You are on page 1of 6

ACTIVIDADE Nº 1

D. Gestão da BE

D.3 Gestão da Colecção/da informação

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos
Evidências

A política documental encontra-se definida para Documentação que define o A BE, em cooperação e colaboração com a
escola/agrupamento. desenvolvimento da colecção: Política de Direcção da Escola e com o CP, elaborou um
A política documental materializa-se num processo desenvolvimento da Colecção. documento onde está definida uma Política de
integrado e contínuo de avaliação da colecção ou desenvolvimento da Colecção.
D.3.1 Planeamento/gestão da colecções da escola, na inventariação de Registo de relatórios/planificações.
Colecção de acordo com a necessidades e na sua actualização sistemática. A BE promove sistemáticos momentos de
inventariação das Registo de contactos. reflexão e avaliação da sua colecção.
A política de desenvolvimento da colecção está
necessidades curriculares e formalizada e foi submetida ao parecer do conselho
dos utilizadores da Actas de reuniões do CP. A BE orienta as suas práticas de selecção,
pedagógico, definindo um conjunto de normas para aquisição, desbaste de documentação de
escola/agrupamento. a selecção, desbaste, aquisição, organização e Actas da Equipa da BE com o Director. acordo com as normas estabelecidas.
circulação dos recursos de informação.
A escola/agrupamento participa na definição dessa Análise da colecção (CK2). A BE teve uma atitude pró-activa em reuniões
política que é aprovada pelos órgãos de direcção, do CP e junto do Director
administração e gestão (conselho geral, director, Caixa de sugestões.
conselho pedagógico, conselho administrativo), A BE tomou conhecimento de informação, sobre
garantindo consistência ao trabalho da equipa e Estatísticas. as necessidades relativas à colecção, contida
assegurando mais facilmente as exigências de nos Projectos Educativo, Curricular de
financiamento anuais. Agrupamento e Projectos Curriculares de
Turma.
As práticas de avaliação, de desbaste, de selecção
e aquisição de documentação são realizadas de A BE atendeu às sugestões e necessidades dos
acordo com as orientações definidas. alunos, professores e funcionários.
As necessidades de informação, decorrentes do
A BE reuniu com os Departamentos da Escola,
projecto educativo, de projectos em
com educadores e professores do 1º ciclo do
desenvolvimento e dos perfis curriculares dos
Agrupamento.
diferentes anos/ matérias são inventariadas.
A documentação existente em cada BE/escola e as A BE tem uma verba anual para aquisição de
necessidades ao nível do agrupamento são material.
avaliadas e existe uma gestão integrada que
A BE dispõe de catálogo informatizado.

1
ACTIVIDADE Nº 1

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos
Evidências

promove a circulação da documentação. A BE disponibiliza o catálogo na sua página
A rede partilhada de documentação pode envolver Web.
outras bibliotecas a nível local e a BM.
As normas que regem a partilha de documentação e
a gestão cooperativa da colecção estão
formalizadas e integram a política de
desenvolvimento da colecção.
Os órgãos de administração e gestão atribuem
anualmente uma verba para actualização da
documentação.

A colecção é equilibrada em quantidade, entre Resultados da avaliação da colecção A BE promove sistemáticos momentos de
suportes (impresso e não impresso) e entre as reflexão e avaliação da sua colecção.
D.3.2 Adequação dos livros e diferentes áreas (recreativa e relacionada com o Estatísticas de empréstimo
de outros recursos de currículo), garantindo condições de acesso e uso a A BE conclui que se encontra deficitária a
informação (no local e online) todos os utilizadores. Questionário a professores (QD3) colecção relativa à leitura recreativa de
às necessidades curriculares empréstimo domiciliário.
e aos interesses dos Os livros e outros recursos de informação são Questionário a alunos (QA4)
utilizadores na adequados à faixa etária, à curiosidade intelectual e A BE reuniu com os Departamentos da Escola,
escola/agrupamento. aos interesses dos utilizadores Livro/Caixa de sugestões com Educadores e Professores do 1º ciclo do
Agrupamento e coordenadores do Projecto de
Os livros e outros recursos de informação Outras estatísticas Leitura do Agrupamento.
respondem às necessidades do currículo nacional,
do Projecto Educativo de Escola e dos Projectos …% de professores considerou suficiente a
Curriculares das Turmas. adequação da colecção às necessidades
pessoais de documentação e ao trabalho
A selecção dos fundos documentais tem em conta pedagógico com os alunos; …% professores
necessidades identificadas junto dos considerou boa a disponbilização de recursos e

2
ACTIVIDADE Nº 1

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos
Evidências
Departamentos curriculares e outros utilizadores, de ferramentas Web para acesso, produção e
de acordo os critérios definidos na Política de difusão de informação; …% de professores
Desenvolvimento da Colecção. avaliou como suficiente o actualidade dos
Os recursos documentais são anualmente fundos documentais existentes e
actualizados, respondendo em termos de qualidade, disponibilizados (QD3).
variedade e relevância às necessidades dos …% de alunos referiu que encontra sempre o
utilizadores. livro ou documento que procura; …%
respondem com um suficiente em relação à
actualidade dos documentos e à qualidade da
informação que veiculam; …%dos alunos
costuma aceder à página da BE; …% dos
alunos conhece e usa a Wiki da BE; …% dos
alunos sabe usar e utiliza o catálogo da BE.
(QA4)

A BE assegura a circulação de fundos documentais Estatísticas de empréstimos. A BE promoveu actividades, ao longo do ano,
D.3.3 Uso da colecção pelos em todo o agrupamento. para o desenvolvimento das literacias da
utilizadores da Fichas de registo do material em informação.
escola/agrupamento. A BE implementa o empréstimo domiciliário e os circulação.
fundos documentais são suficientes para as A BE disponibilizou informação relativamente à
necessidades dos utilizadores. Trabalhos realizados na biblioteca ou em organização da colecção no espaço BE.
colaboração com a BE no contexto do
A BE realiza um trabalho de valorização e uso da informação. A BE dinamiza o Projecto de Leitura Livros
motivação para o valor e uso da documentação nas Vivos em todo o Agrupamento.
práticas de ensino e aprendizagem. Questionário a docentes (QD3).
A BE preparou, ao longo do ano, a circulação
A BE forma para o uso e integração da informação Questionário a alunos (QA4). pelas escolas do Agrupamento das Caixinhas
nas actividades diárias e de aprendizagem. Livros Vivos.
Análise da colecção (CK2).
Os alunos procuram os recursos documentais para …%dos alunos considerou suficiente a
se recrearem ou para o trabalho escolar. Estatísticas da Página da BE. existência de Livros para apoio ao estudo e para
a realização dos trabalhos de casa; …% dos
Os docentes recorrem à documentação para a sua alunos acedeu à página Web da BE e usou o

3
ACTIVIDADE Nº 1

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos
Evidências
actividade lectiva e incentivam a sua utilização, Tag referente ao Apoio Curricular. (QA3)
apresentando propostas de trabalho conducentes …% dos professores considerou satisfatória a
ao seu uso. diversidade da colecção em áreas temáticas e
em suportes, incluindo recursos organizados
A BE produz instrumentos de apoio ao uso da online; …% dos professores utiliza pouco os
colecção e desenvolve competências de pesquisa recursos da BE;
nos utilizadores. …% dos professores considerou que a BE
contribuiu de forma positiva para melhorar a
qualidade do trabalho escolar e o nível de
competências dos alunos; …% dos professores
considerou muito satisfatório o trabalho da BE
na criação de instrumentos de apoio aos
utilizadores e na criação de condições de
acesso e de acompanhamento aos utilizadores.
(QD3)

A BE tem a sua colecção organizada seguindo
A informação está organizada segundo linguagens Registos/relatórios do programa de as normas da CDU.
normalizadas (na catalogação, classificação e gestão bibliográfica.
D.3.4 Organização da indexação) que garantam uma eficaz recuperação A BE procedeu a uma reestruturação da
informação. Informatização da da informação. Nível de tratamento e de organização da organização da colecção, introduzindo as
colecção. informação. etiquetas de cores.
Está implementado um sistema de gestão
bibliográfico automatizado que permite a Existência de catálogos informatizados A BE disponibilizou informação relativamente à
simplificação de um conjunto de processos online. organização da colecção no espaço BE.
inerentes ao circuito do documento e à difusão e
pesquisa da informação. Análise da colecção (CK2). A BE trabalha com o programa PorBase e com
as suas valências.
Os utilizadores recuperam a informação
manualmente ou através da consulta automatizada A BE possui um catálogo automatizado e
do catálogo. pesquisável online.

O catálogo é pesquisável online e associa recursos
digitais.

4
ACTIVIDADE Nº 1

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos
Evidências

A BE realiza actividades de Documentos/ instrumentos produzidos A BE tem feito um trabalho sistemático e
D.3.5 Difusão da Informação. apresentação/exposição de livros e outros recursos em diferentes formatos. coordenado na promoção/divulgação do livro e
de informação. de outros recursos da informação.
Actas de reuniões (Equipa da BE).
A BE organizada e difunde listagens de recursos de
informação (documentos impressos, recursos Guia do Utente. A BE tem uma página da Biblioteca,
digitais e online) adequados a temáticas diversas, apresentando vários recursos, com hiperligação
de âmbito curricular ou associadas a determinado Análise da colecção (CK 2). para a página da Leitura.
projecto.
A BE utiliza aquelas páginas e recursos da Web
A BE produz guias e tutoriais sobre assuntos, 2.0 para a difusão da informação.
autores, ou outros.
A BE promoveu sessões formativas/informativas
A BE cria instrumentos de promoção da colecção e sobre os recursos impressos e online existentes
de divulgação de recursos de informação: boletim na BE.
informativo, newsletter, folhetos, guiões de leitura,
biografias ou listas bibliográficas de autores, outros. A BE promoveu sessões para todas as turmas
da escola, para a promoção da Leitura e da
A BE recorre a estratégias formativas e de Biblioteca.
interacção com os utilizadores, através de webquest
testes, jogos ou outras ferramentas que desafiem a
sua curiosidade acerca de um livro ou assunto.

A BE usa a página web e a denominada segunda
geração de serviços disponibilizados – blogs, wikis,
o RSS, o YouTube – para difusão da informação.

3. O variado conjunto de métodos quantitativos e qualitativos e de técnicas de recolha de informação de que a BE dispõe para avaliar determinado (s) indicador (es) revela-se
muito importante para uma correcta recolha das evidências, uma vez que havendo mais diversidade na selecção desses métodos torna-se possível obter uma informação
mais consistente e fiável. É a partir daqui que se identificam os pontos fortes e fracos, se priorizam necessidades e se traçam acções de melhoria.
Foi nesta perspectiva que seleccionamos aqueles instrumentos de recolha para avaliar os indicadores 3.1, 3.2, 3.3, 3.4 e 3.5.

5
ACTIVIDADE Nº 1

Estabelecer uma política documental é essencial para gerir todo o fundo documental existente de acordo com os objectivos e missão da Escola, de modo a permitir um
desenvolvimento equilibrado das diferentes áreas do fundo documental da biblioteca. É fundamental que a BE se oriente, estabelecendo prioridades acerca da selecção,
abate, aquisição, organização, preservação e manutenção dos materiais da BE. A elaboração deste documento, envolvendo a escola e aprovado em CP, deve estar deve
atender aos Projectos Educativo e Curricular da Escola, ao Currículo Nacional e às necessidades da Escola. A existência deste documento, a par de outros registos como
relatórios, planificações, actas (verdadeiros, abrangentes e fiáveis testemunhos) vão funcionar como instrumentos de recolha de informação muito úteis para o nosso
trabalho de avaliação.
Os questionários aos alunos e aos professores permitem abarcar um elevado número de pessoas e obter também um elevado número de respostas, proporcionando
grandes possibilidades de análise. Os modelos apresentados no documento Modelo de auto-avaliação da biblioteca escolar como instrumentos de avaliação deste
subdomínio Gestão da Colecção/informação estão muito completos, abarcando áreas chave de análise, com questões (de resposta fechada) muito objectivas e precisas,
podendo depois a informação ser mais facilmente trabalhada e comparada.
Os dados estatísticos (que podem incidir sobre várias áreas/campos de análise) também será utilizado como um bom e fiável instrumento de recolha de evidências, pois
pode completar e complementar uma série de dados. Através deste instrumento, conhecemos as requisições e empréstimos, (domiciliário e aula) as visitas à página Web da
B, tags mais consultados, tempo de permanência em cada um; ao catálogo da BE…nº de sessões de formação de utilizadores organizadas com as turmas na BE…
Também vamos fazer uso de outros instrumentos de análise de informação proveniente de registos variados, guia do utente, caixa de sugestões, ….
Seleccionados e aplicados os instrumentos, estamos assim em condições de desenvolver uma análise sobre a performance da biblioteca, neste Subdomínio.

6