You are on page 1of 11

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

“Giving information is not the same as giving knowledge, and turning information into knowledge is potentially the
most complex, challenging and rewarding task of all educators.”

“The hallmark of a school library in the 21st century is not its collections, its systems, its technology, its staffing, its
buildings, BUT its actions and evidences that show that it makes a real difference to student learning, that it contributes in
tangible and significant ways to the development of human understanding, meaning making and constructing knowledge”

Ross Todd, “Transitions for preferred futures of school libraries”

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos
que a Literatura Desafios. Acções
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica a implementar

Capacidade de Enquadramento Ainda se Promover o
Competências do Liderança para: legal da figura do reconhece pouco reconhecimento e
professor bibliotecário Professor o papel do integração
-motivar a equipa Bibliotecário Professor institucional da
para a realização [Portaria 756 de Bibliotecário BE, articulando o
de trabalho 14Julho 2009] como gestor de seu plano de
colaborativo com informação e acção com os
os outros instrutor de demais orgãos,
docentes, competências; o estruturas e
integrado nos PB é muitas vezes docentes da
objectivos encarado como escola
Conhecimento na área Biblioteca escolar

programáticos e organizador de Garantir a
prioridades da eventos de integração do
escola, articulado carácter lúdico e Plano de Acção
com os cultural e como da BE nos
Departamentos organizador de documentos
Curriculares e um espaço de orientadores das
outras estruturas acesso à políticas
da escola informação pedagógicas e de
-desenvolver gestão da escola
estratégias de
comunicação com Colaborar com
os orgãos professores,
pedagógicos e de alunos e
direcção, para Encarregados de
garantir a Educação/Pais,
integração da BE apoiando as
na escola e no aprendizagens
processo de curriculares,
ensino e desenvolvendo as
aprendizagem literacias e
-planear e garantir criando contextos
a boa execução de e oportunidades
rotinas de gestão significativos de
da BE, de aprendizagem
articulação e
apoio a alunos e
docentes, e de
Conhecimento na área Biblioteca escolar

práticas
sistemáticas de
auto-avaliação
dos processos e
resultados da BE
-programar um
plano de acção
integrado nas
metas e
prioridades da
escola e no seu
Projecto
Educativo
-identificar
necessidades
formativas dos
utilizadores e
propor programas
de formação
adequados
-Definição de Afectação de um Ausência de Integração da BE
Organização e Gestão da objectivos e de Professor apoio no
BE prioridades para Bibliotecário por institucional por desenvolvimento
elaborar o plano quatro anos, falta de curricular
de acção da BE através de entendimento da
de acordo com o concurso próprio BE como Auto-avaliação da
projecto estrutura nuclear BE, recorrendo ao
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Educativo e o e transversal ao MAABE, de
plano de currículo e às modo a analisar o
actividades da aprendizagens impacto dos
escola serviços e
-desenvolvimento procurar a
de estratégias de melhoria
gestão e de
integração da BE
no
desenvolvimento
curricular
-desenvolvimento
de estratégias de
gestão baseadas
na recolha
sistemática de
evidências, de
modo a
perspectivar
acções futuras e
procurar aferir a
eficácia dos
serviços e o
impacto nas
aprendizagens e
competências dos
utilizadores
Conhecimento na área Biblioteca escolar

-desenvolvimento
de estratégias de
gestão orientadas
para a
optimização dos
recursos materiais
e humanos de
modo a melhorar
os processos que
produzam
impacto e
resultados no
sucesso dos
alunos

-Organização da Orientações da Insuficiente apoio Identificação das
Gestão da Colecção colecção e dos RBE para gestão material e necessidades dos
equipamentos de da colecção; financeiro para utilizadores de
acordo com os organização de actualização dos forma regular e
standards catálogos equipamentos e sistemática
definidos e com colectivos colecção
as necessidades Adequação dos
dos utilizadores, Renovação da recursos e do
criando condições colecção pouco equipamento
de acesso à fundamentada nas tecnológico às
informação, bem necessidades exigências
como de trabalho curriculares e impostas pelo
Conhecimento na área Biblioteca escolar

individual ou em
grupo
-identificação
regular das
necessidades dos novo paradigma
utilizadores, digital de acesso e
professores e produção de
alunos, de acordo informação
com as exigências
programáticas e pouco adaptada Disponibilização
os interesses ao novo de uma colecção
individuais paradigma digital rica, variada e
-disponibilização adaptada às
de recursos de necessidades
informação em curriculares de
diferentes professores e
suportes, alunos
actualizados e
adequados às
necessidades dos
utilizadores
A BE como espaço de -desenvolvimento Mudança de Resistência dos Organização da
conhecimento e de estratégias de paradigma e de professores ao BE como espaço
aprendizagem. Trabalho integração conceito trabalho de trabalho e de
colaborativo e articulado institucional e implicados no articulado com a construção do
com Departamentos e programática da entendimento do BE por falta de conhecimento e
docentes. BE papel da entendimento da não só como local
Conhecimento na área Biblioteca escolar

-organização de
programas de
desenvolvimento
das competências
de leitura e de
literacia da
apetrechado com
informação Biblioteca na
equipamento e
integrados no escola
recursos para
desenvolvimento
acesso à
curricular Estudos
BE como informação
-articulação de internacionais que
estrutura
acções com os reconhecem o
transversal e de Articulação com
Departamentos e valor da BE e o
apoio às professores e
os professores seu impacto no
aprendizagens alunos na
responsáveis por sucesso educativo
planificação e
outros projectos, e contribuem para
desenvolvimento
de modo a redefinir a missão
de actividades
garantir a da BE
educativas
planificação de
actividades
educativas, de
aprendizagem ou
de carácter
cultural
Formação para a leitura -Planeamento e Apoio de Fraca valorização Planeamento de
e para as literacias execução de um programas da leitura por acções formativas
programa de nacionais para o alunos e Pais / no âmbito da
Conhecimento na área Biblioteca escolar

leitura e das
Literacia da Encarregados de
literacias da
Informação e de Educação, o que
informação, para
Leitura, dificulta a
desenvolvimento professores e
contribuindo de implementação de
de práticas de alunos
forma articulada programas de
leitura e de
com os outros leitura
competências de Desenvolvimento
docentes, para
literacia da de programas de
desenvolver Resistência dos
informação: PNL, leitura para a
competências que professores na
PTE escola/agrupamen
suportem as integração das
to
aprendizagens TIC nas práticas
curriculares lectivas
BE e os novos ambientes -organização da Articulação e Substituição da Disponibilização
digitais. informação em apoio das infra- BE por outras de informação
suporte digital, estruturas infra-estruturas e online
colaborando com tecnológicas da programas
as demais infra- escola institucionais, Utilização de
estruturas como o PTE ferramentas
tecnológicas da digitais de
escola comunicação e
-criação de difusão da
ambientes virtuais informação
de aprendizagem,
em articulação Criação de redes
com o currículo de partilha
dos alunos
Conhecimento na área Biblioteca escolar

-apoio a alunos e
docentes na
Planeamento de
pesquisa,
acções formativas
tratamento e
sobre o uso de
produção de
recursos digitais
informação em
suportes digitais
Gestão de evidências/ Desenvolvimento Aplicação do Desconhecimento Implementação de
avaliação. de práticas e Modelo de Auto- do MAABE e do processos de
processos de avaliação da BE seu valor recolha
recolha Formação do enquanto sistemática de
sistemática de instrumento evidências –
evidências do Professor pedagógico de evidence based
trabalho realizado Bibliotecário e da avaliação de practice
na e pela BE equipa na área da resultados para
-comparação das avaliação melhorar a Planeamento da
evidências qualidade dos auto-avaliação da
recolhidas com serviços BE perspectivada
standards e para quatro anos,
indicadores pré- Dificuldade em de acordo com o
definidos de implementar MAABE
modo a aferir a práticas de
eficácia e o recolha
impacto dos sistemática e
serviços organizada de
-utilização dos evidências
resultados da
Conhecimento na área Biblioteca escolar

auto-avaliação Resistência em
para planear relação a
acções para a processos de
melhoria avaliação

Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

-reconhecimento institucional da BE -Factores internos, materiais e -integração da BE nas metas e
humanos, de condicionamento da prioridades da escola e no seu Projecto
-afectação de professores acção da BE: condições físicas, Educativo
bibliotecários qualificados equipamento, recursos documentais, -articulação com os Departamentos
equipa Curriculares e as outras estruturas da
-estabilidade do corpo docente das escola, pedagógicas e de gestão
escolas de modo a permitir um -factores externos de condicionamento -organização de programas de
trabalho articulado mais contínuo da acção da BE: abertura ou desenvolvimento das competências de
fechamento dos orgãos e estruturas da leitura e de literacia da informação
-existência de Programas institucionais escola ao plano de actividades da BE; integrados no desenvolvimento
na área da leitura e das literacias – reconhecimento da missão e papel da curricular
PNL e PTE BE na comunidade -disponibilização de recursos de
informação em vários suportes,
-organização das BEs em rede e apoio contribuindo para o seu uso e
do PRBE integração nas práticas lectivas
-criação de condições favoráveis de
Conhecimento na área Biblioteca escolar

-formação contínua do Professor
Bibliotecário e dos membros da equipa
acesso à informação e organização da
-criação de equipas multidisciplinares, BE como espaço de construção do
com formação e motivação para conhecimento
realizar um trabalho articulado com os
docentes e demais estruturas da escola

Nota para as formadoras:
Só no final da formação consegui realizar esta tarefa e não preenchi todos os campos por falta de dados provenientes de contacto directo
com a realidade das Bibliotecas.

Fátima Sebastião