You are on page 1of 6

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola/ Agrupamento

FOCO: Conhecimento do Modelo/Integração de processos e envolvimento na escola
Acções a desenvolver Destinatários Instrumentos de apoio Calendarização Resultados esperados
- Análise do Modelo de Auto-Avaliação, Professor - Modelo de Auto- Outubro e - Conhecimento profundo do
documentos de recolha das evidências Bibliotecário Avaliação Novembro Modelo de Auto-Avaliação pelo
e bibliografia disponível (fornecida na - Instrumentos de PB e equipa da BE.
formação MABE ou pela CIBE). Equipa da BE recolha de evidências - Definição de estratégias e
- Análise do Plano de Acção da BE, - Modelo do relatório procedimentos a implementar
estruturado de acordo com os quatro final para a aplicação do modelo.
domínios do Modelo de Auto-Avaliação. - Bibliografia - Reconhecimento da
- Avaliação diagnóstica da BE. disponibilizada na importância da aplicação do
formação MABE Modelo.
- Reunião com o Director/Presidente do Professor - Modelo de Auto- Dezembro - Reconhecimento da
Conselho Executivo: Comunicação dos Bibliotecário Avaliação. importância da implementação
resultados do trabalho já realizado pelo - Instrumentos de do Modelo de Auto-Avaliação
PB e equipa; referência à necessidade Director ou recolha de evidências. da BE.
do envolvimento de toda a comunidade Presidente do - Modelo do relatório - Envolvimento do órgão de
educativa e órgãos de gestão da Conselho final. gestão em todo o processo de
Escola/Agrupamento; calendarização Executivo - Avaliação diagnóstica implementação do modelo,
da apresentação do Modelo no da BE. colaborando e co-
Conselho Pedagógico; selecção do responsabilizando-se em todas
domínio a avaliar; selecção da amostra. as acções desenvolvidas pela
BE.
1ª Tarefa - Sessão 3 1
Isabel Marques
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola/ Agrupamento

FOCO: Conhecimento do Modelo/Integração de processos e envolvimento na escola
Acções a desenvolver Destinatários Instrumentos de Calendarização Resultados esperados
apoio
- Apresentação do Modelo de Todos os PowerPoint Dezembro - Reconhecimento da aplicação do Modelo
Auto-Avaliação em Conselho elementos do de Auto-Avaliação como forma de
Pedagógico. Conselho reconhecer e melhorar os serviços da BE
Pedagógico como recurso indispensável no processo de
ensino e aprendizagem.
- Envolvimento e co-responsabilização do
Conselho Pedagógico na implementação
do Modelo.
- Aprovação do domínio a auto-avaliar no
presente ano.
- Apresentação resumida do Coordenadores Excerto da acta de Dezembro (nas - Reconhecimento da aplicação do Modelo
Modelo ao corpo docente em de Conselho Pedagógico reuniões dos de Auto-Avaliação como forma de
reuniões de Departamento, Departamento relativo ao Modelo de vários reconhecer e melhorar os serviços da BE
pelos respectivos Todos os Auto-Avaliação. Departamentos) como recurso indispensável no processo de
coordenadores, com base na docentes PowerPoint ensino e aprendizagem.
apresentação feita pelo apresentado pelo PB - Envolvimento e co-responsabilização de
Professor Bibliotecário no no CP (se necessário) todos os docentes na implementação do
Conselho Pedagógico. Modelo.

1ª Tarefa - Sessão 3 2
Isabel Marques
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola/ Agrupamento

FOCO: Gestão estratégica da informação recolhida e transposição para o processo de planeamento e de gestão.
(Gerir evidências, identificar pontos fortes, fracos e acções a implementar. Transpor os resultados para o
processo de planificação e para a melhoria)
Acções a desenvolver Destinatários Instrumentos de apoio Calendarização Resultados esperados
- Reunião com Professor Bibliotecário, Professor Modelo de Auto- 1ª Quinzena de - Definição concreta das
equipa da BE, um elemento da Direcção e Bibliotecário Avaliação Janeiro próximas etapas da
outros colaboradores que se considerem Equipa da BE Instrumentos de recolha implementação do Modelo.
necessários: selecção da amostra; Um elemento da de evidências - Definição da amostra.
elaboração do cronograma das etapas Direcção Questionários a - Elaboração dos documentos
seguintes da aplicação do MAV; Outros implementar de recolha de evidências.
selecção/adaptação dos instrumentos de colaboradores - Envolvimento e co-
recolha de evidências de acordo com as responsabilização de todos os
orientações apresentadas pelo MAV. intervenientes na reunião.
- Reunião com os professores Professor Modelo e Instrumentos 1ª Quinzena de - Envolvimento e co-
seleccionados para integrarem a amostra Bibliotecário de recolha de Janeiro responsabilização de todos os
para recolha de evidencias: clarificação do Equipa da BE evidências intervenientes na reunião.
processo de implementação do Modelo. Professores que Grelhas de Observação
integram a Cronograma da
amostra implementação do
Modelo
- Reunião com os pais/encarregados de PB Cronograma da Reuniões de - Envolvimento e co-
educação seleccionados para integrarem a Equipa da BE implementação do entrega das responsabilização de todos os
amostra para recolha de evidências: Directores de Modelo avaliações do 1º intervenientes na reunião.
apresentação e clarificação da importância Turma período
do Modelo e respectivo processo de Pais/Encarregados
implementação. de Educação

1ª Tarefa - Sessão 3 3
Isabel Marques
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola/ Agrupamento

FOCO: Gestão estratégica da informação recolhida e transposição para o processo de planeamento e de
gestão. (Gerir evidências, identificar pontos fortes, fracos e acções a implementar. Transpor os resultados para
o processo de planificação e para a melhoria)
Acções a desenvolver Destinatários Instrumentos de Calendarização Resultados esperados
apoio
- Reunião da BE e Direcção: balanço PB; Equipa da 3ª Semana de - Balanço das actividades
das reuniões realizadas até ao BE; Elemento da Janeiro realizadas e aperfeiçoamento
momento. Direcção de procedimentos.
- Recolha de evidências da BE Professor Diversas evidências de De Janeiro a Junho - Recolha de evidências dos
Bibliotecário acordo com o domínio serviços prestados pela BE.
Equipa da BE escolhido.
- Entrega dos questionários a todos PB Questionários do Final de Janeiro - Participação colaborativa de
os seleccionados para a amostra. Equipa da BE domínio em auto- todos os intervenientes.
Amostra avaliação
- Aplicação da grelha de Observação Equipa da BE Grelha de observação Fevereiro - Participação colaborativa de
do domínio escolhido. Professores todos os intervenientes.
Alunos
- Tratamento dos questionários PB Questionários do Fevereiro e Março - Sistematização dos resultados
distribuídos e das grelhas de Equipa da BE domínio em auto- (de acordo com as dos questionários e grelhas de
observação. Outros avaliação. datas estabelecidas observação.
colaboradores Grelhas de observação no cronograma)
- Avaliação intermédia da aplicação Professor Síntese da Março - Balanço das actividades
do Modelo: reunião da equipa da BE Bibliotecário implementação do realizadas, resultados obtidos e
com a Direcção e apresentação dessa Equipa da BE Modelo a elaborar pelo aperfeiçoamento de
avaliação em Conselho Pedagógico. Conselho PB procedimentos.
Pedagógico

1ª Tarefa - Sessão 3 4
Isabel Marques
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola/ Agrupamento

FOCO: Gestão estratégica da informação recolhida e transposição para o processo de planeamento e de
gestão. (Gerir evidências, identificar pontos fortes, fracos e acções a implementar. Transpor os resultados
para o processo de planificação e para a melhoria)
Acções a desenvolver Destinatários Instrumentos de apoio Calendarização Resultados esperados
- Segunda entrega dos Professor Questionários do domínio Meados de Maio - Participação colaborativa de
questionários a todos os Bibliotecário em auto-avaliação todos os intervenientes.
seleccionados para a amostra. Equipa da BE
Amostra
- Segunda aplicação da grelha de Equipa da BE Grelha de observação Meados de Maio - Participação colaborativa de
Observação do domínio escolhido. Professores todos os intervenientes.
Alunos
- Tratamento dos questionários Professor Questionários do domínio Junho - Sistematização dos
distribuídos e das grelhas de Bibliotecário em auto-avaliação. resultados dos questionários
observação. Equipa da BE Grelhas de observação e grelhas de observação.
- Tratamento estatístico global. Colaboradores
- Redacção do Relatório Final Professor Modelo do Relatório final; Junho - Análise exaustiva dos
- Identificação das acções de Bibliotecário Questionários; resultados obtidos.
melhoria no domínio auto- Equipa da BE Grelhas de observação; - Definição de acções de
avaliado. Evidências recolhidas pela melhoria no domínio auto-
BE; avaliado.
Tratamento estatístico. - Relatório final a divulgar
posteriormente.

1ª Tarefa - Sessão 3 5
Isabel Marques
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola/ Agrupamento

FOCO: Comunicação dos resultados e integração na escola
Acções a desenvolver Destinatários Instrumentos de apoio Calendarização Resultados esperados
- Apresentação dos Conselho PowerPoint a elaborar Final de Junho - Aprovação do relatório apresentado.
resultados da auto-avaliação Pedagógico pelo Professor - Redacção do parecer e
em Conselho Pedagógico. Bibliotecário e equipa da recomendações do CP relativamente
BE. ao relatório apresentado.
- Reconhecimento da importância do
Modelo como instrumento de
melhoria dos serviços da BE e do
processo de ensino e aprendizagem.
- Divulgação das acções de melhoria
a implementar nos anos seguintes.
- Envio do relatório final para Relatório final Julho
a RBE.
- Divulgação do relatório final Toda a Relatório final Julho - Reconhecimento da importância do
na plataforma Moodle e comunidade Modelo como instrumento de
página Web da educativa melhoria dos serviços da BE e do
Escola/Agrupamento. processo de ensino e aprendizagem.
- Divulgação das acções de melhoria
a implementar nos anos seguintes.

1ª Tarefa - Sessão 3 6
Isabel Marques