You are on page 1of 2

Boro

-Propriedades (químicas e físicas)
O boro é um não metal sempre forma ligações covalente. Normalmente forma três ligações
covalentes com ângulos de 120° entre si, utilizando orbitais híbridos sp
2
. O boro não possui
nenhuma tendência de formar compostos monovalentes. Todos os compostos BX
3
são
deficientes em elétrons e podem receber mais um par de elétrons de um outro átomo,
formando uma ligação coordenada. O BF
3
tem importância comercial como catalisador. O boro
também forma a gerar uma estrutura semelhante a um “cesto” aberto, bem como algumas
estruturas em forma de poliedros fechados. Este pode conter outros átomos, tais como o
carbono. As ligações multicentradas formadas nesse tipo de compostos são de grande
interesse teórico.
PROPRIEDADES DO BORO
Raio covalente /pm 80
Raio iônico, r(M
3+
)/pm 27
Ponto de fusão/°C 2300
Ponto de ebulição/°C 3930
Primeira energia de ionização, l
1
(kj mol
-1
) 799
Segunda energia de ionização, l
2
(kj mol
-1
) 2427
Terceira energia de ionização, l
3
(kj mol
-1
) 3660
Afinidade eletrônica, Ea/ (kj mol
-1
) 26,7
Eletronegatividade de Pauling 2,0

- Métodos de obtenção
O boro ocorre na natureza como bórax, Na
2
B
4
O
5
(OH)
4
.8H
2
O, e como quernita,
Na
2
B
4
O
5
(OH)
4
.2H
2
O, dos quais se obtém o elemento impuro. O bórax é convertido em ácido
bórico e depois em óxido de boro, B
2
O
3
. O óxido é reduzido com magnésio e lavado com álcali
e depois com ácido fluorídrico. O boro puro é produzido pela redução do vapor de BBr
3
com
H
2
:
2 BBr
3
(g)+ 3 H
2
(g) → 2 B(g)+ HBr (g)
- Reações químicas
O boro cristalino puro é muito pouco reativo. Contudo, ele é atacado por reagentes oxidantes
fortes a temperaturas elevadas, como por uma mistura de H
2
SO
4
e HNO
3
concentrados, a
quente, ou por peróxido de sódio. Já o boro amorfo finamente dividido (que contém de 2 a 5%
de impurezas) é mais reativo. Ele queima ao ar ou numa atmosfera de oxigênio, formando o
óxido. Também queima em atmosfera de nitrogênio, se for aquecido à incandescência (até
temperaturas em que ocorre a emissão de luz branca), formando o nitreto, BN. Trata-se de
solido branco de baixo coeficiente de atrito, com uma estrutura lamelar semelhante ao
grafite. Boro também queima na presença de halogênios, formando os trihaletos. Reage
diretamente com muitos elementos formando os boretos, que são duros e refratários. Reduz
lentamente HNO
3
e H
2
SO
4
concentrados; e libera H
2
quando reage com NaOH fundido.
- Aplicações
Uma importante aplicação do boro é na fabricação de barras de controle, de aço-boro ou
carbetos de boro, para reatores nucleares. O boro possui elevada seção transversal de captura
de nêutrons. As barras de controle são introduzidas no reator para absorver parte dos
nêutrons e com isso diminuir a velocidade da reação de fissão nuclear. O carbeto de boro
também é usado como abrasivo. O boro é usado para fabricar aços resistentes ao impacto,
pois aumenta o ponto até o qual o aço pode ser temperado.
Outro uso do boro é nos vidros de borossilicato. O bórax tem diversos usos domésticos; por
exemplo, como amaciante de água, produto de limpeza e pesticida suave. O ácido bórico,
B(OH)
3,
é usado como antisséptico suave.
- Ilustração

-Referências
ATKINS, Peter et al .Shriver & Atkins :Química Inorgânica. 4. ed. Bookman, 2008.
LEE, John. David. Química Inorgânica: não tão concisa. 5. ed. Edgard Blucher,1999.