UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL
DISCIPLINA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO II
Prof. Dr. Enio Pazini Figueiredo
Silas Oliveira Araujo

Agregado Graúdo

Goiânia
2014

....................................................................................................................................................................................................................8 ...........................................................................................................................................................2 EXECUÇÃO ...................4 1.............................................................................2 SUMÁRIO RESUMO .................. 3 1 MATERIAIS E MÉTODOS ...............................................1 APARELHAGEM ........................5 2 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS ...............................8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ...................6 3 ANÁLISE DOS RESULTADOS ............................................................4 1...8 4 CONCLUSÕES ............

3 RESUMO Este relatório tem por objetivo à exposição de um trabalho prático de determinação das propriedades de granulometria e massa especifica do agregado seco. da densidade de superfície saturada seca e densidade massa unitária. juntamente com sua análise e conclusões. para a determinação da granulometria e NM 53 2012. materiais utilizados e os resultados obtidos. . Para a execução deste trabalho foram usadas as normas NBR 7211 2011. para a determinação das massas especificas. Com base nestas normas serão expostos os procedimentos de execução.

9. e 6. .5. um cesto de arame e uma balança.4 2 MATERIAIS E MÉTODOS 2.1 APARELHAGENS Para a realização do ensaio de granulometria foi usada as peneiras: 19.5.3. 12. Para a determinação da massa especifica foi usado um picnometro e para o ensaio para a determinação da massa especifica do agregado com superfície saturada seca foi usado um tanque de agua.

2. depois o cesto é pesado em agua também.2 EXECUÇÕES 2. ρ=m/v 2. 2. A massa especifica é dada por: ρ=m/ms – ma Onde m é a massa do agregado seco. A massa especifica é dada por: ρ=m/v . ms a massa do agregado de superfície saturada e ma a massa do agregado em agua. agua mais brita.1 EXECUÇÕES DOS ENSAIOS PARA A DETERMINAÇÃO GRANULOMETRIA. Pegou se uma amostra de 5 kg e colocou no conjunto de peneiras dispostas na vertical e fez a medição de cada quantidade retida em cada peneira. logo após molha o a brita e enxuga com um pano e pesa novamente.2. EXECUÇÃO DO ENSAIO PARA A DETERMINAÇÃO DA MASSA ESPECIFICA COM SUPERFICIE SATURADA SECA Primeiramente pesa se a massa da brita. 2. a massa retida em cada peneira. e subtrai se o peso do cesto e acha a massa da brita em agua. calculando assim.75mm.2.2. logo após retirou se a brita e pesou a massa da agua que é igual a seu volume. Agregado graúdo: agregado cujos grãos passam pela peneira com abertura de malha de 75mm e ficam retidos na peneira com abertura de malha de 4. Então coloca se a brita em um cesto e submerge em agua e pesa se o cesto mais brita.2 EXECUÇÃO DO ENSAIO PARA A DETERMINAÇÃO DA MASSA ESPECIFICA PELO METODO DO PICNOMETRO Para a determinação massa especifica pelo método do picnometro. Foi feito cálculos e foi encontrada o valor da massa da brita e seu volume. a % retida e a % acumulada.5 2. utilizou se um recipiente com agua e colocou se brita e pesou esse conjunto. EXECUÇÃO DO ENSAIO PARA A DETERMINAÇÃO DA MASSA ESPECIFICA UNITARIA Coleta se uma amostra e pesa se essa amostra e coloca em um recipiente com um volume definido. encontrando assim a massa especifica. o volume da amostra será o mesmo volume do recipiente.

.6 3 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS 3.1-APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA GRANULOMETRIA Os resultados serão apresentados através de tabela e gráfico.

7 .

3 .377.86 Superfície saturada seca Norma NM 53 2012 massa agregado seco (g) 515.8 3.3 volume de água no recipiente (cm3) 815.1 volume de água (cm3) 683.3 .2 massa específica do agregado (377.3 massa agregado superfície seca (g) 517.1 815.3 1060.7/132.APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DAS MASSAS ESPECIFICAS Os resultados serão apresentados através de tabela Massa específica do agregado seco massa do agregado (g) 377.1 = volume do agregado (cm3) 132.683.7 = massa de água (g) 683.6 massa do recipiente vermelho (g) 56.8 massa da água no recipiente (g) 815.2.8 .2) = (g/cm3) 2.7 massa da água e do agregado (g) 1060.

4 28. e no experimento de massa unitária foi considerado o volume do recipiente e não o volume do agregado por isso a densidade desse experimento foi a menor.4 1 4 ANÁLISES DOS RESULTADOS A densidade decresce nesses experimentos.1 598 265 333 2. .8 Massa Unitária Norma NBR 7211 volume do recipiente (l) massa agregado seco (kg) densidade massa unitária (g/cm3) 20. com mais ou menos resistência etc. tivemos 3 resultados que serão utilizados conforme o que se deseja fazer. porque no experimento de massa especifica do agregado seco só foi considerado os vazios permeáveis no experimento de superfície saturada seca foi considerado os vazios permeáveis e impermeáveis.9 massa recipiente circular (g) massa cesto + agregado (g) massa cesto + água (g) massa em água do agregado (g) densidade superfície saturada seca (g/cm3) 370. Nos ensaios de massa especifica. 7 1. 5 CONCLUSÕES Concluímos que na análise granulométrica temos a dimensão do agregado para estabelecer o tipo de concreto a ser feito.

especificações NBR NM 53: 2003 Agregado graúdo – determinação de massa especifica aparente e absorção de agua .10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ABNT NBR 7211: 2009 Agregados para concreto .