You are on page 1of 4

IGE -Avaliação Externa das Auto-avaliação da BE

Escolas Enquadramento da informação

Campos de Tópicos Domínios
Análise Descritores
1- Contexto e 1.1Contexto físico
caracterização e social
da escola

1.2 Dimensão e D.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às necessidades da A BE deve estar bem localizada e de fácil
condições físicas escola/agrupamento acesso a todos os utilizadores
da escola sede do D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e
Agrupamento gestão da escola/agrupamento
1.3 Caracterização A.1 Articulação Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação O professor bibliotecário tem uma posição
da população Educativa e proactiva, garantindo as necessidades dos
discente Supervisão Pedagógica e os Docentes. sues utilizadores.
B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na
escola/agrupamento.
D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de
funcionamento da BE na escola/agrupamento.
1.4 Pessoal D.1.1 Integração/acção da BE na escola /agrupamento. A coordenadora da BE tem assento no
docente D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola /agrupamento. Pedagógico.
Motivação e formação do professor –
bibliotecário para assumir funções de
liderança.
Constituição de uma equipa pluridisciplinar,
que integra pessoal docente e não docente.
1.5 Pessoal não D.1.2. Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e Nomeação por parte do Director de recursos
docente gestão da escola/agrupamento. humanos para garantir os serviços da BE.
D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de
funcionamento da BE na escola/agrupamento.
1.6 Recursos D.1.2. Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e
financeiros gestão da escola/agrupamento.

2- O projecto 2.1Prioridades e A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de coordenação Resposta da BE em termos de apoio de
Educativo objectivos educativa e supervisão pedagógica da escola/agrupamento. planos de recuperação e de recursos da BE.
A.1.3 Articulação da BE com os docentes responsáveis pelos Impacto da literacia da informação no
serviços de apoios especializados e educativos da sucesso escolar dos alunos. Coordenação da
escola/agrupamento. BE com todas as estruturas do agrupamento.
A.2 Promoção das Literacias da Informação, tecnológica e Digital. A BE em trabalho colaborativo com a sala de
B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na Escola aula. Valorização do impacto nas
/agrupamento. aprendizagens através da recolha de
B. 2 Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao evidências em contexto de sala de aula.
nível da escola/agrupamento.
B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos
alunos, no âmbito da leitura e da literacia.
2.2 Estratégias e A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis pelas áreas A Planificação dos instrumentos por que se
Planos de acção curriculares não disciplinares da escola/agrupamento. regula a BE tem por linhas orientadoras o
A 1.4 Ligação da BE ao Plano tecnológico da Educação e a outros Projecto Educativo, o Projecto Curricular de
programas e projectos curriculares de acção, inovação pedagógica e Escola e o Regulamento Interno.
formação existentes na escola/agrupamento. A BE apoia e realiza projectos. A elaboração
A.1.6 Colaboração da BE com os docentes das actividades de projectos em conjunto com os professores
curriculares desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por base ao estimula nos alunos a valorização do
seus recursos. conhecimento reflectindo-se na
B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na Escola aprendizagem continua.
/agrupamento.
B. 2 Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao
nível da escola/agrupamento.
C.2.2 Desenvolvimento de trabalho colaborativo e serviço
colaborativo com outras escolas, agrupamento e BE.
3- Organização 3.1 Estruturas de D.1.1 Integração/acção da BE na escola /agrupamento. A Planificação dos instrumentos por que se
e gestão da gestão D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e regula a BE tem por linhas orientadoras o
Escolas gestão da escola/agrupamento Projecto Educativo, o Projecto Curricular de
Escola e o Regulamento Interno.
O director apoia a equipa da BE no
desenvolvimento das actividades propostas .

3.2 Gestão D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola /agrupamento. A BE tem em conta a solução para os
pedagógica problemas da escola e estabelece metas
claras e avaliáveis de acordo com os
documentos que regem o Agrupamento.
A BE pretende ser conhecida pela qualidade
dos serviços que presta.
3.3 Procedimentos D.1.4 Avaliação da BE na escola / agrupamento A BE possui e utiliza instrumentos de recolha
de auto-avaliação de informação qualitativa e quantitativa. Os
institucional instrumentos de recolha da informação são
aplicados de forma sistemática. Os relatórios
de avaliação são apresentados ao Director.
4- Ligação à 4.1 Articulação e C.2.4 Estimulo á participação e mobilização dos pais /encarregados
Comunidade participação dos de educação no domínio da promoção da leitura e do
pais/ encarregados desenvolvimento de competências das crianças e jovens que
de educação na frequentam a escola/agrupamento.
vida da escola
4.2 Articulação e C.2.3 Participação com outras escolas / agrupamentos e
participação das eventualmente com outras entidades (RBE, DRE,CFAE) em reuniões
autarquias. da BM/SABE ou outro grupo de trabalho a nível concelhio ou
interconcelhio.
4.3 Articulação e C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da respectiva A BE tenta promover a maior participação em
participação das escola/agrupamento ou desenvolvidas em parceria, a nível local ou projectos e parcerias e aumentar o grau de
instituições locais – mais amplo. intervenção a nível da comunidade educativa.
empresas,
instituições sociais
e culturais.
5- Clima e 5.1 Disciplina e A 2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes Pretende valorizar e desenvolver nos
ambiente comportamento indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo utilizadores um ambiente de confiança e de
Educativos cívico da vida. respeito mútuo, incutindo valores quer a nível
pessoal quer a nível da ética da informação.
5.2 Motivação e D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de A BE tem em conta a solução para os
empenho funcionamento da BE na escola/agrupamento. problemas da escola e estabelece metas
claras e avaliáveis de acordo com os
documentos que regem o Agrupamento.
A BE pretende ser conhecida pela qualidade
dos serviços que presta.
6- Resultados 6.1 Resultados A.1.6 Colaboração da BE com os docentes na concretização das Impacto do trabalho realizado em cooperação
académicos actividades curriculares desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por com a sala, nomeadamente na aplicação de
base os seus recursos. um modelo de pesquisa de informação, no
A.2.4. Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de sucesso escolar dos alunos.
informação dos alunos na escola/agrupamento. Trabalho colaborativo em sala de aula.
B3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos
alunos, no âmbito da leitura e da literacia.
6.2 Resultados D.1.4 Avaliação da BE na escola / agrupamento A auto-avaliação da escola deve integrar os
sociais da resultados.
educação
7- Outros Elementos Relevantes A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores na
para a caracterização da Escola escola/agrupamento
D.3.1 Planeamento/gestão da colecção de acordo com a
inventariação das necessidades curriculares e dos utilizadores da
escola.
D.3.4 organização da informação. Informatização da colecção.