Aspectos legais da Empresa

:
A-Qual a legislação específica da empresa em relação ao seu tipo de negócio?
A empresa é uma sociedade anônima de capital aberto. Regendo-se pelas Leis Civis,
pela Lei 6.404/76, e normativos da CMV.
B -Os Órgãos de Classe.
Em nossa organização temos: diretoria estatutária, conselho de administração e
conselho fiscal.
C- Os impostos e tributos da empresa e seus percentuais.
Os tributos impactantes na operação da empresa são: ICMS, PIS, COFINS, IRPJ, ISS,
e Contribuições Previdenciarias e de Terceiros.
D- Identificar se há alguma consideração ética para a comercialização dos
produtos/serviços.
A empresa possui um Código de Ética que rege a maneira que seus colaboradores
devem se portar diante de nossos clientes, e dentro da própria empresa no dia dia de
suas atribuições, devendo tratar todos com respeito, educação, seguindo o lema “faça
aos outros o que gostaria que fizesse a você mesmo”.
E- Restrições para comunicação.
A empresa possui uma assessoria à imprensa a qual cuida de todos os contatos
referente a comunicação externa.
F- Código de Defesa do Consumidor.
A empresa segue rigorosamente o CDC, e procura aplicar no dia dia as melhores
praticas de atendimento e respeito ao consumidor.

a concessão aos seus colaboradores do chamado cheque mãe. A conseqüência é uma menor rentabilidade da empresa. além de que. poderia ser bem maior. já tem propiciado este acesso.A companhia não visa apenas vender seus produtos e obter lucros. e outros). O que temos hoje no pais é uma alta carga tributaria e um sistema tributaria extremamente complexo. e maior acesso às pessoas aos bens duráveis de essência para a sobrevivência das pessoas (como: geladeira. se tivéssemos uma carga tributaria menor. Se nosso sistema fosse menos complexo e a carga tributaria menor. que. certamente a capacidade contributiva mais igualitária contribuiria para esta equação. Em parte este acesso tem ocorrido. como o caso do Programa minha casa melhor. o que iria de encontro ao chamado “novo direito empresarial”. vez que a diminuição das pessoas que estão abaixo da linha da pobreza e o aumento de consumo da classe C. justa e solidaria. Partindo-se do pressuposto que a relação do capital com o trabalho. e menos recurso para investimentos em projetos sociais. Com uma carga tributaria menor certamente teríamos mais recursos para investimentos no crescimento da empresa. consequentemente mais contratações. propiciando assim um maior consumo. o exemplo do programa de contratação de pessoas com deficiências. e outros. alto custo para manter a unidade produtora. reduziria o custo da própria empresa. fogão. uma concessão maior do que prevê a legislação trabalhista no que diz respeito ao auxilio creche. maquina de lavar. como projetos de incentivo à cultura. fazendo parcerias com instituições e o próprio governo. e a propriedade privada deveriam andar juntos em prol de uma sociedade mais igualitária. o que poderia implicar numa redução do preço dos produtos. o qual prejudica a equação acima. . trabalha também o lado social. certamente teríamos uma aplicação mais justa do principio da capacidade contributiva.