You are on page 1of 3

Roteiro de Músculos do Membro Pélvico

1. M. Sartório Cranial:
 Origem: Crista do Ílio, Fascia toracolombar
 Inserção: Na Patela juntamente com o Músculo Reto femural
 Ação: Estender o joelho

2. M. Sartório Caudal:
 Origem: Espinha Íliaca ventral, Borda ventral do Ílio
 Inserção: Borda cranial da Tíbia
 Ação: Flexionar o joelho


3. M. Tensor da fáscia lata:
 Origem: Tuberosidade Coxal
 Inserção: Fáscia lata
 Ação: Projeta o membro para frente, tensor da fáscia

4. M. Glúteo Médio:
 Origem: Asa ilíaca, sacro e primeira vértebra lombar
 Inserção: Trocânter maior
 Ação: Extensor da articulação coxofemoral, projeta o membro para fora e
para trás

5. M. Glúteo Superficial:
 Origem: Fáscia Glútea e Sacro
 Inserção: Trocânter maior e terceiro trocânter
 Ação: Extensor e flexor da articulação coxofemoral

6. M. Vasto Lateral
 Origem: Face lateral do Fêmur
 Inserção: Tuberosidade da Tíbia e Patela
 Ação: Extensor da articulação do joelho

7. M. Reto Femoral
 Origem: Corpo do Ílio
 Inserção: Patela e tuberosidade da tíbia
 Ação: Extensor da articulação do joelho, flexor da articulação coxofemoral

8. M. Vasto Medial
 Origem: Face medial do Fêmur
 Inserção: Tuberosidade da Tíbia e Patela
 Ação: Extensor da articulação coxofemural

9. M. Bíceps femoral:
 Origem: Sacro e pélvis
 Inserção: Patela, fáscia profunda da perna
 Ação: Flexor da articulação do joelho, extensor do Tarso

10. M. Semitendinoso
 Origem: tuberosidade isquiática
 Inserção: Superfície medial do corpo da tíbia e tuberosidade do calcâneo por
meio da fáscia da perna
 Ação estender o quadril e flexionar o joelho e estender o tarso

11. M. Semimembranoso:
 Origem: tuberosidade isquiática
 Inserção: Côndilo medial do fêmur e tíbia
 Ação: Extensor da articulação do quadril e joelho e a parte que insere na tíbia
flexiona ou estende o joelho dependendo da posição do membro

12. M. Grácil:
 Origem: Aponeurose na sínfise
 Inserção: Fáscia profunda da perna
 Ação: Adução do membro, flexão do joelho e estender o quadril e o tarso

13. M. Adutor:
 Origem: Superfície ventral do coxal
 Inserção: Todo o lábio lateral da superfície rugosa caudal do fêmur
 Ação: Aduzir o membro e estender o quadril

14. M. Pectíneo:
 Origem: Eminência íliopúbica
 Inserção: Margem medial do fêmur
 Ação: Adução do membro pélvico

15. M. Tibial cranial:
 Origem: Sulco do extensor e margem articular adjacente da tíbia; extremidade
lateral da margem cranial da tíbia
 Inserção: Superfície plantar da base dos metatarsos I e II
 Ação: Flexor do Tarso e fazer rotação lateral da pata (pé)

16. M. Fibular longo:
 Origem: Côndilo lateral da Tíbia, extremidade proximal da Fíbula e epicôndilo
lateral do fêmur por meio do ligamento colateral lateral do joelho
 Inserção: quarto osso társico e face plantar da base dos metatarsos
 Ação: Flexor do Tarso, e promover a rotação da pata (pé) medialmente de
forma que a superfície plantar fique voltada lateralmente

17. M. Extensor Longo dos Dedos:
 Origem: Fossa extensora do Fêmur
 Inserção: Processo extensor da falange distal dos dedos (II, III, IV e V)
 Ação: Extensor dos dedos e flexionar o tarso

18. M. Flexor Profundo dos dedos:
 Origem: Face plantar dos dois terços proximais da tíbia, metade proximal da
fíbula e membrana interóssea adjacente
 Inserção: A superfície plantar da base de cada uma das falanges distais
 Ação: Flexionar os dedos e estender o tarso

19. M. Gastrocnemio:
 Origem: Tuberosidades supracondilares medial e lateral do fêmur
 Inserção: Superfície dorsal proximal da tuberosidade do calcâneo
 Ação: Extensor do Tarso, Flexor da articulação do joelho

20. M. Poplíteo:
 Origem: Côndilo lateral do Fêmur
 Inserção: Terço proximal da superfície caudal da Tíbia
 Ação: Fazer rotação medial da perna e estender o joelho

21. M. Flexor superficial dos dedos:
 Origem: Tuberosidade supracondilar lateral do fêmur
 Inserção: Tuberosidade do calcâneo e bases das falanges médias dos dedos
dedos (II, III, IV e V).
 Ação: Flexionar as duas primeiras articulações dos dedos dos quatro dedos (II,
III, IV e V) principais; flexionar o joelho e estender o tarso