You are on page 1of 17

Workshop

Professora Bibliotecária: Alcina Soares


A Biblioteca
A BE tem um papel muito relevante no
desenvolvimento das literacias e no
processo de ensino / aprendizagem. É um
recurso fundamental para o sucesso
educativo e permite que os alunos se tornem
seres informados,
autónomos, íntegros Escola Sociedade
e preparados para
a vida activa.
Aprendizagem
Workshop

O Modelo de Auto-Avaliação e a sua


1º Parte
pertinência

2ª Parte Reflexão sobre o modelo

3ª Parte Avaliação do workshop


A Pertinência da Auto-Avaliação
Nas bibliotecas e segundo Mike Eisenberg é
necessário saber…

Como os alunos adquirem as competências


essenciais de informação;
Como trabalhar com os professores no processo
ensino/ aprendizagem;
Se os professores bibliotecários têm, efectivamente,
um papel central nas escolas.

O que é pertinente?

Conhecer o impacto que a BE tem nas atitudes e nas


competências dos seus utilizadores.
O Modelo

O Modelo de Auto-Avaliação trata-se um instrumento


pedagógico concebido para possibilitar uma visão mais
esclarecedora sobre os serviços que a BE presta à
Comunidade educativa. Fornece elementos de regulação e
de melhoria constantes os quais contribuem para a
valorização de todos os
intervenientes da RI
PEA
Escola/ Agrupamento.
PAA Biblioteca Escolar

PCA
PCT
Objectivosda Auto-Avaliação

Analisar a eficácia da acção da BE, identificando


1 os sucessos e os aspectos menos positivos

Aferir o impacto que a BE tem


2 nas atitudes, comportamento e
competências dos utilizadores
Tomar decisões e
3 perspectivar acções,
baseadas em evidências, visando a
melhoria
A Auto-Avaliação é…

…um processo pedagógico e regulador,


inerente à gestão e procura de uma melhoria
contínua da BE.

Contribui para a afirmação e


reconhecimento do papel da BE
na Escola / Agrupamento

Permite saber...
Onde estamos
Como estamos
Para onde vamos
O Modelo - Apresentação

4 domínios e respectivos subdomínios

Os domínios seleccionados representam as áreas


essenciais para que a biblioteca escolar cumpra, de forma
efectiva, os pressupostos e objectivos que suportam a sua
acção no processo educativo. São quatro os domínios
identificados como elementos determinantes e com um
impacto positivo no ensino e na aprendizagem.

Modelo de Auto-Avaliação
A Apoio ao Desenvolvimento Curricular

A.1. Articulação curricular da BE com as


estruturas de coordenação educativa e
supervisão pedagógica e os docentes

A.2. Promoção das literacias da


informação, tecnológica e digital.

Leitura e Literacias
Projectos e Parcerias e
Actividades Livres e de
C Abertura à Comunidade

C.1. Apoio a actividades livres,


extra-curriculares e de
enriquecimento curricular

C.2. Projectos e parcerias

D Gestão da Biblioteca Escolar

D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento.


Acesso a serviços prestados pela BE

D.2. Condições humanas e materiais para prestação dos


serviços

D.3. Gestão da colecção/ da informação


Etapas do Modelo
Metodologia a seguir durante quatro anos :

1. Elaboração do perfil da BE
2. Escolha do domínio para auto-avaliação - A avaliação de cada
domínio/subdomínio pressupõe uma reflexão crítica baseada em
indicadores, factores críticos de sucesso, evidências e acções para a melhoria
3. Calendarização do processo e escolha da amostra
4. Recolha de evidências para retratar a BE –
• Estatísticas
• Inquéritos – adaptação/ produção de instrumentos
• Observações sistemáticas
• Reuniões…
5. Análise e interpretação dos dados recolhidos
6. Identificação do perfil de desempenho da BE, após a análise dos dados
7. Elaboração e apresentação do relatório final de auto-avaliação – No
quadro-síntese de avaliação serão assinaladas as acções para a melhoria.
8. Apresentação e discussão do relatório no Conselho Pedagógico
9. Integração da síntese no relatório anual da Escola
10. Elaboração do Plano de Acção com base nos resultados da avaliação,
onde serão equacionadas as estratégias e medidas a tomar com vista ao
melhoramento do desempenho da BE.
NisrfendD
p/Pívho
m
A BE é muito forte neste domínio. O trabalho
4-Excelnt desenvolvido é de grande qualidade e com um
impacto bastante positivo
A BE desenvolve um trabalho de qualidade neste
om
3-B domínio mas ainda é possível melhorar alguns
aspectos.

A BE começou a desenvolver trabalho neste domínio,


2-Satisfório sendo necessário melhorar o desempenho para que o seu
impacto seja mais efectivo.

1-Fraco A BE desenvolve pouco ou nenhum trabalho neste domínio,


seu impacto é bastante reduzido, sendo necessário intervir
com urgência.
Oportunidades

•Promover acções para a melhoria


•Identificar pontos fortes e pontos
menos positivos
•Analisar o impacto da BE nas
atitudes e competências dos alunos
•Valorizar o papel que a BE
Constrangimentos desempenha no processo de
aprendizagem e no sucesso dos
alunos
•Gerir para a mudança de acordo
com as metas e objectivos
preconizados pela BE/Escola
•Processo longo •Cooperar com os professores e
•Recolha de evidências restante Comunidade educativa
•Indiferença de alguns elementos •Responsabilizar toda a escola no
da comunidade educativa processo
•Reflectir, de forma continuada,
sobre o desempenho da BE
•Desenvolver uma cultura de
avaliação
Níveis de Participação da Escola
Direcção e Órgãos de Gestão:
Acompanhamento e coadjuvação do
processo.

Professor Bibliotecário Professores, Alunos, EE:


e a sua equipa: Colaboração nas
Capacidade de respostas a inquéritos e
liderança, grelhas de observação
organização Objectividade nas
e análise de evidências respostas.

Conselho Pedagógico :
Discussão e parecer sobre o Relatório de Auto-
Avaliação e do Plano de Melhoria.
blogr
fiaB
Duque, Helena O Papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação

Eisenberg, Michael & Miller, Danielle (2002) “This Man Wants to Change Your Job”, School Library
Journal. 9/1/2002 <http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA240047.html [13/10/2009].

Gabinete Rede Bibliotecas Escolares. Manifesto das Bibliotecas Escolares da UNESCO.


http://www.rbe.min-edu.pt/np4/?newsId=74&fileName=manifesto_be_unesco.pdf

Gabinete Rede Bibliotecas Escolares. Modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares.


http://www.rbe.min-edu.pt/np4/?newsId=31&fileName=Modelo_de_avaliacao.pdf

Gabinete Rede Bibliotecas Escolares. Texto da Sessão.


http://forumbibliotecas.rbe.minedu.pt/file.php/85/Texto_Desafios_Oportunidades_Sessao_1.doc

Todd, Ross (2002) “School librarian as teachers: learning outcomes and evidence-based practice”.
68th IFLA Council and General Conference August.
http://www.ifla.org/IV/ifla68/papers/084-119e.pdf [13/10/2009].

Todd, Ross (2008) “The Evidence-Based Manifesto for School Librarians”. School Library Journal.
4/1/2008.
http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA6545434.html [13/10/2009].
etivdaA
c
“Umalongcm
ihdeçasem
prloia”

(Provérbiochnês)

“Elestãoleiam hor,qupsfctvndb
isqulhot.”(RTod)s
aprendm

.1 pequnosgrdtablh,cxEàluzdonvm
m elaição.
2. presntaçãosucintadeprolh.
A
3. eflxãocnjuta.
R
Avaliação do Workshop

Preencha a ficha de avaliação


a qual será utilizada para
fazer o relatório do presente
Workshop.

Obrigada
pela vossa colaboração
e participação!