Unidade II

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Profa. Maíra Miranda

Comportamentos Pró-Ambientais:
Ecocidadania
 Surto desenvolvimentalista aumenta a
desigualdade social entre países
desenvolvidos e emergentes em escala
global.

20% da população mundial que vivem
nos países desenvolvidos consomem
80% do que é produzido mundialmente.

 O avesso do desenvolvimento reside no
fato de que a corrida pelo crescimento se
processa à custa da degradação da
qualidade de vida, pois obedece apenas
à lógica da competitividade.

Comportamentos Pró-Ambientais:
Ecocidadania
Tem como meta a redução de impactos
ambientais a curto e longo prazo.
 Evitar desperdício de água.
 Efetuar coleta seletiva de lixo.
 Manter automóvel com motor regulado
regulado.
 Pegar carona.
 Utilizar transporte público.
 Não cortar árvores nativas.
 Não poluir corpos d
d’ água.
água
 Não caçar animais silvestres.
 Etc...

 EA: meio para se atingir a ecocidadania. . visando atingir dimensões planetárias.Comportamentos Pró-Ambientais: Ecocidadania  A crise ambiental e sua articulação com a pobreza e a violência organizada são fenômenos que revelam os ingredientes autodestrutivos da globalização. partindo da escala local.  É nesse cenário que a EA é requerida como um grande movimento social a ser implementado.

 Meio rural x urbano. urbano  Classes sociais diferentes.  Pluralidade socioeconômica.  Investimento na elaboração de ideias integradoras entre formação pessoal e a social no que tange à área de EA. .  Pluralidade: o professor deve adequar sua linguagem.Aspectos Pedagógicos da Educação Ambiental  Os ingredientes fundamentais da educação são os projetos e valores. gestos e metodologia a cada realidade.

 Os diversos atores sociais (indivíduos.Aspectos Pedagógicos da Educação Ambiental  A multiplicidade de interesses da população => dificulta o exercício da educação ambiental. segmentos) apresentam características próprias quanto à utilização de recursos ambientais. mas também na forma com que os atores sociais envolvidos interagem com o ambiente.  Portanto. . o trabalho do educador ambiental deve se embasar não só no conhecimento das várias dimensões que caracterizam os problemas ambientais em si. grupos.

social e econômica. que governe as condutas cotidianas promovendo a sustentabilidade ambiental e a melhora da qualidade de vida do conjunto da sociedade.  A existência dessa pluralidade de contextos socioambientais leva a um dos grandes objetivos a ser atingido pela educação ambiental:  A formação de um novo senso comum.Aspectos Pedagógicos da Educação Ambiental  O Brasil é marcado por uma grande diversidade cultural. .

mudança de comportamento e participação efetiva dos educandos. capacidade de avaliação.Propostas Pedagógicas em Educação Ambiental  As propostas pedagógicas devem ser elaboradas visando ao desenvolvimento de práticas sociais comprometidas com o meio ambiente. ê i conscientização. .  O dinamismo da transformação socioambiental que o processo educacional deve acomapanhar é favorecido por propostas pedagógicas que procuram centralizar sua atenção nos seguintes aspectos:  D Desenvolvimento l i de d competências.

.Interatividade Responda a alternativa correta no que se refere a Educação Ambiental: a) Apenas o conhecimento científico sobre o tema já garante a eficiência no processo ensino-aprendizagem. b) Deve ser padronizada. independentemente da região e público-alvo. c) Deve levar em consideração a pluralidade socioeconômica. d) Deve oferecer apenas informações sobre o meio ambiente. e) Deve estimular a mudança de atitude individual e não coletiva.

pluralidade cultural. . ética. saúde. trabalho e consumo.  Temas transversais são “questões importantes urgentes e presentes sob várias formas na vida cotidiana” cujos objetivos e conteúdos “devem ser incorporados nas áreas já existentes e no trabalho educativo da escola” (BRASIL 1998) (BRASIL. orientação sexual.Temas Transversais  Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) estabelecem a inclusão das questões ambientais como tema transversal.  Meio ambiente. 1998).

. a comunicação e a preocupação com o aprendizado contínuo sobre a temática ambiental.Como Trabalhar a Temática Ambiental?  Conhecimento: corresponde à ênfase no aprendizado de conceitos sobre as questões ambientais.  Competências: incluem uma infinidade de processos e habilidades que estimulem o pensamento crítico.

mais do que a aceitação passiva de um determinado conjunto de atitudes e valores. por meio de análise e esclarecimento.Como Trabalhar a Temática Ambiental?  Atitudes e valores: deve-se priorizar a construção de atitudes individuais e de grupo. global que permite ao sujeito associar suas ações cotidianas a consequências futuras.  Comportamento: refere-se ao conjunto individual e/ou coletivo de ações que contribuam para a qualidade de vida e desenvolvimento sustentável da comunidade local e global. .

Características do ambiente onde serão executadas as atividades. . A maturidade e o estado motivacional dos integrantes do grupo. 2.Aspectos Práticos da Educação Ambiental  O planejamento das atividades e as formas de abordagem devem ter plena aderência ao perfil do aluno. Aspectos importantes: 1.

interesses pessoais do participante. Essa é a motivação incorporada pelos sistemas de educação formal. diplomas). Geralmente associada à educação não formal.Aspectos Práticos da Educação Ambiental  Nível de amadurecimento:  Crianças na primeira Infância.  Público em geral geral.  Estudantes de Educação Infantil e dos Ensinos Fundamental. adulto  Motivação extrínseca: recompensas externas ou incentivo ao aprendizado (provas. certificados. adulto. formal  Motivação intrínseca: desejos. Médio e Superior. .

 Sala de aula. .O Ambiente Educacional  As características do local onde o programa será implementado e seu prazo de duração são de grande relevância para o planejamento e efetivação do programa. laboratório. etc. estações de tratamento de água.  Em tese. ar livre. complexos industriais. mas há a necessidade de escolher o ambiente educacional que melhor atenda aos propósitos do programa. aterros sanitários. parques. o programa pode transcorrer em qualquer tipo de ambiente.

 Essas metas podem ser adotadas como diretrizes específicas para a elaboração de programas voltados à primeira infância. 1. 2. . diversidade e inter-relações na natureza. desenvolver a apreciação da beleza do mundo natural. cada uma com um conjunto de entendimentos a serem desenvolvidos.Diretrizes Específicas para Programas voltados para a Primeira Infância  Ruth Wilson (1993) apresenta 6 metas a serem atingidas. tomar consciência dos conceitos de ciclos.

5. desenvolver um senso de apreciação e respeito pela integridade do mundo natural. desenvolver o senso de cuidado pelo planeta Terra e a compreensão de como diferentes tipos de poluição podem ser prejudiciais à Terra. desenvolver a compreensão de como contribuir para o bem-estar da Terra. 6. . 4.Diretrizes Específicas para Programas voltados para a Primeira Infância 3. desenvolver a consciência de que as pessoas são parte do mundo natural e não separadas dele.

Interatividade Qual das alternativas abaixo não pode ser considerada uma meta a ser atingida em projetos para a primeira infância? a) desenvolver a apreciação da beleza do mundo natural. c) desenvolver a consciência de que as pessoas são parte do mundo natural. e) desenvolver a responsabilidade cívica e pessoal. . b) desenvolver um senso de apreciação e respeito pela integridade do mundo natural. d) desenvolver a compreensão de como contribuir para o bem-estar da Terra.

Diretrizes Específicas para a Educação Formal Organizar as diretrizes em 4 vertentes. cada uma representando aspectos amplos da educação ambiental. 2. à alfabetização ambiental. ao final do processo. habilidades de análise e questionamento. 3. 4. 1. visando. responsabilidade cívica e pessoal. . conhecimento dos sistemas e processos ambientais. competências para a compreensão e resolução de questões ambientais.

Educação Não Formal  Se os ensinamentos de educação ambiental para a primeira infância e para os diversos níveis da educação formal forem assimilados com sucesso. . o resultado será a formação de cidadãos ambientalmente alfabetizados. é importante ressaltar que a aprendizagem não deve acabar quando termina a educação formal.  O aprendizado ambiental é importante em todas as fases da vida e a educação ambiental deve ser um esforço constante ao longo da vida. alfabetizados  Porém.

a seleção e o planejamento das atividades. como etapa obrigatória que precede a aplicação.Desenvolvendo e Implementando Programas de Educação Ambiental  O desenvolvimento de programas requer. é produzido e/ou selecionado o material educativo e são planejados os métodos a serem empregados no processo de ensino/aprendizagem. são determinados os conteúdos específicos do programa.  Nessa etapa são estabelecidas metas e objetivos. ensino/aprendizagem .

 Mesclar a experiência com os ensinamentos.  Manter o foco nos relacionamentos.  Elaborar atividades que estimulem intensamente as sensações. .  Promover experiências multimodais de aprendizado.  Criar uma atmosfera acolhedora para o aprendizado.  Manter as crianças envolvidas ativamente.  Promover experiências prazerosas.Recomendações para a Primeira Infância  Começar com experiências simples.

 Incluir a educação ambiental em todos os momentos do processo educativo da primeira infância (em vez de considerar uma atividade adicional). sempre que possível. .  Promover atividades ao ar livre.Programas de Educação Ambiental para a Primeira Infância  Demonstrar interesse pessoal e apreço pelo mundo natural e tomar atitudes quanto ao mundo natural que sirvam de modelo.  Ressaltar a beleza e o encanto da natureza.  Introduzir experiências e perspectivas multiculturais.

 Identificar quais disciplinas estão relacionadas ou dão suporte ao estudo de um determinado tópico ambiental. Engleson (1998) elaborou um processo de 8 etapas que podem auxiliar na infusão (incorporação) da educação ambiental no currículo escolar:  Selecionar o tópico ambiental a ser infundido em cada uma das disciplinas. .  Desenvolver um ou mais objetivos ambientais para cada disciplina.  Especificar o conteúdo ambiental a ser adicionado a cada unidade de estudo.Programando a Educação Ambiental no Contexto da Educação Formal.

referências.  Desenvolver novas modalidades de ensino quando necessário. materiais de consumo. locais para trilhas.  Identificar as atividades relacionadas e os novos temas de investigação que podem ser sugeridos através do ensino da unidades recentemente infundidas.  Identificar novos recursos a serem usados para atingir os objetivos ambientais: equipamentos.  Identificar novas habilidades que podem ser usadas para atingir o objetivo educacional proposto.Programando a Educação Ambiental no Contexto da Educação Formal. .

pois não é interessante para esse público-alvo. c) Promover experiências prazerosas.Interatividade Qual das alternativas abaixo não é uma recomendação para projetos voltados para a primeira infância? a) Começar com experiências simples. b) Manter as crianças envolvidas ativamente. . e) Demonstrar interesse pessoal e apreço pelo mundo natural e tomar atitudes quanto ao mundo natural que sirvam de modelo. d) Evitar atividades ao ar livre.

visando elaborar uma construção efetiva da conscientização e de habilidades desejáveis no contexto da educação ambiental. mas procurar incluir novas abordagens específicas para o público-alvo.  Sempre que possível ir além da simples transferência de informações.Programando a Educação Ambiental no Contexto da Educação Não Formal. Diretrizes para o desenvolvimento de programas:  Envolver o público-alvo nos diversos momentos do planejamento do conteúdo e formato do projeto ou programa.  Basear-se em outros programas. .

websites. . Diretrizes para a implementação do programa:  Aulas. áudio. seminários e workshops. etc).  Recursos impressos (folhetos. slides. multimídia.Programando a Educação Ambiental no Contexto da Educação Não Formal.  Elaborar uma estratégia eficiente de divulgação para o programa ou projeto.  Recursos de mídia (vídeo. jornais. multimídia etc).  Manter a precisão factual e um equilíbrio de pontos de vista durante todo o programa ou projeto.

as relações ou os fenômenos naturais.  Interpretação Ambiental: é uma atividade educacional que tem o objetivo de revelar os significados. . comunicação de dados e fatos. pessoas ou seja. que não são científicos. pois é uma tradução da linguagem da natureza para a linguagem comum das pessoas.  Facilita o conhecimento e a apreciação da natureza. seja traduz a linguagem técnica.Programando a Educação Ambiental no Contexto da Educação Não Formal. por intermédio de experiências práticas e meios interpretativos ao invés da simples interpretativos. para os termos e idéias do público em geral.

flexível e moldável às mais diversas situações. .  É imprescindível partir sempre da investigação cientifica e ser fiel aos resultados dessas investigações.Interpretação Ambiental  A Interpretação Ambiental é uma técnica didática.

 Informação não é interpretação. os temas devem estar interrelacionados.  Para crianças a abordagem é diferente. .Princípios Gerais da Interpretação Ambiental  A interpretação deve associar o tema do programa à personalidade ou experiência dos participantes.  A meta principal não é a instrução e sim a provocação.  A interpretação deve tratar do todo em conjunto e não de partes isoladas.  A interpretação é uma arte. interpretação é a revelação baseada em informações. Qualquer arte pode ser ensinada em certa extensão.

2. . ou seja. No propósito da interpretação. Nos resultados da interpretação. 3. Delineou 4 princípios básicos que se resumem no enfoque: 1. No recurso. seja o ambiente natural ou um patrimônio histórico.Interpretação Ambiental Um exemplo: Programa de Desenvolvimento Interpretativo (IDP) do National Park Service (NPS) – EUA. naquilo que será interpretado. 4. No papel desempenhado pelos visitantes (participantes).

 Responsabilidade.  Acessibilidade.  Segurança.  Programa de lideranças.Interpretação Ambiental: Infraestrutura A infraestrutura de um programa de educação ambiental se refere às condições básicas necessárias para desenvolvê-lo e aplicá-lo:  Apoio administrativo ou suporte institucional. .

as relações ou os fenômenos naturais. por intermédio de experiências práticas e meios interpretativos. d) A abordagem utilizada é igual para adultos e crianças. c) A meta principal é a compreensão do conteúdo do material didático utilizado. e) Deve ser realizada apenas na escola. . b) Deve ser realizada exclusivamente ao ar livre. é correto afirmar que: a) tem o objetivo de revelar os significados.Interatividade Com relação à Interpretação Ambiental.

ATÉ A PRÓXIMA! .