You are on page 1of 8

A Sociologia surgiu em um contexto social específico, marcado por profundas transformações sociais que colocava a

necessidade de compreender a sociedade sob a perspectiva da ciência. O contexto histórico foi marcado pela,(o)

A
As guerras púnicas que possibilitaram a expansão da democracia grega para o império
romano.
B
A revolução gloriosa e a independência dos EUA, pela defesa de princípios
democráticos.
C
A revolução russa, pela difusão das ideias socialistas.
D
As lutas das colonias latino-americanas pela independência, por denunciar o
colonialismo.
E
A revolução industrial e a revolução francesa, por contribuirem para a consolidação do
capitalismo.
O renascimento foi caracterizado como o momento histórico em que floresceu um novo pensamento social marcado
pelo laicismo e pelo aparecimento de novas instituições políticas e sociais, como as nações, os estados, as legislações
e os exércitos. Neste contexto, as atividades econômicas ligadas ao comércio se desenvolveram favorecendo que
classe social ?
A
a burguesia comercial
B
a aristocracia rural
C
o campesinato
D
a classe operária
E
o operariado urbano
Foi no Renascimento que o homem europeu retornou a prática do pensamento especulativo, concebendo o seu papel na história dos acontecimentos como agente. O
pensamento social renascentista expressou-se nas obras de pensadores como Nicolau Maquiavel e Thomas Morus. Nestas duas obras observa-se:
A
uma análise clara das bases materiais em que se assenta o poder pólítico da época;
B
a expressão dos ideais de vida moderada, laboriosa e igualitária presente na sociedade da época.
C
compreensão da vida social como resultante das condições econômicas e políticas e não da fé;
D
a reflexão sobre um modelo político de organização social pautado na igualdade entre os homens.
E
uma apurada crítica da ordem social;
Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é: C.
A partir do século XV, o Renascimento possiblitou mudanças profundas na mentalidade da época. Os elementos básicos desta nova mentalidade são:
A
A formação de uma mentalidade laica e a negação do individualismo
B
A formação de uma postura de negação da ciência e valorização do conhecimento mítico.
C
A formação de uma mentalidade laica e a defesa do emprego de métodos científicos
D
A consolidação da mentalidade religiosa e valorização do teocentrismo.
E
A valorização da mentalidade mitica em virtude dos temores da expansão comercial.

Você já respondeu e acertou esse exercício.
Leia o texto a seguir:
"Artigo 6 - A lei é a expressão da vontade geral; todos os cidadãos têm o direito de concorrer,
pessoalmente ou por seus representantes, à sua formação; ela deve ser a mesma para todos, seja
protegendo, seja punindo. Todos os cidadãos, sendo iguais a seus olhos, são igualmente admissíveis a
todasasdignidades,lugareseempregospúblicos,segundosuacapacidadeesemoutrasdistinçõesque
asdesuasvirtudesedeseustalentos".
(Declaraçãodosdireitosdohomemedocidadão,26deagostode1789.)
Qual é a teoria política que o texto representa?
A
Liberal, por defender o princípio da liberdade e igualdade entre os seres humanos.
B
a) Socialista, por defender a igualdade dos indivíduos.
C
a) Anarquista, pela defesa excessiva da liberdade individual.
D
a) Totalitário, por restringir a liberdade do governante.
E
a) Maquiavélico, por se fundamentar em princípios racionais.
F
No início da Revolução Industrial o trabalho infantil foi utilizado com grande intensidade pelos capitalistas por quê:
A
apelava para o ideal de homem ativo e poupador
B
apelava para o dever do trabalho e o repúdio a ociosidade
C
orientava a criança para a disciplina, o esforço físico e o bem estar social
D
supunha, na criança, maior docilidade e obediência em virtude de sua fragilidade.
E
exigia da criança a subsistência e a liberdade de ocupar o tempo livre.
Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é: D.
ENADE 2004
"O homem se tornou lobo para o homem, porque a meta do desenvolvimento industrial está concentrada num objeto e não no ser humano. A tecnologia e a própria ciência
não respeitam valores éticos e, por isso, não tiveram respeito algum com o humanismo, para a convivência e para o sentido mesmo da existência. Na própria política, o
que contou no pós-guerra foi o êxito econômico e, muito pouco, a justiça social e o cultivo da verdadeira imagem do homem. Fomos vítimas da ganância e da máquina. Das
cifras. E, assim, perdemos o sentido autêntico da confiança, da fé, do amor. As máquinas andaram por cima da plantinha sempre tenra da esperança. E foi o caos."
ARNS, Paulo Evaristo. Em favor do homem. Rio de Janeiro: Avenir, s\d, p. 10.
De acordo com o texto, pode-se afirmar que:
A
A industrialização, embora respeite os valores éticos, não visa o homem.
B
A confiança, a fé, a ganância e o amor se impõem para uma convivência possível.
C
A política do pós-guerra eliminou totalmente a esperança entre os homens.
D
O sentido da existência encontra-se instalado no êxito econômico e no conforto.
E
O desenvolvimento tecnológico e científico não respeitou o humanismo.
A Revolução Industrial ocorrida no final do século XVIII transformou as relações do homem com o trabalho. As
máquinas mudaram as formas de trabalhar, e as fábricas concentraram-se em regiões próximas às matérias-primas e
grandes portos, originando vastas concentrações humanas. Muitos dos operários vinham da área rural e cumpriam
jornadas de trabalho de 12 a 14 horas, na maioria das vezes em condições adversas. A legislação trabalhista surgiu
muito lentamente ao longo do século XIX e a diminuição da jornada de trabalho para oito horas diárias concretizou-se
no início do século XX.
Pode-se afirmar que as conquistas no início do século XX são decorrentes de:
A
a expansão do capitalismo e a consolidação dos regimes monárquicos constitucionais
B
a expressiva diminuição da oferta de mão-de-obra, devido à demanda por trabalhadores
especializados.
C
a capacidade de mobilização dos trabalhadores em defesa dos seus interesses
D
o crescimento do Estado ao mesmo tempo que diminuía a representação operária nos
parlamentos.
E
a vitória dos partidos comunistas nas eleições das principais capitais européias.

Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é: C.
.A Revolução Industrial provocou mudanças profundas na sociedade resultante da movimentação maciça dos trabalhadores rurais para as cidades. Quais são as
consequência deste processo de urbanização?
A
Desenvolvimento de projetos de urbanização para acomodar adequadamente os migrantes e lhes proporcionar qualidade
de vida.
B
Investimentos maciços para adequar os ambientes de trabalho para atrair os trabalhadores.
C
Falta de habitação, higiene, desemprego, aumento do alcoolismo e da prostituição nas áreas urbanas, o que resultou em
revoltas populares contra a desigualdade social entre empresários e trabalhadores.
D
O Estado passou a exigir da burguesia maior responsabilidade social em relação a acomodação de seus empregados, já
que era por causa das fábricas que aumentou a população das cidades.
E
Ampliação da qualidade de vida das camadas populares em virtude do assalariamento na indústria e desenvolvimento de
projetos habitacionais.
F

Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é: C.
ENADE 2005
O século XVIII constitui um marco importante para a história do pensamento ocidental e para o
surgimento das ciências sociais. As transformações econômicas, políticas e culturais, que se
intensificaram a partir dessa época, colocaram problemas inéditos para a humanidade, que experimentava
mudanças no Ocidente Europeu. Com referência aos marcos fundadores do pensamento social no
Ocidente, assinale a opção correta.
A
O feudalismo e o capitalismo, como marcos fundadores das ciências sociais, conviveram
harmonicamente ao longo do processo de transformação social a partir do século XVIII.
B
A Revolução Francesa, pelo seu potencial revolucionário e universal, dificultou o
aparecimento das ciências sociais.
C
Um dos marcos fundadores das mudanças no século XVIII foi a transformação da
aristocracia inglesa em classe aliada à burguesia, que, a partir daí, comandou o
processo econômico no Ocidente.
D
O Renascimento e a Reforma são considerados marcos fundadores que
permitiram o aparecimento das ciências sociais.
E
A Revolução Industrial e a Revolução Francesa, ao redefinirem, respectivamente, as
relações políticas e as relações de produção, deram condições para o surgimento de
uma visão racional do mundo, da qual emerge a sociedade como objeto de estudo.
F

Você já respondeu e acertou esse exercício.

Max Weber elaborou importante teoria sobre os tipos ou formas de poder e de dominação. Assinale a alternativa que, de acordo com o autor, contém os três tipos de poder
e de dominação:
A
Legislativo, executivo e judiciário
B
Legal ou racional, tradicional e carismático
C
Econômico, político e cultural
D
Democrático, liberal e totalitário
E
Laico, religioso e militar
Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é:
O conceito de mais-valia desenvolvido por Karl Marx significa:
A
o lucro do empresário advém da venda de mercadorias
B
a mais valia é obtida pela parte da riqueza produzida pelo capitalista, que investe seu lucro no sistema
produtivo.
C
a mais valia é obtida pela parte da riqueza produzida pelo trabalhador que fica com o capitalista
D
a mais valia é obtida pelo trabalhador como fruto do seu trabalho, seu empenho e sua dedicação aos
interesses da organização.
E
a mais valia significa o lucro do empresário no processo de circulação simples da mercadoria.
Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é: C.
O positivismo derivou do "cientificismo" que significa a crença no poder da razão em conhecer a realidade e traduzi-la sob a forma de leis que seriam a base da
regulamentação da vida dos homens. Qual é o objetivo do positivismo?
A
Fortalecer as crenças religiosas e o senso comum como fontes do verdadeiro conhecimento humano.
B
Substituir as explicações teológicas e do senso comum por meio das quais o homem explicava sua participação
na vida social.
C
Desenvolver uma crítica aos valores cristãos e estabelecer os valores protestantes como padrão de verdade.
D
Contribuir para a divulgação de reflexões oriundas do senso comum para valorizar o pensamento do homem
comum
E
Colocar em evidência as limitações da reflexão científica que pouco contribuiu para a solução dos problemas
sociais.
Você já respondeu e acertou esse exercício.
A resposta correta é: B.