado


Preparação:

Leve o bacalhau a cozer por cinco minutos. Apague o lume e deixe
repousar na água de cozer mais cinco minutos. Descasque e corte as
batatas em cubos pequenos. Coza-as na água do bacalhau durante 10
minutos. Escorra e reserve.
Prepare um refogado com a cebola picada, os alhos, o louro e regue
com azeite a gosto.
Desfaça o bacalhau em lascas e junte à cebola. Envolva bem e polvilhe
com a noz moscada. Junte as batatas, envolva e por fim adicione as
natas. Junte um pouco de pimenta de moinho, rectifique os temperos
e transfira para um pirex, untado com manteiga. Polvilhe com o
queijo ralado. Leve ao forno pré-aquecido até gratinar (cerca de 15
minutos). Acompanhe com uma salada.



Bacalhau à Gomes de Sá



Mais uma receita de bacalhau. Das 1001 maneiras de o preparar esta é
uma da qual gosto bastante. É ideal para estes dias de frio, pois para
mim é a chamada "comida de conforto". Saborosa, quentinha e bem
portuguesa, é uma receita bem tradicional. Por vezes esquecemo-nos
destas receitas... simples, práticas, deliciosas e "tão nossas".
Aqui fica a "minha" receita:

Ingredientes:

4 postas de bacalhau demolhado
1,300 kg de batatas
1 cebola
2 folhas de louro
2 dentes de alho
azeite e sal q.b.
pimenta de moinho
4 ovos
1 molhinho de salsa
azeitonas pretas a gosto

Preparação:

Numa panela, coloque àgua a ferver e escalde o bacalhau. Reserve a
àgua da cozedura. Deixe-o arrefecer, retire-lhe a pele e as espinhas e
desfaça-o em lascas. Descasque e corte as batatas em cubinhos, e
leve-as a cozer na àgua do bacalhau, até ficarem cozidas. Coza os
ovos. Corte a cebola em rodelas e o alho em laminas e leve-os a
refogar em azeite. Junte o louro, o bacalhau e misture bem. Junte as
batatas, tempere de sal, se necessário, e de pimenta de moinho.
Junte a salsa picada (reserve um pouco para a decoração), dois ovos
picados e envolva. Coloque a mistura de bacalhau no prato de servir,
por cima os ovos em gomos, a salsa picada e as azeitonas.


BOLA DE CHOURIÇO

Ingredientes
3 medidas* de farinha de trigo
1 medida* de ovos
1 medida* de leite
1 c. chá bem cheia de fermento
3/4 de medida* de óleo
sal q.b.
pimenta q.b.
orégãos q.b. (para o interior e para a superfície)
1 chouriço




Preparação
Com o auxílio da batedeira, misturam-se todos os ingredientes
muito bem, incluindo os orégãos. Adiciona-se o chouriço aos
cubos, mexe-se com uma colher de pau e verte-se para um
recipiente refratário, devidamente untado com manteiga e
enfarinhado. Polvilha-se com orégãos e vai ao forno até cozer (teste
do palito).




* - utilizei como medida uma chávena de chá.

Um bom fim de semana a todos e aproveitem bem o Carnaval ;)

Artisan Bread

Hoje trago aqui ao receitas ao desafio uma receita de pão que me
interessa particularmente. Já à muito tempo que não fazia e
lembrei-me de fazer para apresentar a vocês. Se quiserem ver
aqui no meu outro cantinho e outras mais que tenho por lá, logo
ficam a ver a maravilha de massa que é. Não dá trabalho a amassar
nem a tender pois é uma massa que não quer ser muito mexida e
com ela podemos inventar mil e uma receitas.



Ingredientes:

1 colher (sopa) de fermento biológico seco

1 colher de sobremesa rasa de sal grosso

700ml de água

1kg de farinha de trigo T65

PREPARAÇÃO:

Num recipiente de plástico (uso de plástico de 6 litros), colocar o
fermento, o sal e a água. Mexer ou agitar. Juntar a farinha e mexer
no centro, com uma colher de pau, até toda a farinha das bordas
ficar incorporada.
Deixar levedar cerca de 2h, tapado, à temperatura ambiente depois
vai para o frigorífico.






Com as mãos enfarinhadas de farinha de milho retirar uma bola de
massa e cortar com uma faca ou tesoura de cozinha. Fazer uma
bola mexendo o menos possivel com a massa e deixar levedar por
40 minutos num tapete de celicone (ou pano de cozinha)
polvilhado com farinha de milho e cobrir com um pano. Aquecer o
forno e deitar um tacho de barro ou de ferro, ou um pirex com
tampa.
Passados os 40 min. colocar a massa dentro do tacho e tapar( eu
usei um tacho de barro), levar a cozer por 1 hora (ou mais depende
dos fornos o meu como é a gás e é muito grande leva mais tempo),
depois destapar para ganhar cor por mais uns minutos.

Retirar o pão e deixar arrefecer...se conseguir!


Este pão fica delicioso parece mesmo um pão típico caseiro com
uma crosta crocante e o interior muito macio.

Essa massa tem a particularidade de poder ser guardada no
frigorifico até 15 dias e se poder retirar massa sempre e quando
desejar.

EMPADA DE FRANGO





Ingredientes para a massa:
250 g de farinha
1 colher de sopa de manteiga
3 ovos
Sal
½ dl de água morna

Num recipiente, faz-se uma cova no meio da farinha, na qual se põe a
manteiga, o sal, os ovos e ½ dl de água morna.
Amassa-se tudo até ligar muito bem (se for preciso, acrescenta-se
mais um pouquinho de água) e deixa-se repousar durante 1 hora.

Ingredientes para o recheio:
Aproveitamentos de frango
1 cebola, cortada em rodelas
2 dentes de alho, picadinhos
1 alho francês, em rodelas
40 g de azeite
½ pacote de natas
1 folha de louro
1 colher de chá de mostarda antiga
Sal e pimenta q.b.
1 gema para pincelar as empadas


Refoga-se a cebola, os alhos e o alho francês no azeite (na Bimby,
5 minutos, 100 graus, velocidade colher inversa). Acrescenta-se o
frango, a mostarda e o louro e deixa-se cozinhar mais 5 minutos, na
mesma temperatura e velocidade. Acrescenta-se as natas, verifica-se os
temperos (a quantidade de sal e pimenta vai depender do tempero que
o frango tinha) e deixa-se apurar mais 2 minutos.
Coloca-se o recheio nos ramequins, rola-se a massa, numa
superfície enfarinhada, e cobre-se o recheio, aconchegando bem.
Pincela-se com uma gema e vai ao forno a 190 graus, até a massa
estar dourada.

Ilídia

BRIGADEIRO DE GELATINA




Tipo de receita: Sobremesa
Número de doses: 8
Tempo de Preparação: 25 Minuto(s)
Tempo de Confecção/Cozedura: 0 Minuto(s)
Dificuldade: Muito Fácil


Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 pacote de gelatina em pó sabor morango
Margarina para untar
Açúcar cristal para enrolar
Preparação:

Misture o leite condensado e a gelatina.

Cubra e deixe descansar na geladeira por 24 horas. Com a mão
levemente untada com margarina modele as bolinhas e passe pelo açúcar
cristal.

Coloque em forminhas de papel e sirva.


Caçarola do Mar



Este prato foi preparado para aproveitar
bocadinhos de peixe que iam sobrando (crus)
e que estavam em caixas ou saquinhos na
arca... um pouco de lulas, de tamboril, de
pescada e depois acrescentei o marisco para
a festa na caçarola se tornar mais apelativa :)
Ainda a fumegar :) São servidos?



Ingredientes:
peixe e marisco (o que tiver e gostar)
1 cebola
2 dentes de alho
azeite
coentros
louro
3 tomates picados
polpa de tomate
1 dl de vinho branco
1 cubo de caldo de marisco
sal
pimenta
salsa
esparguete

Preparação:
Num tacho, deite a cebola, os alhos picados e
um fio de azeite e deixe refogar um pouco.
Adicione o tomate aos pedaços e a polpa de
tomate... quando começar a ferver refresque
com o vinho branco, deite o caldo de marisco,
o louro, os coentros e deixe uns minutos.
Entretanto coza o esparguete em água
abundante temperada com sal.
Acrescente o peixe e logo que ferva, deite o
marisco. Deixe cozer alguns minutos e
retifique de sal e pimenta.
Escorra o esparguete já cozido "al dente" e
deite numa caçarola.
Deite o peixe e o molho sobre o esparguete e
Marmelada


As aventuras pelo mundo das compotas e afins sucedem-se, agora
foi a vez da Marmelada. A receita é a que a minha mãe utiliza e fica
mais cremosa, como compota. Se não fosse feita com amor, tenho a
certeza que desistira facilmente porque estes marmelos caseiros são
bem riginhos (até demais!).

Ingredientes para 4 tigelas:
1 kg de marmelos descascados e sem caroços
1 kg de açúcar

Preparação:
Corte os marmelos aos quartos e leve-os a cozer num tacho tapados
com água.
Quando estiverem cozidos, escorra a água mas reserve um copo.
Coloque o açúcar noutro tacho com o copo de água de cozer os
marmelos e leve ao lume até fazer ponto de estrada.
Triture os marmelos e junte ao açúcar em ponto.
Mexa bem e deite em tigelas e deixe arrefecer.

Para conservar a marmelada, corte 4 pedaços de papel vegetal,
pincele-os com aguardente e tape a superfície da marmelada.




Compota de kiwi, maçã e cardamomo e
um poema no Dia Mundial da Poesia




Os meus pais têm três arvorezinhas que produzem frutos em
quantidade muito superior aquela que nos é possível consumir em
tempo útil, por isso, apesar de distribuir por amigos e familiares, há
que pôr as mãos à obra e arranjar outras formas de os conservar e/ou
utilizar.
Uma excelente solução é descascar, cortar às rodelas e congelar em
caixas congeladoras. Desta maneira, não há desculpas para não
beber um saudável batido de fruta mesmo quando esta falta na
fruteira! Também é muito útil para fazer recheio para tartes de fruta.
Hoje trago uma compota, há qual acrescentei umas maçãs
farinhentas que tinha na fruteira e o toque especial do cardamomo.
A melhor maneira é mesmo fazerem para comprovar como é boa!

Ingredientes:
400g de kiwi descascado
300g de maçã descascada e sem caroços
2 c. sopa de sumo de limão
350g de açúcar
3 c. chá de gelatina em pó
6 sementes de cardamomo

Preparação na Bimby:
Coloque todos os ingredientes no copo e programe 30 min/ vel. 2/
100ºC.
Como o kiwi liberta muito líquido, utilizei a gelatina em pó que
pode ser substituída pelo agár-agár. No final, optei por não triturar
por isso não retirei as sementes de cardamomo.
Coloque a compota em frascos de vidro esterilizados e vire-os ao
contrário até arrefecerem para que a compota fique em vácuo.

Equivalências:
1 folha de gelatina = 1 c. chá gelatina em pó = 1 c. chá de agá-agár
(flocos) = 1/2 c. chá de agár-agár (pó)



Batatas assadas

Imprimir



Acompanhamentos




Ingredientes:
• 6 batatas descascadas
• ⅓ de xícara de azeite de oliva
• 2 colheres de suco de limão
• 2 dentes de alho cortados em fatias bem finas
• raspas da casca de 1 limão siciliano
• sal e pimenta a gosto
• salsinha picada a gosto
Passos:
Misture o azeite de oliva, o suco de limão, os alhos fatiados, as raspas da
casca do limão e tempere com sal e pimenta. Corte fatias de ½ cm sem ir
até o final da batata, deixando ½ cm na base da batata. A forma mais fácil
de fazer é colocar abatata entre dois cabos de colher de pau e vá cortando
as fatias até chegar no cabo da colher. Envolva as batatas no molho, mas
reserve um pouco do molho de azeite para depois. Coloque as batata em
um refratário e leve ao forno preaquecido a 190°C por 20 minutos. Retire
do forno, regue com o molho de azeite restante e leve ao forno por mais
20 minutos ou até as batatas estarem cozidas. Salpique com salsinha e
sirva.

Aperitivo de Figo

Imprimir



Aperitivos




Ingredientes:
• 250 g de figos maduros, cortados ao meio
• 3 colheres de sopa de mel
• 2 galhos de alecrim
Passos:
Preaqueça o forno a 180°C. Em um refratário, disponhas os figos com a
parte cortada para cima, espalhe o mel sobre os figos e desfolhe os galhos
de alecrim sobre o mel. Leve ao forno por 15 minutos, ou até o mel
começar a caramelizar e os figos estarem moles, mas não ao ponto de
desmancharem. Retire do forno, deixe esfriar e sirva com queijo branco,
biscoitos salgados ou torradas.

Hambúrguer com alface

Imprimir



Sanduíches



Rendimento: 4 hambúrguers

Ingredientes:
• 500 g de carne moída
• farinha de rosca (apenas o suficiente para dar a liga)
• 1 ovo levemente batido
• salsinha e cebolina picadas a gosto
• sal e pimenta a gosto
• óleo para fritar
• 1 cebola pequena fatiada
• 4 fatias de queijo
• 2 tomates cortados em fatias
• 1 pé de alface
• 2 pepinos em conserva fatiados (opcional)
Passos:
Misture a carne moída com o ovo batido, a salsinha, a cebolinha, o sal e a
pimenta. Vá adicionando a farinha de rosca aos poucos. Não coloque
muita farinha, pois caso contrário o hambúrguer ficará duro. A farinha de
rosca é apenas para dar a liga. Divida a carne em 4 ou 5 porções e modele
no formato dos hambúrguers. Frite a carne e reserve. Doure a cebola e
reserve.

Para a montagem:
Sobre duas folhas de alface coloque um hambúrguer, uma fatia de queijo,
fatias de pepino (se estiver utilizando), rodelas de cebola, fatias de tomate
e finalize com mais duas folhas de alface.
Lanche com pão sírio

Imprimir



Sanduíches



Rendimento: 4 porções

Ingredientes para o lanche:
• 4 pães sírios
• 4 folhas de alface
• 2 tomates cortado em fatias
• ½ pepino descascado e cortado em tiras
• 1 receita de frango
• 1 receita de molho de iogurte
Ingredientes para o frango:
• 300 g de peito de frango
• ¼ de xícara de iogurte natural
• 1 dente de alho amassado
• 1 colher de sopa de suco de limão
• ½ colher de chá de canela
• ½ colher de chá de orégano
• ½ colher de chá de sal
• ¼ de colher de chá de noz moscada
• 1 colher de sopa de azeite de oliva
Ingredientes para o molho de iogurte:
• ¾ de xícara de iogurte natural
• algumas folhas de menta picada
• sal e pimenta a gosto
• 1 colher de chá de suco de limão
• 1 colher de chá de azeite de oliva
Passos para o frango:
Corte o frango em tiras pequenas. Em uma vasilha, misture o restante dos
ingredientes, acrescente o frango, misture e leve à geladeira por 1 ou 2
horas. Em uma frigideira doure o frango e reserve.

Passos para o molho de iogurte:
Misture todos os ingredientes e reserve.

Passos para o lanche:
Em cada um dos pães, coloque uma folha de alface, disponha o tomate e
o pepino sobre as folhas de alface. Divida o frango e o molho de iogurte
entre os pães. Dobre o pão como na foto e embale metade com a ajuda de
um pedaço de papel alumínio para fazer com que ele fique no formato em
que foi dobrado.

Salada de Frango

Imprimir



Frango, Saladas




Ingredientes:
• 300 g de peito de frango, cortado em cubos
• sal e pimenta a gosto
• 1 colher de sopa de azeite de oliva
• 1 ½ colher de sopa de suco de limão siciliano
• 1 xícara de salsão fatiado
• ½ xícara de cebola picada
• 30 g de nozes picadas
• ½ xícara de salsinha picada
• 3 colheres de sopa de maionese light
• folhas de alface
• tomate cereja para decorar
Passos:
Cozinhe o frango em água. Depois de cozido, escorra bem o frango,
salpique com sal e pimenta a gosto, misture com o suco de limão, o
azeite, o salsão, a cebola e as nozes. Cubra e leve ao refrigerador por pelo
menos 20 minutos. Retire o frango da geladeira, misture com a salsinha e
a maionese. Arrume as folhas de alface em um prato. Coloque o frango
no centro do prato e decore com o tomate cereja. Bon appetit!


Escondidinho de Abóbora com Carne Seca



Ingredientes
Ingredientes
Carne seca
1/2 kg de carne seca PAINEIRA dessalgada cozida e desfiada
1 colher (sopa) de manteiga ou margarina
2 colheres (sopa) de azeite de dendê (ou oliva)
2 cebolas fatiadas (ou 3 dentes de alho fatiados)
requeijão tipo Catupiry para cobertura
sal e pimenta a gosto
salsinha e cebolinha a gosto (ou coentro)
Preparo
Fritar a cebola na manteiga com azeite, refogar a carne seca
(reserve)
Abóbora
1/2 kg de abóbora japonesa
molho branco suficiente
molho de tomates suficiente
queijo ralado a gosto
muçarela a gosto
Preparo
Corte a abóbora em fatias grossas e cozinhe no vapor
até que fiquem macias.
Em um refratário intercale camadas de abóbora,
molhos,carne seca e queijos.
Por último a muçarela e queijo ralado.
Levar ao forno para gratinar.
Molho branco
Ingredientes
2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
noz moscada a gosto
sal e pimenta do reino branca a gosto

Modo de preparo

Derreta a manteiga, junte a farinha e mexa até obter
uma pasta homogênea.

Aos poucos, acrescente o leite e mexer, constantemente,
para não empelotar.

Deixe cozinhar por alguns minutos e tempere com sal e
pimenta e noz moscada.
(se empelotar, espere esfriar e bata no mixer ou
liquidificador)

Variações do molho
Cebola, queijo ralado, creme de leite, requeijão...

Molho de tomates
Ingredientes

1 quilo de tomates maduros
2 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho esmagados
1 cebola média ralada
sal e pimenta a gosto
1 colher (sobremesa) de agi-no-moto
1 folha de louro
orégano a gosto
manjericão a gosto
pimentão a gosto
1 litro e meio de água
Preparo
Faça um corte em cruz nos tomates (bem de leve) e
mergulhe em água
fervente, para tirar a pele.
Bater no liquidificador os tomates sem pele cobrindo com
água, e passar por
uma peneira.
Em uma panela, aquecer o azeite refogar o alho e a cebola
acrescentar
os tomates e os outros ingredientes, deixe cozinhar em fogo
brando por
aproximadamente 1 hora, até que engrosse.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sábado, julho 30, 2011 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)





Q U I N TA - F E I R A , 2 8 D E J U L H O D E 2 0 1 1
Cuscuz de frango



Ingredientes
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
3 tomates sem pele e sem sementes picados
1/2 xícara (chá) de óleo
1/2 kg de peito de frango cozido e desfiado
2 tabletes de caldo de galinha
1 lata de milho escorrido
1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
2 xícaras (chá) de farinha de milho amarela
1 litro de água quente
salsinha e cebolinha a gosto
sal e pimenta vermelha a gosto
ovos cozidos e azeitonas para decorar
Preparo
Aqueça o óleo, refogue a cebola e o alho, acrescente os
tomates, os caldos de galinha,
o frango e a água quente, deixe ferver, acrescente a farinha
de milho sal e pimenta, azeitonas e o milho.
Cozinhe em fogo baixo por 10 minutos, acrescente salsinha e
cebolinha depois de pronto.
Decore uma forma de furo central com ovos cozidos e
azeitonas, despeje o cuscuz, aperte com uma
colher, espere esfriar para desenformar.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às quinta-feira, julho 28, 2011 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
Q U A R TA - F E I R A , 2 7 D E J U L H O D E 2 0 1 1
Escondidinho de carne moída



Purê de batatas

Ingredientes

1/2 kg de batatas cozidas e espremidas
1 caixa de creme de leite ou 1 xícara (chá) de leite
2 colheres de manteiga
sal e pimenta a gosto
Leve ao fogo por 5 minutos

Carne moída
Ingredientes

1/2 kg de carne moída (patinho)
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1 tablete de caldo de carne
azeitonas verdes a gosto
salsinha e cebolinha a gosto
sal e pimenta a gosto
1 copo de requeijão cremoso
Preparo
Aqueça o azeite, refogue a cebola e o alho, acrescente a
carne moída o caldo de carne e deixe cozinhar até que fique
quase seca, misture o requeijão as azeitonas salsinha e
cebolinha, pimenta e sal se necessário
Montagem
Em um refratário coloque o purê, a carne moída e mais purê,
polvilhe queijo parmesão ralado e leve ao forno para gratinar

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às quarta-feira, julho 27, 2011 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
Q U A R TA - F E I R A , 6 D E J U L H O D E 2 0 1 1
Salpicão de peito de peru



Ingredientes

1 xícara (chá) de peito de peru desfiado (pode ser defumado)
100 gramas de uva passa
1 maçã verde cortada em cubos (deixe no suco de limão para
não escurecer)
1 xícara (chá) de cenoura crua ralada
1 tomate picado
azeitonas a gosto
nozes ou castanha de sua preferência a gosto
abacaxi em calda a gosto
1 xícara (chá) de maionese
1 pote de iogurte natural ou creme de leite
salsão a gosto
azeite a gosto
sal, pimenta a gosto

Preparo:
Misture bem todos os ingredientes, e leve a geladeira antes
de servir,
se preferir sirva com batata palha.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às quarta-feira, julho 06, 2011 1
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (2)
legal (0)
T E R Ç A - F E I R A , 2 1 D E J U N H O D E 2 0 1 1
Polenta



Ingredientes

2 xícaras (chá) de fubá
4 xícaras (chá) de água
1 colher (sopa) de azeite
2 dentes de alho esmagados
sal a gosto

Preparo

Fritar o alho no azeite e acrescentar a água o sal e o fubá,
cozinhe em fogo baixo
por 20 minutos, mexendo de vez em quando (manter a
panela com tampa pois a
polenta borbulha)

X TUDO MAIS VC



ingredientes
Molho especial

* 1 xícara (chá) de maionese
* 1 xícara (chá) de catchup picante
* 1/4 xícara (chá) de mostarda
* 1 colher (sopa) de pepino em conserva cortado em cubinhos
* 2 colheres (sopa) de cebola bem picadinha
* 1 colher (sopa) de vinagre de maçã
* 1 colher (sopa rasa) de açúcar
* sal a gosto

Massa

* 2 ovos
* 500 ml de leite morno
* 250 ml de óleo
* 1 xícara (chá) de açúcar
* 1 colher (café) de sal
* 30 g de fermento biológico
* 500 g de farinha de trigo

Recheio

* 12 hambúrgueres
* 1 xícara (chá) de milho escorrido
* 1 xícara (chá) de ervilha fresca
* 200 g de presunto fatiado
* 200 g de mussarela fatiada
* 1 tomate cortado em rodelas
* gergelim branco para polvilhar

modo de preparo
1 - Numa tigela coloque 1 xícara (chá) de maionese, 1 xícara
(chá) de catchup picante, 1/4 xícara (chá) de mostarda, 1
colher (sopa) de pepino em conserva cortado em cubinhos, 2
colheres (sopa) de cebola bem picadinha, 1 colher (sopa) de
vinagre de maçã, 1 colher (sopa rasa) de açúcar e sal a
gosto, misture bem e leve para a geladeira por +/- 2 horas
para apurar os sabores.
2 - Num liquidificador coloque 2 ovos, 500 ml de leite morno,
250 ml de óleo, 1 xícara (chá) de açúcar, 1 colher (café) de
sal, 30 g de fermento fresco e bata até que ficar uma
mistura homogênea. Transfira a mistura para uma tigela e
com a ajuda de uma peneira vá peneirando a farinha e
misturando tudo com um batedor de arame.
3 - Num refratário retangular (35 cm X 25 cm) untado e
enfarinhado coloque metade da massa (reservada acima) e
faça camadas na seguinte ordem:

* 6 hambúrgueres (congelado, ou em temperatura ambiente
ou dourado)
* Metade do molho especial
* 1 xícara (chá) de milho escorrido
* 1 xícara (chá) de ervilha fresca
* 200 g de presunto fatiado
* 200 g de mussarela fatiada
* 6 hambúrgueres
* a outra metade do molho especial
* rodelas de 1 tomate Cubra com a outra metade da massa e
salpique gergelim branco. Leve ao forno médio pré- aquecido
a 180 graus por +/- 1 hora. Retire do forno e sirva em
seguida.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sábado, maio 21, 2011 1
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
S E X TA - F E I R A , 2 0 D E M A I O D E 2 0 1 1
Focaccia á moda da Léo



Ingredientes

30 gramas de fermento biológico
225 ml de água
500 gramas de farinha de trigo
30 ml de azeite
1 colher (café) de sal
1 colher (café de açúcar
Preparo
Misture todos os ingredientes, sove bem a massa, cubra com
um pano
e deixe crescer até dobrar de volume.
Divida a massa em duas partes. com a mão ou use rolo.
Abra cada uma das partes, e regue o fundo da assadeira com
azeite,
Cobertura
Regue com bastante azeite e espalhe alecrim, ou a erva que
preferir,
salpique sal grosso e leve para assar em forno pré aquecido a
180 graus
até que fique dourada, aproximadamente 20 minutos.
Na outra parte da massa regue com bastante azeite, polvilhe
queijo parmesão
ralado e salpique queijo tipo polenguinho, catupiry ou o que
preferir.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sexta-feira, maio 20, 2011 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (1)
interessante (0)
legal (0)
Arroz/feijão/ovo/linguiça/couve/farofa
Prato




Como boa Brasileira que sou, adoro arroz, feijão ovo,
etc........
Mas nunca tirei foto pensando ser simples..mas não é...

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sexta-feira, maio 20, 2011 1
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (2)
S E X TA - F E I R A , 1 5 D E A B R I L D E 2 0 1 1
Yakimeshi



Ingredientes:

2 xícaras (chá) de arroz branco já pronto com tempero de
sua preferência
1 xícara (chá) de presunto picadinho
1 colher (sopa) de azeite
2 ovos
1/2 xícara de cebolinha verde picada

Modo de preparo:

Bata levemente os ovos com um garfo e coloque para fritar
no azeite quente
Mexa até que os ovos fiquem soltinhos, corte em pedaços
pequenos
Acrescente o presunto picadinho e refogue por 2 minutos
Junte a cebolinha verde picada e logo após o arroz branco já
cozido
Misture tudo e sirva quente.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sexta-feira, abril 15, 2011 1
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (1)
legal (0)
D O M I N G O , 1 6 D E J A N E I R O D E 2 0 1 1
Casquinhas de Frango



Ingredientes

1/2 kg de peito de frango cozido e desfiado.
3 colheres (sopa) de azeite de dendê
1 colher (sopa) de manteiga
2 dentes de alho espremidos
sal a gosto
Preparo
Frite o alho na manteiga e o azeite de dendê, acrescente o
frango, sal e refogue por alguns minutos.

Molho branco

2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) de farinha
1 colher (sopa) de manteiga
sal e pimenta a gosto
1/2 cebola ralada
1 caixa de creme de leite
6 colheres (sopa) de requeijão ou catupiry

Preparo

Refogue a cebola com a manteiga e a farinha, mexendo bem,
acrescente o leite,
o creme de leite, requeijão, sal e pimenta a gosto, misture o
frango e coloque nas casquinhas, polvilhar com queijo ralado
misturado com farinha de rosca.
Levar ao forno para gratinar
Dica_ se preferir faça em um refratário.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às domingo, janeiro 16, 2011 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
T E R Ç A - F E I R A , 4 D E J A N E I R O D E 2 0 1 1
Escondidinho de Bacalhau



Ingredientes

* 600 gramas de batata
* 1 caixa de creme de leite
* sal a gosto
* 1 colher de margarina
* 400 gramas de bacalhau
* 1 cebola ralada
* alho picado a gosto
* azeitona a gosto
* 1 copo de requeijão
* cheiro verde a gosto
* pimenta a gosto
* queijo ralado a gosto


Modo de Preparo

1. Cozinhe a batata, amasse e misture o sal a gosto,
margarina e o creme de leite
2. Reserve
3. Dessalgue o bacalhau e desfie, em uma panela frite o
alho, cebola, em seguida refogue o bacalhau acrescente o
cheiro verde, desligue e acrescente o requeijão
4. Montagem:
5. Faça uma camada com o purê e reserve um pouco para
cobrir, acrescente o refogado e volte a cobrir com o purê em
seguida cubra com queijo ralado e leve ao forno para
gratinar.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às terça-feira, janeiro 04, 2011 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (1)
S E G U N D A - F E I R A , 8 D E N O V E M B R O D E 2 0 1 0
Salpicão de Frango





Salpicão de frango
Ingredientes

1 xícara (chá) de peito de frango desfiado (pode ser
defumado)
100 gramas de uva passa
1 maçã verde cortada em cubos (deixe no suco de limão para
não escurecer)
1 xícara (chá) de cenoura crua ralada
1 tomate picado
azeitonas a gosto
nozes ou castanha de sua preferência a gosto
suco limão, ou vinagre a gosto
1 xícara (chá) de maionese
1 pote de iogurte natural ou creme de leite
salsão a gosto
azeite a gosto
sal, pimenta a gosto

Preparo:
Cozinhar o frango em água, sal e suco de limão ou vinagre.
Desfie o frango e misture com os outros ingredientes.
Decore a gosto, (se preferir cubra com batata palha na hora
de servir).

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às segunda-feira, novembro 08, 2010
0 comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
Q U I N TA - F E I R A , 2 8 D E O U T U B R O D E 2 0 1 0
Polenta na Tábua




Ingredientes:
Polenta

3 xícaras de fubá pré cozido (ou fubá mimoso)

8 xícaras (chá) de água
1 tablete de caldo de legumes ou o de sua preferência
alho a gosto
sal a gosto
Molho

3 tomates sem pele e sem sementes picados
2 xícaras (chá) de purê de tomate pronto
200 gramas de linguiça calabresa picada
azeitonas (opcional)

Cebola e alho a gosto
pimentão verde ou vermelho a gosto
manjericão e orégano a gosto
sal e pimenta a gosto
1 pitada de açúcar

Queijos
100 gramas de muçarela
50 gramas de queijo ralado
cream cheese ou requeijão a gosto



Preparo:
Polenta:
Coloque em uma panela funda 6 xícaras de água, alho e o
caldo de sua preferência, deixe ferver.
Dissolva o fubá em 2 xícaras de água fria, sal junte aos
poucos a água quente, mexendo sempre.
em fogo baixo por 20 minutos

Molho:

Fritar no azeite a cebola com o alho até dourar, acrescente
os tomates o purê de tomates, pimentão

o manjericão, orégano, açúcar, junte a calabresa, sal,
pimenta e cozinhe em fogo baixo até engrossar o molho.

Apresentação:
Numa tábua grande, derrame a polenta ainda quente,
muçarela e cream cheese

e espalhe o molho por cima, salpique queijo ralado,
manjericão e sirva.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às quinta-feira, outubro 28, 2010 1
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
Q U A R TA - F E I R A , 1 3 D E O U T U B R O D E 2 0 1 0
Recheios de Carne e Palmito



Carne moída a minha moda
Ingredientes

1/2 kg de carne moída (patinho)
4 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
2 dentes de alho espremidos
1 colher (sopa) de vinagre ou suco de limão
1 tomate sem sementes e sem pele picado (para tirar a pele
do tomate jogue em água fervente fazendo um X com a faca
no talo)
pimentão verde ou vermelho a gosto
1/2 tablete de caldo de carne (opcional)
1 xícara (chá) de água
orégano, salsinha e cebolinha a gosto (por último)
sal e pimenta a gosto
Preparo
Refogue a carne com o vinagre ou limão em 2 colheres (sopa)
de azeite, até que fique soltinha, a parte frite o alho, a
cebola em 2 colheres (sopa) de azeite misture a
carne sempre mexendo, acrescente os outros ingredientes e
a água, cozinhe por 10 minutos em fogo baixo. desligue o
fogo e misture a salsinha e a cebolinha.

Dica:-Se preferir a carne mais cremosa misture 1 colher
(sopa) de farinha de trigo em 1/2 xícara (chá) de água e
despeje na carne quando estiver quase pronta e cozinhe por
alguns minutos.
Recheio de palmito
Ingredientes

1 vidro de palmito (lavado e picado)
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
1 tomate sem sementes e sem pele, picado (para tirar a pele
do tomate jogue em água fervente fazendo um X com a faca
no talo)
pimentão verde ou vermelho a gosto
1/2 tablete de caldo de galinha (opcional)
1 xícara (chá) de água
1 caixa de creme de leite
1 colher (sobremesa) de farinha de trigo
orégano, salsinha e cebolinha a gosto (por último)
sal e pimenta a gosto
Preparo
Refogue a cebola no azeite, acrescente o tomate e a água,
ferva por alguns minutos,
despeje o palmito o caldo de galinha e a água cozinhe até
reduzir, acrescente o creme de leite misturado com a farinha
e cozinhe por mais alguns minutos, salsinha e cebolinha
depois de pronto.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às quarta-feira, outubro 13, 2010 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe engraçado (0)
s: interessante (0)
legal (0)
S E G U N D A - F E I R A , 1 1 D E O U T U B R O D E 2 0 1 0
Rolinhos de pimentão com queijo fresco



Ingredientes

Pimentões vermelhos cortados em tiras
queijo fresco
orégano
azeite
Preparo
Passe as tiras de pimentão pela água fervente, recheie
com queijo orégano e azeite, leve ao forno por 10 minutos.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às segunda-feira, outubro 11, 2010 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
S E X TA - F E I R A , 1 7 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 0
Polenta com carne moída



Ingredientes (polenta)
2 xícaras (chá) de fubá
4 xícaras (chá) de água
2 dentes de alho esmagados
sal a gosto
Ingredientes (carne moída)
500 gramas de patinho moído (ou a carne que preferir)
2 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
2 tomates sem pele e sem sementes picados
azeitonas verdes picadas a gosto
salsinha e cebolinha a gosto
sal, pimenta, orégano ou tomilho a gosto
queijo ralado a gosto


Preparo (polenta)


Fritar o alho no azeite e acrescentar a água o sal e o fubá,
cozinhe em fogo baixo
por 20 minutos, mexendo de vez em quando (manter a
panela com tampa pois a
polenta borbulha)

Preparo (carne)

Fritar a cebola e o alho no azeite e refogar a carne ,
acrescentar os tomates cozinhar por
10 minutos , e acrescentar os outros ingredientes.
Montagem
Despejar a polenta em um refratário, por cima a carne
moída e queijo ralado.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sexta-feira, setembro 17, 2010 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
S E G U N D A - F E I R A , 6 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 0
Espetinho de frango a milanesa



Ingredientes

1/2 kilo de peito de frango cortado em cubinhos
suco de 1 limão
sal pimenta e orégano a gosto
4 ovos
2 colheres de queijo ralado
farinha de trigo suficiente para empanar
farinha de rosca suficiente para empanar
óleo de boa qualidade para fritar

Preparo

Temperar o frango com limão, sal pimenta e orégano deixar
marinar por 1 hora,
passar na farinha de trigo, nos ovos batidos junto com o
queijo ralado, e novamente nos ovos e na farinha de rosca.
fritar em óleo quente.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às segunda-feira, setembro 06, 2010
1 comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
S E X TA - F E I R A , 3 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 0
Purê de Abóbora



Ingredientes
1/2 kg de abóbora
1 cebola picada
1 colher (sopa) de margarina
1 caixa de creme de leite
3 colheres (sopa) de leite de coco (opcional)
3 colheres (sopa) de queijo ralado
sal e pimenta a gosto
salsinha (opcional)

Modo de preparo
Cozinhe a abóbora em água fervente com sal até ficar macia.
Escorra bem, passe no espremedor. Reserve. Em uma panela,
refogue a cebola na margarina, adicione os outros
ingredientes misture bem e deixe
aquecer sem ferver.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sexta-feira, setembro 03, 2010 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (0)
S E X TA - F E I R A , 3 0 D E A B R I L D E 2 0 1 0
Moqueca de Banana da Terra





Ingredientes:

3 cebolas em rodelas
1 pimentão vermelho em rodelas
1 pimentão amarelo em rodelas
6 bananas da terra
3 tomates sem pele e sem sementes picados
2 colheres (sopa) de azeite de dendê
suco de 1 limão
2 dentes de alho fatiados
salsinha e cebolinha a gosto
pimenta malagueta ou do reino a gosto
1 vidro de leite de coco
óleo de girassol suficiente para fritar as bananas
Sal a gosto

Preparo

Corte a banana na longitudinal esprema limão, e frite em
óleo quente
refogue a cebola o alho com os pimentões o tomate, sal e
pimenta
em uma panela de barro faça uma cama com um pouco do
molho, intercale com bananas,por mais molho, banana e
molho. Por último coloque o leite de coco e azeite de dendê
cozinhe por alguns minutos em fogo baixo. salpicar salsinha e
cebolinha na hora de servir.

Postado por Leonilda Pinto (Léo) às sexta-feira, abril 30, 2010 0
comentários Links para esta postagem
Marcadores: salgados
Reaçõe
s:
engraçado (0)
interessante (0)
legal (1)
Torresmo



Ingredientes
* 2 kg de toucinho --
* Gordura ou óleo de soja.


Preparo:

1. Corte o toucinho em tiras de mais ou menos dois
centímetros de largura.
2. Adicione o tempero - sal, erva e outros - a gosto.
3. Aqueça um pouco de gordura ou óleo em uma panela,
coloque o toucinho temperado e mexa sempre para não
agarrar. Vai dar água na panela, mas ela vai desaparecer e
ficará só a gordura.
4. Quando a pele começar a pururucar (estourar), retire a
panela do fogo e deixe esfriar.
5. Coloque o torresmo novamente na panela, junto com a
gordura fria. Leve ao fogo e volte mexer até o ponto
desejado. Ele pode ficar bem torradinho ou não, dependendo
do gosto.
6. Retire cada um com uma escumadeira e ponha para
escorrer.
7. Deixe esfriar e sirva.



COUVE FLOR RECHEADA DE FORNO

INGREDIENTES:

1 couve-flor grande
200 gramas de presunto
200 gramas de queijo mussarela
1 copo de requeijão
1 vidro pequeno de maionese
1 envelope de tempero pronto em pó
queijo ralado para salpicar
sal e óleo
Preparo
Em uma panela com bastante água coloque uma colher de sobremesa
de sal
e fio de óleo.
Cozinhe a couve-flor inteira, até ficar ao dente.
Se ficar mole, ela arrebenta.
Depois de cozida, basta ir adicionando o recheio.

Coloque o queijo e o presunto enroladinhos entre a couve-flor.
Então, coloque o requeijão.
Por cima espalhe a maionese o tempero em pó e o queijo ralado.Levar
ao forno para gratinar.

Agradeço a amiga Andréia que me deu essa receita e as fotos que
foram tiradas pela amiga Lidia que foi quem fez essa couve flor, eu fiz
mas a minha não ficou bonita, mas ficou deliciosa..obrigada amigas.

Salmão no forno com batatinhas

Um destes dias, já fartos de carne*, decidimos que o jantar ia ser peixe.
Depois de pensar um bocadinho (grandeee) optei pelo salmão, para
além de ser um peixe muito rico, é muito saboroso e cá por casa é
bastante apreciado! Acompanhei com umas batatinhas novas, passemos
então receita, espero que gostem.

Ingredientes:

3 postas de salmão (consoante o número de pessoas)
batatinhas novas
1 cebola
2 dentes de alho
azeite, sal e sumo de limão q.b.


Comecei por temperar o peixe com alho picado, sal, sumo de limão e
reservei. Entretanto, lavei bem as batatinhas (não tirei a pele), parti a
cebola em rodelas finas para um refrátario e dispûs as postas de peixe
em cima da mesma. Juntei as batatinhas já temperadas com sal e reguei
com azeite. Levei ao forno até o peixe estar tostadinho e as batatas
assadas.



Antes de ir ao forno:




Depois de ir ao forno :



Pão Saloio Recheado com Queijos
(Fondue)


Ingredientes:
• 1 Pão Saloio de tamanho médio
• 2 Embalagens de Queijo ralado (1Mozzarela, 1Emmental)
• 1 Embalagem Fiambre em cubinhos ou q.b.
• Chouriço, Bacon, Presunto q.b.(opcional)
• 2 Dentes de Alho
• 1 Cebola
• 1 Frasco de Maionese 500ml
Preparação:

1-Cortar no pão uma tampa no topo, retirar todo o miolo do pão de
modo a ficar oco e pronto para rechear. Reservar o pão já preparado.

2-Picar a cebola e os alhos, adicionar a maionese e juntar o queijo, o
fiambre ou (chouriço, bacon, presunto opcional)

Rechear o pão, dispor no tabuleiro e levar ao forno para tostar o pão,
e derreter o queijo, cerca de 30 a 40min,a 180ºC.

Juntar o miolo do pão no tabuleiro e torra-lo. Servir com
colherezinhas, para ir retirando o recheio e comer com tostinhas.

Amêijoas à Bulhão Pato



Ingredientes:
• 1kg de amêijoas
• 1dl de azeite
• 2 dentes de alho cortados em rodelas
• 2 colheres de sopa de vinho branco
• 1 molhinho de salsa/coentros picados
• Sal q.b.
• malagueta q.b.
Preparação:

Deixe as amêijoas em água temperada com sal, durante 3 horas para
perderem a areia.
Passado as 3 horas lave bem as amêijoas.
Num tacho largo, coloque o azeite, os alhos, a malagueta e deixe
aquecer.
Junte os coentros/salsa, o vinho branco e depois de ferver, junte as
amêijoas.
Mexa tudo.
Tape e deixe cozinhar em lume médio até as amêijoas abrirem.
Quando as amêijoas começarem a abrir, aumente o lume até apurar
um pouco o molho.
Depois de todas as amêijoas abertas coloque-as num prato.
Deixe o molho apurar mais 2 minutos.
Regue as amêijoas com o molho.

Sapateira Recheada



Ingredientes:
• 1 sapateira
• Meia cebola cortada ao meio
• 3 folhas de louro
• Sal q.b.
• 100g de pickles
• 100g de maionese
• 40g de tostas
• 1 ovo cozido
• 1 raminho de salsa
• Vinho do Porto q.b. (opcional)
• 2 colheres de chá de mostarda
• 2 colheres de chá de ketchup
• Molho inglês q.b.
• Picante q.b.
Preparação:

Numa panela com água a ferver, coloque a cebola, as folhas de louro
e tempere com sal.
Deixe ferver.

Quando a água estiver a ferver coloque a sapateira a cozer durante 20
minutos.
Depois de cozida, retire-a para um prato e deixe arrefecer.
Depois de fria, desmanche-a. Retire as patas e com ajuda de uma
faca, retire a barriga.
Deite fora os pulmões e coloque a "carne" numa taça.
Retire o excesso de água e com uma colher, retire todo o recheio da
casca da sapateira para a taça.
Parta a as patas, retire toda a carne e desfie-a para uma outra tigela.

Na picadora, pique ligeiramente a polpa retirada da sapateira e
coloque novamente na taça.
Pique os pickles, o ovo, as tostas e a salsa e junte tudo na taça.
Junte a carne da sapateira e envolva tudo, adicione a maionese, a
mostarda, o ketchup e mexa.
Junte um pouco de Vinho do Porto, de picante e de molho inglês.
Misture bem.
Depois dos temperos rectificados, coloque o recheio na carapaça da
sapateira.
Leve ao frigorífico até à hora de servir.

Sugestão: Sirva com tostinhas ou pão torrado.

Arroz de Marisco




Ingredientes:
• 2 cebolas picadas
• 2 dentes de alho picados
• azeite q.b.
• 2 tomates maduros
• 1 saqueta de creme de marisco (Knorr)
• miolo de camarão
• 1 sapateira
• gambas ou camarões q.b. (cerca de 2/3 por pessoa)
• 1 malagueta
• 1dl de vinho branco
• 300g de arroz
• 5 dl de agua (de cozer a sapateira)
• 250g de miolo de mexilhao
• 500g de ameijoa
• delicias do mar (opcional)
• salsa, sal, e pimenta.
Preparação:

Caso a sapateira seja fresca (viva), coza-a em água a fever (em cacho)
com bastante sal, por aproximadamente 30 minutos.

Retire a sapateira e reserve a água da cozedura. Nesta água desfaça o
Knorr de marisco e reserve.

Refogue a cebola, o alho e a malagueta no azeite; junte o tomate
cortado em pedaços, limpo de peles e sementes.
Regue com o vinho e deixe refogar um pouco para o álcool evaporar.

Acrescente um pouco do caldo que reservou (onde desfez o Knorr) e
junte o mexilhão e as ameijoas. Tempere com o sal e pimenta. Vá
acrescentando o restante caldo e deixe refogar cerca de dez minutos.
Acrescente o arroz. Rectifique os temperos e deixe cozinhar, por mais
oito minutos, em lume brando.

A meio da cozedura do arroz, adicione o miolo de camarão, os
camarões/gambas e as delicias, tape o tacho e deixe repousar.
Disponha a sapateira partida por cima e salpique com a salsa picada
ou coentros. Sirva de imediato.

OBS.: Se a calda não for suficiente, acrescente água quente aos
poucos.

Paella Valenciana


Ingredientes:
• 400 g de arroz agulha (usei especial paella)
• 100 g de ervilhas
• 1 saco de amêijoas frescas
• 500 g de camarão (20/30)
• 2 perninhas de frango
• 2 asas de frango
• 3 lombinhos de coelho
• 1 cebola
• 4 dentes de alho
• azeite q.b. (untar o fundo da frigideira da paella)
• açafrão q.b.
• sal q.b.
• 1,5 litros de água
• 1/4 de pimento vermelho às tirinhas
Preparação:

Descasque a cebola, o alho e pique-os finamente. Deite-os numa
paellera, acrescente o azeite e leve ao lume até a cebola ficar
translúcida. Junte o frango e o coelho e deixe fritar um pouco.
Depois, adicione as ervilhas e as amêijoas previamente lavadas e
escorridas. Polvilhe com o açafrão.
Adicione o arroz e vá acrescentando a água a ferver. Mexa e
ligeiramente e deixe cozer o arroz.
Disponha por cima os camarões inteiros.
Ao fim de 5 minutos, reduza o lume para o mínimo e deixe cozinhar
mais 20 minutos.
Desligue e deixe repousar uns 10 minutos, tapado.























A Dieta da Gelatina

Se você fizer a dieta da gelatina rigorosamente, pode perder cerca de 2
quilos em três dias.

Menu da Dieta da Gelatina (3 dias somente!)

Café da manhã: 1 chá de sua escolha e uma peça leve de fruta ,
gelatina.

Lanche da manhã: 1 iogurte desnatado ou 1 fruta média.

Almoço: caldo light e gelatina light. Você pode beber a quantidade de
caldo e comer a quantidade de gelatina que você quiser.

Meio da tarde: 1 xícara de leite desnatado ou 1 xícara de suco de fruta
a sua escolha.

Lanche: 1 chá de sua escolha e uma peça leve gelatina.

Jantar: caldo light, 50g. de atum natural e gelatina light. Você pode
beber a quantidade de caldo e comer a quantidade de gelatina que
você quiser.
É bom para diminuir a flacidez
A gelatina, além de possuir poucas calorias e ser rica em aminoácidos,
é um excelente alimento para melhorar a flacidez. Para isso, saiba
escolher qual a melhor gelatina comer:
Temos gelatina alimentar e suplementar. A alimentar, normalmente
aquelas que comemos como sobremesa, do mercado, em geral são em
pó com sabor ou sem sabor. Come-se 2 porções por dia de 125 ml
cada uma.
As gelatinas suplementares são vendidas geralmente em cápsulas ou
em pó, que é o colágeno puro (no máximo 10 g diárias ou 1 colher de
sopa). Nesse caso, a quantidade de colágeno é bem maior.





Dieta da gelatina – Emagreça 8 kg em 1 mês

para 1 semana inteira:

Nos cafés da manhã e lanches as opções podem ser as mesmas todos
os dias.

CAFÉ DA MANHÃ
(de todos os dias)
1 xícara de café com leite desnatado
1 fatia de pão integral (ou 2 torradas) com 1 colher (sobremesa rasa)
de margarina light
½ mamão papaia (ou 1 fatia média de mamão formosa, melão ou
abacaxi)
salpicado com 1 colher (sobremesa) de flocos ou farelo de aveia
integral

LANCHE DA MANHÃ
(de todos os dias)
1 taça de gelatinadiet sabor a sua escolha (com ou sem pedaços de
frutas) ou 1 copo (150ml) de suco de frutas natural liquidificado com ½
envelope de gelatina sem sabor.

LANCHE DA TARDE
(de todos os dias)
1 taça de mouse de gelatina: bata no liquidificador 1 envelope de
gelatina de morango diet , dissolvida em 100ml de água e 1 pote de
iogurte natural desnatado. Deixe na geladeira até ganhar uma boa
consistência.

SEGUNDA-FEIRA

ALMOÇO: 1 prato (sobremesa) de alface crespa + 3 tomates-cereja
temperados a gosto + 1 filé de pescada grelhado com alecrim + 2
colheres (sopa) de arroz integral + 1 colher (sopa) de lentilha.
JANTAR: sanduíche feito com 2 fatias de pão de centeio + 2 fatias de
peito de peru + 1 colher (sopa rasa) de maionese light folhinhas de
alface e rodelas de tomate e 1 copo (200ml) de água de coco.

TERÇA-FEIRA

ALMOÇO: 1 prato (sobremesa) de acelga com shoyu e gergelim + 1 filé
de frango grelhado + 3 colheres (sopa) de purê de mandioquinha.
JANTAR: sanduíche feito com 2 fatias de pão integral + 1 colher (sopa)
de requeijão light + 1 colher (sopa) de atum + ½ cenoura pequena crua
ralada + 1 copo (200ml) de água de coco.

QUARTA-FEIRA

ALMOÇO: 1 prato (sobremesa) repolho roxo em tiras finas + 1 colher
(sobremesa) de iogurte natural, semente de gergelim e passas brancas
+ 1 filé mignon grelhado + 2 buquês de couve-flor ao molho branco
gratinados.
JANTAR: sanduíche de 1 pão sírio + 1 colher (sopa) de ricota
temperada com ervas e orégano + folhas de salsa e pepino ralado + 1
copo (200ml) de chá gelado.

QUINTA-FEIRA

ALMOÇO: 1 espiga de milho (pequena) cozida + 1 filé bovino magro
acebolado + 2 colheres (sopa) de arroz integral + 1 colher (sopa) de
lentilha.
JANTAR: 1 misto quente feito com 2 fatias de pão de forma integral + 1
colher (sopa) de queijo cottage + 2 fatias de chester defumado + 1 copo
(200ml) de chá gelado.

SEXTA-FEIRA

ALMOÇO: 1 sobre-coxa + 2 batatas-bolinha assadas + 1 prato (raso)
de couve refogada.
JANTAR: 1 panqueca recheada com carne moída + 3 colheres (sopa)
de creme de espinafre + 1 copo de chá verde com hortelã gelado

SÁBADO

ALMOÇO: 1 prato (sobremesa) de salada verde + 1 filé de pescada
ensopado + ½ cenoura + 1 batata pequena e 1 nabo.
JANTAR: 1 prato (fundo) de sopa de legumes, acompanhada de
torradas + 1 copo (200ml) de limonada.

DOMINGO

ALMOÇO: 1 porção (120g) de macarrão pronto tipo Yakissoba com
legumes, shoyu e lascas de frango.
JANTAR: 1 omelete de 2 claras com cogumelos em finas lascas +
ervas finas + almeirão cozido, temperado e picado + cubinhos de queijo
branco + 1 copo (100ml) de chá verde gelado.

**Opção gostosa – Gelatina colorida diet

1 embalagem de gelatina diet de 3 sabores que goste feitas como
indicado na embalagem e reserve até que o creme fique pronto.
Creme:
200ml de leite desnatado
2 embalagens de gelatina sem sabor incolor
200mal de água quente para dissolver a gelatina
1 colher de chá de adoçante

Dissolva a gelatina incolor na água quente e bata na batedeira com o
leite e o adoçante. Misture esse creme com as gelatinas coloridas
picadinhas e deixe na geladeira até que consiga consistência.
Os valores calóricos são baixíssimos e não vão atrapalhar em nada.

Entrecosto




Aqui vai mais esta receita de entrecosto,costumo fazer varias
vezes e de diferentes maneiras..Esta foi assim...

Ingredientes

Entrecosto
1 copo de vinho branco
1 colher de colorau
1 colher polpa de tomate
2 dentes de alho esmagados
alho em po
cebola em po
pimenta preta
sal

Modo de fazer
temperei o entrecosto com estes ingredientes de um dia ao
outro,ou umas horas antes..

Agora faco assim, pica-se 1 cebola num tacho,2 dentes de
alho picados,1 colher de banha de porco,e um pouco de
azeite,deixa-se alourar a cebola e os alhos,junta-se 1 colher
de cha de colorau,1 colher de calda de tomate,alho em po,
cebola em po,e pimenta,mexe-se tudo e junta o
entrecosto,baixar o fogao de vez em quando sacudir o tacho
e vai-se adicionando aos poucos o molho que temperou a
carne,deixar no lume bem baixinho mais ou menos 1 hora
nao esquecendo de sacudir o tacho de vez em quando para o
entrecosto nao pegar no fundo ,quando esta quase pronto
costumo colocar num tabuleiro e levar ao forno tapado com
papel aluminio uma meia hora...

PS: Nao gosto de colocar muito molho por isso vou deitando
a molhanga aos poucos assim a carne vai cosendo e ficando
bem sequinha ao mesmo tempo,a razao que levo ao forno
depois tapado com papel de aluminio e para a carne suar e
receber o gosto dos temperos..

BACALHAU COM NATAS

Ingredientes:
(para 2 pessoas (de estômago grande))

2 postas de bacalhau demolhadas
Leite q.b.
Batatas aos cubos q.b. (uso das congeladas em cubos "continente"
coloco metade da embalagem )
1 cebola grande
Azeite q.b.
1 pacote de natas
Sal (não coloco)
Queijo ralado q.b.

Colocar as batatas a fritar, faço na actifry, para a dose acima coloco 20
min. Não precisam ficar bem bem fritas.
Num tachinho colocar as postas do bacalhau e deitar leite até cobrir as
postas levar ao lume até cozer.
Retirar as postas e reservar o leite. Desfiar o bacalhau em lascas.
Fazer um refogado com a cebola e o azeite, até que esta fique loirinha.
Juntar um pouquinho de leite reservado da cozedura do bacalhau
(costumo passar tudo com a varinha para não aparecer pedaços da
cebola).
Juntar as lascas do bacalhau e o pacote de natas, temperar com sal se
achar necessário. Deixar levantar fervura e desligar (sempre que acho
que pode estar um pouquinho seco acrescento um bocadinho do leite
reservado).
Juntar as batatas fritas ao bacalhau e misturar tudo. Colocar num
tabuleiro de ir ao forno.
Por fim acrescentar o queijo ralado e levar ao forno a gratinar.

Acompanho com salada de alface e tomate.







PREÇO: 3,35€)

Massa (semi-folhada) - dá para 2 bases

320g de farinha de trigo tipo 65 sem fermento
1 colher de chá de sal fino
220g de manteiga sem sal bem fria
1 dl de água gelada

Recheio

6 maçãs grandes (usei royal gala)
50g de manteiga (usei Becel Cozinha)
125g de açúcar



Fazer a massa:

No robot com lâmina junte a farinha e o sal e pulse para combinar.
Junte a manteiga cortada em pedaços pequenos e pulse umas 10
vezes até que a massa fique com o aspecto de mal esfarelada. Com a
máquina a funcionar em baixa velocidade junte a água bem gelada até
a massa ficar ligada - não deixe bater muito para que a manteiga não
se desfaça toda. Se a massa lhe parecer um pouco seca junte mais um
pouco de água, uma colher de sopa de cada vez. Se lhe parecer muito
húmida, junte um pouco de farinha.
Coloque a massa sobre a tábua enfarinhada, divida ao meio e faça
duas bases redondas com cerca de 30 cms de diâmetro. Só iremos
usar uma para esta receita.
Envolva em película aderente e leve ao frigorífico durante uma hora no
mínimo (pode deixar de um dia para o outro. Pode também congelar
até um mês).

Fazer o recheio:

Descasque as maçãs, corte-as ao meio (perpendicular ao caroço) e
retire o caroço com a ajuda de uma colher de fazer bolas de melão
(com jeitinho também o pode fazer com uma faca).

Coloque a manteiga a derreter sobre lume médio numa frigideira de
25cm de diâmetro que possa depois ir ao forno (terá de ser toda
metálica).
Quando a manteiga derreter junte metade do açúcar - incline a
frigideira de um lado para o outro para a manteiga e o açúcar ficarem
bem misturados.

Coloque as metades de maçã com a parte redonda virada para baixo,
aperte-as bem; as que sobrarem corte em pedaços e preencha os
intervalos - com a cozedura a maçã vai encolher.
Polvilhe as maçãs com o restante açúcar e deixe cozer. Se vir que o
açúcar começa a caramelizar muito depresa, baixe o lume até que o
líquido libertado pelas maçãs o deixe mais líquido. Aí poderá voltar a
colocá-lo em médio. Tape a frigideira, mas fique sempre "de olho" por
causa do caramelo.
Uma ou outra vez vire as maçãs com a ajuda de dois garfos e use-as
para mexer o caramelo - tenha muito cuidado para não fazer à mão
porque corre o risco de se queimar. Quando o caramelo estiver quase
no ponto certifique-se de que as maçãs estão com a parte redonda
virada para baixo, e o mais arrumadinhas possível, já que é assim que
vão ficar, para que a tarte fique bonita ao virar.
Atingido o ponto perfeito de cor âmbar, retire a frigideira do lume.

Retire a massa do frigorífico e cubra a frigideira - com a ponta dos
dedos dobre as extremidades para dentro e pressione ligeiramente a
massa para a encaixar.
Se usar massa folhada pique-a ao de leve e faça um buraquinho no
meio, que vai funcionar como chaminé para que a massa cresça mais.

Leve a forno pré-aquecido a 220º durante 5 minutos.
Depois baixe para 200º e deixe cozer durante 20 minutos ou até que a
massa esteja dourada.

Retire do forno e ainda quente coloque um prato largo sobre a frigideira
e vire a tarte para o prato.
Se por acaso algum pedaço de maçã se pegar na frigideira (o que
nunca me aconteceu, mas pode acontecer) retire os pedacinhos com
uma colher e coloque-os sobre a tarte, ajeitando bem - ninguém irá
reparar.

Sirva a tarte quente - simples ou com uma bola de gelado.


TODAS ESTAS RECEITAS SÃO PARA DOIS ----


Entrada: Camarões de l’amour

1 embalagem de camarão congelado (ou 300g fresco e descascado em
cru)
5 dentes de alho
1 cálice de vinho do porto
margarina q.b.
gengibre q.b.
piri-piri q.b.
sal q.b.



Deixe os camarões a descongelar com o alho esmagado ou muito
picadinho + vinho do porto + gengibre ralado + uma pitada de sal.
Deixe marinar. Proceda da mesma forma com camarão fresco.

Numa frigideira derreta a margarina e frite os camarões bem escorridos
durante 2 minutos aproximadamente - não convém deixar o camarão
cozer demais.
Retire os camarões para um prato e na mesma frigideira deite o caldo
da marinada + o piri-piri bem picadinho e deixe ferver até reduzir para
um molho mais denso.

Quando estiver pronto, junte os camarões e envolva.

Sirva polvilhado com coentros picados.



Prato Principal: Linguine negro com ovas vermelhas

200g de linguine de tinta de choco
1 courgette média
3 ou 4 tomates médios
3 ou 4 pedaços de cogumelos pleurotus
4 dentes de alho
2 colheres de sopa de sucedâneo de caviar vermelho (mais um pouco
para decoração)
Azeite e sal q.b.





Escalde e pele os tomates. Corte em pedaços. Coloque sobre um
passador de rede com um pouco de sal grosso e deixe a escorrer.
Lave a courgette. Não a descasque. Corte em pedaços pequenos.
Corte os pleurotos em tiras.
Esmague grosseiramente os dentes de alho, retire a pele.
Cozinhe a massa em abundante água com sal respeitando o tempo de
cozedura da embalagem para ficar al dente.
Enquanto a massa coze leve os dentes de alho a fritar no azeite.
Quando começarem a ganhar um pouco de cor junte os pedaços de
courgette. Deixe fritar um minuto mexendo para os virar.
Junte os cogumelos e deixe mais um minuto.
Finalmente junte o tomate mais um minuto.
Estes vegetais não podem cozinhar demais, sobretudo a courgette que
deve ficar al dente - Não deve juntar mais sal uma vez que os tomates
já têm e as ovas também.
Quando a massa estiver pronta escorra e junte aos vegetais. Junte o
sucedâneo de caviar e envolva tudo muito bem.
Sirva de imediato decorado com mais uma colherada de ovas.



Sobremesa: Souflé de dois chocolates

1 ovo
1 colher de sopa de açúcar mascavado
2 colheres de sopa rasas de creme de barrar de chocolate (tulicreme)
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 colher de sopa de cacau ou chocolate em pó
1 colher de café de fermento em pó
50 g chocolate branco em pedacinhos (ou mais se gostar)



Coloque todos os ingredientes numa tigela, à excepção do chocolate
em pedaços.
Misture tudo muito bem até ter uma massa homogénea.
Corte o chocolate em pedaços pequenos, junte à massa e envolva.
Unte duas tacinhas de mini-souflé com manteiga - eu também polvilhei
com açúcar, mas acho que ficou doce demais.
Distribua a massa pelas duas taças.
Leve ao micro-ondas, um de cada vez, no centro do prato e na potência
máxima durante um minuto - Se preferir usar o forno cozinhe em pré-
aquecido a 180º durante 8 a 10 minutos.
Retire e, se gostar sirva com uma bola de gelado.
Fica cremoso, meio cozido, meio mousse.

NOTA: Se fizer a massa dos souflés algum tempo antes, não junte o
fermento porque ele vai fazer a massa crescer só com o calor da
cozinha. Misture apenas na hora de colocar a massa nas taças para
levar a cozinhar.

ATENÇÃO - Cuidado para evitar queimaduras. Como é feito no
microondas o interior deste bolo fica muito quente.


CARIL DE FRANGO A INDIANA

(PREÇO: 12€)
Para 4 pessoas

3 peitos de frango (cerca de 750g)
200g de pasta de caril (usei 3/4 do frasco da pasta Jalfrezi da Patak's)
2 colheres de sopa de azeite (usei óleo de palma)
1 cebola grande ralada
1 lata pequena de tomate pelado em pedaços (ou tomate fresco - 400g)
300 ml de leite de coco
50g de pasta/creme de coco



Limpe os peitos de frango de gorduras e corte em pedaços.
Misture a pasta de caril, envolva bem, cubra com película aderente e
leve a marinar, no frigorífico, durante algumas horas - de preferência
deixe a temperar durante a noite para o almoço ou tempere de manhã
se for para o jantar.

Numa panela aqueça o azeite (ou o óleo de palma) junte a cebola e
deixe fritar até secar um pouco.
Junte a carne com o tempero e deixe fritar um pouco até selar (é
quando a carne perde a cor de crua no exterior).
Adicione o tomate, envolva bem e deixe fervilhar um pouco.
Finalmente junte o leite de coco e a pasta de coco (a pasta que vem
em saquetas precisa de ser mergulhada antes em água quente para
ficar mais líquida).
Tape a panela e deixe cozinhar em lume brando durante 20 minutos.
Sirva com arroz de grão longo, como o basmati, jasmim, selvagem ou
agulha.

NOTA 1: acompanhei com arroz de coco que se faz com 2 partes
de água para uma parte de leite de coco. No total os líquidos são o
dobro do volume do arroz. Frita-se ligeiramente cebola e arroz
num pouco de azeite, junta-se os líquidos e tempera-se com sal.
Consoante o arroz usado deve respeitar-se os tempos de
cozedura. Por regra a dose por pessoa são 50g (em cru), mas a
dose pode ser maior ou menor consoante os hábitos alimentares
de cada um.

NOTA 2: este prato pode ser feito com antecedência e aquecido
até levantar fervura na hora de servir. Fica ainda mais saboroso.
Se sobrar, também pode ser congelado.

NOTA 3: se não apreciam leite de coco, a opção é substituírem os
300ml de leite de coco por 200ml de natas e um iogurte natural.
Também não usem a pasta de coco.

CURD DE LIMÃO OU LARANJA

(Esta receita não vem no livro)

Deixo-vos esta receita que é muito simples.
(Ideal para quem tem excedente de limões, vindos do limoeiro no
quintal).

6 limões (ou 6 laranjas)
6 ovos
100 g de margarina (melhor se for manteiga sem sal)
450gr de açúcar
1 colher de sopa de maisena



Leve ao lume o sumo e raspa dos limões (ou das laranjas), a margarina
e o açúcar até dissolver.
Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Bata os ovos com a maisena (como para a omeleta) e adicione a pouco
e pouco, sempre mexendo, ao preparado que esteve ao lume.
Leve de novo o tachinho ao lume, mexendo até engrossar.
Encha pequenos frascos (previamente bem limpos com álcool) e aperte
muito bem a tampa. Vire os frascos ao contrário até arrefecer - desta
forma vão criar vácuo.
Depois de frio, coloque no frigorífico e consuma no espaço de um mês.
(Para oferecer, basta comprar um tecido e uma fita de que goste e
decorar os frascos. Não se esqueça da etiqueta e de lhe escrever o
prazo de validade e a necessidade de guardar no frio!)

PERNA DE PERU ASSADA NO FORNO

A minha receita para o almoço do dia de natal...

• 1 perna de peru (de tamanho médio)
• 0,5 kg batatas cortadas em cubos médios ou batatinha de assar
inteira com pele
• 0,5 cabeça de alhos descascados
• 2 colh chá colorau
• 2 colh chá sal
• 1 dl azeite
• 1 colh sopa bem cheia de orégãos secos
• 2 folhas de louro
• 3 dl vinho branco
• Banha q.b.

No copo da varinha mágica triture os alhos, o colorau, o sal, o azeite e
os orégãos.
Dê um ou dois golpes na perna do peru, coloque-a num recipiente e
barre-a com esta pasta. Deite as folhas de louro e regue com o vinho.
Tape com película aderente e leve ao frigorífico de um dia para o outro.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Retire a perna de peru para uma assadeira de forno. Em redor coloque
as batatas, regue tudo com o molho da marinada e coloque pequenos
pedaços de banha sobre o peru e as batatas.
Leve ao forno durante cerca de uma hora, ou um pouco mais, regando
de vez em quando com o próprio molho e revirando as batatas.

"BISCOITOS DE LIMÃO"
150 grs açúcar
2 ovos
raspa de 1 limão
250 grs farinha de bolos
Açúcar para polvilhar (opcional)



Na batedeira, bata muito bem os ovos com o açúcar e a raspa do limão
até ficar bem cremoso.
Junte a farinha, a pouco e pouco, e envolva bem.
Coloque colheradas da massa (colher sobremesa) sobre um tapete de
silicone ou um tabuleiro untado e enfarinhado, e se gostar polvilhe cada
montinho de massa com açúcar.
Leve a forno pré-aquecido a 180 graus até ficarem ligeiramente
dourados.


TARTE DE COCO E LEITE CONDENSADO

--- Uma tarte super rápida de fazer e muito saborosa. Sequinha por
cima e húmida por baixo. ---
• 8 ovos
• 8 colh sopa coco ralado
• 2 latas peq. leite condensado


Bata os ovos com vara de arames como se fosse para uma omeleta.
Junte o leite condensado e mexa. E finalmente o coco ralado. Envolva
tudo muito bem.
Unte uma tarteira de fundo fixo com manteiga.
Verta o preparado e leve a forno pré-aquecido a 180ºC a cozer em
banho-maria até ficar tostadinha.

Nota: assim que se liga o forno coloca-se logo lá dentro um tabuleiro
com água para já estar quente quando se puser a tarte a cozer em
banho maria.

CAMAROES AO ALHO E LIMÃO, COM ESPARGUETE

--- Uma tarte super rápida de fazer e muito saborosa. Sequinha por
cima e húmida por baixo. ---
• 8 ovos
• 8 colh sopa coco ralado
• 2 latas peq. leite condensado


Bata os ovos com vara de arames como se fosse para uma omeleta.
Junte o leite condensado e mexa. E finalmente o coco ralado. Envolva
tudo muito bem.
Unte uma tarteira de fundo fixo com manteiga.
Verta o preparado e leve a forno pré-aquecido a 180ºC a cozer em
banho-maria até ficar tostadinha.

Nota: assim que se liga o forno coloca-se logo lá dentro um tabuleiro
com água para já estar quente quando se puser a tarte a cozer em
banho maria.

COMPOTA DE ABOBORA

(Esta receita não vem no livro)

1 kg abóbora descascada
800 grs açúcar
2 limões
2 laranjas
200 grs miolo de noz



Num tacho coloca-se a abóbora cortada em pequenos pedaços.
Junta-se o açúcar e os sumos de limão e de laranja (convém que sejam
sumarentos).
Abana-se o tacho para os ingredientes se misturarem e leva-se a lume
médio.
Quando começar a ferver, baixa-se o lume para o mínimo e com o
tacho tapado deixa-se ferver durante cerca de uma hora.
Tritura-se com a varinha mágica (mais ou menos consoante o gosto) e
juntam-se as nozes partidas em pequenos pedaços.
Volta ao lume para ferver durante mais 5 minutos.

Enquanto o doce está ao lume, esterilizam-se os frascos e tampas em
água a ferver ou durante 15 minutos, numa taça com água, no
microondas em potência máxima.
Retiram-se e colocam-se sobre uma toalha de boca para baixo.

Enchem-se bem os frascos com o doce ainda muito quente. Enroscam-
se muito bem as tampas e viram-se os frascos de "pernas para o ar".
Ficam assim até o doce estar totalmente frio, para criar vácuo.

FOLHADO DE ESPINAFRES BACON E CHEVRE

(Esta receita não vem no livro)

300 grs esparregado congelado
100 grs bacon em pedacinhos
3 dentes de alho
Meia cebola
Queijo chévre
Massa folhada em quadrados (esta é da BIMBO e tem 6 unidades
de 14cmx12cm)
azeite, pimenta e molho inglês q.b.



Leva-se o esparregado numa tigela ao micro-ondas, sem água, durante
4/5 minutos.
Numa frigideira com um pouco de azeite leva-se a alourar a cebola e o
alho muito bem picadinhos.
Deixa-se fritar um pouco e junta-se o bacon em pedacinhos (estes eu
cortei ainda mais pequenos).
Quando o bacon ficar dourado junta-se o esparregado, envolve-se
bem, deixa-se fervilhar mais um pouco para "secar".
Tempera-se com pimenta e molho inglês q.b. e retira-se do lume.

NÃO COLOCAR SAL! O BACON E O QUEIJO JÁ TÊM QUE
CHEGUE!

Divide-se o preparado em seis ( a olho, ou marcando com a colher
mesmo dentro da frigideira).

Picam-se as bases de massa folhada, recheiam-se com este preparado
e por cima coloca-se uma fatia de queijo de cabra.

Unem-se as pontas da massa, pressionam-se as junções todas para
fechar, pica-se ligeiramente a massa mais um pouco e pincela-se com
gema diluída num pouco de leite.

Vai ao forno ventilado pré-aquecido a 200º durante 15 minutos.

Serve-se com uma salada temperada com vinagreta balsâmica e flor de
sal.

(Para refeição principal também pode ser servida com arroz)


CUPCAKES DE LIMÃO COM COBERTURA DE MASCARPONE

(esta receita não vem no livro)

Massa:
170 gramas manteiga
140 açúcar
3 ovos
140 farinha para bolos
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
4 colheres de sopa de leite
raspa de 1 limão

Cobertura:
250 gramas de Mascarpone
70 gramas açúcar em pó
amêndoa torrada em lascas/Missangas coloridas e de cacau



Bater bem a manteiga com o açúcar até ficar cremoso.
Juntar os ovos, um a um, sempre batendo.
Envolver o leite, o bicarbonato de sódio e a farinha peneirada.
E finalmente a raspa de um limão.

Untar as formas com manteiga (no silicone unto sempre também).

Levar a forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 20 minutos.
Espetar palito para verificar cozedura.

Retirar do forno, desenformar a deixar arrefecer.

Cobertura:

Bater o mascarpone com o açúcar em pó só até estar bem envolvido.

Os queques têm de estar frios quando barrar o topo com a ajuda de
uma faca pequena (tipo as de manteiga).

Decorar com lascas torradas de amêndoa (torradas durante a cozedura
dos queques) ou missangas.

NOTA: pode fazer em bolo numa forma redonda sem buraco (18
cm) e seguir os mesmo procedimentos para a cobertura.

FONDUE APIMENTADO

1 tablete de chocolate negro
2 colheres de sopa de natas
1 bica cheia
pimenta preta q.b.
Morangos



Lave os morangos inteiros - tirar ou não o pé é uma opção sua.

Num recipiente, em banho maria, coloque o chocolate partido em
pedaços pequenos, as natas e a bica.
Quando o chocolate estiver derretido envolva tudo muito bem e finalize
com duas ou três voltas de moínho de pimenta - aqui é a gosto. O
melhor é provar!

Coloque no recipiente do fondue e sirva!

CROQUE MONSIEUR

(Esta receita não está no livro)

Dose por pessoa:
2 fatias de pão de forma ou de cacete (eu usei com sementes) +/- com
1-1,5 cms
Molho bechamel (temperado com sal, pimenta e noz moscada)
1 fatia de fiambre (eu usei de frango)
40/50 grs queijo gruyére ralado (eu não tinha e usei o ralado de 4
queijos)



Aqueça o forno a 200º na função grelhador.
Barre as fatias de pão com o bechamel, cubra com uma fatia de
fiambre e metade do queijo.
Tape com a outra fatia e barre também o topo com bechamél.
Cubra com o queijo restante.
Leve ao forno até tostar.
Sirva com salada.

NOTA: Há quem goste de barrar o pão também com mostarda dijon.
Nesse caso barra-se com um pouco de mostarda e por cima com
bechamél.


MOUSSE DE MARACUJA

Esta receita não está no livro)

1/2 lata polpa de maracujá (lata de 565 grs) ou 4 a 6 maracujás
1/2 lata leite condensado crú
2 pacotes de natas (embalagem tetrapak de preferência)
sumo de 1 limão
Um pouco da polpa para decorar



No copo triturador colocar o maracujá, o leite condensado e as natas e
triturar para desfazer as sementes.
Baixar a velocidade e deitar o sumo de limão em fio.
Verter numa taça e levar ao frigorífico para prender.
Na hora de servir cobrir a mousse com um pouco de polpa de maracujá
com sementes.

TORTA DE CAMARÃO

(Esta receita não vem no livro)

Para a massa da torta:
5 ovos
2 colheres de sopa de margarina (tipo Vaqueiro)
2 colheres de sopa bem cheias de farinha
0,5 l leite
1 pitada de sal e pimenta

Para o recheio:
500 grs camarão
2,5 dl caldo de camarão
2,5 dl leite
2 colheres de sopa de margarina (tipo Vaqueiro)
2 colheres de sopa bem cheias de farinha
sal, pimenta, noz moscada e ervas aromáticas a gosto - tudo q.b.



Comece por preparar o recheio, uma vez que a torta deve ser enrolada
quente.
Coza os camarões (se usar fresco ou congelado com casca deve dar-
lhe uma fervura em pouca água até ficar rosado, descasque-o e triture
as cascas e as cabeças na água da cozedura com a varinha mágica.
Depois coe o caldo - fica um caldo melhor ; se usar miolo congelado
escalde-o apenas em pouca água e junte-lhe pó de creme de camarão
para ganhar gosto).
Num tacho derreta a margarina, junte a farinha e faça o bechamel com
o caldo e o leite. Se ganhar grumos triture com a varinha mágica. Junte
os camarões cortados em pedaços pequenos, deixe fervilhar um pouco
e tempere com sal, pimenta, noz moscada e ervas - eu nesta torta
juntei tomilho, mas pode ser salsa, coentros ou outra erva que goste
mais.
Reserve para arrefecer enquanto faz a massa da torta.

Ligue o forno nos 180º.

Num tacho leve ao lume a derreter a margarina, junte a farinha e faça o
bechamel com o leite. Triture com a varinha mágica se ganhar grumos.
Tempere com um pouco de sal e pimenta.
Retire do lume, deixe arrefecer um pouco e junte uma a uma as 5
gemas mexendo rapidamente para as envolver no bechamel.
Bata as claras em castelo bem firme - TRUQUE: quando começar a
bater as claras e elas começarem a "espumar" junte umas pedrinhas
de sal (poucas) - as claras vão ficar mais firmes.
Envolva as claras no preparado, com movimentos circulares suaves de
cima para baixo.

Forre um tabuleiro quadrado com papel vegetal untado e enfarinhado.
Verta o preparado, alise e leve ao forno durante 15 a 20 minutos. Faça
o teste do palito. A massa deve ficar cozida q.b, não demasiado seca
para não partir ao enrolar.

Quando estiver cozida retire do forno e vire a massa sobre um pano.
Recheie com o creme de camarão e enrole ainda quente.
Deixe ficar assim enrolada no pano até arrefecer um pouco.
Tenha muito cuidado ao passar para uma torteira, uma vez que quente
ela parte-se com facilidade.
Aqui eu deixei arrefecer totalmente porque gosto de comer esta torta
fria com uma boa salada.
Há sempre a opção de fazer mais um pouco de bechamel com leite e
caldo e verter o molho quente sobre a torta fria na hora de servir.
Faz uma refeição requintada e leve.
Bon appétit!
ESCALOPES RECHEADOS


4 escalopes finos de vitela (aqui da vazia)
50 grs de azeitonas pretas descaroçadas
3 ovos cozidos
60 grs margarina
4 fatias de fiambre (ou mais para cobrir o escalope)
2 dl caldo de carne
Meio decilitro de vinho branco
salsa picada q.b.
sal e pimenta q.b.



Coloque os escalopes sobre uma tábua e coloque outra mais pesada
por cima para os espalmar bem.
Pique finamente as azeitonas, misture com as gemas cozidas e um
quarto da margarina e bata bem até obter uma pasta homogénea.
Barre os escalopes com esta pasta, coloque o fiambre e enrole.
Ate o escalope com uma guita.
Derreta a restante margarina numa frigideira e aloure os escalopes de
ambos os lados. Tempere com sal e pimenta a gosto.
Quando estiverem alourados verta-lhes por cima o caldo de carne e o
vinho, baixe o lume e deixe cozinhar, tapado, durante 20 minutos.

Depois de pronto, corte a guita, corte o escalope em fatias, polvilhe
com a clara de ovo cozida picadinha e com a salsa picada e um pouco
do molho da cozedura... e sirva.

Para acompanhamento fiz uma salada e fritei batata doce às rodelas,
que ficou deliciosa!


BARCOS DE PEPINO

1 pepino médio
1 lata de atum de conserva
1 tomate
1 colher de sopa cheia de maionese (usei light)
coentros q.b.
sal e pimenta q.b.



Lave bem o pepino, abra-o ao meio no sentido do comprimento e com
a ajuda de uma colher raspe-o com cuidado, retirando-lhe a polpa mas
deixando uma borda em volta.
Coloque a polpa num coador, esmague com a colher e deixe escorrer.
Num prato esmague o atum com a maionese e os coentros picados.
Tempere com sal e pimenta.
Junte a polpa de pepino e o tomate cortado em cubinhos.
Verifique os temperos.
Coloque no frio até à hora de servir.
Recheie os barquinhos de pepino, decore a gosto e sirva.

NOTA: Se os pepinos não se segurarem direitos no prato, corte-os ao
de leve na base, mas atenção para não os furar.

MAGRET DE PATO COM ARROZ DE PASSAS E PINHOES

2 peitos de pato
sal e pimenta q.b.
sumo de 1 laranja
1 colher de sopa de mel

NOTA: eu prefiro comprar um pato inteiro fresco - com esta carne não
sou fã de congelados. Peço para separarem os peitos para fazer o
Magret. O restante uso para fazer por exemplo um arroz de pato.



Comece por dar golpes a todo o comprimento da pele e cruzados
também, mas de maneira a que a pele continue agarrada à carne.
Tempere com sal grosso e um pouco de pimenta moída na hora e
coloque os peitos com a pele virada para baixo numa frigideira seca já
bem quente.
O lume deve passar para brando para a gordura da pele começar a
derreter e não ficar logo tostada.
À medida que a gordura vai derretendo vai-se vertendo para uma taça,
ao lado, ou seja, retirando da frigideira já que convém que a pele não
fique encharcada na gordura. Quando ficar com uma camada mais fina
de pele e já estiver douradinha, verte-se a gordura de novo na
frigideira, aumenta-se a chama e deixa-se fritar um pouco para a pele
ficar estaladiça.
Nessa altura vira-se os peitos, e em lume médio deixa-se fritar o outro
lado até ganhar cor. Pode pressionar-se um pouco para a carne
acamar bem na frigideira.
Quando a parte da carne ficar tostadinha, vira-se para cima e faz-se um
golpe só para confirmar que está no ponto.
Eu virei-os de novo e deixei fritar por mais um minuto para passar a
carne um pouco mais.
Retira-se os peitos para uma tábua de corte, mantendo o molho ao
lume, a que se junta o sumo de uma laranja e uma colher de sopa de
mel. Deixa-se fervilhar para reduzir e homogeneizar sabores. Se
ganhar muitas impurezas deve coar-se.
Cortam-se as fatias com a ajuda de uma pinça de carnes e uma faca
bem afiada para a carne não se desmanchar.
Dispõe-se as fatias no prato e aromatiza-se com um pouco de molho.

Aqui acompanhei com arroz de passas e pinhões, que fiz como se
segue:

Verter um pouco de azeite na frigideira e alourar alho picado a gosto.
Juntar passas e pinhões a gosto e deixar dourar.
Quando os pinhões ganham cor, junta-se o arroz, 2 cravos de
cabecinha e uma flor de anis e deixa-se fritar mais um pouco - atenção
que o lume se estiver muito forte queima os pinhões!
Verte-se água a ferver na proporção de duas de água para uma de
arroz. Deita-se uma pitada de sal. Tapa-se e deixa-se cozinhar o tempo
referido na embalagem do arroz - por regra coze entre 10 a 12 minutos.
Usei arroz THAI para ficar soltinho.


BOLO DE FUBÁ CREMOSO
4 ovos
4 chávenas de leite
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1,5 chávena de fubá (farinha de milho)
3 chávenas de açúcar
1 chávena de queijo mozarella ralado
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de fermento em pó




Para esta receita só precisam de um LIQUIDIFICADOR.

Untar e enfarinhar um tabuleiro de forno - este tinha 23x35 mais ou
menos.
Pré-aquecer o forno a 180º.

Triturar os ovos, o leite e as duas farinhas.
Juntar açúcar e triturar.
Juntar o queijo e a manteiga e triturar muito bem.
Finalmente envolver o fermento em pó.

Verter no tabuleiro e levar ao forno durante uma hora ou um pouco
mais.
Retirar do forno, deixar arrefecer e cortar em quadrados.

BOLO DE LARANJA SUPER FACIL

(Esta receita foi partilhada pela Cristina Martins)

2 laranjas pequenas ou uma bem grande (de preferência das que têm
uma casca mais fina)
2 chávenas de açúcar amarelo
2 chávenas de farinha de trigo sem fermento
1 colher de sopa de fermento
1 chávena de óleo
4 ovos

opcional - sumo de uma laranja para regar



Ligue o forno a 180º.
Unte uma forma sem buraco de 24 cms de diâmetro. Forre o fundo com
papel vegetal, unte o papel e enfarinhe.
NOTA: Eu coloco um quadrado de papel vegetal na base da forma
virada ao contrário, seguro bem com a mão no centro e recorto com a
tesoura.
Lave as laranjas, retire-lhes os topos e corte-as em 4 partes deixando a
casca. Retire caroços se houver.
Coloque no liquidificador as laranjas, o açúcar, o óleo e os ovos. Triture
tudo muito bem - eu usei a Bimby que é óptima para triturar e deixei
triturar durante 2 minutos para ter a certeza de que a casca ficava
mesmo desfeita.
Deite este preparado numa tigela e a pouco e pouco junte a mistura de
farinha e fermento, sempre envolvendo.
Verta na forma e leve ao forno durante 1 hora - no meu caso fiz o teste
do palito aos 50 minutos e a massa já estava cozida, e retirei logo do
forno.
Desenforme sobre um prato e retire o papel vegetal.
Se optar por regar o bolo com sumo - que aconselho vivamente - deve
regá-lo ainda quente.
Decore com quartos de laranja.

DICA: Também pode substituir as laranjas por limões, mas evite os que
são muito cascudos.

NOTA FINAL - os doseadores de chávena, que também mostro no
livro, estão à venda em vários locais e são muito práticos para estas
receitas, já que facilitam imenso o trabalho. Ainda recentemente os vi à
venda num hipermercado.

QUEIJADAS DE LARANJA

(Esta receita não vem no livro)
+/- 20 unidades

2 ovos
300 grs de açúcar
130 grs de farinha
50 grs de manteiga ou margarina
0,5 litro de leite
sumo e raspa de duas laranjas médias
açúcar em pó e canela para polvilhar - opcional



Ligar o forno a 180º.
Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater.
Encher a 2/3 forminhas untadas - de silicone basta um borrifo de óleo -
e levar ao forno durante 40 minutos.
Fazer o teste do palito.
Deixar arrefecer antes de desenformar.
Servir simples ou polvilhadas com açúcar em pó e/ou canela.

MACARRÃO COM QUEIJO COGUMELOS E BACON

PREÇO: 9,6€
Com béchamel Parmalat de compra: 11,7€
(refiro este porque me parece ser o melhorzinho, mas há outros mais
baratos)

DÁ PARA 6 (OU +)

500g de macarrão
300g de cogumelos laminados
300g de bacon em pedaços
300g de queijo cheddar

Para o bechamél:
1 litro de leite
75ml azeite
75g de farinha
sal, pimenta e noz moscada q.b.




Coloque o macarrão a cozer numa panela em bastante água
temperada com sal. Verifique tempo de cozedura na embalagem.
Deixe-o al dente, não o deixe cozer demais.
Enquanto isso, leve o bacon a fritar numa frigideira com um fio de
azeite. Quando os pedaços começarem a ficar crocantes junte os
cogumelos laminados e deixe cozinhar até os cogumelos ficarem
macios.
Entretanto, escorra o macarrão, deite-o num pyrex grande e envolva o
bacon e cogumelos.

Para fazer o béchamel:
Num tacho misture a farinha e o azeite e deixe que a farinha coza um
pouco, sempre mexendo. Vá juntando a pouco e pouco o leite para
fazer o béchamel. Deve bater com vigor, logo nos primeiros
minutos, para não criar grumos. Se não conseguir, triture com a
varinha mágica. Tempere com sal, pimenta e noz moscada. Junte as
fatias de queijo cheddar e mexa bem até derreterem no béchamel.
Verta o molho sobre os ingredientes que já estão no pyrex, envolva
bem e sirva. Em alternativa, também pode colocar por cima mais um
pouco de cheddar, mas ralado, e levar ao forno a gratinar.
No caso de usar béchamel de compra, deve temperá-lo também com
pimenta e noz moscada e levá-lo a levantar fervura para que o queijo
derreta quando adicionado.

p.s. - eu gosto desta versão bastante cremosa. Se preferirem menos,
basta reduzir a quantidade de béchamel.


ASINHAS CROCANTES DE FRANGO COM LIMA

PREÇO: 2€
6 asas = 12 pedaços

1 embalagem de asas de frango (esta tinha 6 e pouco mais de meio
quilo)
azeite q.b.
sal grosso e pimenta q.b.
1 lima




Lave as asas e retire eventuais restos de cálamo que às vezes ficam
espetados na carne.
Separe a asa em 3, cortando nas junções e deitando fora a ponta mais
fina da asa (para cortar sem partir o osso, corte a pele e a carne até
atingir o osso e depois com a mão abra a junção - assim pode acabar
de cortar na perfeição).
Coloque um pouco de azeite numa frigideira e leve a lume médio.
Coloque os pedaços de asas, tempere de sal e pimenta e deixe
fritar durante cerca de 5 minutos, até tostar. Depois vire para fritar do
outro lado, baixe o lume, tape a frigideira e deixe fritar mais 5 minutos.
Passado esse tempo, retire a tampa, suba o lume para médio e deixe
tostar desse lado.
Retire e coloque os pedaços num prato para arrefecerem um pouco.
Quando já for possível pegar neles sem se queimar, está na hora de
retirar os ossos das asas - retiram-se sempre pela parte mais larga.
Com jeitinho, segure bem numa mão o pedaço de carne e com a outra
segure a ponta do osso e rode-o à medida que vai puxando para fora -
este processo requer calma para que o osso saia sem rasgar muito a
carne.
Coloque os pedaços já sem ossos sobre um tapete de silicone ou papel
vegetal (não é necessário untar) e leve a forno pré-aquecido a 180º, na
função grill, para que seque um pouco e a pele fique bem crocante.
Disponha os pedaços num prato de servir, polvilhe com mais um pouco
de sal ou flor de sal (opcional) e remate com raspa e sumo de lima.
Sirva quente.

PIMENTOS EM CONSERVA DE AZEITE

[Dá para 2 frascos médios ou 1 bem grande (18 altura por 9 diâmetro) e
1 pequeno - como na foto]

5 pimentos grandes variados (verde, vermelho, amarelo, etc)
1 cebola grande
Meia cabeça de alhos
Meio decilitro de vinagre de vinho branco
3 folhas de louro
Azeite q.b. para cozinhar e para encher os frascos (o melhor é o extra-
virgem)
Sal q.b.




Lave os pimentos. Abra-os ao meio e retire todas as sementes.
Fatie-os no sentido do comprimento em tiras finas.
Corte também a cebola em rodelas.
Coloque um pouco de azeite num tabuleiro de forno e coloque os
pimentos e a cebola fatiados.
Fatie os dentes de alho e leve-os a fritar num pouco de azeite até
começarem a dourar ligeiramente.
Junte-os ao pimento e cebola no tabuleiro.
Junte ainda as folhas de louro, o sal a gosto e regue com o vinagre e 1
dl de azeite.
Envolva tudo muito bem, cubra com folha de alumínio e leve a forno
pré-aquecido a 180º (não ligue a grelha do forno!) durante meia hora.
Passado esse tempo, retire a folha de alumínio, envolva os
ingredientes e deixe no forno por mais 10 a 15 minutos para secar -
nesse tempo convém ir envolvendo de 5 em 5 minutos para não
queimar, o que lhe daria um sabor amargo.
Esterilize os frascos e as tampas (fazendo-os ferver em água numa
panela), seque-os e encha-os com o preparado.
Encha os frascos com azeite até cobrir os pimentos.
Deixe arrefecer, coloque a tampa bem vedada e guarde no frigorífico.
Consuma no prazo de 2 meses.


MIGAS DE BACALHAU






Ingredientes:
Postas de bacalhau de boa qualidade (do lombo)-1 por pessoa
Batatas descascadas e cortadas em rodelas grossas
cebolas cortadas em rodelas
Azeite de muito boa qualidade-7% de acidez ou menos
Broa de milho
Coentros picados
Sal e pimenta preta


Preparação:
O lombo de bacalhau precisa de vários dias para demolhar. Lave o
bacalhau de modo a tirar o excesso de sal. Ponha as postas num
recipiente bem grande e cubra com água. Mude a água pelo menos três
vezes ao dia. Deixe assim por 4 dias, mas convém ir provando, pois a
demolha depende, da quantidade de vezes que mudar a água. É claro
que pode sempre, comprar o bacalhau já demolhado!

Pré-aqueça o forno a 200º, marca 6 no fogão a gás.

Numa assadeira de barro ( pode fazer doses individuais, em assadeiras
pequenas, ou numa assadeira grande), ponha a cebola cortada em
rodelas, os lombos de bacalhau no meio e à volta as batatas cortadas em
rodelas grossas. Regue com bastante azeite e tempere as batatas e o
bacalhau com sal e pimenta preta, no bacalhau ponha pouco sal. Leve a
assar até alourar, cerca de 1 h a 1h15.

Tire o miolo à broa de milho e numa taça misture-o com os coentros
picados, regue com bastante azeite que entretanto tirou da assadeira
onde o bacalhau assou. Mexa as migas muito bem e se achar necessário
tempere com um pouco de sal e pimenta.
Tire o bacalhau do forno, ponha as migas em montinho por cima das
postas e leve ao forno só por uns minutos ( menos de 5 m. ) a alourar.
Cuidado, pois as migas queimam com muita facilidade. Depois de
alourado, tire do forno e sirva. Se quiser pode polvilhar as migas com
mais coentros picados.

BACALHAU A ZÉ DO PIPO

Ingredientes:( 4 pessoas )
4 postas do lombo
1 lt de leite
2 cebolas médias
4 colheres de sopa de azeite
1 folha de louro
Sal e pimenta a gosto
Maionese feita com 2 gemas e 4 dl de azeite
1,5 kg de batatas
Leite e manteiga para o puré
Azeitonas pretas para decorar ( facultativo)


Preparação:
Para demolhar o bacalhau, passe-o primeiro por água em abundância
para tirar o excesso de sal. Ponha o bacalhau dentro de um recipiente
grande com água suficiente para cobrir o bacalhau totalmente. Mude a
água todos os dias se possível duas vezes ao dia durante 3 a 4 dias.
Depois do bacalhau demolhado leve-o a cozer no leite. Quando o leite
ferver reduza o lume e deixe cozer em lume brando durante uns minutos
até estar pronto. Pique as cebolas e leve ao lume com o azeite, a folha de
louro sal e pimenta a gosto e um pouco do leite de cozer o bacalhau, a
cebola deve ficar branca e macia, não loura.
Depois do bacalhau cozido ponha as postas numa travessa de ir ao forno
de preferência de barro, ponha a mistura de cebola por cima e cubra o
bacalhau totalmente com a maionese.
Para fazer a maionese, ponha numa tigela as gemas desfeitas com umas
gotas de sumo de limão, vá juntando o azeite quase gota a gota às
gemas, mexendo sem parar. Conforme as gemas vão ganhando
consistência pode juntar mais e mais quantidade de azeite, mexendo
sem parar até acabar o azeite, tempere com sal fino, ( se precisar de
descansar a mão, pare de mexer e pare de juntar azeite por uns
segundos, quando juntar azeite novamente tem que mexer sem parar,
para a maionese não talhar).
Para fazer o puré, ponha as batatas a cozer em água e sal. Quando
estiverem cozidas, passe-as pelo passe-vite e leve ao lume novamente,
junte um bom pedaço de manteiga e leite e mexa, se vir que o puré está
seco, junte mais leite até estar macio mas sem deixar de ter uma certa
consistência.
Ponha o puré à volta das postas de bacalhau, pode fazer isso com um
bico de pasteleiro, eu não fiz porque não tenho um suficientemente
largo.
Leve ao forno pré-aquecido a 220ºsó até alourar.
Decore com azeitonas pretas se gostar e sirva assim simples com uma
salada verde.


Francesinha
Ingredientes: 1 francesinha
2 fatias de pão de forma com aprox. 2 cm de espessura (eu uso pão de
forma inteiro comprado num pão quente. Por favor não usem pão de
forma já fatiado e embalado; as fatias são finas demais, este tipo de pão
é muito macio para amparar a carne e desfaz-se com o molho quente).
1 linguiça
1 salsicha fresca
1 bife pequeno de vitela
2 fatias de fiambre
7 a 8 fatias de queijo fatiado
1 ovo

Molho: 4 a 5 pessoas
6,6 dl de cerveja (2 latas)
4 dl de leite meio gordo
1 dl de whisky
2 dl de polpa de tomate
1 folha de louro
1 cenoura média, descascada
1 bife pequeno de vitela
2 cubos de caldo de carne
2 colheres de chá de maizena diluídas num pouco de leite
Sal a gosto
Pimenta preta a gosto
Piri piri a gosto

Batatas fritas:
*Batatas cortadas em palitos
*Oléo de soja, milho ou girassol para fritar



Preparação:
*Numa panela de fundo espesso, coloque todos os ingredientes menos a
maizena e o piri piri.
*Deixe ferver em lume moderado por 30 minutos. Entretanto tempere
de sal e pimenta a gosto. Retire a cenoura, a folha de louro e o bife.
*Junte a maizena diluída, aos poucos, o molho não deve ficar demasiado
espesso, por isso junte um pouco, mexa e deixe levantar fervura, se
estiver muito líquido junte mais um pouco, mexa e deixe levantar
fervura, continue até atingir a consistência desejada (ao levantar a
colher de pau o molho deve cair num fio constante que logo depois
passa a gotas espessas).
*Por fim junte a quantidade de picante que desejar, isto claro vai muito
do gosto de cada um. Eu pessoalmente gosto do molho quase (mas só
quase) a pegar fogo.
*Grelhe as carnes (linguiça, salsicha e bife) num grelhador. Eu uso um
grelhador de prensa por ser mais fácil grelhar a salsicha e a linguiça.
*Corte a salsicha e a linguiça ao meio e depois em 4 partes iguais.
Batatas fritas:
*Lave bem as batatas e cubra-as com água bem fria. Leve-as ao
frigorífico pelo menos 30 minutos antes de fritar. Podem ficar no frio
durante a noite ou um dia inteiro.
*Para fritar aqueça muito bem o óleo. Escorra muito bem as batatas e
limpe-as com um pano e coloque-as na sertã. Não encha a sertã (ou
fritadeira) demais.
*Frite até ficarem douradas e escorra-as em cima de papel de cozinha.
*Desta forma as batatas vão ficar macias por dentro e estaladiças por
fora.
Montagem:
*Em cima de 1 fatia de pão coloque 1 de queijo, 1 de fiambre, as 4 partes
de linguiça, o bife, as 4 partes de salsicha e por fim mais uma fatia de
fiambre e mais 1 de queijo, cubra com a 2ª fatia de pão.
*Coloque 1 fatia de queijo por cima da francesinha e 1 em cada lado,
pode segurar as fatias de queijo com palitos (depois do queijo derreter
as fatias fundem-se e pode tirá-los) por fim coloque mais 1 fatia de
queijo por cima.
*Leve ao forno pré aquecido por uns minutos só para amolecer o queijo
(não o deixe tostar). Se usou palitos para segurar o queijo, agora é altura
de os retirar.
*Frite o ovo.
*Tire do forno coloque o ovo frito em cima da francesinha e
imediatamente verta o molho muito quente por cima, para acabar de
derreter o queijo.
*Sirva com batatas fritas e uma cerveja gelada e mantenha uma
molheira aquecida com o molho para ir servindo.




Francesinha
Francesinha


Ingredientes: 1 francesinha
2 fatias de pão de forma com aprox. 2 cm de espessura (eu uso pão de
forma inteiro comprado num pão quente. Por favor não usem pão de
forma já fatiado e embalado; as fatias são finas demais, este tipo de pão
é muito macio para amparar a carne e desfaz-se com o molho quente).
1 linguiça
1 salsicha fresca
1 bife pequeno de vitela
2 fatias de fiambre
7 a 8 fatias de queijo fatiado
1 ovo

Molho: 4 a 5 pessoas
6,6 dl de cerveja (2 latas)
4 dl de leite meio gordo
1 dl de whisky
2 dl de polpa de tomate
1 folha de louro
1 cenoura média, descascada
1 bife pequeno de vitela
2 cubos de caldo de carne
2 colheres de chá de maizena diluídas num pouco de leite
Sal a gosto
Pimenta preta a gosto
Piri piri a gosto

Batatas fritas:
*Batatas cortadas em palitos
*Oléo de soja, milho ou girassol para fritar



Preparação:
*Numa panela de fundo espesso, coloque todos os ingredientes menos a
maizena e o piri piri.
*Deixe ferver em lume moderado por 30 minutos. Entretanto tempere
de sal e pimenta a gosto. Retire a cenoura, a folha de louro e o bife.
*Junte a maizena diluída, aos poucos, o molho não deve ficar demasiado
espesso, por isso junte um pouco, mexa e deixe levantar fervura, se
estiver muito líquido junte mais um pouco, mexa e deixe levantar
fervura, continue até atingir a consistência desejada (ao levantar a
colher de pau o molho deve cair num fio constante que logo depois
passa a gotas espessas).
*Por fim junte a quantidade de picante que desejar, isto claro vai muito
do gosto de cada um. Eu pessoalmente gosto do molho quase (mas só
quase) a pegar fogo.
*Grelhe as carnes (linguiça, salsicha e bife) num grelhador. Eu uso um
grelhador de prensa por ser mais fácil grelhar a salsicha e a linguiça.
*Corte a salsicha e a linguiça ao meio e depois em 4 partes iguais.
Batatas fritas:
*Lave bem as batatas e cubra-as com água bem fria. Leve-as ao
frigorífico pelo menos 30 minutos antes de fritar. Podem ficar no frio
durante a noite ou um dia inteiro.
*Para fritar aqueça muito bem o óleo. Escorra muito bem as batatas e
limpe-as com um pano e coloque-as na sertã. Não encha a sertã (ou
fritadeira) demais.
*Frite até ficarem douradas e escorra-as em cima de papel de cozinha.
*Desta forma as batatas vão ficar macias por dentro e estaladiças por
fora.
Montagem:
*Em cima de 1 fatia de pão coloque 1 de queijo, 1 de fiambre, as 4 partes
de linguiça, o bife, as 4 partes de salsicha e por fim mais uma fatia de
fiambre e mais 1 de queijo, cubra com a 2ª fatia de pão.
*Coloque 1 fatia de queijo por cima da francesinha e 1 em cada lado,
pode segurar as fatias de queijo com palitos (depois do queijo derreter
as fatias fundem-se e pode tirá-los) por fim coloque mais 1 fatia de
queijo por cima.
*Leve ao forno pré aquecido por uns minutos só para amolecer o queijo
(não o deixe tostar). Se usou palitos para segurar o queijo, agora é altura
de os retirar.
*Frite o ovo.
*Tire do forno coloque o ovo frito em cima da francesinha e
imediatamente verta o molho muito quente por cima, para acabar de
derreter o queijo.
*Sirva com batatas fritas e uma cerveja gelada e mantenha uma
molheira aquecida com o molho para ir servindo.

CABRITO

Ingredientes: 4 pessoas
3 kg. de cabrito
3 cebolas médias
Batatinhas novas
Sal grosso e pimenta preta a gosto
2 colheres de sopa de colorau
Para a marinada:
1 garrafa de vinho verde branco
3 folhas de louro
5 cravinhos
2 estrelas de anis
2 colheres de chá de noz moscada ralada
6 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de colorau (pimentão doce)
1 colher de chá de malagueta seca (em flocos ou em pó)
1 ramo de salsa
1 colher de chá de pimenta preta
1,1/2 de sal grosso mais um pouco para polvilhar
Bacon
Banha de porco
Azeite









Preparação:
*Pré-aquecer o forno a 220º, marca 7 do fogão a gás.
*No dia anterior, juntam-se todos os ingredientes para a marinada
numa taça e depois cobre-se o cabrito com ela. A carne deve ficar assim
durante a noite.
*No dia seguinte, cobre-se o fundo de uma assadeira com as cebolas
cortadas às rodelas, põe-se o cabrito em cima e rega-se com a marinada.
Como o sal fica diluído na marinada, convém polvilhar a carne com
mais um pouco de sal, mas não muito.
*Fazem-se cortes na carne e dentro deles, põem-se pedacinhos de
bacon.
*Espalham-se pequenos pedaços de banha pela carne e rega-se com um
pouco de azeite.
*Vai ao forno a assar e passados 30 minutos juntam-se as batatinhas
que se temperam com sal e pimenta preta a gosto e se polvilham com o
colorau.
*Diminuir a temperatura do forno para os 200º, marca 6 do fogão a gás.
*Por esta altura já o cabrito começou a ganhar cor e é altura de o virar
para que aloure por igual.
*Vai-se virando a carne sempre que necessário para que aloure e
cozinhe por igual.
*Vai-se regando a carne e as batatas com o molho da assadura.
*Assa por mais 1 hora e 30 mi

FRANGO ASSADO






Frango no forno em marinada aromática


Ingredientes:4 pessoas
1 frango grande
Alecrim fresco - 2 colheres de sopa ( só as folhas)
Estragão fresco - 2 colheres de sopa
Tomilho fresco (usei tomilho laranja) - 2 colheres de sopa
2 folhas de louro (usei fresco)
Raspa de 1 laranja
200 ml. de vinho do porto
1 cebola grande
Batatinhas descascadas e golpeadas
Sal a gosto
Pimenta preta a gosto
Azeite


Preparação:
*Misture o vinho, a raspa da laranja, as ervas picadas grosseiramente, o
louro, sal e pimenta preta e tempere o frango com esta marinada
aromática (por dentro e por fora). Deixe assim durante a noite ou pelo
menos por 3 a 4 horas. Se tiver oportunidade de o fazer, vire o frango,
para que tempere por igual.
*Pré-aqueça o forno a 200º, marca 6 do fogão a gás.
*Numa assadeira, disponha a cebola cortada em rodelas. Ponha o frango
em cima e as batatinhas à volta do frango. Tempere as batatas com sal e
pimenta a gosto. Regue tudo com a marinada e com azeite a gosto.
*Leve a assar por 20 minutos por cada 450 g. mais 20 minutos extra.
Comece por assar o frango com o peito virado para baixo para manter a
carne mais suculenta. Depois vire o frango e dê uma volta às batatas a
meio da assadura . Se começar a queimar um pouco antes do fim do
tempo de assadura, cubra com papel de alumínio.