You are on page 1of 47

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL

DANIELA TAKAMURA KIKKO
JULIANA ROMA CASTRO
TAMI HAGASHIAMA




CEFALEIA SEGUNDO A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA










SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
2012





CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL



DANIELA TAKAMURA KIKKO
JULIANA ROMA CASTRO
TAMI HAGASHIAMA




CEFALEIA SEGUNDO A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA
Monografia apresentada à
Faculdade de Educação, Ciência e
Tecnologia – UNISAUDE/CENTRO
DE ESTUDOS FIRVAL - como
requisito a conclusão do Curso de
Formação de Especialista em
Acupuntura .
Orientada pelo(a) Prof(a) Romana
de Souza Franco.


SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
2012





FOLHA DE APROVAÇÃO

Monografia:
Cefaléia Segundo a Medicina Tradicional Chinesa
Elaborada por:
Daniela Takamura Kikko, Juliana Roma Castro, Tami Hagashiama
Orientada por:
Professora Romana de Souza Franco

( ) Aprovada ( ) Reprovada

Pelos membros da Banca Examinadora da Faculdade de Educação,
Ciência eTecnologia - Unisaúde, com conceito Centro de Estudos Firval como
requisito a conclusão do Curso de Formação de Especialista em Acupuntura.
São José dos Campos, de Janeiro de 2012.

Nome:...........................................................................................................
Titulação:......................................................................................................
Assinatura:....................................................................................................

Nome:...........................................................................................................
Titulação:......................................................................................................
Assinatura:....................................................................................................





RESUMO


A acupuntura como método terapêutico decorrente de uma filosofia
médica integrativa e que visa manter e promover o equilíbrio vital, indicada na
maioria dos casos, sendo de importância nas cefaléias e suas alterações
emocionais. Com o objetivo de levantamento de informações sobre cefaléia segundo
a Medicina Tradicional Chinesa, suas considerações gerais sobre os tipos de
cefaléia e a indicação de tratamento são descritas. Os estudos recentes ampliam a
aplicação da acupuntura para cefaléia, demonstram a utilização da acupuntura para
tratamento da cefaléia, concluindo o efeito positivo da acupuntura.


Palavras-Chave: Acupuntura, Cefaléia, Emoções.





ABSTRACT


Acupuncture a therapeutic method due to an integrative medical
philosophy and aims to maintain and promote the vital balance indicated in most
cases, the importance of headaches and their emotional changes. The aim of this
study was a survey of information on headache according to traditional chinese
medicine, general considerations about the types of headache and the indication of
treatment describes. Recent studies extend the application of acupuncture of
headache, demonstrate the use of acupuncture to treat headache, completing the
positive effect of acupuncture.


Word-Key: Acupuncture, Headache, Emotions.





SUMÁRIO

1 - Introdução....................................................................................................... 07

2 - Desenvolvimento - A cefaléia ocidental e oriental......................................... 10
2.1 Fisiopatogenia...................................................................................... 12
2.2 Etiopatogenia....................................................................................... 12
2.3 Cefaléia e Emoções............................................................................. 15
2.4 Diagnóstico.......................................................................................... 18
2.5 Acupuntura para cefaléia..................................................................... 21

3 - Objetivo.......................................................................................................... 31

4 - Discussão....................................................................................................... 32

5 - Conclusão....................................................................................................... 35

Referências Bibliográficas................................................................................... 36

Anexo A - Tabela de pontos indicados............................................................... 39

7

1. Introdução

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) está na observação dos
fenômenos da natureza e no estudo e compreensão dos princípios que regem a
harmonia nela existente, nessa visão global de integração natureza e Ser humano,
todas as ciências são coerentes e concordantes entre si. Na concepção filosófica a
respeito do universo estão apoiados em três teorias básicas que são: Teoria do Yin e
Yang que é uma condição primordial e essencial para a origem de todos os
fenômenos naturais, como o princípio das energias e matéria, Teoria dos cinco
movimentos processo evolutivo da Natureza, Universo, Saúde, Doença e Zang Fu
no qual aborda a fisiologia energética dos Órgãos e Vísceras, e das Vísceras
Curiosas do ser humano, que constituem o alicerce para a compreensão da
fisiologia, propedêutica energética e fisiopatologia das doenças e seu tratamento.
(Yamamura, 2004)
A acupuntura e técnicas relacionadas têm sido cada vez mais oferecidas
em configurações convencionais de medicina nas sociedades ocidentais. No
Hospital Israelita Albert Einstein, Brasil; a acupuntura médica tem sido oferecida para
ambos os pacientes internados e ambulatoriais desde outubro de 2005. A
acupuntura tem se tornado uma modalidade terapêutica integrada tanto para
pacientes ambulatoriais no cenário da clínica e para os pacientes internados nas
enfermarias. Foi observado que a acupuntura realizada em um hospital difere em
características específicas, quando comparado com a acupuntura realizada em
ambiente ambulatorial. As principais diferenças encontradas entre pacientes
internados e ambulatoriais de tratamento estão resumidas em atitudes e medidas
8

preventivas a serem tomadas, durante a aplicação da acupuntura. Planos futuros
para o serviço incluem os setores de emergência e centro cirúrgico. A descrição
desta experiência poderia incentivar outros hospitais para desenvolver o serviço de
acupuntura. (SAAD, et al 2009)
Segundo Wen (2008) a técnica de acupuntura tem se tornado um método
importante no tratamento de cefaléia primária, ou seja, sem causa conhecida,
podendo ser aplicada com possibilidades de êxito em dor de cabeça vasomotora, em
dor de cabeça de tensão, em dor de cabeça pós traumática crônica, como na
cervical, decorrentes de tumores cerebrais, meningite, hematomas epidurais e
arterite temporal.
A acupuntura pode ser uma ferramenta valiosa não farmacológica em
pacientes com frequente, episódica ou crônica, dor de cabeça tensional, deve ser
considerada uma opção para os pacientes dispostos a esse tratamento. (LINDE et
al, 2009)
Com inúmeros critérios para intervenção da acupuntura na cefaléia e sua
eficiência Wink e Cartana (2007) evidenciando o efeito da crânio-acupuntura em
conjunto com as outras duas técnicas desenvolvidas na proposta. Observando
melhoras significativas quanto à qualidade do sono, função intestinal, tensão pré-
menstrual, cólicas menstruais, níveis de ansiedade e medo.
Walling e col (1994) comprovaram que o emocional modula a reatividade
a dor concluindo que o medo inibe a resposta à dor e a ansiedade sensibiliza a dor.
Jena e col (2008) relatam melhora na intensidade da dor e da qualidade
de vida foram mais pronunciados no tratamento com acupuntura e o sucesso do
9

tratamento foi mantido durante seis meses.
Araújo e Almeida (2009) demonstram que o uso da acupuntura obtém
menos crises que o uso de analgésicos e a técnica de terapia manual com a
acupuntura foram observados que ambas poderiam ser usadas como tratamento
único para crises de cefaléia e ter uma boa eficiência.
10

2. Desenvolvimento - A cefaléia ocidental e oriental


Os mecanismos envolvidos na produção de Cefaléia Ocidental são
basicamente, deslocamento, tração, distensão, irritação ou inflamação das
estruturas sensíveis a dor e vasodilatação, no qual são utilizados como tratamento
analgésicos, vasoconstritores, drogas anti-inflamatórias não-hormonais, antieméticos
usados quando ocorrer vômitos, ansiolíticos e tranquilizante (NITRINI;
BASCHESCHI, 2006). Podem também estar associados com cafeína e paracetamol
que aumentaria a eficácia desse analgésico de ação central com absorção do
paracetamol e outras substâncias no aparelho gastrintestinal. (RODRIGUES, 2001)
Fisioterapia e acupuntura podem ser opções valiosas para pacientes com
cefaléia tensional frequentes, mas não há evidência científica sólida para a eficácia.
Analgésicos simples e não-esteróides anti-inflamatórios são recomendados para o
tratamento da cefaléia do tipo tensional episódica. Analgésicos combinados que
contêm cafeína são drogas de segunda escolha. Triptanos, relaxantes musculares e
os opiáceos não devem ser usados. É crucial para evitar o uso frequente e
excessiva de analgésicos para evitar o desenvolvimento de medicamentos por uso
excessivo de dor de cabeça. Os antidepressivos tricíclicos como amitriptilina é droga
de primeira escolha para o tratamento profilático da cefaléia tensional crônica.
Mirtazapina e venlafaxina são drogas de segunda escolha. A eficácia das drogas
profiláticas é muitas vezes limitado e o tratamento pode ser prejudicado por efeitos
colaterais. (BENDTSEN et al 2010)
11

Os mecanismos envolvidos no desenvolvimento da cefaléia na Medicina
Tradicional Chinesa (MTC) têm dois quadros de diagnóstico: por meridiano, com
base na localização e trajeto da dor; ou por síndrome, a qual dependente de fatores
externos ou internos e características da dor. As síndromes podem ser devido ao
excesso ou déficit e geral, as síndromes por excesso correspondem, na maioria dos
casos à enxaqueca e as síndromes por déficit à cefaléia do tipo tensional. A
acupuntura é uma intervenção complexa, que também é caracterizado por uma
estreita interação entre paciente e terapeuta. O complicado sistema da MTC na
classificação de dores de cabeça frequentemente tem gerado grande diversidade
entre as várias abordagens terapêuticas utilizadas nos diferentes estudos sobre a
acupuntura no tratamento da cefaléia. (SCHIAPPARELLI 2011)
A atuação da acupuntura como um meio de conferir maior analgesia no
encéfalo, com alguns dos pontos de acupuntura sistêmicos e auriculares têm o efeito
de proporcionar a formação de endorfinas, enquanto outros pontos têm o efeito de
inibir o processo inicial da dor periférica ou visceral. Os estímulos da dor são lesivos
para o encéfalo, que pode sofrer desde uma alteração de comportamento a um
estado de choque. O sistema nervoso central possui mecanismo de controle de dor
que se situa na região periventricular do diencéfalo, na substância cinzenta
periaquedutal, nos núcleos da rafe mediana, no feixe medial do prosencéfalo, no
hipotálamo, na hipófise, na substância gelatinosa no corno posterior da medula
espinhal e nos núcleos intralaminares do tálamo. Essas áreas de controle da dor no
encéfalo e na medula são excitadas frente a estímulo doloroso por meio de
substâncias opiáceas, como as encefalinas e as endorfinas. (YAMAMURA, 2004)

12

2.1 Fisiopatogenia

Baldry e Tompson (2007) relatam três fatores: vascular; miofacial e
emocional (supra-espinhal). Vascular: ocorre uma vasoconstrição cerebral seguida
por dilatação dos vasos sanguíneos intra e extracranianos. Os impulsos nocivos
transmitem informação ao subnúcleo caudal ou corno dorsal medular, no complexo
sensorial do tronco cerebral. Depois da interação dos três impulsos neste local, o
vascular, miofacial e emocional, a atividade que desencadeia a cefaléia é transmitida
ao longo do trato quinto-talâmico para o tálamo, por impulsos segue até a ponte
antes de ser transmitido para o córtex cerebral. Miofacial: pontos doloridos nos
músculos da cabeça e pescoço, caracteriza a cefaléia tensional no qual (LOH et al.
1984) constataram que a acupuntura foi um método profilático válido quando os
pontos de dor estavam presentes, por uma estimulação da agulha nas terminações
nervosas, mas não quando estavam ausentes. O agulhamento pode encurtar a
duração e prevenir a recorrência da enxaqueca. Emocional: Cerca de 70% das
pessoas que sofrem de enxaqueca consideram os transtornos emocionais
importantes no desenvolvimento da dor. (HENRY-GUTT e REES 1973)

2.2 Etiopatogenia

A etiologia apresenta padrões como: Exterior por vento-frio, vento-calor e
vento-umidade. Interior por Excesso: Yang do fígado, fogo do fígado, vento do
fígado, estagnação de Qi do fígado, estagnação de frio no meridiano do fígado,
13

umidade, mucosidade turva, retenção de alimentos, estase de sangue, calor do
estômago.Interior por Deficiência: de Qi, sangue ou rim.
Fatores externos como clima ou alterações de tempo também ocasionam
a cefaléia que segundo Maresh apud Bischko (1984) que se baseou nas
observações de vários parâmetros relatou que os pacientes não reagem as
alterações barométricas e sim ao deslocamento de correntes quentes ou frias, uma
por cima da outra com diferentes graus de umidade.
Os fatores externos como vento-frio e vento-calor que afetam a parte de
cima do corpo e umidade que invade a parte baixa do corpo, nas invasões agudas
afetam o triplo aquecedor médio podendo elevar-se impedindo que Yang límpido
alcance a cabeça para clarear os orifícios. Ainda de acordo com Yamamura (1995) a
etiopatogenia está ligado a vários fatores, a presença de vento calor, o estado de
Yang excessivo do fígado, o acometimento pela mucosidade e umidade, o estado de
deficiência de Qi, principalmente dos rins. Na concepção da MTC são classificadas
segundo a origem e os canais de energia principais afetados.
Segundo Maciocia (1996), qualquer distúrbio energético capaz de gerar
uma doença poderá contribuir na etiologia da cefaléia, como a constituição, que é
herdado dos pais iniciando entre 7 a 10 anos, se a essência e o Qi dos pais forem
fracos a criança também será podendo afetar os órgãos e vísceras e a emoção,
ocasionando a ascensão do Yang do fígado, portanto a raiva, a preocupação que
ocorre nódulo no Qi do pulmão e coração, e medo que é uma deficiência do rim.
Trabalhar muitas horas sem o adequado descanso enfraquece o Qi do
baço/pâncreas e em última análise, o Yin do rim, que provocará dores em toda a
cabeça, ou permitirá que o Yang do fígado ascenda e cause cefaléia do tipo
14

enxaqueca sobre o meridiano da vesícula biliar.
A cefaléia após atividade sexual intensa é comum nos homens, sob a
perda temporária de essência do rim, é rapidamente restabelecida não causando
assim a doença. Porém quando não há tempo para restabelecer a essência, resulta
em deficiência do rim Yin ou Yang, dependendo da constituição, e nas mulheres, a
deficiência do rim pode ocorrer com muitos partos em curto espaço de tempo, sendo
indicado moderar a atividade sexual, a quantidade é relativa depende de cada
pessoa, da constituição e da força da essência.
A dieta tem profunda influência na etiologia das cefaléias. Podendo afetar
diferentes órgãos e localização da dor, a falta de alimentação pode causar
deficiência de Qi e sangue e a localização da dor geralmente é no topo da cabeça, o
excesso de alimentação obstrui o Qi do estômago, enfraquece o baço/pâncreas e a
localização é frontal com característica aguda, no caso de excesso de alimentos
quentes podem causar fogo no fígado e/ou calor no estômago e a localização da dor
é temporal e frontal respectivamente, com característica aguda. Ex.: pimenta, curry,
carne vermelha, álcool.
O excesso de alimentos que produzem umidade afeta o baço/pâncreas e
provoca mucosidade, a localização da dor é frontal, com sensação de peso na
cabeça. Ex.: leite e derivados, açúcar branco, alimentos frios, frituras. O excesso de
sal causará a deficiência de rim, a localização é em toda a cabeça ou região
occipital. Ex.: salsicha, bacon, sopas prontas, cereais.


15

2.3 Cefaléia e Emoções

O grau de harmonia existente entre o indivíduo e o meio ambiente pode
estar refletido no comportamento, para ser harmonioso depende de três fatores
intimamente entrelaçados: a saúde física, o fluxo equilibrado das emoções descrito
com o movimento suave de sentimentos e o desenvolvimento adequado das
faculdades intelectuais. (ROSS, 1994)
Na vida infra-uterina até os dias atuais em um individuo as situações
transformam-se em emoções geralmente reprimidas sob a forma de depressão,
angústia, tristeza, preocupação, ansiedade e outras (YAMAMURA, 2006). Cefaléias
que se iniciam na infância são frequentes em crianças brilhantes, das quais os pais
exigem muito para que tenham um bom desempenho escolar. (MACIOCIA, 1996)
A ansiedade considerada uma reação emocional normal que surge como
resposta do organismo diante de determinada situações quando com intensidade e
frequência excessiva pode deixar de ser fisiológico e tornar-se patológico
frequentemente associado a transtornos orgânicos destacando os cardiovasculares
e digestivos, cefaléias, síndrome pré menstrual, transtornos sexuais e alimentares.
(BALLONE; ORTOLANI, 2007)
Os inúmeros critérios para intervenção da acupuntura na cefaléia e sua
eficiência nos estudos de Wink e Cartana (2007) com base em um estudo no qual
demonstra a eficácia da acupuntura no tratamento de cefaléia evidenciando o efeito
da técnica de crânio-acupuntura em conjunto com as outras duas técnicas
desenvolvidas na proposta. Foram percebidas melhoras significativas quanto a
16

qualidade do sono, função intestinal, tensão pré menstrual, cólicas menstruais,
níveis de ansiedade e medo. Segundo Walling et al (1994) em um estudo
randomizado, ao acompanhar 60 sujeitos comprovou que o emocional modula a
reatividade a dor, concluindo que o medo inibe a resposta a dor e a ansiedade
sensibiliza a dor.
Entretanto, as emoções nem sempre são fatores patogênicos, pois o fluxo
inconstante das emoções é parte do comportamento saudável podendo agravar a
desarmonia interna do indivíduo, variando com a pressão ambiental, tendência
hereditária, idade, entre outros. As emoções são relacionadas com os Zang Fu
provocando obstrução do fluxo de Qi tornando deficientes ou excessivos, gerando
desequilíbrio com o predomínio de um Zang Fu sobre o outro, de modo que, o
desequilíbrio emocional pode levar a desarmonia, assim como os distúrbios do Zang
Fu pode resultar em distúrbio emocional, estabelecendo-se um círculo vicioso entre
a desarmonia de órgãos e vísceras (Zang Fu) e a desarmonia emocional associada
com os distúrbios das funções, na formação e na transformação de matérias e com
os distúrbios e obstruções da circulação do Qi e sangue através dos Canais
Colaterais entre os diferentes órgãos e tecidos. (ROSS, 1994)
As emoções estão relacionadas com os movimentos Zang, o coração
representa o governador que dirige com perspicácia clara, o pulmão é o ministro
encarregado da ordem, o fígado é o general que supera através do plano
estratégico, enquanto a vesícula biliar é o oficial encarregado das decisões e do
julgamento, o baço/pâncreas é o repositor da imaginação e das idéias, enquanto os
rins armazenam a força de vontade e estão encarregados da habilidade e da
esperteza. (ROSS, 1994)
17

Na MTC as emoções constituem fator primordial no processo de
adoecimento, podendo advir desde o período intra-uterino e ao longo da vida no
relacionamento com os pais e familiares. As emoções, quando excessivas ou
reprimidas por suas características Yang podem ter efeito rápido sobre seus órgãos
correspondentes, lesando a parte Yin destes. Na relação lesiva das emoções sobre
os òrgãos, temos que, a raiva lesa o fígado, a alegria excessiva e/ou ansiedade lesa
o coração, a preocupação excessiva lesa o baço/pâncreas, a tristeza lesa o pulmão
e o medo ou pavor lesa os rins. O estado de raiva, nervosismo irritação e
agressividade lesam o Qi do fígado, que por suas conexões energéticas podem
manifestar em cefaléias, cervicalgias, torcicolo espasmódico, conjuntivite, dor ocular,
hipertireoidismo, palpitações, gastrite, úlcera gástrica, dorsalgia, lombalgia,
alterações menstruais, dismenorréia, infertilidade, cisto de ovário, endometriose,
colpite, câncer do colo do útero, displasia mamária, câncer da mama, alterações
hormonais. (YAMAMURA, 2004)
O desequilíbrio do fígado pode aumentar a raiva e a depressão, as quais
agravam o desequilíbrio do fígado podendo se manifestar pela violência verbal e
física e as reações contrárias a esta violência podem agravar o fogo crescente de
fígado que ocasiona a cefaléia. (ROSS, 1994)
Ballone e Ortolani (2007) descrevem os transtornos psicossomáticos ou
psicofisiológicos sejam reflexo de uma ruptura na homeostasia corporal, ou seja,
dores nas costas, cefaléia, algumas arritmias cardíacas e hipertensão arterial,
seriam produzidas por uma excessiva ativação das respostas fisiológicas dando
conseqüência a esta ruptura no qual respondeu em excesso a esta sobrecarga
emocional.
18

Os grandes ou pequenos traumatismos também são causas externas que
podem afetar o Qi dos Zang Fu (órgãos e vísceras) e/ou alterar suas funções
energéticas conforme sua relação com as estruturas corpóreas. Temos que lesões
traumáticas na pele lesam o pulmão; lesões nos ligamentos, tendões, músculos,
cápsula articular, feixes neurais, lesam o fígado; lesões nos ossos, encéfalo,
medulas óssea e espinal lesam o rim; nos vasos sanguíneos lesam o coração;
hemorragias lesam os rins, fígado, coração, e baço/pâncreas. (YAMAMURA, 2004)

2.4 Diagnóstico

Os mecanismos envolvidos na produção da cefaléia na Medicina
Tradicional Chinesa (MTC) têm dois quadros de diagnóstico: por meridiano, com
base na localização e trajeto da dor; ou por síndrome, dependente de fatores
externos ou internos e características da dor. (SCHIAPPARELLI, 2011)
Os meridianos envolvidos na cefaléia: vesícula biliar caracterizando a
cefaléia Shaoyang, baço/pâncreas na cefaléia Taiyin, bexiga na cefaléia Taiyang,
fígado na cefaléia Jueyin e menstruação, estômago na cefaléia Yangwei, cefaléia na
região do vértice com comprometimento da mente, cefaléia por vazio sangue e Qi,
afecções por vento, cefaléia generalizada afetando todo o encéfalo, cefaléia Yinwei
associada à dor precordial. (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
A localização na nuca indica invasão exterior de vento-frio ou deficiência
do rim com sensação de vazio, a cefaléia crônica na área occipital ocorre geralmente
por deficiência do rim manifestando no meridiano da bexiga. Dores agudas ocorrem
19

devido à invasão de vento-frio com rigidez nas costas e pescoço. Dor crônica com
rigidez em ombro e pescoço indica ascensão do Yang do fígado. Na região temporal
pode ser decorrente de vento frio ou calor ou aumento de fogo na vesícula biliar ou
no fígado; a dor é aguda e latejante. Quando a dor é unilateral corresponde na MTC
que o lado esquerdo é por deficiência e o direito por excesso. Na região frontal
indica calor no estômago se a dor for aguda, no caso de dor contínua pode indicar
deficiência de estômago ou de sangue. A dor atrás dos olhos ocorre devido à
deficiência de sangue do fígado com dor do tipo surda, ou à ascensão de yang do
fígado se for aguda e severa. Dor no vértice indica deficiência de sangue ou fígado,
melhora quando o paciente deitar. Quando afeta a cabeça inteira indica invasão
exterior do vento-frio. Se houver mais de um padrão a dor pode ocorrer em várias
partes da cabeça. Se ficar mudando o tempo todo indica vento no fígado. Presença
de dor no meridiano da vesícula biliar o padrão é de ascensão do yang do fígado.
Presença de dor no meridiano da bexiga o padrão é de deficiência do rim.
(MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
Diagnóstico de acordo com o padrão: Vento-frio afeta a região occipital,
severa com rigidez pronunciada; Vento-calor afeta a cabeça toda, severa com
distensão; Vento-umidade com sensação de peso como se a cabeça estive coberta;
Yang ou fogo no fígado manifesta distensão; Vento no fígado manifesta puxão,
aperto, tensão; Estase de sangue assemelha à facada, alucinante perfurante;
Mucosidade tem sensação de peso, tontura. Deficiência de Qi e sangue dor surda;
na deficiência de rim apresenta sensação de vazio. O início recente indica ataque
exterior de vento-frio, o início gradual indica ataque interior. (MACIOCIA, 1996;
YAMAMURA, 2004)
20

O tipo de dor em sensação de peso indica umidade e mucosidade, estase
de sangue ou calor no estômago causando obstrução e impedindo o Yang Qi puro
subir para a cabeça e o Yin Qi turvo descer, podendo apresentar dificuldade de
pensar e concentrar, especialmente de manhã. Na mucosidade ocorre ainda a visão
turva e tontura. dor no interior da cabeça indica deficiência do rim, dor pulsante em
distensão indica aumento do Yang do fígado, dor maçante por estase de sangue.
Dores agudas ocorrem devido à invasão de vento externo frio ou calor, quando piora
com frio ou calor indica padrão frio ou calor com plenitude, com sensação de puxão,
por ascensão do yang do fígado, vento do fígado. Agravada pela fadiga e melhora
com o repouso indica deficiência de Qi. Dor surda indica condição de vazio, de
causa interna, por deficiência de Qi e/ou de sangue, deficiência do rim, deficiência
de sangue no fígado. Sensação de vazio: indica deficiência de rim Yin ou Yang. Dor
com rigidez muscular indica invasão de vento frio externo. Dor em distensão:
corresponde à latejante, pulsátil, relacionada ao Yang ou fogo do fígado com dor na
região lateral, ou por vento-calor que poderá afetar toda a cabeça. Puxão, tensão,
aperto, indica vento do fígado interno. Facada, perfurante, alucinante, intensa e fixa,
indica estase de sangue. Outra causa de dor aguda pode ser o padrão de umidade-
calor na bexiga. (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
Alguns fatores desencadeantes da cefaléia como a condição climática
quando piora com o calor e melhora com o frio indica ascensão do Yang ou fogo do
fígado, quando piora com o frio indica deficiência de Yang, quando piora com o
tempo úmido indica a presença da umidade ou mucosidade. Quando piora com a
atividade e melhora com repouso indica deficiência de Qi ou sangue, se melhora
com a atividade leve indica ascensão de Yang do fígado, quando piora em repouso
indica umidade ou mucosidade. Em relação à atividade sexual pode piorar com a
21

ejaculação ou orgasmo indicando deficiência do rim, quando melhora indica fogo do
fígado. Na alimentação em casos de intolerância alimentar, pode piorar com a
retenção de alimento por calor no estômago, umidade ou mucosidade. Quando
melhora com a alimentação indica deficiência de Qi ou sangue. Quando piora com
alimentos ácidos indica ascensão do Yang do fígado. A postura ao deitar diminuir a
dor indica deficiência, se piorar ao deitar e melhorar ao sentar indica excesso, nessa
situação quando a dor é severa indica ascensão do Yang do fígado. Menstruação:
dor no início do ciclo indica ascensão do Yang do fígado, no meio do ciclo indica
ascensão do fogo do fígado ou estase de sangue, no final do ciclo indica deficiência
de sangue. Quando melhora com a compressão indica deficiência, se piora indica
excesso. O horário durante o dia indica deficiência de Qi ou Yang, durante a noite
indica deficiência de sangue ou Yin. (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)

2.5 Acupuntura para cefaléia

O estudo de Lin et al (2008) sobre a acupuntura na prática baseada em
evidência mostra novas pesquisas mais variadas aumentando a esfera de
tratamento em algias, sejam crônicas ou agudas, Vickers et al (2004) usando escala
de escore para cefaléia e questionário de qualidade de vida (SF 36), realizaram um
estudo prospectivo, randomizado e controlado com 401 pacientes com queixa de
cefaléia crônica, testou a acupuntura, 12 sessões em 3 meses, além da medicação
contra os cuidados rotineiros, incluindo a medicação consagrada para cefaléia, o
grupo de acupuntura teve melhora mais acentuada na escala de sintomas sendo a
acupuntura 34% de redução de sintomas e grupo controle 16% de redução em
22

sintomas. O estudo de Zhao et al (2011) aumenta e indicação da acupuntura para
cefaléia.
Segundo Maciocia (1996), na maioria dos casos é possível e necessário
lidar com a origem e manifestação concomitantemente. Iniciar analisando as
prioridades, se o sintoma for severo, começar pela manifestação, caso contrário
concentrar-se na origem. O tratamento pode seguir com a origem a e manifestação
ou primeiro a manifestação e depois a origem ou tratar apenas a origem. Na seleção
dos pontos é essencial combinar pontos locais e distais. Dor crônica e intensa utilizar
pontos locais, também nos casos de estase sanguínea. Os pontos distais são
escolhidos de acordo com o meridiano envolvido. Como por exemplo, a dor por Yang
do fígado manifestado no meridiano da vesícula biliar são indicados os pontos F3
(Taichong) e VB43 (Xiaxi). Alguns pontos locais são escolhidos pela a localização da
dor mesmo, dor no meridiano da vesícula biliar é indicado o VB6 (Xuanli), Cefaléia
frontal: VG23 (shangxing) e VB14 (Yangbai), Cefaléia no vértice: VG20 (Baihui) e
VG21 (Qianding), Cefaléia occipital: B10 (Tianzhu) e VG19 (Houding), Cefaléia
temporal: VB8 (Shuaigu) e Taiyang.
Cefaléia Shao Yang conhecida como enxaqueca ou hemicraniana, é
provocada pela estagnação de Qi e sangue no canal de energia principal da vesícula
biliar ao nível das têmporas, é uma síndrome de plenitude de fígado ocasionando o
aparecimento de vento interno, podendo nas fortes crises agudas, apresentar
sintomas digestivos como: enjôo, vômitos, gastrite, úlcera gástrica; alteração do
estado emocional principalmente a irritabilidade, agressividade, raiva, insônia,
fotofobia, incômodo com o barulho e a fome. A dor em geral afeta região
frontoparietal e nuca, na região da artéria temporal unilateral ou bilateral. Circular o
23

Qi do Shao Yang, fortalecer o fígado e dissipar o vento. Pontos indicados: Taiyang,
VB20 (Fengchí), TA17 (Yifen), VG20 (Baihuí), pontos distantes F3 (Taichong),
IG4(Hegu), TA5 (Waiguan), VG16 (Fengfu) B10 (Tianzu), VB34 (Yanglingquan) e P7
(Lieque). Se a dor for severa unir o Taiyang ao VB8 (Shuaigu), se houver sintomas
Yang no fígado utilizar o B18 (Ganshu) e VB40 (Qiuxu), para manifestações
gástricas E43 (Xiangu), E8 (Touwei), ao referir cansaço R3 (Taixi) e B23 (Shenshu).
(MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
Cefaléia Tai Yin manifesta no globo ocular uma sensação do olho estar
saltando e dor em região da nuca provocando repuxo, com característica de aperto
ou peso. Acomete o baço/pâncreas por umidade, impedindo a circulação de Yang Qi
para a cabeça, agravada pelo o frio e umidade, tosse, ingestão de álcool,
principalmente fermentados. A insuficiência de baço/pâncreas altera as funções
energética de estômago e rins, ocasionando má digestão, gastrite, distensão
abdominal, lombalgias, fadiga, letargia e astenia, enfraquecimento de memória e
preocupação. A presença de calor no estômago leva a uma estagnação do Yang Qi
podendo inverter a corrente de fluxo, manifestando um incômodo na cabeça, inchaço
no rosto, mal estar no coração, preguiça, dor ocular. Pontos Indicados: VB20
(Fengchi), Taiyang, B2 (Zanzhu), Yintang, Yuyao, P7 (Lieque), IG4 (Hegu), E36
(Zusanli), BP6 (Sanyinjao), VC12 (Zhongwan), E40 (Fenglong), E32 (Futu), VG20
(Baihui), E9 (Renying), E43 (Xiangu), E30 (Qichong), para circular o Qi: BP2 (Dadu),
BP3 (Taibai), P10 (Yuji), P9 (Taiyuan) (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004).



24

Cefaléia Tai Yang, manifestada no topo da cabeça iniciada na região
paranasal e irradiando para nuca, tendo como causa o acometimento do meridiano
da bexiga pelo vazio de Qi dos rins e canal de energia curioso Du Mai. Pontos
Indicados: VG19 (Houding), VG20 (Baihui), VG21 (Qianding), B2 (Zanzhu), B7
(Tongtian), B10 (Tianzhu), VB20 (Fengchi). B60 (Kunlun), F3 (Taichong), TA3
(Zongzhu). Circular o Qi no canal Tai Yang ID2 (Qiangu), ID3 (Houxi), B65 (Shugu),
B66 (Tonggu) e fortalecer o rim R7 (Fuliu), VC4 (Guanyuan). (MACIOCIA, 1996;
YAMAMURA, 2004)
Cefaléia Jue Yin, caracterizada por instalação lenta, profunda e contínua,
manifestada nas regiões frontal e orbicular, geralmente bilateral, pode irradiar para a
região occipital, dando aspecto de dor em capacete, inicia ao acordar e no decorrer
do dia desaparece ou atenua, pode manifestar uma cegueira repentina de curta
duração. Ocorrem alterações de Qi no fígado por deficiência de Yin e falso calor,
pode ser acometido por frio e umidade, no qual são observadas reações emocionais
como temperamento nervoso, personalidade histérica com choro e gemidos,
náuseas, vômitos, insônia. Essas alterações energéticas podem com o decorrer
afetar a vesícula biliar associando assim as manifestações de cefaléia Shao Yang.
Pontos Indicados: VG23 (Shangling), VB20 (Fengchi), Taiyang, VB14 (Yangbai), nas
dores rebeldes associar com B2 (Zanzhu), IG4 (Hegu), E36 (Zusanli), B10 (Tianzhu),
VG16 (Fengfu), P7 (Lieque), TA5 (Waiguan), B60 (Kunlun), associada a náuseas e
vômitos E25 (Tianshu), E36 (Zusanli), para dissipar a umidade e mucosidade VC12
(Zhongwan), E40 (Fenglong), associada a dismenorréia VG 26 (Daimai), VB27
(Wushu), VB28 (Weidao), VC3 (Zongji), B32 (Ciliao) e BP6 (Sanyinjao), para
fortalecer Qi do fígado F3 (Taishong), B18 (Ganshu). (YAMAMURA, 2004)
25

Cefaléia relacionada à menstruação e a ovulação, tipo Jue Yin, ocorre
pela relação da matriz (útero), sistema hormonal, canal de energia curioso Dai Mai e
fígado, exteriorizando na vesícula biliar, afeta a região temporoparietal. Pontos
Indicados: VB3 (Shangguan), VB4 (Hanyan), VB5 (Xuanlu), se houver sintomas de
fígado e vesícula biliar associar com B32 (Ciliao), VC3 (Zhongji) e BP6 (Sanyinjao).
(YAMAMURA, 2004)
Cefaléia Yang Wei por calor no estômago aparece no curso de uma
doença febril pode ser aguda ou crônica, com transpiração abundante, sede intensa,
dor epigástrica. Pode ser provocado pelo consumo de alimentos muito quentes como
carnes, condimentos, frituras, álcool ou excesso de alimentos. O princípio de
tratamento consiste em clarear o calor no estômago e conter o Qi rebelde. Pontos
Indicados: E44 (Neiting), IG4 (Hegu), Yintang, E8 (Touwei), E34 (Liangqiu), VG23
(Shangxing). (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
A alimentação excessiva pode provocar dor frontal aguda, sensação de
plenitude epigástrica, regurgitação ácida, dificuldades na respiração. O tratamento
consiste em eliminar a retenção de alimentos, estimular a descida do Qi do
estômago, promover a digestão e harmonizar o aquecedor médio. Pontos indicados:
VC10 (Xianwan), E21 (Liangmen), CS6 (Neiguan), E34 (Liangqiu), E45 (Liudi), IG4
(Hegu), E8 (Touwei), E44 (Neiting), BP4 (Gongsun), VC13 (Shangwan), E40
(Fenglong). (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
Cefaléia Yang Min acomete o canal tendinomuscular do estômago (Wei)
pode afetar região frontal e frontoparietal, pode haver dor à palpação no ponto de
reunião nos canais de energia tendinomusculares Yang do pé, ID18 (Quanliao), o E8
(Touwei), e pontos Ashi. Estes são indicação de pontos para acupuntura e tonificar
26

E41 (Jiexi). (MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
Cefaléias de Vértice, de origem psíquica e decorrente de emoções
reprimidas do tipo raiva, cólera, stress e preocupações que perturbam a mente
(Shen), essas emoções afetam o fígado, provocando aparecimento de vento interno,
que a partir do ponto F14 (Qimen) por meio de um vaso interno vai para o diafragma,
pescoço e cabeça, onde se une ao ponto VG20 (Baihui) podendo associar à um
quadro de perturbações emocionais, irritação preocupação excessiva, ansiedade,
alterações menstruais e ginecológicas. Pontos indicados: VG-20 (Baihuí) e Yintang.
Pontos distantes: IG4 (Hegu), E36 (Zusanli), VC17 (Danzhong), C7 (Shenmen), CS6
(Neiguan), F7 (Taichomg), moxabustão em B18 (Ganshu). (MACIOCIA, 1996;
YAMAMURA, 2004)
Cefaléia por vazio de Qi e de sangue é conseqüente a deficiência de Qi e
de sangue, que pode ser ocasionada por perdas sanguíneas, doenças crônicas,
deficiência alimentar caracterizada por dor contínua e profundo acompanhada de
tontura, cansaço geral palpitações, desejo de calor e temor ao frio no qual devemos
fortalecer o Qi e o sangue, harmonizar a circulação do Qi e do sangue. Indicação de
pontos: BP10 (Xuehai), VG23 (Shangxing), BP6 (Sanyinjiao), E36 (Zusanli), F14
(Qimen), F13 (Zhangmen), VB25 (Jingmen), VC6 (Qihai), VC4 (Guanyuan). Fluir o
sangue para a cabeça VG20 (Baihuí), Yintang e Taiyang, aplicar moxabustão em
B17 (Geshu), B18 (Ganshu), B20 (Pishu), B23 (Shenshu), B52 (Zhishi). (MACIOCIA,
1996; YAMAMURA, 2004)
Cefaléia por vento, manifestada na região frontal e temporal, na
acupuntura escalpeana puncionar os segmentos 2/5 inferiores da área sensorial uni
ou bilateral. Quando manifestada região parietal e occipital, puncionar o segmento
27

1/5 superior da área sensorial bilateralmente. Associar com VG22 (Xianhui) e B9
(Yuzhen). (YAMAMURA, 2004)
Cefaléia occipital ou Cervicalgia manifestada pela presença de dor na
região entre a cabeça e o pescoço, na inserção dos músculos trapézio e
esternocleidomastóideo. Pode ser provocada pela estagnação de Qi na bexiga,
principalmente nas duas primeiras vértebras cervicais, ocasionado por inflamação ou
artrose, pode haver comprometimento nos canais de energia da vesícula biliar.
Indicação de pontos: B10 (Tianzhu), VB20 (Fengchi), e VG15 (Yamen). Pontos
distantes: R3 (taixi), ID3 (Houxi), B40 (Weizhong), VB34 (Yanglingquan).
(MACIOCIA, 1996; YAMAMURA, 2004)
Cefaléia generalizada ou encefalalgia com dor intensa no segmento
cefálico, por deficiência da essência do rim. Pontos indicados: Tonificar os rins com
moxabustão nos pontos B23 (Shenshu), B52 (Zhishi), VG4 (Mingmen), VG22
(Sanjiaoshu), VC4 (Guanyuan), VC6 (Qihai), VC7 (Yinjiao). Puntuar R3(Taixi), R7
(Fuliu), IG4 (Hegu), E36 (Zusanli), VG20 (Baihui), Yintang e Taiyan. (MACIOCIA,
1996; YAMAMURA, 2004)
Cefaléia Yin Wei e Precordialgia, apresentam perturbação geral dos três
Yin, conseqüente ao desequilíbrio Yin Qi e Yang Qi, provocando “dores no coração”,
quando afeta o baço/pâncreas apresenta perda de memória, sem localização fixa,
associada à “dor no estômago”, rosto inchado. Indicação de pontos: ID19
(Tinggong), TA21 (Ermen), VB2 (Tinghui), BP3 (Taibai), BP15 (Daheng), BP16
(Fuai). Quando afeta o fígado apresenta dor região temporal, pré e retro auriculares,
gemidos. Indicação de pontos: F3 (Taichong), ID19 (Tinggong), TA21 (Ermen), VB2
(Tinghui), F14 (Qimen). Quando afeta o rim apresenta sensação de peso e dor
28

localizada, a dor precordial é intensa, indicação de pontos: B9 (Yuzhen), B8
(Luoque), B7 (Tongtian), B6 (Chengquan), B5 (Wuchu), R3 (Taixi), R9 (Zubin).
Quando afeta a cervical irradiada até a região renal por toda a coluna vertebral,
indicação de pontos: BP10 (Tianzhu), B64 ((Jinggu), VC22 (Tiantu) e VC23
(Lianquan). (YAMAMURA, 2004)
Hsieh et al (2010) sugere que um mês de tratamento de acupuntura é
mais eficaz na redução da cefaléia crônica do que um mês de tratamento relaxante
muscular, e que o efeito permanece seis meses após o tratamento. Os pontos-
gatilho B2, VG20, VB20, TA21, e VB5 foram usadas mais comumente para avaliação
etiológica.
Plank et al (2009) observando o aumento da incidência de cefaléia na
população militar realizou um estudo piloto com 26 indivíduos que sofrem de cefaléia
crônica diária, utilizou a acupuntura como opções de tratamento seguro e eficaz para
os soldados. Tradicionalmente, os tratamentos de acupuntura são individualizados
em cada visita. Os resultados mostraram melhorias contínuas 12 semanas após o
último tratamento e uma redução na freqüência e intensidade de suas dores de
cabeça.
Novos estudos conduzidos visam conferir uma visão crítica à prática de
acupuntura, não somente no tocante eficácia, mas também na segurança de sua
prática, incluindo evidenciar possíveis efeitos colaterais ou adversos A eficiência
começa ao introduzir as agulhas, pois o efeito do método é bloqueado pela
anestesia local ou regional. (HONG, 2005)
Zhao et al (2011) indicam a acupuntura combinada com outras terapias,
tais como pontos de crânio-acupuntura, acupuntura auricular, entre outras, foram
29

superiores à aplicação de acupuntura convencional sozinha. Os estudos clínicos
destas terapias ainda estão limitados, embora tenha sido verificado a eficácia da
acupuntura no tratamento de cefaléia neurovascular.
Li et al (2011) sugerem a necessidade de estabelecer um sistema de
avaliação racional da acupuntura clínica, com o fortalecimento da pesquisa sobre o
diagnóstico e tratamento padrão, fortalecendo o controle de qualidade. As pesquisas
básicas sobre a relação entre doenças e pontos de acupuntura devem ser
reforçados a fim de explorar o mecanismo de reação acupoints sobre as doenças.
A indicação dos pontos VB20 (Fengchi) B10 (Tianzhu) são
frequentementes mencionados nos estudos de acupuntura para tratamento de
cefaléia. Cefaléia temporal latejante, apresenta Yang excessivo com uma deficiência
de Yin. A fim de reequilibrar o Yin e Yang, devemos tonificar o Yin, com a indicação
do ponto BP 6 (Sanyinjiao) e F3 (Taichong), e eliminar o excesso de Yang por
drenagem em pontos a cabeça Taiyang, ExBM5 (ponto extraordinário da mão 5) e
IG4. A estimulação dos pontos de Yin vai acalmar o paciente, reduzir a ansiedade e
melhorar o sono. A supressão dos pontos Yang irá aliviar a dor de cabeça aguda.
Agulhamento dos pontos Ashi na cabeça também pode suprimir a dor. (ZHAO e col,
2011)
A acupuntura é uma forma segura e minimamente invasiva no
procedimento e especificamente pode beneficiar os pacientes que não toleram os
medicamentos dor de cabeça. Mais estudos bem desenhados sobre a acupuntura
podem vir a demonstrar os mecanismos analgésicos da acupuntura e valor na
gestão de dores de cabeça diferentes. (ZHAO e col, 2011)

30

A acupuntura pode ser uma ferramenta não-farmacológica para os
pacientes com o tratamento de cefaléia do tipo episódica, tensional e crônica.
(GRANATO e col 2010)
31

3. Objetivo


Este trabalho visa realizar uma revisão bibliográfica sobre cefaléia
segundo a Medicina Tradicional Chinesa, sendo o grau de comprometimento na
qualidade de vida das pessoas muito abrangente, buscando uma alternativa com
solução não farmacológica.

32

4. Discussão


A Medicina Tradicional Chinesa tem como base os fenômenos da
natureza com estudo e compreensão dos princípios que regem a harmonia nela
existente, em uma visão global de integração natureza e Ser humano, todas as
ciências são coerentes e concordantes entre si. O grau de harmonia existente entre
o indivíduo e o meio ambiente desenvolve o comportamento, que para ser
harmonioso depende da saúde física, equilíbrio das emoções e a capacidade
intelectual.
A acupuntura tem como objetivo restaurar o equilíbrio de Yin e Yang,
limpar o bloqueio dos meridianos e retomar o fluxo de Qi. Especificamente a
aplicação da acupuntura tem o objetivo de reduzir a frequência e a gravidade da
cefaléia.
Na Medicina Tradicional Chinesa as emoções constituem fator primordial
no processo de adoecimento, podendo advir desde o período intra-uterino ao longo
da vida. As emoções, quando excessivas ou reprimidas por suas características
Yang podem ter efeito rápido sobre seus órgãos correspondentes, lesando a parte
Yin destes. Na relação lesiva das emoções sobre os órgãos, temos que, a raiva lesa
o fígado, a alegria excessiva e/ou ansiedade lesa o coração, a preocupação
excessiva lesa o baço/pâncreas, a tristeza lesa o pulmão e o medo ou pavor lesa os
rins.
Os estudos variaram muito em relação à natureza precisa da intervenção
33

da acupuntura e do método de avaliação do resultado. Avaliar a cefaléia de uma
maneira clinicamente significativa é uma questão complexa. Frequência,
intensidade, duração, necessidade de medicação, acompanhamento dos sintomas,
humor, função social, atividade diária, e dias de trabalho perdidos, são indicadores
relevantes, sendo que, em muitos casos são doenças crônicas causando elevados
encargos para a vida diária.
Os mecanismos envolvidos na produção da cefaléia MTC têm dois
quadros de diagnóstico: por meridiano, com base na localização e trajeto da dor; ou
por síndrome, dependente de fatores externos ou internos e características da dor.
Quanto aos meridianos envolvidos na cefaléia temos a vesícula biliar caracterizando
a cefaléia Shaoyang, baço/pâncreas na cefaléia Taiyin, bexiga na cefaléia Taiyang,
fígado na cefaléia Jueyin, menstruação e estômago na cefaléia Yangwei, cefaléia na
região do vértice com comprometimento da mente, cefaléia por vazio de sangue e
Qi, afecções por vento, cefaléia generalizada afetando todo o encéfalo, cefaléia
Yinwei associada à dor precordial.
Os estudos indicam que a acupuntura combinada com outras terapias,
tais como pontos de crânio-acupuntura, acupuntura auricular, entre outras, foram
superiores à aplicação de acupuntura convencional sozinha. Os estudos clínicos
destas terapias ainda estão limitados, embora tenha sido verificado a eficácia da
acupuntura no tratamento de cefaléia neurovascular.
Foi observado a necessidade de estabelecer um sistema de avaliação
racional da acupuntura clínica, com o fortalecimento da pesquisa sobre o diagnóstico
e tratamento padrão, fortalecendo o controle de qualidade. As pesquisas básicas
sobre a relação entre doenças e pontos de acupuntura devem ser reforçados a fim
34

de explorar o mecanismo de reação dos pontos de acupuntura sobre as doenças.
A acupuntura pode ser uma ferramenta não farmacológica para os
pacientes no tratamento de cefaléia do tipo episódica, tensional e crônica. A
acupuntura é uma forma segura e minimamente invasiva no procedimento, e
especificamente pode beneficiar os pacientes que não toleram os medicamentos
para dor de cabeça. Mais estudos são necessários para demonstrar os mecanismos
analgésicos da acupuntura e o valor na gestão de dores de cabeça diferentes.
35

5. Conclusão


Pelos trabalhos apresentados nesta monografia podemos concluir que:
 O aumento da aplicação da acupuntura na cefaléia e seus efeitos
positivos, porém apresentam a falta de detalhes específicos na
conduta do tratamento e diagnóstico da cefaléia;
 Demonstram a utilização de outras técnicas em conjunto com a
acupuntura como recurso terapêutico não farmacológico,
 Maior tempo de duração em seus efeitos positivos em reduzir a
freqüência e a gravidade da cefaléia.

36

Referências Bibliográficas


ARAÚJO, A. P. S.; ALMEIDA, C. A. Terapia Manual versus Acupuntura no
Tratamento da Cefaléia: Revisão de Literatura. Revista Saúde e Pesquisa, v.2,
n.1, p.107-113, jan./abr. 2009.
BALDRY, P.E.; TOMPSON, J.W.; Acupuntura, Pontos Gatilho e Dor
Musculoesquelética; 3
a
Ed. ROCA, 2007; 16: 338-367.
BALLONE, G.J.; ORTOLANI, I.V.; Da Emoção à Lesão: Um guia de Medicina
Psicossomática; São Paulo: 2 ed. rev. e ampl. Editora Manole, 2007. p 60
BENDTSEN L, EVERS S, LINDE M, MITSIKOSTAS DD, SANDRINI G, SCHOENEN
J; EFNS guideline on the treatment of tension-type headache - report of an EFNS
task force.Department of Neurology, Danish Headache Centre, Hospital, University of
Copenhagen. Nov; 2010. Disponível em (<http://www.ncbi.nlm.nih.gov/
pubmed/20482606>) Acesso em: (01 jan 2012)
BISCHKO, J. Acupuntura para o Médico Ocidental. Rio de Janeiro: Colina,
1984.p. 51-56.
GRANATO A, CHIODO GRANDI F, STOKELJ D, MUSHO S, PIZZOLATO G.
Acupuncture in tension-type headache. Aug, 2010. Disponível em
(http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed) Acesso em: (01 jan 2012).
HENRY-GUTT, R; REES, WL; Psycological Aspects of Migraine. Journal of
Psychomatic Research, 1973 17:141-153.
HONG, J.P. Acupuntura. De terapia alternativa a especialidade médica. São
Paulo. Centro de Estudos integrado de Medicina Chinesa (CEIMEC) Parte especial-
Meridianos. 2005. p. 57-58.
HSIEH LL, LIOU HH, LEE LH, CHEN TH, YEN AM. Effect of acupressure and
trigger points in treating headache: a randomized controlled trial. Department of
Rehabilitation, Kaohsiung Medical University, Taiwan, Am J Chin Med. 2010;
Disponível em: (http://www.cmasp.org.br/artigoscientificos/2010/abril/artigos-abril-
2010-6.php) Acesso em: (05 out 2011).
JENA, S.; WITT C.M.; BRINKHAUS B.; WEGSCHEIDER, K.; WILLICH,S.N.
37

Acupuncture in patients with headache Cephalalgia : an international journal of
headache, 2008. 28:969-79.
LI JH; Su YS; Jing XH; Shi H; Chen SL; Zhang L; Jin ZG. Analysis and strategy
report on overseas large-scale systematic evaluation on clinical effectiveness
of acupuncture. Zhongguo Zhen Jiu;31(7):665-9, China, Jul 2011 Disponível em
(http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/) Acesso em: (30 Nov
2011).
LIN, C. A; Hsing W.T; Pai H.J. Acupuntura: prática baseada em evidências. Rev
Med (São Paulo). 2008 jul-set; 87(3):162-5.
LIAN, Y; Chen C; Hammes, M; Kolster, B. C; Atlas Gráfico de Acupuntura. Um
manual Ilustrado dos pontos de acupuntura. Editora HFUllman, 2007.
LINDEK, Allais G, Brinkhaus B, Manheimer E, Vickers A, White AR. Acupuncture
for tension-type headache. Centre for Complementary Medicine Research,
Department of Internal Medicine II, Technische Universitaet, Rev. Jan 2009
Disponível em: (http://www.cmasp.org.br/artigoscientificos/2009/abril-09/artigos-
abril2009-1.php) Acesso em: (7 nov 2011).
LOH L, Nathan P W; Schott G,D; Siekha K, J; Acupunture Versus Medical
Treatment for Migrainee and Muscle Tension Headaches. Jornal of Neurology in
Neurosurgery and Psychiartry 1984. 47:333-337.
MACIOCIA, G. Os Fundamentos da Medicina Chinesa Um Texto Abrangente
para Acupunturistas e Fitoterapeutas, São Paulo: Editora Roca, 1996.
NITRINI, R.; BACHESCHI, L. A. A Neurologia que todo médico deve saber. São
Paulo: Editora Atheneu, 2006.p. 285-296.
PLANK S, Goodard J. John P. The effectiveness of acupuncture for chronic daily
headache: an outcomes study. Murtha Neuroscience and Pain Institute, USA. Mil
Med. Dec, 2009. Disponível em: (http://www.cmasp.org.br/artigoscientificos/
2010/janeiro/ artigos-janeiro-2010-3.php. Acesso em: (06 nov 2011).
RODRIGUES,I. J. Cefaléia tipo tensional terapia com acupuntura. Monografia
(Especialização de Acupuntura) – Faculdade de Medicina da Universidade de São
Paulo, São Paulo, 2001.
ROSS, J. Sistemas de Órgãos e Vísceras da medicina Tradicional Chinesa. São
Paulo: Editora Roca, 1994. 15: 183-194.
38

SAAD M, JORGE LL, VIEIRA MS, MEDEIROS R. Integration of acupuncture for
outpatients and inpatients in a general hospital in Brazil. São Paulo, Brazil. Dec,
2009. Disponível em http://www.cmasp.org.br/artigoscientificos/2009/novembro-
2009/artigos-novembro-2009-6.php. Acesso em: (06 Nov 2011).
SCHIAPPARELLI P, ALLAIS G, ROLANDO S, AIROLA G, BORGOGNO P, TERZI
MG, BENEDETTO C. Acupuncture in primary headache treatment. Women's
Headache Center, Department of Gynecology and Obstetrics, University of Turin,
Italy. May, 2011. Disponível em: (http://www.cmasp.org.br/artigoscientificos/
2011/abril/artigos-abril-2011-6.php) Acesso em: (05 Nov 2011)
STIEFVATER, E. W. Prática de Acupuntura. Rio de Janeiro: 5 ed. Revinter, 1994.
170-171
VICKERS AJ, REES RW, ZOLLMAN CE, MCCARNEY R, SMITH CM, ELLIS N,
FISHER P, VAN HASELEN R. Acupuncture for chronic headache in primary
care: large, pragmatic, randomised trial. NY, USA. Mar, 2004. Disponível em
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15023828
WALLING, M.K.; REITER, R.C.; O’ HARA M.W., MIBURNO A.K; Lilli G, VINCENT
SD, Abuse history and chronic pain in women. Obstetric & Ginecology, USA
1994; 84: 193-199
WEN, T. S. Manual Terapêutico de Acupuntura. São Paulo: Editora Manole, 2008.
WINK, S.; CARTANA M.H.F, Promovendo o autocuidado a pacientes com
cefaléia por meio da perspectiva oriental de saúde. Revista Brasileira de
enfermagem, Brasília. Mar, 2007. p 225-8
YAMAMURA, Y. Acupuntura tradicional: a arte de inserir. São Paulo: 1 ed.
Editora Roca, 1995. p. 591-594
_____________ Acupuntura tradicional: a arte de inserir. São Paulo. 2
a

reimpressão atualizada da 2
a
edição pela Editora Roca, 2004.
_____________. Entendendo Medicina Chinesa Acupuntura, São Paulo: Center
AO, 2006.
YUN-TAO MA; MILA MA; ZANG HEE CHO. Acupuntura para controle da dor Um
enfoque integrado. São Paulo: Editora Roca ltda, 2006.
Zhao L; Guo Y; Wang W; Yan LJ. Systematic review on randomized controlled
clinical trials of acupuncture therapy for neurovascular headache. Acupuncture
and Moxibustion College, Tianjin University of Traditional Chinese Medicine, Tianjin.
China Aug, 2011. Disponível em: (http://bases.bireme.br/cgi-
bin/wxislind.exe/iah/online/) Acesso em: (30 Nov 2011)
39

ANEXO A- Tabela de pontos indicados.


Pontos Nomes Descrição
F 3 Taichong Pacifica o espírito e conter o vento do fígado, elimina a
estagnação, fortalece o baço e transforma a huminade, é o
ponto que produz maior efeito na cabeça.
F7 Xiguan Dispersa o vento, elimina a humidade, reduz edema, alivia
dor
F13 Zhangmen Fortalece o baço, harmoniza o estômago, elimina a tensão e
estimula a vesícula biliar.
F 14 Qimen elimina estagnação do Qi do fígado, diminui o Qi invertido,
fortalece o baço, o estômago.
VB2 Tinghui Desperta os sentidos e aumenta a audição, ativa meridiano
alivia a dor.
VB3 Shangguan Aumenta audição e alivia dor.
VB4 Hanyan Acalma o fígado e dispersa o vento, ativa os vasos e alivia
dor.
VB5 Xuanlu Dispersa o vento e alivia a dor.
VB 6 Xuanli Usado para cefaléia temporal e crônica, hemicraniana,
dispersa o vento e alivia a dor.
VB 8 Shuaigu Dor ao redor do ouvido e lateral do pescoço, acalma o
fígado, dispersa o vento, diminui o Qi invertido.
40

VB 14 Ynagbai Cefaléia, nas dores rebeldes associar com B-2, dispersa o
vento e alivia a dor.
VB 20 Fengchi Cefaléia, relaxar a musculatura superior do pescoço, clareia
a visão, bom para dor crônica e unilateral em sedação,
modera o Yang e o vento do fígado.
VB25 JIngmen Protege o rim, fortalece a lombar.
VB27 Wushu Regula a menstruação e alivia o fluxo, regula o Qi e alivia a
dor.
VB28 Weidao Regula a mentruação e alivia o fluxo, regula o Qi e alivia a
dor.
VB 34 Yanglingqu
an
Descongestiona o Fígado, em combinação com o VG-24
eliminam estagnação do Qi do Fígado na cabeça.
VB40 Qiuxu Liberta o calor e melhora acuidade visual.
VB 43 Xiaxi Produz efeito na região temporal e área dos olhos é o ponto
Riacho dos meridianos da Vesícula Biliar, usado em padrões
de excesso, remover obstruções do meridiano da Vesícula
Biliar na cabeça.
VB44 Zuqiaoyin Cefaléia unilateral.
P7 Lieque Regula o Qi do pulmão, descongestiona a ativa o meridiano.
P9 Taiyuan Regula e harmoniza o Qi do pulmão, acalma a tosse a
fluidifica as mucosas.
P10 Yuji Limpa o pulmão, acalma a tosse, enriquece o Yin alivia a
faringe
41

IG4 Hegu Cefaléia, febre, liberta o calor, descongestiona e ativa os
cinco órgãos sensoriais.
E 8 Touwei é o principal ponto local para eliminar umidade da cabeça.
E9 Renying Regula o Qi e alivia dificulade em repirar, liberta o calor e
desfaz bloqueios
E21 Liangmen Elimina a estagnação de alimento e a dor epigástrica, regula
equilíbrio no estômago e intestino.
E25 Tianshu Regula subida e descida do Qi.
E32 Futu Ativa o meridiano e alivia dor.
E34 Liangqiu Harmoniza estômago e reduz edema.
E 36 Zusanli Restaura o equilíbrio de Qi, fortalece corpo e o baço, em
combinação com BP6 tonificam intensamente o Qi.
E 40 Fenglong Fortalece Qi de fígado, é o principal ponto para eliminar
mucosidade, retenção crônica e língua com permanência do
revestimento espesso e pegajoso.
E41 Jiexi Limpa estômago e reduz o Qi invertido proporciona o
relaxamento geral e pacifica energia espiritual.
E 43 Xiangu Dispersa o vento, transforma a umidade, harmoniza o Qi do
Estômago e intestino, promove micção.
E 44 Neiting Elimina retenção de alimento no estômago, produz efeito na
cabeça, é o ponto principal para clarear o calor no
Estômago, reduz edemas.
42

E 45 Lidui Elimina estagnação de alimentos, liberta o calor e humidade,
pacifica força espiritual e garante relaxamento total.
BP2 Dadu Fortalece o baço e harmoniza o estômago.
BP 3 Taibai Elimina a umidade, fortalece o baço, regula o Qi, harmoniza
o estômago.
BP 4 Gongsun Aliviar retenção de alimentos, fortalece o baço, harmoniza o
estômago, regula o jiao médio .
BP 6 Sanyinjao Restaura o eqilíbrio de Yin e do sangue, contem o vento,
elimina umidade e mucosidade. Em combinação com E36
tonificam intensamente o Qi.
BP10 Xuehai Usado para estase geral de sangue, elimina humidade, alivia
naúseas.
R 3 Taixi Enriquece o Yin, reconstitui o rim, acalma o Fígado
R 7 Fuliu Fortalecer o Qi dos Rins.
R9 Zhubin Protege o rim e pacifica o espírito, regula o Qi alivia a dor.
Distúrbios psicossomáticos.
B 2 Zuanzhu Cefaléia frontal, sinusite frontal, doenças oftalmicas.
B5 Wuchu Cefaléia por vento, liberta o calor, elimina espasmos.
B6 Chengguan Cefaléia, dispersa o vento, liberta o calor, alivia dor.
B 7 Tongtian Cefaleia, ponto local para elevar o Qi no deficiência dos
Rins, para estase de sangue no olho.
B8 Luoque Pacifica o fígado dispersa o vento, o corção e o espírito.
43

B9 Yuzhen Liberta o calor dispersa o vento, diminui o Qi invertido.
B 10 Tianzhu Cefaléia, cervicobraquialgia, desperta os sentidos recobra a
consciencia, liberta o calor dispersa o vento.
B17 Geshu Repõe e acalma o sangue, liberta o toráx alivia a dor, diminui
o Qi invertido
B 18 Ganshu Nutri o sangue do Fígado, estimula vesícula biliar, promove a
calma geral elimina espasmos.
B 20 Pishu Fortalece o baço/pâncreas, circula o sangue no fígado,
promove micção, acalma diaréia.
B 21 Weishu Fortalece o estômago e o baço/pâncreas para eliminar
umidade, principalmente se houver cansaço crônico, regula o
centro e diminui o Qi invertido.
B23 Shenshu Protege o rim, enriquece o Yin, regula a menstruação, e
promove a micção.
B32 Ciliao Liberta e faicilita a micção, liberta o calor, regula o qi
promove menstruação.
B40 Pohu Purifica e diminui o Qi do pulmão, relaxa os tendões e ativa
os vasos, alivia dores região ombro pescoço e costas.
B52 Zhishi Protege os rins e firma essência, liberta e dispersa a
humidade e o calor.
B 60 Kunlun Cefaléia de tensão, se a dor afetar a parte inferior do
pescoço e a parte superior dos ombros.
44

B 62 Shenmai Cefaléia, vertigens, produz calma generalizada, alivia dor,
cãimbras, dispersa o vento, em combinação com ID3 abrem
o Vaso-Governador e contêm a agitação do vento interno,
nos homens esses dois pontos podem ser usados sozinhos,
nas mulheres associar com os pontos que abrem o Vaso-
Concepção P7 e R6.
64 Jinggu Suprime espasmos, relaxa os tendões.
65 Shugu Cefaléia de tensão, distúrbios psicossomáticos, pacifica o
espírito alivia a dor
B 66 Zutongu Cefaléia de tensão, dor na região occipital, pacifica o espírito
e alivia a dor
C7 Shenmen Protege e acalma o coração, pacifica o espírito, melhora
depressões.
ID2 Qiangu Liberta o coração e promove a calma geral, aumenta a
acuidade visual e auditiva.
ID3 Houxi Liberta o coração e promove a calma geral, elimina
inflamações.
ID18 Quanliao Devolve a posição corretae alivia espasmos, ativa meridiano
e alivia a dor.
ID19 Tinggong Nevralgia trigêmio.
TA 4 Yangchi Cefaléia temporal e lateral do pescoço, alivia dor nos ombro
e costas.
45

TA 5 Waigan Cefaléia, febre, movimenta o Qi indicado para dor temporal,
contem o Yang do fígado, Yang da mão na cabeça, é usado
para efeitos mais moderados, em casos mais severos é
usado Yang do pé VB-43. são superficiais e emergem para
dentro um do outro, podem ser usados simultaneamente
para produzir um efeito até mais forte.
TA 16 Tianyou Cervicalgia, alivia a dor.
TA 17 Yifeng Aumenta audição e corrige o que não está correto.
TA21 Ermen Nevralgia trigêmio
CS 6 Neiguan Usado para estase de sangue na região occipital, ajudar a
harmonizar o fígado, acalma a mente e a alma,
especialmente nas mulheres. Faz conexão com o meridiano
do Triplo Aquecedor e pode contribuir contendo a ascensão
do Yang do Fígado. Pode ser combinado com o TA-4 para
cefaléia temporal e lateral do pescoço.
CS9 Zhongchon
g
Restaura a clareza cerebral, desperta os sentidos, expele,
limpa o coração, usado na febre também em criança.
Estimula a descida do Qi do Estômago, especialmente nas
mulheres e pode ser combinado com o TA-4.
VG4 Mingmen Enriquece e abastece yang do rim, relaxa tendões e suprime
espasmos.
VG 15 Yamen Restaura a clareza cerebral, desperta os sentidos, dispersa o
vento, afonia, surdez.
VG16 Fengfu Restaura a clareza cerebral, desperta os sentidos, dispersa o
vento e espasmos.
46

VG 19 Houding Acalma o fígado, dispersa o vento, pacifica o espírito e
elimina o espasmo, efeito sedativo e antiespasmódico.
VG 20 Baihui Cefaléia, vertigens, dor em toda a cabeça, expeli o vento,
alivia a dor, dispersa a estagnação de Qi do fígado no
vértice, estimular a ascensão do Yang puro para a cabeça,
elimina espasmos.
VG 21 Qianding Depressão, hipertensão, acalma o fígado, dispersa o vento,
pacifica o espírito, elimina espasmos.
VG22 XinHui Cefaléia pacifica o espírito e elimina espasmos, dispersa o
vento alivia dor.
VG 23 Shangxing Cefaléia frontal, estimular a ascensão do Yang puro para a
cabeça, fortalece o cérebro, ativa os orifícios da parte
superior do corpo.
VG 24 Shenting Ponto local para eliminar umidade da região frontal da
cabeça. Associado ao Taiyang acalmam a mente.
VG26 Shuigou Restaura clareza do cérebro e desperta os sentidos,
dispersa o vento e elimina espasmos.
VC3 Zhongji Ajuda o Yang e regula a água, menstruação e alivia o fluxo.
VC 4 Guanyuan Expande e restabelece o Qi, nutri o sangue.
VC 6 Qihai Expande e restabelece o Qi, fortalece a essência.
VC7 Yinjiao Mobiliza o Qi alivia essência, regula mestruação alivia o
fluxo.
VC 10 Xiawan Estimula a descida do alimento e do Qi do Estômago.
47

VC 12 Zhongwan Tonifica o baço/pâncreas para eliminar a umidade e dissipar
a mucosidade.
VC13 Shangwan Harmoniza o estômago e diminui o Qi invertido.
VC17 Danzhong Expande o toráx, regula o Qi,alivia a dor e dispnéia.
VC22 Tiantu Alivia o Qi do pulmão e estômago, diminui o Qi invertido,
alivia naúseas.
VC23 Lianquan Alivia garganta e regula a lingua.
ExMCP5 Ponto
extraordinár
io da mão
Corrige a visão.
Yintang

Cefaléia, dor na região frontal, para estase de sangue na
região temporal, acalmar a mente e produzir sono.
Taiyang

Cefaléia, usado para dor local e conter o Yang do Fígado.
Yuyao

Cefaléia, ponto local se a dor ocorrer atrás dos olhos.
Ah Shi

pontos importantes no tratamento na localização da dor.
Sishencong

Cefaléia, usado para estase geral de sangue no vértice.