INTRODUÇÃO

Com as grandes navegações foi possível as nações aumentarem suas riquezas. Surgiu
então o mercantilismo. Para o controle do mercantilismo, foi criado o pacto colonial.
Devido à expansão marítima, Portugal criou o império ultramarino.
Na busca por tantas riquezas começaram a acreditar no El Dorado.
Algumas nações desrespeitam o tratado de Tordesilhas e entram na disputa por mais
riquezas. Já no século XVII, surgiram as companhias de mercadores que contribuíram para os
grandes lucros do comércio marítimo.

Geralmente as embarcações portuguesas partiam do rio Tejo. Construíram fortalezas e feitorias na América do Sul. A batata. com o objetivo de evangelizar os outros povos. África e Ásia. Os europeus levaram o cavalo tanto para a América como para o Japão. A cana-de-açúcar. Durante quase um século os portugueses dominaram a maior parte do comércio ao longo do Índico. O cacau e o milho. o tomate. Mercantilismo O mercantilismo foi um conjunto de práticas econômicas. Além de tripulantes levavam também padres jesuítas. provocando uma circulação monetária desconhecida até então. leis e normas que as metrópoles impunham às suas colônias durante o período colonial. surgido na Europa a partir do séc. Pacto Colonial O Pacto Colonial pode ser definido como um conjunto de regras. as metrópoles. o fumo. Foi posterior ao sistema feudal e anterior ao sistema capitalista. mais rica ela seria. em geral. garantindo assim seu próprio enriquecimento à custa dos territórios dominados. Metalismo: Quanto maior o volume de moedas de ouro e prata acumulado por uma nação. a metrópole transformava as colônias em economias complementares as suas. pagavam por esses produtos com africanos escravizados. originários das Américas. Balança comercial favorável: Exportar mais do que importar Política Protecionista: Cobrança de altas taxas alfandegarias sobre as mercadorias estrangeiras. foram introduzidos no continente europeu. XV. o mamão e o abacaxi. de origem asiática espalhou-se pelo Caribe e pela América do Sul.DESENVOLVIMENTO Grandes navegações: Crescimento do comércio Procura pelas especiarias das Índias. a resistência muçulmana à presença portuguesa no oriente e o processo de sucessão do trono português. Graças às navegações produtos de quatro continentes passaram a atravessar os mares. O Império Ultramarino Português Portugal foi à primeira nação europeia moderna a ter um império ultramarino. Por meio do pacto. . típico das terras americanas adaptaram-se muito bem a África. Café oriundo da Etiópia penetrou no continente europeu e chegou mais tarde na América. Esse processo é chamado de revolução comercial. Declínio comercial de Portugal: Alto custo das viagens transoceânicas. Para impedir que as moedas saíssem do seu território.

Por causa da supremacia dos mares Inglaterra e Holanda entraram em divergência várias vezes durante o século XVII. Novas nações entram na disputa Outros países europeus como França. Os grandes lucros do comércio marítimo. os espanhóis descobriram Potosí. Em 1600 o El Dorado começou a esgotar até se extinguir por completo em poucas décadas. que abrigava a maior jazida de prata encontrada até então. Brasil: pau brasil. Com isso em poucos anos a Espanha se tornou o país mais rico da Europa 1500 e 1520: 45 toneladas de prata. 1545 e 1560: 270 toneladas de prata. o trafico de escravos africanos e a exploração de novas terras. . criaram entrepostos e colônias em vários continentes. O governo inglês e o holandês delegavam a tais empresas poderes para comercializar. 1580 e 1600: 340 toneladas de prata. Ásia e América. Quando um ataque era bem sucedido o corsário entregava parte do butim ao rei. os holandeses. uma montanha de aproximadamente 600 m de altura na Bolívia atual. Inglaterra e Holanda desrespeitaram o Tratado de Tordesilhas e entraram na corrida pelas riquezas da África. administrar e defender territórios que estivessem sob seus domínios. estavam em jogo. A era das companhias Companhias de mercadores: eram empresas comerciais formadas por sociedades anônimas. Piratas: atuavam por conta própria e eram considerados foras-da-lei. No Caribe e Atlântico Sul as embarcações espanholas carregadas de metais preciosos começaram a ser assaltadas por piratas e corsários. peles e penas de animais. que eles acreditavam ser o EL DORADO. que para isso lhes entregavam um documento conhecido como Carta de Corso. Com a ajuda dessas companhias de mercadores. Corsários: eram autorizados por seus reis.Em busca do EL DORADO Em 1545. conquistar.

Portugal foi à primeira nação a ter um império ultramarino e com isso dominaram por quase um século o comércio da Europa.CONCLUSÃO Concluímos que a partir das grandes navegações que surgiram os impérios coloniais. . conquistar. pois estes eram explorados especiarias que seriam vendidas na Europa. administrar e defender territórios que estivessem sob seus domínios. em que se começou a circulação monetária. Surgem as companhias de mercadores que tinham poderes para comercializar. Houve uma revolução comercial. outros países começaram a entrar nessa corrida por riquezas. na qual gerou um grande crescimento comercial da época. Vendo o crescimento de Portugal.

Gislane Campos.BIBLIOGRAFIA AZEVEDO. SERIACOPI. . 1ª Edição. 2009. São Paulo: Ática. Reinaldo: História.