You are on page 1of 7

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que
a Literatura Desafios. Acções
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica a implementar

O professor bibliotecário
Formação
tem uma dupla função.
efectuada no
Por um lado, como Intervenções em
âmbito das BE.
especialista no Conselho
tratamento, organização, A gestão do tempo Pedagógico e no
Relacionamento
transformação e difusão dispendido com o Boletim do
estabelecido com a
da informação deve criar atendimento e toda Conselho
comunidade
condições de acesso aos Falta de parcerias uma série de Pedagógico
educativa.
recursos e facilitar a com outras escolas tarefas burocráticas realçando a
toda a comunidade e instituições. com o tempo que importância da BE
Participação no
Competências do educativa a sua A formação que deveria ser na nova sociedade
Conselho
professor utilização. Por outro Alguma dificuldade tem vindo a ser dedicado à da informação.
Pedagógico.
bibliotecário lado, como professor, na utilização das oferecida formação e Conseguir manter
deve ensinar a utilizar inúmeras aquisição de uma funcionária em
Publicação de
correctamente os ferramentas da competências ao permanência na BE
artigos sobre a BE
recursos disponíveis. Web 2.0 nível das novas para o atendimento
no Boletim do
É-lhe, assim, exigido um ferramentas da e um professor de
Conselho
número maior de Web 2.0 apoio aos alunos
Pedagógico
competências e há uma que pretendam
distribuído a todos
maior pressão e fazer pesquisas ou
os professores,
expectativas com a elaborar trabalhos.
funcionários e
introdução das novas
Associação de Pais.
tecnologias na BE.
Conhecimento na área Biblioteca escolar

A existência de
documentos de
suporte a uma
eficiente gestão da Número reduzido
BE - Plano Anual de de professores Conseguir a
Actividades da BE e colaboradores. permanência a
Plano de Acção; tempo inteiro de
Devem ser A demasiada
Regulamento A maioria dos uma auxiliar de
desenvolvidas Os Projectos que burocracia que
Interno da BE; guia professores acção educativa
estratégias de gestão têm surgido como o envolve a
do utilizador; colaboradores têm com formação em
baseadas na recolha aler+, PNL, Leitura participação nos
Instrumentos de blocos de 45’ o que BE.
Organização e Gestão sistemática de vai-vem, etc. têm projectos,
recolha e registo inviabiliza um
da BE evidências sendo a permitido um maior nomeadamente o
sistemático de trabalho de Conseguir que os
avaliação fundamental envolvimento das preenchimento de
dados para continuidade. professores
no processo de gestão. várias estruturas do formulários,
avaliação da colaboradores
Agrupamento. questionários,
actividade da BE. A auxiliar de acção tenham mais horas
avaliação, etc..
Elaboração de educativa com atribuídas e nunca
estatísticas com os formação não está blocos com menos
dados recolhidos. a tempo inteiro na de 90’.
Organização e BE.
actualização
permanente dos
dossiês.
A BE deve disponibilizar A existência de um A dependência do As orientações do
um conjunto de recursos documento que orçamento da BE PNL para aquisição Mobilizar a
de informação em define a Política de das receitas da de livros têm comunidade
Falta de verbas
Gestão da Colecção diferentes ambientes e Desenvolvimento papelaria facilitado a educativa para a
para aquisição de
suportes actualizados e da Colecção Impossibilidade de articulação com os oferta de livros e
materiais
adequados em extensão aprovado em atender a todas as Departamentos outros recursos
e qualidade às Conselho sugestões de Curriculares e a para a BE.
necessidades dos Pedagógico. aquisição de aquisição dos livros
Conhecimento na área Biblioteca escolar

utilizadores, o que materiais em recomendados.
implica a afectação de O tratamento especial no que se
fundos que nem sempre técnico da refere aos
são suficientes nem documentação tem documentos
entendidos como sido assegurado electrónicos
prioritários por uma colega da
equipa com O tratamento
formação. técnico da
documentação da
Boa articulação outra escola do
conseguida com os agrupamento não é
diferentes assegurado pela
Departamentos Câmara Municipal
com vista à (só foi o inicial)
aquisição de
recursos.
O grande desafio que se Produzir, em
coloca à escola de hoje é colaboração com as
A BE como espaço como transformar a diferentes
de conhecimento e informação em estruturas
aprendizagem. conhecimento. A articulação de O elevado número pedagógicas,
Trabalho A dificuldade está em actividades tem A integração de um de professores materiais
fazer entender aos pares sido conseguida Envolver todas as número elevado de novos na escola didácticos, guiões
colaborativo e
e à Direcção da escola a com diferentes estruturas da professores pode pode dificultar a de pesquisa e
articulado com importância do Professor departamentos e escola. trazer novos comunicação entre documentos de
Departamentos e Bibliotecário e da BE nas com a maioria dos desafios à BE. a equipa da BE e apoio aos alunos.
docentes. aprendizagens dos PCT. esses professores. Organizar
alunos. Daí resulta a actividades
importância de que se conjuntas com a
reveste a implementação outra escola do
de projectos que agrupamento.
Conhecimento na área Biblioteca escolar

envolvam toda a
comunidade educativa.
Articular as
actividades do PAA
A formação para a
com as actividades
Necessidade de se leitura e para as
a desenvolver no
convencerem os literacias A diminuição de
âmbito do Projecto
governantes de que a constituem horas atribuídas a
Charneca aLer+
literacia da informação objectivos do Projecto Charneca professores
- Desenvolver
deve fazer parte dos Projecto Educativo aLer+, que visa a colaboradores e à
actividades de
objectivos da e Curricular do criação de uma equipa pode
Formação para a Os alunos do 3º animação à leitura
escolaridade e que a BE Agrupamento e do cultura integrada inviabilizar a
ciclo aderem pouco nas duas escolas do
leitura e para as tem um papel Contrato de de leitura. realização de
às propostas de Agrupamento –
literacias fundamental no Autonomia. actividades.
actividades que Feiras do Livro,
desenvolvimento das Outros Projectos
envolvam Concurso de leitura,
literacias da leitura e da A BE realiza como o Concurso Falta de adesão dos
autonomia Livro/autor do mês,
informação. múltiplas Nacional de Leitura, alunos do 3º ciclo e
Hora do Conto… no
actividades de a Leitura Vai-vém, de alguns
âmbito do Projecto
promoção da leitura etc. professores a
Charneca aLer+
e da escrita e propostas de
- Actualizar os
aquisição de actividades da BE.
guiões de leitura de
competências de
acordo com os
informação.
diferentes níveis de
escolaridade.
A nova sociedade da A disponibilização Falhas na rede que Actualização
Falta de equipas
informação e os novos de quatro impossibilitam por permanente da
especializadas que
ambientes digitais computadores em vezes trabalhos em página e divulgação
BE e os novos possam fazer a
implicam mais formação livre acesso e com simultâneo ou Plano Tecnológico das actividades
ambientes digitais. manutenção dos
do professor- acesso à Internet, inviabilizam desenvolvidas e
novos
bibliotecário e melhores além de uma sala actividades recursos
equipamentos.
recursos na BE. anexa com 10 programadas. disponíveis.
Conhecimento na área Biblioteca escolar

computadores.

A actualização da
página Web da BE,
disponibilizando
diversos recursos
como os guiões de
leitura e pesquisa,
ligações a sites de
interesse, catálogo
on-line.
Análise e balanço
trimestral
São as acções e as (apresentado em
evidências da BE que Conselho
A necessidade da
podem mostrar o Pedagógico e
divulgação do
verdadeiro impacto nas divulgado no
modelo de auto-
aprendizagens dos Boletim do CP) das Implicar a
avaliação em A quantidade
alunos. requisições comunidade
Dificuldade em Conselho excessiva de
domiciliárias, educativa no
aplicar todos os Pedagógico e inquéritos pode
Gestão de evidências/ É necessária uma frequência da BE e processo de
questionários recolha de levar à
avaliação. recolha sistemática de actividades avaliação da BE,
necessários a uma recomendações desmotivação dos
evidências que desenvolvidas. sem burocratizar
avaliação correcta daquele orgão inquiridos para o
conduzam a uma Balanço anual em demasia esse
poderá implicar seu preenchimento.
avaliação eficaz da BE. quantitativo e processo.
mais os docentes
qualitativo do plano
no envolvimento
de actividades;
com a BE/CRE.
Inquéritos aos
professores,
funcionários e
alunos;
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Instrumentos de
avaliação propostos
pelo modelo de
Auto-avaliação da
RBE.

Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

A BE assume um papel
central na resposta que
a escola tem de dar aos
desafios da nova
sociedade da
informação. Por isso, é
importante desenvolver Intervir junto das estruturas pedagógicas
estratégias de gestão e do Agrupamento para realçar o papel da
integração da BE na BE nas novas dinâmicas que a escola
escola e no Fazer entender à Direcção e a toda a
deve assumir.
A integração da BE na escola e no processo de comunidade educativa o papel e a
desenvolvimento
ensino/aprendizagem importância da BE para a melhoria das
curricular baseadas na Organizar sessões e actividades que
recolha de evidências aprendizagens.
permitam dar a conhecer a organização,
que conduzam a uma recursos e serviços da BE e motivem para
avaliação que permita a sua utilização.
aferir a eficácia dos
serviços e o impacto
nas atitudes,
comportamentos e
competências dos
nossos alunos.
Formanda: Maria Cecília Nunes de Almeida – Agrupamento de Escolas da Charneca de Caparica