You are on page 1of 4

Ficha de leitura

 Título: Marley e Eu

 Autor: John Grogan

 Editora e nº de Edição:
Casa das Letras, 18ª
Edição

 Género Literário: Texto
narrativo

 Tema: A história de vida de um cão

 Tipo de Linguagem: Linguagem corrente e familiar
O autor
Chama-se John Grogan, nasceu em 1957, em Detroit. É
colunista do Philadelphia Inquirer. Foi editor-chefe da
revista Organic Gardening, tendo trabalhado em vários
jornais americanos. Actualmente, vive num monte da
Pensilvânia, com a mulher, Jenny, e os três filhos, Conor,
Collen e Patrick. Depois da morte de Marley decidiram
ter outro cão e agora vivem com Gracie, uma cadela
labrador.

John é um contador de histórias nato.

A Obra
Este livro fala da vida de um cão labrador, que foi
acolhido por uma família de dois jovens apaixonados,
Jenny e John. Fala dos momentos bons e maus…das
aventuras improvisadas e das asneiras de Marley.
Destruía sofás, ruía almofadas, comia objectos de valor
e muito mais…

Passado algum tempo da chegada de Marley a esta
casa, começaram a chegar os filhos, Conor, Collen e
Patrick, três crianças apaixonadas pelo seu “furacão
destruidor”, Marley!

Marley era um cão muito activo e descontrolado,
passava o dia a fazer asneiras e era um cão que gostava
da companhia de pessoas, era muito brincalhão mas. no
entanto. dava muito prejuízo.

É uma história verídica e explica a influência de um cão
na vida de uma família, explica que aprendemos muito
com um animal e que ao longo do tempo amámo-lo como
um membro da família.

Depois de se mudarem para a Pensilvânia começou a
notar-se a velhice deste cão. Aconteceu o pior! Marley já
era velho e o seu enorme corpo já quase não se mexia…
muitos problemas de saúde, já era surdo e as suas patas
traseiras já não aguentavam com o seu físico. Por pouco
não foi sujeito a uma operação, mas depois de tanto
sofrimento, Marley viu o mundo pela última vez.
A personagem com quem me identifico é John, um
homem muito animado e brincalhão, que era louco por
Marley e nunca desistira de o tentar emendar. Acho que
é uma história divertida e aconselho que leiam este livro
pois é uma história verídica e demonstra perfeitamente
a paixão por animais e o quão lindo e divertido é vê-los
crescer e a viverem sempre connosco. Mostra o amor
sentido por este cão que foi amado e muito bem tratado
por esta família. O livro tem uma linguagem corrente e
familiar, é descrito em vários tempos e espaços pois
relata o dia-a-dia desta família, tem um desfecho triste
pois Marley morre no final mas é o que realmente
aconteceu na realidade.

Passagens do livro:

Ana Fernandes nº2 10ºE

Related Interests