You are on page 1of 2

transversal

3. Ocorrem devido ao movimento de translação em conjunto com existência da inclinação de 23°27’ do eixo terrestre em relação
ao plano da órbita elíptica.
. !str"nomo e matem#tico do s$culo %&'( autor do livro )e *evolutionibus Orbum +oelestium( publicado em ,-3( no .ual
apresenta sua teoria se/undo a .ual o mundo $ es0$rico e 0inito( assim como tidos os corpos celestes( .ue se movem em
movimento circular uni0orme em orno do 1ol( imóvel no centro do sistema( e em torno de si mesmos.
7. 2,7,3,4356 !str"nomo e matem#tico alemão .ue( adepto das ideias 7eliocêntricas de +op$rnico( elaborou as três leis da
mec8nica celeste.
9. :sta lei a0irma .ue( num re0erencial 0ixo no 1ol( a reta .ue une o planeta ao 1ol varre #reas i/uais em tempos i/uais. 1e/unda
lei enunciada por ;epler.
<. alteraç=es do nível das #/uas dos oceanos causadas pela inter0erência /ravitacional principalmente da >ua e do 1ol( com menor
intensidade( devido as dist8ncias( sobre o campo /ravitacional da ?erra.
,5. :scurecimento parcial ou total de um corpo celeste( provocado pela interposição de um outro corpo celeste.
,2. @rimeira lei enunciada por ;epler. Aum re0erencial 0ixo no 1ol( as órbitas dos planetas são elipses e o 1ol ocupa um dos 0ocos.
,-. Bovimento /iratório anti37or#rio .ue a ?erra realiCa sobre si mesma( ao redor de um eixo ima/in#rio .ue transpassa seu centro
e provoca a sucessão dos dias e noites( o movimento aparente do 1ol durante o dia e o movimento aparente das estrelas durante
a noite.
,. ?eoria astron"mica se/undo a .ual o 1ol $ o centro do 1istema 1olar. !pesar de 7aver sido apresentada no s$culo ''' a.+. por
!ristarco de 1amos( só /an7ou popularidade na *enascença com +op$rnico( ;epler e Dalileu.
,4. Ocorre .uando a >ua move3se para uma posição localiCada entre a ?erra e o 1ol. >o/o( a sombra da >ua incide sobre o nosso
planeta( então o 1ol 0ica totalmente encoberto pela >ua.
Vertical
,. >ei .ue a0irma .ue num re0erencial 0ixo no 1ol( o .uadrado do período de revolução de um planeta ao redor do 1ol $
diretamente proporcional ao cubo da dist8ncia entre o planeta eo 1ol. ?amb$m con7ecida como lei 7arm"nica. ?E FG.aH.
2. ?eoria .ue a0irmava .ue a ?erra era o centro do universo e teve enorme in0luência no pensamento /re/o( 0undamentada por
!ristóteles e @latão e re0inada por @tolomeu( e na 'dade B$dia( apoiada pela '/reja. @erdurou por .uase ,-55 anos.
-. Ien"meno .ue ocorre .uando a >ua passa atrav$s da sombra provocada por nosso planeta. >o/o( a sombra da ?erra vai
avançando pela 0ace iluminada da >ua. ! >ua passa atrav$s da sombra provocada por nosso planeta. >o/o( a sombra do planeta
?erra vai avançando pela 0ace iluminada da >ua. :ste tipo de eclipse ocorre na 0ase de >ua c7eia. Ocorre .uando a >ua passa
atrav$s da sombra provocada por nosso planeta. >o/o( a sombra da ?erra vai avançando pela 0ace iluminada da >ua.
4. J o deslocamento da ?erra ao redor do 1ol 2órbita6. ! execução do movimento $ caracteriCada por uma elipse( dura 34 dias e
seis 7oras( com uma velocidade m$dia de 2<(< GmKs.
,,. 1at$lite natural da ?erranoveira ao redor do planeta ao lon/o do mês( ela passa por um ciclo de 0ases( durante o .ual sua 0orma
parece variar /radualmente. O ciclo completo dura aproximadamente 2<( dias.
,3. 2'nício do s$culo ''6 Iilóso0o criador do mais con7ecido sistema /eocêntrico. :xplicava o movimento dos corpos celestes em
torno da ?erra com uma complexa interação entre círculos. !creditava .ue cada planeta orbitava em torno de um círculo( o
epiciclo( e cada epiciclo orbitava um círculo maior( o de0erente( .ue 0icava en torno da ?erra.