You are on page 1of 49

REDE DE BIBLIOTECAS ESCOLARES

Práticas e Modelos de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares:


metodologias de operacionalização (Conclusão)

A Formanda:

Maria Amélia da Anunciação Bernardo

2009/2010
Nota Introdutória

Apenas algumas linhas para tentar explicar a extensão da tabela que construí.

Pretendi articular cada domínio/subdomínio do Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca


Escolar com os domínios constantes dos documentos da IGE. Desta forma, penso ter elaborado um
referencial que nos ajudará (à equipa de apoio e a mim própria) a reflectir, a reformular o Plano de
Actividades da BE e, claro, a interagir de forma mais orientada com os agentes da comunidade
escolar/educativa.

1
Auto-Avaliação Documentos da Inspecção Geral da Educação
da BE
A. Apoio ao Tópicos para a Apresentação da Escola: Campos de Quadro de Referência para a Avaliação de Escolas e
Desenvolvimento Análise de Desempenho Agrupamentos
Curricular
A.1 Articulação 2. O PROJECTO EDUCATIVO
Curricular da BE com
as Estruturas de 2.1. Prioridades e objectivos
Coordenação e  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
Supervisão
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
Pedagógica e os
Docentes 2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?

Indicadores  Que acções são desencadeadas que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
A.1.1. Cooperação da
BE com as estruturas 3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
de coordenação  O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
educativa e Curricular de Escola/Agrupamento?
supervisão
pedagógica da
escola/agrupamento. 3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA
3.2 Gestão pedagógica
 Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
comunidade educativa?
3.5 Equidade e justiça
 Os responsáveis da escola e das diferentes estruturas pautam-se por princípios de equidade e justiça? Procuram, para cada
caso, as soluções específicas mais adequadas?
 As oportunidades são efectivamente iguais para todos os alunos (…) no acesso a experiências escolares estimulantes, etc.?
3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?
A.1.2 Parceria da BE 2. O PROJECTO EDUCATIVO
com os docentes 2.1. Prioridades e objectivos
responsáveis pelas
áreas curriculares não  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
disciplinares (ACND)  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
da 2.2 Estratégias e planos de acção
escola/agrupamento.
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
A.1.3 Articulação da
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
BE com os docentes
responsáveis pelos 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
serviços de apoio 3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
especializados e
educativos (SAE) da  O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?
escola/agrupamento.

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.2 Gestão pedagógica
 Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
comunidade educativa?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.3 Diferenciação e apoios

3
 Como é maximizada a resposta às necessidades educativas especiais e às dificuldades de aprendizagem?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.5 Equidade e justiça
 Os responsáveis da escola e das diferentes estruturas pautam-se por princípios de equidade e justiça? Procuram, para cada
caso, as soluções específicas mais adequadas?
 As oportunidades são efectivamente iguais para todos os alunos (…) no acesso a experiências escolares estimulantes, etc.?

3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional


 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1. Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina

4
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?
 Como se procura a adopção, pelos alunos, de critérios de profissionalismo, de exigência, da obrigação de prestar contas, a
todos os níveis?

A.1.4 Ligação da BE 2. O PROJECTO EDUCATIVO


ao Plano Tecnológico 2.1. Prioridades e objectivos
da Educação (PTE) e
a outros programas e  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
projectos curriculares  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
de acção, inovação 2.2 Estratégias e planos de acção
pedagógica e
formação existentes  Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
na  Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
escola/agrupamento. 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.2 Gestão pedagógica
 Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
comunidade educativa?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.5 Equidade e justiça

5
 Os responsáveis da escola e das diferentes estruturas pautam-se por princípios de equidade e justiça? Procuram, para cada
caso, as soluções específicas mais adequadas?
 As oportunidades são efectivamente iguais para todos os alunos (…) no acesso a experiências escolares estimulantes, etc.?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Como é promovida a participação (…) de outros elementos da comunidade educativa (…) nas actividades da escola?
A.1.5 Integração da 2. O Projecto Educativo
BE no plano de 2.1. Prioridades e objectivos
ocupação dos tempos
escolares (OTE) da  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
escola/agrupamento.  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?
A.1.6 Colaboração da 2. O Projecto Educativo
BE com os docentes
6
na concretização das 2.1. Prioridades e objectivos
actividades
curriculares  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
desenvolvidas no  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
espaço da BE ou 2.2 Estratégias e planos de acção
tendo por base os seus
recursos.  Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA
3.2 Gestão pedagógica
 Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
comunidade educativa?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.5 Equidade e justiça
 Os responsáveis da escola e das diferentes estruturas pautam-se por princípios de equidade e justiça? Procuram, para cada
caso, as soluções específicas mais adequadas?
 As oportunidades são efectivamente iguais para todos os alunos (…) no acesso a experiências escolares estimulantes, etc.?

3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional


 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

7
5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS
5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?

A.2 Promoção das 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


literacias da 1.1 Contexto físico e social
informação,
tecnológicas e digital  Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos populacionais onde
se insere?
 No caso dos agrupamentos, existem diferenças relevantes para cada um dos estabelecimentos?
Indicadores 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
A.2.1 Organização de  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
actividades de
formação de  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e de ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e
de grupos/turmas?
utilizadores na
escola/agrupamento. 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros

8
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?

2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e encarregados de educação na vida da escola
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e encarregados de educação na vida da escola e
ao acompanhamento dos educandos?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE (…) nas actividades da escola?
5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS
5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?

9
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?

A.2.2 Promoção do 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


ensino em contexto de 1.1 Contexto físico e social
competências de
informação da  Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos populacionais onde
se insere?
escola/agrupamento.
 No caso dos agrupamentos, existem diferenças relevantes para cada um dos estabelecimentos?
1.2 Dimensão e condições físicas da escola
A.2. 3 Promoção do
ensino em contexto de  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
competências  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e de ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e
tecnológicas e digitais de grupos/turmas?
na 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
escola/agrupamento.
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio , a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?

10
2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas
responsabilidades?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.2 Gestão pedagógica
 Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
comunidade educativa?
3.5 Equidade e justiça
 Os responsáveis da escola e das diferentes estruturas pautam-se por princípios de equidade e justiça? Procuram, para cada
caso, as soluções específicas mais adequadas?
 As oportunidades são efectivamente iguais para todos os alunos (…) no acesso a experiências escolares estimulantes, etc.?

A.2.4 Impacto da BE 3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


nas competências 3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
tecnológicas, digitais
e de informação dos  Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
alunos na  Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?

11
escola/agrupamento. 5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
A.2.5 Impacto da BE definição de planos de acção para a melhoria?
no desenvolvimento
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
de valores e atitudes
indispensáveis à  Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
formação da no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?
cidadania e à
aprendizagem ao
6. RESULTADOS
longo da vida.
6.2 Resultados sociais da educação
 Tem a escola um conhecimento sistemático do impacto da sua acção educativa?
 Tem conhecimento do percurso escolar e/ou profissional dos alunos após a saída da escola?
1. RESULTADOS
 Em que áreas se observam progressos nas aprendizagens e nos resultados?
 Que elementos se revelaram os principais determinantes dos casos de sucesso?

B. Leitura e Literacia 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


1.1 Contexto físico e social
Indicadores  Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos
populacionais onde se insere?
B.1 Trabalho da BE
 No caso dos agrupamentos, existem diferenças relevantes para cada um dos estabelecimentos?
ao serviço da
promoção da leitura 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
na  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
escola/agrupamento  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e de ensino ministrados, bem como do número de
crianças/alunos e de grupos/turmas?

12
1.3 Caracterização da população discente
 Como avalia o impacto do nível socioeconómico das famílias dos alunos (escolaridade e áreas profissionais
B.2 Integração da BE predominantes nos encarregados de educação) no seu percurso escolar?
nas estratégias e
programas de leitura 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
ao nível da 3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
escola/agrupamento.
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio , a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?

2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional

13
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos
educandos?
 Como caracteriza os índices de participação dos pais e EE?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE (…) nas actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?

14
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
B.3 Impacto do 3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA
trabalho da BE nas 3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
atitudes e
competências dos  Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
alunos, no âmbito da  Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
leitura e da literacia. 5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?
6. RESULTADOS
6.1 Resultados académicos
 Como avalia a escola os resultados académicos?
 A escola procede a uma avaliação sistemática dos resultados escolares numa perspectiva temporal – evolução nos últimos
3 a 4 anos? Que indicadores de referência a escola elabora e trabalha?
 Como é feita a análise do sucesso dos alunos nos diferentes níveis de educação e ensino? Como se tem em conta a
qualidade desse sucesso?
6.2 Resultados sociais da educação
 Tem a escola um conhecimento sistemático do impacto da sua acção educativa?

15
 Tem conhecimento do percurso escolar e/ou profissional dos alunos após a saída da escola?
1. RESULTADOS
 Como têm evoluído os resultados escolares nos últimos anos?
 Em que áreas se observam progressos nas aprendizagens e nos resultados?
 Que elementos se revelaram os principais determinantes dos casos de sucesso?
 Como se comparam os resultados da escola com os de outras escolas? Como se comparam os resultados da avaliação
interna com os da avaliação externa?
1.4 Valorização e impacto das aprendizagens
 Que importância se atribui ao impacto das aprendizagens escolares:
 Nos alunos e nas suas expectativas?
 Nas famílias e nas suas expectativas e necessidades?
 Na comunidade local?
 Nos professores e na sua satisfação?
C. Projectos, parcerias 2. O Projecto Educativo
e actividades livres e 2.1. Prioridades e objectivos
de abertura à
comunidade  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
C.1 Apoio a
actividades livres, 2.2 Estratégias e planos de acção
extra-curriculares e de  Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
enriquecimento
curricular  Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
Indicadores
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
C.1.1 Apoio à Curricular de Escola/Agrupamento?
aquisição e
desenvolvimento de

16
métodos de trabalho e 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA
de estudo autónomos
3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
4. LIDERANÇA
4.4 Parcerias, protocolos e projectos
 Existem parcerias activas e outras formas de associação em áreas que favorecem ou mobilizam os alunos?
 Procuram-se ligações e articulações com outras escolas?

6. RESULTADOS

17
6.1 Resultados académicos
 Como avalia a escola os resultados académicos?
 A escola procede a uma avaliação sistemática dos resultados escolares numa perspectiva temporal – evolução nos últimos
3 a 4 anos? Que indicadores de referência a escola elabora e trabalha?
 Como é feita a análise do sucesso dos alunos nos diferentes níveis de educação e ensino? Como se tem em conta a
qualidade desse sucesso?
6.2 Resultados sociais da educação
 Tem a escola um conhecimento sistemático do impacto da sua acção educativa?
 Tem conhecimento do percurso escolar e/ou profissional dos alunos após a saída da escola?
1. RESULTADOS
1.1Sucesso académico
 Como têm evoluído os resultados escolares nos últimos anos?
 Em que áreas se observam progressos nas aprendizagens e nos resultados?
 Que elementos se revelaram os principais determinantes dos casos de sucesso?
 Como se comparam os resultados da escola com os de outras escolas? Como se comparam os resultados da avaliação
interna com os da avaliação externa?
1.4 Valorização e impacto das aprendizagens
 Que importância se atribui ao impacto das aprendizagens escolares:
 Nos alunos e nas suas expectativas?
 Nas famílias e nas suas expectativas e necessidades?
 Na comunidade local?
 Nos professores e na sua satisfação?
C.1.2 Dinamização de 2. O Projecto Educativo
actividades livres, de 2.1. Prioridades e objectivos
carácter lúdico e
cultural na  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
escola/agrupamento.  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?

18
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos
educandos?
 Como caracteriza os índices de participação dos pais e EE?
4.2 Articulação e participação das autarquias

19
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE e de outros elementos da comunidade educativa (…) nas
actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?

20
C.1.3 Apoio à 2. O Projecto Educativo
utilização autónoma e 2.1. Prioridades e objectivos
voluntária da BE
como espaço de lazer  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
e livre fruição dos  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
recursos. 2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
C.1. 4
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
Disponibilização de
espaços, tempos e  Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
recursos para a 5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
iniciativa e
5.1 Auto-avaliação
intervenção livre dos
alunos.  A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE (C.1.4, apenas)


4.2 Articulação e participação das autarquias

21
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Como é promovida a participação (…) de outros elementos da comunidade educativa (…) nas actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
5.2 Motivação e empenho
 De que meios de informação e comunicação dispõe a escola para a integração e o envolvimento da comunidade escolar?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?

22
C.1.5 Apoio às 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA
actividades de 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
enriquecimento
curricular (AEC),  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
conciliando-as com a  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e de ensino ministrados, bem como do número de
utilização livre da BE crianças/alunos e de grupos/turmas?
(Só para o 1.º CEB) 2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.2 Gestão pedagógica
 Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
comunidade educativa?
23
3.5 Equidade e justiça
 Os responsáveis da escola e das diferentes estruturas pautam-se por princípios de equidade e justiça? Procuram, para cada
caso, as soluções específicas mais adequadas?
 As oportunidades são efectivamente iguais para todos os alunos (…) no acesso a experiências escolares estimulantes, etc.?

3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional


 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Como é promovida a participação (…) de outros elementos da comunidade educativa (…) nas actividades da escola?

24
5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS
5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?

C.2 Projectos e 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


parcerias 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
 Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
Indicadores  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e de ensino ministrados, bem como do número de
C.2.1 Envolvimento crianças/alunos e de grupos/turmas?
da BE em projectos 2. O PROJECTO EDUCATIVO
da respectiva
2.1. Prioridades e objectivos
escola/agrupamento
ou desenvolvidos em  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
parceria, a nível local  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
ou mais amplo.
2.2 Estratégias e planos de acção

25
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?
3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA
3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos

26
educandos?
 Como caracteriza os índices de participação dos pais e EE?
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE e de outros elementos da comunidade educativa (…) nas
actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?
 Como se procura a adopção, pelos alunos, de critérios de profissionalismo, de exigência, da obrigação de prestar contas, a
todos os níveis?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?

27
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?

C.2.2 2. O PROJECTO EDUCATIVO


Desenvolvimento de 2.1. Prioridades e objectivos
trabalho e serviços
colaborativos com  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
outras escolas,  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
agrupamentos e BE. 2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?

28
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
5.2 Motivação e empenho
 De que meios de informação e comunicação dispõe a escola para a integração e o envolvimento da comunidade escolar?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?

C.2.3 Participação 2. O PROJECTO EDUCATIVO


com outras 2.1. Prioridades e objectivos
escolas/agrupamentos
e, eventualmente, com  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
outras entidades  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
(RBE, DRE, CFAE) 2.2 Estratégias e planos de acção
em reuniões da
BM/SABE ou outro  Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?

29
grupo de trabalho a  Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
nível concelhio ou
interconcelhio.  Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?

30
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Como é promovida a participação (…) de outros elementos da comunidade educativa (…) nas actividades da escola?

C.2.4 Estímulo à 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


participação e 1.1 Contexto físico e social
mobilização dos
pais/EE no domínio  Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos
populacionais onde se insere?
da promoção da
leitura e do  No caso dos agrupamentos, existem diferenças relevantes para cada um dos estabelecimentos?
desenvolvimento de 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
competências das
crianças e jovens que  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
frequentam a 2. O PROJECTO EDUCATIVO
escola/agrupamento.
2.1. Prioridades e objectivos
*Só para o Ensino  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
Básico
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade

31
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE e de outros elementos da comunidade educativa (…) nas
actividades da escola?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos
educandos?
 Como caracteriza os índices de participação dos pais e EE?
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
Ver 3.4. (página anterior).

C.2.5 Abertura da BE 2. O PROJECTO EDUCATIVO


à comunidade local 2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades da BE?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e

32
Curricular de Escola/Agrupamento?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE e de outros elementos da comunidade educativa (…) nas
actividades da escola?
D. Gestão da BE 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA
D1. Articulação da BE 1.1 Contexto físico e social
com a  Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos
escola/agrupamento. populacionais onde se insere?
Acesso e serviços
 No caso dos agrupamentos, existem diferenças relevantes para cada um dos estabelecimentos?
prestados pela BE
1.2 Dimensão e condições físicas da escola
 Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
Indicadores
 Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e de
D.1.1 grupos/turmas?
Integração/acção da
BE na 2. O PROJECTO EDUCATIVO
escola/agrupamento 2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção

33
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola

34
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos
educandos?
 Como caracteriza os índices de participação dos pais e EE?
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE e de outros elementos da comunidade educativa (…) nas
actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?
 Como se procura a adopção, pelos alunos, de critérios de profissionalismo, de exigência, da obrigação de prestar contas, a
todos os níveis?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico

35
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?

D.1.2 Valorização da 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


BE pelos órgãos de 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
direcção,
administração e  As instalações da escola apresentam um nível de qualidade e segurança adequado?
gestão da 1.4 Pessoal docente
escola/agrupamento.  Como caracteriza o pessoal docente, tendo em atenção o seu vínculo à escola e a experiência profissional?
 Atendendo a estes factores, que critérios segue a escola para a distribuição do serviço docente?
1.5 Pessoal não docente
 O número de funcionários não docentes e a sua distribuição por nível de ensino são adequados? E o seu vínculo?
1.6 Recursos financeiros
 Como e quem, na escola, define as opções orçamentais?
2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?

36
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 As instalações, espaços e equipamentos da escola são adequados?
 Há, a todos os níveis, preocupação com a manutenção, a segurança e a salubridade?
 Os recursos, espaços e equipamentos, nomeadamente (…) biblioteca e outros recursos de informação estão acessíveis e
bem organizados?
.2 Gestão dos recursos humanos
 A direcção da escola conhece as competências pessoais e profissionais dos professores e do pessoal não docente e tem-nas
em conta na sua gestão?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

D.1.3 Resposta da BE 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


às necessidades da 1.1 Contexto físico e social
escola/agrupamento.
 Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos
populacionais onde se insere?
1.2 Dimensão e condições físicas da escola
 Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
 Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e de ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e
de grupos/turmas?
2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção

37
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
 Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas as
responsabilidades?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio , a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos
educandos?
 Como caracteriza os índices de participação dos pais e EE?
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE (…) nas actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
5.2 Motivação e empenho

38
 Que formas de recepção e acolhimento dos alunos tem a escola instituída?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?
 Como se procura a adopção, pelos alunos, de critérios de profissionalismo, de exigência, da obrigação de prestar contas, a
todos os níveis?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?

D.1.4 Avaliação da 3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


BE na 3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
escola/agrupamento
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

39
D.2 Gestão da BE 2. O PROJECTO EDUCATIVO
D. 2 Condições 2.1. Prioridades e objectivos
humanas e materiais  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
para a prestação de
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
serviços
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
Indicadores
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
D.2.1 Liderança do
professor 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
bibliotecário na 3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
escola/agrupamento.  O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE
4.1 Articulação e participação dos pais e EE na vida da escola

40
 Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e EE na vida da escola e ao acompanhamento aos
educandos?
4.2 Articulação e participação das autarquias
 Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
 Quais as áreas principais de cooperação?
4.3 Articulação e participação das instituições locais – empresas, instituições sociais e culturais
 Qual o nível de participação das instituições locais na vida da escola?
 Que áreas de cooperação são mais frequentes?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.4 Participação dos pais e outros elementos da comunidade educativa
 Os pais /EE conhecem como se trabalha na escola e são apoiados para saber motivar e trabalhar com os alunos em casa?
 Como é promovida a participação das famílias, dos EE e de outros elementos da comunidade educativa (…) nas
actividades da escola?

5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS


5.1 Disciplina e comportamento cívico
 Que importância é atribuída à educação para a cidadania no projecto educativo?
2. PRESTAÇÃO DO SERVIÇO EDUCATIVO
2.4 Abrangência do currículo e valorização dos saberes e da aprendizagem
 Como é que a oferta educativa tem em conta as componentes activas (…) bem como as dimensões culturais e sociais?
 Como se estimula, nos alunos, a valorização do conhecimento e se incute a importância da aprendizagem contínua?
 Como se procura a adopção, pelos alunos, de critérios de profissionalismo, de exigência, da obrigação de prestar contas, a
todos os níveis?
1. RESULTADOS
1.2 Participação e desenvolvimento cívico
 Como se cultiva nos alunos e em todos os que trabalham na escola o respeito pelos outros, o espírito de solidariedade, a

41
responsabilidade pelo bem-estar dos outros e a convivência democrática?
1.3 Comportamento e disciplina
 Como se fomenta a disciplina, a assiduidade e a pontualidade como componentes de educação?

D.2.2 Adequação dos 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


recursos humanos às 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
necessidades de
funcionamento da BE  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
na  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e de
escola/agrupamento. grupos/turmas?
1.4 Pessoal docente
 Como caracteriza o pessoal docente, tendo em atenção o seu vínculo à escola e a experiência profissional?
 Atendendo a estes factores, que critérios segue a escola para a distribuição do serviço docente?
1.5 Pessoal não docente
 O número de funcionários não docentes e a sua distribuição por nível de ensino são adequados? E o seu vínculo?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?
3.2 Gestão dos recursos humanos
 A direcção da escola conhece as competências pessoais e profissionais dos professores e do pessoal não docente e tem-nas
em conta na sua gestão?
 Como é valorizada a dimensão educativa nos conteúdos funcionais dos auxiliares de acção educativa?

2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos

42
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Qual é a estratégia da escola para a formação contínua de docentes e não docentes em função do projecto educativo?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

D.2.3 Adequação da 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


BE em termos de 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
espaço às
necessidades da  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e de
escola/agrupamento. grupos/turmas?
 As instalações da escola apresentam um nível de qualidade e segurança adequado?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 As instalações, espaços e equipamentos da escola são adequados?
 Há, a todos os níveis, preocupação com a manutenção, a segurança e a salubridade?
 Os recursos, espaços e equipamentos, nomeadamente (…) biblioteca e outros recursos de informação estão acessíveis e
bem organizados?

2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
43
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo’
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

D.2.4 Adequação dos 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


computadores e 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
equipamentos
tecnológicos ao  Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
trabalho da BE e dos  Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e de
utilizadores na grupos/turmas?
escola/agrupamento. 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?

2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

44
D. GESTÃO DA BE 3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA
D. 3 Gestão da 3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
colecção/da  Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
informação
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
Indicadores 5.1 Auto-avaliação
D.3.1  A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
Planeamento/gestão definição de planos de acção para a melhoria?
da colecção de acordo
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
com a inventariação
das necessidades  Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
curriculares e dos no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?
utilizadores da
escola/agrupamento.
2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
D.3.2 Adequação dos  Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
livros e de outros
recursos de  Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
informação (no local 2.2 Estratégias e planos de acção
e online) às  Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
necessidades
curriculares e aos  Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
interesses dos 3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
utilizadores na
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
escola/agrupamento.
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

D.3.3 Uso da 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


colecção pelos 1.1 Contexto físico e social

45
utilizadores da  Qual é o impacto, no funcionamento da escola, das características sociológicas dos diferentes núcleos
escola/agrupamento. populacionais onde se insere?
 No caso dos agrupamentos, existem diferenças relevantes para cada um dos estabelecimentos?
1.2 Dimensão e condições físicas da escola
 Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
 Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e de
grupos/turmas?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?

2. O PROJECTO EDUCATIVO
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?

3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade


 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?
D.3. 4 Organização da 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA
informação. 1.4 Pessoal docente
Informatização da
46
colecção.  Como caracteriza o pessoal docente, tendo em atenção o seu vínculo à escola e a experiência profissional?
 Atendendo a estes factores, que critérios segue a escola para a distribuição do serviço docente?
1.5 Pessoal não docente
 O número de funcionários não docentes e a sua distribuição por nível de ensino são adequados? E o seu vínculo?
1.6 Recursos financeiros
 Como e quem, na escola, define as opções orçamentais?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 Os recursos, espaços e equipamentos, nomeadamente (…) biblioteca e outros recursos de informação estão acessíveis e
bem organizados?
.2 Gestão dos recursos humanos
 A direcção da escola conhece as competências pessoais e profissionais dos professores e do pessoal não docente e tem-nas
em conta na sua gestão?

D.3.5 Difusão da 1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA


informação. 1.2 Dimensão e condições físicas da escola
 Como avalia a escola ou agrupamento a dispersão/concentração dos seus espaços escolares?
 Qual o impacto da diversidade de níveis de educação e ensino ministrados, bem como do número de crianças/alunos e de
grupos/turmas?
3. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
3.3 Gestão dos recursos materiais e financeiros
 No caso dos agrupamentos, como se garante o acesso das diferentes unidades que integram o agrupamento a professores,
especialistas ou técnicos de apoio, a instalações, tecnologias de informação e comunicação, projectos nacionais e
internacionais, entre outros?

O PROJECTO EDUCATIVO

47
2.1. Prioridades e objectivos
 Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
 Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
2.2 Estratégias e planos de acção
 Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento educativo?
 Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo?
3.1 Concepção, planeamento e desenvolvimento da actividade
 O planeamento da actividade tem como principal objectivo as grandes linhas orientadoras dos Projectos Educativo e
Curricular de Escola/Agrupamento?

3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional
 Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e resultados?
 Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional?
5. CAPACIDADE DE AUTO-REGULAÇÃO E MELHORIA DA ESCOLA
5.1 Auto-avaliação
 A Auto-avaliação é participada, envolvendo activamente a comunidade educativa, desde a fase de concepção até à
definição de planos de acção para a melhoria?
 A informação é sistemática, tratada e divulgada?
 Os mecanismos de auto-avaliação são um instrumento de melhoria da organização, ou seja, a auto-avaliação tem impacto
no planeamento e na gestão das actividades, na organização da escola e nas práticas profissionais?

48