You are on page 1of 4

5 sessão - análise MABE

Domino D.3 – análise


_______________________________________

 ACTIVIDADE: O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (parte II)

Tarefa 1) tabela: análise do Domínio D.3-Gestão da Colecção/Informação

Indicadores Factores Críticos de Sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências Evidências extraídas dos Instrumentos, a
integrar no Relatório de Autoavaliação

• política documental definida para a • manual de procedimentos • A BE elaborou documento de


escola/agrupamento. concelhio Política de Gestão Documental a
apresentar ao CP
• actuação da política documental: • documentação que define a
- materialização num processo integrado e Política de Gestão da Colecção: • A BE disponibilizou o catálogo
contínuo de avaliação da colecção da(s) BE do - Actas Conselho Pedagógico concelhio em linha
D.3.1. agrupamento - Actas das reuniões da Equipa da
- na inventariação de necessidades BE • A BE analisou os documentos
Planeamento - na actualização sistemática da colecção - Plano de Acção da BE de gestão interna da Escola/BE com
da colecção - Plano de Actividades da BE o intuito de aferir a urgência de
de acordo • concretização da política de - Regimento da BE actualização da colecção
com a desenvolvimento da colecção - Checklist (CK2)
inventariação - auscultação dos órgãos decisores, dos docentes, • A BE recolheu sugestões para
das dos alunos e dos assistentes operacionais • documentos criados pela BE avaliar a colecção tendo em vista o
necessidades - em conformidade com os PEA, PEE e PCT desenvolvimento do acervo
curriculares - definição dum conjunto de normas para a - estatísticas de empréstimos
e dos selecção, desbaste, aquisição, organização e (alunos/docentes/CDU)) • A BE preparou listagens das
utilizadores circulação dos recursos de informação - registos de sugestões para obras do PNL para facilitar o
- atribuição de verbas para actualização do fundo aquisição de obras trabalho colaborativo entre docentes
documental (departamentos/alunos)
- divulgação de novas aquisições - sugestões de aquisições aos
docentes e listagem dos livros
adquiridos pelo PNL

___________________________________________________________ 1
Olinda Moreira
Formação: Práticas e Modelos de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
07.12.09
5 sessão - análise MABE
Domino D.3 – análise
_______________________________________

Indicadores Factores Críticos de Sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências Evidências


extraídas dos Instrumentos, a
integrar no Relatório de
Autoavaliação

• A BE realizou % de
D.3.2 • equilíbrio e adequação da colecção • resultados da avaliação empréstimos
- % de suporte impresso e não impresso da colecção
Adequação - % das áreas temáticas (curriculares e - estatísticas de empréstimos • A BE apresentou os
dos livros não curriculares - registos de requisições pelos resultados dos questionários do
e de - do material livro e não livro por nível de departamentos/docentes professores (QP3) e de alunos
outros recursos ensino - questionários a docentes (QD3). (QA4)
de informação - dos interesses e necessidades dos - questionários a alunos (QA4).
(no local e online) utilizadores • A BE identificou os pontos
às necessidades - das exigências do currículo nacional, do • caixa de sugestões/ fracos da colecção.
curriculares PEA e PCT Reclamações
e aos
interesses • selecção do fundo documental
dos -de acordo c/ necessidades dos
utilizadores departamentos curriculares e dos
na utilizadores
escola/agrupamento. - de acordo c/ critérios definidos no
documento Política de Desenvolvimento
da Colecção.

• actualização do fundo documental


- anualmente, em termos de qualidade,
diversidade e necessidades dos
utilizadores

___________________________________________________________ 2
Olinda Moreira
Formação: Práticas e Modelos de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
07.12.09
5 sessão - análise MABE
Domino D.3 – análise
_______________________________________

Indicadores Factores Críticos de Sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências Evidências extraídas dos Instrumentos, a
integrar no Relatório de Autoavaliação

• recursos online • A BE disponibilizou na Rede


- rede concelhia BE • disponibilização Concelhia o acesso ao catálogo em
- moodle AE - ambientes, recursos e linha.
- blogue das BE ferramentas WEB
D3.3
- página WEB do AE/BE • A BE reuniu com os docentes
• aplicação de checklist com intuito de os envolver na
Alargamento
• parcerias (CK2) pesquisa e selecção da sua área
da
- com outras BE com objectivo de partilha disciplinar.
colecção
de recursos
aos
• A BE apresentou a % de
recursos digitais
• política de desenvolvimento da utilização do catálogo online
online
colecção
- selecção, organização e acesso aos
recursos digitais

Indicadores Factores Críticos de Sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências Evidências extraídas dos Instrumentos, a
integrar no Relatório de Autoavaliação

• informação organizada
- linguagens normalizadas: catalogação, • registos/relatórios do • A BE afecta a equipa com
D3.4
classificação e indexação programa de gestão bibliográfica competências
- implementação dum sistema de - ao nível de tratamento e de
Uso da colecção
gestão bibliográfico automatizado organização da informação. • A BE solicita apoio técnico ao
pelos
- utilizadores recuperam a - existência de catálogos SABE
utilizadores
informação manualmente ou através informatizados online .
da consulta automatizada do
catálogo. • análise da colecção (CK2)
- catálogo pesquisável online associado a
recursos digitais

___________________________________________________________ 3
Olinda Moreira
Formação: Práticas e Modelos de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
07.12.09
5 sessão - análise MABE
Domino D.3 – análise
_______________________________________

Indicadores Factores Críticos de Sucesso Instrumentos de Recolha de Evidências Evidências extraídas dos Instrumentos, a
integrar no Relatório de Autoavaliação

• organização e difusão de recursos • documentos/ instrumentos • A BE definiu estratégias de


de informação produzidos em diferentes promoção e de difusão da informação
-documentos impressos, recursos formatos.
digitais e online • A BE criou as condições
- adequados a temáticas curriculares • análise da colecção (CK 2) tecnológicas e de materiais
e/ou associadas projectos necessárias.

• elaboração de guias e tutoriais • A BE beneficiou das


D.3.5
potencialidades da WEB
Difusão
• produção de instrumentos de • A BE conseguiu o apoio dos
Da
promoção da colecção e de órgãos decisores na difusão da
informação
divulgação de recursos de informação
informação:
- boletim informativo,
newsletter, folhetos, guiões de
leitura, biografias ou listas
bibliográficas de autores …

• estratégias formativas e de
interacção

• utilização da web.2 na difusão da


informação

___________________________________________________________ 4
Olinda Moreira
Formação: Práticas e Modelos de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
07.12.09

Related Interests