You are on page 1of 11

DROGAS

Os jovens gostam de se arriscar. Gostam de testar seus limites. Gostam de se aventurar. Nossa
missão é pedirmos para que eles não vão tão longe demais.
A droga mata sim. Mas antes, vem a sensação de prazer. E o prazer aumenta quando a
quantidade de uso também aumenta. Isso vai convidar algo chamado dependência. Sua vida
vai ser baseada na droga. Toda a tua vida vai se inclinar diante daquilo. A droga pode até
demorar a matar. Mas, de imediato ela mata o teu poder de decisão.

TATUAGEM
Suspeitam-se que a tatuagem é algo muito antiga. A pratica da tatuagem era servida para fins
religiosos, marcação de grupo social, escravos ou apenas para registro histórico. A Igreja Cristã
condenou o uso da tatuagem, pois em Levítico 19:28 diz:

“Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre
vós. Eu sou o Senhor.”
“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo
para glória de Deus” (I Coríntios 10:31)
“Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e
tudo o que não é de fé é pecado” (Romanos 14:23)
- Riscos de se fazer uma tatuagem
Fazer uma tatuagem não traz só beleza, mas também riscos graves. Em um
estudo recente, os investigadores determinaram que o risco de hepatite C está
diretamente relacionado com o número de tatuagens que a pessoa tem, de
acordo com uma análise de 124 estudos de 30 países.
Pessoas com várias tatuagens ou tatuagens que cobrem grandes partes de seus
corpos estão em maior risco de contrair hepatite C, bem como outras doenças
veiculadas pelo sangue.
Doenças infecciosas, doenças de pele e alergias são apenas algumas das
preocupações que devem ser abordadas a fim de proporcionar a experiência
mais segura possível.
Outros grandes riscos da tatuagem incluem contrair HIV, hepatite B e infecções
bacterianas ou fúngicas. A maioria dos bancos de sangue pede que as pessoas
esperem 12 meses após fazer uma tatuagem antes de doar sangue.
De acordo com institutos de saúde, casos de Staphylococcus aureus estão em
ascensão entre pessoas tatuadas. Isto é particularmente preocupante porque as

segundo estudos. e devem abrir recipientes de tinta não utilizados para cada tatuagem – nenhum destes equipamentos deve ser reutilizado ou compartilhado. os tatuadores são regulados por autoridades estaduais e locais. Toxinas em algumas tintas para tatuagens podem entrar nos rins. Você também pode procurar as leis do município ou local e pedir recomendações sobre lojas licenciadas de tatuagem. E outro cuidado que não pode ser esquecido jamais: nos primeiros dias. luvas e máscaras descartáveis. incluindo aquelas. pois podem experimentar surtos ou deformidades na pele. e fazer perguntas aos tatuadores quanto à esterilização e a segurança dos equipamentos. agulhas novas. Os pigmentos utilizados em tintas de tatuagem são de nível industrial e.cepas dessas bactérias são altamente resistentes à penicilina e muitos antibióticos. Nem todas as tintas de tatuagem são aprovadas por órgãos de saúde. que brilham no escuro – os riscos que elas causam ainda não são conhecidos. Os produtos químicos na tinta da tatuagem são outra causa de preocupação. Pessoas com condições de pele como eczema. . bem como outras referências. bem como verificar se há queixas sobre um estúdio particular. a tatuagem é uma ferida aberta que precisa ser adequadamente tratada. Porém. pulmões ou linfonodos através do sistema circulatório. cada vez mais utilizadas. Algumas pessoas podem ter reações alérgicas à tinta. então a limpeza e a segurança das lojas de tatuagem variam. Para reduzir o risco da disseminação de patogenias veiculadas pelo sangue e por bactérias. como dermatite (irritação grave na pele). e isso é muito importante. os tatuadores devem utilizar sempre equipamentos esterilizados. A maioria das lojas explica o pós-tratamento com instruções sobre como limpar e tratar uma nova tatuagem. são adequados para tinta de impressão ou pintura de automóveis. em nenhuma circunstância. Certificados de segurança ou inspeções de saúde publicados em paredes de estúdios de tatuagem podem ser falsificados. Os especialistas aconselham os clientes a visitarem as lojas antes de fazer uma tatuagem. ou que são propensas a ter quelóides (um crescimento excessivo de tecido cicatricial na área da ferida) devem reconsiderar fazer uma tatuagem. Os especialistas afirmam que é melhor procurar por recomendações de pessoas que atestem a limpeza e qualidade de uma loja.

2 Coríntios 12:21. Gálatas 5:19. as pessoas devem tomar certas precauções. O sexo no casamento é prazeroso. e evitar tocar ou pegar em qualquer crosta que se forme na área tatuada. 10:8. e Deus o projetou dessa maneira. Judas 7). o casal deve entender que a intenção de Deus para o sexo inclui produzir filhos. O Cântico dos Cânticos e várias outras passagens bíblicas (como Provérbios 5:19) descrevem claramente o prazer do sexo.o da procriação. Muito frequentemente nos concentramos no aspecto de "recreação" do sexo sem reconhecer que há um outro aspecto . ficar longe de piscinas ou banheiras de água quente. . 6:13. O sexo antes do casamento faz parte da definição bíblica de imoralidade sexual.Os cuidados SEXO ANTES DO CASAMENTO O que a Bíblia diz sobre o sexo antes do casamento/sexo pré-matrimonial? Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre o sexo antes do casamento/sexo prématrimonial?" Resposta: Não existe uma palavra hebraica ou grega usada na Bíblia que precisamente se refira ao sexo antes do casamento. Já que 1 Coríntios 7:2 claramente inclui o sexo antes do casamento na definição de imoralidade sexual. por causa da prostituição. Assim. Deus quer que homens e mulheres desfrutem da atividade sexual dentro dos limites do casamento. tenha cada homem sua própria mulher e cada mulher seu próprio marido. como aplicar uma pomada antibiótica na área. Efésios 5:3. Só então poderão satisfazer as suas paixões de uma forma moral. A Bíblia inegavelmente condena o adultério e imoralidade sexual. 1 Coríntios 5:1. A Bíblia promove a abstinência completa antes do casamento. Primeiro Coríntios 7:2 está essencialmente dizendo que. todos os versículos bíblicos que condenam a imoralidade sexual como sendo pecaminosa também condenam o sexo antes do casamento como pecado. mas é o sexo antes do casamento considerado sexualmente imoral? De acordo com 1 Coríntios 7:2.estão . porque as pessoas não conseguem se controlar e por isso muitas estão tendo sexo imoral fora do casamento. No entanto. O sexo entre o marido e sua esposa é a única forma de relações sexuais que Deus aprova (Hebreus 13:4)." Neste versículo. Existem inúmeras Escrituras que declaram o sexo antes do casamento como sendo um pecado (Atos 15:20. "sim" é a resposta clara: "mas. elas devem se casar.Para diminuir ainda mais o risco de infecções e doenças. Paulo declara que o casamento é a "cura" para a imoralidade sexual. 18. 1 Tessalonicenses 4:3. para um casal praticar sexo antes do casamento é duplamente errado -. Colossenses 3:5.

como muitos mitos "dizem". tais como o “Sexaholics Anonymous (S. Embora a praticidade não determine o certo do errado. assim como existiriam bem menos crianças crescendo sem ambos os pais em suas vidas. A vantagem. adolescentes. A abstinência salva-vidas. se a mensagem da Bíblia sobre o sexo antes do casamento fosse obedecida. sendo encontrado entre crianças. ao se masturbar. idosos. do qual a masturbação é um grande exemplo. haja uma infecção local através das mãos contaminadas. mães solteiras e gestações indesejadas. Sex and Love Addicts Anonymous (S. Por favor observe que digo “tendência” (mais precisamente. Caio Tokashiki Masturbação: Considerações Pastorais e Psicológicas na superação do vício Muito já se escreveu sobre masturbação. e Courage.). tendência desordenada). protege bebês. desde que ela seja realizada de maneira higienizada e de modo não-exagerado (para não causar microfissuras na pele do pênis que causam ardência local).A. o que me deu vários “insights” sobre a psicologia da masturbação. haveria bem menos doenças sexualmente transmissíveis. ou que faz parte do processo de recuperação de dificuldades sexuais. casados. honra a Deus..L. a partir do estudo do vício em sexo.). Muitas pessoas têm .desfrutando de prazeres que ainda não lhes pertencem e estão tendo uma chance de criar uma vida humana fora da estrutura familiar que Deus planejou para todas as crianças. Espero ter ajudado e estamos à disposição! Dr. É bem sabido que o hábito da masturbação atinge pessoas de todas as idades. adultos. Não melhora o desepenho na cama nem aumenta o tamanho do pênis.A. está relacionada ao prazer pessoal. abortos. e alguém pode perguntar porque a necessidade de escrever mais sobre o assunto. Fiquei também impressionado com grupos de suporte que levam a sério a questão da masturbação. Por isso. é claro. dizem-lhes que a masturbação melhora a “performance” do ato conjugal. dá às relações sexuais o valor adequado e. Mas há novas maneiras de pensar o problema. MASTURBAÇÃO Olá Anônimo! Não há desvantagens na prática da masturbação masculina.A. mais importante. A abstinência é a única política de Deus quando se trata do sexo antes do casamento. Outra razão para que eu escreva é que muitas pessoas que lutam contra essa fraqueza não recebem o adequado aconselhamento espiritual e moral. lembro sobre a importância de realizar a mastrubação de modo higienizado. bem como a minha própria experiência no contato e ajuda a pessoas que procuram deixar a masturbação. Em alguns casos eles são orientados de forma errada. A prática pode causar alguma doenças caso haja fissuras na pele e.

é conhecida como polução noturna. levaria o indivíduo para fora de si a fim de completar (e corrigir) a própria personalidade na personalidade de outra pessoa (e finalmente nos filhos e até nos netos) e a inverte. na qual as pessoas tocam os genitais um do outro. Fatores que contribuem ao hábito da masturbação A masturbação é um fenômeno complexo. Em um sentido mais amplo. sempre acessível. ou ainda em livros seculares. fazendo-a voltar-se para a prisão do “si mesmo”. de diversas formas. trabalha contra a chance da pessoa um dia sair dele e realmente se unir a uma mulher real. através de movimentos com a mão ou outros contatos físicos ou através de estímulos como figuras ou imaginações (masturbação psíquica). E esse harém. o Pe. ou através de uma combinação de estimulação física e psíquica”. Lewis. uma vez admitido. “auto-estimulação”. Benedict Groeschel usa o termo masturbação para referir-se a ações que acontecem no estado de sono ou quase sono. e pode ser acompanhado de atrações eróticas e psicológicas que nenhuma mulher real pode trazer”. Ela expressa o significado da masturbação como uma fuga pessoal da realidade em direção à prisão da luxúria. Farraher. Jos. controle sobre essa tendência com um programa espiritual. Mas talvez a descrição mais incisiva do hábito da masturbação esteja em uma carta de C. Quando a estimulação psíquica acontece durante o sono.encontrado. citada por Leanne Payne em “The Broken Image”: “Para mim o verdadeiro mau da masturbação consiste no fato de que ele pega um apetite que. sempre subserviente. O Pe. no uso correto. ou a ações de crianças e comportamento sexual pré-adolescentes. descreve a masturbação como “a estimulação dos órgãos sexuais externos até um ponto de clímax ou orgasmo pela própria pessoa.J. não exige sacrifícios ou ajustes. Isso porque esse harém está lá. isso inclui a masturbação mútua. Outros. Considerações psicológicas sobre o hábito da masturbação A masturbação é algumas vezes chamada de “auto-abuso”.S. ou onanismo. S. reservando o termo “auto-erotismo” para a atividade de adolescentes mais velhos e adultos “que por uma variedade de razões voltam-se a si mesmos e encontram aí um substituto para a vivência real nesse comportamento simbólico e intensamente frustrante”. Não iremos compreender porque uma pessoa cai nesse hábito enquanto não conhecermos algo sobre sua . No clássico artigo. Essa citação pode ser aplicada também às mulheres. entretanto. lutam no escuro. a fim de manter um harém de esposas imaginárias. e é para esse grupo que escrevo.

Isso pode ser verdade em algumas circunstâncias. e masturbação. entretanto. desde que a pessoa siga um projeto espiritual. ou talvez um problema puramente psicológico. torna-se escravo de objetos sexuais (pois essa é a maneira com que ele vê as pessoas. Outros terapeutas usam a masturbação como um modo (alegam) terapêutico de reviver experiências sexuais traumáticas da infância (esse tipo de tratamento não é mais usado por terapeutas de prestígio). não dão conselho algum. E por aí vai. Lidando com a masturbação a partir do ponto de vista religioso Ao nível pastoral não tem sentido nem serve para nada especular o quão responsável foi o viciado em masturbação pelo seu passado. Parece. da própria imaginação. À medida que vai se tornando mais livre da desordem. e quando a pessoa perde muito tempo em um mundo de fantasia. É melhor ajudá-lo a preparar um programa espiritual. a pessoa não consegue mais controlar a atividade masturbatória. tão bem descrito por Patrick Carnes. fantasia. O hábito da masturbação se transforma muito frequentemente em vício. A masturbação mútua tem sido usada por homossexuais como forma de “sexo seguro”. como objetos sexuais). mas a masturbação pode levar a agir com outras pessoas. ou seja. Outro mito é dizer que quem pratica a masturbação tem menor chance de ter relações reais com outra pessoa de outro sexo ou do mesmo sexo. a pessoa se volta para a fantasia. Muitos não deixam.história. Ele deve assumir a responsabilidade pelo seu futuro. a não ser “não se preocupe com isso”. Quando o mundo real é duro e proibitivo. Em alguns casos a masturbação já foi até recomendada como meio de aliviar as tensões do corpo. levando o indivíduo ao isolamento. A maneira mais errada de lidar com a questão é pensar que os adolescentes vão parar de se masturbar quando crescerem. Outros conselheiros minimizam o problema. Daí a pessoa entra no mundo irreal. ele também se torna mais . às vezes o hábito da masturbação é temporário e circunstancial. sobre as causas do problema. como uma forma de “terapia sexual”. Entretanto. apesar de grandes esforços nesse sentido. ela precisa de terapia em conjunto com uma direção espiritual. De fato muitos consideram a masturbação um “não-assunto”. Escutando as pessoas logo se vê que a solidão é a principal causa. mas prazeroso. Normalmente falta a essa pessoa um “insight”. que a atitude correta é tratar a masturbação habitual e compulsiva como um problema aberto à soluções. A solidão geralmente vem acompanhada de sentimentos de profunda auto-depreciação e ressentimento. Esse é o princípio do vício sexual.

esses jovens facilmente se refugiam no mundo da fantasia do prazer sexual. Por isso não é surpresa alguma que os adolescentes não saibam nada sobre a moralidade da masturbação. e dando-lhes conselhos específicos no assunto. Mas com o casamento acontecendo cada vez mais tarde (depois dos 25 anos). Já com relação aos jovens adultos. e posso mostrar algumas situações típicas. e em sua vergonha e culpa escondem-se e fogem de discutir o assunto com conselheiros. Ao mesmo tempo eles se sentem incapazes de controlar um hábito já existente. eles mergulham no mundo da fantasia da masturbação. Eles percebem que há algo errado no que fazem. reconhecendo seu desejo de ser casto. o mito diria que esse hábito é para passar nessa idade. Isso vai se tornando mais claro. ou “você não pode fazer nada”. Incertos sobre si mesmos. e algumas vezes pela própria família. Adolescentes É fato que adolescentes têm sido bombardeados com estímulos sexuais pela mídia. Muitas vezes temerosos de relacionamentos reais com pessoas do outro sexo. A minha opinião (e a de outros confessores) é que muitos adolescentes não comparecem à Santa Comunhão aos domingos por sentirem que não conseguem superar o hábito. Muitos já se envolvem e se tornam viciados na prática antes mesmo de se conscientizarem plenamente que ela é moralmente errada. muitos jovens sentem que a masturbação é errada. confusos acerca dos valores propostos pela cultura. e os fatores psicológicos que muitas vezes os impedem de exercer o livre-arbítrio. apesar de toda a lavagem cerebral de nossa cultura. e os pais muitas vezes falham em dar orientações morais. algumas vezes masturbação mútua. não é surpresa que muitos homens e mulheres da masturbação. com noivados durando anos a fio. Adicione-se a isso o caos moral e os conselhos errados sobre masturbação em aulas e “especialistas” e você pode compreender porque nossos jovens sequer mencionam no confessionário a masturbação como um problema moral. mas não a receberão enquanto não forem informados sobre a moralidade da masturbação. Precisamos fornecer direcionamento espiritual adequado aos jovens. e com o constante estímulo da mídia e da propaganda. .responsável. Talvez falhemos em perceber a quantidade de culpa presente em jovens com o hábito da masturbação. Eu uso o termo “plenamente” porque. apesar de lhes falarem para “não se preocupar com isso”. Eles precisam de orientação. ou “quando você crescer isso passa”.

e a masturbação geralmente surge a partir da fantasia sexual. (3) Conscientize a pessoa que a maioria dos seres humanos têm a tendência de fugir para mundos prazerosos de fantasia quando a realidade se torna dura e difícil. sua solidão. os desejos sexuais permanecem fortes como antes. vida religiosa. e a pessoa pode gastar mais tempo da fantasia. assim que se percebe que a fantasia sexual está envolvendo a pessoa. frequentemente eles buscam refúgio em várias formas de fantasia. Tente que consome a pessoa. . Se a pessoa não procura orientação espiritual para o problema. É muito difícil chegar a esse grupo.Outras pessoas solteiras vivem na fantasia quando não estão trabalhando. como revistas eróticas. Em outras palavras. pessoa a refletir sobre o sentido da vida. ela vai continuar levando esse peso para a terceira idade. que muitas vezes só vem à Igreja na Páscoa e no Natal. Estão muito ocupados com vários compromissos. suas frustrações. ou se quando procura não encontra nenhuma ajuda. A estratégia espiritual é aprender como trazer a pessoa de volta da fantasia para a realidade tão cedo quanto possível. mas um sintoma de uma profunda fuga do que é espiritual. etc. e sem compromisso com esposa e filhos. já que a masturbação geralmente é um inquietude da alma. Talvez quando chegarem aos 30 anos e perceberem que há mais na vida do que só sexo. suas seus desapontamentos. por sua vez. Sem namorar com ninguém por uma variedade de razões. procure construir com a pessoa um projeto espiritual de vida. produz fortes sentimentos de vergonha e culpa. Algumas diretivas espirituais Acredito que as seguintes diretivas são úteis: (1) Ajude a conquistas. Isso. tal como casamento. seu ídolo é o sexo. e talvez mais intensos. descobrir o sintoma da primeiro. e muito solitários. Aqui a atividade sexual não é tanto o problema. levando à masturbação freqüente. e precisamos atacar as causas do problema (2) Se possível. incertos sobre o que fazer da vida. Ainda assim. para agradar a família. eles começam a se perguntar pelo sentido da vida pessoal. aí então venham buscar auxílio espiritual. é minha experiência que quando cristãos atingem os 30 anos sem ter escolhido uma vocação na vida. Quanto aos adultos mais maduros. ou uma vida de solteiro servindo a Cristo no mundo. Sua tendência a se masturbar muitas vezes extrapola para um intercurso genital quando surge a oportunidade. sacerdotal. suas esperanças.

net Fonte:http://www.)”. (4) Além de compartilhar o problema com um diretor espiritual. OSFS.A. Harvey. assim como começar a fazer algo de externo e físico. e quando você vai atender a fantasia desvanece? A questão é se manter na realidade.A oração ajuda muito. e daí por diante. Harvey.comshalom. como por exemplo caminhar. de inveja ou sexual.org Obrigado por visitar nosso blog! . de John F. Disponível no site Courage. Já aconteceu de você se encontrar em uma fantasia de raiva. e dá à pessoa um sentido de valor pessoal. OSFS Trecho do artigo “The Pastoral Problem of Masturbation”. ______________________________________________ Por John F. Cultivar amizades reais com pessoas reais reduz significativamente o poder da fantasia sexual. e o telefone tocar. tente encontrar um grupo de suporte com o “Sexaholics Anonymous (S. fazer algum trabalho doméstico.

e pelo pecado. Ninguém mata por um objeto de prazer. é nesta fase que vivemos a insegurança. Para ficar mais claro. no capítulo 1 e 2. Mas.. O refúgio então está nas drogas que o reaproxima desta plenitude de gozo. vamos separá-lo em duas partes: “Pecado original” é o nome dado a condição de pecadores que todos nós herdamos de Adão e Eva. perversidade. pois eles pecaram. o pecado entrou na vida de Adão e Eva. rebelião. num determinado momento de suas vidas. A religião ajuda o indivíduo a sofrer dentro de uma cultura que não sabe mais sofrer. pela desobediência a Deus. injustiça. mas sim por um objeto de necessidade. Para entendermos melhor o que significa pecado. Somos todos faltantes de alguma coisa. impiedade. a Bíblia dá alguns nomes interessantes para o ato de pecar: Desobediência. erro. por isso. em resumo. a morte. e uma breve descrição da vida deles sem o pecado no jardim do Éden. maldade. Mas. todos que nascem herdam deles a condição de pecadores. o dependente químico coloca esta falta na droga.DROGAS Há duas formas para que um indivíduo inicie o processo de dependência da droga: 1 – A volta do acolhimento do Grande Outro. A droga se torna um objeto de satisfação. de necessidade. e eu não tenho mais o objeto. PECADO Em primeiro lugar a palavra pecado nunca deveria ter existido. rebeldia. 2 – A quebra de uma vida perfeita que me sufoca. depravação. que também incluí a criação do homem e da mulher. malignidade. Quando alguém peca está ofendendo a Deus por desobedecer àquilo que Ele orienta como a vontade Dele. transgressão (Quebra de uma ordem.. O objeto me tem. mal. O fato é que. é desobedecer a vontade de Deus. falta. Pecado significa um desacordo com a lei de Deus. . O pecado. de um dever ou de uma lei). iniquidade. Em Gênesis. A Bíblia fala a respeito desse primeiro pecado que resultou na “contaminação” de todos os seres humanos: “Portanto. sempre animado e etc.” (Rm 5:12) Do pecado original surgiram os “pecados atuais”. Deixa de ser um objeto de prazer para ser escravidão. Eles são os pecados que cometemos no nosso dia a dia. porque todos pecaram. temos a descrição da criação. assim como por um só homem entrou o pecado no mundo. o abandono também. assim também a morte passou a todos os homens. engano. a falta de amigos. A Bíblia não nos diz quanto tempo Adão e Eva viveram sem saber o que era pecar. concupiscência (Forte e continuado desejo de fazer ou de ter o que Deus não quer que façamos ou tenhamos). O primeiro casal era o representante de toda a raça humana. O Adolescente sofre por ser um objeto da publicidade que o maquia como alguém sempre feliz. no decorrer da nossa vida. mas existe.

Todo pecado gera conseqüências. que é o inferno) (Rm 6:23). O pecado nos separa de Deus e nos leva para longe Dele.Todas as formas do pecado nos levam ao caminho oposto ao de Deus. a Bíblia diz que a conseqüência mais terrível do pecado é a morte (que significa a morte física e a separação total de Deus. . O pecado tem o poder de nos levar ao inferno.