SABEDORIA PARA

VENCER
MIKE MURDOCK
SUMÁRIO
CAPÍTULO 1 - Como desfrutar uma vida vitoriosa?
7 Segredos do sucesso pessoal
CAPÍTULO 2 - Como ter entusiasmo num mundo de
desânimo?
4 coisas que você, como um vencedor, deve fazer
CAPÍTULO 3-7 obstáculos para o sucesso incomum
7 obstáculos que roubam de você o sucesso incomum
4 características de um inimigo
4 qualidades de um amigo sábio
Questões profissionais importantes
CAPÍTULO 4-10 ingredientes para o sucesso
10 poderosas chaves que firmarão seus passos rumo ao
mundo dos vencedores
CAPÍTULO 5 - Como sentir-se bem acerca de si mesmo?
O que é felicidade?
Você se sente bem acerca de si mesmo?
Um relacionamento com Deus é imprescindível
Relações familiares são vitais
A amizade é melhor que o ouro
CAPÍTULO 6-O complexo do gafanhoto
CAPÍTULO 7 - Nascido para saborear uvas
11 benefícios prometidos por Deus
2 princípios importantes a respeito das "uvas da bênção
7 portas de acesso às "uvas da bênção"
CAPÍTULO 8 - Seus objetivos e como alcançá-los
4 razões por que alguns nunca definem objetivos
5 passos para alcançar os seus objetivos
CAPÍTULO 9-10 mentiras em que muitos acreditam sobre
dinheiro
10 mentiras em que muitas pessoas acreditam sobre dinheiro
Deus é a sua fonte!
Deus dá riqueza
A prisão do crédito
Retorno de 100 vezes mais
Uma palavra aos ministros
Egoísmo versus autopreservação
CAPÍTULO 10 - Ganância, riquezas e ofertas
3 coisas a considerar
CAPÍTULO 11 - O fator amor no dar
6 princípios sobre dar
CAPÍTULO 12 - A lei da liberalidade
A lei do crescimento é uma lei da vida
A lei da liberalidade
4 milagres da liberalidade
CAPÍTULO 13 - Como alcançar a felicidade em seu
trabalho?
8 fatos que você deve saber sobre o trabalho
20 chaves para vencer no trabalho
CAPÍTULO 14 - 20 chaves de sucesso para um casamento
melhor
20 chaves para um casamento bem-sucedido
O sucesso de nossos filhos
CAPÍTULO 15 - A tragédia do divórcio
CAPÍTULO 16 - Como vencer a amargura?
Por que eu quase deixei o ministério?
11 etapas para superar amargura
CAPÍTULO 17 - Como sair da depressão?
5 passos para sair da depressão
Qual é o segredo?
CAPÍTULO 18 - Solidão, amor e o cristão solteiro
Ciclos emocionais
A grandeza é um processo
Segredos de vitória para solteiros
A solidão pode ofuscar sua capacidade de julgamento.
Uma palavra de cautela!
Discernindo o verdadeiro amor
3 provas do amor incomum
CAPÍTULO 19 - A juventude e a armadilha do sexo
Existe uma saída
Desejo
Direção
Decepção
Um boi, um louco e uma ave
Atenção ou admiração?
Decisão
Destruição ou libertação?
Descobertas
Disciplina
6 áreas de sua vida que devem ser disciplinadas
CAPÍTULO 20 - Como transformar seus erros em milagres?
15 poderosas chaves que podem transformar seus erros em
milagres
Jesus se importou com os outros
CAPÍTULO 21 - Se você quer um milagre, siga essas
instruções
7 passos para receber o seu milagre
CAPÍTULO 22 - Os segredos da oração de sucesso
Por que devemos orar?
O que faz a oração?
Onde você deve orar?
Por que orar?
2 tragédias que acontecem quando você se recusa a orar
5 obstáculos à sua vida de oração
7 razões para orações não respondidas
7 chaves para orações respondidas
5 importantes hábitos de oração
CAPÍTULO 23 - Como ler e entender a Bíblia?
CAPÍTULO 24 - A chave de ouro de Deus para o seu
sucesso
3 importantes chaves
3 razões por que Deus deseja
o seu sucesso
O que é sucesso?
O verdadeiro sucesso
Mantenha-se fiel ao cronograma de sucesso estabelecido por
Deus
Chaves de ouro de Deus
O que é entendimento?
Lucro em 30 dias!
De onde vem o entendimento?
Programa de estudo para o seu sucesso
Aprendendo o caminho do vencedor
Cultive uma nova autoimagem
Seu autorretrato
O Responsável pelo sucesso
Vencendo a mentalidade de escravo
O que você faz acontecer aos outros, Deus fará acontecer a
voce
Área de sucesso
Aonde você quer chegar?
CAPÍTULO 25 - Bem-vindo ao mundo dos vencedores
12 coisas que você pode esperar de Deus
Chaves de poder que você pode usar
6 chaves de poder para lembrar
6 coisas que você deve eliminar da sua vida
3 coisas que você deve consagrar a Deus
2 forças de sucesso que você deve ativar
Uma palavra final
Princípios de Sabedoria
1
COMO DESFRUTAR UMA VIDA VITORIOSA?
Eu amo ver as pessoas alcançando o sucesso. E assim
também é Deus, o Criador. Como o artista valoriza sua
pintura, e o mestre artesão, a qualidade do violino que criou,
assim o nosso Criador valoriza os sonhos, os objetivos, a
excelência da vida e a felicidade que você e eu estamos a
desfrutar.
Sucesso é ser feliz. E a felicidade é basicamente sentir-se
bem a respeito de si mesmo, de sua vida e de seus planos.
Ou, como diz um de meus amigos, "sucesso é alegria!"
Duas forças são vitais para a felicidade: nossos
relacionamentos e nossas realizações.
O evangelho tem duas forças: a pessoa de Jesus Cristo e os
princípios que Ele ensinou. Veja, uma coisa é o Filho de
Deus; outra, o sistema de Deus. Uma coisa é a vida de Deus;
outra, a lei de Deus. Uma coisa é o rei; outra, o reino. Uma
coisa é a experiência com Deus; outra, a sabedoria de Deus.
Uma coisa é um relacionamento de coração; outra, um rela-
cionamento da mente.
A salvação é experimentada instantaneamente; os princípios
da sabedoria de Deus são aprendidos progressivamente.
Ambos são absolutamente essenciais para o completo
sucesso e felicidade.
Você pode ser membro de uma igreja e ter uma experiência
religiosa, mas, sem o conhecimento das leis de sucesso
reveladas nas Escrituras, viverá contínuos períodos de
frustração. A sabedoria de Deus é uma necessidade para as
situações que surgem na vida diária.
Você pode ser membro de uma igreja, ou até mesmo ser um
cético, e ainda assim experimentar sucesso e realização
social, financeira e familiar por meio da simples aplicação
das leis da vida, conforme orienta a Bíblia. Mas, sem a
experiência com Jesus Cristo, o Filho de Deus, você sempre
terá um grande sentimento de vazio e solidão, uma
consciência de que algo está faltando em sua vida. A
promoção no emprego, a construção de um império
financeiro e a aceitação social aumentarão e acentuarão esse
vazio, em vez de preenchê-lo. Deus não criaria um mundo
onde Ele não fosse necessário.
Por meio da busca diligente por princípios para uma vida de
sucesso, de repente tomei conhecimento dessas duas forças:
a pessoa de Jesus e os princípios que Ele estabeleceu e
ensinou. A combinação dessas duas forças chamo o caminho
do vencedor.
O sistema que encontrei nas Escrituras funcionou. Isso tem
multiplicado minha alegria mil vezes mais. Escrevi este livro
para você. Oro para que em cada página sejam reveladas as
condições necessárias para que você avance, e seja mais feliz
do que jamais foi.
E tempo de desfrutar a sabedoria para vencer. Você merece,
e Deus reservou isso para você. Enquanto lê este livro,
assinale as páginas e os parágrafos que o ajudarão a construir
a sua história. Reveja-os toda semana. Faça deste livro o seu
livro de sabedoria para vencer.
Sucesso é a progressiva realização dos sonhos de Deus. E a
realização da vontade e dos planos do Pai para nós. E
importante que tenhamos um sonho ou um propósito em
nossa vida. José tinha um sonho. Jesus tinha um propósito.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 1:
Uma vida produtiva não é obra do acaso.
Os nossos objetivos devem ser dirigidos pelo Senhor. Davi
queria construir o templo. Mas este seu desejo não era o de
Deus. Salomão era o construtor escolhido por Deus.
Algumas vezes nossos desejos são contraditórios aos planos
de Deus. Como saber a diferença? Consultando o Pai. Por
meio da leitura da Bíblia e do tempo dedicado à oração,
descobriremos os planos de Deus, que geralmente são
revelados passo a passo.
Se você deseja algo persistentemente, provavelmente é uma
indicação de que Deus quer você envolvido em tal projeto
em particular. Por exemplo, Deus escolheu Salomão para
construir o templo, mas Davi preparou os materiais.
Obviamente, devemos saber o que Deus deseja que façamos,
antes de realizar tal coisa. Atente para os sinais. Ouça o
Espírito. Avalie. Cultive a resposta imediata à voz de Deus.
Evite o desperdício de tempo em sua vida. Concentre-se em
seu relacionamento com Deus. Rejeite todas as reações e
todos os comentários que reproduzam dúvida e derrota.
Jesus não dispensou a mesma qualidade de tempo aos
fariseus que dedicou à mulher samaritana. Ele discerniu o
propósito de cada conversa; sabia se vinha de um coração
faminto, ou se era apenas uma crítica. O vencedor conhece
o poder das palavras.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 2:
Nunca fale palavras que façam Satanás acreditar que ele está
vencendo.
Recuse-se a liberar palavras de derrota, depressão e
desânimo. Suas palavras são vida. Expresse esperança e
confiança em Deus. Fique muito entusiasmado planejando o
seu triunfo, e não haverá tempo para reclamar das perdas do
passado.
O vencedor espera oposição. Reconheça que a adversidade
tem vantagens. Ela revela a profundidade das amizades. Ela o
forçará a buscar informações mais precisas. Ela o ajudará a
decidir em que você realmente acredita.
O vencedor conta com sabedoria especial. E, se algum de
vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá
liberalmente e não o lança em rosto; e ser-lhe-á dada (Tiago
1.5).
Sabedoria é a capacidade de interpretar uma situação aos
olhos de Deus. Sabedoria é ver o que Deus vê.
Entendimento e sabedoria são as chaves de ouro para vencer
todas as batalhas da vida. E você os adquire por meio do
estudo da Palavra. A exposição das tuas palavras dá luz e dá
entendimento aos símplices (Salmos 119.130).
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 3:
A adversidade é o solo fértil para os milagres.
Os vencedores são diferentes da multidão. Nunca justifique
o fracasso. Recuse-se a afundar na lama, colocando a culpa
nos outros. Procure a saída.
A felicidade começa pelo que você ouve. Sua mente é a sala
de estar das circunstâncias do amanhã. Aquilo que se passa
em sua mente será realidade. Logo, o gerenciamento da
mente é a primeira prioridade para um vencedor. Quanto ao
mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto,
tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável,
tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há
algum louvor, nisso pensai (Filipenses 4.8).
Os vencedores são apenas ex-perdedores que ficaram
furiosos. Eles se cansaram do fracasso.
O dia em que você ficar irado com o seu fracasso será o dia
em que você começará a vencer. A vitória não começa ao
seu redor, começa dentro de você. Marque o dia de hoje em
seu calendário. Declare que os mais felizes e produtivos dias
da sua vida estão começando hoje! Nunca desista. Você
pode estar a alguns minutos do seu milagre.
Quando você toma uma decisão, o sucesso é apenas uma
questão de tempo.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 4:
Aqueles que não estão dispostos a perder, raramente
perdem.
7 Segredos do sucesso pessoal
1. Defina o objetivo específico que você quer alcançar.
Concentre-se em uma prioridade por vez. Uma coisa faço, e
é que [...] prossigo para o alvo (Filipenses 3.13b, 14a). Evite
distrações. O homem de coração dobre é inconstante em
todos os seus caminhos (Tiago 1.8). Sempre tenha certeza da
aprovação de Deus.
2. Trace um mapa detalhado e estabeleça prazos. Escreva
uma lista detalhada de atividades. Relacione os pontos a
serem conferidos. Organize o seu tempo. Remindo o tempo,
porquanto os dias são maus (Efésios 5.16).
3. Visualize-se constantemente conquistando seu objetivo.
Aquilo que se passa em sua mente se transformará em
realidade. Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto,
tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável,
tudo o que é de boa fama [...] nisso pensai (Filipenses 4.8).
Declare sua vitória. E chama as coisas que não são como se
já fossem (Romanos 4.17). Fale e pense por meio de
"fotografias de sucesso".
4. Informe-se. Obtenha todas as informações importantes a
respeito de seu objetivo. Os sábios escondem a sabedoria
(Provérbios 10.14). O meu povo foi destruído porque lhe
faltou o conhecimento (Oséias 4.6). Observe. Leia.
Mantenha um "arquivo de informação". Utilize a experiência
dos outros. Anda com os sábios e serás sábio (Provérbios
13.20).
5. Crie um clima de confiança em todas as circunstâncias.
Fale sobre suas expectativas de sucesso, e não sobre suas
experiências de fracasso. A morte e a vida estão no poder da
língua (Provérbios 18.21). Reveja conquistas anteriores em
sua mente. Lembre-se de que sua suficiência vem de Deus.
Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa,
como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus
(2 Coríntios 3.5). No qual temos ousadia e acesso com
confiança, pela nossa fé nele (Efésios 3.12). Sua posição de
superioridade sobre as circunstâncias foi estabelecida quando
você se tornou um filho de Deus. O mesmo Espírito testifica
com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós
somos filhos, somos, logo, herdeiros também, herdeiros de
Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele
padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores,
por aquele que nos amou (Romanos 8.16,17,37).
6. Ajude outros a tornarem-se bem-sucedidos.
Auxilie outros a descobrirem seus dons, talentos e sonhos.
Você colhe aquilo que semeia. Meu lema pessoal veio do
Espírito Santo há mais de 20 anos, no quinto dia de um
jejum. Foi às 2h30min da manhã, enquanto eu orava em
minha pequena garagem/escritório, em Houston, Texas: o
que você faz acontecer aos outros, Deus fará acontecer a
você. Quando Jó orou por seus amigos, Deus mudou a sorte
dele (veja Jó 42.10). Quando a pobre viúva alimentou o
profeta, Deus a alimentou também (veja 1 Reis 17). O
apóstolo Paulo entendeu isso como a lei dos
acontecimentos. Sabendo que cada um receberá do
SENHOR todo o bem que fizer (Efésios 6.8).
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 5:
A vida muda quando as prioridades diárias mudam.
7. Valorize seu relacionamento com Deus.
Reconheça o Senhor como o Abençoador. Ele nunca trará
desvantagem a você. Seu relacionamento com Ele será
sempre um trunfo. Deus deseja que você seja bem-sucedido.
O SENHOR [...] ama a prosperidade do Seu servo (Salmos
35.27). Leia a Bíblia com o auxílio de um cronograma diário.
Pratique o poder da oração. Faça Jesus Cristo Senhor da sua
vida. Une-te, pois, a Deus, e tem paz, e, assim, te sobrevirá o
bem (Jó 22.21). Nos dias em que buscou o SENHOR, Deus o
fez prosperar (2 Crônicas 26.5b).

2
COMO TER ENTUSIASMO NUM MUNDO DE DESÂNIMO?
Isso intriga o mundo. E quase um fenômeno. Do que estou
falando? De um entusiasta, uma pessoa feliz! Há algo
magnético e poderoso a respeito de um cristão vitorioso. As
pessoas são atraídas por um cristão firme e animado!
Muitos escrevem durante cruzadas e seminários me
perguntando: "Com os problemas atuais, 68 mil jovens
contraem DST diariamente, 1.200 alcoólatras surgem a cada
dia! Como você pode manter seu espírito elevado em um
mundo decadente como esse?"
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 6:
A felicidade acontece quando você se move em direção ao
que é certo para você.
Acredite, você pode. Isso é possível. Independente de sua
situação familiar, de seu poder financeiro ou de seus
fracassos do passado, você pode acelerar os passos em
direção a uma área de vitória e ficar entusiasmado quanto à
vida.
Em Efésios 2.6, é dito: E [Deus] nos ressuscitou juntamente
com ele [Cristo], e nos fez assentar nos lugares celestiais, em
Cristo Jesus. Deus nos destinou a estar num lugar superior,
acima de. Ele tem um plano para nos levar até lá. Espiritual,
mental, emocionalmente.
4 coisas que você, como um vencedor, deve fazer
1. Reformule seu conceito sobre Deus. Qual é sua idéia e
opinião sobre Deus? Para você, Ele é um ditador carrasco ou
um pai amoroso? Leia Lucas 15, e encontrará uma descrição
do Pai que Jesus conheceu. A total obediência e respeito que
Jesus tinha por Seu Pai indicavam a imagem de Deus que Ele
possuía em mente, resultando em confiança. Vá além
daquilo que tem ouvido ou imaginado de Deus. Leia os
Evangelhos. A natureza, a compaixão, o amor do Pai são
refletidos por meio das atividades e atitudes de Jesus cristo.
Jesus separou tempo para conversar com uma mulher
samaritana, com crianças, com um cobrador de impostos em
uma árvore. Pessoas importavam para Jesus. Dedique tempo
desenvolvendo um conceito apropriado de Deus.
Reconstrua a imagem mental que reforce a sua fé na direção
dele. Por meio de bons livros, de canções inspiradas e ao
compartilhar o dele amor com os outros, você corrigirá e
ampliará o seu conhecimento de Deus.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 7:
Ninguém tem sido tão perdedor quanto Satanás.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 8:
Aqueles que não respeitam o seu tempo não respeitarão sua
sabedoria também.
4. Reconstrua uma boa imagem de si mesmo.
Os pais, a escola e os amigos nos condicionam. Nós nos
tornamos conscientemente falhos. Às vezes, tornamo-nos
mais concentrados no problema do que nas possibilidades.
Concentramo-nos em nossas fraquezas, e perdemos a
confiança e o auto-respeito. Concentre-se nos pontos fortes.
Às vezes, o que você considera um ponto fraco é, na
realidade, um dom de Deus implantado em você. Permita-
me ilustrar.
Eu sempre gostei de falar. Meu pai foi e é um homem muito
quieto. Eu admirava isso. Então, tentei, com pouco sucesso,
treinar minha boca para ficar calado! Eu memorizei
passagens bíblicas sobre falar demais. Reprimi minhas
opiniões nas conversas. Oh, eu admirava e tentava imitar
amigos retraídos, tímidos e quietos. Impossível. Eu tinha de
falar! Então, por meio de um gentil e terno cuidado, minha
mãe e meu pai me ajudaram a ver que Deus me tinha dado
um dom, para eu me expressar e tornar claras algumas
verdades. Eu podia estudar e trabalhar para fazer minhas
palavras edificantes e motivadoras, um ponto forte. Desde
então, simplesmente peço a Deus para me dar palavras que
abençoem aqueles ao meu redor!
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 9:
Pare de ver o que você tem.
Comece a ver o que você pode ter.
Pare de falar do que está faltando. Seja agradecido pelos dons
recebidos de Deus! Dê ouvidos ao homem que escreveu a
metade do Novo Testamento. Paulo disse: Posso todas as
coisas naquele que me fortalece (Filipenses 4.13). Mas em
todas estas coisas somos mais do que vencedores (Romanos
8.37). Paulo tinha o conceito correto sobre Deus, sobre
Satanás, sobre as pessoas e sobre si mesmo. O apóstolo Paulo
foi um vencedor. Ele permaneceu entusiasmado em um
mundo desanimado!

3
7 OBSTÁCULOS PARA O SUCESSO INCOMUM
Minha vida são as pessoas. Eu já investi mais de 39 anos da
minha vida trabalhando para aumentar o sucesso e felicidade
das pessoas por meio de conferências, seminários, fitas,
vídeos e livros.
O fracasso me deixa irado. Eu me rebelo contra a
infelicidade, a doença e a dor. A maior parte disso poderia
ser evitada pelo reconhecimento das leis de Deus e pela
obediência a elas. Muitas coisas poderiam ser transformadas
em um trampolim para o sucesso se soubéssemos como
reagir às situações.
7 obstáculos que roubam de você o sucesso incomum
OBSTÁCULO 1: um espírito que se recusa a aprender
Um espírito que se recusa a aprender demonstra
indisposição para mudar. Milhões se recusam a aplicar novas
e vitais informações, quando elas se tornam disponíveis.
Imagine um advogado que se recuse a ler as novas leis e
atualizar o seu conhecimento.
Você escolheria um cirurgião que não está familiarizado
com as tecnologias médicas mais recentes?
As empresas mais bem-sucedidas são aquelas que se adaptam
às novas políticas, criam novos produtos e mantêm-se
informadas. Elas consultam especialistas. Analisam seus
próprios procedimentos.
Crescer significa mudar. E uma parte de prosperar.
O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o
conhecimento.
Oséias 4.6
Para o sábio ouvir e crescer em sabedoria.
Provérbios 1.5
E, se clamares por entendimento, e por inteligência alçares a
tua voz, se como a prata a buscares e como a tesouros
escondidos a procurares, então, entenderás o temor do
SENHOR e acharás o conhecimento de Deus.
Provérbios 2.3-5
Um amigo meu disse que existem duas fontes de
conhecimento: 1) a sabedoria, que implica aprendermos
com os erros dos outros; e 2) a experiência, que implica
aprendermos com nossos próprios erros.
O conhecimento está explodindo ao nosso redor. Homens
de Deus incomuns estão compartilhando conosco as suas
experiências de fé, de prosperidade financeira e de poder de
Deus. Eles estão ensinando- -nos muitos princípios de
sucesso para o casamento, a santificação e outras áreas de
nossa vida.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 10:
A intolerância com o presente cria o futuro.
Livros estão repletos de informações de anos de pesquisas.
CDs estão disponíveis pelo preço de uma simples refeição.
Revistas são enviadas gratuitamente. Deus colocou sementes
de grandeza dentro de nós no momento do nascimento.
Você e eu somos responsáveis pelo crescimento dessas
sementes.
Você é aquilo que decidiu ser. Se você está insatisfeito
consigo mesmo, ouse buscar novas informações, novos
conhecimentos sobre verdades que o elevarão e construirão
o seu relacionamento com Deus. Se existe pecado na sua
vida, arrependa-se e consagre-se novamente a Jesus Cristo.
Permita que Seu precioso sangue limpe você. Sua comunhão
com Ele será restaurada.
Invista em livros, CDs e DVDs de ensino. Se o seu carro
merece R$ 60,00 para o combustível, sua mente certamente
merece crescer! Não leve sua mente à falência! Não mate
seu coração de fome! Ele precisa desesperadamente de
alimento!
Ouse aceitar a mudança. Atreva-se a ouvir novas ideias e
novos conceitos. Deus pode querer você em um novo
emprego, em uma nova cidade. Seus melhores dias estão por
vir! Você pode fazer isso!
Reconheça as razões de qualquer fracasso. E fundamental
que você localize o "gargalo" em sua vida e ative o sucesso e
a felicidade que já pertencem a você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 11:
O perdão não é uma sugestão, é um requisito.
OBSTÁCULO 2: votos não pagos
Votos não pagos são a origem do fracasso de muitas pessoas.
Deus responsabiliza você por suas promessas. Quando a
Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque
não se agrada de tolos; o que votares, paga-o. Melhor é que
não votes do que votes e não pagues (Eclesiastes 5.4,5).
7
NASCIDO PARA SABOREAR UVAS
O homem já nasce com uma necessidade de vencer,
conquistar.
A escravidão não é natural. Nossa mente funciona a partir
do ponto de vista do caçador, e não da presa. Fomos feitos
para dominar sobre as obras das mãos de Deus. Por isso, o
leão e o elefante são subjugados pelo homem.
E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e
multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre
os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o
animal que se move sobre a terra.
Gênesis 1.28
O homem anseia por grandeza. Temos obsessão por
expandir, crescer e melhorar. Nascemos para o lugar alto.
Nós instintivamente nos movemos em direção ao
crescimento: espiritual, mental e financeiro.
A semente da necessidade foi plantada pelo Criador em nós.
Deus fez de si mesmo uma necessidade para a felicidade
humana. Tal como a peça faltante do quebra-cabeça, o
retrato da vida não faz sentido até que o Criador seja
incluído nele.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 22:
Um verdadeiro vencedor jamais anuncia ou amplia suas
fraquezas.
Você foi feito para relacionar-se. Os ouvidos demandam
sons, os olhos exigem o que ver, a mente requer imaginação,
o coração procura companheirismo. Ter ou não um
relacionamento com Deus é o que determina o fracasso ou o
sucesso de alguém.
Lembre-se: popularidade não é sucesso; é ter pessoas
gostando de você. Felicidade é você gostar de si mesmo.
Sucesso implica felicidade. Felicidade é sentir-se bem a
respeito de si mesmo. Não é necessariamente ter fama,
dinheiro ou boa posição social. Implica o conhecimento e a
consciência de seu valor aos olhos de Deus.
Você está aqui na terra para um propósito. Foi concebido e
equipado para uma missão específica, e precisa discernir e
desenvolver as habilidades que recebeu de Deus. Ele
investiu em seu nascimento. E só quando esses dons forem
utilizados corretamente você sentirá e saberá o quanto Deus
valoriza você.
11 benefícios prometidos por Deus
Quando possível, sente-se e leia toda a carta de Paulo aos
Efésios, de uma só vez. E um texto poderoso, que fala do
respeito e da ternura com que Deus vê cada um de nós, Seus
filhos. Em Efésios, é dito que:
1. Deus nos abençoou com todas as bênçãos espirituais (1.3).
2. Ele nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que
fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor (1.4).
3. Ele nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo,
para si mesmo (1.5).
4. Ele nos aceitou, nos fez agradáveis a si no Amado (1.6).
5. Ele nos resgatou da escravidão do pecado (1.7).
6. Ele nos perdoou as nossas ofensas (1.7).
7. Ele tornou abundante para conosco em toda a sabedoria e
prudência (1.8).
8. Ele nos permitiu conhecer o mistério da sua vontade
(1.9).
9. Ele nos selou com o Espírito Santo da promessa (1.13).
10. Ele iluminou nosso entendimento (1.18).
11. Ele nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo
(2.6).
Pense nisso. Nosso Pai celestial garantiu estas 11 incríveis
bênçãos e benefícios!
Moisés, o grande líder, foi um vencedor. Ele nos deixou dois
versículos fascinantes em Deuteronômio 32.13,14, quando
descreveu grandiosas bênçãos de Deus para Seu povo:
Ele o fez cavalgar sobre as alturas da terra e comer as
novidades do campo; e o fez chupar mel da rocha e azeite da
dura pederneira, manteiga de vacas e leite do rebanho, com
a gordura dos cordeiros e dos carneiros que pastam em Basã
e dos bodes, com a gordura da flor do trigo; e bebeste o
sangue das uvas, o vinho puro.
Tenha esta imagem presente em sua mente: o sumo das
uvas. Você nasceu para saborear as uvas da bênção.
Enquanto alguns gastam o seu tempo discutindo o tamanho
dos gigantes e dos seus problemas, os vencedores se atrevem
a alcançar as uvas das bênçãos prometidas por Deus.
2 princípios importantes a respeito das "uvas da
bênção"
1. As uvas não são apenas para os santos, são especialmente
para os famintos. Muitas pessoas se sentem como se não
fossem suficientemente boas para receber os benefícios de
Deus. Mas lembre-se do que Jesus disse: Não necessitam de
médico os sãos, mas sim, os doentes (Mateus 9.12). Os
fariseus nunca experimentaram o poder e a glória do
relacionamento com Jesus, e sim pessoas como a mulher
samaritana e Zaqueu, que estavam famintos por Seu toque,
Sua bênção e Sua presença.
Talvez você tenha cometido muitos erros em sua vida. Mas
quem não os cometeu? Alguns erros são mais óbvios! Deus
conhece o seu coração. Ele sabe quão desesperadamente
você quer recomeçar a sua vida. Ele deseja que você
saboreie as uvas da graça, as uvas da prosperidade, as uvas da
saúde mais do que você poderia querer!
Pare de olhar para as suas fraquezas. Concentre - -se nos
pontos fortes dados por Ele. Pare de olhar para trás. Você
não pode ir rápido olhando pelo espelho retrovisor! "Ah,
mas Mike, você simplesmente não sabe a bagunça que tenho
por dentro", uma mulher lamentou. "Você não se afoga por
cair na água, mas por continuar lá", eu lhe respondi. Erga-se
dessa sua situação. Coloque seu sucesso em movimento.
2. As uvas não são colocadas dentro de sua boca, mas são
colocadas ao seu alcance. Ninguém acorda bem-sucedido e
feliz. Muitas pessoas pensam: "Bem, se Deus me quisesse
saudável, eu seria saudável. Se Deus me quisesse
financeiramente próspero, eu seria assim. Deus está no
controle".
O que Deus controla? Ele controla as leis do universo. Ele
não controla as suas decisões! Mas suas decisões estão
criando suas circunstâncias! Pare de atribuir à soberania de
Deus a responsabilidade por todas as suas situações. Use a
mente e as habilidades dadas pelo Senhor para criar novas e
melhores circunstâncias. Realize a parte do trabalho para a
qual você foi criado. Cuide do corpo que Ele deu a você. As
uvas existem, mas você precisa buscá-las.
7 portas de acesso às "uvas da bênção"
Você nasceu para saborear as uvas, desfrutar a realeza, as
bênçãos e os benefícios de Deus. Você tem o "instinto" para
melhorar; tem a motivação para crescer. Algo dentro de
você se move em direção ao crescimento. Você foi criado
para expansão. Deus o criou assim, e você nunca será feliz
de outra maneira.
Eu poderia discutir eternamente sobre as uvas e quão doces
e saborosas elas são; as uvas da riqueza, da saúde, da paz, do
poder, do sucesso. Mas, a menos que você saiba como obter
as uvas, essa discussão não ajudará em nada.
1. A porta da obediência. Em Deuteronômio 28.1, é dito: E
será que, se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus... [Ele] te
exaltará sobre todas as nações da terra. Ouvir a voz do
Senhor significa simplesmente dar ouvidos a Deus, fazer o
que Ele disse para fazer; significa viver de acordo com o
conhecimento revelado. Se você é um galão, viva como um
galão de conhecimento. Se é um copo, viva como um copo
de conhecimento.
Você pode mover-se em direção aos estágios de
aperfeiçoamento e maturidade que o Senhor deseja. Abraão
foi chamado de amigo de Deus, porque ele obedeceu a Ele.
Deus disse: "Abraão, quero que deixe sua situação
confortável e vá para um novo lugar". Abraão obedeceu. Se
Deus falou para fazer algo, simplesmente faça. Não negocie.
Aí surge uma pergunta: como podemos reconhecer a voz de
Deus? E impossível descrevê-la. Oh, eu poderia dar algumas
orientações, mas quando se trata de saber quando Deus está
falando, você deve depender dele.
Eu não tenho de perguntar: "Este homem é meu irmão?" Eu
conheço a voz do meu irmão. Se você passar tempo na
presença de Deus, conhecerá a voz dele. Se o Senhor está
chamando, falando e tratando com você, obedeça-lhe. Pode
até parecer um retrocesso. Pode ser algo que você realmente
não queira fazer. Mas se disser: "Pai, farei o que me pediste",
entrará pelo portão da obediência, e o céu estará aberto para
você.
Deus está de pé, pronto para abrir as janelas do céu e
descarregar uma avalanche de bênçãos sobre aqueles que lhe
obedecem (veja Malaquias 3.10). Ele disse: Se vós estiverdes
em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis
tudo o que quiserdes, e vos será feito (João 15.7). Ah, libere
os poderosos benefícios da obediência!
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 23:
Só é possível afastar-se de um mau pensamento se
deliberadamente você se mover em direção a um bom
pensamento.
2. A porta do conhecimento. Deus disse: O meu povo foi
destruído, porque lhe faltou o conhecimento (Oséias 4.6). O
que você não sabe pode destruir você. Deus deseja que você
tenha conhecimento.
Informação é o negócio de Deus. O céu inteiro está
envolvido na distribuição de informação. Anjos trazem
informação. A Bíblia é um manual de informação. E
literalmente sabedoria concentrada, informando-nos sobre
Deus, Seu poder, Sua natureza e Seus pensamentos a
respeito de nós, de Satanás, dos anjos e dos demônios.
Você tem direito às bênçãos de Deus. Você é filho do
Altíssimo, herdeiro de Deus e co-herdeiro com Jesus, seu
Irmão mais velho. Tem o direito de entrar no Santo dos
Santos. Tem a seu favor Jesus, o eterno Sumo Sacerdote, o
Intercessor à direita do trono de Deus. Mas você não pode
tomar posse da graça e da bênção de Deus a menos que
tenha conhecimento do que Ele providenciou para você.
Estou dizendo que você tem de saber o que é seu. Deve
abrir e entrar pela porta do conhecimento. Ora, sem fé é
impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que
se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador
dos que o buscam (Hebreus 11.6).
Certa noite, uma mulher veio à frente do púlpito, para
receber oração, e eu lhe perguntei: "Você quer ser curada?"
Ela declarou: "Bem, acho que Deus está tentando ensinar-
me alguma coisa com essa enfermidade". Pensei: "Quanta
ignorância! Alguém já ouviu falar da 'universidade da
doença'?"
Muitas pessoas aceitam enfermidades e doenças como um
mestre. A Bíblia diz que o Espírito Santo guiará os filhos de
Deus em toda a verdade, e não que doenças seriam enviadas
para lhes ensinar e guiar em toda a verdade.
Saiba o que a Palavra de Deus afirma e tenha convicção
disso. Ore: "Deus, Tua Palavra diz que Jesus foi ferido pelas
minhas transgressões, moído pelas minhas iniquidades e por
Tuas pisaduras fui curado!" (veja Isaías 53.5). Acate a Palavra
e descanse nela.
Você pode gastar muita energia para explicar uma doença,
ou pode gastar energia para alcançar um milagre. [Seja sábio!
Opte pelo que lhe traz benefícios.]
Você tem um amplo conhecimento sobre as uvas
providenciadas por Deus? Descubra o que as Escrituras
ensinam; conheça as uvas que deve alcançar.
Muita gente não as tem porque sequer sabe que elas existem.
Você nasceu para saborear as uvas, então deve saber que
Deus as fez disponíveis e acessíveis a você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 24:
Você não pode colher uvas até que tenha plantado suas
sementes em outros.
3. A porta da visualização. Visualize as uvas. Se você não as
pode ver em sua mente, não as verá em seu futuro. Sua
mente é a força que afeta tudo o mais em sua vida.
A renovação da sua mente é o segredo da transformação
(veja Romanos 12.1,2). Sua mente é poderosa.
A mulher com o fluxo de sangue disse a si mesma: Se tão-
somente tocar nas suas vestes, sararei (Marcos 5.28). Ela
visualizou a cura. O milagre aconteceu em sua mente antes
de acontecer em seu corpo. Visualize as uvas. Veja a si
mesmo saboreando uvas. Veja a si mesmo com a vitória.
Alguns nunca se viram vitoriosos como Deus deseja.
Visualize o que Deus quer que você seja, e aja como se já
fosse.
Jesus visualizou a si mesmo em vitória. Ele pelo gozo que
lhe estava proposto, suportou a cruz (Hebreus 12:2).
Suportou o sofrimento do presente pelo gozo que anteviu
adiante. Sua mente estava vislumbrando a vitória. Quando
Jesus caminhou em direção ao Calvário, Ele não estava
olhando para a morte na cruz, e sim para a ressurreição ao
terceiro dia.
Se você deseja ser vitorioso em uma área, visualize isso em
sua mente até que esteja ao seu alcance. Existe um hábito
que você deseja implantar em sua vida? Não se concentre no
hábito; concentre-se na vitória. Essa é a chamada lei da
substituição. Implica trocar o que é mau pelo que é bom.
Não entramos em um edifício, sugerindo à escuridão:
"Poderia fazer o favor de sair? Se sair, teremos luz".
Acendemos a luz, e esta força a saída das trevas.
Algumas pessoas passam a vida dizendo: "Ah, eu desejaria
não ter maus pensamentos". Você nunca conseguirá livrar-
se de maus pensamentos e dúvidas até começar a pensar em
fé e a ver a si mesmo vitorioso. Esta forma de pensar afasta o
mal. Visualize isso agora mesmo. O que quer que seja que
você esteja enfrentando, visualize o melhor.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 25:
A adoração leva você até onde Deus está.
4. A porta do perdão. A quarta porta para as uvas é o perdão.
Implica não tomar para si o direito de Deus de julgar e de
punir o ofensor; implica desistir da vingança. O perdão não
flui para você até que possa fluir de você. Você pode pedir
perdão, implorar a Deus por perdão, ofertar o dobro do
dízimo, mas nada irá acontecer dentro de você até que você
mesmo permita que Deus puna os outros pelos erros deles.
"Mas, Mike, eu gostaria de ensinar-lhes uma lição". Sua
vontade é compreensível, mas está errada. Deus é o único
que pode julgar alguém e dar-lhe justo pagamento. Ele é o
Juiz. Exercite a capacidade de reter a ira e emitir
julgamentos, e deixe Deus realizar Seu juízo e Seu programa
de perdão e restauração.
O perdão ajuda a remover o dano e a dor causada por este.
Não há como alguém entrar no céu sem passar pela porta do
perdão. Não existem uvas da bênção nem uvas da
recompensa até que as coisas passadas sejam esquecidas (veja
Isaías 43.18).
Perdoe não só as outras pessoas, mas também a si mesmo.
Isso é tão importante quanto. No entanto, há pessoas que
nunca perdoaram a si mesmas.
Nunca anuncie seus erros. Lance-os sobre a cruz, e deixe-os
lá. Jesus foi o sacrifício perfeito oferecido em seu lugar!
5. A porta da persistência. O que implica? Simplesmente
programar sua mente para alcançar as uvas da bênção,
independente de quão longe elas estejam. Às vezes, parecerá
que estão a mil milhas de distância.
Amigos podem tentar desencorajar você e desiludi-lo. Eles
podem não compreender seus sonhos, seus objetivos. O
sucesso não cairá no seu colo. Não será fácil alcançá-lo. Mas
todo homem e mulher que o alcançaram tiveram de
persistir. Eles programaram sua mente para ir além daquilo
que acreditavam.
Outro dia, conheci um rapaz inteligente e simpático. Ele
poderia ser um grande pregador. Será que ele queria?
Duvido. Por quê? Não era persistente. Disse-me: "Eu tentei,
e não funcionou. Acho que vou desistir. Não sei se tenho
um chamado".
O persistente recebe poder. Por dez dias, os discípulos
aguardaram no cenáculo. Você pode imaginar o primeiro
dia? Alguém deve ter dito: "Bem, Jesus nos disse apenas para
aguardar, aqui estamos". Veio o segundo dia, o terceiro, o
quarto, o quinto, o sexto, o sétimo, o oitavo, o nono, e nada
parecia acontecer. Um outro pode ter questionado: "Sabe, se
Deus realmente quisesse revestir-nos de poder, Ele não nos
deixaria sentados aqui esperando".
Cinquenta dias após a Páscoa, de repente, veio do céu um
som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu
toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por
eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram
sobre cada um deles (Atos 2.2,3).
Os cristãos reunidos no cenáculo foram batizados com o
Espírito Santo, e começaram a falar em línguas, como o
Espírito de Deus lhes concedia. Por quê? Porque tiveram
persistência.
Diga a si mesmo para ter persistência. Diga até que sinta isso
plenamente. Haverá um tempo em que você não sentirá que
pode triunfar. As vezes, você se perguntará: "Por que estou
fazendo isso?" E sentirá que nada vai funcionar. Continue!
A mulher com fluxo de sangue não se sentiu forçando o
caminho em meio à multidão, ela possuía uma meta.
Estou certo de que Pedro nem sempre se sentiu um
vencedor, mas Deus lhe deu tão grande vitória que, quando
ele, o homem que tinha negado o Senhor, começou a
pregar, disse a seus ouvintes [os judeus de Jerusalém] que
eles precisavam arrepender-se, pois haviam negado o Santo
de Israel (veja atos 3.14). Pedro persistiu até que o poder de
Deus viesse sobre ele e pudesse andar nesse poder.
6. A porta da semeadura. Você não pode ter uvas até semear
uvas. As bênçãos seguem o abençoador. Qualquer coisa boa
que você fizer por alguém, Deus fará por você (veja Efésios
6.8). Se quiser saborear uvas, tem de distribuir uvas. Tem de
abençoar outras pessoas, se quiser que Deus o abençoe.
Se quiser que alguma coisa boa aconteça em sua vida, deve
fazer algo de bom acontecer na vida de seu irmão. Você
deve primeiro realizar para os outros o que espera que Deus
realize por você.
Jesus não disse que se tratássemos bem o nosso próximo,
este nos amaria. Ele disse que se fizéssemos o que é certo
pelos outros, Deus faria o que é certo por nós.
Tudo se reproduz em sua própria espécie. Se você quer cura,
comece orando pela cura de outras pessoas. Se quer bênçãos,
concentre-se para que o outro receba bênçãos. Jesus se
concentrou nas necessidades do povo. Ele fez o bem,
curando os que estavam doentes e oprimidos pelo diabo
(veja Atos 10.38). O que você faz acontecer aos outros,
Deus fará acontecer a você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 26:
Qualquer desordem em sua vida poderá matar o seu sonho.
7. A porta do louvor. Judá, que significa louvor, foi a
primeira tribo a ir para a batalha. Louvor é o som que faz o
inferno estremecer e deixa os demônios nervosos. Satanás
era o líder de louvor a no céu, mas Deus o colocou para fora.
Toda vez que você começa a louvar Deus, todo o céu
anuncia o seu louvor.
Deixe que o remido do Senhor fale! Faça um alegre ruído!
Bata palmas. Louvar é um ato de vontade. Não é algo que
você precisa sentir primeiro para tornar real. Não é
meditação; é algo para ser ouvido. Louvor é som; idéia
articulada. E o seu reconhecimento de Jesus como o Senhor
de tudo e que Deus está no trono.
Quando você começa a louvar a Deus, algo milagroso
acontece. Não importa como você se sente, se começar a
dizer: "Deus, eu o amo!", algo começará a esquentar. Falo a
respeito de quebrar as cadeias de sua prisão. O louvor faz
isso!
Louvor não tem tanto a ver com sentimentos. Você não tem
de dizer "Deus, eu me sinto bem" ou "eu me sinto péssimo".
Louvar tem a ver com adorar ao Senhor; isso retira sua
atenção de si mesmo. O louvor o conduz a Deus. Ele se
sente muito confortável com o louvor. De fato, é o lugar em
que Ele escolheu habitar (Salmo 22.3).
Deus gosta de louvores. Ele reage a eles. Não só o Senhor
reage aos louvores; os demônios o repudiam, porque o
louvor é algo que você escolhe deliberadamente oferecer a
Deus, em reconhecimento a quem Ele é e ao Seu poder.
Mas o objetivo do louvor não é fazer você se sentir bem,
apesar de acontecer isso e de motivar outros a adorar ao
Senhor. Deus valoriza o reconhecimento.
Ele faz as coisas de um jeito grandioso. Você jamais o verá às
escondidas, dizendo: "Fique quieto agora, e divirta-se". Ele é
um Deus de celebração, um Deus de expressão.
Você nasceu para saborear as uvas de um Deus de bênçãos.
A prata e o ouro são dele. O Senhor nos dá o poder para
obter riqueza. Tudo o que Deus tem, tudo o que Ele é, está
disposto a derramar em nós e por intermédio de nós.
As uvas são para os famintos. Elas não são colocadas dentro
de sua boca, mas estão ao seu alcance. Então, atravesse as
portas certas, e alcance as uvas. Elas estão acessíveis hoje.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 27:
A prova do desejo é a busca.
8
SEUS OBJETIVOS E COMO ALCANÇÁ-LOS
Uma das principais causas do fracasso é a indisposição em
parar o tempo necessário e estabelecer os seus verdadeiros
objetivos.
Essa é uma prática muito mal compreendida. Alguns pensam
que a Bíblia é contra o planejamento e utilizam como
justificativa Mateus 6.25 e Tiago 4.13-15. No entanto, em
Mateus é condenada a preocupação excessiva, não a fixação
de metas, e em Tiago a crítica é sobre estabelecer objetivos
sem o envolvimento de Deus.
4 razões por que alguns nunca definem objetivos
1. Alguns nunca experimentaram a alegria que um objetivo
estabelecido produz.
2. Alguns não sabem definir seus objetivos com clareza.
3. Alguns têm medo de um possível fracasso. (Se não
definimos uma meta, não haverá culpa ou sentimentos
negativos por não alcançá-la!)
4. Alguns não conseguem estabelecer objetivos porque
memórias de falhas anteriores os intimidam. Talvez seus
objetivos não fossem razoáveis.
De qualquer forma, quero ajudá-lo a compreender as
maravilhosas vitórias obtidas por meio do estabelecimento
de objetivos.
No Antigo Testamento, o pai de Abraão, Terá, definiu como
objetivo tornar Canaã a sua residência. Mais tarde, Abraão
alcançou esse objetivo com o seu sobrinho, Ló (veja Gênesis
11; 12). No Novo Testamento, o apóstolo Paulo planejou
passar um "inverno" com os coríntios (veja 1 Coríntios
16.6), e passar outro inverno em Nicópolis (veja Tito 3.12).
Em Provérbios 16.9, é dito que o coração do homem
considera o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os
passos e, em Provérbios 14.8, que a sabedoria do prudente é
entender o seu caminho. Planejamento evita transtorno.
Uma excelente lição sobre planejamento é dada por Jesus
em Lucas 14.28-30:
Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta
primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com
que a acabar! Para que não aconteça que, depois de haver
posto os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a
virem comecem a escarnecer dele, dizendo: Este homem
começou a edificar e não pôde acabar.
Estabelecer objetivos específicos é uma boa forma de
cumprir o propósito de Deus para sua vida. Por exemplo,
você se propõe a ser um cristão melhor este ano. Isso é uma
meta geral. Para cumprir esse objetivo, você deve ler uma
quantidade específica de capítulos da Bíblia todos os dias,
estabelecer um tempo de oração pela manhã, e assim por
diante.
Definir objetivos requer tempo, disciplina, coragem e
paciência. Existem tentações ao longo do caminho. Às
vezes, permitimos que outras pessoas determinem os nossos
objetivos, em vez de decidirmos por nós mesmos. Alguns
tornam-se confortáveis em um determinado trabalho e
ficam lá por 20 anos, mas podem estar perdendo a posição
divina para a qual Deus deseja levá-los. Para eles, a segurança
11nanceira está no trabalho, não em seu Pai celestial.
5 passos para alcançar os seus objetivos
1. Você deve decidir por si mesmo o que realmente quer de
sua vida. Ninguém mais pode decidir por você. Se não se
importar com o que acontece em sua vida, ninguém mais se
importará.
2. Fique a sós com Deus e Sua Palavra. Isso permitirá que
você compreenda melhor Seu plano e desejo. Isso o ajudará
a entrar em sintonia com a vontade e o propósito divinos e a
evitar objetivos errados.
3. Anote numa folha de papel cada sonho, meta e desejo
importantes atualmente para você.
Escreva tudo o que sempre quis fazer, tornar-se ou possuir.
Pode ser algo na área espiritual, física, mental, financeira ou
familiar. E importante que você anote. Não deixe apenas em
sua mente! A anotação mais curta é melhor do que uma
longa memória. Como John, meu irmão, diz: "Uma pequena
linha escrita é melhor que uma grande memória".
4. Determine os três principais objetivos de sua lista. Escreva
ao menos cinco ações que você pode empreender agora,
para alcançar o objetivo prioritário. Lembre-se: um grande
sucesso é alcançado por meio de vários pequenos sucessos
juntos.
5. Esteja alerta quanto às pessoas que Deus enviará para
ajudá-lo a cumprir o seu propósito, e pronto para obedecer a
Deus, quando Ele direcionar seus talentos para ajudar a
realizar os sonhos de outros. Isso apenas reafirma o meu
lema básico dado por Deus durante um período de cinco
dias de jejum em 1977: o que você faz acontecer aos outros,
Deus fará acontecer a você.

Ontem está no túmulo.
Amanhã está no ventre.
SUA vida é hoje.
Mike Murdock

9
10 MENTIRAS EM QUE MUITOS ACREDITAM SOBRE
DINHEIRO

Problema financeiro é o principal assunto das cartas que
recebo. Sei o que significa prosperar e o que significa estar
completamente devastado nas finanças.
Uma das ferramentas que Satanás usa para destruir a
motivação, os objetivos e a alegria da realização é a
dificuldade financeira. Escrevi este livro porque me importo
com você e com as perdas que pode ter experimentado na
vida. Leia este capítulo com a mente aberta para com Deus,
e entenda como pode tornar-se um vencedor na área
financeira.
Aterrorizantes gritos de terror soam no ar numa noite fria.
De repente, há uma explosão. Indefesos gritos de tormento
e desespero são ouvidos. Famílias são dizimadas. Uma vida
inteira de sonhos é despedaçada como vidro no concreto.
Cicatrizes emocionais para sempre são gravadas na alma. Há
estragos, destruição, caos. Tudo numa questão de minutos.
Porque alguém mentiu.
Na pressa, os mecânicos do avião haviam falhado em avisar
uma pequena avaria. Certo de que tudo estava bem, o piloto
executou a decida fora de controle. Ele aceitou a opinião e o
julgamento dos outros. Isso lhe custou sua vida.
A felicidade depende de algo que você está acreditando. O
êxito ou o fracasso depende de sua crença numa mentira ou
numa verdade. No casamento, na saúde, nas questões
espirituais e até mesmo nas finanças, o que você acredita faz
toda a diferença. Todos nós podemos recordar momentos
nos quais acreditamos numa mentira. Às vezes, inofensivas;
às vezes, devastadoras.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 28:
O que você pensa sobre dinheiro revela o que você
realmente pensa sobre a vida.
Uma das maiores necessidades da vida é o dinheiro. Sente-se
com o conselheiro de jovens casais. Olhe para os jovens na
prisão por roubo. Escute o missionário da África
compartilhando as necessidades de seu ministério. Fale com
o marido cansado que trabalha demais. Leia a Bíblia Sagrada.
Os ensinamentos de Jesus Cristo incluíam este tópico
poderoso, dinheiro. Milhares vivem insatisfeitos e frustrados
porque não compreendem a verdade sobre o dinheiro.
10 mentiras em que muitas pessoas acreditam sobre
dinheiro
MENTIRA 1: dinheiro não é importante.
Recentemente, sentei-me em um café no aeroporto de
Dallas-Fort Worth. E ouvi enquanto a garçonete falou de
suas longas horas de trabalho, do pequeno apartamento e de
duas crianças.
"Você não gostaria de ganhar mais dinheiro?", perguntei. Ela
respondeu indignadamente: "Não, eu não! Isso é o que está
errado com o nosso mundo hoje: ganância. Tenho o
suficiente para minhas contas e sustento para meus dois
filhos. Isso é tudo que quero. As pessoas dão muita ênfase ao
dinheiro. Ele não é importante".
Eu não conseguia acreditar no que estava ouvindo.
Perguntei-lhe: "Alguma vez você já ouviu falar de Calcutá,
na Índia?" Ela respondeu: "Sim". Prossegui: "Já viu as
imagens de crianças famintas lá?"
Ela confirmou: "Sim". Indaguei: "Alguma vez você já lhes
enviou algum dinheiro ou comida?" Ela foi sincera: "Não".
Tornei a perguntar: "Por que não?" Ela esclareceu: "Não tive
o suficiente..." Então, calou-se.
Eu pude ver nos olhos dela que a ficha tinha caído. Dinheiro
realmente importa. A vida depende dele. Dinheiro é algo
poderoso em nosso mundo. Com ele barganhamos,
vendemos, compramos e negociamos ao longo da vida!
Abrigo, alimentação, cuidados médicos, educação e mesmo
auto-preservação envolvem dinheiro. Dinheiro é um
elemento de comunicação entre seres humanos. Na guerra
ou na paz, no amor ou no ódio, o dinheiro fala mais alto.
MENTIRA 2: o dinheiro é mau.
Muitas pessoas que creem nisso citam erroneamente o texto
que o apóstolo Paulo escreveu a Timóteo: Porque o amor do
dinheiro é a raiz de toda espécie de males (1 Timóteo 6.10).
Note que não é dito que o dinheiro é mau, e sim que o amor
ou a obsessão por dinheiro é a raiz, o início, de toda espécie
de males. Por quê? Porque o amor ao dinheiro é idolatria. E
o culto à criação, em vez de ao Criador.
Deus é o Dono da riqueza. Em Ageu 2.8, Ele diz: Minha é a
prata, e meu é o ouro, disse o SENHOR dos Exércitos.
Deus é o Doador da riqueza, como vemos em
Deuteronômio 8.18: Antes, te lembrarás do SENHOR, teu
Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder.
Quando Deus lhe der um dom, este deve ter valor,
importância e propósito em sua vida: Toda boa dádiva e todo
dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes (Tiago
1.17).
Deus nunca daria presentes ruins aos Seus filhos. E o mau
uso ou o abuso do dinheiro que pode ser destrutivo. Não é o
dinheiro em si.
O fogo pode destruir casas, belas florestas, matar seres
humanos. Mas adequadamente aproveitado, pode ser usado
para cozinhar alimentos, para o aquecimento de casas e o
funcionamento de motores de automóveis.
Enchentes podem matar afogadas muitas pessoas. No
entanto, a água é necessária para a vida humana, a limpeza e
até para a natureza.
Da mesma forma acontece com dinheiro. Ele pode ser usado
para o bem! Como um humorista disse: "O dinheiro não são
notas frias, mas quentes e suaves bênçãos!"
MENTIRA 3: dinheiro nunca faz mal a ninguém.
Uma verdade é inegável: o dinheiro sempre influenciará sua
vida. Por quê? O que está por trás do misterioso magnetismo
do ouro? Alguns homens mataram por dinheiro;
abandonaram filhos e esposas em busca de ouro.
Veja, o desejo básico do homem é um senso de valor, um
sentimento de importância. O dinheiro representa poder,
influência, realizações e segurança. E por isso que dinheiro
pode ser enganoso.
Jesus se referiu a essa questão como a sedução das riquezas,
que impede o desenvolvimento espiritual (veja Mateus
13.22), porque dá uma falsa sensação de segurança.
Um sábio e rico governante, Salomão, avisou: As riquezas
não duram para sempre (Provérbios 27.24). Porventura,
fitarás os olhos naquilo que não é nada? Porque, certamente,
isso se fará asas e voará ao céu como a águia (Provérbios
23.5).
Dinheiro demais frequentemente produz orgulho. Isso é
espiritualmente devastador (veja Marcos 10.25). Qualquer
coisa que consuma seu tempo, qualquer coisa em que você
pense a maior parte do tempo, torna-se o seu deus (veja
Mateus 6.24). O Senhor se recusa a competir e garante que:
Aquele que confia nas suas riquezas cairá (Provérbios
11.28). Sim, o dinheiro pode ferir você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 29:
Qualquer coisa em que você pense a maior parte do tempo
torna-se o seu deus.
MENTIRA 4: dinheiro pode resolver seus problemas e
garantir sua felicidade pessoal.
Infelizmente, o oposto é verdadeiro em muitos casos (veja
Eclesiastes 5.12). Os ricos, às vezes, sentem que suas
amizades são frágeis e artificiais, baseadas em suas posses, e
não na pessoa deles mesmos. Amargurados, frustrados e
solitários, alguns têm até cometido suicídio.
Pense por um momento. Você ainda está contente com o
seu último aumento salarial? Provavelmente não. Em
Eclesiastes 5.10, é dito: O que amar o dinheiro nunca se
fartará de dinheiro; e quem amar a abundância nunca se
fartará da renda.
Ter um propósito na vida, e não apenas riquezas, é
verdadeiramente gratificante. E esse propósito só pode ser
realizado em uma pessoa: Jesus Cristo. Quem tem o Filho
tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida (1
João 5.12).
Incrédulos muitas vezes ignoram os problemas da riqueza.
Cristãos frequentemente ignoram o propósito da
prosperidade. Quando se trata da deterioração do casamento
ou da moral de uma nação inteira, o problema humano
básico é espiritual.
MENTIRA 5: alguns são beneficiados com a riqueza;
outros destinados à pobreza.
Esta ridícula mentira tem destruído a iniciativa, o
direcionamento e a motivação em muitos potenciais
vencedores em todo o mundo. Muitas pessoas capazes
acreditam que "seja o que for, se aconteceu, era para ser".
Absurdo!
A verdade é que, por meio do desenvolvimento dos talentos
dados por Deus e dos princípios do dar, você possibilidade
uma abundante colheita financeira em sua vida.
O que lavra a sua terra se fartará de pão, mas o que segue os
ociosos está falto de juízo. A mão dos diligentes dominará,
mas os enganadores serão tributários.
Provérbios 12.11,24.
Em todo trabalho há proveito, mas a palavra dos lábios só
encaminha para a pobreza.
Provérbios 14.23
Jesus disse: Dai, e ser-vos-á dado (Lucas 6.38).
Salomão afirmou: Alguns há que espalham, e ainda se lhes
acrescenta mais; e outros, que retêm mais do que é justo,
mas é para a sua perda. A alma generosa engordará, e o que
regar também será regado (Provérbios 11.24,25).
7
Nascido para saborear uvas
O homem já nasce com uma necessidade de vencer,
conquistar.
A escravidão não é natural. Nossa mente funciona a partir
do ponto de vista do caçador, e não da presa. Fomos feitos
para dominar sobre as obras das mãos de Deus. Por isso, o
leão e o elefante são subjugados pelo homem.
E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e
multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre
os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o
animal que se move sobre a terra.
Gênesis 1.28
O homem anseia por grandeza. Temos obsessão por
expandir, crescer e melhorar. Nascemos para o lugar alto.
Nós instintivamente nos movemos em direção ao
crescimento: espiritual, mental e financeiro.
A semente da necessidade foi plantada pelo Criador em nós.
Deus fez de si mesmo uma necessidade para a felicidade
humana. Tal como a peça faltante do quebra-cabeça, o
retrato da vida não faz sentido até que o Criador seja
incluído nele.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 22:
Um verdadeiro vencedor jamais anuncia ou amplia suas
fraquezas.
Você foi feito para relacionar-se. Os ouvidos demandam
sons, os olhos exigem o que ver, a mente requer imaginação,
o coração procura companheirismo. Ter ou não um
relacionamento com Deus é o que determina o fracasso ou o
sucesso de alguém.
Lembre-se: popularidade não é sucesso; é ter pessoas
gostando de você. Felicidade é você gostar de si mesmo.
Sucesso implica felicidade. Felicidade é sentir-se bem a
respeito de si mesmo. Não é necessariamente ter fama,
dinheiro ou boa posição social. Implica o conhecimento e a
consciência de seu valor aos olhos de Deus.
Você está aqui na terra para um propósito. Foi concebido e
equipado para uma missão específica, e precisa discernir e
desenvolver as habilidades que recebeu de Deus. Ele
investiu em seu nascimento. E só quando esses dons forem
utilizados corretamente você sentirá e saberá o quanto Deus
valoriza você.
11 benefícios prometidos por Deus
Quando possível, sente-se e leia toda a carta de Paulo aos
Efésios, de uma só vez. É um texto poderoso, que fala do
respeito e da ternura com que Deus vê cada um de nós, Seus
filhos. Em Efésios, é dito que:
1. Deus nos abençoou com todas as bênçãos espirituais (1.3).
2. Ele nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que
fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor (1.4).
3. Ele nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo,
para si mesmo (1.5).
4. Ele nos aceitou, nos fez agradáveis a si no Amado (1.6).
5. Ele nos resgatou da escravidão do pecado (1.7).
6. Ele nos perdoou as nossas ofensas (1.7).
7. Ele tornou abundante para conosco em toda a sabedoria e
prudência (1.8).
8. Ele nos permitiu conhecer o mistério da sua vontade
(1.9).
9. Ele nos selou com o Espírito Santo da promessa (1.13).
10. Ele iluminou nosso entendimento (1.18).
11. Ele nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo
(2.6).
Pense nisso. Nosso Pai celestial garantiu estas 11 incríveis
bênçãos e benefícios!
Moisés, o grande líder, foi um vencedor. Ele nos deixou dois
versículos fascinantes em Deuteronômio 32.13,14, quando
descreveu grandiosas bênçãos de Deus para Seu povo:
Ele o fez cavalgar sobre as alturas da terra e comer as
novidades do campo; e o fez chupar mel da rocha e azeite da
dura pederneira, manteiga de vacas e leite do rebanho, com
a gordura dos cordeiros e dos carneiros que pastam em Basã
e dos bodes, com a gordura da flor do trigo; e bebeste o
sangue das uvas, o vinho puro.
Tenha esta imagem presente em sua mente: o sumo das
uvas. Você nasceu para saborear as uvas da bênção.
Enquanto alguns gastam o seu tempo discutindo o tamanho
dos gigantes e dos seus problemas, os vencedores se atrevem
a alcançar as uvas das bênçãos prometidas por Deus.
2 princípios importantes a respeito das "uvas da
bênção"
1. As uvas não são apenas para os santos, são especialmente
para os famintos. Muitas pessoas se sentem como se não
fossem suficientemente boas para receber os benefícios de
Deus. Mas lembre-se do que Jesus disse: Não necessitam de
médico os sãos, mas sim, os doentes (Mateus 9.12). Os
fariseus nunca experimentaram o poder e a glória do
relacionamento com Jesus, e sim pessoas como a mulher
samaritana e Zaqueu, que estavam famintos por Seu toque,
Sua bênção e Sua presença.
Talvez você tenha cometido muitos erros em sua vida. Mas
quem não os cometeu? Alguns erros são mais óbvios! Deus
conhece o seu coração. Ele sabe quão desesperadamente
você quer recomeçar a sua vida. Ele deseja que você
saboreie as uvas da graça, as uvas da prosperidade, as uvas da
saúde mais do que você poderia querer!
Pare de olhar para as suas fraquezas. Concentre-se nos
pontos fortes dados por Ele. Pare de olhar para trás. Você
não pode ir rápido olhando pelo espelho retrovisor! "Ah,
mas Mike, você simplesmente não sabe a bagunça que tenho
por dentro", uma mulher lamentou. "Você não se afoga por
cair na água, mas por continuar lá", eu lhe respondi. Erga-se
dessa sua situação. Coloque seu sucesso em movimento.
2. As uvas não são colocadas dentro de sua boca, mas são
colocadas ao seu alcance. Ninguém acorda bem-sucedido e
feliz. Muitas pessoas pensam: "Bem, se Deus me quisesse
saudável, eu seria saudável. Se Deus me quisesse
financeiramente próspero, eu seria assim. Deus está no
controle".
O que Deus controla? Ele controla as leis do universo. Ele
não controla as suas decisões! Mas suas decisões estão
criando suas circunstâncias! Pare de atribuir à soberania de
Deus a responsabilidade por todas as suas situações. Use a
mente e as habilidades dadas pelo Senhor para criar novas e
melhores circunstâncias. Realize a parte do trabalho para a
qual você foi criado. Cuide do corpo que Ele deu a você. As
uvas existem, mas você precisa buscá-las.
7 portas de acesso às "uvas da bênção"
Você nasceu para saborear as uvas, desfrutar a realeza, as
bênçãos e os benefícios de Deus. Você tem o "instinto" para
melhorar; tem a motivação para crescer. Algo dentro de
você se move em direção ao crescimento. Você foi criado
para expansão. Deus o criou assim, e você nunca será feliz
de outra maneira.
Eu poderia discutir eternamente sobre as uvas e quão doces
e saborosas elas são; as uvas da riqueza, da saúde, da paz, do
poder, do sucesso. Mas, a menos que você saiba como obter
as uvas, essa discussão não ajudará em nada.
1. A porta da obediência. Em Deuteronômio 28.1, é dito: E
será que, se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus... [Ele] te
exaltará sobre todas as nações da terra. Ouvir a voz do
Senhor significa simplesmente dar ouvidos a Deus, fazer o
que Ele disse para fazer; significa viver de acordo com o
conhecimento revelado. Se você é um galão, viva como um
galão de conhecimento. Se é um copo, viva como um copo
de conhecimento.
Você pode mover-se em direção aos estágios de
aperfeiçoamento e maturidade que o Senhor deseja. Abraão
foi chamado de amigo de Deus, porque ele obedeceu a Ele.
Deus disse: "Abraão, quero que deixe sua situação
confortável e vá para um novo lugar". Abraão obedeceu. Se
Deus falou para fazer algo, simplesmente faça. Não negocie.
Aí surge uma pergunta: como podemos reconhecer a voz de
Deus? É impossível descrevê-la. Oh, eu poderia dar algumas
orientações, mas quando se trata de saber quando Deus está
falando, você deve depender dele.
Eu não tenho de perguntar: "Este homem é meu irmão?" Eu
conheço a voz do meu irmão. Se você passar tempo na
presença de Deus, conhecerá a voz dele. Se o Senhor está
chamando, falando e tratando com você, obedeça-lhe. Pode
até parecer um retrocesso. Pode ser algo que você realmente
não queira fazer. Mas se disser: "Pai, farei o que me pediste",
entrará pelo portão da obediência, e o céu estará aberto para
você.
Deus está de pé, pronto para abrir as janelas do céu e
descarregar uma avalanche de bênçãos sobre aqueles que lhe
obedecem (veja Malaquias 3.10). Ele disse: Se vós estiverdes
em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis
tudo o que quiserdes, e vos será feito (João 15.7). Ah, libere
os poderosos benefícios da obediência!
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 23:
Só é possível afastar-se de um mau pensamento se
deliberadamente você se mover em direção a um bom
pensamento.
2. A porta do conhecimento. Deus disse: O meu povo foi
destruído, porque lhe faltou o conhecimento (Oséias 4.6). O
que você não sabe pode destruir você. Deus deseja que você
tenha conhecimento.
Informação é o negócio de Deus. O céu inteiro está
envolvido na distribuição de informação.
Anjos trazem informação. A Bíblia é um manual de
informação. E literalmente sabedoria concentrada,
informando-nos sobre Deus, Seu poder, Sua natureza e Seus
pensamentos a respeito de nós, de Satanás, dos anjos e dos
demônios.
Você tem direito às bênçãos de Deus. Você é filho do
Altíssimo, herdeiro de Deus e co-herdeiro com Jesus, seu
Irmão mais velho. Tem o direito de entrar no Santo dos
Santos. Tem a seu favor Jesus, o eterno Sumo Sacerdote, o
Intercessor à direita do trono de Deus. Mas você não pode
tomar posse da graça e da bênção de Deus a menos que
tenha conhecimento do que Ele providenciou para você.
Estou dizendo que você tem de saber o que é seu. Deve
abrir e entrar pela porta do conhecimento. Ora, sem fé é
impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que
se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador
dos que o buscam (Hebreus 11.6).
Certa noite, uma mulher veio à frente do púlpito, para
receber oração, e eu lhe perguntei: "Você quer ser curada?"
Ela declarou: "Bem, acho que Deus está tentando ensinar-
me alguma coisa com essa enfermidade". Pensei: "Quanta
ignorância! Alguém já ouviu falar da 'universidade da
doença'?"
Muitas pessoas aceitam enfermidades e doenças como um
mestre. A Bíblia diz que o Espírito Santo guiará os filhos de
Deus em toda a verdade, e não que doenças seriam enviadas
para lhes ensinar e guiar em toda a verdade.
Saiba o que a Palavra de Deus afirma e tenha convicção
disso. Ore: "Deus, Tua Palavra diz que Jesus foi ferido pelas
minhas transgressões, moído pelas minhas iniquidades e por
Tuas pisaduras fui curado!" (veja Isaías 53.5). Acate a Palavra
e descanse nela.
Você pode gastar muita energia para explicar uma doença,
ou pode gastar energia para alcançar um milagre. [Seja sábio!
Opte pelo que lhe traz benefícios.]
Você tem um amplo conhecimento sobre as uvas
providenciadas por Deus? Descubra o que as Escrituras
ensinam; conheça as uvas que deve alcançar.
Muita gente não as tem porque sequer sabe que elas existem.
Você nasceu para saborear as uvas, então deve saber que
Deus as fez disponíveis e acessíveis a você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 24:
Você não pode colher uvas até que tenha plantado suas
sementes em outros.
3. A porta da visualização. Visualize as uvas. Se você não as
pode ver em sua mente, não as verá em seu futuro. Sua
mente é a força que afeta tudo o mais em sua vida.
A renovação da sua mente é o segredo da transformação
(veja Romanos 12.1,2). Sua mente é poderosa.
A mulher com o fluxo de sangue disse a si mesma: Se tão-
somente tocar nas suas vestes, sararei (Marcos 5.28). Ela
visualizou a cura. O milagre aconteceu em sua mente antes
de acontecer em seu corpo. Visualize as uvas. Veja a si
mesmo saboreando uvas. Veja a si mesmo com a vitória.
Alguns nunca se viram vitoriosos como Deus deseja.
Visualize o que Deus quer que você seja, e aja como se já
fosse.
Jesus visualizou a si mesmo em vitória. Ele pelo gozo que
lhe estava proposto, suportou a cruz (Hebreus 12:2).
Suportou o sofrimento do presente pelo gozo que anteviu
adiante. Sua mente estava vislumbrando a vitória. Quando
Jesus caminhou em direção ao Calvário, Ele não estava
olhando para a morte na cruz, e sim para a ressurreição ao
terceiro dia.
Se você deseja ser vitorioso em uma área, visualize isso em
sua mente até que esteja ao seu alcance. Existe um hábito
que você deseja implantar em sua vida? Não se concentre no
hábito; concentre-se na vitória. Essa é a chamada lei da
substituição. Implica trocar o que é mau pelo que é bom.
Não entramos em um edifício, sugerindo à escuridão:
"Poderia fazer o favor de sair? Se sair, teremos luz".
Acendemos a luz, e esta força a saída das trevas.
Algumas pessoas passam a vida dizendo: "Ah, eu desejaria
não ter maus pensamentos". Você nunca conseguirá livrar-
se de maus pensamentos e dúvidas até começar a pensar em
fé e a ver a si mesmo vitorioso. Esta forma de pensar afasta o
mal. Visualize isso agora mesmo. O que quer que seja que
você esteja enfrentando, visualize o melhor.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 25:
A adoração leva você até onde Deus está.
4. A porta do perdão. A quarta porta para as uvas é o perdão.
Implica não tomar para si o direito de Deus de julgar e de
punir o ofensor; implica desistir da vingança. O perdão não
flui para você até que possa fluir de você. Você pode pedir
perdão, implorar a Deus por perdão, ofertar o dobro do
dízimo, mas nada irá acontecer dentro de você até que você
mesmo permita que Deus puna os outros pelos erros deles.
"Mas, Mike, eu gostaria de ensinar-lhes uma lição". Sua
vontade é compreensível, mas está errada. Deus é o único
que pode julgar alguém e dar-lhe justo pagamento. Ele é o
Juiz. Exercite a capacidade de reter a ira e emitir
julgamentos, e deixe Deus realizar Seu juízo e Seu programa
de perdão e restauração.
O perdão ajuda a remover o dano e a dor causada por este.
Não há como alguém entrar no céu sem passar pela porta do
perdão. Não existem uvas da bênção nem uvas da
recompensa até que as coisas passadas sejam esquecidas (veja
Isaías 43.18).
Perdoe não só as outras pessoas, mas também a si mesmo.
Isso é tão importante quanto. No entanto, há pessoas que
nunca perdoaram a si mesmas.
Nunca anuncie seus erros. Lance-os sobre a cruz, e deixe-os
lá. Jesus foi o sacrifício perfeito oferecido em seu lugar!
5. A porta da persistência. O que implica? Simplesmente
programar sua mente para alcançar as uvas da bênção,
independente de quão longe elas estejam. Às vezes, parecerá
que estão a mil milhas de distância.
Amigos podem tentar desencorajar você e desiludi-lo. Eles
podem não compreender seus sonhos, seus objetivos. O
sucesso não cairá no seu colo. Não será fácil alcançá-lo. Mas
todo homem e mulher que o alcançaram tiveram de
persistir. Eles programaram sua mente para ir além daquilo
que acreditavam.
Outro dia, conheci um rapaz inteligente e simpático. Ele
poderia ser um grande pregador. Será que ele queria?
Duvido. Por quê? Não era persistente. Disse-me: "Eu tentei,
e não funcionou. Acho que vou desistir. Não sei se tenho
um chamado".
O persistente recebe poder. Por dez dias, os discípulos
aguardaram no cenáculo. Você pode imaginar o primeiro
dia? Alguém deve ter dito: "Bem, Jesus nos disse apenas para
aguardar, aqui estamos". Veio o segundo dia, o terceiro, o
quarto, o quinto, o sexto, o sétimo, o oitavo, o nono, e nada
parecia acontecer. Um outro pode ter questionado: "Sabe, se
Deus realmente quisesse revestir-nos de poder, Ele não nos
deixaria sentados aqui esperando".
Cinquenta dias após a Páscoa, de repente, veio do céu um
som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu
toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por
eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram
sobre cada um deles (Atos 2.2,3).
Os cristãos reunidos no cenáculo foram batizados com o
Espírito Santo, e começaram a falar em línguas, como o
Espírito de Deus lhes concedia. Por quê? Porque tiveram
persistência.
Diga a si mesmo para ter persistência. Diga até que sinta isso
plenamente. Haverá um tempo em que você não sentirá que
pode triunfar. As vezes, você se perguntará: "Por que estou
fazendo isso?" E sentirá que nada vai funcionar. Continue!
A mulher com fluxo de sangue não se sentiu forçando o
caminho em meio à multidão, ela possuía uma meta.
Estou certo de que Pedro nem sempre se sentiu um
vencedor, mas Deus lhe deu tão grande vitória que, quando
ele, o homem que tinha negado o Senhor, começou a
pregar, disse a seus ouvintes [os judeus de Jerusalém] que
eles precisavam arrepender-se, pois haviam negado o Santo
de Israel (veja atos 3.14). Pedro persistiu até que o poder de
Deus viesse sobre ele e pudesse andar nesse poder.
6. A porta da semeadura. Você não pode ter uvas até semear
uvas. As bênçãos seguem o abençoador. Qualquer coisa boa
que você fizer por alguém, Deus fará por você (veja Efésios
6.8). Se quiser saborear uvas, tem de distribuir uvas. Tem de
abençoar outras pessoas, se quiser que Deus o abençoe.
Se quiser que alguma coisa boa aconteça em sua vida, deve
fazer algo de bom acontecer na vida de seu irmão. Você
deve primeiro realizar para os outros o que espera que Deus
realize por você.
Jesus não disse que se tratássemos bem o nosso próximo,
este nos amaria. Ele disse que se fizéssemos o que é certo
pelos outros, Deus faria o que é certo por nós.
Tudo se reproduz em sua própria espécie. Se você quer cura,
comece orando pela cura de outras pessoas. Se quer bênçãos,
concentre-se para que o outro receba bênçãos. Jesus se
concentrou nas necessidades do povo. Ele fez o bem,
curando os que estavam doentes e oprimidos pelo diabo
(veja Atos 10.38). O que você faz acontecer aos outros,
Deus fará acontecer a você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 26:
Qualquer desordem em sua vida poderá matar o seu sonho.
7. A porta do louvor. Judá, que significa louvor, foi a
primeira tribo a ir para a batalha. Louvor é o som que faz o
inferno estremecer e deixa os demônios nervosos. Satanás
era o líder de louvor a no céu, mas Deus o colocou para fora.
Toda vez que você começa a louvar Deus, todo o céu
anuncia o seu louvor.
Deixe que o remido do Senhor fale! Faça um alegre ruído!
Bata palmas. Louvar é um ato de vontade. Não é algo que
você precisa sentir primeiro para tornar real. Não é
meditação; é algo para ser ouvido. Louvor é som; idéia
articulada. É o seu reconhecimento de Jesus como o Senhor
de tudo e que Deus está no trono.
Quando você começa a louvar a Deus, algo milagroso
acontece. Não importa como você se sente, se começar a
dizer: "Deus, eu o amo!", algo começará a esquentar. Falo a
respeito de quebrar as cadeias de sua prisão. O louvor faz
isso!
Louvor não tem tanto a ver com sentimentos. Você não tem
de dizer "Deus, eu me sinto bem" ou "eu me sinto péssimo".
Louvar tem a ver com adorar ao Senhor; isso retira sua
atenção de si mesmo. O louvor o conduz a Deus. Ele se
sente muito confortável com o louvor. De fato, é o lugar em
que Ele escolheu habitar (Salmo 22.3).
Deus gosta de louvores. Ele reage a eles. Não só o Senhor
reage aos louvores; os demônios o repudiam, porque o
louvor é algo que você escolhe deliberadamente oferecer a
Deus, em reconhecimento a quem Ele é e ao Seu poder.
Mas o objetivo do louvor não é fazer você se sentir bem,
apesar de acontecer isso e de motivar outros a adorar ao
Senhor. Deus valoriza o reconhecimento.
Ele faz as coisas de um jeito grandioso. Você jamais o verá às
escondidas, dizendo: "Fique quieto agora, e divirta-se". Ele é
um Deus de celebração, um Deus de expressão.
Você nasceu para saborear as uvas de um Deus de bênçãos.
A prata e o ouro são dele. O Senhor nos dá o poder para
obter riqueza. Tudo o que Deus tem, tudo o que Ele é, está
disposto a derramar em nós e por intermédio de nós.
As uvas são para os famintos. Elas não são colocadas dentro
de sua boca, mas estão ao seu alcance. Então, atravesse as
portas certas, e alcance as uvas. Elas estão acessíveis hoje.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 27:
A prova do desejo é a busca.
8
Seus objetivos e como alcançá-los
Uma das principais causas do fracasso é a indisposição em
parar o tempo necessário e estabelecer os seus verdadeiros
objetivos.
Essa é uma prática muito mal compreendida. Alguns pensam
que a Bíblia é contra o planejamento e utilizam como
justificativa Mateus 6.25 e Tiago 4.13-15. No entanto, em
Mateus é condenada a preocupação excessiva, não a fixação
de metas, e em Tiago a crítica é sobre estabelecer objetivos
sem o envolvimento de Deus.
4 razões por que alguns nunca definem objetivos
1. Alguns nunca experimentaram a alegria que um objetivo
estabelecido produz.
2. Alguns não sabem definir seus objetivos com clareza.
3. Alguns têm medo de um possível fracasso. (Se não
definimos uma meta, não haverá culpa ou sentimentos
negativos por não alcançá-la!)
4. Alguns não conseguem estabelecer objetivos porque
memórias de falhas anteriores os intimidam. Talvez seus
objetivos não fossem razoáveis.
De qualquer forma, quero ajudá-lo a compreender as
maravilhosas vitórias obtidas por meio do estabelecimento
de objetivos.
No Antigo Testamento, o pai de Abraão, Terá, definiu como
objetivo tornar Canaã a sua residência. Mais tarde, Abraão
alcançou esse objetivo com o seu sobrinho, Ló (veja Gênesis
11; 12). No Novo Testamento, o apóstolo Paulo planejou
passar um "inverno" com os coríntios (veja 1 Coríntios
16.6), e passar outro inverno em Nicópolis (veja Tito 3.12).
Em Provérbios 16.9, é dito que o coração do homem
considera o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os
passos e, em Provérbios 14.8, que a sabedoria do prudente é
entender o seu caminho. Planejamento evita transtorno.
Uma excelente lição sobre planejamento é dada por Jesus
em Lucas 14.28-30:
Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta
primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com
que a acabar? Para que não aconteça que, depois de haver
posto os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a
virem comecem a escarnecer dele, dizendo: Este homem
começou a edificar e não pôde acabar.
Estabelecer objetivos específicos é uma boa forma de
cumprir o propósito de Deus para sua vida. Por exemplo,
você se propõe a ser um cristão melhor este ano. Isso é uma
meta geral. Para cumprir esse objetivo, você deve ler uma
quantidade específica de capítulos da Bíblia todos os dias,
estabelecer um tempo de oração pela manhã, e assim por
diante.
Definir objetivos requer tempo, disciplina, coragem e
paciência. Existem tentações ao longo do caminho. Às
vezes, permitimos que outras pessoas determinem os nossos
objetivos, em vez de decidirmos por nós mesmos. Alguns
tornam-se confortáveis em um determinado trabalho e
ficam lá por 20 anos, mas podem estar perdendo a posição
divina para a qual Deus deseja levá-los. Para eles, a segurança
financeira está no trabalho, não em seu Pai celestial.
5 passos para alcançar os seus objetivos
1. Você deve decidir por si mesmo o que realmente quer de
sua vida. Ninguém mais pode decidir por você. Se não se
importar com o que acontece em sua vida, ninguém mais se
importará.
2. Fique a sós com Deus e Sua Palavra. Isso permitirá que
você compreenda melhor Seu plano e desejo. Isso o ajudará
a entrar em sintonia com a vontade e o propósito divinos e a
evitar objetivos errados.
3. Anote numa folha de papel cada sonho, meta e desejo
importantes atualmente para você.
Escreva tudo o que sempre quis fazer, tornar-se ou possuir.
Pode ser algo na área espiritual, física, mental, financeira ou
familiar. E importante que você anote. Não deixe apenas em
sua mente! A anotação mais curta é melhor do que uma
longa memória. Como John, meu irmão, diz: "Uma pequena
linha escrita é melhor que uma grande memória".
4. Determine os três principais objetivos de sua lista. Escreva
ao menos cinco ações que você pode empreender agora,
para alcançar o objetivo prioritário. Lembre-se: um grande
sucesso é alcançado por meio de vários pequenos sucessos
juntos.
5. Esteja alerta quanto às pessoas que Deus enviará para
ajudá-lo a cumprir o seu propósito, e pronto para obedecer a
Deus, quando Ele direcionar seus talentos para ajudar a
realizar os sonhos de outros. Isso apenas reafirma o meu
lema básico dado por Deus durante um período de cinco
dias de jejum em 1977: o que você faz acontecer aos outros,
Deus fará acontecer a você.

Ontem está no túmulo.
Amanhã está no ventre.
Sua vida é hoje.
Mike Murdock
9
10 mentiras em que muitos acreditam sobre dinheiro
Problema financeiro é o principal assunto das cartas que
recebo. Sei o que significa prosperar e o que significa estar
completamente devastado nas finanças.
Uma das ferramentas que Satanás usa para destruir a
motivação, os objetivos e a alegria da realização é a
dificuldade financeira. Escrevi este livro porque me importo
com você e com as perdas que pode ter experimentado na
vida. Leia este capítulo com a mente aberta para com Deus,
e entenda como pode tornar-se um vencedor na área
financeira.
Aterrorizantes gritos de terror soam no ar numa noite fria.
De repente, há uma explosão. Indefesos gritos de tormento
e desespero são ouvidos. Famílias são dizimadas. Uma vida
inteira de sonhos é despedaçada como vidro no concreto.
Cicatrizes emocionais para sempre são gravadas na alma. Há
estragos, destruição, caos. Tudo numa questão de minutos.
Porque alguém mentiu.
Na pressa, os mecânicos do avião haviam falhado em avisar
uma pequena avaria. Certo de que tudo estava bem, o piloto
executou a decida fora de controle. Ele aceitou a opinião e o
julgamento dos outros. Isso lhe custou sua vida.
A felicidade depende de algo que você está acreditando. O
êxito ou o fracasso depende de sua crença numa mentira ou
numa verdade. No casamento, na saúde, nas questões
espirituais e até mesmo nas finanças, o que você acredita faz
toda a diferença. Todos nós podemos recordar momentos
nos quais acreditamos numa mentira. Às vezes, inofensivas;
às vezes, devastadoras.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 28:
O que você pensa sobre dinheiro revela o que você
realmente pensa sobre a vida.
Uma das maiores necessidades da vida é o dinheiro.
Sente-se com o conselheiro de jovens casais. Olhe para os
jovens na prisão por roubo. Escute o missionário da Africa
compartilhando as necessidades de seu ministério. Fale com
o marido cansado que trabalha demais. Leia a Bíblia Sagrada.
Os ensinamentos de Jesus Cristo incluíam este tópico
poderoso, dinheiro. Milhares vivem insatisfeitos e frustrados
porque não compreendem a verdade sobre o dinheiro.
10 mentiras em que muitas pessoas acreditam sobre
dinheiro
MENTIRA 1: dinheiro não é importante.
Recentemente, sentei-me em um café no aeroporto de
Dallas-Fort Worth. E ouvi enquanto a garçonete falou de
suas longas horas de trabalho, do pequeno apartamento e de
duas crianças.
"Você não gostaria de ganhar mais dinheiro?", perguntei. Ela
respondeu indignadamente: "Não, eu não! Isso é o que está
errado com o nosso mundo hoje: ganância. Tenho o
suficiente para minhas contas e sustento para meus dois
filhos. Isso é tudo que quero. As pessoas dão muita ênfase ao
dinheiro. Ele não é importante".
Eu não conseguia acreditar no que estava ouvindo.
Perguntei-lhe: "Alguma vez você já ouviu falar de Calcutá,
na Índia?" Ela respondeu: "Sim". Prossegui: "Já viu as
imagens de crianças famintas lá?"
Ela confirmou: "Sim". Indaguei: "Alguma vez você já lhes
enviou algum dinheiro ou comida?" Ela foi sincera: "Não".
Tornei a perguntar: "Por que não?" Ela esclareceu: "Não tive
o suficiente..." Então, calou-se.
Eu pude ver nos olhos dela que a ficha tinha caído. Dinheiro
realmente importa. A vida depende dele. Dinheiro é algo
poderoso em nosso mundo. Com ele barganhamos,
vendemos, compramos e negociamos ao longo da vida!
Abrigo, alimentação, cuidados médicos, educação e mesmo
auto-preservação envolvem dinheiro. Dinheiro é um
elemento de comunicação entre seres humanos. Na guerra
ou na paz, no amor ou no ódio, o dinheiro fala mais alto.
MENTIRA 2: o dinheiro é mau.
Muitas pessoas que creem nisso citam erroneamente o texto
que o apóstolo Paulo escreveu a Timóteo: Porque o amor do
dinheiro é a raiz de toda espécie de males (1 Timóteo 6.10).
Note que não é dito que o dinheiro é mau, e sim que o amor
ou a obsessão por dinheiro é a raiz, o início, de toda espécie
de males. Por quê? Porque o amor ao dinheiro é idolatria. E
o culto à criação, em vez de ao Criador.
Deus é o Dono da riqueza. Em Ageu 2.8, Ele diz: Minha é a
prata, e meu é o ouro, disse o SENHOR dos Exércitos.
Deus é o Doador da riqueza, como vemos em
Deuteronômio 8.18: Antes, te lembrarás do SENHOR, teu
Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder.
Quando Deus lhe der um dom, este deve ter valor,
importância e propósito em sua vida: Toda boa dádiva e todo
dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes (Tiago
1.17).
Deus nunca daria presentes ruins aos Seus filhos. E o mau
uso ou o abuso do dinheiro que pode ser destrutivo. Não é o
dinheiro em si.
O fogo pode destruir casas, belas florestas, matar seres
humanos. Mas adequadamente aproveitado, pode ser usado
para cozinhar alimentos, para o aquecimento de casas e o
funcionamento de motores de automóveis.
Enchentes podem matar afogadas muitas pessoas. No
entanto, a água é necessária para a vida humana, a limpeza e
até para a natureza.
Da mesma forma acontece com dinheiro. Ele pode ser usado
para o bem! Como um humorista disse: "O dinheiro não são
notas frias, mas quentes e suaves bênçãos!"
MENTIRA 3: dinheiro nunca faz mal a ninguém.
Uma verdade é inegável: o dinheiro sempre influenciará sua
vida. Por quê? O que está por trás do misterioso magnetismo
do ouro? Alguns homens mataram por dinheiro;
abandonaram filhos e esposas em busca de ouro.
Veja, o desejo básico do homem é um senso de valor, um
sentimento de importância. O dinheiro representa poder,
influência, realizações e segurança. E por isso que dinheiro
pode ser enganoso.
Jesus se referiu a essa questão como a sedução das riquezas,
que impede o desenvolvimento espiritual (veja Mateus
13.22), porque dá uma falsa sensação de segurança.
Um sábio e rico governante, Salomão, avisou: As riquezas
não duram para sempre (Provérbios 27.24). Porventura,
fitarás os olhos naquilo que não é nada1 Porque, certamente,
isso se fará asas e voará ao céu como a águia (Provérbios
23.5).
Dinheiro demais frequentemente produz orgulho. Isso é
espiritualmente devastador (veja Marcos 10.25). Qualquer
coisa que consuma seu tempo, qualquer coisa em que você
pense a maior parte do tempo, torna-se o seu deus (veja
Mateus 6.24). O Senhor se recusa a competir e garante que:
Aquele que confia nas suas riquezas cairá (Provérbios
11.28). Sim, o dinheiro pode ferir você.
Princípio de sabedoria 29:
Qualquer coisa em que você pense a maior parte do tempo
torna-se o seu deus.
MENTIRA 4: dinheiro pode resolver seus problemas e
garantir sua felicidade pessoal.
Infelizmente, o oposto é verdadeiro em muitos casos (veja
Eclesiastes 5.12). Os ricos, às vezes, sentem que suas
amizades são frágeis e artificiais, baseadas em suas posses, e
não na pessoa deles mesmos. Amargurados, frustrados e
solitários, alguns têm até cometido suicídio.
Pense por um momento. Você ainda está contente com o
seu último aumento salarial? Provavelmente não. Em
Eclesiastes 5.10, é dito: O que amar o dinheiro nunca se
fartará de dinheiro; e quem amar a abundância nunca se
fartará da renda.
Ter um propósito na vida, e não apenas riquezas, é
verdadeiramente gratificante. E esse propósito só pode ser
realizado em uma pessoa: Jesus Cristo. Quem tem o Filho
tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida (1
João 5.12).
Incrédulos muitas vezes ignoram os problemas da riqueza.
Cristãos frequentemente ignoram o propósito da
prosperidade. Quando se trata da deterioração do casamento
ou da moral de uma nação inteira, o problema humano
básico é espiritual.
MENTIRA 5: alguns são beneficiados com a riqueza;
outros destinados à pobreza.
Esta ridícula mentira tem destruído a iniciativa, o
direcionamento e a motivação em muitos potenciais
vencedores em todo o mundo. Muitas pessoas capazes
acreditam que "seja o que for, se aconteceu, era para ser".
Absurdo!
A verdade é que, por meio do desenvolvimento dos talentos
dados por Deus e dos princípios do dar, você possibilidade
uma abundante colheita financeira em sua vida.
O que lavra a sua terra se fartará de pão, mas o que segue os
ociosos está falto de juízo.
A mão dos diligentes dominará, mas os enganadores serão
tributários.
Provérbios 12.11,24.
Em todo trabalho há proveito, mas a palavra dos lábios só
encaminha para a pobreza.
Provérbios 14.23
Jesus disse: Dai, e ser-vos-á dado (Lucas 6.38).
Salomão afirmou: Alguns há que espalham, e ainda se lhes
acrescenta mais; e outros, que retêm mais do que é justo,
mas é para a sua perda. A alma generosa engordará, e o que
regar também será regado (Provérbios 11.24,25).
Deus explicou que a maldição ou a bênção financeira
dependia da atitude de nossa obediência: Bendito serás
(Deuteronômio 28.1-14), ou maldito serás (Deuteronômio
28.15-68).
Em Malaquias 3.8-11, é revelado o motivo pelo qual muitos
não são prósperos:
Roubará o homem a Deus1 Todavia, vós me roubais e dizeis:
Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.
Com maldição sois amaldiçoados, porque me roubais a mim,
vós, toda a nação. Trazei todos os dízimos à casa do tesouro,
para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei
prova de mim, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos
abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção
tal, que dela vos advenha a maior abastança. E, por causa de
vós, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o
fruto da terra; e a vide no campo não vos será estéril, diz o
SENHOR dos Exércitos.
MENTIRA 6: Deus não quer que você seja financeiramente
próspero.
Isso é um absurdo! As necessidades em nossa vida e as
necessidades dos outros demandam bênçãos financeiras.
Jesus assegurou-nos: Vosso Pai celestial bem sabe que
necessitais de todas essas coisas (Mateus 6.32).
O apóstolo Paulo criticou quem não provê as necessidades
de sua família: Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e
principalmente dos da sua família, negou a fé eé pior do
que o infiel (1 Timóteo 5.8).
Deus é a sua fonte!
Se, vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos
filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens
aos que lhe pedirem?
Mateus 7.11
Deus dá riqueza
Antes, te lembrarás do SENHOR, teu Deus, que ele é o que
te dá força para adquirires poder.
Deuteronômio 8.18
Porquanto [...] pediste para ti sabedoria e conhecimento,
para poderes julgar a meu povo, sobre o qual te pus rei,
sabedoria e conhecimento te são dados; e te darei riquezas, e
fazenda, e honra, qual nenhum rei antes de ti teve, e depois
de ti tal não haverá.
2 Crônicas 1.11,12
Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam
continuamente: O SENHOR, que ama a prosperidade do seu
servo, seja engrandecido.
Salmos 35.27
Dinheiro é uma ferramenta. E, embora possa tornar-se uma
armadilha para o incrédulo, é um instrumento de
evangelização para o cristão.
Há dois tipos de empreendedores no mundo cristão:
1. Aqueles que vão. E disse-lhes: Ide por todo o mundo,
pregai o evangelho a toda criatura (Marcos 16.15).
2. Aqueles que enviam. Como, pois, invocarão aquele em
quem não creram? E como crerão naquele de quem não
ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como
pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão
formosos os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam
coisas boas! (Romanos 10.14,15).
Dinheiro nas mãos dos cristãos é uma ameaça a Satanás.
Quando pregamos o evangelho, o tempo da volta de Jesus
Cristo é influenciado. Os estratagemas do diabo são anulados
quando os fiéis a Deus usam a prosperidade como uma
ferramenta para fazer Sua obra. E este evangelho do Reino
será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as
gentes, e então virá o fim (Mateus 24.14).
Por meio de nossas ofertas, missionários são enviados,
estações de rádio e televisão cristãs são criadas, igrejas são
construídas, e Bíblias são impressas. A prosperidade
financeira é muito mais do que ter um Rolls-Royce ou
palácios. Prosperidade de verdade significa ter provisão
suficiente de Deus para completar as instruções dele para
nossa vida, o suficiente de Sua provisão para obedecer aos
Seus comandos e atender às Suas expectativas.
Princípio de sabedoria 30:
Prosperidade é ter provisão suficiente para executar as
instruções de Deus para nossa vida.
. MENTIRA 7: Não há nada que você possa fazer a respeito
de sua situação financeira.
Enquanto perdedores esperam por algum "momento mágico
da sorte", os vencedores trabalham com os princípios da
prosperidade ensinados na
Palavra de Deus. Sua situação financeira depende de três
fatores:
Gastos: seguir o calendário de Deus para as compras;
Poupança: disciplina em planejar o amanhã (veja
Provérbios 6.6);
Compartilhar: liberar ofertas em ministérios que
trabalham na propagação do Evangelho (veja 2 Coríntios
9.6).
A prisão do crédito
Aprenda a quebrar as barras da prisão do crédito. O que
toma emprestado é servo do que empresta (Provérbios
22.7). Comprar motivado por impulso ou orgulho pode
paralisar suas chances de prosperidade. A ninguém devais
coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos
outros (Romanos 13.8). Determine que você será livre das
dívidas. Estude os métodos de outros que já alcançaram o
sucesso financeiro.
Retorno de 100 vezes mais
Ative os princípios do dízimo e das sementes de (é. Mesmo
os fariseus eram notados por Jesus por seus dízimos (veja
Mateus 23.23). O melhor investimento que você pode fazer
é na obra de Deus.
E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que
ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs,
ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor
de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já
neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e
campos, com perseguições, e, no século futuro, a vida
eterna.
Marcos 10.29,30
Deus garantiu abundância em Malaquias 3, como
recompensa da obediência ao semearmos nossas finanças em
Sua obra. Comece a ofertar regularmente, liberalmente e
com expectativa! O que você semear e a sua atitude
determinarão sua colheita.
Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e
transbordando vos darão; porque com a mesma medida que
com medirdes também vos medirão de novo.
Lucas 6.38
E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará;
e o que semeia em abundância, em abundância também
ceifará.
2 Coríntios 9.6
MENTIRA 8: a regularidade e o valor de sua semente
realmente não interessam a Deus.
Errado. Ofertas inconsistentes e irregulares não produzem
uma colheita satisfatória. Um bem- -sucedido agricultor
depende da regularidade das estações, e não dos sentimentos
do momento. Somos instruídos: No primeiro dia da semana,
cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar,
conforme a sua prosperidade (1Coríntios 16.2). Semanal ou
mensalmente, estabeleça um padrão de sucessivas e
consistentes ofertas em sua igreja e nos diversos ministérios
que abençoam sua vida.
Jesus observou o valor da oferta da pobre viúva (veja Marcos
12.42-44). Ele respeitou a "oferta sacrificial" dela, que
transcendeu o que era temporal, para garantir os benefícios
eternos. Nossa dedicação é revelada pela quantia que
mantemos para nós mesmos e pela que devolvemos a Deus:
Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com
tristeza ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com
alegria (2 Coríntios 9.7).
MENTIRA 9: Dinheiro não é um assunto espiritual, por
isso não deve ser discutido na igreja.
Ridículo! A Bíblia está cheia de advertências e promessas
sobre riqueza e prosperidade.
Amantes do dinheiro devem ser repreendidos. Ofertantes
devem ser incentivados.
Dinheiro é parte importante do nosso cotidiano. Os
ministros de Deus são responsáveis pelo ensino acerca de
seu uso equilibrado e de sua importância.
O momento da oferta, no culto, é uma oportunidade para
adorar a Deus.
O momento da oferta é uma ocasião especial para investir no
Reino de Deus.
O momento da oferta é para servimos a Deus por meio de
nossos bens e atrairmos o seu coração em relação ao nosso
futuro.
O momento da oferta é um tempo de expressar gratidão e
apreço pelo nosso Deus.
Uma palavra aos ministros
Oh, meu amigo ministro, separe um tempo para informar o
povo de Deus sobre os princípios de bênçãos revelados na
Palavra. De que outra forma as pessoas os conheceriam? Não
deixe um pecador cínico ou um crítico membro da igreja
limitar nem diluir a revelação sobre bênçãos financeiras.
A Bíblia ensina isso. Deus aprecia o sistema de oferta.
Certamente as ofertas merecem mais atenção, por isso
dedique tempo para informar o povo. Informações geram
confiança, e os cristãos têm o direito de fazer parte do
sistema de recompensas de Deus.
Princípio de sabedoria 31:
Egoísmo é privar outras pessoas das bênçãos e obter
vantagem para si.
MENTIRA 10: É egoísta e errado ofertar a fim de receber
mais em troca.
Embora esta mentira faça pouco sentido, milhares acreditam
nela.
Vestindo a máscara da falsa humildade, um homem
aproximou-se, recentemente, orgulhoso como um pavão
fariseu, e disse: "Acho que é egoísta querer algo em troca.
Quando eu ofertar, não vou esperar de Deus nada em troca".
A flagrante ignorância e o desejo dele de anunciá-la me
chocou! Eu tive de fazer-lhe algumas perguntas: "Quando
você entregou sua vida a Cristo, não esperou perdão em
troca?" Ele respondeu nervosamente: "Uh, sim". Repliquei:
"Ah! Você foi egoísta?" Então perguntei novamente:
"Quando você está doente, espera cura?" Sua resposta veio
devagar: "Sim". Falei: "Percebo que o egoísmo deixou seu
rastro. Então quando você se tornou um cristão, entregou a
Deus o que tinha, para conseguir o que Ele tinha para você?
Paz de espírito, alegria interior?" Ele começou a sorrir
timidamente: "Entendo o que quer dizer".
Oh, meu amigo, escute-me hoje! Sua expectativa é a fé.
Nada pode dar mais prazer ao seu Pai celestial. No
relacionamento entre Deus e o homem, existe a troca. A
própria vida é baseada em troca. Deus quer o seu coração.
Você quer a paz dele. Deus quer a sua vontade. Você deseja
o Seu plano.
Em Deuteronômio 28, é prometido que a sua obediência
trará a bênção de Deus. Você entrega a Deus o que Ele quer
e, em troca, Ele satisfaz os desejos do seu coração (veja
Deuteronômio 28.1,2).
Se um pai oferece dez reais ao seu filho, para lavar o carro,
ele faz isso para motivar o menino. Não é errado o filho
lavar o carro para receber dez reais. O filho agiu em
obediência a fim de agradar seu pai, e o dinheiro foi um
incentivo.
Egoísmo versus Auto-preservação
Auto-preservação é querer algo de bom para si mesmo. Isso
não é mau. Você quer salvação, paz, sucesso e vitória para
sua vida. Deus quer que você os tenha.
Egoísmo é privar outras pessoas de serem abençoadas e
obter vantagem para si. Pessoas egoístas estão dispostas a
machucar outras para chegar na frente. Isso é abominável
para Deus.
O Senhor colocou um desejo de crescer dentro do seu
coração. Quando isso se torna distorcido e amplo demais,
torna-se destrutivo. Quando está centrado em Deus e em
Seus princípios, torna-se uma energia para o seu progresso
na vida.
Ouse crescer! Ouse esperar bênçãos financeiras, enquanto
compartilha o evangelho. Jesus deixou algo para motivá-lo
em Lucas 6.38: Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada,
sacudida e transbordando vos darão.
Seu maior desejo deve ser o de agradar o seu Pai,
independente do custo. A prova de sua fé está em sua
expectativa pela colheita. Sua liberalidade determina o seu
crescimento.
Dar é o remédio de Deus para a ganância. Revela a sua fé
nele como o seu Provedor. Mostra que você se preocupa
com outras pessoas. E o plano de investimento de Deus para
Seus filhos. E isso funciona!
Talvez o seu maior problema não seja financeiro, mas
espiritual ou físico. As leis de Deus quanto a dar e a receber
são eficazes em todas as áreas. Se estiver faltando
relacionamento com Deus, você tem de dar para receber.
Liberte-se de seu passado de fracassos, pecados e culpa.
Receba Jesus como Senhor, a vida eterna, a cura para sua
doença, a prosperidade financeira e o perdão! Receba agora a
mentalidade de um vitorioso e bem-sucedido vencedor!
Muitas pessoas me disseram que foram grandemente
abençoadas após a leitura de meu livro 31 Razões por que as
pessoas não recebem sua colheita financeira. Em minha
opinião, esse livro é um manual de crescimento financeiro.
Eu recomendo a leitura!

10
Ganância, riquezas e ofertas
As pessoas andam assustadas. O medo está devorando o
coração dos americanos como um câncer. Em meio a tudo
isso, a catástrofe financeira ameaça a economia: a inflação, a
falta de emprego e as taxas de juros inacreditáveis.
3 coisas a considerar
1. O poder das riquezas.
2. O problema da ganância.
3. As promessas garantidas pelo ato de ofertar.
Que mentiras estão por trás do misterioso poder do ouro, do
dinheiro, da riqueza financeira? O que faz com que isso seja
a medida de valor para o ser humano? Qual é o magnetismo
das riquezas?
O instinto natural do homem para a auto-preservação pode
tornar-se uma obsessão. A necessidade de dominar,
controlar e possuir é um esforço para estabelecer um senso
de importância e elevar a auto-estima.
Nós compramos um imóvel. Colocamos cercas ao seu redor.
A obsessão pela propriedade pode deformar o nosso senso
de valor. Em Tiago 2.1-9, é enfatizado que as pessoas ricas
não devem receber especial atenção e favor. Portanto, para
Deus, a riqueza é raramente uma medida de verdadeiro
valor.
Existem duas opiniões extremas quanto à prosperidade:
1. Que o dinheiro é a essência da vida. No entanto, Jesus
disse: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida
de qualquer não consiste na abundância do que possui
(Lucas 12.15).
2. Que o dinheiro não é importante. No entanto, cumprir
nossa responsabilidade de sustentar a família (1 Timóteo 5.8)
e de apoiar ministérios (Romanos 10.14,15) só é possível por
meio da bênção financeira prometida por Deus em
Malaquias e Deuteronômio.
As riquezas nos permitem construir igrejas, hospitais e
enviar missionários pelo mundo. Elas podem tornar-se uma
maldição (veja 1 Timóteo 6.9) ou uma bênção (veja
Provérbios 3.9,10).
Ganância é a resposta dos incrédulos à bênção. Por meio de
conspirações, roubos e covardia, eles acumulam o que
deveria ser compartilhado.
Deus muitas vezes permite que a pessoa gananciosa acumule
bens, mas priva o coração dela da satisfação disponível aos
crentes (veja Eclesiastes 4.8). Deus garante o fracasso dessa
satisfação aos gananciosos (veja Provérbios 11.28) e permite-
lhes um sentimento de insegurança (veja Provérbios 23.5).
Se o dinheiro é importante para realizações, e a ganância se
torna um grande problema, por que Deus se alegra em dar
riquezas às pessoas? Se estas podem ser algo perigoso, por
que Ele nos motiva com tais promessas de prosperidade?
(veja Deuteronômio 8.18).
Pense nisso. Embora o fogo possa destruir casas, quando
bem utilizado, serve para cozinhar alimentos, movimentar
automóveis e aquecer residências. Embora a água possa
afogar, é necessária para a vida, para a limpeza e para a
beleza do mundo. Assim acontece com a utilização do
dinheiro.
Dar é o remédio divino para a ganância. A principal
diferença entre Satanás e Deus é que Satanás é um
usurpador, e Deus é um doador. Satanás rouba a alegria, a
paz, o amor. Deus dá alegria, paz, amor. Porque Deus tanto
amou... que deu (João 3.16). Portanto, dar é uma
característica de Deus.
Jesus disse: Eu vim para que tenham vida e a tenham com
abundância João 10.10). Jesus é um doador de vida, saúde e
amor.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 32
Dar prova que você venceu a ganância.
Dar também impressiona Deus (veja Provérbios 3.9,10). Ele
interpreta uma oferta como uma homenagem a Ele. Para
Deus, uma oferta é a fé em ação. Assim, o perigo da
ganância é dissolvido pelo dar.
A necessidade e a importância do dinheiro não são ignoradas
pelo Senhor. Ele promete responder positivamente ao nosso
dar.
Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e
transbordando vos darão; porque com a mesma medida com
que medirdes também vos medirão de novo.
Lucas 6.38
Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja
mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz
o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do
céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos
advenha a maior abastança.
Malaquias 3.10
Por quê? Deus sempre reage à fé. Jesus fica maravilhado com
a fé. Isso impressiona todo o céu! Dar uma oferta é uma
prova eterna de sua fé. Quando você planta sementes na
obra de Deus, sua oferta prova que você tem um coração
generoso (disposição para dividir); um coração agradecido
(disposição para lembrar); um coração cheio de fé
(disposição para crer); um coração confiante (disposição para
esperar).
Seu dinheiro representa você, seu tempo, seu suor, sua
energia, suas habilidades, sua labuta, a maior parte de você. É
uma poderosa parte de você. Com ele, você negocia ao
longo da vida. Troca dinheiro por comida, abrigo, vestes.
Você fala por meio de seu dinheiro. Diz aos seus filhos que
pode cuidar deles, dando-lhes provisão.
Quando você dá algo a Deus, essa é uma declaração pública
de que Ele é importante para você. Ele sabe disso. Você
libera o seu dinheiro. Demonstra fé e confiança nele. Você
ativa princípios de troca:
Você lhe entrega seus pecados. Ele lhe concede perdão (1
João 1.9).
Você lhe entrega sua mente confusa. Ele lhe concede a paz
interior (João 14.27).
Você lhe entrega o seu coração sujo. Ele lhe concede um
novo coração (Ezequiel 36.26).
Você libera o que tem. Ele libera o que tem para você.
A sua atitude de dar é o seu amor em ação. Eis o princípio
poderoso da total prosperidade!

11
O Fator Amor no Dar
"Mike, você sabe o que eu preciso mais do que tudo neste
mundo? De amor."
Olhei para o meu amigo. Ele estava usando jóias caras e um
impecável terno, mas o rosto dele estava marcado pela dor
do seu recente divórcio. Entendi perfeitamente a sua
solidão. Mas eu tinha de discordar: "Amigo, você é cercado
de pessoas que o amam. Você não precisa de outro nome
para adicionar à sua lista. O que está precisando é de alguém
a quem dar o seu amor".
A sua necessidade de doar é tão forte quanto a sua
necessidade de receber. O mundo grita: "Preciso de amor!"
Jesus ordenou: "Deem amor".
Este é o meu fascínio por Jesus Cristo: o fator amor. Isso
espantou a mentalidade romana do primeiro século. Os
exércitos de homens habituados à força encontraram o
poder do favor para além de sua compreensão.
Essa é uma das razões por que o Natal é importante para os
cristãos; não se trata apenas de enfeites, brinquedos e doces.
Celebramos o Natal por causa do fator amor. Damos
presentes no Natal, porque dar é uma prova de amor.
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu (João
3.16). Também Cristo amou a igreja e a si mesmo se
entregou por ela (Efésios 5.25).
O fator amor confunde quem não é cristão e tenta igualar o
amor à aprovação. O pecador não pode compreender que
Jesus ama o desqualificado. No exato momento em que
realmente entender essa verdade, alegremente fará um
compromisso de entregar sua vida a Jesus Cristo.
Amar implica atitude; dar é a ação resultante.
Amar é valorizar o outro. Dar é privar-se, a fim de beneficiar
o outro.
Amo o Natal. Francamente, fico animado ao ler as
mensagens de meus amigos especiais nos cartões que me
enviam, e ainda tenho um "menino" em mim capaz de amar
e que gosta de abrir presentes e pacotes surpresa.
Há mais no Natal do que enfeites e luzes. O Natal é uma
celebração do amor, da natureza de Deus. E Seu amor é
perpetuado pela generosidade.
6 princípios sobre dar
1. Dar é uma característica de Deus. Quanto mais vosso Pai,
que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? (Mateus
7.11).
2. Dar é a expressão do nosso apreço. Pedra preciosa é o
presente aos olhos dos que o recebem (Provérbios 17.8).
3. Todos têm uma necessidade de dar. De graça recebestes,
de graça dai (Mateus 10.8).
4. Todos têm algo para dar. Cada um administre aos outros o
dom como o recebeu, como bons despenseiros da
multiforme graça de Deus (1 Pedro 4.10). Pode ser uma
palavra de agradecimento, um buquê de flores, uma hora de
tempo, um pouco de mantimento, um elogio por um
trabalho bem feito, use o seu dom ou habilidade especial.
Não dê o que não tem, dê o que tem.
5. Não deixe a rejeição ao seu dom paralisar sua atitude
contínua de dar. Jesus continuou dando, embora os seus não
o tenham recebido (João 1.11). Sua doação pode ser
recusada se não for realmente necessária, se não for
valorizada, ou se o seu objetivo não for discernido.
6. Deus valoriza o doador. Ele vê Sua natureza em você e
honra essa atitude com a promessa de prosperidade: Dai, e
ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e
transbordando vos darão; porque com a mesma medida com
que medirdes também vos medirão de novo (Lucas 6.38).
Lance sua semente com grande expectativa, hoje. Sua
semente incomum sempre criará uma colheita
extraordinária.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 33:
Quando você libera o que está em sua mão, Deus libera o
que está na mão dele.
12
A Lei da Liberalidade
Apenas os tolos não querem crescer, adicionar, ganhar,
aumentar. Na verdade, há uma parábola em que Jesus disse
que Ele observou se os trabalhadores estavam produzindo
mais e lucrando (veja Mateus 25.14-30).
A lei do crescimento é uma lei da vida
Se o seu filho ainda pesasse nove quilos com cinco anos de
idade, você saberia que algo está errado. Há cristãos que
nunca crescem. Alguma coisa está fora de ordem. Alguns
simplesmente nunca aprenderam a importância do
crescimento pessoal: aumentar, ampliar, prosperar.
E você? Quer crescer? Deus programou o seu crescimento.
Nas Escrituras (Deuteronômio 8.18; Deuteronômio 28.1-14;
Malaquias 3.9-11; Lucas 6.38; Provérbios 3), podemos
constatar que Deus tem prazer na prosperidade do Seu povo!
Louvai ao SENHOR! Bem-aventurado o homem que teme
ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer.
A sua descendência será poderosa na terra; a geração dos
justos será abençoada.
Fazenda e riquezas haverá na sua casa, e a sua justiça
permanece para sempre.
Salmo 112.1-3
Dificilmente eu precisaria de tempo para provar isso a
alguém. Abundância é uma importante chave para desfrutar
uma vida vencedora, abundância de energia, de saúde, de
sabedoria, de amigos, de favor.
A maioria das pessoas quer prosperar financeiramente.
Mesmo os adolescentes querem mais. Os pais amam seus
filhos e querem proporcionar-lhes uma boa educação, bons
livros e uma casa confortável. Você é filho de Deus. Se algo
lhe interessa, então Deus se interessa. O que ativa o seu
crescimento? Como começar uma avalanche de bênçãos?
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 34:
Se o que você tem em mãos não é suficiente para sua
colheita, então, deve ser sua semente.
A lei da liberalidade
O agricultor nunca colhe milho até que libere as sementes
no solo. Você deve deixar diante de Deus aquilo que tem
antes que Deus libere o que Ele tem nas mãos dele.
A liberalidade é fé em ação.
A liberalidade diz: "Acredito em Deus".
A liberalidade afirma: "E possível ver o meu milagre".
A liberalidade declara: "Sou o comandante de minhas
finanças, o dinheiro não pode controlar-me".
A liberalidade grita: "Deus é mais importante do que o
dinheiro que tenho em minha conta bancária".
A liberalidade é a prova de que você não é um ganancioso,
um mero acumulador de finanças. Na verdade, não há
melhor maneira de provar que você não é um adorador do
dinheiro do que demonstrando liberalidade!
Jesus viu a pobre viúva que ofertou tudo o que tinha. Deus
viu a viúva que deu o bolo a Elias. O Senhor abençoou as
duas com crescimento, prosperidade.
4 milagres da liberalidade
1. Quando você é liberal, abre as comportas do céu.
2. Quando é liberal, demonstra o seu amor por Deus.
3. Quando é liberal, pode começar a esperar uma milagrosa
provisão de Deus.
4. Quando é liberal com o que tem (tempo, talento, finanças,
amor), isso voltará para você! Eu realmente acredito nisso.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 35:
Sua semente é como uma compra no armazém do céu...
autorizando o envio de pacotes de milagres para sua vida.
Comece a esperar sua colheita! Se ainda não plantou
sementes, comece a fazer isso. E quando praticar a
liberalidade, espere o melhor de Deus.
Pare de reclamar sobre a falta, e espere a abundância de
Deus. Você é um vencedor. Está operando dentro da lei do
crescimento. Está ativando-a pela prática da liberalidade.
Vamos! Tire as mãos do que acha que é seu e admita que
tudo pertence a Deus. Libere tudo para Ele.
Quando você deixa ir o que está em sua mão, Deus deixa vir
o que está na mão dele.
Fique animado! Você acaba de entrar em uma vida vitoriosa.

A PROVA DO DESEJO É A BUSCA.
Mike Murdock

13
Como alcançar a felicidade em seu trabalho?
Seu trabalho representa escravidão ou deleite? Estar no
trabalho adequado e na carreira certa é uma importante
chave para a felicidade total. Alguns culpam sua família, seu
companheiro e seus filhos por suas frustrações, mas a
verdade revela que a infelicidade no trabalho é que "devora"
o seu interior.
Seu trabalho deveria ser uma fonte de alegria! E gozar do seu
trabalho, isso é dom de Deus (Eclesiastes 5.19). E os meus
eleitos gozarão das obras das suas mãos até à velhice (Isaías
65.22). O SENHOR mandará que a bênção esteja contigo
nos teus celeiros e em tudo que puseres a tua mão
(Deuteronômio 28.8).
Seu trabalho é muito importante. Ele lhe permite um senso
de realização que é essencial para sua auto-estima. O
trabalho libera seus talentos dados por Deus e traz provisão à
sua família. E por isso que Satanás o usa para destruir a sua
autoconfiança e seu senso de valor. Um sentimento de
inadequação pode ser o "câncer" que afasta sua vitalidade e
seu entusiasmo.
Você está insatisfeito com o seu emprego? Por quê? Trata-se
de conflito com outra pessoa ou de falta de competências
pessoais para fazer o trabalho? Suas habilidades dadas por
Deus estão sendo utilizadas? Trata-se de uma "sala de espera"
para uma eventual promoção?
Você pode estar no lugar certo neste momento, mas a
caminho para algo mais apropriado. Seu trabalho pode ser
um temporário terreno de formação. Portanto, fique firme.
Não destrua amizades e sua reputação com uma explosão de
raiva ou frustração. Aguarde. Faça o seu melhor, como se
fosse para o Senhor.
Você pode estar no trabalho errado. Você está feliz com o
que está fazendo? Deus está contente com o seu presente
trabalho? Você trabalha como se Deus fosse o seu chefe?
Você está realmente dando o seu melhor? Seja honesto
consigo mesmo, e faça algo a respeito!
Aqueles que são fiéis nas pequenas coisas avançam em
direção às grandes coisas. Em Efésios 6.5,8, é dito: Vós,
servos, obedecei a vosso senhor segundo a carne [...]
sabendo que cada um receberá do SENHOR todo o bem que
fizer.
8 fatos que você deve saber sobre o trabalho
1. O trabalho começou no jardim do Éden. Adão deveria
lavrar o jardim e guardá-lo (veja Gênesis 2.15). Este trabalho
foi uma atividade abençoada pelo Senhor, para fornecer a
Adão um sentimento de realização e auto-estima.
Adão pecou. Sua desobediência transformou o trabalho em
uma maldição: No suor do teu rosto, comerás o teu pão, até
que te tornes à terra; porque dela foste tomado, porquanto
és pó e em pó te tornarás (Gênesis 3.19).
2. A obediência às leis de Deus pode restaurar as bênçãos no
trabalho. Em Deuteronômio 28.8, é dito: O SENHOR
mandará que a bênção esteja contigo nos teus celeiros e em
tudo que puseres a tua mão. Muitos desprezam o seu
emprego. Maridos revoltam-se contra sua esposa devido à
frustração. Muitas esposas saem do trabalho cansadas e
zangadas em função cobrança de sua família de continuarem
a trabalhar depois que chegam em casa.
3. Sua insatisfação no trabalho afetará sua vida familiar e até a
sua saúde. Separe tempo para planejar sua carreira e sua vida
profissional. Isso merece a sua atenção. Não aceite um
emprego com base apenas na localização conveniente, no
salário, ou na amizade.
4. Descubra no que você é bom, e faça isso com todo o seu
coração. Tenha orgulho daquilo com o que está envolvido.
Nunca menospreze a sua profissão. Veja e cultive a
consciência da sua importância na vida das pessoas. Esforce-
se para ser o melhor que pode ser: Pois qual de vós,
querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer
as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar1
(Lucas 14.28).
5. Você deve aprender a vencer conflitos no trabalho. Uma
das frustrações que as pessoas enfrentam em seu trabalho são
os conflitos interpessoais. Raiva, hostilidade e ressentimento
têm levado alguns a abandonarem seus empregos
prematuramente. Deus realmente tocou o meu espírito
nesta área. Como ministro, muitas vezes estou em um clima
controlado. Como estou com outros cristãos e muitas outras
pessoas da mais alta qualidade na maioria do tempo, às vezes
é fácil esquecer a intensa pressão que muitos enfrentam no
trabalho quotidiano.
6. Conflitos com o seu patrão podem ser causados por
diferentes razões. Ele pode estar com problemas em casa,
tentando compensar por meio da produtividade no trabalho.
Ele pode estar sofrendo a pressão de uma luta por poder
dentro da organização. Ele pode estar respondendo à
hostilidade decorrente de suas atitudes. Você demonstrou
uma atitude rebelde ou expressou essa atitude a outros? Você
segue as instruções dele? Ele continuamente acha necessário
repetir as instruções para você?
7. Equívocos ocorrem quando os detalhes de um trabalho
não estão claramente definidos.
Aproveite o tempo para compreender claramente o que seu
chefe e subordinados esperam. Dê valor a isso. Tenha por
objetivo a qualidade em seu trabalho.
8. Lembre-se que Deus é o seu verdadeiro empregador.
Servindo de boa vontade como ao SENHOR e não como aos
homens (Efésios 6.7).
20 chaves para vencer no trabalho
A felicidade depende de sentir-se bem consigo mesmo. Ela
se baseia em seus relacionamentos e em suas realizações.
Quando seus dons e suas habilidades são desenvolvidos e
bem utilizados em seu trabalho diário, você cresce em
confiança e força.
Existem chaves com as quais você pode desbloquear os
tesouros da realização e da confiança em seu trabalho:
1. Aceite o trabalho como um presente de Deus, e não como
um castigo. E gozar do seu trabalho, isso é dom de Deus
(Eclesiastes 5.19; veja também Deuteronômio 28.1-14).
2. Reconheça Deus como o seu verdadeiro empregador.
Servindo de boa vontade como ao SENHOR e não como aos
homens (Efésios 6.7).
3. Busque trabalhos compatíveis com suas habilidades e seus
interesses. Não desprezes o dom que há em ti (1 Timóteo
4.14), Paulo encorajou Timóteo (veja 2 Timóteo 4.5; veja
também Efésios 4.11). Salomão também reconhecia as
competências (veja 2 Crônicas 2.7-14).
4. Saiba tudo o que for possível sobre o seu trabalho. Persiste
em ler (1 Timóteo 4.13). Para o sábio ouvir e crescer em
sabedoria (Provérbios 1.5).
5. Não desperdice o tempo. Remindo o tempo, porquanto os
dias são maus (Efésios 5.16). Aquele que furtava não furte
mais; antes, trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom,
para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade
(Efésios 4.28).
6. Mantenha uma lista de prioridades diárias e estabeleça
prazos razoáveis. Mas uma coisa faço... (Filipenses 3.13).
Tudo tem o seu tempo determinado (Eclesiastes 3.1).
7. Peça ao Espírito Santo sabedoria ao tomar decisões. E, se
algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a
todos dá liberalmente e não o lança em rosto; e ser-lhe-á
dada (Tiago 1.5).
8. Use toda crítica a seu favor. Na verdade, veja o lado
positivo disso. Peça ao seu chefe sugestões e correção:
Pobreza e afronta virão ao que rejeita a correção, mas o que
guarda a repreensão será venerado (Provérbios 13.18).
9. Esteja pronto a admitir seus erros. O que encobre as suas
transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e
deixa alcançará misericórdia (Provérbios 28.13).
10. Seja rápido para pedir assistência e informações
necessárias. Um varão sábio é forte [...] e há vitória na
multidão dos conselheiros (Provérbios 24.5,6).
11. Ajude outros em suas responsabilidades quando
possível. Não detenhas dos seus donos o bem, estando na
tua mão poder fazê-lo (Provérbios 3.27).
12. Reflita a natureza de Jesus, demonstrando um genuíno
amor e entusiasmo. Resista à ideia do "sou o melhor aqui". E
ao servo do Senhor não convém contender, mas, sim, ser
manso para com todos, apto para ensinar, sofredor (2
Timóteo 2.24).
13. Não acredite nem reproduza fofocas.
Não faleis mal uns dos outros (Tiago 4.11). O que encobre a
transgressão busca a amizade, mas o que renova a questão
separa os maiores amigos (Provérbios 17.9). As palavras do
maldizente são como deliciosos bocados (Provérbios 26.22).
O que guarda a boca e a língua guarda das angústias a sua
alma (Provérbios 21.23).
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 36:
A entrada favorita de Satanás em sua vida é sempre alguém
perto de você.
14. Insista em dar aos outros uma segunda chance. Mas a
sabedoria que vem do alto é, primeiramente, pura [...] cheia
de misericórdia (Tiago 3.17). Bem-aventurados os
misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia
(Mateus 5.7).
15. Faça mais do que seu chefe espera de você.
E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele
duas (Mateus 5.41).
16. Redirecione a sua raiva para uma mudança realista.
Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o
homem que não pode conter o seu espírito (Provérbios
25.28). O que presto se ira fará doidices, e o homem de más
imaginações será aborrecido (Provérbios 14.17). Melhor é o
longânimo do que o valente, e o que governa o seu espírito
do que o que toma uma cidade (Provérbios 16.32).
17. Mantenha registros precisos, incluindo recibos de tudo.
Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; põe o teu
coração sobre o gado (Provérbios 27.23).
18. Recuse-se a dar ou a receber adulação.
Como o que prende a pedra preciosa na funda, assim é
aquele que dá honra ao tolo (Provérbios 26.8). A boca
lisonjeira opera a ruína (Provérbios 26.28).
19. Nunca ceda ao suborno, intimidação ou coação. O ímpio
tira o presente do seio para perverter as veredas da justiça
(Provérbios 17.23). Não temas diante deles, porque eu sou
contigo para te livrar, diz o SENHOR (Jeremias 1.8).
20. Direcione seu foco para agradar somente ao Espírito
Santo. Tenha consciência da presença do Espírito Santo
durante todo o dia, enquanto você faz os seus deveres
fielmente. Tu conservarás em paz aquele cuja mente está
firme em ti; porque ele confia em ti (Isaías 26.3).

14
20 CHAVES DE SUCESSO PARA UM
CASAMENTO MELHOR
Nada faz tão bem quanto um bom casamento. Nada
machuca mais do que um casamento infeliz.
Alguém já disse que o lar pode ser como o céu ou o inferno.
Sua casa e casamento afetam você mais do que qualquer
outra coisa. Um homem pode ter um carro velho, e ainda
assim gozar a vida. Uma mulher pode viver em um
apartamento pequeno, apertado, e ainda assim estar feliz por
ser casada. Mas quando o casamento é frágil, não há nada
mais que possa preencher esse vazio. Deus criou o homem
para ter companhia (veja Gênesis 2.18).
Quais são as chaves para um casamento melhor? Há
centenas de sugestões de todos os lados. No meu gabinete,
enquanto escrevo este capítulo, minhas prateleiras estão
cheias de livros sobre o casamento, a casa, as expectativas do
marido e da mulher a respeito um do outro.
Uns maridos agem como se o remédio para todos os
problemas no casamento fosse levar uma rosa para a esposa
toda semana, ou lavar a louça para ela. Já certas esposas
imaginam que tudo o que o marido realmente quer é que
estejam bonitas e sensuais quando ele chega em casa após o
trabalho. Pode ser um pouco ridículo. Pessoalmente, não
creio que o que funciona em um casamento irá
necessariamente funcionar em outros. Todos nós temos
necessidades diferentes em diversos momentos e fases de
nossa vida.
As 20 chaves de sucesso que comento aqui são maneiras de
observar seu casamento pelos olhos de Deus. Lembre-se:
sucesso é alcançar os alvos que o Senhor tem para você. E
você sabe que o alvo dele para você é um bom casamento.
A chave de ouro para o sucesso é o entendimento, a
capacidade de interpretar uma situação ou pessoa, como
Deus faz. Um milagre maravilhoso seria ver seu cônjuge da
forma que Deus o vê.
20 chaves para um casamento bem-sucedido
1. Reconheça que Deus valoriza o seu casamento.
Se o casamento não fosse uma ferramenta poderosa para o
seu sucesso em outras áreas de sua vida, Deus não o teria
ordenado. Você realmente valoriza a sua vida familiar? Deus
sim. Ele sabe que isso afeta os seus relacionamentos com
outras pessoas (veja Gênesis 2.18).
2. Reconheça que Satanás odeia um bom casamento. Um
bom casamento é uma poderosa força contra o mal. Em um
bom casamento, o marido e a mulher fortalecem um ao
outro para Deus. Eles ensinarão aos filhos a discernirem
entre o bem e o mal.
3. Discirna as influências indesejáveis e proteja- -se contra
elas. Você tem alguns amigos que têm um inquietante efeito
sobre sua vida e sua casa? Uma mulher percebeu que
determinadas pressões em seu casamento tornaram-se
menores quando uma amiga dela saiu da cidade em férias,
por isso limitou o tempo gasto com essa pessoa (veja 1
Coríntios 15.33).
4. Alimente em sua casa um clima de boas influências.
Música cristã e um bom círculo de amigos devem ser
frequentes em sua casa. Bons livros devem ser lidos
regularmente pela família. Livrarias cristãs estão em toda
parte. Aproveite a livraria local.
Agradeço a Deus por meus pais, que sempre compraram
livros, discos e fitas para mim ao longo dos anos. Eles me
influenciaram muito. Levaram-me a congressos e
acampamentos cristãos da juventude. Eles continuamente
buscaram formas de expor meu coração à presença de Deus.
5. Faça de sua igreja o centro de atividades da família. Faça
disso o centro de sua vida. Se houver uma limitação de suas
atividades, que seja o trabalho ou a escola, mas nunca a
igreja. Deixe seu pastor ser um homem importante em sua
vida. Caso surjam questões bíblicas, que seja natural
consultar os líderes da igreja, os "mentores" da sua família.
6. Respeite a opinião dos demais membros da família e
demonstre isso por meio de perguntas valiosas e de sua
disponibilidade em ouvir as respostas deles. Todos
almejamos respeito. Queremos sentir que aquilo que
dizemos sobre um assunto realmente conta! Obviamente,
não podemos seguir todos os conselhos dados, mas, às vezes,
basta apenas considerá-los, o que será de enorme valor.
Respeite a privacidade dos outros membros da sua família.
Respeite o tempo deles.
7. Veja as qualidades positivas de seu cônjuge.
Observe o que os outros apreciam em seu cônjuge e
verbalize isso. Se outras pessoas enaltecem uma qualidade
em seu cônjuge, por que direcionar o seu foco para as coisas
que lhe desagradam? Pergunte aos seus amigos que
qualidades eles admiram, e valorize-as, dizendo ao seu
companheiro coisas do tipo: "Eu realmente valorizo o tempo
que você passa no trabalho para trazer o nosso sustento"; ou:
"você é uma excelente dona de casa!" A importância do seu
cônjuge pode ser encontrada dando atenção aos seus pontos
fortes, e não aos seus pontos fracos.
8. Use as características irritantes de seu cônjuge como um
trampolim para um maior crescimento espiritual em sua
vida. Permita que ele seja como a "lixa", removendo as
asperezas. Paciência pode ser conquistada em sua vida. Deus
está permitindo um teste em sua família. Não fuja disso.
Desenvolva-se, cresça, amadureça por meio da pressão deles
sobre você!
9. Estabeleça um tempo de oração em família.
Não vou fingir que isso é fácil. Mas é possível e
incrivelmente poderoso. Lembro-me de quando via meus
pais lendo a Bíblia e orando. Eu pensava: "Isso deve ser
importante. Deus deve mesmo falar com eles". A maioria
das crianças não será rebelde se virem e ouvirem os seus pais
lendo a Palavra e orando. Penso que as mulheres que veem
seu marido disciplinado em sua fé estão mais aptas a
respeitá-lo, como as Escrituras ensinam.
10. Você tem autoridade para neutralizar qualquer ataque de
Satanás em sua casa. Aprenda a reconhecer os ataques
satânicos em sua família e utilize a sua autoridade como um
cristão nascido de novo e filho do Rei. Você pode tomar o
controle das mãos de Satanás, em nome de Jesus. Este é o
seu privilégio como cristão.
11. Minimize os problemas em seu casamento. Todo mundo
os tem. Alguns apenas têm mais jogo de cintura. Não fale
com todo mundo sobre seus problemas particulares.
12. Direcione o foco, pelo menos uma vez por semana, para
as possibilidades de seu cônjuge.
Não foque os problemas. Isso definitivamente não é fácil.
Mas tente! Ajude seu companheiro a desenvolver uma boa
autoimagem.
13. Fale palavras de fé em sua casa. Não permita palavras de
dúvida em seu lar. Quando alguém começar a falar sobre o
mau tempo, o receio de ir à escola, sobre o novo chefe, que
não é bom, tais palavras afetarão a atmosfera de sua casa!
Pare! Fale sobre as bênçãos de Deus, as coisas boas que estão
acontecendo. Nunca converse sobre divórcio. Não abra
caminho para o fracasso. Não se torne mais suscetível a
escorregar e deslizar. Se o divórcio nunca é falado,
provavelmente não acontecerá tão facilmente (veja Tiago
3.2).
Princípio de sabedoria 37:
A confiança é um dos mais preciosos presentes que você
pode oferecer ao outro.
14. Trabalhe pela liberdade financeira, e não pelo acúmulo
de riquezas. Posses trazem pressões, se não forem adquiridas
dentro do cronograma de Deus. Se muitas compras são
feitas, o nível de apreciação é muito mais baixo e
normalmente mais curto.
15. Atribua responsabilidades e exija compromisso quanto ao
trabalho doméstico. A maioria das pessoas não se
automotiva. Não espere mais do que seus familiares são
capazes de fazer. Lares que têm responsabilidades claras e
definidas para cada cônjuge e para cada criança são livres de
confusão.
16. Mantenha a confiança e respeite a privacidade. Acho que
às vezes o lar é onde se aprende a desconfiança, ao invés da
confiança. Marido e mulher não devem trair a confiança um
do outro, nem devem expor sua vida particular ou a de seus
filhos a outros. A confiança é um dos mais preciosos
presentes que podemos oferecer ao outro. Para mim, é mais
do que prova de sabedoria, é prova de amor.
17. Ore por maneiras específicas de satisfazer as
necessidades das pessoas de sua família. Você pode ser a
chave para a felicidade deles. Permita que Deus lhe dê um
verdadeiro senso de compaixão por aqueles ao seu redor.
18. Recuse-se a ofender o Espírito Santo.
Mantenha um relacionamento pessoal com Deus. Aprenda a
orar com frequência na língua do Espírito Santo. Edifique
sempre sua vida no Espírito Santo.
19. Separe um tempo para recreação. Isso é tão importante
quanto qualquer outro fator em sua vida. Desfrute a vida em
família, divirta-se na companhia dos outros. Deus criou a
família para o seu prazer.
20. Nunca desista. Continue tentando tornar sua casa um
lugar feliz. Reveja estas 20 chaves continuamente. Sempre
haverá crises e experiências. Haverá sempre momentos de
reveses. Minimize-os valorizando os bons tempos.
O sucesso de nossos filhos
1. Crianças escutam, observam, absorvem. Elas são como
esponjas. Em seus ouvidos nós depositamos fé ou medo,
vitória ou derrota, motivação ou depressão. Infelizmente,
em seus primeiros anos, as crianças são incapazes de apertar
o botão "rejeitar" quando um erro é introduzido.
Quando os discípulos repreenderam as crianças, Jesus disse:
Deixai os pequeninos e não os estorveis de vir a mim,
porque dos tais é o Reino dos céus (Mateus 19.14).
Aos oito anos de idade, após meu pai, o pastor da igreja, ter
terminado a pregação, caminhei até o altar da igreja em
Waco, Texas, e publicamente entreguei minha vida a Jesus
Cristo. Ainda me lembro da experiência. Senti algo pulsar
dentro de mim, o que até hoje acontece.
O que seus filhos estão ouvindo? Meu pai nunca permitiu
uma televisão em minha casa, nem palavrões, nem gritos.
Rigoroso? Talvez, mas ele conhecia a influência daquilo que
ouvimos. Em vez disso, ouvíamos ele e minha mãe
clamando e orando diariamente pela nossa salvação e
compreensão da verdade. A diferença foi permanentemente
gravada em meu coração.
2. Crianças aprendem. Por seu intermédio, as crianças
aprendem a elogiar ou a criticar, a ser rebeldes ou a
cooperar, a tomar ou a dar. Você deve levantar-se como
exemplo para eles. Deve apontar-lhes o caminho. Você é
uma fonte de educação em coisas espirituais.
A mentalidade dos pais incrédulos ainda me atordoa. Como
pode um homem abraçar seu filho e dizer "eu o amo", e
nunca ajudar essa criança a servir a Cristo, mas vê-lo ir para
o inferno? Trágica ignorância. Mas qualquer que escandalizar
um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora
que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se
submergisse na profundeza do mar (Mateus 18.6).
3. Crianças necessitam de apoio. Os mais jovens buscam um
sinal de força. Eles testarão cada fibra emocional de um pai.
Em meio a uma montanha russa interior, estarão à procura
de uma rocha. Às vezes, eles até entrarão em pânico em sua
busca.
Mãe, pai, seus filhos precisam de vocês! Eles podem até não
dizer. Podem até não saber disso. Mas levantem-se com
força. Eles querem ver vocês ganharem na adversidade.
Vocês podem ser a única fonte de fé visível que eles têm.
Por favor, não destruam isso!
Eles buscam apoio em sua sabedoria, sua experiência com
Deus. Eles se apóiam em vocês em busca de afeto e de amor.
Deem isso a eles. Resistam aos sentimentos egoístas e ousem
suprir esta necessidade de sua família. O que perturba a sua
casa herdará o vento (Provérbios 11.29). Sua casa e sua
família são insubstituíveis!

Dinheiro é simplesmente uma recompensa por resolver um
problema.
Mike Murdock

15
A Tragédia do Divórcio
Foi dito que o divórcio é responsável pela maior dor
emocional que o coração humano pode experimentar. Eu
acredito nisso. Ele destrói o senso de valor pelo qual
desesperadamente ansiamos. Ele traz a melancolia à vida de
milhões de pessoas. As cicatrizes são carregadas por uma
vida inteira.
Meu propósito neste capítulo não é o de multiplicar as
memórias, ou ampliar as cicatrizes, nem condenar os
divorciados. O meu objetivo é curar, reforçar, restaurar o
propósito do casamento e ajudar na recuperação total dos
cônjuges.
Jesus sabia que o divórcio traz dor intensa. Por isso, deixará
o homem a seu pai e a sua mãe e unir-se-á a sua mulher. E
serão os dois uma só carne e, assim, já não serão dois, mas
uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou, não o separe o
homem (Marcos 10.7-9).
Muitas pessoas divorciadas escrevem para mim, todas as
semanas, perguntando se elas estão em pecado, ou se vão
cometer um pecado imperdoável ao casarem-se novamente
após o divórcio. Muitas vezes os ministros tendem a aprovar
ou condenar um novo compromisso, devido à falta de infor-
mações suficientes, ensinos prejudiciais do passado ou
inexperiência.
Por vezes, parece que aqueles que causam o divórcio
raramente procuram ajuda. E raro procurarem por sólidas
respostas, consultarem conselheiros ou assumirem a
responsabilidade pessoal por seus conflitos. No entanto,
essas pessoas quase sempre são os únicos alvos dos sermões
pregados aos divorciados!
A vítima do divórcio é frequentemente ignorada e muitas
vezes tratada como aquele que provocou o divórcio! E como
a mulher violentada, sendo levada a julgamento, no lugar do
violentador! Por esse motivo, gostaria de falar sobre como
manter uma atitude vencedora, mesmo quando o estigma do
divórcio marcou a sua vida.
Aos 32 anos, experimentei o sucesso como um jovem
evangelista que já havia viajado por mais de 30 países em
cruzadas. Eu estava casado há treze anos e amava isso.
Francamente, eu era bastante crítico em relação àqueles que
tinham casamentos infelizes. Para mim, algo estava errado
com a personalidade deles. Eu pensava que eles realmente
não tinham tentado o bastante, ou não pensavam
positivamente, não tinham fé suficiente em Deus!
Então, de repente, o divórcio me apanhou. Fui confrontado
com uma situação esmagadora. Minhas emoções
enlouqueceram. Em um momento, eu estava cheio de fé;
logo depois, o medo dominava o meu coração. Uma vida de
sonhos evaporou diante dos meus olhos. Senti-me
totalmente desamparado.
Evidentemente, todo mundo ao redor tinha boas respostas
(as mesmas respostas que eu tinha antes de estar lá. E
sempre mais fácil dizer ao próximo que ele precisa nadar
quando você não está na água com ele!).
Ah, eu conhecia Deus. Conhecia os princípios ensinados nas
Escrituras. Eu tinha anos de estudo sobre o sucesso total e
uma vida vitoriosa. Mas eu me sentia um fracasso absoluto.
Parecia que tudo em que eu tinha acreditado, tudo o que
tinha vivido e tentado ensinar, haviam falhado. Só me
restava uma coisa que eu sabia fazer: ficar ligado em Deus. E
foi o que fiz.
Devo confessar que Deus realmente restaura. Mais de 5.700
canções foram escritas a partir das diversas páginas dessa
experiência. Músicas comoVocê consegue, Sou abençoado,
Deus não deixou de abençoá-lo, e muitas outras.
Valorizo Deus mais do que nunca! E tenho cultivado mais
sabedoria para discernir integridade, caráter e honestidade.
Ah sim, aprendi a liberar de minha vida a hostilidade, a raiva
e a amargura!
Gostaria de compartilhar parte da minha experiência com
você. Primeiro, culpei a mim mesmo por cada falha que
pude recordar. Meus pensamentos estavam nas
circunstâncias passadas, em vez de nos futuros desafios!
Tudo que eu já tinha feito errado foi reprogramado em
minha diária "dieta de memórias".
Fiquei refletindo e refletindo sobre minhas antigas memórias
até que descobri o motivo pelo qual Deus nos deu Isaías
43.18,19: Não vos lembreis das coisas passadas, nem
considereis as antigas. Eis que farei uma coisa nova, e, agora,
sairá à luz; porventura, não a sabereis! Eis que porei um
caminho no deserto e rios, no ermo. Deus me deu o poder
de quebrar a fixação mental no passado e aumentou a minha
capacidade de imaginar as bênçãos do amanhã.
Você foi esmagado por alguém totalmente confiável? Já se
sentiu devastado e arruinado? Está assoberbado pela solidão
no meio da noite? Sente como se suas mãos estivessem
completamente atadas? Você fica irado ao deparar-se com a
falta de compreensão dos amigos?
Não se canse. As circunstâncias do seu presente mudarão.
Você reconstruirá, crescerá, não ficará no chão. Você
vencerá outra vez. Levará algum tempo. Você deve investir
algum esforço. Pode experimentar alguns momentos de
trevas em seu "diário de sucesso", mas vai começar a
desfrutar vida novamente, amar de novo e aprender o
verdadeiro segredo do poder e da paz interior.
Elizabeth Kübler-Ross, que desenvolveu muitos trabalhos
sobre a forma como as pessoas lidam com o processo de
luto, descobriu que muita gente passa por cinco fases.
Reconheci sete fases em minhas próprias emoções, logo
após o fim do meu casamento.
1. A fase da negação. É quando ignoramos ou minimizamos
o que aconteceu com o nosso casamento e lar, na esperança
de que tudo volte ao normal. Nós tememos o confronto e
recusamo-nos a enfrentar a situação. Eis a razão por que
muitos casamentos fracassam: não buscamos por ajuda na
esperança de que tudo apenas dê certo no final!
2. A fase da ira. O que não entendemos nos traz medo.
Lutamos contra o que tememos. Aquilo contra o qual
lutamos, fragmentamos e destruímos. Neste ponto, devido
ao caos emocional, fazemos declarações descabidas, como:
"Ótimo! Estou contente porque tudo acabou! Aguarde, pois
vou encontrar alguém que realmente me ame e aprecie".
Divórcio é uma rejeição, desvalorização. Nossa auto-
confiança é atacada, e a nossa defesa é a raiva.
3. A fase de negociação. Ira jamais motiva a permanente
cooperação do outro. Então, vendo a inutilidade da raiva,
habilidosamente aplicamos a técnica da negociação,
buscamos por uma solução ou compromisso. Nós
justificamos, ou utilizamos outros meios para encontrar uma
forma de aceitar a tragédia da rejeição, da perda, da falha.
4. A fase da depressão. Isso acontece, na maioria das vezes,
nas horas mais impróprias, como dias especiais, aniversários,
em restaurante com os amigos ou às duas horas da manhã,
quando simplesmente não conseguimos dormir.
A depressão é geralmente o resultado da introspecção. A
cura é disciplinar os nossos pensamentos para um objetivo
no futuro ou para ajudar alguém a alcançar algo louvável.
(Use memórias para ministrar a outros, não para recordar o
passado. É impossível ter pensamentos dolorosos e sentir-se
bem.)
5. A fase da aceitação. Acredite ou não, a aceitação do fato
pode vir, e geralmente vem. Quando isso acontecer, você
vai experimentar uma pincelada de culpa por não se sentir
mais deprimido e triste! Isso não acontece porque você
perde a compaixão ou carinho por aqueles que estiveram
nos capítulos passados de sua vida, mas porque a beleza de
seus dias futuros se torna mais evidente. Você busca a
restauração. Saboreia a doçura de novas conquistas. Um
clima de paz evolui. Você entra em seu futuro. Neste ponto,
tenho experimentado duas fases adicionais relativas ao
divórcio: a da esperança e a da realização.
6. A fase da esperança. A paz é uma necessidade presente.
Esperança é a motivação para o amanhã. Ela lhe diz: "Você
vai viver e amar outra vez! Sua vida não está acabada". O
objetivo é descoberto, amizades desenvolvidas. Você
começa a crescer rapidamente. Sua idade avança, e isso se
torna uma vantagem.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 38:
Pare de olhar para onde você já esteve, olhe para onde está
indo.
7. A fase da realização. Quer se trate de um novo
relacionamento, de uma nova carreira especial ou de algum
sucesso, Deus verá onde você encontra realização
novamente. Ouse acreditar nisso. Há um lugar onde
reclamações nunca são ouvidas. Nem revivemos antigas
memórias do fracasso. Nós paramos de reciclar nossas
"ataduras emocionais" usando os ouvidos dos amigos.
Estamos mais felizes pelo amanhã, e todos sabem disso.
Realmente não sei que fase específica você está enfrentando
atualmente. Mas posso garantir que pode começar a vencer
de novo. Você realmente pode. Então, levante os ombros.
Mantenha sua cabeça bem erguida. Pare de mencionar seus
momentos de fracasso, e comece a partilhar o seu futuro de
sucesso, alegrias e triunfos. Seus melhores dias não estão
atrás de você, eles estão à sua frente. Veja, sinta, viva isso.

16
Como Vencer a Amargura?
Um dos instrumentos mais eficazes contra cristãos sinceros
é a amargura.
Não me lembro muito de minha primeira experiência com
um ataque satânico de amargura, mas tive o suficiente ao
longo dos anos e sinto-me muito qualificado para falar sobre
isso.
Alguns anos atrás, ajoelhei-me ao lado de um ex-pregador.
Quando comecei a falar com ele sobre a sua alma, ele olhou
para mim com uma atitude de condescendência: "Filho, não
me venha com esses clichês. Preguei três vezes mais do que
você, para três vezes mais pessoas. Sei todos os versículos
que você está citando para mim. Eu simplesmente não posso
acertar-me com Deus. Não há saída".
Senti-me esmagado. Eu olhei para ele com compaixão. Não
reconheci no momento, mas ele estava morrendo com um
coração partido e um espírito amargurado.
Ele explicou. Alguns pregadores não lhe tinham dado
suporte durante um ataque ao seu caráter. Sua esposa o havia
trocado por outro homem. Seus filhos nunca davam um
telefonema sequer. Ele sentiu que mesmo os membros da
igreja estavam ocupados demais com bisbilhotices para
ajudar um ex-pregador. Ele se tornou, de bom grado, um
servo da amargura.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 39:
O que suo mente não pode vencer, geralmente irá ressentir.
A amargura pode fazer de você um escravo.
A amargura pode matar o seu espírito.
A amargura pode dissipar o sorriso do seu coração, minar e
drenar o rio da bênção em sua alma.
A amargura pode paralisar sua eficácia em Deus.
Você deve vencer a amargura, ou ela dominará você.
Isso acontece com adolescentes que confiam em alguém,
mas são traídos. Acontece com pais que fazem tudo o que
podem, mas seus filhos abandonam a igreja. Acontece com
as esposas que tentam seguir o padrão bíblico para levar o
marido a Deus, enquanto eles se recusam a conhecer a
verdade. Ser ignorado é atormentador. Isso pode torná-lo
amargo.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 40:
A ira nunca criará a cooperação permanente do outro.
Por que eu quase deixei o ministério?
Eu quase fui destruído pela amargura algum tempo atrás. Eu
estava pregando para vários ministros que eu apreciava por
anos, desde a minha juventude. Grandes ofertas foram dadas
ao meu ministério pela congregação. Mas, quando os líderes
da igreja retêm a metade da minha oferta para si, eles
literalmente quebram o meu coração.
Eu quase não tinha o suficiente para pagar as contas relativas
ao meu trailer e ao meu carro, tampouco as relativas à minha
casa e a outras despesas. Para minha surpresa, as semanas
seguintes não melhoraram. A situação continuou a repetir-se
durante dois meses de reuniões.
Após oito semanas, fui para o meu trailer, e comecei a
chorar. Por duas longas horas chorei. Não estava com raiva
de Deus, mas ferido por pessoas e pregadores. Senti-me
deixado de lado, maltratado. Ninguém cuidou de mim.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 41:
O quebrado se torna mestre em remendar.
Falei com um amigo em meio a pesadas lágrimas: "Ninguém
se importa. Isso é tudo. Estou deixando o ministério. Não
tenho de aguentar pregadores e igrejas que não se
preocupam com as necessidades de minha família. Estou
indo para os negócios. Vou apoiar os homens nos quais
acredito, mas Deus pode ficar com o resto deles".
Naquele momento, Satanás e Deus estavam em combate.
Meus olhos estavam nas pessoas. Eu tinha feito de
pregadores, igrejas e pessoas a fonte do meu suprimento, e
não de Deus. Ele estava querendo ensinar-me uma lição.
Quase não aprendi isso. Para ser honesto com você, não tive
uma visão. Não vi estrelas nem recebi uma mensagem de
anjos aos pés da minha cama. Nenhum homem de dois
metros de altura tocou meu ombro, mas em questão de
semanas, de repente perdi a confiança e a fé nas pessoas.
Perdi o desejo de ler a Palavra.
Eu não queria orar. Tinha literalmente perdido a vontade de
viver. Eu ainda estava tentando ministrar todas as noites em
cruzadas, mas abrigando amargura no meu espírito.
Acordei às cinco da manhã, e o Espírito de Deus me levou a
orar. Tropeçando enquanto andava pelo santuário (eu estava
hospedado no alojamento para evangelistas), ajoelhei-me.
De repente, minha alma irrompeu como um vulcão. As
lágrimas jorraram (e eu não choro fácil).
Deus me mostrou que eu tinha de afastar-me de alguns
amigos que incentivavam a minha amargura. Eu não tinha
percebido a lição que Deus desejava que eu aprendesse pela
experiência. Deus me mostrou que o meu desapontamento e
minhas mágoas eram por causa do meu orgulho e de dúvidas
quanto às Suas promessas e à Sua provisão. Ele ouviu o meu
choro por socorro.
Desnecessário dizer que a alegria regressou à minha vida e
ao meu ministério. (Em várias ocasiões, tive de voltar para
"Betel", para um outro toque de Deus.)
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 42:
Não envenene seu futuro com a dor do passado.
Você pode triunfar sobre a experiência da amargura, que
pode advir de um divórcio, de uma doença, da perda de um
amigo, da morte de um filho, de um revés financeiro.
Independente do que aconteça com você, programe sua
mente para superar a amargura!
11 etapas para superar amargura
1. Admita que você está vivendo com o pecado da amargura
em seu coração.
2. Admita que isso é errado e prejudicial a você.
3. Admita seus próprios erros.
4. Procure aprender as lições que o Espírito quer ensinar.
5. Não fale da sua amargura aos outros.
6. Tenha comunhão com amigos enviados por Deus.
7. Mergulhe sua alma nas Escrituras, de preferência nos
Salmos de Davi, quando ele chorou diante de Deus.
8. Planeje coisas novas para o seu futuro.
9. Pense no futuro, e não no passado.
10. Discuta tudo com o Espírito Santo; a amargura será
sufocada e substituída.
11. Estude os heróis da Bíblia, quem venceu a amargura
(como José no episódio com seus irmãos).
Nunca permita que uma raiz de amargura roube o sucesso e
a alegria que você pode experimentar no mundo dos
vencedores!
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 43:
O que você falha em destruir, destruirá você no final.
17
Como sair da Depressão?
Passava da meia-noite. A cruzada tinha sido longa. Eu estava
sentado em uma casa muito cara do pastor de uma igreja
bem-sucedida. Dois Cadillacs estavam estacionados na
garagem.
De fora, a vida não poderia estar melhor. No entanto, ele
estava chorando: "Estou no ministério há mais de 20 anos.
Deus tem me abençoado mais do que sempre sonhei. No
entanto, vivo em depressão. Por isso, quase abandonei o
ministério. E como uma onda prestes a afogar a mim e a
minha família inteira. Afinal, o que está errado?"
Francamente, eu não tinha nenhuma resposta. Tudo o que
eu sabia era que esta história estava repetindo-se muitas
vezes no ministério. E se isso estava acontecendo com os
pastores, a liderança, o que deve estaria acontecendo com o
povo?
Certamente existem reveses que nos motivam a agir
diferente. Golpes temporários que esvaziam nossa
arrogância. Mas a depressão do meu amigo não era a tristeza
enfatizada em 2 Coríntios 7.8-10, que o Senhor usa para
operar arrependimento. Antes, era a tristeza da
desobediência que opera a morte.
Com essa tristeza, sua motivação é drenada. Seu desejo de
buscar Deus desaparece. Suas conversas se tornam amargas.
Você não consegue enxergar as bênçãos atuais. Seu
entusiasmo é consumido. Seu planejamento do futuro é
neutralizado. Você vê espinhos, em vez de rosas.
Há cinco passos que podem tirar uma pessoa desse estado de
espírito deprimido. Existe uma porta de saída! Isso acontece
na mente! Porque, como imaginou na sua alma, assim é
(Provérbios 23.7).
Paulo incentivou o controle do pensamento. Em tudo o que
é verdadeiro... honesto... justo... puro... amável... nisso
pensai (Filipenses 4.8).
Meu pai chama isso de A Fórmula Filipenses 4.8.
Sua depressão pode ser temporária. Nosso Pai celestial irá
dar-lhe descanso do seu temor (veja Isaías 14.3). Leia com
fé! Independente de quão escuras sejam as suas
circunstâncias, a Palavra de Deus trará luz (Salmo 119.130).
5 passos para sair da depressão
1. Entenda que a depressão pode ocorrer a qualquer um.
Seus sentimentos não são únicos ou incomuns. As biografias
dos notáveis Abraham Lincoln e Winston Churchill
relembram períodos de grande depressão dessas talentosas
personalidades.
De acordo com um levantamento realizado pelo Instituto
Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos, em algum
momento, talvez um terço da população enfrente a
depressão!
A Bíblia nos fascina com informações sobre os altos e baixos
de homens cheios do Espírito!
Davi, o músico e rei, chorou: Por que estás abatida, ó minha
alma, e por que te perturbas dentro de mim? (Salmo 42.11).
Um porta-voz pensou que abrir uma pousada seria melhor
do que investir em seu ministério! Jeremias clamou:
Prouvera a Deus eu tivesse no deserto uma estalagem de
caminhantes! Então, deixaria o meu povo e me apartaria dele
(Jeremias 9.2).
Mesmo um profeta perde a confiança nas pessoas. Miquéias
lamentou-se: O melhor deles é como um espinho; o mais
reto é pior do que o espinhal; veio o dia dos teus vigias, veio
a tua visitação; agora será a sua confusão. Não creiais no
amigo (Miquéias 7.4-5).
Aquele homem de poder, Elias, que correu mais que os
cavalos de Acabe, que foi milagrosamente alimentado pelos
corvos, que orou e fez chover fogo do céu sobre o altar e o
sacrifício ensopado de água, chegou a ficar tão desesperado
que pediu a Deus para matá-lo! (veja 1 Reis 19).
Jonas, famoso por graduar-se na "Universidade ventre da
Baleia", levou à conversão 120 mil pessoas em uma única
cruzada. Mas depois, implorou a Deus para tirar-lhe a vida:
O SENHOR, tira-me a minha vida, porque melhor me é
morrer do que viver (Jonas 4.3).
Como um dos meus amigos de longa data certa vez afirmou:
"A depressão veio quando a segurança pessoal de Jonas foi
mais importante do que a alma das pessoas".
Mesmo o rico e sábio Salomão confessou que houve um
tempo em que ele aborreceu a vida (Eclesiastes 2.17).
Princípio de sabedoria 44:
A depressão sempre seguirá qualquer decisão que evite uma
prioridade.
2. Reconheça o perigo da depressão. Certa mãe me deixou
chocado ao falar friamente: "Oh, meu filho adolescente
continua deprimido. Acho que é uma fase". Tratamos a
depressão tão levianamente, que não vemos que ela pode
resultar em lares destruídos, desordem física, tentativas de
suicídios, colapso espiritual e em outros inúmeros outros
sofrimentos.
Lares destruídos
Um cônjuge depressivo exagera o lado negativo do seu
casamento, pensando que talvez ele tenha cometido um
erro. A sequência de pensamentos destrutivos pode ser
infinita [e levar ao divórcio].
Desordem física
O Instituto Nacional de Saúde Mental (nos Estados Unidos)
estima que 125 mil americanos sejam hospitalizados
anualmente com depressão. Outros 200 mil buscam
tratamento psiquiátrico.
Suicídio
Entre 50 e 70 mil pessoas cometem suicídio a cada ano.
Estima-se mais de um milhão de tentativas!
Um casal, com o coração partido, me escreveu: "Nossa filha
ia à igreja regularmente. Ela parecia ser tão feliz como
qualquer outra garota normal de 18 anos. De repente, por
alguns dias, ela se afastou. Na semana passada, entramos em
seu quarto e a encontramos morta. Ela tirou a própria vida".
De todas as pessoas em tratamento para depressão em
hospitais e clínicas, cerca de 20% são menores de 18 anos.
A taxa de suicídio entre 15 e 19 anos de idade duplicou na
última década. Em um senso nacional descobriu-se que num
grupo de pessoas entre 18 e 74 anos, aquelas com menos de
29 anos apresentaram a maior incidência de depressão.
A propósito, a atenção dos pais em ouvir os filhos, por vezes
significa a diferença entre a vida e a morte para adolescentes
frustrados.
Colapso espiritual
Milhões de cristãos que não mentem, não enganam e não
matam estão imobilizados por frustrações e paralisados na
realização de metas espirituais [por causa de depressão].
3. Descubra a causa da depressão e a resposta bíblica para
isso. Embora os médicos falem de ciclos "altos e baixos",
nem toda depressão é necessariamente fisiológica. Seja
honesto consigo mesmo. Reconheça a causa do seu estresse,
e leve isso a Deus. Pecados não confessados são como pedras
em seu sapato. Ponha-os para fora! Se pecados escondidos
estão trazendo frustração, férias e médicos não irão curar
você.
Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso
Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós.
Isaías 59.2
Ganância por dinheiro resultará numa avalanche de
desânimo.
A obsessão do rei Acabe pela vinha de Nabote afetou toda a
família: O que se dá à cobiça perturba a sua casa (Provérbios
15.27).
Jesus sabia do perigo. Por isso recomendou: Acautelai-vos e
guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não
consiste na abundância do que possui (Lucas 12.15).
Fazer comparações entre nós e outras pessoas é certamente
um caminho para a frustração.
Um jovem pastor lamentava-se: "Quando, em uma
conferência, ouço partes da história de sucesso do orador,
sinto-me como cera queimada em um show room de
Cadillacs. Onde está Deus quando oro?"
Como um dos meus amigos tem dito muitas vezes:
"Comparação traz mais infelicidade às pessoas do que elas
jamais poderiam imaginar".
Levar críticas para o lado pessoal também pode causar
depressão à pessoa que se esquece de que pobreza e afronta
virão ao que rejeita a correção (Provérbios 13.18).
Muitos anos atrás, enquanto eu almoçava com um pastor
durante uma cruzada em Dallas, Texas, ele compartilhou
comigo uma sábia observação: "Mike, nossos irmãos nos
ajudam a manter o equilíbrio". Acredito nisso. Por outro
lado, buscar sempre a aprovação das pessoas é um rápido
caminho para a agitação interna.
Outra dica: vigie suas conversas. Suas palavras podem criar
vida ou morte.
Um amigo percebeu a depressão em seu interior quando
voluntariamente ele revelou as falhas dos outros: As palavras
do linguareiro são como doces bocados (Provérbios 18.8).
Deus trouxe cura por meio da Palavra: O que guarda a boca e
a língua guarda das angústias a sua alma (Provérbios 21.23).
A impaciência é um dos fatores que tem levado milhares ao
empobrecimento [e à depressão]. Jovens desanimados, cegos
para os benefícios da espera, tornam-se marginais,
abandonam os estudos, tornam-se pais prematuramente e
candidatos ao divórcio.
Uma atitude imperdoável irá drenar a sua alegria.
David Wilkerson, autor de A cruz e o punhal, disse certa
vez que um dos maiores problemas que ele encontrou nos
adolescentes envolvia a amargura e o ódio contra seus pais.
Muitos jovens têm encontrado um novo mundo de poder e
uma vida vitoriosa quando permitem que o espírito
perdoador controle sua vida: E, quando estiverdes orando,
perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que
vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas
(Marcos 11.25).
Fadiga também é uma das principais causas da depressão.
Um renomado presidente dos Estados Unidos recusou-se a
tomar as decisões mais importantes no final do dia. Ele
insistia em descansar o corpo e a mente antes de
comprometer-se com qualquer questão.
Líderes aprenderam o poder e a força do descanso para a
recuperação sistemática.
"Durante dez anos, vivi sabendo que perdi o perfeito plano
de Deus", confessou um pastor. "O cansaço e a fadiga mental
cegaram-me para os frutos do meu trabalho no ministério.
Impulsivamente, desisti. Algumas semanas mais tarde,
percebi o grave erro. Momentos de descanso e relaxamento
com a minha família teriam mudado tudo".
Se recusarmos o convite de Cristo para descansar por um
tempo, finalmente "quebraremos"!
Princípio de sabedoria 45:
Quando a fadiga entra, a fé sai.
4. Execute ações imediatas. Em uma de minhas cruzadas,
uma senhora disse que sentiu uma "nuvem" sobre a sua casa
durante meses. Ela achava que o divórcio era a única saída
para seus problemas.
Desconhecendo a situação dela, preguei a mensagem Fique a
bordo. Disse: "Se você acha que o 'mar do divórcio' é
melhor do que o 'navio do casamento', está prestes a
mergulhar numa das piores dores de sua vida". Esta frase
ficou martelando em sua mente. E a seguinte foi
revolucionária para ela: "Fique a bordo do navio, e dê a Deus
a oportunidade de guiá-lo de volta ao porto!"
Deixando as dúvidas de lado, aquela senhora renovou sua fé
em Deus e prometeu implementar novos esforços para fazer
seu casamento dar certo. Uma semana depois, o marido
maravilhosamente se converteu a Cristo.
Você deve antecipar o plano para sua vitória! Às vezes, o
que começa em tragédia termina em triunfo.
Considere Daniel. De isca de leões, ele passou à posição de
honra.
Lembre-se dos três jovens hebreus. De condenados à
fornalha ardente, eles passaram a ser admirados por sua fé e
obtiveram a aprovação do rei.
E José? De escravo, ele se tornou primeiro-ministro no
Egito.
E Jesus? Da morte na cruz, Ele passou à ressurreição [e à
posição de poder à destra do Pai].
Você pode começar a sair da depressão agora! Entre na
alegria. Entre no descanso de Deus. Entre na vida de poder.
Alegre-se no mundo dos vencedores! Você pode. Você é
mais que vencedor!
Paulo disse: Posso todas as coisas naquele que me fortalece
(Filipenses 4.13). Deus nos assegurou: A minha graça te
basta (2 Coríntios 12.9). Acredite! Não deixe as palavras, os
fracassos, as opiniões das pessoas esmagarem você. Declare
as promessas de Deus ousadamente, em voz alta, com
frequência.
5. Pratique diariamente três segredos de uma vida de poder.
Respeite as opiniões de Deus sobre você. Alimente-se com a
Palavra. Converse todas as manhãs com o seu Deus.
Comprometa-se a orar uma hora por dia. Declare palavras de
fé, repetindo em voz alta o ponto de vista de Deus.
Primeiro, agende sua hora de sabedoria.
Alguém já disse que muitas pessoas podem identificar o
segredo de uma vida de fracasso: uma Bíblia negligenciada.
De todas as suas atividades, Satanás atacará veementemente
a prática da leitura bíblica. Programe a sua mente para ler a
Palavra diariamente. Comece pelo começo.
Segundo, não negligencie suas conversas matinais com
Deus.
Oswald J. Smith disse que os momentos mais felizes de sua
vida foram os de oração e leitura da Bíblia, os quais ele
chamou de "momento matinal." Sua oração em voz alta
impedia sua distração. Sua caminhada estava protegida
contra "cochilos"!
Em Calcutá, na Índia, um renomado missionário amigo meu
frequentemente interrompia nossas conversas para orar por
diversas necessidades. Este é o segredo por trás da grande
obra de Deus em Calcutá.
Aquele que valoriza as grandes realizações descobrirá que
suas emoções têm curta duração, mas o filho de Deus que
valoriza seu relacionamento com o Pai encontrará o prazer
da alegria infinita brotando com novas vitórias diárias.
Terceiro, faça declarações de fé escritas na Palavra.
Isto implica dizer em voz alta o que está escrito na Palavra!
Suas conversas ampliarão a consciência dos problemas ou a
certeza das promessas. Cultive a certeza quanto às
promessas!
Enquanto escrevo estas palavras, estou observando o famoso
Lago Victoria, em Kisumu, no Quênia, Africa Oriental.
Sentado aqui na casa de missionários incomuns, é fácil
esquecer que eles enfrentam as barreiras culturais, suportam
a distância de seus filhos em idade escolar, trabalham
sozinhos sem os amigos mais íntimos e confidentes,
preparam refeições sem todos os recursos americanos,
vivem em um inacreditável estilo de vida sem o conforto da
modernidade e as frustrantes avarias mecânicas.
Qual é o segredo?
Eles se recusam a confessar a derrota. Eles aprenderam a
ativar o poder da Palavra pela verbalização do louvor. Com
riso e humor contagiantes, eles valorizam o que está em
Provérbios 16:24: Favo de mel são as palavras suaves: doces
para a alma e saúde para os ossos. Isso transforma miseráveis
experiências em sessões de louvor! Assim, pequenas
maravilhas na vida deles têm contado muito para Deus aqui
na África Oriental!
Lembre-se: você é propriedade de Deus. Não vai perder para
a depressão. Vai vencer todas as circunstâncias quando fizer
dele a sua fonte e o seu foco.

Não envenene seu futuro com a dor do passado.
Mike Murdock
18
Solidão, Amor e o Cristão Solteiro
Li em algum lugar que há mais de 55 milhões de adultos
solteiros vivendo nos Estados Unidos hoje.
Muitos foram casados e perderam o parceiro devido ao
divórcio ou à morte. Para eles, a transição para a vida de
solteiro é muitas vezes traumática. Reajustes dos horários,
perda de amizades e repentina solidão podem desencadear
uma crise inacreditável e uma batalha interior que requer
tempo e, muitas vezes, uma dolorosa "cirurgia espiritual".
Uma interessante afirmação foi feita por um famoso solteiro,
o missionário e apóstolo Paulo: Estás livre de mulher? Não
busques mulher (1 Coríntios 7.27). A primeira vista, parece
contradizer a vontade de Deus, em Gênesis 2.18: Não é bom
que o homem esteja só. Contudo, Paulo [não estava
condenando o matrimônio] estava simplesmente
aconselhando: "Concentre-se nas vantagens da circunstância
atual".
Desfaça as malas, e viva onde você está! Pare de reviver o
ontem. Memórias são fotografias de experiências. Aquilo em
que nos concentramos, sentimos. O que sentimos influencia
o que começamos a executar. E o nosso desempenho
determina o nosso senso de valor e a nossa auto-estima.
Uma arma para Satanás destruir a produtividade do presente
é forçar nossa concentração no passado.
Envolva-se com as oportunidades do presente. Amplie a sua
mente. Discipline o seu corpo. Abra seu coração para
aqueles ao seu redor.
Minha compaixão pelos solteiros é profunda. Tenho
experimentado seus ciclos emocionais, o sentimento de
perda, a esmagadora solidão. Mas também sei que, durante a
hora da pressão, Deus se torna muito real. A pressão é
também um fator de crescimento.
Ciclos emocionais
Solteiros normalmente experimentam constantes mudanças
no ciclo emocional. Às vezes, vêem-se em casa pensando:
"Deus, quando o Senhor enviará alguém para que eu possa
compartilhar meus sonhos e planos? Por favor, Deus!"
Então, logo no dia seguinte, pensam: "Uau! Como estou
contente por ninguém estar aqui para me aborrecer!"
Isso faz parte do amadurecimento. O que pensamos que
precisamos e aquilo que realmente necessitamos, muitas
vezes, são duas coisas diferentes.
A grandeza é um processo
Sua experiência com o vazio prepara-o para o
preenchimento.
Sua experiência com a solidão desenvolve em você o apreço
pelo companheirismo.
Sua experiência com dúvida obriga-o a cavar mais fundo
para achar aquilo em que você realmente acredita.
Os testes de sinceridade dos outros desenvolvem sua
capacidade de discernir.
Tempo é ouro no mundo da sabedoria. Ele é a chave para os
tesouros que você sonha encontrar. Há tempo para ser
exigente. Há tempo para ser gentil. Tudo tem o seu tempo
determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do
céu (Eclesiastes 3.1). Bom é o SENHOR para os que se atêm
a ele (Lamentações 3.25).
Segredos de vitória para solteiros
A força mais poderosa no mundo é o amor. Ele quebra as
barreiras do preconceito, da tradição e do egoísmo. E a base
da motivação. O labor de um pai e o trabalho pesado de uma
mãe estão fundamentados no invisível ingrediente chamado
amor.
Amar é atribuir um alto valor a alguém. E o destronamento
do eu e a priorização do outro.
A questão importante que cada um deve perguntar a si
mesmo é: "Por que estou realmente atraído por esta pessoa?
E simplesmente pela boa aparência dela? Pelos talentos ou
interesses mútuos?"
Muitas vezes, amamos uma característica ou qualidade de
alguém, e não a pessoa. Memórias passadas de tratamento
grosseiro acentuarão e ampliarão a gentileza de um novo
amigo. Pressões financeiras irão exagerar a capacidade de
atração por segurança financeira. Muitos solteiros têm
aceitado menos que o melhor de Deus para eles
simplesmente por causa da solidão.
A solidão pode ofuscar sua capacidade de julgamento
Seja honesto consigo mesmo. Discirna a origem da atração.
Dê nomes às coisas. Se a pessoa em sua vida agora é uma
força espiritual ou simplesmente o ajuda a subir socialmente,
nomeie isso de acordo com o que é.
A simples satisfação de desejos físicos é enganosa e pode
custar caro. Fique firme. Não deixe a solidão temporária criar
um problema permanente. E lembre-se:
Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque,
quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o
Senhor tem prometido aos que o amam.
Tiago 1.12
Uma palavra de cautela!
Não dê aos outros sua capacidade total. E preciso discernir o
tamanho do "copo" e enchê-lo de acordo com a capacidade
deste. O conteúdo de um galão derramado em um pequeno
recipiente não gera apenas desperdício; também pode
"afogar" aqueles que recebem e enfraquecer a capacidade do
doador de "semear" novamente.
Discernindo o verdadeiro amor
Como podemos discernir o amor verdadeiro? Como
sabemos quando estamos amando? Como ter a garantia de
que alguém realmente nos ama?
Muitos discorrem sobre o que é ficar apaixonado, mas vamos
evitar subterfúgios e admitir: Deus dará um amor e um
desejo muito especiais por aquela pessoa que instiga o seu
desejo por compromisso.
3 provas do amor incomum
1. O amor incomum não teme. Medo demonstra
desconfiança, falta de confiança. Na caridade, não há temor;
antes, a perfeita caridade lança fora o temor; porque o temor
tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em caridade
(1 João 4.18). Algo está em falta quando o medo está
presente. Pode ser a evidência de ser a pessoa errada o
tempo errado. Seja cauteloso.
2. O amor incomum quer doar. Quem ama quer satisfazer as
necessidades do outro. Porque Deus amou o mundo de tal
maneira que deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele
que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (João 3.16).
O verdadeiro amor resulta em investimento de tempo, de
esforço e até das finanças no outro. Ministrar a alguém que
você ama deve ser uma alegria.
3. O amor incomum antecipa-se às necessidades do outro.
Jesus demonstrou isso a Zaqueu e à samaritana junto ao
poço. Ele ensinou aos Seus discípulos: Decerto, vosso Pai
celestial bem sabe que necessitais de todas essas coisas; mas
buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas
essas coisas vos serão acrescentadas (Mateus 6.32,33).
Enquanto semeia o amor no coração daqueles ao seu redor,
espere que Deus o abençoe além de suas maiores
expectativas. O que você faz acontecer aos outros, Deus fará
acontecer a você (veja Efésios 6.8).

A LUTA É A PROVA DE QUE VOCÊ AINDA NÃO FOI
DERROTADO.
Mike Murdock
19
A JUVENTUDE E A ARMADILHA DO SEXO
"Ela é a mais bela garota de nossa igreja", disse-me um pastor
com orgulho. "A consagração e o testemunho cristão dela
são tremendos. Eu queria que todos os nossos jovens fossem
como ela!"
Então, após meu sermão no culto de encerramento de uma
cruzada, fiquei um pouco surpreendido quando a tal jovem
pediu aconselhamento sobre um problema pessoal. Dentro
de instantes, ela estava soluçando: "Por favor, ajude-me.
Estou tão confusa que estou prestes a perder a cabeça. Meus
pais, meu pastor e meus amigos da igreja acham que sou uma
cristã fantástica. Mas a verdade é que tenho uma vida dupla.
Estou tão envolvida com alguns rapazes na escola, que
desejo morrer".
Com lágrimas rolando pelo rosto, ela me contou uma triste,
mesquinha, sórdida, mas familiar história. Depois, veio a
pergunta: "Se amo Deus e a Bíblia, e amo, por que enfrento
enormes problemas sexuais? Sinto-me presa. Não sei como
escapar. Existe alguma esperança para mim?"
Evidentemente, esta jovem está longe de ser a única nesta
condição. Milhares de pessoas que sinceramente desejam ter
uma vida direita e agradável à Deus estão lutando a mesma
batalha. Elas também têm caído no que chamo de armadilha
do sexo. Elas estão presas numa interminável luta entre
excitação sexual e prazer, de um lado, e as garras da culpa,
do remorso e do medo, por outro. Sentem-se encurraladas
entre o seu desejo por pureza moral e santidade espiritual e
os apetites físicos.
Existe uma saída
Apesar da poderosa e incontornável armadilha do sexo, há
uma saída. Você tem o poder de ser livre. As páginas
seguintes podem mudar completamente a sua visão sobre a
vida. Gostaria de compartilhar algumas idéias para ajudar
você.
Este capítulo não é para os rebeldes, que estão determinados
a seguir o seu próprio caminho, não importando as
consequências. Não é para os "sabe-tudo", os arrogantes, os
hipócritas nem os fracos, à procura de justificação para o seu
erro. Estas páginas são para pessoas sinceras, conscientes dos
conflitos dentro de si (a luta entre o espírito, que anseia por
Deus e a verdade, e a carne, atraída pelos pensamentos e
pelas ações imorais). Este capítulo é para você, se quiser
ajuda e estiver disposto a aceitá-la.
A chave para sair da armadilha do sexo é o entendimento.
Você deve ter a clara compreensão de si mesmo e de como
você foi feito. E preciso compreender os impulsos e desejos
que Deus colocou dentro de você e por que Ele os colocou
lá. Você deve estar ciente de que o inimigo tenta
transformar estes normais e saudáveis impulsos em algo sujo
e destrutivo.
Em Provérbios 7, o sábio Salomão descreve a armadilha do
sexo em ação. Pare alguns momentos, e leia. Esta passagem
fala sobre uma garota e um rapaz e os seus desejos por prazer
sexual. E uma história de sedução, pecado e vergonha. Uma
prostituta atrai um jovem ao seu quarto para uma noite de
prazer. Mas Salomão nos diz que o rapaz caminhava para
uma armadilha. Caminhos de sepultura é a sua casa, os quais
descem às câmaras da morte (Provérbios 7.27).
Vamos compreender algumas das palavras-chave que nos
levarão à liberdade e à libertação da armadilha do sexo.
Desejo
Existe uma atração natural entre homens e mulheres.
Chamamos isso de química, sex appeal. Ela está lá em nosso
interior. Foi colocada por Deus.
Tudo começou no jardim do Eden. Por que você acha que
Deus colocou Adão e Eva, em vez de Adão e Eduardo lá?
Porque Deus sabia que era bom para um homem e uma
mulher habitarem juntos. E Ele colocou dentro deles um
"instinto" de desfrutar da companhia do sexo oposto. E um
desejo de doar e compartilhar. Deus tinha um propósito, um
benefício não apenas para um homem e uma mulher, mas
para toda a humanidade.
Algumas pessoas parecem ter uma falsa ideia de que esse
desejo é mau, que vem de Satanás. Dizem que, se uma
pessoa é realmente cristã, ela não será "incomodada" por
desejos sexuais. Dizem que, se uma pessoa ora, lê a Bíblia e
vai à igreja, o sexo oposto não exercerá atração sobre ela.
Não acredite. O desejo é normal, e não é mau até tornar-se
uma distorcida obsessão por gratificação física.
Direção
A chave para saber se o desejo é bom ou ruim é a direção
em que ele segue. Desejo pode ser uma força motivadora
que leva dois jovens ao crescimento e amadurecimento;
uma unidade que, em última análise, leva-os a deixar os seus
pais e formar um novo lar. E serão os dois uma só carne
(Marcos 10.8).
Canalizado na direção certa, o desejo leva à felicidade de um
lar cristão que obedece aos mandamentos de Deus,
multiplicando e enchendo a terra. Isto é agradável a Deus e
resulta em um relacionamento saudável entre um homem e
uma mulher; um relacionamento cheio de amor e respeito
mútuo.
Tragicamente, os seus desejos também podem tomar uma
direção oposta, que pode afastá-lo do caminho de Deus e da
justiça. Algumas pessoas se deixam levar por tentações, que
mais cedo ou mais tarde as vencerão.
Na Bíblia, Sansão foi em direção à mulher errada. José,
tentado pela mulher de Potifar, fugiu. O primeiro cedeu à
imoralidade; o segundo deleitou-se em Deus. O primeiro
tornou-se um perdedor; o segundo, um vencedor. Tudo foi
uma questão de escolha de direção.
Decepção
Em quase todos os casos de pecado sexual, há engano
envolvido. Ele pode assumir muitas formas. Pode começar
com propostas do tipo: "Se você realmente me ama, então
deve provar. Todo mundo faz isso. Está tudo bem, porque
amamos um ao outro. Ninguém se machucará. Só desta vez,
então nunca mais".
Normalmente os enganos na área sexual ocorrem porque o
sedutor apresenta apenas um lado da situação e forja uma
imagem falsa. Todas as armadilhas atraem, ao invés de
repelir. Qual é a isca na armadilha do sexo? "Vai ser tão
emocionante e gratificante. Isso nos dará muito prazer. Isso
nos fará tão felizes!"
Tudo o que é proibido parece mais emocionante. Mas, assim
como em todas as armadilhas, quando se joga a isca, existem
fortes, poderosas e afiadas garras prontas para agarrar você e
despedaçar sua vida. Então, em vez do prazer que promete,
a armadilha do sexo oferece dor e desgosto.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 46:
Solidão não é ausência de afeto, mas ausência de direção.
Satanás usa o engano para fazer as pessoas acreditarem que
elas podem pecar sem sofrer as consequências; que podem
roubar o mel sem levar uma ferroada. Só depois de
ultrapassados os limites, depois de apagadas as luzes
brilhantes e atraentes e de dissipadas as palavras lisonjeiras,
as pessoas descobrem que foram enganadas. Em seguida, elas
são capturadas pela angustiante realidade do coração
solitário, uma consciência atormentada, um maltrapilho e
esfarrapado auto-respeito.
Em todo engano, há o enganador e o enganado. Existe
aquele que vai dizer ou fazer o que for necessário para
conseguir as coisas ao seu modo, e aquele que fica com a
mágoa, a culpa, a dor. Existe o caçador e a caça. Existe o
trapaceiro e o tolo.
Na história contada por Salomão em Provérbios 7, a mulher
foi o enganador. Muitas vezes é o homem que engana a
mulher. Mas a mulher de Provérbios atraiu o rapaz com
palavras lisonjeiras. Ela fez de seu próprio corpo a isca na
armadilha do sexo, vestindo roupas atraentes e sedutoras.
Não lhe importava ser infiel ao seu marido, à sua família e
aos seus amigos, ela pensou apenas em sua própria vontade.
Ela estava sozinha, inquieta. Queria uma imediata
gratificação física. Estava interessada apenas em prazer
temporário. Só queria o rapaz até a próxima manhã (v.18).
A mulher foi enganadora e continuou falando até que o
rapaz acreditasse. Seduziu-o com a multidão das suas
palavras, com as lisonjas dos seus lábios o persuadiu (v. 21).
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 47:
Imaturidade é a incapacidade de adiar a gratificação.
Um boi, um louco e uma ave
E o que falar a respeito de quem foi enganado? Salomão o
descreve como alguém que perde e é levado à destruição,
como boi que vai ao matadouro; e, como o louco ao castigo
das prisões [...], como a ave que se apressa para o laço e não
sabe que ele está ali contra a sua vida (Provérbios 7.22,23).
Um boi, um louco, uma ave. Não é uma imagem muito boa,
não é? Mas, e você? Está resistindo às tentações ou
caminhando às cegas e sem resistência em direção à sua
própria destruição?
Ah, sei quão espertos são os enganadores! Sei como
habilmente o engano é apresentado. As revistas, as músicas,
os filmes, muitas vozes fazem isso parecer tão divertido, tão
romântico, tão bonito, tão agradável e tão gratificante! Mas
se você olhar além da grande mentira, verá o que está do
outro lado.
O que acontece depois que a noite de paixão passa, e você é
deixado sozinho para enfrentar a si mesmo no espelho e na
claridade do dia? Como consegue sentir-se bem depois?
Converse com aqueles que foram enganados, com o rapaz
ou a moça que não puderam esperar para trilhar "todo o
caminho". Pergunte ao marido inquieto [que adulterou]
como ele se sente agora? Fale com uma mulher que não se
sentia amada. Pergunte se ela encontrou a realização [ao
entregar-se mesmo assim]. Bata um papo com a mãe solteira
que enfrentou a rejeição da sociedade, para ver se ela não
sente que seu erro vai durar para sempre. Tente confortar o
filho ilegítimo que sente que ninguém o quer. Então, terá
uma noção melhor do que é ser enganado, ser a vítima. E
isso que você quer para si?
Atenção ou admiração?
Querido amigo, por favor, atente para esta mensagem: existe
uma grande diferença entre chamar a atenção e receber
admiração. Tome muito cuidado para não confundir um
com o outro.
Como reconhecer um enganador? Teste as atitudes de cada
pessoa que considerar para um relacionamento. Veja se
detecta um espírito rebelde ou arrogante para com Deus.
Existe desrespeito de seu pretendente para com os pais? Será
que ele tem uma conduta dúbia, um papo de duplo sentido?
Tal pessoa está mais interessada em diversão e bons
momentos e nunca fala sério sobre as coisas? Você percebe
um espírito preguiçoso, imperdoável ou invejoso? Há uma
advertência interna em você de que algo está errado sobre
uma pessoa, mesmo quando tudo parece bem e há uma
atração recíproca. Estes são sinais de alerta!
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 48:
Sua auto-estima não é determinada pelos erros do passado,
mas por sua disposição em reconhecê-los [e evitá-los
novamente].
Decisão
Em algum tempo, em algum lugar, você terá de tomar uma
decisão. Deverá escolher entre ganhar ou perder uma
batalha, para evitar cair na armadilha do sexo.
Em algum momento você estará além da proteção e da
influência de seus pais, de seu pastor, de sua igreja. Mais
cedo ou mais tarde, a plena responsabilidade por suas ações
repousará inequivocamente sobre os seus ombros.
No tribunal da sua consciência, você precisará pesar, de um
lado, a sua moral e seus valores espirituais, o de outro, os
argumentos persuasivos de um enganador. Será sua a escolha
entre a carne ou o espírito, o físico ou o espiritual, o agora
ou o amanhã, o momentâneo ou o eterno, a aprovação da
multidão ou o respeito de Deus, um momento de prazer ou
a dor de um coração partido, seu plano de felicidade ou o
plano do Mestre.
Se você optar por ser enganado, então, nada nem ninguém
poderão detê-lo. Se escolher o que for justo e agradável a
Deus, Ele o levará para longe da armadilha do sexo.
Sim, uma decisão a favor de Deus poderá custar-lhe um
namorado, se ele for um enganador. Mas não por muito
tempo. Quando os jovens estão dispostos a desistir de
companheiros que representam o seu mal, acredito que em
breve encontrarão uma pessoa que será a alegria da sua vida.
Deus é um casamenteiro perfeito!
Destruição ou libertação?
A pessoa que escolhe habitual e consistentemente o que é
errado carregará o fardo da decepção, da vergonha, da
destruição.
Quão decepcionante é descobrir que o que você pensava
que era ótimo e tão divertido durou apenas alguns
momentos. Mas a dor em seu coração continua golpeando
quando o seu "amigo" se foi, as luzes se apagaram, e você
está sozinho. Que decepção é descobrir que tais pessoas só
podiam satisfazer as suas necessidades temporárias, su-
perficiais de afeto e companheirismo! Mas o que você fará
quando estiver face a face com o Deus eterno?
Que vergonha e humilhação sentirá quando tiver de sair e
enfrentar o mundo novamente após cair na armadilha do
sexo!
Uma garota confessou que ela se sentia suja, mesmo que
todos que a olhassem não dissessem nada. Um rapaz disse
que não queria olhar ninguém diretamente nos olhos. De
algum modo, parece que, quando pecamos, alguém sempre
descobre, e a notícia se espalha como um incêndio.
E estranho, mas, quando o problema é conosco, onde estão
todas aquelas pessoas liberais, modernas, que pensávamos
estar em todo lugar? Por que tantas ficam de longe, olhando-
nos de cima para baixo? Onde está a lealdade e o respeito
que sempre desfrutamos junto aos nossos amigos? Onde
estão os amigos?
Destruição? Se for isso que você escolher, é o que terá.
Destruirá a sua percepção de Deus e a sua consciência;
destruirá seu auto-respeito, uma qualidade que é
absolutamente essencial ao seu bem-estar e que é
tremendamente difícil de reconquistar, uma vez perdido.
E agora, voltemos à garota de que falei no início do capítulo.
Todo mundo em sua casa e igreja ainda pensava que ela era
uma "super-crente". Mas ela percebeu que tinha caído na
armadilha do sexo. Todos sabiam na escola. Ela tinha sofrido
uma desilusão e sentia muita vergonha mesmo. Ela sentia
que estava indo em direção à destruição.
Confessou: "Sei que o que estou fazendo é errado. Mas não
consigo evitar. A tentação é muito grande. Não posso
resistir; é mais forte do que eu. Não consigo dizer não. Sei o
que é certo, mas continuo fazendo o errado. Existe alguma
esperança para mim, ou é muito tarde? Posso ser livre?"
Deixe-me compartilhar com você a mesma resposta que dei
a ela. E isso vai ajudá-lo, tal como a ajudou, a encontrar uma
libertação da armadilha do sexo.
[Eu disse a ela que há uma saída, uma resposta.] Jesus disse:
Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida (João 14.6). Ele é a
sua única esperança de libertação. Tome posse do perdão e
da libertação que o Salvador, Jesus Cristo, oferece-lhe.
[Você pode dizer:] "Mas, Mike, estou profundamente
envolvido e realmente confuso". A Bíblia diz que Jesus já
cuidou da sua situação. Como? Ele se deu a si mesmo por
nossos pecados, para nos livrar do presente século (Gálatas
1.4).
[Você pode contra-argumentar:] "Mas você não sabe todas
as coisas ruins que tenho feito. E pior do que pensa. Nunca
vou ser bom para qualquer coisa novamente".
Essa não é a maneira como Deus o vê. Ele tem um lugar
reservado só para você em Seu Reino. Como sei disso? Leia
você mesmo 2 Timóteo 4.18: E o SENHOR me livrará de
toda má obra e guardar-me-á para o seu Reino celestial.
[Tomara que você se convença e diga:] "Está certo, estou
convencido. O que devo fazer para ser perdoado?"
Novamente, a resposta está aí mesmo, em sua Bíblia: Se
confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (1 João
1.9).
A quem você deve confessar? À Deus, porque Ele é o único
que pode libertá-lo.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 49:
O arrependimento é sempre o primeiro passo para a
recuperação.
Independente de quantas vezes você tenha sido liberto e
caído novamente, há libertação para você. Comece a crer na
presença de Deus. O que desejo que você compreenda?
Simplesmente perceba que
Deus está com você o tempo todo. Dependa da presença
dele, para erguê-lo e mantê-lo fortalecido. Não vá a qualquer
lugar nem se permita entrar em qualquer situação em que
não fique confortável na presença dele. Se isso significar
mudar de amigos, mude. Se significar mudar seus hábitos e
de ambiente, faça-o. Não tenha medo do que as pessoas vão
pensar, dizer ou fazer. Seja ousado em relação a esta
garantia: Não temas diante deles, porque eu sou contigo para
te livrar, diz o SENHOR (Jeremias 1.8).
E tão simples quanto parece! Se você foi honesto e sincero
com Deus [quanto ao seu arrependimento], Ele o perdoou e
tornou-o alvo como neve, apesar de seus pecados serem
rubros como o escarlate. Agora, você se tornou uma nova
criatura, nasceu de novo.
Quero ajudá-lo a orar. Diga: "Obrigado, Senhor, por perdoar
os meus pecados, levar minha culpa, purificar-me
novamente. Ajuda-me a nunca mais ser preso novamente na
armadilha do sexo. Sou fraco, mas Tu és forte. Dá-me a força
de que preciso. Tive desejos errados. Remove-os juntamente
com todas as tendências para mentir ou enganar. Sê Senhor
da minha vida. Apresento o meu corpo como um templo do
Teu Espírito. Enche-me de Ti e sustenta-me. Oro em nome
de Jesus, amém".
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 50:
O fracasso só vai durar o tempo que você permitir.
Descobertas
Descobrir uma verdade é um sentimento maravilhoso.
Descobrir a verdade sobre Deus e Seu poder de libertação
realmente é emocionante. E a maior descoberta da sua vida!
Até agora você tem feito algumas descobertas importantes
sobre a armadilha do sexo. Você descobriu que:
o pecado parece bom, mas faz mal ao coração;
no início, pecar pode ser divertido, mas o fim é
devastador;
que a satisfação física pode ser alcançada
temporariamente, mas o coração continuará chorando;
o que você pensou que traria felicidade, trouxe miséria.
Você também descobriu que:
há libertação para a armadilha do sexo pelo poder de
Deus;
o Senhor traz perdão real e verdadeira paz à sua vida;
[com Deus e em Cristo] você nunca mais será o mesmo.
Agora, quero que descubra outras verdades que o ajudarão a
permanecer forte e liberto. Elas fazem parte do plano de
Deus para você. Estas novas descobertas irão ajudá-lo a
mudar os seus pensamentos, talvez até o seu estilo de vida. E
quando isso acontecer, você descobrirá que uma boa vida é
possível, agora mesmo. Esta poderosa descoberta vem por
meio da disciplina.
Disciplina
Uma chave para alcançar a vitória, o poder e a recompensa
em cada área de sua vida é a disciplina pessoal. Cada atleta
que venceu um campeonato e os campeões olímpicos
praticaram a disciplina. Na verdade, quase sem exceção,
vencedores são bem- sucedidos em razão da disciplina, que
dá origem a hábitos de sucesso.
A disciplina não apenas aprimora a mente e a condição do
corpo, mas também produz um importante efeito colateral: a
segurança. Assim como uma criança que recebe disciplina
de seus pais sente- -se segura do amor deles, uma pessoa que
pratica a disciplina fica confiante de que coisas boas vão
acontecer.
Paulo disse: Antes, subjugo o meu corpo e o reduzo à
servidão (1 Coríntios 9.27). O atleta que treina sabe como
seu corpo reagirá quando for exigido dele uma boa
performance na prova. O aluno que estuda sabe que
fornecerá as respostas demandadas, porque preparou a sua
mente. Assim, o jovem cristão, para escapar da tentação,
deve disciplinar sua natureza moral e espiritual, a fim de
superar o mal.
6 áreas de sua vida que devem ser disciplinadas
1. Discipline suas conversas. Fale sempre em termos
positivos, a partir de uma postura de fé, consciente daquilo
que Deus deseja de você. Evite palavras e expressões
negativas, como "não posso", "estou fraco", "sempre falho".
Em vez disso, diga "posso vencer todo pecado", "estou
ficando mais forte no Senhor", "posso todas as coisas por
intermédio de Cristo, que me fortalece".
2. Discipline seus hábitos de leitura. Tenha certeza de que
você gasta pelo menos dez minutos, toda manhã com a
Palavra de Deus. Não há possibilidade de ter uma verdadeira
vida vitoriosa e feliz sem o conhecimento das Escrituras,
que vem pela leitura diária. Elas vão fazê-lo forte e mantê-lo
livre. A lei do seu Deus está em seu coração; os seus passos
não resvalarão (Salmo 37.31). Certifique-se de que tudo o
que você lê contribui para o seu bem-estar.
3. Discipline sua vida de oração. Mantenha-se em constante
contato pessoal com Deus. Tenha certeza de que você está
falando com Ele. Desenvolva uma lista atualizada de oração.
4. Discipline suas amizades. Recuse-se a associar-se com
perdedores que puxam você para baixo. Escolha como
amigos pessoas que você quer ter por perto toda a sua vida.
5. Discipline a música que você ouve, os programas de TV
aos quais assiste e os tipos de diversão que escolhe. Controle
as circunstâncias que puder. Uma adolescente finalmente
admitiu para mim que ela tinha planejado maneiras de ficar
sozinha com seu namorado, embora soubesse que era
demasiadamente fraca para dizer não ao erro. Se você tem
dificuldade para vencer a tentação, ao menos pode evitá-la.
Mas é preciso disciplina.
6. Discipline sua frequência aos cultos na igreja. Desenvolva
sua força interior pela exposição constante à atmosfera
espiritual do culto. Honre os mentores espirituais colocados
por Deus em sua vida. Lá, você encontrará a fórmula de
sucesso que funcionará para você. E uma maneira de vencer
e ser livre da armadilha trágica do sexo. Deus deseja que
você seja livre. E eu também desejo isso a você!
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 51:
O homem realmente não decide o seu futuro; ele decide
seus hábitos, então seus hábitos decidem o seu futuro.
20
Como Transformar seus Erros em Milagres?
Este é um mundo de pessoas. Você descobrirá que erros
fazem parte da sua vida diária. Eles acontecem no trabalho,
em sua escolha de amigos e até nas decisões financeiras. E
embora alguns erros possam ser devastadores, a maioria
pode ser revertida para o seu bem!
O fracasso de ontem pode tornar-se o sucesso de hoje. A
tragédia pode ser revertida em triunfo. Você pode mudar o
rumo da sua vida! Pode sair de um fracasso para uma vida
vitoriosa e bem-sucedida. Deus, o seu Criador e Pai celestial,
viu de forma antecipada os seus problemas, e elaborou um
plano para transformar os seus erros em acertos,
miraculosamente!
Porque sete vezes cairá o justo e se levantará.
Provérbios 24.16
Os passos de um homem bom são confirmados pelo
SENHOR, e ele deleita-se no seu caminho. Ainda que caia,
não ficará prostrado, pois o SENHOR o sustém com a sua
mão.
Salmo 37.23,24
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 52:
O fracasso de ontem pode tornar-se o catalisador do sucesso
de amanhã.
15 poderosas chaves que podem transformar seus
erros em milagres
1. Aceite sua humanidade. Você não é Deus, nem anjo! As
possibilidades de você cometer um erro são de cem por
cento. A natureza de seus erros e o que você faz a respeito
deles determinam o seu sucesso. Deus previu seus pontos
fracos. Como um pai se compadece de seus filhos, assim o
SENHOR se compadece daqueles que o temem. Pois ele
conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó
(Salmo 103.13,14).
E verdade que alguns se desculpam dizendo "sou apenas
humano", em vez de basear-se em princípios mais elevados.
Mas milhares que aprendem a aceitar a si mesmos como
seres humanos desfrutam muito melhor a vida.
2. Admita seu erro. Reconheça e confesse seu erro a si
mesmo. Não se justifique. Não minta para si mesmo. As
Escrituras dizem:
O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o
que as confessa e deixa alcançará misericórdia.
Provérbios 28.13
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
1 João 1.9
Confesse seu erro a Deus. Confesse seu erro àqueles que
foram prejudicados por ele.
E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa
contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos
perdoe as vossas ofensas.
Marcos 11.25
Cuidado: existem exceções. Se a sua confissão trouxer mais
destruição à fé e à confiança do outro, confesse seus erros só
a Deus. Na multidão de palavras não falta transgressão, mas o
que modera os seus lábios é prudente (Provérbios 10.19).
3. Atribua a responsabilidade do erro aos que forem
realmente responsáveis. Se outras pessoas estiverem
envolvidas, você deve permitir-lhes aceitar a sua parte da
culpa. Assumindo a responsabilidade por todos os outros,
você abriria uma porta para a amargura, o ressentimento e a
auto-piedade. Além disso, você os forçaria a prestar contas.
Pais que sempre encobrem os erros do filho destroem as
chances de maturidade dele. Castiga teu filho enquanto há
esperança, mas para o matar não alçarás a tua alma
(Provérbios 19.18).
Certa noite, uma amável senhora, inconsolada, disse: "Tenho
que ir buscar o meu marido no bar esta noite, pois ele está
bebendo de novo". Indaguei: "Por quê?" Ela me olhou
surpresa e titubeou: "Bem, hum, ele..." Eu prossegui: "Se
você continuar amortecendo a queda, ele nunca realmente
pulará. Você tem de deixá-lo chegar ao fundo do poço.
Então, e só então, ele vai querer chegar ao topo".
4. Reveja outras possíveis alternativas que estavam
disponíveis antes do seu erro. Obviamente, você fez uma
escolha errada. Quais eram as opções no momento? Poderia
ter tido um resultado diferente? Você fez o seu melhor? Pois
qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta
primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com
que a acabar? (Lucas 14.28). Às vezes, o que parece ser um
erro foi a única decisão possível no momento! Não
desperdice tempo valioso em circunstâncias inevitáveis do
passado. Talvez não tenha sido um erro, afinal! Por outro
lado, avalie cuidadosamente o passado, você evitará cometer
o mesmo erro novamente.
5. Identifique as pessoas e circunstâncias que influenciaram
sua decisão quando você cometeu um erro. Um ministro
amigo meu, disse certa vez: "Mike, perdi a perfeita vontade
de Deus durante dez longos anos de minha vida". Perguntei:
"O que causou isso?". Ele disse: "Eu estava muito cansado.
Tive uma exagerada reação às críticas de um diácono
desgostoso. Eu me levantei e pedi afastamento de minha
igreja e, diante de Deus, meu ministério foi encerrado ali.
Foi o maior erro da minha vida". A fadiga deturpou seu
julgamento!
Você assiste à televisão por muitas horas? Negligencia os
cultos da igreja? Está envolvido em amizades que não são
saudáveis? O problema é o seu ego? Seja honesto! Seus
sonhos e suas metas podem ser destruídos se você ouvir os
conselhos errados. Mesmo a doença pode afetar
grandemente suas decisões. Um amigo frustrado pode causar
um clima de descontentamento a você. Anda com os sábios
e serás sábio, mas o companheiro dos tolos será afligido
(Provérbios 13.20).
Princípio de sabedoria 53:
Se Deus suavizasse cada golpe, você você nunca aprenderia.
6. Esteja disposto a saborear a dor por seu erro. Às vezes,
Deus deseja que sintamos a dor por nossos erros. Em Lucas
15, o filho pródigo caiu em si, quando ficou faminto. E
desejava encher o seu estômago com as bolotas que os
porcos comiam, e ninguém lhe dava nada (v. 16).
A dor pode motivá-lo a mudar o rumo. Deus pode permitir
sua queda! Se Ele suavizasse cada golpe, você nunca
cresceria. No entanto, posso garantir que o seu Pai celestial
não permitirá que o seu sofrimento e sua dor sejam uma
sensação permanente. Ele vai usá-los para suscitar em você
humildade, compaixão pelos outros e uma memória da razão
pela qual Jesus Cristo morreu no Calvário pelos pecados da
humanidade.
Jó propôs: Mas ele sabe o meu caminho; prove-me, e sairei
como o ouro (Jó 23.10). O salmista disse: Foi-me bom ter
sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos (Salmo
119.71). Em Hebreus 5.8, é dito sobre Jesus: Ainda que era
Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu.
7. Escreva uma lista de lições pessoais que você aprendeu e
de suas alternativas atuais. Pegue uma folha de papel e
escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas
(Habacuque 2.2). Faça a si mesmo estas perguntas: Que
fraqueza em mim esse erro revelou? O que aprendi sobre os
outros durante tal momento? O que ensinam as Escrituras
em relação ao meu erro?
Pare um pouco para pensar. Ouça seu coração quanto ao que
você pode entender desse tempo de aprendizagem. Leia e
estude a vida das pessoas que cometeram o mesmo erro e
como elas se recuperaram. Direcione o foco sobre o que
você pode fazer agora, e comece a tomar as medidas
necessárias para a recuperação.
8. Pare de contar a todos sobre seu erro. Alguns poucos
seletos amigos terão o prazer de emprestar os ouvidos para
que você libere a sua dor reprimida. Você pode precisar
disso, mas faça-o com as pessoas certas. No entanto, é ainda
mais eficaz discutir seus problemas com Deus. No dia em
que eu clamei, me escutaste; alentaste-me, fortalecendo a
minha alma (Salmo 138.3). Busquei ao SENHOR, e ele me
respondeu; livrou-me de todos os meus temores (Salmo
34.4).
Muitas vezes expomos às pessoas nossos pontos fracos
desnecessariamente. Isso amplia nossos erros e coloca
munição nas mãos de nossos inimigos. Pare de colocar-se
para baixo! Programe sua mente para entender que você não
está perdendo, está aprendendo!
Retém as suas palavras o que possui o conhecimento.
Provérbios 17.27
Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio; ensina ao
justo, e ele crescerá em entendimento.
Provérbios 9.9
Seja gentil, mas firme em não permitir que os outros se
concentrem em seus erros do passado.
Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas
uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás
ficam e avançando para as que estão diante de mim, prossigo
para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em
Cristo Jesus. Pelo que todos quantos já somos perfeitos
sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa doutra
maneira, também Deus vo-lo revelará.
Filipenses 3.13-15
Sugiro que você realmente memorize Isaías 43.18,19: Não
vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas.
Eis que farei uma coisa nova, e, agora, sairá à luz;
porventura, não a sabereis? Eis que porei um caminho no
deserto e rios, no ermo.
Princípio de sabedoria 54:
A confissão libera a fé para a total restauração.
9. Restitua aqueles que foram fraudados ou machucados por
seus erros. O verdadeiro arrependimento envolve restituição
e restauração de coisas quebradas. Uma definição de
restituição é a restauração final de todas as coisas e pessoas à
harmonia com a vontade de Deus. Restituição é um
princípio de liberação da fé que purifica a sua consciência. É
liberar as mãos de Deus para trabalhar livremente a seu
favor.
Se alguém furtar boi ou ovelha e o degolar ou vender, por
um boi pagará cinco bois; e pela ovelha, quatro ovelhas.
Êxodo 22.1
E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que
eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se em alguma
coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.
Lucas 19.8
Vários anos atrás, um homem estava com problemas
conjugais, dores estomacais e não podia dormir à noite. Ele
começou a chorar e confessou-me que tinha desviado
dinheiro de sua empresa. Orientei-lhe: "Você deve fazer o
que é certo. Vá ao seu presidente e admita o seu erro".
Embora temesse perder o seu emprego, o homem
verdadeiramente reconheceu o valor da restituição.
Adivinhe o que aconteceu! Não apenas ele permaneceu em
seu emprego, como também, tempos depois, recebeu uma
promoção do presidente que premiou a sinceridade e as
novas convicções dele!
A dor é apenas uma passagem para um milagre.
10. Permita um período para sua recuperação.
E natural querer uma mudança instantânea em suas
circunstâncias. Tomemos como exemplo o ciclo emocional
após um divórcio (solidão, raiva, culpa, amargura, frustração,
vazio, depressão, memórias do passado). Como você lidaria
com isso? Nem sempre é tão fácil como os amigos sugerem
que parece. Simplesmente leva tempo para a cura total.
Claro, existem coisas que você pode fazer para acelerar a
cicatrização, como também é possível retardar o processo.
Salomão, o homem mais sábio que já viveu, afirmou: Tudo
tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o
propósito debaixo do céu (Eclesiastes 3.1).
Não fique cansado por esperar seu milagre completar-se. Dê
a si mesmo tempo. E não nos cansemos de fazer o bem,
porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos
desfalecido (Gálatas 6.9).
Durante sua fase de recuperação, procure aprender tudo o
que puder, como cultivar a compaixão, exercitar a fé, e
desenvolver o controle de todas as áreas da sua vida.
11. Ajude alguém mais a receber um milagre.
Jesus Cristo é o nosso melhor exemplo de concentração no
sucesso dos outros. Ele é literalmente alguém que faz o
sucesso acontecer. Ele reprogramou a mentalidade dos
perdedores [a fim de torná-los vencedores].
Jesus se importou com os outros
Jesus dedicou tempo:
para elogiar (veja Mateus 8.10).
para curar os doentes (veja Mateus 8.16).
para perdoar pecados (veja Mateus 9.2).
para aconselhar os ministros (veja Mateus 10.1-42).
para ensinar os que precisavam aprender (veja Mateus 5;
6; 7).
para expor fraudes (veja Mateus 23).
Jesus criou situações de sucesso para as pessoas.
Olhe ao seu redor! O que você pode fazer agora para ser um
melhor empregado em seu trabalho? Um cônjuge, um pai,
um amigo melhor?
Em Provérbios 3.27, é dito: Não detenhas dos seus donos o
bem, estando na tua mão poder fazê-lo.
Em Romanos 13.7, somos exortados: Portanto, dai a cada
um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto,
imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra.
Em Efésios 6.8, está o porquê: Sabendo que cada um
receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja
livre.
Nunca se esqueça do maior princípio de sabedoria e sucesso
nas Escrituras: o que você faz acontecer aos outros, Deus
fará acontecer a você!
Princípio de sabedoria 55:
Sua contribuição aos outros determinará a contribuição de
Deus a você.
12. Desenvolva a mentalidade de um vencedor.
Você se torna aquilo que pensa. Então, comece a pendurar
"fotografias" de sucesso nas paredes de sua mente! Veja-se
com saúde. Veja-se em prosperidade. Veja-se em um
casamento feliz. Veja-se como um vencedor. Veja-se como
um vitorioso.
Quando você controla seus pensamentos, controla a sua
vida: Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro...
honesto... justo... puro... amável... de boa fama, se há alguma
virtude, e se há algum louvor, nisso pensai (Filipenses 4.8).
Visualize o que você pretende materializar!
Algum tempo atrás, comprei um carro. Com ele, recebi um
manual do veículo com informações sobre a forma de
operá-lo e a forma de resolver eventuais problemas. O
manual veio para me ajudar a dirigir meu carro novo e evitar
algumas situações frustrantes.
Princípio de sabedoria 56:
Sua vida sempre se moverá em direção ao seu pensamento
mais forte.
Deus, o Criador, providenciou um "manual", para que eu e
você possamos viver no mundo dele. O manual de sucesso
de Deus é a Bíblia. E Sua orientação para sabermos como
viver na terra. Sem a Bíblia, você pode facilmente sabotar a
sua vida.
Leia as Escrituras com frequência. Elas vão trazer poderosas
e positivas imagens ao seu pensamento. Você começará a
entender Deus, os outros e você mesmo por meio de uma
nova e bela interpretação!
13. Celebre suas pequenas realizações! Quando encontrar
um espaço para estacionar o carro exatamente no lugar onde
queria, o vestido que desejava comprar pela metade do
preço, um posto de gasolina aberto quando o tanque estiver
vazio, fale sobre isso! Imediatamente verbalize um grande:
"Obrigado, Pai!" E conte aos seus amigos!
Aprenda a apreciar essas pequenas bênçãos! Cultive a atitude
de gratidão! Veja o bem nos outros. Atente para o bem em si
mesmo! Reconheça suas próprias realizações, não
importando quão insignificantes elas pareçam.
Jesus disse uma grande verdade em Mateus 25, quando o
princípio do reconhecimento e da recompensa foi ensinado:
Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre
muito te colocarei (v. 21).
Expresse agradecimento mesmo quanto às pequenas
bênçãos, e você verá as maiores bênçãos logo após.
14. Recomece neste exato momento. Comece hoje. Deus
colocou você diante deste livro. O Senhor é um Deus do
agora. Ele deseja que você se torne um vencedor hoje
mesmo. Faça esta oração em voz alta:
"Pai, preciso de Ti. Eu Te quero. Perdoa-me por todos os
meus erros. Eu aceito Jesus Cristo como Senhor e Mestre da
minha vida. Recebo agora Teu perdão, e acredito que Tu vais
começar a encher o meu coração e a minha vida com paz e
alegria, a partir deste momento. Enche-me com Teu Espírito
Santo enquanto entro no mundo dos vencedores! Lanço
todas as memórias de erros passados na cruz do Calvário.
Agradeço-Te por enviar as pessoas certas à minha vida nesta
semana, para ajudar em meu crescimento e a desenvolver
em mim um poderoso vencedor. Em nome de Jesus,
amém."
15. Nunca desista. Você começou. Leu este livro. E isso
mostra que você tem o que é preciso para ser um vencedor!
Você pode vencer! Pode experimentar alguns contratempos,
momentos de dúvida e confusão. Isso é normal, mas não
durará muito tempo. Quando acontecer, imediatamente diga
em voz alta: "Não vou desistir, sou um vencedor! Nada pode
impedir-me". Confesse: Posso todas as coisas naquele que
me fortalece (Filipenses 4.13). Lembre-se de 1 João 4.4:
Porque maior é o que está em vós do que o que está no
mundo." E do Salmo 145.14: "O SENHOR sustenta a todos
os que caem e levanta a todos os abatidos.
21
Se Você quer um Milagre, siga essas Instruções
Todo mundo quer um milagre. Uns dirigem por 800 km
para ver um. Outros voam três mil milhas para
experimentar, por si mesmos, um. Alguns nem mesmo
acreditam que milagres existam. Outros acreditam que só
acontece por acidente.
A verdade é que milagres não são acidentais. Não são
manipulações do Mestre das marionetes humanas. Não são
demonstrações de um Deus egoísta e exibido. Milagres
acontecem às pessoas que precisam, querem e buscam
milagres.
7 passos para receber o seu milagre
1. Identifique seu desejado milagre. Você não pode receber
até definir o que precisa. Jesus perguntou ao homem cego o
que este queria. Jesus não era ignorante. Ele simplesmente
precisava de um compromisso para estabelecer um acordo
(veja Mateus 18.18,19). Muitas pessoas não gostam de onde
estão, mas nunca decidiram onde querem estar.

Eu constantemente voo 20 mil milhas por mês. As
companhias aéreas não me vendem bilhetes em razão do
meu ponto de partida, mas sim do meu destino desejado.
Não posso sair de onde estou até que tenha decidido onde
quero chegar.
Minha preciosa amiga, Nancy Harmon, escreveu esse
princípio em sua excelente canção: identifique e clame por
isso.
2. Confirme os motivos bíblicos para buscar seu desejado
milagre. Busque na Palavra. Firme-se na promessa inspirada
por Deus. Evite qualquer justificação para o fracasso. Você
quer realmente impressionar a Deus? Então, acredite no que
Ele disse: Deus não é homem, para que minta; nem filho de
homem, para que se arrependa (veja Números 23.19).
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 58:
Você nunca sairá de onde está até que decida aonde deseja
ir.
3. Peça o milagre. Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e
encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á (Mateus 7.7). Mostre sua
necessidade da capacidade de Deus. Jesus disse uma vez que
alguém tinha tocado nele com uma motivação e finalidade
específicas. Seja persistente. Chegue ao seu milagre.
4. Não permita que aqueles que duvidam de seu milagre
façam parte de seu círculo de amigos.
Alguns podem criticá-lo. Eles até podem sugerir que você
baixe a guarda e aceite as coisas como elas são. Ouse resistir.
Deus o fez para subir, não para descer! Ele fez você para
voar, não cair! Alimente sua mente com a Palavra. Cerque-
se de mensagens em CDs e livros que alimentam sua fé
dentro de você.
5. Declare palavras poderosas diariamente. Pare de falar de
fracasso. Pare de discutir seus medos, suas dúvidas e sua
incredulidade. Fale de suas expectativas, não de sua
decepção. Enquanto outros plantam sementes de medo, fale
alto e ousadamente o que Deus falou em Sua Palavra. Você
nasceu para vencer. Nasceu para saborear as uvas das
bênçãos de Deus!
6. Faça um esforço. Visualize-se com o milagre completo.
Nunca subestime o poder e a influência de Deus em sua
mente, esse arquivo de imagens cuja capacidade de
armazenar é quase inacreditável. A imagem que permanece
na sua mente tornar-se-á verdade com o tempo.
Em Marcos 5.28, a mulher com fluxo de sangue afirmou: Se
tão-somente tocar nas suas vestes, sararei. Ela possuía uma
imagem mental de seu esforço e da cura resultante.
Quando Abraão viu as estrelas, ele visualizou seus futuros
descendentes.
Jesus, pela alegria que estava estabelecida para o futuro,
suportou a cruz. Ele vislumbrou a ressurreição, a ascensão, o
retorno ao Pai. Isso lhe deu forças para suportar a
crucificação.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 59:
A imagem que permanece na sua mente tornar-se-á
realidade com o tempo.
7. Nunca deixe esvair-se durante a noite o que Deus
prometeu durante a luz do dia. Milagres são para os
persistentes, e não apenas para aqueles que o desejam. Esteja
consciente do que Deus deseja que você obtenha. Você é o
"produto" favorito do céu. Todo o programa promocional de
Deus está direcionado a você.
Efésios diz que você foi escolhido, abençoado, predestinado,
aceito, renovado por Deus e está assentado nos lugares
celestiais.
Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual
nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares
celestiais em Cristo, como também nos elegeu nele antes da
fundação do mundo, para que fôssemos santos e
irrepreensíveis diante dele em caridade, e nos predestinou
para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo,
segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor e glória
da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado. Em
quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das
ofensas, segundo as riquezas da sua graça, que Ele tornou
abundante para conosco em toda a sabedoria e prudência.
Efésios 1.3-8
Deus criou um sistema de milagres. Ele deseja que funcione
para você. Vá em frente. Alcance o seu milagre! Você
nasceu para saborear as uvas!
A PROVA DO AMOR É O INVESTIMENTO DO TEMPO.
Mike Murdock
22
Os Segredos da Oração de Sucesso
A oração é a sua maior arma. Campeões sempre usam a
oração contra ataques satânicos. É assunto objeto de
pregações, livros, mas não é realmente praticado. Poucas
pessoas aprenderam o incrível potencial da oração.
A oração é uma visita ao seu Pai.
Jesus constantemente se comunicava com Deus por meio da
oração. Ele sabia que essa era a única forma de realmente
vencer a doença e o poder dos espíritos demoníacos. A
oração construiu o Seu relacionamento com o Pai.
A oração põe medo no coração de Satanás, seu adversário.
Deus espera sua oração. Anjos respeitam a oração. E a mais
poderosa forma de mudar o destino de sua vida.
Creio que a oração é o único caminho para a paz verdadeira
e a força diária. Neste capítulo, apresento uma lista das
perguntas mais frequentes sobre o assunto.
Por que devemos orar?
Primeiro, porque é uma ordem de Deus. E contou-lhes
também uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca
desfalecer (Lucas 18.1). Sua Palavra orienta que devemos
orar sempre. Ele espera que oremos diariamente. Segundo,
porque a oração é a chave do poder. Leia atentamente esta
inesquecível passagem em Atos 12.
Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia
contínua oração por ele a Deus. E, quando Herodes estava
para o fazer comparecer, nessa mesma noite, estava Pedro
dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os
guardas diante da porta guardavam a prisão. E eis que
sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na
prisão; e, tocando a Pedro no lado, o despertou, dizendo:
Levanta-te depressa! E caíram-lhe das mãos as cadeias. E
disse-lhe o anjo: Cinge-te e ata as tuas sandálias. E ele o fez
assim. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa e segue-me.
E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava
sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão. E,
quando passaram a primeira e a segunda guarda, chegaram à
porta de ferro que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si
mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo
se apartou dele. E Pedro, tornando a si, disse: Agora, sei,
verdadeiramente, que o Senhor enviou o seu anjo e me
livrou da mão de Herodes e de tudo o que o povo dos judeus
esperava. E, considerando ele nisso, foi à casa de Maria, mãe
de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos
estavam reunidos e oravam. E, batendo Pedro à porta do
pátio, uma menina chamada Rode saiu a escutar. E,
conhecendo a voz de Pedro, de alegria não abriu a porta,
mas, correndo para dentro, anunciou que Pedro estava à
porta. E disseram-lhe: Estás fora de ti. Mas ela afirmava que
assim era. E diziam: E o seu anjo. Mas Pedro perseverava em
bater, e, quando abriram, viram-no e se espantaram. E,
acenando-lhes ele com a mão para que se calassem, contou-
lhes como o Senhor o tirara da prisão e disse: Anunciai isto a
Tiago e aos irmãos. E, saindo, partiu para outro lugar.
Atos 12.5-17
A oração dá ao crente a autoridade sobre Satanás.
O que faz a oração?
Oração muda o seu mundo interior. A paz e a presença de
Deus preenchem seu coração. A oração também muda as
circunstâncias externas: a mão de Deus move as pessoas ao
seu redor, e milagres começam a acontecer.
1. A oração agrada o coração de Deus. E ali virei a ti e falarei
contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois
querubins (que estão sobre a arca do Testemunho), tudo o
que eu te ordenar para os filhos de Israel (Êxodo 25.22).
Deus gosta da sua companhia. Ele busca comunhão com
você.
2. A oração alivia você. Vinde a mim, todos os que estais
cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11.28).
Quando você ora, o seu espírito recebe o alimento
fundamental: o pão da vida. A oração é tão necessária para o
seu espírito quanto o alimento é para o seu corpo.
3. A oração abençoa os outros. Admoesto- -te, pois, antes de
tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e
ações de graças por todos os homens (1 Timóteo 2.1).
Quando você apresentar diante de Deus as necessidades dos
outros, não só tais necessidades serão satisfeitas, mas você
será satisfeito também. E o SENHOR virou o cativeiro de Jó,
quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou a
Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía (Jó
42.10).
4. A oração abre as portas para Deus mostrar coisas grandes e
poderosas. Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei
coisas grandes e firmes, que não sabes (Jeremias 33.3).
Onde você deve orar?
Primeiro, você deve orar no culto público de louvor e
adoração com outros cristãos. Segundo, você deve orar no
seu lugar reservado de orações, sozinho. E, despedida a
multidão, subiu ao monte para orar à parte. E, chegada já a
tarde, estava ali só (Mateus 14.23). Porém ele retirava-se
para os desertos e ali orava (Lucas 5.16). Jesus orou muitas
vezes sozinho durante os períodos mais críticos de sua vida.
Ele precisava estar a sós com Seu pai.
Por que orar?
Primeiro, você deve orar pelos líderes nacionais e os chefes
de Estado. Você deve direcionar o foco da oração nos
líderes do mundo.
Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações,
orações, intercessões e ações de graças por todos os homens,
pelos reis e por todos os que estão em eminência, para que
tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e
honestidade. Porque isto é bom e agradável diante de Deus,
nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem e
venham ao conhecimento da verdade.
1 Timóteo 2.1-4
Segundo, você deve orar pelos governantes de outros países.
Você deve apresentar as nações perante Deus. Muitas delas
não dão liberdade às pessoas para orar a Deus sem o medo de
perseguições, ou mesmo da morte.
Terceiro, você deve orar pelos incrédulos que estão perdidos
e morrendo sem Jesus Cristo. Pede-me, e eu te darei as
nações por herança e os confins da terra por tua possessão
(Salmo 2.8).
Quarto, você deve orar pelos obreiros, a fim de ganharem
almas. Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente
grande, mas poucos são os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor
da seara que mande ceifeiros para a sua seara (Mateus
9.37,38).
Quinto, você deve orar por um avivamento mundial. Nossas
igrejas precisam ter restaurada sua consciência original para
uma vida santa e o evangelismo mundial. Muitas delas
esqueceram o seu propósito.
Sexto, você deve orar por novas conversões. Como um
cristão firmado na Palavra, você deve orar pela conversão
daqueles de sua casa, em seu país e em outras nações.
2 tragédias que acontecem quando você se recusa a
orar
1. A ausência de resultados. Sem oração e confissão da
Palavra, forças satânicas atacam sem restrição.
2. A ausência de santificação. Oração submete nossa
natureza carnal à presença de um Deus santo. E impossível
andar em estrita obediência sem uma sólida vida de oração.
5 obstáculos à sua vida de oração
1. Sua falha em reconhecer o seu direito como filho de
Deus.
2. Sua ignorância sobre o poder da oração.
3. Sua preguiça e apatia. E preciso disciplina para estar a sós
com Deus.
4. Sua atitude. Atitudes negativas em sua oração o impedem
de receber a resposta. Você deve sempre orar com base na
promessa, em vez de no problema.
5. Seus sentimentos. Se você orar apenas quando sentir-se
bem para fazer isso, vai orar poucas vezes.
7 razões para orações não respondidas
1. Motivações erradas. Pedis e não recebeis, porque pedis
mal, para o gastardes em vossos deleites (Tiago 4.3).
2. Pecado em seu coração. Eis que a mão do SENHOR não
está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido,
agravado, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades
fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados
encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça (Isaías
59.1,2).
3. Ídolos na sua vida. E vieram a mim alguns homens dos
anciãos de Israel e se assentaram diante de mim. Então, veio
a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem,
estes homens levantaram os seus ídolos no seu coração e o
tropeço da sua maldade puseram diante da sua face; devo eu
de alguma maneira ser interrogado por eles? (Ezequiel 14.1-
3).
4. Indisposição para de perdoar. E, quando estiverdes
orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para
que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas
ofensas (Marcos 11.25).
5. A falta de generosidade. O que tapa o seu ouvido ao
clamor do pobre também clamará e não será ouvido
(Provérbios 21.13).
6. Maus-tratos familiares. Igualmente vós, maridos, coabitai
com ela com entendimento, dando honra à mulher, como
vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da
graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas
orações (1 Pedro 3.7).
7. Sua falta de fé. Tocou, então, os olhos deles, dizendo:
Seja-vos feito segundo a vossa fé (Mateus 9.29).
7 chaves para orações respondidas
Existem leis para o sucesso na oração. Elas funcionam,
quando aplicadas. Se você ignorá-las, a sua oração será
ineficaz e um desperdício de tempo. Quais são esses
importantes elementos essenciais da sua oração?
1. Você deve orar ao Pai. E, naquele dia, nada me
perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo
quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de
dar (João 16.23).
2. Você deve orar em nome de Jesus. Na verdade, na
verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará
as obras que eu faço e as fará maiores do que estas, porque
eu vou para meu Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome,
eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se
pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me
amardes, guardareis os meus mandamentos (João 14.12-
15).
3. Você deve orar conduzido pelo Espírito Santo.
E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas
fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir
como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós
com gemidos inexprimíveis (Romanos 8.26).
4. Você deve orar com total compreensão de seus direitos e
privilégios. Porque, se eu orar em língua estranha, o meu
espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.
Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei
com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também
cantarei com o entendimento (1 Coríntios 14.14,15).
5. Você deve orar em harmonia com a Palavra de Deus. Se
vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em
vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito (João
15.7).
6. Você deve orar com fé, não duvidando.
Peça-a, porém, com fé, não duvidando; porque o que duvida
é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento e
lançada de uma para outra parte (Tiago 1.6).
7. Você deve orar com louvor pela sua resposta. Não estejais
inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam
em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas,
com ação de graças (Filipenses 4.6).
5 importantes hábitos de oração
Aqui estão alguns elementos essenciais para ajudá-lo a
planejar seu tempo com Deus, a sua oração matinal.
1. Você deve estabelecer um tempo específico de oração
pela manhã.
2. Você deve estabelecer um lugar.
3. Você deve falar com Deus imediatamente após acordar.
4. Você deve estabelecer uma lista de oração e mantê4a
atualizada.
5. Você deve aprender a orar em voz alta.
Sei que existem muitos cristãos que querem andar em poder,
viver como vencedores, eliminar maus hábitos em sua vida,
mas eles nunca aprenderam a verdade sobre o poder da
oração. Eles querem ser disciplinados. Querem desenvolver
uma hora e um local, mas nunca começaram. Comece hoje
mesmo! Comece neste exato minuto orando em voz alta.
Saiba como ativar o clima de poder ao seu redor, com louvor
e gratidão!
Aquele que tem sucesso em sua vida diária de oração tem
sucesso na vida.
Aquele que falhar em sua vida diária de oração terá uma vida
de fracasso.

23
Como ler e entender a Bíblia?
1. Seja consciente da importância de ler a Palavra de Deus
habitualmente. Essa leitura é como comida para o seu corpo,
algo que você precisa regularmente. A Palavra é alimento
para a mente e o espírito. Você pode não sentir seus efeitos
imediatamente, mas se pudéssemos saboreá-la como um
contrafilé, aceitaríamos na hora! No entanto, o impacto total
da exposição da mente à Palavra de Deus geralmente é
progressivo. A Palavra expõe a sua mente à mentalidade de
Deus; seu coração, à verdade. Você é programado em seu
espírito segundo o coração de Deus.
Concentre-se nestes dez resultados prometidos na Palavra
de Deus:
A Palavra traz purificação. Como purificará o jovem o seu
caminho1 Observando-o conforme a tua palavra (Salmo
119.9). Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho
falado (João 15.3).
A Palavra edifica sua fé. De sorte que a fé é pelo ouvir, e o
ouvir pela palavra de Deus (Romanos 10.17).
A Palavra dá poder para resistir ao pecado. Escondi a tua
palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. A
minha alma consome-se de tristeza; fortalece-me segundo a
tua palavra. Se a tua lei não fora toda a minha alegria, há
muito que teria perecido na minha angústia (Salmo
119.11,28,92).
A Palavra dá vitória e uma vida feliz. Os preceitos do
SENHOR são retos e alegram o coração; o mandamento do
SENHOR é puro e alumia os olhos. Escondi a tua palavra no
meu coração, para eu não pecar contra ti (Salmo 19.8;
119.11).
A Palavra dá discernimento. Lâmpada para os meus pés é
tua palavra e luz, para o meu caminho. A exposição das tuas
palavras dá luz e dá entendimento aos símplices (Salmo
119.105,130).
A Palavra traz conforto durante os momentos de pressão.
Lembra-te da palavra dada ao teu servo, na qual me fizeste
esperar. Isto é a minha consolação na minha angústia,
porque a tua palavra me vivificou (Salmo 119.49,50).
A Palavra traz correção e revela a verdade.
Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para
ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça
(2 Timóteo 3.16). Os preceitos do SENHOR são retos e
alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro e
alumia os olhos (Salmo 19.8).
A Palavra avisa. Também por eles é admoestado o teu
servo; e em os guardar há grande recompensa (Salmo 19.11).
A Palavra cria estabilidade. A lei do seu Deus está em seu
coração; os seus passos não resvalarão (Salmo 37.31).
A Palavra traz paz à mente. Muita paz têm os que amam a
tua lei, e para eles não há tropeço (Salmo 119.165). E o
efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e
segurança, para sempre (Isaías 32.17). Porque eles
aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e
paz (Provérbios 3.2).
Estes são apenas alguns dos muitos benefícios. Mas, sem a
contínua absorção da Palavra, você não usufruirá de todas
essas bênçãos.
2. Pare de condenar-se e habitue-se a ler regularmente a
Bíblia. Satanás luta para impedir que você leia a Bíblia
porque ele sabe do poder que você obterá em razão disso.
Não haverá oposição à leitura de jornais e romances. Mas a
oposição que você sentirá ao tentar ler as Escrituras será
inacreditável, satânica e concebida para roubar-lhe o poder e
os benefícios da Palavra. Entretanto, a partir do momento
em que você começar a desenvolver a capacidade de leitura,
pelo menos a cada manhã, o Espírito Santo reforçará essa
decisão e agirá, e você vai descobrir que não quer mais
parar!
3. Crie e controle o clima para sua hora de leitura da Bíblia.
Determine um lugar especial e um tempo específico para ler
a Palavra. (Se os seus horários de dormir são variáveis, então
se programe para começar sua leitura na primeira hora do
dia.)
Determine um método de leitura. Não leia sempre de
forma aleatória. Você pode ler de Gênesis a Apocalipse,
estudar um livro do Novo Testamento, ou determinar um
assunto específico em cada mês. Terá vencido a metade da
batalha! Saiba onde você quer chegar com sua leitura.
Leia com uma finalidade específica. Pergunte a si mesmo:
o que isso revela sobre Deus, as pessoas ou sobre mim
mesmo?
Selecione uma Bíblia que seja fácil e agradável de ler.
Bíblias com letras grandes são geralmente mais fáceis para os
leitores.
Anote o que você aprende.
Leia a Bíblia em voz alta como uma oração e uma
declaração de fé em Deus. Isso é poderoso!
4. Comece hoje a ler a Bíblia. Você não vai acordar amanhã,
e achar que será mais fácil implementar esse hábito dessa
vez. Comece hoje mesmo. Fale com outros sobre as
verdades que descobriu hoje. Não fique preocupado em
lembrar-se de tudo. A Palavra virá à sua mente, quando
necessário, apenas entre na Palavra, e a Palavra entrará em
você. Você deve manter um cronograma diário. Sua livraria
cristã local pode oferecer boas opções de ajuda nesse
sentido. O seu apego à Palavra de Deus afeta a sua atitude, a
sua felicidade e a alegria de suas conquistas.
Princípio de sabedoria 60:
Quando você entra na Palavra, a Palavra entra em você.
Todos os homens caem; só os grandes se levantam.
Mike Murdock
24
A CHAVE DE OURO DE DEUS PARA O SEU
SUCESSO
Deus deseja que você tenha sucesso!
Você está chocado com esta afirmação? Milhares de pessoas
em todo o mundo estão experimentando uma revolução em
sua vida. Renascimento espiritual, curas, milagres
financeiros estão acontecendo com pessoas como você! Elas
estão vendo Deus como Ele realmente é, e esta "fotografia"
acende um fogo de entusiasmo que nunca experimentaram
antes. Deus pode fazer tudo isso acontecer com você!
3 importantes chaves
1. Você tem valor. Tudo o que Deus criou tem um valor
tremendo. Isso faz de você alvo da atenção e do carinho do
Senhor. Sua vida pode ser mudada apenas pela compreensão
desta explosiva verdade.
2. Deus criou você. Ele o fez à Sua imagem e semelhança. A
Bíblia ensina que somos a mais excelente criação de Deus.
Ao homem foi dado domínio sobre tudo o que o Senhor
criou: a Terra e tudo o que nela há.
3. Deus colocou à sua disposição ilimitados recursos. Como o
Senhor de todo o universo, Deus deseja que não falte nada
ao Seu povo. Seu desejo é que o homem saiba como fazer
uso pleno de todos os recursos. Então Ele implantou dentro
de você sementes de sucesso para cada área da vida. Deus,
supremo Soberano de Sua criação, derramou em sua mente
o Seu poder, a Sua sensibilidade, a Sua sabedoria, tudo o que
é necessário para você ter sucesso.
Seu sucesso está sempre na mente de Deus. Ele estabeleceu
em Sua Palavra que o sucesso e a prosperidade são objetivos
dignos e válidos para o homem aos Seus olhos. Em Josué
1.7,8 lemos:
Tão somente esforça-te e tem mui bom ânimo para teres o
cuidado de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés
te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para
a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde
quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta Lei;
antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de
fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então,
farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te
conduzirás.
Estes versículos são bastante significativos. Estabelecem, em
termos inequívocos, que Deus deseja que você desfrute
sucesso e prosperidade. E a vontade dele que você prospere
aonde quer que vá. Se seguir as divinas fórmulas de sucesso
ensinadas na Palavra de Deus, então, farás prosperar o teu
caminho e, então, prudentemente te conduzirás.
Não há equívocos ou erros no que é dito na Bíblia. Então, ou
você acredita que ela é a Palavra de Deus, ou não. Se aceita a
Bíblia como verdadeira, deve acreditar que Deus deseja que
Seus filhos sejam bem-sucedidos.
3 razões por que Deus deseja o seu sucesso
1. Sua vida está em exposição. Deus deseja o seu sucesso,
para este servir como exemplo daquilo que o Seu amor e
poder podem fazer na vida de uma pessoa. Ao permitir o
sucesso na vida de Seus filhos, Deus demonstra ao mundo
tanto Sua natureza como o Seu poder.
O apóstolo Paulo escreveu: Mas Deus escolheu as coisas
loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus
escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as
fortes (1 Coríntios 1.27). Ele também testemunhou que
Deus tratou com ele, ensinando-lhe: O meu poder se
aperfeiçoa na fraqueza (2 Coríntios 12.9).
Você já conheceu alguém que tinha sucesso em todas as
áreas da vida, espiritual, material e emocionalmente? A vida
dele parecia quase perfeita. Sua condição financeira era
estável. A sua família e vida social eram um modelo de tudo
o que é agradável, saudável e desejável.
No entanto, quando você investigou a vida de tal pessoa,
percebeu que era difícil saber o segredo do seu sucesso.
Você sabe o que quero dizer? Parecia não haver habilidade
ou recurso nela que explicasse tal sucesso. Talvez você a
tenha visto como ela é e perguntado a si mesmo qual era o
verdadeiro segredo dela. A chave mestra para qualquer êxito
é a obediência diária [a Deus].
Por exemplo, a obediência de Abraão lhe trouxe bênçãos de
Deus em abundância. O patriarca serve como modelo para
cada um de nós do que Deus quer para Seus filhos. E, se sois
de Cristo, então, sois descendência de Abraão e herdeiros
conforme a promessa (Gálatas 3.29).
2. Provisão para sua família. Deus deseja o seu sucesso para
permitir a provisão que sua família precisa. A Bíblia deixa
claro que temos de prover as necessidades materiais, bem
como as espirituais dela: Mas, se alguém não tem cuidado
dos seus e principalmente dos da sua família, negou a fé e é
pior do que o infiel (1 Timóteo 5.8). Deus não recebe glória
quando a sua família vive em condições precárias. Ele não
está satisfeito por sua família nunca ter o suficiente para
comer e seus filhos vestirem roupas rotas e andarem
descalços. Ele é um Deus de bênçãos abundantes. Ele deseja
que você e sua família tenham provisão em abundância, de
sobra.
3. A evangelização. A terceira razão por que Deus quer o seu
sucesso é o suporte financeiro ao evangelismo. O Senhor o
torna próspero não só para atender às suas necessidades, mas
também para torná-lo apto a obedecer à Grande Comissão.
Alguém disse que o dinheiro nas mãos de um incrédulo é
uma armadilha, mas nas mãos de um cristão é uma
ferramenta para ele fazer a vontade de Deus, realizando a
evangelização.
Se os cristãos são prósperos financeiramente e utilizam seus
recursos na obra de Deus, boas coisas começam a acontecer.
Igrejas são construídas, bases missionárias são estabelecidas,
programas evangelísticos em rádios e televisão são exibidos,
para compartilhar a mensagem de salvação com aqueles que
ainda não nasceram novamente. Todas essas coisas custam
muito dinheiro. Então, Deus prospera o Seu povo, para que
não haja escassez de recursos na realização da Sua obra.
Milhares de pessoas não compreendem a vontade de Deus
quanto ao sucesso e à prosperidade de Seu povo. Elas
aprenderam que é errado desejarem ser bem-sucedidas.
Algumas até dizem que a prosperidade é do diabo. Nada
poderia estar mais longe da verdade! Não se engane. Deus
quer o seu sucesso! A Palavra assegura: [Se obedecer ao
Senhor, atentando para Sua lei] então, farás prosperar o teu
caminho e, então, prudentemente te conduzirás (Josué 1.8).
O que é sucesso?
Quando se fala de sucesso, muitos pensam em iates,
belíssimas casas, carros luxuosos, roupas caras e
extravagantes e gordas contas bancárias.
É perfeitamente possível ter todos esses bens e ser bem-
sucedido. Contudo, a posse desses bens não faz,
necessariamente, uma pessoa feliz. Muitos que possuem
tudo isso admitiram de maneira honesta que estão
insatisfeitos com sua vida.
Algumas pessoas definem sucesso em termos de poder,
posição, prestígio e popularidade. Uma pessoa de sucesso
pode desfrutar de tudo isso, mas esses elementos não são,
por si só, garantias de sucesso.
Ainda há outros que definem o sucesso como a realização
dos objetivos que uma pessoa definiu para si mesma. Mas a
questão é: será que apenas a realização desses objetivos
produzirá satisfação no coração do homem? O aparente
sucesso não garante necessariamente felicidade interna.
Lembro-me de ter lido a história de Alexandre, o Grande.
Ele saiu com os seus exércitos para conquistar as nações do
mundo. Depois da última vitoriosa batalha, Alexandre
chorou porque não havia mais o que conquistar! Ele
alcançou todos os seus objetivos, mas não encontrou
completa satisfação e felicidade.
O verdadeiro sucesso
Se sucesso não pode ser medido em termos de posses,
popularidade e desempenho, então como pode ser
aquilatado? Talvez a mais simples definição de sucesso para o
cristão é ele conhecer e atingir as metas de Deus para sua
vida. Uma vida bem-sucedida é uma vida feliz.
Torne-se aquilo que Deus deseja que você seja. Faça o que
Ele espera que você faça. Possua o que Ele quer que você
possua. Quando atinge os objetivos traçados por Deus para
sua vida, você se torna bem-sucedido.
Alguém uma vez disse que o sucesso não é apenas obter o
que se quer, mas é continuar desejando o que se conseguiu,
depois de obtê-lo.
Alguns colegas meus trocariam tudo o que têm para
conquistar o coração de certa mulher, apenas para descobrir
mais tarde que o maior talento dela é torná-lo miserável!
Eles conseguiriam o que queriam, mas não continuariam
desejando o que obtiveram.
Na busca pelo sucesso, algumas pessoas se tornam tão
gananciosas que nunca ficam satisfeitas com qualquer
realização. Elas nunca desfrutam o que Deus já lhes deu.
O verdadeiro sucesso não é um destino, é uma viagem. E
movimento. E a alegria vem pelo progresso.
O sucesso não é uma cidade onde você chegará amanhã, é
desfrutar o hoje, o agora.
Cada pessoa está em algum ponto no cronograma de
maturidade estabelecido por Deus. O verdadeiro sucesso é
manter-se nesse plano que Deus tem para você e buscar o
desígnio dele para sua vida.
Mantenha-se fiel ao cronograma de sucesso
estabelecido por Deus
Por quê? Simplesmente porque o sucesso significa coisas
diferentes para pessoas distintas e em que
ponto no cronograma de maturidade estabelecido por Deus
elas estão.
Se alguém oferecesse a um bebê as chaves de um carro
novo, isso significaria muito pouco para ele, pois anseia
apenas por sua mamadeira cheia de leite. Ter seu próprio
automóvel não significaria ter sucesso para ele. Sua
mamadeira e um travesseiro macio para apoiar a cabeça
seriam a melhor coisa para ele no momento.
No entanto, se esse bebê continuar a crescer e a progredir ao
longo do cronograma de maturidade estabelecido por Deus,
18 anos mais tarde, se a ele fossem oferecidos uma
mamadeira e um travesseiro macio, provavelmente ele
ficaria muito decepcionado, pois nesse tempo ele já estará
interessado nas chaves do carro!
O verdadeiro sucesso implica a realização dos atuais
objetivos de Deus para você.
Alguns cristãos pararam em algum ponto do cronograma da
maturidade de Deus. Em vez de realizarem o que Deus quer,
e serem prósperos e bem-sucedidos, querem sentar-se com
uma "mamadeira" e analisar quão pouca satisfação estão
tendo [em vez de seguir em frente, rumo ao que o Senhor
tem para eles mais à frente].
Por outro lado, é possível adiantar-se muito no cronograma.
Conheço algumas pessoas que estão tentando alcançar o fim,
quando deveriam estar atentas ao meio do percurso. Devido
à perda do foco, elas estão completamente insatisfeitas com
os resultados obtidos no nível atual [então, tentam pular
fases importantes do seu desenvolvimento pessoal].
Lembre-se, o sucesso é algo diferente para pessoas distintas,
em momentos diferentes. Perceba onde você está em sua
trajetória, e aprenda a desfrutar o que já recebeu, em vez de
ser infeliz por não ter tudo o que quer.
Conheço um homem para quem sucesso era ganhar muito
dinheiro. Imagine como ele se sentiu quando leu no jornal
sobre uma pessoa que ganhou na loteria o prêmio de cem
mil dólares. Ele pensou: "Uau, que cara sortudo! Se eu
ganhasse essa quantia, nada poderia fazer-me infeliz!" Então,
leu o parágrafo seguinte da notícia: O vencedor era um
prisioneiro que aguardava a execução da sua pena no
corredor da morte. Ele seria eletrocutado em um curto
espaço de tempo.
Sendo assim, do ponto de vista do prisioneiro, o prêmio de
cem mil dólares não significava sucesso. O dinheiro não faria
por ele o que precisava!
Nunca se esqueça de que ser bem-sucedido é cumprir os
objetivos de Deus em todas as áreas da sua vida. Que áreas
são essas? Deus tem um plano de sucesso para você
espiritual, física, emocional, financeira, social e
familiarmente.
E Ele tem providenciado chaves de ouro, para ajudá-lo a
abrir as portas do sucesso em cada área.
Sucesso é a realização dos objetivos que Deus tem para você!
Chaves de ouro de Deus
Na minha infância, todas as crianças do bairro se reuniam
para conversar. Um dos nossos temas favoritos era o "jogo
do desejo". Alguém perguntava: "Se você pudesse ter uma
coisa, qualquer coisa, o que seria?" As meninas geralmente
queriam um encontro com algum cara popular na escola.
Um colega do outro quarteirão desejava uma motocicleta.
Um adolescente que tinha problemas em casa poderia dizer
que ele desejava outros pais! Uma menina desejou mil
dólares, para gastar em roupas novas.
Todos nós do grupo sempre tínhamos um ou dois desejos.
Toda vez que "jogávamos", desejávamos ter algo em
abundância ou evitar alguma coisa danosa. Evidentemente,
não havia quem pudesse conceder nossos desejos.
Um dia, um menino novo em nosso bairro atordoou a todos
ao declarar seu desejo: "eu gostaria de uma coisa: capacidade
para tornar realidade qualquer coisa que eu desejar".
Naturalmente, em razão de seu habilidoso pensamento, ele
se tornou nosso líder.
Na Bíblia, existe a história de um homem a quem foi
concedido pedir a Deus o que quisesse, qualquer coisa.
Apareceu o SENHOR a Salomão de noite em sonhos e disse-
lhe Deus: Pede o que quiseres que te dê (1 Reis 3.5).
Que situação dramática! Foi como se Deus levasse Salomão à
frente de um grande hotel e dissesse: "Escolha qualquer
quarto, e você terá. Um quarto possui riquezas em seu
interior. Outro, uma vida longa. Um quarto tem poder e
autoridade. Cada quarto contém algo desejável, que você
gostaria de ter. Apenas diga-me qual deseja, e darei a chave a
você.
Salomão pensou sobre a oferta de Deus por um momento.
Então disse calmamente: "Dá-me a chave do quarto que
contém sabedoria e entendimento". Deus sorriu. Pegou um
molho de chaves, tirou dele uma chave dourada, e entregou-
a a Salomão, dizendo: "Você fez uma sábia escolha".
Salomão perguntou: "Por que esta chave é diferente de todas
as outras?" Deus respondeu: "Porque esta é a chave mestra
que vai abrir todos os quartos do edifício inteiro!"
Sim, sabedoria é a chave de ouro de Deus para o seu sucesso.
A primeira vista, pode não parecer tão significativo. Mas
sabedoria é a chave mestra que abre as portas da
oportunidade e dá livre acesso a todos os recursos de que
precisamos. Abre as portas de acesso a todos os nossos
objetivos e ambições. Sabedoria, entendimento, abrirá a
fechadura da porta que o aprisiona em preconceitos, medos
e infelicidade!
O que é entendimento?
Entendimento é a soma total de conhecimentos e de
sabedoria. E a capacidade de interpretar a vida com os olhos
de Deus; de ver uma pessoa ou uma situação como Deus a
vê.
O entendimento é a capacidade de ver pelos olhos de Deus,
de ouvir com os ouvidos de Deus, de sentir com o coração
de Deus, de caminhar nos passos de Deus, de pensar com a
mente de Deus.
Nenhum casamento seria destruído pelo divórcio se o
marido enxergasse sua esposa pelos olhos de Deus, e a
mulher pudesse ver o marido como Deus o vê.
Um homem seria capaz de tornar-se rico da noite para o dia
se ele conhecesse o coração das pessoas e todos os detalhes
das propostas de negócio como Deus conhece.
Pais e filhos não teriam conflitos esmagadores se lidassem
uns com os outros com sabedoria.
Quantos adolescentes olham para seus pais e desejam
arrumar suas malas e sair de casa porque ninguém os
compreende? Enquanto eles estão pensando nisso, o coração
dos pais está dorido: "Oh querido, se você apenas pudesse
ver o quanto nós o amamos. Se pudesse saber o que
pensamos e sentimos a seu respeito!"
A chave de ouro do entendimento torna possível a
comunicação entre pais e filhos, ouvir com o coração o que
o outro está dizendo. Entendimento abrirá a porta para a
felicidade e a harmonia no lar.
O entendimento também implica enxergar o propósito de
Deus em alguns dos eventos mais desagradáveis da vida.
Na Bíblia, é narrado como José foi vendido como escravo
por seus irmãos. Mesmo como escravo, ele fez o que era
certo, mas foi alvo de mentiras, e acabou em uma masmorra.
Em meio a toda dor e a perseguições, José manteve a fé em
Deus. Por quê? Porque estava consciente da mão do Senhor
trabalhando a seu favor. Por estar na masmorra no momento
certo, José teve a oportunidade de interpretar os sonhos
perturbadores de dois servos do faraó. Essa foi a catapulta
que o lançou da prisão ao palácio. Em um curto espaço de
tempo, José se tornou o primeiro-ministro nomeado pelo
faraó para administrar o Egito.
Com a direção de Deus, José foi capaz de preparar-se para
um momento de grande fome. Quando veio o dia mau, José
foi capaz de salvar da fome uma nação inteira. Além disso,
ele teve condições de sustentar a própria família, incluindo
os irmãos que o tinham traído. Sabedoria e entendimento o
ajudaram a compreender o propósito de Deus em seus
problemas e a tornar-se bem-sucedido.
Com a chave de ouro do entendimento, podemos abrir as
portas da oportunidade em cada área da vida, mesmo na
financeira, atravessar as adversidades confiantemente, e
obter o sucesso. Quando pedir a Deus a chave de ouro do
entendimento, Ele lhe dirá: Eu sou o SENHOR, o teu Deus,
que te ensina o que é útil e te guia pelo caminho em que
deves andar (Isaías 48.17).
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 61:
A dor é uma ponte, não um obstáculo para o sucesso.
Lucro em 30 dias!
Um amigo meu estava dirigindo quando passou por uma
propriedade e, de repente, sentiu uma forte sensação de que
deveria comprá-la. O preço era de 75 mil dólares. Meu
amigo não tinha todo esse dinheiro e não via razão para
comprar um pedaço de terra tão caro de que ele não
necessitava. Mas a voz de Deus continuou falando com ele.
O Senhor sabia algo que meu amigo não sabia e quis
compartilhar com ele.
Meu amigo sentiu Deus direcionando-o tão fortemente que
começou a pensar quanto dinheiro teria se "raspasse" tudo.
Ele retirou todas as suas economias do banco. Vendeu
algumas coisas. Juntou todo o dinheiro que podia e pagou a
primeira parcela da propriedade.
Trinta dias depois, ele estava em suas terras, queimando
algum lixo e fazendo uma limpeza. Um carro parou, e uma
senhora saiu, caminhou e perguntou se ele era o
proprietário. Ela queria saber se a propriedade estava à
venda.
Quando o meu amigo garantiu-lhe que ele era o proprietário,
ela lhe disse: "Meu marido é médico. Ele tem tentado
comprar este terreno por quatro anos. Estamos prontos para
oferecer-lhe 199 mil dólares por esta propriedade".
Em 30 dias, meu amigo obteve um lucro de 124 mil dólares.
Ele foi capaz de alcançar esse êxito notável não por causa de
sua própria sabedoria, mas porque se deixou guiar pelo
entendimento de Deus, a capacidade do Senhor de antever a
situação relativa à propriedade. A obediência de meu amigo
à voz de Deus permitiu-lhe vivenciar um milagre.
O que Deus fez por este homem, Ele vai fazer por você.
Deus não faz acepção de pessoas. Suas promessas são para
todos os obedientes. Ele tem a chave de ouro do
entendimento esperando por você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 62:
Você inicia uma temporada de sucesso toda vez que
completar uma instrução dada por Deus.
De onde vem o entendimento?
Todo o entendimento vem de Deus. Esse é um dom que só
Ele pode conceder. Foi por isso que Salomão teve de pedir
sabedoria, em vez de tentar confiar em si mesmo. Deus nos
dá sabedoria e entendimento por meio de Sua Palavra:
Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem o
conhecimento e o entendimento (Provérbios 2.6).
O salmista disse a Deus: Pelos teus mandamentos, alcancei
entendimento (Salmo 119.104). A Palavra de Deus amplia o
nosso entendimento. Toda a Bíblia foi escrita para que
tivéssemos entendimento e fôssemos capazes de interpretar
a vida como Deus o faz.
Paulo, um dos mais produtivos escritores do Novo
Testamento, disse: Considera o que digo, porque o Senhor te
dará entendimento em tudo (2 Timóteo 2.7).
Ao lermos cuidadosamente as Escrituras, aprendemos a
utilizar a chave de ouro do entendimento, para abrir as
portas do sucesso. Enquanto mergulhamos na Bíblia, Deus
nos fala por meio de Sua Palavra atestando: "Isto é o que
penso. Isto é o que sei. Isto é o que vejo. Isto é o que ouço".
Deus revelou Seus conhecimentos na Palavra. Em sua Bíblia
estão os tesouros de que você precisa para ser
verdadeiramente bem-sucedido. Você encontrará a resposta
para problemas financeiros, a cura para a ansiedade, a
solução para problemas em relacionamentos. A Palavra irá
orientá-lo em sua relação familiar, ensinando-lhe a correta
hierarquia no lar e o papel do marido, da esposa e dos filhos.
A Bíblia também revela a cura para o nervosismo e a
depressão. E a ferramenta que remove a imoralidade em
nossa mente e vida: Como purificará o jovem o seu
caminho? Observando-o conforme a tua palavra (Salmo
119.9).
Por essas razões, a Bíblia é o livro de maior sucesso no
mundo! Contém as chaves de ouro de Deus para o sucesso
do ser humano: A exposição das tuas palavras dá luz e dá
entendimento aos símplices (Salmo 119.130).
Uma das funções mais importantes do Espírito Santo é a de
interpretar a Palavra de Deus para os fiéis e produzir
entendimento. Assim, quando estamos diante de uma
passagem das Escrituras que não é clara para nós, o Espírito
Santo ilumina nossa mente, tornando cada detalhe
acentuado e significativo.
[Jesus prometeu] Mas, quando vier aquele Espírito da
verdade, ele vos guiará em toda a verdade (João 16.13). Esse
Espírito revestiu Jesus de poder e sabedoria, como Isaías
profetizara: E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, e
o Espírito de sabedoria e de inteligência, e o Espírito de
conselho e de fortaleza, e o Espírito de conhecimento e de
temor do SENHOR (Isaías 11.2). E nós devemos desejar e
pedir sabedoria. Se pedirmos, Deus nos dará liberalmente, de
acordo com Tiago 1.5.
Programa de estudo para o seu sucesso
Sua regularidade em estudar a Bíblia é de vital importância
para seu sucesso. Esse estudo revelará os requisitos de Deus
para seu sucesso total, iluminando seu entendimento da
Palavra. Quando mergulhar na rica sabedoria de Deus, na
Bíblia, você entenderá mais sobre o Senhor, os outros e si
mesmo.
Em primeiro lugar, enquanto aprende a verdade sobre Deus
e descobre sobre a Sua natureza, Suas opiniões e Seu senso
de valores, você experimentará a emoção de descobrir onde
Ele deseja que você esteja, quando Ele quer você lá e o
porquê.
Em segundo lugar, a Bíblia lhe permitirá enxergar os outros
como Deus os vê. Você começará a compreender o lugar
deles em sua vida. Aprenderá a reconhecer e a antecipar as
necessidades deles e o que Deus deseja que você ministre a
eles.
Em terceiro lugar, a Palavra de Deus o ajudará a ter um
melhor entendimento de si mesmo. Você começará a
vislumbrar a sua importância para Deus, a ver a si mesmo
como Deus o vê, enxergando tanto os dons que usa agora
como o potencial que pode desenvolver. Você verá mais do
que seus problemas. Começará a ver as possibilidades que
Deus visualiza para você.
Para receber de Deus a chave de ouro do entendimento,
estabeleça o hábito regular de estudar a Bíblia. Comece a
assimilar a Palavra de Deus. O melhor conselho que posso
dar-lhe é o de estabelecer um tempo diário para o estudo da
Bíblia.
Dedique parte desse tempo apenas à leitura, e não tente
mergulhar profundamente nos complexos conceitos
teológicos. Basta ler o que Deus tem a dizer e deixar a
Palavra falar ao seu coração.
Selecione um tema que lhe seja mais atraente e estude-o.
Talvez você se interesse por anjos, cura ou profecia. Torne-
se um especialista da Bíblia nesse assunto.
Concordâncias bíblicas, comentários e outros materiais de
pesquisa lhe permitirão aprofundar seus estudos, comparar
sua opinião às opiniões de outros estudiosos sobre o assunto
que escolheu e ter mais segurança quanto ao seu
conhecimento da Palavra. Além disso, certifique-se de que
sua Bíblia de leitura diária tenha uma letra de um tamanho
confortável.
Aprendendo o caminho do vencedor
Lembre-se sempre: a Bíblia é o livro do sucesso. Ela fala
sobre o sucesso e o fracasso das pessoas. E literalmente o
livro que aponta o caminho do vencedor.
A Palavra de Deus mostra como você pode ser um
vencedor, ao invés de perdedor; como pode ganhar, ao
invés de perder. Ensina-lhe a cultivar a mentalidade de filho
de Deus, em vez de mentalidade de escravo. Ensina-lhe
como pensar. Mostra o que influencia você. Revela tudo o
que você precisa saber sobre Deus, sobre si mesmo e sobre
as pessoas e seus comportamentos.
A Palavra de Deus pode ajudá-lo a ser feliz, pois um dos
benefícios do sucesso é a felicidade. A Bíblia diz: Bem-
aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que
adquire conhecimento (Provérbios 3.13).
Então, agora você sabe de quem provém o entendimento e
como encontrar o sucesso e a felicidade por meio da Palavra
de Deus, não deixe que nada o impeça de utilizar esta chave
para adentrar num mundo totalmente novo.
Satanás vai tentar desviá-lo, distraí-lo, interrompê-lo. Fará
qualquer coisa para impedi-lo de encontrar o sucesso que ele
sabe que a Bíblia possibilitará a você. Mantenha o seu
propósito. "Quando a Palavra habitar em você, seu desejo e
apetite pela Bíblia aumentarão, e você será bem-sucedido
em seu caminho rumo à vitória.
A Palavra de Deus é a chave para o sucesso e a felicidade.
Use essa chave todos os dias!
Cultive uma nova auto-imagem
A Bíblia é o livro do sucesso. É um "livro de fotografias", que
contém um "retrato" de Deus, de você e dos outros.
Na Bíblia, você pode ver uma "foto" de Abraão, e entender o
sucesso dele. Pode ver uma "foto" de José, e compreender
seu sucesso. Você poderá ver "fotos" de pessoas como Elias,
Jonas e Paulo, em momentos de estresse e de triunfo.
Enquanto se torna mais e mais familiarizado com a Palavra
de Deus, você constrói em sua mente uma galeria de
imagens com histórias de sucesso de pessoas descritas na
Bíblia.
Quando você estudar essas "fotografias", descobrirá logo que
outra imagem começará a formar-se. Você verá a si mesmo
nessas fotografias mentais. Verá não o que tem sido, mas
como será; não onde esteve, mas aonde irá. Esta nova
imagem mental de si mesmo deve tornar-se o seu objetivo.
Por meio da assimilação diária da Palavra, você poderá
reforçar sua autoimagem e ver-se como Deus o vê.
Seu destino pode ser determinado pela forma como você vê
a si mesmo. Nunca se permita dizer que é estúpido, burro,
fracassado. Em vez disso, veja-se mentalmente como uma
pessoa inteligente, brilhante, vencedora. Por quê? Porque
você tem acesso à mente de Deus. A Bíblia recomenda: De
sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve
também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não
teve por usurpação ser igual a Deus (Filipenses 2.5,6).
Seu auto-retrato
Por meio da mente de Cristo, você verá um retrato de
sucesso, uma imagem que foi reformulada de você, sem as
manchas do fracasso e as rugas da fraqueza. O resultado será
a fotografia de um vencedor, que revela a forma como Deus
o vê. Ele tem um maravilhoso e emocionante álbum de
fotos suas. Ele vê todos os seus pontos fortes, as boas
qualidades e os atributos positivos.
Satanás tentará mostrar-lhe uma fotografia do seu pior. Ele
vai lembrá-lo do que você era e de seu ponto mais fraco. Ele
possui uma fotografia de quando você estava "para baixo" e a
colocará em sua frente o tempo todo. Ele também usará uma
lupa para ampliar os seus defeitos e dirá: "Olhe como você é
ruim... como é feio!" O objetivo do inimigo é fornecer uma
imagem diferente daquela que Deus tem de você.
Quantas pessoas passam todo o seu tempo olhando
fotografias de seus fracassos e tentando encobrir o que é
uma imagem distorcida.
Problemas entre as pessoas às vezes começam quando elas
começam a trocar umas com as outras essas feias fotografias.
Uma mulher olha para o marido e diz: "Não posso suportar o
modo como você é desorganizado, deixando suas roupas no
chão. Estou cansada de juntá-las". Ele retruca: "Como você é
preguiçosa. Nunca mantém a louça lavada. Não cozinhou
por uma semana! Estou cansado de voltar para uma casa
suja!"
As pessoas trocam fotografias que mostram o pior do outro,
em vez de reforçar as boas imagens, os pontos fortes. E,
enquanto isso, elas continuam no fracasso.
Mas, no momento em que elas começam a ver umas as
outras como Deus as vê, 99% de suas áreas de pressão e
problemas são resolvidos porque, se elas conseguem ver a si
mesmas pelos olhos de Deus, podem concentrar-se no
potencial, e não nos problemas umas das outras.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 63:
Você sempre lutará inconscientemente para se tornar o que
acredita ser, de acordo com o seu auto-retrato.
O Responsável pelo sucesso
Jesus veio para tornar os homens bem-sucedidos. Ele é o
Responsável pelo nosso sucesso. Veio para restaurar homens
e mulheres [à comunhão com Deus e à posição de
autoridade e honra, antes da queda].
Deus fez você à Sua imagem. Você é importante e valioso
para Ele. Você é um reflexo da vida e da personalidade dele.
Você pode ser parecido com Ele, esse é o modo como Ele o
idealizou.
"Mas ser semelhante a Deus como?" A maioria de nós tem
uma confusa e vaga opinião de quem é Deus. Ouvi a respeito
de uma mãe que, após ver seu menino desenhando e
pintando ativamente em sua mesa, perguntou-lhe: "O que
você está desenhando, filho?" Ele respondeu: "Um retrato de
Deus". A mãe objetou: "Billy, mas ninguém sabe como Deus
é". O garoto pensou um momento e, em seguida, anunciou
com segurança: "Eles saberão quando eu acabar de retratá-lo
como o vejo".
Oh, como eu desejo que cada ministro do evangelho consiga
seus objetivos! E tão difícil explicar a beleza em um mundo
que, muitas vezes, é feio e destrutivo. Deus é bom. Jesus
veio para nos mostrar como Deus é. Ele disse: Quem me vê
a mim vê o Pai (João 14.9). O único propósito de Deus é
fazê-lo bem-sucedido e mostrar o que você é capaz de
tornar-se, fazer e possuir.
Dê uma olhada na vida de Jesus. Ele mostrou Seu poder
como o Responsável pelo nosso sucesso. Ele dedicou toda a
Sua vida e Seu ministério terreno para ajudar as pessoas a
tornarem-se mais do que eram e a ter mais do que tinham.
Quando Jesus viu pessoas sozinhas, Ele passou tempo com
elas em comunhão. Quando viu pessoas doentes, Ele as
curou. Quando viu pessoas ansiosas para saber mais sobre
Deus e a vida, Ele lhes ensinou. Quando viu pessoas
famintas e fracas, Ele as alimentou. Quando viu pessoas
tímidas ou presas à mediocridade, Ele as desafiou a erguer-se
e a mudar.
Jesus compreendeu as pessoas, porque Ele as viu pelos olhos
de Seu Pai. E por isso que Ele podia facilitar-lhes o sucesso.
O entendimento de quem é Deus é a chave de ouro do
sucesso. Jesus compreendeu as necessidades do ser humano
e enfrentou essas necessidades de forma a torná-lo bem-
sucedido. A chave para o sucesso do homem foi o
entendimento [dado por Deus], que lhe permitiu o
desenvolvimento de uma nova imagem de si de acordo com
o que Deus vislumbrou dele.
A imagem que você tem de si mesmo é fundamental para o
seu sucesso ou o seu fracasso. Deus espera que você veja a si
mesmo como o melhor da Sua criação. Ele está suscitando
Sua mente em você. Está derramando o Seu poder em você.
Ele está injetando Sua sensibilidade e sabedoria na sua vida.
Vencendo a mentalidade de escravo
A Bíblia fala sobre os israelitas que foram libertos da
escravidão e conduzidos por Moisés para fora do Egito. Essa
geração de israelitas descendia de quem havia sido escravo
por 400 anos, por isso tinha desenvolvido a mentalidade de
escravo.
Nessa época, os israelitas viam a si mesmos como
perdedores. Estavam totalmente subjugados por outro povo.
Funcionavam melhor quando alguém lhes dizia o que fazer.
Durante gerações, alguém tinha feito as coisas acontecerem
para eles, então não sabiam como agir. Não tomavam
decisões.
Quando essas pessoas recém libertas da escravidão se
aproximaram da Terra Prometida, seu líder enviou 12 espias
para investigar a terra. Dez daqueles espias voltaram e
disseram que os habitantes de Canaã eram gigantes e os viam
como gafanhotos. Mas dois, Josué e Calebe, tinham
encontrado a chave de ouro de Deus para o sucesso: o
entendimento. Eles sabiam que o Senhor estava com eles e
queria torná-los vitoriosos em qualquer batalha. Por isso,
afirmaram que os habitantes de Canaã poderiam ser
vencidos por eles.
Josué e Calebe tinham a capacidade de discernir a situação
porque viam pelo prisma vantajoso de Deus. Essa capacidade
explica claramente a diferença entre o sucesso e o fracasso, a
vitória e a derrota, a vida e a morte.
Esse é o segredo que pode transformar sua vida e mudar seu
mundo. Olhe para cada situação a partir de uma perspectiva
mais elevada do que a sua. Mova-se de modo a ter mais
entendimento. Por meio da fé, comece a ver pelos olhos de
Deus. Pare de olhar para a foto de derrota apresentada pelo
diabo e concentre-se na fotografia da prosperidade e do
sucesso que Deus colocou diante de você.
Esse é o passaporte para a terra prometida do seu sucesso.
Comece a declarar em voz alta aquilo que deseja, e não o
que teme. Fale de suas expectativas, e não de seus medos.
Como filho de Deus, comece a desenvolver a mentalidade
de filho. Fale do Pai. Pense nele. Aceite e acredite nele.
Você é propriedade de Deus, e esse relacionamento pai e
filho faz toda a diferença para o que acontece no mundo e
em você. Veja a si mesmo como Deus o vê. Você é
propriedade exclusiva dele!
Há alguns anos, aconteceu algo que mudou o curso da
minha vida, revolucionou o meu ministério, transformou
minha existência, e fez de mim outra pessoa.
Eu estava na garagem que havia transformado em escritório
improvisado. Eu tinha trabalhado durante horas tentando
responder algumas correspondências, preenchendo
encomendas, estudando, escrevendo, orando. Eu tinha
jejuado durante cinco dias. No quinto dia de jejum, às duas e
meia da manhã, Deus falou ao meu coração; não em voz
alta, mas em meu próprio espírito, no meu interior. Foi uma
frase simples, mas Ele me surpreendeu com a força de um
golpe devastador. A mensagem ecoou, propagando-se em
minha cabeça e encravando-se no meu coração. Qual foi a
mensagem? Simplesmente esta: o que você fizer acontecer
aos outros, Eu farei acontecer a você.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 64:
O dia em que você tomar uma decisão a respeito de sua vida
será o dia em que seu mundo mudará.
O que você faz acontecer aos outros.
Deus fará acontecer a você
Percebi que Deus estava falando comigo. Essa verdade
profunda ardeu em minha consciência. Mais e mais, essas
palavras vieram a mim; e, mais e mais, comecei a ver isso
como o fio de ouro na roupagem da vida.
Se eu fizer o bem aos outros, Deus fará o bem a mim. Se eu
fizer coisas ruins acontecerem ao outros, coisas ruins
acontecerão a mim. Isso funciona nos dois sentidos. E isso
funciona sempre, sem falhar.
Aprendi que onde eu plantasse, ali eu colheria. Mas a
verdade é que o que eu semear vou colher, e não onde eu
semear. Posso não colher algo no mesmo lugar onde plantei.
Deus pode dar-me sementes para eu plantar no campo de
uma pessoa e, quando chegar a colheita, posso colher no
campo de outra pessoa; afinal, a fonte da minha colheita não
é o administrador do campo, mas Deus, que é o proprietário
de tudo.
O que faço acontecer aos outros, Deus fará acontecer a mim.
Esse é o segredo. Esse é o entendimento que se torna a
chave do seu sucesso. Não espere colher onde você tem
semeado. Simplesmente espere sua colheita, se você tem
semeado.
Crie situações de sucesso para os outros ao seu redor, e não
fique surpreso ou alarmado se eles deixarem de retribuir o
favor. Você semeia na vida dos outros, mas sua expectativa
de retorno vem de Deus, seu Pai celestial, sua fonte.
A lei básica é muito simples. Se quer ser um sucesso, se quer
ser uma pessoa completa, concentre-se no sucesso e na
satisfação dos outros. Esqueça de si mesmo. Pare de falar
sobre suas necessidades e seus desejos. Pense em formas de
criar sucesso para as pessoas ao seu redor. Ajude-as a atingir
seus objetivos. Ajude-as a tornarem-se satisfeitas e felizes.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 65:
A porta de entrada para sua colheita sempre será alguém
com problemas, precisando de sua ajuda.
Área de sucesso
O que acontece quando você faz isso? Quando você torna
outros bem-sucedidos, cria uma área de sucesso. Enquanto
proporciona o sucesso às pessoas ao seu redor, você fica bem
no meio da área de sucesso. E o que você fez acontecer aos
outros, Deus fará acontecer a você.
Como disse anteriormente, este princípio funciona nos dois
sentidos, para o bem ou para o mal. Lembra-se da história de
Jacó, na Bíblia? Ele enganou o seu pai à beira da morte, para
receber a bênção que deveria ter sido dada ao seu irmão.
Mas, alguns anos mais tarde, Jacó foi enganado por seu tio,
Labão. Depois de trabalhar sete anos para desposar Raquel,
Jacó recebeu Leia, irmã mais velha de Raquel. E ele teve de
trabalhar mais sete anos pela mulher que realmente queria
como esposa.
O que Jacó fez acontecer a outra pessoa (engano) também
lhe aconteceu.
Esse princípio também funciona para o bem. Leia 1 Reis
17.8-16, e encontrará uma fascinante história de sucesso.
Uma pobre viúva se arriscou a passar fome, a fim de criar
uma situação de sucesso para o profeta Elias. Deus fez com
que o mesmo tipo de milagre acontecesse a ela. O que
aquela mulher fez acontecer a Elias, Deus fez acontecer a
ela!
Lembra-se de Jó. Embora ele enfrentasse enormes tragédias
em sua vida pessoal, deixou de lado seus próprios problemas,
quando orou por seus três amigos. Em seguida, um milagre
aconteceu na vida de Jó. O Senhor mudou o cativeiro deste!
O SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus
amigos; e o SENHOR acrescentou a Jó outro tanto em dobro
a tudo quanto dantes possuía (Jó 42.10).
Algum tempo depois que Deus tratou comigo tão
fortemente sobre este assunto, eu estava ministrando em
Nova Orleans, Louisiana. Exortei os membros de uma igreja
a concentrarem seus esforços em tornar os outros bem-
sucedidos, e Deus os faria bem-sucedidos também.
Um rapaz realmente aceitou o meu desafio em seu coração.
Ele decidiu colocar o princípio em prática com o seu patrão.
Foi ao seu empregador, e disse-lhe: "Quero ser um
facilitador do seu sucesso. Quero ajudá-lo a ter mais êxito do
que jamais teve, a ser o melhor chefe que já foi. Quero que
você ganhe mais dinheiro do que nunca antes. Apenas me
diga o que posso fazer para ajudá-lo a ser mais bem-
sucedido. Dê-me algumas das suas mais difíceis tarefas, e
estará livre para se tornar mais produtivo".
O patrão do jovem ficou completamente chocado. Ele disse:
"Ninguém nunca disse isso a mim antes. Diga-me, por que
você quer fazer-me bem-sucedido? O que você espera
ganhar com isso?"
O rapaz disse: "Eu acredito que, se eu o ajudar a ser bem-
sucedido, então Deus vai fazer-me bem- sucedido também.
Se eu o ajudar a ganhar mais dinheiro neste negócio, então
você será capaz de pagar-me mais, você será mais próspero,
e por aí vai. Eu queria ganhar seis dólares por hora, em vez
de cinco. Se eu o ajudar a atingir seu objetivo, você
provavelmente será capaz de ajudar-me a atingir o meu".
O patrão disse: "Seu salário será aumentado hoje. Quem se
preocupa tanto com o meu sucesso certamente é digno de
seis dólares por hora!"
Penso que esta é uma das leis de Deus: o que você faz
acontecer aos outros, Deus fará acontecer a você. Deixe que
este princípio faça parte de seu modo de pensar, e ele se
tornará uma chave de ouro em suas mãos para abrir todos, as
portas do sucesso para você.
Então, comece agora. Concentre-se no sucesso daqueles ao
seu redor. Como você pode fazer seu cônjuge e seus filhos
mais bem-sucedidos? Como pode ajudar sua empresa ou
empregador a ter mais sucesso? O que pode fazer para
abençoar a sua igreja? Como incentivar o sucesso de todos
ao seu redor? Quando você encontrar essa oportunidade,
seja rápido e eficaz. Enquanto os torna bem-sucedidos, Deus
o abençoará com sucesso. O que você faz acontecer aos
outros, Deus fará acontecer a você (veja Efésios 6.8).
Aonde você quer chegar?
Eu abri meu coração e compartilhei com você uma parte da
minha história de vida nas páginas deste livro. Estou
compartilhando aqui o que levei muitos anos para aprender.
Minha sincera oração é que Deus use este livro para inspirá-
lo e desafiá-lo a encontrar o sucesso que Ele tem para sua
vida.
Vamos parar um momento para rever as verdades básicas
que Deus ungiu-me para revelar neste capítulo.
1. Deus quer o seu sucesso. Ele deseja que o seu sucesso
sirva como um exemplo daquilo que Ele pode fazer na vida
de uma pessoa. Ele espera que você seja bem-sucedido,
tenha a provisão necessária para sua família e seja um grande
líder espiritual para seus amados. Ele deseja que o seu
sucesso financeiro seja uma ferramenta para ajudar a realizar
a Grande Comissão.
2. Sucesso é alcançar as metas que Deus tem para cada um,
individualmente. Implica querer o que já se conseguiu, em
vez de conseguir o que se quer. Ter sucesso não é um
destino, mas o prazer experimentado na viagem. Implica
encontrar satisfação em cada área da vida, a espiritual, a
física, a mental, a financeira, a social e a familiar.
3. A chave de ouro de Deus para o seu sucesso é o
entendimento. Salomão poderia ter pedido e recebido
qualquer coisa que quisesse (riquezas, poder ou fama), mas
ele escolheu a chave mestra do entendimento. Como ele
pediu essa chave, recebeu todas as outras coisas como um
bônus.
O que é o entendimento? É aprender a interpretar a vida
como Deus a interpreta; ver pelos olhos dele, ouvir pelos
Seus ouvidos, compreender com Sua mente. E esta
capacidade que produzirá sucesso em todas as áreas da sua
vida.
4. O entendimento é um dom que só Deus pode conceder.
O Senhor nos confere entendimento por meio de Sua
Palavra. Por isso, estudar a Palavra e alimentar-se dela
produz em nós entendimento; e este, sucesso.
5. Cultivar uma nova autoimagem é a maneira de entrar no
terreno do sucesso. Pare de olhar para a feia e distorcida
imagem de si próprio que Satanás quer mostrar-lhe. Em vez
disso, veja-se da forma como Deus o vê, cheio de potencial
e de promessas. Veja como alguém feito à imagem e
semelhança de Deus. Como ser parecido com Deus?
Parecendo-se com o Seu Filho, Jesus, o supremo Realizador
de milagres.
6. O que você faz acontecer aos outros, Deus fará acontecer
a você. Concentre-se em proporcionar coisas boas às pessoas
ao seu redor, então sua vida também será preenchida com
coisas boas.
Quando você incentivar o sucesso dos outros, estará numa
área de sucesso.
Tendo conhecido esses princípios, para onde você quer ir a
partir daqui? Aonde quer chegar? Como pode aplicá-los à sua
vida e receber maior benefício? Reveja e estude cada
capítulo deste livro frequentemente. Sem dúvida, você verá
algumas coisas que havia negligenciado, algumas dessas
"fichas" cairão em sua mente de uma maneira diferente.
Até o final da semana, os princípios revelados em Sabedoria
para vencer tornar-se-ão uma parte do seu modo habitual de
pensar. Você perceberá uma diferença em suas perspectivas
e seus sentimentos. Ficará no caminho certo para o seu
sucesso.
A propósito, este livro não é de maneira alguma um estudo
completo sobre o sucesso. Você deve pensar em seus
próprios exemplos, para ilustrar melhor cada ponto. Ao ler a
Bíblia, encontrará dezenas de textos que expandirão e
desenvolverão esses princípios. E é exatamente o que você
deve fazer. Deixe Deus escrever um novo livro de sucesso
sobre sua própria vida. Enquanto isso, deixe-me saber o que
acontece. Compartilhe comigo aquilo que você aprender
sobre o sucesso tal como tenho compartilhado com você.
Nós seremos mais ricos em razão disso.
Deixe-me terminar este capítulo com uma exortação da
Palavra de Deus:
Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; antes, medita
nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme
tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar
o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás.
Josué 1.8
Lembre-se: Deus o criou para subir, não descer! Ele o fez
para crescer, não para diminuir! O Senhor o criou para voar,
não para cair! Ele o fez para caminhar e estar de pé, não para
tropeçar!
Que Deus o abençoe! Que você se torne mais consciente do
poder divino à sua disposição, e alcance o nível de sucesso
que Ele tem designado especificamente para você!

25
Bem vindo ao mundo dos vencedores
Estou tão animado por você! O fato de ter em mãos este
livro demonstra que você está seguindo na direção certa,
com os objetivos corretos, e que você está disposto a manter
sua motivação adquirindo informações completas.
Lembre-se: a diferença entre o fracasso e o sucesso na vida
de alguém é a informação; as informações que ele recebe e
nas quais acredita. Quando você começar a agir de acordo
com a informação que recebeu aqui, vai tornar-se mais
confiante, criativo e animado.
Bem-vindo ao novo estágio de felicidade no qual acabou de
entrar: uma vida vitoriosa e bem-sucedida por intermédio de
Jesus Cristo. Agora, você é um cidadão de um novo
domínio: o Reino de Deus. Você é um vencedor, um
ganhador, um conquistador vitorioso!
O sucesso na vida depende de escolhas certas. Há muitas
coisas que não dependem da sua escolha. Por exemplo, você
não pôde escolher seus pais, a cor dos seus olhos nem a de
sua pele! No entanto, tem o direito de escolher certas coisas
que realmente são importantes e determinam sua felicidade.
E permita-me felicitá-lo! Você fez a escolha certa. Escolheu
o caminho certo; o caminho de esperança, da luz; o
caminho de Deus; o caminho do vencedor.
Jesus disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida (João
14.6). Você recebeu Jesus como seu Salvador pessoal.
Obteve perdão para todos os pecados que cometeu no
passado. Você fez de Jesus o Rei de sua vida. E uma nova
criatura.
Ao dar este passo em direção a Deus, você descobriu o
segredo do sucesso. Você não é mais um escravo do pecado,
mas um filho de Deus!
Sua decisão de confiar em Jesus, em Seus princípios, e
praticá-los diariamente para a edificação de uma vida bem-
sucedida revela quatro belas qualidades suas.
1. Você é muito consciente. Reconheceu o vazio em sua
vida. Não está cego quanto ao seu anseio interior. Você
percebeu onde encontrar a resposta.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 66:
As fases da sua vida mudarão toda vez que você decidir usar
sua fé.
2. Você é muito honesto. Você se dispôs a dizer: "Deus, eu
realmente preciso de Ti". Você recusou dar lugar ao engano.
3. Você está demonstrando muita coragem.
Sabe o quanto a sua decisão [de seguir Jesus lhe] custou.
Você esteve disposto a pagar o preço (veja Lucas 14.28).
Orgulho, preconceitos e medos não o impediram de
entregar-se totalmente ao seu Criador. Isso prova sua
coragem.
4. Você já está exercitando a fé. Sua fé agrada Deus. Você
acredita que Ele existe e o recompensará. Ora, sem fé é
impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que
se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador
dos que o buscam (Hebreus 11.6).
Estas quatro qualidades confirmam que você está no
caminho certo. Você tem o que é preciso para vencer!
Independente das suas falhas e decisões erradas do passado,
você tem à sua frente a direção certa. Você está no mundo
dos vencedores!
12 coisas que você pode esperar de Deus
1. Seus ouvidos prontos para ouvi-lo. Os teus ouvidos
[Senhor] estarão abertos para eles [aqueles que lhe
obedecem] (Salmo 10.17; veja também o Salmo 94.9).
2. Seu olhar atento. Eis que os olhos do SENHOR estão
sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua
misericórdia (Salmo 33.18; veja também o Salmo 94.9).
3. Seu perdão. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel
e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda
injustiça (1 João 1.9; veja também o Salmo 86.5).
4. Sua orientação. E o SENHOR te guiará continuamente, e
fartará a tua alma em lugares secos (Isaías 58.11).
5. Sua paz acalmando seu coração. Deixo-vos a paz, a minha
paz vos dou (João 14.27; veja também Filipenses 4.7).
6. Sua alegria em seu espírito. E vós, com alegria, tirareis
águas das fontes da salvação (Isaías 12.3; veja também João
15.11).
7. Sua proteção. Nenhum mal te sucederá, nem praga
alguma chegará à tua tenda (Salmo 91.10; veja também o
Salmo 32.7).
8. Seu poder para você vencer o pecado. Filhinhos, sois de
Deus e já os tendes vencido, porque maior é o que está em
vós do que o que está no mundo (1 João 4.4; veja também
Efésios 3.20).
9. Cura para o seu corpo. Porque eu sou o SENHOR, que te
sara (Êxodo 15.26; veja também o Salmo 103.3 e Mateus
8.16).
10. Cura para o seu coração partido. [O Senhor] Sara os
quebrantados de coração e liga-lhes as feridas (Salmo 147.3).
Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado e
salva os contritos de espírito (Salmo 34.18).
11. Sua presença constante e Sua fidelidade.
Mas fiel é o Senhor, que vos confortará e guardará do
maligno (2 Tessalonicenses 3.3). E eis que eu estou
convosco todos os dias, até à consumação dos séculos
(Mateus 28.20).
12. Sua sabedoria em sua vida. Mas vós sois dele, em
Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e
justiça, e santificação, e redenção (1 Coríntios 1.30).
Chaves de poder que você pode usar
De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda
os seus mandamentos; porque este é o dever de todo
homem.
Eclesiastes 12.13
Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o
SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a
beneficência, e andes humildemente com o teu Deus!
Miquéias 6.8
Aceitar Cristo é instantâneo. No entanto, será preciso tempo
e disciplina da sua parte, para você se tornar um cristão
maduro e poderoso. Aqui estão algumas chaves para você
lembrar.
6 chaves de poder para lembrar
1. A consciência sobre Deus. Continuamente centralize os
seus pensamentos em Deus e nas verdades reveladas nas
Escrituras. Isso afastará pensamentos errados, dará poder a
você durante a tentação e lhe assegurará sabedoria para
tomar decisões certas sobre coisas importantes.
2. Sua vida pessoal de oração. Separe um lugar e um tempo
diário para passar bons momentos com o Espírito Santo.
Mantenha uma lista com os nomes daqueles por quem você
ora. Não assuma uma postura de mero pedinte; aprenda a
louvar e a agradecer a Deus pelas respostas recebidas!
3. Seu hábito diário de leitura da Bíblia. Estabeleça um local,
uma hora e um método de estudo. A manhã é geralmente o
melhor momento porque facilita a assimilação da verdade
por seu espírito dando-lhe poder pelo resto do dia. Marque a
sua Bíblia. Tome notas. Não perca um único dia.
4. Boas amizades. Anda com os sábios e serás sábio, mas o
companheiro dos tolos será afligido (Provérbios 13.20). Seja
seletivo. Amigos irão adicionar ou retirar algo da sua vida.
5. Um espírito disposto a aprender. Vários anos atrás, uma
moça confidenciou-me algo a respeito de uma atividade
questionável em sua vida. Eu a aconselhei, e ela aceitou o
meu conselho. Hoje, é uma vitoriosa e bem-sucedida cristã.
Para o sábio ouvir [a Palavra de Deus e Seus conselhos] e
crescer em sabedoria (Provérbios 1.5). Por meio da
instrução e até das críticas, crescemos em graça e
humildade.
6. A mentalidade de um vencedor. Pare de pensar a respeito
dos obstáculos. Comece a pensar em suas oportunidades.
Fale palavras positivas.
Pense em coisas boas a respeito de si mesmo e dos outros.
Pare de reclamar! Irradie entusiasmo! Evite negativas e
deprimentes conversas. Domine o seu território! Seja
ousadamente feliz!
Há pouco tempo, eu estava em um jardim com lindas flores.
Embora eu admirasse a beleza, reparei o jardineiro puxando
ervas daninhas que cresciam em torno delas. Assim como as
ervas daninhas que sufocam a vida de uma bela flor, há
coisas que temos de remover a fim de crescermos. Para
garantir a maturidade e vencer na vida, você deve eliminar
as "ervas daninhas" de sua vida.
6 coisas que você deve eliminar da sua vida
1. Relacionamentos errados. Pergunte a si mesmo: Será que
esta amizade me leva para mais perto de Jesus? Livre-se de
qualquer coisa que embarace sua mente ou seu espírito.
2. Impureza moral. Nada pode destruir o seu testemunho e
sua alegria interior mais rápido do que a imoralidade.
Quando Satanás plantar a semente de um mau pensamento
em sua mente, imediatamente resista. Exerça a sua
autoridade em Cristo e diga: "Satanás, eu o repreendo e
resisto à sua ímpia sugestão. Sou um filho de Deus andando
no poder do Espírito Santo. Rejeito o pensamento sugerido
por você. Sou uma nova criatura em Jesus!" Imediatamente
agradeça a Deus em voz alta por bons e sadios pensamentos.
3. Ímpios manipuladores da mente. Somos fortemente
influenciados por aquilo que vemos e ouvimos: O meu olho
move a minha alma (Lamentações 3.51). Deprimentes
programas de televisão, música sensual e livros com
filosofias vis e mentirosas garantem o suicídio espiritual. Em
vez de assimilar essas coisas, sature a sua vida e a sua casa
com livros, CDs e DVDs com mensagens sadias e cristãs.
4. Conversas negativas. Palavras ministram vida ou morte
(veja Provérbios 18.21). Afaste as antigas conversas. Em
Efésios 4.29, somos instruídos: Não saia da vossa boca
nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover
a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. No Salmo
50.23, é dito: Aquele que oferece sacrifício de louvor me
glorificará. Insista em conversas positivas e inspiradoras.
5. Amargura e todo tipo de pecado. Em Efésios 4.31, Paulo
nos exorta: Toda amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e
blasfêmias, e toda malícia seja tirada de entre vós. A
amargura é como um doloroso câncer que deteriora a alma
do homem. O pecado é a enganadora cilada que envenena as
possibilidades de um candidato a vencedor. Ele promete
rosas, mas proporciona espinhos. Arrependa-se [por seus
pecados e por alimentar amargura], e peça a Deus que
derrame o Seu amor em outros por seu intermédio.
5. Desperdício de tempo. Deus é um Planejador. Da criação
do mundo em seis dias (incluindo o dia de descanso, o
Sábado) ao arrebatamento (e as bodas do Cordeiro), tudo foi
projetado com milhares de anos de antecedência. E fácil
concluir que o nosso Pai é mestre em considerar detalhes,
definir metas e prioridades e estabelecer ordem. Aprenda a
evitar o que não é essencial e o desperdício de energia. Faça
o seu tempo valer a pena: Portanto, vede prudentemente
como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo
o tempo, porquanto os dias são maus (Efésios 5.15,16).
Mapeie seu percurso, diária, mensal e anualmente. Prossiga
para o alvo. Programe cada pequeno sucesso. Planeje o seu
tempo com Deus, com outras pessoas e consigo mesmo.
3 coisas que você deve consagrar a Deus
1. Seus talentos e suas habilidades. Todo homem já nasce
com dons concedidos por Deus. Cabe a você a descobrir e
desenvolver o que Deus lhe deu (veja Mateus 25.14-29).
Você é responsável por si mesmo. Seu dom pode ser uma
habilidade para a música, para falar em público, para a
mecânica, para praticar esportes, para a administração ou
desenvolver um trabalho voluntário em um ministério.
Você está aqui para um propósito. Seja o melhor no que faz.
Não basta colocar Deus em primeiro lugar, coloque-o em
todo lugar. Fazei tudo para a glória de Deus (1 Coríntios
10.31).
2. Seu emprego e sua carreira. E vos alegrareis em tudo em
que poreis a vossa mão (Deuteronômio 12.7b). Deus deseja
que você seja feliz com o seu trabalho! Se você não está
animado para ir ao trabalho todos os dias, algo está errado.
Será que a falta de conhecimento o intimida? Consulte o seu
chefe para uma maior compreensão. Invista tempo em
aprender mais sobre sua área de atuação. Fomos feitos para
realizar algo importante. Como um querido amigo meu diz,
"como elásticos, damos o nosso melhor quando estamos
esticados até certo ponto".
Informação gera motivação. Por outro lado, milhares estão
presos a carreiras indesejáveis por medo; medo do fracasso,
medo do desconhecido. Ouse caminhar em direção a novas
oportunidades! Ouse tentar! O sonhador, o realizador, o
empreendedor é destinado ao sucesso sobrenatural.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 67:
Nunca esteja onde Deus não o designou para estar.
3. Suas finanças. Sua atitude em relação ao dinheiro revela
seus verdadeiros valores. Jesus falou sobre isso. O apóstolo
Paulo também. O dinheiro é importante. Está relacionado ao
seu tempo, à sua labuta, ao seu suor, à sua energia gasta em
prol de algo, a si mesmo. E algo poderoso em sua vida. Com
ele você negocia o seu caminho ao longo da vida, compra a
sua comida, paga por seu abrigo, suas roupas.
O que você faz com seu dinheiro faz toda a diferença no
Reino de Deus. Abraão deu o dízimo em agradecimento
pelas bênçãos. Em Mateus 23.23, Jesus disse que os fariseus
estavam certos por observarem a prática do dízimo.
O dízimo não é o pagamento de uma dívida com Deus.
Tudo pertence a Ele. O dízimo é o reconhecimento da sua
dívida. Ofertas a Deus são como sementes plantadas em solo
sagrado, para as quais Ele garante um retorno gracioso (leia
Deuteronômio 8.18; 28.1-14; Malaquias 3.10,11; Lucas 6.38;
2 Coríntios 9.6).
2 forças de sucesso que você deve ativar
1. Suas palavras: A boca do justo produz sabedoria em
abundância (Provérbios 10.31). E o que ganha almas sábio é
(Provérbios 11.30). Prata escolhida é a língua do justo
(Provérbios 10.20). As palavras têm poder. Os homens falam
sobre as coisas que amam (futebol, crianças, pizza).
Verdadeiros cristãos, nascidos de novo, falam da
prosperidade de Deus! Fale das promessas e do poder de
Deus tanto para cristãos como para não cristãos.
Os segredos do homem são revelados pela boca. Em Mateus
12.34b, é dito: Pois do que há em abundância no coração,
disso fala a boca. Ouse falar para outros o que Deus tem feito
em sua vida. Digam-no os remidos do SENHOR, os que
remiu da mão do inimigo (Salmos 107.2). Conte à sua
família. Conte aos seus amigos e colegas de trabalho. Com
gentil, carinhosas e amáveis palavras, identifique com
autoridade a vida de Jesus em você.
2. Seus relacionamentos. Anda com os sábios e serás sábio
(Provérbios 13.20a). Identifique-se e associe-se com pessoas
de qualidade. Este é um dos grandes segredos do sucesso.
Crie uma atmosfera de sucesso tendo à sua volta pessoas que
amam Jesus.
Você precisa de uma igreja que o acolha. Foi para o
crescimento, a estabilidade e o desenvolvimento das pessoas
e dos ministérios que Deus estabeleceu a igreja local e o
pastor, cooperando para o seu sucesso espiritual. Não
escolha a igreja onde congregará baseado apenas em
amizades, conveniência ou tradições. Consulte Deus. Ouça o
Espírito Santo. Ele sabe onde Ele pode usá-lo melhor.
Seja leal à sua congregação e empenhado em seu trabalho ali.
Por meio de sua participação nos cultos, do seu
envolvimento com as atividades ministeriais e do suporte
financeiro à sua igreja, levante-se como uma pessoa fiel ao
seu pastor.
PRINCÍPIO DE SABEDORIA 68:
Amanhã contém mais alegria que qualquer ontem que você
possa relembrar.
Uma palavra final
Leia este livro, pelo menos uma vez por semana, durante os
próximos meses. À medida que essas palavras ficarem
gravadas em sua mente e em seu espírito, seu crescimento
espiritual o deixará perplexo! Uma vitalidade dinâmica se
desenvolverá e surpreenderá até mesmo seus amigos. Você
realmente será um vencedor.
A meta da minha vida é agradar ao Espírito Santo, estar no
lugar secreto e escrever chaves da sabedoria que permitam a
outros alcançar o sucesso. Sinta-se livre para me escrever e
compartilhar seus pedidos de oração. Acredito e pratico o
poder da oração diária. Vou orar por você. Responderei e
me levantarei em concordância pelo mais extraordinário ano
de sucesso que você já conheceu.
Princípios de sabedoria
1. Uma vida produtiva não é obra do acaso.
2. Nunca fale palavras que façam Satanás acreditar que ele
está vencendo.
3. A adversidade é o solo fértil para os milagres.
4. Aqueles que não estão dispostos a perder, raramente
perdem.
5. A vida muda quando as prioridades diárias mudam.
6. A felicidade acontece quando você se move em direção
ao que é certo para você.
7. Ninguém tem sido tão perdedor quanto Satanás.
8. Aqueles que não respeitam o seu tempo não respeitarão
sua sabedoria também.
9. Pare de ver o que você tem. Comece a ver o que você
pode ter.
10. A intolerância com o presente cria o futuro.
11. O perdão não é uma sugestão, é um requisito.
12. Aqueles que não acrescentam algo à sua vida,
diminuem-na.
13. Hoje é o amanhã do qual você falou ontem.
14. Suas palavras servem de sinalização para os outros,
apontando a direção em que sua vida está movendo-se.
15. Você nunca alcançará seu potencial até que suas
prioridades se tornem um hábito.
16. O desígnio de sua vida é geralmente aquilo que cria o
mais alto nível de alegria dentro de você.
17. Você nunca possuirá o que não estiver disposto a
buscar.
18. Sua dor pode tornar-se a passagem para o maior
milagre de sua vida.
19. Você nunca chegará ao palácio falando como um
camponês.
20. Pare de olhar para onde você esteve e comece a olhar
para onde você quer chegar.
21. Suas palavras estão decidindo seu futuro.
22. Um verdadeiro vencedor jamais anuncia ou amplia
suas fraquezas.
23. Só é possível afastar-se de um mau pensamento se
deliberadamente se mover em direção a um bom
pensamento.
24. Você não pode colher uvas até que tenha plantado
suas sementes em outros.
25. A adoração leva você até onde Deus está.
26. Qualquer desordem em sua vida poderá matar o seu
sonho.
27. A prova do desejo é a busca.
28. O que você pensa sobre dinheiro revela o que você
realmente pensa sobre a vida.
29. Qualquer coisa em que você pense a maior parte do
tempo torna-se o seu deus.
30. Prosperidade é ter provisão suficiente para executar as
instruções de Deus para nossa vida
31. Egoísmo é privar outras pessoas e obter vantagem para
si.
32. Dar prova que você venceu a ganância.
33. Quando você libera o que está em sua mão, Deus
libera o que está na mão dele.
34. Se o que você tem em mãos não é suficiente para sua
colheita, então deve ser sua semente.
35. Sua semente é como uma compra no armazém do céu,
autorizando o envio de pacotes de milagres para sua vida.
36. A entrada favorita de Satanás em sua vida é sempre
alguém perto de você.
37. A confiança é um dos mais preciosos presentes que
você pode oferecer ao outro.
38. Pare de olhar para onde você já esteve, olhe para onde
está indo.
39.0 que sua mente não pode vencer, geralmente irá
ressentir.
40. A ira nunca criará a cooperação permanente do outro.
41. O quebrado se torna mestre em remendar.
42. Não envenene seu futuro com a dor do passado.
43. O que você falha em destruir, destruirá você no final.
44. A depressão sempre seguirá qualquer decisão que evite
uma prioridade.
45. Quando a fadiga entra, a fé sai.
46. Solidão não é ausência de afeto, mas ausência de
direção.
47. Imaturidade é a incapacidade de adiar a gratificação.
48. Sua auto-estima não é determinada pelos erros do
passado, mas por sua disposição em reconhecê-los [e evitá-
los novamente].
49.0 arrependimento é sempre o primeiro passo para a
recuperação.
50. O fracasso só vai durar o tempo que você permitir.
51. O homem realmente não decide o seu futuro; ele
decide seus hábitos, então seus hábitos decidem o seu
futuro.
52. O fracasso de ontem pode tornar-se o catalisador do
sucesso de amanhã.
53. Se Deus suavizasse cada golpe, você nunca aprenderia.
54. A confissão libera a fé para a total restauração.
55. Sua contribuição aos outros determinará a
contribuição de Deus a você.
56. Sua vida sempre se moverá em direção ao seu
pensamento mais forte.
57. Você nunca está tão longe de um milagre quanto, a
princípio, parece.
58. Você nunca sairá de onde está até que decida aonde
deseja ir.
59. A imagem que permanece na sua mente tornar-se-á
realidade com o tempo.
60. Quando você entra na Palavra, a Palavra entra em
você.
61. A dor é uma ponte, não um obstáculo para o sucesso.
62. Você inicia uma temporada de sucesso toda vez que
completar uma instrução dada por Deus.
63. Você sempre lutará inconscientemente para se tornar
o que acredita ser, de acordo com o seu auto-retrato.
64. O dia em que você tomar uma decisão a respeito de
sua vida será o dia em que seu mundo mudará.
65. A porta de entrada para sua colheita sempre será
alguém com problemas, precisando de sua ajuda.
66. As fases da sua vida mudarão toda vez que você
decidir usar sua fé.
67. Nunca esteja onde Deus não o designou para estar.
68. Amanhã contém mais alegria que qualquer ontem que
você possa relembrar.
1. Reformule seu conceito sobre Deus. Qual é sua idéia e
opinião sobre Deus? Para você, Ele é um ditador carrasco ou
um pai amoroso? Leia Lucas 15, e encontrará uma descrição
do Pai que Jesus conheceu. A total obediência e respeito que
Jesus tinha por Seu Pai indicavam a imagem de Deus que Ele
possuía em mente, resultando em confiança. Vá além
daquilo que tem ouvido ou imaginado de Deus. Leia os
Evangelhos. A natureza, a compaixão, o amor do Pai são
refletidos por meio das atividades e atitudes de Jesus Cristo.
Jesus separou tempo para conversar com uma mulher
samaritana, com crianças, com um cobrador de
2. Reconheça as limitações de Satanás. Certamente, há uma
necessidade de compreender o dano da influência
demoníaca. No entanto, pela Palavra, você entenderá as
limitações dos esforços dele. Satanás é um mentiroso,
enganador, manipulador.
Eu poderia acrescentar que ele é um perdedor; um ex-
empregado do céu que foi "despedido". Ele está destinado à
total destruição. Está sob o domínio daqueles que são co-
herdeiros com Cristo, o qual sujeitou todas as coisas a seus
pés (Efésios 1.22). Satanás e as forças demoníacas estão
abaixo de nós. Somos mais do que vencedores (Romanos
8.37a).
Lembre-se, você é um vencedor! Quando achar que está em
seu nível mais baixo, ainda estará acima do diabo!

Related Interests