You are on page 1of 358

© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados

w w w . c h p . c o m . b r

Central Hidraulica e Pneumática

:: Indice Geral ::
:: Catálogo Ermeto ::

• 201 - Conexões para Tubos Flangeados
• 203 – Conexões
• 304 - Engates Rápidos
• 404 - Registros e Válvulas
• 503 - Mangueiras e Terminais para Tubos Flangeados
• 504 - Mangueiras e Terminais
• 603 - Tubos
(Clique nos links acima para acessar o catálogo desejado)

Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP - Brasil
Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados

w w w . c h p . c o m . b r

Central Hidraulica e Pneumática

CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo
CEP: 13030-600 Campinas/SP - Brasil
Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

CENTRAL DE VENDAS
ON LINE
http://www.chp.com.br/vendas.htm

Catálogo Ermeto
201 - Conexões para Tubos Flangeados

1

ÍNDICE
Página

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

2 -- 3

CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º

Sede 37º para tubo flangeado / Rosca macho NPT
Sede 37º para tubo flangeado / Rosca fêmea NPT
Sede 37º para tubo flangeado / Sede 37º para tubo flangeado
Sede 37º para tubo flangeado / Rosca macho UNF com O-ring
Sede 37º para tubo flangeado / Porca giratória com rosca UNF
Porca
Porca Longa
Luva
Tampão
Bujão
Adaptador de redução
Sede 37º para tubo flangeado / Rosca macho BSP
Sede 37º para tubo flangeado / Rosca macho Métrica
Porca giratória / Rosca macho BSP
Porca giratória / Rosca macho Métrica
Porca giratória / Rosca macho BSPT
Porca giratória / Rosca macho NPT

4 -- 5
6 -- 7
8 -- 11
12 -- 13
14 -- 15
16 -- 17
16 -- 17
16 -- 17
16 -- 17
16 -- 17
17
18
18
19
19
20
20

BUJÕES

Bujões com sextavado

21--23

ADAPTADORES

Rosca macho NPT
Rosca fêmea NPT
Rosca fêmea NPT / Rosca macho NPT
Porca giratória com rosca NPSM / Rosca macho NPT
Porca giratória com rosca NPSM / Rosca macho UNF
Rosca macho UNF com O-ring / Rosca fêmea UNF com assento p/ O-ring
Rosca macho UNF com O-ring / Rosca fêmea NPT
Porca giratória com rosca NPSM / Rosca fêmea NPT

24--25
26--27
28--29
30--31
30--31
32
33
34

VEDADORES

Junta de vedação de borracha
Junta de vedação de cobre

35
35

ADAPTADORES FLANGE PARA SOLDA

Adaptador Flange para Solda
Adaptador Flange para Solda-lado fêmea

FLANGES

36
36

37--41

Ref.
070101
070102
070103
070105
070109
070110
070111
070112
070115
070118
070119
070120
070122
070123
070201
070202
070203
070220
070221
070302
070320
070321
070401
070424
070425
070426
070427
070428
070429
070432
070433
070501
070601
070603
070701
070801
070958
070959
071502
090109A
090109B
110161
110162
130109E
130109P
140130
140131
140137
140138
140139
140140
140157
140230
140231
140237
140238
140239
140257
140330
140338
140339
140357
140424
140425
140437
140438
140538
AFSA NPT
AFSA NPT-LF
BMA NPT B
BMA UNF B
FFOP
FFOS
FSOP
FSORP
FSOT
JC
JFOA L X NPT + O
JFOA UNF X NPT +O
JOR
MFA X UNF B + O
MFA UNF X NPT B+O
UDL JIC
UM JIC BSP C
UM JIC M C
UPG UNF X BSP CA
UPG UNF X BSPT CA
UPG UNF X M CA
UPG UNF X NPT CA

Página
8
4
6
17
16
16
16
16
16
10
8
12
12
17
8
4
6
12
14
4
12
14
8
4
4
6
6
12
12
14
14
8
10
6
10
10
10
10
4
22
22
37
37
21
21
30
34
24
26
28
28
30
30
34
24
26
28
30
30
26
28
30
28
28
24
26
26
36
36
23
23
40
41
38
38
39
35
33
33
35
32
33
8
18
18
19
20
19
20

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

2

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS GERAIS:
Todas as características de nossas conexões incluídas neste catálago (dimensões, materiais, acabamento, etc) são similares as
Normas SAE J846, SAE J514, SAE J515, SAE J531 e SAE J518.
COMO ESPECIFICAR:
Para especificar nossas conexões, utilize as referências constantes deste catálago.
SISTEMA DE REFERÊNCIA:
O sistema de referência utilizado é similar ao SAE J846 e, consiste em dois grupos de números e um grupo de letras: o primeiro grupo de
números identifica a conexão, o segundo grupo de números simboliza a identificação dos tamanhos (traços), e o terceiro grupo, o de letras,
simboliza o material e a montagem, conforme descrito abaixo:
1- IDENTIFICAÇÃO DA CONEXÃO
A identificação de uma conexão, consiste de 6 dígitos numéricos, divididos em 3 grupos de 2 dígitos , simbolizando em sequência:
a) O tipo da conexão;
b) O formato da conexão;
c) O(s) lado(s) da conexão e suas combinações.

2- IDENTIFICAÇÃO DO TAMANHO (Dimensões)
O tamanho da conexão, é identificado por uma série de traços números, cada um representando a dimensão do respectivo lado. A dimensão do
lado tubo deve preceder a dimensão da rosca ou dos outros lados da conexão. Os traços devem ser dados na sequência definida abaixo:
(3)

(3)

(1)

(2)

(1)

(2)

(4)
CRUZETA

TE

Quando for especificar conexões com combinações de tamanhos diferentes para lado tubo, o lado tubo
maior deve preceder o menor em uniões, curvas e joelhos. Para ”tes”, o lado tubo (1) deve ser o maior
entre (1) e o (2). Para cruzetas o lado do tubo (1) deve ser o maior entre os lados (1), (2) e (3) e maior ou
igual ao lado (4).
3- IDENTIFICAÇÃO DO MATERIAL E MONTAGEM
A identificação do material e da montagem consiste de 2 letras, a primeira simboliza o material (B,C ou S), a
segunda simboliza a montagem (A) dos multiplos componentes da conexão (corpo, luva, porca). Quando
não existir montagem (somente o corpo) apenas o símbolo do material é utilizado. Os símbolos de
identificação são os da tabela abaixo:

Símbolo

Material e montagem

BA
CA
SA
+O
+L
P

Latão montado
Aço Carbono montado
Aço inoxidável montado
Mais O-ring
Mais contra-porca
Flange de aço completa com parafusos, arruelas
e O-ring.
Flange de aço completa com parafusos de rosca
métrica, arruela e O-ring.
Usado nas conexões das páginas 18 e 19, nas
roscas métricas e BSP, consiste em um O-ring e
uma arruela de retenção do mesmo.

PM
+ OR

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

3

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
COMO ESPECIFICAR:
Os códigos de identificação devem ser aplicados como nos vários exemplos abaixo:
1. Exemplo de aplicação de código de especificação em conexões :
1.1. União macho montado (corpo, luva, porca), com sede 37º para tubo flangeado, tubo de aço carbono de diâmetro
1/4” e rosca macho 1/8 NPT.

Diâmetro nominal externo tubo 1/4”
Rosca macho 1/8 NPT
Aço Carbono
Corpo montado com luva e porca

Lado tubo para rosca macho
Linear
Sede 37º p/ tubos flangeados
07 01 02 -4 -2 C A
Identificação da conexão
Identificação do tamanho
Identificação do material e montagem

1.2 Te vertical macho, montado (corpo, luva, porca) com lados Sede 37º para tubo flangeado, tubo de aço carbono
1.1/4” e rosca macho 1 NPT na vertical
Diâmetro nominal externo tubo 1.1/4”
Rosca macho 1 NPT
Lado tubo para rosca macho na vertical
Diâmetro nominal externo tubo 1.1/4”
Te
Aço Carbono
Sede 37º p/ tubos flangeados
Corpo montado com luva e porca
07 04 24 -20 -16 20 C A
Identificação da conexão
Identificação do tamanho
Identificação do material e montagem

2. Exemplo de aplicação de código de especificação em flange:
2.1 Flange - SAE 3000psi, medida nominal da flange 1.1/4”
Flange SAE 3000 psi
Linear
Flange com fixação por 4
Parafusos

Flange de diâmetro 1.1/4”

11

01

61

-20

Identificação da flange
Identificação do tamanho

3. Exemplo de aplicação de código de especificação em conexões roscadas:
3.1 Redutor Macho - Fêmea de 1/2 NPT para 3/8 NPT

Rosca fêmea 3/8 NPT
Rosca macho 1/2 NPT
Aço carbono

Rosca macho para rosca fêmea
Linear
Conexão hidráulica
14 01 40

-6 -8 C

Identificação da conexão
Identificação do tamanho
Identificação do material

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

5

CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º
DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 4

Diâm. nominal
externo
tubo

Rosca
B
UNF
classe 2A

Rosca Macho
A
NPT

pol.

traço

1/4
1/4
1/4

- 4
- 4
- 4

7/16-20
7/16-20
7/16-20

-2
-4
-8

5/16
5/16
3/8
3/8
3/8

-

5
5
6
6
6

1/2-20
1/2-20
9/16-18
9/16-18
9/16-18

3/8
1/2
1/2
1/2
1/2

-

6
8
8
8
8

5/8
5/8
5/8
3/4
3/4

traço

I

Sext.
C

M

M

N

2

N

P

2

pol. mm pol. mm pol. mm pol. mm pol. mm pol. mm pol. mm

polegada
1/4-18
1/2-14

1/2
9/16
7/8

.55
.55
.55

14.0
14.0
14.0

1.22
1.42
1.68

31.0
36.0
42.7

.89 22.6
1.06 26.9
-

.72 18.3
.83 21.1
-

.78
1.09
-

19.8
27.7
-

.64
.86
-

16.3
21.8
-

.38
.56
.75

9.7
14.2
19.0

-2
-4
-2
-4
-6

1/8-27
1/4-18
1/8-27
1/4-18
3/8-18

9/16
9/16
5/8
5/8
3/4

.55
.55
.56
.56
.56

14.0
14.0
14.1
14.1
14.1

1.22
1.42
1.25
1.43
1.43

31.0
36.1
31.8
36.3
36.3

.95
1.06
1.06
1.06
1.14

24.1
26.9
26.9
26.9
29.0

.77
.83
.83
.83
.87

19.6
21.1
21.1
21.1
22.0

.78
1.09
.90
1.09
1.22

19.8
27.7
22.8
27.7
31.0

.64
.86
.67
.86
.95

16.3
21.8
17.0
21.8
24.1

.38
.56
.38
.56
.56

9.7
14.2
9.7
14.2
14.2

9/16-18
3/4-16
3/4-16
3/4-16
3/4-16

-8
-4
-6
-8
- 12

1/2-14
1/4-18
3/8-18
1/2-14
3/4-14

7/8
13/16
13/16
7/8
1.1/8

.56
.66
.66
.66
.66

14.1
16.7
16.7
16.7
16.7

1.69
1.53
1.53
1.79
1.85

42.5
38.9
38.9
45.4
47.0

1.23
1.25
1.25
1.33
1.42

31.2
31.8
31.8
33.7
36.0

.88
.98
.98
.99
1.04

22.3
24.9
24.9
25.1
26.4

1.47
1.22
1.22
1.47
1.59

37.3
31.0
31.0
37.3
40.4

1.17
.95
.95
1.17
1.20

29.7
24.1
24.1
29.7
30.5

.75
.56
.56
.75
.75

19.0
14.2
14.2
19.0
19.0

- 10
- 10
- 10
- 12
- 12

7/8-14
7/8-14
7/8-14
1.1/16-12
1.1/16-12

-6
-8
- 12
-8
- 12

3/8-18
1/2-14
3/4-14
1/2-14
3/4-14

15/16
15/16
1.1/8
1.1/8
1.1/8

.76
.76
.76
.86
.86

19.3
19.3
19.3
21.9
21.9

1.70
1.89
1.95
2.06
2.06

43.1
48.0
49.5
52.3
52.1

1.45
1.45
1.53
1.66
1.66

36.8
36.8
38.9
42.2
42.2

1.11
1.11
1.28
1.28

28.2
28.2
32.5
32.5

1.30
1.47
1.59
1.59
1.59

33.0
37.3
40.4
40.4
40.4

.98
1.17
1.20
1.20

24.8
29.7
30.5
30.5

.56
.75
.75
.75
.75

14.2
19.0
19.0
19.0
.19.0

3/4
7/8
1
1
1.1/4

- 12
- 14
- 16
- 16
- 20

1.1/16-12
1.3/16-12
1.5/16-12
1.5/16-12
1.5/8-12

- 16
- 12
- 12
- 16
- 16

1-11.1/2
3/4-14
3/4-14
1-11.1/2
1-11.1/2

1.3/8
1.1/4
1.3/8
1.3/4
1.11/16

.86
.89
.91
.91
.96

21.9
22.6
23.1
23.1
24.3

2.25
2.09
2.11
2.30
2.42

57.1
53.1
53.5
58.4
61.5

1.73
1.81
1.81
2.06

43.9
46.0
46.0
52.3

1.39 35.3
1.47 37.3
1.47 37.3
-

1.69
1.78
1.97
2.35

42.9
45.2
50.0
59.6

1.27
1.29
1.48
-

32.3
32.7
37.6
-

.94
.75
.75
.94
.94

23.9
19.0
19.0
23.9
23.9

1.1/4
1.1/2
1.1/2
2

- 20
- 24
- 24
- 32

1.5/8-12
1.7/8-12
1.7/8-12
2.1/2-12

- 20
- 20
- 24
- 32

1.1/4-11.1/2
1.1/4-11.1/2
1.1/2-11.1/2
2-11.1/2

1.11/16 .96
2
1.08
2
1.08
2.5/8 1.33

24.3
27.5
27.5
33.9

2.45
2.68
2.68
3.11

62.2
68.1
68.1

2.06 52.3
2.33 59.2
3.06 77.7

1.59 40.4
1.78 45.2
2.22 56.4

2.38
2.64
3.00

60.5
67.1
76.2

1.67
1.77
2.11

42.4
45.0
53.6

.97
.97
1.00
1.03

24.6
24.6
25.4
26.2

Diâm. nominal
externo
tubo
polegada

traço

1/4
1/4
5/16

-4
-4
-5

3/8
1/2
5/8
3/4
7/8

-6
-8
- 10
- 12
- 14

1
1.1/4
1.1/2
2

- 16
- 20
- 24
- 32

1/8-27

L

Rosca
B
UNF
classe 2A

79.0

Rosca
macho
A
NPT
traço

N3

polegada

pol.

mm

-2
-4
-2

1/8-27
1/4-18
1/8-27

1.17
1.43
1.21

29.7
36.3
30.7

9/16-18
3/4-16
7/8-14
1.1/16-12
1.3/16-12

-4
-6
-8
- 12
- 12

1/4-18
3/8-18
1/2-14
3/4-14
3/4-14

1.58
1.82
2.17
2.44
2.65

40.1
46.2
55.1
62.0
67.3

1.5/16-12
1.5/8-12
1.7/8-12
2.1/2-12

- 16
- 20
- 24
- 32

1-11.1/2
1.1/4-11.1/2
1.1/2-11.1/2
2-11.1/2

3.01
3.69
4.10
4.81

76.5
93.7
104.1
122.2

7/16-20
7/16-20
1/2-20

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO
PARA CONEXÃO COMPLETA
070102 -8 -6 C A
Referência
Diâm. nom. ext. tubo: 1/2” (-8)
Medida da rosca macho: 3/8 -18 NPT (-6)
Material da Conexão: “C” - aço
Conexão montada

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO
PARA O CORPO:
071502 -16 -12 C
Referência
Diâm. nom. ext. tubo: 1” (-16)
Medida da rosca macho: 3/4 -14 NPT (-12)
Material da Conexão: “C” - aço

OBS: 1 - Consulte-nos para o uso de nossas conexões com tubo métrico.
2 - Para informações adicionais consulte-nos.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

Corpo UNIÃO FÊMEA NPT PARA PAINÉIS Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca fêmea NPT/ Contra porca incluída 070603 REFERÊNCIA: 0.Fax: (19) 3272-0614 .CA .Conexão montada 070427 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .6 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO FÊMEA NPT Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca fêmea NPT 070103 REFERÊNCIA: 070103 .São Bernardo . nº 366 .Conexão Montada 070426 .Conexão montada 070103 .C + L Corpo com contra porca 070603 .C .Conexão montada 070603 .CA .Corpo TE VERTICAL FÊMEA NPT Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca fêmea NPT / Sede 37º para tubo flangeado/ 070426 REFERÊNCIA: 070426 .8 070603 .CA .Corpo Dimensões em mm JOELHO FÊMEA NPT Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca fêmea NPT 070203 REFERÊNCIA: 070203 .Corpo C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Conexão montada 070203 .CA .C .C .C .CA .Corpo TE FÊMEA NPT Sede 37º para tubo flangeado/ Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca fêmea NPT 070427 REFERÊNCIA: 070427 .C .

7 63.6 48.3/16-12 1.16 .46 35.7 46.5 1.56 1.2/2 1.24 .66 1.20 .4 83.84 46. C2 traço polegada I 1 L L 2 M N 1 1 pol.5 2. nominal externo tubo pol.7 1.12 1/4-18 3/8-18 1/2-14 1/2-14 1/2-14 3/4-14 7/8 1.4 30.97 52.6 37.1/2 NPT (-16) Material da Conexão: “C” .02 22.4 . traço Rosca B UNF classe 2A Rosca Fêmea A NPT Sext. 2 .20 .2 33.1/8 1.3 35.36 22.1/16-12 1.São Bernardo .62 2.39 36.0 .3/8 1.88 .Para informações adicionais consulte-nos.64 1.aço Conexão montada EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO: 070203 -10 -8 C Referência Diâm.62 1.1/2 2-11.66 16.75 36.88 1. tubo: 5/8” (-10) Medida da rosca fêmea: 1/2 -14 NPT (-8) Material da Conexão: “C” .06 39.31 30.91 59. nom.08 27.0 52.4 25.6 45.1/2 1.34 40.8 22.25 1.88 .23 1. ext.2 31.8 1.06 1.22 1.5 1.1/2 2 . mm pol.9 26.5 81.2 35.6 36.2 52.3 59.39 1.1 48.20 - 73.4 67.1/2-11.10 .80 - 44.23 1.22 1.4 16.23 1.1/8 1.1 41.4 2. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.06 2.9 27.4 3.5/16-12 1.19 1.79 1.58 1.5/8 2 2.88 1.3/8 1 1.4 25.66 .20 30.1/2 1. C1 Sext.1/2-12 .05 2.3 1.08 2.12 3/4-16 3/4-16 3/4-16 7/8-14 1.5 75.aço OBS: 1 .3/8 1.1 36. tubo: 1” (-16) Medida da rosca fêmea: 1 .66 44.30 47.1/4-11.75 1.3 - 2.3/8 2.11.84 30. ext.1 52. mm pol.Consulte-nos para o uso de nossas conexões com tubo métrico.17 30.6 73.1/2 1.2 73. mm pol.4 1.02 1.1 1.20 1. mm pol. nom.4 16.9 1.6 2.89 2.7/8-12 2.8 60.4 2.8 5/16 3/8 3/8 3/8 -5 -6 -6 -6 1/2-20 9/16-18 9/16-18 9/16-18 -4 -2 -4 -6 1/4-18 1/8-27 1/4-18 3/8-18 3/4 3/4 7/8 13/16 - 1.82 31.2 55.17 2.35 2.33 2.24 .7 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 6 Diâm.7 1.12 .89 3.16 .14 .32 1.4 78.7/8 1.06 - 52.9 31.70 2.08 1.1 59. mm 1/4 1/4 5/16 -4 -4 -5 7/16-20 7/16-20 1/2-20 -2 -4 -2 1/8-27 1/4-18 1/8-27 9/16 3/4 9/16 11/16 3/4 1.1 41.5/8 2 - 1.1/16-12 -4 -6 -8 -8 -8 .28 - 32.42 1.1/8 1.2 66.1 2.Fax: (19) 3272-0614 .3 - 1.1/8 1.7 3.89 44.9 1/2 1/2 1/2 5/8 3/4 3/4 -8 -8 -8 .23 1.42 1.09 45. nº 366 .86 2.7 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA CONEXÃO MONTADA: 070103 -16 -16 C A Referência Diâm.5/8-12 1.12 .2 31.2 .49 2.1/4 1.44 1.5 7/8 1 1.8 22.2 34.42 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .40 1.66 .1 43.75 1.9 31.3 29.39 1.32 3/4-14 1-11.7 42.

CA .Corpo CRUZETA IGUAL Sede 37º para tubo flangeado 070501 REFERÊNCIA: 070501 .Conexão montada 070101 .Fax: (19) 3272-0614 .Conexão montada 070119 .Conexão montada 070401 .C .Conexão montada 070201 .C .Corpo UNIÃO DUPLA COM SEXTAVADO MAIOR Sede 37º para tubo flangeado 070119 REFERÊNCIA: 070119 .Corpo UNIÃO DUPLA LONGA Sede 37º para tubo flangeado UDL JIC REFERÊNCIA: UDL JIC .Corpo TE IGUAL Sede 37º para tubo flangeado 070401 REFERÊNCIA: 070401 .Corpo C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CA .C .C .CA .CA .Conexão montada 070501 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .C .CA .C .8 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO DUPLA Sede 37º para tubo flangeado 070101 REFERÊNCIA: 070101 .Corpo JOELHO IGUAL Sede 37º para tubo flangeado 070201 REFERÊNCIA: 070201 .Conexão montada UDL JIC .CA .

1 57.10 .1/2-12 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA CONEXÃO MONTADA : EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO: 070101 . nom.37 1.1/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .41 34.3 59. tubo: 1/2” (-8) Diâm.1/16-12 1.2 1. tubo: 1/2’ (-8) Material da Conexão: “C” .06 2.12 .3/8 1 1.40 61.24 .1/8 2.16 3/4-16 7/8-14 1. 2 .1/2 1. nº 366 .Para informações adicionais consulte-nos.95 1. ext.3/8 1.21 2.5/8-12 1.5/16-12 1.73 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nom.75 3.7/8-12 2.62 1.89 .aço OBS: 1 .06 22.8 54.43 2.Fax: (19) 3272-0614 .8 86. nom.14 .16 2. C2 M 1 pol.São Bernardo .06 52.0 1.8 42.88 2.6 C A Referência Diâm.6 24.1/4 1.9 46.1/2 2 .3/16-12 1.8 35.4 2.11/16 2 2.1 47.66 1. nom. ext.9 13/16 15/16 1.45 1. C L Sext.Consulte-nos para o uso de nossas conexões com tubo métrico.3/4 2.9 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 8 Diâmetro nominal externo tubo Rosca B UNF classe 2A Sext.aço Conexão montada mm 070201 .1/8 1.25 1. mm pol.9 56.7 69.81 31. ext.25 41.2 77. ext.37 1. 11/16 3/4 13/16 1. tubo: 3/8”(-6) Material da Conexão: “C” .32 1.33 3.8 34.8 36.1/4 1. traço 1/4 5/16 3/8 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 1/2 9/16 5/8 1/2 5/8 3/4 7/8 1 -8 .7 pol.8 .20 .5/8 1.1 26.2 43.5/8 1.8 .7/8 2. tubo: 3/8” (-6) Diâm.6 .8 C Referência Diâm.

CA .Corpo CURVA 45º IGUAL PARA PAINÉIS Sede 37º para tubo flangeado 070801 REFERÊNCIA: 070801 .C .C . nº 366 .São Bernardo .Conexão montada 070801 .C + L Corpo com contra porca 070801 .C + L Corpo com contra porca 070701 .Fax: (19) 3272-0614 .Corpo TE IGUAL PARA PAINÉIS Sede 37º para tubo flangeado 070959 REFERÊNCIA: 070959 .Conexão montada 070701 .C C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .CA .10 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO DUPLA IGUAL PARA PAINÉIS Sede 37º para tubo flangeado/ contra porca incluída.C + L Corpo com contra porca 070601 .Corpo TE VERTICAL PARA PAINÉIS REFERÊNCIA: Sede 37º para tubo flangeado 070958 070958 .C .C + L Corpo com contra porca 070959 .C + L Corpo com contra porca 070958 .CA . REFERÊNCIA: 070118 .Conexão montada 070959 .Conexão montada 070958 . 070601 REFERÊNCIA: 0.Corpo CONTRA PORCA 070118 Usadas nas conexões de painéis para ajuste de posicionamento.CA .C .CA .Corpo Dimensões em mm JOELHO IGUAL PARA PAINÉIS Sede 37º para tubo flangeado 070701 REFERÊNCIA: 070701 .Conexão montada 070601 .8 070601 .C .

13 . T 9 mm mm X 1 mm mm mm 11/16 3/4 13/16 .5/8-12 1.32 1.4 6.8 35.9 0.1 48.2 3.58 1.1 10.22 45.500 1.4 1.8 . ext.1 1.625 1.24 . L 1 070601 .09 .1/16-12 1.0 0.47 24.1 36.5 79.2 32.2 3.7 1.03 1.6 .2 79.34 2.53 1. tubo: 1/2” (-8) Material da Conexão: “C” .09 . mm 25.24 .6 52.aço OBS: 1 .0 63.05 0.89 55.3 37.11 1. ext.4 73.4 10.2 3.2 3.750 69.32 K 2 1.12 3.6 45.4 3.1/2 1.81 40.25 0.3/16-12 1.11 79.3/8 1.1 44.41 0.7/8-12 2.1/8 2.5 35.8 C Referência Diâm.91 67. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA CONEXÃO MONTADA: pol.6 39.125 53.56 1.1/2 2 Sext.02 1.6 78.17 2.12 .20 1.65 2.36 1.72 .7/8-12 2.4 106.aço Contra porca EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO: 070601 .5 39. nom.13 .13 3.875 47.4 2.13 3.56 49.48 0.98 2.1/2 1.20 1.39 1.78 1.56 1.8 69.16 1.78 2.31 84.41 0.61 40.80 45.75 .3/16-12 1. nom.4 2.12 . tubo: 1/2” (-8) Material da Conexão: “C” .5 .94 2.2 27.9 38. mm 11/16 3/4 13/16 1.41 0.8 . 2 .4 M mm pol.5 32.688 17.11 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 10 Diâmetro nominal externo tubo polegada traço Rosca B UNF classe 2A classe 2B 1/4 5/16 3/8 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 1/2 5/8 3/4 7/8 1 -8 .1/4 1.20 .2 3.3 19.5/16-12 1 1.4 0.2 86.Para informações adicionais consulte-nos.27 6.0 1.8 C + L Referência Diâm.3/4 2.67 2. pol.0 69. ext.8 .83 18.1 46.73 2.56 31.5 30.41 7.74 3.25 1. ext.52 4.11 2.14 62. ext.2 49.0 53.1/2-12 1.2 3.8 73. ext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5/8-12 1.62 3/4-16 7/8-14 1.9 9.375 1. nom.28 30.aço Conexão montada pol.94 34. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/8 1. tubo: 1/2” (-8) Diâm.4 .4 2.4 1.5 3/4-16 7/8-14 1. nom.44 1.36 0.3 67.09 25.9 42.81 2.9 .3 2.62 1.7 . 3 mm M 4 mm M pol.75 1.4 1. nom.58 34.50 2.1/16-12 1. C2 I I 1 pol.8 C A Referência Diâm.20 1.7/8 . nº 366 . M 4 pol.2 47.91 41.6 21.42 4.67 38.10 41.09 24.812 20.13 3. nom.56 1.9 0.07 2.86 1.25 0.6 55.4 41.4 10.28 1.9 25.3/4 Sext.41 10.18 52.7/8 2. tubo: 1/2” (-8) Diâm.750 19.4 10.5 65.4 10.62 1.39 2.20 89.16 1.59 40.40 28.1/8 1. 2 pol.7 67.2 3.4 44.3 71.125 1.85 pol.4 2.2 56.09 2.02 1.39 1.3/8 1.13 .10 .41 0.44 2.6 60.9 28.3 1.14 .98 1.5/8 1.07 2.4 44. tubo: 1/2”(-8) Material da Conexão: “C” .Fax: (19) 3272-0614 .6 40.28 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO COM CONTRA PORCA 070601 .8 .9 27.80 53.77 .1/4 1.6 26.67 2.44 2.7 1.1 1. tubo: 1/2” (-8) Diâm.09 3.09 46.7 1.75 1. C2 Diâmetro nominal externo tubo polegada traço Rosca B UNF classe 2A classe 2B 1/4 5/16 3/8 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 1/2 5/8 3/4 7/8 1 -8 .97 1.31 0.000 1.1/8 2.5/16-12 1 1.14 .92 38.1 59.53 1.4 6.13 .1 1.12 3.62 2.5/8 1.3 39.1/2 2 .13 .9 104.3 55.São Bernardo .Consulte-nos para o uso de nossas conexões com tubo métrico.6 39. pol.2 2.1 62.1/2-12 2.59 1.17 2.4 1.10 .

Corpo com O-ring 070320 .Corpo com O-ring 070429 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Conexão montada 070428 .Corpo TE VERTICAL MACHO UNF Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho UNF c/ O-ring/ Sede 37º para tubo flangeado 070428 REFERÊNCIA: 070428 .C + O .C + O .Corpo UNIÃO MACHO UNF LONGA Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho UNF c/ O-ring 070122 REFERÊNCIA: 070122 .Corpo com O-ring 070428 .Corpo com O-ring 070120 . nº 366 .CA .Conexão montada 070429 .C + O .Conexão montada 070320 .C .C .Corpo com O-ring 070122 .Corpo TE MACHO UNF Sede 37º para tubo flangeado/ Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho UNF c/ O-ring 070429 REFERÊNCIA: 070429 .Corpo com O-ring 070220 .Corpo CURVA 45º MACHO UNF REFERÊNCIA: Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho UNF c/ O-ring 070320 070320 .Corpo JOELHO MACHO UNF Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho UNF c/ O-ring 070220 REFERÊNCIA: 070220 .C + O .C + O .Corpo C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Conexão montada 070120 .Conexão montada 070220 .CA .C .C .CA .Conexão montada 070122 .C .C + O .CA .CA .Fax: (19) 3272-0614 .CA .C .12 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO MACHO UNF Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho UNF c/ O-ring 070120 REFERÊNCIA: 070120 .

78 2.12 .7/8-12 2.1 15.5/16-12 1.88 - 17.00 2.66 .5 51.1/8 2.1 15.69 5.4 50.7 47.96 .3/16-12 1.91 1.55 .10 3/4-16 1/2-20 9/16-18 3/4-16 7/8-14 7/8 5/8 11/16 7/8 1 .2 49.5 36.70 .66 .9 29.5 - 2.80 1.14 1.04 3.7 15.2 56.3/16-12 1.16 .1/16-12 .89 .7/8 1.5/16-12 1.7 29.8 C A Referência Diâm.1 1.84 68.88 19.5 2.50 11.76 1.0 36.1 .76 .20 1.0 14.10 .5 27.12 . tubo: 3/4” (-12) Medida da rosca macho: 1.88 2.3/16-12 1.55 .12 3/4-16 3/4-16 7/8-14 1.8 55.50 .1/8 1.1 23.16 - 29.23 1.9 29.2 49.1 14.12 .5 29.1 14.1 15.3 24.8 31.66 36.1 1.24 .9 3.7 16.10 3/4-16 3/4-16 3/4-16 3/4-16 7/8-14 -6 -8 .70 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.32 1.6 2.8 54.3/16-12 1.6 2.11/16 2.38 1.8 38.91 21.88 4.24 51.10 .53 2.3/16 7/8 1 1.9 46.08 1.aço O-ring EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO: 070122 -12 -12 C Referência Diâm.0 14.1/16-12 1 1.20 .3 45.2 47.3 72.81 - 46.7 .0 14.6 44.89 60.12 7/8-14 7/8-14 1.0 - 2.9 .8 1.1 57.1 15.3/4 2.1/2 2 .25 26.16 1.3 37.56 14.3 70.1 15.91 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .7 41.29 96.5/8-12 .23 1. tubo: 5/8” (-10) Medida rosca macho: 7/8-14 UNF (-10) Material da Conexão: “C” .16 .4 1.aço OBS: 1 .8 50.24 .89 .5 2.1 9.16 .58 1.4 28.99 2.60 36.86 1.39 2.24 .32 1.25 1.5 29.98 4.33 27.77 .5/16 .59 . mm pol.3 36.86 19.9 25.39 .16 .33 2.3 .0 .12 2.12 -8 .28 24. ext.9 .1/8 .06 1.5 25.5/16-12 1.2 31.8 19.59 .0 14.2 45.1/4 .14 26.7/8-12 1.59 .4 45.6 22.1/16-12 1.9 21.7 26.36 . mm pol.06 59.3 21.69 2.91 .3 19.45 - 27.1/2 1.14 .5 58.12 .1 - 1 1 1.6 37.7/8-12 2. tubo: 1/2” (-8) Medida da rosca macho: 3/4-16 UNF (-8) Material da Conexão: “C” .3 19.16 .02 1.97 43.30 1.30 31.1 15.2 31. mm 7/16-20 7/16-20 7/16-20 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16 5/8 11/16 .44 1.10 .0 .44 .1 26.8 36.2 42.59 .2 39.7 12.59 15.1 98.5 - 2.94 1.1/2 1.59 .4 pol.10 .7 16.16 25.2 - 1.1/2-12 2. mm pol. polegada traço Rosca macho B1 UNF classe 2A traço polegada I pol.24 .12 -8 9/16-18 3/4-16 7/8-14 1.1/2-12 2.3/16-12 1.59 .14 .1 50.1/4 1.7 2.12 7/8-14 1.39 .2 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA CONEXÃO MONTADA: mm mm EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO COM O-RING: 070120 .6 23.05 - 52.5/8-12 1.56 35.16 1.8 1/4 5/16 3/8 3/8 3/8 -4 -5 -6 -6 -6 7/16-16 1/2-20 9/16-18 9/16-18 9/16-18 -8 -5 -6 -8 .5 1.86 .3 51.17 6.10 .55 .52 1.5 48.7 15.59 .78 1.52 1.81 2.72 .10 .1/16-12 3/4-16 1.5 1.8 53.4 5/8 5/8 3/4 3/4 3/4 .45 31.5/16-12 1.14 .3 .6 22.16 1.56 .14 .1 119.7 73.1/2 1.1/16-12 3/4-16 7/8-14 1.25 - 52.47 1.05 2.1 51.1/4 .7/8 1.Para informações adicionais consulte-nos.1 63.05 1.1 1.44 .7 31.1 12.59 .50 .61 68.8 - 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 -8 -8 -8 -8 .36 .1/2 2 .04 2.7/8-12 1.7 15.73 33.1/8 1.16 1.54 1.80 3.9 11.1/2-12 .2 1.5/16-12 1.00 1.3 159.25 1.78 60.76 16.8 52.1 59.0 38.5 29. mm pol.1 38. 8 070120 -10 -10 C + O Referência Diâm.1 1.08 2.94 43. polegada traço Rosca macho B1 UNF classe 2A I 3 M 5 M 7 pol.47 3.3/16-12 1.03 1.45 1.08 1.59 15.0 1.32 1.00 1.96 .0 35.1/4 1.33 1.9 22.02 .9 42.77 17.1 9.16 29.09 2. nom.1/2-12 2.2 46.1/4 1.1 11.11 1. nom.1 23.0 52.2 - 1.2 33.37 2.5/16-12 1.12 3/4-16 7/8-14 7/8-14 7/8-14 1.2 32.5/16-12 1. mm pol. C4 L 4 M 6 M 2 pol.39 9. 2 .06 - 46.16 .09 1.Consulte-nos para o uso de nossas conexões com tubo métrico.59 1.50 34.São Bernardo .59 .3 - 2.45 1.4 1.1 12.22 35.9 1.3 24.2 48. 1/4 5/16 3/8 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 1. nº 366 .10 .39 1.1 9.1 1.7 16.84 3.50 47.9 22.6 122.8 .1 131.98 1.6 38.91 1.5 47. ext.8 1.45 1.70 1.9 7/8 1 1.9 11.5/16-12 1.66 .1 88.3 3/4 7/8 7/8 1 1 .1 15.1 24.91 .6 21.86 .60 1.81 1.1 15.5/16-12 1.20 .1 .6 1.1/16-12 -8 .3/8 .16 1.1/16-12 1.16 .7/8-12 2.0 1/2 1/2 5/8 3/4 3/4 -8 -8 .55 .15 - 24.16 .8 53.1 .6 40.6 26.7/8-12 2.10 .16 - 29.3/4 1.70 1.24 1.59 12.1/4 1.3 40.28 1.13 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 12 Diâmetro nominal externo tubo Rosca B UNF classe 2A pol.0 43.32 1.7 19.1/16-12 UNF (-12) Material da Conexão: “C” .02 1.6 - 1.14 .04 50.5/8-12 1.24 .2 91.36 .83 1.01 2.30 1.02 2.48 1.9 1.1/2 1.73 1.5 33.10 .3/8 1.89 1.1/16-12 1.1/4 1.66 .14 2.23 1.6 40.44 .55 33.86 1.9 21.55 14.6 22.8 31.5/8-12 1.1 11.4 25.5/16-12 1.1 15.Fax: (19) 3272-0614 .1/16-12 1.78 1.7 . ext.33 3.3/8 1.70 3.70 .8 39.9 29.95 1. mm pol.aço Conexão montada pol.5 29.5 101.8 43.44 9.83 18.1 43.1 .16 .86 45.86 .25 1.32 .5/8-12 1.1/2-2 .39 1.88 1.2 77.1 9.77 .20 .16 1.66 1. mm L 5 -4 -4 -4 Rosca B UNF classe 2A polegada I 1/4 1/4 1/4 Diâmetro nominal externo tubo traço I Sext.6 77.8 34.8 1.20 .44 .1/16-12 1.2 33.9 .05 1.96 23.59 15.5 32. nom.59 .2 64.5/8-12 1.59 .37 1.76 .7 .5/8-12 1.06 22.5/16-12 .05 2.59 .8 19.2 56.1 15.7 1.20 .77 .56 .17 2.32 1.50 .31 52.16 .20 .

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C .Conexão montada 070433 .Corpo TE VERTICAL COM PORCA GIRATÓRIA Sede 37º para tubo flangeado/ Porca giratória com rosca UNF Sede 37º para tubo flangeado 070432 REFERÊNCIA: 070432 .14 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º JOELHO COM PORCA GIRATÓRIA Sede 37º para tubo flangeado/ Porca giratória com rosca UNF 070221 REFERÊNCIA: 070221 .C .Conexão montada 070321 .Corpo C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .Conexão montada 070221 .CA . nº 366 .CA .São Bernardo .Corpo TE COM PORCA GIRATÓRIA Sede 37º para tubo flangeado/ Sede 37º para tubo flangeado/ Porca giratória com rosca UNF 070433 REFERÊNCIA: 070433 .Corpo CURVA 45º COM PORCA GIRATÓRIA Sede 37º para tubo flangeado/ Porca giratória com rosca UNF 070321 REFERÊNCIA: 070321 .C .CA .C .Conexão montada 070432 .CA .

77 .1 44. nom.32 1.1/2 2 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .8 .94 1. tubo: 5/8” (-10) Diâm.3 59.62 1. mm pol.59 3.20 . nom.6 21.8 1.4 2.2 50.10 .1/16-12 1.5/8-12 1.aço Conexão montada Referência Diâm.75 32.50 1.25 25.59 1.38 1.7 65. 2 .3 1.78 2.1 41.8 36.22 40.06 22.1 26.06 52.39 1. mm pol.2 32.5/16-12 7/8 1 1.6 57.28 1.38 58.3 19.1/4 1. tubo: 5/8”(-10) Material da Conexão: “C” .2 73. tubo: 5/8” (-10) Material da Conexão: “C” .12 23. ext.4 1/2 5/8 3/4 7/8 1 -8 .2 77.1/4 1. ext.25 1.4 1.9 25.4 45.3/8 1.1/4 2.9 2.1/2-12 2 2.5 36.14 .78 2.9 31.1 41.00 1.9 28.3 37.6 38.45 1.31 2.06 2.4 28. ext.00 35.98 1. mm 1/4 5/16 3/8 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16 5/8 11/16 .11 1.66 1.91 51.9 46.25 2.75 1. nom.Consulte-nos para o uso de nossas conexões com tubo métrico.7/8-12 2.9 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA CONEXÃO MONTADA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO PARA O CORPO: 070321 -12 -10 C 070221 -10 -10 C A Referência Diâm.9 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.06 1.6 24.24 .aço OBS: 1 .73 1.5 35. tubo: 3/4” (-12) Diâm.1 1.89 .0 .95 1.4 45.16 3/4-16 7/8-14 1.Para informações adicionais consulte-nos.1 44.12 . ext.2 43.8 42. M 2 mm M 5 6 pol.4 26.8 85. nom. nº 366 .00 1.83 18.Fax: (19) 3272-0614 .33 3.44 1.28 1.7/8 2.7 1.47 24.São Bernardo .81 31.72 .62 1.15 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 14 Diâmetro nominal externo tubo polegada traço Rosca B UNF classe 2A classe 2B Sext M M C 3 pol.2 56.3/16-12 1.1/2 1.03 2.

C LUVA REFERÊNCIA: 070115 .C BUJÃO REFERÊNCIA: 070109 . nom.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C PORCA LONGA Usada sem luva na montagem com tubo flangeado REFERÊNCIA: 070111 . nº 366 . ext.São Bernardo .C C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.C Usada com porca 070110-C na montagem com tubo flangeado EXEMPLO DE ESPECIFICACÃO: 070115 -12 C Referência Diâm.16 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º PORCA Usada com luva 070115-C na montagem com tubo flangeado REFERÊNCIA: 070110 .Fax: (19) 3272-0614 . tubo: 3/4” (-12) Material da conexão: “C” .aço TAMPÃO REFERÊNCIA: Usada como tampão em conexões com sede 37º para tubo flangeado 070112 .

São Bernardo .2 3/4 para 1/4 3/4 para 3/8 3/4 para 1/2 .6 42.33 23.03 24.9 1.00 1.8 40.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .67 .10 para -4 .41 .76 .1 Diâmetro nominal externo tubo Sext Sext L D C C1 L L 1 3 mm ADAPTADOR DE REDUÇÃO REFERÊNCIA: 070123 Requer montagem com porca ref.7/8 1. tubo: 1/2” (-8) Material da conexão: “C” .1/4 1.84 .53 1.5/8-12 1.2 26.6 25.1/2 para 1.9 27.3 19.9 52.3 24.41 1.8 .2 7/8 para 3/8 7/8 para 5/8 -14 para -6 -14 para -10 1.11/16 2 2.2 1.4 .12 21.1/4 2.05 36.22 1. mm pol.12 para -8 1.72 15.08 1.3 .59 1.84 20.3/8 32.3/16-12 1.7 48.68 .33 28.78 14.12 para -4 .20 .3 -20 para -12 -20 para -16 -24 para -20 1.8 1.8 17.1/8 1.97 1.1/4 1.03 1.3 .8 44.9 32.7 30.aço OBS: Sob consulta podemos atender a demais diâmetros C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.16 3/4-16 7/8-14 1.65 2. ext.4 26.3 33.19 27. nom. ext.1/2-12 2 2.17 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 16 polegada traço Rosca B UNF classe 2A classe 2B pol.66 . tubo: 5/8” (-10) Diâm.13 1.3/8 1.8 para -4 .1/4 para 3/4 1.5 Referência Diâm.91 1.7 . nº 366 .12 1.7/8-12 2.4 28.2 16.00 1.5/16-12 7/8 1 1.4 11. 070110-C Diâmetro nominal externo tubo Extremidade A reduzir polegada Redutor Porca EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 070123 -8 -4 C Referência Diâm.61 .10 1.Fax: (19) 3272-0614 .91 mm 36.1/4 REFERÊNCIA: traço L Diâmetro nominal externo tubo 070105 Redutor especial feito em peça única polegada EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 070105 -10 -8 C 5/8 para 1/2 3/4 para 5/8 7/8 para 3/4 1 para 7/8 traço -10 para -8 -12 para -10 -14 para -12 -16 para -14 L pol.10 para -6 .8 41. mm 3/8 para 1/4 1/2 para 1/4 1/2 para 3/8 5/8 para 1/4 5/8 para 3/8 .45 1. nom.14 .80 .8 para -6 .12 para -6 . nom.09 1.10 .5 17.1 28.12 .aço pol.7 1 para 3/4 -16 para -12 1.6 58.6 25.66 1.4 25.24 .0 35.3 19.5/8 55.1/2 13/16 15/16 1.56 .5 42.84 1. tubo: 1/2” (-8) Diâm.1 46.44 1.0 18.1/2 2 .6 para -4 . ext.9 27.97 1.3 1/2 5/8 3/4 7/8 1 -8 .1/4 1. ext.7 69.44 .47 37. 1/4 5/16 3/8 -4 -5 -6 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16 5/8 11/16 1/2 9/16 5/8 25.2 46.7 .9 27.09 1.3 21.32 1.74 31.3 20. nom.0 49.1/16-12 1.8 .7 33. tubo: 1/4” (-4) Material da conexão: “C” . 1.19 23.1/4 para 1 1.7 27.5 33. mm pol.4 30.94 1.2 1.80 .28 1.2 12.69 38.31 1.4 26.02 1.50 10.3 42.5 37.

0 35.66 .8 19.5/8-12 1.55 .95 . BS2779.2 46.5/8-12 1.1/4 1.5 33.66 .5 14 17 19 22 26 . I mm L 3 pol.7/8-12 1.0 12.7 60.15 2.1/2 1.4 3/4 1 .0 .12 .0 27.55 .8 21.5/16-12 M24x1.0 18.31 .2 16. mm pol.0 14.37 1.31 .0 14.95 1.0 12. ext.1/2 .86 .8 23.1/16 1.55 . acrescentar o sufixo “ + 0” na referência Exemplo de especificação: UMJIC-8 x 1/2 BSP C + O UNIÃO MACHO MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UM JIC M C Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho Métrica ISO R261.79 .0 14.86 20.São Bernardo .41 1.8 19.0 12.2 .1/4 1.0 18.91 21.0 31.1/16-12 1.0 22.0 1.08 24.91 21.30 1.0 1.14 BSP (-8) Material da conexão: “C” .0 14.5 M16x1.5/16-12 1.10 7/16-20 1/2-20 9/16-18 3/4-16 7/8-14 M10x1 M12x1. nom.5 M14x1.39 2.86 .55 .20 .3 .47 .8 37.0 20.5 42.7 54.0 3/8 1/2 1/2 5/8 -6 -8 -8 .0 1.43 58.55 14. mm 1/4 1/4 1/4 5/16 3/8 -4 -4 -4 -5 -6 7/16-20 7/16-20 7/16-20 1/2-20 9/16-18 1/8-28 1/4-19 3/8-19 1/4-19 1/4-19 5/8 3/4 7/8 3/4 3/4 .5 M27x2 30 36 .47 .3 .8 21.1/4-11 1.43 2.86 .0 14.3 42.91 .63 .16 1.47 .0 14.47 8.5 34.0 23. DIN13/12.24 .70 35.1/2 1. JIS BO205.38 29.9 57.0 2. mm 1/4 5/16 3/8 1/2 5/8 -4 -5 -6 -8 .85 1.1/4 .0 16.1/2 2 .aço Conexão Montada Rosca B UNF classe 2A Rosca macho BSP Sext C I pol.7 61.66 1.10 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 3/8--19 3/8-19 1/2-14 1/2-14 7/8 7/8 1.6 55.1/2-11 2 2.76 14.2 3/4 3/4 3/4 1 1 .55 .0 12.18 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO MACHO BSP REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UM JIC BSP C Sede 37º para tubo flangeado/ Rosca macho BSP ISO R228.55 12.24 1. nom. DIN259.5 35.55 .16 . L 3 polegada traço mm pol.79 .84 2.0 22.1/16-12 1.86 .8 16.0 .7/8-12 1.16 1.0 14.0 1. acrescentar o sufixo “ + 0” na referência Exemplo de especificação: UM JIC-4 x M10x1 C+0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.55 .71 .1/4-11 1.47 .86 . JIS BO202 Diâmetro nominal externo tubo UM JIC -8 x 1/2 BSP C A Referência Diâm.4 27.20 .20 2.97 47. tubo: 1/4” (-4) Medida da rosca macho: M 10x 1 Material da conexão: “C” .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/8 1.5/16-12 1/2-14 3/4-14 1-11 1-11 1.56 .67 29.0 12.12 .2 43.8 23.0 1. JIS BO207 Diâmetro nominal externo tubo UM JIC -4 x M10 x 1 C A Referência Diâm.0 12.34 1.0 12.47 .1/4 1.0 12.1/4 2 2.16 1.12 .66 .7 OBS: Para solicitar somente a conexão com junta de vedação de cobre.12 .71 .Fax: (19) 3272-0614 .1/16 .79 14.0 1.0 39.1/16-12 1.0 16.4 .47 .1/16-12 1.0 50.17 1. nº 366 .8 31.86 1.7 61.55 1. I mm pol. traço pol.55 .63 14. ext.56 .aço Conexão Montada Rosca B UNF classe 2A Rosca macho métrica M Sext C I pol.BS3643.55 .1/2-11 1.47 .24 47.24 1.2 16.76 14.31 2.5 M20x1.0 14.0 20.24 1.0 OBS: Para solicitar somente a conexão com junta de vedação de cobre. tubo: 1/2” (-8) Medida da rosca macho: 1/2 .0 24.1/4-11 1.47 .0 14.55 8.47 1.08 1.

5 10.28 32.17 50.49 10.aço Conexão montada ( com arruela e O’ring) Rosca UNF vedação 37º Diâmetro nominal externo tubo (pol.59 12.47 .49 .55 12. tubo: 1/4” Medida da rosca macho: 1/8 .41 .aço Conexão montada ( com arruela e O’ring) Rosca UNF vedação 37º Diâmetro nominal externo tubo (pol.0 16.85 2. ext. mm 30.5 .98 2.3 .49 . tubo: 1/4” Medida da rosca macho: M 10 x 1 Material da conexão: “C” .5 8.41 .5 8.1/16-12 1. B mm I 3 pol.7 36.5 M16x1.5 12.01 2.1/4 7/8-14 1.47 .1.54 5/8 3/4 1 1.0 14.8 .44 1.) Rosca fêmea UNF classe 2B Rosca macho métrica BSP mm pol.51 10. nº 366 .0 UNIÃO PORCA GIRATÓRIA UNF-MACHO MÉTRICA (ISO R262) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UPG 7/16 UNF x M10x1 C A UPG UNF x M CA Referência Diâm.49 .2 55.48 .0 .5 3/4 1 1.5/8-12 1/2-14 3/4-14 1-11 1.27 7.6 15.5 14.53 .63 .5 42.5 47.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 M27x2 1. B I 3 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .0 18.0 .54 L pol. mm 1/4 7/16-20 M10x1 1..37 9.5 8.2 54.20 1.5 10.49 .33 7.41 .0 13.3 .5 64.88 38.) Rosca fêmea UNF classe 2B Rosca macho paralela BSP 1/4 5/16 3/8 3/8 1/2 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 1/8-28 1/4-19 1/4-19 3/8-19 3/8-19 . mm pol. mm pol.41 .71 12.41 7.60 13.15/16-12 1.5 10.5 10.6 15.5 M20x1.51 1.0 51.19 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO PORCA GIRATÓRIA UNF-MACHO BSP (ISO R228) REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UPG UPG UNF x BSP CA 7/16 UNF x 1/8 BSP C A Referência Diâm.33 .6 .44 1.41 .29 .6 .4 .6 12.44 1.0 10.5 12.2 .São Bernardo .5 1.27 .6 36. ext.68 1.6 36.1/4-11 1.28 BSP Material da Conexão: “C” .5/16-12 M24x1.14 2.7 47.1/16-12 1.33 .0 L pol.41 .3 12. nom.33 .5 8. nom.6 39.0 3/8 1/2 5/8 9/16-18 3/4-16 7/8-14 M14x1.

0 7.19 BSPT Material da conexão: “C” .2 14.20 CONEXÕES PARA TUBOS FLANGEADOS A 37º UNIÃO PORCA GIRATÓRIA UNF-MACHO BSPT (ISO R7) REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UPG UNF x BSPT CA Rosca UNF vedação 37º BSPT Diâmetro nominal externo tubo (pol.5/16-12 1.94 .5/8-12 1.53 1.69 5/8 5/8 3/4 3/4 1 7/8-14 7/8-14 1.69 5/8 3/4 3/4 1 1 7/8-14 1.0 2.2 55.6 10.2 54.6 .35 .18 2.79 1.34 7.0 7.8 38.75 14.0 19.30 .0 7.8 38.8 54.9 38.75 .aço Conexão montada Rosca UNF vedação 37º Diâmetro nominal externo tubo (pol. nom.74 69.34 7.0 19.6 .56 14. mm 37.41 .6 12. nom.0 .27 .1/4 1.0 9.27 .53 1.2 14.São Bernardo .98 25.35 .) UPG 7/16 UNF x 1/4 BSPT C A Referência Diâm.0 10.6 10.0 19.6 10.38 51.2 14.2 14.6 10.5 69.41 .2 2.13 2.6 .27 .8 .8 43.6 10.42 .8 38.75 .4 38.0 2.75 .5/16-12 3/8-18 1/2-14 1/2-14 3/4-14 3/4-14 1 1.56 .27 .27 .2 14.1/16-12 1.2 55.0 19.5 50.0 43.42 . ext.56 .38 2.2 19.75 .56 .1/4-11 L B pol.8 43.5 60.18 45.50 12.98 2.0 8. mm pol.13 2.50 10.2 1.13 2.56 ..1/16-12 1.0 19.2 14.56 14.18 NPT Material da conexão: “C” .6 .1/4-11.98 24.0 25.6 8.2 14. mm pol. ext.0 .1/4 1.42 .13 2. mm P pol.5/16-12 1/2-14 1/2-14 3/4-14 3/4-14 1-11 1.41 9.41 .53 1.6 .5 7.69 1.0 UNIÃO PORCA GIRATÓRIA UNF-MACHO NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UPG UNF x NPT CA UPG 7/16 UNF x 1/4 NPT C A Referência Diâm.42 10.3 54.1/16-12 1.6 10.34 .) 1/4 5/16 3/8 3/8 1/2 Rosca fêmea UNF classe 2B 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 1/4-18 1/4-18 1/4-18 3/8-18 3/8-18 1.0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.56 .75 .75 .04 2.0 19.0 8.74 60.5/16-12 1.56 .2 14.aço Conexão montada Rosca fêmea UNF classe 2B Rosca macho BSPT 1/4 5/16 3/8 1/2 1/2 7/16-20 1/2-20 9/16-18 3/4-16 3/4-16 1/4-19 1/4-19 1/4-19 1/4-19 3/8-19 1.53 1. nº 366 .8 .0 7. mm P pol.56 . tubo: 1/4” Medida da rosca macho: 1/4 .1/2 1. mm 37.75 .47 1. tubo: 1/4” Medida da rosca macho: 1/4 .2 54.56 .Fax: (19) 3272-0614 .56 .94 19.49 1.0 24.5 .42 .5 .1/2 Rosca macho NPT L B pol.6 .5/8-12 1-11.27 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/16-12 1.53 1.

84 15.1/4-11.5 20.46 .0 34.77 .34 1./2-11.5 26.82 .5 .0 .5 1.1/2 1.1/2 1.62 .8 19.18 NPT (-4) Material da conexão: “C” .75 .20 .8 21.16 .30 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .46 .1/2 1.21 BUJÕES BUJÃO NPT Rosca macho NPT 130109E REFERÊNCIA: 130109 E-C BUJÃO COM SEXTAVADO INTERNO NPT Rosca macho NPT 130109P REFERÊNCIA: 130109 P-C DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS ACIMA Rosca macho A NPT Sext.34 27.6 11.24 3/4-14 1-11.7 15.3/8 1.0 19.1/16 1.26 1.0 32.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 130109E . C traço B1 Sext. L mm pol.59 .0 21.4 C Referência Medida da rosca macho 1/4 .0 34.7 11. Int D1 polegada pol.61 7. mm -2 -4 -6 -8 1/8-27 1/4-18 3/8-18 1/2-14 7/16 9/16 11/16 7/8 3/16 1/4 5/16 3/8 .84 1.3/4 2 9/16 5/8 3/4 1 .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .12 . nº 366 .06 1.aço C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.02 15.

13 54. C 5 -2 1/8 5/16-24 7/16 1/8 .4 .75 69.1 1.1/16-12 1.3/16-12 1.93 23.44 11.43 36.38 9.0 1. mm EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 090109B .67 17.27 32.16 1 1.Corpo com O-ring BUJÃO COM SEXTAVADO INTERNO UNF Rosca macho UNF com O-ring 090109B REFERÊNCIA: 090109 B .75 19.18 UNF (-6) Material da conexão: “C” .0 1.50 12.7 -4 1/4 7/16-20 9/16 3/16 .60 15.73 18.2 .C+O .24 1.6 .1 2.5 -8 1/2 3/4-16 7/8 5/16 .0 .63 16.38 35.0 1.0 1. L mm pol.6 C + O Referência Medida da rosca macho: 9/16 .0 .36 9.Fax: (19) 3272-0614 .59 15.1/4 1.44 11.32 2 2.50 38.69 17.4 . int.09 27.C+O .7 .aço O-ring C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.00 25. X 1 mm pol.7/8 3/4 .4 .59 15.12 28.Corpo com O-ring DIMENSÕES PARA BUJÕES ILUSTRADOS ACIMA Diâmetro nominal externo tubo traço pol.1 1.1 .0 -6 3/8 9/16-18 11/16 1/4 .38 9.4 .1 1.0 1.20 1.75 19.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .36 9.7 .3 .0 1.1/4 3/4 .75 19. 4 Sext.1 .10 5/8 7/8-14 1 3/8 .30 7.59 15.2 . Rosca macho B UNF classe 2A Sext.80 20.59 15. nº 366 .8 .7 .12 3/4 1.39 9. L 1 mm pol.09 27.45 11.7/8-12 2.56 14.1 .2 -5 5/16 1/2-20 5/8 3/16 .75 19.8 .3/8 9/16 .1 .5/16-12 1.1/2 5/8 .14 7/8 1.63 16.22 BUJÕES BUJÃO UNF Rosca macho UNF com O-ring 090109A REFERÊNCIA: 090109 A .59 15.1 1.6 .50 12.5/8-12 1.88 22.1/4 9/16 .7 .1 2.1/2-12 2.25 31.2 .20 30.45 11.1/2 1.59 15.75 19.2 .6 .3/4 3/4 .88 47.7 .2 .3 .56 14.9 .2 -3 3/16 3/8-24 1/2 1/8 .5 .3 .4 .5 .75 19.9 C I pol.60 15.30 7.48 12.0 .67 17.0 1.

1/16-12 1.09 27.80 20.23 BUJÕES BUJÃO MAGNÉTICO NPT Rosca macho NPT/ magnético BMA NPT B REFERÊNCIA: BMA NPT B BUJÃO MAGNÉTICO UNF Rosca macho UNF c/ O-ring/ magnético BMA UNF B REFERÊNCIA: BMA UNF B + O -Corpo com O-ring DIMENSÕES PARA BUJÕES ILUSTRADOS ACIMA Rosca macho A NPT traço polegada -2 1/8-27 Sext.0 1.7 .09 27.59 15.2 .12 3/4-14 1.0 .1/16 1.7 .1/2 1.02 26.São Bernardo .0 - Sext.50 12.67 17.0 -5 - - - - -5 1/2-20 5/8 . - mm pol.9 .0 1.Fax: (19) 3272-0614 .18NPT (-4) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. mm traço 1/2 .20 1.4 .16 1.34 34.5/16-12 1.12 28.67 17.1 .0 -8 3/4-16 7/8 .1/2-11.59 15.0 1.39 9.84 21.14 - - - - .5 -8 1/2-14 7/8 1.36 9.5 .10 - - - - .26 32.20 30.36 9.5 -6 9/16-18 11/16 .24 1.14 1.5 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: BM A 1/4 NPT B Referência Material da conexão: aço Medida da rosca macho: 1/4 .0 .3 .59 15.3/16-12 1.06 27. mm - - - - - -4 1/4-18 9/16 .1/2 .24 1.59 15.6 .0 .7/8 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 1.59 15.1/2 2 1.1 .0 -4 7/16-20 9/16 .12 1.5/8-12 1.59 15.93 23.1/8 . I L 1 1 C4 polegada pol.3/8 1.7/8-12 2. Rosca macho B UNF classe2A L C pol.0 -6 3/8-18 11/16 .7 .3/8 .27 32. nº 366 .0 .1/4 .73 18.10 7/8-14 1 .75 19.20 - - - 34.0 1.44 11.16 1-11.

24 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO NPT Rosca macho NPT / ambos os lados 140137 REFERÊNCIA: 140137 .C TE MACHO NPT Rosca macho NPT / todos os lados 140437 REFERÊNCIA: 140437 .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .C JOELHO MACHO NPT Rosca macho NPT / ambos os lados 140237 REFERÊNCIA: 140237 .C C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

2 48.61 50.2 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 140137 .0 1.1/4-11.0 66.2 C Referência Medida da rosca macho: 1/4 .8 43.1/2-11.25 ADAPTADORES DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 24 Rosca macho A NPT traço Rosca macho A1 NPT polegada traço L Sext.0 50.48 2.16 .3 .59 1.45 1. mm -2 -4 -4 -6 1/8-27 1/4-18 1/4-18 3/8-18 -2 -2 -4 -2 1/8-27 1/8-27 1/4-18 1/8-27 7/16 5/8 5/8 3/4 1.3 1. nº 366 .1/2 1.7 - -6 -6 -8 -8 .24 3/4-14 1-11.32 2-11.32 2-11.Consulte-nos sobre conexões com diferentes tipos de roscas.8 36.1/2 1-11.78 1.1/8 1.16 .1/2 1.47 - 31.34 2.89 1.22 1.1/2 1.4 .8 36.0 60.12 .97 2.1/2-11.18 NPT (-4) Medida da rosca macho: 1/8 .38 2.8 27.3 - .1/8 1.20 .1/2 .20 .1/4-11.1/2 .83 71.70 1.97 36.0 59.45 1.45 2.3/4 1.06 1.8 32.0 67.64 40.25 1.2 63. 2 . mm pol.45 1.20 .27 NPT (-2) Material da conexão: “C” .0 37.Consulte-nos para conexões não constantes nesta página.3/8 1.12 . C polegada N pol.1 .1/2 2.1/2 2.27 26.4 62.Fax: (19) 3272-0614 .4 50.9 3.1/4-11.00 76.24 3/4-14 1-11.3/4 2 1.97 2.1/2 1.aço OBS: 1 .12 3/8-18 3/8-18 1/2-14 1/2-14 3/4-14 -4 -6 -4 -8 -8 1/4-18 3/8-18 1/4-18 1/2-14 1/2-14 3/4 3/4 7/8 7/8 1.São Bernardo .09 - 19.16 .1/2 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/2 1.9 31.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C CURVA 45º FÊMEA NPT Rosca fêmea NPT 140338 REFERÊNCIA: 140338 .C JOELHO FÊMEA NPT Rosca fêmea NPT 140238 REFERÊNCIA: 140238 .C TE FÊMEA NPT REFERÊNCIA: Rosca fêmea NPT 140438 140438. nº 366 .26 ADAPTADORES ADAPTADOR FÊMEA NPT Rosca fêmea NPT 140138 REFERÊNCIA: 140138 .Fax: (19) 3272-0614 .C CRUZETA FÊMEA NPT Rosca fêmea NPT 140538 REFERÊNCIA: 140538 .C C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

24 .1/2 1.69 - 12.59 37.1/2 -8 .20 .12 .5/8 2 2 1.9 .5 41.9 31.2 1.36 1.50 .18 NPT (-4) Material da Conexão: “C” .1/8 1.8 22.75 .94 1.1/4-11.16 .1 1.1/2 2.3/8 1.03 19.5 - -6 -6 -8 -8 -8 3/8-18 3/8-18 1/2-14 1/2-14 1/2-14 -4 -6 -4 -6 -8 1/4-18 3/8-18 1/4-18 3/8-18 1/2-14 7/8 7/8 1.6 . 2 mm -2 -4 -4 -6 1/8-27 1/4-18 1/4-18 3/8-18 -2 -2 -4 -2 1/8-27 1/8-27 1/4-18 1/8-27 5/8 3/4 3/4 7/8 .38 1.13 1. C pol.9 28.7 35.3/8 2.88 - 16.6 .13 1.7 26.1/2-11.1/2 1.16 .1/2-11.4 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 140138 . nº 366 .24 32 1.Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .1 38.1/2 1-11. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.94 19.89 1. polegada N mm pol.1/4-11.3 49.08 2.00 1.12 .1 23.1/2 1.53 1.12 .aço OBS: Consulte-nos sobre conexões com diferentes tipos de rosca.66 .97 49.0 2.27 ADAPTADORES DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 26 Rosca fêmea A NPT traço Rosca fêmea A1 NPT polegada traço L Sext.3/8 1.7 28.9 38.1/2 1.70 34.1 38.50 28.3 1.20 1/2-14 3/4-14 1-11.20 3/4-14 3/4-14 1-11.94 38.1/2 2-11.1/2 .1/8 1.16 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .39 52.1/4-11.4 - .44 25.3 50.4 30.02 1.1/2 2-11.63 1.50 1.2 36.2 .75 . N 1 mm pol.46 1.94 1.2 .13 1.18 NPT (-6) Medida da rosca fêmea: 1/4 .8 60.7/8 1.4 43.94 1.4 C Referência Medida da rosca fêmea: 3/8 .88 1.7 17.9 48.19 1.1 23.1 40.32 1.0 49.1/8 1.23 25.7 1.

São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

6 39.1/2 1.1/2 1-11. mm pol.7/8 2 2 2.18 NPT (-4) Medida da rosca macho: 1/2 .05 - 18.32 1.8 16.São Bernardo .5 1.97 - 23.70 2.3 1.72 1.5/8 2 1.2 1.12 -6 1/4-18 3/8-18 1/2-14 3/4-14 3/8-18 .17 1.00 76.1/2 3/4-14 1-11.4 67.2 34.1/2-11.91 18.20 .63 - 11.47 31.5 - .3 26.1/2 1.23 1.1 1.1/4-11.19 55.1/2 - - - - 3.16 54.1/8 1.9 - 1.5/8 1.3 - 1.1/2-11.17 1.7 27.2 1.36 1. mm pol.34 1.72 - 43.29 ADAPTADORES DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 28 Rosca A1 NPT Rosca A NPT traço polegada traço polegada Sext.3/4 1.7 - . mm pol.09 - 27.84 21.7 27.69 42.4 - .16 .20 .50 38.18 NPT (-4) Material da Conexão: “C” .9 34.7 29.59 - 40.36 - 31.4 1.24 .16 .48 1.56 1.5 37.7 52.9 - 1.59 1.3/8 1.4 40.72 .32 2-11.1/4-11.9 16.2 2.56 1.09 1.3 .84 .7 2.1/2-11.6 44.1/2 2-11.1/2 1.16 1/2-14 3/4-14 1-11.3 23.6 - 1.4 - 1.63 66.6 2.5 2.0 - .1/2 2. mm pol.5 34.1/2 1.1 - -8 .47 62.3/8 2.12 .2 .0 34.17 1.94 49.44 36.3 21.3/8 1.16 3/4-14 3/4-14 3/4-14 3/4-14 1-11.84 . L N 2 N 1 N 3 N 4 mm pol.1/2 1.1/2 .1/2-11.63 52.4 2.1 1.80 2.12 .0 37.1/8 1.78 1.69 - 41.12 .8 C Referência Medida da rosca fêmea: 1/4 . mm -2 -2 -4 -2 -4 1/8-27 1/8-27 1/4-18 1/8-27 1/4-27 -2 -4 -4 -6 -6 1/8-27 1/4-18 1/4-18 3/8-18 3/8-18 3/4 7/8 5/8 3/4 3/4 1.50 63.3/8 1.3 - .7 - -6 -2 -4 -6 -8 3/8-18 1/8-27 1/4-18 3/8-18 1/2-14 -6 -8 -8 -8 -8 3/8-18 1/2-14 1/2-14 1/2-14 1/2-14 1.1/2 2.9 1.1/4-11.20 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .12 .14 NPT (-8) Medida da rosca macho: 1/4 .1/8 1.8 1.8 1.9 2.4 .16 .24 1.1/2 1-11.8 .1/2 1-11.66 .3 21.24 .6 1.09 1.0 35.8 27.78 45.7 1.0 - 1.1/2-11.09 1.13 - 28.1/2 1.1/8 1. C Sext.1/4-11. nº 366 .09 - 19.4 42.1/2 1.3/8 1.3/4 2.Fax: (19) 3272-0614 .aço C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 C Referência Medida da rosca fêmea: 1/2 . C 2 L pol.06 1.7 27.6 .1/2 1.22 1.1/4-11.0 1.47 .24 .16 54.1/2 .16 .24 .6 37.16 .7 - 1.1 - 1.5 2.22 56.9 31.1/2 1.69 42.32 2-11.91 .1/2 .9 - - EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 140139 .20 .06 - 45.88 - 16.64 - 60.1/8 1.20 1-11.38 - 26.38 2.23 25.1/8 - 7/8 7/8 7/8 - 1.14 (-8) Material da Conexão: “C” .12 .36 29.7 - 1.34 -4 -6 -8 .12 .8 24.08 - 43.66 .1 24.39 60.7 - .36 1.48 34.7 29.aço 140140 .3/8 - 1.75 39.22 31.7 34.02 1.63 - 41.1/2 1.97 - 50.

Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .

2 39.78 2.5 1.8 50.1/4-11.4 26.07 1.87 1.50 1.38 1.48 1.1/2 .1/2-11.7 32.1/4-11.69 .0 46.12 3/4-14 .1/2-12 2-11.2 45.19 1. .16 1.38 2.18 NPSM (-6) Medida da rosca macho: 3/8 .2 26.31 1.62 1.20 1.2 38.29 1.20 1.20 1.81 2.7 31.63 1.1 47.6 53.87 .9 26.24 .20 1.16 1-11.6 1.1/2 .24 1.83 1.20 1.1/2 .16 .13 54.0 50. .7 45.1/2 .00 2.33 1.19 1.06 1.86 2.38 35.52 2.33 1.13 28.81 .89 mm 22.5 22.93 2.53 1.05 1.1/2 .94 M mm 16.8 1.12 1.46 1.50 1.8 43.32 2-11.5 22.16 1.50 1.10 7/8-14 1.6 32.16 1-11.1 33.54 1.1/16-12 .31 1.12 3/4-14 .1/2-11.88 47.16 1.8 1.18 NPT (-6) Material da Conexão: “C” .98 1.45 1.5/16-12 1-11.1/2 .20 1. 1.aço C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.50 2.0 29.0 41.1/2 .3 32.24 2.32 33.7 .1/2 .16 1. .63 1.03 2.41 1.62 2.1 55.51 1.9 37.2 46.1/2 .20 1.10 1.7 M 1 pol. nº 366 .1/2 .12 1.1/2 .24 1.12 3/4-14 .6 64.16 1-11.82 1.0 27.8 48.16 .0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 140130 .1/2 .31 1.0 23.9 39.20 1.10 7/8-14 .5 49.3 31.32 2-11.46 2.20 30.40 1.29 1.78 - pol.7 35.62 2.19 1.42 36.09 53.35 1.12 3/4-14 .7 71.1/2-11.19 1.32 Rosca fêmea paralela A1 NPSM traço polegada -2 1/8-27 -2 1/8-27 -4 1/4-18 -4 1/4-18 -4 1/4-18 -6 3/8-18 -6 3/8-18 -6 3/8-18 -8 1/2-14 -8 1/2-14 -8 1/2-14 -8 1/2-14 .06 1.2 31.31 ADAPTADORES DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS NA PÁGINA 30 Rosca fêmea paralela A1 NPSM traço polegada -2 1/8-27 -2 1/8-27 -4 1/4-18 -4 1/4-18 -4 1/4-18 -6 3/8-18 -6 3/8-18 -6 3/8-18 -8 1/2-14 -8 1/2-14 -8 1/2-14 -8 1/2-14 .5/16-12 1-11.5 42.16 1-11.2 49.16 1-11.50 1.2 35.3 51.94 .96 1.1/2 .7 35.12 1-11.49 37.6 24.25 1.54 1.25 1.6 60.1/16-12 .45 1.81 1.12 1.12 3/4-14 .5/8-12 .2 1.1/16-12 .3 53.00 2.36 1.1/2 .0 1.83 - N mm 17.69 .5 34.9 33.7 2.7 29.8 35.5/16-12 .3 27.16 1-11.7 30.6 C Referência Medida da rosca fêmea: 3/8 .10 2.07 1.0 38.7 N pol.1 28.1/4-11.16 .8 50.46 1.24 1.9 1.29 1.2 N 1 mm 20.81 3.19 2.91 2.0 30.47 1.0 48.4 74.0 1.1/4-11.70 1.3 41.1 - pol.0 26.9 1.54 1.7 29.3 39.16 1-11.9 26.0 3 mm 17.Fax: (19) 3272-0614 .5/8-12 .9 26.9 1.52 1.05 2.15 1.0 37.39 60.81 .90 1.9 27.7 M 1 pol.50 38.7/8-12 .06 1.3 29.12 3/4-14 .39 1.1/2 .12 .72 1.88 1.8 37.36 N 2 mm 20.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .54 1.57 1.2 60.01 1.06 1.6 28.5 34.1/2 .6 43.70 43.9 39.1/2 Rosca macho A NPT traço polegada 1/8-27 -2 1/4-18 -4 1/4-18 -4 -6 3/8-18 -8 1/2-14 -4 1/4-18 -6 3/8-18 -8 1/2-24 3/8-18 -6 1/2-14 -8 .8 46.12 3/4-14 .7 24.12 1.21 56. .5 31.5 - pol.20 1.32 2-11.2 49.6 48.6 32.98 1.07 52.04 51.2 38.2 30.24 1.1 38.02 1.81 .94 1.1 66. 0.94 1.5 46.10 7/8-14 3/4-14 .10 1.28 1.03 . .3 35.1/16-12 .1/2 .01 1. 1.2 - pol.10 2.1/2 Rosca Rosca macho macho B A UNF NPT classe 2A traço polegada traço polegada -2 5/16-24 -2 1/8-27 1/4-18 -4 7/16-20 -4 1/4-18 -4 7/16-20 -4 9/16-18 -6 3/8-18 -6 3/4-16 -8 1/2-14 -8 -4 7/16-20 -4 1/4-18 -6 9/16-18 -6 3/8-18 1/2-14 -8 3/4-16 -8 3/8-18 -6 9/16-18 -6 -8 1/2-14 -8 3/4-16 7/8-14 .1 1.12 3/4-14 .94 1.91 1.3 - 3 pol. mm pol.41 1.1 44.7 36.20 1.5/16-12 1.32 2.5 33.1/2 .0 24.38 2.6 20.4 79.7 32.1 38.9 33.1/2-12 L pol.7/8-12 .2 45.2 37.32 .1/16-12 .5 38.0 29.5 71.75 44.45 36.12 .57 39.1 24.29 1.50 2.50 2.2 38.1 46.2 39.11 1.16 1.2 38.18 1.1/2-11.5/8-12 1.9 38.5 .São Bernardo .1/2 .5/8-12 .1/2 .29 2.3 58.50 1.12 mm 23.9 25.14 1.12 -8 3/4-16 -8 1/2-14 .05 - M 2 mm 23.0 25.8 60.16 1.0 24.16 1.79 1.0 37.4 1.50 1.6 60.9 33.5 31.2 26.24 1.3 52.1 38.6 .25 1.6 29.12 3/4-14 .0 38.6 62.24 1.65 1.1/4-11.88 47.1/2 Rosca macho B UNF classe 2A traço polegada -2 5/16-24 -4 7/16-20 -4 7/16-20 -6 9/16-18 -8 3/4-16 7/16-20 -4 -6 9/16-18 -8 3/4-16 -6 9/16-18 -8 3/4-16 .82 L mm 28.12 3/4-14 1.46 1.2 38.7 32.5 1.12 3/4-14 -8 1/2-14 3/4-14 .1/16-12 .12 3/4-14 .4 66.1/2 .12 3/4-16 -8 .36 34.1 1.16 1.1/4-11.2 1.94 2.94 .1 1.2 24. .00 2.29 1.94 1.75 2.9 30.5 30.

50 .1/16-12 1.5/8-12 7/8-14 1.5 1 1 1 1.75 36.36 .0 15.1/16-12 1.59 .31 1.1/8 1.3/16-12 1.00 1.5/8-12 -8 .59 .14 1.1/8 .5/16-12 1.5 24.5/8-12 1.10 .3/8 1.7/8-12 2.14 .2 12.1/16-12 1.0 15.1/8 1 1 1.4 44.24 .59 .1/2-12 2.12 .12 .16 .00 1.1/4 1.00 25.9 11.1/4 .4 25.1/8 2.5 47.5/8-12 1.1/2 .00 39.75 1.7/8-12 1.1/16 7/8 pol.06 mm 27.10 .Fax: (19) 3272-0614 .39 .16 .0 25.5/8 1.59 25.0 15.1/2-12 2. .0 15.10 .1/2 1.12 7/8-14 1.44 .75 1.50 .59 .00 1.0 1.12 .0 15.0 15.20 1.Corpo c/ O-ring DIMENSÕES DA CONEXÃO ILUSTRADA ACIMA Rosca macho B UNF classe 2A Diâmetro nominal externo tubo polegada 1/4 1/4 3/8 3/8 1/2 Rosca fêmea B1 UNF classe 2B Sext.5/16-12 1.5/8-12 1.59 .16 .59 .5 50.6 20.39 .4 2 2 2 .1/2 1.16 .4 25.4 40.4 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MF A 7/8 x 3/4 UNF B+O Referência Material da Conexão: aço Medida da rosca macho: 7/8 .56 .7 12.1/8 2.0 15.00 1.00 25.38 1.36 .50 .0 15.1/4 .1/4 1.00 1.14 UNF (-10) Medida da rosca fêmea: 3/4 .12 3/4-16 7/8-14 7/8-14 7/8-14 1.3/4 2.5/16-12 1.16 UNF (-8) O-ring C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/16-12 1.10 .4 44.16 .59 .6 44.1 26.1/16-12 1.0 15.12 .59 15.20 .44 mm 9.3/4 .20 .3/4 2.7 12.1/16-12 1.1/2-12 .1/16-12 3/4-16 1.24 -24 1.44 1.3 42.1/2 1.1/2 2.08 1.9 9.32 .0 15.5/16-12 1.7/8-12 .9 1/2 5/8 5/8 5/8 3/4 -8 .12 .88 1.16 .4 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 .4 1.3/16-12 1.12 -8 7/8-14 9/16-18 3/4-16 1.97 1.12 3/4-16 1.20 1.7/8 .00 1.97 1.59 15.7/8-12 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .FÊMEA UNF Rosca macho UNF com O-ring / Rosca fêmea UNF com assento para O-ring MFA x UNF B + O REFERÊNCIA: MFA x UNF B+O .0 1.7/8-12 1.00 1.3/8 1.59 .32 .1/16-12 .59 .20 .59 .32 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO .1 9.59 .6 35.1/4 1. nº 366 .2 pol 1.5/16-12 1.8 25.5/16-12 7/8-14 1.10 . I L C traço -4 -4 -6 -6 -8 polegada 7/16-20 7/16-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 traço -5 -6 -4 -8 -6 polegada 1/2-20 9/16-18 7/16-20 3/4-16 9/16-18 3/4 13/16 11/16 1.20 .88 1.4 25.1 9.24 .0 15.São Bernardo .5/8-12 1.5/8-12 1.59 .0 15.7 15.4 25.7/8 2.0 1.5/16-12 1.59 15.4 47.00 1.0 1.1/2 1.14 .9 25.16 .16 .24 1.10 -6 -8 .0 15.81 1.0 15.59 11.69 1.59 15.1/16-12 1.4 29.6 33.8 25.3/16-12 .59 .1/2 2.32 2.10 .1/2 .7/8 1.1/4 1.20 .59 .0 1.

0 .5/16-12 -8 .0 36.4 41.32 2.0 3.0 15.7 15.3/8 1.5/16-12 1.10 .1/8 1 .1/4 1.63 1.4 25.5/8 .3/8 1. mm pol.4 52.12 UNF (-12) Medida da rosca fêmea: 3/4 .34 1.1/8 2.3/8 .3 - - - - - - Diâmetro nominal externo tubo Rosca fêmea A NPT traço Sext.2 11.1/2-12 .1/16 .1 47.06 25.00 43.15.1/2 1.59 .20 .81 26.1/2 1-11.FÊMEA NPT Rosca macho UNF com O-ring / Rosca fêmea NPT JFOA L x NPT + O REFERÊNCIA: JFOA L x NPT + O Corpo com O-ring DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS ACIMA polegada traço Rosca macho B UNF classe 2A polegada pol.66 31.5/16-12 1.59 .75 .59 .7 1.44 .5/8-12 1.00 25.3/4 .16 .0 - 5/8 5/8 5/8 3/4 3/4 .7/8 2 2.63 117.0 1.16 1/2-14 3/4-14 1/2-14 3/4-14 1-11.4 50.0 15.59 .1 41.63 - 16.FÊMEA NPT Rosca macho UNF com O-ring / Rosca fêmea NPT JFOA UNF x NPT + O REFERÊNCIA: JFOA UNF x NPT + O Corpo com O-ring JOELHO LONGO ORIENTÁVEL UNF .0 15.81 27.32 1.14 .24 .3/8 1.32 .14 .1/2-12 2.4 - - - - - - 2 2 .0 37.4 1.1/4-11.1/2-11.3/16-12 1.44 .59 15.12 7/8-14 7/8-14 7/8-14 1.94 1.1/2 2. nº 366 .6 1.1/2 1.50 .1/2 1.33 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO UNF .1 20.88 25.25 1.44 .10 9/16-18 3/4-16 3/4-16 3/4-16 7/8-14 -4 -4 -6 -8 -4 1/4-18 1/4-18 3/8-18 1/2-14 1/4-18 3/4 7/8 7/8 1.4 38.81 2.1/16-12 -6 -8 .12 -8 .00 1.3/16-12 1.16 1.00 1.59 .3 25.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .12 .12 -8 .8 25.14 NPT (-12) O-ring C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 49.0 1.7/8-12 2.1/2 1.6 7/8 7/8 1 1 1 .1/2 1.59 .20 .32 1.4 104.2 4.00 2.0 1.16 .0 42.00 1.8 2.8 38.2 12.16 1-11.13 90.0 15.0 15.06 1.1/16-12 1.10 .1/2 2-11.Fax: (19) 3272-0614 .0 19.1/4 1.00 1.00 25.44 .1/2 2 .24 .12 .59 .24 .09 1.0 1.7 12.25 57.1/16 UNF x 3/4 NPT B+O Referência Material da Conexão: aço Medida da rosca macho: 1.1/4 1.50 .7 - .16 .24 .59 .1/2-12 .3 2.1/2 1-11.2 46.0 15.59 15.59 15.16 .1/2-11.50 9.59 .7 26.7/8-12 1.1/8 1.10 .7 12.1/2 1. mm EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MF A 1.39 .94 - 74.47 - 35.1/2 1.8 4.3/4 2.0 15.9 11.20 .22 1.50 .9 .59 12.56 50.4 34.50 1.7/8 .6 20.1/4 2.9 31.0 15.5/8-12 1. mm 3/8 1/2 1/2 1/2 5/8 -6 -8 -8 -8 .00 2.12 3/8-18 1/2-14 3/4-14 1/2-14 3/4-14 1 1.2 1. mm pol mm pol.59 .São Bernardo .2 11. I L M M 1 N C polegada pol.FÊMEA NPT Rosca macho UNF com O-ring / Rosca fêmea NPT MFA UNF x NPT B + O REFERÊNCIA: MFA UNF x NPT B + O Corpo com O-ring JOELHO ORIENTÁVEL UNF .63 1.0 15.50 1.6 1.

12 3/4-14 1.3 1.2 C Referência Medida da rosca fêmea giratória: 1/8 .1/2 2.41 61.0 .1/2 2.38 60.6 2.05 26.00 50.32 2-11.0 .25 57.9 .16 1-11.27 NPT (-2) Material da conexão: “C” aço C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.20 1.1/2-11.C JOELHO PORCA GIRATÓRIA NPSM.96 49.1/2 .44 36.82 71. mm pol.43 61.74 19.6 2.78 45.1 -6 3/8-18 -6 3/8-18 1.Fax: (19) 3272-0614 .1/2 . N mm pol.1/2 .7 1.32 2-11.5 -4 1/4-18 -4 1/4-18 1.2 . nº 366 .FÊMEA NPT Porca giratória com rosca NPSM/ Rosca fêmea NPT 140131 REFERÊNCIA: 140131 .27 NPSM (-2) Medida da rosca fêmea: 1/8 .São Bernardo .85 47.34 34.01 51.3 .2 .34 ADAPTADORES UNIÃO PORCA GIRATÓRIA NPSM .2 2.1/2 2.C DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS ACIMA Rosca A1 NPSM traço Rosca A NPT polegada traço L polegada M pol.0 1.1/4-11.1/2-11.12 3/4-14 .0 2.5 1.FÊMEA NPT Porca giratória com rosca NPSM/ Rosca fêmea NPT 140231 REFERÊNCIA: 140231 .9 .16 1-11.84 21.79 71.1/2 2.9 2.46 37.6 1.72 43.1/4-11.46 62.24 1.68 42.44 62.3 2.1/2 .3 .55 65. mm -2 1/8-27 -2 1/8-27 1.6 1.10 28.1 1.9 2.1 2.45 62.16 29.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .20 30.71 43.24 1.7 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 140131 .8 1.20 1.6 -8 1/2-14 -8 1/2-14 1.

1/4 BSP JC 1.1/16 UNF JOR 7/16 UNF JOR 1.São Bernardo .35 VEDADORES JUNTA DE VEDAÇÃO DE BORRACHA REFERÊNCIA: JOR MATERIAL: Borracha Sintética EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: JOR 3/8 UNF Referência: JOR Rosca: 3/8 UNF Referência para rosca UNF Referência para rosca UNF JOR 5/16 UNF JOR 7/8 JOR 3/8 UNF JOR 1.Fax: (19) 3272-0614 .3/16 UNF JOR 1/2 UNF JOR 1.5/8 UNF JOR 3/4 UNF JOR 1.7/8 UNF UNF UNF JUNTA DE VEDAÇÃO DE COBRE REFERÊNCIA: JC EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MATERIAL: Cobre JC M18 Referência: JC Rosca: M 1/8 Referência para rosca BSP JC 1/8 BSP JC 1/4 BSP JC 3/8 BSP JC 1/2 BSP Referência para rosca BSP JC 3/4 BSP JC 1 BSP JC 1. nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5/16 JOR 9/16 UNF JOR 1.1/2 BSP Referência para rosca Métrica Referência para rosca Métrica JC M8 JC M10 JC M12 JC M14 JC M16 JC M18 JC M20 JC M22 JC M24 JC M26 JC M27 JC M33 JC M42 JC M48 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

16 .6 .69 28.16 4.28 .5 76.8 1.9 .16 4.0 4.1/2-11.4 73.38 7.0 4.0 .7 35.7 19.50 63.1 44.LADO FÊMEA AFSA NPT .5 53.0 20.9 2.1/2 2.20 .16 .32 1.16 1/2-14 3/4-14 1-11.0 4.LF REFERÊNCIA: AFSA NPT .69 .75 2.6 .1 .5 19.25 1.38 2.0 23.1/2 1.00 2.São Bernardo .14 NPT (-12) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.44 .1/4-11.1 15.9 9.12 38.50 1.81 17. B mm pol.16 .16 3.9 .0 4. mm -2 -4 -6 1/8-27 1/4-18 3/8-18 1.19 1.16 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .00 3.24 .62 .75 .2 88.0 42.1/2 2-11.12 .38 30.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .1/2 1.31 .7 .0 4.12 .1 7.0 .7 15.LF DIMENSÕES DAS CONEXÕES ILUSTRADAS ACIMA Rosca NPT traço A polegada pol.2 31.0 -8 .62 11.12 1.36 ADAPTADOR FLANGE PARA SOLDA ADAPTADOR FLANGE PARA SOLDA AFSA NPT REFERÊNCIA: AFSA NPT ADAPTADOR FLANGE PARA SOLDA .94 15.62 .88 50.38 1.50 3. C mm pol.0 4.4 35. D mm pol.16 .8 60.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: AFSA 3/4 NPT Referência Material da flange: aço M edida da rosca fêmea: 3/4 .75 .

703 8.94 0. mm pol.Código 61) Medida nominal flange (pol.22 6.15 0.13 38.49 16.245 0. V X 110162.26 22.16 .68 79.91 13.750 2.74 10.156 54.0 37. arruelas e O-ring acrescentar na referência a letra “ P”.26 32.0 22.625 0.24 0.24 51.75 0.75 0.0 0.37 FLANGES FLANGE SAE 110161. mm pol.50 1.531 8.245 0.13 13.56 0.470 62.Para solicitação da flange completa com parafusos.85 0.19 1.1/4 1.720 2.280 1.) traço pol. mm pol.16 1.475 0.72 69.69 2.44 27.781 13.44 ØD F ØJ Q ØT U pol.32 2.000 24.91 13.56 2. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 110161-20 PM C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.51 38.875 15.812 66.23 ØD F ØJ Q ØT U V X OBS: 1.0 0.955 1.0 16.0 24.22 7.844 72.56 67. mm pol.09 0.355 9.Código 62) Medida nominal flange (pol.719 0. DIMENSÕES PARA FLANGE .295 0.10 47.062 2.656 0.88 1.295 0.74 11.02 2.76 64.26 9.24 .295 6.38 96. mm pol.08 17. mm pol.06 48.São Bernardo .20 -24 1.0 1.531 0.406 0.49 7.Flange -SAE 6000psi DIMENSÕES PARA FLANGE .531 3.325 0.Fax: (19) 3272-0614 .41 0.0 14. arruelas e O-ring acrescentar na referência as letras “ PM”. mm mm pol.469 0.438 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .062 77.74 3.156 2.312 2.530 32.08 15.12 1.0 30.69 50.31 11.515 0.31 28.SAE 3000 psi (SAE J518c .62 16.56 0. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 110161-16 P 110161 .547 11.78 12.49 7.29 80.88 18.31 11.89 45.49 0.030 2.0 16.660 44.0 52.89 1.0 33.875 2. mm pol.49 0.02 1.406 30.94 19.0 43.Flange -SAE 3000psi Dimensões em mm. mm pol.88 0. mm pol.406 0.475 9.16 0.844 21. mm 1/2 3/4 1 1.656 1.80 1.0 0.20 .469 10.594 0.0 14. mm pol.531 13.49 0. mm pol.06 38.12 .06 1.86 2.80 57.96 38.31 10.16 Referência Medida nominal flange: 1” (-16) OBS: 2.77 0.51 0.07 12.406 0.) traço pol.031 2.63 52.62 13.0 25.12 .03 26.906 42.344 0.84 1.0 1.515 1.66 19.355 8.00 19.59 61.625 3.SAE 6000 psi (SAE J518c .750 38.48 43.91 0.125 3. mm pol. mm 3/4 1 .45 51.0 0.000 2.265 1.1/2 -8 .62 0.531 1.500 1. nº 366 .250 50.0 1.385 0.37 58.0 24.0 0.344 0.82 0.86 2 -32 2.0 22.07 1.469 0.Para solicitação da flange completa com parafusos métricos.218 1.1/2 2 .1/4 1.781 2.

21 3.75 27.38 FLANGES FLANGE SAE PARA SOLDA Flange SAE 3.8 6. mm pol.25 1.São Bernardo .0 2.6 44.03 1.8 1.16 . mm pol.25 1.45 53.4 10.000psi para solda a tubo Schedule FSORP DIMENSÕES PARA FLANGE .8 42.58 5.) traço 1 1. mm .20 .1/4” (-20) Medida nominal flange: 1.8 36.9 30.50 2.37 .20 .7 116.2 35.4 11.56 . mm pol.3 58.24 . mm pol.94 1.47 .2 97.75 1.44 1.25 .50 2. B Máx C D E pol.1/2 2 A Máx.75 2.0 100.47 .67 1.5 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FSOP .38 3.75 .4 48.00 1.7 1.45 53.9 13.53 10.50 1.32 Referência Medida nominal tubo: 2” (-32) Medida nominal flange: 2”(-32) DIMENSÕES PARA FLANGE .0 98.SAE 3000psi Medida nominal flange (pol.67 1.20 Referência Medida nominal tubo: 1. mm pol.4 31. traço .1/4 1.56 1.16 2.33 1. mm pol.25 2.2 66.53 .38 .Fax: (19) 3272-0614 .06 2.34 84.81 57.32 .75 .2 26.88 9.2 96.7 .88 .1/4”(-20) OBS: Para solicitação da flange completa com parafusos.12 68.85 4.84 4.0 117.1/2 2 A Máx.12 2.8 61.8 38.7 69.75 25.7 96.19 .41 26.12 3.0 81.1/4 1.8 38.41 .16 .75 39.19 1.0 62.8 1.18 3.87 3. mm pol.1 50.5 16.62 3.6 73.2 30.4 1.60 73. mm pol.6 52. mm 2.8 19. mm pol.50 4.8 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FSORP .00 1.66 .33 1.44 2. nº 366 .49 31.1 44.8 77.4 23.32 B Máx C pol. mm 1.62 44.53 .0 76.000psi para solda a tubo Schedule FSOP Flange SAE 6.00 19.25 1.38 19.9 ØH E pol.41 33.1/2 2 . mm pol.2 19.41 .2 .4 6.6 14.2 35.8 38.2 12.8 1.4 48.4 31.1 50.0 25.69 F ØG D mm 22.56 1.62 44.00 25. arruelas e O-ring acrescentar na referência as letras “ P”.) 3/4 1 1.93 55.85 63.) 3/4 1 1.8 61.06 1.78 11.1/4 1.8 1.0 22.5 F ØG ØH ØJ ØK pol.12 .8 42.7 31. mm .44 . mm pol.4 31. mm pol.4 81.92 2.4 11.09 1.88 1.0 ØJ ØK pol.25 1.31 3.70 2.0 22.00 1.5 13.75 2.5 79.2 1.88 3.25 .1/2 2 Medida nominal flange (pol.9 33.0 86.81 4.25 1.20 .41 1.8 42.0 3.9 13.19 1.32 Medida nominal flange (pol.4 135.8 104. mm pol. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FSORP -20 -20 P C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.85 63.SAE 6000psi Medida nominal flange (pol.) 1 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/4 1.92 2.31 2.12 2.37 . mm pol.88 2. 2.24 .75 3.99 3.06 47.4 2.49 39. mm pol.8 .

88 2.0 76.52 1.1/4x1 1.39 FLANGES FLANGE SAE PARA SOLDA Flange SAE 3. mm 4.1/4 .0 22.88 .1/2x1.) 1x3/4 1. mm pol. mm pol.31 ØH 47.2 26.20 .02 1.SAE 3000psi Medida nominal flange (pol.88 2.4 11.1/2x1.7 .62 39.0 2.560 1.1/4x1.8 6.16 . 2.) traço 1x3/4 1.1/4x1.0 62.75 .São Bernardo .2 30.4 10.750 31.4 81.00 1.62 44.4 23.47 10.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .00 1.560 1.4 73.9 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FSOT .1/4 1. mm pol.7 pol.75 1.16 - 12 Referência Medida nominal tubo: 1” (-16) Medida nominal flange: 3/4”(-12) OBS: Para solicitação da flange completa com parafusos.20 Medida nominal flange (pol.19 F pol.1/4x1 1.6 .25 .20 . DIMENSÕES PARA FLANGE .2 38.70 2. arruelas e O-ring acrescentar na referência as letras “ P”.20 .25 C ØG D mm pol.03 1.88 3.06 2.4 31.45 .0 25.1/4 1.12 .94 19.41 .19 .16 .24 .000psi para solda a tubo métrico FSOT Dimensões em mm.0 62. B Máx pol.03 1.3 52.16 2. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FSOT -16 -12 P C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.88 . .44 2. nº 366 .3 58.41 .4 6.8 1.4 22.75 39.25 . mm .52 25.250 1.27 1.4 1.4 25.41 .4 6.6 38.Fax: (19) 3272-0614 . mm pol.1/4 A Máx.6 52.6 73. 22.99 55.21 68. mm pol.25 19.06 2.9 32.2 E mm 1.44 2.4 10.9 ØJ ØK mm pol.2 26.88 1.

20 - 20 Referência Medida da rosca: 1.7 69.8 38.São Bernardo . B Máx 1.000psi FFOP Dimensões em mm.1/4-11.75 3.0 15.03 1.1/4”(-20) pol.06 pol.78 mm 31.1/4 1.37 .38 3.41 .41 1.2 35.88 2.40 FLANGES FLANGE COM ROSCA Flange p/ rosca NPT / SAE 3.1 50.32 Medida nominal flange (pol.62 44.38 1.75 1.85 63.1/2 2 A Máx.8 .8 77.12 68.47 .1/4” (-20) Medida nominal flange: 1.8 42.0 76.31 2. mm pol.8 104.560 1.7 1.00 1.25 1.1/2 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FFOP .8 3/4-14 1-11.00 19.62 1. mm 31.9 ØG pol. E mm 1. mm pol.25 1. mm pol.5 OBS: Para solicitação da flange completa com parafusos.0 100.) traço 3/4 1 1.) 3/4 1 1.19 1.50 2.0 86.9 13. .3 58.0 2.4 10.5 13.2 26.45 53.62 ØK pol.1/2 2 -12 .1/2 1.1 ØL mm 15.50 1.69 22.0 20.4 81.75 39. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FFOP -20 -20 P C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.88 3.250 1.1/2 2-11.41 .7 96.0 17.1 41.59 .78 .16 .0 62.53 10.99 3. ROSCA NPT Medida nominal flange (pol.4 31.495 D pol.88 1.44 2.24 .20 .5 20.8 35.Fax: (19) 3272-0614 .93 55.59 .4 11.69 .81 4.0 pol. C ØH J NPT mm pol. nº 366 .16 2.0 38.6 52.6 73.2 30.1/4 1.0 25.750 2.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .21 3.53 . 47.120 2.70 2. mm 2. mm .1/2-11.1 41.1/2 1. arruelas e O-ring acrescentar na referência as letras “ P”.06 2.

São Bernardo .0 2.6 73.38 ØK pol.59 mm 31. ROSCA UNF Medida nominal flange (pol. .0 pol.70 2.88 2. nº 366 .03 22.75 1.1/6-12 1.44 55.4 1.Fax: (19) 3272-0614 .4 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FFOS .000psi FFOS Dimensões em mm.2 26. mm ØG pol.41 .16 2. arruelas e O-ring acrescentar na referência as letra “ P”.00 19. C ØH mm pol.3 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . mm .5/6-12 pol.0 15. 47.16 - 16 Referência Medida da rosca: 1” (-16) Medida nominal flange: 1”(-16) OBS: Para solicitação da flange completa com parafusos.) traço 3/4 1 -12 .2 J UNF (classe 2B) pol.0 ØL mm 15. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FFOS -16 -16 P C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 .560 D pol.4 10.06 pol. mm 31.6 52.75 39. E mm 1.62 .59 . mm pol.0 25.88 1.0 62.250 1.) 3/4 1 A B 1.41 FLANGES FLANGE COM ROSCA Flange p/ rosca UNF / SAE 3.16 Medida nominal flange (pol.41 10.8 35.25 1. mm 2. mm pol.88 68.

com.Brasil Fone: (19) 3272-4133 . b r Central Hidraulica e Pneumática CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. c o m .São Bernardo CEP: 13030-600 Campinas/SP .br/vendas.© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados w w w . nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 CENTRAL DE VENDAS ON LINE http://www.Conexões .chp.htm Catálogo Ermeto 203 . c h p .

perfeitamente visível. com estanqueidade garantida. o anel possui uma única aresta de penetração. nº 366 . entretanto. etc. No caso específico de aço inoxidável. O anel é projetado de forma que limita a profundidade da sua penetração no tubo e. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. o anel desliza na região cônica da conexão APLICAÇÃO ANEL DE PENETRAÇÃO APÓS O APERTO e através das arestas penetra na superfície externa do tubo.Fax: (19) 3272-0614 . válvula. não é visível. Ao se processar o aperto da porca sobre o corpo da conexão. evita.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . originando a formação de friso circunferencial. engate rápido. onde é cravado.São Bernardo . A estanqueidade da ligação é assegurada pela penetração controlada de um anel de alta dureza.1 O SISTEMA ERMETO PORCA DE APERTO CORPO ANTES DO APERTO O Sistema Ermeto possibilita toda e qualquer ligação entre os elementos de um circuito fluídico. que neste caso. A cravação é conseguida durante a montagem do próprio circuito. registro. terminal de mangueira. Um tubo pode ser ligado ao corpo de uma conexão. ao mesmo tempo. Todo o exposto vale para nossa linha de produtos em aço e latão. os princípios são os mesmos. que eventuais vibrações ou movimentos oscilatórios prejudiquem a condição de estanqueidade.

... JM... JM....W UFS.. JI. CI. nº 366 .. CM. 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro...... JMO.. TM..São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 . TV... 28 29 30 CONEXÕES COM ROSCA MACHO União Macho NPT União Macho BSP União Macho com O-Ring BSP União Macho BSPT União Macho Métrica União Macho com O-Ring Métrica União Macho UNF Joelho Macho NPT Joelho Macho BSP Joelho Macho com O-Ring BSP Joelho Macho BSPT Joelho Macho Métrica Joelho Macho com O-Ring Métrica Joelho Macho UNF Te Macho NPT Te Macho BSP Te Macho Métrica Te Macho UNF Te Vertical NPT Te Vertical BSP Te Vertical Métrica Te Vertical UNF Curva Macho NPT Curva Macho BSP Curva Macho Métrica UM.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . JM. CP..... TI.. CD... TV. TV. 14 15 16 17 18 CONEXÕES PARA FIXAÇÃO EM CHAPAS OU PAINÉIS União Dupla Comprida União Dupla de Solda Joelho Igual Comprido Contra Porca UC.. UM.......W JS.. TVL..... JMO.... TM... JM......x. UMO. UFS. CM.. CM..... UMO.... DS. 19 20 21 22 CONEXÕES PARA SOLDA União Simples de Solda União Simples de Solda a Topo União Fêmea para Solda União de Solda Encaixe Joelho de Solda US.. JM.. UM..... US.. 23 24 25 26 27 CONEXÕES PONTA LISA Joelho Ponta Lisa Te Ponta Lisa Te Vertical Ponta Lisa JL.. TL...... UM.. TM....2 ÍNDICE Página O SISTEMA ERMETO INFORMAÇÕES TÉCNICAS 1 Ligações Correspondentes Matérias Primas Tratamentos Superficiais Pressões e Temperaturas Fator de Correção das Pressões para Aplicação em Temperatura elevadas Aplicação em Fluidos não Usuais Rosca NPT Rosca UNF Rosca BSP Rosca Métrica Procedimento de Montagem Diagrama Teórico para Cálculo de Tubulações Conversão de Unidades Componentes do lado Ermeto Porca de Aperto Anel de Penetração 4 4 4 5 5 5 6 6 7 8 9 10 11 13 13 13 TIPO DE CONEXÃO NOME DA CONEXÃO REFERÊNCIA CONEXÕES IGUAIS União Dupla Igual Joelho Igual Curva Dupla Igual Te Igual Cruzeta Igual UD...... TV. JC......x.... TM.. UM..

.... UOD. JOR. 65 66 67 68 CONEXÕES PARA MANÔMETROS União Fêmea para Manômetro com Junta de Cobre União Fêmea para Manômetro com Junta Cortante de Aço UFM. OB. 56 57 58 59 60 61 62 CONEXÕES GIRATÓRIAS Joelho Giratório BSP Joelho Giratório Métrica JG... UF... AM. 63 64 CONEXÕES COM ROSCA FÊMEA União Fêmea NPT União Fêmea BSP União Fêmea Métrica União Fêmea UNF UF..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ....... JG.LL x... AM... 69 UFMJA..SAE 6000 PSI União Macho com Flange Reforçada .. UOD....SAE 6000 PSI Joelho Flange Flange para Rosca NPT Flange para Rosca UNF Flange SAE 3000 PSI para Solda a Tubo Schedule Flange SAE 6000 PSI para Solda a Tubo Schedule Flange SAE 3000 PSI para Solda a Tubo CF. JFGA. UOSI...... AFSA AFSA......SAE 6000 PSI Joelho Macho com Flange Reforçada .....LL x.Fax: (19) 3272-0614 .x F. JO. 69 ADAPTADORES Adaptador para Tubo Adaptador Macho NPT Adaptador Macho BSP Adaptador Macho Métrica Adaptador Macho UNF Adaptador Fêmea NPT Adaptador Fêmea BSP Adaptador Fêmea Métrica Adaptador Fêmea UNF Adaptador Macho-Macho Adaptador Fêmea-Fêmea Adaptador Macho-Fêmea Adaptador Liso Obturador de Conexão Obturador para Tubo Adaptador Solda Adaptador Flange para Solda Adaptador Flange para Solda-Lado Fêmea AT.LL x....... OT.São Bernardo ... JMA. FSOT..... 94 94 95 VEDADORES Junta de Vedação Cortante de Aço Junta de Vedação de Borracha Junta de Vedação de Cobre JK.-LF 70 72 73 74 75 76 77 78 79 80 80 80 81 81 82 83 84 84 FLANGE E CONEXÕES COM FLANGE SAE Conjunto de Flange ...x FR...LL UCC......x FR. FFOS. CFRM.... MF. AF.. UO. ASA... AF.... TMC.SAE 3000 PSI Conjunto de Flange Reforçada .LL 98 98 99 99 99 100 101 102 103 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.....3 ÍNDICE Página TIPO DE CONEXÃO NOME DA CONEXÃO REFERÊNCIA CONEXÕES ORIENTÁVEIS União Orientável Simples BSP União Orientável Simples Métrica União Orientável com Sextavado Interno BSP União Orientável com Sextavado Interno Métrica União Orientável Dupla BSP União Orientável Dupla Métrica Joelho Orientável UNF UO. RRC. 96 96 96 CONEXÕES FLANGERMETO Flangermeto LINHA LEVE DE LATÃO União Dupla Igual-Leve União Dupla Comprida-Leve Joelho Igual-Leve TE Igual-Leve Cruzeta Igual-Leve União Macho-Leve Joelho Macho-Leve TE Macho-Leve Registro Reto-Leve 97 UDC. UMA...LL TIC.... JC.LL JIC..SAE 3000 PSI União Macho com Flange . JMC...SAE 3000 PSI Joelho Macho com Flange ..... AM... AL... BMA... UOSI.... FSOP..LL UMC....... AM... JMA. MM.. AF..LL CIC..... 85 86 87 88 88 89 90 91 92 92 93 93 93 BUJÕES Bujão Sextavado Bujão Magnético Bujão com Sextavado Interno BJ.SAE 6000 PSI Conjunto de Flange Reforçada Métrica .. FFOP.. FSORP...... nº 366 ...... BSIA.. UMA.. AF.... UF..x F. CFR..... UF... FF...

Apresentam tonalidade acinzentada. para as conexões com rosca macho ou fêmea. Inox Inox SAE 30316 . Latão SAE CA 270 trefilado. Aço SAE 1030/1035 forjado.Resistência à corrosão inferior. apresentam maior poder de penetração.Por serem tratados termicamente. Aço SAE 1030/1035forjado. . . machomacho e fêmea-fêmea.NPT cônica (norma SAE J476 a) . apresentam as seguintes características: 3.São Bernardo . .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .possuem as seguintes características em relação aos anéis execução normal. Lado com rosca macho e fêmea . Aço SAE 1008/1010 trefilado. de Os itens que possuem lado Ermeto são fornecidos com porcas de aperto e anéis de penetração correspondentes e os itens roscados não são fornecidos com vedadores de rosca. salvo onde expressamente indicado.Fax: (19) 3272-0614 .Métrica paralela (norma DIN 13) . pois. Latão SAE CA 360 trefilado. Em se tratando de adaptadores macho-fêmea.Inox Diâm.laminado e trefilado Inox SAE 30316 .BSP paralela (norma DIN 259) . referência AI PH. * Diâmetros externos de tubos disponíveis somente nas conexões Flangermeto.Resistência à abrasão superior. O bom funcionamento de nossos produtos está aliado a observação das especificações inerentes a cada um deles e também aos cuidados de montagem descritos neste mesmo catálogo.5 16 25. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.UNF paralela ( norma SAE J475a ) Para a Linha leve de latão existe disponibilidade nas roscas . . o que certamente induzirá a vazamentos. .com Banho de Prata CONEXÕES DE INOX 1.Permite a utilização em pressões superiores . nº 366 .: Latão Aço SAE 12L14 laminado e trefilado. que representam a tendência mundial de metrificação dos circuítos fluídicos e que possuem um nível de atendimento mais elevado por parte de nossos estoques. carece de garganta para alojamento de vedação. Aço SAE 12L14 trefilado.São disponíveis nas seguintes roscas: .MK (norma DIN 158) . 2.forjado Execução normal: inox SAE 30316trefilado Execução PH: inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Execução AG: inox SAE 30316 trefilado. Execução AG-PH: Anel de Penetração: fabricados a partir do material ASTM A 564-630 (17-4 PH). Penetração Porca de Aperto Obs. A rosca macho usada no Lado Ermeto do corpo de nossas conexões.Dimensionalmente iguais apresentado recartilha no maior diâmetro externo.para ligações a: Diâmetros externos de tubos (mm) Materia Prima Componentes Aço 4 10 18 28 *50 5 12 19 30 *65 6 12.Métrica cônica . apresentadas neste mesmo catálogo na página 97. há uma relação de roscas demostrada na apresentação destes ítens.BSPT cônica (norma DIN 2999) .7 20 32 *80 6.NPT cônica ( norma SAE J476 a ) . . Lado Ermeto . existe uma correspondência explícita entre o diâmetro externo de tubo e a rosca. tratado termicamente.4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS A linha de produtos Ermeto tem seu desenvolvimento e construção baseada em anos de experiência e uma atenção especial no mantenimento de um rígido padrão de qualidade.4 14 22 35 8 15 25 38 9.BSPT cônica (norma Din 2999) e . é métrica macho e não pode ser utilizada contra rosca fêmea. Execução normal: Anel de Penetração: Referência AI Porca de Aperto: Referência PI-AG EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO JMI 10x 1/4 NPT Referência: JM (Joelho macho) Material da conexão: “I” . externo do tubo: 10 mm Medida da rosca macho: 14 NPT 2. Ligações recomendadas Material da Conexão Material do Tubo Poliamida (Nylon) Aço Cobre Cobre recozido Inox Aço Latão Sim Não Sim Sim Sim Sim Sim Não Sim Sim Inox Não Sim Sim Sim Sim MATÉRIAS PRIMAS 1. Os vedadores devem ser solicitados separadamente. Latão SAE CA 360 extrudado e trefilado Latão SAE CA377 forjado. revestido.Métrica cônica . LIGAÇÕES CORRESPONDENTES Os Itens que compõe a linha de produtos Ermeto.4 42 Corpo da Conexão Anel Diâmetros externos de tubos preferenciais.MK (norma DIN 158) Notar que.

consulte-nos para que tentemos simular sua aplicação.90 TMI 16 x 1/2 NPT . Para outras aplicações consulte-nos C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.84 = 319 kg/cm 2 Decapagem Execução Normal: passivação Execução AG : passivação com banho de prata (porca de aperto) PRESSÕES E TEMPERATURAS APLICAÇÃO EM FLUIDOS NÃO USUAIS As pressões mencionadas neste catálago são sempre as pressões máximas de utilização em condições normais e em temperaturas abaixo de 100ºC. referência PI-AG.resiste a 32 horas de ensaio de Nevoa Salina (Salt Spray) ASTM B 117 Para aplicação de conexão de aço (A) de diâmetro externo de tubo de 25mm em 200ºC. externo do tubo: 16 mm Medida da rosca macho:1/2 NPT Execução: AG-PH: Aço (A) . considerando-se um coeficiente de segurança igual a quatro.4.80 0 a 250 - - 0 a 265 - 2. 19. que traz como vantagem a redução do torque de aperto durante a montagem.que não os óleos hidráulicos minerais. 8. externo do tubo: 20 mm Aplicação em gases: . 25. 14. externo do tubo: 12 mm Medida da rosca macho: 3/8 BSP Aplicação em oxigênio:-02 3.20 400 (ºC) Exemplo: Fosfatização de acordo com SAE J514 APR 80 .gases. Acresentar o sufixo . Material da Conexão Diâmetro Inox externo do tubo (mm) Aço Latão Montado Montado c/ AI c/ AI PH 4. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: JM C 12x 3/8 BSP . Aplicação onde há necessidade de ausência total de óleo ou graxas .02 à referência do ìtem. 9. Acrescentar o sufixo -N2 à referência do ítem. Pressão máxima de utilização em condições normais: 380 kg/cm 2 Temperatura: 200ºC Fator de correção conforme gráfico: 0.40 Conexões de inox com Ponta Lisa: . 22. Para utilização em pressões superiores ou em condições anormais. 20. 10 0 a 600 0 a 400 0 a 180 0 a 420 12.Inox Diâm.N2 Referência: TI (Te Igual) Material da conexão: “C” .42 0 a 250 0 a 130 0 a 60 0 a 175 50.7. verifique o fator de correção para temperaturas elevadas.30 As conexões de inox com ponta lisa serão sempre fornecidas com porca de aperto de inox com banho de prata (PI AG) e anel de penetração de inox (AI PH) já montados. é perfeitamente possível desde que proceda-se da seguinte maneira: 1.10 0 TRATAMENTOS SUPERFICIAIS Aço .N2 2 Pressões de utilização (kg/cm ) para Conexões. No caso de temperaturas de utilização superiores a 100ºC. FATOR DE CORREÇÃO DAS PRESSÕES INDICADAS PARA APLICAÇÃO EM TEMPERATURAS ELEVADAS 1. 15.Latão Diâm. 25. Inox 100 200 300 TRATAMENTO SUPERFICIAL MATERIAL Latão .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .32 0 a 320 0 a 190 0 a 85 0 a 225 35. Aplicação em fluidos de baixa densidade .80 Inox (I) Latão (C) .50 . 6. revestida com Banho de Prata.02 Referência: JM (Joelho Macho) Material da conexão: “C” . 12. Aplicação de nossa linha de conexões em fluidos.Latão Diâm.70 .5. 30. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: TIC 20 .São Bernardo . 65.60 .00 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: .4 0 a 380 0 a 250 0 a 115 28.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .84 Pressão máxima:380 x 0.serviços em oxigênio . 16 0 a 450 0 a 300 0 a 135 0 a 315 18. 5. 38.5 INFORMAÇÕES TÉCNICAS Porca de Aperto: Inox SAE 30316.PH Referência: TM (Te Macho) Material da conexão: “I” . 6.AG .

2 18.7 30 21.7/8 UNF 12 0150 0190 30 0150 0190 33.2 1.3 15.2 011.5 17.5 21.7 014.5 11.2 13.9 16 011.2 12.5 12.5 8 30 73.5 22.8 6.7 45 200 oNPT 11 1/2 26 22 60.9 24 09.7 57 38.5 18 0100 012.Fax: (19) 3272-0614 .7 3/8 7/16 UNF UNF 14.1 014.2 19 16.6 18.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 09.2 011.8 1.8 20 009.São Bernardo .5/80 UNF 1. nº 366 .5 68 2.5 38.1 39.8 20.3/16 UNF 12 12 1. A rosca UNF não é posicionável.9 17.4 08.5 21.1 0150 019 26.1 012.5 45.5 14.5 0100 20 009.5 33.1/4 0 NPT 11 1/2 25 17.(vide pág.1/2 0 NPT 11 1/2 25.5 14 012.5/16 UNF 1.4 84 300 oNPT 8 007. A rosca NPT Cônica é autovedante e posicionável NPT CÔNICA Fios p/ pol.1 12 12 0150 0190 41.7 016.0 48.2 0150 0190 47.6 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/16 UNF 1.6 11. 96).8 1/2 9/16 UNF UNF 3/4 7/8 UNF UNF 19 3/400 oNPT 14 100 oNPT 11 1/2 24 1. referência JOR.6 INFORMAÇÕES TÉCNICAS ROSCA NPT ROSCA UNF CÔNICA PARALELA A vedação de rosca UNF é obtida por meio de junta de borracha O-ring. A 1/800 oNPT 27 10 1/400 oNPT 18 3/800 oNPT 18 1/200 oNPT 14 B 09 D D4 10.0 42.9 28 31. e deve ser solicitado junto com a conexão.9 11.5 27 24 20.5 0100 D D4 7. Paralela 5/16 UNF 24 007.4 09 Fios p/ UNF A B pol.5 13.5 24.1/2 0 NPT 40 32 89.

Fax: (19) 3272-0614 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .

5 12 15 14 19 M 16X1.5 16.5 MK 16X1.5 MK 14X1.5 14 17 20 25 - 18.5 M 26X1.5 12 16 18 23 26.5 12 15 12 17 M 14X1.8 INFORMAÇÕES TÉCNICAS ROSCA MÉTRICA PARALELA A vedação é obtida por meio de junta de vedação de cobre referência JC. nº 366 .5 A rosca Métrica cônica é autovedante e posicionável.5 18 9 20 10.5 M014X1.5 14 16 19 26 31 - 24.5 14 17 22 27 17 24 29 30 - 20.São Bernardo .5 M 24X1. já fornecido com a conexão.5 M018X1. MÉTRICA COM O-ring A B A vedação é obtida por meio de junta de vedação de borracha O-ring.5 MK 26X1.5 12 15 16 21 M018X1.5 MK 18X1.5 M 27X2 M 27X2 16 19 27 32 40 25 M 33X2 M033X2 18 21 33 39 46 31 M042X2 M 42X2 20 23 42 49 54 40 M 48X2 M048X2 22 25 48 55 60 46 M 60X2 24 26 60 68 - 58 M 75X2 26 28 75 84 - 73 M 88X2 28 30 88 98 - 86 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 M 22X1.5 24. D D2 D3 D4 - 7 8 11 08 12 M 10X1 08 11 10 14 M 12X1. 96).5 22 12. MÉTRICA PARALELA COM O-Ring CÔNICA MÉTRICA CÔNICA M08X1 MK0 8X1 M 10X1 MK 10X1 M012X1.5 M 16X1. A rosca fêmea Métrica é paralela.2 14.5 M022X1.5 22. ou junta cortante de aço referência JKA.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 MK 12X1.5 M 20X1.Fax: (19) 3272-0614 . A rosca Métrica com O-ring não é posicionável. e deve ser solicitada junto com a conexão (vide pág.5 MK 22X1. A rosca Métrica paralela não é posicionável.

estamos aptos a efetuar a montagem 13 14 15 16 H .9 INFORMAÇÕES TÉCNICAS PROCEDIMENTO DE MONTAGEM 1-PROCEDIMENTO NA CRAVAÇÃO 1 .DP. é sinal de uma cravação bem efetuada (vide OBS. a rosca da porca 10 9 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . neste caso. É normal que o anel gire sobre o tubo.São Bernardo .Coloque o tubo com anel e porca na conexão em questão .Coloque sobre o tubo a porca e depois o anel .A partir desta posição apertar a porca mais 1/4 de volta..Corte o tubo em esquadro 2 .Rebarbe o tubo externa e internamente .Ermeto 6 5 4 3 . e está caracterizada a montagem 2H .. nº 366 .Verifique que o maior diâmetro do anel esteja voltado para a porca 11 12 .Rosqueie a porca com a chave adequada até que não seja mais possível girar manualmente o tubo . após ter sido cravado 2 .Obtenha sempre esta característica usando o DST .Rosqueie a porca 1/2 volta a partir da posição encontrada no item anterior e está cravado o anel . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..Lubrifique a rosca e o assento cônico do corpo da conexão 7 Incorreto 8 Correto .Encaixe a extremidade do tubo no fundo do assento cônico da conexão e mantenha-o nesta posição . 2 .Lubrifique o anel e . perfeitamente visível à frente da aresta do anel.O comprimento mínimo da extremidade do tubo deve ser 2x altura (H) da porca OBS. 1).: 1 .No caso específico de aço inoxidável.Fax: (19) 3272-0614 . A formação de um friso circuferencial.Aperte a porca com a chave adequada até sentir alguma resistência a este movimento .Para montagens seriadas de produtos de aço ou latão e para montagens de produtos de aço inoxidável utilize o dispositivo de pré-montagem .Verifique a cravação. o anel possui uma única aresta de penetração e a formação do friso circuferencial.não é visível.PROCEDIMENTO NA INSTALAÇÃO Após o anel haver sido cravado conforme os procedimentos de cravação.

nº 366 . mm 150 0.10 INFORMAÇÕES TÉCNICAS DIAGRAMA TEÓRICO PARA CÁLCULO DE TUBULAÇÕES 400 Exemplos: 1.5 5/8 15 1º 2. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .5 m/s 2. interno di 5 4 Vazão Q (L/min) OBS: As recomendações de velocidade correspondem a óleos hidráulicos com viscosidade máxima de 315 SSU (9° E) a 35°C funcionando a temperaturas de 18°C a 68°C.São Bernardo .5 3 70 100 90 2 60 SUCÇÃO 2.1/2 40 2º 1 60 1.4 pol.1/4 30 50 1 20 2 7/8 3/4 30 1.5 3 1/2 20 3/8 15 5/16 10 9 8 4 PRESSÃO 40 25 5 7 1/4 6 6 10 7 3/16 5 4 8 Velocidade V (m/s) Diâm. com Q = 60 I/min e V = 1 m/s resulta diâmetro interno di = 36 mm 300 200 0.1/2 50 80 70 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . com Q = 60 L/min e di = 19 mm resulta velocidade V = 3.

32 3.703 0.0197 quilos por centímetros 2 quadrado (Kg/cm ) 0. . 1.. .656 0. 31/64 . .219 0. .953 6. .785.32 vazão galões americanos por minuto (gal/min) (gpm) 3 -5 metro cúbico por segundo (m /s) 0. . .. .078 0. .10 -3 3 metro cúbico (m ) galão americano (gal) 3.003 25. 3/16 . .Fax: (19) 3272-0614 . .844 0.875 0.641 0.016 0.469 0.034 21.313 0. .688 0.225 22.922 0.272 16. .19 * (ºF . . . .484 0. .391 9. .700 13. Milímetros Decimais Polegadas Decimais Frações 0. . . 15/32 . 21/32 .477 0..747 7.844 20. .266 0.731 9.572 3. 17/32 .684 15.719 0.128 9.10 metro quadrado (m2 ) pé quadrado (ft2) 0. . .813 0. 39/64 . .. . .938 0.472. . . . 61/64 . 43/64 . .172 0. 25/32 . 7/64 .0254 polegada (in) metro (m) 0. 9/64 . 27/32 . 0. . . .) 3. .906 12. .828 22. 17/64 . 5/9 grau Fahrenheit ( ºF) temperatura grau Celsius (Centígrados) ( ºC) * efetue a operação indicada Tabela de conversão: Polegadas Milímetros Polegadas Frações 1/64 . 11/32 . .400 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. .281 0. .653 19. . .750 10. 29/64 .525 13/32 . . . .066 17.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . .156 0. .32).319 10. . 35/64 . . . . 5/16 . .556 5. . 27/64 . . . . . . .516 0. .159 5. .478 15.969 0.031 0. . 19/32 . . 1/4 .797 0. 15/64 . .303 12. .359 0.416 23. .063 0.547 0. .669 17. . 33/64 .381 2. . . . 1/8 . 1/16 . . . 41/64 . 31/32 . . 13/64 . 23/32 .141 0. .109 0. Milímetros Decimais Decimais 0. 1/2 .672 0. . . 55/64 . . . . . . .431 21.366 4.875 16.175 3.828 0. . 21/64 . . .097 13. . . . .) 28. .541 7.606 25.. .509 11..578 0.10 -6 Mega Pascal (MPa) 10.906 0. 37/64 . . 45/64 . .3048 pé (ft) polegada quadrada (in2) área 0. .288 14. .334 8.344 0. . .594 0. 23/64 . .891 0. . 9/16 .563 0. 5/8 . . . 53/64 .10 litros por minuto (L/min. . . 7/16 . .234 0.144 7. . . 7/8 . .19. . . . . 15/16 . 9/32 . . . .588 1.609 0. .397 25/64 . .984 1. .463 17.6308.125 0.953 0. .645. . . . .794 1. . . .494 13. .081 15. Milímetros Decimais Decimais 0. . .000 19.859 0. . . 57/64 .. .922 0. .785 litro (L) 3 3 pé cúbico por minuto (ft /min) (cfm) metro cúbico por segundo (m /s) 0.813 24.500 0.625 0.350 6. 13/16 . .0929 pé cúbico (ft 3 ) volume metro cúbico (m 3) 0. . .778 3.531 0. .191 1.297 0. . .250 0.. . . 63/64 . .033 atmosfera (atm) barias (bar) pressão -3 libras por polegada quadrada (psi) 1. . . 59/64 .984 2.781 0.050 Polegadas Frações 49/64 . .422 0. .094 0. . .763 5. . . . .938 8. . 3/8 . 47/64 . 51/64 . 5/32 . 11/16 . . . 5/64 . 29/32 .716 11.734 0. . 3/32 . .São Bernardo .969 4. .638 21. . .241 20.438 0.785 1. .047 0.188 0.891 14. . . . 1/32 . .328 0.10 -4 litros por minuto (L/min. . 3/4 . .019 23. .256 18. . 7/32 . 3/64 .. .11 INFORMAÇÕES TÉCNICAS CONVERSÃO DE UNIDADES para converter multiplique por unidades de para de comprimento 0. . . . .859 18.0703 Pascal (Pa) (N/m2) 10.113 11.406 0.622 23.0283 litro (L) 28.375 0.203 0. . . nº 366 .453 0. 11/64 . . .766 19. . 19/64 . . . . .209 24.

77 2360 165.48 1730 121.37 1690 200 1700 119.65 1960 137.70 510 35.28 87.31 1500 105.86 2660 187.56 460 32.43 2540 178.43 1900 133.31 860 60.10 36.76 2630 184.75 3270 229.81 1180 82.03 42.24 1940 136.21 560 39.04 18.27 2040 143.95 1310 92.16 3290 231.26 2310 162.10 240 16.35 400 28.83 2560 179.02 3160 221.93 1580 111.46 2000 140.87 30 1.62 580 40.80 3100 217.92 1210 85.99 30.35 120 184.35 3250 228.49 820 57.41 2810 320 22.70 1150 80.40 1160 81.98 1410 99.83 3200 224.63 520 71.47 3010 211.34 960 67.87 740 52.55 1660 116.07 2980 2990 209.24 3220 226.64 390 27.77 1080 75.05 104.19 3110 218.07 2350 165.69 220 15.88 3030 213.41 3450 242.21 219.66 2330 163.07 1070 75.33 530 37.82 3470 243.97 2690 189.08 3360 236.85 1650 116.77 150 650 45.68 2700 189.38 2070 145.55 2300 161.99 1140 80.50 260 760 53.43 1260 1750 1760 123.43 3180 222.96 2960 208.60 2130 149.04 1610 113.16 1370 96.25 2950 207.78 3370 236.39 230 16.64 3240 227.01 2150 151. nº 366 .88 2390 168.79 810 56.09 800 55.41 2170 152.60 3410 239.75 420 29.72 3170 180 680 47.97 3330 234.48 1090 111.33 2880 202.50 8.74 2260 158.61 290 20.68 3340 234.23 1570 110.25 7.52 1550 1560 108.04 2890 203.14 70 4.82 2830 198.54 2570 180.60 2770 194.06 1340 94.74 2900 203.44 2910 204.88 223.00 2790 196.76 1980 1990 2480 2490 174.19 2750 193.49 3380 237.12 INFORMAÇÕES TÉCNICAS TABELA DE CONVERSÃO 2 psi kg/cm psi kg/cm 2 psi kg/cm 2 psi kg/cm 2 psi kg/cm 2 psi kg/cm 2 psi kg/cm 2 0 0.57 1390 97.12 1540 108.68 2060 144.92 570 40.09 1440 101.13 340 23.54 3210 225.22 2840 2850 200.53 360 25.54 56.66 620 43.27 1400 98.11 3460 243.80 250 17.90 69.32 1230 86.38 3350 235.88 88.59 123.94 1950 137.42 330 23.05 2610 2620 183.71 3440 241.90 2760 194.01 870 61.06 700 49.21 139.18 1740 122.71 2800 196.13 1910 134.33 2230 2240 156.38 790 90.63 77.62 1220 85.36 130 9.43 2110 2120 148.15 1000 70.71 2160 151.13 2550 179.58 190 12.82 2050 144.91 1850 130.91 280 19.30 2780 195.55 2940 206.19 3390 238.91 3120 3130 2140 220.18 3020 212.66 2970 208.21 1840 129.29 3050 214.95 670 47.23 135.30 150.53 920 64.80 2460 172.21 270 18.49 2740 192.44 60 4.24 370 380 26.02 1880 132.82 2190 153.69 3070 215.07 140 9.45 1630 114.32 2510 176.27 470 33.32 1870 131.68 1420 99.90 840 59.38 34.40 2.82 910 63.65 13.96 1040 73.76 710 49.66 84.65 2600 182.24 660 46.57 750 52.74 50 3.35 1330 93.18 2380 167.52 2200 154.49 1460 102.Fax: (19) 3272-0614 .77 3000 210.10 3090 217.91 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.52 210.29 1130 79.10 2450 172.24 1290 1300 91.84 2420 170.31 300 21.94 3230 227.05 410 28.35 1970 138.34 1590 100 590 600 1600 112.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .67 245.88 1110 78.98 770 54.81 540 37.24 2580 181.94 2590 182.02 1240 87.93 940 66.93 2860 201.23 2210 155.73 610 42.37 2340 164.São Bernardo .51 1190 118.32 41.47 222.85 1010 71.08 2080 146.71 880 61.85 20 80 5.45 139.79 157.38 1430 100.72 233.76 1350 94.55 90 6.05 3260 229.38 190.71 1520 2020 142.60 850 59.20 1470 103.46 720 50.93 2220 156.17 730 51.00 206.12 900 63.97 480 490 33.22 3480 3490 244.52 199.13 1270 1770 124.99 210 14.15 1640 115.11 2820 197.37 1060 74.68 780 54.36 175.42 890 62.00 500 35.56 72.96 2320 163.16 2010 141.73 1250 2250 158.51 1830 128.94 26.21 1200 83.90 149.86 450 31.32 3150 160 10.85 2930 3430 241.87 1380 97.47 2370 166.03 40 2.35 690 48.86 3300 232.46 1360 95.57 2030 142.46 2640 185.85 2290 161.63 2870 201.27 3310 3320 232.77 1720 120.46 3280 230.72 2530 177.96 1680 118.99 3060 215.16 2650 186.65 1320 92.63 2730 191.58 3040 213.79 1450 101.54 11.07 1710 120.62 1860 130.14 630 44.20 830 58.16 440 30.27 2680 188.12 2180 153.15 2920 205.40 2440 171.10 1170 82.54 1920 1930 134.74 1620 113.62 2500 175.89 3400 239.49 2100 147.46 430 930 65.59 1120 78.57 198.83 350 24.73 1890 132.96 110 7.02 310 21.18 1100 76.28 14.17 170 11.69 2430 170.29 2410 169.41 1530 107.39 3080 216.67 1050 73.51 2470 173.57 2670 187.40 1800 126.44 2270 159.63 950 66.15 2280 160.60 1480 1490 104.26 1670 117.02 2520 177.69 1790 125.98 109.93 10 0.80 1820 127.10 1810 127.51 550 38.01 1510 106.26 1020 1030 106.84 640 44.99 1780 125.79 2090 146.04 970 68.13 3190 224.08 2710 2720 191.58 2400 168.74 980 990 68.30 3420 240.84 1280 89.61 3140 220.29 89.

São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

.32 UD.25 UD..20 UD..5/8 1.16 UD.19 UD..7 UD.1/4 1.3/8 1..5 10 12 12..6.1/16 1.9.1/2 9/16 11/16 11/16 13/16 13/16 7/8 7/8 1 1..30 UD..12. S2 (pol...4 UD.1/8 1. por motivos técnicos e comerciais.1/16 1.22 UD.1/16 1.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .42 I L Sext.25..3/8 1.14 CONEXÕES IGUAIS UNIÃO DUPLA IGUAL REFERÊNCIA: UDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UDA 8 Aço UDC Latão UDI Inox Diâm..1/4 2...aço Diâm.35 UD. externo do tubo: 8 mm Referência UD.) Sext...7/16 1....CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .....12 UD.) 15 14 17 17 11 16 16 16 16 18 18 18 21 22 20 21 19 19 19 18 18 20 18 18 47 47 50 50 53 60 60 62 62 64 64 66 71 72 74 76 77 77 77 80 80 84 86 88 1...18 UD. OBS.São Bernardo .15 UD....3/4 1.5 UD. Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/4 1..1/2 1..6 UD...1/8 1.1/4 1. vide páginas 4 e 5..3/4 2 2 2.28 UD. ext..14 UD.Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.1/4 2.... tubo 4 5 6 6...7/8 2 2.4 8 9.3/8 1.4 UD...4 UD.7/16 1.3/8 1.38 UD..1/2 Dimensões em milímetros.Fax: (19) 3272-0614 .10 UD. 2 .5 UD.1/2 1.4 28 30 32 35 38 42 Referência:UD Material da conexão: “A” .7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.5/8 1..3/4 1..As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço.3/8 1.: 1 .. S1 (pol.1/4 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.8 UD. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada...

.1/4 1.4 JI..20 JI.. ext..5 JI.1/16 1.5 38.5 JI.16 JI.6..São Bernardo .22 JI. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 45 45 45 45 49 50 56 56 56.7/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1..5/16 1..25 JI.4 8 9.. externo do tubo: 10 mm. Referência JI.: 1 . S2 (pol..15 JI.3/4 2 2 2. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. OBS..1/4 2.5/8 1....7 JI.3/8 1....1/4 2.5/8 1.3/8 1. 2 .) 16 15......5 22 22 22 22 25 25 31 29 29 33 33 42 40 40 40 43 43 32 32 35 35 34.1/8 1.42 I L Sext.7/8 1.19 JI.5 16...... considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada... vide páginas 4 e 5.10 JI.5 15 15 13..3/8 1.4 JI.5/8 1.15 CONEXÕES IGUAIS JOELHO IGUAL EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JIA Aço JIC Latão JII Inox Diâm.Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.3/8 1.28 JI.5 16.1/16 1.12.8 JI.5 10 12 12.12 JI...1/16 1..14 JI..18 JI..5 62 62 71 71 71 72 77 78 1.1/16 1...38 JI.3/8 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.25..35 JI..Fax: (19) 3272-0614 .) Sext.3/8 1.3/8 3/8 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 1. por motivos técnicos e comerciais..5/8 1. nº 366 .... S1 (pol.5/8 1.32 JI.6 JI..5/8 1.1/2 Dimensões em milímetros.As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço.1/16 1.. tubo 4 5 6 6.5 38.4 28 30 32 35 38 42 JIA 10 Referência:JI Material da conexão: “A” .4 JI..9.aço Diâm...30 JI..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5/16 1.

1/16 1.5 36.42 I L Sext.4 CD.. 2 .25..1/16 1.3/8 1..7/8 1.32 CD.16 CONEXÕES IGUAIS CURVA DUPLA IGUAL REFERÊNCIA: CDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: CDA 25 Aço CDC Latão CDI Inox Referência:CD Material da conexão: “A” .22 CD.3/8 1.9.Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5/8 1...15 CD.4 CD..1/16 1.1/4 2.São Bernardo .3/8 1...1/8 1.12 CD.1/16 1..Fax: (19) 3272-0614 .5/8 1. ext.5 19..7 14 15 16 18 19 20 22 25 CD.20 CD.10 CD...35 CD.aço Diâm.5 10 12 12.4 8 9. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 20 19...38 CD..5 39.....6 CD.3/8 1.1/16 1.........5/8 1. tubo Referência 4 5 6 6.1/4 1.....25 25... externo do tubo:25 mm Diâm..) 20.5/8 1.1/2 Dimensões em milímetros.30 CD.28 CD.5/8 1.16 CD..5/16 1. nº 366 . por motivos técnicos e comerciais.1/4 2..7 CD.5/16 1.5 CD..3/8 1.6.5 41 42 42 45 45 45 45 51 52 55 55 55.5 CD.18 CD.4 CD. S2 (pol.14 CD...12. considerando-se a porca (S2) manualmente apertada.3/4 2 2 2...5/8 1..3/8 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 1..) Sext.5 39.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .: 1 . S1 (pol.8 CD.3/8 1.7/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.4 28 30 32 35 38 42 CD.5 59 59 60 60 60 61 63 64 1.. OBS..19 CD..As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço. vide páginas 4 e 5.5 20 20 20 22 22 22 22 27 27 30 28 28 30 30 31 29 29 29 29 29 36... Diâmetros externos de tubos preferenciais.

. ext.3/8 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 1.9.1/4 2. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/2 Dimensões em milímetros.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25..) Sext...5/8 1.5 16...20 TI. vide páginas 4 e 5.5/8 1... 2 .5/8 1...4 28 30 32 35 38 42 TIA 6 Referência:TI Material da conexão: “A” .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . por motivos técnicos e comerciais.5/8 1.1/16 1.19 TI..22 TI.12..Fax: (19) 3272-0614 .10 TI.42 I L Sext.: 1 ..5/16 1.7/8 1..1/8 1.38 TI..25.3/8 1.5 10 12 12....4 8 9...1/16 1. S1 (pol..5 15 15 16.16 TI.5/8 1.3/4 2 2 2.6.4 TI...1/4 1.3/8 1.1/16 1..Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG...7/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1....5 TI.32 TI.8 TI...... nº 366 .aço Diâm.30 TI.4 TI.5 38.5/16 1.25 TI..São Bernardo .5 45 45 45 45 49 50 56 56 56.3/8 1..5/8 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço.. OBS..28 TI. tubo 4 5 6 6..5 38.) 16 15.. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada....1/4 2.5 62 62 71 71 71 72 77 78 1.. Diâmetros externos de tubos preferenciais.14 TI.3/8 1..7 TI.35 TI. externo do tubo: 6 mm Referência TI..17 CONEXÕES IGUAIS TE IGUAL EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TIA Aço TIC Latão TII Inox Diâm.4 TI.3/8 1.1/16 1.15 TI.12 TI.6 TI.3/8 1.5 22 22 22 22 25 25 31 29 29 33 33 42 40 40 40 43 43 32 32 35 35 37. S2 (pol..5 16..18 TI.5 TI.1/16 1.

aço Diâm.4 28 30 32 35 38 42 Referência:CI Material da conexão: “A” .6 CI.18 CI..22 CI.....25 CI..5/8 1.7 CI. S2 (pol.4 CI.10 CI.28 CI..3/8 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 1.Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG..5/8 1.5 21 20..7/8 1. Referência CI.35 CI....3/8 1.5 CI...7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.4 CI.5 10 12 12.. OBS.1/16 1..1/8 1.4 CI.) Sext.32 CI.5/8 1. S1 (pol.3/8 1.12 CI.14 CI.São Bernardo .38 CI...) 1. tubo 4 5 6 6..25.: 1 ..3/4 2 2 2. nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..15 CI..3/8 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 64 64 64 67 67 68 76 77 Sext..19 CI.1/16 1.8 CI..5 40...5 40....4 8 9.5/16 1.5/8 1.6.5/16 1.5/8 1..3/8 1.. Diâmetros externos de tubos preferenciais.16 CI.1/4 2..1/16 1...As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço.1/4 1. por motivos técnicos e comerciais.3/8 1.5 CI.5 22 22 22 27 27 27 27 31 31 33 31 31 35 35 35 36 36 36 42 42 L 37..5 37.1/16 1.Fax: (19) 3272-0614 ...7/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1..30 CI.9..18 CONEXÕES IGUAIS CRUZETA IGUAL EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: CIA CIA 8 Aço CIC Latão CII Inox Diâm.5 43 44 44 50 50 50 50 55 56 58 58 58.. vide páginas 4 e 5.42 I 21.1/2 Dimensões em milímetros.. externo do tubo: 8 mm.5/16 1..3/8 1...5 20.. ext.. 2 .20 CI..1/16 1..considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.12.1/4 2.

1/2 1..3/8 1...1/2 1.1/16 1.42 I L 10..) Sext.1/4 2.4 UC...22 UC..) Sext.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25..1/8 1....5/8 1.14 UC.3/8 1.1/4 2.38 UC.. 1 11.3/4 1.. tubo 4 5 6 6.1/2 2.5/8 1..3/4 1.5 11 11 11 11 11 12 12 12 14 15 14 15 14 14 14 14 14 15 15 15 26..1/16 1..25.25 UC.28 UC.5/8 1.5/8 1....3/4 1.5/8 1.4 UC.... Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/4 2. por motivos técnicos e comerciais.4 8 9.5 48.35 UC..18 UC.5/8 1..6. S1 (pol.10 UC.: 1 .16 UC.5 31.5 28.5 48.5 26.) 1..1/4 1.15 UC. S3 (pol.1/2 Dimensões em milímetros.São Bernardo .12 UC..19 CONEXÕES PARA FIXAÇÃO EM CHAPAS OU PAINÉIS UNIÃO DUPLA COMPRIDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UCA Aço UCC Latão UCI Inox Diâm..5 48 50 50 52 52 54 54 55 56 58 60 60. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 UC.1/4 2. 1 1.1/2 1.5 43 43 43 45 45 47 52 50 I1 27.5 27 28 28 29 29 31 31 31 31 33 33 33 35 35 35 37 37 38 37 37 L1 43. nº 366 ..7/8 2 2 2.Fax: (19) 3272-0614 .5 64 64 64 68 68 70 71 72 Espessura Furação Máxima Chapa Chapa Fixação Fixação ØF E 15 15 16 16 16 16 16 16 16 18 18 18 20 20 20 20 22 22 22 23 23 22 22 25 11 11 13 13 15 17 17 21 21 23 23 25 27 29 31 31 35 35 39 43 43 45 49 53 Sext..3/4 1. externo do tubo:38 mm Referência UC.1/8 1.3/8 1. ext.6 UC.20 UC.4 UC.5/8 1.1/8 1.1/4 1.3/8 1.1/16 1.7/8 1.7 UC.30 UC.3/4 2 2 2...As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço..5 10 11.1/2 1..5/8 1. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.5/8 11/16 3/4 1.1/8 1......1/2 5/8 5/8 11/16 11/16 3/4 7/8 7/8 1.3/8 1..19 UC.1/16 1.5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.5 32 33 33 34 34 35 35 36 39 40 41 42..5 11.3/8 1..1/2 1.12.9.5 43.4 28 30 32 35 38 42 UCA 38 Referência:UC Material da conexão: “A” . vide páginas 4 e 5. S2 (pol.aço Diâm.3/8 1..Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG..5 31.32 UC.8 UC. 2 .7/8 1.1/16 1. 2 2.5 UC.5 27 28..1/4 1.1/2 1....1/16 1.5 10 12 12.. OBS.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

.5/8 1...14 DS.4 28 30 32 35 38 42 Referência:DS Material da conexão: “A” .5/8 1.. Diâmetros externos de tubos preferenciais..4 8 9...20 CONEXÕES PARA FIXAÇÃO EM CHAPAS OU PAINÉIS UNIÃO DUPLA DE SOLDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: DSA DSA 8 Aço DSC Latão DSI Inox Diâm..3/8 1.19 DS.30 DS...As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.5 DS. 3 .5 52 52 62 Sext.4 DS. remover a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem.. 2 .38 DS.12 DS..1/4 2.16 DS..5 44. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG..5 10 12 12.3/8 1.Fax: (19) 3272-0614 ....16 19 19 19 22 22 25.. região solda d4 1...1/8 1. vide páginas 4 e 5.22 DS.1/4 1. S2 (pol.: 1 ..32 DS.9.1/16 1.7 1.12..18 DS.7 1..7 14 15 16 18 19 20 22 25 25. por motivos técnicos e comerciais.3/4 2 2 2..4 DS.4 25.6... externo do tubo: 8 mm Referência DS.4 25...Para os itens em aço.7 DS.1/16 1.1/2 Dimensões em milímetros.12.. nº 366 ...25....8 DS.. ext..aço Diâm. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 32 32 32 32 36 36 42 44...São Bernardo ...6 DS.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . tubo 4 5 6 6.) 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1..1/4 2..10 DS. OBS..3/8 1...42 I 34 36 38 38 40 44 44 46 46 50 50 54 54 62 62 68 72 72 76 76 78 80 86 90 L 66 69 78 78 82 88 88 92 92 96 96 102 104 112 116 123 130 130 134 138 140 144 154 160 Diâmetro.35 DS.16 1.28 DS..5 DS.4 DS.12.20 DS.15 DS..25 DS..

1/8 1..3/4 1.. OBS.5/8 1.1/4 2.) 1.5/8 1.1/4 1.10 JC.25..1/4 1... Diâmetros externos de tubos preferenciais.4 28 30 32 35 38 42 JC.9.5 65 67 67 77 77 77 77 84 85 85 90 90.9/16 1.Fax: (19) 3272-0614 .3/4 1.5/8 1.22 JC..5 39.14 JC..1/16 1..5 52.. externo do tubo: 8 mm Diâm.5 10 12 12.9/16 1...5/8 1...1/16 1. ext...5 44 52.12 JC.. S2 (pol..8 JC. (pol.5 65.3/8 1.7/8 1..5 45.1/4 2..: 1 . considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.30 JC.5 69 69 69 69 69 76 76 77 I1 L1 I2 36.5 JC.9/16 1.18 JC.7 14 15 16 18 19 20 22 25 JC..1/16 1.7/8 1.25 25. S1 (pol..9/16 9/16 1.5 21 21 21 27 27 27 27 35 35 35 33 33 40 40 40 38 38 44 42 42 39. vide páginas 4 e 5..5 22.6.7/8 1.3/8 1. 2 .1/16 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço..4 JC.) Sext.28 JC....5 42.9/16 1.35 JC.1/2 1.1/2 1..1/8 1. tubo Referência 4 5 6 6.....1/2 1.5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1..21 CONEXÕES PARA FIXAÇÃO EM CHAPAS OU PAINÉIS JOELHO IGUAL COMPRIDO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JCA Aço JCC Latão JCI Inox JCA 8 Referência:JC Material da conexão: “A” .5 42 43 43 50 50 50 50 59 60 60 60 60..3/4 1.5 36 45.16 JC.1/4 2...Para solicitação de ítens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.1/2 Dimensões em milímetros.4 JC.15 JC.5 23 22.5 JC.1/2 1.1/16 1.1/2 5/8 5/8 11/16 11/16 3/4 7/8 7/8 1.6 JC..3/8 1..aço Diâm.1/2 2...1/16 1.7/8 2 2 2.São Bernardo ..12..38 JC.1/2 1.3/4 2 2 2.4 8 9.1/2 1.32 JC..19 JC.9/16 1.1/2 1.1/16 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..) Sext.1/2 1.1/16 1..1/16 1.5 65.4 JC.1/8 1. por motivos técnicos e comerciais.5 102 102 102 105 105 113 113 114 17 17 17 17 17 17 17 23 23 23 23 29 29 29 29 29 38 38 38 38 38 43 43 43 45 45 54 54 54 54 60 60 60 63 63 73 73 73 74 74 81 79 79 Espessura Furação Chapa Máxima Fixação Chapa Fixação ØF E 12 12 16 16 18 18 18 23 23 23 23 23 23 23 25 25 27 27 27 28 28 28 29 31 11 11 13 13 15 17 17 21 21 23 23 25 27 29 31 31 35 35 39 43 43 45 49 53 Sext..20 JC.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..3/4 3/4 1.5 42.3/4 1. nº 366 .3/8 1. S 3.5/8 1.42 I L 23.7 JC..

..3/8 1..M45X 2 CP. nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 6 1.5 Diâm. ext.: Contra porca usada nas conexões para a fixação em chapas ou painéis.22 CONEXÕES PARA FIXAÇÃO EM CHAPAS OU PAINÉIS CONTRA PORCA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: CPA CPA M16X1.M28X 1.1/2 CP.M30X 2 7 1...Fax: (19) 3272-0614 ..M24X 1..3/4 CP.M10X 1 6 5/8 CP.M38X 2 7 1.1/2 Dimensões em milímetros OBS..4 8 9.M20X 1..M12X 1.1/4 1.5 CP.5 6 6 7 1.M42X 2 8 2 CP..M26X 1...5 6 1..4 28 30 32 35 38 42 Referência B1 Sext.1/8 CP.5 6 11/16 CP.São Bernardo ..5 Aço CPC Latão CPI Inox Referência:CP Material : “A” .M14X 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25...5 6 7/8 CP..M52X 2 8 2.5 CP...1/16 CP.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..5/8 CP.5 10 12 12.M34X 2 7 1..M16X 1....M48X 2 8 8 2..7/8 CP. tubo 4 5 6 6.1/2 CP..aço Medida da rosca: M16X 1.5 6 3/4 CP....) CP..M22X 1. S3 (pol..1/4 2.

Fax: (19) 3272-0614 . S1 (pol.23 CONEXÕES PARA SOLDA UNIÃO SIMPLES DE SOLDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: USA 9. tubo 4 5 6 6...4 8 9.) Sext. OBS..5/8 1. por motivos técnicos e comerciais..1/2 1.4 28 30 32 35 38 42 Referência US.5/8 1.15 US. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.28 US. nº 366 .1 41.2 17.5 11 11 12. 2 .20 US.4 US.: 1 .3 44..2 15.3/8 1...5 20.......7 15..5 21 23 23 24 24 26 26 28 30 33 32 33 36 36 36 38 38 41 43 45 34.5 9.25.16 US.São Bernardo .6 4 Sext.3/4 1.6 US...2 24 25 27 27 32 32 34.1/4 2.5 10 12 12.1/2 1.1/2 1.1/4 1.1/2 1.7/16 1.6.1/2 1...9/16 11/16 11/16 13/16 13/16 1 7/8 7/8 1 1.5 mm.1/4 1....3/4 2 2 2.19 US.Consulte-nos para como efetuar a solda adequadamente.1/8 1.9 38.18 US. remova a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem..As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.3/8 1...3/8 1.32 US.5 47.1/16 1.5 18 20.35 US.aço Diâm.1/4 1.5 US..1/16 1..7 US.4 US.. Diâmetros externos de tubos preferenciais..1/8 1.5 US..9.14 US.. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada..30 US.. vide páginas 4 e 5. S2 (pol..12 US.5 40.1/4 2.4 US.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.8 US.1 38.1/2 I L I 18.5 42 45 45 47 47 49 49 52 55 58 59 60. ext...3/8 1..5 19 19 22.5/8 1.38 US...CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .) 8 8 9 9 10 12 12 13 13 14 14 16 16 18 18 18 22 22 22 24 24 26 28 30 1.. Diâmetro região solda ds 9.1/16 1.12.1/4 1.42 Referência:US Material da conexão: “A” .5 65 65 65 69 69 73 77 80 Dimensões em milímetros.3/4 1. externo do tubo: 9..7/16 1.3/8 1.22 US.7/8 2 2. 3. 4..5 40....10 US...Para os itens em aço .5 17..5 34.25 US.5 USA Aço USC Latão USI Inox Diâm.5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.

3/8 1.x.. nominal para a solda: 3/4 Referência ds I L I 4 Sext..5 US.5/8 9. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.3 19 19 19 19 19 19 13/16 7/8 1.7 x 3/8 W US. OBS.7 33.4 US..4 33 38 63 67 19 24 1.6.W Latão USI.. 2 .5 25.16 US.inox Diâm.3 26.5 31 47..1/8 1 1 1 1.7 x 3/4 W 17.3/4 1.: 1 ..3 25.W Aço USC.16 US.Para os itens em aço .24 CONEXÕES PARA SOLDA UNIÃO SIMPLES DE SOLDA A TOPO REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: USI 16 X 3/4W USA..3/4 1.3 26.5 x 1/2 W 13.7 32 32 34 34 56 56 59 59 14.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço..9.3 14.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..6..7 21...x.) Sext.Consulte-nos para como efetuar a solda adequadamente.4 x 3/4 W US. remover a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem..3 1.5/8 16 19 25..4x1/4 W 10.7 17.12.9.W Inox Diâm. vide páginas 4 e 5.São Bernardo . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..19 21.5 14..1/8 1...5 41 45.5 x 3/8 W US..W Material da conexão: “I” .Fax: (19) 3272-0614 ...) 6. nº 366 .5 47.12...3/4 3/4 12....9.1/8 1.1/8 1.25.2 21.7 26 31 32 49 54 55 US..2 21..7 21 25.x.. tubo Referência:US..5/8 1.3/8 26.3/8 1.. 4.. S2 (pol..3 19 111/16 1..1/8 1.. S1 (pol.5 x 1/4 W US. 3.7 US....5 9.1/8 1 1 1.3 26.5 53 14...4x1/8 W US.7 x 1/2 W US. ext. externo do tubo: 16 mm Diâm.3/8 1.7/8 1.4 x 1W Dimensões em milímetros..12..3 13.25.5/8 1..X.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.9/16 1.19 US.4 x x x x 1/2 3/4 1/2 3/4 W W W W US.1/2 1..

5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.5 9.4 UFS.5 UFS...25 CONEXÕES PARA SOLDA UNIÃO FÊMEA DE SOLDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UFSI 16 UFSA Aço UFSC Latão UFSI Inox Diâm. ext.7/16 1..5 57 57 59 61 61 63 65 68 Dimensões em milímetros.5 42.) 8 8 8 8 9. vide páginas 4 e 5.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..12 UFS.5 UFS.3/4 2 2 2.9.) Sext.6.3/4 1.1/8 1..3/8 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. S2 (pol.1/4 2.5 23 23 23 23 23 24 24 24 26 27 28 29 28 28 30 30 30 31 31 33 UFS. 4..10 UFS..7/16 1...4 28 30 32 35 38 42 Referência:UFS Material da conexão: “I” ..5 36.1/4 1.12..... nº 366 ....4 UFS..7 14 15 16 18 19 20 22 25 25..3/4 1. remover a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem.35 UFS.5/8 1.5/8 1.inox Diâm.1/2 1.4 UFS...1/2 1.3/8 1.1/16 1. S1 (pol.5 13 13 13 13 14 14 14 19 19 19 19 24 24 24 28 28 28 1.: 1 .......1/16 1.15 UFS.16 UFS.7/8 2 2..1/8 1.7 UFS..30 UFS.28 UFS.1/2 L I 36.42 4 Sext. 3.19 UFS.22 UFS.4 28 30 32 35 38 42 20.Fax: (19) 3272-0614 .. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada. OBS....4 8 9. do tubo: 16 mm Referência D I UFS..5 44 45 45 46 46 47 47 48 51 52 55 56..1/4 1...São Bernardo .1/2 1..20 UFS..5/8 1... Diâmetros externos de tubos preferenciais.18 UFS.5 20 22..5 22. 2 .38 UFS.5/8 1.5 10 12 12.14 UFS.5 9.25 4 5 6 6.9/16 11/16 11/16 13/16 13/16 1 7/8 7/8 1 1.1/2 1.5 42.3/8 1..3/8 1.1/4 1.4 8 9.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG. tubo 4 5 6 6.8 UFS.1/4 2..1/16 1.3/8 1.Consulte-nos para como efetuar a solda adequadamente..5 10 12 12.6 UFS. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/4 1.32 UFS.Para os itens em aço.25. ext.. por motivos técnicos e comerciais..

externo do tubo:12. 2 . S1 (pol.x. 16 x 1/2 W UFS.7 x 3/8 W UFS.3/4 15/16 23 46 10 13 1.. 25...W Material da conexão: “A” ...5 21.1/2 1.7 27 33.5 12..W Latão UFSI...7 x 1/2 W UFS. 9. 19 x 3/4 W 27 UFS.4x1/8 W UFS. 25..26 CONEXÕES PARA SOLDA UNIÃO DE SOLDA ENCAIXE REFERÊNCIA: UFSA... 9.5/8 1 Dimensões em milímetros.5 x 1/2 W 14.5 10 UFS.3/8 28 57 13 1..8 4 Sext. S2 (pol. 3.. remova a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem. ext.5 x 3/8 W UFS......7 23 UFS.. 12.....1/4 1.São Bernardo .7 14. nominal para solda: 1/2 Diâm. 4.4 I L I 10.7 16 19 25..7 UFS..4 UFS.5 UFS.x.: 1 . nº 366 . vide páginas 4 e 5.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.7x1/2W Referência:UFS. 12.. 19 x 1/2 W 21.5/8 13/16 Sext. 6.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG..1/4 1...1/2 1.1/41 1..Para os itens em aço.W Aço UFSC.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..5/8 13/16 45 10 10 15/16 1.5 x 1/4 W UFS.x.As dimensões acima são nominais e válidas para os Itens em aço.4x1/4 W 9.aço Diâm.Consulte-nos para como efetuar a solda adequadamente.. tubo Referência D 6..7 27 21. 6..4 x 1 W 27 21.7 mm Diâm.7 x 3/4 W 17.x... 16 x 3/4 W UFS.3/4 1.5 42..W Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UFSA 12..1/4 1 1. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada. 12..1 17.) 1.1/8 27 52 10 13 1.4 x 3/4 W UFS. 9..) 1... OBS.Fax: (19) 3272-0614 .1 22..1/2 24 48 10 13 1.

.7 15.5 22.32 JS.12 JS..16 JS.28 JS.25.5/16 1..aço Diâm. OBS..7/8 1.5/8 1. 3.35 JS...2 15.9 38.4 JS.9..4 8 9...2 24 25 27 27 32 32 34.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..) 22.. S1 (pol.6 JS.4 28 30 32 35 38 42 JS.. externo do tubo: 10 mm Referência 4 5 6 6.1/2 1.1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 1 3/4 3/4 7/8 7/8 1.5 38... vide páginas 4 e 5.18 JS.1/4 2.3/8 1..5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.5 10 12 12.5 38.. por motivos técnicos e comerciais.5 15 15 16..5 16.Para os itens em aço.1/16 1..3/8 1..1/16 1.20 JS. nº 366 ..5 25.5 JS.5 62 62 71 71 71 72 77 78 L1 I 4 Sext.1/16 1.22 JS. 2 .8 JS.São Bernardo .5/8 1.27 CONEXÕES PARA SOLDA JOELHO DE SOLDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JSA Aço JSC Latão JSI Inox Diâm.5/8 1. 4..5/8 1.12.5 JS.25 Diâmetro região solda ds 9.) Sext..3/8 1...7 14 15 16 18 19 20 22 25 JS..5 25.38 JS.5/16 1....: 1 ..42 JS.5/8 1.5/8 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.3/8 1 3/8 1.. Diâmetros externos de tubos preferenciais.10 JS..5 22.4 JS.1/2 1.5 31 31 31 31 34 34 40 40 40 45 45 54 54 54 54 59 59 8 8 9 9 10 12 12 13 13 14 14 16 16 18 18 18 22 22 22 24 24 26 28 30 1.5 9.6 I L 16 15.19 JS.Consulte-nos para como efetuar a solda adequadamente.3/4 2 2 2...5 22 22 22 22 25 25 31 29 29 33 33 42 40 40 40 43 43 32 32 35 35 37.5 25.5 45 45 45 45 49 50 56 56 56.1 38.1 41.1/2 Dimensões em milímetros.7/8 1... tubo JSA 10 Referência:JS Material da conexão: “A” ..1/8 1.14 25..2 17. S2 (pol.5 19 19 22.1/16 1...1/16 1.1/4 2.Fax: (19) 3272-0614 ..4 JS.5 16.15 JS..1/4 1..3 44.3/8 1..5/8 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.5 17. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.30 JS.. remover a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem.6. ext...5 11 11 12.3/8 1..5 47.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.7 JS.5 22.

: 1 .38 JL..Os itens em inox são fornecidos com anéis de penetração de inox AI PH e porcas de aperto de inox com banho de prata PI AG.5 41 41 41 41 48 48 55 55 55 57 57 67 67 67 67 72 72 3 Sext.4 JL..3/8 1. S2 (pol..5/8 1..4 28 30 32 35 38 42 JL.4-AG-PH 8-AG-PH 9.5 34.3/8 1..8 JL..5 10 12 12....28 CONEXÕES PONTA LISA JOELHO PONTA LISA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JLA Aço JLC Latão JLA 42 Referência:JL Material da conexão: “A” ..1/16 1.12.6.1/4 2.1/16 1.....10 JL..7-AG-PH 14-AG-PH 15-AG-PH 16-AG-PH 18-AG-PH 19-AG-PH 20-AG-PH 22-AG-PH 25-AG-PH 25..5 JL.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.....5/16 1.aço Diâm..5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.4 JL.4 JL.1/16 1...1/4 2. 2 ..5 34.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ...5/8 1. S1 (pol..5 31. Diâmetros externos dos tubos preferenciais...22 JL.5 31..1/16 1..25 25.3/8 1.5/8 1..15 JL..5/16 1.25..1/2 1.) 20 20 25 25 25 25 25 25 25 25 25 30 30 30 30 30 35 35 35 35 35 35 40 40 1..4-AG-PH MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI 28-AG-PH 30-AG-PH 32-AG-PH 35-AG-PH 38-AG-PH 42-AG-PH 4 5 6 6.1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 1 3/4 3/4 7/8 7/8 1.7 JL.3/4 2 2 2. externo do tubo: 42 mm MJLI.5/8 1.5-AG-PH 10-AG-PH 12-AG-PH 12.5/8 1.4 8 9.. ext. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.3/8 1..19 JL.Fax: (19) 3272-0614 .) Sext.32 JL.1/8 1. por motivos técnicos e comerciais.20 4 5 6 6..12 JL. OBS.1/16 1.7/8 1.30 JL.18 JL.5 34.3/8 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 JL.6 JL.5 23 23 24 24 24 22 22 22 22 35 35 43 41 41 43 43 53 51 51 51 54 54 40 40 43 43 45 46 46 45 45 45 45 59 60 68 68 68.7/8 1...1/4 1.14 JL.16 JL.4 28 30 32 35 38 42 24 23.3/8 1...9.. nº 366 .5/8 1.5 10 12 12.4 8 9. sendo o lado ponta lisa montado com porca de anel já cravado.São Bernardo .1/2 I Dimensões em milímetros..5 31..1/2 1..5/8 1. tubo Referência d3 Aço ou Latão JL.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.5 JL.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.5 72 72 82 82 82 83 88 89 L 1 31.28 JL.-AG-PH Inox Diâm.42 I L Inox MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI MJLI 4-AG-PH 5-AG-PH 6-AG-PH 6.35 JL..3/8 1.

: 1 .30 TL......5-AG-PH 10-AG-PH 12-AG-PH 12.3/8 1.1/2 1.25 TL.6.5/16 1.32 TL..10 TL.4-AG-PH 8-AG-PH 9..38 TL.Os itens em inox são fornecidos com anéis de penetração de inox AI PH e porcas de aperto de inox com banho de prata PI AG.7/8 1.5 10 12 12..3/8 1..14 TL..4 TL.1/4 2.5 31.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25..7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.1/4 1.16 TL.3/8 1.4 8 9. S2 (pol.. Diâmetros externos de tubos preferenciais..aço Diâm.1/16 1.....As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.4 TL.5 23 23 24 24 24 30 30 30 30 35 35 43 41 41 43 43 53 51 51 51 54 54 40 40 43 43 45 46 46 53 53 53 53 59 60 68 68 68.5 34. por motivos técnicos e comerciais. OBS. sendo o lado ponta lisa montado com porca de anel já cravado..29 CONEXÕES PONTA LISA TE PONTA LISA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TLA TLC TLA 16 Aço Referência:TL Material da conexão: “A” .1/16 1.5 31....42 d3 I L Inox MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI 4-AG-PH 5-AG-PH 6-AG-PH 6.3/8 1.1/16 1.) Sext.12 TL...4 28 30 32 35 38 42 Referência Aço ou Latão TL.3/8 1.1/8 1.) 20 20 25 25 25 25 25 25 25 25 25 30 30 30 30 30 35 35 35 35 35 35 40 40 1.5 TL..-AG-PH Inox Diâm.7-AG PH 14-AG-PH 15-AG-PH 16-AG-PH 18-AG-PH 19-AG-PH 20-AG-PH 22-AG-PH 25-AG-PH 25.19 TL..25..5 10 12 12. 2 ..4 28 30 32 35 38 42 24 23..5 31.18 TL.9.. S1 (pol.5/8 1...7 TL..São Bernardo .4-AG-PH MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI MTLI 28-AG-PH 30-AG-PH 32-AG-PH 35-AG-PH 38-AG-PH 42-AG-PH 4 5 6 6..5 TL.5 72 72 82 82 82 83 88 89 L 1 31..1/2 1.15 TL..7/8 1..12.. ext.22 TL.5 41 41 41 41 48 48 55 55 55 57 57 67 67 67 67 70 70 4 Sext..5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. nº 366 .5/16 1..35 TL...1/16 1.5/8 1.20 TL..5/8 1.5 34.1/2 I Dimensões em milímetros.5/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .3/8 1. tubo 4 5 6 6. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.5/8 1.1/4 2.5 34.Fax: (19) 3272-0614 .3/8 1..8 TL.28 TL.4 TL. externo do tubo: 16 mm Latão MTLI...3/4 2 2 2.5/8 1..1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 1 3/4 3/4 7/8 7/8 1..4 8 9.6 TL..5/8 1.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..1/16 1.

5/8 1..25 TVL.5-AG-PH 10-AG-PH 12-AG-PH 12.Fax: (19) 3272-0614 .12.4 8 9.8 TVL.4 28 30 32 35 38 42 I 24 23.7/8 1.Os itens em inox são fornecidos com anéis de penetração de inox AI PH e porcas de aperto de inox com banho de prata PI AG.1/2 1..7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.aço Diâm....7/8 1. nº 366 .5/8 1.: 1 .14 TVL.20 TVL.3/4 2 2 2.5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1...4 28 30 32 35 38 42 TVLA 14 Referência:TVL Material da conexão: “A” .3/8 1. por motivos técnicos e comerciais. externo do tubo: 14 mm 3 Sext. S1 (pol.4 8 9. S2 (pol..1/16 1..1/8 1.3/8 1..São Bernardo .5 33 33 33 39 39 39 39 44 44 52 52 52 55 55 65 65 65 65 70 70 I Dimensões em milímetros.5 72 72 82 82 82 83 88 89 L 1 30.22 TVL.... considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.5 10 12 12..) Sext.5/16 1.3/8 1.4-AG-PH 8-AG-PH 9...25..1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 1 3/4 3/4 7/8 7/8 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.-AG-PH Inox Diâm..5 30...12 TVL..1/4 2.3/8 1.32 TVL.1/16 1. ext..7-AG-PH 14-AG-PH 15-AG-PH 16-AG-PH 18-AG-PH 19-AG-PH 20-AG-PH 22-AG-PH 25-AG-PH 25. tubo 4 5 6 6.1/4 2... OBS...As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço....30 CONEXÕES PONTA LISA TE VERTICAL PONTA LISA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TVLA TVLC Aço Latão MTVLI..1/16 1.5/8 1.9. 2 .5/8 1.1/2 Referência Aço ou Latão TVL.35 TVL..7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.15 TVL..5/8 1.5 30.5/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .38 TVL.19 TVL.5 23 23 24 24 24 30 30 30 30 35 35 43 41 41 43 43 53 51 51 51 54 54 L 40 40 43 43 45 46 46 53 53 53 53 59 60 68 68 68...1/2 1..42 Inox MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI 4-AG-PH 5-AG-PH 6-AG-PH 6.3/8 1.4 TVL.3/8 1.4-AG-PH MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI MTVLI 28-AG-PH 30-AG-PH 32-AG-PH 35-AG-PH 38-AG-PH 42-AG-PH d3 4 5 6 6.1/4 1. sendo o lado ponta lisa montado com porca de anel já cravado.5/16 1.30 TVL.5 30.16 TVL...3/8 1.5/8 1.4 TVL..7 TVL..4 TVL.10 TVL...) 20 20 25 25 25 25 25 25 25 25 25 30 30 30 30 30 35 35 35 35 35 35 40 40 1.5 TVL..6.1/16 1..1/16 1.28 TVL.....5 10 12 12.5 TVL..6 TVL.18 TVL.

2 1/4 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 14.1/8 1.5 7/16 9/16 1/2 5 1/8 NPT 1/8 NPT 1/8 NPT 10 1/4 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 14.5 40.7 14 NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 Diâm.1/4 38 1.: 1 .2 14. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.5 30.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.5 41.2 19 21 25 26 32 43 47 48 50 11/16 11/16 11/16 1/8 1/4 3/8 1/2 NPT 1/8 NPT 1/8 NPT NPT 1/4 NPT 1/4 NPT NPT 3/8 NPT 3/8 NPT NPT 10 14.5 1/2 9/16 11/16 6.1/2 NPT 1.1/4 NPT 1.2 27 19 32 19 32 51 56 56 1 1 1.1/4 NPT 1.1/4 NPT 1.5 40.) Inox 15 1/2 NPT 3/4 NPT 19 32 55 16 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 14.Fax: (19) 3272-0614 .3/4 2 32 1 NPT 1 NPT 1 NPT 1.5 41.1/4 NPT 1.) 1. S1 (pol.2 20.5 66.3/8 1.2 19 21.5 25. por motivos técnicos e comerciais.1/16 1.1/8 18 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 14.1/4 NPT 1.2 14. S2 (pol.1/4NPT 24 25 38 39 69 70 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.1/2 NPT 1.aço Diâm.1/4 42 40 1.5 7/16 9/16 1/2 Diâm.2 30 19 34 19 35 55 59 60 1.1/16 Dimensões em milímetros.2 30 19 34 19 35 55 59 60 1.4 3/4 NPT 1 NPT 3/4 -NPT 1 NPT 3/4 -NPT 1 NPT 19 24 33 38 62 67 1.1/4 NPT 1.5 50.5 36.2 14.5 50.1/4 NPT 1.1/4 1.5 61.2 19 21 25 26 31 42 46 47 52 9/16 9/16 11/16 1/8 1/4 3/8 1/2 6 9. externo do tubo: 6 mm Medida da rosca macho: 1/4 NPT I L Sext.2 19 21. ext.3/4 2 35 1 NPT 1 NPT 1 NPT 1. vide páginas 4 e 5.2 19 21 25 26 31 43 47 48 53 11/16 11/16 11/16 1/4 3/8 1/2 3/4 NPT NPT NPT NPT 1/4 3/8 1/2 3/4 NPT 1/4 NPT NPT 3/8 NPT NPT 1/2NPT NPT 3/4 NPT 14. tubo 10 14.5 45. 3 .1/4 5/8 19 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 14.1/4 NPT 24 25 41 42 73 74 1.1/4 NPT 24 25 38 39 69 70 1.1/2 5/8 7/8 1.31 CONEXÕES COM ROSCA MACHO UNIÃO MACHO NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UMA 6x1/4 NPT UMA Aço UMC Latão UMI Inox Referência:UM Material da conexão: “A” .1/2 NPT 25.5 10 12 12.5 45.3/8 22 1/2 NPT 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1 NPT 19 19 24 34 34 39 61. S2 (pol.2 25.2 14.3/4 30 1 NPT 1 NPT 1 NPT 1.2 19 19 26 26 31 31 49 49 54 54 13/16 13/16 7/8 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4NPT 1/4 3/8 1/2 3/4 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 14.) Sext.4 1/8 1/4 3/8 1/2 NPT NPT NPT NPT 1/8 1/4 3/8 1/2 NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT NPT NPT NPT 10 14.1/16 1 1.2 19 19 26 26 31 31 49 49 54 54 14. Diâmetros externos de tubos preferenciais. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.2 14.5 41 75 76 2. S1 (pol.1/4 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.3/8 1.2 14.5 1/2 9/16 11/16 8 1/8 NPT 1/8 NPT 1/8 1/4 NPT 1/4 NPT 1/4 3/8 NPT 3/8 NPT 3/8 1/2 - NPT NPT NPT NPT 10 14.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . ext.1/4 NPT 25 1.3/8 25 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1NPT 3/4 NPT 1NPT 19 24 33 38 62 67 1.3/8 11/16 20 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 19 34 61 1.3/8 1. nº 366 .1/4 1.1/4 NPT 1.5 1. 2 .1/2 NPT 1.5 30.5/8 28 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1 NPT 19 24 33 38 62 67 1. tubo Rosca NPT cônica Aço Latão A Inox 1/8 1/4 3/8 1/2 NPT NPT NPT NPT 1/8 1/4 3/8 1/2 NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT NPT NPT NPT 10 14.1/4 NPT 1.1/4 2.1/16 1.5 25.1/2 NPT 1.5 41 74 75 2 2.5/8 25.1/16 7/8 L Latão 7/8 13/16 13/16 7/8 I 1/2 NPT 3/4 NPT 7/8 NPT NPT NPT NPT A Aço 7/8 NPT NPT NPT NPT Rosca NPT cônica 1/2 NPT 3/4 NPT 7/8 1/8 1/4 3/8 1/2 NPT NPT NPT NPT Sext.7/8 2.) 4 1/8 NPT 1/8 NPT 1/8 NPT 10 1/4 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 14.1/2 NPT 25 40 25.1/16 3/4 3/4 7/8 1 1.1/4 NPT 1.5 45. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 45. OBS.5 24.2 1/2 NPT 1/2 NPT1/2 NPT 19 27 27 32 50 50 55 Sext.5 25.2 14.1/2 1.São Bernardo .2 20 24 36.1/16 1.1/4 NPT 1.

1/16 1 12 14 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 26 27 30 49 50 53 7/8 7/8 1. S2 (pol.1/4 1.3/4 2 2 32 1 BSP 1.aço Diâm.1/8 1.São Bernardo .1/4 BSP 1 BSP 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/4 19 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 32 34 57 59 1.3/8 1.1/4 1. ext. S1 (pol.1/16 1.3/8 1.4 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 35 62 64 1.5/8 25.1/8 18 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 32 34 57 59 1.1/4 1.5 38. S2 (pol.5 9/16 3/4 1/2 5 1/8 BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 8 12 20 24 36.1/4 BSP 18 20 38 40 70 72 1.5/8 28 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 35 62 64 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/16 3/4 Rosca BSP paralela Latão e Aço Inox A I L Sext.1/4 1.1/4 BSP 18 20 36 38 67 69 1. nº 366 .5 25.5 41.Fax: (19) 3272-0614 .1/4 BSP 1 BSP 1. 4 e 5. 2 .5 1.5 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 12 25 26 47 48 3/4 7/8 3/4 10 1/8 1/4 3/8 1/2 BSP BSP 1/4 BSP BSP 3/8 BSP BSP - 8 12 12 14 30 25 26 28 43 47 48 50 11/16 3/4 12 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2BSP 1/2 BSP 12 14 26 28 49 51 7/8 1. OBS.1/4 2. por motivos técnicos e comerciais.5 9/16 3/4 1/2 6 1/8 BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 8 12 21.5 9/16 3/4 5/8 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 8 12 12 21.5 24 41. 3.1/2 BSP 1.3/8 22 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 32 36 59.5 25.5 36.5 24.5 40.1/16 12 14 16 7/8 1.7/8 2 2.1/2 BSP 1.1/4 BSP 1.1/16 1.Quando ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca. Diâmetro externos de tubos preferenciais.1/4 BSP 1.1/2 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.3/8 25 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 32 35 61 64 1. ext.4 5/8 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 12 25 26 46 47 3/4 7/8 11/16 9.1/4 2.5 45.5 44 9/16 3/4 6.1/2 7/8 8 12 14 Diâm.1/4 1.3/4 2 2 35 1 BSP 1. vide pág.1/2 BSP 20 22 38 40 73 74 2.1/4 BSP 1.) Sext.1/4 38 1. S1 (pol.) 4 1/8 BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 8 12 20.1/16 15 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 27 30 32 50 53 55 7/8 1.5 63. tubo Rosca BSP Pararela Latão e Aço Inox Referência: UM Material da conexão: “A” .1/2 1.1/16 1 12.3/4 30 1 BSP 1. externo do tubo: 6 mm Medida rosca macho:1/4 BSP A I L Sext. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.1/4 1.1/4 BSP 1. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.3/8 20 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 30 32 57 59 1.5 45.1/16 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG .1/2 BSP 20 22 40 74 2 2.1/2 1.: 1 .1/4 BSP 1.1/2 1.1/4 42 1.32 CONEXÕES COM ROSCA MACHO UNIÃO MACHO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UMA 6x1/4 BSP Aço UMA UMC Latão UMI Inox Diâm.) 16 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 12 14 16 27 30 32 51 54 56 1 1.1/16 1.7 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 12 14 26 28 49 51 7/8 1.) Sext.1/4 BSP 18 20 36 38 67 69 1. tubo 1 BSP Dimensões em milímetros.

Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .

5/8 1.) Sext.Fax: (19) 3272-0614 .2 26 42 46 47 43 47 48 47 48 1/4 BSPT 3/8 BSPT 1/2 BSPT 14.) 7/8 1.5/8 1.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e medida da rosca. S2 (pol. cônica Aço tubo A1 Sext.1/16 30 32 35 3/4 BSPT 1 BSPT 3/4 BSPT 3/4 BSPT 19 1.5 11/16 1/8 BSPT 1/4 BSPT 10 21.3/8 1.) 10 20.2 19 14.1/16 18 1/2 BSPT 19 3/4 BSPT 34 35 59 60 1.2 26 31 19 3/8 1/2 3/8 1/2 14. OBS.1/4 BSPT 25 42 1. externo do tubo: 10 mm Medida de rosca macho: 3/8 BSPT Rosca BSPT cônica Aço A1 I L Sext.5 19 24 19 19 33 38 33 33 62 67 62 62 1 BSPT 24 1.5 5/8 3/8 BSPT 1/2 9/16 14.1/4 2. tubo Referência:UM Material da conexão: “A” .5 45.2 25.1/2 20 22 11/16 3/4 25 11/16 3/4 25.7 14 BSPT BSPT BSPT BSPT 21 25 26 26 31 27 32 40.3/8 1.7/8 2 2.5 1/2 5/8 9/16 9/16 9/16 11/16 11/16 Diâm.2 27 1/2 BSPT 19 32 50 55 16 3/8 BSPT 14.2 14.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .3/4 2 38 1.3/8 1.1/2 1.2 24 9/16 1/2 6 1/8 BSPT 1/4 BSPT 21.5 36.1/4 1.Consulte-nos.3/4 Dimensões em milímetros.aço Diâm. nº 366 .1/8 1.4 8 9.Para conexões em latão ou inox.3/8 1.2 19 4 6.2 10 14.3/8 1.5 41. S2 (pol.5 14.34 CONEXÕES COM ROSCA MACHO UNIÃO MACHO BSPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UMA 10 x 3/8 BSPT Aço UMA Diâm.1/2 BSPT 25. 2 . Rosca BSPT ext.5 40.3/4 2 1.) Sext.2 21 25 26 25 14.2 24.5 41 74 75 1. por motivos técnicos e comerciais.1/4 BSPT 25 39 70 1.2 26 14.1/8 1.5 45.1/4 42 1. 3 .1/4 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 28 49 49 54 13/16 13/16 7/8 1 49 54 50 55 13/16 7/8 1 7/8 1.5 41. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.2 25.1/16 I L 15 3/8 BSPT 14. Diâmetros externos de tubos preferenciais.2 27 1/2 BSPT 19 32 51 56 1 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.1/4 2.5 45. S1 (pol.5 10 12 12.5 10 14.2 25.5 39 74 2.2 14.1/4 BSPT 25 38 39 69 70 1.1/4 19 1/2 BSPT 3/4 BSPT 3/4 BSPT 1 BSPT 3/4 BSPT 19 24 19 34 35 34 39 34 59 60 61 66 61.1/2 BSPT 25.6 14.5 7/16 9/16 1/2 5 1/8 BSPT 1/4 BSPT 1/4 BSPT 14.3/8 1. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada. ext. S1 (pol.São Bernardo .1/16 1.5 1/8 BSPT 1/4 BSPT 3/8 BSPT 1/8 BSPT 1/4 BSPT 3/8 BSPT 1/4 BSPT 3/8 BSPT 10 14.: 1 .

tubo 4 UMA 6x M12X1.) 1.3/8 M22x1.5 - M16x1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porca de aperto com banho de prata PI AG .4 8 9.5 41.1/16 1.1/16 12 I L Sext.1/4 1.) Sext.5 M18x1.5 M14x1.5 M26x1.5 16 5 Rosca Métrica paralela Latão e Aço Inox M26x1. S2 (pol.: 1 .5 15 M18x1.5 18 19 20 A 14 16 M22x1. ext.1/4 2.1/16 12 26 49 15/16 1.5/8 25.1/16 1.3/8 25 M33x2 M33x2 18 35 64 1.5 12 26 47 11/16 3/4 12 26 48 7/8 3/4 12 26 48 3/4 7/8 3/4 26 49 27 M14x1.1/4 M24x1. Diâmetro externos de tubos preferênciais.1/8 12 28 52 30 54 - 33 57 1 1.5 14 32 57 1.5 M18x1.5 41.5 9/16 11/16 15/16 5/8 9/16 5/8 M12x1.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.5 Rosca Métrica paralela Aço M8x1 Latão e Inox A I M8x1 8 20 L 36 Sext. vide pág.1/2 1.5 45.1/4 M22x1. S1 (pol. tubo 6 M8x1 M8x1 8 20 36.4 M 33x2 M33x2 18 35 64 1.1/2 Dimensões em milímetros.3/8 16 33 60 1.1/4 1. nº 366 .3/4 30 M42x2 M42x2 20 38 69 2 2 32 M42x2 M42x2 20 38 69 2 2 35 M42x2 M42x2 20 38 70 2 2.5 M18x1.) Sext. S1 (pol.1/4 2.1/4 1.5 M20x1.5 Referência: UM Material da conexão: “A” .5 M24x1. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.5 10 12 11/16 50 7/8 15/16 1 27 50 15/16 1 14 30 53 1 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/2 1.5 M12x1. 4 e 5.5 M16x1.5 12 26 46 8 21.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 16 33 60.São Bernardo .5 M16x1.1/2 1.5 M18x1.5 12 14 M20x1.Fax: (19) 3272-0614 .35 CONEXÕES COM ROSCA MACHO UNIÃO MACHO MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UMA Aço UMC Latão UMI Inox Diâm.5 M16x1.5 1.5 - 12.5 M22x1.5 M26x1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. OBS.7 M18x1.5 14 32 57 1.5 25. 3.5 6.5 - M27x2 M27x2 22 M26x1.1/4 42 M48x2 M48x2 22 40 75 2.1/4 38 M48x2 M48x2 22 40 74 2.aço Diâm.) 1/2 1/2 Diâm.5/8 28 M33x2 M33x2 18 35 64 1. ext.5 - M10x1 M10x1 M12x1. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores. 2 .5 M16x1. externo do tubo: 6 mm Medida da rosca macho: M 12x1. S2 (pol.5 M18x1. por motivos técnicos e comerciais.5 1/2 1/2 M10x1 M10x1 - 8 12 21.5 M16x1.

S1 (pol. tubo: 25 mm Medida rosca macho: M27 x 2 A D3 I L Sext.1/4 16 40 33 60 M33x 2 18 46 35 UMOA 30xM42x2 M42x 2 20 54 35 UMOA 35xM42x2 M42x 2 20 38 UMOA 38xM48x2 M48x 2 22 Referência Execução normal Rosca Métrica com O-ring UMOA 10xM16x1. consulte-nos. ext. tubo 10 12 12 Ref.1/8 MOR 50 VOR 50 1. 2 .) 12 24.aço Diâm.1/16 1 VOR 56 Dimensões em milímetros.Fornecido com O-ring correspondente: Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .36 CONEXÕES COM ROSCA MACHO UNIÃO MACHO COM O-RING MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UMOA 20xM27x2 Aço UMOA Referência:UMO Material da conexão: “A” .25 a + 200 Para solicitação das conexões em execução AT.1/4 MJOR 24 VJOR 24 60 40 74 2.5 16 UMOA 16xM22x1.As dimensões acima são nominais. acresentar na referência o sufixo “ xAT” .5 14 20 UMOA 20xM27x2 M27x 2 25 UMOA 25xM33x2 30 Diâm.5 M18x 1.2 26 48 1 26 49 30 30 54 1.2 26. OBS.35 a + 120 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/8 1.5 3/4 1 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais. nº 366 . por motivos técnicos e comerciais.1/4 MOR 56 24.5 M16x 1. Exemplo de especificação: UMOA 25xM33xAT.5/8 MOR 47 VOR 47 39 70 2. 3 .: 1 .5 UMOA 12xM16x1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .3/8 MOR 52 VOR 52 64 1.Para conexões em latão ou inox.5 M22x 1.5 M16x 1. Execução Execução S2 normal AT (pol. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.São Bernardo . do O-ring Sext.7/8 1.Fax: (19) 3272-0614 .1/4 2. ext.1/4 2.) Viton Buna-N MOR 48 VOR 48 MOR 48 VOR 48 MOR 59 VOR 59 1.5 UMOA 12xM18x1.1/4 2 MJOR 24 VJOR 24 54 40 72 2.

1/4 1.5 18 1/2 1/2 6 7/16 UNF 1/2 UNF 9.5 7/16 UNF 9. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.7/8 2 14 3/4 UNF 11.0 33 64 1.1/4 19 7/8 UNF 12.3/8 1.1/4 2.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 9/16 5/8 5/8 7/16 UNF 9. externo do tubo: 6 mm Medida rosca macho: 1/2 UNF Diâm.7 26 15.0 31 66 2. S2 (pol.5/16 UNF 15.1/2 16 5/8 11/16 1 1 1.) Sext.1/16 1.5 Diâm.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.1 23 46 7/8 1 30 1.5/8 8 1/2 UNF 9.1/4 3/4 UNF 11.7 3/4 UNF 11.Fax: (19) 3272-0614 .1 25 7/8 UNF 12.0 33 55 58 1.5 7/16 1/2 5 3/8 UNF 7.1/8 42 Dimensões em milímetros.5 41. utilize conexões da nossa linha de adaptadores.1/16 UNF 15.5 41.0 22 44 11/16 12 3/4 UNF 11.3/8 25 1. S1 (pol.1 23 7/8 UNF 12. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada. paralela tubo Aço I L Sext.7/8 UNF 15.7 30 1.3/8 1.0 31 65 2.7 25 46 48 7/8 1 1 28 1.0 33 58 1.37 CONEXÕES COM ROSCA MACHO UNIÃO MACHO UNF REFERÊNCIA: UMA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UMA 6x1/2 UNF Aço Referência: UM Material da conexão: “A” .5/8 3/4 25.0 33 1. OBS.3/8 20 32 1.1/4 2. Rosca UNF A ext. 2 . S1 (pol.1/4 2.0 31 50 50 55 1.1 26 7/8 UNF 12.aço Diâm.7/8 UNF 15. por motivos técnicos e comerciais.5 9/16 5/8 6.) 18 1. Diâmêtros externos de tubos preferenciais.1 26 7/8 UNF 12.São Bernardo .3/16 UNF 59 60 1.1/16 32 1.3/4 2 35 1.4 1.1/16 UNF 15.Para conexão em latão ou inox. consulte-nos. S2 (pol.1/4 11/16 3/4 1.0 30 62 2.1/2 1.1/4 1.: 1 .) 4 5/16 UNF 7.1/16 UNF 15.0 32 61 1.5 17.2 21 42 9.2 21.2 21.1/16 UNF 15.0 22 43 44 10 9/16 UNF 10. Rosca UNF A ext.5/16 UNF 15.1/4 15 3/4 UNF 11.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.5/8 UNF 15.1/8 1.2 21 9/16 UNF 10.5/8 UNF 15.0 31 1.3/8 22 1.5 33.7 49 7/8 1 38 1.5 1.3/16 UNF 59.1/2 1.3/8 1. paralela tubo Aço I L Sext.0 32 61 1.0 33 64 1.1/4 1.0 32 1. 3 .4 34. nº 366 .1/4 1.7/8 UNF 15.3/4 12.1/2 1.1/16 UNF 15.) Sext.5/16 UNF 60 1.7 26 48 49 7/8 1 1.

2 22.5/16 1.5 1/2 15 15 15 23.) (pol.2 14.2 14. S1 (pol.5 16. Sext.4 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 10 15 14.2 14.5 22 5/8 18 5/8 25.5 16.5 25.5 32 14.5 10 12 12.5 25. ext.5/8 28 3/4 NPT 1 NPT 19 24 42 71 54 1.2 16.5 3/8 1/2 14 3/8 NPT 1/2 NPT 14.5 14.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 31 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 3/4 3/4 7/8 1 3/4 3/4 3/4 7/8 1 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 14.: 1 .2 19 35 35 35 43.2 16. tubo Rosca NPT cônica Aço Latão e Inox A I L I Sext.1/4 77 59 1. utilize as conexões de nossa linha de adaptadores.2 18 8 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 10 14.1/2 NPT 25.5 1. OBS.7/8 2.5 45 33 62 45 1.1/16 1.1/4 78 59 1.5/8 2 32 1 NPT 24 1.3/4 30 1 NPT 24 1.2 25 NPT 19 19 11/16 38.Quando a ligação desejada nâo possuir correspondência direta entre o diâmetro externo do tubo e a medida da rosca.5/16 1. nº 366 .1/2 NPT 25. Medida da rosca macho: 1/4 NPT I L I1 Sext.3/8 20 1/2 NPT 3/4 NPT 40 1.5 25.5/8 1.5 Dimensões em milímetros.1/4 NPT 25 40 71 54 1.5 3/8 25.5 25.5 44 31 31 31 34 3/8 1/2 3/4 1/2 3/4 16 25 19 29 56 3/4 NPT 19 1 NPT 24 3/4 NPT 19 1 NPT 24 29 34 56.5 38.2 NPT 19 25 NPT 19 NPT 14.2 31 1/2 NPT 19 3/4 NPT 19 56 40 1.5 31 3/8 3/8 1/2 3/4 49 34 7/8 1.) Diâm. externo do tubo: 10 mm.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. vide pág.1/4 NPT 25 40 71 54 1.2 19 16.1/8 6 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 50 34 7/8 1.2 19 19 22 22 22 25 45 45 45 48 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 14.5 22.5 38. 2 .5 25.2 14.4 3/4 NPT 19 1 NPT 24 33 62 45 1.5/8 2. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/8 1.5 22. tubo Rosca NPT cônica A Aço Latão e inox Inox Referência:JM Material da conexão: “A” . 3 . 4 e 5. por motivos técnicos e comerciais.1/4 NPT 25 43 1.1/4 NPT 25 40 72 54 1. S2 S1 1 (pol.Fax: (19) 3272-0614 .1/16 1.38 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMA 10x1/4xNPT JMA Aço JMC Latão JMI Inox Diâm.1/2 38 42 1.5/8 2 35 1 NPT 24 1.5 14.7 1/2 1/2 1/2 1/8 NPT 10 1/2 1/4 NPT 3/8 NPT 14.5 38.São Bernardo .3/8 22 3/4 NPT 14.5 3/8 22.1/16 1.5 40 61.2 32 22.3/8 25.5 37.1/4 NPT 25 43 1.5 6. S2 (pol.2 9.1/16 5 1/8 NPT 1/4 NPT 10 15.2 19 19 22 22 22 25 45 45 45 48 31 31 31 34 3/8 NPT 14.aço Diâm.) Sext.1/4 35 35 38 22.5/16 1.7/8 2. ext.2 1/2 1/2 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 10 14.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/16 10 14.2 15 14. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.) 4 1/8 NPT 1/4 NPT 10 16 14.5 3/8 1/2 15 1/2 NPT 3/4 NPT 19 22 25 45 48 31 34 3/4 7/8 1.2 22 19 45 31 3/4 1.

5/16 1. vide pág.5 22.1/4 38 1.1/16 Dimensões em milímetros. por motivos técnicos e comerciais.39 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMA Aço JMC Latão JMI Inox Diâm. considerando-se a porca (S2) manualmente apertada.5/8 10 3/4 28 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 42 71 54 1.1/16 1.5 36.5 71.3/4 12 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 12 12 14 22 22 30 45 45 53 31 31 38 3/4 1 12.) 1/8 BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 8 12 16 14.aço Diâm.1/4 BSP 1.5 28 3/8 5/8 19 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 14 16 31 56 40 1.5 28 3/8 1/2 18 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 14 16 25 35 50 60 34 44 7/8 1. 2 .1/16 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.4 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 43 62 72 45 53 1.1/2 BSP 20 22 43 56 77 90 59 65 1.5 1/2 3/4 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 43 62 72 45 53 1.1/4 6 1/8 BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 8 12 15 13.3/8 1/2 22 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 12 15 15 36 36 30.5 22.) Sext. S2 (pol.5 22.1/4 BSP 1.5/16 1. S2 (pol.5 32 30. OBS.) Sext.1/4 BSP 1.5 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP - 12 12 14 15 15 30 37 37 52 30.São Bernardo .1/4 BSP 1. tubo Rosca BSP paralela Latão e Aço Inox A I L I1 Sext. tubo Rosca BSP paralela Latão e Aço Inox JMA 10x1/4 BSP Referência:JM Material da conexão: “A” .1/4 42 1.5 38 1/2 1/2 25.5/16 9.3/8 8 25 12 15 15 37 37 30.3/8 6.1/4 BSP 18 20 40 51 72 83 54 60 1.7/8 2. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5/8 2 35 1 BSP 1 BSP 1.1/8 5 1/8 BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 8 12 15.1/4 BSP 1.1/2 BSP 20 22 43 56 78 91 59 65 1.1/4 BSP 18 20 40 51 71 82 54 60 1.5 3/8 3/8 20 5/8 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 29 56 40 1. S1 (pol.: 1 . ext. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 40 53 1.1/4 BSP 1.5 22.4 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 8 12 12 15 13. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. externo do tubo: 10 mm. 3 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 30.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.) Diâm.1/4 BSP 1.5/8 1.5 35 33. ext.1/16 1.7/8 2.1/2 BSP 1. 4 e 5.1/2 1.1/2 BSP 1.5 16.5/8 2 32 1 BSP 1 BSP 1.5 28 30.5 14 32 30.5/8 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1. S1 (pol.Fax: (19) 3272-0614 .5/8 2.7 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 12 14 22 30 45 53 31 38 3/4 1 12 14 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 22 30 45 53 31 38 3/4 30 35 53 58 38 44 3/4 7/8 4 15 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 14 14 16 3/4 30 1 BSP 1 BSP 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG. nº 366 . Medida da rosca macho: 1/4 BSP A I L I1 Sext.1/4 BSP 18 20 40 51 71 82 54 60 1.1/16 1.5 1/2 11/16 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 16 18 29 44 56.5 35 33.5 28 3/8 1/2 16 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 14 16 25 35 49 59 34 44 7/8 1.

1/16 1.7/8 38 JMOA 38x1.1/4 BSP 20 54 44 76 86 1. acrescentar na referência o sufixo “ x AT” .7/8 3/4 1.5/8 MOR 51 MOR 52 VOR 51 VOR 52 1 BSP 18 46 40 69 77 1.1/4 MOR 50 VOR 50 16 40 33 60 70 1.) 22 12 24.: 1 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .) Buna-N Viton 7/8 MOR 21 VOR 21 1 MOR 48 VOR 48 1 MOR 48 VOR 48 50 48 35 59 55 1. Exemplo de expecificação: JMOA 25 x 1 BSP x AT.1/2 MOR 53 MOR 54 VOR 53 VOR 54 Dimensões em milímetros. tubo Referência:JMO Material da conexão: “A” .1/4 MOJR 24 VJOR 24 2.3/8 1.1/4 BSP 1.) 27 49 48 Aço JMOA 10x1/4 BSP 1/4 BSP 10 Sext. 3 . do O-ring Sext. Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/2 2 MOR 43 VOR 43 JMOA 30x1. ext.1/2 BSP 22 60 42 76 89 1.1/4 BSP 20 54 44 75 86 1.É posicionável através do aperto e posição adequada da porca ( Sext S3 ). S2 (pol.aço Diâm. Execução Execução S3 normal AT (pol.1/4 BSP 1.1/4 MOJR 24 VJOR 24 2.1/4 2. OBS.1/16 1. 2 .Para conexões em latão ou inox.2 JMOA 10x3/8 BSP 3/8 BSP 12 JMOA 12x3/8 BSP 3/8 BSP 12 16 JMOA 16x1/2 BSP 1/2 BSP 14 30 20 JMOA 20x3/4 BSP 3/4 BSP 25 JMOA 25x1 BSP 30 24.40 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO COM O’RING BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMOA 16x1/2 BSP Aço JMOA Diâm. por motivos técnicos e comerciais. consulte-nos.Fornecidos com O-ring correspondente: Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .As dimensões acima são nominais. nº 366 .2 27 3/4 3/4 1 Ref.25 a + 200 Para solicitação dos itens em execução AT.1/8 1.5/8 2 2.1/4 2.1/2 BSP 1. tubo: 16 mm Medida rosca macho: 1/2 BSP Referência Execução normal Rosca BSP paralela A D 3 I L Sext.7/8 35 JMOA 35x1.35 a + 120 . considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo . ext. I1 S1 (pol. 4 .

Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca. por motivos técnicos e comerciais.2 15 35 1/4 BSPT 14. S1 (pol.2 22 45 31 3/4 1 19 25 49 34 7/8 1. tubo Referência 6 JMA 6x1/8 BSPT JMA 6x1/4 BSPT 1/8 BSPT 1/4 BSPT 8 JMA 8x1/4 BSPT 10 Rosca BSPT Cônica Aço Sext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . OBS.2 12 JMA 12x3/8 BSPT 3/8 BSPT 16 JMA 16x1/2 BSPT 1/2 BSPT 1 I 1 Dimensões em milímetros.5 25. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. 3 .5 38. 2 .5 1/2 3/4 14.) Sext. S2 (pol. Diâmetros externos de tubos preferenciais.41 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO BSPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMA JMA 12x3/8 BSPT Aço Referência: JM Material da conexão: “A” .5 25.Fax: (19) 3272-0614 . considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.) 22.: 1 . consulte-nos.5 1/2 11/16 16.5 3/8 5/8 37.aço Diâm. externo do tubo: 12 mm Medida da rosca macho: 3/8 BSPT Diâm.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.Para conexões em latão ou inox.2 16. ext.São Bernardo . nº 366 .1/8 A I L 10 14.5 JMA 10x1/4 BSPT JMA 10x3/8 BSPT 1/4 BSPT 3/8 BSPT 14. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.

1/16 1.4 28 30 32 35 38 42 Rosca Métrica paralela A I L 25 31 29 29 43 43 42 51 51 51 56 56 50 56 56 56.5 22 45 31 22 45 31 30 53 38 22 45 31 25 49 34 Sext.7/8 1.5 10 12 12.3/8 1. por motivos técnicos e comerciais.5/8 1.3/8 1.1/4 2.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5 M22x1.7/8 1.5 M16x1.5 M16x1. Sext.) (pol.5/8 1.: 1 . 3.1/4 1.5 25.1/2 Dimensões em milímetros.) 3/8 3/8 3/8 3/8 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 3/4 7/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.5 37.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo do tubo e a medida da rosca. 2 .5 M33x2 M33x2 M33x2 M42x 2 M42x2 M42x2 M48x2 M48x2 14 14 16 16 18 18 18 20 20 20 22 22 I1 34 40 40 40 53 53 54 60 60 60 65 65 Sext. Sext.5/8 1.5 M27x2 M26x1.São Bernardo .1/16 1.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .5/8 1.7 14 15 16 M8x1 M8x1 M10x1 M10x1 M12x1.5 M20x1.5 15 35 22. OBS.3/4 2 2 2. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores. A ext. ext.5 M24x1.1/16 1. externo do tubo: 10 mm Medida da rosca macho: M16x1.) 7/8 1. vide páginas 4 e 5.1/16 1. S1 S2 (pol. considerando-se a porca (S2) manualmente apertada.5 15.5/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .aço Diâm.5 24 46 30.1/8 Diâm.5 15 35 22. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 M18x1.5 32 22.5/16 1.1/4 2.5/16 1.3/8 1.5 24 46 30.1/16 1.4 8 9.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.5 8 8 8 8 12 12 12 12 12 14 12 14 I L I 1 16 32 22. Aço tubo Latão e Inox 4 5 6 6. S1 S2 (pol.5 Rosca Métrica paralela Diâm.5 72 72 71 82 82 83 90 91 Aço Latão e Inox M22x1.5 16.42 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMA Aço JMC Latão JMI Inox JMA 10xM16x1.5 M16x1.5 M18x1.) (pol. tubo 18 19 20 22 25 25.5 Referência: JM Material da conexão: “A” .5/8 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.

As dimensões acima são nominais.1/1 6 1.5 1. por motivos técnicos e comerciais.1/4 MOR 24 VJOR 24 M42x2 20 54 44 76 86 1. tubo Referência Execução normal 10 JMOA 10xM16x1.5 JMOA 12xM16x1.2 27 Sext.7/8 2.5/8 2 Dimensões em milímetros.S3 ) 4 .5/8 MOR 51 MOR 52 VOR 51 VOR 52 40 69 77 1. OBS.1/16 MOR 9 VOR 9 55 1. Execução Execução S3 normal AT (pol.43 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO COM O`RING MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMOA 38xM48x2 JMOA Aço Referência: JMO Material da conexão: “A” . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .(execução AT) Temperatura de utilização ( °C) . Exemplo de expecificação: JMOA 20x M27x2xATxAT.7/8 2. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.5 14 30 35 59 20 JMOA 20xM27x2 M27x2 16 40 33 25 JMOA 25xM33x2 M33x2 18 46 30 JMOA 30xM42x2 M42x2 35 JMOA 35xM42x2 38 JMOA 38xM48x2 Ref.1/2 2 MOR 43 VOR 43 20 54 44 75 86 1.) 49 48 3/4 3/4 50 48 3/4 1 24.7/8 2.3/8 1. S2 (pol. Diâmetros externos de tubos preferenciais.35 a + 120 .1/4 MJOR 24 VJOR 24 M48x2 22 60 42 76 89 1. acresentar na referência o sufixo “ xAT” .Fax: (19) 3272-0614 . do O-ring Sext.5 M18x1.aço Diâm.1/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .25 a + 200 Para solicitação dos itens em execução AT. ext.1/4 2.5 16 JMOA 16xM22x1.2 12 27 12 JMOA 12xM18x1.É posicionável através da posição adequada de porca (Sext.: 1 . ext.Para conexões em latão ou inox.1/16 1. consulte-nos.5 M16x1. S1 I 1 (pol.5 A D 3 I Sext. tubo: 38 mm Medida da rosca macho: M48x2 Rosca Métrica paralela Diâm.1/4 MOR 50 VOR 50 60 70 1.1/2 MJOR 53 VOR 53 26.) L Aço 12 24.5 M16x1. nº 366 .Fornecido com O-ring correspondente: Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton.1/4 2.5 M22x1. 3 .) Buna-N Viton 1 MOR 48 VOR 48 1 MOR 48 VOR 48 1. 2 .

7 16 15.5 38.3/8 1.5 16.5 22.7/8 1.5 22.5/16 1.3/8 1.3/16 UNF Rosca UNF paralela A I L Aço 5/16 3/8 7/16 7/16 1/2 9/16 9/16 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF 7.7/8 UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF UNF 1.) 22.1/16 1.1/16 1.Fax: (19) 3272-0614 .5 9.7 14 15 16 Referência: JM Material da conexão: “A” .5 22.7/8 Aço 1. consulte-nos C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 25.1/16 1.) (pol. ext.3/4 2 2 2.1/16 1.4 28 30 32 35 38 42 Rosca UNF paralela A I L I 1 Sext. nº 366 .1/4 2.4 8 9.5 15 15 16.5 16.5 31 31 31 34 34 3/8 3/8 3/8 3/8 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 7/8 7/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.São Bernardo .5 7.5 72 72 71 71 71 77 77 78 40 40 45 45 50 50 54 54 54 59 59 59 1.7 12.1/4 2. OBS.5/8 1.5/8 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 25. 3 .2 9. tubo 4 5 6 6.As dimensões acima são nominais.5/16 1.5/8 1.5/16 1.3/16 1.1 12.5/16 1.5/8 1. ext.5 45 45 45 48 49 Sext. externo do tubo: 20 mm Medida da rosca macho: 1. S2 S1 (pol. 2 .1/16 1.5/8 1.3/16 1.: 1 .2 10 10 11. tubo 18 19 20 22 25 25.2 9.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo do tubo e a medida da rosca.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Sext. por motivos técnicos e comerciais.5 10 12 12.5/16 1.) 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 31 31 34 34 43 43 42 40 40 45 43 43 56 56 61 61. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 22 22 22 25 25 32 32 35 35 37.1 11.7/8 1.5 25.7/8 1. I S1 S2 1 (pol.1/8 Diâm.1/4 1.3/8 1.) (pol.1/16 1.5/16 1.7/8 1.5/8 1.5/8 1.aço Diâm. Sext. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.5 38.Para conexão em latão ou inox.44 CONEXÕES COM ROSCA MACHO JOELHO MACHO UNF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JMA 20x1.5/16 1.1 11.3/16UNF JMA Aço Diâm.1/2 Dimensões em milímetros.

7 3/8 NPT 1/2 NPT 14. tubo Rosca NPT cônica Aço Latão e Inox 1/2 NPT 3/4 NPT Sext.5/8 9. vide pág.5 1/4 NPT 3/8 NPT 14.5/16 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais. ext.1/4 NPT 25 40 71 54 1.45 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE MACHO NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TMC 8x3/8NPT TMA Aço TMC Latão TMI Inox Diâm.5/8 1.5 1/2 11/16 25 3/4 NPT 1 NPT 33 62 45 1.2 22. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.1/16 38 1.1/16 1.1/4 15 1/2 NPT 3/4 NPT 19 22 25 45 48 31 34 3/4 7/8 1.1/2 Dimensões em milímetros. ext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/16 35 1 NPT 24 1.5 3/8 1/2 19 6 1/8 NPT 1/4 NPT 10 15 14.1/2 NPT 25 43 25.São Bernardo .2 16.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.1/8 42 1. S1 S2 (pol.5 3/8 5/8 20 1/2 NPT 19 3/4 NPT 29 56 6. Sext.Para solicitação de intens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.3/8 2.5 32 14.5 38.2 22 19 45 31 3/4 1 32 1 NPT 24 1.7/8 2.) A I L 19 25 50 34 7/8 1.3/8 I 1 4 1/8 NPT 1/4 NPT 10 16 14.5 3/8 1/2 18 5 1/8 NPT 1/4 NPT 10 15.1/4 NPT 1.5 38.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.4 3/4 NPT 1 NPT 19 33 24 62 45 1.2 32 22.5 1/2 3/4 28 3/4 NPT 1 NPT 19 24 42 71 54 1.2 35 22.5 45 1.5/8 2 12.5/8 2. S1 S2 (pol.2 15 18 35 38 22. externo do tubo: 8 mm Medida da rosca macho: 3/8 NPT A I L I 1 Sext. nº 366 . OBS.5 1/2 3/4 25.7/8 1/2 NPT 3/4 NPT 19 24 19 24 59 1.2 16.5 25.5 25. tubo Rosca NPT Cônica Aço Latão e Inox Referência:TM Material da conexão: “C” .5/16 1.1/4 NPT 25 40 72 54 1.4 1/4 NPT 3/8 NPT 14.) (pol.1/4 NPT 1.5 37.1/16 1.3/8 40 1.2 22 19 45 31 3/4 1.5 1/2 5/8 22 3/4 NPT 1 NPT 29 34 56.) Diâm.1/4 19 31 56 40 1.5/8 2 14 3/8 NPT 1/2 NPT 14.1/2 NPT 25 43 25. por motivos técnicos e comerciais. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.5/8 10 1/4 NPT 3/8 NPT 14.3/4 12 3/8 NPT 1/2 NPT 14. 2 .: 1 .2 22 19 45 31 3/4 1 30 1 NPT 24 1. 3.1/4 16 1/2 NPT 3/4 NPT 19 25 49 34 7/8 1.5 77 59 1.) (pol.1/4 NPT 25 40 71 54 1.1/16 1.5 3/8 25.5/16 8 1/4 NPT 3/8 NPT 14. Sext.5 25.Fax: (19) 3272-0614 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 40 61.latão Diâm.5 78 1.2 16. 4 e 5.

5 3/8 28 1/2 19 6 1/8 BSP 1/4 BSP 8 12 15 23 35 43 22.4 1/4 BSP 3/8 BSP 12 23 43 28 3/8 25.1/4 31 56 40 1. tubo Rosca BSP paralela Aço Latão e Inox A I L I 1 Sext.5/16 8 1/4 BSP 3/8 BSP 12 24 45 30. por motivos técnicos e comerciais.Para solicitação de intens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.São Bernardo .1/8 42 1. tubo Rosca BSP paralela A I Aço Latão e Inox 1/2 BSP 14 25 16 35 3/4 BSP Sext.5 3/8 28 1/2 18 5 1/8 BSP 1/4 BSP 8 12 15.5 32 23. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.7/8 2.5/16 1.5 1/2 5/8 22 3/4 BSP 1 BSP 16 18 29 44 56. Sext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .1/4 15 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 30 35 53 58 38 44 3/4 7/8 1.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.1/4 BSP 20 40 51 72 83 54 60 1.1/2 BSP 20 22 43 56 77 90 59 65 1.5 1/4 BSP 3/8 BSP 12 24 46 30.1/16 1.5/8 2 12.) (pol.5/8 2.Fax: (19) 3272-0614 .5 1/2 3/4 25.5 1/2 3/4 28 3/4 BSP 1 BSP 16 18 42 71 54 1. S1 S2 (pol. ext.3/4 12 3/8 BSP 1/2 BSP 12 14 22 30 45 53 31 38 3/4 1 30 1 BSP 18 1.1/4 BSP 1. S1 S2 (pol.) L I 1 50 60 34 44 7/8 1.1/16 1.5 1/2 11/16 25 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 43 62 72 45 53 1.5 40 71.1/16 38 1.: 1 .5/8 10 1/4 BSP 3/8 BSP 12 24 46 30.7/8 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 1/2 BSP 14 3/4 BSP 16 1.5 40 22. Sext.5 3/8 28 5/8 20 6.3/8 29 56 40 1.3/8 2. OBS.1/4 BSP 1.5/16 1.1/16 35 1 BSP 18 1.) (pol.5/8 1.5 30.3/8 4 1/8 BSP 1/4 BSP 8 12 16 23 32 39 22.46 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE MACHO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TMA Aço TMC Latão TMI Inox TMA 12x1/2 BSP Referência:TM Material da conexão: “A”.4 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 43 62 72 45 53 1. ext.1/2 BSP 20 22 43 56 78 91 59 65 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Diâmetros externos de tubos preferenciais. 2 .1/16 1.1/4 16 1/2 BSP 3/4 BSP 14 25 16 35 49 59 34 44 7/8 1. 3.1/2 Dimensões em milímetros. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.1/4 BSP 20 40 51 71 82 54 60 1.1/4 BSP 20 40 51 71 82 54 60 1.7 3/8 BSP 1/2 BSP 12 14 22 30 45 53 31 38 3/4 1 32 1 BSP 18 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. externo do tubo: 12 mm Medida da rosca macho: 1/2 BSP Rosca BSP Diâm.5/8 9.aço Diâm.5 53 1.5 45. vide páginas 4 e 5.) Diâm.5/8 2 14 3/8 BSP 1/2 BSP 12 14 22 30 45 53 31 38 3/4 1.

5 3/8 5/8 20 M27x2 16 29 56 40 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 3/8 1/2 19 M24x1.4 M33x2 18 43 72 53 1.5 3/8 1/2 18 M22x1.5/8 9. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.: 1 .4 M10x1 8 15 35 22.1/4 5 M8x1 8 15.5 14 31 56 40 1.5 37.5 1/2 3/4 28 M33x2 18 42 71 54 1.5 1/2 3/4 25.5 Rosca Métrica Diâm.1/8 42 M48x2 22 56 91 65 1.São Bernardo .5/8 1.1/16 1.5 12 24 46 30. Sext. ext.5 12 22 45 31 3/4 1 32 M42x2 20 51 82 60 1.) (pol. OBS.1/16 1.1/4 16 M22x1.1/4 15 M18x1.1/16 35 M42x2 20 51 83 60 1.5/8 10 M16x1.5 25.) (pol. Sext.5 14 25 49 34 7/8 1.7/8 2.1/16 1.5 Aço TMC Latão TMI Inox Referência: TM Material da conexão: “A” . tubo Rosca Métrica paralela A Aço Latão e I nox I L I1 Sext.5/16 1. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.3/4 12 M16x1. 3.5/16 1.3/8 6.5 16 29 56. S1 S2 (pol.1/16 38 M48x2 22 56 90 65 1.) 4 M8x1 8 16 32 22.5 14 30 53 38 3/4 1.5 12 24 46 30.Fax: (19) 3272-0614 .) Diâm.7 M18x1.5/8 2. tubo paralela Aço Latão e Inox A I L I 1 Sext. Medida da rosca macho: M22x1.5 12 22 45 31 3/4 1 30 M42x2 20 51 82 60 1.5 3/8 5/8 22 M26x1. nº 366 . por motivos técnicos e comerciais.5 12 22 45 31 3/4 1. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 32 22.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. externo do tubo: 16 mm. vide páginas 4 e 5.3/8 8 M12x1.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.5 1/2 11/16 25 M33x12 18 43 72 53 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.3/8 6 M10x1 8 15 35 22.1/2 Dimensões em milímetros.5 14 25 50 34 7/8 1.47 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE MACHO MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TMA TMA 16xM22x1.5 40 1.5/8 2 12. 2 . S1 S2 (pol.5/8 2 14 M20x1.7/8 2.5 M16x1.5 12 16. ext.aço Diâm.

Sext.7/8 2.5 38.1/16 1.1/16 UNF 15 31 56 40 1.3/16 UNF 15 34 61 45 1. S1 S2 (pol.1/4 5 3/8 UNF 7.1/16 1. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.4 1.2 16.1 22 45 31 3/4 1.As dimensões acima são nominais.5/16 UNF 15 43 72 50 1.5/8 1. OBS.) (pol.5/16 1.1/16 38 1. tubo Rosca UNF paralela A I L I 1 Sext.5/8 10 9/16 UNF 10 16.5 15.1/4 15 7/8 UNF 12. consulte-nos.1/16 35 1.4 7/16 UNF 9.: 1 .7 25 49 34 7/8 1.7/8 UNF 15 43 77 59 1.1 22 45 31 3/4 1 30 1.7/8 2.1 22 45 31 3/4 1 32 1.5/8 2 14 3/4 UNF 11.5 25.5 32 22.5 9/16 UNF 10 16.1/8 42 1. 3 .5/16 1. ext.5 3/8 1/2 19 1.3/8 8 1/2 UNF 9. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 1/2 11/16 25 15 43 72 50 1.3/16 UNF 15 34 61. tubo Referência:TM Material da conexão: “A” .7 3/4 UNF 11.) (pol.2 15 35 22.5 1/2 3/4 25.3/4 12 3/4 UNF 11. nº 366 .5/8 2 12.5 45 1.5/8 UNF Rosca UNF paralela A I L Aço I 1 Sext. S1 S2 (pol. Sext.5 38.3/8 6 7/16 UNF 9. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/16 1.5 25. externo do tubo: 30 mm Medida da rosca macho: 1.5 3/8 5/8 20 1.7/8 2.5 16 32 22.5/16 UNF 1.2 15 35 22.7 25 48 34 7/8 1.) Aço 4 5/16 UNF 7.5 3/8 5/8 22 1. ext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5/16 1.5 25.1/4 16 7/8 UNF 12. por motivos técnicos e comerciais.5 3/8 1/2 18 1. 2 .5/8 UNF Aço TMA Diâm.7/8 UNF 15 43 78 59 1.3/8 6.) Diâm.7/8 UNF 15 45 77 59 1.Para conexões em latão ou inox.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.1/2 Dimensões em milímetros.1/16 UNF 15 31 56 40 1.5/8 UNF 15 40 71 54 1.5/8 9.5 1/2 3/4 28 1.48 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE MACHO UNF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TMA 30x1.aço Diâm.5 37.São Bernardo .5/16 UNF 15 42 71 54 1.Fax: (19) 3272-0614 .5/8 UNF 15 40 71 54 1. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.

São Bernardo . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .

1/16 1.3/4 12 3/8 BSP 1/2 BSP 12 14 22 25 45 48 31 34 3/4 7/8 1 30 1 BSP 18 1.7/8 2 12.5 33 23. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 40 70.5 3/8 1/2 25.1/4 BSP 1. S1 S2 (pol.5 54 1.1/16 42 1.4 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 42 62 71 45 54 10 1/4 BSP 3/8 BSP 12 24 22 46 44 33 31 1/2 3/4 3/4 28 3/4 BSP 1 BSP 16 18 42 71 54 1. ext. OBS.4 1/4 BSP 3/8 BSP 12 25.5 33 5/8 20 6.1/2 Dimensões em milímetros.1/2 BSP 20 22 43 54 78 89 59 70 1.) (pol.3/8 1. 2 .aço Diâm.1/16 31 56 40 1.5/8 1.: 1 .5/16 9.5 3/8 1/2 26 42.5/8 2. por motivos técnicos e comerciais.5/8 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5/8 8 1/4 BSP 3/8 BSP 12 24 22 45 43 33 31 1/2 3/4 11/16 25 3/4 BSP 1 BSP 16 18 33 42 62 71 45 54 1.Fax: (19) 3272-0614 .1/16 38 1.1/16 1.1/4 16 1/2 BSP 3/4 BSP 14 25 16 31 49 55 34 40 7/8 1.5/8 2.3/8 4 1/8 BSP 1/4 BSP 8 12 16 32 22.1/4 1. externo do tubo: 8 mm Medida rosca macho: 3/8 BSP A I L I1 Sext. S1 S2 (pol. nº 366 .) 50 56 34 40 7/8 1. vide páginas 4 e 5.5 42.5/16 1. Sext. utilize as conexões de nossa linha de adaptadores.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .As dimensões acima são nominais e válidas para os ítens em aço.5 32 22.5 33 1/2 1/2 18 5 1/8 BSP 1/4 BSP 8 12 15.5/8 1.5 1/4 BSP 3/8 BSP 12 24 22 46 44 33 31 1/2 3/4 3/4 25.São Bernardo .3/8 29 56 40 1.5 3/8 26.5 43.7/8 2. tubo Rosca BSP paralela A I Aço Latão e Inox 1/2 BSP 14 25 16 31 3/4 BSP L I 1 Sext.5 45.) Diâm.1/16 1. Sext.5 45.7/8 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 14 1/2 BSP 3/4 BSP 16 1.5/8 1. Diâmetros externos dos tubos preferenciais. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo do tubo e a medida da rosca.5/8 1.5/8 1.1/4 BSP 20 40 45 71 76 54 59 1.1/2 BSP 20 22 43 54 77 88 59 70 1.) (pol. ext.1/8 1.1/16 35 1 BSP 18 1.7 3/8 BSP 1/2 BSP 12 14 22 25 45 48 31 34 3/4 7/8 1 32 1 BSP 18 1. 3.1/16 1.1/4 1.1/4 BSP 20 40 45 72 77 54 59 1.50 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE VERTICAL BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TVA Aço TVC Latão TVI Inox Diâm.5 31 1/2 3/4 5/8 22 3/4 BSP 1 BSP 16 18 29 43 56.7/8 2 14 3/8 BSP 1/2 BSP 12 14 22 25 45 48 31 34 3/4 7/8 1.1/4 BSP 20 40 45 71 76 54 59 1.1/4 BSP 1.5 33 1/2 19 6 1/8 BSP 1/4 BSP 8 12 15 35 22. tubo Rosca BSP paralela Aço Latão e Inox TVA 8 x 3/8 BSP Referência:TV Material da conexão: “A” .7/8 15 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 25 31 48 54 34 40 7/8 1.

) Diâm.1/16 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.) 4 M8x1 8 16 32 22. 2 .5/8 1.1/16 38 M48x2 22 54 88 70 1.Para solicitação de itens com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5 12 16. S1 S2 (pol) (pol.5 3/8 1/2 18 M22x1.1/4 15 M18x1.3/4 12 M16x1.5 14 25 49 34 7/8 1.5 Aço Referência: TV Material da conexão: “I” .7/8 2 14 M20x1.5 36. ext.5/8 1.5 3/8 5/8 22 M26x1.5/8 1.5/8 9.5 32 22.1/4 5 M8x1 8 15.4 M10x1 8 15 35 22.7/8 2 12.1/4 16 M22x1.4 M33x2 18 42 71 54 1.5 14 31 56 40 1. externo do tubo: 12 mm Medida da rosca macho: M16x1. vide pág. OBS.: 1 . ext.5 12 22 44 31 3/4 3/4 25.5 3/8 5/8 20 M27x2 16 29 56 40 1.7/8 2.51 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE VERTICAL MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TVA TVC Latão TVI Inox Diâm. 4 e 5.1/16 1.5 16 29 56.5 M16x1.Inox Diâm. Diâmetros externos de tubos preferenciais.3/8 6.5 12 22 44 31 3/4 3/4 28 M33x2 18 42 71 54 1.5 3/8 1/2 19 M24x1.7/8 2. S1 S2 (pol) (pol.5 1/2 11/16 25 M33x2 18 42 71 54 1.3/8 6 M10x1 8 15 35 22. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Sext.São Bernardo .1/16 35 M42x2 20 45 77 59 1. por motivos técnicos e comerciais.5/8 10 M16x1.5 Rosca Métrica paralela A Aço Latão e Inox I L I 1 Sext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/2 Dimensões em milímetros.7 M18x1.5 14 25 48 34 7/8 1. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.Fax: (19) 3272-0614 .Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.5 12 22 45 31 3/4 1.7/8 2. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 14 25 50 34 7/8 1.5 40 1.5 12 22 45 31 3/4 1 32 M42x2 20 45 76 59 1.5 12 22 45 31 3/4 1 30 M42x2 20 45 76 59 1. nº 366 .3/8 8 M12x1.1/16 1.1/8 42 M48x2 22 54 89 70 1. 3.5 25. tubo Rosca Métrica paralela Aço Latão e Inox A I L I1 Sext. tubo TVI 12xM16x1. Sext.

: 1 .3/4 5 3/8 UNF 7.3/16 UNF Rosca UNF paralela A I L Aço I 1 Sext. S1 S2 (pol.7/8 2.1/16 UNF 15 31 56 40 1. OBS.5/16 UNF 15 42 71 54 1.2 15 35 22.São Bernardo .7/8 UNF 15 45 77 59 1.3/8 6 7/16 UNF 9.) (pol.3/4 12 3/4 UNF 11.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.7/8 2 12.5 38.1/16 38 1. nº 366 .5 1/2 11/16 25 1.5 1/2 3/4 28 1. Sext.1/2 Dimensões em milímetros.5 1/2 3/4 25.2 15 35 22.5/8 UNF 15 40 71 54 1.7/8 2 14 3/4 UNF 11.3/8 8 1/2 UNF 9.5 25. Diâmetros externos de tubos preferenciais.7 25 48 34 7/8 1.7/8 UNF 15 43 77 59 1. 2 .Para conexões em latão ou inox.5/16 1. ext.52 CONEXÕES COM ROSCA MACHO TE VERTICAL UNF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: TVA 20x1.5 3/8 5/8 22 1. por motivos técnicos e comerciais.1/16 1. tubo Rosca UNF paralela A I L I1 Sext.1 22 45 31 3/4 1 32 1.5/8 UNF 15 40 71 54 1.1 22 45 31 3/4 1 30 1.3/8 6. tubo Referência:TV Material da conexão: “A” .5/8 1.5 3/8 1/2 19 1.5/8 1.5 16 32 22.5 32 22.1/4 15 7/8 UNF 12.3/16UNF Aço TVA Diâm.4 1.5/8 9.5 3/8 1/2 18 1.7/8 2. Sext. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores. externo do tubo: 20 mm Medida da rosca macho: 1.) Aço 4 5/16 UNF 7.5/8 10 9/16 UNF 10 16.5/16 1.) Diâm. consulte-nos. S1 S2 (pol.7 25 49 34 7/8 1.5 25.5 15.5 3/8 5/8 20 1.aço Diâm.7/8 UNF 15 43 78 59 1.2 16.5/8 1.5/16 UNF 15 42 71 54 1.5 37.1/16 UNF 15 31 56 40 1.1/4 16 7/8 UNF 12.) (pol.5 45 1.7/8 2.1/8 42 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 9/16 UNF 10 16.As dimensões acima são nominais considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.4 7/16 UNF 9.1 22 45 31 3/4 1.1/16 35 1.3/16 UNF 15 34 61 45 1. ext.7 3/4 UNF 11.5 25.5/16 UNF 15 42 71 54 1.5 38.3/16 UNF 15 34 61. 3 .1/16 1.Fax: (19) 3272-0614 .

1/4 NPT 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais por motivos técnicos e comerciais.5 27 3/8 1/2 19 1/2 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT - 19 30 55 39 1.1/4 NPT 1.2 19 22 45 31 3/4 1 32 1. OBS. S1 (pol.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e medida da rosca.5x1/4 NPT Referência: CM Material da conexão: “A” .1/2 NPT 25.2 19. vide páginas 4 e 5.1/2 NPT 1.5/8 2.) Sext.5/8 2 14 3/8 NPT 1/2 NPT 1/2 NPT 14.1/16 1.5 29 63 45 1. ext. S2 (pol.2 19 22 45 31 3/4 1.5 39.5/8 2 12.: 1 .São Bernardo .5 36.) Aço Latão e Inox 4 1/8 NPT 1/4 NPT 1/8 NPT - 10 14.5 27 3/8 5/8 22 3/4 NPT 3/4 NPT 1 NPT - 19 24 30 31 57.1/16 35 1.2 20 42 29 1/2 3/4 25.2 19. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.5/16 1.4 3/4 NPT 1 NPT 1 NPT 19 24 30 59 42 1.5 1/4 NPT 3/8 NPT 1/4 NPT - 14.5/8 1 NPT 9.2 20 36.5/16 1.1/4 NPT 1.1/4 NPT 25 1.5 mm Medida da rosca macho: 1/4 NPT Rosca NPT cônica A I L I1 Sext.1/4 NPT 24 25 29 60 43 1.1/2 NPT 25. 3.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. nº 366 .) Diâm.1/4 NPT 1.1/4 NPT 25 29 61 43 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.2 19 22 45 31 3/4 1 30 1 NPT 1.5 27 3/8 1/2 18 1/2 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT - 19 27 52 36 7/8 1.1/4 5 1/8 NPT 1/4 NPT 1/8 NPT - 10 14.5 39 42 1.1/16 38 25 1.7/8 2. 2 .2 20 41 29 1/2 11/16 25 3/4 NPT 1 NPT 19 24 30 59 42 1.5/8 10 1/4 NPT 3/8 NPT 1/4 NPT - 14.53 CONEXÕES COM ROSCA MACHO CURVA MACHO NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: CMA Aço CMC Latão CMI Inox Diâm.3/4 12 3/8 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT - 14.aço Diâm.7 3/8 NPT 1/2 NPT 3/8 NPT - 14.5 39.1/4 NPT 25 29 60 43 1. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.1/8 42 1.1/2 1/2 NPT - - Dimensões em milímetros.Fax: (19) 3272-0614 .2 20 42 29 1/2 3/4 28 3/4 NPT 1 NPT 1 NPT 19 24 31 60 43 1. externo do tubo: 9. S2 (pol.2 20. tubo Rosca NPT cônica Latão e Aço Inox A I L I1 Sext.4 1/8 NPT 1/4 NPT 1/8 NPT - 10 14.1/16 1.3/8 6.5/8 1.3/8 6 1/8 NPT 1/4 NPT 1/8 NPT - 10 14.1/4 16 1/2 NPT 3/4 NPT 19 27 51 36 7/8 1.) Sext. tubo CMA 9.1/16 1.5 58. S1 (pol.5 29 64 45 1.5/16 1.3/8 8 1/4 NPT 3/8 NPT 1/4 NPT - 14.7/8 2.1/2 NPT 1.1/4 15 1/2 NPT 1/2 NPT 3/4NPT - 19 22 27 45 50 31 36 3/4 7/8 1. ext.5 27 3/8 5/8 20 1/2 NPT 3/4 NPT 3/4 NPT 19 28 55 39 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

São Bernardo .) Aço Latão e Inox 4 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 8 12 20. tubo Rosca BSP paralela Latão e Aço Inox A I L I 1 Sext. OBS.1/16 35 1. S2 (pol. S1 (pol.1/4BSP 20 29 60 43 1.1/4 15 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP - 14 16 22 27 45 50 31 36 3/4 7/8 1.1/2 BSP 20 22 29 63 43 45 1.Para solicitação de itens em inox com anel de penetração AI PH e/ou porca de aperto com banho de prata PI AG.1/8 42 1.7/8 2. S1 (pol.5 8 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP - 12 20 41 9.7 3/8 BSP 1/2 BSP 6.54 CONEXÕES COM ROSCA MACHO CURVA MACHO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: CMA Aço CMC Latão CMI Inox Diâm.5/8 1.1/2 BSP 1.1/2 BSP 1. tubo CMC 16x1/2 BSP Referência: CM Material da conexão: “C” .3/8 6 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 8 12 19. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Latão Diâm. nº 366 .3/4 12 14 22 45 29 31 3/4 1 30 1BSP 1.5/8 20 42 29 1/2 3/4 28 3/4 BSP 1 BSP 1 BSP 16 18 31 60 39 41 1.1/4 BSP 18 20 29 60 41 43 1.5/16 1. por motivos técnicos e comerciais.3/8 30 31 57.) Sext.1/16 1. 2 . ext.5 23 27 3/8 1/2 18 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP - 14 16 27 52 34 36 7/8 1.1/4 BSP 1.5 36.1/4 BSP 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 39 41 1. externo do tubo: 16 mm Medida da rosca macho: 1/2 BSP Rosca BSP paralela A I L I 1 Sext.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.1/4 BSP 20 29 61 43 1.7/8 2.5/8 2. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.4 3/4 BSP 1 BSP 1 BSP 16 18 30 59 39 41 1.5 23 27 Dimensões em milímetros.5/16 1.5 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP - 12 20 10 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP - 12 12 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP - 12.1/16 38 1.Fax: (19) 3272-0614 .5 39.4 1/2 BSP - 39.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.1/2 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 8 12 19.: 1 .1/16 1.5/8 2 3/8 BSP - 12 14 22 45 29 31 3/4 1 32 1.1/4 5 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 8 12 20 36.5/16 1. 3. vide páginas. ext.) Diâm.3/8 3/8 5/8 22 3/4 BSP 3/4 BSP 1 BSP - 16 18 29 1/2 11/16 25 3/4 BSP 1 BSP 1 BSP 16 18 30 59 39 41 1.5/8 2 14 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 12 14 22 45 29 31 3/4 1.5/8 42 29 1/2 3/4 25. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.5 23 27 3/8 1/2 19 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP - 14 16 30 55 39 1.1/4 BSP 1. 4 e 5.5 58.1/2 BSP 20 22 29 64 43 45 1.1/4 16 1/2 BSP 3/4 BSP 14 16 27 51 34 36 7/8 1.1/16 1.) Sext.1/4 BSP 1.1/4 BSP 1.5 23 27 3/8 5/8 20 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 14 16 28 55 39 1. S2 (pol.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .

.5 61...1/16 12 13 21 26 30 30 53 53 18.5 9 14 17 14 18 30 35 10 13..1/4 BSP 1.5 68.1/4 BSP 1.5 27 48 59.5 27 48 59.Fax: (19) 3272-0614 .1/16 1. tubo Rosca BSP paralela Latão Aço e Inox 4 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 5 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 6 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 6.5 21.15x3/4 BSP UO.5 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP - 10 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP - 12 3/8 BSP 1/2 BSP 3/8 BSP - 12.8x1/4 BSP UO...5 29 40 3/4 7/8 3/4 3/4 7/8 12 13 21 26 27 30 50 53 18.5 69.5/16 1.3/4 64 1.8x3/8 BSP UO.1/4 BSP 1.19x1/2 BSP UO.28x1 BSP UO. 4 e 5.10x3/8 BSP UO.1/4 BSP 32 35 1.25x3/4 BSP UO.1/4 2 2 20 22 49 55 34.6x1/8 BSP UO.5/8 1.1/4 BSP 38 1.5 27 48 59.5 27 30.5 30.6..5 18...1/4 BSP UO.5/8 1.1/4 BSP UO.3/4 2.1/8 1.5 21.5 27 37.1/2BSP UO..56 CONEXÕES ORIENTÁVEIS UNIÃO ORIENTÁVEL SIMPLES BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UOA UOA 6x1/8 BSP Aço UOC Latão UOI Inox Referência: UO Material da conexão: “A” ..1/2 2 1.5 1.5 54 58.1/16 1....5 55 59..3/8 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5 59.1/16 1..12.5x1/4 BSP UO.1/4 BSP 1..5/8 18 20 39 49 34 36.. por motivos técnicos e comerciais.5 53 57..5/16 64 1..5 37.18x3/4 BSP UO. nº 366 ..4x1/4 BSP UO..30x1.5/8 UO.3/4 2.1/2 BSP 1.1/4 BSP 1..7 3/8 BSP 1/2 BSP 3/8 BSP - 14 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 15 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP - 16 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP - 18 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP - 19 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP - 20 1/2 BSP 3/4 BSP 22 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP - 25 3/4 BSP 1 BSP 1 BSP 25.3/4 1..12.25..5 27 48 1..12x1/2 BSP UO.5/16 1.1/2 BSP 42 1..5 72.1/16 1..32x1.5 67 68..5/8 15 18 31 39 36 65 28..5 1.4x3/4 BSP UO.1/4 1..1/4 BSP UO.5 18 33.1/2 2 2.19x3/4 BSP UO.5 71.9.22x3/4 BSP UO.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 59....1/2 2 2.5x3/8 BSP UO.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço..18x1/2 BSP UO.20x1/2 BSP UO.Fornecido com junta de vedação de cobre JC.4x1/8 BSP UO.) Sext.6. ext...1/16 1.. OBS..22x1 BSP UO....5 64 1.. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada...1/2 BSP 1..10x1/4 BSP UO.5 64 1.5 21.1/4 1.5 40 48 7/8 1.14x1/2 BSP UO.1/16 1.São Bernardo .1/4 Dimensões em milímetros. S1 (pol. 3...1/4 17 18 31 39 33 38 60 65.5 30.3/8 1..5 18.5 1..5 37..5 38 10 13..5 21.1/16 1.5 38 10 13.15x1/2 BSP UO.4x1/8 BSP UO..7x1/2 BSP UO.5x1/8 BSP UO.1/2 BSP 15 18 31 39 36 65 28.5 9 14 17 14.5 48 13.5 1..5 29 40 3/4 7/8 3/4 3/4 7/8 9 12 17 21 25 27 47 49 13......5 61.4x1 BSP 7..35x1.3/4 1.5 21..1/4 13 17 26 31 30 34.Aço Diâm.20x3/4 BSP UO. 2 .5 36 43 73 84 2.1/4 20 22 49 55 34. S2 (pol.5 36 43 73 84 2.6x1/4 BSP UO.5 30..5 22 29 9/16 3/4 5/8 9/16 3/4 9 12 17 21 16..12x3/8 BSP UO.5/16 1.1/4 BSP 1. externo do tubo: 6 mm Medida da rosca macho: 1/8 BSP Diâm.5 29 40 3/4 7/8 11/16 3/4 7/8 9 12 17 21 25 27 47 49 13..16x3/4 BSP UO.3/4 1.5 21.1/16 1 7/8 1.) UO.5 65 67.5 22 29 9/16 3/4 5/8 9/16 3/4 7..5 1.1/16 7/8 1.1/16 1.1/2 2.42x1..5x1/4 BSP UO..1/4 1. vide páginas.3/8 1.1/4 13 17 26 31 34...1/16 1.42x1...5 61..1/16 1 7/8 1.3/4 1.) Sext..5 36 64 73 1.5 22 29 9/16 3/4 1/2 9/16 3/4 7.5 1...4 3/4 BSP 1 BSP 1 BSP 28 3/4 BSP 1 BSP 1 BSP 30 1 BSP 1.5 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..1/2 2.30x1 BSP UO.1/4 BSP UO.1/2 BSP - Referência A d1 I L I1 L1 Sext.5 40 48 1.5 21.3/4 2...5/16 59.25x1 BSP UO.1/4 BSP UO..5 21.5 35 10 13.38x1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/4 13 17 26 31 32..7x3/8 BSP UO..1/4 2 2.1/4 1.. S3 (pol..5 30.5 9 14 17 13.5 18.5/8 15 18 31 39 36 65 28.5 36 36 73 73 2.14x3/8 BSP UO.28x3/4 BSP UO.5 18 33.25..1/4 13 17 26 31 30 34..: 1 .16x1/2 BSP UO.1/16 12 13 21 26 27 30 50 53 18..4x1/4 BSP UO.38x1.5 40 48 7/8 1.1/16 1.5 27 48 59.5 59...1/4 1.5 19 30..4 1/8 BSP 1/4 BSP 1/8 BSP - 8 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP - 9..3/4 2.5 22 29 9/16 3/4 1/2 9/16 3/4 7.9.1/16 13 17 26 31 30 34..5/8 2 20 20 49 49 36 36.5 9 14 17 13..5/16 1.

.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. Diâmetros externos de tubos preferenciais. 3 .1/2 1. .5 UO.5 UO.1/16 1.6xM10x1 UO.1/16 1.42xM48x2 7.5 30.4xM33x2 UO.5 25 27 27 30.5/8 1. .5 29.3/8 1.5 Referência: UO Material da conexão: “A” . . nº 366 .5 29 29 37 37 43 43 1 L 1 22 22 22 22 29 34. .15xM18x1.5 UO.1/16 1. .1/16 1.5 8.São Bernardo .1/2 19/16 1.1/4 2.5/8 1. vide páginas. .5 M16x1.5 37.: 1 .5 UO.1/4 1.5 21. S1 S2 (pol. .5 8.1/8 1. . .1/8 1.1/16 1.5 59. .5 71.5 18 18 18 18 20 20 22 22 d1 12 12 14 14 16 20 20 20 22 24 22 27 27 30 33 32 39 39 39 39 49 49 55 55 I L I 13. .5 UO.5 UO. .Fax: (19) 3272-0614 .5 M24x1. . externo do tubo: 12 mm Medida da rosca macho: M16x1. .12.5 UO. S3 (pol.3/4 1.Aço Diâm. .3/4 2.5 34.5 37.4 28 30 32 35 38 42 UOA 12xM16x1.5/16 1.9/16 1. . ext.5 M18x1. .8xM12x1.5 32.Fornecido com junta de vedação de cobre JC.5/8 1. .20xM27x2 UO.4xM8x1 UO.1/16 1 1. OBS. .1/2 2.30xM33x2 UO.5 8.38xM48x2 UO.5 11 11 11 11 14.5/8 . . .5 44 49 49 50 53 53 53 58. tubo 4 5 6 6.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 33.5 21. por motivos técnicos e comerciais.25.19xM24x1.4xM10x1 UO.5xM8x1 UO.5 M16x1.3/4 2 2 2.5 UO.1/2 1.5 M33x2 M33x2 M33x2 M33x2 M42x2 M42x2 M48x2 M48x2 Referência A UO.7xM18x1.35xM42x2 UO.22xM26x1.1/2 Dimensões em milímetros. .5 14.5 M16x1.5 34. .1/4 2.5 30 33.9/16 11/16 7/8 7/8 7/8 1 1.5/8 2 2 2.5 M22x1.5 Rosca Métrica paralela Aço Latão e Inox M8x1 M8x1 M10x1 M10x1 M12x1. .5 M22x1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5 36 36 36 34 36. .1/4 2.5 M27x2 M26x1. .1/4 1.5 10 12 12.5 59.3/4 2. . .4 8 9.32xM42x2 UO.1/4 1.5/16 1. .5/8 1. 2 .5 7.1/2 2.5 12 15 12 16 16 14 15. . .5 59.5 M20x1.5/8 1.) (pol.5xM16x1. .) Sext.3/4 7/8 7/8 7/8 1.1/4 1.1/16 1.14xM20x1. .5/16 1.5 UO.) 1. .3/8 1.28xM33x2 UO. . considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada. .5 36.5 60 60 60 60 74 74 84 84 Sext.5 23 27 27 27 30 30 30 34. Sext.5/16 1.11/16 3/4 3/4 1 1 1.18xM22x1.9. . .5 M18x1. .3/8 1.5 34.5 34. .5 UO.5 24.5 60 65 65 65 65 67.3/4 1.25xM33x2 UO.5 71. .9/16 1.5 68.5 7 8.5/16 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.5 U O. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.57 CONEXÕES ORIENTÁVEIS UNIÃO ORIENTÁVEL SIMPLES MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UOA Aço UOC Latão UOI Inox Diâm. .10xM16x1. .5 14 13. .5 48 48 48 53 53 55 58.12xM16x1. .9/16 1.1/16 1.9/16 1.5/8 1.16xM22x1.1/2 2.5 8.3/4 1.5 32. . 4 e 5.1/2 1.5 24.5 13.5 59. .6.5 16 16 16 21.

do tubo: 6 mm Medida rosca macho: 1/4 BSP Diâm.Fornecido na parte superior com junta de vedação de cobre (JC).5 45.Para conexões em latão ou inox.3/4 1. ext.7/8 1. para diâmetro externo tubo até 16mm e.7/8 11/16 1. nº 366 . ext. consulte-nos.1/4 32 2.) 6 1/8 BSP 1/4 BSP UOSIA 6x1/8 BSP UOSIA 6x1/4 BSP 8 12 14 18 25. 3 . 6 1.1/8 12 20 3/4 BSP UOSIA 20x3/4 BSP 17 32 35 38 59 65 27 57 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/8 2 22 24 38 1.São Bernardo .5 38 76. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 59.5 2.) Sext.5 78.3/8 17 25 30 1 BSP 1.58 CONEXÕES ORIENTÁVEIS UNIÃO ORIENTÁVEL COM SEXTAVADO INTERNO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UOSIA UOSIA 6x1/4 BSP Aço Referência: UOSI Material da conexão: “A” . na parte inferior com junta de vedação cortante de aço (JKA) correspondentes.1/16 1 8 110 10 1/4 BSP 3/8 BSP UOSIA 10x1/4 BSP UOSIA 10x3/8 BSP 12 18 22 27 30 49 52 16 18 33 37 1.1/2 BSP 22 55 44.1/4 BSP UOSIA 25x 1 BSP UOSIA 30x1.5 48.3/4 Dimensões em milímetros.As dimensões acima são nominais. com O-Ring para diâmetro externo tubo 20 a 38mm e. S1 S2 (pol. S3 (pol.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada. por motivos técnicos e comerciais.5/16 1.5 28.5 33 1.1/4 BSP 18 20 41 49 37.1/2 1.5 66.1/16 3/4 8 10 12 3/8 BSP UOSIA 12x3/8 BSP 12 22 30 53 18 37 1.Aço Diâm.: 1 .7/8 1.5 28 34.) (pol.1/16 1 10 16 1/2 BSP UOSIA 16x1/2 BSP 14 26 23 46 1. tubo Rosca BSP paralela Referência A d I L I Aço 1 1 L 1 Sext.1/2 BSP UOSIA 38x1.5 70 2 2.5 74. 1. 8 8 1/4 BSP 3/8 BSP UOSIA 8x1/4 BSP UOSIA 8x3/8 BSP 12 18 22 27 30 48 51 16 18 33 37 1. Sext.5/8 1.Fax: (19) 3272-0614 . 2 .3/4 1. OBS.5 43.5 12 16 26.

5/16 1.) 1.1/16 1. 2 .Fornecido na parte superior com junta de vedação de cobre (JC).5 44. 3 .As dimensões acima são nominais.3/4 2 2. Sext. nº 366 .5 M16x1.5 48 52 53 59 65 66. externo do tubo: 30 mm Medida da rosca macho: M42x2 Aço Rosca Métrica paralela Referência A d1 I L I 15 18 21 21 29 34 39 49 57 25.5 14 20xM27x2 16.5 M27x2 M33x2 M42x2 M48x2 UOSIA UOSIA UOSIA UOSIA UOSIA UOSIA UOSIA UOSIA UOSIA 6xM10x1 8. com O-Ring para diâmetro externo tubo 20 a 38mm e.3/4 1.5 70 76.5 M22x1. por motivos técnicos e comerciais.São Bernardo .1/4 Dimensões em milímetros.5 27 30 30 35 38 37.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . na parte inferior com junta de vedação cortante de aço (JKA) correspondentes.5 8xM12x1.1/8 1.5 M16x1.Para conexões em latão ou inox. OBS.5/8 11/16 3/4 1 1. 32 1.5 43.Fax: (19) 3272-0614 .7/8 1.5 12 10xM16x1. Diamêtros externos de tubos preferenciais.5 38 Aço M10x1 M12x1.5 45. ext. 6 1.5 25xM33x2 18 30xM42x2 20 38xM48x2 22 1 L 1 24 30 37 37 46 58 59.5 78. tubo 6 8 10 12 16 20 25 30 38 UOSIA 30xM42x2 Referência: UOSI Material da conexão: “A” .aço Diâm.59 CONEXÕES ORIENTÁVEIS UNIÃO ORIENTÁVEL COM SEXTAVADO INTERNO MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UOSIA Diâm. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.3/8 1.17 1.) (pol.1/2 2.10 1.5 12 12xM16x1. para diâmetro externo tubo até 16mm e.5 74.: 1 .5 12 15 18 18 23 28 28 34. S3 (pol.24 1.3/4 1.22 1.5 Sext. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. consulte-nos. 6 1.) Sext. S1 S2 (pol.10 1 12 1.5/8 2 2.5 12 16xM22x1.1/16 1.

nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

) (pol..5 UOD.5 21.5 UOD.5 21.5 UOD. 3. ext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .3/8 1. OBS.32xM42x2 UOD.5 28 28 33. Diâmetros externos de tubos preferenciais. S3 (pol.5 24.5 7. por motivos técnicos e comerciais.5 UOD.5/8 1.1/2 1.5xM8x1 UOD.5 29 29 37 37 43 43 1 L 1 22 22 22 22 27 34 34 34 48 48 48 53 53 55 58.5 UOD. S2 S1 (pol.5 27 31 31 31 33 33 33 38 38 38 36 36 38 38 38 36 36.5 59.1/16 1.1/4 2.5 M22x1..1/16 1.5 UOD.11/16 3/4 3/4 1 1 1.5 8.3/8 1..1/16 1..1/4 1.5 14.5 UOD.5 UOD.3/8 1.28xM33x2 UOD.1/4 2.) Sext.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.12.14xM20x1.5/8 1.. Sext.3/4 1...5 UOD.5/8 1.5/8 1.12xM16x1.5 M33x2 M33x2 M33x2 M33x2 M42x2 M42x2 M48x2 M48x2 Referência UOD..5/8 1.5 48 53 53 54 56 56 56 62 63 63 63 63.5/8 . 2 .7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.1/2 1..6.4 8 9. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada..5/16 1.5 68.1/2 19/16 19/16 11/16 7/8 7/8 7/8 1 1.5 71..1/4 1.5 13.5 M22x1.5 M18x1..5/16 1..5 15.5 37..5xM16x1. tubo 4 5 6 6..5/16 1.7xM18x1.5 60 60 60 60 74 74 84 84 Sext.: 1 .5 21.5 67 67 67 67 67.8xM12x1. externo do tubo: 30 mm Medida da rosca macho: M33x2 Rosca Métrica paralela Aço Latão Inox M8x1 M8x1 M10x1 M10x1 M12x1...5 10 10 10 10 12..5/8 2 2 2.3/4 1..1/4 2.1/2 2.3/4 2 2 2..5 15..5 UOD. 4 e 5.10xM16x1.Aço Diâm.5 25 27 27 30.16xM22x1.35xM42x2 UOD.Fornecido com junta de vedação de cobre JC. nº 366 ..5 M24x1.3/4 1.5 36.9.5 30..5 18 18 18 18 20 20 22 22 d 1 12 12 14 14 16 20 20 20 22 24 22 27 27 30 33 32 39 39 39 39 49 49 55 55 I L I 12 11 13.1/4 1..20xM27x1.1/4 1..1/16 1.5 UOD.5 37.61 CONEXÕES ORIENTÁVEIS UNIÃO ORIENTÁVEL DUPLA MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UODA UODA 30xM33x2 Aço UODC Latão UODI Inox Diâm.Fax: (19) 3272-0614 .5 72..25xM33x2 UOD. vide páginas.5 9 9 9 9 12 15 12 16 16 14 15.19xM24x1.5/16 1..5 10 12 12.1/2 1.1/2 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.4xM10x1 UOD.22xM26x1.5 8..30xM33x2 UOD.4xM8x1 UOD....5 M16x1.4 28 30 32 35 38 42 Referência: UOD Material da conexão: “A” .25..1/2 2.5 15.5 UOD.42xM48x2 A 7.3/4 7/8 7/8 7/8 7/8 1.5 M16x1..5 M16x1.......1/16 1.São Bernardo ...1/16 1.3/4 1.38xM48x2 UOD.1/2 2...5 M20x1.) 1.1/8 1.18xM22x1.3/4 2.1/16 1 1.5 33.3/4 1.1/8 1.5/8 1....1/2 Dimensões em milímetros.5 M18x1.3/4 2. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/16 1.1/2 1..5 21.4xM33x2 UOD.5 M27x2 M26x1..15xM18x1.6xM10x1 UOD.

4 20.VJOR 10 1MJOR 8 1.9/16 1.5/8 UNF 18 JOA 35x1.É orientável atráves do aperto e posição adequada de porca (Sext.VJOR 6 1MJOR 8 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.3/16 UNF 18 JOA 25x1. S2 (pol.5/16 UNF 18 JOA 30x1.7/8 2.VJOR 4 1MJOR 5 1. nº 366 .7/8 1.3/8 37 24 23.5 JOA 18x1.VJOR 24 1MJOR 241.VJOR 12 1MJOR 101.1/4 2.7/8 1.4x7/16 UNF JOA 8x1/2 UNF 11 12 JOA 9.VJOR 4 1MJOR 4 1.5/8 11/16 11/16 1.VJOR 8 1MJOR 101.7/8 UNF 18 I L L1 Sext.5/8 UNF 18 JOA 32x1.VJOR 3 1MJOR 4 1.3/8 1.7/8 UNF 18 JOA 38x1.7/8 UNF 1.7/8 1.1/16 1.) 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.VJOR 12 MJOR 121.7 JOA 16x7/8 UNF 15.VJOR12 1MJOR 141.7/8 1.5 20.3/16 UNF 1.5 JOA 16x3/4 UNF 13.5/16 1.5/16 UNF 1. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.1/4 2.VJOR 8 1MJOR 8 1.5 27.1/16 UNF 7/8 UNF 1.1/16 UNF 18 JOA 19x7/8 UNF 15.VJOR 14 1MJOR 141.1/16 UNF 1.VJOR 10 1MJOR 121.5/8 UNF 1.5/16 UNF 1.5 72 72 72 82 82 90 90 91 37 39 39 39 45 45 48 48 48 1.6 9.3/8 1. acrescentar na referência o sufixo “ x AT”.) 1.5/8 1. tubo 4 5 6 6.5x9/16 UNF 12 JOA 10x9/16 UNF JOA 12x3/4 UNF 13.7/8 UNF Referência Execução normal A JOA 4x5/16 UNF JOA 5x3/8 UNF JOA 6x7/16 UNF 9.VJOR 24 Dimensões em milímetros.5 34.7 13.1/8 32. S1 (pol.7 JOA 12.3/4 2 2 2.5 22 22.VJOR 2 24 1MJOR 241.1/4 2.Fax: (19) 3272-0614 .VJOR 6 1MJOR 6 1.4 28 30 32 35 38 42 Referência: JO Material da conexão: “A” .Para conexões em latão ou inox.1/16 1.25 a + 200 Para solicitação das conexões execução AT.VJOR 10 1MJOR 121.1/4 Referência do O-ring Execução Execução AT normal Viton Bruna-N 1MJOR 2 1. consulte-nos.3/8 1.5/16 1.5/16 UNF 18 JOA 25.VJOR 16 1MJOR 161.VJOR 16 1MJOR 20 VJOR 20 1MJOR 241.9/16 1.7/8 1.1/16 UNF 1.3/16 UNFxAT.1/16 UNF JOA 20x1. externo do tubo: 16 mm. 3 .As dimensões acima são nominais.3/8 1. ext.7 JOA 14x3/4 UNF JOA 15x7/8 UNF 15.62 CONEXÕES ORIENTÁVEIS JOELHO ORIENTÁVEL UNF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JOA JOA 16x7/8 UNF Aço Diâm. Medida da rosca macho: 7/8 UNF Rosca UNF paralela Aço 5/16 UNF 3/8 UNF 7/16 UNF 7/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 9/16 UNF 3/4 UNF 3/4 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 1.5 37 1. S3 (pol.5/8 UNF 1.1/16 20.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/16 1.1/16 UNF 18 JOA 20x1.7x3/4 UNF 13.3 32.35 a + 120 .3 27.4 20.3/16 UNF 1.1/4 1 1.7/8 1.4 8 9.5/16 1.5 22.1/2 Sext. 1 7/8 1.1/4 1.7/16 1.7/8 UNF 18 JOA 42x1.1/16 1.1/2 1.3 7/8 1. 1 1.VJOR 8 1MJOR 8 1.: 1 .7/8 1.5/8 1.VJOR 2 1MJOR 3 1.5/16 UNF 18 JOA 28x1.1/2 1.VJOR 5 1MJOR 6 1.5/16 UNF 1.1/4 39.4x1.7/8 UNF 1.São Bernardo . Exemplo de expecificação: JOA 20x1.3/16 UNF 18 JOA 22x1.5 23 23 24 24 24 30 30 30 35 35 35 43 40 40 43 43 45 46 46 53 53 53 58 60 60 68 43 68 41 68 37 41 43 43 43 51 51 58 56 56 68.1/16 1.VJOR 14 1MJOR 161.Aço Diâm. Diâmetros externos de tubos preferenciais.S 3 ) 4 .6 11 11 JOA 6.1/4 1.1/2 1.5 18 JOA 19x1.1/4 2. por motivos técnicos e comerciais.3 27. OBS.VJOR 16 MJOR 161.) 3/8 3/8 3/8 3/8 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 7/8 Sext.1/2 1.5 10 12 12.VJOR 8 1MJOR 101.5/8 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25. 2 .5/8 1.Fornecido com O-ring correspondente: Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização ( °C) .5 1.

1/16 1.3/4 3 11/16 3/4 1 1.5/8 2 2.) Sext.1/4 BSP 35x1.5 92 50.35 a + 120 .aço Diâm. do O-ring Sext. consulte-nos.5 102 Sext. externo do tubo: 25 mm Medida da rosca macho: 1 BSP Rosca BSP paralela Referência Execução normal A I L 27 30 30 35 43 37 39. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores 4 .) Buna-N Viton 3/4 7/8 7/8 1.5/16 1.1/4 GOR GOR GOR GOR GOR GOR GOR GOR GOR 37 58 58 48 50 51 44 44 54 VOR VOR VOR VOR VOR VOR VOR VOR VOR 37 58 58 48 50 51 44 44 54 Dimensões em milímetros.63 CONEXÕES GIRATÓRIAS JOELHO GIRATÓRIO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JGA 25x1 BSP Aço JGA Diâm.1/2 BSP JGA JGA JGA JGA JGA JGA JGA JGA JGA 8x1/4 BSP 10x3/8 BSP 12x3/8 BSP 16x1/2 BSP 20x3/4 BSP 25x1 BSP 30x1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 34 59 35.1/4 BSP 38x1.:1 . por motivos técnicos e comerciais.1/4 BSP 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.As dimensões acima são nominais.25 a + 200 Para solicitação dos itens em execução AT. 2 .5 64 41.1/16 1.5 92 56. acrescentar na referência o sufixo “ x AT”.1/4 2. APLICAÇÃO: O Joelho Giratório pode ser aplicado em ligações onde existe movimento relativo e rotativo intermitente.1/4 BSP 1.Para conexões em latão ou inox. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.5 40 38 48 52 53 60 70 66 70.1/2 2 2 2.5 40 27 47.3/8 1.5/8 1.5 73 50.3/4 2. com baixa velocidade com amplitude menor que uma volta.Fornecido com O-ring correspondente: Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) . Execução Execução S3 normal AT (pol.1/4 1.São Bernardo .Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca. ext.5 72 72 I1 L1 Aço 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.1/16 1. S1 (pol. TRATAMENTO SUPERFICIAL: Eletrodeposição de zinco com cromatização amarela. OBS.1/8 1.1/4 Ref. Exemplo de expecificação: JGA 20x3/4 BSPx AT.5 27 47. S2 (pol.1/2 BSP 12 12 12 14 16 18 20 20 22 22. 3 . nº 366 . tubo 8 10 12 16 20 25 30 35 38 Referência: JG Material da conexão: “A” .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .3/4 2.) 7/8 1.Fax: (19) 3272-0614 .

nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

1/4 1.5 1/4 NPT 1/4 NPT 16 3/8 NPT 3/8 NPT 16.1/4 1.1/4 60.5 33 58 60 1. S1 (pol.1/4 NPT 1.) Sext.: 1 .5 56.5 27 49 11/16 3/4 7/8 3/4 10 11 23 1/4 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 16 25 3/8NPT 3/8 NPT 16.1/4 7/8 7/8 1.1/16 5/8 18 19 11 22.7 14 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 16 16.5 11 22 44 1/8 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 16 25 47 3/8 NPT 3/8 NPT 16.3/8 1.1/4 1.1/4 16.) Sext.5 46. ext.5 34 52 53 58 53 56 59 56 57 59 1 1.5 9/16 46.1/16 33.5/8 1.7/8 1.7/8 2 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 5/8 20 1 13/16 7/8 1 1.1/16 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/2 NPT 27 34 69 69 2.5 37.5 28 1/2 NPT 20 29 3/4 NPT 21. vide páginas 4 e 5.1/4 38 1.1/16 1/2 NPT 1/2 NPT 20 29 3/4 NPT 3/4 NPT 21.1/8 1.1/16 1.Fax: (19) 3272-0614 .Para solicitação de itens em inox com anel de penetração AI PH e/ou porca de aperto com banho de prata PI AG.4 12.5 47.1/8 1.5 42. OBS.3/8 1.) Diâm.1/4 26 27 31 35 16 26 16. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.7/8 2.5 9/16 3/4 7/8 8 11 1/8 NPT 23 44 25 46 1/4 NPT 1/4 NPT 16 3/8 NPT 3/8 NPT 16.3/4 1.5 1/2 NPT 37.3/4 1.1/4 1.5 61 66 61 66 60 65 67 67 1.5 1/4 NPT 1/4 NPT 16 26.5 45 47 49 13/16 26 49 7/8 27 50 28 51 1.5 31 1/2 NPT 20 32 3/4 NPT 21.7/8 2 35 1 NPT 1 NPT 1.5/8 1.5 41.1/4 NPT 26 34 1.1/16 3/4 NPT 3/4 NPT 1 NPT 1 NPT 3/4 NPT 3/4 NPT 25 1 NPT 1 NPT 3/4 NPT 3/4 NPT 25. S2 (pol.1/4 NPT 1.5 34 16.5 32 26 37 21. 2 .5 41. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada. por motivos técnicos e comerciais. ext.5 27.6 3/4 47.5 34 16.5 1/8 NPT 26.1/2 NPT 27 34 34 68 71 2 2.5 28 20 30 49 50 54 58 49 51 53 Rosca NPT cônica Aço Latão e inox B I L Sext.3/4 32 1 NPT 1 NPT 26 1.1/4 NPT 22 21.1/4 1/2 NPT 1/2 NPT 20 31 3/4 NPT 3/4 NPT 21.1/16 1.1/4 2.65 CONEXÕES COM ROSCA FÊMEA UNIÃO FÊMEA NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UFA Aço UFC Latão UFI Inox Diâm.5 9/16 3/4 1/2 15 5 1/8 NPT 1/8 NPT 11 1/4 NPT 1/4 NPT 16 21 25 9/16 1/2 3/4 16 6 1/8 NPT 1/8 NPT 11 22.5/8 1.5 42.5 28 1/2 NPT 20 31 3/4 NPT 21.5 32 26 37 21. nº 366 .3/8 1.5/8 1.5 6.1/4 42 1.5 25.5 33 26 37 21. externo do tubo: 16 mm. tubo 4 1/8 NPT 1/8 NPT 11 1/4 NPT 1/4 NPT 16 21.5 16.1/2 NPT 1.aço Diâm.5 1.5 64.5 3/8 NPT 20 31.5 34 52 57 1.3/8 1.5 20 21.Quando a ligação desejada nâo possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.5/8 1.1/4 NPT 26 1.5 27.1/4 1.1/4 2.5 31 26 36 36 26 36 1. S1 (pol.1/4 NPT 36 36 67 67 1. Medida da rosca fêmea: 1/2 NPT Rosca NPT cônica Aço Latão e inox B I L Sext.5 27 11/16 3/4 7/8 3/4 12 16 1/4 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 16.5/8 1.1/16 1.1/2 NPT1.1/4 NPT 26 34 36 66 68 1.3/8 1. tubo UFA 16x1/2 NPT Referência:UF Material da conexão: “A” .5 27 48 9/16 3/4 11/16 7/8 9.1/16 1.) 1.5 7/8 51.1/4 NPT 1. utilize as conexões de nossa linha de adaptadores.5 1.4 1 NPT 1 NPT 3/4 NPT 3/4 NPT 28 1 NPT 1 NPT 1 NPT 1 NPT 30 1.1/16 1.1/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/4 NPT 1.1/4 2.5 1/2 NPT 1/2 NPT 20 3/4 NPT 21. 3.São Bernardo .5/8 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.1/4 NPT 1. S2 (pol.1/2 Dimensões em milímetros.

1/16 1/2 BSP 1/2 BSP 20 32 55 1.1/4 2 2.1/4 BSP 1 BSP 1 BSP 1.5 42.1/4 BSP 27 38 69 2 1 BSP 25 37 69 1.1/4 3/4 BSP 3/4 BSP 21 34 61 1.1/4 BSP 1.4 I 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 Latão e inox Aço B 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 21 31 60 1.4 8 9.5 27.5 42.1/4 2.) (pol.3/8 1.1/4 1.5/8 1. S2 S1 (pol. 3. OBS.5 48.5 1.1/16 3/8 BSP 3/8 BSP 19 28 51 7/8 1/2 BSP 1/2 BSP 20 30 53 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG. nº 366 .1/4 BSP 27 38 69 2 1 BSP 25 35 66 1.3/8 1 BSP 1 BSP 25 37 66 1. tubo 5 6 6.3/4 1.: 1 .1/4 Diâm. externo do tubo: 18 mm Medida da rosca fêmea: 3/4 BSP Rosca BSP paralela Aço Latão e inox B I L Sext. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 3/4 1/8 BSP 1/8 BSP 13 22. ext.1/4 Dimensões em milímetros.66 CONEXÕES COM ROSCA FÊMEA UNIÃO FÊMEA BSP REFERÊNCIA: UFI 18x3/4 BSP UFA Aço UFC Latão UFI Inox Diâm.5/8 3/4 BSP 3/4 BSP 21 33 62 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.) 20 33 58 1.5 3/4 7/8 1/4 BSP 1/4 BSP 17 27 48 3/4 3/8 BSP 3/8 BSP 19 27 48 7/8 1/4 BSP 1/4 BSP 17 27 49 3/4 3/8 BSP 3/8 BSP 19 29 51 7/8 1/4 BSP 1/4 BSP 17 27 49 3/4 3/8 BSP 3/8 BSP 19 29 51 7/8 3/8 BSP 3/8 BSP 19 29 52 7/8 1/2 BSP 1/2 BSP 20 30 53 1.5 42.5/8 1 BSP 1 BSP 25 37 66 1.1/16 3/4 BSP 3/4 BSP 21 33 58 1.1/16 3/4 BSP 3/4 BSP 21 33 56 1.Inox Diâm.5/8 3/4 BSP 3/4 BSP 21 31 60 1.) (pol.1/16 3/4 BSP 3/4 BSP 21 33 57 1.5 3/4 1/8 BSP 1/8 BSP 4 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 1/8 BSP 13 23 39.1/4 1/2 BSP 1/2 BSP 20 30 55 1.5/8 1 BSP 1 BSP 25 35 66 1.3/4 1.5 9/16 1/4 BSP 1/4 BSP 17 26.1/4 3/4 BSP 21 33 60.1/4 BSP 1.1/8 3/4 BSP 3/4 BSP 21 33 58 1.1/4 BSP 1.3/4 2 2 2. tubo 1/2 18 1/2 19 5/8 20 5/8 22 11/16 25 Rosca BSP paralela 3/4 28 1 30 1 32 1.5 47.1/4 BSP 27 38 70 2 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. vide páginas 4 e 5.1/2 BSP 1.5 9/16 17 19 26. por motivos técnicos e comerciais.5 38.1/2 1 BSP 25.São Bernardo . S2 S1 (pol.3/8 1.1/4 1/2 BSP 1/2 BSP 20 31 58 1.5 1.1/2 BSP 27 36 71 2. ext. Sext.3/8 1 BSP 1 BSP 25 37 66 1.1/16 38 1.Fax: (19) 3272-0614 .1/2 BSP 1.1/4 1.1/4 BSP 25 34 68 1.) 1/8 BSP 13 22. Sext.1/4 1.5/8 1.1/4 25 37 64. 2 .3/8 1.5 9/16 1/4 BSP 1/4 BSP 17 26 42. utilize as conexões de nossa linha de adaptadores.5 46.5 10 12 12.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.1/4 2.7 14 15 16 Referência:UF Material da conexão: “I” .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 3/4 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 13 22. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.1/8 42 L Sext.1/2 BSP 27 36 70 1.1/4 BSP 1.1/4 BSP 27 36 71 2.7/8 1.1/16 3/8 BSP 3/8 BSP 19 29 52 7/8 1/2 BSP 1/2 BSP 20 32 55 1.1/16 35 1.5 9/16 1/4 BSP 1/4 BSP 17 28.1/4 1/2 BSP 1/2 BSP 20 30 54 1.

3/8 1. tubo Rosca Métrica paralela Aço Latão e inox M 22x1.1/2 11/16 11/16 1 1.4 M 33x2 25 35 64 1. ext.1/8 42 M 48x2 30 38 73 2.5 Aço Rosca Métrica paralela Aço Latão e inox Referência: UF Material da conexão: “C” .1/16 35 M 42x2 28 38 70 2 2.4 M 10x1 13.5 M 16x1. S1 S2 (pol) (pol.5 22 38.5 9/16 6.) Diâm.5 1/2 1/2 6 M 10x1 13.1/4 M 18x1.1/4 19 M 24x1.Fax: (19) 3272-0614 .5/8 1.5 19 27 48 9.5 20 14 M 20x1.5/8 1.: 1 .5 20 30 53 15/16 1. Sext.5 23.5 1/2 1/2 18 5 M 8x1 13.5 38.5 43.5 19 27 49 12 M 16x1.5 43.5 19 27 12. OBS. tubo UFC 12x M16x1.5 22.3/8 5/8 20 M 27x2 23 33 60 1.5 1.1/4 1. nº 366 .5 19 27 49 7/8 10 M 16x1. Sext. vide páginas 4 e 5.5 15 16 B L I Sext.3/8 25 M 33x2 25 35 64 3/4 25.5 21 31 56 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.São Bernardo . S1 S2 (pol) (pol.7 M 18x1. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada. ext. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 9/16 8 M 12x1.1/16 38 M 48x2 30 38 72 2.5/8 Dimensões em milímetros.3/8 5/8 22 M 26x1. externo do tubo: 12 mm Medida rosca fêmea: M16x1. por motivos técnicos e comerciais.3/4 50 7/8 1 30 M 42x2 28 38 69 2 2 28 51 15/16 1 32 M 42x2 28 38 69 2 2 21 30 53 1.5/8 7/8 3/4 28 M 33x2 25 35 64 1.Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.5 23.67 CONEXÕES COM ROSCA FÊMEA UNIÃO FÊMEA MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UFA UFC Latão UFI Inox Diâm.5 B L I Sext.1/4 1.5 23 33 60.1/8 1.Para solicitação de itens em inox com anéis de penetração AI PH e/ou porcas de aperto com banho de prata PI AG.5 21 31 55 1.1/4 2. 3.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.1/4 2.) 21 31 56 1. 2 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5/8 1.Latão Diâm. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/8 1.1/4 M 22x1.5 4 M 8x1 13.

5 33 62 1.1/4 5 3/8 UNF 13 22 42 9/16 1/2 19 1.5/8 1. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 . S1 S2 (pol.1/8 1. Sext.1/4 15 7/8 UNF 20 31 54 1.1/4 16 7/8 UNF 20 31 55 1. utilize as conexões da nossa linha de adaptadores.5 1.) 4 5/16 UNF 13 20.5/16 UNF 23.5 33 64 2 2 12.7 3/4 UNF 17 27 50 1 1 32 1.3/8 6. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.5 43. tubo Rosca UNF paralela B I L Aço Sext.1/16 35 1.5 43.5/8 10 9/16 UNF 16 24 46 3/4 3/4 28 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/4 2.3/8 1. OBS.5 34 61. por motivos técnicos e comerciais.3/8 6 7/16 UNF 14.1/2 1.1/16 UNF 23. 2 .aço Diâm.5 35 60 1.) Diâm.1/16 38 1.5/8 UNF 23.5/16 UNF 23.) (pol.5/8 UNF 23. ext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 33 64 2 2 14 3/4 UNF 17 28 51 1 1.4 7/16 UNF 14. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 34 61 1.4 1.7/8 UNF 23.5/8 Dimensões em milímetros.3/16 UNF Aço UFA Referência:UF Material da conexão: “A” .68 CONEXÕES COM ROSCA FÊMEA UNIÃO FÊMEA UNF REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UFA 20x1.5 36. S1 S2 (pol.5 23 44 11/16 11/16 25 1.3/8 8 1/2 UNF 14.7/8 UNF 23.5 32 66 2.5 23.1/2 1.7/8 UNF 23.5/16 UNF 23.5 1/2 1/2 18 1.5 9/16 UNF 16 24 46 3/4 3/4 25.5 35 60 1. tubo Rosca UNF paralela B I L Aço Sext.5 5/8 5/8 22 1. Sext.1/4 2.5/8 1.1/4 2.5 33 62 1.3/16 UNF 23.5 33 65 2.5 32 67 2. ext.3/16 UNF 23.3/4 12 3/4 UNF 17 27 50 1 1 30 1.5 23.) (pol.As dimensões acima são nominais.1/8 1.1/16 UNF 23. externo do tubo: 20 mm Medida da rosca fêmea: 1.5 33 62 1.: 1 .5 5/8 5/8 20 1.1/2 1.3/16 UNF Diâm.3/8 1.5/8 9.São Bernardo .Quando a ligação desejada não possuir correspondência direta entre o diâmetro externo de tubo e a medida da rosca.1/8 42 1.

externo do tubo: 8 mm Medida rosca fêmea: 1/2 BSP 1/4 1/2 1/4 1/2 1/4 1/2 1/2 BSP BSP BSP BSP BSP BSP BSP Referência UFMJA UFMJA UFMJA UFMJA UFMJA UFMJA UFMJA 6x1/4 BSP 6x1/2 BSP 8x1/4 BSP 8x1/2 BSP 10x1/4 BSP 10x1/2 BSP 12x1/2 BSP h1 4.JKIA t 15 Sext. tubo Rosca BSP paralela 8 10 10 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UFMA 6x1/2 BSP Referência:UFM Material da conexão: “A” .5 5 4..8x1/2 BSP UFM.aço Diâm.5 5 5 I 24.5 25 25 25 46. tubo Rosca BSP paralela 6 6. 3 .: 1 .) 15 20 15 20 15 20 20 3/4 1. S2 (pol. externo do tubo: 6 mm Medida rosca fêmea: 1/2 BSP REFERÊNCIA: 6 COM JUNTA DE VEDAÇÃO DE COBRE .5 45 52 46 53 54 t Sext. S1 (pol.5 10 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 BSP BSP BSP BSP BSP UFMJA Aço Diâm. ext.6.) 1.69 CONEXÕES PARA MANÔMETRO UNIÃO FÊMEA PARA MANÔMETRO REFERÊNCIA: UFMA UFMC UFMI Aço Latão Inox Diâm. por motivos técnicos e comerciais.5x1/2 BSP UFM..Fornecido com a junta de vedação correspondente.Para a solicitação de itens em inox com anel de penetração AI PH e/ou ou com porca de aperto com banho de prata PI AG.5 31.5 5 4. OBS.4x1/2 BSP UFM.9. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.aço Diâm..5 46 47 47 COM JUNTA DE VEDAÇÃO CORTANTE DE AÇO . S1 (pol. 2 .1/16 1.4 8 9... Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 51.1/16 3/4 1.. nº 366 .5 26. S2 (pol.1/16 3/4 1.6x1/2 BSP UFM.10x1/2 BSP h1 1.) Referência junta de vedação de cobre 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 JC M14 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UFMJA 8x1/2 BSP Referência:UFMJ Material da conexão: “A” .As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. vide páginas 4 e 5.5 24 31 24 31 31 L 44.Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .JC Referência UFM.1/16 Sext. ext..5 I L 26.. considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.São Bernardo .1/16 Sext..5 46.) 5/8 11/16 3/4 1 Referência Junta Vedação Cortante de Aço JKIA JKIA JKIA JKIA JKIA JKIA JKIA 1/4 1/2 1/4 1/2 1/4 1/2 1/2 BSP BSP BSP BSP BSP BSP BSP Dimensões em milímetros..

4x4 AT . .5 18 19 1/2 9/16 9/16 1/2 9/16 5/8 5/8 9/16 9/16 11/16 3/4 11/16 11/16 3/4 13/16 1 5/8 1/2 5/8 1/2 5/8 5/8 5/8 5/8 5/8 11/16 11/16 3/4 11/16 3/4 13/16 1 13/16 1 20 25 I3 L 40.5 42 42 42 42 42 43 44 59 59 60 60 61 58.5 25 25 25 25 25 25 25 7/16 7/16 1/2 7/16 7/16 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 1/2 1/2 5/8 5/8 4 5 6 6. 16x6 .4-AG-PH MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 15x8-AG-PH 15x9. . .7 14 15 4 5 6 6.5 52.1/16 6.5 63.5 49. 6x5 MATI 6x4-AG-PH MATI 6x5-AG-PH 35.5 51.5-AG-PH 19x10-AG-PH 19x12-AG-PH 19x12.4 AT . 15x12.7 14 15 16 18 19 20 AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT . . 22x6 .5 57. .4-AG-PH 12x8-AG-PH 35. 14x4 AT . .5 56. .5 25 25 25 25 7/16 7/16 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 6 6.7x4-AG-PH 12.5 36.1/16 30 7/8 1. 16x12 .4-AG-PH 19x8-AG-PH 19x9. . 10x5 AT . 18x9. . . 6x4 AT . .7 . . tubo 5 4 AT . .7x5 AT .4 . 5x4 MATI 5x4-AG-PH 30. . 20x18 AT . . .5 63 64 64 65 65 66 67 25 25 25 25 25 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 11/16 11/16 13/16 13/16 7/8 11/16 11/16 11/16 11/16 11/16 11/16 11/16 13/16 13/16 7/8 7/8 3/4 3/4 1 1 1.3/8 18x10-AG-PH 18x12-AG-PH 18x12. .1/16 30 1 1.4 8 9. 12.5 63 64 64 65 65 65 67 68 71 71 73 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 4 5 6 6. . . .5 63 64 64 65 65 66 66 68 72 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 30 58. . .7 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 12.1/8 1. . . ext.4 8 9.5 62. .7 14 15 Aço ou Latão . 9.1/16 1.5 47 49. 19x16 . .4 8 4 5 AT .5x6 AT . .5 57.4 AT . 19x12.5 42 42 42 42 42 43 43 43 47 AT. 22x18 . . .. . 8x6.7x12 AT . . 19x8 .5 36 36. . .5 10 12 12.4 .5 48 48 48 48 48 49 50 48 63.1/4 30 1. .7 AT . . . .4x6 AT .5-AG-PH 22x10-AG-PH 22x12-AG-PH 22x12. .4 AT .5 56.5 42 43 42 42 42 43 44 43 46 47 4 5 AT . . . tubo 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 7/8 7/8 1 1.5 . . 16x8 . .7-AG-PH 35. .4-AG-PH 25x8-AG-PH 25x9. 15x12 . . 19x14 . 25x12 . 22x12 . . .7x4 AT .7-AG-PH 25x14-AG-PH 25x15-AG-PH 25x16-AG-PH 47. 20x6.5 58.5 42.5x8 AT .4-AG-PH MATI MATI MATI MATI MATI 14x8-AG-PH 14x9.5 56.5 69 70 70 71 71 72 73 73 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 4 5 6 6.5 56. 20x4 AT . 16x6. . 20x10 AT . .5 57 59 51. 6.5 AT . .5 . . .7-AG-PH 18x14-AG-PH 18x15-AG-PH 18x16-AG-PH .5 57 58 58 60 52.5 AT .4-AG-PH 9.5-AG-PH 20x10-AG-PH 20x12-AG-PH 20x12. . . . 9. . . 25x15 . . Sext. nº 366 . .5 56. .5 38. . . . . .5 56. . . 19x5 . 14x12 AT .5 36 36 36 35 37 51.5-AG-PH 16x10-AG-PH 16x12-AG-PH 16x12. .) (pol. 16x4 . . . . . . 25x9. 15x9. 19x12 . . 18x15 AT . 12x6 AT . 20x16 AT . 22x16 .5 51. .5x6. .1/4 15/16 1/2 15/16 1/2 15/16 5/8 15/16 5/8 15/16 11/16 15/16 3/4 15/16 3/4 15/16 1 1 15/16 1. . .5 46. .7x6. . .5 57 58 58 59 60 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 25 AT AT AT AT MATI MATI MATI MATI 15x4-AG-PH 15x5-AG-PH 15x6-AG-PH 15x6. . .5x4-AG-PH 9. .1/16 1 1.5 51. .5 25 35 51.5 56. . 14x6. . 15x4 15x5 15x6 15x6. 18x6 AT . S1 S2 (pol. .5-AG-PH 12. . 14x9.5 10 12 AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT .5 41 42.7-AG-PH 20x14-AG-PH 20x15-AG-PH 20x16-AG-PH 20x18-AG-PH 20x19-AG-PH Sext.4 15 16 8 9.5 10 12 12. 12x5 AT . . . 12x4 AT .5 58. . . .7x8 AT . 20x12 AT . . 14x10 AT .5 35 36. 12x6. . . .5 36 36 36 37 36.5 57 25 25 25 25 25 5/8 5/8 5/8 5/8 5/8 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 37 37 37 37 38 42.5 36 37 35. 22x6. . .5 42 42.7 .5 69.Latão Diâm.20x12.5 .5 62. . .1/16 1. 25x14 . .4 8 9.5x8-AG-PH 10x4-AG-PH 10x5-AG-PH 10x6-AG-PH 10x6.4-AG-PH 16x8-AG-PH 16x9.7 . .7 14 4 5 6 6. 12. .5-AG-PH 12x4-AG-PH 12x5-AG-PH 12x6-AG-PH 12x6.4-AG-PH 20x8-AG-PH 20x9. .5 25 7/16 7/16 1/2 1/2 4 5 6 4 5 6 6.5x5 AT . 14x6 AT . . . . .5 4 5 6 6.4 8 9.7-AG-PH 22x14-AG-PH 22x15-AG-PH 22x16-AG-PH 22x18-AG-PH 22x19-AG-PH 22x20-AG-PH 42. . .4-AG-PH 35. .5 57.1/16 30 7/8 1. . . . 18x8 AT . 18x16 Inox 18x4-AG-PH 18x5-AG-PH 18x6-AG-PH 18x6.4 8 9. . .5 AT .5 35 36. .5 51.4 8 9. 10x4 AT . . 12x9.1/8 30 57.4 AT .5 51. 19x4 . 22x8 . 25x4 . .5 AT . . .1/16 1 1. 25x6. . 15x10 . . .7 14 4 5 6 6. .5 35 36. . 19x6. .5 36 51. .1/8 1.4 AT .1/8 1. 10x8 AT . . . .7 14 15 16 AT .5 62.4x4-AG-PH 6.5-AG-PH MATI 12x10-AG-PH 36 36 58 58 25 11/16 25 11/16 4 5 6 6.4 8 9. . 16x15 Inox I L I3 Sext.4 AT .5 AT .7x6 AT . .7 .5x5-AG-PH 9. .5 42.Fax: (19) 3272-0614 . .) (pol.4 AT .1/16 1.7x6-AG-PH 12. .4 AT . . .7-AG-PH 15x14-AG-PH 16x4-AG-PH 16x5-AG-PH 16x6-AG-PH 16x6.5 56. .70 ADAPTADORES ADAPTADOR PARA TUBO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: ATA ATC 28x18 Referência: AT Material da conexão: “C” . 6. .1/4 1. . . . .5 58. 18x10 AT . 19x6 .5 42. 20x5 AT .5 62.5 69.5 58. 20x14 AT . . . 14x8 AT . .5 56. . .5 62.5 20 7/16 1/2 6 4 5 AT . 9.5 62. . .4 8 9.5 63 64 64 65 65 66 66 68 30 3/4 1/2 1/2 30 3/4 30 3/4 5/8 30 3/4 5/8 30 3/4 11/16 3/4 30 3/4 3/4 30 3/4 1 30 13/16 1 30 13/16 30 7/8 1.5 51. . 20x8 AT . . .4x5 AT . 22x20 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 22x6-AG-PH 22x6. . 18x12. . .5-AG-PH 15x10-AG-PH 15x12-AG-PH 15x12.) d3 4 5 6 6.7 AT . 12. .5 10 12 12.5 10 12 4 5 6 6.7x10 AT .5 10 12 12.5 42.4x6-AG-PH 8x4-AG-PH 8x5-AG-PH 8x6-AG-PH 8x6. .5 36 38.5 36. 20x9. . 20x19 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 42. . .5 10 12 12.4x5-AG-PH 6.5 36. . . .5 42 43 42 42 42 43 43 43 56. .5 35 36. 14x5 AT . .7 14 15 16 AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT . . . .4 8 9.7-AG-PH 16x14-AG-PH 16x15-AG-PH 35. . .7 14 15 16 18 19 22 Aço ou Latão MATI MATI MATI MATI MATI MATI 16 18 3/4 3/4 Referência Diâm. 19x18 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 19x4-AG-PH 19x5-AG-PH 19x6-AG-PH 19x6. 8x5 AT . .5 36 57 51. .7x9.5-AG-PH 25x10-AG-PH 25x12-AG-PH 25x12.7x6. 18x14 AT .5 56.5 62.5 36. . 8x4 AT .1/16 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. .1/16 1. externo da ponta lisa: 28 mm Diâm. 15x14 . 22x4 AT . . 15x8 AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT . . 22x5 MATI 22x4-AG-PH MATI 22x5-AG-PH 42. .5 52.7x5-AG-PH 12. 18x6. . 18x4 AT . . 20x15 AT . .5 41 42. . . .5 10 AT .1/16 1. 25x12.5 62. . .5 30 42 58.1/4 1. . .4 8 9. 25x8 . 22x9. . .5 35 36.1/16 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. 16x9. . .5 AT . externo do tubo: 18 mm Aço ATC Latão MATI. 19x15 . 16x5 .5 35 38. .5 30 6 6.4 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 6. . 10x9.7 AT . 12x8 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 36 35. 22x15 . . . .7-AG-PH 19x14-AG-PH 19x15-AG-PH MATI 19x16-AG-PH MATI 19x18-AG-PH 41. 16x12.4 51.5 42.5 10 12 12. 14x12.5 36.3/8 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. . ext.4-AG-PH 12. 19x10 . .. .7x8-AG-PH 12.1/8 1.São Bernardo . 12. .4 8 9. 22x10 . . 10x6 AT .5 . 22x19 .1/16 1. 9. 12x10 MATI 12x9.5 36.5 63 65 64 65 65 66 67 68 71 72 30 7/8 1/2 30 7/8 1/2 30 7/8 5/8 30 7/8 5/8 30 7/8 11/16 30 7/8 3/4 30 7/8 3/4 30 7/8 1 30 7/8 1 30 7/8 1.5 10 12 12.5x4 AT . . 16x14 . . .4-AG-PH 22x8-AG-PH 22x9.3/8 1. 8x6 AT . . S1 S2 (pol. .7x9.5-AG-PH 14x10-AG-PH 14x12-AG-PH 14x12. . . . . . 6.) I MATI MATI MATI MATI MATI MATI 10 12 12.1/8 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. .-AG-PH Inox Referência d3 Diâm. . 22x14 . . .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . .5 36. .5 AT .4-AG-PH 18x8-AG-PH 18x9.5 58. . 12.7x12-AG-PH 14x4-AG-PH 14x5-AG-PH 14x6-AG-PH 14x6.5x6-AG-PH 9. . 19x9. . . . . . .5x6. . . . . Sext.5 51. 25x6 . 22x12. . 12.5-AG-PH 12.5 62. . . 18x12 AT . 20x6 AT . .5 57 25 9/16 11/16 25 7/16 1/2 25 1/2 1/2 25 1/2 5/8 25 1/2 5/8 25 9/16 11/16 25 11/16 3/4 25 1/2 1/2 25 1/2 1/2 25 1/2 5/8 25 1/2 5/8 25 9/16 11/16 9. . 16x10 . . 20x4-AG-PH 20x5-AG-PH 20x6-AG-PH 20x6. .5 56.1/16 15/16 15/16 1. 12. 12. . .7x10-AG-PH 12. . . . .4 .5 51.7 . .5 41 42. . 9.5 56. 10x6. .1/16 1.5 51. 25x16 MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 25x4-AG-PH 25x5-AG-PH 25x6-AG-PH 25x6. . 18x5 AT . .4 . . . . . . . . .5 42 42 42 42 42 42 44 43 46 46 46 62. . . . . 25x10 .4-AG-PH 10x8-AG-PH 10x9. 25x5 . . .1/8 30 1.5 . . .

. . . . .1/8 1. 32x16 .1/4 1.1/16 1. . . .3/8 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. .4 AT . 35x20 AT .3/4 1. .5 56 57. .4 28 30 4 5 6 6.3/8 1. . .1/4 1.5 69. .) 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 40 1. 42x35 AT . 42x22 AT . 42x14 AT . . . . . .1/2 1.5/8 1.3/8 1.4x20 .3/8 1. 42x4 AT . .5/8 1. 28x16 . ext.1/2 1. 28x6 . .4 8 9.4 28 30 32 35 38 Referência Aço ou Latão AT . .4x8-AG-PH 25. .5/8 1. . . .5/8 1. .1/2 1. 28x5 . . 42x10 AT .1/8 1 1.3/8 1.5 49 48 48 47 47 49 49 50 51 51 50 50 51 49.5/8 1.4x5-AG-PH 25. .5 68. . .4-AG-PH 38x28-AG-PH 38x30-AG-PH 38x32-AG-PH 38x35-AG-PH 42x4-AG-PH 42x5-AG-PH 42x6-AG-PH 42x6.1/8 1 1.5 83 84 85 84 84 86 56. .4 . . 25. .São Bernardo .4x20-AG-PH 25. . . 25.1/4 1. . 30x20 . .5/8 1. .4x6. . .5 10 12 12.5 76 77 77 76 78 77 77 79 80 82 83 83. 32x10 .3/8 1.1/16 1 1.1/4 1.3/4 1.1/16 1.5 10 12 12. .3/8 1. . .5/8 1. .1/16 1. .5 64. 32x12 .3/4 2 2 1/2 1/2 5/8 5/8 1.3/4 1. 42x30 AT .3/8 1. 38x18 AT.4 8 9. 25.3/4 1. 32x28 AT .3/8 5/8 5/8 1. .4x4-AG-PH 25. .5 84 84 83 85 85 86 87 Sext. . . .3/8 1.7 AT . 42x9. . . .4x9.1/2 1.3/4 1.1/16 1. . . .5 79 81 65. .1/2 1. .3/4 1.4 8 9.5 49. . . .5 68.4x19-AG-PH 25. 25x18 . 28x9. .3/8 1. 42x19 AT .5-AG-PH 28x10-AG-PH 28x12-AG-PH 28x12.5 74 77 75 76 76 79 77 80 82.1/16 1.4-AG-PH 38x8-AG-PH 38x9. 25. .71 ADAPTADORES d 3 25 25. . S1 S2 I 3 (pol.1/8 1.3/8 1.5/8 1.5/8 1.1/4 1. 32x6 .3/8 1/2 1.1/16 3/4 1.1/8 1.3/8 1. tubo 18 19 20 22 4 5 6 6.1/2 1. .4 AT . .3/8 1.1/8 1. . 38x30 AT .1/2 1. 28x12.4 .7/8 2 1.1/2 1. .4-AG-PH 42x8-AG-PH 42x9. . .4-AG-PH 35x8-AG-PH 35x9. .4x16-AG-PH 25.5 54 53. .7-AG-PH 32x14-AG-PH 32x15-AG-PH 32x16-AG-PH 32x18-AG-PH 32x19-AG-PH I 51 51 50 50 47. . 35x19 AT .5 70 70 70 70 70 72 72 75 76 76 77 77. . 32x14 . .5 72.3/8 1. . 35x6.1/16 1/2 1. 35x16 AT . 35x15 AT . . 25x20 . .4 AT .5 AT .5/8 1. . .1/16 1.4 8 9.5-AG-PH 35x10-AG-PH 35x12-AG-PH 35x12.) (pol.5 69 70 70 71 71 72 72 74 76 77 77 77.1/8 1/2 5/8 1.1/4 1.5 69. .7-AG-PH 42x14-AG-PH 42x1 5-AG-PH 42x1 6-AG-PH 42x18-AG-PH 42x19-AG-PH 42x20-AG-PH 42x22-AG-PH 42x25-AG-PH 42x25.1/2 1. .1/16 1.1/8 1. . .5/8 1. .5 77. .3/8 1. 32x9. 38x6 AT .4x6-AG-PH 25.3/8 1. .1/8 1.3/8 11/16 3/4 1. . 35x30 AT . 30x25.5/8 1. .3/8 1.3/4 1. 32x12.1/4 5/8 1.1/2 1.7 .1/4 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. 42x15 AT . .7 . . 28x19 . OBS. 30x6 . 42x5 AT .4x18 . . 38x16 AT . . .1/4 1/2 1. 25. 35x10 AT . .5/8 1. . 35x12. 42x32 AT . . 28x22 .3/4 1.4 AT . 35x22 AT .5/8 1.4x12.4 4 5 6 6.3/8 1. .1/16 3/8 1. 35x14 AT . . 32x8 .5 69 71 72 72 72 72 72 75 76 76 Sext.3/4 1.5 82 83 83. . . 25. . 32x32 AT . 30x10 . .4 28 30 32 4 38 42 5 6 6. .4 28 30 32 Referência Diâm.4-AG-PH 42x28-AG-PH 42x30-AG-PH 42x32-AG-PH 42x35-AG-PH 42x38-AG-PH I L 50 50 49 49 59 49 48.5 47. .4 .3/4 1. .7/8 1. 42x18 AT .5 75. . .1/8 1. . .4 28 30 32 35 4 5 6 6. . . . .7 AT . .5/8 1. . . . .5 AT .) (pol.5 53 55 53 53 53 56 54 55 57.1/4 1.3/4 1.4x15-AG-PH 25.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.1/4 11/16 3/4 1.4x4 . .1/2 1. .4-AG-PH 35x28-AG-PH 35x30-AG-PH 35x32-AG-PH 38x4-AG-PH 38x5-AG-PH 38x6-AG-PH 38x6. . . 28x14 . . . 35x18 AT . 32x5 .1/8 1.3/8 1. 30x12 .1/8 1.5 AT . 25x22 .5/8 1. 38x14 AT .1/4 1.1/4 1 1.5 .5/8 1.3/8 1. nº 366 . . .5 10 12 12.1/4 1. 25.5/8 1. 32x6.5/8 1. 30x16 .4x18-AG-PH 25. 38x4 AT . 25. . 38x12. .3/8 1.3/8 1.4x12-AG-PH 25. . .5 69. . 38x35 AT . . .1/8 1. 32x22 AT. .3/4 1.4-AG-PH 30x4-AG-PH 30x5-AG-PH 30x6-AG-PH 30x6.1/16 1. 30x28 .3/4 1. 42x8 AT . . . .5 . . . 38x5 AT . considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada.1/4 1.5/8 1. . . 32x25 AT .5 .3/8 1. 30x25 .3/8 1 1.1/2 1. . 42x6 AT . .3/8 1. . 25. . 38x19 AT . .1/4 1. 30x12.1/2 1.1/2 1. 42x20 AT . 35x28 AT . . .1/4 1.3/4 2 2 2.1/2 1.3/4 1. 25.7 .1/8 1. .1/16 1. . . .5 . .5/8 1.5-AG-PH 25. 42x12 AT .1/8 1.3/4 1.4 . 38x9. . .5 67.Fax: (19) 3272-0614 .5 10 12 12. 42x25.1/8 1/2 1.4 AT .1/8 3/4 1.4x19 . .1/4 1.5 78 78 78 79 81 70. 38x12 AT.5 70.7-AG-PH 25.5/8 1. . 35x12 AT . 32x25.5-AG-PH 38x10-AG-PH 38x12-AG-PH 38x12.5 77. .1/4 1.3/8 3/4 1. . 35x8 AT .1/2 1. . .1/16 1. . .3/4 1.4 28 4 5 6 6.3/8 1.1/8 1.5/8 1.3/8 1.1/4 1. .) 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 35 d3 1. . . 30x9.3/4 1.4 AT . . . . .5 57 56 56 54 55 56 53 53 54 77 77. 2 . 30x5 .4x6 .1/2 1. 30x6.3/8 1.4x22-AG-PH 25. . .5 64.1/8 1.3/4 1. 32x4 .4-AG-PH 30x8-AG-PH 30x9.1/4 1.1/4 1.5-AG-PH 42x10-AG-PH 42x12-AG-PH 42x12. sendo o lado ponta lisa montado com porca e anel já cravado.3/8 32 35 Diâm. .5 67.4x9. . . . 38x28 AT . .1/16 1. . . .1/8 5/8 1. 25. . S2 I3 S 1 (pol. .4x10-AG-PH 25. .1/4 Dimensões em milímetros. .5 68. . . .7 14 15 16 18 19 20 22 25 25. 30x4 . 25.4-AG-PH 32x8-AG-PH 32x9.1/4 1. .1/4 1.1/8 11/16 3/4 1.1/16 1.3/8 1. .3/4 1.3/4 1.1/4 1 1.4x25 . . . 28x18 . . .4x14-AG-PH 25.5 10 12 12.1/4 2. .3/8 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25. .4-AG-PH 28x8-AG-PH 28x9.5 68.4 8 9. 38x15 AT . .5/8 1.4x12. 25. . .1/16 1 1.3/4 2 2 2.7-AG-PH 28x14-AG-PH 28x15-AG-PH 28x16-AG-PH 28x18-AG-PH 28x19-AG-PH 28x20-AG-PH 28x22-AG-PH 28x25-AG-PH 25x25. .1/16 3/4 1. .5/8 1. .5 49 48. .1/4 3/4 1.1/16 1/2 1. .3/8 1.5 47 47 47 48 48 49 49 49 50 50 50 50 50 52 49.5 68.3/8 1. . . . 28x12 . 42x38 Inox MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 32x20-AG-PH 32x22-AG-PH 32x25-AG-PH 32x25. .3/8 1. 28x15 . 28x6. 32x18 .7 14 15 16 18 19 20 22 25 4 5 6 6. 25. 42x28 AT .3/4 1. . . . 42x25 AT .4-AG-PH 30x28-AG-PH 32x4-AG-PH 32x5-AG-PH 32x6-AG-PH 32x6. .5/8 1. 30x22 . . .7 AT . .4-AG-PH 25. . por motivos técnicos e comerciais. 38x10 AT .7-AG-PH 35x14-AG-PH 35x15-AG-PH 35x16-AG-PH 35x18-AG-PH 35x19-AG-PH 35x20-AG-PH 35x22-AG-PH 35x25-AG-PH 35x25.Os itens em inox são fornecidos com anéis de penetração de inox AI PH e porcas de aperto de inox com banho de prata PI AG. .5 65.5 55 55 55 53 55 54 54 54 55 57 56 56 55 55 54 54 54 54 53 72. . 35x5 AT. 30x18 .4 8 9.1/4 1. .5/8 1. .7 14 15 16 18 19 Aço ou Latão AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT AT .1/2 1. .4x10 . . 28x25 . .3/8 1. 32x30 AT .5 53.5 80 65.5 63. .7-AG-PH 30x14-AG-PH 30x15-AG-PH 30x16-AG-PH 30x18-AG-PH 30x19-AG-PH 30x20-AG-PH 30x22-AG-PH 30x25-AG-PH 30x25.1/16 3/4 3/4 1 1 1.4x14 . 35x9.4 .: 1 .5/8 1/2 1.5 77 79 79 64.1/16 1. . . 38x20 AT . .4 8 9. 42x6. . . 38x25. . ext.5 47 49.5/8 1.5 78 78 79 80 64. .5 48 49 50 49 49 49 49 50 51 51 L 76 76 77 77.3/4 1. .5 65. . 30x14 .4 . .3/8 1. 25. 38x8 AT .5 48. .4x8 .5 73.3/8 1 1. . . . . 38x22 AT . . 30x8 .1/16 1. .7 . . 38x6. 25x19 .1/2 1.7-AG-PH 38x14-AG-PH 38x15-AG-PH 38x16-AG-PH 38x18-AG-PH 38x19-AG-PH 38x20-AG-PH 38x22-AG-PH 38x25-AG-PH 38x25.5 48 48. . . . . .3/4 1. .1/16 5/8 1.5/8 1.1/16 1. . .1/8 1. tubo 20 22 25 25.1/16 1.5 70 71 71 72 72 74 73 75 76 77 77 77. . . 25. .4x22 .3/8 1.5 48. .5 63. .1/4 5/8 1.5/8 1.5 10 12 12.1/4 1.3/8 1. .5/8 1. . Sext. .5/8 1.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25. .4x6. .4x15 .5 48 48 48 48 48 49 49 49 51 52 50 50 48 50 50 48. . .1/8 1. .4x12 .4x16 .5 48 48. Sext. . .5/8 1. . 30x15 .4 AT .5 49 49 49 49 49 51 50 50 51 52 50 50 49 49 49 48 50 54. . 28x20 . .5 49 47. . . . 35x25. 35x4 AT .4-AG-PH 32x28-AG-PH 32x30-AG-PH 35x4-AG-PH 35x5-AG-PH 35x6-AG-PH 35x6. 42x16 AT .3/8 1.3/8 1/2 1. .5/8 1. 35x25 AT .5-AG-PH 30x10-AG-PH 30x12-AG-PH 30x12. .1/4 1.3/4 1.4x5 . . . . .1/16 1. 25.1/16 11/16 1.4x25-AG-PH 28x4-AG-PH 28x5-AG-PH 28x6-AG-PH 28x6. 32x20 AT .5 49.3/4 1.5-AG-PH 32x10-AG-PH 32x12-AG-PH 32x12. . .1/4 1. 32x19 Inox MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI MATI 25x18-AG-PH 25x19-AG-PH 25x20-AG-PH 25x22-AG-PH 25. 28x25. . 35x32 AT . .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 32x15 . . 28x10 . 38x25 AT . . 28x8 . .5 68 69 69 71 71 72 72 74 75 75 77 77. . 35x6 AT .1/16 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. .5 57. .5 10 12 12. 42x12. 28x4 .3/4 1.3/8 1.1/16 1. 30x19 .7 14 15 16 18 19 20 22 25 25. Diâmetros externos de tubos preferenciais.3/4 1.3/4 2 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.

Os itens em inox são fornecidos montados com porca de aperto de inox com banho de prata PI AG e anel de penetração de inox AI PH já cravado na ponta lisa.4x3/4 NPT AM.7x3/4 NPT 14 3/8 NPT 1/2 NPT AM.30x1.8x1/4 NPT AM..3/4 2 42 1.1/4 NPT 25 72 35 1.2 41 45 45 12.12x3/4 NPT AM.42x1.....18x3/4 NPT MAMI 18x1/2 NPT-AG-PH MAMI 18x3/4 NPT-AG-PH 19 57 30 7/8 1...1/4 NPT AM. S1 (pol.1/2 NPT-AG-PH 25...5x1/8 NPT AM.5x3/8 NPT-AG-PH 10 14.1/8 9/16 11/16 7/8 1.1/8 20 1/2 NPT 3/4 NPT AM.12x1/4 NPT AM.19x1/2 NPT AM..4 24 19 1...8x3/8 NPT L Inox MAMI 4x1/8 NPT-AG-PH MAMI 4x1/4 NPT-AG-PH MAMI 5x1/8 NPT-AG-PH MAMI 5x1/4 NPT-AG-PH MAMI 6x1/8 NPT-AG-PH MAMI 6x1/4 NPT-AG-PH MAMI 6x3/8 NPT-AG-PH MAMI 6x1/2 NPT-AG-PH MAMI 6.6x1/2 NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT AM..9..20x3/4 NPT MAMI 20x1/2 NPT-AG-PH MAMI 20x3/4NPT-AG-PH 19 57 30 7/8 1..1/4 NPT 1.3/4 2 77 77.25x1 NPT 24 19 30 3/4 NPT 1 NPT 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 ...12.7 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AM.7x3/8 NPT AM..1/8 1.4x1/4 AM.1/8 18 1/2 NPT 3/4 NPT AM.10x1/8 NPT AM.1/8 19 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AM..5x1/4 AM..6x1/4 AM.4 8 Rosca NPT cônica 1/8 1/4 1/8 1/4 1/8 1/4 3/8 1/2 1/8 1/4 3/8 1/4 NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT Aço Latão Inox Referência:AM Material da conexão: “A” .... por motivos técnicos e comerciais.7x1/4 NPT AM...16x3/8 NPT AM.1/4 NPT-AG-PH 70 69 70 69 1..2 14.1/2 NPT 40 1.5 40 1...6..2 14..4x1/8 AM.15x1 /2 NPT AM.1/16 1..6x1/8 AM.12.28x 3/4 NPT AM.3/8 AM. Diâmetros externos de tubos preferenciais...25x3/4 NPT AM.2 19 10 14...38x1..22x1 NPT MAMI 22x3/4 NPT-AG-PH MAMI 22x1 NPT-AG-PH 19 59 25 MAMI 25x3/4 NPT-AG-PH MAMI 25x1 NPT-AG-PH 62 64 1.4x1 NPT-AG-PH 69 64 35 25.2 14..) 15 1/2 NPT 3/4 NPT AM.12x3/8 NPT AM..... 2 .1/4 NPT-AG-PH 25 MAMI 38 x 1.As dimensões acima são nominais.) 20 20 25 25 25 7/16 9/16 7/16 9/16 7/16 9/16 11/16 7/8 7/16 9/16 11/16 7/8 7/16 9/16 11/16 25 7/16 9/16 11/16 25 7/16 9/16 11/16 25 25 25 9/16 11/16 7/8 1.2 19 47 47 52 52 47 47 52 52 47 52 I Sext.4x1/4 NPT-AG-PH MAMI 6. S1 3 (pol....6...5x1/4 NPT AM..3/4 38 1.2 19 10 14.5x1/8 AM..1/2 NPT MAMI 38 x 1..4x3/4 NPT-AG-PH MAMI 25.2 19 19 52 57 57 30 11/16 7/8 1.3/4 32 1 NPT 1.1/16 11/16 7/8 d 3 Rosca NPT cônica Referência Aço ou Latão Inox A L I 3 Sext.2 14.1/4 NPT AM.10x3/8 NPT MAMI 10x1/8 NPT-AG-PH MAMI 10x1/4 NPT-AG-PH MAMI 10x3/8 NPT-AG-PH 10 14..5 Dimensões em milímetros.6..-AG-PH d 3 4 5 6 6.5x3/8 NPT MAMI 9..12x1/2 NPT AM. externo da ponta lisa: 5 mm Medida da rosca macho: 1/4 NPT Referência A Aço ou Latão AM.9...38x1..1/2 1.5x1/4 NPT-AG-PH MAMI 9.4x1 NPT MAMI 25.42x1. e válidas para os itens em aço..1/2 NPT-AG-PH 25.1/4 NPT-AG-PH 25 MAMI 42 x 1.30x1 NPT AM.5x1/8 NPT-AG-PH MAMI 9..2 10 14..2 36 40 36 40 41 45 45 52 41 45 45 50 41 45 45 9.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .2 19 19 52 57 57 30 13/16 7/8 1....12..1/8 16 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AM.35x1 NPT 25 24 35 1 NPT 1..3/8 AM.2 19 19 14.7x3/4 NPT-AG-PH MAMI 14x3/8 NPT-AG-PH MAMI 14x31/2 NPT-AG-PH 14...2 14.1/4 NPT MAMI 32x1 NPT-AG-PH MAMI 32x1.3/8 3/4 NPT 1 NPT AM..: 1 .2 41 45 45 10 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT AM.4x1/2 NPT-AG-PH MAMI 8x1/8 NPT-AG-PH MAMI 8x1/4 NPT-AG-PH MAMI 8x3/8 NPT-AG-PH 10 14..2 19 19 14.1/4 NPT-AG-PH 70 71 1.32x3/4 NPT AM.....3/8 3/4 NPT 1 NPT AM. nº 366 .72 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AMA 5x1/4 NPT AMA AMC MAMI... OBS.9.4x1/2 NPT NPT NPT NPT AM.....4x3/8 AM.2 14.1/2 NPT AM.19x3/8 NPT AM..15x3/4 NPT MAMI 15x1/2 NPT-AG-PH MAMI 15x3/4 NPT-AG-PH 19 52 25 7/8 1.7x1/2 NPT-AG-PH MAMI 12.....19x3/4 NPT MAMI 19x3/8 NPT-AG-PH MAMI 19x1/2 NPT-AG-PH MAMI 19x3/4 NPT-AG-PH 14.1/4 NPT AM....14x1/2 NPT 12 1/4 3/8 1/2 3/4 NPT NPT NPT NPT MAMI 12x1/4 NPT-AG-PH MAMI 12x3/8 NPT-AG-PH MAMI 12x1/2 NPT-AG-PH MAMI 12x3/4 NPT-AG-PH MAMI 12..8x1/8 NPT AM..7x3/8 NPT-AG-PH MAMI 12...2 10 14.....25.1/4 NPT 35 MAMI 35x1 NPT-AG-PH MAMI 35x1....1/4 NPT-AG-PH 35 1.5 77 77.7x1/2 NPT AM..4x1/8 NPT-AG-PH MAMI 6.1/2 NPT AM.1/8 1..2 14...5 MAMI 42 x 1...3/8 AM...6.35x3/4 NPT AM.16x1/2 NPT AM.4x1/8 AM.aço Diâm..5 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT AM...18x1/2 NPT AM..1/4 NPT 1.20x1/2 NPT AM..12.São Bernardo .25...16x3/4NPT MAMI 16x3/8 NPT-AG-PH MAMI 16x1/2 NPT-AG-PH MAMI 16x3/4 NPT-AG-PH 14..6x3/8 AM.1/8 22 3/4 NPT 1 NPT AM..4x3/8 NPT-AG-PH MAMI 6.3/8 1...1/4 NPT 24 24 25 24 35 1 NPT 1.28x1 NPT MAMI 28x3/4 NPT-AG-PH MAMI 28x1 NPT-AG-PH 69 69 35 28 24 19 30 MAMI 30x1 NPT-AG-PH MAMI 30x1....7x1 /4 NPT-AG-PH MAMI 12....14x3/8 NPT AM..22x3/4 NPT AM.1/16 1..10x1/4 NPT AM.32x1..4x1/4 AM.

..1/4 BSP AM..4x3/4 BSP AM...1/4 BSP MAMI 32x1 BSP-AG-PH MAMI 32x1.1/4 BSP-AG-PH MAMI 38x1.5 25 3/4 7/8 25. S1 (pol.7 3/8 BSP 1/2 BSP AM.4x1/4 BSP-AG-PH MAMI 6.8x3/8 BSP MAMI 8x1/4 BSP-AG-PH MAMI 8x3/8 BSP-AG-PH 12 45 45...8x1/4 BSP AM.1/4 6...1/4 BSP MAMI 35x1 BSP-AG-PH MAMI 35x1..6x1/4 BSP-AG-PH 8 12 40..6.4x1/8 BSP AM.5 50 25 7/8 1.4x3/4 BSP-AG-PH MAMI 25.10x3/8 BSP MAMI 10x1/4 BSP-AG-PH MAMI 10x3/8 BSP-AG-PH 12 45 45.1/4 1.5 45 25 9/16 3/4 20 1/2 BSP 3/4 BSP AM.As dimensões acima são nominais..aço Diâm.. e válida para os itens em aço..São Bernardo .1/4 5 1/8 BSP 1/4 BSP AM.) 4 1/8 BSP 1/4 BSP AM....4x1/8 BSP AM.18x1/2 BSP AM..1/4 BSP-AG-PH 18 20 68 70 35 1.4x1 BSP MAMI 25...5x3/8 BSP-AG-PH 12 45 45..22x1 BSP MAMI 22x3/4 BSP-AG-PH MAMI 22x1 BSP-AG-PH 16 18 59 61 30 1..1/4 BSP 1..1/2 2 15 1/2 BSP 3/4 BSP AM.: 1 .4x1 BSP-AG-PH 16 18 64 66 35 1..1/2 BSP MAMI 38x1..30x1.1/4 BSP AM.6x1/4 BSP MAMI 6x1/8 BSP-AG-PH MAMI.5 45 45.30x1 BSP AM..28x1 BSP MAMI 28x3/4 BSP-AG-PH MAMI 28x1 BSP-AG-PH 16 18 64 66 35 1.6x1/8 BSP AM.. por motivos técnicos e comerciais..4 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP AM..12x1/2 BSP MAMI 12x3/8 BSP-AG-PH MAMI 12x1/2 BSP-AG-PH 12 14 47...1/16 1.5x3/8 BSP MAMI 9..1/4 1..4x1/4 BSP MAMI 4x1/8 BSP-AG-PH MAMI 4x1/4 BSP-AG-PH 8 12 35.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/2 12 3/8 BSP 1/2 BSP AM.38x1..1/4 BSP-AG-PH MAMI 42x1.35x1 BSP AM.1/4 BSP MAMI 30x1 BSP-AG-PH MAMI 30x1.1/2 BSP AM. OBS.6..1/2 2 12..18x3/4 BSP MAMI 18x1/2 BSP-AG-PH MAMI 18x3/4 BSP-AG-PH 14 16 55 57 30 1.1/2 8 1/4 BSP 3/8 BSP AM.14x3/8 BSP AM.1/4 42 1.22x3/4 BSP AM.1/2 2 14 3/8 BSP 1/2 BSP AM...12.1/4 38 1. externo da ponta lisa: 16 mm Medida da rosca macho: 1/2 BSP Referência A Inox L I 3 Sext.1/16 Dimensões em milímetros.4x1/8 BSP-AG-PH MAMI 6.9..73 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AMA 16x1/2 BSP AMA AMC MAMI.Fax: (19) 3272-0614 .4 3/4 BSP 1 BSP AM.1/4 BSP AM.16x1/2 BSP AM....25.4x3/8 BSP-AG-PH 8 12 12 40...5 40 20 9/16 3/4 19 1/2 BSP 3/4 BSP AM.7x1/2 BSP-AG-PH 12 14 47.5 50 25 32 1 BSP 1.1/4 BSP AM..1/16 1...7x3/8 BSP AM.19x1/2 BSP AM.1/2 10 1/4 BSP 3/8 BSP AM.25..7x3/8 BSP-AG-PH MAMI 12.1/2 BSP-AG-PH 20 22 75 77 40 2 2.1/2 BSP AM...-AG-PH d 3 Rosca BSP cônica Aço Latão Inox Referência:AM Material da conexão: “A” .1/4 BSP AM.1/4 1.5 25 9/16 3/4 7/8 22 3/4 BSP 1 BSP AM.1/4 BSP 1.. S1 (pol....9.1/16 1.14x1/2 BSP MAMI 14x3/8 BSP-AG-PH MAMI 14x1/2 BSP-AG-PH 12 14 47..6.5 25 3/4 7/8 28 3/4 BSP 1 BSP AM.32x1.5x1/8 BSP AM.16x3/4 BSP MAMI 16x1/2 BSP-AG-PH MAMI 16x3/4 BSP-AG-PH 14 16 55 57 30 1.15x1/2 BSP AM.42x1...1/16 1.5 40 20 9/16 3/4 18 1/2 BSP 3/4 BSP AM.12x3/8 BSP AM...20x1/2 BSP AM 20x3/4 BSP MAMI 20x1/2 BSP-AG-PH MAMI 20x3/4 BSP-AG-PH 14 16 55 57 30 1..32x1 BSP AM.10x1/4 BSP AM...1/4 6 1/8 BSP 1/4 BSP AM.19x3/4 BSP MAMI 19x1/2 BSP-AG-PH MAMI19x3/4 BSP-AG-PH 14 16 55 57 30 1.1/16 35 1 BSP 1.1/16 1.1/2 BSP MAMI 42x1... Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 50 25 7/8 1.1/2 9.5x1/4 BSP-AG-PH MAMI 9.) Inox d 3 Rosca BSP cônica Referência Aço ou latão A L I3 Inox Sext...5 25 3/4 7/8 25 3/4 BSP 1 BSP AM....Os itens em inox são fornecidos montados com porca de aperto de inox com banho de prata PI AG e anel de penetração de inox AI PH já cravado na ponta lisa.5 1/4 BSP 3/8 BSP AM..12......1/4 BSP-AG-PH 18 20 66 68 35 1..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .....25x3/4 BSP AM.4x3/8 BSP MAMI 6.25x1 BSP MAMI 25x3/4 BSP-AG-PH MAMI 25x1 BSP-AG-PH 16 18 64 66 35 1....1/4 1.38x1..1/2 BSP-AG-PH 20 22 75 77 40 2 7/8 1.7x1/2 BSP MAMI 12.15x3/4 BSP MAMI 15x1/2 BSP-AG-PH MAMI 15x3/4 BSP-AG-PH 14 16 50 52 25 1. 2 .1/16 30 1 BSP 1..1/4 16 1/2 BSP 3/4 BSP AM..28x3/4 BSP AM.42x1.5x1/4 BSP AM........ nº 366 .35x1.4x1/4 BSP AM.1/4 BSP-AG-PH 18 20 66 68 35 1.......5x1/4 BSP MAMI 5x1/8 BSP-AG-PH MAMI 5x1/4 BSP-AG-PH 8 12 35.

. .4xM33x2-AG-PH 18 66 35 1. .5 MAMI 22xM26x1.5 AM.5 AM.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . .5 AM.28xM3x2 MAMI 28xM33x2-AG-PH 18 66 35 1.5 AM. .4xM10x1-AG-PH 8 M12x1.35xM42x2 MAMI 35xM42x2-AG-PH 20 70 35 2 38 M48x2 AM. .5/8 30 M42x2 AM.São Bernardo . S1 (pol.5 MAMI 10xM14x1.12.5 I 3 Sext. OBS.20xM27x2 MAMI 20xM27x2-AG-PH 16 59 30 22 M26x1. .aço Diâm.7xM18x1.5 47 50 20 20 25 1/2 1/2 9/16 9/16 25 11/16 3/4 25 25 25 25 Rosca Métrica 3 paralela 15 16 Referência A Aço ou Latão M18x1.4 10 8 M10x1 M12x1. .5 MAMI 12xM18x1.12xM16x1. . .5xM16x1 MAMI 9.5 L M16x1.5-AG-PH MAMI 14xM20x1. .38xM48x2 MAMI 38xM48x2-AG-PH 22 77 40 2.5 AM.5-AG-PH - 30 15/16 1. .. .5 AM. . .5-AG-PH M16x1.12xM18x1. .5 M14x1. . .22xM26x1.5 AM.5 M18x1.7 14 35 M8x1 6. .5 AM..5 AM.42xM48x2 MAMI 42xM48x2-AG-PH 22 77 40 2. .5 L I3 25 Inox Sext.5 AM. . .6xM10x1 MAMI 6xM10x1-AG-PH 8 40 12 46 MAMI 6xM12x1.1/4 25 M33x2 AM.5 MAMI 10xM16x1.5-AG-PH M18x1.8xM14x1. .5 AM. . .5 M22x1. por motivos técnicos e comerciais. .1/16 14 55 30 1. .1/16 18 M22x1.Fax: (19) 3272-0614 .5xM8x1 MAMI 5xM8x1-AG-PH 8 36 AM.5-AG-PH M18x1.5-AG-PH M10x1 AM.19xM24x1.5-AG-PH 12 12.5-AG-PH 16 59 30 1. . .6xM12x1.5 MAMI 8xM12x1. . . .15xM18x1.5/8 11/16 25 25 d 7/8 3/4 25.5 AM.5-AG-PH MAMI 8xM14x1.5-AG-PH 8 41 12 46 46 12 12 12 12 14 47 46 47 47 45. .: 1 .5 MAMI 19xM24x1.5 AM. 2 . . . . . .1/4 42 M48x2 AM.) 15/16 12 47 52 MAMI 16xM22x1.5 AM. .30xM42x2 MAMI 30xM42x2-AG-PH 20 68 35 2 32 M42x2 AM.5-AG-PH 19 M24x1. . . .9.5/8 28 M33x2 AM.5-AG-PH 12 14 55 14 55 30 1.5-AG-PH M14x1.5-AG-PH 20 M27x2 AM.5 AM.8xM12x1. . externo ponta lisa: 25 mm Medida da rosca macho: M33x2 Referência Aço ou Latão AM.25xM33x2 MAMI 25xM33x2-AG-PH 18 66 35 1. . .1/4 1.Os itens em inox são fornecidos montados com porca de aperto de inox com banho de prata PI AG e anel de penetração de inox AI PH já cravado na ponta lisa.6. .25.10xM14x1.5-AG-PH M16x1.7xM18x1.5 9.14xM20x1.1/4 7/8 7/8 15/16 15/16 1 Dimensões em milímetros. .5 M20x1. . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .4 M33x2 AM.16xM22x1.) Inox MAMI 12.16xM18x1. .As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.4xM8x1 A MAMI 4xM8x1-AG-PH AM.5 MAMI 12xM16x1.5 MAMI 18xM22x1.32xM42x2 MAMI 32xM42x2-AG-PH 20 70 35 2 35 M42x2 AM. S1 (pol. . Diâmetros externos de tubos preferenciais. .-AG-PH Inox Rosca d Métrica 3 paralela 4 M8x1 5 6 Referência:AM Material da conexão: “A” . . . .74 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AMA 25xM33x2 AMA Aço AMC Latão MAMI.4xM33x2 MAMI 25. . .4xM10x1 MAMI 6. .5xM16x1. .18xM22x1.10xM16x1.5 AM.1/4 MAMI 15xM18x1.

aço Diâm.5/8 UNF 15 62 35 1.2 41 9. 2 .1/16 UNF AMA 22x1.5/8 UNF 15 62 35 1. por motivos técnicos e comerciais.1/16 UNF 15 1.4 8 AMA 6x7/16 UNF 1/2 UNF AMA 6x1/2 UNF 7/16 UNF AMA 6.1/4 1.7 1.7/8 UNF 15 62 35 2.1/16 UNF AMA 20x1.7 14 15 16 Referência 7/16 UNF 1/2 UNF 9.7 48 3/4 UNF AMA 12.1/16 UNF 1.3/8 1.1/4 53 30 1 1.5/16 UNF AMA 28x1.1/4 1.3/16 UNF AMA 25x1.5/8 UNF AMA 32x1.4x1.1/16 UNF AMA 25x1.5x7/16 UNF AMA 9.3/16 UNF 1.1/4 1.5/16 UNF 15 62 35 1.5 20 1/2 19 6 6.5 33. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. S1 (pol.1/2 30 1.5 Referência: AM Material da conexão: “A” .1 45 3/4 UNF AMA 14x3/4 UNF 11.7/8 UNF AMA 38x1. consulte-nos.5/16 UNF 15 62 35 1.1/16 UNF 15 l3 Sext.5 20 7/16 18 5 3/8 UNF AMA 5x3/8 UNF 7.2 9.5 33.1/16 UNF 7/8 UNF AMA 18x1.1/2 9/16 25 25 11/16 11/16 7/8 25 25 1 7/8 7/8 25 1 7/8 25 1 7/8 30 1 1.7/8 UNF AMA 42x1.5x9/16 UNF A L 25 9.1 45 7/8 UNF AMA 12x7/8 UNF 12.1/16 UNF 1.75 ADAPTADORES ADAPTADOR MACHO UNF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AMA 16x3/4 UNF AMA Aço d 3 Rosca UNF paralela Aço 4 5/16 UNF AMA 4x5/16 UNF 7.: 1 .Fax: (19) 3272-0614 .5/8 UNF AMA 30x1.1 49 AMA 16x7/8 UNF AMA 16x1.) 53 30 1.1/2 28 1.1/16 UNF 12.1 45 7/8 UNF AMA 14x7/8 UNF 12.7/8 35 1.1/4 42 1.1 44 7/8 UNF AMA 15x7/8 UNF 12.) 25 25 d Rosca UNF paralela 3 Referência A L Aço 1.1/16 UNF 15 55 30 15 53 30 15 62 35 9/16 5/8 41 9/16 UNF 7/8 UNF 1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5/16 UNF 25. nº 366 .7 46 3/4 UNF AMA 15x3/4 UNF 11.São Bernardo .5/16 UNF AMA 25. externo da ponta lisa: 16 mm Medida rosca macho: 3/4 UNF 9/16 UNF AMA 8x1/2 UNF AMA 9.1/4 38 1.7/8 32 1.1/4 AMA 19x7/8 UNF 12.3/16 UNF AMA 22x1.1/16 UNF l 9/16 5/8 20 1.7/8 UNF AMA 35x1.As dimensões acima são nominais.7 48 3/4 UNF AMA 16x3/4 UNF 11. S1 (pol.7 15 52 54 3 Sext. OBS.2 41 9.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .2 10 41 42 AMA 10x9/16 UNF 10 42 3/4 UNF AMA 12x3/4 UNF 11.1/4 22 25 1.1/16 UNF AMA 19x1.4 1.7x3/4 UNF 11.7/8 UNF 15 65 40 2.7/8 UNF 15 65 40 2.4x7/16 UNF 7/16 UNF 10 12 12.1/4 Dimensões em milímetros.Para conexões em latão ou inox.

1/4 NPT-AG-PH 26 65 68 35 1.5 61 25 3/4 NPT 1 NPT AF..1/4 NPT-AG-PH 26 15 16 18 19 20 22 30 30 30 30 1...Fax: (19) 3272-0614 .7x1/4 NPT AF.1/16 1.6.20x1/2 NPT AF.-AG-PH Inox d 3 4 5 6 6.1/4 42 1.7x1/2 NPT AF...4x1/4 NPT-AG-PH MAFI 6.. S1 (pol..5 50 53.38x1.7x1/2 NPT-AG-PH MAFI 12....25...5x3/8 NPT-AG-PH 11 16 25 16..14x1/2 NPT MAFI 14x3/8 NPT-AG-PH MAFI 14x1/2 NPT-AG-PH 16.5/8 1.19x3/8 NPT AF. externo ponta lisa: 20 mm.5 62 26 66 30 1....1/4 NPT-AG-PH MAFI 42x1.1/4 NPT AF..35x1.1/16 1..São Bernardo .1/16 9/16 3/4 7/8 9/16 3/4 7/8 3/4 7/8 1...5 44 49 49 54 25 3/4 7/8 1.7/8 2..16x3/8 NPT AF..28x3/4 NPT AF.19x1/2 NPT AF.1/2 NPT MAFI 38x1.6.5x1/8 NPT AF..76 ADAPTADORES ADAPTADOR FÊMEA NPT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AFC 20x1/2 NPT AFA Aço AFC Latão MAFI..16x3/4 NPT 20 21.1/4 NPT MAFI 30x1 NPT-AG-PH MAFI 30x1...1/16 1.........5 10 12 12.4x3/8 NPT AF..22x3/4 NPT AF..5x1/4 NPT AF.5 54 57 51 53 59 30 1/2 NPT 3/4 NPT 3/4NPT 1 NPT AF.9....32x1 NPT AF.. Diâmetros externos dos tubos preferenciais.18x1/2 NPT AF.. S1 (pol.....4x1/4 NPT MAFI 4x1/8 NPT-AG-PH MAFI 4x1/4 NPT-AG-PH 11 16 37 40 1/8 NPT 1/4 NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT AF.6x3/8 NPT AF.9..12....7x3/4 NPT MAFI 12..) 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AF....1/4 1. OBS.30x1 NPT AF........6x1/4 NPT AF...1/4 NPT AF.1/2 NPT AF.22x1 NPT MAFI 20x1/2 NPT-AG-PH MAFI 20x3/4 NPT-AG-PH MAFI 22x3/4 NPT-AG-PH MAFI 22x1 NPT-AG-PH 20 21.5 16.Latão Diâm...1/4 7/8 1..5/8 28 3/4 NPT 1 NPT AF...9.1/16 1.5 16.14x3/8 NPT AF..1/4 NPT-AG-PH 26 66 35 1.12x1/4 NPT AF..1/4 NPT-AG-PH MAFI 38x1.5 26 53 57 58..1/4 1.5 21.5 25 MAFI 16x3/8 NPT-AG-PH MAFI 16x1/2 NPT-AG-PH MAFI 16x3/4 NPT-AG-PH 1/2 NPT 3/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AF.32x1..30x1.12x3/4 NPT MAFI 12x1/4 NPT-AG-PH MAFI 12x3/8 NPT-AG-PH MAFI 12x1/2 NPT-AG-PH MAFI 12x3/4 NPT-AG-PH 11 16.1/4 1.10x3/8 NPT MAFI 10x1/8 NPT-AG-PH MAFI 10x1/4 NPT-AG-PH MAFI 10x3/8 NPT-AG-PH 11 42 16 45 16.1/4 NPT MAFI 32x1 NPT-AG-PH MAFI 32x1.7 14 Rosca NPT Cônica Referência:AF: Material da conexão: “C” ..7/8 32 1 NPT 1.7x3/4 NPT-AG-PH 16 16.5x1/4 NPT-AG-PH MAFI 9.1/16 1.1/4 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AF..5/8 1.1/4 1.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.....5 62.18x3/4 NPT AF.1/4 NPT 1.4x1 NPT MAFI 25.4x3/8 NPT-AG-PH MAFI 6.5x1/8 NPT-AG-PH MAFI 9.: 1 .5/8 1.28x1 NPT MAFI 28x3/4 NPT-AG-PH MAFI 28x1 NPT-AG-PH 21.7/8 35 1 NPT 1... Medida rosca macho: 1/2 NPT Referência Aço ou Latão Inox B L I3 Sext.1/16 1.4x3/4 NPT AF.15x1/2 NPT AF.Os itens em inox são fornecidos montados com porca de aperto de inox com banho de prata PI AG e anel de penetração de inox AI PH já cravado na ponta lisa.42x1.1/16 9/16 3/4 7/8 1.8x1/4 NPT AF.5 46 20 49 25 20 20 25 25 9/16 3/4 9/16 3/4 9/16 3/4 7/8 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/4 1..12.5 20 21.12x3/8 NPT AF.1/2 NPT-AG-PH 26 27 71 74 40 1.7x1/4 NPT-AG-PH MAFI 12..4x1 NPT-AG-PH 21.6x1/2 NPT MAFI 5x1/8 NPT-AG-PH MAFI 5x1/4 NPT-AG-PH MAFI 6x1/8 NPT-AG-PH MAFI 6x1/4 NPT-AG-PH MAFI 6x3/8 NPT-AG-PH MAFI 6x1/2 NPT-AG-PH 11 16 11 16 16.4x3/4 NPT-AG-PH MAFI 25.8x3/8 NPT MAFI 8x1/8 NPT-AG-PH MAFI 8x1/4 NPT-AG-PH MAFI 8x3/8 NPT-AG-PH 11 40 16 45 16.. 2 ..5 26 66 35 1.5 42 45 49 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT AF.4x1/8 NPT AF..5/8 35 1. por motivos técnicos e comerciais.1/4 1.6 20 21...5 62.1/4 7/8 1......19x3/4 NPT MAFI 18x1/2 NPT-AG-PH MAFI 18x3/4 NPT-AG-PH MAFI 19x3/8 NPT-AG-PH MAFI 19x1/2 NPT-AG-PH MAFI 19x3/4 NPT-AG-PH 20 21.5 20 37 40 42 45 48 50 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT AF.1/16 1...5/8 65 67 35 1.4x1/8 NPT AF.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .7x3/8 NPT AF..5 49 25 9/16 3/4 7/8 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT AF.1/16 d 3 Rosca NPT cônica Referência Aço ou Inox B L Inox MAFI 15x1/2 NPT-AG-PH MAFI 15x3/4 NPT-AG-PH I3 Sext..4x1/8 NPT-AG-PH MAFI 6..6..1/4 NPT AF.1/4 Dimensões em milímetros.5 20 21.4 3/4 NPT 1 NPT AF.4x1/2 NPT MAFI 6.1/2 NPT AF..12x1/2 NPT AF.25.1/4 NPT AF.5/8 25.1/2 NPT MAFI 42x1....1/4 NPT AF.1/2 NPT-AG-PH 27 26 71 74 40 1..6.5 49 25 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT AF.25x3/4 NPT AF.1/4 7/8 1..15x3/4 NPT AF.10x1/8 NPT AF...5x1/8 NPT AF.5 51 54 58...1/4 NPT 1...7/8 38 1.. nº 366 .5 44 49 49 54 25 3/8 NPT 1/2 NPT AF.35x1 NPT AF.......5 26 65 30 1 NPT 1.16x1/2 NPT AF.7x3/8 NPT-AG-PH MAFI 12.5 20 42 45 48 50 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT AF.4 8 9..42x1.12.38x1..10x1/4 NPT AF.4x1/2 NPT-AG-PH 11 16 16.1/4 1.25x1 NPT MAFI 25x3/4 NPT-AG-PH MAFI 25x1 NPT-AG-PH 21.12.1/4 NPT MAFI 35x1 NPT-AG-PH MAFI 35x1.5x3/8 NPT MAFI 9.4x1/4 NPT AF.7/8 2.6x1/8 NPT AF.) 1/8 NPT 1/4 NPT AF....5x1/4 NPT AF..5 20 21.20x3/4 NPT AF..8x1/8 NPT AF..

1/16 1..4x1/4 BSP MAFI 6..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5x3/8 BSP-AG-PH 19 49 1/4 BSP AF.1/2 BSP MAFI 42x1. OBS.1/2 BSP MAFI 38x1.5/8 2 1.-AG-PH Inox d Rosca BSP 3 4 5 6 6.38x1...1/4 BSP-AG-PH 27 68 28 7/8 7/8 30 1....4x1/8 BSP MAFI 4x1/8 BSP-AG-PH 13 37 1/4 BSP AF.1/16 7/8 32 1.12.5/8 35 35 35 73 74 1.20x1/2 BSP MAFI 20x1/2 BSP-AG-PH 20 54 3/4 BSP AF.......1/16 7/8 1 BSP 1 BSP 1.12x3/8 BSP MAFI 12x3/8 BSP-AG-PH 19 49 1/2 BSP AF..4x1/4 BSP MAFI 4x1/4 BSP-AG-PH 17 42 1/8 BSP AF.6...aço Diâm.1/16 1..1/4 BSP MAFI 42x1.12.1/4 BSP 35 1 BSP AF.25x3/4 BSP MAFI 25x3/4 BSP-AG-PH 21 60 AF.1/4 BSP AF.7x1/2 BSP MAFI 12..1/4 BSP-AG-PH 1...32x1.1/16 1..1/4 2 1..1/4 BSP MAFI 38x1..16x3/4 BSP MAFI 16x3/4 BSP-AG-PH 21 57 I Sext.18x3/4 BSP MAFI 18x3/4 BSP-AG-PH 21 57 1/2 BSP AF.. S1 (pol.1/4 1..1/4 1...1/4 2 2.20x3/4 BSP MAFI 20x3/4 BSP-AG-PH 21 56 3/4 BSP 1BSP I 3 Inox AF....4x3/4 BSP-AG-PH 21 60 30 30 30 30 Sext.6. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.15x3/4 BSP MAFI 15x3/4 BSP-AG-PH 21 52 1/2 BSP AF..1/4 BSP MAFI 30x1. Diâmetros externos dos tubos preferenciais....1/2BSP AF.5x1/8 BSP MAFI 5x1/8 BSP-AG-PH 13 37 1/4 BSP AF.22x3/4 BSP MAFI 22x3/4 BSP-AG-PH 21 57 AF......6..10x3/8 BSP MAFI 10x3/8 BSP-AG-PH 19 49 3/8 BSP AF.5 10 12 12.5x1/4 BSP MAFI 9.25.: 1 .25...) 1.42x1.5x1/4 BSP-AG-PH 17 45 3/8 BSP AF..1/4 1.35x1..1/4 BSP-AG-PH 1....1/16 1.1/2 BSP-AG-PH 1...4x1 BSP MAFI 25.28x1 BSP MAFI 28x1 BSP-AG-PH 25 65 AF.5/8 1.5/8 2 2 40 40 2.5/8 1..1/4 BSP MAFI 35x1..30x1.15x1/2 BSP MAFI 15x1/2 BSP-AG-PH 20 49 3/4 BSP AF..1/4 1....1/4 1.1/16 1...Os itens em inox são fornecidos montados com porca de aperto de inox com banho de prata PI AG e anel de penetração de inox AI PH já cravado na ponta lisa..) 20 20 25 9/16 3/4 9/16 3/4 9/16 3/4 9/16 25 d3 18 19 20 22 3/4 Rosca BSP Referência B Aço ou Latão L 1/2 BSP AF..7x3/8 BSP MAFI 12..8x1/4 BSP MAFI 8x1/4 BSP-AG-PH 17 47 3/8 BSP AF.4x1/4 BSP-AG-PH 17 47 3/8 BSP AF.1/4 38 42 27 27 35 35 35 73 74 1..18x1/2 BSP MAFI 18x1/2 BSP-AG-PH 20 54 3/4 BSP AF. por motivos técnicos e comerciais..30x1 BSP MAFI 30x1 BSP-AG-PH 25 64 AF...7x3/8 BSP-AG-PH 19 49 1/2 BSP AF...1/16 1..9..19x3/4 BSP MAFI 19x3/4 BSP-AG-PH 21 57 1/2 BSP AF..1/4 1.....Fax: (19) 3272-0614 .4x3/4 BSP MAFI 25. S1 3 (pol. 2 .25x1 BSP MAFI 25x1 BSP-AG-PH 25 65 AF..4x1/8 BSP MAFI 6..4x1/8 BSP-AG-PH 13 42 1/4 BSP AF.1/4 BSP-AG-PH 27 68 AF....5/8 1.6x1/8 BSP MAFI 6x1/8 BSP-AG-PH 13 42 1/4 BSP AF.1/4 BSP-AG-PH 1..4 7/8 1 BSP AF.5x1/4 BSP MAFI 5x1/4 BSP-AG-PH 17 41 1/8 BSP AF.16x1/2 BSP MAFI 16x1/2 BSP-AG-PH 20 55 3/4 BSP AF.22x1 BSP MAFI 22x1 BSP-AG-PH 25 62 AF.42x1...19x1/2 BSP MAFI 19x1/2 BSP-AG-PH 20 54 3/4 BSP AF...6x1/4 BSP MAFI 6x1/4 BSP-AG-PH 17 46 1/8 BSP AF.1/4 1..28x3/4 BSP MAFI 28x3/4 BSP-AG-PH 21 60 1 BSP AF.9.1/2 BSP-AG-PH 1..As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço..32x1 BSP MAFI 32x1 BSP-AG-PH 25 64 AF.7 14 15 16 Referência: AF Material da conexão: “A” .10x1/4 BSP MAFI 10x1/4 BSP-AG-PH 17 45 3/8 BSP AF. externo ponta lisa: 8 mm Medida da rosca fêmea: 3/8 BSP Referência B Aço ou Latão L Inox 1/8 BSP AF.7x1/2 BSP-AG-PH 20 50 3/8 BSP AF.1/2 BSP AF.5x3/8 BSP MAFI 9.5/8 7/8 25 25 25 25 25 `25 25 30 3/4 25 3/4 BSP 7/8 1 BSP 3/4 3/4 BSP 25.8x3/8 BSP MAFI 8x3/8 BSP-AG-PH 19 49 1/4 BSP AF..4x3/8 BSP MAFI 6.....4x1 BSP-AG-PH 25 65 3/4 3/4 BSP AF.35x1 BSP MAFI 35x1 BSP-AG-PH 25 64 27 68 1.4x3/8 BSP-AG-PH 19 49 1/4 BSP AF.1/4 BSP AF....12x1/2 BSP MAFI 12x1/2 BSP-AG-PH 20 50 3/8 BSP AF..1/4 BSP MAFI 32x1.1/4 BSP AF..1/4 BSP 1.1/4 Dimensões em milímetros.14x3/8 BSP MAFI 14x3/8 BSP-AG-PH 19 49 1/2 BSP AF..4 8 9.38x1... nº 366 .77 ADAPTADORES ADAPTADOR FÊMEA BSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AFA 8x3/8 BSP AFA Aço AFC Latão MAFI.São Bernardo ..14x1/2 BSP MAFI 14x1/2 BSP-AG-PH 20 50 1/2 BSP AF.

5/8 28 M33x2 AF.5 AF..5 6..São Bernardo .Aço Diâm.7xM18x1.6..5 MAFI 10xM18x1.8xM12x1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 43 6 M12. Diâmetros externos dos tubos preferenciais.5 43 M12x1.5/8 25.12xM18x1.1/4 M27x2 AF.4 M33x2 AF.. nº 366 ..4xM8x1 MAFI 4xM8x1-AG-PH 13.5 MAFI 18xM12x1..48xM48x2 MAFI 42xM48x2-AG-PH 30 75 40 2.Fax: (19) 3272-0614 .35xM42x2 MAFI 35xM42x2-AG-PH 28 71 35 2 38 M48x2 AF.. 2 .3/8 22 M26x1.5-AG-PH M14x1.5 AF..4xM33x2 MAFI 25..16xM18x1...5 AF...6xM10x1 MAFI 6xM10x1-AG-PH 13...5 MAFI 15xM18x1.1/8 AF.4xM10x1 MAFI 6. S1 (pol.1/8 Dimensões em milímetros.5 AF.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.5-AG-PH 21 55 30 1..5-AG-PH 19 8 10 12 48 9/16 25 MAFI 18xM22x1.5 MAFI 12xM18x1..1/4 25 M33x2 AF...20xM27x2 MAFI 20xM27x2-AG-PH 23 59 30 1..5 MAFI 9.5 AF.5-AG-PH M16x1.25.7 16 Sext.5x1.18xM22x1.5 AF.5 MAFI 16xM18x1.7xM18x1.5 AF.5 MAFI 12xM16x1.10xM14x1.5 AF.: 1 .5-AG-PH M16x1..5-AG-PH 20 49 25 14 M20x1.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5-AG-PH 23 58 30 1..5 MAFI 12..1/4 Inox 3/4 19 19 48 48 25 25 49 49 25 M18x1...) L 11/16 19 9.. OBS.5 Referência:AF Material da conexão: “A” ..5 MAFI 10xM16x1...5 MAFI 14xM20x1...5 MAFI 16xM22x1.4xM33x2-AG-PH 25 66 35 1.5 AF.5 MAFI 18xM814x1.15xM18x1..5xM16x1.5 AF..5 38 20 1/2 M 10x1 AF.30xM42x2 MAFI 30xM42x2-AG-PH 28 71 35 2 32 M42x2 AF.5-AG-PH 21 55 30 1..6xM12x1..5x16x1.5/8 30 M42x2 AF.5 38 20 1/2 5 M8x1 AF. externo da ponta lisa: 8 mm..5-AG-PH 19 48 M10x1 AF..28xM33x2 MAFI 28xM33x2-AG-PH 25 66 35 1..16xM22x1.Os itens em inox são fornecidos montados com porca de aperto de inox com banho de prata PI AG e anel de penetração de inox AI PH já cravado na ponta lisa..5-AG-PH M16x1...14xM20x1..4 25 AF.5-AG-PH 20 M18x1.5-AG-PH 20 54 M22x1.-AG-PH Inox d3 Rosca Métrica paralela Referência Aço ou Metal Inox B L I3 Sext.78 ADAPTADORES ADAPTADOR FÊMEA MÉTRICA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AFA 8xM12x1. por motivos técnicos e comerciais..5 MAFI 22xM26x1.12xM16x1..1/4 42 M48x2 AF..5 MAFI 19xM24x1..5 I3 B 9/16 11/16 25 Referência 30 7/8 15/16 15/16 1 15/16 15/16 1...9.5 20 4 M8x1 AF.5 19 M24x1. Medida rosca fêmea:M12x1.19xM24x1..5-AG-PH M14x1.10xM16x1.38xM48x2 MAFI 38xM48x2-AG-PH 30 77 40 2..12.32xM42x2 MAFI 32xM42x2-AG-PH 28 71 35 2 35 M42x2 AF..5-AG-PH 21 50 25 15 M18x1...22xM26x1.) d3 Rosca Métrica paralela Aço ou Latão 18 M22x1.5 AFA Aço AFC Latão MAFI.5 AF.25xM33x2 MAFI 25xM33x2-AG-PH 25 66 35 1.5 AF.5-AG-PH 21 55 20 7/8 3/4 7/8 12.5 AF.....5 AF.5 MAFI 6xM12x1.5xM8x1 MAFI 5xM8x1-AG-PH 13.5-AG-PH 49 25 M18x1.4xM10x1-AG-PH 13. S1 (pol.8xM14x1...

5/16 UNF AFA 25x1. Diâmetros externos de tubos preferenciais.5 42 9/16 UNF AFA 9.1/2 23.5 66 35 1.5/8 28 1.5 74 40 2.1/4 42 1.) d 3 5/16 UNF AFA 4x5/16 UNF 13 36 20 1/2 18 5 3/8 UNF AFA 5x3/8 UNF 13 36 20 9/16 19 6. externo da ponta lisa: 20 mm.79 ADAPTADORES ADAPTADOR FÊMEA UNF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AFA 20x1.1/8 1 1 25 1.5 65 35 1.Para conexões em latão ou inox.5/8 30 1.7/8 UNF AFA 35x1. por motivos técnicos e comerciais.: 1 .1/4 38 1.4 8 9.7/8 UNF AFA 38x1.1/8 1 25 1. Medida rosca fêmea: 1.1/16 UNF AFA 19x1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .4x1.4x7/16 UNF 14.5 60 30 1.5x9/16 UNF 16 45 9/16 UNF AFA 10x9/16 UNF 16 45 3/4 UNF AFA 12x3/4 UNF 17 47 7/8 UNF AFA 12x7/8 UNF 20 50 3/4 UNF AFA12.7/8 UNF 23. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/2 5/8 3/4 3/4 1 25 25 1.1/16 UNF 1.3/16 UNF AFA 22x1.5 69 35 2.5/16 UNF 23.1/16 UNF AFA d3 Aço Rosca UNF paralela Referência:AF Material da conexão: “A” .5 55 60 7/8 UNF 1.3/8 Referência 3 Aço 4 6 Rosca UNF paralela AFA 19x7/8 UNF 20 1.5/16 UNF 23.5 74 40 2.1/8 1.3/8 1.5/16 UNF 25.3/16 UNF 23.As dimensões acima são nominais.5 43 45 43 1/2 UNF AFA 8x1/2 UNF 14.5 60 30 1.5/8 UNF AFA 30x1.) B L l AFA 18x1.5 68 35 2 32 1.5/8 UNF AFA 32x1.7/8 UNF 23.5x7/16 UNF 14.1/16 UNF AFA 20x1.1/16 UNF 23.7/8 UNF AFA 42x1.1/16 UNF 23.São Bernardo .1/16 UNF 1.aço Diâm. consulte-nos.1/16 UNF 1.7x3/4 UNF 17 47 3/4 UNF AFA 14x3/4 UNF 17 47 7/8 UNF AFA 14x7/8 UNF 20 50 3/4 UNF AFA 15x3/4 UNF 17 46 7/8 UNF AFA 15x7/8 UNF 20 50 3/4 UNF AFA 16x3/4 UNF 17 51 AFA 16x7/8 UNF AFA 16x1. 2 .3/16 UNF AFA 20x1.1/16 UNF AFA 25x1.7/8 UNF 23. nº 366 .5/8 UNF 23.1/8 1.1/4 22 25 1.5 66 35 1.5 14.5/16 UNF AFA 25.5 60 30 23.1/16 UNF 7/8 UNF Sext.5/16 UNF AFA 28x1.3/8 1.3/16 UNF 1.3/8 1.1/16 UNF 25 25 25 25 25 5/8 11/16 5/8 11/16 20 1.3/8 1.5/8 UNF 23.1/16 UNF Referência B L l 3 Aço Sext.4 1.5 10 12 12.Fax: (19) 3272-0614 .5 43 7/16 UNF AFA 9.1/16 UNF AFA 22x1.1/8 1 30 1.5 67 35 2 35 1. OBS.1/16 UNF 20 23.5 57 60 30 1. S1 (pol.7 14 15 16 7/16 UNF 1/2 UNF AFA 6x1/2 UNF 7/16 UNF AFA 6.3/8 Dimensões em milímetros.5/8 1. S1 (pol.

1/2 BSP 3 BSP 1/8 BSPT 1/4 BSPT 3/8 BSPT 1/2 BSPT 3/4 BSPT 1 BSPT 1.Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/2 BSP 2 BSP 2. A sequência de roscas para adaptadores Macho-Macho e FêmeaFêmea é: a) NPT x BSP b) NPT x M c) NPT x UNF d) NPT x BSPT e) BSP x M f) BSP x UNF g) BSP x BSPT h) M x UNF i) M x BSPT j) UNF x BSPT Exemplo: MMA 3/8 NPT x 3/8 BSP FFC 1/2 BSP x 7/8 UNF MMI M18x1.7/8 UNF Referência:MM Material da conexão: “A” .1/4 BSPT 1. BSP.5 M 27x2 M 33x2 M 42x2 M 48x2 M 60x2 UNF Paralela 5/16 UNF 3/8 UNF 7/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 1.5 xM16x1.5 M 20x1.1/2 NPT 2 NPT 2.3/16 UNF 1.7/8 UNF Aço Latão Inox ADAPTADOR FÊMEA. nº 366 . MÉTRICA e UNF.1/2 BSPT 3 BSPT 2.São Bernardo .5 M 26x1.aço Medida de uma rosca fêmea: 3/4 NPT Medida de outra rosca fêmea: 1/2 UNF Aço Latão Inox ADAPTADOR MACHO-FÊMEA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MFA MFC MFI MFA 3/8x 1/8 BSP Referência:MF Material da conexão: “A” .5 NPT Cônica BSP Paralela BSPT Cônica 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1 NPT 1.aço Medida de uma rosca macho: 1/2 NPT Medida de outra rosca macho: 1.5 M 14x1. a codificação deverá ser efetuada considerando-se primeiro a maior dimensão. apresentadas abaixo.1/2 BSPT 2 BSPT 2.80 ADAPTADORES ADAPTADORES MACHO-MACHO.Fêmea. são codificados de acordo com o seguinte: Os adaptadores Macho-Fêmea.aço Medida da rosca macho: 3/8 BSP Medida da rosca fêmea: 1/8 BSP Aço Latão Inox C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.FÊMEA CODIFICAÇÃO ROSCAS DISPONÍVEIS Os adaptadores Macho-Fêmea. Exemplo: MMA 3/4 x 1/2 NPT MMA 3/4 x 1/2 BSP FFC M18x1. Macho-Macho e Fêmea.1/4 BSP 1.1/4 NPT 1. MÉTRICA Paralela M 8x1 M 10x1 M 12x1.FÊMEA E MACHO.5 M 24x1.7/8 UNF Exemplo: MFA 1/2 BSP x M18 x 1. 1.5 M 16x1.5 M 22x1.Fêmea são fornecidos em quaisquer combinação de medidas das roscas NPT.1/2 NPT 3 NPT 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1. Os adaptadores Macho-Fêmea são codificados considerando-se primeiro a rosca macho. Macho-Macho e Fêmea.5/8 UNF 1.5/16 UNF 1.1/16 UNF 1.FÊMEA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: FFA FFC FF I FFA 3/4 NPTx 1/2 UNF Referência:FF Material da conexão:“A” .5 x 3/4 UNF Sendo um mesmo tipo de rosca.5 MFC 1/2 UNF x 1/4 NPT ADAPTADOR MACHO-MACHO REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MMA MMC MMI MMA 1/2 NPTx 1. FÊMEA.5 M 18x1.

. 8 25 25 OB..4 OB.28 35 12 OB.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .35 35 15 OB.. 6 25 20 OB..22 32 8 OB.. OBS..4 25 22 OB.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço. externo do tubo: 22 mm OBA 22 Aço Latão Inox Diâm. para diâmetro externo de tubos de 4 a 42mm. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro...81 ADAPTADORES ADAPTADOR LISO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: ALA ALC MALI..19 30 6 OB.aço Diâm..... externo do lado maior: 18 mm..25 35 9. Aço Latão Inox IMPORTANTE: Qualquer combinação é possível..5 OB. Diamêtros externos de tubos preferenciais...20 32 6.7 OB.4 35 10 OB.. 6..30 35 12.5 25 25.25. externo do lado menor: 10mm. 4 20 18 OB..São Bernardo ..42 42 Dimensões em milímetros.. OBTURADOR DE CONEXÃO REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: OBA OBC OBI Referência:OB Material da conexão: “A” .: 1 .O obturador de conexão é fornecido com anel de penetração já cravado..... 3 . tubo Referência L 4 OB.. nº 366 ..: 1 ... por motivos técnicos e comerciais.aço Diâm. Diâm..Fax: (19) 3272-0614 ...... ext.32 35 14 OB.. 9.38 40 16 OB.15 25 38 OB. tubo Referência L Diâm. ext.. 5 20 19 OB.. vide página 4.12 25 30 OB.7 25 32 OB.-AG-PH ALA 18x10 Referência: AL Material da conexão: “A” .Para solicitação de itens em inox com anel de penetração AI PH.18 30 5 OB..16 30 42 OB....14 25 35 OB.. 2 ..12.Os itens em inox são fornecidos montados com porcas de aperto de inox com banho de prata PI AG e anéis de penetração de inox AI PH já cravado nas duas pontas lisas..10 25 28 OB..4 OB. OBS....

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.12. Diamêtros externos dos tubos preferenciais.5/8 M38x2 12 OT.3/4 M42x2 14 OT.5 25.. 4 20 7/16 M10x1 18 OT..aço Diâm.38 40.20 32 1. 5 20 7/16 M10x1 19 OT.42 41. ext.7/8 M45x2 15 OT..5 1..1/16 M26x1.5 6 OT.1/4 M30x2 6..3/8 M34x2 10 OT.As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.14 27 7/8 M22x1..5 28 OT. tubo Referência OTA 22 L S1 Rosca Mêtrica Diâm.5 2 M48x2 16 OT.35 37.5 38 OT. tubo Referência L S1 Rosca Mêtrica 4 OT.5 42 OT.28 34 1..1/8 M28x1...5 26 11/16 M16x1.32 37 1.5 1.5 35 OT..12 26 13/16 M20x1...25.. OBS....3/4 M42x2 12....15 27 7/8 M22x1.5 32 OT. 6.......22 32 1.16 27 1 M24x1.7 OT..5 22 OT..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..Fax: (19) 3272-0614 .18 29 1.: 1 .25 33 1.São Bernardo .4 33 1..1/4 M30x2 8 OT.. nº 366 .... 6 22 1/2 M12x1. externo do tubo: 22 mm..1/4 M52x2 Dimensões em milímetros....10 26 11/16 M16x1..19 30 1..30 36.5 25 OT.7 26 13/16 M20x1.. 9.5 2.. 2 .. ext....O obturador para tubo é fornecido sem porca e sem anel de penetração.5 20 OT. 8 25 9/16 M14x1.82 ADAPTADORES OBTURADOR PARA TUBO REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: OTA OTC OTI Aço Latão Inox Referência:OT Material da conexão: “A” .4 22 1/2 M12x1.4 OT.4 OT. por motivos técnicos e comerciais.5 5 OT.5 OT.. Diâm.3/8 M34x2 9.5 30 OT...

5 MJOR 2 VJOR 2 AS. ASA 16 Aço Inox Referência Execução normal AS. 35 35 25 60.. Exemplo de especificação: ASI 20 Para Solicitação do Adaptador Solda em aço carbono execução AT..5 MOR 7 VOR AS..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fornecido com O-ring correspondente: Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .: 1 .. região solda d4 6 Referência do O-ring d L Execução normal Execução AT Buna-N Viton 32. 38 38 26 65 MOR 11 VOR 11 Dimensões em milímetros OBS. 8 8 4 32. 10 10 5.. 12 12 7 34 MJOR 4 VJOR 4 7 AS...83 ADAPTADORES ADAPTADOR SOLDA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: ASA ASI Referência:AS Material da conexão: “A” .. 2 .5 MJOR 1 VJOR 1 5 3 AS. remover a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem... 20 20 13 43.Fax: (19) 3272-0614 . 25 25 17 48 MOR 29 VOR 29 AS..0 MJOR 16 VJOR 16 AS...5 MJOR 8 VJOR 8 AS.5 32..aço Diâmetro da solda: 16 mm..5 MOR 34 VOR 34 AS. 6 Diâm... nº 366 . 16 16 10 40 MOR 28 VOR 28 AS. Exemplo de especificação: ASA 30xAT 3 .Efetuar a opreração de soldagem antes da colocação do O-ring no corpo da conexão. acrescentar na referência o sufixo “ xAT”.. 30 30 20 56.é fornecido somente com O-Ring VITON..35 a + 120 .São Bernardo . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Para os itens em aço (ASA)..25 a + 200 O Adaptador Solda em aço inoxidável.

7 30.8 15.-LF Aço Adaptador da flange para solda Referência:AFS Material da Flange: “A” .LF Adaptador da flange para solda-lado fêmea Rosca NPT cônica C d 6 d 7 h Referência Referência AFSA 1/8 NPT AFSA 1/8 NPT -LF 1/8 NPT 3 15.1 88.1/2 NPT AFSA 1.4 76.9 35.4 38.aço Medida da rosca: 3/8 NPT ADAPTADOR FLANGE PARA SOLDA-LADO FÊMEA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AFSA 3/8 NPT .7 AFSA 1.2 7.1/4 NPT 4 50.1/4 NPT -LF 1.1/2 NPT -LF 1.Fax: (19) 3272-0614 .aço Medida da rosca: 3/8 NPT Rosca lado fêmea : ..5 17.: Remover a camada protetiva de fosfatização antes da operação de soldagem.1 AFSA 1/4 NPT AFSA 1/4 NPT -LF 1/4 NPT 4 19.0 44.9 20.0 9.6 AFSA 1/2 NPT AFSA 1/2 NPT -LF 1/2 NPT 4 28..7 7.LF OBS. AFSA AFSA.84 ADAPTADORES ADAPTADOR FLANGE PARA SOLDA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: AFSA AFSA 3/8 NPT Aço Referência:AFS Material da Flange: “A” .0 31.9 53.1 AFSA 3/4 NPT AFSA 3/4 NPT -LF 3/4 NPT 4 35.0 AFSA 2 NPT AFSA 2 NPT -LF 2 NPT 4 73.São Bernardo ..7 AFSA 1 NPT AFSA 1 NPT -LF 1 NPT 4 42... C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.LF AFSA.1 11.9 AFSA 3/8 NPT AFSA 3/8 NPT -LF 3/8 NPT 4 23.8 63.2 19.1/2 NPT 4 60.1/4 NPT AFSA 1.5 AFSA 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 15. nº 366 .6 Dimensões em milimetros.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.) Referência: CF Medida nominal da flange: 1.1/4 Referência Execução normal a b c d e f Parafuso Referência do O-ring Execução Execução AT normal Buna-N Viton 1/2 CF 1/2 38. 2 Pressão de utilização: o a 210 Kg/cm OBS.85 CONEXÕES COM FLANGE SAE CONJUNTO DE FLANGE .3 16 3/8 .Fax: (19) 3272-0614 .1/2 69.8 10.1/2 x AT.Fornecido com parafusos. nº 366 .1/4 CF 1.SAE 3000 PSI FLANGE SAE J518C .35 a + 120 .6 12 14 7/16 .4 13.5 16 1/2 .2 13.1/2 CF 1.5 16 1/2 .16UNCx32 MOR 39 VOR 39 1 CF 1 52. Exemplo de especificação: CF 1.13UNCx38 MOR 26 VOR 26 CF 2 77.4 26 70 58. arruelas de pressão e O-rings correspondentes.16UNCx32 MOR 22 VOR 22 1.4 10. 2 .6 22 65 51.1/4 Ferro fundido CF Medida nominal de flange (pol. Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .: 1 . acrescentar na referência o sufixo “ x AT”.São Bernardo .As dimensões acima são nominais.14UNCx38 MOR 18 VOR 18 1.3 14 3/8 .CÓDIGO 61 d REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: CF 1.18UNCx38 MOR 27 VOR 27 2 Dimensões em milímetros.25 a + 200 Para solicitação dos itens em execução AT.1 18 54 46 8.9 36 94 82.8 43 102 96.7 30 90 72.1/4 58.7 13 5/16 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .18UNCx32 MOR 25 VOR 25 3/4 CF 3/4 47.

: 1 .3/4 35 1.4 15.1/4 UMA 35xF1.6 38.3/8 3/4 1 UMA 25xF3/4 UMA 25xF1 38.2 15.1 39.5/8 28 1 UMA 28xF1 39.3/8 1.5 44. Diamêtros externos de tubos preferenciais.5 50.1/4 2.5 44.1/4 2.7/8 38 1.3/4 2 32 1 1.8 14.3/4 30 1 1.8 60... ext.1/4 UMA 38xF1.2 47 49 59 61 1.1 14.2 49 50 63 64 1..1/4 1..São Bernardo .1/4 1. 3 .8 38.8 63.6 44. 2 . S1 (pol.2 45 56 1.4 14.1/4 Dimensões em milímetros.1/4 2.) Sext..1 44.8 50.1/2 UMA 38xF1.8 14.1/4 UMA 32xF1 UMA 32xF1.8 14.1/4 39.2 45 54 1.3 60.1/4 UMA 30xF1 UMA 30xF1. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada. S2 (pol.1/4 39. por motivos técnicos e comerciais.3 71.1 14. tubo: 30 mm Medida nominal da flange: 1 Diâm.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. tubo Medida nominal flange Referência d D 5 h 1 I L Sext.xF.1/16 1.4 14.2 49 61 1.8 50 54 66 70 42 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Usado com conjuto de flange referência CF.5 53. OBS.As dimensões acima são nominais. ext. (vide página 85). Diâm.) 18 3/4 UMA 18xF3/4 31.SAE 3000 PSI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: UMA.3/8 22 3/4 UMA 22xF3/4 31.86 CONEXÕES COM FLANGE SAE UNIÃO MACHO COM FLANGE .2 45 56 1.4 50.4 50.3 14.1/2 UMA 42xF2 53.2 49 50 63 64 1.1/4 20 3/4 UMA 20xF3/4 31.2 50 64 1.8 38.xF. UMA 30xF1 Aço Referência:UMA. nº 366 .6 44.6 44.As pressões de utilização são as indicadas para o lado Ermeto correspondente.1/2 44.1/2 2 2.Fax: (19) 3272-0614 .8 38.8 16 54 70 25 2 2.1/4 1..1 14.1/4 44...5/8 1.1/2 2 UMA 42xF1..

nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .

5x35 MOR 39 VOR 39 81 69. Exemplo de especificação: CFRM 1.1/2 2 CFR 2 CFRM 2 3/4 1 Parafuso Referência do O-ring Execução Execução AT normal Buna-N Viton e f 10.1/2 CFRM 1.7 1.conjunto de flange reforçada fornecidos com parafusos de fixação de rosca métrica.1/2 CFR 1.9 12.São Bernardo .5 113 95 17 30 5/8-11UNCx57 M16x2x50 MOR 26 VOR 26 96.8 1.2 27. nº 366 .1/4 CFRM 1.conjunto de flange reforçada fornecidos com parafusos de fixação de rosca UNC CFRM . Pressão de utilização: 0 a 420 kg/cm² .Fax: (19) 3272-0614 .75x40 MOR 22 VOR 22 31.1/4 66.8 23.1/4 x AT.5 15 27 1/2-13UNCx44 M14x2x45 MOR 18 VOR 18 79.Fornecido com parafusos.5 19 3/8-16UNCx38 M10x1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.) Referência Execução normal CFRM 3/4 Referência: CFRM Medida nominal da flange: 3/4 a b c d CFR 3/4 CFRM 3/4 50.8 71 60 CFR 1 CFRM 1 57.Código 62 REFERÊNCIA: CFR 1.88 CONEXÕES COM FLANGE SAE CONJUNTO DE FLANGE REFORÇADA CONJUNTO DE FLANGE REFORÇADA MÉTRICA SAE 6000 PSI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Flange SAE J518c .5 24 7/16-14UNCx44 M12x1.8 21 37 3/4-10UNCx70 M20x2. acrescentar na referência o sufixo “ x AT”. arruelas de pressão e O-rings correspondente Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .1/4 CFR 1. Medida nominal da flange (pol.6 11.As dimensões acima são nominais.7 95 77.4 36.1/4 Referência: CFR Medida nominal da flange: 1.: 1 .25 a + 200 Para solicitação dos itens execução AT. 2 .5 133 114 19.8 44.35 a + 120 .2 13. OBS.1/4 CFR Ferro Fundido CFRM Ferro Fundido CFR .5x70 MOR 27 VOR 27 Dimensões em milímetros.

89

CONEXÕES COM FLANGE SAE
UNIÃO MACHO COM FLANGE REFORÇADA - SAE 6000 PSI
EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

REFERÊNCIA:
UMA...xFR...

UMA 30xFR1

Aço
Referência:UMA...xFR...
Diâm. ext. tubo: 30 mm
Medida nominal da flange: 1

Diâm.
ext.
tubo

Medida
nominal
flange

Referência

d

D

5

h

1

I

L

Sext.
S1
(pol.)

Sext.
S2
(pol.)

16

3/4

UMA 16xFR 3/4

31,8

41,3

18

55,0

80,0

1.1/16

1.1/4

20

3/4

UMA 20xFR 3/4

31,8

41,3

18

55,0

82,5

1.1/4

1.3/8

3/4
1

UMA 25xFR 3/4
UMA 25xFR 1

31,8
39,6

41,3
47,6

18
21

54,5
55,0

83,5
84,0

1.3/8

1.5/8

1

UMA 28xFR 1

39,6

47,6

21

66,0

95,0

1.5/8

1.3/4

25
28
30

1
1.1/4

UMA 30xFR 1
UMA 30xFR 1.1/4

39,6
44,5

47,6
54,0

21
25

64,0
66,0

95,0
97,0

1.3/4

2

35

1.1/4

UMA 35xFR 1.1/4

44,5

54,0

25

66,0

98,0

1.7/8

2.1/4

38

1.1/4
1.1/2

UMA 38xFR 1.1/4
UMA 38xFR 1.1/2

44,5
53,8

54,0
63,5

25
30

64,5
70,0

98,5
104,0

42

1.1/2
2

UMA 42xFR 1.1/2
UMA 42xFR 2

53,8
63,3

63,5
79,4

30
38

75,0
83,0

110,0
118,0

2
2.1/4

2.1/4
2.1/2

Dimensões em milímetros.
Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.

OBS.: 1 - As dimensões acima são nominais, considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.
2 - As pressões de utilização são as indicadas para o lado Ermeto correspondente.
3 - Usado com conjuto de flange reforçada CFR... (vide página. 88).

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

90

CONEXÕES COM FLANGE SAE
JOELHO MACHO COM FLANGE REFORÇADA - SAE 6000 PSI

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

REFERÊNCIA:

JMA 38xFR1.1/2

JMA...xFR... Aço
Referência: JMA...xFR...
Diâm. ext. tubo: 38 mm
Medida nominal da flange: 1.1/2

L1

Sext.
S1
(pol.)

Sext.
S2
(pol.)

68

58

1.1/16

1.1/4

41

68

58

1.1/16

1.3/8

18
21

43

72
72

58
68

1.5/16

1.5/8

47,6

21

53

82

75

1.5/8

1.3/4

Diâm.
ext.
tubo

Diâm.
nominal
flange

Referência

d

D

18

3/4

JMA 18xFR3/4

31,8

41,3

18

43

20

3/4

JMA 20xFR3/4

31,8

41,3

18

3/4
1

JMA 25xFR3/4
JMA 25xFR1

31,8
39,6

41,3
47,6

1

JMA 28xFR1

39,6

25
28

h

1

5

I

L

30

1
1.1/4

JMA 30xFR1
JMA 30xFR 1.1/4

39,6
44,5

47,6
54

21
25

51

82

75
77

1.5/8

2

35

1.1/4

JMA 35xFR1.1/4

44,5

54

25

51

83

77

1.5/8

2.1/4

38

1.1/4
1.1/2

JMA 38xFR1.1/4
JMA 38xFR1.1/2

44,5
53,8

54
63,5

25
30

56

90

79
85

1.7/8

2.1/4

42

1.1/2
2

JMA 42xFR1.1/2
JMA 42xFR2

53,8
63,3

63,5
79,4

30
38

56

91

85
93

1.7/8

2.1/2

Dimensões em milímetros.
Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.

OBS.: 1 - As dimensões acima são nominais, considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada.
2 - As pressões de utilização são as indicadas para o lado Ermeto correspondente.
3 - Usado com conjuto de flange reforçada referência CFR... (vide página. 88).

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

91

CONEXÕES COM FLANGE SAE
JOELHO FLANGE

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

REFERÊNCIA:

JFGA 15 x 35
JFGA

Aço

Diâm.
ext.
tubo

Referência:JFG
Material da conexão: “A” - aço
Diâm. ext. tubo: 15mm
Diâm. furação fixação: 35mm

Pressão
Referência
Execução normal
2
(kg/cm )
JFGA 12 Lx35

250

JFGA 12x35

450

15

JFGA 15x35

22

JFGA 22x40

12

D D I
5 6

L

2 paraf. 2 paraf.
L DIN 912 DIN 912
1
M2
M1

Sext Referência do O-ring
S2 Execução Execução
AT
normal
(pol.)
Buna-N
Viton

35 39

20

48

16,5

M6x22

M6x35

1

MOR 1925 VOR1925

450

35 39

29

52

16,5

M6x22

M6x35

1.1/16

MOR 1925 VOR1925

100

40 42

30

57,5 22,5

M6x22

M6x22

1.3/8

MOR 68

VOR 68

Dimensões em milímetros

OBS.:
1 - As dimensões acima são nominais, considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada.
2 - O joelho Flange JFGA 22x40 possui corpo fundido e os demais forjados.
3 - O lado Ermeto 12 L difere dimensionalmente do lado 12 da linha normal, tendo como característica principal a
rosca do lado Ermeto M18 x 1,5. Para demais informações, consulte-nos
4 - Fornecido com parafusos, arruelas e O-rings correspondentes:
Material do O-ring
Buna -N (execução normal)
Viton
(execução AT)

Temperatura de utilização (ºC)
- 35 a + 120
- 25 a + 200

Para solicitação dos itens execução AT, acrescentar na referência o sufixo “ x AT”.
Exemplo de especificação: JFGA 15 x 35 x AT.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

92

CONEXÕES COM FLANGE SAE
FLANGE PARA ROSCA

ROSCA NPT

REFERÊNCIA:

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
FFOP -16 -16

FFOP

Aço

Medida
Nominal
flange
(pol.)

Referência:FFOP
Medida da rosca: 1 NPT (-16)
Medida nominal flange:1” (-16)

Rosca NPT
cônica

Traço

Referência

A

B

C

D

E

G

H

K

L

3/4 NPT

-12

FFOP -12 -12

55,0

68,6

22,4

47,8

31,8

31,75 19,0

15,0

10,4

1 NPT

-16

FFOP -16 -16

62,0

73,4

26,2

52,3

35,0

39,62 25,4

15,0

10,4

1.1/4

1.1/4 NPT

-20

FFOP -20 -20

76,0

81,7

30,2

58,7

38,1

44,45 31,8

17,5

11,9

1.1/2

31.1/2 NPT

-24

FFOP -24 -24

86,0

96,8

35,8

69,8

41,1

53,85 38,1

19,8

13,5

2 NPT

-32

FFOP -32 -32

100

104,8 42,9

77,7

41,1

63,37 50,8

19,8

13,5

3/4
1

2

REFERÊNCIA:

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

ROSCA UNF

FFOS -12 -12
FFOS

Aço

Referência: FFOS
Medida da rosca: 1.1/16 UNF (-12)
Medida nominal flange: 3/4 (-12)

Medida
Nominal
flange
(pol.)

Rosca UNF
paralela

3/4

1.1/16 NPT

1

1.5/16 NPT

Traço

Referência

A

B

C

-12

FFOS -12 -12

-16

FFOS -16 -16

D

E

55,0

68,6

22,4

47,8

31,8

62,0

73,4

26,2

52,3

35,0

G

H

K

L

31,75 19,0

15,0

10,4

39,62 25,4

15,0

10,4

OBS.: Para solicitação da flange completa com parafusos, arruelas e O-ring, acrescentar na referência a letra “P”.
Exemplo de especificação: FFOP - 24 - 24 P.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

93

CONEXÕES COM FLANGE SAE
FLANGE SAE PARA SOLDA

REFERÊNCIA:
FSOP

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

FLANGE SAE 3000 PSI
PARA SOLDA A TUBO SCHEDULE

Aço

FSOP - 12 - 12
Referência: FSOP
Medida nonimal tubo: 3/4 (-12)
Medida nominal flange: 3/4 (-12)

Medida
nominal
Traço
flange (pol.)

Referência

-12
-16
-20
-24
-32

3/4
1
1.1/4
1.1/2
2

FSOP
FSOP
FSOP
FSOP
FSOP

-12
-16
-20
-24
-32

-12
-16
-20
-24
-32

A

B

55,0
62,0
76,0
86,0
100,0

68,6
73,4
81,7
96,8
104,8

C

22,4
26,2
30,2
35,8
42,9

D

E

F

47,8
52,3
58,7
69,8
77,7

19,0
22,4
23,9
30,2
35,0

4,8
6,4
6,4
11,2
12,7

G

26,9
33,8
42,4
48,8
61,2

H

19,0
25,4
31,8
38,1
50,8

J

K

31,75
39,62
44,45
53,85
63,37

10,4
10,4
11,9
13,5
13,5

Dimensões em milímetros
EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

FLANGE SAE 6000 PSI
PARA SOLDA A TUBO SCHEDULE

REFERÊNCIA:
FSORP Aço

Medida
nominal
Traço
flange (pol.)

Referência

A

B

FSORP - 16 - 16
Referência: FSORP
Medida nominal tubo: 1” (-16)
Medida nominal flange: 1” (-16)

C

D

E

F

G

H

J

K

73,0

84,2

27,7

57,2

25,4

9,6

33,8

25,4

39,62

11,9

-20

FSORP -16 -16
FSORP -20 -20

81,0

97,7

31,8

66,5

31,8

14,2

42,4

31,8

44,45

13,5

1.1/2

-24

FSORP -24 -24

98,0

116,4

36,6

79,2

38,1

19,0

48,8

38,1

53,85

16,8

2

-32

FSORP -32 -32

117,0

135,8

44,4

96,8

44,5

22,4

61,2

50,8

63,37

19,8

1

-16

1.1/4

Dimensões em milímetros
REFERÊNCIA:
FSOT

Aço

Medida
nominal
flange (pol.)

Traço

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

FLANGE SAE 3000 PSI
PARA SOLDA A TUBO

Referência

-16-12 FSOT -16 -12
1x 3/4
1.1/4 x 1 -20-16 FSOT -20 -16
1.1/4 x 1.1/4 -20-20 FSOT -20 -20
1.1/2 x 1.1/4 -24-20 FSOT -24 -20

A

B

55,0
62,0
62,0
76,0

68,6
73,4
73,4
81,7

FSOT - 16 - 12

Referência: FSOT
Medida nominal tubo: 1” (-16)
Medida nominal flange: 3/4 (-12)

C

22,4
26,2
30,2
30,2

D

E

F

G

H

J

K

47,8
52,3
58,7
58,7

19,0
22,4
23,9
23,9

4,8
6,4
6,4
6,4

25,9
32,2
32,2
38,6

19,0
25,4
28,0
31,8

31,75
39,62
44,45
44,45

10,4
10,4
11,9
11,9

Dimensões em milímetros
OBS.: Para solicitação da flange completa com parafusos, arruelas e O-ring, acrescentar na referência a letra “P”
Exemplo de especificação:FSORP-20-20P

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

94

BUJÕES
BUJÃO SEXTAVADO

BUJÃO MAGNÉTICO

REFERÊNCIA:

REFERÊNCIA:

BJA
BJC
BJI

BMA

Aço
Latão
Inox

Aço

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

BJA 1/8 NPT

BMA M20x1,5

Referência:BJ
Medida da conexão: “A” Aço
Medida da rosca:1/8 NPT

Referência:BM
Material da conexão: “A” Aço
Medida da rosca:M20 x 1,5

Rosca NPT
Rosca NPT
cônica
1/8 NPT
1/4 NPT
3/8 NPT
1/2 NPT
3/4NPT
1 NPT
1.1/4 NPT
1.1/2 NPT

Rosca BSP

Referência
Bujão sextavado

Referência
Bujão magnético

A

BJ... 1/8 NPT
BJ... 1/4 NPT
BJ... 3/8 NPT
BJ... 1/2 NPT
BJ... 3/4 NPT
BJ... 1 NPT
BJ...1.1/4 NPT
BJ...1.1/2 NPT

BMA 1/8 NPT
BMA 1/4 NPT
BMA 3/8 NPT
BMA 1/2 NPT
BMA 3/4 NPT
BMA 1 NPT
BMA 1.1/4 NPT
BMA 1.1/2NPT

10
14,2
14,2
19
19
24
25
25,5

L

15
19
21,5
26
27
32
34
34

Sext.
S1
(pol.)

Referência
Bujão sextevado

M 8x1
M 10x1
M 12x1,5
M 16x1,5
M 18x1,5
M 20x1,5
M 22x1,5
M 24x1,5
M 26x1,5
M 27x2
M 33x2
M 42x2
M 48x2

BJ... M 8x1
BJ... M 10x1
BJ... M 12x1,5
BJ... M 16x1,5
BJ... M 18x1,5
BJ... M 20x1,5
BJ... M 22x1,5
BJ... M 24x1,5
BJ... M 26x1,5
BJ... M 27x2
BJ... M 33x2
BJ... M 42x2
BJ... M 48x2

Referência
Bujão sextavado

Referência
Bujão magnético

A

L

Sext.
S1
(pol.)

1/8 BSP
1/4 BSP
3/8 BSP
1/2 BSP
3/4 BSP
1 BSP
1.1/4 BSP
1.1/2 BSP

BJ... 1/8 BSP
BJ... 1/4 BSP
BJ... 3/8 BSP
BJ... 1/2 BSP
BJ... 3/4 BSP
BJ...
1 BSP
BJ...1.1/4 BSP
BJ...1.1/2 BSP

BMA 1/8 BSP
BMA 1/4 BSP
BMA 3/8 BSP
BMA 1/2 BSP
BMA 3/4 BSP
BMA
1 BSP
BMA 1.1/4 BSP
BMA 1.1/2 BSP

8
12
12
14
16
18
20
22

17
20
21
24
27
29
34
34

9/16
3/4
7/8
1.1/16
1.1/4
1.1/2
2
2.1/4

Referência
Bujão magnético

A

L

Sext.
S1
(pol.)

7,5
7,5
9,2
9,2
10
11,1
12,7
15
15
15
15
15
15

15
15
17
17
18,5
20
23,5
27,5
27,5
28,5
30,5
32,5
36,3

7/16
1/2
9/16
5/8
11/16
7/8
1
1.1/4
1.3/8
1.1/2
1.7/8
2.1/8
2.3/4

1/2
9/16
11/16
7/8
1.1/16
1.3/8
1.3/4
2

Rosca Métrica
Rosca
Métrica
paralela

Rosca BSP
paralela

Rosca UNF
Referência
Bujão magnético
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA
BMA

M 8x1
M 10x1
M 12x1,5
M 16x1,5
M 18x1,5
M 20x1,5
M 22x1,5
M 24x1,5
M 26x1,5
M 27x2
M 33x2
M 42x2
M 48x2

A

L

9,5
9,5
14
14
14,5
16,5
17
17
19
19
21
23
25

17
17
23
20
22
25
25
24
29
29
33
33
35

Sext.
S1
(pol.)
1/2
9/16
11/16
7/8
15/16
1
1.1/16
1.1/4
1.1/4
1.1/4
1.1/2
2
2.1/4

Rosca UNF
Referência
paralela
Bujão sextavado
5/16 UNF
3/8 UNF
7/16 UNF
1/2 UNF
9/16 UNF
3/4 UNF
7/8 UNF
1.1/16 UNF
1.3/16 UNF
1.5/16 UNF
1.5/8 UNF
1.7/8 UNF
2.1/2 UNF

BJ... 5/16 UNF
BJ... 3/8 UNF
BJ... 7/16 UNF
BJ... 1/2 UNF
BJ... 9/16 UNF
BJ... 3/4 UNF
BJ... 7/8 UNF
BJ... 1.1/16 UNF
BJ... 1.3/16 UNF
BJ... 1.5/16 UNF
BJ... 1.5/8 UNF
BJ... 1.7/8 UNF
BJ... 2.1/2 UNF

BMA 5/16 UNF
BMA 3/8 UNF
BMA 7/16 UNF
BMA 1/2 UNF
BMA 9/16 UNF
BMA 3/4 UNF
BMA 7/8 UNF
BMA 1.1/16 UNF
BMA 1.3/16 UNF
BMA 1.5/16 UNF
BMA 1.5/8 UNF
BMA 1.7/8 UNF
BMA 2.1/2 UNF

Dimensões em milímetros.

OBS.: 1 - As dimensões acima são nominais e válidas para os itens em aço.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

95

BUJÕES
BUJÕES COM SEXTAVADO INTERNO
REFERÊNCIA:

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:

BSIA

BSIA 1/8 BSP
Referência:BSI
Material da conexão: “A” - aço
Medida da rosca macho: 1/8 BSP

Aço

NPT
(fig. 1)

BSP
MÉTRICA E
UNF (fig. 2)

Rosca NPT (fig. 1)
Rosca NPT
cônica
1/8 NPT
1/4 NPT
3/8 NPT
1/2 NPT
3/4 NPT
1 NPT
1.1/4 NPT
1.1/2 NPT

Rosca BSP (fig. 2)

Referência
BSIA 1/8 NPT
BSIA 1/4 NPT
BSIA 3/8 NPT
BSIA 1/2 NPT
BSIA 3/4 NPT
BSIA 1 NPT
BSIA1.1/4 NPT
BSIA1.1/2 NPT

L

Sext.
S1
(pol.)

Rosca BSP
paralela

7,6
11,7
11,7
15,5
15,8
19,5
20,8
21,5

3/16
1/4
5/16
3/8
9/16
5/8
3/4
1

1/8 BSP
1/4 BSP
3/8 BSP
1/2 BSP
3/4 BSP
1 BSP
1.1/4 BSP
1.1/2 BSP

Similar SAE J531 JAN 81

M 8x1
M 10x1
M 12x1,5
M 16x1,5
M 18x1,5
M 20x1,5
M 22x1,5
M 24x1,5
M 26x1,5
M 27x2
M 33x2
M 42x2
M 48x2

A

L

BSIA 1/8 BSP
BSIA 1/4 BSP
BSIA 3/8 BSP
BSIA 1/2 BSP
BSIA 3/4 BSP
BSIA 1 BSP
BSIA1.1/4 BSP
BSIA1.1/2 BSP

8
12
12
14
16
16
16
16

11
15
15
18
20
21
21
21

D
5
14
18
22
26
32
39
49
55

Sext.
S1
(pol.)
5
6
8
10
12
17
22
24

Similar DIN 908

Rosca Métrica (fig. 2)
Rosca
Métrica
paralela

Referência

Rosca UNF (fig. 2)

Referência

A

L

BSIA M 8x1
BSIA M 10x1
BSIA M 12x1,5
BSIA M 16x1,5
BSIA M 18x1,5
BSIA M 20x1,5
BSIA M 22x1,5
BSIA M 24x1,5
BSIA M 26x1,5
BSIA M 27x2
BSIA M 33x2
BSIA M 42x2
BSIA M 48x2

8
12
12
12
12
14
14
14
16
16
16
16
16

11
15
15
15
16
18
18
18
20
20
21
21
21

D
5

Sext.
S1
(pol.)

Rosca UNF
paralela

Referência

A

L

14
17
17
21
23
25
27
29
31
32
39
49
55

5
6
6
8
8
10
10
12
12
12
17
22
24

5/16 UNF
3/8 UNF
7/16 UNF
1/2 UNF
9/16 UNF
3/4 UNF
7/8 UNF
1.1/16 UNF
1.3/16 UNF
1.5/16 UNF
1.5/8 UNF
1.7/8 UNF
2.1/2UNF

BSIA 5/16 UNF
BSIA 3/8 UNF
BSIA 7/16 UNF
BSIA 1/2 UNF
BSIA 9/16 UNF
BSIA 3/4 UNF
BSIA 7/8 UNF
BSIA 1.1/16 UNF
BSIA 1.3/16UNF
BSIA 1.5/16
BSIA 1.5/8 UNF
BSIA 1.7/8 UNF
BSIA 2.1/2 UNF

7,6
7,6
9,1
9,1
9,9
11,2
12,7
15
15
15
15
15
15

9,7
9,7
11,4
11,4
12,2
14,2
16
19,1
19,1
19,1
19,1
19,1
19,1

Similar DIN 908

D5

Sext.
S1
(pol.)

11,2
12,7
14,2
16
17,5
22,4
25,4
31,8
35,1
38,1
47,8
54
70

1/8
1/8
3/16
3/16
1/4
5/16
3/8
9/16
9/16
5/8
3/4
3/4
3/4

Similar SAE J514 APR80

Dimensões em milímetros

OBS.: 1 - As dimensões acima são nominais.
2 - Para latão ou inox,consulte-nos.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

.1/4 BSP 1.95 2.5 M 16x1... OBS.5 M 14x1.00 Dimensões em milímetros. M22 JK .74 37...5 1.3 1.3 39.96 VEDADORES JUNTA DE VEDAÇÃO CORTANTE DE AÇO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JKA JKI JKA 1/8 BSP Aço Inox Referência:JKA Medida da rosca: 1/8 BSP PARA ROSCA MÉTRICA PARA ROSCA BSP Referência Rosca BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.2 48.2 18.5/16 UNF 1.95 3.2 14.5 M24x1.1/4 BSP 1..9 2 h1 8.9 16.. M18 JK .3 42.5 2..5 1.1/2 BSP d d 1 14 18 22 26 32 41 49 55 2 9...5 1.3 16.5 1.7/8 UNF d1 d2 6.9 20..59 29.5 1.2 30....83 1.7/8 UNF 5/16 UNF 3/8 UNF 7/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 1..5/8 UNF 1.3 48.9 32.1/4 BSP 1.. M16 JK .9 26..5 M22x1.3 33.5 M 20x1.2 22..52 11..00 3.2 26..47 43..2 16.63 1. M27 JK .2 16...07 7.7 33.5 3.1/16 UNF JOR 1.65 8.2 27.0 2.5 2 2 2 2 2 2 2 d Dimensões em milímetros.0 1..5 M 24x1.9 21.5 3 3 3 4 4 d JK .9 17...5 1.5 M30x2 M33x2 M42x2 M48x2 2 2..5 M 22x1.1/16 UNF 1.5 M27x1.. ..9 54.1 60.3 48. M33 JK .18 23. JUNTA DE VEDAÇÃO DE COBRE EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JC JC M 18 Cobre Referência:JC Medida da rosca: M18 PARA ROSCA MÉTRICA PARA ROSCA BSP Rosca BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.5 3.89 16.1/2 BSP 2 BSP JC JC JC JC JC JC JC JC JC Referência d 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.0 1..5 M 27x1.69 1.3/16 UNF 1.5 M 30x2 M 33x2 M42x2 M 48x2 Referência JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC M8 M10 M12 M14 M16 M18 M20 M22 M24 M26 M27 M30 M33 M42 M48 d 1 11.2 33.9 35.5 1. nº 366 .98 2.2 24. M12 JK .2 24.5 3.5 1.9 29.1 12.5 M14x1.2 26. M26 JK ......0 2.3 16..9 15. ..0 2.Fax: (19) 3272-0614 .: Fornecido em cobre no estado recozido C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..3/16 UNF JOR 1... M20 JK .2 22.1/4 BSP 1.46 2.São Bernardo . M10 JK .36 19.92 10. .5 3 3 3 3 3 3..5/16 UNF JOR 1.0 48..2 42.5 M 16x1.7 33.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . M30 JK . .5 2.2 48.2 20.9 38.2 h 1 2 2 2. M42 JK .9 31.7 15 18 19 21 24 27 29 31 33 34 38 39 49 57 2 8.9 13. M14 JK .0 1.9 23.2 10.9 13.2 18.. .2 20.9 13.. ..9 31.8 1 d 2 h 1 9.9 21.1 h Rosca Métrica 1 Referência M8x1 M10x1 M12x1.2 26.3 27.5 M 26x1. .9 48. 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.6 25.3 26.5 M18x1.1 10.21 2.2 14.9 19. M24 JK .5/8 UNF JOR 1.1/2 BSP 2 BSP 13.2 12.83 1.5 M20x1.5 M26x1.9 21.47 26. M48 d 1 12.4 42.9 67. M8 JK.5 4 4 Dimensões em milímetros JUNTA DE VEDAÇÃO DE BORRACHA REFERÊNCIA: JOR EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: JOR 3/4 UNF Borracha sintética Referência:JOR Medida da rosca: 3/4 UNF Rosca UNF Referência JOR 5/16 UNF JOR 3/8 UNF JOR 7/16 UNF JOR 1/2 UNF JOR 9/16 UNF JOR 3/4 UNF JOR 7/8 UNF JOR 1.0 2.5 Rosca Métrica M 8x1 M 10x1 M 12x1.1/2 BSP JK JK JK JK JK JK JK JK .63 1.5 M 18x1..95 2.3 30.5 2.9 54.5 42.

FUNCIONAMENTO O funcionamento das conexões Flangermeto estão baseadas no mesmo princípio dos demais produtos Ermeto. nº 366 .Flangermeto Dupla (União tubo-tubo) . MATERIAIS E TRATAMENTOS SUPERFICIAIS Os componentes são produzidos em aço carbono e recebem tratamento superficial de fosfatização de acordo com SAE J514 APR80.97 FLANGERMETO FLANGERMETO São conexões que visam atender as solicitações de altas pressões onde se necessita trabalhar com grandes diâmetros de tubulações.São Bernardo . Ao apertar uniformemente os 3 parafusos de cabeça sextavada interna. cargas ou tensões adicionais. cravando-o na superfície da parede externa do tubo. É importante o uso de suportes ou abraçadeiras nos tubo . Cotovelo.Fax: (19) 3272-0614 . montagem e intalação das mesmas. Para solicitação. CONFIGURAÇÕES . Curva (135º). consulte-nos. .Flangermeto Macho (Rosca NPT. considerando-se um coeficiente de segurança igual a quatro em relação a resistência a tração do material.Flangermeto Solda (União tubo-solda) . recomenda-se reduzir a pressão de utilização de acordo com o gráfico de fator de correção de pressão da página 5. a flange de aperto desloca o anel de penetração através do cônico de deslizamento. de maneira que as conexões fiquem livres de qualquer esforço. Disponível para efetuar ligações a tubos de diâmetros externos de 50. resiste a 32 horas de ensaio de Névoa Salina (Salt Spray) ASTM B 117. BSP e Métrica). PRESSÕES E TEMPERATURAS DE UTILIZAÇÃO A faixa de pressão de utilização recomendada é de 0 a 250 kg/cm² . No caso de alta temperatura (acima de 100ºC) e fortes choques de pressão. ou seja. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. 65 e 80 mm. pela penetração controlada de um anel de alta dureza por sobre o diâmetro externo do tubo. formando um friso circuferencial que assegura a perfeita estanqueidade do sistema.Flangermeto em forma de Te . bem como as demais informações.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

tubo Referência I L Sext. tubo Referência 4 UCC 4 LL 8 20 16 28 7 9 11 11 11 6 UCC 6 LL 6. ext. 150 400 A máxima pressão de utilização acima indicada.5 10 15 17 17 17 12 UCC 12 LL 8 23..98 LINHA LEVE DE LATÃO LINHA LEVE DE LATÃO A linha leve de conexões ERMETO foi desenvolvida para aplicações onde se necessitem de conexões de dimensões reduzidas.5 7 13 14 14 14 10 UCC 10 LL 8. 10 e 12 milímetros.São Bernardo . que encontra-se no nosso catálago de tubos. do tubo: 6mm Latão Diâm. refere-se a resistência a tração do material a e um coeficiente de segurança igual a quatro (4).CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .. Aplica-se principalmente com tubos de cobre e tubos de poliamida..5 7 11 12 12 12 I L I1 L 1 Sext. ext.ext. S3 8 UCC 8 LL 8.. conforme princípios descritos na pág.5 33. UNIÃO DUPLA COMPRIDA LEVE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UCC . LL Latão UCC 8LL Referência:UC.LL Material da conexão:”C”.LEVE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: UDC. S1 Sext.5 19 34. do tubo: 8 mm Espessura máxima chapa fixação E Furação chapa fixação F Diâm.latão Diâmetro ext. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.: As dimensões acima são nominais.5 28.. MATERIAIS E TRATAMENTO SUPERFICIAL: As conexões da linha leve ERMETO são produzidas em latão e fornecidas decapadas PRESSÕES: Pressão de Pressão Máxima Pressão mínima utilização de ensaio de ruptura (kg/cm2 ) (kg/cm ) (kg/cm2 ) Diâm. UNIÃO DUPLA IGUAL .5 20. 8. 1 deste catálago. 6.LL Material da conexão:”C”. Produzido para diâmetros externos de tubos de 4.. S1 Sext.5 19.latão Diâmetro ext... considerando-se a porca (S 2) manualmente apertada. 6.5 22. nº 366 . 10 e 12 Utiliza-se linha leve de conexões ERMETO na condução dos mais variados tipos de fluidos compatíveis com o latão.5 28.5 14.: As dimensões acima são nominais. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada. S2 Sext. S2 4 UDC 4 LL 12 36 9 11 6 UDC 6 LL 9 37 11 12 8 UDC 8 LL 12 40 12 14 10 UDC 10 LL 12 40 14 17 12 UDC 12 LL 11 42 17 19 Dimensões em milímetros OBS.Fax: (19) 3272-0614 . 8.5 22.5 14. FUNCIONAMENTO A vedação da linha leve de conexões ERMETO é assegurada pela penetração de um anel na parte externa do tubo. tubo 2 UTILIZAÇÃO: 0 a 100 4.5 10 17 19 19 19 Dimensões em milímetros OBS.LL UDC 6LL Referência:UD. para os mais variados tipos de rede fluídicas.

.. Latão Diâm. do tubo: 8mm. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada..5 16 19 Dimensões em milímetros OBS.LL JIC 6LL Referência:JI. Q1 Sext.5 23.: As dimensões acima são nominais. considerando-se a porca (S 2 ) manualmente apertada..5 11 11 6 TIC 6 LL 10 24 11 12 8 TIC 8 LL 12 26 12 14 10 TIC 10 LL 12 26 14 17 12 TIC 12 LL 18.. ext..LL Diâm.LL Material da conexão:”C”. ext. TE IGUAL .99 LINHA LEVE DE LATÃO JOELHO IGUAL .5 33 16 19 Dimensões em milímetros OBS. Q1 Sext. S2 4 TIC 4 LL 11. Latão Referência I L Quad.LL Material da conexão:”C”.Latão Diâmetro ext.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Q1 Sext.LL TIC 8LL Referência:TI.LEVE EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: CIC.5 34 16 19 Dimensões em milímetros OBS.LEVE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: TIC. tubo Referência I L Quad.São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .Latão Diâmetro ext.LEVE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: JIC... CRUZETA IGUAL . tubo CIC 8LL Referência:CI.. Latão Diâm.5 23.5 11 11 6 JIC 6 LL 10 24 11 12 8 JIC 8 LL 12 26 12 14 10 JIC 10 LL 12 26 14 17 12 JIC 12 LL 17. do tubo: 8mm. considerando-se a porca (S2 ) manualmente apertada. S2 4 CIC 4 LL 11. do tubo: 6mm.. ext.. S2 4 JIC 4 LL 11.Latão Diâmetro ext. nº 366 .LL Material da conexão:”C”.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 26. tubo Referência I L Quad.: As dimensões acima são nominais.: As dimensões acima são nominais.5 14 17 12 CIC 12 LL 12 27.5 23.5 11 11 6 CIC 6 LL 10 24 11 12 8 CIC 8 LL 12 26 12 14 10 CIC 10 LL 12.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .

Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .

Fax: (19) 3272-0614 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo . nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .

br/vendas.com. c o m .Fax: (19) 3272-0614 CENTRAL DE VENDAS ON LINE http://www.São Bernardo CEP: 13030-600 Campinas/SP . nº 366 .Engates Rápidos . b r Central Hidraulica e Pneumática CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. c h p .Brasil Fone: (19) 3272-4133 .htm Catálogo Ermeto 304 .chp.© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados w w w .

...1 ÍNDICE Página O SISTEMA ERMETO 2 INFORMAÇÕES TÉCNICAS 3 DENOMINAÇÃO DO ENGATE OU ACESSÓRIO REFERÊNCIA ENGATE RÁPIDO FÊMEA DE INOX ... 9 ENGATE RÁPIDO DE ROSCA ERR. ..São Bernardo ..Fax: (19) 3272-0614 .. 10 ENGATE RÁPIDO FÊMEA DE ROSCA ERFR. ... 8 ENGATE RÁPIDO FÊMEA COM EMPUNHADURA ERFE. 7 ENGATE RÁPIDO COM EMPUNHADURA ERE.. 6 ENGATE RÁPIDO FÊMEA E R F. 11 TAMPA PROTETORA PARA ENGATE RÁPIDO TPER......CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ... nº 366 ... .SÉRIE F ERFFI 5 ENGATE RÁPIDO ER... 12 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . o anel possui uma única aresta de penetração. o anel desliza na região cônica da conexão APLICAÇÃO e através das arestas penetra na superfície externa do tubo. terminal de mangueira. ao mesmo tempo. que eventuais vibrações ou movimentos oscilatórios prejudiquem a condição de estanqueidade. que neste caso. A cravação é conseguida durante a montagem do próprio circuito. A estanqueidade da ligação é assegurada pela penetração controlada de um anel de alta dureza. originando a formação de friso circunferencial. Todo o exposto vale para nossa linha de produtos em aço e latão. O anel é projetado de forma que limita a profundidade da sua penetração no tubo e. engate rápido. os princípios são os mesmos. válvula. No caso específico de aço inoxidável.2 O SISTEMA ERMETO PORCA DE APERTO ANEL DE PENETRAÇÃO CORPO APÓS O APERTO ANTES DO APERTO O Sistema Ermeto possibilita toda e qualquer ligação entre os elementos de um circuito fluídico. registro. Um tubo pode ser ligado ao corpo de uma conexão. perfeitamente visível. entretanto.Fax: (19) 3272-0614 . etc. evita. com estanqueidade garantida.São Bernardo . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. onde é cravado. Ao se processar o aperto da porca sobre o corpo da conexão. não é visível. nº 366 .

Os engates em execução AT podem ser utilizados em temperaturas superiores aos engates em execução normal. deve-se levar em consideração se a pressão de trabalho do circuito está dentro da faixa de pressão recomendada para o engate em questão. — Engate Rápido Fêmea de Inox série F (uso em FREON). reduz a vida útil do engate. 2 .1 - nos Engates de Rosca: seu acoplamento e desacoplamento é feito manualmente através de rosqueamento da capa no corpo do engate. A perda de carga (ou perda de pressão) é um dos fatores mais importantes no dimensionamento de qualquer circuito hidráulico. CARACTERÍSTICAS 4 . sem ocorrer vazamento ou entrada de ar no circuito. permitindo a passagem livre do fluido.Pode ser fornecido completo e lado macho ou lado fêmea separadamente. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. 5 . Verificar a existência de choques mecânicos ou hidráulicos. como: 1 . através dos gráficos da página 4. Para desacoplar.PRESSÃO: Para garantir um bom funcionamento e segurança na utilização do Engate Rápido. resíduos atmosféricos. É importante salientar que a operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. 1 .2 - nos demais Engates: também e feito manualmente através de deslocamento axial da capa. Resistem a 72 horas de ensaio de Névoa Salina (Salt Spray) ASTM B 117. nº 366 . Pode-se verificar a perda de carga existente em cada grupo de Engate Rápido ERMETO. que é tencionada por meio de mola. as válvulas por ação de molas se fecham simultaneamente. — Engate Rápido com Empunhadura. O engate ao ser acoplado aciona automaticamente as válvulas.Acoplamento: 3. VÁLVULA DE RETENÇÃO Todos os modelos possuem válvula de retenção nos dois lados.PERDA DE CARGA: 2 . TRATAMENTO SUPERFICIAL Todos os engates rápidos de aço são revestidos pelo processo de eletrodeposição de zinco com cromatização amarela. impedindo a saída de fluido do circuito. 3 . de modo a garantir seu perfeito funcionamento por longo período de tempo. 3.São Bernardo . Os Engates Rápidos ERMETO foram desenvolvidos e construídos dentro do mais alto padrão de qualidade. a dimensão adequada do engate. vapores corrosivos e outros fatores deverão também ser considerados na seleção do engate. para evitar perda de fluido ou entrada de ar quando desconectado. os Engates Rápidos ERMETO apresentam baixa perda de carga.Permite rápido acoplamento e desacoplamento sem uso de ferramentas. — Engate Rápido de Rosca.TEMPERATURA: A temperatura do fluido no ponto de aplicação. A linha de Engates Rápidos ERMETO é constituída de basicamente quatro modelos. interrompendo o circuito.CONDIÇÕES AMBIENTAIS: Condições externas como temperatura. deve-se levar em consideração vários fatores. Lembramos que alta velocidade de escoamento contribui para que o sistema tenha regime de escoamento turbulento. Seu acoplamento é perfeito. No momento da desacoplagem.3 INFORMAÇÕES TÉCNICAS FATORES A CONSIDERAR No dimensionamento e na escolha adequada dos componentes de um sistema hidráulico. 3 . determina-se o diâmetro da tubulação. e vibrações. 5 . mesmo quando submetido a um regime de trabalho com choques e oscilações de pressão. e consequentemente. 4 . mesmo que esteja sob pressão. e o engate se separa. que garante a fixação do engate dentro da faixa de pressão de utilização recomendada.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . basta puxar a capa.VAZÃO E VELOCIDADE: Com a vazão e a velocidade do fluido. que são: — Engate Rápido.Fabricados em aço carbono ou inox. 6 . e em fluidos resistentes a fogo .Fax: (19) 3272-0614 . INFORMAÇÕES GERAIS Engates Rápidos possibilitam a imediata conexão e desconexão num ponto do circuito fluídico através da operação manual sem o uso de ferramentas. Os engates de aço inoxidável são passivados.MATERIAL: Tanto o material do engate quanto o material dos vedadores devem ser compatíveis quimicamente com o fluido hidráulico utilizado no circuito. O acoplamento se procede através de esferas auto-travantes. Dado ao formato e ao acabamento dessas válvulas.ester fosfatados. deve estar dentro da faixa de temperatura de utilização do engate. causando aumento de temperatura e efeitos prejudiciais aos componentes do circuito.

4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS 6 .Perda de Carga: 6. _ . considerandose um coeficiente de segurança igual a quatro em relação a resistência a tração do material. __ __ ._ _.Observar nos gráficos abaixo que os Engates Rápidos ERMETO apresentam baixa perda de carga. são sempre as pressões máximas de utilização em condições normais e em temperaturas dentro da faixa especificada para cada item.O levantamento das curvas foi efetuado com óleo hidráulico de viscosidade: 22 cSt 3. _. As pressões mencionadas neste catálogo.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. _ . __ __ __ __ GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3 GRUPO 4 7 . 6.São Bernardo . .2 . nº 366 .0° E _______________ _ _.1° E 49 cSt 6.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Encontram-se nas tabelas de especificação de cada Engate Rápido.Fax: (19) 3272-0614 .5° E 100 cSt 15.1 .

O acoplamento é feito através de esferas auto-travantes.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Pressão (kg/cm 2 ) Temperatura (°C) 0 a 250 . vácuo e em circuitos industriais onde a baixa perda de carga é fator importante.Referência: COM RETENÇÃO SEM RETENÇÃO 12345 12345 12345 12345 12345 12345 12345 LADO MACHO COMPLETO LADO FÊMEA ERFFIM 1/4 NPT ERFFI 1/4 NPT ERFFIF 1/4 NPT ERFFIM 1/4 NPT .43 a + 150 OBS: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.Fax: (19) 3272-0614 . 4 .SM ERFFIF 1/4 NPT .Características dimensionais: Lado Macho Lado Fêmea Dimensões em milímetros.SM ERFFI 1/4 NPT .Excelente desempenho em circuitos com Freon.São Bernardo . 6 .Matérias-primas: Componentes Matéria-prima Corpos e componentes internos Aço inoxidável Vedadores NEOPRENE 5 . 2 .SM C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO FÊMEA DE INOX .SÉRIE F REFERÊNCIA: ERFFI Lado Macho Lado Fêmea Inox Características: 1 . reduz a vida útil do engate.Inox Medida da rosca fêmea: 1/4 NPT 3 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 . EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: ERFI 1/4 NPT Referência: ERFF Material do engate: “I” .

5/8 2 Dimensões em milímetros: OBS.) Sext S² (pol.Fax: (19) 3272-0614 . tubo: 12 mm Execução: AT COMPLETO/EXECUÇÃO NORMAL + TAMPAS PROTETORAS: ERA 20 + TPER .35 a + 120 Aço inoxidável Esferas e mola AT 0 a 250 .4 3/4 5/8 11/16 1 ERAM 6 ERAM 8 ERA 6 ERA 8 ERAF 6 ERAF 8 2 ERAM 10 ERAM 12 ERA 10 ERA 12 ERAF 10 ERAF 12 10 12 58 82 126 128 30.6 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO Lado Macho REFERÊNCIA: ERA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Lado Fêmea ERA 20 Referência: ER Material do engate: “A” . atendem às recomendações de intercambiabilidade explícitas na norma SAE J1036 e ISO 5675.: 1 .N e TEFLON Execução Normal Execução AT VITON e TEFLON OBS: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. tubo A B C 6 8 53 52 73 72 D Sext S¹ (pol.Matérias-primas: Componentes Matéria-prima Corpos e componentes internos Aço SAE 12L14 trefilado .São Bernardo .3/4 1.1/8 1.3/8 4 ERAM 25 ERAM 30 ERA 25 ERA 30 ERAF 25 ERAF 30 25 30 93 120 121 177 183 55 1. 2 . reduz a vida útil do engate. ext.3 7/8 3/4 1 3 ERAM 16 ERAM 20 ERA 16 ERA 20 ERAF 16 ERAF 20 16 20 65 66 88 91 138 145 38 1.Os Engates Rápidos do grupo 3.3 Referência: ERA Diâm.Características dimensionais: Referência Grupo Lado macho Completo Lado Fêmea Diâm.aço Diâm. tubo: 20 mm Referência das tampas protetoras: TPER Grupo: 3 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 . ext.Para solicitação dos itens em execução AT (Vedadores de VITON).1/4 1.O acoplamento é feito através de esferas auto-travantes. 2 . acrescentar na referência da tabela acima. o sufixo AT. EXEMPLOS DE ESPECIFICAÇÃO: LADO MACHO/EXECUÇÃO AT: ERAM 12 x AT Referência: ERAM Diâm. tubo: 20 mm Aço Características: 1 .) 113 114 25. ext. 4 .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Execução Pressão (kg/cm²) Normal 0 a 250 Temperatura (°C) 3 .25 a + 200 Vedadores BUNA . ext.5/8 1.

... 3/8 NPT ERF ...25 a + 200 OBS: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização....25 a + 200 Normal 0 a 250 .. M 1 NPT ERF .1/4 4 ERF . 2 .: 1 ...Normal res Execução VITON e TEFLON AT 4 . M 3/4 NPT ERF .. F 1/4 NPT 1/4 NPT 68 103 26 3/4 2 ERF . 1/4 NPT ERF . F 3/4 NPT 3/4 NPT ERF . 1 NPT ERF .N e Execução VITON e TEFLON TEFLON Vedado. colocar nos pontilhados da tabela acima.Características dimensionais: Referência Grupo Lado Macho Completo Lado Fêmea Rosca fêmea NPT A C D Sext S¹ (pol. M 1/2 NPT ERF .35 a + 120 AT 0 a 250 .Inox Medida da rosca fêmea: 3/4 NPT ERFAF 3/8 NPT x AT + TPERM . 3/4 NPT ERF .Fax: (19) 3272-0614 ..Na especificação. M 1/4 NPT ERF .. F 1/2 NPT 1/2 NPT 81 121 38 1. nº 366 . 2 .Os Engates Rápidos do grupo 3.. o sufixo AT...Matérias-primas: Componentes Matéria-prima Aço Inox Corpo e componetes internos Aço SAE 12L14 trefilado Aço inoxidável Esferas e mola Aço inoxidável Aço inoxidável Buna ... acrescentar na referência da tabela acima. F 1 NPT 1 NPT 109 116 152 166 55 1.5/8 Dimensões em milímetros: OBS..aço Medida da rosca fêmea: 1/2 NPT 1/2 NPT 3 .7 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO FÊMEA REFERÊNCIA: E R FA ERFI Lado Macho Lado Fêmea Aço Inox Características: 1 .... reduz a vida útil do engate.. M 3/8 NPT ERF .Para solicitação dos itens em execução AT (Vedadores de VITON).Pressões e faixa de temperatura de utilização: Execução Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Aço Inox . atendem às recomendações de intercambiabilidade explícitas na norma SAE J1036 e ISO 5675.2 Referência: ERFAF Medida da rosca fêmea: 3/8 NPT Execução: AT Referência da tampa protetora: TPERM Grupo: 2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. 1/2 NPT ERF ..CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .) 1 ERF .. F 3/8 NPT 3/8 NPT 73 111 30 7/8 3 ERF .. 3 . EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: ERFA Referência: ERF Material do engate: “A” . a letra “A” para itens em aço ou “I”para itens em inox.São Bernardo ..O acoplamento é feito através de esferas auto-travantes. EXEMPLOS DE ESPECIFICAÇÃO: ENGATE COMPLETO DE INOX: LADO FÊMEA/EXECUÇÃO AT + TAMPA MACHO: ERFI 3/4 NPT Referência: ERF Material do engate: “I” ...

tubo: 25 mm Referência da tampa protetora: TPERM Grupo: 4 COMPLETO + TAMPAS PROTETORAS: EREA 16 + TPER -3 Referência: EREA Diâm.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/4 1.3/4 1.) Sext S² (pol. EXEMPLOS DE ESPECIFICAÇÃO: LADO FÊMEA + TAMPA MACHO: EREAF 25 + TPERM .Características dimensionais: Referência Grupo Lado macho Completo Lado Fêmea Diâm.8 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO COM EMPUNHADURA Lado Macho REFERÊNCIA: E R EA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Lado Fêmea EREA 12 Referência: ERE Material do engate: “A” .aço Diâm. O formato anatômico da capa.5 1.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Pressão (kg/cm²) OBS.5/8 2 Dimensões em milímetros: OBS. tubo: 16 mm Referência das tampas protetoras: TPER Grupo: 3 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. ext. permite acionamento rápido mesmo com o uso de luvas de segurança.São Bernardo .O acoplamento é feito através de esferas auto-travantes.25 a + 200 4 . tubo A B C 6 8 53 52 73 72 113 114 Sext S¹ (pol.5 1.Matérias-primas: Componentes Matéria-prima Corpos e componentes internos Esferas e mola Aço SAE 12L14 trefilado Aço inoxidável Vedadores VITON e TEFLON Temperatura (°C) 0 a 250 .) 35.: Os Engates Rápidos do grupo 3. reduz a vida útil do engate. tubo: 12 mm Aço Características: 1 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.1/8 1. 4 .3/8 4 EREAM 25 EREAM 30 EREA 25 EREA 30 EREAF 25 EREAF 30 25 30 93 120 121 177 183 64. 2 .5 7/8 3/4 1 3 EREAM 16 EREAM 20 EREA 16 EREA 20 EREAF 16 EREAF 20 16 20 65 66 88 91 138 145 53.4 Referência: EREAF Diâm. atendem às recomendações de intercambiabilidade explícitas na norma SAE J1036 e ISO 5675. ext. ext.5/8 1.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 . São adequados para trabalhar em sistemas hidráulicos de alta temperatura e em condições severas de funcionamento.5 3/4 5/8 11/16 D 1 EREAM 6 EREAM 8 EREA 6 EREA 8 EREAF 6 EREAF 8 2 EREAM 10 EREAM 12 EREA 10 EREA 12 EREAF 10 EREAF 12 10 12 58 82 126 128 41. ext.

9 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO FÊMEA COM EMPUNHADURA REFERÊNCIA: E R FEA Lado Macho Lado Fêmea Aço Características: 1 .São Bernardo .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.Características dimensionais: Referência Grupo Lado Macho Completo Lado Fêmea Rosca fêmea NPT A C D Sext S¹ (pol. 2 . 3 . nº 366 .1/4 4 ERFEAM 3/4 NPT ERFEA 3/4 NPT ERFEAM 1 NPT ERFEA 1 NPT ERFEAF 3/4 NPT 3/4 NPT ERFEAF 1 NPT 1 NPT 109 116 152 166 64. permite acionamento rápido mesmo com o uso de luvas de segurança. São adequados para trabalhar em sistemas hidráulicos de alta temperatura e em condições severas de funcionamento. atendem às recomendações de intercambiabilidade explícitas na norma SAE J1036 e ISO 5675.1 Referência: ERFEAM Medida da rosca fêmea: 1/4 NPT Referência da tampa protetora: TPERF Grupo: 1 COMPLETO + TAMPAS PROTETORAS: ERFEA 3/8 NPT + TPER .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 7/8 3 ERFEAM 1/2 NPT ERFEA 1/2 NPT ERFEAF 1/2 NPT 1/2 NPT 81 121 53.5 1. EXEMPLOS DE ESPECIFICAÇÃO: LADO MACHO + TAMPA FÊMEA: ERFEAM 1/4 NPT + TPERF .aço Medida da rosca fêmea: 1 NPT OBS.Fax: (19) 3272-0614 .2 Referência: ERFEA Medida da rosca fêmea: 3/8 NPT Referência das tampas protetoras: TPER Grupo: 2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 250 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: ERFEA 1 NPT Referência: ERFE Material do engate: “A” .5 3/4 2 ERFEAM 3/8 NPT ERFEA 3/8 NPT ERFEAF 3/8 NPT 3/8 NPT 73 111 41.5/8 Dimensões em milímetros: OBS.: Os Engates Rápidos do grupo 3.Matérias-primas: Componentes Matéria-prima Corpos e componentes internos Esferas e mola Aço SAE 12L14 trefilado Aço inoxidável Vedadores VITON e TEFLON .) 1 ERFEAM 1/4 NPT ERFEA 1/4 NPT ERFEAF 1/4 NPT 1/4 NPT 68 103 35.5 1. reduz a vida útil do engate. O formato anatômico da capa.25 a + 200 4 .O acoplamento é feito através de esferas auto-travantes.

ext. ext.aço Diâm.Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .1/8 1.) 1 ERRAM 6 ERRAM 8 ERRA 6 ERRA 8 ERRAF 6 ERRAF 8 2 ERRAM 10 ERRAM 12 ERRA 10 ERRA 12 ERRAF 10 ERRAF 12 10 12 52 80.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Execução Diâm.5 122 180 184 55 1. ext.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. tubo: 10 mm COMPLETO/EXECUÇÃO AT: ERRA 30 x AT Referência: ERRA Diâm.: Para solicitação dos itens em execução AT (Vedadores de VITON).São Bernardo . sob consulta. 2 .3/4 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. acrescentar na referência da tabela acima o sufixo AT.N e TEFLON VITON e TEFLON OBS.5 59 90 89 140 143 42 1. tubo 6 8 51 50 76 75 116 117 30 9/16 5/8 Referência Grupo Lado macho Completo A B C D Sext S¹ (pol.1/16 1.1/2 1. tubo: 30 mm Execução: AT OBS.1/4 1.O acoplamento se faz manualmente por rosqueamento da capa no corpo do engate. EXEMPLOS DE ESPECIFICAÇÃO: LADO MACHO/EXECUÇÃO NORMAL: ERRAM 10 Referência: ERRAM Diâm. 4 .5/8 2 5/8 11/16 Dimensões em milímetros: OBS.25 a + 200 Execução Normal Execução AT BUNA .35 a + 120 AT 6 a 16 20 e 25 30 450 380 320 3 .Matérias-primas: Componentes Matéria-prima Corpos e componentes internos Aço SAE 12L14 trefilado Aço inoxidável Mola Vedadores .3/8 4 ERRAM 25 ERRAM 30 ERRA 25 ERRA 30 ERRAF 25 ERRAF 30 25 30 71. tubo: 25 mm Aço Características: 1 . ext. ext. reduz a vida útil do engate.5 125 127 34 11/16 7/8 3/4 1 3 ERRAM 16 ERRAM 20 ERRA 16 ERRA 20 ERRAF 16 ERRAF 20 16 20 59.10 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO DE ROSCA REFERÊNCIA: E R RA Lado Fêmea EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Lado Macho ERRA 25 Referência: ERR Material do engate: “A” .: As tampas protetoras deste engate podem ser fornecidas.Características dimensionais: Lado Fêmea Diâm.) Sext S² (pol. tubo (mm) Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) Normal 6 a 16 20 e 25 30 450 380 320 .

11 ENGATES RÁPIDOS ENGATE RÁPIDO FÊMEA DE ROSCA Lado Fêmea EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: ERFR A 3/4 NPT Referência: ERFR Material do engate: “A” . 4 .O acoplamento se faz manualmente por rosqueamento da capa no corpo do engate.Matérias-primas: Matéria-prima Corpos e componentes internos Aço SAE 12L14 trefilado Mola .Características dimensionais: Referência Grupo Lado macho Completo Lado Fêmea Rosca fêmea NPT A C D Sext S¹ (pol.São Bernardo .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Execução Normal AT Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 450 . sob consulta. nº 366 .) 1 ERFRAM 1/4 NPT ERFRA 1/4 NPT ERFRAF 1/4 NPT 1/4 NPT 66 106 30 3/4 2 ERFRAM 3/8 NPT ERFRA 3/8 NPT ERFRAF 3/8 NPT 3/8 NPT 67 110 34 7/8 3 ERFRAM 1/2 NPT ERFRA 1/2 NPT ERFRAF 1/2 NPT 1/2 NPT 76 123 42 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 2 .1/4 4 ERFRAM 3/4 NPT ERFRA 3/4 NPT ERFRAM 1 NPT ERFRA 1 NPT ERFRAF 3/4 NPT 3/4 NPT ERFRAF 1 NPT 1 NPT 87 94 153 168 55 1.aço Medida da rosca fêmea: 3/4 NPT Lado Macho REFERÊNCIA: E R FRA Aço Características: 1 .N e TEFLON Execução Normal Execução AT VITON e TEFLON OBS.: Para solicitação dos itens em execução AT (Vedadores de VITON).25 a + 200 0 a 450 Componentes Aço inoxidável Vedadores BUNA .: As tampas protetoras deste engate podem ser fornecidas.Fax: (19) 3272-0614 .5/8 Dimensões em milímetros: OBS. reduz a vida útil do engate. EXEMPLOS DE ESPECIFICAÇÃO: LADO FÊMEA/EXECUÇÃO AT: COMPLETO /EXECUÇÃO NORMAL: ERFRAF 3/8 NPT x AT Referência: ERFRAF Referência: ERFRA Medida da rosca fêmea: 3/8 NPT Medida da rosca fêmea: 1/2 NPT Execução: AT OBS.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. acrescentar na referência da tabela acima o sufixo AT.35 a + 120 3 . ERFRA 1/2 NPT C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

Cidade Ademar . ACESSÓRIOS HIDRÁULICOS.1 2 TPERM . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. os PRODUTOS ERMETO. constituem a melhor resposta às suas necessidades de ligação em um circuito fluidico.2 TPERF . EB E ERMETOFLEX. As alternativas de uso dos nossos produtos mostram-se verdadeiramente ilimitadas. REGISTROS E VÁLVULAS.: 1 . Para cada linha de produtos ERMETO.Protege o engate contra impactos. mecanização agrícola e florestal. ERFA. ENTRE EM CONTATO COM O NOSSO SISTEMA DE COMERCIALIZAÇÃO ATRAVÉS DO ENDEREÇO ABAIXO: Rua Baquirivú.3 TPERF .3 4 TPERM . nº 366 . Consulte-nos sobre: CONEXÕES. Todas as informações constantes neste catálogo são passíveis de alterações.3 TPER . equipamentos militares.2 3 TPERM . Somente Tampa Macho: TPERM . construção civil. VÁLVULAS DE COMANDO HIDRÁULICO E VÁLVULAS AUXILIARES.4 TPERF . 2 . TUBOS.As tampas protetoras acima montam nos seguintes Engates Rápidos: ERA. Viton e Teflon são marcas registradas de terceiros. EREA e ERFEA.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Brasil Tel. nas indústrias químicas.CEP 04404-030 .4 OBS.1 TPER . na siderurgia. As marcas ERMETO. . A ERMETO. sem prévio aviso ou obrigações inerentes. máquinas de elevação e transporte.Utilizada com o engate desacoplado. 499 . de reconhecida qualidade.05/2000.Material: plástico. 4 . aviação. estão registradas junto ao INPI. petroquímica e alimentícia.Fax: (19) 3272-0614 . na indústria naval.: ( 0xx11 ) 5679-5099 . Como exemplos: em circuitos móveis ou fixos de equipamentos rodoviários. contamos com um catálogo específico com informações técnicas. enfim. nos sistemas de acionamento da indústria elétrica. Direitos autorais reservados a CHB . máquinas injetoras e operatrizes.CONEXÕES HIDRÁULICAS BRASILEIRAS S/A.Notas que a tampa macho acopla no lado fêmea do engate e a tampa fêmea no lado macho do engate. 3 .4 TPER .Evita a penetração de resíduos atmosféricos indesejáveis no circuito. com a finalidade de propor soluções para os problemas de ligação de circuitos fluídicos.São Paulo/SP . EQUIPAMENTOS PARA MONTAGEM.4 Referência: TPERM Grupo: 4 Referência Grupo Tampa Macho Completo Tampa Fêmea 1 TPERM .2 Plástico Referência: TPER Grupo: 2 Características: 1 . terraplenagem. 2 .12 ENGATES RÁPIDOS TAMPA PROTETORA PARA ENGATE RÁPIDO Tampa Macho Tampa Fêmea REFERÊNCIA: TPER EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Completo: Tampa Macho + Tampa Fêmea: TPER .1 TPERF . nos circuitos de instrumentação.São Bernardo . iniciou suas operações em 1964.FAX: ( 0xx11 ) 5679-8680 Este catálogo substitui todas as informações anteriores sobre a linha de Engates Rápidos. MANGUEIRAS E TERMINAIS.2 TPER .

com.São Bernardo CEP: 13030-600 Campinas/SP .br/vendas.© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados w w w .Fax: (19) 3272-0614 CENTRAL DE VENDAS ON LINE http://www. nº 366 .chp. c o m . b r Central Hidraulica e Pneumática CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Brasil Fone: (19) 3272-4133 . c h p .Registros e Válvulas .htm Catálogo Ermeto 404 .

.5 VAM.. MVARA KVARA 38 40 41 VÁLVULA DE ESFERA Válvula de Esfera Válvula de Esfera Fêmea VE.5 28 30 31 32 32 34 34 PURGADOR Bujão Purgador Purgador Hidráulico BP.. RFS.... RAV.. RFE..x. RV........1 ÍNDICE Página O SISTEMA ERMETO 2 INFORMAÇÕES TÉCNICAS 3 TIPO DE REGISTRO OU VÁLVULA NOME DO REGISTRO OU VÁLVULA REFERÊNCIA REGISTRO DE AGULHA Registro Registro Registro Registro RAR... 28 VAMT.. 20 20 20 20 Registro de Controle de Fluxo Válvula para Controle de Fluxo Válvula para Controle de Fluxo para Montagem em Bloco ou Placa RCF.. VMF.. RRS. REE.... VCFA 22 24 VCFPLA 26 Válvula para Manômetro Macho e Te Fêmea Válvula para Manômetro Macho e Te Fêmea c/ haste não rotativa Válvula para Manômetro Macho-Fêmea Corpo de Válvula Multivia Válvula de Três Vias Válvula de Três Vias c/ haste não rotativa Válvula de Cinco Vias Válvula de Cinco Vias c/ haste não rotativa VMT..... RVF... nº 366 .... VEF. RAP... VMC...Fax: (19) 3272-0614 . RAVP..... RFS.. VM.W RRS. RF..São Bernardo .. RVM..... RM.. 42 44 TOMADOR DE PRESSÃO Tomador de Pressão Tomador de Pressão com Rosca Macho Adaptador para Tomador de Pressão TPA 10 TPA ATPA 10 47 47 47 Válvulas com Haste não Rotativa Válvula Válvula Válvula Válvula REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO VÁLVULA MULTIVIA para Alta Pressão Fêmea para Alta Pressão Solda para Alta Pressão Tubo-Fêmea para Alta Pressão C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro... PHA 10 36 37 VÁLVULA ANTI RETORNO Válvula Anti Retorno Miolo de Válvula Anti Retorno Cartucho de Válvula Anti Retorno VAR.3 VAM...CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . RAFS... REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES Registro Reto para Controles Registro Vertical para Controles Registro Reto Macho para Controles Registro Vertical Macho para Controles Registro Reto Fêmea para Controles Registro Vertical Fêmea para Controles Válvula de Controle para Alta Pressão Válvula de Controle Fêmea para Alta Pressão Válvula para Alta Pressão Válvula Fêmea para Alta Pressão Válvula Solda para Alta Pressão Válvula Tubo-Fêmea para Alta Pressão de Agulha Reto de Agulha Reto para Painéis de Agulha Vertical de Agulha Vertical para Painéis 4 4 6 6 RR...3 VM......... RAFS... 8 8 10 10 12 12 14 16 18 18 18 18 RARS.W RARS.x.....

Ao se processar o aperto da porca sobre o corpo da conexão. originando a formação de friso circunferencial. ao mesmo tempo.2 O SISTEMA ERMETO PORCA DE APERTO CORPO APÓS O APERTO ANTES DO APERTO O Sistema Ermeto possibilita toda e qualquer ligação entre os elementos de um circuito fluídico. registro. evita. o anel desliza na região cônica da conexão APLICAÇÃO ANEL DE PENETRAÇÃO e através das arestas penetra na superfície externa do tubo. A cravação é conseguida durante a montagem do próprio circuito. válvula. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 . No caso específico de aço inoxidável. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . que neste caso. o anel possui uma única aresta de penetração. etc. A estanqueidade da ligação é assegurada pela penetração controlada de um anel de alta dureza. Um tubo pode ser ligado ao corpo de uma conexão. com estanqueidade garantida. terminal de mangueira. onde é cravado. Todo o exposto vale para nossa linha de produtos em aço e latão. os princípios são os mesmos. engate rápido. O anel é projetado de forma que limita a profundidade da sua penetração no tubo e. entretanto. que eventuais vibrações ou movimentos oscilatórios prejudiquem a condição de estanqueidade. perfeitamente visível.São Bernardo . não é visível.

latão Diâmetro ext. de operação se comparados com os anéis de inox Execução Normal. Porca de Aperto: referência PI AG. Acrescentar o sufixo . Acrescentar o sufixo . Execução Normal Anéis de Penetração: referência Al. tubo: 10 mm Execução AG-PH RRI 10-AG-PH C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. tubo: 30 mm Aplicação em gases: . Exemplo de especificação: Referência: RAR Material do registro: “I” . Execução AG-PH Anéis de Penetração: referência Al PH. multivias. Quanto aos anéis de penetração e porcas de aperto (Sistema Ermeto) poderemos ter: Anel de Penetração Porca de Aperto Matéria Prima Aço Latão Aço SAE 1008/1010 trefilado. tubo: 16 mm Aplicação em oxigênio: O2 VARC 16 .inox Diâmetro ext. Aplicação em fluidos resistentes ao fogo: ester fosfato. do tubo: 12 mm RARI 12 2. encontramos especificada quais as matérias-primas empregadas. e Porca de Aperto referência Pl AG.O2 3.trefilado. fabricado em inox SAE 30316 revestida com Banho de Prata.São Bernardo .N2 VEC 30 . para controle de fluxo. de agulha. fabricado em inox SAE 30316 revestida com Banho de Prata. de esfera. são sempre as pressões máximas de utilização em condições normais e em temperaturas dentro da faixa especificada para o item. sempre haverá uma que atende a sua necessidade. água glicol. Aplicação em fluidos de baixa densidade .N2 2. para controles. considerando-se um coeficiente de segurança igual a quatro em relação à resistência a tração do material. anti retorno.latão Diâmetro ext. PRESSÕES E TEMPERATURAS MATÉRIAS-PRIMAS Nas tabelas informativas de cada item da linha de registros e válvulas. Componentes TRATAMENTOS SUPERFICIAIS Inox Execução normal: inox SAE 30316trefilado Execução PH:inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Execução AG: inox SAE 30316 trefilado.N2 à referência do item.gases. Na apresentação de cada válvula encontraremos informações detalhadas sobre as mesmas. é perfeitamente possível desde que proceda-se da seguinte forma: 1.serviço em oxigênio. revestido. tomador de pressão. Aço SAE 1030/1035 forjado Latão SAE CA 360 trefilado Os tratamentos superficiais utilizados nos produtos Ermeto são: Material básico da válvula AÇO LATÃO As pressões mencionadas neste catálogo. Aplicação onde há necessidade de ausência de óleo ou graxas . com Banho de Prata.Fax: (19) 3272-0614 . Exemplo de especificação: Referência: VE Material da válvula: “C” . Para utilização em condições diferentes das indicadas. PRODUTOS EM INOX: INOX Tratamento Superficial Fosfatização de acordo com SAE J514 APR80-resiste a 32 horas de ensaio de Névoa Salina (Salt Spray) ASTM B 117 Decapagem Passivação Passivação/Banho de Prata (porca de aperto) APLICAÇÃO EM FLUIDOS NÃO USUAIS A aplicação de nossa linha de registros e válvulas em outros fluidos que não os óleo hidráulicos minerais.inox Diâmetro ext. Consulte-nos. purgadores. que traz como vantagem a redução do torque de aperto durante a montagem. etc.3 INFORMAÇÕES TÉCNICAS A linha de registros e válvulas Ermeto foi desenvolvida de modo a assegurar uma perfeita estanqueidade em circuitos óleo dinâmicos minerais em geral. que proporcionam uma maior pressão. Para solicitação acrescentar na referência do Produto os sufixos AG-PH. nº 366 . Latão SAE CA 270 trefilado Aço SAE 12L14 . fabricados em inox ASTM A 564-630 (17-4 PH). Exemplo de especificação: Referência: VAR Material da válvula: “C” . tratado termicamente.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Abaixo descrevemos algumas características básicas e gerais desta linha de produtos.O2 à referência do item. Exemplo de especificação: Referência: RR Material do registro: “I” . consultenos. 1. Disponíveis em vários tipos básicos.

2 .aço Diâmetro externo do tubo: 8 mm REFERÊNCIA PARA MONTAGEM EM PAINEL Exemplo de especificação para montagem em painel: RAPA Aço RAPC Latão RAPI Inox RAPA 12 Referência: RAP Material do registro: “A” .laminado . tubo 4 Inox SAE 30316 .Diâm. ext.Os registros de inox podem ser fornecidos em Execução AG-PH. Latão SAE CA 360 .2 .trefilado Inox SAE 30316 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Na sede: através de agulha giratória independente do movimento da haste. . Aço SAE 1020/1030 .trefilado Inox SAE 30316 - trefilado Agulha Aço SAE 12L14 Tratado termicamente trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Vedador da Haste O-ring BUNA . tubo 30 a 42 mm.Vedação: 2. tubo (mm) Latão Pressão Temperatura (kg/cm² ) (°C) Pressão (kg/cm² ) Inox Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Execução Normal Execução: AG-PH 4 a 10 0 a 450 0 a 270 0 a 130 0 a 360 12 a 16 0 a 380 0 a 230 0 a 120 0 a 300 18 a 25. nº 366 .4 REGISTRO DE AGULHA REGISTRO DE AGULHA RETO REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: RARA Aço RARC Latão RARI Inox RARA 8 Referência: RAR Material do registro: “A” . ext. Latão SAE CA 377 . o que assegura estanqueidade por longo período de utilização.Diâm. Aço SAE 1030/1035 . ext.Diâm.forjado .Matérias-primas: Material básico do Registro Componentes Inox Aço Latão Corpo .Fax: (19) 3272-0614 .4 0 a 290 0 a 85 0 a 230 28 a 32 0 a 250 0 a 150 0 a 75 0 a 200 35 a 42 0 a 210 0 a 120 0 a 65 0 a 170 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. laminado C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1 .Diâm. para especificação vide página 3 4 . tubo 4 a 28 mm.25 a + 200 Temperatura (°C) . tubo 22 Inox SAE 30316 - a 20 mm.N O-ring VITON O-ring VITON Volante Alumínio Alumínio Alumínio SAE 12L14 . tubo 22 a 42 mm.aço Diâmetro externo do tubo: 12 mm Características: 1 . ext. 5 . tubo 4 a 20 mm.Fabricados para diâmetros externos de tubos de 4 a 42 mm.Na haste: através de anel O-ring 2.Diâm.São Bernardo .Diâm.forjado a 42 mm. 3 .forjado .trefilado Inox SAE 30316 - trefilado Conjunto Castelo Aço - trefilado Latão SAE CA 360 .extrudado Haste Inox SAE 30316 . ext.25 a + 200 OBS.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material do Registro Aço Diâm. reduz a vida útil do registro. ext.35 a + 120 0 a 170 . ext.

35 RAP .1/16 13 39 1.. 14 RAP ...... 15 RAR ..7 RAR .. 32 RAP .... 25.5 REGISTRO DE AGULHA 6 . e RAP . 32 RAR . 6 RAP ....4 RAP .. 10 RAR ...1/4 1..Características dimensionais: Válido para registro.São Bernardo ....: As cotas entre parenteses se referem aos Registros para Montagem em Painel (RAP.... 35 30 32 35 85 147 147 149 120 RAR .. .3/8 1. 9..... . 4 RAR ... 42 RAP .4 28 78 76 76 76 133 134 134 134 90 RAR . 28 22 25 25.3/4 27 34 23 43 2 2 2. 14 4 5 6 6..1/2 13 7 Dimensões em milímetros OBS.3/8 24 22 53 1. 22 RAR ... 9..5 RAR . 38 RAP . 18 RAP .. 15 RAP ..4 RAP . RAR ..5 102 102 104 106 106 108 108 108 RAR . Válido somente para Registro/Montagem em Painel Referência P/ Registro de Agulha Reto Registro de Agulha p/ Montagem em Painel Diâmetro externo tubo A B C D G H K Espessura máxima chapa fixação máx... 42 38 42 102 170 172 120 84 2. 25 RAR . 25 RAP .... 18 RAR .. 6.. ..5/8 1.. 8 RAR ..1/8 1.. S2 (pol.) 34 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. 8 RAP . 20 RAP .. . 12 RAP .. 6 RAR .1/4 32 37 24 46 2.. 12.. 19 RAR . 5 RAR .... 12. 30 RAR ......... nº 366 . ref.Fax: (19) 3272-0614 .4 RAR ..1/4 2..... 25.. 30 RAP ..4 8 9.)..4 RAR . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.. 6.7 RAP ..5 RAP .7 14 62 61. 10 RAP .. 16 RAP .. Diâmetros externos de tubos preferenciais.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .. RAR ...5 10 12 12..... 19 RAP .... 5 RAP .1/16 1... por motivos técnicos e comerciais. mín...3/8 1. 38 RAR .5/8 1. 22 RAP .. 20 15 16 18 19 20 72 72 72 72 68 118 122 122 122 122 68 RAR .. 28 RAP .. 12 RAR .. 16 RAR .. 4 RAP .5 62 62 62 62 62 62 62 62 94 94.....5 3 4 4 6 7 7 7 7 7 108 103 10 10 10 10 10 13 142 128 18 19 24 32 88 56 190 175 (230) (205) 203 185 (230) (212) Furação chapa fixação Sext. para diâmetro externo de tubo acima de 20 mm.

laminado .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material do Registro Aço Diâm. ext. para especificação vide página 3 4 . ext. ext. nº 366 .Diâm.Fax: (19) 3272-0614 .aço Diâmetro externo do tubo: 20 mm RAVPA Aço RAVPC Latão RAVPI Inox Características: 1 .São Bernardo .inox Diâmetro externo do tubo: 16 mm Exemplo de especificação para montagem em painel: REFERÊNCIA PARA MONTAGEM EM PAINEL: RAVPA 20 Referência: RAVP Material do registro: “A” .trefilado Inox SAE 30316 .trefilado Inox SAE 30316 - trefilado Conjunto Castelo Aço - trefilado Latão SAE CA 360 .Na haste: através de anel O-ring 2.Matérias-primas: Material básico do Registro Componentes Aço Latão Corpo . ext. laminado C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. tubo 4 a 35 mm. . 5 . o que assegura estanqueidade por longo período de utilização. ext.Vedação: 2. tubo 4 a 35 mm. reduz a vida útil do registro. tubo 38 a 42 mm.Diâm. 3 . Aço SAE 1030/1035 . tubo (mm) Pressão (kg/cm²) Latão Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Inox Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Execução Normal Execução: AG-PH 4 a 10 0 a 450 0 a 270 0 a 130 0 a 360 12 a 16 0 a 380 0 a 230 0 a 120 0 a 300 18 a 25. tubo 38 Inox SAE 30316 - a 35 mm.forjado . Latão SAE CA 360 .Os registros de inox podem ser fornecidos em Execução AG-PH.forjado .extrudado Haste Inox SAE 30316 . ext.25 a + 200 OBS.4 0 a 290 0 a 85 0 a 230 28 a 32 0 a 250 0 a 150 0 a 75 0 a 200 35 a 42 0 a 210 0 a 120 0 a 65 0 a 170 .1 .6 REGISTRO DE AGULHA REGISTRO DE AGULHA VERTICAL REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: RAVA Aço RAVC Latão RAVI Inox RAVI 16 Referência: RAV Material do registro: “I” . Aço SAE 1020/1030 . tubo 38 a 42 mm.Diâm.25 a + 200 Temperatura (°C) .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . ext.Diâm. Latão SAE CA 377 .Diâm. tubo 4 Inox SAE 30316 .trefilado Inox SAE 30316 - trefilado Agulha Aço SAE 12L14 Tratado termicamente trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Vedador da Haste O-ring BUNA .Na sede: através de agulha giratória independente do movimento da haste. 2 .forjado a 42 mm.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.N O-ring VITON O-ring VITON Volante Alumínio Alumínio Alumínio SAE 12L14 Inox .2 .Fabricados para diâmetros externos de tubos de 4 a 42 mm.35 a + 120 0 a 170 .Diâm.

5 52.7 RAVP ... 19 RAVP . 10 RAVP ... 25 RAVP .... 38 RAVP .. 25.: As cotas entre parenteses se referem aos Registros para Montagem em Painéis (RAVP.. 20 15 16 18 19 20 36 36 36 36 34 59 61 61 61 61 68 96 91 RAV ...4 RAVP .. 20 RAVP .).... 42 RAVP .5 3 4 4 6 7 7 7 7 7 7 33. 32 RAV ..4 28 43 42 42 42 70.... 16 RAVP .. 6 RAV . 22 RAV .7 14 33.5 52 53 53 54 54 54 12 13 36 36 36 36 34 59 61 61 61 61 18 19 43 42 42 42 207 180 (230) (205) 24 27 195 175 (230) (212) 32 32 84 80 Furação chapa fixação Sext.5 52.5 52.5 32.5 RAVP . 6.. 42 38 42 51 85 86 120 A B C D G H L M Espessura máx. 12...5 52 53 53 54 54 54 RAV ..5 RAV .. 30 RAV .4 RAV ... mín. 14 4 5 6 6..... 4 RAVP .5 10 12 12. S2 (pol. 4 RAV .5 71 71 71 22 53 1. 8 RAV ..4 RAVP .. 5 RAVP .1/16 1..5 32.1/16 13 39 1.. Diâmetros externos de tubos preferenciais.......5 49. 6 RAVP .5 31 31 31 31 31 31 49. 15 RAV .) 34 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1. 18 RAVP .4 8 9.4 RAV .1/2 Dimensões em milímetros OBS..... 15 RAVP ... 35 30 32 35 45 76 76 77 120 RAV .. 10 RAV ...5 49. 6..5 32. 12 RAV ..3/8 1. 25.5/8 1...5 32...1/4 2..São Bernardo ...1/8 1.. 14 RAVP . 25 RAV...5 52...5 32.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.. 28 22 25 25. 16 RAV .3/8 70.. 5 RAV ..5 31 31 31 31 31 31 49.. 12... 30 RAVP ..5 32... 28 RAVP .Características dimensionais: Válido somente para Registro/Montagem em Painel Referência Diâmetro externo tubo P/ Registro de Agulha Vertical Registro de Agulha Vertical p/ Montagem em Painel RAV . 35 RAVP . 12 RAVP .... nº 366 .3/4 45 76 76 77 23 43 66 100 101 24 46 13 2..3/8 1.. 19 RAV . 9.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .. 22 RAVP ....7 REGISTRO DE AGULHA 6 ... 56 2. 38 RAV .... chapa fixação máx.5/8 1. por motivos técnicos e comerciais.. 9...1/4 1.. 18 RAV ..7 RAV . 8 RAVP .5 71 71 71 90 145 128 RAV .. 32 RAVP ..Fax: (19) 3272-0614 ....

4 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .aço Diâmetro externo do tubo: 12 mm Referência: RV Material do registro: “C” . proporcionando perfeita vedação.1 . 3 .Fabricados para diâmetros externos de tubo de 4 a 16 mm. 3 6 .35 a + 120 Inox Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 210 .N O-ring VITON O-ring VITON Volante Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES REGISTRO RETO PARA CONTROLES REGISTRO VERTICAL PARA CONTROLES REFERÊNCIA: REFERÊNCIA: RRA RRC RRI RVA RVC RVI Aço Latão Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço Latão Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: RRA 12 RVC 16 Referência: RR Material do registro: “A” .Fax: (19) 3272-0614 .25 a + 200 OBS.N O-ring VITON O-ring VITON O-ring BUNA .25 a + 200 Pressão (kg/cm²) Execução Normal Execução: AG-PH 0 a 180 0 a 135 0 a 350 Temperatura (°C) .São Bernardo . 7 .Vedação: 3.Matérias-primas: Registro Reto para Controles Componentes Registro Vertical para Controles Material Básico do Registro Aço Latão Inox Aço Inox Latão Corpo Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 1030/1035 forjado Latão SAE CA 377 forjado Inox SAE 30316 forjado Haste Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Conjunto Castelo Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Vedador da Haste O-ring BUNA .Permite controle da vazão. tubo (mm) Pressão Temperatura (kg/cm²) (°C) 4 a 10 12 a 16 0 a 350 .latão Diâmetro externo do tubo: 16 mm Características: 1 . reduz a vida útil do registro.São fornecidos com contra porca para fixação em painéis.2 . 5 .Na haste: através de anel O-ring 3. nº 366 . ext. para especificação vide pág.Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.Os registros de inox podem ser fornecidos em Execução AG-PH.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material do Registro Latão Aço Diâm. 2 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.

nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

Fabricados com rosca macho NPT: 1/8 NPT.São fornecidos com contra porca para fixação em painéis. 2 .inox Medida da rosca macho: 1/4 NPT Referência: RM Material do registro: “A” .4 PH) Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17 . proporcionando perfeita vedação. 3 .25 a + 200 0 a 350 .Na haste: através de anel O-ring 3.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. 6 .10 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES REGISTRO RETO MACHO PARA CONTROLES REGISTRO VERTICAL MACHO PARA CONTROLES REFERÊNCIA: REFERÊNCIA: RMA RMC RMI RVMA RVMC RVMI Aço Latão Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço Latão Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: RVMI 1/4 NPT RMA 3/8 NPT Referência: RVM Material do registro: “I” . reduz a vida útil do registro.2 .Fax: (19) 3272-0614 .1 .N O-ring VITON O-ring VITON O-ring BUNA .Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo. 4 .25 a + 200 OBS.Vedação: 3.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material do Registro Rosca macho NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT Aço Latão Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 350 . 1/4 NPT.4 PH) Conjunto Castelo Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Vedador da Haste O-ring BUNA .aço Medida da rosca macho: 3/8 NPT Características: 1 .Matérias-primas: Registro Reto Macho para Controles Componentes Registro Vertical Macho para Controles Material Básico do Registro Aço Latão Inox Aço Inox Latão Corpo Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 1030/1035 forjado Latão SAE CA 377 forjado Inox SAE 30316 forjado Haste Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17 . 5 .São Bernardo . nº 366 .35 a + 120 Pressão (kg/cm²) 0 a 210 Inox Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) .Permite controle da vazão.N O-ring VITON O-ring VITON Volante Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. 3/8 NPT e 1/2 NPT.

1/2 NPT 1/2 NPT 72 51 RM. 81 74 E Furação chapa fixação F 1/8 NPT 34 RVM.. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. máx. 78 71 Esp. 3/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT RM.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Furação chapa chapa fixação fixação E F 4 17 G H J 5 6 5 10 14 7 85 92 5 19 7/8 14 7. 1/8 NPT RVM. mín... REGISTRO VERTICAL MACHO PARA CONTROLES Características dimensionais: Referência RVM. 1/4 NPT Rosca macho NPT Esp. mín.11 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES REGISTRO RETO MACHO PARA CONTROLES Características dimensionais: Referência Rosca macho NPT D B C 1/8 NPT 56 62 64 41 RM.5 19 G H J 4 6 5 10 14 8 Quad.. S1 (pol. nº 366 ... 1/4 NPT máx.1/16 Dimensões em milímetros. 1/8 NPT RM...5 19 1...Fax: (19) 3272-0614 .....) 7/8 14 7.São Bernardo . chapa fixação D B C máx. 3/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT RVM.) 1 Dimensões em milímetros.. S1 (pol. 1/2 NPT 1/2 NPT 40 41 4 17 8 51 95 84 5 19 8 Sext.. máx.

São fornecidos com contra porca para fixação em painéis.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 4 .Fabricados com rosca fêmea NPT: 1/8 NPT.Permite controle da vazão.aço Medida da rosca fêmea: 1/8 NPT Referência: RVF Material do registro: “I” .2 .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material do Registro Rosca fêmea NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT Aço Latão Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 350 .inox Medida da rosca fêmea: 1/2 NPT Características: 1 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. 2 .N O-ring VITON O-ring VITON O-ring BUNA .1 . 6 . 1/4 NPT.São Bernardo .N O-ring VITON O-ring VITON Volante Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio Alumínio C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. reduz a vida útil do registro. 3 . proporcionando perfeita vedação. 5 . nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .Matérias-primas: Registro Reto Fêmea para Controles Componentes Registro Vertical Fêmea para Controles Material Básico do Registro Aço Latão Inox Aço Inox Latão Corpo Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 1030/1035 forjado Latão SAE CA 377 forjado Inox SAE 30316 forjado Haste Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17 .35 a + 120 Pressão (kg/cm²) 0 a 210 Inox Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) .25 a + 200 OBS.12 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES REGISTRO RETO FÊMEA PARA CONTROLES REGISTRO VERTICAL FÊMEA PARA CONTROLES REFERÊNCIA: REFERÊNCIA: RFA RFC RFI RVFA RVFC RVFI Aço Latão Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço Latão Inox EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: RFA 1/8 NPT RVFI 1/2 NPT Referência: RF Material do registro: “A” .4 PH) Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17 . 3/8 NPT e 1/2 NPT.Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.25 a + 200 0 a 350 .Vedação: 3.Na haste: através de anel O-ring 3.4 PH) Conjunto Castelo Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Vedador da Haste O-ring BUNA .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .

3.14 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES VÁLVULA DE CONTROLE PARA ALTA PRESSÃO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: REEA Aço REEC Latão REEI Inox REEA 12 Referência: REE Material da válvula: “A” . 4.Podem ser fornecidos em Execução AG-PH.50 a + 230 4 a 10 12 a 16 Pressão (kg/cm²) Execução Normal Execução: AG-PH 0 a 180 0 a 135 0 a 450 0 a 360 Temperatura (°C) .forjado Latão SAE CA 377 .Na haste: através de vedador de Teflon. garante vida prolongada ao conjunto.Válvulas de inox: 4.2 . 4 .50 a + 230 OBS.Controle de fluxo: pelo projeto de passagens internas e dado ao passo da rosca da haste ser 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.trefilado Inox SAE 30316 .50 a + 230 0 a 250 . reduz a vida útil da válvula. proporcionando perfeita vedação.Fax: (19) 3272-0614 .2 .aço Diâmetro externo tubo: 12 mm Características: 1 . para especificação vide página 3.forjado Haste Inox SAE 30316 . 3 .1 .Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Porca do Castelo Aço SAE 12L14 .forjado Inox SAE 30316 .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material da Válvula Aço Diâm. 5 . ext. nº 366 . 2 .Matérias-primas: Material Básico da Válvula Componentes Inox Latão Aço Corpo Aço SAE 1030/1035 . pode ser usada como controladora de fluxo com sucesso.trefilado Inox SAE 30316 . que pelo seu projeto e matéria-prima empregada.Fabricadas para diâmetros externos de tubos de 4 a 16 mm.São Bernardo .trefilado Latão SAE CA 360 . 6 . tubo (mm) Latão Inox Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 450 .trefilado Vedador da Haste TEFLON TEFLON TEFLON Volante Aço Aço Aço C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1 .0 mm.Fornecidas com haste fabricadas a partir do material ASTM A 564-630 (17-4 PH).Vedação: 3.

5 80 Mín. 16 12 12... nº 366 . 15 REE . 8 REE .1/8 Dimensões em milímetros.Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . S1 (pol..7 REE .........5 REE . Diâmetros externos de tubos preferenciais. 4 REE .. 6...) 3/4 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1.1/16 1. 5 REE . 6 REE .5 10 REE .) Sext.. 12..4 8 9. 10 4 5 6 6..4 REE ..Características dimensionais: Referência Diâmetro externo tubo REE . G 53.5 2..5 H 5 7.São Bernardo . 14 REE .1/16 1 1 1.1/16 1.7 14 15 16 D A B C Máx.5 3 4 4 4 4 4 68 7. S2 (pol. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 Sext. 9... 12 REE .. por motivos técnicos e comerciais..15 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES 7 . 34 35 36 36 42 42 42 66 68 76 76 84 86 86 52 98 98 98 98 100 41 51 59..

proporcionando perfeita vedação.Na haste: através de vedador de Teflon.inox Medida da rosca fêmea: 1/2 NPT Características: 1 . garantem vida prolongada ao conjunto. 6 . 4 .trefilado Vedador da Haste TEFLON TEFLON TEFLON Volante Aço Aço Aço C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. reduz a vida útil da válvula.Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material da Válvula Rosca fêmea NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT Aço Latão Inox Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) Pressão (kg/cm²) Temperatura (°C) 0 a 450 .Fax: (19) 3272-0614 .0 mm.Matérias-primas: Material Básico da Válvula Componentes Inox Latão Aço Corpo Aço SAE 1030/1035 .50 a + 230 0 a 450 .50 a + 230 0 a 250 .trefilado Latão SAE CA 360 . 3 .2 . nº 366 .Fabricadas com roscas fêmea NPT de 1/8 a 1/2. 2 .forjado Haste Inox SAE 30316 .trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Porca do Castelo Aço SAE 12L14 .trefilado Inox SAE 30316 .forjado Latão SAE CA 377 .trefilado Inox SAE 30316 .As válvulas de inox são fornecidas com haste fabricadas a partir do material ASTM A 564-630 (17-4 PH) que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas. 3. 5 .São Bernardo .1 .Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.50 a + 230 OBS.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Vedação: 3.forjado Inox SAE 30316 .16 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES VÁLVULA DE CONTROLE FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO REFERÊNCIA: RFEA RFEC RFEI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: RFEI 1/2 NPT Aço Latão Inox Referência: RFE Material da válvula: “I” .Controle de fluxo: pelo projeto de passagens internas e dado ao passo da rosca da haste ser 1. pode ser usada como controladora de fluxo com sucesso.

nº 366 .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

...5 4 5 27 1.5 3 3/4 5/8 5/8 11/16 RRS.1/16 88 70 90.5 3 10.) máx.19 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES VÁLVULA PARA ALTA PRESSÃO Diâm...3/8 W RFS.1/8 NPT 1/8 NPT 56 RFS. externo tubo A RRS.1/2 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT RFS. externo tubo Rosca fêmea NPT D A B C máx.9.12 x 1/2 NPT RRS. H Sext.) Sext.5 72 35 88 82 2.1/16 3/4 3/4 1 1 Dimensões em milímetros. Sext.) RRS..) Sext.6. 35 88 82 2...5 3 RRS.. 12. S2 (pol. 1. S1 (pol... mín. G H mín.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .. S1 (pol..4 RRS.Fax: (19) 3272-0614 .5 10 12 12.1/4 NPT RFS. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.. por motivos técnicos e comerciais.) 3/4 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 mín..São Bernardo .6 x 1/4 NPT RRS. VÁLVULA FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO Rosca fêmea NPT B RFS...) D B C G H T máx.. mín.3/8 NPT RFS.5 RRS.1/16 82 70 90.1 3/4 70 70 87 82 4 5 17..8 RRS..3/4 NPT 3/4 NPT Referência D C G H Sext.5 x 3/8 NPT RRS....4 8 1/4 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 49.... 35 88 82 2.5 4 5 1..5 85..5 69.7 14...4 8 9. Diâmetros externos de tubos preferenciais...1/4 W 1/8 1/4 36 56 RFS....8 x 1/4 NPT 6..12.7 1.5 85.3/4 W 3/4 62 Referência Sext..4 x 1/4 NPT RRS..7 52 98 70 87 82 4 5 Referência D B C G máx...6.5 3 3/4 70 70 87 82 4 5 1. S2 (pol. nominal tubo A RFS.5 10 43 43 42 42 42 83 83 86 86 86 35 88 82 2.10 6 6.7 3/8 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 1/2 NPT 61 83 83 84 84 70 87 82 4 5 1..5 21.7 x 1/2 NPT 9. por motivos técnicos e comerciais. S1 (pol.7 12 12...10 x 3/8 NPT RRS.5/16 Dimensões em milímetros VÁLVULA SOLDA PARA ALTA PRESSÃO Diâm.5 51 69.5 49. Diâmetros externos de tubos preferenciais.1/16 1 Dimensões em milímetros...1/8 W RFS.6 RRS. nº 366 ..1/2 W 3/8 1/2 50 RFS..9. S1 (pol.5/16 Dimensões em milímetros VÁLVULA TUBO-FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO Referência Diâm.0 6.12 RRS..

.50 a + 675 OBS.Forjado TEFLON GRAFOIL Inox SAE 30316 .50 a + 230 0 a 450 .As válvulas de inox com extremidades para tubo.Vedação: 3.50 a + 230 0 a 450 0 a 450 0 a 360 .Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.inox Diâmetro externo do tubo: 9.forjado Inox SAE 30316 .20 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES VÁLVULA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA VÁLVULA FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA REFERÊNCIA: RARSA RARSI REFERÊNCIA: Aço Inox RAFSA RAFSI Aço Inox Exemplo de especificação: Exemplo de especificação: RAFSI 1/2 NPT RARSA 12. tipo deslizante.inox Medida da rosca fêmea: 1/2 NPT Referência: RARS Material da válvula: “A” . feita em peça única e totalmente protegida.7 Inox Aço Pressão (kg/cm ²) Aço ou Inox Aço ou Inox Temperatura (°C) Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) 0 a 450 0 a 450 0 a 360 . 6 . reduz a vida útil da válvula.Pressões a faixa de temperatura de utilização: Válvula para Alta Pressão e Válvula Tubo-Fêmea para Alta Pressão Execução Normal G Válvula Fêmea para Alta Pressão e Válvula Solda para Alta Pressão Material da Válvula Material da Válvula Diâmetro externo Tubo (mm) 6 a 10 12 e 12. reduz o desgaste dos assentos de vedação e prolonga a durabilidade da válvula.1 .5 mm Medida da rosca fêmea: 3/8 NPT RAFSA 3/8 W Referência: RAFS.forjado Inox SAE 30316 .Execução normal .Matérias-primas: Material Básico da Válvula Componentes Aço Corpo Haste Execução Normal Execução G Conjunto do Castelo Gaxeta Execução Normal Execução G Volante Inox Aço SAE 1030/1035 ...PH.trefilado Inox ASTM A 564 .. Para solicitação.Haste não rotativa.aço Diâmetro externo do tubo: 12.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.Fax: (19) 3272-0614 ..W RAFSI .aço Diâmetro nominal do tubo p/ solda: 3/8 Características: 1 .São Bernardo .7 Referência: RAFS Material da válvula: “I” .Forjado C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.50 a + 675 0 a 450 .x. são fornecidas em Execução AG .Castelo: tipo união. ..7 mm VÁLVULA SOLDA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA VÁLVULA TUBO-FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA REFERÊNCIA: REFERÊNCIA: RAFSA.Na haste: . que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas. para utilização em temperatura elevada.através da gaxeta de Teflon..W RARSA. 5 .7 6 a 10 12 e 12.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..trefilado Inox SAE 30316 . RARSI ...x.5 x 3/8 NPT Referência: RARS Material da válvula: “I” .W Material da válvula: “A” . acrescentar na referência o sufixo “-G”. Aço Inox Aço Inox Exemplo de especificação: Exemplo de especificação: RARSI 9.G 3.. 4 ..630 (17-4 PH) Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Inox SAE 30316 .. 2 ..trefilado TEFLON GRAFOIL Aço SAE 1030/1035 . nº 366 . com roscas externas e completamente isoladas do fluído do processo.Execução G: através de gaxeta de Grafoil. 3 . Exemplo de especificação: RAFSI 1/2 NPT . garantem vida prolongada ao conjunto.2 .

..7 x 1/2 12.. nominal tubo Sext.5 4 4 Dimensões em milímetros.. W W W W 1/8 1/4 3/8 1/2 50 70 70 84. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. S1 (pol.5 5 Dimensões em milímetros.5 2.1/16 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 mín. mín..5 RARS..5 2.5 88 70 88 83 2.....CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .) 1.. 84..1/4 RAFS.4 RARS.3/8 RAFS.5 79.. ext..7 1.) D A C B máx.7 14... Rosca fêmea NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 1/2 NPT D A B C G máx.... RARS.5 2.3/4 NPT 3/4 NPT Sext.5/16 RAFS. RAFS..5 H Sext..5 x 3/8 NPT 9.Fax: (19) 3272-0614 . 79..5 61 61 61 61 83 83 81...São Bernardo .5 RARS.12 RARS. S1 (pol.1/4 NPT RAFS.3/8 NPT RAFS. Diâmetros externos de tubos preferenciais.) 5 1.7 6 6.5 4 4 5 10.5 79..8 x 1/4 NPT 8 RARS.....) 1.3/4 W 3/4 62 88 70 88 83 4 5 27 1. 63 63 60.1/2 Dimensões em milímetros VÁLVULA TUBO-FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA Referência Diâm..5/16 G H T G C máx.1/16 4 5 1. externo tubo RARS.1/2 NPT H D B mín...1/16 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 mín.6.5 2.5 2. S1 (pol. por motivos técnicos e comerciais.. S2 (pol.4 RARS...5 2.12 x 1/2 NPT 12 RARS..) Sext.5 2.6.5 83 83 84 84 70 84.10 RARS.. S2 (pol..5 2...5 10 12 12.. nº 366 ..5 2.9. 70 70 84.1/8 NPT RAFS.10 x 3/8 NPT 10 RARS.8 RARS.5 21..) Sext.. VÁLVULA SOLDA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA Referência Diâm.5 4 4 4 4 5 Diâmetros externos de tubos preferenciais.6 x 1/4 NPT 6.12. S1 (pol.7 NPT Dimensões em milímetros.9.4 x 1/4 NPT 6.0 RARS... VÁLVULA FÊMEA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA Rosca fêmea NPT Referência 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT RAFS. 12.5 4 4 79.5 2...1/16 RAFS. por motivos técnicos e comerciais.6 RARS.7 56 56 52 52 52 52 52 96 96 94 94 96 98 98 70 H Sext.4 8 9.21 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLES VÁLVULA PARA ALTA PRESSÃO COM HASTE NÃO ROTATIVA Diâm.1/8 RAFS.1 17. tubo Referência D A B C G máx.5 2.

aço Medida rosca fêmea: 1/4 NPT Diâm.Fabricados com rosca fêmea NPT: 1/8 NPT.1 .Vedação: 4.0 Referência: RCF Material válvula: “A” . 5 .Fornecidos com contra porca para fixação em painéis.Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo. 3/8 NPT e 1/2 NPT. 6 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.Furo de passagem: 2. proporcionando perfeita vedação.Na haste: através de anel O-ring.furo de passagem: 4. 4.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 2 .22 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO REGISTRO DE CONTROLE DE FLUXO REFERÊNCIA: RCFA RCFC RCFI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço Latão Inox RCFA 1/4 NPT x 4.0 mm Características: 1 . 1/4 NPT.Fax: (19) 3272-0614 . 3 .25 a + 200 0 a 210 25 a + 200 OBS.0 mm.Matérias-primas: Material Básico da Válvula Componentes Corpo Haste Conjunto Castelo Vedador da Haste Conjunto Volante Latão Aço Inox Aço SAE 12L14 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Aço SAE 12L14 trefilado Latão SAE CA 360 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Latão SAE CA 360 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Inox SAE 30316 trefilado O-ring VITON O-ring VITON O-ring VITON Alumínio Alumínio Alumínio C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 . 4 . 7 .0 ou 4.Permite controle preciso da vazão. reduz a vida útil do registro.São Bernardo .2 .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material do Registro Rosca fêmea NPT Aço e Inox Pressão (kg/cm² ) 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 0 a 350 Latão Temperatura (°C) Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) .

0 RCF .) 2. nº 366 ... 1/4 NPT x 2..0 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT B C máx. 1/4 NPT x 4.5 7 17 1. 1/2 NPT x 2.0 Dimensões em milímetros C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT RCF . S1 (pol. 3/8 NPT x 2.0 RCF .. Espessura máxima chapa fixação E Furação chapa fixação Furo de passagem F H Quad.1/8 4. 1/8 NPT x 2..0 RCF ..0 RCF . 3/8 NPT x 4.Características dimensionais: D Referência Rosca Fêmea NPT RCF . 1/2 NPT x 4.Fax: (19) 3272-0614 .23 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO 8 ...... 1/8 NPT x 4..0 RCF . mín.0 RCF .0 70 41 87 76..São Bernardo ....

3 .Aço SAE 12L14 .trefilado Porta haste Aço SAE 12L14 . nº 366 .aço Medida rosca fêmea: 3/8 NPT Características: 1 .Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.trefilado Para válvulas de 1/2.Para ser aplicada em circuitos onde necessita-se de fluxo controlado num sentido e fluxo livre no sentido oposto.N Corpo Vedador Haste Pino de bloqueio C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.3 .trefilado Haste Aço SAE 12L14 .trefilado Mola Aço temperado para mola O-ring BUNA .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material da Válvula Aço Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) 0 a 350 . é possível se repetir um posicionamento desejado e uma mesma vazão.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .24 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO REFERÊNCIA: VCFA EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço VCFA 3/8 NPT Referência: VCF Material válvula: “A” .Matérias-primas: Componentes Material Básico da Válvula Volante Para válvulas de 1/4 e 3/8 NPT .No pino de bloqueio: através de anel de vedação. 3. garantem vida prolongada ao conjunto. que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas. 2 . 4 .Aço SAE 1020 .trefilado Pino de bloqueio Aço SAE 12L14 .Vedação: 3.São Bernardo . 3.2 . reduz a vida útil da válvula.Devido a marcação de círculos numerados no porta-haste.1 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.35 a + 120 OBS.trefilado Aço SAE 12L14 .N Anel de vedação BUNA . 5 . 3/4 e 1 NPT .Fax: (19) 3272-0614 .Na haste: através de anel O-ring.

0 99. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.25 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO 6 .Características dimensionais: D Rosca fêmea NPT Referência VCFA VCFA VCFA VCFA VCFA 1 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 1 3/4 NPT NPT A 58.São Bernardo .6 mín.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .3/8 1. 47.5 87.0 134.) 4 4 6 8 10 1 1 1.5 72. nº 366 .0 60.0 88.0 C ø 25 ø 25 ø 35 ø 35 Sext. S1 (pol.0 103.0 B 79.3/4 2 Dimensões em milímetros. máx.0 66. 59 59 73 82 123 67 67 80 94 140 H Quad.

aço Referência dimensional da válvula: .35 a + 120 OBS.3 . 3.trefilado Mola Aço temperado para mola O-ring BUNA .N Vedador Aço SAE 12L14 . reduz a vida útil da válvula. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .No pino de bloqueio: através de anel de vedação.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. corpos de máquinas.trefilado Pino de bloqueio Aço SAE 12L14 . 2 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Vedação: 3.Na sede: através da extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.26 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO PARA MONTAGEM EM BLOCO OU PLACA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: VCFPLA Aço VCFPLA .trefilado Haste Pino de bloqueio C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. garantem vida prolongada ao conjunto.BUNA . Pode ser aplicada em blocos ou placas manifolds. 3.Matérias-primas: Material Básico da Válvula Aço Componentes Corpo Aço SAE 1020 Volante Aço SAE 12L14 .N Anel de vedação .Devido a marcação de círculos numerados no porta-haste.trefilado Porta haste Haste Aço SAE 12L14 .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material da Válvula Aço Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) 0 a 350 .Para ser aplicada em circuitos onde necessita-se de fluxo controlado num sentido e fluxo livre no sentido oposto. 4 .2 . 5 .São Bernardo . que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas.12 Referência: VCFPL Material da válvula: “A” .1 .Na haste: através de anel O-ring.12 Características: 1 . 3 . é possível se repetir um posicionamento desejado e uma mesma vazão.

Fax: (19) 3272-0614 .7 18.4 19 6. máx.6 9 9 12.4 35 44.27 REGISTRO E VÁLVULA PARA CONTROLE DE FLUXO 6 .São Bernardo .Características dimensionais: Referência VCFPLA VCFPLA VCFPLA VCFPLA -6 -8 .6 59 73 82 123 67 80 94 140 29 35 38 52 38 44 54 60 51 57 70 76 K L M N O P Q R S T 33.12 .4 50 7 7 9 9 11 11 14 14 47.2 25 25. 47. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.7 24.7 17.5 30.5 Dimensões em milímetros.16 Referência VCFPLA VCFPLA VCFPLA VCFPLA -6 -8 .6 6. E F G H I J 4 6 8 10 18 21 14 16 38 100 113 131 154 89 101 118 140 ø 25 ø 35 ø 35 Sext.5 10 13 17 22 4 4 11.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 22.5 38 76 95 25. nº 366 .12 .16 A B C D mín.5 30 54 57 15.

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .2 .1 .Haste não Rotativa: tipo união. acrescentar na referência o sufixo -G .Pode ser fornecida com Bujão Purgador (vide página 35). nº 366 . para utilização em temperatura elevada.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.Execução G: através de gaxeta de Grafoil. com roscas externas e completamente isoladas do fluído do processo. qualquer que seja a variação na posição da tubulação de processo. 2 . Exemplo de especificação: VAMTI-G 3. 6 .Castelo: 5. Inox Aço Aço SAE 1030/1035 forjado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564 . Para solicitação. ou .50 a + 675 OBS.1 . garantem vida prolongada ao conjunto.Execução normal: através de gaxeta de Teflon. haste tipo deslizante feita em peça única e totalmente protegida.2 . 5 .28 VÁLVULA MULTIVIA VÁLVULA PARA MANÔMETRO MACHO E TE FÊMEA HASTE ROTATIVA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: VMTA Aço VMTI Inox VMTI Referência: VMT Material da válvula: “I” .Matérias-primas: Material da Válvula Aço ou Inox Execução Pressão (kg/cm² ) Normal Temperatura (°C) . 3 .inox HASTE NÃO ROTATIVA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: VAMTA Aço VAMTI Inox VAMTI Referência: VAMT Material da válvula: “I” .São Bernardo .Possibilita a ligação compacta de um ou mais instrumentos.Fax: (19) 3272-0614 .Permite a ligação de manômetros e outros instrumentos de medição de pressão.Na haste: .50 a + 230 0 a 450 G Material da Válvula Componentes Haste Execução Normal Execução G Conjunto Castelo Gaxeta Volante Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Aço Forjado Inox Forjado C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. em suas três extremidades roscadas. 5.Vedação: 3. Reduz o desgaste do assento de vedação e prolonga a durabilidade da válvula.Na sede: feita pela extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.630 (17-4 PH) Inox SAE 30316 forjado Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Execução Normal TEFLON TEFLON Execução G GRAFOIL GRAFOIL Aço SAE 1030/1035 forjado VMTI VAMTI Corpo . reduz a vida útil da válvula.Pressões e faixa de temperatura de utilização: 7 . 4 .inox Características: 1 .Haste Rotativa: tipo união o que evita o risco do desprendimento da haste ao aplicar um esforço excessivo sobre a mesma. que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas.

Características dimensionais: HASTE ROTATIVA HASTE NÃO ROTATIVA C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo . nº 366 .29 VÁLVULA MULTIVIA 8 .

Permite a ligação de manômetro ou instrumento de medição de pressão.35 a + 120 0 a 350 Inox Aço Temperatura (°C) .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.inox Características: 1 .2 . 4 . 4.Na sede: feita pela extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.Na haste: através de anel O-ring.N O-ring VITON Volante Aço Aço Corpo 7 . nº 366 . 2 .Fax: (19) 3272-0614 . Haste Aço SAE 12L14 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Conjunto Castelo Aço SAE 12L14 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Vedador da haste O-ring BUNA . o que garante operação segura na faixa de temperatura especificada.25 a + 200 OBS.Permite que o manômetro permaneça sem pressão quando não utilizado.Vedação: 4. 5 .Fornecida com extremidades roscadas macho e fêmea 1/2 NPT.1 .Características Dimensionais: C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Matérias-primas: Material da Válvula Material da Válvula Componentes Inox Aço Pressão (kg/cm² ) 0 a 350 Temperatura (°C) Pressão (kg/cm² ) . garantem vida prolongada ao conjunto. aumentando sensivelmente a vida do mesmo. 3 . reduz a vida útil da válvula. que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas.Pressões e faixa de temperatura de utilização: 6 .30 VÁLVULA MULTIVIA VÁLVULA PARA MANÔMETRO MACHO-FÊMEA REFERÊNCIA: VMFA VMFI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço Inox VMFI Referência: VMF Material da válvula: “I” .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .

: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.São Bernardo . 3.2 . 3 . Inox SAE 30316 trefilado Ø 35 69 min. reduz a vida útil da válvula. 6 . nº 366 .35 a + 120 0 a 350 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Na haste: através de anel O-ring.31 VÁLVULA MULTIVIA CORPO DE VÁLVULA MULTIVIA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: VMCA Aço VMCI Inox VMCA Referência: VMC Material da válvula: “A” .N O-ring VITON Volante Alumínio Alumínio Corpo Haste OBS. registros e válvulas. 4 .Matérias-primas: Material Básico da Válvula Material da Válvula Componentes Inox Aço Inox Aço Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) 0 a 350 .Vedação: 3.Características Dimensionais: ROSCA FÊMEA 1/4 NPT 52. o que garante operação segura na faixa de temperatura especificada. garantem vida prolongada ao conjunto.Este produto é a combinação de duas válvulas de bloqueio.aço Com uso do corpo de válvula multivia e a seleção adequada de itens de nossa linha de conexões.Na sede: feita pela extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo.5 52. 2 . Características: 1 . conforme mostra desenho abaixo.25 a + 200 Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Conjunto Castelo Aço SAE 1020 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Aço SAE 12L14 trefilado Vedador da haste O-ring BUNA .Fax: (19) 3272-0614 .1 .5 ROSCA FÊMEA 1/4 NPT 149 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. pode-se obter conjuntos que atendem cada um deles as mais variadas necessidades. 39 60 min.Fornecido com roscas fêmeas 1/4 NPT.Pressões e faixa de temperatura de utilização: 5 . que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas.

630 (17-4 PH) Haste Inox ASTM A 564 tipo 630 (17-4 PH) Inox SAE 30316 . Para solicitação. acrescentar na referência o sufixo -G .trefilado Execução G Inox ASTM A 564 . 5 . as válvulas de três vias podem ser aplicadas nos mais variados circuitos de instrumentação. Reduz o desgaste do assento de vedação e prolonga a durabilidade da válvula.Vedação: 3.32 VÁLVULA MULTIVIA VÁLVULA DE TRÊS VIAS HASTE ROTATIVA REFERÊNCIA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: VMA 3 VMI 3 Referência: VM.forjado Aço .inox Extremidade flange: F Extremidade solda: S Aço Inox Aplicações: Dada sua construção. 3 .. Características: 1 .Pressões e faixa de temperatura de utilização: Material da Válvula Aço ou Inox Execução Pressão (kg/cm² ) Temperatura (°C) Normal .Na sede: .1 .São fornecidas com furos para fixação.2 .Fax: (19) 3272-0614 . Haste tipo deslizante. 2 .trefilado Execução Normal TEFLON TEFLON Execução G GRAFOIL GRAFOIL Aço . este produto tem como característica uma grande versatilidade de aplicações.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .inox Extremidade flange: F Extremidade solda: S VMI 3 F x S Aço Inox INSTRUMENTO INSTRUMENTO EQUALIZADORA BLOQUEIO BLOQUEIO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: PROCESSO PROCESSO VAMI 3 F x S HASTE NÃO ROTATIVA REFERÊNCIA: VAMA 3 VAMI 3 Referência: VAM. 4 .Forjado Inox .Matérias-primas: Material Básico da Válvula Componentes Inox Aço Corpo Aço SAE 1030/1035 .Haste não Rotativa: tipo união com roscas externas e completamente isoladas do fluído do processo. o que evita o risco do desprendimento da haste ao aplicar um esforço excessivo sobre a mesma. com duas válvulas de bloqueio e uma válvula equalizadora..50 a + 230 0 a 450 .Diâmetro do furo de passagem: 4mm.G 3. que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas.Execução G: através de gaxeta de Grafoil.Execução normal: através de gaxeta de Teflon.1 .Na haste: . feita em peça única e totalmente protegida.Castelo: 4. para utilização em temperatura elevada. 4.2 .: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização. garantem vida prolongada ao conjunto. Considerando as várias formas possíveis de extremidades para o processo e o instrumento (rosca/solda/flange) em suas várias combinações. 6 .50 a + 675 G OBS.trefilado Inox SAE 30316 . ou .Forjado C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .Haste Rotativa: tipo união..São Bernardo .forjado Execução Normal Inox SAE 30316 . reduz a vida útil da válvula.3 Material da válvula: “I” ..3 Material da válvula: “I” .Feita pela extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo. Exemplo de especificação: VMA 3xFx1/2 NPT .Forjado VMI 3 VAMI 3 Conjunto Castelo Gaxeta Volante Inox SAE 30316 .

Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .

G 3.Na haste: .Feita pela extremidade cônica da haste em contato com o assento do corpo. feita em peça única e totalmente protegida. Reduz o desgaste do assento de vedação e prolonga a durabilidade da válvula. reduz a vida útil da válvula.Este tipo de válvula é a combinação de uma Válvula central equalizadora. Inox Aço Aço SAE 1030/1035 forjado Inox SAE 30316 trefilado Inox ASTM A 564 .inox INSTRUMENTO DRENO / TESTE EQUALIZADORA SAÍDA SAÍDA BLOQUEIO BLOQUEIO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: PROCESSO PROCESSO HASTE NÃO ROTATIVA REFERÊNCIA: VAMA 5 VAMI 5 VAMI 5 Referência: VAM. 4. nº 366 . dando uma grande versatilidade de operações. 2 .São Bernardo . conforme mostra desenho abaixo.: A operação contínua nos extremos da faixa de temperatura de utilização.Haste Rotativa: tipo união o que evita o risco de desprendimento da haste ao aplicar um esforço excessivo sobre à mesma.630 (17-4 PH) Inox SAE 30316 forjado Inox SAE 30316 trefilado Inox SAE 30316 trefilado Execução Normal TEFLON TEFLON Execução G GRAFOIL GRAFOIL Aço SAE 1030/1035 forjado VMI 5 VAMI 5 Corpo .Catelo: 4. Exemplo de especificação: VMA 5 .inox Aço Inox Características: 1 .50 a + 675 OBS.Vedação: 3. 5 . que pelo seu projeto e matérias-primas empregadas.34 VÁLVULA MULTIVIA VÁLVULA DE CINCO VIAS EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: HASTE ROTATIVA REFERÊNCIA: VMI 5 Aço Inox VMA 5 VMI 5 INSTRUMENTO DRENO / TESTE Referência: VM. ou Execução G: através de gaxeta de Grafoil. garantem vida prolongada ao conjunto.5 Material da válvula: “I” .5 Material válvula: “I” .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Haste tipo deslizante.2 .. Para solicitação acrescentar o sufixo “.Execução normal: através de gaxeta de Teflon.Possui roscas fêmeas 1/2 NPT nas entradas de processo e saídas para instrumentação.2 . 4 .Matérias-primas: Material da Válvula Aço ou Inox Execução Pressão (kg/cm² ) Normal Temperatura (°C) .50 a + 230 0 a 450 G Material da Válvula Componentes Haste Execução Normal Execução G Conjunto Castelo Gaxeta Volante Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Aço Forjado Inox Forjado C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .1 . e roscas fêmeas de 1/4 NPT nos drenos..Haste não Rotativa: tipo união com roscas externas e completamente isoladas do fluído do processo.G”.Pressões e faixa de temperatura de utilização: 6 . para utilização em temperatura elevada.Na sede: . duas válvulas de bloqueio e duas válvulas de dreno...1 . 3 .

São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .Características Dimensionais HASTE ROTATIVA HASTE NÃO ROTATIVA C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .35 VÁLVULA MULTIVIA 7 . nº 366 .

3 .Características dimensionais.Permite se efetuar sangria ou dreno.trefilado Inox SAE 30316 .Fabricado com rosca macho 1/2 NPT 2 .36 PURGADOR BUJÃO PURGADOR REFERÊNCIA: BPA BPI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Aço Inox BPA 1/2 NPT Referência: BP Material do bujão: “A” .Pode ser utilizado em válvulas para instrumentos de medição. nº 366 .São Bernardo . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .Matérias-primas: Material Básico do Bujão Componentes Aço Inox Corpo Aço SAE 12L14 .Possui perfeita vedação através da extremidade cônica do parafuso em contato com a sede do corpo do bujão.trefilado Parafuso 6 .aço Medida da rosca macho: 1/2 NPT Características: 1 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 4 . 5 .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .São Bernardo .

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .São Bernardo .

Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .

Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .

nº 366 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .

Fax: (19) 3272-0614 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados

w w w . c h p . c o m . b r

Central Hidraulica e Pneumática

CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo
CEP: 13030-600 Campinas/SP - Brasil
Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

CENTRAL DE VENDAS
ON LINE
http://www.chp.com.br/vendas.htm

Catálogo Ermeto
503
Mangueiras e Terminais para Tubos Flangeados

1

ÍNDICE
ÍNDICE NUMÉRICO

Página

2

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

3-12
MANGUEIRAS E TERMINAIS DE MANGUEIRAS

MANGUEIRA HIDRÁULICA DE BAIXA PRESSÃO
TERMINAIS REUSÁVEIS

13

MACHO
MACHO SEDE 37º
FÊMEA PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º

MANGUEIRA HIDRÁULICA DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R5)
TERMINAIS REUSÁVEIS

MACHO
MACHO SEDE 37º
FÊMEA PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º
FLANGE FIXAÇÃO COM 4 PARAFUSOS

MANGUEIRA HIDRÁULICA PARA PRENSADOS DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R1A)
TERMINAIS PRENSADOS

MACHO
MACHO SEDE 37º
FÊMEA PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º
FLANGE FIXAÇÃO COM 4 PARAFUSOS

MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R2A)
MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PARA FLUIDOS ESTER FOSFATOS PRESSÃO
TERMINAIS PRENSADOS E REUSÁVEIS MACHO
MACHO SEDE 37º
FÊMEA PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º
FLANGE FIXAÇÃO COM 4 PARAFUSOS

MANGUEIRA HIDRÁULICA DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R1AT)
MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R2AT)
MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO
TERMINAIS PRENSADOS

MACHO
MACHO SEDE 37º
FÊMEA PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º
FLANGE FIXAÇÃO COM 4 PARAFUSOS

MANGUEIRA HIDRÁULICA DE SUPER ALTA PRESSÃO
TERMINAIS PRENSADOS

19
20-21
20-21
20-23
24-25

27
28-29
28-29
28-31
32-33

34
35
36-37
36-37
36-39
40-41

43
44
45
46-47
46-47
46-49
50-51

53

MACHO
MACHO SEDE 37º
FÊMEA PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º
FLANGE FIXAÇÃO COM 4 PARAFUSOS
FLANGE FIXAÇÃO COM 4 PARAFUSOS PARA ALTA PRESSÃO

CONEXÕES PARA MANGUEIRAS
FLANGE SAE

14
15
15-16

54-55
54-55
54-57
58-59
60-61

62-63
64

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

2

ÍNDICE
Referência
BP
DT
EP

1501DT
150142
150143
150151
150153
150154

1601BP
1601EP
160143
160146

1801DT
180142
180143
180151
180153
180154

1901BP
1901EP
190143
190146

2101DT
210142
210143
210151
210153
210154

2201BP
2201EP
220143
220146

Página Referência
13 2403DT
45 240342
35 240343
240351
240353
240354
46
28
36 2414DT
54 241442
46 241443
241451
46
241453
241454
14
36 2415DT
36 241542
20 241543
241551
241553
241554
46
28
36
54
46
46

2501BP
2501EP
250143
250146

14
36 2503BP
36 2503EP
20 250343
250346

46
28
36
54
46
46

15
36
36
20

Página Referência
48
30
38
56
48
48

48
30
38
56
48
48

48
30
38
56
48
48

15
36
36
20

15
38
38
22

3902DT
390242
390243
390251
390253
390254
3903DT
390342
390343
390351
390353
390354
3910DT
391042
391043
391051
391053
391054
3911DT
391142
391143
391151
391153
391154
3912DT
391242
391243
391251
391253
391254
3913DT
391342
391343
391351
391353
391354

2514BP
2514EP
251443
251446

16
38
38
22

2515BP
2515EP
251543
251546

4001EP
16 400143
400146
38
38
22
4002EP
400243
400246

2401DT
240142
240143
240151
240153
240154

46
28
36
54
46
46

3901DT
390142
390143
390151
390153
390154

50
32
40 4003EP
58 400343
50 400346
50

Página Referência

Página

50 4010EP
32 401043
40 401046
58
50
50

40
40
24

4011EP
401143
50
32 401146
40
58
50
50 4012EP
401243
401246
50
32
40
58 4013EP
50 401343
50 401346

40
40
24

50
32
40 42
58
50 43
50
430160
50
32
40
58
50
50

40
40
24

40
40
24

27
34
62

430220
430260

62
62

430320
430360

62
62

46

19

50
32 490151
40
58 490251
50
50 490351

60
60
60

491051
40
40 491151
24

60

491251

60

491351
40
40
24 51

60

53

43

40 54
40
24

44

60

53

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

3

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Mangueiras são elementos flexíveis normalmente utilizados
para interligar hidraulicamente componentes sujeitos a
movimento relativo e/ou vibrações.

1. Comprimento máximo possível para mangueiras:
Para as mangueiras ERMETO em qualquer traço o
comprimento máximo é de 19000 milímetros.

CARACTERÍSTICAS GERAIS

a - Traços 4, 5, 6, 8, 10 e 12 - 16000 milímetros
b - Traço 16 - 6000 milimetros

Todas as características de nossas mangueiras e
terminais,incluídas neste catálago (dimensões, materiais
acabamento, etc) não similares as normas SAE J516, SAE
J517, SAE J846 E SAE 1231.

2. Sempre que possível é interessante especificar mangueiras
de comprimentos múltiplos de:

CONSTRUÇÃO DE MANGUEIRAS
As mangueiras usadas na condução de fluidos sob pressão
são constituídas de três elementos básicos, sendo que cada
um deles tem funções definidas.
Assim temos:
- tubo interno
- reforço
- cobertura
Tubo interno tem a função principal de propiciar a condução
do fluido e deve possuir características de modo a ser
compatível com o mesmo. Normalmente é fabricado com
borrachas sintéticas de alta resistência.
Reforço tem a função de dar a necessária resistência aos
esforços internos de pressão,esforços externos ou a
combinação de ambos. Pode ser constituído de uma ou mais
camadas de fios têxteis ou fios metálicos, dependendo das
faixas de pressão a que a mangueira irá ser submetida.
Cobertura é normalmente fabricada com borrachas
sintéticas de alta resistência, e tem como principal função a
proteção do reforço e do tubo interno contra danos causados
por ação química, abrasão e/ou intempéries.

IDENTIFICAÇÃO DIMENSIONAL DE MANGUEIRAS
A identificação dimensional das mangueiras está baseada
no sistema denominado traço (-), que consiste em medir o
diâmetro interno da mangueira em polegadas e converter
esta medida em 16 avos de polegada. O traço da mangueira
corresponde ao número de 1/16 avos de polegadas relativos
ao diâmetro interno da mesma.
Por exemplo:
Diâmetro interno 3/8 polegada=6/16 polegada = 6 x 1/16 ou
seja; mangueira traço 6, ou mangueira -6.
A mangueira de média pressão (nossa referência 46) é
exceção ao sistema de identificação apresentado acima.
Nesse caso a identificação dimensional é efetuada baseada
no diâmetro nominal do tubo que ela substitui.

COMPRIMENTO DE MANGUEIRAS
O comprimento de qualquer mangueira hidráulica ERMETO
é a distância entre as extremidades da mesma, incluindo os
seus respectivos terminais (quando existirem) conforme
mostram as figuras.
L= comprimento mangueira

L
L

L
L

a - 50 milímetros para comprimentos até 1000 milímetros
b - 100 milímetros para comprimentos acima de 1000 milímetros
3. Variação permissível (tolerância) no comprimento de
mangueiras
Comprimento
(mm)
até 500
acima de 500
até 1000
acima de 1000
até 2000
acima de 2000
até 6500
acima de 6500

Variação permissível (tolerância)
no comprimento (mm)
p/ mangueira
p/ mangueira
até - 16
- 20 a - 32
+ 10
-5
+ 15
-5

+ 12
-5
+ 20
-8

+ 20
- 10

+ 25
- 10
+ 1,5%
- 1,0%
+ 3%
- 1%

REVESTIMENTO DE MANGUEIRAS
O revestimentos efetuados sobre mangueiras, tem sempre
a finalidade de protegê-la da ação do meio ambiente, tais
como, alta temperatura, ação de óleos ou graxas, ação
corrosiva ou ação abrasiva.
Podemos fornecer as nossas mangueiras com
revestimentos de proteção como segue a tabela.
Tipo de
revestimento

Aplicação indicada

Código de
Revestimento

Uma trama de fios de
amianto
Duas tramas de fios de
amianto
Duas tramas de fios de
amianto com impregnação de Neoprene

Temperatura ambiente de
até 200ºC

* TRAM

Temperatura ambiente de
até 300ºC

* (2)TRAM

Temperatura ambiente de
até 300ºC e ação de óleos
e/ou graxas

* TRAM
* TRAMN

Duas tramas de fios de
amianto com impregnação Teflon

Temperatura ambiente de
até 300ºC e ação de óleos,
graxas ou produtos
corrosivos compatíveis com
teflon

* TRAM
* TRAMT

Uma trama de arame de
Proteção contra a ação
aço galvanizado
abrasiva

* TRAG

Uma trama de arame de Proteção contra a ação
abrasiva em ambiente
aço inoxidável
corrosivo

*TRAI

Mola espiral com secção Proteção contra a ação
abrasiva e/ou evitar que o raio
transversal circular
de curvatura se torne menor
que o mínimo recomendado
Mola espiral com secção para a mangueira
transversal retangular
Uma trama de fibra de
Temperatura ambiente de
vidro com impregnação até 260ºC
de silicone

*MC

*MR
*TRAVS

OBS.: Para especificar vide exemplo de especificação nº 4,
página 8.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

4

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
CUIDADOS NA SELEÇÃO E NA INSTALAÇÃO DE
MANGUEIRAS
A correta instalação da mangueira é essencial para um
desempenho satisfatório. Se o comprimento é excessivo, a
aparência da instalação não será adequada e um custo
desnecessário de equipamento será envolvido. Se a
montagem da mangueira for curta para permitir flexibilidade
e mudança de comprimento durante a expansão ou
contração, a vida útil de trabalho da mangueira será
reduzida.
A operação segura e a vida dos circuitos montados
utilizando-se mangueiras, dependem em muito da
observação dos seguintes cuidados na seleção adequada
da mangueira:
a) pressões
b) faixa de temperaturas
c) raios de curvatura a que a mesma estará sujeita
Especifique os terminais e considere os seguintes diagramas
como orientação:
1 - Na montagem da mangueira em linha reta, deve-se
prever uma pequena folga devido ao fato de que
pressionadas,as mesmas apresentam variações no seu
comprimento.

5 - Comprimento adequado de mangueira é necessário para
distribuir movimento nas aplicações com flexão e evitar
abrasão.

ERRADO

6- Evitar a torção da mangueira curvada em dois planos
através de braçadeira fixada na mudança de plano.

ERRADO
ERRADO

CERTO

2 - Na instalação, verificar se a mangueira não está torcida.

CERTO

CERTO

7- Use joelhos ou outras conexões quando necessário a
fim de eliminar comprimento excessivo de mangueira e
proporciar uma instalação racional e de fácil manutenção.

ERRADO
CERTO
3- Em caso de curvas deve-se dar atenção ao raio de
curvatura mínimo, especificado para cada tipo de
mangueira, bem como ao se calcular o comprimento da
mesma, lembrar-se de que os terminais não são flexíveis.

ERRADO

CERTO

8- Impedir a torção, dobrando a mangueira no mesmo
plano do movimento da peça em que os terminais estão
conectados.

CERTO
ERRADO
4 - Quando o raio de curvatura é menor que o mínimo

CERTO

especificado, use conexão angular para evitar dobras.

ERRADO
9- Evitar o contato da mangueira com partes em
temperaturas elevadas. Se isto não for possível, isolar a
mangueira.
C E R TO
ERRADO

ERRADO

CERTO

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

5

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
COMO EVITAR FALHAS EM MANGUEIRAS
As principais causas de falhas em mangueiras e seus
terminais são:
1 - Utilização em faixa de pressões não recomendada.
2 - Utilização em faixa de temperatura não recomendada.
3 - Utilização de fluídos não compatíveis.
4 - Utilização com raio de curvatura inferior ao mínimo
recomendado.
5 - Mangueira com diâmetro interno abaixo do
recomendável.
6 - Erro de montagem mangueira / terminal.
7 - Instalação inadequada.
8 - Alinhamento inadequado - Mangueira torcida.
9 - Ação abrasiva sobre a mangueira.
10 - Uso inadequado.

1 - FAIXA DE PRESSÕES
As mangueiras não devem ser submetidas a faixas de
pressões diferentes da recomendada.
Quando excede-se a máxima pressão de utilização
recomendada o fator de segurança é reduzido. Isto
resulta numa diminuição da vida útil da mangueira,
ocasionando como conseqüência, um maior custo de
operação do equipamento, pela sua mais freqüente
substituição e, por hora máquina parada para manutenção.
Em sistemas hidráulicos sujeitos a golpes/impulsos de
pressão freqüentes, pode-se esperar também uma
redução na vida da mangueira.

2 - FAIXA DE TEMPERATURAS
Temperaturas extremas, sejam internas ou
externas,contribuem bastante para falhas em
mangueiras.
Mangueiras continuamente expostas a ciclos de
aquecimento e resfriamento são deterioradas
rapidamente.
Quando esta ocorrência é somada a existência de golpes
de pressão a vida da mangueira é drasticamente
reduzida.

3 - COMPATIBILIDADE QUÍMICA
Incompatibilidade química entre o fluido utilizado e o
material de que é construida a mangueira, pode causar
uma série de problemas tais como: ressecamento ou
dissolução do material da mangueira, induzindo a
vazamentos, separação terminal/mangueira, ruptura,
entupimento do circuito por desprendimento de
partículas do tubo interno da mangueira.

4 - RAIO DE CURVATURA
Quando utiliza-se mangueiras em raios de curvatura
menores que o raio mínimo recomendado, há uma
redução da vida da mesma.
Deve-se compreender que, quanto menor for o raio de
curvatura maior será a solicitação da parte externa e o
risco de se ter dobramento na parte interna da região
curvada da mangueira.
OBS.: O raio de curvatura é medido sempre na parte
interna da mesma.

5 - DIMENSÃO
Deve existir sempre uma adequação entre o diâmetro
interno da mangueira e a vazão do sistema. Toda vez
que o diâmetro interno é pequeno para a vazão que se
tem, ocorre uma restrição por fricção interna no fluido,o
que induz a um aumento de temperatura do mesmo,
reduzindo a vida da mangueira.

6 - ERROS DE MONTAGEM MANGUEIRA/TERMINAL
Quando uma mangueira sai do terminal, as causas
podem ser:
1. montagem de terminal errado para a mangueira
2. montagem inadequada
Um erro típico de montagem mangueira/terminal é
aquele onde a espessura da parede da mangueira é
grande para o terminal, de modo que a montagem não
ocorra sem que haja dano na mangueira, no terminal ou em
ambos.
Caso tenhamos, por exemplo, uma mangueira de média
pressão montada com terminais para mangueiras de
alta pressão, a mangueira sai do terminal devido a
espessura da mesma ser muito baixa. Se não ocorrer o
escapamento do terminal haverá, pelo menos,
vazamentos.

7 - INSTALAÇÃO INADEQUADA
Instalação de mangueiras efetuada de maneira
inadequada é uma das maiores causas de falhas das
mesmas. Deve-se considerar que quando uma
mangueira é pressionada ela muda de comprimento,
diminuindo até 4% ou aumentando até 2%. Se este fato
não é considerado e se uma mangueira é instalada
completamente esticada, ao entrar em funcionamento
poderá ocorrer, por ela diminuir no comprimento, uma
separação da mangueira e seu terminal.

8 - ALINHAMENTO
Deve-se manter a mangueira alinhada, evitando portanto
que ela venha a trabalhar torcida.
Para se ter uma idéia deste tipo de problema, uma
mangueira torcida 25º pode reduzir a vida da mesma
em 90%.

9 - AÇÃO ABRASIVA
Deve-se evitar a ação abrasiva por contato de
mangueiras entre si, ou com partes móveis de máquinas
ou equipamentos. Na maioria das vezes o problema é
contornado pelo uso de braçadeiras ou proteção
adequadas.

10- USO INADEQUADO
Uma mangueira hidráulica deve ser utilizada na
condução de fluídos e não como suporte, degrau
puxador, etc ...

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

6

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
MODELO DE TERMINAL
1 - Terminal Reusável: É um modelo de terminal que permite
ser reutilizado no caso da mangueira se danificar.
Pode ser facilmente montado ou desmontado conforme
procedimentos de montagem descritos para cada tipo de
mangueira.

MATÉRIAS PRIMAS
Matéria Prima
Componentes

Fornecidos sob consulta

Aço

Latão

Inox

Corpo do
terminal

Aço SAE
12L14
laminado e
trefilado

Latão
Inox SAE 30316
SAE CA 360 laminado e
extrudado e trefilado
trefilado

OBS.: É importante salientar que os terminais Reusáveis ou
Prensados não apresentam vantagem ou desvantagem
de um em relação ao outro, quanto a sua utilização.

Capas
reusáveis

Aço SAE
12L14
laminado e
trefilado

Latão
Inox SAE 30316
SAE CA 360 laminado e
extrudado e trefilado
trefilado

TIPOS DE TERMINAIS E SUAS LIGAÇÕES
CORRESPONDENTES

Capas
Prensadas

Aço SAE
12L14
laminado e
trefilado

Aço SAE
12L14
laminado e
trefilado

2 - Terminal Prensado: É um modelo de terminal que uma vez
prensado na mangueira, não permite ser novamente
desmontado.

1 - Terminal Macho: este tipo de terminal tem a característica
de transformar a extremidade da mangueira em rosca
macho. São disponíveis nas seguintes roscas:
- NPT cônica (norma SAE J476a)
- UNF paralela (norma SAE J475).
2 - Terminal Macho Sede 37º: este tipo de terminal tem a
característica de transformar a extremidade da mangueira
em rosca macho UNF com sede 37º, que pode ser ligado
a tubo flangeado a 37º.
3 - Terminal Porca Giratória Sede 37º: este tipo de terminal tem a característica de transformar a extremidade da
mangueira fêmea UNF vedação 37º, que pode ser ligado
a qualquer produto com rosca macho UNF sede 37º.
4 - Terminal Flange: este tipo de terminal tem a característica
de transformar a extremidade da mangueira em flange
que pode ser de dois tipos:
4.1 - Flange SAE J518c - Código 61, montado com
Conjunto de Flange - SAE 3000 psi (vide página 64),
4.2 - Flange SAE J518c - Código 62, montado com
Conjunto de Flange Reforçada - SAE 6000 psi (vide
página 64).

TERMINAIS MONTADOS EM ÂNGULO
Para mangueiras montadas nas duas extremidades com
terminais curvados, é necessário especificar o ângulo entre os
terminais. Este ângulo é expresso em graus e obtido entre
as linhas de centro dos terminais visto de frente e medido no
sentido anti-horário. Notar que este ângulo varia de 0º a 360º.
A identificação do ângulo entre os terminais é sempre depois
do comprimento da mangueira.

Aço SAE
12L14
laminado e
trefilado

OBS.: 1 - Os terminais em Latão ou Inox são fornecidos
somente sob consulta.
2 - As capas dos terminais prensados para as
mangueiras 53, 54 e DT são fornecidas em:
Alumínio SAE 6061 ou aço SAE 12L14

TRATAMENTOS SUPERFICIAIS
Tratamento Superficial

Material
Aço

Eletrodeposição de zinco com cromatização
amarela, de acordo com SAE J514 Jun 93.
Resiste a 72 horas de ensaio de Névoa Salina
(Salt Spray) ASTM B 117

Latão

Decapagem

Inox

Passivação

SISTEMA DE REFERÊNCIA
O Sistema de referência utilizado é similar ao SAE J846 e
consiste em dois grupos de números. O primeiro grupo de
números identifica a mangueira e o terminal de mangueira. O
segundo grupo de números simboliza a identificação dos
tamanhos, conforme descrito abaixo:
1 - Identificação do terminal de mangueira:
A identificação do terminal de mangueira e da mangueira,
consiste de 6 dígitos numéricos, divididos em 3 grupos de
2 dígitos, simbolizando em seqüência:
a) tipo do terminal de mangueira
b) formato do terminal de mangueira
c) tipo de mangueira hidráulica
2 - Identificação do tamanho:
O tamanho do terminal e da mangueira é identificado por
dois números referências (traços). A referência do
terminal deve preceder a da mangueira.

OBS.: Para especificar vide exemplo de especificação nº 3.1,
página 7.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

tipo prensado. de diâmetro interno 1.Fax: (19) 3272-0614 .1/2”(-24) Ângulo 67 1/2º: (13) Lado flange de vedação em terminal de mangueira reusável: (40) Terminal flange 67 1/2º Diâmetro interno da mangueira: 1. Terminal Flange 30º.1/2”.16 * 2401 . Mangueira hidráulica SAE 100R1A.de diâmetro interno 3/4”(-12). tipo prensado.16 Identificação da mangueira * 2101 .24 1000 240 * Identificação da mangueira: * * * Ângulo entre os terminais: (240º) Identificação do terminal: Identificação do terminal: Comprimento da mangueira: (1000 mm) 3. para flange 3/4” (-12). especificar conforme abaixo: Mangueira SAE 100R2A Diâmetro externo de tubo: 1. de diâmetro interno de 1” montado com terminal macho sede 37º.24 4013 .1/2”. Mangueira hidráulica SAE 100R2A de diâmetro interno de 1.7 INFORMAÇÕES TÉCNICAS COMO ESPECIFICAR Os códigos de identificação devem ser aplicados como nos vários exemplos abaixo: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO 1. Terminal porca giratória sede 37º.1/2”(-24) 24 01 43 .1/2” Linear Terminal fêmea sede 37º Diâmetro interno da mangueira: 1. mostrado na página 50 e tabela na página 51. ângulo de 240º entre os terminais.24 . para mangueira hidráulica SAE 100R1AT. especificar conforme abaixo: 42-16 Mangueira SAE 100R1A Diâmetro interno da mangueira: 1”(-16) 2. Exemplo de aplicação de código de especificação em terminais de mangueiras: 2. tabela na página 37. com comprimento de mangueira entre os terminais de 1000 milímetros e.12 Identificação do terminal * 800 Comprimento da mangueira: (800 mm) Identificação do terminal C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. especificar conforme abaixo: Rosca macho: 1. Exemplo de código aplicado em mangueiras: Mangueira hidráulica SAE 100R1A de diâmetro interno de 1”.1/2”.24 Identificação do terminal de mangueira: Identificação do tamanho 2.1/16-12 UNF (-12) 42 . com rosca fêmea 1.24 4002 .com rosca macho 1. especificar conforme tabela abaixo: Mangueira SAE 100R1AT Flange com 0-Ring fixação com 4 parafusos Medida nominal da flange 3/4”(-12) Lado flange de vedação em terminal de mangueira prensado Diâmetro interno da mangueira: 3/4”(-12) 39 11 53 .7/812 UNF(-24).5/16-12 UNF (-16) Linear: (01) Lado tubo vedação a 37º fêmea em terminal de mangueira prensado Terminal macho sede 37º: (21) Diâmetro interno da mangueira: 1”(-16) Linear: (01) Mangueira SAE 100R1A: (42) Rosca fêmea 1. para tubo de diâmetro externo de 1. nº 366 . com comprimento de mangueira entre os terminais de 800 mm. ( correspondente a rosca 1.2. para mangueira hidráulica SAE 100R2A. tipo reusável e.São Bernardo .1.1/16-12 UNF. Exemplo de aplicação de códigos de especificação de mangueira montada: 3.1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/2”(-24) 43 . montada na outra extremidade com terminal flange 90º tipo reusável.1/2”(-24) Ângulo 90º (02) Mangueira SAE 100R2A: (43) Medida nominal da flange 1. mostrada na página 27. montada com terminal flange 67 1/2º.mostrado na página 36 e.5/16-12 UNF e terminal fêmea 37º. tipo prensado. tipo prensado.2. especificar conforme abaixo: Medida nominal da flange 1.12 .12 Identificação do terminal de mangueira: Identificação do tamanho 3.

Fax: (19) 3272-0614 . de diâmetro interno de 7/8”(-16).12 * ST* 2000 Identificação do terminal Comprimento da mangueira: 2000 mm Extremidade sem terminal C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Rosca macho: 3/4-14 NPT(-12) Terminal porca giratória sede 37º Linear Linear Terminal macho NPT Rosca fêmea 1.12 * 2401 -12*1000 * TRAMT * MC * Identificação do revestimento Identificação do terminal Identificação do terminal Comprimento da mangueira 5. tipo prensado.1/16-16 UNF.16* 2201 . montada na outra extremidade com terminal porca giratória sede 37º. com rosca macho 1. com revestimento para temperatura ambiente de até 300ºC e ação de óleos. Exemplo de aplicação de código de especificação de mangueira montada com revestimento: Mangueira hidráulica SAE 100R1AT de diâmetro interno 3/4”.1/16-12 UNF (-12) 46 . Mangueira hidráulica similar SAE 100R5.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/16-12 UNF. tipo reusável. com rosca fêmea 1.1/16-16 UNF Diâmetro interno da mangueira: 3/4”(-12) Duas tramas de fios de amianto com impregnação de Teflon Mangueira SAE 100R1AT Mola espiral com secção transversal circular Identificação da mangueira: 53 -12 1501 .8 INFORMAÇÕES TÉCNICAS 4. com outra extremidade sem terminal: Terminal macho sede 37º Linear Diâmetro interno da mangueira: 7/8”(-16) Mangueira hidráulica similar SAE 100R5 Identificação da mangueira: Rosca macho: 1. com rosca macho 3/4-14 NPT e. montada com terminal macho sede 37º. Exemplo de aplicação de código de especificação de mangueira montada com terminal somente em uma das extremidades: Neste caso aparece o código “ST” (Sem Terminal).São Bernardo . nº 366 . tipo prensado. montada com terminal macho NPT. graxas ou produtos corrosivos compatíveis com Teflon e proteção contra ação abrasiva e/ou evitar que o raio de curvatura se torne menor que o mínimo recomendado para a mangueira.

NPT cônica Terminal fêmea Flange com O-ring angular sede 37º e 4 parafusos de fixação SAE J516 SAE J516 (flangeSAE J518c) Fios p/ pol.5 Dimensões em milímetros C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.2 18.5/8-12 UN 1.1/2 1.9 17.1/2-11.16 .1/4 1.1/4 NPT 1.5 19 19 19 19 19 19 D 11.2 10 11.1 18.8 45 57 UNF paralela 7/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 1.1 26.5/16-12 UN 1.14 .1/2 11.1/16-12 UN 1.5 17.1/2-12 UN 3/4 1 1.10 .6 14.0 12.1/2 11.1 12.5 12.9 17.3 21.1/4-11.5 48.7 42.8 24 30 38.2 19 19 24 25 25.8 11.5 21.8 30 33.32 Rosca A NPT SAE J476a 1/8-27 1/4-18 3/8-18 1/2-14 3/4-14 1-11.7/8 UN 2. e deve ser solicitado junto com o terminal.1/2 A B D 10 14.7 D4 9 11.1/2 1.5/16 UN 1.9 28 31.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 20.5 24. A B 20 20 18 16 14 12 12 12 12 12 12 9. A Rosca NPT cônica é autovedante e posicionável.2 45. nº 366 .3/16 UN 1. (vide exemplo página 14).6 27 33.1/2 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1 NPT 1.9 INFORMAÇÕES TÉCNICAS TABELA DE ROSCAS E FLANGES PARA TERMINAIS DE MANGUEIRAS: Terminal macho NPT Terminal macho UNF com O-ring Terminal macho sede 37º Terminal fêmea sede 37º SAE J516 SAE J516 SAE J516 SAE J516 traço -2 -4 -5 -6 -8 .5 20.5 12.7 15 15 15 15 15 15 11.2 16.20 .7 15.1/2 2 ROSCA NPT ROSCA UNF CÔNICA PARALELA A vedação de rosca UNF é obtida por meio de junta de borracha O-ring.1 47.São Bernardo .3/16-12 UN 1.7 60.1 41.1/2 11.Fax: (19) 3272-0614 .4 13.5 11.2 9.5 13. A rosca UNF não é posicionável.1/2 UN Fios p/ pol.0 21.5/8 UN 1.12 .24 .2 14.1/2 2-11.6 61.7/8-12 UN 2.5 63.5 16.0 22 10.1/2 NPT 2 NPT Rosca B UNF SAE J475 Medida nominal flange 7/16-20 UNF 1/2-20 UNF 9/16-18 UNF 3/4-16 UNF 7/8-14 UNF 1.5 26 9 12.3 D4 9.2 39. 27 18 18 14 14 11.1/16 UN 1.9 22.7 14.

.859 0. .113 11.144 7. 13/16 .672 0. . .381 2. . 3/64 .622 23. . . 47/64 . .297 0. 59/64 .000 19.859 18. 3/8. . . . . . 19/64 . . . .922 0.500 0.319 10.828 0.078 0. ..375 0. . 35/64 .828 22.656 0. .209 24. .109 0. Milímetros Decimais Decimais 0. .484 0.. .400 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro..063 0. . . . . .350 6. . 15/64 .019 23. 31/64 .844 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 11/64 . 1/4 .266 0. .003 25. . 5/16 . ..313 0. . . 17/64 .191 1. . .422 0. . .016 0. . . .125 0. 61/64 . . . . 27/64 . . . . 17/32 . . . ..556 5.10 -4 litros por minuto (L/min. . .953 0. 37/64 .781 0. . . nº 366 . 29/32 .047 0.472.547 0.969 0. 31/32 .32 metro cúbico (m³ ) 3. 5/8 .19 * (ºF . .763 5. . . .334 8.066 17. .. . .. . . 29/64 .669 17.703 0.19. 55/64 .766 19. . . 53/64 . . 1/16 ..469 0. 0.938 0. .431 21. .366 4. . . 21/64 . 21/32 .641 0. . .688 0.São Bernardo . .684 15. . 51/64 . . . .0283 litro (L) 28. . .. .906 12.969 4.225 22. . . . 5/32 .033 atmosfera (atm) barias (bar) pressão -3 1.219 0. 39/64 . . 33/64 .953 6. . .272 16. Milímetros Decimais Decimais 0. .594 0. Milímetros Decimais Polegadas Decimais Frações 0.609 0. .10 -5 litros por minuto (L/min. .0197 quilos por centímetros quadrado ( kg/cm² ) libras por polegada quadrada (psi) 0. .188 0. . .477 0. .794 1.778 3. .938 8.328 0. . . 57/64 . .. 3/16 . . . . . 7/32 . .416 23. .. 3/32 ..541 7. .. . 43/64 . . . .. 9/32 .572 3. 1/8 .478 15. 7/8 . 7/64 .563 0. .875 16.463 17..6308.10 -6 Mega Pascal (MPa) 10. . . . . .645.. . .875 0. .156 0.438 0. .0254 polegada (in) metro (m) 0. . .241 20. 27/32 .625 0.250 0. . . . 15/32 .588 1.094 0.32 metro cúbico por segundo (m³ /s) 0.606 25. 41/64 . .922 0.453 0.813 0. . . . . . .031 0.. 23/64 .081 15.731 9.700 13. .344 0.256 18. . .234 0. 63/64 . .034 21.175 3.638 21. .494 13.050 Polegadas Frações 49/64 .) 28.10 litro (L) 3. . .734 0.509 11.) 3.32). . .391 9.984 1. . .397 25/64 . 1/2 .906 0. 9/16 . . . ... . . . .785 metro cúbico por segundo (m³ /s) 0. 13/64 .3048 pé (ft) polegada quadrada (in² ) área 0.531 0.172 0. . . . .141 0. . 5/64 . .203 0. . 23/32 .516 0. .785. .716 11. . . . 3/4 .. .159 5.359 0. 5/9 grau Fahrenheit ( ºF) temperatura grau Celsius (Centígrados) ( ºC) * efetue a operação indicada Tabela de converção: Polegadas Milímetros Polegadas Frações 1/64 .719 0. 11/16 .0929 pé quadrado (ft² ) pé cúbico (ft³ ) volume galão americano (gal) pé cúbico por minuto (ft³/min) (cfm) metro cúbico (m³ ) 0.750 10.653 19.797 0. . 1.288 14. . 11/32 . 15/16 . .578 0. .10 metro quadrado (m² ) 0. 1/32 . 25/32 .097 13.785 vazão galões americanos por minuto (gal/min) (gpm) -3 1. . 19/32 .0703 Pascal (Pa) (N/m² ) 10..891 0.406 0. 7/16 . . .303 12. .Fax: (19) 3272-0614 .844 20.813 24. 45/64 . 9/64 . .128 9.891 14. .281 0.525 13/32 .747 7. .10 INFORMAÇÕES TÉCNICAS CONVERSÃO DE UNIDADES para converter multiplique por unidade de para de comprimento 0. .984 2.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 m/s 2. mm 150 0. com Q = 60 I/min e V = 1 m/s resulta diâmetro interno di = 36 mm 300 200 0.São Bernardo .4 pol.5 3 1/2 20 3/8 15 5/16 10 9 8 4 PRESSÃO 40 25 5 7 1/4 6 6 10 7 3/16 5 4 8 Velocidade V (m/s) Diâm.1/2 40 1 2º 60 1.1/4 30 50 1 20 2 7/8 3/4 30 1.5 5/8 15 1° 2. interno di 5 4 Vazão Q (L/min) OBS: As recomendações de velocidade correspondem a óleos hidráulicos com viscosidade máxima de 315 SSU (9° E) a 35°C funcionando a temperaturas de 18°C a 68°C. com Q = 60 I/min e di = 19 mm resulta velocidade V = 3.5 3 70 100 90 2 60 SUCÇÃO 2.1/2 50 80 70 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .11 INFORMAÇÕES TÉCNICAS DIAGRAMA TEÓRICO PARA CÁLCULO DE TUBULAÇÕES 400 Exemplos: 1. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .

1 trançado fios têxteis 19 20-25 SAE 100R1A 42 1 trançado fios aço 27 - 28-33 190 190 160 140 105 88 70 45 53 1 trançado fios Aço 43 - 46-51 190 190 160 140 105 88 70 45 43 2 trançados fios Aço 34 36-41 36-41 350 280 245 190 160 140 115 EP 2 trançados fios Aço 35 36-41 - 350 280 245 190 160 54 2 trançados fios Aço 44 - 46-51 350 280 245 190 160 140 115 DT 2 trançados fios Aço 45 - 46-51 280 245 190 160 140 53 - 56-61 280 280 SAE 100R2A Alta SAE 100R2AT Pressão 51 4 espirais fios aço.6 31.Fax: (19) 3272-0614 .G.8 -32 18 18 13 - 18 18 1 trançado de fios têxteis - 18 Diâmetro interno mangueira (mm) x Pressão máx.8 Terminais Mangueira Reus .1 46. sede 37º curva lomga 90º 2415 Terminal prensado flange reto 3901 Terminal prensado flange 22 1/2º 3910 Terminal prensado flange 30º 3911 Terminal prensado flange 45º 3903 Terminal prensado flange 60º 3912 Terminal prensado flange 67 1/2º 3913 Terminal prensado flange 90º 54 DT 51 EP 43 42 Sem descasque Sem descasque - 1501 1801 2101 2401 2403 2414 2415 3901 3910 3911 3903 3912 3913 3902 - 1501 1501 1801 1801 2101 2101 2401 2401 2403 2403 2414 2414 2415 2415 3901 3901-4901 3910 3910-4910 3911 3911-4911 3903 3903-4903 3912 3912-4912 3913 3913-4913 3902 - 1601 1901 2201 2501 2503 2514 2515 4001 4010 4011 4003 4012 4013 4002 3902-4902 - - - GUIA PARA SELEÇÃO DA MANGUEIRA Norma SAE Referência mangueira similar Ermeto Baixa Pressão 4.9 19. sede 37º curva 45º 2503 2503 2503 Terminal reusável P.7 15. 1 trançado fios têxteis 210 160 18 140 125 280 56 105 50.São Bernardo . sede 37º 2401 Terminal prensado P.0 38. sede 37º curva 90º 2414 Terminal prensado P. sede 37º curva 45º 2403 Terminal prensado P.0 -6 -8 -8 -10 -10 -12 -12 -16 -16 -20 -20 -24 -24 -32 BP Média Pressão SAE 100R1AT Super Alta Pressão Página Construção 25 35 44 210 35 35 88 80 176 176 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 35. sede 37º curva lomga 90º 2515 2515 2515 Terminal reusável flange reto 4001 - 4001 Terminal reusável flange 22 1/2º 4010 - 4010 Terminal reusável flange 30º 4011 - 4011 Terminal reusável flange 45º 4003 - 4003 Terminal reusável flange 60º 4012 - 4012 Terminal reusável flange 67 1/2º 4013 - 4013 Terminal reusável flange 90º 4002 - 4002 Terminal prensado macho NPT 1501 Terminal prensado macho UNF 1801 Terminal prensado macho sede 37º 2101 Terminal prensado P.9 -6 14-16 SAE 100R5 46 1 trançado fio aço.5 10.G.2 25. sede 37º 2501 2501 2501 Terminal reusável P.4 28. sede 37º curva 90º 2514 2514 2514 Terminal reusável P.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .G. -4 6.4 -4 -5 7.3 12. nº 366 .G.12 INFORMAÇÕES TÉCNICAS GUIA PARA SELEÇÃO DO TERMINAL Tipo Terminal Modelo Terminal Referência dos Tipos de Terminais por Tipos de Mangueira 53 46 Referência Designação BP PRENSADO REUSÁVEL 3902 - - Terminal reusável macho NPT 1601 1601 1601 Terminal reusável macho UNF 1901 1901 1901 Terminal reusável macho sede 37º 2201 2201 2201 Terminal reusável P. utilização (Kg/cm 2) 9.G.0 22.G.G. Prens.G.

8 BP .0 9.0 26.São Bernardo .4 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 1/4” (-4) Aplicação: Fluidos hidráulicos.7 15.238 0.6 BP .9 19.40ºC a + 93ºC. Tubo interno: Borracha sintética Reforço: Um trançado de fio têxtil.62 0. óleos solúveis em água.7 15. nº 366 .75 0. mm psi kg/cm 1/4 3/8 1/2 5/8 3/4 1 6.0 25.164 0.28 12.0 5.0 3.13 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE BAIXA PRESSÃO REFERÊNCIA: BP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: BP . mm pol.298 0.Fax: (19) 3272-0614 .12 BP .0 23.342 0.0 7.16 Diâmetro interno Diâmetro externo Pressão máxima trabalho Pressão mínima ruptura 2 pol.380 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.91 1.0 6.9 19. ar comprimido.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .6 250 250 250 250 250 250 18 18 18 18 18 18 psi 1000 1000 1000 1000 1000 1000 kg/cm 70 70 70 70 70 70 Raio mínima curvatura 2 pol. Faixa de temperatura: de .10 BP . mm 3.120 0.0 76 76 130 150 180 230 Peso por metro kg/m 0.4 0.5 12.03 1.4 9. Cobertura: Borracha sintética.4 BP . (exceto ar até + 71ºC) Terminais: Reusáveis Referência BP .50 0. derivados de petróleo.2 32.

5 21.98 16.12 0.0 42.10 .75 0.16 1.10 .90 1.0 46.5 68.65 0.12 . mm 0.1/2 1-11.12 .5 29.0 25.81 0.16 1.12 .0 78.5 68.70 2.5/16-12 -4 -4 -6 -6 -8 -8 .16 .5 71.UNF REFERÊNCIA: 1901 BP Rosca macho B UNF traço -4 -5 -6 -8 -8 .66 1.12 .1/2 -2 -4 -6 -4 -6 -8 -6 -8 -8 -8 .5 pol.80 2.12 .1/16-12 1.12 .0 68.Fax: (19) 3272-0614 .5 55.85 0.60 2.0 28. mm 0.0 21.16 C L pol.69 0.0 pol. 1.12 .5 68.93 2.1 42.0 50.5 25.5 22.12 .0 71.10 1.16 .81 0.24 1.90 0.4 .16 Referência dimensional mangueira polegada 7/16-20 1/2-20 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 3/4-16 7/8-14 1.0 37.5 29. mm 1.12 .10 -8 .5 31.98 0.05 1.88 3.16 -4 -4 -4 -6 -6 -6 -8 -8 .1/16-12 1.5 21.0 73.44 1.73 1.0 71.10 .10 .79 0.0 71.5 23.0 28.0 78.10 .5 36. nº 366 .0 42.16 1.85 0.0 25.0 47.98 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 1901BP .07 38.5 20.16 .5 52.52 2.5 16.98 0.10 .5 20.44 17.85 0.4 + O Referência do terminal: Medida da rosca macho: 7/16 .70 mm 37.80 2.0 20.5 49.66 1.NPT REFERÊNCIA: 1601BP Rosca macho A NPT traço Referência dimensional mangueira polegada 1/8-27 1/4-18 3/8-18 1/4-18 3/8-18 1/2-14 3/8-18 1/2-14 1/2-14 1/2-14 3/4-14 3/4-14 3/4-14 1-11.87 1.0 TERMINAL MACHO .5 46.5/16-12 1.14 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA BP TERMINAL MACHO .46 1.0 66.0 25.70 2.83 1.0 29.88 0.46 1.0 23.99 2.0 64.80 2.20 (-4) Referência dimensional da mangueira: (-4) O-ring: C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.12 .19 2.90 1.5 29.5 23.67 1.65 0.5 36.São Bernardo .80 2.5 44.16 1.5 19.07 3.50 1.16 C L pol.70 2.83 2.

91 2.17 2.66 2.16 0.78 0.1/16-12 1.0 31.0 19.0 77.75 3.02 1.6 70.4 * 1601 .65 1.82 1.19 2.1 43.5 45.29 1.8 22.2 1.8 28.20 (-4) Referência dimensional da mangueira: (-4) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: BP .77 3.6 51.7 39. mm pol.2 47.5 37.18 46.1 31.5 26.1 27.23 2.3 55.99 3.91 2.22 1.3 78.5 71.3 1.0 35.38 3.19 1.6 67.2 10.15 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA BP TERMINAL MACHO SEDE 37º REFERÊNCIA: 2201BP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º REFERÊNCIA: 2501BP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 45º REFERÊNCIA: 2503BP DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS ACIMA Rosca B UNF Referência dimensional mangueira 7/16-20 1/2-20 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 7/8-14 1.62 1. mm pol.5/16-12 D pol.8 1.0 E L L M 1 N pol.4 * 2503 .36 0.33 0.02 2. mm 1.10 .0 95.4 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 7/16 .55 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .6 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 2201BP .5 1.34 2. mm traço polegada -4 -5 -6 -8 -8 .06 0.4 9.89 8.7 27.0 26.39 0.3 30.18 (-4) Comprimento da mangueira: 650 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 57.12 .6 54.25 1.27 2. mm pol.65 1.10 .1 25.6 48.01 1.8 74.8 41.13 2.0 14.07 2.18 1.91 1.0 16.3 22.09 1.81 1.0 48.7 99.88 0.8 46.12 .9 30.3 59.07 3.4 .2 59.10 .79 2.0 14.92 3.8 37. mm pol.87 1.7 0.92 48. mm pol.4 * 650 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-4) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 7/16 -20 (-4) Referência do terminal: Medida da rosca macho: 1/4 .92 1.18 1.05 41.5 52.11 1.0 16.4 49.5 76.3 23.0 86.16 C -4 -4 -6 -6 -8 -8 .99 1.40 1.2 80.44 1.1 41.54 25.88 0.71 1.0 30.33 28.14 1.5 55.55 0.82 2.5 56.8 36.02 1.46 1.45 22. nº 366 .95 2.63 0.São Bernardo .3 32.63 0.Fax: (19) 3272-0614 .

5 58.12 .12 .8 73.5 44.5/16-12 -4 -4 -6 -6 -8 -8 .88 0.9 89. 1.26 2.7 45.10 * 2000 * 90 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-8) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 7/8 -14 (-10) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 7/8 -14 (-10) Comprimento da mangueira: 2000 mm Ângulo entre os terminais:90º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.90 1.52 M 3 N1 4 mm pol.23 2.8 2.52 2.82 0.2 46.73 3.4 40.1/16-12 1.29 2.26 2.0 85.26 2.9 89.20 2.43 2.50 3.7 110.0 72.3 114.7 94.8 56.2 66.48 1.5 57.3 114.80 1.63 2.38 3.16 C D pol.0 35.2 66.87 4.33 2 mm 45.83 3.88 37.8 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 3/4 .0 37.4 40.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 98.63 2.0 35.1/16-12 1.7 55. mm pol.5 23.2 46.50 2.37 1.5 65.8 * 2514 .0 35.16 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA BP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 90º REFERÊNCIA: 2514BP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA LONGA À 90º REFERÊNCIA: 2515BP DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS ACIMA Rosca B UNF Referência dimensional mangueira traço polegada -4 -5 -6 -8 -8 .59 1.7 61.80 2.0 56.0 72.23 2.13 N mm 21.52 2.Fax: (19) 3272-0614 .48 1.9 64.10 * 2515 .81 2.4 56.23 2.2 54.73 4.38 3.37 1.18 2.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: BP .23 2. 2.87 4.0 85.45 1.75 2.7 63.70 1. 57.50 3.3 98.10 .87 3. 1.4 56.8 0.12 .70 1.52 57.10 .8 73.75 2.3 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 2514 BP .3 pol.16 (-8) Referência dimensional da mangueira: (-8) pol.0 31.0 22.16 7/16-20 1/2-20 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 7/8-14 1.5 58.26 2.88 M mm 37.20 2.5 44.59 1.3 94.3 98.45 1.0 37.29 2.57 3.81 1.22 1.7 43.87 3.5 57.3 1.37 1.8 56. mm pol.9 64.7 43.São Bernardo .10 .8 .43 2.0 56.4 61.10 .83 3. nº 366 .0 98.

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 ..17 MANGUEIRAS E TERMINAIS PROCEDIMENTO DE MONTAGEM DOS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA A MANGUEIRA BP 1.. Inspecione a montagem efetuada e limpe o diâmetro interno da mangueira (jato de ar e/ou circulação de fluido). e o diâmetro externo do pino.São Bernardo .Corte a mangueira em esquadro. 4. arruela de proteção 3. . e puxe fortemente. 2. Introduza a mangueira por sobre o pino empurrando-a até que encoste a extremidade na arruela. nº 366 . Curve-a para o lado oposto ao corte.Fax: (19) 3272-0614 . Lubrifique o diâmetro interno da mangueira.. Prenda o pino adequadamente em uma morsa. Para desmontar: corte a mangueira no sentido longitudinal e no comprimento do pino. Montagem . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Coloque sobre a extremidade escalonada do pino a arruela de proteção..

nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .18 NOTAS C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

0 2.536 46-12 5/8 15.312 46-8 13/32 10.23 31. nº 366 .2 340 1.0 230 0.58 14.22 56.92 23.2 1.0 76 0.19 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R5) REFERÊNCIA: 46 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 46 .4 86 0. Ar até + 71ºC.75 44.6 1.7 0.210 46-5 1/4 6.253 46-6 5/16 7.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .8 0.384 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Referência Diâmetro interno pol.13/16 46.5 270 0. colocado por sobre um traçado de fio têxtil. derivados de petróleo.3 0.12 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 5/8” (-12) Aplicação: Fluidos hidráulicos. Faixa de temperatura: de .806 46-24 1.4 500 35 2000 140 10.5 165 0.580 46-20 1.Fax: (19) 3272-0614 . (Evitar o uso contínuo e simultâneo de temperatura máxima com pressão de trabalho máxima) Terminais: Reusáveis.77 19.4 1750 125 7000 490 5.4 1500 105 6000 420 6.9 0.7 3000 210 12000 840 3.372 46-10 1/2 12. mm Peso por metro kg/m 46-4 3/16 4.Não é necessário remover a cobertura na montagem dos terminais. mm psi kg/cm Pressão mínima ruptura 2 psi kg/cm Raio mínima curvatura 2 pol.: 1.4 350 25 1400 100 13.40ºC a + 93ºC.0 100 0.987 46-32 1. Para maiores informações vide página 3.4 0.9 1.1 625 44 2500 176 9.1 3000 210 12000 840 3. mm Diâmetro externo Pressão máxima trabalho pol.5 140 0. 2. separados por uma camada de borracha. Cobertura: Uma trama de fios têxteis impregnados de borracha sintética. ar comprimido.A mangueira 46 é exceção ao sistema de identificação por traços.3/8 35.50 38.6 120 0.1/8 28.São Bernardo . Tubo interno: Borracha sintética Reforço:Um trançado de fios de aço. Para derivados de petróleo (combustíveis e lubrificantes) -40ºC a + 149ºC.670 46-16 7/8 22.5 2000 140 8000 560 4.3 800 56 3200 225 7.0 2250 160 9000 630 4.52 13. OBS.08 27. óleos solúveis em água.4 190 0.0 1.67 17.

Fax: (19) 3272-0614 .NPT REFERÊNCIA: 160146 TERMINAL MACHO . nº 366 .UNF REFERÊNCIA: 190146 TERMINAL MACHO SEDE 37º REFERÊNCIA: 220146 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º REFERÊNCIA: 250146 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.20 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA 46 TERMINAL MACHO .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .

95 1.25 2.24 .5 35.10 . 1.0 45.74 2.10 -8 .09 2.4 84.28 2.39 - 23.6 - mm 1.16 .5 78. mm 0.20 .20 .5 40.87 - 42.1 59.4 29.16 .53 1.4 36.96 0.12 .6 44.0 73.69 1.16 2.0 88.32 1.25 2.0 32.1 50.10 .5 46.9 86.65 1.79 1.10 1.0 60.0 34.0 35.1/2 1-11.0 42.93 3.2 36.1 57.16 .30 1.0 52.20 3.3 42.81 1.20 2.9 L 2 mm 3 pol. 3 mm 2.4 21.20 * 2201 .16 .37 1.16 .São Bernardo .5 121.10 -8 .38 1.48 3. mm -4 -4 -4 -4 -5 -5 -6 -6 -6 -8 -8 .91 2.3 80.15 3.0 84.1/16-12 1.0 46.07 2.7/8-12 2.16 .0 33.32 polegada 18-27 1/4-18 3/8-18 3/8-18 1/4-18 3/8-18 3/8-18 1/2-14 1/2-14 3/4-14 1/2-14 3/4-14 1-11.20 .0 55.47 1.16 .10 .9 39.09 2.0 69.4 46.5 28.1 35.22 2.6 41.71 1.3 79.1 37.0 83.16 .0 48.16 .26 1.12 .12 .4 89.5 68.84 3.0 48.5 79.7 78.5 70.12 1.83 1.25 - C 2 mm 1.1/4-11.5 41.0 48.5/16-12 1.42 2.4 74.1/16-12 1.16 .49 1.0 72.46 1.20 .0 43.0 35.15 3.0 44.20 .24 2.0 33.81 2.0 37.5 79.33 1.16 .53 1.62 2.38 2.68 1.46 1.14 1.3 46. mm pol.37 1.18 3.0 35.00 24.38 1.22 1.5 74.72 4.2 60.59 1.38 1.7 47.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .91 2.14 (-12) Referência dimensional da mangueira: (-12) C pol.10 -8 .9 28.29 3.0 1.11 3.58 2.3 82.5 45.0 67.77 1.0 80.38 1. 47.9 30.94 1.1/2 3/4-14 1-11.32 1.5 46.0 51.Fax: (19) 3272-0614 .24 .0 40.16 .5 40.20 .12 .24 .0 28.46 2.0 40.92 0.0 71.16 .5 70.12 .5/16-12 1.24 .0 - 28.5/16-12 1.1/2-12 Rosca B UNF traço -4 -5 -6 -5 -6 -4 -5 -6 -6 -8 .73 2.1/4-11.1/2 1.8 45.04 2.1 - L pol.16 2.81 1.31 1.0 84.75 2.12 -8 .62 1.12 .20 .20 . nº 366 .6 72.21 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 20 Rosca A NPT traço -2 -4 -6 -6 -4 -6 -6 -8 -8 .0 45.1 94.0 55.63 1.82 2.0 62.1 57.10 .77 - L 1 46 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 160146 .68 2.5/8 -12 (-20) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.0 87.5 44.9 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS : 46 .79 1.0 31.24 .9 57.11 2.12 .89 3.24 .20 .10 1.16 .0 41.9 46.6 69.30 3.0 80.53 3.6 58.44 1.3 79.0 33.0 66.16 3.0 65.24 .85 1.0 73.57 1.85 2.44 1.66 3.73 1.1/2-11.99 3.5 58.20 * 2501 .82 1.5 74.4 25.6 60.11 3.74 1.32 C C 1 pol.86 1.6 24.5/8 -12 (-20) Comprimento da mangueira: 900 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.28 2.14 1.5 - Referência dimensional mangueira L pol.0 47.0 44.10 .4 49.0 37.10 .33 2.32 polegada 7/16-20 1/2-20 9/16-18 1/2-20 9/16 -18 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 7/8-14 7/8-14 1.27 3.20 1. pol.63 1.12 .15 3.67 1.80 51.0 80.20 .12 .61 2.4 44.90 1.12 -8 .6 56.96 1.90 1.80 1.66 3.10 .1/16-12 3/4-16 1.16 .12 3.04 1.00 2.61 1.03 2.0 32.20 .0 75.0 41.1 37.12 .10 .04 2.30 3.86 43.0 74.09 3.8 52.12 .00 1.73 1.12 .0 47.16 .5 35.32 Referência dimensional mangueira 46 -4 -4 -4 -4 -5 -5 -6 -6 -6 -8 -8 .6 36.98 33.74 1.85 1.12 .14 1.0 28.30 3.07 3.63 1.57 1.1 40.1 35.61 1.12 -12 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 3/4 .3 46.1 53.0 41.38 2.5 34.7 35.7 53.12 .4 69.32 Rosca B UNF traço -4 -5 -6 -5 -6 -4 -5 -6 -6 -8 -8 .09 3.7 45. mm pol.0 76.20 * 900 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-20) Referência do terminal Medida da rosca macho: 1.38 2.5/8-12 1.73 1.5 98.5/8-12 1.10 .0 53.91 3.12 -8 .84 0.45 1.85 1.02 3.81 1.12 -8 .36 2.92 3.5 24.0 78.73 2.5 39.0 47.0 38.26 1.26 2.2 55.65 2.1/2 1.0 83.79 2.0 80.4 28.0 93.57 1.1/2 1.77 2.1 93.0 81.39 1.45 1.1/2 Rosca A NPT traço -2 -4 -6 -6 -4 -6 -6 -8 -8 .20 .85 2.12 .1/2 2-11.32 1.5 41.5 57.34 1.24 .12 .0 32.7 76.0 0.26 1.

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .

8 3.4 2.32 2.86 72.08 103.28 134.10 27.7 2.36 9.20 1.19 81.81 71.7 2.6 .12 1.35 59.16 1.16 2.4 4.9 4.9 4.60 66.0 .4 2.29 108.04 52.5 0.7 .7 2.65 67.0 2.24 .75 44.6 1.33 8.10 1.0 .47 88.28 134.6 3.1/16-12 . nº 366 .15 105.8 .16 105.73 94.1/16 .0 3.5 2.3 .16 .55 14. C C C 1 mm M1 2 M3 M4 N pol.71 68.34 84.34 110.20 2.43 61.9 1.32 2.75 44.6 0.1 .16 2.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .9 1.12 2.23 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 22 Rosca B UNF traço polegada Referência dimensional mangueira 46 pol.28 134.6 4.1 2.2 1.33 110.43 61. mm pol.9 -8 3/4-16 -8 2.10 27.08 103.4 -8 -8 1.9 .1/16 -12 (-12) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea:1.80 71.20 .São Bernardo .84 46.08 103.12 * 2514 -12 * 2515 .75 69.16 .24 2.19 81.60 40. mm pol.6 4.2 2.38 60.9 2.09 27.1 N N 1 2 mm EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 250346 .54 64.7 1.70 68.1 0.8 2.4 4.20 2.10 2.23 31.2 4.5 5.1 4.4 -5 1/2-20 -5 1.32 2.10 27.16 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1. mm -4 7/16-20 -4 1.5/8-12 .0 1.45 62.5/16-12 .34 110.9 3.78 19.0 3. mm pol.2 2.7 2.35 59.18 55.58 65.77 19.12 .6 2.2 4.14 54.9 0.63 16.43 61.2 2.9 Rosca B UNF traço Referência dimensional mangueira 46 pol.24 1.5 1.0 2.29 108. mm pol.85 21.34 110.9 4.6 2.7 -6 -6 0.4 4.58 65.12 (-12) Comprimento da mangueira: 800 mm Ângulo entre os terminais 180º 46 .10 * 2514 -10 * ST * 750 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-10) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 7/8 -14 (-10) Extremidade sem terminal: “ST” Comprimento da mangueira: 750 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 2.54 64.5 5.2 3.1 -6 9/16-18 -6 1.80 45.6 2.Fax: (19) 3272-0614 .70 43.47 88.58 65.70 68.88 73.89 22.76 70.8 2.2 1.9 4.9 .81 71.0 0.04 52.5 2.65 67.32 .39 9.9 2.7 -5 -5 0.08 103.2 2.77 70.12 (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS : 46 .49 63.12 * 800 * 180 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-12) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 1.5 1.71 68.7 0.29 108.8 1.80 71.0 .29 108.24 2.68 17.7/8-12 .2 4.3 2.80 45.3 2.7 .81 46.3 1.12 1.6 4.1 2.10 7/8-14 .5 5.1/2-12 .1 3.5/16 . -4 -4 0.6 4.19 55.1 .66 92.19 55. mm pol.82 46.19 55.74 44.29 108.74 44.3 0.57 65.29 108. mm pol.10 .9 4.60 40.

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .código 61) TERMINAL FLANGE 45º REFERÊNCIA: 400346 (FLANGE SAE J518c .São Bernardo . nº 366 .código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º REFERÊNCIA: 401346 (FLANGE SAE J518c .Fax: (19) 3272-0614 .código 61) TERMINAL FLANGE 60º REFERÊNCIA: 401246 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 90º REFERÊNCIA: 400246 (FLANGE SAE J518c .24 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA 46 TERMINAL FLANGE RETO REFERÊNCIA: 400146 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2º REFERÊNCIA: 401046 (FLANGE SAE J518c .código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.código 61) TERMINAL FLANGE 30º REFERÊNCIA: 401146 (FLANGE SAE J518c .

12 3.03 51.6 1.20 . mm pol.69 144.5 2.6 4.6 5.28 108.1/4 .7 0.8 2.80 96.5 4.49 114.50 12.4 0.24 .64 117.32 .48 113.78 70.São Bernardo .69 93. mm pol.13 28.83 71.13 79. mm .6 0.80 69.20 1.25 31.5 4.64 92.6 4.00 50.16 3.0 Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 46 M 16 N N pol.12 53.20 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-20) Referência dimensional da mangueira: (-20) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: 46 -24 * 4002 -24 * 4011 . mm pol.9 2.32 3.7 3.4 2.69 15.6 3.86 98.4 1.1 7.7 4.8 4.20 .50 12.7 2.45 138.4 1.8 3.50 89.8 2.5 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 400146 .9 3.24 2.5 .6 1.0 3.03 51.2 2.2 4.21 106.9 2. mm pol.9 .5 2.3 3.50 63.96 18.1 5.4 4.6 2.31 185.16 1.58 22.4 .25 82. mm pol.9 4. mm pol.60 40.00 50.52 64.79 121.24 4.94 49.5 5.88 98.24 3.00 25.07 103. mm .5 .9 .39 86.93 74. mm pol.38 106.8 0.6 4.12 28.16 1 .88 124.25 82.59 65.96 75. mm pol.0 2.4 1.50 12.02 128.0 1.5 3.8 2.32 2 .07 103.4 .32 3.0 4.89 132.0 3.79 70.32 .5 1.09 103.24 133.1 2.90 48.4 3.08 103.10 77.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .64 41.7 0.7 3.78 70.0 Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 46 C L 6 M 1 1 M M7 4 M 10 M 13 pol.4 4.60 66.81 71.5 0.12 .09 103.5 1.74 178.7 0.16 2.20 .28 58.0 2.75 69.24 .0 .9 . mm pol.88 73.9 2.Fax: (19) 3272-0614 .0 4.61 91.5 4.0 2.12 28.50 12.16 .0 1.6 2.12 2.16 105.64 41.41 61. mm pol.08 100.7 1.7 0.4 4.12 1.8 .1 4.8 4.20 4.62 41. nº 366 .7 0.6 6. mm .50 16.24 1.61 91.44 112.00 76.3 2.3 2.98 126.5 1.0 2.5 4. mm pol.65 31.20 2.9 . C3 2 mm C4 C 5 pol.08 103.38 60.49 139.25 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 24 Referência dimensional flange A2 Medida nominal flange A 2 (pol.24 * 900 * 270 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Comprimento da mangueira: 900 mm Ângulo entre os terminais 270º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.34 161.60 91.0 . mm pol.16 .7 4.5 3.20 2.75 44.80 66.48 112.1 1.12 .51 63.54 91.5 2. C 1 mm pol.31 84.5 2.92 99.26 57. N 1 mm pol.90 73.26 31.0 .21 107.22 81.12 3/4 .) Referência dimensional mangueira C C 46 pol.50 12.32 5. mm pol.79 70.4 2.34 59. N3 2 mm N4 N5 pol.7 0.50 63.5 3.7 2.2 3.8 2.0 3.1/2 .

Fax: (19) 3272-0614 . a rosca da capa e a rosca do pino correspondente.13 a 0.8mm de folga entre os sextavados da capa e do pino. Corte a mangueira no comprimento desejado usando uma serra de dente fino ou uma máquina de cortar mangueira. SEGUIR A ORDEM INVERSA C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Lubrifique o interior da mangueira. PARA DESMONTAR. nº 366 .26 MANGUEIRAS E TERMINAIS PROCEDIMENTO DE MONTAGEM DOS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA A MANGUEIRAS 46 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Deixe 0. 2. Inspecione a montagem efetuada e limpe o diâmetro interno da mangueira (jato de ar e/ou circulação de fluido). Introduza o pino na capa e rosqueie-o inicialmente com as mãos e a seguir com auxílio de uma chave adequada.São Bernardo . Volte a mangueira no sentido horário 1/4 de volta. 3. Prenda a capa do terminal adequadamente numa morsa e rosqueie a mangueira no sentido antihorário até encostar no fundo da capa.

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .

28 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 42 TERMINAL MACHO .UNF REFERÊNCIA: 180142 TERMINAL MACHO SEDE 37º REFERÊNCIA: 210142 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º REFERÊNCIA: 240142 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .NPT REFERÊNCIA: 150142 TERMINAL MACHO .

mm -4 -4 -4 -4 -6 -6 -8 -8 -6 -8 .51 1.2 30.24 .22 3.63 Rosca B UNF traço traço -2 -4 -6 -4 -6 -6 -8 -8 .20 3.10 -8 .15 1.10 -8 .22 2.16 .19 4.4 3 mm 54.26 1.10 .5 86.7 36.5 34.0 56.55 3.66 1.34 - 51.40 1.10 .São Bernardo .0 29.12 .6 72.16 .06 1.6 46.28 - 23.48 1.09 1.0 28.9 67.41 2.5 54.16 .40 1.1/4-11.7 29.9 18.7 37.42 3.8 27.17 1.2 47.09 2.20 .72 1.3 85.08 2.19 2.10 .19 2.16 .5/8 -12 (-20) Comprimento da mangueira: 900 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.16 .64 1.51 1.53 3.21 2. 2.4 59.38 4.06 3.1 61.70 1.4 56.3 41.84 1.3 53.20 1.7 77.16 .9 29.6 73.45 1.53 1.43 2.27 2.54 2.4 29.0 34.0 75.82 5.7 32.9 77.1/16-12 3/4-16 1.13 6.22 2.8 L pol.20 .7 111.12 .12 -8 .18 2.41 1.7 84.12 C 2 pol.51 5.6 56.16 .8 71.8 32.32 7/16-20 1/2-20 9/16-18 7/16-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 7/8-14 7/8-14 3/4-16 7/8-14 1.3 73.12 . mm pol.24 .6 90.1 55.2 45.0 43.11 1.32 2.10 .1/2 Rosca A NPT Rosca B UNF Referência dimensional mangueira C C 1 C traço polegada 42 pol.8 73.1/2-12 -4 -4 -4 -4 -6 -6 -8 -8 -6 -8 .50 2.23 2.06 3.12 .4 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 3/4 .9 27.1 55.6 55.12 .24 .10 .12 .22 2.1 69.95 2.58 2.96 1.8 38.09 1.12 .12 .21 1.0 71.2 73.4 148.1/2-11.20 .7 56.7 87.16 2.82 1.86 51.94 1.16 .49 1.16 .0 45.0 63.24 .78 2.74 2.1/2 2-11.9 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRACOM TERMINAIS: 42 .20 .9 93.24 2.10 .16 .4 56.03 2.66 4.3 27.6 53.21 1.8 74.12 -8 .5 122.2 124.91 2.8 78.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/2 1. mm pol.30 1.23 1.0 49.3 39.5 26. -4 -5 -6 -4 -6 -6 -8 .1/2 3/4-14 1-11.7 57.70 2.4 56.20 * 2401 .2 34.22 2.2 91.5 50.16 .20 2.12 .97 3.7/8-12 2.20 .3 43.13 1.20 .6 51.9 28.5 70.22 3.32 0.49 2.10 .77 2.4 81.14 1.32 Referência dimensional mangueira L L 1 mm 28.5/16-12 1.3 46.6 88.16 .5 114.5/8 -12 (-20) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.5 161. nº 366 .10 1.8 89.7 56.15 1.12 .63 2.3 37.0 36.79 2.37 3.7 37.10 2.56 3.98 3.1/16-12 1.14 (-12) Referência dimensional da mangueira: (-12) pol.0 35.0 90.8 67.7 29.12 .3 38.5 106.5 37. mm pol.8 57.90 2.91 6.64 2.7 28.9 31.03 2.12 .7 156.3 30.8 75.4 92.6 72.5/16-12 1.32 -4 -5 -6 -4 -6 -6 -8 .33 23.1/16-12 1.10 .5 39.84 2.89 3.4 64.2 81.5 52.20 .11 1.16 .16 .92 2. 3 mm 1.8 - 2.23 2.4 28.0 29.Fax: (19) 3272-0614 .13 1.60 4.7 30.54 1.2 63.91 3.14 1.39 4.6 66.22 2.29 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 28 Rosca A NPT traço -2 -4 -6 -4 -6 -6 -8 -8 .16 .69 4.47 1.1 56.10 1.32 polegada 18-27 1/4-18 3/8-18 1/4-18 3/8-18 3/8-18 1/2-14 1/2-14 3/4-14 1-11.7 54.3 61.85 1.89 1.12 .7 130.20 1.20 * 900 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-20) Referência do terminal Medida da rosca macho: 1.12 . mm pol.98 2.16 56.24 .1/2 1-11.5 - 1.79 1.03 2.8 81.46 1.16 2.4 56.37 27.3 33.06 1.35 1.0 28.85 L 2 42 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 150142 .24 .07 3.5 35.74 1.36 1.8 2.47 1.1/2 1.20 2.4 68.20 * 2101 .20 .2 0.13 1.12 .7 48.7 49.80 2.50 3.3 65.10 .16 .41 3.0 37.5/8-12 1.94 0.9 111.10 .7 30.5/16-12 1.36 1.15 2.14 1.9 42.

Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .30 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 42 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 45º REFERÊNCIA: 240342 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 90º REFERÊNCIA: 241442 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA LONGA À 90º REFERÊNCIA: 241542 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .

9 0.77 19.7 2.1/16 .5 2.10 7/8-14 -8 2.80 71.8 3.97 126.33 8.50 63.73 94.26 57.14 79.5 1.21 56. mm pol.3 .85 73.8 4.0 3.82 46.5 3.7 -6 -6 0.7 -8 -8 0.8 2.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 240342 .2 -6 9/16-18 -6 2.77 70.1 -5 1/2-20 -4 2.70 94.57 65.21 56.04 77.97 50.7 . mm pol. mm pol.2 4.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .63 16.10 -8 0.70 94.0 3.5 3.50 63.57 65.91 48.0 1.4 3.43 61.12 * 2414 -12 * 2415 .16 3.31 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 30 Rosca B UNF traço polegada Referência dimensional mangueira 42 C C1 C 2 M M pol. nº 366 .4 -8 -6 0.São Bernardo .1 1.3 .4 1.09 27.0 1.80 45.85 123.5 3.80 45.7 -5 -4 0.2 2.4 0.0 4.8 .1 2.4 2.8 1.50 63.10 7/8-14 .97 50.0 1.7 3.16 0.63 16.5 1.67 42.12 53. mm pol.23 56.16 .20 81. mm pol.Fax: (19) 3272-0614 .48 113.25 57.3 1.25 57.7 4.89 22.39 9.22 81.12 1.50 63.12 .4 2.55 14.78 19.5/16-12 .5 1.34 84.33 110.36 9.91 48.3 .1 3.23 31.85 21.53 64.1 3.2 3.26 82.98 75.2 2.18 55.95 100.55 14.46 88.0 1.85 73.2 2.0 1. mm 42 -4 -4 0.00 102.14 54.16 1.2 0.98 101.16 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.7 2.7 -8 3/4-16 -6 2.26 57.13 79.3 4.04 77.5/16 .09 27.4 2.0 .1 3.1 2.12 * 800 * 180 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-12) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 1.43 61.2 Rosca B UNF traço Referência dimensional N N N 2 1 mangueira pol.12 (-12) Comprimento da mangueira: 800 mm Ângulo entre os terminais 180º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.56 115.23 31.12 2.91 48.6 2.5 2.2 2.6 1.14 79.67 42. mm pol.12 (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS : 42 .10 2.12 0.4 4.0 .7 .6 2. 2 mm -4 7/16-20 -4 1.16 .8 3.8 -8 3/4-16 -8 2.3 2.68 17.1/16 -12 (-12) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea:1.21 56.1/16-12 .5 3.10 0.10 .3 2.

código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2º REFERÊNCIA: 391042 (FLANGE SAE J518c .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .código 61) TERMINAL FLANGE 60º REFERÊNCIA: 391242 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 90º REFERÊNCIA: 390242 (FLANGE SAE J518c .32 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 42 TERMINAL FLANGE RETO REFERÊNCIA: 390142 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 45º REFERÊNCIA: 390342 (FLANGE SAE J518c .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º REFERÊNCIA: 391342 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 30º REFERÊNCIA: 391142 (FLANGE SAE J518c .

7 4.50 114.94 100.3 5.09 53.20 .6 .50 12.12 1.75 171.32 .6 6.44 11.35 59. mm pol.Fax: (19) 3272-0614 .62 66.20 .2 1.20 1.49 88.49 88.20 106.16 .84 97. N 1 pol.7 4.23 56.8 0.00 50.22 81.7 3.79 45.0 4.5 3.7 2.38 60.12 .4 1.1 .8 2.7 .33 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 32 Referência dimensional flange A2 Medida nominal flange A2 (pol.8 4.00 .24 1.9 0.1 1.2 2.6 6. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: mm N3 2 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: 42 -24 * 3902 -24 * 3911 .38 111.08 78.32 4.2 2.60 40.20 .4 4.16 1 .34 110. mm pol.03 203.9 4.84 97. mm .5 0.2 0.2 1.49 63.5 2. mm pol.32 .88 22.12 1.4 7.24 3.51 63.63 16.23 56.24 . mm pol.7 1.32 2 .2 1.88 73.1 2.24 6.9 Referência dimensional flange A2 Referência dimensional mangueira 42 pol.2 4.2 0.6 2.7 2.8 1.) Referência dimensional mangueira C C C 1 C3 2 C4 42 pol.9 8.2 2.24 1.0 8.82 122.66 67.7 6.62 66.4 3.7 .38 60. mm pol.4 Referência dimensional flange A2 Referência dimensional mangueira C L 6 M M M 6 3 M9 M 12 42 pol.62 15.81 122.15 29.69 68.38 136.24 .13 155.3 5.75 44.5 4.85 47.1/4 . mm .60 193.4 6.9 4.2 .1 3.3 5.São Bernardo .03 203.4 1.07 103.10 104.3 5. mm pol.4 18.49 63.50 88.51 63.06 103.33 84.78 45.1 . mm .4 M 15 N N pol.1 1.8 3.7 0.3 390142 .8 .69 119.18 106.8 2.12 .38 60.32 1. mm 25.25 107.2 0.50 114.41 35.4 3.5 2.0 3.5 .3 1.69 119.88 47.49 88.8 2.0 .8 2.8 3.13 155.63 193. N4 pol.94 100.7 4.6 2.72 145.12 3/4 .86 47.4 3.4 3. mm pol.7 .90 48. mm pol. mm pol.08 78.1/2 .4 5.40 111.5 2.0 4.1 3.20 4.50 114.75 171.41 35.1 4.13 54.50 114.13 155.16 4.44 11.50 38.12 79.00 127.20 1.98 50.20 2.4 2. mm pol.2 4. mm pol.2 4.88 22.7 2. mm pol.00 50.7 0.13 54.50 88.3 2.1 3.20 mm N5 mm Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-20) Referência dimensional da mangueira: (-20) pol.97 151.9 3.69 93.24 * 900 * 270 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-24) Referência do terminal Referência dimensional da flange: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Comprimento da mangueira: 900 mm Ângulo entre os terminais 270º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.9 1.72 .12 3.58 14.06 26.16 2.32 7. nº 366 .6 2.9 2.7 2. C 5 mm pol.20 106.66 42.22 81.25 31.6 2.25 82.3 3.7 0.66 67.9 3.7 4.38 111.53 64.16 1.72 145.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .16 .13 54.5 4.00 50.

75 69. referem-se a um coeficiente de segurança nominal igual a três (3) em relação a pressão mínima de ruptura.25 57.8 2.1/2 38. Terminais: Prensados ou reusáveis. mm kg/m2 350 20. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 1125 80 Pressão mínima ruptura Raio mínima curvatura Peso por metro pol.São Bernardo .020 pol.34 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R2A) REFERÊNCIA: 43 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 43 . Cobertura: Borracha sintética Faixa de temperatura: de .0 510 2.2 1250 88 43-32 2 50. Tubo interno: Borracha sintética Reforço: Dois trançados de fios de aço separados por camadas de borracha sintética. kg/cm² 1750 125 5000 1250 88 4500 (a) As pressões máximas de trabalho indicadas. Referência Diâmetro interno Diâmetro externo Pressão máxima trabalho a b pol. óleos solúveis em água.24 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . (b) As pressões máximas de trabalho indicadas. mm psi kg/cm² psi kg/cm² 43-24 1.0 640 4. derivados de petróleo. ar comprimido. nº 366 . mm pol.Fax: (19) 3272-0614 .931 320 25.1/2” (-24) Aplicação: Fluidos hidráulicos.40ºC a + 93ºC. referem-se a um coeficiente de segurança nominal igual a quatro (4) em relação a pressão mínima de ruptura.1 2.

00 200 1. nº 366 .94 100 0. Reforço: Dois trançados de fios de alta resistência.84 EP-8 1/2 12. intempéries e óleos minerais. mm psi EP-4 1/4 6.50 240 1. Cobertura: Borracha sintética resistente `a abrasão.220 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 0.35 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO PARA FLUIDOS ESTER FOSFATADOS REFERÊNCIA: EP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: EP .491 21.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .40ºC a + 93ºC.69 17. com fluidos a base de óleos ester-fosfatados.4 4000 280 16000 1120 5.8 2250 160 9000 630 9. mm pol. Terminais: Reusáveis Referência Diâmetro interno Diâmetro externo Pressão máxima trabalho pol. kg/m 5000 350 20000 1400 3.25 31.655 0.5 EP-6 3/8 9.São Bernardo .8 2750 190 11000 770 8.5 0.10 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 5/8” (-10) Aplicação: Circuitos hidráulicos de alta pressão.9 1.00 180 0.00 130 0.Fax: (19) 3272-0614 .7 EP-10 5/8 EP-12 3/4 Pressão mínima ruptura 2 Raio mínimo curvatura 2 mm Peso por metro kg/cm psi kg/cm pol.080 19. ôzonio. Faixa de temperatura: de . Tubo interno: Borracha sintética compatível com fluídos ester-fosfatados.0 1.6 3500 245 14000 980 7.09 27.804 15.97 24.

Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .36 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 43 TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS 43 E EP TERMINAL MACHO .UNF Prensado REFERÊNCIA: Reusável 180143 REFERÊNCIA: 190143 1901EP TERMINAL MACHO SEDE 37º Prensado REFERÊNCIA: Reusável 210143 REFERÊNCIA: 220143 2201EP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º Prensado REFERÊNCIA: Reusável 240143 REFERÊNCIA: 250143 2501EP C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .NPT Prensado REFERÊNCIA: Reusável 150143 REFERÊNCIA: 160143 1601EP TERMINAL MACHO .

12 - C7 L L mm mm mm 36.6 37.12 .2 44.6 37.0 96.10 .32 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 2 .12 .10 .2 47.1 73.9 50.5 45.12 .10 .1 78.3 84.9 6 7 mm 66.8 * 2501 .14 .São Bernardo .3 73.0 86.7 62.3 34.9 94.6 37.3/16-12 1.5 58.8 66.2 - L 4 mm 63.6 70.8 95.8 131.9 63.Fax: (19) 3272-0614 .2 122.10 -8 .2 38.0 L 5 mm 66.7 37.3 73.32 C C C 1 C 2 C 3 4 C 5 C mm Traço polegada 43 EP mm mm mm mm mm mm -4 -5 -6 -6 -8 -6 -8 -8 .1/2 (-32) Referência dimensional da mangueira: (-32) Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-10) Referência do terminal Medida da rosca macho: 3/4 -16 (-8) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.3 37.7 42.2 80.5 36.8 35.2 43.7 91.12 .0 86.10 * 2201 .9 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: EP .0 88.3 44.5 46.3 81.6 92.7 86.7 154.2 42.8 42.3 44.32 Referência dimensional mangueira Rosca B UNF -4 -5 -6 -6 -8 -6 -8 -8 .0 84.3 41.5 50.3 35.1 59.8 45.9 73.8 40.1/2 Rosca A NPT Rosca B UNF traço Traço -2 -4 -4 -6 -8 -6 -8 -8 .5 49.2 95.1/2-12 .3 34.1 56.5 48.0 51.5 41.2 56.9 41.0 62.8 74.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .12 * 1000 160143 .5 96.6 36.3 73.5 36.8 44.32 Referência dimensional mangueira 43 .0 68.12 .3 69.0 83.0 45.1 57.2 38.32 .8 31.6 72.3 35.7 56.5 94.6 78.0 33.4 75.5 35.10 .1 51.4 64.5 47.10 .32 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 7/8-14 1.7/8-12 2.0 28.8 66.3 34.3 75.7 68.3 35.2 35.4 31.1 68.8 131.6 64.10 .5 68.11.1/2-11.3 44.0 63.2 37.9 71.7 35. nº 366 .5 98.7 90.9 57.3 40.7 37.2 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 1 L 2 mm 60.3 94.0 149.10 -8 .7 51.0 65.9 88.4 74.7 78.37 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 36 Rosca A NPT traço polegada -2 -4 -4 -6 -8 -6 -8 -8 .1 72.7 100.1 75.0 91.12 .9 96.3 37.12 .0 34.5 161.24 .1/16-12 1.10 .8 69.12 - 31.2 64.2 85.9 40.5 44.24 .12 .8 66.0 34.5 33.2 92.1 72.7 38.5 95.6 68.3 135.8 56.9 81.0 L 27.8 71.5 32.24 .8 32.7 161.3 76.3 35.2 139.1/16 -12 (-12) Comprimento da mangueira: 1000 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.2 76.2 95.0 35.5 - 32.8 80.2 82.0 47.12 .7 39.9 - L - 3 mm 64.0 155.24 .5 81.5 1/8-27 1/4-18 1/4-18 3/8-18 1/2-14 3/8-18 1/2-14 1/2-14 3/4-14 3/4-14 1.4 L 6 mm 54.12 .3 71.5 48.4 99.1/2 2-11.3 69.24 .7 154.8 53.5 30.2 81.7 76.10 .3 33.0 76.7 42.8 78.14 .4 28.32 EP -4 -4 -4 -6 -4 -6 -6 -8 -8 .1/16-12 1.8 42.6 72.3 88.0 67.5 41.3 130.24 .3 67.5 38.3 70.0 81.3 41.8 87.7 38.32 -4 -4 -4 -6 -4 -6 -6 -8 -8 .3 42.

Fax: (19) 3272-0614 .38 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 43 TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS 43 E EP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 45º Prensado REFERÊNCIA: 240343 Reusável REFERÊNCIA: 250343 2503EP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 90º Prensado REFERÊNCIA: Reusável 241443 REFERÊNCIA: 251443 2514EP TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA LONGA À 90º Prensado REFERÊNCIA: Reusável 241543 REFERÊNCIA: 251543 2515EP C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo . nº 366 .

1 43.3 73.10 .0 19.2 50.6 - 44.5 21.7 31.6 92.9 90.1 54.0 14.9 72.1 46.6 63.4 64.0 104.5 46.9 77.9 63.7 39.3 85.0 72.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .7 45.2 46.5 54.12 .1 88.9 93.5 49.12 .7 99.10 .8 117.12 .5 71.3 N 1 mm 17.5 -4 -4 -4 -6 -6 -8 -8 .8 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 7/8 .Fax: (19) 3272-0614 .10 * 2503 -10 * 4001 .5 45.7 62.7 92.5 88.2 129.10 .5 122.São Bernardo .9 55.1/16-12 1.9 14.1 79. nº 366 .9 60.2 31.5 - 46.2 84.3 106.39 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 39 Rosca B UNF traço -4 -5 -6 -6 -8 -8 .16 (-8) Referência dimensional da mangueira: (-8) 2515EP .10 .3 88.14 Rosca B UNF traço -4 -5 -6 -6 -8 -8 .5 88.10 .2 102.12 .10 .7 92.7 61.3 55.5 68.12 .7 100.8 - 44.12 C mm mm mm 47.7 60.10 .8 21.9 2 C 3 1 M 2 2 mm 45.9 114.2 46.0 55.0 16.5 68.0 112.8 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 2503EP .1 9.1 120.0 112.0 120.5 N mm 8.4 61.12 * 1000 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-10) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 7/8 -14 (-10) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-12) Comprimento da mangueira: 1000 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 90.3 19.0 114.0 114.6 73.2 76.5 74.3 56.7 98.0 54.7 60.8 19.0 77.1 52.2 81.8 N 1 C C 4 M M mm mm mm mm mm 36.0 16.10 .6 27.9 80.12 -14 Referência dimensional mangueira polegada 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 7/8-14 1.7 27.8 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 3/4 .1/16-12 1.0 64.4 75.0 72.1 73.4 45.7 55.9 54.3 85.3 120.5 48.8 38.3 84.3 63.4 71.1 93.1 71.6 - 71.5 52.5 112.3 98.9 86.3 94.14 (-10) Referência dimensional da mangueira: (-8) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS : EP .3 65.7 78.4 9.7 65.2 71.3/16-12 EP -4 -4 -4 -6 -6 -8 -8 .2 - 64.7 39.10 .6 - 79.7 49.8 .9 120.7 94.5 73.8 107.5 102.5 66.9 65.12 - Referência dimensional mangueira 43 EP - 43 C M 3 mm M 4 mm 76.

código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º Prensado REFERÊNCIA: Reusável REFERÊNCIA: 401343 4013EP 391343 (FLANGE SAE J518c .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .código 61) TERMINAL FLANGE 45º Prensado REFERÊNCIA: Reusável REFERÊNCIA: 400343 4003EP 390343 (FLANGE SAE J518c . nº 366 .código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2º Prensado REFERÊNCIA: Reusável REFERÊNCIA: 401043 4010EP 391043 (FLANGE SAE J518c .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .código 61) TERMINAL FLANGE 60º Prensado REFERÊNCIA: Reusável REFERÊNCIA: 401243 4012EP 391243 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 30º Prensado REFERÊNCIA: Reusável 391143 REFERÊNCIA: 401143 4011EP (FLANGE SAE J518c .código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.40 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 43 TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS 43 E EP TERMINAL FLANGE RETO Prensado REFERÊNCIA: Reusável REFERÊNCIA: 400143 4001EP 390143 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 90º Prensado REFERÊNCIA: Reusável REFERÊNCIA: 400243 4002EP 390243 (FLANGE SAE J518c .

9 .3 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 391043 .24 1.3 185.8 142.12 -8 -8 91.9 58.1/2 .3 - 55.32 2 .12 .8 103.9 .8 50.0 213.5 33.0 16.3 29.9 64.32 - 210.4 - 119.3 - .2 M M M M mm mm mm mm mm mm mm mm mm mm mm mm L 1 1 M 3 M mm C - L mm C 8 3/14 C 13 mm C mm C 12 mm 6 mm C 11 mm C EP C 10 mm 4 43 Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 43 EP mm C 3 4 mm 6 7 .1 79.9 85.2 .8 - 113.3 - 180.4 35.10 116.8 185.6 119.5 177.9 58.0 161.8 40.1 - .2 14.3 230.12 107.12 Referência dimensional mangueira C C 1 C 2 C C 5 7 9 -8 51.6 13.7 11.9 118.5 - 88.24 .7 119.4 106.9 - 185.8 228.4 179.32 .12 107.0 132.6 13.24 - 119.9 .2 - 88.8 50.24 .6 115.1 111.10 79.4 115.5 99.10 51.6 180.4 - 185.24 - 187.4 143.9 - 90.2 64.4 - 113.3 - .4 63.4 118.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .12 .12 .24 - 65.3 54.5 21.5 53.8 .2 71.9 121.9 101.São Bernardo .6 116.32 .8 - 55.8 104.3 96.7 118.3 165.2 14.0 120.4 - 90.16 .8 168.4 - 16.4 - 91.5 122.12 63.2 107.8 - 49.5 156.12 .3 42.8 57.8 - 116.7 63.8 61.1 .24 - 66.1 198.7 121.32 - 118.8 - 9.0 108.8 - 53.5 110.9 206.16 - .10 .2 - 113.5 21.32 .3 .41 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 40 Referência dimensional flange A2 Medida nominal flange A2 (pol.32 .12 .5 110.9 118.7 - 74.6 54.2 107.2 67.2 - .3 63.12 - .7 66.24 - 119.32 2 .7 108.0 22.9 .6 112.6 207.6 - 80.6 113.8 104.24 .1 82.7 25.0 - 118.7 95.8 59.3 35.4 M M M 12 M 13 M 15 M 16 N N N mm mm mm mm mm mm mm Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 43 EP 9 10 mm mm mm mm mm 1 2 N 3 N 4 N 5 .3 - 120.7 60.32 - 66.5 177.0 70.3 31.6 156.8 50.2 193.3 70.0 22.12 51.1 218.6 156.5 70.6 113.12 3/4 - .8 73.1 85.3 73.8 79.5 151.24 - 187.7 186.4 198.9 176.5 33.) .1 .1 69.3 - 79.24 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Referência dimensional da mangueira: (-24) 4012EP .7 25. nº 366 .12 63.1 114.4 35.2 68.9 101.4 - 85.8 61.5 90.4 108.10 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-12) Referência dimensional da mangueira: (-10) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: 43 -24 * 4013 -24 * 4002 .8 59.4 120.9 106.12 - -8 53.16 1 - .3 172.12 3/4 - .8 - 115.0 142.3 - 76.3 11.9 64.0 72.3 165.4 178.12 - .5 114.0 - 9.Fax: (19) 3272-0614 .9 .5 73.1 218.6 54.1 113.3 106.3 35.2 .3 120.6 69.2 177.24 * 900 * 270 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-24) Referência do terminal Referência dimensional da flange: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Comprimento da mangueira: 900 mm Ângulo entre os terminais 270º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 96.9 185.5 121.3 29.2 - 111.5 - 133.9 106.2 98.9 - .5 - .12 52.8 120.3 - 186.8 50.7 - 77.0 119.8 40.9 22.1 .

CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .

43 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R1AT) REFERÊNCIA: 53 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 53 .São Bernardo . mm psi kg/cm psi 1/4 3/8 1/2 5/8 3/4 1 1.9 27.0 8.491 0.5 20.907 1.8 43.1/4 6. mm pol.7 2750 2250 2000 1500 1250 1000 625 190 160 140 105 88 70 45 11000 9000 8000 6000 5000 4000 2500 Raio mínimo curvatura 2 kg/cm 770 630 560 420 350 280 176 pol.309 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 31.94 1.41 1.72 13.0 16.7 15.0 9.10 1. nº 366 .4 9.Fax: (19) 3272-0614 . Terminais: Prensados com capa de alumínio ou capa de aço carbono. Cobertura: Camada fina de borracha sintética resistente a óleo e abrasão.208 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 25.5 12.9 35. Faixa de temperatura: de .0 5.12 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 3/4” (-12) Aplicação: Circuito óleo hidráulico de média pressão. Referência 53-4 53-6 53-8 53-10 53-12 53-16 53-20 Diâmetro interno Diâmetro externo Pressão máxima trabalho Pressão mínima ruptura 2 pol.5 17.69 0.40ºC a + 93ºC. Reforço: Um trançado de fios de aço.8 0.342 0.53 0. 4.9 19.0 mm 100 130 180 200 240 300 405 Peso por metro kg/m 0.0 7.5 12.82 0.624 0.416 0.8 23. OBS: Não é necessário remover a cobertura na operação de prensagem dos terminais. Tubo interno: Borracha sintética.

nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

40ºC a + 93ºC.10 5/8 15.45 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO REFERÊNCIA: DT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: DT .0 1.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 100 0.520 DT . Referência Diâmetro interno Diâmetro externo Pressão máxima trabalho Pressão mínima ruptura 2 Raio mínima curvatura 2 Peso por metro pol. Reforço: Dois trançados de fios de aço.4 1.16 1 25.773 DT . Cobertura: Camada fina de borracha sintética resistente a óleo e abrasão. mm kg/m DT .9 2250 160 9000 630 4.1 2750 190 11000 770 4.446 DT .0 152 1. Terminais: Prensados com capa de alumínio ou capa de aço carbono.10 27.95 24.38 35.16 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 1” (-16) Aplicação: Circuito óleo hidráulico de alta pressão.5 0. OBS: Não é necessário remover a cobertura na operação de prensagem dos terminais.624 DT .5 89 0.041 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. mm psi kg/cm psi kg/cm pol. nº 366 .9 0.Fax: (19) 3272-0614 .12 3/4 19.6 3500 245 14000 980 3. Faixa de temperatura: de .81 20.0 2000 140 8000 560 6. mm pol.0 4000 280 16000 1120 2.71 18. Tubo interno: Borracha sintética.6 3/8 9.5 63 0.7 120 0.7 0.8 1/2 12.

nº 366 .São Bernardo . 54 E DT TERMINAL MACHO .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .NPT REFERÊNCIA: 150153 150154 1501DT TERMINAL MACHO .46 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRAS 53.UNF REFERÊNCIA: 180153 180154 1801DT TERMINAL MACHO SEDE 37º REFERÊNCIA: 210153 210154 2101DT TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º REFERÊNCIA: 240153 240154 2401DT C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .

7 28.1/2 .10 .1/16 -12 (-12) Montada com capa de aço: CA Comprimento da mangueira: 1000 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/16-12 1.4 26.5/16-12 1.6 56.12 (-12) Montada com capa de aço: CA Referência dimensional da mangueira: (-12) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE AÇO: DT .16 3/4-14 .16 1.1/2 .0 90.1/16 .6 31.5 75.0 32.6 46.5 38.3 41.12 .2 81.7 30.12 .0 82.3 85.0 68.5 63.8 75.0 1 L L 2 mm 56.0 63.20 polegada Traço 1/8-27 1/4-18 -4 -5 3/8-18 -6 1/4-18 -4 3/8-18 -6 3/8-18 -6 1/2-14 -8 1/2-14 .1/2 .16 .4 56.7 28.2 75.0 28.5/8 -12 (-20) Comprimento da mangueira: 900 mm 210154 .5 30.0 55.5 75.5 100.7 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE ALUMÍNIO: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE ALUMÍNIO: Referência do terminal: Medida da rosca macho: 3/4 .12 .5 89.4 56.9 31.20 * 900 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-20) Referência do terminal Medida da rosca macho: 1.9 42.0 39.1/16-12 1.3 38.12 1-11.20 .7 37.1 69.9 38.16 .3 33.12 .0 70.12 .0 52.5 115.12 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE AÇO: C 2 mm 28.4 56.7 36.0 61.10 .12 1/2-14 -8 3/4-14 .10 .12CA .12 .0 70.6 42.0 43.0 93.5 28.5 65.5 56.5 52.1 56.12 1-11.1/16-12 3/4-16 1.14 (-12) Referência dimensional da mangueira: (-12) 1 54 .5 88.0 80.0 43.10 1/2-14 -8 3/8-18 .7 37.1 45.12CA * 1000 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-12) Referência do terminal Medida da rosca macho: 1.6 46.7 28.1 45.0 37.7 57.47 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 46 Rosca A NPT traço -2 -4 -6 -4 -6 -6 -8 -8 -8 -6 -8 .2 73.0 35.7 78.6 38.0 56.3 73.3 37.0 89.12CA * 2401 .4 37.20 Rosca B UNF polegada 7/16-20 1/2-20 9/16-18 7/16-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 7/8-18 7/8-14 3/4-16 7/8-14 1.6 37.4 28.12 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 1.6 72.0 56. nº 366 .4 35.São Bernardo .10 .5 69.5 49.5 33.16 .16 .1/16-12 1.1/16 -12 (-12) Montada com capa de aço: CA Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.3 34.0 mm 55.7 110.1 55.10 .20 DT -6 -6 -8 -8 -6 -8 .16 .4 26.1 47.20 * 2401 .8 27.2 31.5 53.20 * 2101 .5/16-12 1.4 68.16 - C C mm 23.2 52.16 .0 50.4 38.7 28.7 150153 .7 56.3 61.1/4-11.9 30.9 35.0 64.0 111.2 91.5 mm 27.5 106.8 74.5 26.16 1-11.8 28.5 86.8 78.4 56.4 29.7 48.3 39.4 56.10 .0 45.6 34.5 C 3 mm 27.7 87.2 L L mm 51.0 77.0 82.0 3 mm 54.10 .0 65.3 27.1/2 .3 67.1 78.9 75.5 80.5/8-12 Referência dimensional mangueira 53/54 -4 -4 -4 -4 -6 -6 -8 -8 -6 -8 .5/8 -12 (-20) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.5 61.Fax: (19) 3272-0614 .12 .3 43.5 93.5 114.12 .12 * 2101 .12 .5 90.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .10 .6 30.

São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

5 55.6 27.5/16-12 1.1/16 -12 (-12) Comprimento da mangueira: 800 mm Ângulo entre os terminais: 180º 2415DT .5/8-12 Referência dimensional mangueira 53/54 DT -4 -4 -4 -6 -6 -8 -8 .10 * 2403 .7 27.12 .0 35.0 80.1 10.1 17.0 16.10CA * 3901 .8 19.2 31.0 80.3 55.16 .2 50.10 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.7 101.8 133.3 65.8 110.3 88.8 21.0 34.1/16-12 1.4 9.0 14.0 10.0 59.7 106.3 65.0 8.5 61.0 104.3 61.1/16 .4 43.7 61.0 32.1/16 -12 (-12) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.10 .12 .12 .4 60.20 - C C C 1 2 M M 2 N N 1 N 2 mm mm mm mm mm mm mm mm 31.0 16.12 * 800 * 180 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-12) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 1.3/16-12 1.2 19.1 94.0 56.5 48.4 22.0 65.8 30.3 65.12CA * 1000 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE ALUMÍNIO: 241554 .7 55.49 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 48 Rosca B UNF traço -4 -5 -6 -6 -8 -8 .20 polegada 7/16-20 1/2-20 9/16-18 9/16-18 3/4-16 3/4-16 7/8-14 7/8-14 1.12 (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADOS COM CAPA DE AÇO: 53 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .7 101.0 91.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE ALUMÍNIO: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE ALUMÍNIO: 240353 .2 58.8 30.12 (-12) Referência dimensional da mangueira: (-10) Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-10) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 7/8 -14 (-10) Montada com capa de aço: CA Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-12) Montada com capa de aço: CA Comprimento da mangueira: 1000 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 46.6 28.5 45.10 .7 65.6 21.5 55.8 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE AÇO: Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 7/8 .12 * 2414 .10 .0 134.0 32.7 61.12 * 2415 .12 .16 Referência do terminal: Medida da rosca fêmea: 1.7 62.10 .8 54.14 .3 60.16 .5 59.3 94.5 39.5 28.2 59.0 14.2 46.16 .16 -6 -6 -8 -8 .2 88.2 59.6 34.7 99.1 85.3 108.6 58.7 94.7 98.2 46.7 31.2 41.3 32.1/16-12 1.São Bernardo .10 .3 63.4 43.7 57.5 58.12 .7 148.0 35. nº 366 .0 78.8 46.6 21.14 (-10) Montada com capa de aço: CA Referência dimensional da mangueira: (-8) DT .4 43.5/16 .3 57.10 .Fax: (19) 3272-0614 .3 74.6 83.10CA .7 45.5 28.0 19.3 32.5 61.6 82.3 57.12 .7 33.2 41.12 .4 43.

54 E DT TERMINAL FLANGE RETO REFERÊNCIA: 390153 390154 3901DT (FLANGE SAE J518c .São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.código 61) TERMINAL FLANGE 60º REFERÊNCIA: 391253 391254 3912DT (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 90º REFERÊNCIA: 390253 390254 3902DT (FLANGE SAE J518c .50 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRAS 53.código 61) TERMINAL FLANGE 30º REFERÊNCIA: 391153 391154 3911DT (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º REFERÊNCIA: 391353 391354 3913DT (FLANGE SAE J518c . nº 366 .código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2º REFERÊNCIA: 391053 391054 3910DT (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 45º REFERÊNCIA: 390353 390354 3903DT (FLANGE SAE J518c .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

0 68.2 76.3 55.8 130.12 .16 1 .5 116.5 99.3 103.3 73.10 .5 110.8 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE ALUMÍNIO: 391053 .8 19.1 47.7 81.4 43.8 91.0 81.Fax: (19) 3272-0614 .12 .2 54.6 13.1/4 .1 67.16 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAIS DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE AÇO: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRAS COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE ALUMÍNIO: 53 .5 29.6 75.7 57.3 72.20 * 3913 .3 42.7 138.3 51.9 85 9.16 117.8 57.4 .) 53/54 DT mm mm .5 33.12 110.5 43.0 64.5 49.8 74.20 - Referência dimensional flange A2 Referência dimensional mangueira 53/54 DT C L M M3 mm mm mm mm 55.9 58.3 133.8 25.7 57.5 110.6 52.6 13.12 52.3 22.6 39.1 68.8 75.4 67.2 .9 85 9.9 91.7 .3 55.5 88.16 55.12 .0 64.20 - 139.2 129.16 .2 38.16 .2 M M M N N N N N N M C 1 6 C 2 9 12 15 C 5 1 C6 2 3 4 5 mm mm mm mm mm mm mm mm mm mm .0 1 .3 44.0 89.2 .0 14.12 -8 -8 95.2 .5 43.2 .1 83.2 .5 123.4 108.2 .20 .20 1.12 3/4 -8 -8 50.8 91.6 141.8 63.16 .2 89. nº 366 .12 110.10 100.1 118.8 67.8 60.12 3/4 .6 95.5 139.12 .7 70.5 140.1/2 .10 .8 27.8 66.51 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 50 Referência dimensional mangueira Referência dimensional flange A2 Medida nominal flange A2 (pol.0 14.3 29.24 .1 135 12.2 .20 - .2 92.6 56.24 * 900 * 270 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-20) Referência do terminal Referência dimensional da flange: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Comprimento da mangueira: 900 mm Ângulo entre os terminais: 270º 391254 .16 C3 C4 mm mm mm mm 53.3 21.16 .16 .20CA .12 51.12 .3 48.2 104.0 82.3 80.0 60.8 25.1 101 11.24 * 3902 .7 135 12.24 1.8 61.0 64.2 18.6 39.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .4 108.4 35.6 60.São Bernardo .5 15.6 52.2 106.2 80.3 30.2 79.9 91.1 101 11.7 139.7 92.6 76.5 112 11.7 53.0 67.20 - 138.2 109.7 67.5 33.4 35.7 29.20 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-20) Montada com capa de aço: CA Referência dimensional da mangueira: (-20) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.12 3/4 .2 110.3 118.12 .5 66.4 .8 65.10 .5 56.4 87.6 96.3 48.3 103.

nº 366 .52 NOTAS C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .

mm psi kg/cm 51-8 1/2 12.1 4000 280 16000 1125 12.0 635 4.863 4000 280 16000 1125 9. óleos solúveis em água. Tubo interno: Borracha sintética.380 38.940 1.840 50.0 178 0.11 53.85 47. nº 366 .4 1.8 2500 176 10000 700 25. Reforço: Um trançado parcial de fio têxtil.8 51-24 1.6 2500 176 10000 700 20.8 2. Cobertura: Borracha sintética.1/4 31.0 508 2.5 241 1.670 38.63 66.21 30. mm kg/m 280 16000 1125 7.1 2.92 23.50 51-20 1. mm pol.0 305 1.53 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE SUPER ALTA PRESSÃO REFERÊNCIA: 51 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 51 .130 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 3000 210 12000 840 16.40ºC a + 121ºC. ar comprimido.7 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 1. Terminais: Prensados.São Bernardo .7 51-16 1 25. Referência Diâmetro interno Diâmetro externo Pressão mínima ruptura Pressão máxima trabalho pol.16 Referência da mangueira: Diâmetro interno da mangueira: 1” (-16) Aplicação: Fluidos hidráulicos.5 419 2.4 4000 51-12 3/4 19. e reforço de quatro espirais de fios de aço.Fax: (19) 3272-0614 . derivados de petróleo. Faixa de temperatura: de .1/2 51-32 2 2 Raio mínima curvatura 2 Peso por metro psi kg/cm pol.

NPT REFERÊNCIA: 150151 TERMINAL MACHO .Fax: (19) 3272-0614 .UNF REFERÊNCIA: 180151 TERMINAL MACHO SEDE 37º REFERÊNCIA: 210151 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º REFERÊNCIA: 240151 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.54 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 51 TERMINAL MACHO .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

56 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 51 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 45º REFERÊNCIA: 240351 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA À 90º REFERÊNCIA: 241451 TERMINAL PORCA GIRATÓRIA SEDE 37º COM CURVA LONGA À 90º REFERÊNCIA: 241551 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo . nº 366 .

0 71.12 .5 78.5/8-12 1.20 .32 0.5 135.24 .5 110.0 94.0 71.5 59.12 .16 * 2403 -16 * 3901 .57 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 56 Rosca B UNF traço polegada Referência dimensional mangueira 9/16-18 3/4-16 7/8-14 1.5 94.0 211.12 2.10 1.Fax: (19) 3272-0614 .5/8-12 1.63 1.12 (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) 241551 .72 4.37 4.16 .0 46.5/16 -12 (-16) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-16) Comprimento da mangueira: 1000 mm C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.20 .83 2.0 22.0 123.18 2.32 Referência dimensional mangueira C 1 C M 2 M 2 pol.5 53.5 43.5 73.15 4.58 3.São Bernardo .80 4.12 .5 30.24 2.20 .5 130.22 1.0 61.27 4.63 1.1/16 -12 (-12) Referência do terminal: Medida da rosca fêmea:1.0 108.92 41.16 .0 121.0 134.5 72.0 2.34 2.84 4.78 33. mm 1.0 74.16 .46 2.15 3.20 .0 16.10 .0 63.0 57.0 41.16 .20 .10 0.39 0.81 2.34 2.14 1.0 58.28 2.10 .5 54.83 3.5 28.5 20.85 1.0 - EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 240351 .0 105.5/16-12 1.18 2.0 134.0 41.16 * 1000 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-16) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 1.20 2.0 125.17 4.5 121.20 1.24 .86 5.0 57.5 130.00 4.1/16-12 1.40 2.0 54.0 46.81 2.5/16-12 1. mm pol.14 (-10) Referência dimensional da mangueira: (-8) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: 51.12 .12 .53 4.33 5.5 58.5 73.89 3.74 3. mm pol.61 1.1/16-12 1.12 .0 46.16 .07 3.5 83.5 54.5 78.5 112.1/16 .27 4.16 .5 65.7/8-12 1.88 1.08 1.0 20.5 94.58 2.0 1.44 77.30 2.5 102.0 22.5 3.89 3.5 58. mm pol.14 2.5 59.0 111.0 78.20 .5 31.24 .50 2.20 .5 57.32 C -8 -8 -8 -8 .14 5.5 74.0 123.32 Rosca B UNF traço -6 -8 .42 2.5 101.5 98.29 8.31 8.30 1.91 2.12 .58 2. mm pol.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .24 2.16 .78 4.20 .01 4.79 0.5/16-12 1. mm pol.88 1.79 0.20 .27 3.16 .8 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 7/8 . mm -8 -8 -8 -8 .28 2.24 2.1/2-12 -6 -8 .20 .88 0.14 2.5 65.71 2.92 21.5 125.16 .0 22.5 55. mm pol.5 61.12 5.29 4.5 214.81 2.0 0.5 58.72 3.12 * 2414 -12 * 2415 .0 121.09 3.5 65.78 33.09 10.0 110.79 0.33 - 55.5 106.76 2.16 .24 .5 1.12 .30 1.0 N N 1 N 2 pol.58 2.5 27.13 4.0 46.07 3.0 80.5 82.12 (-12) Comprimento da mangueira: 800 mm Ângulo entre os terminais 180º 51 .16 2.72 4.91 4.0 55.10 .24 .5 78.16 .7/8-12 2.5 43.16 .25 3.5 28.94 5.12 .18 2.1/16-12 1.16 2.5 115. nº 366 .0 55.0 125.33 3.5 80.0 62.05 3.30 2.0 70.55 0.15 4.5/16 .0 94.0 54.0 14.63 0.16 Referência do terminal: Medida da rosca macho: 1.16 .5 54.12 2.5 55.5 109.09 3.0 91.5 65.0 79.15 4.12 .5 80.5 46.43 4.12 * 800 * 180 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-12) Referência do terminal Medida da rosca fêmea: 1.71 2.0 30.81 1.81 2.5 110.60 2.31 69.72 4.5 2.0 20.81 1.24 .

58 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 51 TERMINAL FLANGE RETO REFERÊNCIA: 390151 (FLANGE SAE J518c .código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2º REFERÊNCIA: 391051 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º REFERÊNCIA: 391351 (FLANGE SAE J518c .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .código 61) TERMINAL FLANGE 90º REFERÊNCIA: 390251 (FLANGE SAE J518c . nº 366 .código 61) TERMINAL FLANGE 60º REFERÊNCIA: 391251 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 30º REFERÊNCIA: 391151 (FLANGE SAE J518c .código 61) TERMINAL FLANGE 45º REFERÊNCIA: 390351 (FLANGE SAE J518c .

12 .0 90.03 3.07 3.24 .51 0.60 95.94 4.03 2.09 3.0 2.20 1.47 4.12 5.0 69.63 0.0 115.48 2.76 5.0 125.5 122.52 91.80 3.5 140.0 66.88 9.5 38.5 113.5 39.19 4.5 47.5 57.0 77.35 4.05 52.20 .88 5.26 2. mm pol.5 79.0 29.0 18.1/4 1.0 63.78 4.43 0.0 218. mm 1.38 2.16 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) N5 mm 33.24 .12 .0 51.25 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 390151 .24 13.92 5.20 90.5 22.68 53.0 90.64 3.5 104.51 1.20 .09 4.10 5.5 42.68 4.48 2.0 1.44 2.5 73.24 .0 156.46 2.0 51.46 3.05 52. mm pol.0 116.05 4.0 67.54 5.51 5.0 110.5 51.53 8.0 69.5 27.0 83.70 4.0 3.5 51.08 58.98 3.77 3.0 130.0 119.72 92.0 53.27 4.5 80.5 104.40 2.35 3.5 221.1/2 2 2 Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 .5 77.1/4 1.5 22.0 62.5 225.16 .77 0.35 4.64 2.16 1.36 60.0 63.87 1.85 3.53 4.03 2.22 2.32 Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 .0 27.5 121.0 51.59 0.0 53.0 127.0 53.5 63.82 5.66 4.5 86.5 67.5 31.05 2.00 1.74 3.47 4.0 61.85 1.43 0.5 12.0 104.5 216.0 110.75 1.12 .49 4.5 3.16 .Fax: (19) 3272-0614 . mm pol.53 4.0 2.47 4.18 2.5 25.83 5.0 67.40 1.20 .54 4.16 1.30 2.0 122. mm pol.45 0.5 125.São Bernardo .5 60.59 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 58 Referência Medida Referência dimensional nominal dimensional flange A 2 mangueira flange (pol. mm pol.00 21.63 0.92 8.5 142.32 .5 57.5 52.32 .63 0.5 77.36 60.20 .5 3.5 51.5 73. mm 2.35 4. 3.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 67.55 1.90 56.0 103.64 2.0 2.09 3.0 132.11 79.42 1.68 2.09 2.5 70.0 92.0 82.5 35.0 95.12 .0 16.0 116. nº 366 .50 2.0 101.13 3.42 2.0 2. mm pol.60 4.64 2.5 55.88 0.34 3.0 96. mm 2.24 .94 5.64 67.74 3.5 93.47 0.44 2.12 .82 4.5 93.0 72.88 1.5 86.0 183.5 25.0 106.0 131.40 3. mm pol.0 2.32 1.06 1.0 17.0 124.5 0.38 2.32 3/4 3/4 1 1 1.12 .0 122.74 3.0 62.25 4. mm pol.59 7.0 11.32 C -8 .89 2.45 0.54 2.54 2.03 3.20 .5 L 6 C 1 C3 2 C4 C 5 pol.68 51.75 1.78 4.51 1.12 .66 5.0 78.74 4.0 13.0 2.5 2.24 .20 .89 3.0 108.0 140.5 150.65 2. mm pol.20 55.5 38.20 .62 4.16 .5 78.05 3.5 85.24 .5 130.43 8.77 2.59 0.0 15.0 115.0 119.12 .5 64.09 2.5 119.5 122.0 70.06 5.5 64.5 64.16 .0 106.24 .0 60.37 3. mm pol.12 .52 2.5 129.0 62.08 5.24 .5 145.54 2.0 128.0 16.20 .33 4.98 4.94 5.1/2 1.0 3.37 0.5 73.53 5.5 85.24 .12 5.47 4.0 212.5 11.03 2.0 148.16 .5 30. mm 2.5 M 15 N N 1 N 2 N3 N4 pol.0 110.5 113.0 1.5 73.5 44.05 4.0 132.80 4.0 M M M6 3 M9 M 12 pol.49 114.0 3.0 2.16 2.5 64.12 .0 103.25 4.0 95.5 145.5 pol.89 3.24 .53 0.11 4.5 125.16 2.16 .24 .0 95.72 69.74 4.35 85.40 1.0 0.00 1.5 pol.32 .16 .0 108.83 8.5 71.15 3.24 * 900 * 270 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-24) Referência do terminal Referência dimensional da flange: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Comprimento da mangueira: 900 mm Ângulo entre os terminais 270º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.03 2.20 .11 79.5 44.5 19.06 1.20 . mm 1.91 2.64 2.00 55.12 .86 93.74 2.5 39.5 0.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: 51 -24 * 3902 -24 * 3911 .0 4.5 49.) A2 . mm pol. mm pol.48 2.16 5.0 71.0 122.0 68.73 8.57 5.55 1.80 2.5 114.09 4.5 22.93 2.5 63.20 . mm pol.5 35.0 36.5 15.20 .68 6.82 48.26 2.5 36.5 140.5 3.5 110.5 129.80 5.20 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-20) Referência dimensional da mangueira: (-20) 391251 .09 2.0 138.14 88. mm pol.5 11.69 0.0 101.73 0.0 3.54 3.0 11.40 3.32 -8 .03 2.20 5.16 .54 2.0 16.0 124.5 85.35 5.0 150.32 -8 .69 43.20 .87 29.03 2.0 141.16 .0 129.0 2.32 C C pol.5 64.19 4.5 121.24 .0 148.73 5.16 .12 .16 .16 .0 3.16 .

código 62) TERMINAL FLANGE 22 1/2º REFERÊNCIA: 491051 (FLANGE SAE J518c .código 62) TERMINAL FLANGE 90º REFERÊNCIA: 490251 (FLANGE SAE J518c . nº 366 .60 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA 51 TERMINAL FLANGE RETO REFERÊNCIA: 490151 (FLANGE SAE J518c .código 62) TERMINAL FLANGE 45º REFERÊNCIA: 490351 (FLANGE SAE J518c .código 62) TERMINAL FLANGE 67 1/2º REFERÊNCIA: 491351 (FLANGE SAE J518c .código 62) TERMINAL FLANGE 60º REFERÊNCIA: 491251 (FLANGE SAE J518c .São Bernardo .código 62) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .código 62) TERMINAL FLANGE 30º REFERÊNCIA: 491151 (FLANGE SAE J518c .Fax: (19) 3272-0614 .

0 56.16 .72 2.09 3.21 5.0 1.0 15.0 35.51 5.5 67.16 .97 3.32 .0 185.5 78.24 * 900 * 270 Referência da mangueira: Referência dimensional da mangueira: (-24) Referência do terminal Referência dimensional da flange: (-24) Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-24) Comprimento da mangueira: 900 mm Ângulo entre os terminais 270º C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.53 16. mm pol. mm pol.5 195.24 .98 1.0 82.70 9.0 71.5 71.5 110.51 8.5 4.98 113.38 8.5 73.45 4.74 2.84 4. mm pol.13 4.5 121.5 73.79 2.80 43.5 13.0 123. mm 3.26 1.0 22.12 .70 2.55 0. mm pol.5 2.69 1.5 32.5 78.32 .12 .0 134.25 4.0 35.5 19.89 3.38 1. mm 2.24 .0 51.32 Referência Referência dimensional dimensional flange mangueira A2 .70 5.5 85.0 115.16 . mm pol.80 4.94 5.53 0.31 4. mm pol.0 67.0 79.98 3.0 28.5 137.12 .0 70.53 4.0 125.0 47.61 4.0 125.5 4.5 44.84 108.80 4.21 4.13 2.20 .52 2.45 69.02 5.0 224.5 229.25 3.5 M N 15 N N 1 N3 2 N4 N5 pol. mm pol.27 7.24 .38 39.12 .12 .0 121.0 21.16 .20 .26 2. mm pol.5 78.5 60.83 0.5 114.89 3.Fax: (19) 3272-0614 .63 69.0 112.42 3.0 67.20 5.12 .5 75.31 4.5 126.32 C C C 1 C3 2 C4 C 5 pol.92 5.5 86.96 5.20 .83 2.77 0.5 140.20 .5 134.96 109.51 64.0 0.20 .0 30.55 4.15 3.5 132.39 7.5 68.26 3.20 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-20) Referência dimensional da mangueira: (-20) 491251 .0 72.92 5.5 4.0 39.0 133.34 2.0 180.78 4.29 7.71 3.32 .60 2.5 73.0 140.0 110.81 3.0 143.5 79.05 2.87 1.10 12.São Bernardo .0 4.0 122.20 .16 .5 123.0 181.5 115.0 82.0 125. mm pol. mm pol.43 66.99 3. mm pol.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .12 3.0 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: 490151 .0 135.5 54. mm 2.0 1.20 . mm pol.5 57.11 3.66 5.0 80.54 2.31 64.5 2.35 4.63 1.00 2.5 116.12 105.87 3.54 3.5 77.17 5.1/4 1.0 138.0 122.36 28.65 0.0 138.0 C6 L M M M6 3 M9 M 12 pol.5 2.41 4. mm pol.0 212.59 4.5 119.0 80.35 4.0 2.64 2.0 41.) A2 .5 227.12 5.0 129.5 25.16 .20 7.09 8.49 0.20 2.12 .0 117.1/4 1.0 74.23 5.74 0. mm pol.0 4.25 5.53 1.73 1.14 2.77 3.82 57.15 112.12 .10 1.24 .62 2.76 5.0 46.13 3.5 232.0 91.5 79.0 122.30 9.81 2.20 2.27 7.5 18.0 130.16 Referência do terminal: Referência dimensional da flange: (-16) Referência dimensional da mangueira: (-16) EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: 51 -24 * 4902 -24 * 4911 .16 .16 .82 5.38 1.24 .86 5.35 4.71 0.61 0.0 109.87 1.30 8.0 85.20 .16 . mm pol.5 48.64 2.5 82.0 2.49 4.0 187.20 .5 140. mm pol.91 3.07 3.35 101.0 54.16 .60 61.24 7.98 4.20 .32 3/4 1 1 1.0 89.20 1.16 .0 19.0 0. nº 366 .5 130.5 81.0 76.0 1. mm pol.5 134.76 4.16 .12 5.43 4.0 34.0 2.5 79.1/2 2 Referência Referência dimensional dimensional mangueira flange A2 .0 101.5 14.0 54.89 3.5 132.0 90.50 5.0 122.16 .5 81.61 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 60 Referência Medida Referência dimensional nominal dimensional flange A2 mangueira flange (pol.12 .08 56.5 4.5 77.21 3.14 2.11 3.5 228.0 121.0 66.35 4.0 127.0 185.09 2.24 .0 96.03 107.

São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .62 MANGUEIRAS E TERMINAIS UNIÃO ADAPTADOR PARA MANGUEIRA REFERÊNCIA: 430160 JOELHO COM CURVA 90º PARA MANGUEIRA REFERÊNCIA: 430260 JOELHO COM CURVA 45º PARA MANGUEIRA REFERÊNCIA: 430360 JOELHO ORIENTÁVEL COM CURVA 90º PARA MANGUEIRA REFERÊNCIA: 430220 + 0 JOELHO ORIENTÁVEL COM CURVA 45º PARA MANGUEIRA REFERÊNCIA: 430320 + 0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

312 0.1/16-12 9/16-18 3/4-16 1.160 1. 1.63 MANGUEIRAS E TERMINAIS DIMENSÕES DOS TERMINAIS DE MANGUEIRAS ILUSTRADOS NA PÁGINA 62 Traço -4 -5 -5 -6 -6 -6 -8 -8 -8 -8 .33 1.1 39.21 1.12 .2 31.7 45.09 1.30 1.21 1.60 1. pol.46 29.15 2.78 0.47 1.8 54.92 9.05 1.8 .90 1.5 40.7 29.750 0.160 1.5 29.5 40.88 15.45 1.70 28.6 42.7 35.34 1.160 1.3/8 M mm ØE pol.8 39. 0.14 1.7 33.5 29.3 42.50 1.79 1.6 41.3 52.25 1.7 45.14 1.46 29.40 25.79 1.68 1.88 19.1 34.2 28.750 0.130 1.5 36.81 0.16 -4 -2 -4 -2 -4 -6 -4 -6 -8 .9 33.12 .690 0.12 .30 1.1 1.Fax: (19) 3272-0614 .09 1.47 1.92 10.8 26.9 29.1 37.8 32.03 1.1 26.14 10.8 32.0 43.0 33.10 .2 34.68 1.45 1.1/8 1.820 0.03 1.50 1.12 -8 .05 1.70 12.84 0.05 1.6 42.3 19.5 40.8 37.6 42.7 26.49 1.43 1.9 38.2 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE CONEXÃO DE MANGUEIRA: 430160 .96 2.430 0.92 7.50 1.30 1.73 1. 1.19 1.9 47.1/8 1.000 1.47 1.16 Traço Diâmetro interno mangueira Rosca A NPT pol.49 1.8 54.7 45.66 15.6 42.43 1.69 1.52 9.68 1.0 31.50 1.93 1.690 0.6 56.52 12.03 1.10 -4 -2 -4 -2 -4 -6 -4 -6 -8 .41 1.79 1.5 36.53 17.3 31.375 0.1/16-12 1.625 0.2 31.1 38.8 36.69 1.79 1.21 2.46 29.96 2.94 2.130 1.73 1.28 1.30 1.15 2.0 43.50 1.2 27.99 0.6 56.160 1.160 1.7 45.160 1.9 48.0 33.3 35.0 30.12 -6 -8 .30 1.03 1.9 38.46 29.39 1.78 0.16 .99 0.70 28.38 1.53 1.5 32.1/16 3/4 7/8 1.56 ØF mm 6.83 26.70 28.7 3 pol.360 0.33 1.000 mm 37.47 1.94 1.0 35. 0.55 37.64 1.1 36.34 1.4 38.79 1.500 0.16 .10 .0 33.1 39.3 34.46 29.92 N 2 mm 38.8 32.9 29.83 20.43 1. 0.0 43.39 1.8 24.28 1.46 29.91 0.1 25.2 32.560 0.73 1.15 2.1 33.0 21.160 1.500 0.8 49.03 1.46 29.1 49.05 1.1 49.03 1. nº 366 .1 18.1 38.8 54.5 46. 1.86 mm 26.70 12. -4 -5 -5 -6 -6 -6 -8 -8 -8 -8 .60 1.55 N 1 pol.10 .2 26.0 33.05 25.22 14.130 1.46 29.46 29.73 1.9 40.58 1.0 49.7 45.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .65 1.92 26.41 1.3 38.15 1. 0.21 2.92 14.3 25.50 1.60 1.1 21.8 49.8 49.625 0.46 29.82 pol.16 .79 1.1 54.2 31.8 37.130 1.12 -8 .68 1.37 9.250 0.1 34.12 .0 43.15 1.33 1.25 1.70 28.6 56.36 1.70 15.49 1.39 1.8 40.36 1.2 26.22 1.000 1.70 29.060 I mm 7.1 16.3 35.9 39.6 42.6 25.46 M 2 pol.90 1.1/2 Diâmetro interno mangueira pol.3 42.290 0.7 45.3 37.05 19.38 1.060 1. 38.03 1.56 1.3 42.25 1.39 1.35 7.6 41.1 37.560 0.28 1.6 pol.49 1.64 1.1/16-12 9/16-18 3/4-16 1.8 23.99 1.12 .68 1.1 61.130 1.50 1.12 .10 .14 (-8) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.7 32.57 1. 1.60 1. mm 26.92 0.1/16 7/8 7/8 1.160 1.4 19.160 1.625 0.3 49.14 9.130 1.53 20.22 1.5 42.70 12.7 35. 9/16 7/16 9/16 1/2 9/16 11/16 5/8 11/16 7/8 1.7 45.1/16 1.79 1.0 34.3 39.160 1.4 20.15 2.8 40.820 0.7 45.31 1.2 pol.79 1.375 0.160 mm 28.22 14.2 pol.68 1.2 1.59 1.94 1.9 48.22 17.10 .12 -6 -8 .40 25.0 33.560 0.0 35.26 1.34 1.90 1.8 39.92 10.46 29.25 1.3 36.05 19.0 49.5 42.São Bernardo .4 pol.3 38.1 33.82 Rosca B UNF pol.96 2.8 49.93 1.1/16-12 3/4-16 1.83 20.70 28.68 1.26 1.8 36.50 1.560 0.52 9.13 1.53 1.3 38.79 0.30 1.16 .57 1.2 31.3 38.68 1.45 1.94 1.45 1.0 26.16 1/4 5/16 5/16 3/8 3/8 3/8 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 5/8 3/4 3/4 3/4 1 1 1 M pol.53 33.060 1.12 -6 -8 .4 mm 48.160 1.8 Referência da conexão: Diâmetro interno da mangueira:1/2” (-8) Medida da rosca macho:1/2 .12 .53 17.8 36.43 N 3 mm pol.12 -6 -8 .92 26.16 .3 35.14 1.430 0. 7/16-20 7/16-20 7/16-20 9/16-18 7/16-20 9/16-18 3/4-16 1.312 0.1 36. 1/4 5/16 5/16 3/8 3/8 3/8 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 5/8 3/4 3/4 3/4 1 1 1 1/4-18 1/8-27 1/4-18 1/8-27 1/4-18 3/8-18 1/4-18 3/8-18 1/2-14 3/4-14 3/8-18 1/2-14 3/4-14 3/8-18 1/2-14 3/4-14 1/2-14 3/4-14 1-11.5/16-12 N mm C 1.820 1.96 0.7 29.7 26.53 1.3 39.750 1.0 37.7 26.40 M 1 mm 20.500 0.5 40.500 0.375 0.60 1.6 42.0 3.9 40.5 46.12 . L pol.46 29.430 0.05 pol.58 1. 1.84 0.60 1.88 15.690 0.71 0.5 40.0 27.360 0.14 1.22 14.160 1.56 1.43 1.26 1.6 56.2 26.

56 3.531 13.50 1.41 0.89 0.03 26.16 Referência Medida nominal flange: 1” (-16) OBS: 2.59 61.16 1.Para solicitação da flange completa com parafusos métricos.08 17.406 10.0 0.49 16.91 0.280 32.470 62.16 0.00 22.515 13.94 24.406 10. DIMENSÕES PARA FLANGE .Flange SAE Código 62 DIMENSÕES PARA FLANGE .0 0.125 66.56 2.385 0.656 13.530 1.1/4 .295 7.406 51.625 0.24 0.Para solicitação da flange completa com parafusos.(SAE J518c .13 1.295 0.625 3. mm pol.88 1. mm pol.156 80.156 2.26 2 -32 3.62 16.91 13.0 0.0 0.295 7.703 15.74 3.875 22.80 2.438 11.0 25. mm pol.31 0.Código 61) Medida nominal flange (pol. mm pol.15 0.26 1.062 52.062 77.0 16.16 1.88 22.48 2.07 1.750 2.24 0.78 12.531 0.781 19.44 ØD F ØJ Q ØT U pol.62 16.84 1.1/4 1.49 0.06 0.12 .594 0.80 0.656 42.906 48. V X 110162.37 0.07 2.49 1.82 0.06 52.77 0. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 110161-20 PM C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .(SAE J518c .030 44.38 0.0 1.Flange SAE -Código 61 Dimensões em mm.406 10.469 11. arruelas e O-ring acrescentar na referência a letra “ P”.531 54.475 12.660 67.0 0.) traço pol.68 79. mm pol.20 -24 2. mm pol.51 2.62 14.0 2. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: 110161-16 P 110161 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .355 9.29 0.000 50.09 0.20 -24 2.23 3/4 1 mm OBS: 1.06 1.86 2 -32 2.720 2. mm mm pol.69 38.69 50.0 1.88 18. mm pol.875 47. mm 3/4 .72 69.49 0.02 38.91 1.94 24.89 1.1/2 .45 51.) traço ØD F ØJ Q ØT U V X pol.12 28.0 0.0 30.31 0.0 1.515 38.22 1.547 13.49 7.312 2.0 43.531 11.812 96.31 33.85 0.86 2.31 0.719 15.12 1. nº 366 .76 64.0 0.0 0.781 45. .0 0.844 21.0 1.475 9.44 37.49 1.64 FLANGE SAE FLANGE SAE 110161.325 8.1/2 .13 1 1.000 43.355 9.469 0.250 57.56 0.245 6. mm pol.844 72. mm pol. arruelas e O-ring acrescentar na referência as letras “ PM”.São Bernardo .02 2.75 19.469 11. mm pol.56 14.531 38.0 0.Código 62) Medida nominal flange (pol.63 0. mm pol.0 0.08 1. mm pol.66 1.750 58.265 32.031 2.19 27.

Fax: (19) 3272-0614 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .São Bernardo .65 NOTAS C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .

Brasil Fone: (19) 3272-4133 .com. nº 366 . c o m .Fax: (19) 3272-0614 CENTRAL DE VENDAS ON LINE http://www. b r Central Hidraulica e Pneumática CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados w w w .chp.br/vendas.htm Catálogo Ermeto 504 .São Bernardo CEP: 13030-600 Campinas/SP .Mangueiras e Terminais . c h p .

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .

Fax: (19) 3272-0614 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .São Bernardo .

.... 69 70 70 66 66 67 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 ..... CFR. 68 68 68 FLANGE SAE Conjunto de Flange SAE 3000 PSI (Código 61) Conjunto de Flange Reforçada SAE 6000 PSI (Código 62) Conjunto de Flange Reforçada Métrica SAE 6000 psi (Código 62) CF.3 ÍNDICE Página MODELO DE TERMINAL NOME DO TERMINAL REFERÊNCIA TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS MAP e MEAP Terminal para Tubo Terminal Ponta Lisa Terminal Macho Terminal Curvo Terminal Flange Terminal ASA (24º) TTAP TLAP TMAP TCAP TFAP TASAP 40 40 41 42 42-43 44 TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAP Terminal para Tubo Terminal Ponta Lisa Terminal Macho Terminal Curvo Terminal Flange Terminal ASA (24º) PT PL PM PC PF PAS 45 45 45 45 46-47 47 TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAPAT Terminal para Tubo Terminal Ponta Lisa Terminal Macho Terminal Curvo Terminal Flange PTAT PLAT PMAT PCAT PFAT 49 49 50 51 51-52 TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAPDT Terminal para Tubo Terminal Ponta Lisa Terminal Macho Terminal Curvo Terminal Flange PTDT PLDT PMDT PCDT PFDT 54 54 55 56 56-57 TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP Terminal para Tubo Terminal Ponta Lisa Terminal Macho Terminal Curvo Terminal Flange Terminal Flange Reforçada Terminal ASA (24º) PTSP PLSP PMSP PCSP PFSP PFRSP PASSP 59 59 60 61 61-62 63-64 64 TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA DE TEFLON Terminal para Tubo Terminal Ponta Lisa Terminal Macho-NPT TTTF TLTF TMTF PROCEDIMENTO PARA MONTAGEM DE TERMINAIS Procedimento de Montagem dos Terminais Reusáveis para Mangueiras MBP Procedimento de Montagem dos Terminais Reusáveis para Mangueiras MMP Procedimento de Montagem dos Terminais Reusáveis para Mangueiras MAP e MEAP Procedimento de Montagem dos Terminais Reusáveis para Mangueiras MTF 20 26 44 67 VEDADORES Junta de Vedação Cortante de Aço Junta de Vedação de Borracha Junta de Vedação de Cobre JK.São Bernardo ... JOR. CFRM. JC...CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

esforços externos ou a combinação de ambos. bem como ao se calcular o comprimento da mesma. 1 .Quando o raio de curvatura é menor que o mínimo especificado. a aparência da instalação não será adequada e um custo desnecessário de equipamento será envolvido. As mangueiras de teflon (nossa referência MTF) e as mangueiras de média pressão (nossa referência MMP) são exceções ao sistema de identificação apresentado acima. Pode ser constituído de uma ou mais camadas de fios têxteis ou fios metálicos. Se o comprimento é excessivo. ou mangueira -6. Nesses casos a identificação dimensional é efetuada baseada no diâmetro nominal dos tubos que elas substituem. A operação segura e a vida dos circuitos montados utilizandose mangueiras.Comprimento adequado de mangueira é necessário para distribuir movimento nas aplicações com flexão e evitar abrasão. verificar se a mangueira não está torcida. Normalmente é fabricado com borrachas sintéticas de alta resistência. IDENTIFICAÇÃO DIMENSIONAL DE MANGUEIRAS A identificação dimensional das mangueiras está baseada no sistema denominado traços (-). CUIDADOS NA SELEÇÃO E NA INSTALAÇÃO DE MANGUEIRAS A correta instalação da mangueira é essencial para um desempenho satisfatório.Em caso de curvas deve-se dar atenção ao raio de curvatura mínimo especificado para cada tipo de mangueira. Assim temos: . mangueira traço 6.Na instalação.reforço .São Bernardo . use conexão angular para evitar dobras. CONSTRUÇÃO DE MANGUEIRAS As mangueiras usadas na condução de fluidos sob pressão são constituídas de três elementos básicos. Tubo interno tem a função principal de propiciar a condução do fluido e deve possuir características de modo a ser compatível com o mesmo. deve-se prever uma pequena folga devido ao fato de que pressionadas. Cobertura é normalmente fabricada com borrachas sintéticas de alta resistência.4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS Mangueiras são elementos flexíveis normalmente utilizados para interligar hidraulicamente componentes sujeitos a movimento relativo e/ou vibrações. Por exemplo: Diâmetro interno 3/8 polegada = 6/16 polegada = 6 x 1/16 ou seja. Reforço tem a função de dar a necessária resistência aos esforços internos de pressão. lembrar-se de que os terminais não são flexíveis. as mesmas apresentam variações no seu comprimento. CERTO ERRADO CERTO 3 .tubo interno . Se a montagem da mangueira for curta para permitir flexibilidade e mudança de comprimento durante a expansão ou contração. ERRADO CERTO 5 .Fax: (19) 3272-0614 . abrasão e/ou intempéries. a vida útil de trabalho da mangueira será reduzida. dependendo das faixas de pressão a que a mangueira irá ser submetida.Na montagem da mangueira em linha reta. que consiste em medir o diâmetro interno da mangueira em polegadas e converter esta medida em 16 avos de polegada. O traço da mangueira corresponde ao número de 1/16 avos de polegada relativos ao diâmetro interno da mesma. nº 366 . dependem em muito da observação dos seguintes cuidados na seleção adequada da mangueira: a) pressões b) faixa de temperaturas c) raios de curvatura a que a mesma estará sujeita Especifique os terminais e considere os seguintes diagramas como orientação: ERRADO CERTO C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.cobertura ERRADO 2. sendo que cada um deles tem funções definidas. e tem como principal função a proteção do reforço e do tubo interno contra danos causados por ação química. ERRADO CERTO 4 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

Sempre que possível é interessante especificar-se mangueiras de comprimentos múltiplos de: a . 10 e 12 . incluindo os seus respectivos terminais (quando existirem) conforme mostram as figuras.Use joelhos ou outras conexões quanto necessário a fim de eliminar comprimento excessivo de mangueira e proporcionar uma instalação racional e de fácil manutenção.1.Traço 16 .16000 milímetros b .0% + 3% 1% C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. COMPRIMENTO DE MANGUEIRAS O comprimento de qualquer mangueira hidráulica ERMETO é a distância entre as extremidades da mesma.Evitar o contacto da mangueira com partes em temperaturas elevadas.16 -20 a .10 + 1.Evitar a torção da mangueira curvada em dois planos através de braçadeira fixada na mudança de plano.50 milímetros para comprimentos até 1000 milímetros b.Fax: (19) 3272-0614 . L = comprimento mangueira ERRADO CERTO 7 .32 + 10 + 12 .5 + 15 + 20 .5 .100 milímetros para comprimentos acima de 1000 milímetros 3.Traços 4. Comprimento máximo possível para mangueiras: Para as mangueiras ERMETO em qualquer traço o comprimento máximo é de 19000 milímetros. nossa referência MTF. exceção feita feita a mangueira de teflon.8 + 20 + 25 .6000 milímetros 2. nº 366 .10 . isolar a mangueira.5% . ERRADO CERTO 8 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . a .São Bernardo . 1. CERTO ERRADO acima de até 1000 acima de até 2000 acima de até 6500 acima de 500 1000 2000 6500 Variação permissível (tolerância) no comprimento (mm) p/mangueira p/mangueira até . dobrando a mangueira no mesmo plano do movimento da peça em que os terminais estão conectados. Variação permissível (tolerância) no comprimento de mangueiras Comprimento (mm) até 500 ERRADO CERTO 9 . 8.5 INFORMAÇÕES TÉCNICAS 6 .5 . 5. 6.Impedir a torção. Se isto não for possível.

2. OBS:É importante salientar que os terminais Reusáveis ou Prensados não apresentam vantagem ou desvantagem de um em relação ao outro. montado com Conjunto de Flange Reforçada . 1.Terminal Prensado: É um modelo de terminal que uma vez prensado na mangueira.4 8 9. Aço SAE 12L14 trefilado Fornecidos sob consulta Latão Inox Latão Inox SAE 30316 SAE CA 360 laminado e extrudado e trefilado trefilado.Terminal Ponta Lisa: este tipo de terminal tem a característica de transformar a extremidade da mangueira em tubo. o que certamente induzirá a vazamento.Fax: (19) 3272-0614 . como mostra a figura.1-Flange SAE J518c . 2 . 5 . não permite ser novamente desmontado.Terminal Curvo: este tipo de terminal tem a característica de transformar a extremidade da mangueira em tubo curvado que possui sempre o ângulo de 90º.Terminal para Tubo: possui extremidade com Sistema Ermeto e tem a característica de permitir a ligação da mangueira diretamente a: Diâmetros externos de tubos (mm) 4 5 6 6.SAE 6000 PSI. MAPAT e MAPDT são fornecidas em: Alumínio SAE 6061 TRATAMENTOS SUPERFICIAIS Material Aço Latão Inox Alumínio Tratamento Superficial Fosfatização de acordo com SAE J514 APR 80 -resiste a 32 horas de ensaio de Névoa Salina (Salt Spray) ASTM B 117 Decapagem Passivação Passivação Banho de Prata (Porca Aperto) Anodização C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Latão Execução Normal SAE CA 270 Inox SAE 30316trefilado trefilado.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Exemplo: Terminal para Tubo. OBS: A rosca utilizada no sistema Ermeto do terminal para tubo. 2 .Terminal Reusável Tipo Concha: Fornecemos sob consulta capas de terminais reusáveis tipo concha para mangueiras de 4 espirais de aço traços -16. 6.: 1. tratado termicamente.5 10 12 12.Terminal ASA (24º): tem a característica de transformar a extremidade da mangueira em um cone de 24º que pode ser ligado a qualquer produto que possui extremidade com Sistema Ermeto. -20 e -24.Terminal Reusável: É um modelo de terminal que permite ser reutilizado no caso da mangueira se danificar. montado com Conjunto de Flange . Pode ser facilmente montado ou desmontado conforme procedimentos de montagem descritos para cada tipo de mangueira. Execução PH Inox ASTM A 564-630 (17-4 PH) Latão Execução AG SAE CA 360 Inox SAE 30316 trefilado trefilado (Banho de Prata) 3 . que representam a tendência mundial de metrificação dos circuitos fluídicos e que possuem um nível de atendimento mais elevado por parte de nossos estoques. 1.São Bernardo .4 28 30 32 35 38 42 Diâmetros externos de tubos preferenciais.Terminal Macho: este tipo de terminal tem a característica de transformar a extremidade da mangueira em rosca macho. MATÉRIAS PRIMAS Matéria Prima Componentes Corpo do terminal Anel de Penetração Porca de Aperto Aço Aço SAE 12L14 laminado e trefilado Aço SAE 1008/1010trefilado. TIPOS DE TERMINAIS CORREPONDENTES E SUAS LIGAÇÕES 5.Código 61. São disponíveis nas seguintes roscas: - NPT cônica (norma SAE J476a) BSP paralela (norma DIN 259) Métrica paralela (norma DIN 13) UNF paralela (norma SAE J475a) 4 .SAE 6000 PSI (vide página 70). pois carece de garganta para alojamento de vedação.2-Flange SAE J518c . nº 366 .7 14 15 16 18 19 20 22 25 25.6 INFORMAÇÕES TÉCNICAS MODELO DE TERMINAL 5. quanto a sua utilização.As capas dos terminais prensados para as mangueiras MPMPAT. 7.Os terminais em Latão ou Inox são fornecidos somente sob consulta. ou Conjunto de Flange Reforçada Métrica .Código 62. é métrica macho e não pode ser utilizada contra rosca fêmea.Terminal Flange: este tipo de terminal tem a característica de transformar a extremidade da mangueira em flange que pode ser de dois tipos: OBS.SAE 3000 PSI (vide página 69).

Macho. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MTLAP 12X6 Montado com porca de aperto e anel de penetração cravado: M Referência do terminal: TLAP 12X6 4 . tais como.Mangueira montada com terminais nas duas extremidades: para terminais retilíneos como Terminal para Tubo. nº 366 . tem sempre a finalidade de proteção contra ação do meio ambiente. Para solicitar sem porca e anel. REVESTIMENTO DE MANGUEIRAS Os revestimentos efetuados sobre mangueiras. não é necessário repetir a referência quando se deseja o mesmo terminal nas duas extremidades da mangueira. Podemos fornecer as nossas mangueiras com revestimentos de proteção como descrito na tabela.Mangueira montada com terminal somente em uma das extremidades: neste caso aparece o código “ST” (Sem Terminal).Terminal Ponta Lisa: é fornecido normalmente sem porca de aperto e anel de penetração.Mangueiras montadas nas duas extremidades com terminais curvos: é necessário repetir a referência dos terminais. mesmo que seja o mesmo nas duas extremidades da mangueira.São Bernardo . ação corrosiva ou ação abrasiva. É importante também especificar o ângulo entre os terminais. Este ângulo é expresso em graus e obtido entre as linhas de centro dos terminais visto de frente e medido no sentido antihorário. Cada informação da mangueira deve ser separada pelo sinal de asterisco (*).7 INFORMAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES DE MANGUEIRAS E TERMINAIS 1 . Ponta Lisa: PL 42x24 Comprimento mangueira: 2000 mm Código de revestimento: *TRAMT Código mola espiral com secção trasnversal circular: * MC C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: DTTMP 14X8 Fornecido sem porca de aperto e sem anel de penetração : D Referência do terminal: TTMP 14X8 5 .Fax: (19) 3272-0614 .Terminal para Tubo: é fornecido normalmente com porca de aperto e anel de penetração.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . alta temperatura. ação de óleos ou graxas. Term. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MMP-16* TM3/4 NPT* ST* 2000 Ref: da mangueira: MMP-16 Ref: terminal macho: TMMP 3/4 NPTx16 Outra extremidade sem terminal: ST Comprimento da mangueira: 2000 mm 3 . Ponta Lisa. da mangueira: MPMP-12 Ref: dos terminais para tubo: PT20x12 Comprimento da mangueira: 1800 mm 2 . Para solicitar com porca e anel acrescentar antes da referência do terminal a letra “M”. Notar que este ângulo varia de 0º a 360º. EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MAP-24*PC38*PF2x90*2000*225 Ref: da mangueira: MAP-24 Ref: terminal curvo: PC 38x24 Ref: terminal flange: PF 2x90x24 Comprimento da mangueira : 2000 mm Angulo entre os terminais: 225º EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MPMP-12*PT20*1800 Ref. Tipo de Revestimento Aplicação Indicada Código do Revestimento Uma trama de fios de amianto Temperatura ambiente de até 200ºC * TRAM Duas tramas de fios de amianto Temperatura ambiente de até 300ºC *(2) TRAM Duas tramas de fios amianto com impregnação de Neoprene Temperatura ambiente até 300ºC e ação de óleos e/ou graxas Duas tramas de fios de amianto com impregnação de Teflon Temperatura ambiente até 300ºC e ação de óleos * TRAM graxas ou produtos cor* TRAMT rosivos compatíveis com Teflon Uma trama de arame de aço galvanizado Proteção contra ação abrasiva Uma trama de arame e de aço inoxidável Proteção contra ação abrasiva em ambiente corrosivo Mola espiral com secção transversal circular Proteção contra ação abrasiva e/ou evitar que o raio de curvatura se torne menor que mínimo recomendado para a mangueira Mola espiral com secção transversal retangular Uma trama de fibra de vidro com impregnação de silicone * TRAM * TRAMN * TRAG * TRAI * MC * MR Temperatura ambiente de até 260ºC * TRAVS EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MAP-24*PL42*2000*TRAMT*MC Referência da mangueira: MAP-24 Ref. Flange Reto e ASA. acrescentar na referência do terminal a letra “D”. A identificação do ângulo entre os terminais é sempre depois do comprimento da mangueira.

vazamentos. ocorre uma restrição por fricção interna no fluido. 7. 2. 4 . 8 . 3. Deve-se compreender que. o que induz a um aumento de temperatura do mesmo. separação terminal/mangueira. Para se ter uma idéia deste tipo de problema.Ação abrasiva sobre a mangueira 10-Uso inadequado. montagem inadequada Um erro típico de montagem mangueira/terminal é aquele onde a espessura da parede da mangueira é grande para o terminal. 6 . por exemplo. 4. montagem de terminal errado para a mangueira 2. uma separação da mangueira e seu terminal. a vida da mangueira é drasticamente reduzida. 7 . pode-se esperar também uma redução na vida da mangueira.RAIO DE CURVATURA Quando utiliza-se mangueiras em raios de curvatura menores que o raio mínimo recomendado.ERROS DE MONTAGEM MANGUEIRA/TERMINAL Quando uma mangueira sai do terminal. de modo que a montagem não ocorre sem que haja dano na mangueira.Utilização em faixa de temperatura não recomendada. Quando excede-se a máxima pressão de utilização recomendada o fator de segurança é reduzido. 9 . pelo menos.FAIXA DE PRESSÕES As mangueiras não devem ser submetidas a faixas de pressões diferentes da recomendada. Se este fato não é considerado e se uma mangueira é instalada completamente esticada. 2 . evitando portanto que ela venha a trabalhar torcida. sejam internas ou externas. pode causar uma série de problemas tais como: ressecamento ou dissolução do material da mangueira. Se não ocorrer o escapamento do terminal haverá. 9.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . um maior custo de operação do equipamento. degrau. Isto resulta numa diminuição da vida da mangueira. Em sistemas hidráulicos sujeitos a golpes/impulsos de pressão frequentes. quanto menor o raio de curvatura maior será a solicitação da parte externa e o risco de se ter dobramento na parte interna da região curvada da mangueira. 1.Instalação inadequada. puxador.Alinhamento inadequado .INSTALAÇÃO INADEQUADA Instalação de mangueiras efetuada de maneira inadequada é uma das maiores causas de falhas das mesmas. 3 .Mangueira torcida. nº 366 .Utilização com raio de curvatura inferior ao mínimo recomendado. induzindo a vazamentos. no terminal ou em ambos.Fax: (19) 3272-0614 .Utilização em fluidos não compatíveis.Utilização em faixa de pressões não recomendada. ou com partes móveis de máquinas ou equipamentos. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Caso tenhamos.ALINHAMENTO Deve se manter a mangueira alinhada. entupimento do circuito por desprendimento de partículas do tubo interno da mangueira. por ela diminuir no comprimento.Mangueira com diâmetro interno abaixo do recomendável. uma mangueira de média pressão montada com terminais para mangueiras de alta pressão.São Bernardo .COMPATIBILIDADE QUÍMICA Incompatibilidade química entre o fluido utilizado e o material de que é construída a mangueira. ruptura. ao entrar em funcionamento poderá ocorrer.DIMENSÃO Deve existir sempre uma adequação entre o diâmetro interno da mangueira e a vazão do sistema. a mangueira sai do terminal devido a espessura da mesma ser muito baixa. Mangueiras continuamente expostas a ciclos de aquecimento e resfriamento são deterioradas rapidamente. 5 . diminuindo até 4% ou aumentando até 2%. uma mangueira torcida 25º pode reduzir a vida da mesma em 90%.. por hora máquina parada para manutenção. reduzindo a vida da mangueira. contribuem bastante para falhas em mangueiras. 5. as causas podem ser: 1. OBS. 10-USO INADEQUADO Uma mangueira hidráulica deve ser utilizada na condução de fluidos e não como suporte. ocasionando como consequência.: O raio de curvatura é medido sempre na parte interna da mesma.FAIXA DE TEMPERATURAS Temperaturas extremas.AÇÃO ABRASIVA Deve-se evitar a ação abrasiva por contato de mangueiras entre si. Quando esta ocorrência é somada a existência de golpes de pressão. Toda vez que o diâmetro interno é pequeno para a vazão que se tem. Deve-se considerar que quando uma mangueira é pressionada ela muda de comprimento. etc. Na maioria das vezes o problema é contornado pelo uso de braçadeiras ou proteção adequadas.. pela sua mais frequente substituição e. há uma redução da vida da mesma.Erro de montagem mangueira/terminal.8 INFORMAÇÕES TÉCNICAS COMO EVITAR FALHAS EM MANGUEIRAS As principais causas de falhas em mangueiras e seus terminais são: 1 . 6. 8.

5 20.1/2 3 Fios p/ Pol.5 M 18X1.5 9.5 12. e deve ser solicitado junto com o terminal (vide pag.5 16.5 6.5 40 9 12.São Bernardo .5 12.5 30.5 M 26X1.5 M 24X1.5 M 22X1.5 22 20. A rosca métrica paralela não é posicionável.6 Dimensões em milímetros C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 12.5 M 27X2 M 33X2 M 42X2 M 48X2 M 60X2 M 75X2 M 88X2 D4 ROSCA UNF PARALELA A D2 Dimensões em milímetros ROSCA MÉTRICA Métrica paralela D B D D2 D4 11 11 15 15 15 16 17 17 17 19 19 21 23 25 26 28 30 8 10 12 14 16 18 20 22 24 26 27 33 42 48 60 75 88 12 14 17 19 21 23 25 27 29 31 32 39 49 55 68 84 98 7 9 10.5/16 UNF 1.6 27 33.5/8 UNF 1.8 15.5 M 20X1.1/2 BSP 3 BSP 28 19 19 14 14 11 11 11 11 11 11 8 12 12 14 16 18 20 22 24 26 28 10 13 15 16 17 20 22 22 24 26 28 8 8 12 12 12 12 14 14 14 16 16 18 20 22 24 26 28 9.3 21.2 9.8 45 57 68 84 BSP paralela Fios p/ Pol.8 11.7 14.9 28 31.5 24. UNF paralela 5/16 UNF 3/8 UNF 7/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 1.6 45. nº 366 .1 18.9 8.9 INFORMAÇÕES TÉCNICAS ROSCA BSP ROSCA NPT PARALELA CÔNICA A vedação é obtida por meio de junta de vedação de cobre ( referência JC) ou de junta de vedação cortante de aço (referência JKA). M 8X1 M 10X1 M 12X1. e deve ser solicitado junto com o terminal (vide pag.5 13.5 7.5 24.7 55 59.5 20.5 48.5 18.5 M 14X1.6 14.1 41.7 15 15 15 15 15 10 10 11.7 39. NPT cônica 1/8 1/4 3/8 1/2 3/4 1 1.9 17.5 M 16X1.1/4 1.1/2 11.8 11.5 25 31 40 46 58 73 86 A vedação da rosca UNF é obtida por meio de junta de borracha O-ring.7 85.9 17.5 22. NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT NPT 27 18 18 14 14 11.5 20. 68).8 26 26.3 19 24.2 18.1/2 8 8 A B D 10 14.8 24 30 38.1 47. A rosca NPT cônica é autovedante e posicionável.5 17.1 26.2 72.4 13.1/4 BSP 1. A rosca UNF não é posicionável.4 57.8 49 47.0 21.1/2 11.1/16 UNF 1.2 45.7 60.0 12. referência JOR.Fax: (19) 3272-0614 .5 14.5 9.6 14 13 18 16.2 39. A B 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 11. 24 24 20 20 18 16 14 12 12 12 12 12 A B D D4 7. A rosca BSP paralela não é posicionável.5 16.1/2 2 2.7 15.3/16 UNF 1.9 22.5 19 19 19 19 19 7.8 9.1/2 11.7/8 UNF Fios p/ Pol.1/2 BSP 2 BSP 2.4 D4 9 11.3 32 33 39 41.2 14.7 103 8.8 30 33.2 16.1 12.5 68 75 87 87.5 89.5 26 38.7 42. 68).2 10 11.7 73. 68).0 22 30 32 10.5 PARALELA A vedação é obtida por meio de junta de cobre ( referência JC) ou junta cortante de aço ( referência JKA).4 11.5 21.2 19 19 24 25 25. e deve ser solicitado junto com o terminal ( vide pag.

PROCEDIMENTO NA INSTALAÇÃO Após o anel haver sido cravado conforme os procedimentos de cravação.O comprimento mínimo da extremidade do tubo deve ser 2x altura (H) da porca OBS.Rebarbe o tubo externa e internamente 6 5 4 3 .Coloque sobre o tubo a porca e depois o anel .No caso específico de aço inóxidavel.Coloque o tubo com anel e porca na conexão em questão .A partir desta posição apertar a porca mais 1/4 de volta.Lubrifique o anel e .Rosqueie a porca 1/2 volta a partir da posição encontrada no item anterior e está cravado o anel . A formação de um friso circuferencial. neste caso.São Bernardo .. o anel possui uma única aresta de penetração e a formação do friso circuferencial. É normal que o anel gire sobre o tubo.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .Rosqueie a porca com a chave adequada até que não seja mais possível girar manualmente o tubo .não é visível. e está caracterizada a montagem 2H .: 1 .Para montagens seriadas de produtos de aço ou latão e para montagens de produtos de aço inoxidável utilize o dispositivo de pré-montagem . perfeitamente visível à frente da aresta do anel. 2 .Aperte a porca com a chave adequada até sentir alguma resistência a este movimento .Corte o tubo em esquadro 2 .Fax: (19) 3272-0614 ..10 INFORMAÇÕES TÉCNICAS PROCEDIMENTO DE MONTAGEM 1-PROCEDIMENTO NA CRAVAÇÃO 1 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. é sinal de uma cravação bem efetuada (vide OBS. estamos aptos a efetuar a montagem 13 14 15 16 H . 1)..Ermeto .Obtenha sempre esta característica usando o DST .Encaixe a extremidade do tubo no fundo do assento cônico da conexão e mantenha-o nesta posição .Verifique a cravação.Verifique que o maior diâmetro do anel esteja voltado para a porca 11 12 10 9 .DP.Lubrifique a rosca e o assento cônico do corpo da conexão 7 Incorreto 8 Correto . após ter sido cravado 2 . a rosca da porca .

5 3 1/2 20 3/8 15 5/16 10 9 8 4 PRESSÃO 40 25 5 7 1/4 6 6 10 7 3/16 5 8 4 Velocidade V (m/s) Diâm.1/2 40 2° 1 60 1.1/2 50 80 70 1. interno di 5 4 Vazão Q (L/min) OBS: As recomendações de velocidade correspondem a óleos hidráulicos com viscosidade máxima de 315 SSU ( 9º E) a 35º C funcionando a temperaturas de 18º C a 68º C.5 3 70 100 90 2 60 SUCÇÃO 2.1/4 30 50 1 20 2 7/8 3/4 30 1.Fax: (19) 3272-0614 .5 5/8 15 1° 2. com Q = 60 l/min e V = 1 m/s resulta diâmetro interno di = 36 mm 300 200 0. nº 366 .São Bernardo .11 INFORMAÇÕES TÉCNICAS DIAGRAMA TEÓRICO PARA CÁLCULO DE TUBULAÇÕES 400 Exemplos: 1. com Q = 60 l/min e di = 19 mm resulta velocidade V = 3. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 m/s 2. mm 150 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .4 pol.

669 43/64.431 21....684 19/32.794 1........078 3/32..859 7/8... 0.....219 15/64.359 3/8. 0...Fax: (19) 3272-0614 . 0.. 0... 0.272 21/32.203 7/32..250 17/64.594 15.606 25...303 1/2..547 13.050 Polegadas Frações Decimais 49/64.906 31/64............019 23... 0...... 0.747 7.....366 4.São Bernardo . 0....778 3.763 5. 0.953 6... 0.. 0...034 21..32 3 -5 galões americanos por minuto metro cúbico por segundo (m /s) 0.....097 17/32..0.. 0. 0......531 13....... 0.....159 5.......397 0. 0..19.344 23/64... 0. 0..... 0.. 0......541 7.288 37/64.700 33/64....141 5/32...844 20......... 1..469 11. 0.... 0.922 15/16...3048 polegada quadrada (in²) metro quadrado (m²) 0...... 0.) 28..10 -6 Mega Pascal (MPa) temperatura grau Fahrenheit (ºF) 10.....225 22..938 8.......572 3.494 35/64.................525 Polegadas Milímetros Frações Decimais Decimais 25/64..484 12.922 13/32....32 3 metro cúbico (m ) 3.453 11.. 0.375 Milímetros Decimais 0.969 4..463 45/64.. 0.....156 11/64......109 1/8.0254 pé (ft) área 0..731 9.. 0...688 17.......209 24..875 41/64..645.813 53/64...6308.350 6.......622 23..563 14... 0..256 47/64....... 0.638 21..828 27/32...0703 Pascal (Pa) (N/m²) quadrado (kg/cm²) 10.10 pé quadrado (ft²) 0.... 0. 0......672 17....556 5.... 0......19 grau Celsius (Centrígrados) (ºC) *(ºF .172 3/16.033 barias (bar) 1..066 11/16..... 0.. 0. 0..734 18.....844 55/64......081 39/64.0929 pé cúbico (ft3 ) volume galão americano (gal) metro cúbico (m3 ) 0.984 1.716 7/16. nº 366 .969 63/64. 0.406 10. 0. 0....12 INFORMAÇÕES TÉCNICAS CONVERSÃO DE UNIDADES unidades de para converter de comprimento polegada (in) multiplique para por metro (m) 0..10 -4 (gal/min) (gpm) litros por minuto (L/min...781 51/64..003 25.266 9/32.938 61/64......000 Milímetros Decimais 19....191 1.653 3/4...........381 2...281 19/64...... 0..656 16. 0.. 0.... 0.234 1/4..016 1/32..400 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. 0.031 3/64........609 15. 0.703 17. 0.641 16.785 atmosfera (atm) 1...10 (cfm) litros por minuto (L/min....625 15.) 3... 0.......891 9/16....0197 libras por polegada quadrada (psi) quilos por centímetro 0.297 5/16...334 8....750 19.785 3 pé cúbico por minuto (ft 3 /min) metro cúbico por segundo (m /s) 0..785.828 22.416 23. 0.0283 litro (L) 28.578 14. 0.125 9/64....188 13/64.. 0..313 21/64. 0.047 1/16.588 1.5/9 * efetue a operação indicada Tabela de Conversão: Polegadas/Milímetros Polegadas Frações Decimais 1/64.478 5/8.500 12...241 20.... 0.984 2....... 0..328 11/32...094 7/64. 0...CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .. 0..32).797 13/16. 0.......875 57/64...... 0..891 29/32...477 19.....422 10....906 59/64.766 25/32..719 18.113 29/64... 0. 0...10 litro (L) vazão pressão -3 -3 3. 0..509 15/32. 0. 0.. 0...516 13...175 3.391 9........ 0.....953 31/32.....319 27/64.438 11.... 0....472.....128 9.063 5/64..813 24.144 7.859 23/32...

82 119.23 120.91 230.60 115.76 15.90 159.77 86.32 52.47 222.55 127.22 165.49 23.48 87.60 205.10 227.21 139.87 62.71 117.69 91.74 34.06 14.59 44.66 129.07 40.96 128.55 172.74 79.53 30.96 83.00 161.13 189.28 224.38 66.63 32.71 72.51 94.95 57.06 59.15 80.33 168.43 54.92 50.31 71.Fax: (19) 3272-0614 .75 195.35 149.88 43.07 220.87 107.62 51.05 149.44 125.55 217.04 78.60 25.45 80.10 92.69 181.43 144.36 220.97 244.99 90.23 30.36 175.21 94.46 16.96 173.22 3000 3010 3020 3030 3040 3050 3060 3070 3080 3090 3100 3110 3120 3130 3140 3150 3160 3170 3180 3190 3200 3210 3220 3230 3240 3250 3260 3270 3280 3290 3300 3310 3320 3330 3340 3350 3360 3370 3380 3390 3400 3410 3420 3430 3440 3450 3460 3470 3480 3490 kg/cm² 210.32 142.54 11.51 49.94 102.84 100.26 127.89 204.61 231.77 131.48 42.91 95.18 177.97 154.99 135.91 2000 2010 2020 2030 2040 2050 2060 2070 2080 2090 2100 2110 2120 2130 2140 2150 2160 2170 2180 2190 2200 2210 2220 2230 2240 2250 2260 2270 2280 2290 2300 2310 2320 2330 2340 2350 2360 2370 2380 2390 2400 2410 2420 2430 2440 2450 2460 2470 2480 2490 kg/cm² psi kg/cm² psi 140.73 98.São Bernardo .88 88.67 39.74 169.82 74.08 201.30 206.04 168.57 108.79 112.98 19.24 146.75 240.23 75.47 177.21 49.39 182.16 151.34 33.85 216.26 82.29 44.59 89.68 200.52 120.57 153.01 116.40 137.62 96.54 191.27 243.45 psi 500 510 520 530 540 550 560 570 580 590 600 610 620 630 640 650 660 670 680 690 700 710 720 730 740 750 760 770 780 790 800 810 820 830 840 850 860 870 880 890 900 910 920 930 940 950 960 970 980 990 kg/cm² 35.77 221.73 8.25 172.68 110.24 56.91 185.58 179.65 103.30 116.05 104.09 66.12 73.35 14.65 148.79 67.58 134.99 45.69 136.81 3.10 137.04 33.58 224.96 218.10 2.82 29.93 76.00 0. nº 366 .15 170.55 82.88 133.73 53.87 17.37 40.35 59.47 132.74 214.34 78.51 4.66 84.63 77.31 232.09 21.16 241.01 26.08 156.63 167.19 158.97 199.43 189.05 239.38 21.24 236.93 31.72 143.85 171.93 121.95 12.90 24.83 145.94 147.12 28.17 16.56 243.65 13.82 164.88 178.64 238.15 35.46 151.71 27.21 229.19 203.33 123.85 81.17 222.15 125.18 42.61 186.79 157.20 68.33 213.10 182.46 61.00 206.70 1.10 47.19 113.84 55.76 150.38 111.80 138.93 211.13 144.68 65.27 198.52 165.57 18.24 101.44 215.52 210.18 132.18 87.32 7.39 227.94 237.67 245.54 56.52 75.82 209.24 11.43 9.98 64.12 118.72 188.71 162.57 63.53 236.14 215.21 4.76 psi 1500 1510 1520 1530 1540 1550 1560 1570 1580 1590 1600 1610 1620 1630 1640 1650 1660 1670 1680 1690 1700 1710 1720 1730 1740 1750 1760 1770 1780 1790 1800 1810 1820 1830 1840 1850 1860 1870 1880 1890 1900 1910 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1980 1990 kg/cm² psi 105.54 146.84 10.98 109.50 229.16 106.99 225.86 152.70 46.77 176.02 52.35 104.02 97.02 187.50 184.46 196.11 208.29 179.37 130.88 223.11 163.79 22.03 213.43 99.56 37.42 28.65 58.77 41.83 190.71 207.63 122.35 239.13 54.20 23.41 118.03 7.16 196.13 99.38 156.62 6.30 161.44 170.72 233.40 92.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .26 37.40 2.96 38.13 INFORMAÇÕES TÉCNICAS Tabela de conversão: psi para Kg/cm² psi kg/cm² 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120 130 140 150 160 170 180 190 200 210 220 230 240 250 260 270 280 290 300 310 320 330 340 350 360 370 380 390 400 410 420 430 440 450 460 470 480 490 0.24 191.08 111.99 180.93 166.29 89.86 242.60 160.63 212.27 63.46 241.42 234.01 71.80 93.27 153.49 113.78 202.94 192.41 208.69 226.25 217.14 9.13 234.64 193.32 97.66 174.40 47.76 60.49 158.80 228.41 163.85 126.35 194.49 203.04 123.60 psi 1000 1010 1020 1030 1040 1050 1060 1070 1080 1090 1100 1110 1120 1130 1140 1150 1160 1170 1180 1190 1200 1210 1220 1230 1240 1250 1260 1270 1280 1290 1300 1310 1320 1330 1340 1350 1360 1370 1380 1390 1400 1410 1420 1430 1440 1450 1460 1470 1480 1490 kg/cm² 70.57 198.74 124.07 85.38 201.80 183.68 155.31 26.02 142.41 73.05 194.54 101.07 130.62 141.38 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.02 232.85 36.16 61.46 106.29 134.83 235.90 114.81 48.90 69.86 197.68 20.21 184.27 108.51 139.28 18.49 68.92 5.32 187.37 85.66 219.07 2500 2510 2520 2530 2540 2550 2560 2570 2580 2590 2600 2610 2620 2630 2640 2650 2660 2670 2680 2690 2700 2710 2720 2730 2740 2750 2760 2770 2780 2790 2800 2810 2820 2830 2840 2850 2860 2870 2880 2890 2900 2910 2920 2930 2940 2950 2960 2970 2980 2990 175.

0 22.3 12. 1 trançado fios têxteis 21 22-26 - MPMP 1 trançado fios aço 27 - 28-32 230 210 176 140 120 88 63 34-37 190 160 140 105 88 70 45 40-44 45-47 40-44 .4 28.9 4. 1 trançado inox 65 66-67 - 2 trançados fios Aço 2 trançados fios Aço 210 210 160 140 125 105 280 105 105 105 70 56 56 44 56 35 25 50 35 120 88 176 176 56 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.14 INFORMAÇÕES TÉCNICAS GUIA PARA SELEÇÃO DO TERMINAL Tipo Terminal Modelo Terminal Referência dos Tipos de Terminais por Tipos de Mangueira Designação Referência MMP MBP MAP MPMP MAPDT MPMPAT MAPAT Sem descasque MEAP - PT PL PM PC PF PAS PTAT PLAT PMAT PCAT PFAT - MGSP MTF PTDT PLDT PMDT PCDT PFDT - PTSP PLSP PMSP PCSP PFSP PFRSP PASSP - P R E N S A D O Terminal prensado para tubo Terminal prensado ponta lisa Terminal prensado macho Terminal prensado curvo Terminal prensado flange Terminal prens. 1 trançado fios têxteis 58 - 59-64 Tubo teflon coberto. -4 -4 -5 -6 -6 -8 -8 -10 -10 -12 18 18 18 18 16 17-20 - Pressão máx.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .9 9.São Bernardo .8 35.8 -12 -16 -16 -20 -20 -24 -24 -32 -32 18 18 MMP 1 trançado fio aço. nº 366 . flange reforçada Terminal ASA PT PL PM PC PF PFR PAS - - R E U S Á V E L Terminal reusável para tubo Terminal reusável ponta lisa Terminal reusável macho Terminal reusável curvo Terminal reusável flange Terminal reusável flange reforçada Terminal ASA TT TL TM TC TF TTBP TLBP TMBP TCBP - TTMP TLMP TMMP TCMP TFMP - TTAP TLAP TMAP TCAP TFAP - - - - TTTF TLTF TMTF - TFR TAS - - - TASAP - - - - - GUIA PARA SELEÇÃO DA MANGUEIRA Norma SAE Referência mangueira similar Ermeto Baixa Pressão MBP SAE 100R5 Média SAE 100R1A Pressão Construção 1 trançado fios têxteis Página Diâmetro interno mangueira (mm) x 15.7 Mangueira Terminais Reus.2 25.4 7.0 50.Fax: (19) 3272-0614 .6 31. utilização (Kg/cm2 ) 19. Prens.5 10.54-57 350 350 280 280 280 245 245 245 190 190 190 160 155 155 140 140 115 280 280 210 SAE 100R1AT MPMPAT 1 trançado fios Aço SAE 100R2A MAP Alta MEAP Pressão SAE 100R2AT MAPAT MAPDT Super Alta MGSP Pressão MTF Teflon 33 - 2 trançados fios Aço 2 trançados fios Aço 38 39 48 53 4 espirais fios aço.8 6.1 46.0 38.49-52 .

São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .15 ANOTAÇÕES C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . nº 366 .

7 18 70 76 0.Fax: (19) 3272-0614 .2 18 70 180 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .4 32.São Bernardo .9 23.4 12.6 18 70 230 0.238 MBP-10 -10 15. óleos solúveis em água.7 19.120 MBP-6 -6 9. derivados de petróleo.298 MBP-12 -12 19.0 26.0 18 70 150 0.16 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE BAIXA PRESSÃO REFERÊNCIA: MBP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MBP. ar comprimido.380 MBP-16 -16 ` C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .0 18 70 130 0.9 18 70 76 0.342 25. Tubo Interno: Borracha sintética Reforço: Um trançado de fio têxtil Cobertura: Borracha sintética Faixa de temperatura: de -40ºC a + 93ºC (exceto ar até +71ºC) Terminais: Reusáveis Referência Referência dimensional mangueira Diâmetro interno (mm) Diâmetro externo (mm) Pressão máxima trabalho (kg/cm²) Pressão mínima ruptura (kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (kg/m) MBP-4 -4 6.5 15.6 Referência da mangueira: MBP Referência dimensional da mangueira: -6 Aplicação: Fluidos hidráulicos.164 MBP-8 -8 12.

nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

Fax: (19) 3272-0614 .5 78.5 37.0 50.0 32.5 M27X2 M24X2 M26X2 M33X2 M33X2 M42X2 Referência Rosca UNF TMBP 9/16 UNFX4 9/16 UNF TMBP 9/16 UNFX6 9/16 UNF TMBP 7/8 UNFX8 7/8 UNF TMBP 7/8 UNFX10 7/8 UNF TMBP 1.0 14. nº 366 .) 10.0 42.7 12.1/16 1.0 49.5 68.0 15.5 28.5 M18X1.0 19.2 14.1/4 1.5 25.0 78.0 17.5X10 TMBP M22X1.5 29.0 25.2 19.0 24.0 16.5 11/16 11/16 1 1 1.5 51.0 37.0 34.0 71.5 30.5 72.0 29.5 32.5 22.5 38.0 14.0 45. S1 (pol.0 19.5X4 TMBP M16X1.0 45.0 53.1/4 1.0 71.0 14.5 72.5 42.5 22.5 66.1/4 1.0 16.0 14.0 8. S1 (pol.0 16.0 41.0 7/16 9/16 11/16 9/16 11/16 7/8 11/16 7/8 7/8 1.0 38.São Bernardo .18 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA MBP TERMINAL MACHO-NPT TMBP 1/8 NPTX4 TMBP 1/4 NPTX4 TMBP 3/8 NPTX4 TMBP 1/4 NPTX6 TMBP 3/8 NPTX6 TMBP 1/2 NPTX6 TMBP 3/8 NPTX8 TMBP 1/2 NPTX8 TMBP 1/2 NPTX10 TMBP 3/4 NPTX10 TMBP 1/2 NPTX12 TMBP 3/4 NPTX12 TMBP 1 NPT X 12 TMBP 3/4 NPTX16 TMBP 1 NPTX16 TERMINAL MACHO-BSP TERMINAL MACHO-UNF 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1 NPT Rosca BSP Referência TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TMBP TERMINAL MACHO-MÉTRICA Rosca NPT Referência 1/8 BSPX4 1/4 BSPX4 3/8 BSPX4 1/4 BSPX6 3/8 BSPX6 1/2 BSPX6 3/8 BSPX8 1/2 BSPX8 1/2 BSPX10 3/4 BSPX10 1/2 BSPX10 3/4 BSPX12 1 BSPX12 3/4 BSPX16 1 BSPX16 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP Referência Rosca Métrica TMBP M8X1X4 TMBP M10X1X4 TMBP M12X1.) 8.5 70.0 42.0 24.5 22.0 16.0 17.0 18.1/4 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 30.5 49.5 24.5 70.5 28.5 17.1/4 1.0 14.2 14.1/4 1.1/16 7/8 1.5 1/2 9/16 11/16 7/8 15/16 15/16 1 1.0 14.1/4 1.0 14.0 19.5 24.5X12 TMBP M33X2X12 TMBP M33X2X16 TMBP M42X2X16 M8X1 M10X1.5X8 TMBP M20X1.1/16 15/16 1.0 14.0 78.0 68.0 66.0 30.5 71.0 28.0 28.0 32.5 68.0 37.0 19.0 30.0 24.0 16. S1 (pol.5X6 TMBP M18X1.5 27.5 28.1/16 1.0 20.0 18.5 22.0 68.2 19.5 55.0 20.0 68.5/8 2 Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) Sext.1/16 UNF TMBP 1.0 29.0 37.0 12.0 12.0 12.5 M16X1.5 70.0 52.0 12.5/8 1.5X12 TMBP M26X1.0 30.5 52.5 9/16 3/4 7/8 3/4 7/8 1.5X10 TMBP M27X2X10 TMBP M24X1.0 24.5 22.5X6 TMBP M18X1.0 12.0 30.0 42.0 12.5 22.1/16 1.5/16 UNF Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) Sext.5 37.0 24.0 22.0 55.5 24.5 M18X1.0 71.0 34.5 26.0 73.3/8 A (mm) I (mm) L (mm) Sext.0 39.1/2 -4 -6 -8 -10 -12 -16 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 10.0 45.5 23. S1 (pol) -4 -6 -8 -10 -12 -16 10.0 18.0 46.0 12.0 19.5 71.5 30.5 44.5 30.5X8 TMBP M22X1.0 12.0 20.1/16 1.1/2 1.0 14.1/16 UNFX12 1.2 14.0 12.5 M12X1.1/16 1 1.5 M22X1.0 18.5 72.5 74.0 14.0 47.3/8 1.0 18.1/4 1.5 M18X1.0 24.5 51.5/8 A (mm) I (mm) L (mm) Sext.5 68.5/16 UNFX16 1.1/16 1.5 74.5X8 TMBP M18X1.0 28.0 12.0 32.5 M20X1.5 46.0 12.7 15.5 26.5 M22X1.) 8.

5 117.0 50.0 45.5 108.5 30.5 52.0 9.5 129.0 129.0 149.0 50.5 44.5 38.0 TCBP 12X8 TCBP 12.5 73.0 65.0 80.0 120. nº 366 .5 78.0 76.0 67.5 53.4 8 TCBP 9.5 79.São Bernardo .0 50.5 50.0 71.0 114.5X6 TCBP 10X6 TCBP 12X6 Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) -4 30.0 41.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 76.0 54.5 30.0 63.7X8 TCBP 14X8 12 12.0 47.5 30.0 100.5 67.0 58.5 30.0 60.5 37.5 30.5 94.0 80.0 TCBP 25X16 TCBP 28X16 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 52.7 14 -8 45.0 53.5 88.4X4 8X4 4 5 6 6.4 -12 63.0 52.5 30.0 79.0 119.0 129.0 TCBP TCBP TCBP TCBP 15X10 16X10 18X10 19X10 15 16 18 19 -10 53.5 10 12 -6 40.0 25 28 -16 80.0 TCBP TCBP TCBP TCBP TCBP 19X12 20X12 22X12 25X12 25.0 88.0 117.0 100.0 30.5 88.4X12 19 20 22 25 25.0 66.5 79.5 48.0 80.0 44.5 59.Fax: (19) 3272-0614 .19 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA MBP TERMINAL CURVO Referência TCBP TCBP TCBP TCBP TCBP d3 (mm) 4X4 5X4 6X4 6.

. e o diâmetro externo do pino.. Montagem .Fax: (19) 3272-0614 . 3. nº 366 . Prenda o pino adequadamente em uma morsa.São Bernardo .20 MANGUEIRAS E TERMINAIS PROCEDIMENTO DE MONTAGEM DOS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA A MANGUEIRA MBP 1.. Coloque sobre a extremidade escalonada do pino a arruela de proteção. Curve-a para o lado oposto ao corte..Corte a mangueira em esquadro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . 2. 4. Lubrifique o diâmetro interno da mangueira. Introduza a mangueira por sobre o pino empurrando-a até que encoste a extermidade na arruela. e puxe fortemente. Para desmontar: corte a mangueira no sentido longitudinal e no comprimento do pino. . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Inspecione a montagem efetuada e limpe o diâmetro interno da mangueira (jato de ar e/ou circulação de fluido).

Terminais: Reusáveis.21 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R5) REFERÊNCIA: MMP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MMP. OBS: 1.4 125 490 140 0.312 MMP-8 -8 10. óleos solúveis em água.384 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.253 MMP-6 -6 7.0 56. Cobertura: Uma trama de fios têxteis impregnada de borracha sintética.7 210 840 86 0.9 27. Tubo Interno: Borracha sintética Reforço: Um trançado de fios de aço colocado sobre um trançado de fio têxtil.7 23.1 44 176 230 0. separados por uma camada de borracha. Ar até +71ºC.670 MMP-16 -16 22.580 MMP-20 -20 28.6 38.3 19.536 MMP-12 -12 15. Faixa de temperatura: de -40ºC a + 93ºC.8 13.3 56 225 190 0.210 MMP-5 -5 6.9 17.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .4 14.4 25 100 340 1.2 31.4 105 420 165 0.1 210 840 76 0.0 44. (Evitar o uso contínuo e simultâneo de temperatura máxima com pressão de trabalho máxima).12 Referência da mangueira: MMP Referência dimensional da mangueira: -12 Aplicação: Fluidos hidráulicos. Referência Referência dimensional mangueira Diâmetro interno (mm) Diâmetro externo (mm) Pressão máxima trabalho (kg/cm²) Pressão mínima ruptura (kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (kg/m) MMP-4 -4 4.São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .0 160 630 100 0. Para maiores informações vide página 4.372 MMP-10 -10 12. derivados de petróleo. ar comprimido.987 MMP-32 -32 46.A mangueira MMP é exceção ao sistema de identificação por traços.4 35 140 270 0.803 MMP-24` -24 35. nº 366 .5 140 560 120 0. Para derivados de petróleo ( combustíveis e lubrificantes ) -40ºC a +149ºC.Não é necessário remover a cobertura na montagem dos terminais 2.

7/8 1.0 76.0 64.0 61.5X6 9.3/4 2 2 2.0 25. dimensional l tubo mangueira (mm) (mm) TTMP 4X4 4 26.0 42.5/8 1.0 41.5 73.1/8 1.3/8 1.0 98.0 TTMP 9.1/8 1.1/2 Sext.Fax: (19) 3272-0614 .5 98.0 44.) 20.0 51.1/2 1.4 28 30 32 35 38 38 42 42 -4 -5 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 L (mm) Sext.0 TTMP 12.0 67.1/16 1.4 8 9.0 45.0 TTMP 8x5 8 -5 32.0 20.3/4 1.0 25.0 63. S3 (pol.0 40.5 90.5 97.5 67.1/4 1. S3 (pol.0 TTMP 14X8 14 34.5 73.0 TTMP 5X4 5 -4 26.0 25.0 Referência Referência d3 dimensional I (mm) mangueira (mm) Referência TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP TLMP 4X4 5X4 6X4 6.3/8 1.0 35.0 25.5 67.0 35.1/4 1.1/16 1.1/2 2.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 54.1/2 Sext.4 35.1/4 1.1/16 1.5 77.7X8 14X8 15X10 16X10 18X12 19X12 20X12 22X12 25X12 25X16 25.0 60.0 65.0 58.0 25.0 51.5 TTMP 25X16 25 35.0 44.1/4 1.0 TTMP 6.3/4 1.1/2 1.0 53.0 72.4X16 28X16 30X16 32X20 35X20 38X20 38X24 42X24 42X32 4 5 6 6. nº 366 .1/4 1.3/4 2 2 2.0 54.5 54.0 40.3/8 1.5/8 1.3/4 2 2 2.0 25.0 30.5/8 1.0 54.5 54. dimensional da mangueira: -10 TERMINAL PARA TUBO TERMINAL PONTA LISA Ref.3/4 1.5 TTMP 38X24 38 38.5 85.0 35.0 TTMP 12X6 12 31.1/4 1.0 TTMP 22X12 22 -12 37.5 TTMP 42X32 42 -32 49.1/4 1.0 65.0 TTMP 20X12 20 37.0 35.0 TTMP 32X20 32 38.7 -8 34.0 110.1/2 1.São Bernardo .3/4 1.1/4 1.) 45.1/8 1. Terminal macho: TMMP 1/2 NPTX12 Comprimento da mangueira: 900 mm Diam.0 25.0 TTMP 25X12 25 38.0 TTMP 6X4 6 28.5X6 10X6 12X6 12X8 12.1/4 1.0 51.0 54.0 30.0 35.0 72.0 TTMP 10X6 10 -6 31.4 28.0 35. S2 (pol.1/4 1.0 58.7/8 2 2 2.0 62.5 85.3/8 1.0 49.0 30.0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/8 1.5 54.3/8 1.1/8 1.0 82.1/4 2.1/2 1.5 TTMP 38X20 38 39.0 30.0 1/2 1/2 1/2 1/2 9/16 11/16 11/16 7/8 13/16 13/16 7/8 7/8 1 1.0 65.5 74.1/2 1.22 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS MMP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: TTMP 15x10 MMP-12* TL20*TM1/2 NPT* 900 Referência terminal para tubo: TTMP Diâm.1/8 1.0 44.5/8 1.4X4 6.0 51.0 42.0 TTMP 19X12 19 37.1/4 1.5 TTMP 42X24 42 -24 38.5 85.0 72.1/8 1.0 91.0 47.0 77.5 85.7X8 12.0 40.0 52.0 35.1/16 1.0 91.1/4 1.0 TTMP 12X8 12 34.4X16 25.1/2 1.0 TTMP 28X16 28 -16 35.0 35.0 40.0 TTMP 30X16 30 36.5 98.) 5/8 5/8 5/8 5/8 3/4 13/16 13/16 13/16 15/16 15/16 15/16 1.0 53.) Sext.1/2 1.0 91.1/2 35.0 63.1/4 2.3/4 1.1/4 5/8 5/8 5/8 5/8 3/4 13/16 13/16 13/16 15/16 15/16 15/16 1.0 44.0 41.0 96.1/8 1.5 68. terminal ponta lisa: TLMP 20X12 Ref.0 78. S1 (pol.0 91.1/4 2. da mangueira: MMP-12 Ref.0 TTMP 16X10 16 -10 35.0 30.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25 25.3/4 2.0 47. Referência ext.5 31. S1 (pol.5 10 12 12 12.0 25.1/4 1.1/2 1.0 TTMP 18X12 18 37.0 77.1/2 1.1/4 1.5 TTMP 35X20 35 -20 38.0 TTMP 15X10 15 35.1/4 2.0 7/16 7/16 7/16 7/16 7/16 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 5/8 3/4 3/4 7/8 7/8 7/8 15/16 1.3/8 1. externo do tubo: 15mm Ref.0 40.0 25.0 25.4X4 8X5 9.0 77.0 54.5 67.5 76.0 63.5 67.5 90.5/8 1.0 61.1/8 1.5/8 1.0 77.0 41.0 TTMP 25.3/8 1.) Sext.0 61.1/4 L (mm) I3 (mm) 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1 1.0 54.

16 -20 -24 -32 Referência dimensional mangueira -4 -5 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 A (mm) I (mm) L (mm) Sext.0 34.1/4 BSP 1.0 1 15/16 66.7 15.1/4 1.5 44.5 2.0 80.0 54.0 42.0 1.0 34.0 3/4 3/4 32.1/16 1.5 77.) Sext.0 72.0 55.5 40.5 69.0 12.0 35.1/8 1.0 29.5/16 UNF Referência dimensional mangueira -4 -5 -6 -8 -10 -12 .1/4 67.5 83.0 87.0 80.5 7/8 13/16 35.0 82.1/2 A (mm) I (mm) L (mm) Sext. S1 (pol.1/2 1.0 25.5 43.0 14.0 15.0 16.0 1.0 11/16 5/8 48.0 12.5 80.0 14.5/8 1.0 12. S1 (pol.5 1.0 76.1/4 NPTX24 TMMP 1.0 15/16 13/16 67.1/4 BSPX24 TMMP 1.0 31.5 2 1.0 42.3/4 1.7 12.) Sext.1/2 BSP 2 BSP Referência Rosca métrica TERMINAL MACHO-MÉTRICA TMMP M12X1.1/8 75.0 24.0 48.0 41.5/8 1.0 63.) Sext.0 16.0 19. nº 366 .1/2 BSPX24 TMMP 2 BSPX32 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.3/4 2 2. S1 (pol.1/2 1.5X8 TMMP M27X2X10 TMMP M33X2X12 TMBP M42X2X16 TERMINAL MACHO-UNF M12X1.0 16.2 10.5 M27X2 M33X2 M42X2 Referência Rosca UNF TMMP 9/16 UNFX4 TMMP 1/2 UNFX5 TMMP 9/16 UNFX6 TMMP 7/8 UNFX8 TMMP 7/8 UNFX10 TMMP 7/8 UNFX12 TMMP 1.0 32.) 50.0 1 1.0 42.0 14.5 71.1/4 40.0 18.) 48.1/4 67.5 7/8 15/16 38.0 52.1/4 1.Fax: (19) 3272-0614 .0 1.1/4 BSP 1.1/4 1.5 43.1/4 1.1/4 NPT 1.0 3/4 5/8 29.0 47.0 38.0 19.1/2 1.0 40.1/4 2 53.0 12.0 67.5 100.5 73.1/2 NPT 2 NPT Rosca BSP TMMP 1/8 BSPX4 TMMP 1/4 BSPX4 TMMP 3/8 BSPX4 TMMP 3/8 BSPX5 TMMP 1/4 BSPX6 TMMP 3/8 BSPX6 TMMP 3/8 BSPX8 TMMP 1/2 BSPX8 TMMP 1/2 BSPX10 TMMP 3/4 BSPX10 TMMP 1/2 BSPX12 TMMP 3/4 BSPX12 TMMP 1 BSPX12 TMMP 3/4 BSPX16 TMMP 1 BSPX16 TMMP 1.0 12.5 26.0 1.0 34.0 78.5 1.1/4 BSPX20 TMMP 1.0 40.0 72.1/8 82.0 11/16 13/16 63.2 19.0 12.0 25.1/16 1.0 11/16 5/8 55.São Bernardo .5 99. S3 (pol. S3 (pol.1/2 40.5 34.0 34.0 29.0 14.1/4 NPTX20 TMMP 1.1/2 NPTX24 TMMP 2 NPTX32 TERMINAL MACHO-BSP Referência Rosca NPT 1/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1 NPT 3/4 NPT 1 NPT 1 NPT 1.3/4 2 2 2.1/8 1 1.1/4 1.0 1.0 1.1/4 1.1/4 1.5 M22X1.3/8 1.5 84.1/2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 52.5 43.5 Referência A dimensional (mm) mangueira -4 -5 -6 -8 -10 -12 -16 10.1/8 38.0 1.0 19.1/4 1.0 54.1/4 75.0 84.0 31.0 24.5 7/8 5/8 33.1/2 I L (mm) (mm) 29.1/4 38.1/16 UNF 1.1/16 1.2 14.0 7/16 9/16 11/16 11/16 5/8 11/16 11/16 7/8 7/8 1.2 14.0 12.0 28.0 38.5 47.5 79.5 48.5/8 1.0 53.5 73.5 9/16 5/8 29.2 14.0 25.1/16 UNFX12 TMMP 1.2 14.0 48.0 32.1/4 NPT 1.0 18.0 71. S1 (pol.0 18.23 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA MMP TERMINAL MACHO-NPT Referência TMMP 1/8 NPTX4 TMMP 1/4 NPTX4 TMMP 3/8 NPTX4 TMMP 3/8 NPTX5 TMMP 1/4 NPTX6 TMMP 3/8 NPTX6 TMMP 3/8 NPTX8 TMMP 1/2 NPTX8 TMMP 1/2 NPTX10 TMMP 3/4 NPTX10 TMMP 1/2 NPTX12 TMMP 3/4 NPTX12 TMMP 1 NPTX12 TMMP 3/4 NPTX16 TMMP 1 NPTX16 TMMP 1 NPTX20 TMMP 1.0 24.1/2 A (mm) I L (mm) (mm) 12.1/8 1. S3 (pol.0 24.5 Sext.3/4 43.1/2 42.5 1.) 8.0 1.5 55.5X6 TMMP M22X1.5 64.0 12.5 M18X1.0 19.1/4 42.1/8 40.0 14.) 10.5 81.1/2 5/8 5/8 5/8 3/4 13/16 13/16 15/16 15/16 1.0 40.0 2.0 20.1/16 15/16 39.5 46.) Sext.0 Sext.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 1.0 3/4 13/16 32.3/4 2.0 1.0 2 2 45.3/4 1.0 5/8 3/4 51.5X4 TMMP M18X1.0 20.0 71.0 48.7 12.1/4 1.0 9.0 20.1/2 1.0 78.0 24.0 31.0 2 1.0 25.0 22.0 19.2 14.0 16.5/16 UNFX16 9/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 7/8 UNF 7/8 UNF 7/8 UNF 1.0 28. S3 (pol.1/16 15/16 74.3/8 1.5 1 1.0 44.

0 120.5 104.5 66.0 75.0 Referência H dimensional (mm) mangueira -12 -16 -20 -24 -32 L (mm) I (mm) 15.0 69.1/2 2 Medida nominal flange 3/4X22X12 1X22X16 1.1/4 1.1/4 1.0 159.0 106.1/4 1.5 93.3/4 1.Fax: (19) 3272-0614 .1/2x30X24 TFMP 2x30X32 Referência H I dimensional (mm) (mm) mangueira -4 Referência Referência (Flange SAE J518c .3/4 1.1/2 1.0 16.1/4 1.0 199. S3 (pol.0 37.5 149.0 100.1/4 1.0 80.3/4 1.1/4 1.5 91.) 106.1/4 1.7/8 1.0 64.0 87.0 40.5 169.3/4 1.0 47.0 79.0 187.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25 25.5 128.5X6 TCMP 10X6 TCMP 12X6 TCMP 12X8 TCMP 12.0 69.0 64.4X4 TCMP 8X5 TCMP 9.0 120. S1 (pol.1/2X24 TFMP 2X32 TFMP TFMP TFMP TFMP TFMP 4 5 6 6.0 22.0 Referência dimensional mangueira -12 -16 -20 -24 -32 Referência H dimensional (mm) mangueira -12 -16 -20 -24 -32 Sext.1/2 L (mm) Sext.0 137.0 66.1/4 5/8 5/8 5/8 5/8 3/4 13/16 13/16 13/16 15/16 15/16 15/16 1.7X8 TCMP 14X8 TCMP 15X10 TCMP 16X10 TCMP 18X12 TCMP 19X12 TCMP 20X12 TCMP 22X12 TCMP 25X12 TCMP 25X16 TCMP 25.0 93.5 124.4X16 TCMP 28X16 TCMP 30X16 TCMP 32X20 TCMP 35X20 TCMP 38X20 TCMP 38X24 TCMP 42X24 TCMP 42X32 TERMINAL FLANGE RETO Referência (Flange SAE J518c .0 110.1/4 1.1/4 1.0 110.5 97.0 88.5 172.São Bernardo .0 52.5 16.0 87.5 159.0 178.0 66.24 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA MMP TERMINAL CURVO Referência TCMP 4X4 TCMP 5X4 TCMP 6X4 TCMP 6.5 100.0 75. S3 (pol.5 31.3/4 1.0 56.0 52.0 103.1/4X20 TFMP 1.0 60.1/2 2 30.0 135.3/4 2 2.0 56.0 65.) 37.0 94.0 52.1/8 1.0 92.3/4 2 2 2. S3 (pol.Código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2° (Flange SAE J518c .0 18.5 152.0 128.0 98.) 57.0 68.0 71. S1 (pol.1/4 1.5 37.0 66.0 114.0 135.Código 61) d3 (mm) Medida nominal flange 3/4 1 1.4 8 9.0 63.0 63.0 63.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 122.0 92.5 113.1/2 1.1/4 1.0 93.5 77.3/4 1.0 88.1/4X22X20 1.5 30.1/2 L (mm) Sext.5 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 125.0 37.1/2 1.1/2 I (mm) 11.0 47.1/4 1.0 11.0 126.0 45.) Sext.0 110.5 7/16 7/16 7/16 7/16 1/2 5/8 5/8 5/8 11/16 11/16 11/16 13/16 13/16 1 1 1 1 1 1.5 134.0 62.0 41.4 28 30 32 35 38 38 42 42 -5 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 Medida nominal flange 3/4 1 1 1.1/8 1.0 45.0 63.5 30.0 56.1/4 1.3/8 1.0 146.3/4 1.1/8 1.1/4 1.7/8 2.3/8 1.5 124.1/4 1.0 82.1/4 1.5 10 12 12 12.0 97.5 67.0 1.0 22.1/8 1.7/8 2.5 56.5 124.) Sext. S3 (pol.1/4 1.7/8 2.0 127.1/2X22X24 2X22X32 3/4 1 1.1/4x30X20 TFMP 1.0 56.0 67. S1 (pol.5 30.1/4 1.0 54.1/2 1.0 100.5 134.0 12.1/2 1.1/2 1.0 37.1/4 1.0 71.5 122.3/4 1.) Sext.1/2X20 TFMP 1.3/4 2 2.5 132.1/4 1.0 53.1/2 1. nº 366 .5 169.0 88.) Sext.1/2 I (mm) L (mm) Sext.1/4 1.0 56.0 106.1/8 1.0 126.3/4 2 2.7/8 2.0 102.1/2 2 TFMP 3/4x30X12 TFMP 1x30X16 TFMP 1. S1 (pol.Código 61) TERMINAL FLANGE 30° TFMP 3/4X12 TFMP 1X12 TFMP 1X16 TFMP 1.1/2 1.3/4 1.) 106.0 80.3/4 1.0 85.5 123.1/2 1.0 80.0 156.5 1.0 112.1/4X16 TFMP 1.3/8 1.0 56.5 1 1.

1/2 1. S3 (pol.5 114.5 96.5 42.1/2 2 -16 -20 -24 -32 60.1/2 2 -12 -16 -20 -24 -32 35.1/4 1.5 106.1/4 1.0 136.3/4 1.3/4 1.5 29.5 123.5 79.) Sext.5 128.1/2 1.5 49.1/2 Referência dimensional mangueira H (mm) L (mm) Sext.0 66.0 183.1/4 1.5 72.1/4 1.) 3/4 -12 52.0 112.Código 61) TERMINAL FLANGE 90° Referência TFMP 3/4X90X12 TFMP TFMP TFMP TFMP 1X90X16 1. S1 (pol.0 73.) 3/4 1 1.São Bernardo .1/2 2 -12 -16 -20 -24 -32 25.3/4 1.0 93.5 133. S3 (pol.0 116.5 180.5 114.1/4 1.3/4 1.3/4 2 2.Código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/2X67X24 TFMP 2X67X32 3/4 1 1.0 176.0 141.3/4 2 2.1/2X90X24 2X90X32 Medida nominal flange I (mm) (Flange SAE J518c .0 133.25 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA MMP TERMINAL FLANGE 45° Referência TFMP TFMP TFMP TFMP TFMP 3/4X45X12 1X45X16 1.0 86.5 38.5 129.1/4 1.0 113.5 70.1/4 1.) Sext.0 73.0 44.5 73.1/2 1.1/2X60X24 2X60X32 (Flange SAE J518c .5 73. S1 (pol.0 81.0 106.0 73.0 47.Código 61) TERMINAL FLANGE 60° Referência TFMP TFMP TFMP TFMP TFMP 3/4X60X12 1X60X16 1.1/2X45X24 2X45X32 Medida nominal flange Referência H dimensional (mm) mangueira I (mm) L (mm) Sext.Fax: (19) 3272-0614 .7/8 2.) Sext.0 93.1/4 1.1/2 1.0 82.0 131.7/8 2.3/4 2 2.Código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2° Referência TFMP 3/4X67X12 TFMP 1X67X16 TFMP 1.1/4 1 1.5 53.1/4X67X20 TFMP 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 1 1.1/2 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H I (mm) (mm) L (mm) Sext.1/4 1.) Sext.0 51.0 143.) 39.5 1.0 104.1/2 2 -12 -16 -20 -24 -32 (Flange SAE J518c .1/4X90X20 1.1/4 1.0 27.0 110.0 107.0 1 1.1/4X60X20 1.1/4 1.0 1 1. S1 (pol.7/8 2.3/8 1.1/2 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) Sext.5 106.1/4 1.1/4 1.) 3/4 1 1.1/4 1. S1 (pol.3/4 2 2.1/2 (Flange SAE J518c .0 114.7/8 2.5 79.0 67.1/4X45X20 1. S3 (pol.1/8 1.5 190. nº 366 .0 36.5 75.0 106.0 1. S3 (pol.5 79.

São Bernardo .26 MANGUEIRAS E TERMINAIS PROCEDIMENTO DE MONTAGEM DOS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA AS MANGUEIRAS MMP 1. PARA DESMONTAR. Deixe 0. Lubrifique o interior da mangueira. Prenda a capa do terminal adequadamente numa morsa e rosqueie a mangueira no sentido antihorário até encostar no fundo da capa. Corte a mangueira no comprimento desejado usando uma serra de dente fino ou uma máquina de cortar mangueira. 2. a rosca da capa e a rosca do pino correspondente.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Introduza o pino na capa e rosqueie-o inicialmente com as mãos e a seguir com auxílio de uma chave adequada.8mm de folga entre os sextavados da capa e do pino.Fax: (19) 3272-0614 . Inspecione a montagem efetuada e limpe o diâmetro interno da mangueira (jato de ar e/ou circulação de fluido). SEGUIR A ORDEM INVERSA C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .13 a 0. 3. Volte a mangueira no sentido horário 1/4 de volta.

Referência MPMP-4 Referência Diâmetro Diâmetro dimensional interno externo mangueira (mm) (mm) Pressão máxima de trabalho (kg/cm²) (a) (b) Pressão mínima ruptura (kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (kg/m) -4 6.4 38.7 23.9 190 230 770 100 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 19.5 25 35 105 640 2.1 52. (b) As relações máximas de trabalho indicadas.190 MPMP-20 -20 31.2 88 120 350 240 0.Fax: (19) 3272-0614 . referem-se a um coeficiente de segurança nominal igual a quatro (4) em relação a pressão mínima de ruptura.1 140 176 560 180 0. Cobertura: Borracha sintética. nº 366 .0 30. refrem-se a um coeficiente de segurança nominal igual a (3) em relação a pressão mínima de ruptura. Terminais: Prensados. óleos solúveis em água. Faixa de temperatura: de -40ºC a + 93ºC.4 70 88 280 300 1.684 MPMP-12 -12 19.0 45 63 176 420 1.8 (a) As pressões máximas de trabalho indicadas. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.446 MPMP-8 -8 12.580 MPMP-10 -10 15.9 26.3 35 50 140 510 1.27 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA PARA PRENSADOS DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R1A) REFERÊNCIA: MPMP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MPMP .458 MPMP-24` -24 38.8 160 210 630 130 0. Tubo Interno: Borracha sintética.788 MPMP-16 -16 25. ar comprimido.8 46.283 MPMP-6 -6 9.666 MPMP-32 -32 66. derivados de petróleo.425 50.4 15. Reforço: Um trançado de fio de aço.São Bernardo .4 Referência da mangueira: MPMP Referência dimensional da mangueira: -4 Aplicação: Fluidos hidráulicos.2 105 140 420 200 0.

0 133.0 45.1/4 2.0 63.5X4 10X4 12X6 12.0 35.0 97.0 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 13/16 13/16 13/16 1 1 1 1.0 59.5 105. S2 (pol.5 46.1 56.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/8 1.0 120.5 54.5 81.0 20.5 56.São Bernardo .7/8 1.5 27.5 26.0 30.1/8 1.5 61.0 35.5 85.9 44. S1 (pol.5 26. externo ponta lisa (d3): 20mm Ref.5 30.5 35.3 30.0 48.5 66.0 25.7X6 14X8 15X8 16X8 18X10 19X10 20X10 20X12 22X12 25X12 25X16 25.5 76.0 25.1/4 2.5 85.5 30.5 45.5 100.5 85.1/2 2.5 47.4 8 9.9 46.5/8 1.1/2 I (mm) 30.5 47.0 30.6 66.0 45.5 30.28 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: PL 20x12 Referência terminal ponta lisa: PL Diâm.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 25 25.0 25.1 47.5 56.0 40.7/8 1.4X4 8X4 9.4 28 30 32 32 35 38 38 42 42 d3 (mm) 4 5 6 6.0 83.0 35.0 56.5 39.3/8 1.0 1/2 1/2 1/2 1/2 9/16 11/16 11/16 13/16 13/16 7/8 7/8 1 1.0 66.0 76.0 30.0 30. nº 366 .5/8 1.0 47.1/4 1.9 39.2 38.5 105.5 35.0 47.5 46.0 48.3/8 1.1/4 2.0 35.0 115.0 35.0 25.3 35.5 109.5 83.0 30.5 100.5 30. terminal macho: PM 3/4 NPTX16 Comprimento da mangueira: 950 mm Referência PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT PT TERMINAL PONTA LISA S1 MPMP-16*PT30*PM3/4 NPT*950 4X4 5X4 6X4 6.) I3 (mm) 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.3/8 1.3 38.5 66.5 86.4X16 28X16 30X16 32X16 32X20 35X20 38X20 38X24 42X24 42X32 Referência PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL PL 4X4 5X4 6X4 6.0 Sext.5 30.4X16 28X16 30X16 32X16 32X20 35X20 38X20 38X24 42X24 42X32 Diam.5 10 12 12.1/8 1.0 58.3 35.1/8 1.5/8 1.5 56.3 35.3/8 1.1/16 1.5 L (mm) 58.0 35.5 95. terminais para tubo: PT 30X16 Ref.5 27.5 46.1/8 1.1/4 1.0 63.7X6 14X8 15X8 16X8 18X10 19X10 20X10 20X12 22X12 25X12 25X16 25.0 25.0 48.0 100.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 25 25.) 20.1/2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 56.2 39.1/2 Sext. tubo (mm) 4 5 6 6.5 146.5 66.1/16 1.5 26.3/8 1.1/4 2.0 47.0 25.0 35.7/8 2 2 2.5 30.0 122.6 72.3/8 1.5 35.Fax: (19) 3272-0614 .7/8 1.5 39.1/16 1.0 64.0 46.3/8 1.3 35.0 25.5 40.1/4 1.0 40.0 63. S1 (pol.5 40.5 47.5 45.0 25.3 35.5 10 12 12.0 100.3/8 1.4X4 8X4 9.5 45.0 40.0 56.5 24.5X4 10X4 12X6 12.3/8 1.4 8 9.3/4 1.3/8 1.0 64. ext.0 56.0 83.0 35.3/4 1.0 63.3/8 1.0 56.5 27.4 28 30 32 32 35 38 38 42 42 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 l (mm) L (mm) Sext.0 115.5/8 1.0 90.5 26.0 25.5 56.5 39.5 90.0 40.0 56. da mangueira: MPMP-16 Ref.1/4 1.5 86.7/8 2 2 2.1 52.) 24.5 133.3/4 2 2 2 2.3/8 1.0 63.0 30.0 109.5 107. dimensional mangueira: -12 TERMINAL PARA TUBO Ref.

1/16 64.5 26. S1 (pol.0 14.0 12.0 12.0 1.1/2 NPT 2 NPT TERMINAL MACHO-BSP Referência PM 1/8 BSPX4 PM 1/4 BSPX4 PM 1/4 BSPX6 PM 3/8 BSPX6 PM 3/8 BSPX8 PM 1/2 BSPX8 PM 1/2 BSPX10 PM 3/4 BSPX10 PM 1/2 BSPX12 PM 3/4 BSPX12 PM 3/4 BSPX16 PM 1 BSPX16 PM 1.0 18.0 15/16 60.1/8 91.0 3/4 51.5 1.0 30.5 46.5 29.3/8 92.2 14.) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 49.5 30.5 1.0 34.0 19.5 37.0 10.0 1.0 20.0 2.2 14.1/2 BSPX24 PM 2 BSPX32 TERMINAL MACHO-MÉTRICA Referência PM PM PM PM PM PM 1/8 BSP 1/4 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.0 15.0 61.0 16.0 1.5/16 UNFX16 9/16 UNF 9/16 UNF 7/8 UNF 7/8 UNF 1.0 23.5 7/8 59.5 1.5 38.5 37.1/4 64.0 44.0 19.2 14.0 24.Fax: (19) 3272-0614 .5 M27X2 M33X2 M24X2 Referência Rosca UNF TERMINAL MACHO-UNF PM PM PM PM PM PM Rosca BSP 9/16 UNFX4 9/16 UNFX6 7/8 UNFX8 7/8 UNFX10 1.5 28.5 45.1/16 63.0 38.5 35.5 55.5 1.0 16.1/2 BSP 2 BSP Rosca métrica mangueira M12X1.5 44.0 19.0 14.0 12.29 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMP TERMINAL MACHO-NPT PM PM PM PM PM PM PM PM PM PM PM PM PM PM PM Referência Rosca NPT 1/8 NPTX4 1/4 NPTX4 1/4 NPTX6 3/8 NPTX6 3/8 NPTX8 1/2 NPTX8 1/2 NPTX10 3/4 NPTX10 1/2 NPTX12 3/4 NPTX12 3/4 NPTX16 1 NPTX16 1.7 15.0 29.1/4 NPTX20 1.0 14.5X8 M27X2X10 M33X2X12 M24X2X16 M12X1.5 38.0 28.5 1.5 5/8 51.5 38.5 55.0 1.5 48.0 50.0 19.) 10.0 7/8 64.2 19.1/2 NPTX24 2 NPTX32 1/8 NPT 1/4 NPT 1/4 NPT 3/8 NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 3/4 NPT 1 NPT 1.5/8 94.0 34.5 3/4 51.1/2 Sext.0 27.0 9/16 49.0 56.7/8 118. S1 (pol.5 7/8 60.0 16.1/2 111.0 56.5 44.1/4 BSP 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5X6 M22X1.0 2.0 16.0 20.) Sext.1/4 BSPX20 PM 1.5 M18X1.1/4 NPT 1.5 33.5 51.0 28.1/16 62.5 36.0 1.5 9/16 51.5 38.0 25.5 38.7 12.1/4 1.5/16 UNF Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 Referência dimensional -4 -6 -8 -10 -12 -16 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 A (mm) I (mm) L (mm) Sext.1/2 A (mm) I (mm) L (mm) 8.5 48.1/4 137.0 1.5 59.5 37.0 19.1/16 UNFX12 1.5 83.0 22.5 1.0 14.0 12.5 11/16 57.5 M22X1. nº 366 .1/8 66.5 1.0 12.5 1/2 49.1/16 69.0 65.5 2 136.1/4 90.0 28.1/16 UNF 1.3/8 116.) 10.5 34.0 1.0 25.3/4 A (mm) I (mm) L (mm) 12.5 30.0 30.0 15/16 64.3/8 96. S1 (pol.0 18.São Bernardo .0 48.0 24.0 30.5 1.0 11/16 11/16 1 1 1.0 1.0 12.0 24. S1 (pol.0 11/16 49.5 13/16 64.0 54.0 34.0 14.5 2 118.1/4 68.1/8 69.5 32.5 2.5 2 A (mm) I (mm) L (mm) Sext.5X4 M18X1.

0 78.5X4 PC 10X4 PC 12X6 PC 12.5 81.5 125.1/4X22X20 1.5 30.5 47.5 30.0 65.5 113.0 84.0 135.5 10 12 12.5 185.4X16 PC 28X16 PC 30X16 PC 32X16 PC 32X20 PC 35X20 PC 38X20 PC 38X24 PC 42X24 PC 42X32 TERMINAL FLANGE RETO (Flange SAE J518c .1/2 2 2 .1/2X22X20 1.0 L (mm) 79.30 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRAS MPMP TERMINAL CURVO Referência PC 4X4 PC 5X4 PC 6X4 PC 6.1/2 2 2 I (mm) -8 .0 129.0 62.32 Referência Medida nominal flange Referência dimensional mangueira 3/4X22X8 3/4X22X10 3/4X22X12 1X22X12 1X22X16 1.0 47.0 41.0 54.0 132.0 63.0 54.0 40.5 125.5 94.0 94.5 47.5 114.5 195.0 88.5 199.5 37.0 112.5 11.0 125.5 81.0 L (mm) 54.5 76.0 53.0 52.5 33.0 52.5 41.5 30.0 60.5 12.0 56.16 .0 102.0 65.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 65.5 124.0 33.5 66.1/2 1.5 122.Código 61) PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF d3 (mm) 4 5 6 6.0 112.0 110.0 214.1/2X20 PF 1.5 Referência dimensional mangueira 3/4 3/4 3/4 1 1 1.0 11.São Bernardo . nº 366 .0 80.0 84.5 56.0 58.4 28 30 32 32 35 38 38 42 42 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 H (mm) I (mm) 30.5 160.5 129.5 62.5 170.4X4 PC 8X4 PC 9.0 152.0 92.0 152.1/4 1.0 13.1/4 1.0 170.5 11.5 124.1/4X22X16 1.5 51.5 135.Fax: (19) 3272-0614 .0 94.1/4X16 PF 1.0 63.20 .1/4 1.Código 61) Referência PF 3/4X8 PF 3/4X10 PF 3/4X12 PF 1X12 PF 1X16 PF 1.0 52.0 120.0 80.5 33.0 89.0 66.1/2X24 PF 2X24 PF 2X32 TERMINAL FLANGE 22 1/2° (Flange SAE J518c .0 68.0 71.0 45.0 151.0 68.0 66.0 83.0 54.5 82.0 89.0 53.0 151.5 94.0 135.1/2X22X24 2X22X24 2X22X32 3/4 3/4 3/4 1 1 1.5 140.5 136.7X6 PC 14X8 PC 15X8 PC 16X8 PC 18X10 PC 19X10 PC 20X10 PC 20X12 PC 22X12 PC 25X12 PC 25X16 PC 25.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 25 25.5 170.0 105.1/4X20 PF 1.0 110.0 82.0 66.0 16.0 72.0 17.0 131.0 100.5 33.0 110 0 120.0 79.5 .0 51.5 185.1/4 1.0 110.24 -8 -10 -12 -16 -20 -24 -32 H (mm) 9.0 107.5 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 22.5 91.1/2 1.0 118.0 66.0 80.0 L (mm) 78.0 143.0 112.0 72.0 102.0 66.0 228.0 72.12 52.0 11.0 53.5 140.5 I (mm) 53.4 8 9.0 58.0 54.5 79.0 56.5 9.10 .0 61.0 102.

5 120.5 87.1/2 1.Código 61) 3/4 3/4 3/4 1 1 1.1/2X90X24 PF 2X90X24 PF 2X90X32 3/4 3/4 3/4 1 1 1.5 39.1/2X45X20 PF 1.1/4 1.5 55.5 30.1/4 1.0 74.0 82.5 48.5 76.0 60.5 78.5 81.Código 61) Referência PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF Referência TERMINAL FLANGE 90° (Flange SAE J518c .20 .16 . nº 366 .5 114.0 16.0 90.16 .24 .5 87.1/4X60X20 1.5 33.0 75.5 42.5 136.0 74.0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.32 Referência dimensional mangueira -8 .0 159.0 75.5 113.1/4 1.32 H (mm) I (mm) L (mm) 13.0 67.0 49.1/4 1.0 27.1/2 2 2 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1 1.5 27.5 60.0 212.5 H (mm) I (mm) L (mm) 9.5 57.5 38.0 52.0 98.16 .1/2 2 2 Referência Medida nominal flange PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF TERMINAL FLANGE 67 1/2° (Flange SAE J518c .0 H (mm) I (mm) L (mm) 33.São Bernardo .0 80.0 64.0 121.0 60.1/4X90X20 PF 1.5 114.0 52.31 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMP TERMINAL FLANGE 30° (Flange SAE J518c .0 155.5 68.0 160.1/4X60X16 1.0 81.32 Referência dimensional mangueira -8 .0 88.5 150.20 .5 35.5 68.5 51.0 98.5 57.0 114.5 92.5 44.24 .5 25.1/4 1.5 64.5 36.0 82.0 97.5 76.5 82.1/2X67X20 1.0 96.5 150.5 127.1/2 2 2 Referência dimensional mangueira -8 .5 55.0 29.5 51.0 16.1/4X30X16 1.5 39.0 199.5 82.0 121.10 .1/2X30X24 2X30X24 2X30X32 Medida nominal flange 3/4X60X8 3/4X60X10 3/4X60X12 1X60X12 1X60X16 1.32 Referência dimensional mangueira -8 .1/2 2 2 Medida nominal flange PF 3/4X45X8 PF 3/4X45X10 PF 3/4X45X12 PF 1X45X12 PF 1X45X16 PF 1.0 67.1/2X67X24 2X67X24 2X67X32 Referência PF 3/4X90X8 PF 3/4X90X10 PF 3/4X90X12 PF 1X90X12 PF 1X90X16 PF 1.1/4X30X20 1.5 88.1/4 1.1/2 1.0 204.1/4X45X20 PF 1.Código 61) 3/4X30X8 3/4X30X10 3/4X30X12 1X30X12 1X30X16 1.20 .1/2X30X20 1.5 91.5 141.5 25.0 120.24 .5 15.0 95.1/4X45X16 PF 1.12 .0 128.0 79.20 .0 150.24 .5 209.0 96.5 44.12 .5 97.0 74.1/4X67X20 1.0 49.10 .5 136.1/4 1.0 120.5 92.0 158.32 Referência dimensional mangueira -8 .5 74.5 73.0 51.0 36.5 132.0 53.5 80.1/2 2 2 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1 1.0 55.20 .5 55.0 67.0 160.Código 61) TERMINAL FLANGE 60° (Flange SAE J518c .1/4X90X16 PF 1.0 87.0 53.0 65.5 142.1/2X60X20 1.Código 61) TERMINAL FLANGE 45° (Flange SAE J518c .5 56.10 .0 98.Fax: (19) 3272-0614 .0 80.5 65.0 87.0 74.10 .5 22.5 48.12 .5 139.0 H (mm) I (mm) L (mm) 43.1/4X67X16 1.5 113.0 18.5 74.1/2X90X20 PF 1.1/2X60X24 2X60X24 2X60X32 Referência PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF PF 3/4X67X8 3/4X67X10 3/4X67X12 1X67X12 1X67X16 1.0 67.0 15.1/2 1.5 H (mm) I (mm) L (mm) 22.0 203.1/2 1.0 95.5 135.0 98.5 35.0 79.5 9.0 158.5 91.1/4 1.0 99.5 138.16 .0 141.16 .0 120.5 79.12 .1/2X45X24 PF 2X45X24 PF 2X45X32 3/4 3/4 3/4 1 1 1.0 43.0 80.5 38.0 81.0 122.5 67.5 13.5 67.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 60.5 22.5 31.1/4 1.0 56.5 19.10 .24 .0 140.5 67.0 140.1/2 1.0 69.0 90.0 150.0 48.0 81.1/4 1.12 .5 155.5 22.

São Bernardo . S2 (pol.32 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMP TERMINAL ASA (24º) Referência Diam. O-Ring Buna-N 39.9 45.Fornecido com O-Ring correspondente 2 . nº 366 .0 114.5 76.1/4 MJOR 2 MJOR 7 MJOR 4 MOR 28 MJOR 8 MOR 29 MOR 29 MOR 34 MOR 11 (mm) OBS.0 96.5 82.0 63.0 56.5 13/16 3/4 1 1.5 48.3/8 1.6 53.0 92.: 1 .5 100.Fax: (19) 3272-0614 .3 39.0 67.) Ref.7 39.1/8 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Referência tubo do dimensional lado mangueira Ermeto l (mm) L (mm) Sext.5/8 1. ext.0 67.3 37.Buna-N: 35° C a + 120° C PAS PAS PAS PAS PAS PAS PAS PAS PAS 8X4 10X4 12X6 16X8 20X10 25X12 25X16 30X16 38X20 8 10 12 16 20 25 25 30 38 -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5/8 2 2.5 56.

9 88 350 240 0.908 MPMPAT-20 -20 31.5 190 770 100 0. Cobertura: Camada fina de borracha sintética resistente a óleo e abrasão.33 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE MÉDIA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R1AT) REFERÊNCIA: MPMPAT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MPMPAT. Tubo Interno: Borracha sintética.5 160 630 130 0. nº 366 .5 17.8 140 560 180 0.Fax: (19) 3272-0614 .4 13.208 MPMPAT-6 -6 9. Referência Referência dimensional mangueira Diâmetro interno (mm) Diâmetro externo (mm) Pressão máxima trabalho (kg/cm2) Pressão mínima ruptura (kg/cm2) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (kg/m) MPMPAT-4 -4 6.342 MPMPAT-8 -8 12.4 35.309 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Terminais: Prensados com capa de alumínio ou com capa de aço carbono.São Bernardo .625 MPMPAT-16 -16 25. OBS.417 MPMPAT-10 -10 15.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .7 20.9 23.491 MPMPAT-12 -12 19. Faixa de temperatura: de -40ºC a + 93ºC.8 70 280 300 0.9 105 420 200 0.10 Referência da mangueira: MPMPAT Referência dimensional da mangueira: -10 Aplicação: Circuito óleo hidráulico de média pressão .: Não é necessário remover a cobertura na operação de prensagem dos terminais. Reforço: Um trançado de fios de aço.0 27.8 43.7 45 176 405 1.

0 25.0 25.5 83.5 54.5 61.1/4X30-CA*PC35-CA*550* 90 Ref.9 39.0 83.5 95.5 54.0 100. TERMINAL PARA TUBO Referência tubo (mm) PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT PTAT TERMINAL PONTA LISA S1 4X4 5X4 6X4 6.3/4 1.5 61.3/8 1.5 74.3 35.0 115.5 30.7X6 14X8 15X8 16X8 18X10 19X10 20X10 20X12 22X12 25X12 25X16 25.0 25.5 56.0 35.1/16 1.0 30.0 30.5 35.5 52.5 61.5 90.3 30.5 39.0 63.0 63.7X6 14X8 15X8 16X8 18X10 19X10 20X10 20X12 22X12 25X12 25X16 25.4X4 8X4 9.0 30.4 8 9.5 55.3/4 2 2 2 2.5 55.9 44. S1 (pol.0 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 13/16 13/16 13/16 1 1 1 1.1/16 1.0 35.5/8 1.0 61.0 63.5X4 10X4 12X6 12.0 25.Fax: (19) 3272-0614 . S1 (pol.5X4 10X4 12X6 12.3 35.5 56.1/16 1.5 39.1/8 1.0 99.São Bernardo .3/8 1.5/8 1.5 75.4 28 30 32 32 35 38 Referência dimensional l mangueira (mm) -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 L (mm) Sext.4X16 28X16 30X16 32X16 32X20 35X20 38X20 Referência PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT PLAT 4X4 5X4 6X4 6.0 25.5 35.0 1/2 1/2 1/2 1/2 9/16 11/16 11/16 13/16 13/16 7/8 7/8 1 1.0 35.0 90.0 25.0 120.5 74.5 56.1/4x30x20 Montada com capa de aço: CA Ref.0 83.4X4 8X4 9.3 35.0 97.1/4 1.0 100. nº 366 .0 115.7/8 1.5 55.5/8 1.3/8 1. terminal flange 30º: PFAT 1.5 52.9 46.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 25 25.0 63.5 26.2 38.5 10 12 12.1/8 1.4 28 30 32 32 35 38 d3 (mm) 4 5 6 6.0 76.4X16 28X16 30X16 32X16 32X20 35X20 38X20 4 5 6 6.7/8 1.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 25 25.5 30.0 35.5 39.4 8 9.0 58.5 75.5 72.0 63.0 30.0 97.5 72.1/4 1.5 76.5 45.0 35.5 54.5 26.3/8 1.0 56.5 30. Terminal curvo: PCAT 35X20 Montada com capa de aço: CA Comprimento da mangueira: 550 mm Ângulo entre os terminais: 90º Diam.0 35. ext.34 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMPAT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE AÇO: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE AÇO: PFAT 3/4X45-CAx10 Referência terminal flange: PFAT Medida nominal da flange: 3/4 Ângulo do teminal flange: 45º Montada com capa de aço: CA Referência dimensional da mangueira: -10 MPMPAT-20*PF1.5 52. S2 (pol.0 30.3/8 1.5 27.1/4 I (mm) L (mm) 30.0 35.3/8 1.5 26.3/8 1.5 46.0 40.7/8 2 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.5 27.5 45.5 35.5 74.0 25.3/8 1.5 30.5 56.7/8 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 30.1/4 2.5 81.5 97.5 46.5 47.5 24.1/8 1.5 47.5 61.5/8 1.3/4 1.0 25.0 64.1 52.3/8 1.0 25.1/4 1.3/8 1.2 39.5 30.5 100.7/8 1.3 35.5 52.) Sext.5 100.0 35.3/8 1.0 20.) 20.5 72.1 56.0 30.1/8 1.3 35.1/4 1.0 61.5 40.) 24.0 61.3 38.5 40.5 58.0 I3 (mm) Sext.3/8 1. da mangueira: MPMPAT-20 Ref.1 47.1/8 1.5 27.5 10 12 12.0 64.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 26.

5 65.0 29.0 85.0 50.2 29.1/16 14.0 56.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 -8 14.5 13/16 19.0 52.0 11/16 14.0 7/8 19.0 1/2 14.5 Rosca UNF Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) Sext.5 PMAT 1.5 5/8 14.5 70.) 10.0 53.) 2 9/16 UNF 9/16 UNF 7/8 UNF 7/8 UNF 1. S1 (pol.0 28.0 30.5 83.5X4 M12X1.5 7/8 12.0 51.5 9/16 -4 12.5 11/16 14.3/8 1.1/16 PMAT M27X2X10 M27X2 -10 16.1/16 -10 16.5 81.5/8 PMAT M42X2X16 M42X2 -16 TERMINAL MACHO-UNF Referência PMAT PMAT PMAT PMAT PMAT PMAT 9/16 UNFX4 9/16 UNFX6 7/8 UNFX8 7/8 UNFX10 1.5 37.0 11/16 15/16 TERMINAL MACHO-MÉTRICA PMAT M12X1.) 12.0 54. S1 (pol.0 34.5 75.0 48.1/8 19.5 1.1/16 19.0 Rosca BSP Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) 8.2 30.5X6 M18X1. S1 (pol.5 -6 12. nº 366 .3/8 PMAT 3/4 NPTX16 3/4 NPT PMAT 1 NPTX16 1 NPT PMAT 1.1/8 -12 19.0 80.0 10.0 24.0 34.5 69.5 69.5 30.São Bernardo .0 37.5 74.3/8 -16 24.5 28.5X8 M22X1.5 56.0 64.0 44.5 108.1/4 NPTX20 1.0 33.0 1.0 56.1/4 BSP -20 20.0 1.2 30.1/16 UNF 1.5 70.5 51.0 1.5/16 UNFX16 20.0 38.5 1.0 Referência Rosca métrica Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) -4 12.0 3/4 TERMINAL MACHO-BSP Referência PMAT 1/8 BSPX4 1/8 BSP PMAT 1/4 BSPX4 1/4 BSP PMAT 1/4 BSPX6 1/4 BSP PMAT 3/8 BSPX6 3/8 BSP PMAT 3/8 BSPX8 3/8 BSP PMAT 1/2 BSPX8 1/2 BSP PMAT 1/2 BSPX10 1/2 BSP PMAT 3/4 BSPX10 3/4 BSP 1.1/4 14.5 56.5 75.5 65.5 1.0 71.1/2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 12.0 38.5 1.5 1.0 56.5 79.Fax: (19) 3272-0614 .5 56.5 15/16 19.0 28.5 1.0 PMAT M22X1.5 1.0 34.0 38.0 59.0 27.0 46.1/4 BSPX20 1.2 32.5 61.7/8 Sext.1/16 UNFX12 1.1/4 NPT -20 25.5 103.) PMAT M18X1.1/4 1.5/16 UNF -4 -6 -8 -10 -12 -16 10.0 3/4 -6 12.5 68.0 15.0 23.0 1.0 36.7 12.5 69.35 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMPAT TERMINAL MACHO-NPT Rosca NPT Referência PMAT 1/8 NPTX4 1/8 NPT PMAT 1/4 NPTX4 1/4 NPT PMAT 1/4 NPTX6 1/4 NPT PMAT 3/8 NPTX6 3/8 NPT PMAT 3/8 NPTX8 3/8 NPT PMAT 1/2 NPTX8 1/2 NPT PMAT 1/2 NPTX10 1/2 NPT PMAT 3/4 NPTX10 3/4 NPT PMAT 1/2 NPTX12 1/2 NPT PMAT 3/4 NPTX12 3/4 NPT Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 A (mm) I (mm) L (mm) Sext.0 33.0 38.5 2 Sext.0 38.5 1.1/2 PMAT 1/2 BSPX12 1/2 BSP PMAT 3/4 BSPX12 3/4 BSP PMAT 3/4 BSPX16 3/4 BSP PMAT 1 BSPX16 1 BSP -16 18.0 37.0 7/8 -8 14.5 1.0 62.5 72.5 69. S1 (pol.1/4 16.0 11/16 11/16 1 1 1.0 45.7 15.5 1.0 57.0 28.0 34.0 30.1/4 PMAT M33X2X12 M33X2 -12 18.0 56.5 67.0 38.1/8 -12 16.0 57.

0 11.5 9.1/4X20 1.0 51.5 30.0 56.5 -12 -16 -20 (Flange SAE J518c .São Bernardo .5 30.1/2X22X20 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) 3/4 3/4 3/4 1 1 1.0 58.1/4X16 1.1/2X20 4 5 6 6.0 52.5 11.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 25 25.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 33.Código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 117.5 125.5 69.4X16 PCAT 28X16 PCAT 30X16 PCAT 32X16 PCAT 32X20 PCAT 35X20 PCAT 38X20 TERMINAL FLANGE RETO Referência PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT 3/4X8 3/4X10 3/4X12 1X12 1X16 1.0 122.0 L (mm) 52.0 80.0 (Flange SAE J518c .0 53.0 71.0 53.5 110.1/4 1.5 94.5 76.5 125.4 28 30 32 32 35 38 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1 1.5 91.0 89.5 61.0 101.0 107.5 118.4X4 PCAT 8X4 PCAT 9.0 60.5 135.0 65.1/4X22X20 1.5 51.5 56.0 83.0 56.5X4 PCAT 10X4 PCAT 12X6 PCAT 12.0 91.5 47.0 110.0 53.0 65.0 77.0 54.5 114.5 82.0 89.0 53.5 123.0 61.5 112.5 84.5 41.5 62.0 16.0 45.0 90.5 159.0 177.5 37.4 8 9.0 47.5 83.0 63.0 87.1/2 -8 -10 9.0 101.5 77.5 124.5 47.0 66.0 110.5 Referência dimensional mangueira I (mm) -8 -10 -12 -16 -20 L (mm) 61.Fax: (19) 3272-0614 .0 100.5 75.0 40.5 129.0 100.1/4 1.5 94.0 52.0 98.5 129.1/4 1.0 11.0 66.Código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2° Referência PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT PFAT 3/4X22X8 3/4X22X10 3/4X22X12 1X22X12 1X22X16 1.5 81.0 65.0 120.1/2 Referência dimensional mangueira -4 -6 -8 -10 -12 -16 -20 H (mm) I (mm) 30.0 41.0 187.0 91.7X6 PCAT 14X8 PCAT 15X8 PCAT 16X8 PCAT 18X10 PCAT 19X10 PCAT 20X10 PCAT 20X12 PCAT 22X12 PCAT 25X12 PCAT 25X16 PCAT 25.5 12.36 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MPMPAT TERMINAL CURVO Referência d3 (mm) PCAT 4X4 PCAT 5X4 PCAT 6X4 PCAT 6.0 109.5 30.0 58.0 66.5 159.5 119.5 81.5 33.1/4X22X16 1.0 52.5 61.0 33.0 80.1/4 1.0 72.5 75.5 124. nº 366 .5 61.5 11.5 10 12 12.5 177.0 110.0 93.5 82.5 128.5 149.0 80.5 33.0 63.0 110.5 79.

São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. nº 366 .

020 (a) As pressões máximas de trabalho indicadas. Terminais: Prensados ou reusáveis. ar comprimido.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . Reforço: Dois trançados de fios de aço separados por camada de borracha sintética. referem-se a um coeficiente de segurança nominal igual a quatro (4) em relação a pressão mínima de ruptura. (b) As pressões máximas de trabalho indicadas.2 88 120 350 510 2. Cobertura: Borracha sintética. Tubo Interno: Borracha sintética.8 69. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. referem-se a um coeficiente de segurança nominal igual a (3) em relação a pressão mínima de ruptura.24 Referência da mangueira: MAP Referência dimensional da mangueira: -24 Aplicação: Fluidos hidráulicos.1 57.931 MAP-32 -32 50.38 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO (SIMILAR SAE 100R2A) REFERÊNCIA: MAP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MAP . Referência Referência Diâmetro Diâmetro dimensional interno externo mangueira (mm) (mm) Pressão máxima de trabalho (kg/cm²) (a) (b) Pressão mínima ruptura (kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (kg/m) MAP-24 -24 38. óleos solúveis em água.8 80 88 320 640 4. derivados de petróleo. nº 366 . Faixa de temperatura: de -40ºC a + 93ºC.São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 .

Tubo Interno: Borracha sintética compatível com fluidos ester-fosfatados.Fax: (19) 3272-0614 . com fluidos a base de óleos ester-fosfatados. Cobertura: Borracha sintética resistente à abrasão.8 160 630 240 1.655 MEAP-8 -8 12.491 MEAP-6 -6 9. Faixa de temperatura: de -40ºC a + 93ºC.804 MEAP-10 -10 15. nº 366 .5 21. intempéries e óleos minerais.080 MEAP-12 -12 19. Terminais: Reusáveis Pressão máxima trabalho (kg/cm²) Pressão mínima ruptura (kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (kg/m) Referência Referência dimensional mangueira Diâmetro interno (mm) Diâmetro externo (mm) MEAP-4 -4 6.7 24.4 17.9 27.220 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 190 770 200 1.10 Referência da mangueira: MEAP Referência dimensional da mangueira: -10 Aplicação: Circuitos hidráulicos de alta pressão.0 31.6 245 980 180 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .39 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO PARA FLUIDOS ESTER FOSFATADOS REFERÊNCIA: MEAP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: MEAP.5 350 1400 100 0.São Bernardo . ozônio. Reforço: Dois trançados de fios de aço de alta resistência.4 280 1120 130 0.

5 41.0 69.0 36.0 116.0 40.0 84.0 74.0 74.0 73.5X4 10X4 12X6 12. S1 (pol.0 139.0 25.3/8 1.5 79.1/4 1.5 52.5 43.1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 11/16 3/4 3/4 1 1 1.0 31.0 40.) Sext.5 43.0 84.Fax: (19) 3272-0614 .0 36.0 32.5 10 12 12.1/16 1.7X6 14X8 15X8 16X8 18X10 19X10 20X10 20X12 22X12 25X12 38X24 42X24 42X32 Referência TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP TLAP 4X4 5X4 6X4 6.5 42.1/2 1.0 25.1/8 1.0 89. da mangueira: MEAP-10 Ref.0 53.0 102.1/4 1.1/4 1.0 91. S3 (pol.5 43.4 8 9.5 61.0 80.0 25.0 139.0 89.5 61.0 25.0 91.) Sext. terminais p/ tubo: TFAP 3/4X10 Ref.0 35.5 39.0 40.0 25.0 30. S1 (pol.0 30.1/4 1.3/8 1.0 25.4X4 8x4 9.5 64.1/2 1.1/2 1.7/8 2.1/2 2.0 59.1/4 1.3/8 2 2 2.7X6 14X8 15X8 16X8 18X10 19X10 20X10 20X12 22X12 25X12 38X24 42X24 42X32 4 5 6 6.3/8 1.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 38 42 42 -4 -6 -8 -10 -12 -24 -32 29.7/8 1.0 80.1/4 1.1/8 1.1/8 1.3/8 1.0 70.5 52.1/8 1.0 102.5 53.1/2 2.0 74.5 63.0 L (mm) 69.1/8 1.0 116.0 36.0 20.4X4 8X4 9.1/2 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 1 1 1.5 43.0 74.0 80.0 69.0 148.0 25.0 74. nº 366 .5 40. externo terminal curvo (d3): 16mm Ref.0 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 5/8 5/8 13/16 13/16 7/8 13/16 13/16 7/8 15/16 15/16 1.0 31.0 30. tubo Referência dimensional mangueira l (mm) L (mm) Sext.5 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. S2 (pol.5 132. Terminal macho: TFAP 3/4X90X10 Comprimento da mangueira: 1850 mm Diâm.1/8 1.0 89.0 32.0 49.2 44.0 91.0 25.0 89.0 74.0 30.1/4 1.5 78.0 44.1/2 3 (mm) TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TTAP TERMINAL PONTA LISA 4X4 5X4 6X4 6.1/2 2.0 70.) 1/2 1/2 1/2 1/2 9/16 11/16 11/16 13/16 13/16 15/16 15/16 1 1.1/2 2.0 80.0 29.0 25.5 78.) 20.40 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS MAP E MEAP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: TCAP 16x8 MEAP-10* TF3/4*TF3/4X90*1850 Referência terminal curvo: TCAP Diâm.5 64. dimensional da mangueira: -8 Ref.5 63.1/4 1.1/4 1. S3 (pol.) Sext.1/8 1.0 32.0 41.0 74.1/2 1.1/2 3 I3 (mm) Sext.0 32.São Bernardo .5/8 2.5 64.0 109.1/2 2.0 52.0 32.1/2 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 13/16 1 1 1.1/16 1.1/16 1.4 8 9.0 30.5 38.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/4 1.1/8 1.0 84.2 42.5X4 10X4 12X6 12.0 Referência d3 dimensional I (mm) mangueira (mm) 4 5 6 6.0 59.0 30.0 39.0 58.5 10 12 12.1/16 1.7 14 15 16 18 19 20 20 22 25 38 42 42 -4 -6 -8 -10 -12 -24 -32 38. TERMINAL PARA TUBO Referência ext.0 41.1/4 2.5 42.

5 2 1.5 78.1/2 NPT -24 19. (mm) S1 (pol.0 2 2.0 33.5 -4 12.0 1.0 3/4 1 1.0 1.0 3/4 13/16 12.1/2 1.0 43.5 71. S1 Sext.) 10.0 1.1/16 1.0 91.0 29.1/16 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/16 63.0 1.5 43.5 7/8 1 12.1/2 BSPX24 Sext.0 1/2 13/16 -4 -6 14.1/4 -12 14.5 80.0 32.0 76.0 71.5 15/16 1 TMAP M22X1.5X8 M22X1.0 67.5 7/8 7/8 1.0 1 1.1/2 NPTX24 TMAP 2 NPTX32 TERMINAL MACHO-BSP Referência 62.0 38.5 66.0 40.5 7/8 1.0 35.) 3 Sext. S3 (pol.0 33.0 19.1/2 TMAP 1.0 41.0 70.5X6 M18X1.0 11/16 73.) 8.0 63.5 78.0 72.7 35.1/16 91.5 -8 14.0 19.1/2 Referência A dimensional (mm) I (mm) L (mm) Sext.0 41.1/4 1.0 66.2 14.0 61.0 9/16 13/16 5/8 1 -8 14.5 1/8 BSP TMAP 1. S3 (pol.5 1.0 25.0 80.0 80.0 11/16 1 TMAP 7/8 UNFX8 7/8 UNF -8 12.3/4 3 Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) Sext.5/8 1.0 41. S1 (pol.) Sext.) (pol.2 34.1/4 1.5 66.5 74.1/8 1.) 13/16 -6 -8 -10 3/4 BSP Rosca métrica TMAP M12X1.1/16 UNFX12 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. S1 (pol.0 11/16 13/16 TMAP 9/16 UNFX6 9/16 UNF -6 10.1/4 3/4 NPT 1/2 NPT -12 19.7 34.5 1.1/4 TMAP M33X2X12 M33X2 -12 18.5 71.0 Rosca BSP TMAP 1/4 BSPX4 1/4 BSP TMAP 1/4 BSPX6 1/4 BSP TMAP 3/8 BSPX6 3/8 BSP TMAP 3/8 BSPX8 3/8 BSP TMAP 1/2 BSPX8 1/2 BSP TMAP 1/2 BSPX10 1/2 BSP TMAP 3/4 BSPX10 3/4 BSP TMAP 1/2 BSPX12 1/2 BSP TMAP 2 BSPX32 TERMINAL MACHO-MÉTRICA Referência Sext.0 32.0 41.5 1.Fax: (19) 3272-0614 .5 64.) 30.1/4 1.5 -6 12.5X4 M12X1.0 46.0 1 1.0 40.2 33.) TERMINAL MACHO-UNF Referência Rosca UNF mangueira TMAP 9/16 UNFX4 9/16 UNF -4 10.5 135.0 76.5 136.1/16 UNF -12 15.0 73.1/16 1.0 TMAP 1/8 BSPX4 TMAP 3/4 BSPX12 Referência A I L dimensional (mm) (mm) (mm) mangueira Referência A I dimensional (mm) (mm) mangueira -4 2.1/8 14.0 1.0 39.1/4 1. nº 366 .0 30.0 38.0 3/4 1 12.São Bernardo .0 1.0 1.2 14.1/8 14.41 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS MAP E MEAP TERMINAL MACHO-NPT Referência Rosca NPT TMAP 1/8 NPTX4 1/8 NPT TMAP 1/4 NPTX4 TMAP 1/4 NPTX6 1/4 NPT 1/4 NPT TMAP 3/8 NPTX6 TMAP 3/8 NPTX8 3/8 NPT 3/8 NPT TMAP 1/2 NPTX8 TMAP 1/2 NPTX10 TMAP 3/4 NPTX10 TMAP 1/2 NPTX12 TMAP 3/4 NPTX12 TMAP 1.0 11/16 TMAP M18X1.5 80.0 120. S3 (pol.1/8 1/2 NPT 1/2 NPT -10 19.0 71.0 34.1/2 L Sext.0 2.1/4 16.1/8 TMAP M27X2X10 M27X2 -10 16.0 91.1/2 2 BSP -32 24.0 94. S3 (pol.5 43.5 1 1.1/2 2.1/2 16.0 34.0 41.1/2 2 NPT -32 26.1/4 1.0 72.5 33.1/2 BSP -24 22.0 89.1/8 TMAP 7/8 UNFX10 7/8 UNF -10 12.5 1.5 120.1/2 3/4 NPT 1.0 35.1/4 1.0 88.5 9/16 13/16 12.1/16 1.5 73.

0 Referência -4 -10 -12 -24 -32 nominal flange Sext.1/2 1 -12 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 64.0 57.1/2 1 1.0 2 2.5 89.0 65.5 150.0 95.1/4 TFAP 3/4X22X12 3/4 11.1/2 11.0 1.0 65. S1 (pol.0 72.0 139.1/8 TFAP 3/4X22X10 3/4 -10 9.5 7/8 1 1.5 100.0 86.5 2 2.1/8 1.1/8 TCAP 16X8 TCAP 18X10 16 18 54.0 138.0 68.1/2 2 2.1/8 2 1.) TCAP 4X4 Medida TERMINAL FLANGE RETO Referência H I L dimensional (mm) (mm) (mm) mangueira 1 -12 1. S3 (pol.5 98.1/2 83.5 2.0 148.0 65.0 120.5 1 1.) 96.5 10 40.5 128.São Bernardo . S1 (pol.1/2 2.1/2 16.7 -6 45.5 123.0 153.0 TFAP 2X32 2 -32 87.5 142.1/8 1.5 72.5 1.1/8 1.0 107.0 66.1/8 TFAP 2X24 2 -24 83.0 5/8 5/8 1 1 TCAP 14X8 TCAP 15X8 14 15 -8 52.5X4 TCAP 10X4 9.1/4 TFAP 3/4X12 3/4 60.42 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS MAP E MEAP TERMINAL CURVO Referência d3 (mm) 4 30.1/4 TCAP 20X12 TCAP 22X12 20 22 65. S1 (pol.0 63.4 8 TCAP 9.1/2X22X24 (Flange SAE J518c .5 37.1/2 1.0 1/2 13/16 5 6 30.5 61.0 140.0 114.1/2 TFAP 2X22X24 2 -24 22.0 60.5 TFAP 2X22X32 2 -32 22.) 3/4 -8 58. nº 366 .1/2 66.5 194.0 1/2 1/2 13/16 13/16 30.5 194.0 1/2 1/2 13/16 13/16 TCAP 12X6 TCAP 12.0 87.) TCAP 5X4 TCAP 6X4 TFAP 1X12 (Flange SAE J518c .0 1.Código 61) Referência dimensional mangueira TFAP 3/4X8 TFAP 1.0 168.0 47.0 7/8 1.5 126.5 72.0 1/2 1/2 13/16 13/16 TCAP 6.1/4 1.Código 61) Sext.0 TFAP 3/4X10 3/4 -10 59.0 210.5 86.1/4 TCAP 19X10 TCAP 20X10 19 20 63.0 57.Fax: (19) 3272-0614 .0 172.1/2X24 TERMINAL FLANGE 22 1/2º Sext.1/8 TFAP 1X22X12 TFAP 1.1/2 TFAP 3/4X22X8 3/4 -8 9.0 40.0 84.0 140.) Referência Medida nominal flange Referência H dimensional (mm) mangueira 2 2.5 40.0 95.0 2 2.) Sext.5 1 1.1/8 1.1/8 1.0 1.5 48.1/2 3 I (mm) L (mm) Sext.0 137.0 80.1/2 TCAP 42X24 TCAP 42X32 42 42 135.1/2 2.0 108.4X4 TCAP 8X4 6.0 116.5 1 1 1.5 40.7X6 12 12.0 41.0 91. S3 (pol.1/2 1.1/2 3 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 54. S3 (pol.0 1.5 40.0 7/8 7/8 1.0 225.0 54.5 137.3/8 1.0 2.0 1.0 102.0 53.0 69.5 30.0 135.1/8 1.0 204.0 103.5 235.0 101.0 100.5 72.1/2 TCAP 25X12 TCAP 38X24 25 38 80.5 113.1/2 3 I (mm) L (mm) Sext.0 90.

1/2 3 (Flange SAE J518 8c .5 62. nº 366 .1/4 1.0 64.0 123.0 214.24 .1/2 2.5 123.10 .12 .5 39.1/2 3 (Flange SAE J518 8c . S1 S3 (pol.0 100.5 51.0 61.5 153.1/2 1.5 32.5 223. Referência H I L S1 S3 dimensional (mm) (mm) (mm) (pol.0 161.0 104.0 63.0 63.0 205.1/8 2 2 2.1/8 1.24 .0 143.1/2 2.12 .5 68.1/2 3 (Flange SAE J518 8c .São Bernardo .) (pol.Código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 66.43 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRAS MAP E MEAP TERMINAL FLANGE 30º Referência TFAP 3/4x30x8 TFAP 3/4x30x10 TFAP 3/4x30x12 TFAP 1x30x12 TFAP 1.0 206.5 49.0 53.5 121.0 109.Código 61) TERMINAL FLANGE 45º Referência TFAP 3/4x45x8 TFAP 3/4x45x10 TFAP 3/4x45x12 TFAP 1x45x12 TFAP 1.0 15.1/4 1.5 63. S3 (pol.5 75.5 208.5 39.10 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 33.) 7/8 1 1.1/2 2 2 Sext.Fax: (19) 3272-0614 .5 36.5 149.5 123.1/2 3 (Flange SAE J518 8c .1/8 1.12 .0 152.0 148.5 25.1/4 1.1/2 2.0 7/8 1 1.0 Sext.1/2 1.1/2 2.1/2x67x24 TFAP 2x67x24 TFAP 2x67x32 3/4 3/4 3/4 1 1.5 114.0 56.5 Sext.5 123.1/8 1. Sext.1/2 1.0 75.0 114.5 205.5 35.0 82.) (pol.5 101.5 102.1/8 2 2 2.1/2 2.5 31.1/2x30x24 TFAP 2x30x24 TFAP 2x30x32 Medida I H L Referência nominal dimensional (mm) (mm) (mm) flange mangueira 3/4 3/4 3/4 1 1.5 73.0 22.0 73.1/2 1.1/2 1.10 .24 .1/2 1.0 66.0 144.1/2 2 2 Referência H I L dimensional (mm) (mm) (mm) mangueira -8 .0 52.0 79.32 13.0 95.5 211.32 22.Código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º Medida Referência nominal flange TFAP 3/4x67x8 TFAP 3/4x67x10 TFAP 3/4x67x12 TFAP 1x67x12 TFAP 1.1/2 Sext.5 53.1/2x60x24 TFAP 2x60x24 TFAP 2x60x32 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1.5 13.0 69.5 75.5 171.) 1.1/2 3 (Flange SAE J518 8c .1/2 1.1/2 2.32 29.0 200.1/2 1.5 73.1/8 1. S1 S3 (pol.0 55.1/8 2 2 2.0 102.0 139.1/2 2 2 -8 .5 215.0 117.) mangueira -8 .5 75.0 69.12 .24 .) (pol.0 99.1/2 2.5 25.0 49.0 117.1/2x45x24 TFAP 2x45x24 TFAP 2x45x32 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1.5 35.5 73.1/2 2.1/8 1.24 .32 43.0 103.0 166.1/8 2 2 2.0 121.0 114.5 Sext.) mangueira -8 .32 33. S1 S3 (pol.5 114. Sext.0 79.5 107.0 43.1/2 2 2 Referência H I L dimensional (mm) (mm) (mm) mangueira -8 .0 52.5 22.0 196.5 160.1/2 2.5 29.1/2 2 2 Sext.) 7/8 1 1.5 112.1/8 1.1/8 1.12 .5 151.5 148.1/8 2 2 2.5 7/8 1 1.Código 61) TERMINAL FLANGE 90º Referência TFAP 3/4x90x8 TFAP 3/4x90x10 TFAP 3/4x90x12 TFAP 1x90x12 TFAP 1.1/8 1.1/8 1.1/2x90x24 TFAP 2x90x24 TFAP 2x90x32 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1.Código 61) TERMINAL FLANGE 60º Referência TFAP 3/4x60x8 TFAP 3/4x60x10 TFAP 3/4x60x12 TFAP 1x60x12 TFAP 1.0 104.1/2 1.10 .5 93.0 201.5 169.) (pol. Sext.0 143.10 . Referência H I L S1 dimensional (mm) (mm) (mm) (pol.1/8 1.0 66.5 15.1/4 1.1/2 2.) 7/8 1 1.1/4 1. Sext.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

45

MANGUEIRAS E TERMINAIS
TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAP

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE
TERMINAL DE MANGUEIRA:

PL 38x24

MAP-32*PF2X90*PF2X90*1000*0

Referência terminal ponta lisa: PL
Diâmetro externo ponta lisa ( d3): 38 mm
Referência dimensional mangueira: -24

TERMINAL PARA TUBO

Referência da mangueira: MAP-32
Referência dos terminal flange 90º: PF2X90
Referência dos terminal flange 90º: PF2X90
Comprimento da mangueira: 1000 mm
Ângulo entre os terminais: 0º

Referência

PT 38x24
PT 42x24
PT 42x32

TERMINAL PONTA LISA

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE
MANGUEIRA COM TERMINAIS:

Referência

Diâmetro Referência
I
ext. tubo dimensional
(mm)
(mm)
mangueira
38
42
42

d3
(mm)

S1

PL 38x24
PL 42x24
PL 42x32

TERMINAL MACHO-NPT

Referência

38
42
42

Rosca
NPT

- 24
-32

46,0
46,0
45,5

L
(mm)

Sext.
S1
(pol.)

109,0
109,0
122,0

2
2.1/4
2.1/2

Referência
I
L
dimensional
mangueira (mm) (mm)

- 24
-32

66,6
66,6
72,5

Referência
A
dimensional
mangueira (mm)

I3
(mm)

133,5
133,5
146,0

40,0

I
(mm)

L
(mm)

40,0

Sext.
S2
(pol.)
2.1/4
2.1/2
2.1/2

Sext.
S1
(pol.)
2
2
2.1/2

Sext.
S1
(pol.)

PM 1.1/2 NPTx24

1.1/2 NPT

- 24

25,5

55,5

118,5

2

PM 2 NPTx32

2 NPT

- 32

26,0

59,5

136,0

2.1/2

I
(mm)

L
(mm)

Sext.
S1
(pol.)

TERMINAL MACHO-BSP
Referência

Rosca
BSP

Referiência
A
dimensional
mangueira (mm)

PM 1.1/2 BSPx24

1.1/2 BSP

- 24

22,0

55,0

118,0

2.1/4

PM 2 BSPx32

2 BSP

- 32

24,0

61,0

137,5

2.3/4

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

46

MANGUEIRAS E TERMINAIS
TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAP
TERMINAL CURVO

Referência
PC 38x24
PC 42x24
PC 42x32

TERMINAL FLANGE RETO

Referência
PF 1.1/2x24
PF 2x24
PF 2x32

d3
(mm)
38
42
42

Medida
nominal
flange
1.1/2
2
2

Referência
dimensional
mangueira

H
(mm)

- 24

120,0
135,0

- 32

135,0

Referência
dimensional
mangueira

I
(mm)

L
(mm)

136,0
151,0
151,5

199,0
214,0

I
(mm)

L
(mm)

- 24

66,0
66,0

- 32

66,5

218,0

129,0
129,0
143,0

(Flange SAE J518c - Código 61)

TERMINAL FLANGE 22 1/2º

Referência
PF 1.1/2x22x24
PF 2x22x24
PF 2x22x32

Medida
nominal
flange
1.1/2
2
2

Referência
dimensional
mangueira
- 24
- 32

H
(mm)

I
(mm)

L
(mm)

16,0
17,5
22,5

89,0
89,0
94,0

152,0
152,0
170,5

H
(mm)

I
(mm)

L
(mm)

22,5
22,5
31,5

92,5
92,5
127,0

155,0
155,0
203,5

H
(mm)

I
(mm)

L
(mm)

36,0
36,0
49,5

95,0
95,0
128,0

158,0
158,0
204,5

(Flange SAE J518c - Código 61)

TERMINAL FLANGE 30º

Referência
PF 1.1/2x30x24
PF 2x30x24
PF 2x30x32

Medida
nominal
flange
1.1/2
2
2

Referência
dimensional
mangueira
- 24
- 32

(Flange SAE J518 8c - Código 61)

TERMINAL FLANGE 45º

Referência
PF 1.1/2x45x24
PF 2x45x24
PF 2x45x32

Medida
nominal
flange
1.1/2
2
2

Referência
dimensional
mangueira
- 24
- 32

(Flange SAE J518 8c - Código 61)

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

47

MANGUEIRAS E TERMINAIS
TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAP
TERMINAL FLANGE 60º

Referência
dimensional
mangueira

Medida
nominal
flange

Referência
PF 1.1/2x60x24
PF 2x60x24
PF 2x60x32

- 24

1.1/2
2
2

- 32

H
(mm)

I
(mm)

51,5
51,5
73,0

97,5
97,5
135,5

160,0
160,0
212,0

H
(mm)

I
(mm)

L
(mm)

53,0
53,0
82,5

87,5
87,5
132,0

150,5
150,5
209,0

L
(mm)

(Flange SAE J518 8c - Código 61)

TERMINAL FLANGE 67 1/2º

Referência
dimensional
mangueira

Medida
nominal
flange

Referência
PF 1.1/2x67x24
PF 2x67x24
PF 2x67x32

1.1/2
2
2

- 24
- 32

(Flange SAE J518 8c - Código 61)

TERMINAL FLANGE 90º

Medida
nominal
flange

Referência
PF 1.1/2x90x24
PF 2x90x24
PF 2x90x32

Referência
dimensional
mangueira

1.1/2
2
2

- 24

H
(mm)
79,0
79,0
114,0

- 32

I
(mm)

L
(mm)

87,0
87,0
122,5

150,0
150,0
199,0

(Flange SAE J518 8c - Código 61)

TERMINAL ASA (24º)
Referência

Diâm. ext.
Referência
tubo do
dimensional
lado
mangueira
Ermeto
(mm)

PAS 38x24

38

PAS 42x24

42

PAS 42x32

42

- 24
- 32

I
(mm)

L
(mm)

Sext.
S2
(pol.)

Ref.
O-Ring
Buna-N

62,0

124,0

2.1/4

MOR 11

64,0

126,0

2.1/2

MOR 47

64,5

141,0

2.1/2

MOR 47

OBS.: 1 – Fornecido com O-Ring correspondente
OBS.2 – Buna-N: -35º C a + 120º C

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

48

MANGUEIRAS E TERMINAIS
MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO
(SIMILAR SAE 100R2AT)

REFERÊNCIA: MAPAT

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
MAPAT –20

Referência da mangueira: MAPDT
Referência dimensional da mangueira: – 20

Aplicação : Circuito óleo hidráulico de alta pressão.
Tubo Interno: Borracha sintética.
Reforço: Dois trançados de fio de aço.
Cobertura: Camada fina de borracha sintética resistente a
óleo e abrasão.
Faixa de temperatura: de -40ºC a +93ºC.
Terminais: Prensados com capa de alumínio ou com capa
de aço carbono.
(vide exemplo de especificação com capa de aço na página nº 34 e
54).

OBS.: Não é necessário remover a cobertura na operação de
prensagem dos terminais.

Diâmetro
externo
(mm)

Pressão
máxima
trabalho
(Kg/cm²)

Pressão
mínima
ruptura
(Kg/cm²)

Raio
mínimo
curvatura
(mm)

Peso
por
metro
(Kg/m)

Referência

Referência
dimensional
mangueira

MAPAT – 40

– 40

6,4

14,7

350

1400

100

0,342

MAPAT – 60

– 60

9,5

18,5

280

1120

130

0,520

MAPAT – 80

– 80

12,7

21,8

245

980

180

0,624

MAPAT – 10

– 10

15,9

24,9

190

770

200

0,744

MAPAT – 12

– 12

19,0

28,9

155

630

240

0,893

MAPAT – 16

– 16

25,4

37,6

140

560

305

1,324

MAPAT – 20

– 20

31,8

47,5

115

460

420

2,083

Diâmetro
interno
(mm)

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

5 61.5 129.0 109.51 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAPAT TERMINAL CURVO TERMINAL FLANGE RETO (Flange SAE J518c .0 PFAT 1x22x16 1 11.5 110.0 51.0 PFAT 1x16 1 56.5 53.0 PCAT 12.0 81.0 PCAT 18x10 18 60.0 89.0 65.0 81.0 76.0 114.5 149.4x4 6.0 PCAT 15x8 15 53.1/2x20 1.5 33.0 125.1/4 PFAT 1.5 PCAT 32x16 32 110.4x16 25.5 PCAT 22x12 22 66.1/2x22x20 1.0 125.0 41.5 PCAT 32x20 32 110.5 PFAT 1.12 83.10 9.5 187.0 PCAT 35x20 35 110.5 PCAT 20x10 20 65.16 .5 PFAT 3/4x10 3/4 .0 83.5 PCAT 25x12 25 80.0 77.1/4x22x20 1.0 101.5 PCAT 6.5 118.5 159.0 124.0 72.5 66.0 135.0 94.5 61.0 122.5 PCAT 6x4 6 30.5 40.5 119.5 PCAT 12x6 12 45.1/4x22x16 1.5 69.0 82.5 128.5 75.5 177.12 PFAT 1x12 1 53.0 58.5 87.5 33.20 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira PFAT 3/4x8 3/4 -8 52.1/4 PFAT 1.0 98.0 PFAT 3/4x12 3/4 52.12 .7x6 12.0 71.0 PCAT 14x8 14 52.7 47.5 53.1/4x16 1.São Bernardo .0 47.16 .0 PCAT 38x20 38 120.1/4x20 1.5 PCAT 19x10 19 63.0 I (mm) L (mm) Referência -6 -8 .0 91.4 30.1/2 .4 80.0 101.0 58.5 PCAT 8x4 8 37.5 112.0 PFAT 3/4x22x12 3/4 11.5 PCAT 20x12 20 65.5 107.0 11.0 56.5 66.5 61.5 159.0 91.5 93.0 .5 75.0 PFAT 1.16 .5 177.Código 61) Referência d 3 (mm) Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PCAT 4x4 4 30.20 Referência dimensional mangueira H (mm) 56.0 .Fax: (19) 3272-0614 .5 89.5 33.0 I (mm) L (mm) PFAT 3/4x22x8 3/4 -8 9.5 PCAT 25.5 129.0 51.10 52.0 123.5 33. nº 366 .5 PFAT 1x22x12 1 11.0 PFAT 3/4x22x10 3/4 .0 100.0 91.0 PCAT 16x8 16 54.5 117.0 61.0 62.0 94.1/4 PFAT 1.5 16.5 PCAT 25x16 25 80.5 PCAT 28x16 28 100.10 .5 -4 PCAT 10x4 10 41.0 124.0 77.0 63.20 (Flange SAE J518c .1/4 PFAT 1.1/2 TERMINAL FLANGE 22 1/2º Referência Medida nominal flange .0 12.0 82.5 61.5 PCAT 5x4 5 30.0 47.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 PCAT 9.0 90.0 79.5x4 9.5 PCAT 30x16 30 110.Código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 84.

5 72.0 95.20 Referência dimensional mangueira PFAT 3/4x60x8 3/4 -8 9.5 64.1/4x45x16 1.Código 61) TERMINAL FLANGE 90º (Flange SAE J518 8c .5 PFAT 3/4x30x10 3/4 .5 PFAT 1.5 90.5 52.0 91.5 81.0 30.5 98.5 140.5 98.1/2x90x20 1.São Bernardo .5 44.5 96.5 60.5 76.1/4 60.1/2 Referência Medida nominal flange .5 53.20 19.0 PFAT 3/4x67x10 3/4 .10 33.5 74.1/4x30x20 1.20 Referência dimensional mangueira PFAT 3/4x90x8 3/4 -8 43.0 93.0 120.1/4x30x16 1.0 PFAT 3/4x60x12 3/4 35.0 140.0 PFAT 3/4x90x12 3/4 52.16 PFAT 1.5 70.0 74.1/2 Medida nominal flange .12 .5 98.16 PFAT 1.0 51.Código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º (Flange SAE J518 8c .5 121.1/4x45x20 1.0 73.5 44.16 .0 118.1/4 PFAT 1.1/4x60x16 1.0 PFAT 3/4x60x10 3/4 .Fax: (19) 3272-0614 .1/2x45x20 1.0 88.5 73.1/4x90x20 1.5 PFAT 1.Código 61) Referência Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFAT 3/4x30x8 3/4 -8 13.1/4 18.5 142.5 79.0 H (mm) I (mm) L (mm) Referência Medida nominal flange .0 PFAT 3/4x90x10 3/4 .0 113.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 88.Código 61) TERMINAL FLANGE 45º (Flange SAE J518 8c .0 114.1/4 42.5 141.5 PFAT 1.5 73.0 141.12 .0 35.5 62.1/2 69.5 76.1/4 67.5 40.5 139.0 99.1/2x60x20 1.5 136.5 120.0 62.0 H (mm) I (mm) L (mm) PFAT 1x45x12 1 PFAT 1x45x16 1 PFAT 1.0 159.1/4 16.0 52.0 120.5 16.0 89.5 71.0 52.16 PFAT 1.5 72.5 40.0 89.0 74.16 PFAT 1.0 51.0 PFAT 1.10 22.0 82.5 98.5 PFAT 1x60x12 1 PFAT 1x60x16 1 .0 38.0 29.5 121.5 90.1/4 38.5 PFAT 1x30x12 1 PFAT 1x30x16 1 .1/4 PFAT 1.1/2 51.5 136.0 113.0 39.0 138.5 96.0 PFAT 1x67x12 1 PFAT 1x67x16 1 .5 Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFAT 3/4x45x8 3/4 -8 22.5 .1/4 44.0 120.1/4x60x20 1.52 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAPAT TERMINAL FLANGE 30º (Flange SAE J518 8c .1/4x67x16 1.0 PFAT 3/4x67x12 3/4 39.0 80.0 100.10 9.1/4x90x16 1.5 103.0 62.1/2 49.4 80.20 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 62.10 43.0 81.0 27.5 82.5 53.5 79.0 27.0 H (mm) I (mm) L (mm) Referência Medida nominal flange .0 114.1/2x67x20 1.0 25.0 95.12 .5 PFAT 1.1/2x30x20 Referência 1.0 PFAT 3/4x45x12 3/4 25.5 PFAT 1.0 91.5 64.12 .Código 61) TERMINAL FLANGE 60º (Flange SAE J518 8c .5 PFAT 3/4x30x12 3/4 15.5 120.0 44.10 13.1/4x67x20 1.20 Referência dimensional mangueira PFAT 3/4x67x8 3/4 -8 33.5 15.5 PFAT 1x90x12 1 PFAT 1x90x16 1 .0 PFAT 3/4x45x10 3/4 .12 .5 81.1/4 48.0 PFAT 1.5 82. nº 366 .5 PFAT 1.

833 MAPDT – 16 – 16 25.115 Diâmetro interno (mm) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.4 13. Cobertura: Camada fina de borracha sintética resistente a óleo e abrasão.7 350 1400 51 0.53 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE ALTA PRESSÃO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: MAPDT MAPDT –8 Referência da mangueira: MAPDT Referência dimensional da mangueira: – 8 Aplicação : Circuito óleo hidráulico de alta pressão.Fax: (19) 3272-0614 .0 280 1120 63 0.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .372 MAPDT – 60 – 60 9. Tubo Interno: Borracha sintética. OBS. Terminais: Prensados com capa de alumínio ou com capa de aço carbono.0 140 560 152 1. Reforço: Dois trançados de fios de aço.7 20.550 MAPDT – 10 – 10 15. Faixa de temperatura: de -40ºC a +93ºC. nº 366 .9 155 630 120 0.6 245 980 89 0.5 18. só alumínio).476 MAPDT – 80 – 80 12.9 24.São Bernardo .1 190 770 102 0. (Exceto MAPDT–16.669 MAPDT – 12 – 12 19.: Não é necessário remover a cobertura na operação de prensagem dos terminais.4 35. Diâmetro externo (mm) Pressão máxima trabalho (Kg/cm²) Pressão mínima ruptura (Kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Peso por metro (Kg/m) Referência Referiência dimensional mangueira MAPDT – 40 – 40 6.0 27.

0 1.5 7/8 1.5 30.1/8 1.3/4 2 PTDT 32x16 32 40.dos terminais para tubo: PTDT 28x16 Comprimento da mangueira: 2600 mm EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS MONTADOS COM CAPA DE AÇO: MAPDT-16*PT28-CA*2600 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA MONTADO COM CAPA DE AÇO: PMDT 1/2 BSP-CAx10 Ref.5 25.7 PLDT 14x8 14 PLDT 15x8 15 39.5/8 PTDT 25.4 56. S1 (pol.0 1 PLDT 19x10 19 46.0 13/16 PLDT 16x8 16 44.1/8 PLDT 25x12 25 52.) 38.3/8 PLDT 25.1/8 PLDT 22x12 22 47.12 .5 73.3/8 PTDT 20x12 20 35.5 25.5 1.3/8 PTDT 22x12 22 35.1 90.5/8 1.0 97.0 1 PLDT 20x10 20 46. mangueira: MAPDT–16 Ref.9 76.5 60.5 7/8 1.0 13/16 PLDT 12x6 12 PLDT 12.5 83.4x16 25.3/8 1.5 30.3/4 2 Referência -6 -8 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .10 . mangueira: MAPDT-16 Ref.9 81.0 1.0 35. S1 (pol.3/8 PTDT 25x12 25 35.1/4 30.4x16 25.5 60.1/8 30.16 d3 (mm) Referência dimensional mangueira 1 I (mm) L (mm) I3 (mm) Sext.0 25.0 5/8 38. tubo (mm) PTDT 12x6 12 PTDT 12.5 1.16 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.3/8 PLDT 28x16 28 54.0 1.7x6 12.0 5/8 39.0 1.0 13/16 PLDT 18x10 18 46.0 1.5 72.2 64.0 1.0 1.3/8 1. S1 (pol.5/8 PTDT 28x16 28 39.5 51.10 .5 83.1 90.5 35.2 64.5 30.5 74.9 76.3/4 PTDT 30x16 30 40.1 90.5 1.5 73.12 .1/16 1.5/8 PTDT 25x16 25 39.5 83.0 1.0 1.3/8 -6 -8 .Fax: (19) 3272-0614 .7x6 12.5 61.5 61.0 30.0 1.0 35.São Bernardo .5 63.3/8 PLDT 32x16 32 56.7 PTDT 14x8 14 PTDT 15x8 15 PTDT 16x8 16 PTDT 18x10 18 PTDT 19x10 19 PTDT 20x10 Referência dimensional mangueira I (mm) L (mm) Sext.1/16 30.5 13/16 1 30.0 1.5 13/16 26.0 30.1/4 1.5 74.5 73.0 1.5 100.0 35.1/16 30.3/8 1.5 100.) Sext.3/8 PLDT 30x16 30 56.4 39.) 26.5 72.0 1 PLDT 20x12 20 47.5 35.1/4 1.0 25.5 7/8 1.0 1.5 100.0 1.1/4 1. nº 366 .5 72.0 35. dos terminais par tubo:PTDT 28x16 Montada com capa de aço: CA Comprimento da mangueira: 2600 mm Referência terminal macho: PMDT Medida rosca macho: 1/2 BSP Montada com capa de aço: CA Referência dimensional da mangueira: – 10 TERMINAL PARA TUBO Referência TERMINAL PONTA LISA S1 Diâmetro ext.5 60.5 100.1/8 PLDT 25x16 25 56.0 30.3/8 20 33.54 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRAS MAPDT EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: PMDT M33X2X12 MAPDT–16* PT28 *2600 Referência terminal macho: PMDT Medida rosca macho: M33x2 Referência dimensional da mangueira: – 12 Ref.5 51.0 1.0 1.

5 11/16 PMDT 7/8 UNFx8 7/8 UNF -8 12.1/16 16.0 59.0 13/16 19.5 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .2 3/8 BSP PMDT 3/8 BSPx8 3/8 BSP 1/2 BSP PMDT 1/2 BSPx10 1/2 BSP 3/4 BSP PMDT 1/2 BSPx12 1/2 BSP 3/4 BSP PMDT 3/4 BSPx16 3/4 BSP 14.5 67.0 60.0 30.7 30.1/16 PMDT M27x2x10 M27x2 .0 38.5 1.5 30.0 1.10 16.5x8 M22x1.0 37.0 78.5 1.1/16 UNF .5/8 PMDT M42x2x16 M42x2 .5 75. S1 (pol.5 80.5 1.0 37.2 -8 PMDT 1/2 BSPx8 L (mm) 11/16 -6 PMDT 3/8 BSPx6 Sext.0 38.7 28.5 70.12 15.1/4 16.0 48.3/8 24.São Bernardo .5 68.5 1.5 71.0 38.0 1.0 1.1/4 14.5 69.Fax: (19) 3272-0614 .5 .5/16 UNF .5/16 UNFx16 1. S1 (pol.5 75.0 1 PMDT 1.0 37.5 69.0 38.0 62.0 1.5 82.0 34.55 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MAPDT TERMINALMACHO-NPT Referência Rosca NPT PMDT 1/4 NPTx6 1/4 NPT PMDT 3/8 NPTx6 3/8 NPT PMDT 3/8 NPTx8 3/8 NPT PMDT 1/2 NPTx8 PMDT 1/2 NPTx10 -6 -8 1/2 NPT PMDT 3/4 NPTx10 3/4 NPT PMDT 1/2 NPTx12 1/2 NPT PMDT 3/4 NPTx12 3/4 NPT PMDT 3/4 NPTx16 3/4 NPT PMDT 1 NPTx16 TERMINAL MACHO-BSP 1/2 NPT Referência A dimensional (mm) mangueira 1 NPT Referência Rosca BSP PMDT 1/4 BSPx6 1/4 BSP .0 33. S1 (pol.2 32.0 38.0 1.0 53.16 PMDT 1 BSPx16 TERMINAL MACHO-MÉTRICA TERMINAL MACHO-UNF Referência 1 BSP Rosca Métrica 5/8 55.0 1.5 72.0 1 PMDT 7/8 UNFx10 7/8 UNF .0 1.5 64.5 52.1/8 16.0 2 Referência A dimensional mangueira (mm) I (mm) Referência Rosca UNF L (mm) Sext.5 1.0 50.5 -8 14.0 28.5 64.5 69.0 64.12 18.0 44.) I (mm) Referência A dimensional (mm) mangueira I (mm) PMDT M18x1.1/8 19.5 -6 12.0 34.5 78.) Referência A dimensional (mm) mangueira .) PMDT 9/16 UNFx6 9/16 UNF -6 10.0 46.0 35.5 7/8 19.0 30.1/16 19.0 36.5 74.1/2 L (mm) Sext.0 34.0 7/8 14.1/16 14.0 70.0 3/4 12.5 1.5 14.0 83.10 .1/16 UNFx12 1.0 38.5x6 M18x1.12 PMDT 3/4 BSPx12 55.10 12.16 14.5 1. S1 (pol.12 .0 45. nº 366 .5 55.16 15.16 20.0 15/16 PMDT M22x1.) 12.0 34.5 1.3/8 18.5 15/16 19.5 7/8 12.0 27.3/8 I (mm) L (mm) Sext.1/4 PMDT 1.0 1.5 1.10 PMDT 3/4 BSPx10 30.0 55.1/2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/4 PMDT M33x2 x12 M33x2 .1/8 19.5 68.

São Bernardo .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .

5 67.5 L (mm) 78.12 .5 65.0 101.0 107.1/4x45x16 Referência 1.1/4x30x16 Referência 1.5 97.1/4x67x16 Referência PFDT 3/4x90x8 PFDT 3/4x90x10 PFDT 3/4x90x12 PFDT 1x90x12 PFDT 1x90x16 PFDT 1.5 97.10 .0 102.12 .1/4 .5 39.0 60.1/4x90x16 1.1/4 Medida nominal flange .5 68.0 67.0 I (mm) L (mm) PFDT 1x30x12 1 PFDT 1x30x16 1 PFDT 1.0 38.Código 61) TERMINAL FLANGE 60º (Flange SAE J518c .0 95.Código 61) TERMINAL FLANGE 90º (Flange SAE J518c .5 108.5 PFDT 3/4x60x12 3/4 35.Código 61) TERMINAL FLANGE 45º (Flange SAE J518c .5 101.5 67.0 52.5 79.0 74.5 87.16 Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFDT 3/4x67x8 3/4 -8 33.Fax: (19) 3272-0614 .5 PFDT 3/4x60x10 3/4 .1/4 Medida nominal flange .0 102.1/4 Medida nominal flange 3/4 3/4 3/4 1 1 1.5 PFDT 3/4x67x10 3/4 .5 55.5 PFDT 1x45x12 1 PFDT 1x45x16 1 PFDT 1.0 15.12 .5 64.0 PFDT 3/4x45x12 3/4 25.5 57.5 38.0 108.12 .5 74.5 74.57 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRAS MAPDT TERMINAL FLANGE 30º (Flange SAE J518c .5 27.0 108.0 103.5 101.0 16.16 Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFDT 3/4x60x8 3/4 -8 9.5 86.5 85.5 PFDT 1x67x12 1 PFDT 1x67x16 1 PFDT 1.0 103.5 27.5 48.0 PFDT 3/4x30x10 3/4 .Código 61) Referência Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFDT 3/4x30x8 3/4 -8 13.0 103.0 107. nº 366 .5 67.1/4x60x16 Referência 1.0 PFDT 1x60x12 1 PFDT 1x60x16 1 PFDT 1.São Bernardo .0 PFDT 3/4x30x12 3/4 15.1/4 Medida nominal flange .5 44.0 PFDT 3/4x45x10 3/4 .5 PFDT 3/4x67x12 3/4 39.10 9.0 16.5 56.5 86.5 44.5 35.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .10 33.0 103.0 85.5 55.5 65.5 56.5 75.0 86.0 I (mm) 48.10 13.5 64.16 Referência dimensional mangueira -8 .Código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º (Flange SAE J518c .0 94.5 94.0 74.10 22.16 Referência dimensional mangueira H (mm) PFDT 3/4x45x8 3/4 -8 22.5 67.5 57.0 52.0 94.0 60.0 60.16 H (mm) 43.5 55.5 68.5 108.0 67.0 60.5 75.0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.12 .0 101.5 55.5 25.0 43.

óleo solúvel em água e solução água glicol. Tubo interno: Borracha sintética.4 280 1125 180 0.58 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA HIDRÁULICA DE SUPER ALTA PRESSÃO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: MGSP MGSP .130 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.8 47.1 280 1125 305 1. Temperaturas máximas admissíveis para água.São Bernardo .4 38.0 30. +93ºC linhas de pressão e.860 MGSP-12 -12 19. Reforço: Quatro espirais alternados de fios de aço sobre um trançado de fios têxteis. Cobertura: Borracha sintética.1 53.Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 .7 23.40ºC a + 121ºC. derivados de petróleo.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .6 176 700 508 2.8 176 700 635 4. +82ºC linha de retorno. Faixa de temperatura: de .380 MGSP-16 -16 25.0 210 840 419 2.24 Aplicação: Fluidos hidráulicos.670 MGSP-24 -24 38. Terminais: Prensados Referência Referência dimensional mangueira Diâmetro interno (mm) Diâmetro externo (mm) Pressão máxima trabalho (Kg/cm²) Pressão mínima ruptura (Kg/cm²) Raio mínima curvatura (mm) Peso por metro (Kg/m) MGSP-8 -8 12.8 66.7 280 1125 240 1.24 Referência da mangueira:MGSP Referência dimensional da mangueira: .940 MGSP-20 -20 31. Excelente desempenho em aplicações com impulsos hidráulicos.840 MGSP-32 -32 50.

Sext.5/8 1.3/8 1.3/8 1.3/8 1.1 47.4 53.8 79.5 29.5 30.8 90.0 133.3/4 2 2 2 2.5 90.2 110.0 79.1/8 1.1/4 1.São Bernardo .) 7/8 7/8 7/8 7/8 7/8 1.4 57.5 30.20 .4 53.2 128.3/8 1.5 95.2 62.0 79.3 42.8 79.5 39.1/2 Sext.0 84.5 79.7x8 PTSP 14x8 PTSP 15x8 PTSP 16x8 PTSP 18x12 PTSP 19x12 PTSP 20x12 PTSP 22x12 PTSP 25x12 PTSP 25x16 PTSP 25.5 34.0 -8 .Fax: (19) 3272-0614 .1/4 2.3/8 1.9 62.1/8 1.7/8 1.16 .7x8 Comprimento da mangueira: 1000 mm Referência PTSP 12x8 PTSP 12.5 109.5 60.1 53.5 127.3 47.3/4 1.3 42.) (pol.3/8 1.2 110.5 110.1/4 2.3/4 2 2 2.4 53.0 85.5 39.3 133.3/8 1.3 42.0 .7*1000 Referência terminal flange reforçada: PFRSP Medida nominal flange: 1.0 84.5 45.20 .3/8 1.1/4 2.5 61.1/4 1.0 85.2 110.1/8 1.59 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: PFRSP 1.5 61.1/8 1.1/4 2.7/8 1.3 146.5 40.1/8 1.1 47.5 78.8 84.1 52.1/2 2.1/2x90x24 MGSP-8*PL12.3/8 1.5 45.5/8 1.32 13/16 1 13/16 1 7/8 1.5 107.1 47.4 28 30 32 32 35 38 38 42 42 Referência dimensional mangueira I (mm) Sext.8 79.1/8 1.7/8 2 2 2.2 56.3/8 1.5/8 1. S1 (pol.5 90.16 .5 46.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .5 90.1/2 1.1/4 1.4x16 PTSP 28x16 PTSP 30x16 PTSP 32x16 PTSP 32x20 PTSP 35x20 PTSP 38x20 PTSP 38x24 PTSP 42x24 PTSP 42x32 TERMINAL PONTA LISA S1 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: Referência PLSP 12x8 PLSP 12.) 29.1/8 1.32 35.5 35.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25 25.3/8 1.0 78.2 110.5/8 1. L S1 S2 (mm) (pol.12 .1/16 7/8 1.24 .1/2 Â ngulo do terminal flange reforçada: 90º Referência dimensional mangueira: -24 TERMINAL PARA TUBO Referência da mangueira: MGSP-8 Referência dos terminais ponta lisa: PLSP 12.5 61.5 79.4x16 PLSP 28x16 PLSP 30x16 PLSP 32x16 PLSP 32x20 PLSP 35x20 PLSP 38x20 PLSP 38x24 PLSP 42x24 PLSP 42x32 Diâm.3 47.5 35.5 40.0 84.1/2 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 132.4 55. nº 366 .0 45.4 28 30 32 32 35 38 38 42 42 d3 mm 12 12.0 46.1/16 1 1.1/8 1.5 105.5 34.3/4 1.12 .5 30.0 122.0 109.0 105.9 60.3/4 1.5 39.7x8 PLSP 14x8 PLSP 15x8 PLSP 16x8 PLSP 18x12 PLSP 19x12 PLSP 20x12 PLSP 22x12 PLSP 25x12 PLSP 25x16 PLSP 25.0 Referência dimensional mangueira I3 mm I mm L mm 25 25 25 25 30 30 30 30 30 35 35 35 35 35 35 35 35 40 40 40 40 42.4 53.5 60.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25 25. ext tubo (mm) 12 12.24 -8 .5 47.

0 15.5 27.12 -8 .5 11/16 1 1.0 18.0 65.) 63.5 118.1/4 1.5 55.0 38.0 111.5/8 2 Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) Sext.0 Referência A dimensional mangueira (mm) I (mm) 32.1/2 2 2.0 27.5 I (mm) L (mm) Sext.16 .32 12.5 118.0 78.0 81.5 37.1/2 BSP 2 BSP Rosca Métrica M18x1.0 137.16 12.1/4 2.12 .3/4 Referência dimensional mangueira A (mm) I (mm) L (mm) Sext.0 16.5 M27x2 M33x2 M42x2 Referência Rosca UNF PMSP 9/16 UNFx8 PMSP 7/8 UNFx8 PMSP 7/8 UNFx12 PMSP 1.) .24 .5 37.5 71.0 34.1/8 1.5 48.0 24.1/4 BSP 1.0 91.5 136.5x8 M22x1.5 35.3/8 1.) 58.0 19.0 61.1/4 1.5 7/8 1.24 .1/4 NPTx20 PMSP 1.1/16 1.5 38.1/16 UNF 1.16 .5 61.5 116.0 34.0 92.São Bernardo .5 30.0 65.1/16 1.1/4 1.0 13/16 7/8 1.0 16.1/16 UNFx12 PMSP 1.0 65. S1 (pol.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 18.0 56.5 51.0 32.12 .5 15/16 1.0 81.5 34.0 14.5 81.5 46. S1 (pol.Fax: (19) 3272-0614 .2 19.5 81.0 63.20 .5 59.1/2 BSPx24 PMSP 2 BSPx32 TERMINAL MACHO-MÉTRICA Referência PMSP PMSP PMSP PMSP PMSP TERMINAL MACHO-UNF M18x1.5 37.0 69.0 22.60 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP TERMINAL MACHO-NPT Referência PMSP 3/8 NPTx8 PMSP 1/2 NPTx8 PMSP 3/4 NPTx12 PMSP 1 NPTx16 PMSP 1.5 55. nº 366 .0 14.0 25.5 M22x1.5x8 M27x2x12 M33x2x12 M42x2x16 Rosca NPT 3/8 NPT 1/2 NPT 3/4 NPT 1 NPT 1.1/2 -8 -8 .1/2 NPT 2 NPT Rosca BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.7 15.1/2 NPTx24 PMSP 2 NPTx32 TERMINAL MACHO-BSP Referência PMSP 3/8 BSPx8 PMSP 1/2 BSPx8 PMSP 3/4 BSPx12 PMSP 1 BSPx16 PMSP 1.1/4 NPT 1.5/16 UNF Referência A dimensional (mm) mangueira -8 .1/4 BSPx20 PMSP 1.12 . S1 (pol.5 94. S1 (pol.7/8 2 2.7 12.0 50.16 10.0 12.0 20.0 34.) .0 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 25.5/16 UNFx16 9/16 UNF 7/8 UNF 7/8 UNF 1.5 79.5 26.0 24.20 .1/8 1.32 14.1/2 L (mm) Sext.0 20.

0 110.5 81.5 100.16 11.0 67.32 22.0 80.5 78.0 65.0 120.1/2 .0 PFSP 1.5 129.1/4x16 PFSP 1.5 125.Fax: (19) 3272-0614 .Código 61) TERMINAL FLANGE 30º (Flange SAE J518 8c .5 100.0 60.5 97.0 131.5 94.5 199.5 96.0 152.0 110.0 66.0 80.0 56.1/2x24 PFSP 2x32 Referência d 3 (mm) 12 12.0 PFSP 1.0 PFSP 2x30x32 2 .5 76.20 12.5 104.0 120.0 110.0 63.5 84.0 214.5 PFSP 1.5 92.1/4 1.0 169.12 .5 79.5 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFSP 3/4x30x12 3/4 .5 66.0 228.0 125.0 135.0 185.0 53.Código 61) Referência C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 169.0 159.1/2 1.0 135.0 135.5 118.0 105.0 66.4 28 30 32 32 35 38 38 42 42 Medida nominal flange 3/4 1 1 1.24 .0 PFSP 1x30x16 1 .5 125.32 H (mm) I (mm) 45.61 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP TERMINAL CURVO Referência PCSP 12x8 PCSP 12.0 127.5 195.5 138.1/2x22x24 1.5 135.1/4 .1/2 2 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira -8 .1/2 .5 62.0 65.32 Referência dimensional mangueira H (mm) L (mm) 52.0 52.5 114.5 PFSP 1x22x16 1 .1/4 1.0 125.1/4x22x20 1.12 15.16 .5 94.16 .0 53.20 .5 185.1/2x30x24 1.5 155.32 31.0 110.São Bernardo .1/4x20 PFSP 1.5 58.5 89.0 58.0 89.0 47.0 71.12 11.0 203.0 139.5 124.0 54.5 136.0 80. nº 366 .5 112.20 18.24 22.0 56.5 53.5 PFSP 1.0 63.5 84.5 82.0 126.0 100.Código 61) TERMINAL FLANGE 22 1/2º Referência PFSP 3/4x12 PFSP 1x12 PFSP 1x16 PFSP 1.5 94.0 123.5 91.1/4x30x20 1.24 .0 61.0 151.0 139.0 143.0 106.5 95.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 I (mm) L (mm) Referência dimensional mangueira .4x16 PCSP 28x16 PCSP 30x16 PCSP 32x16 PCSP 32x20 PCSP 35x20 PCSP 38x20 PCSP 38x24 PCSP 42x24 PCSP 42x32 TERMINAL FLANGE RETO (Flange SAE J518 8c .1/2x20 PFSP 1.0 I (mm) L (mm) PFSP 3/4x22x12 3/4 .0 170.0 53.20 .5 56.12 .0 PFSP 2x22x32 2 .5 93.0 151.0 60.16 16.5 (Flange SAE J518 8c .1/4 .5 124.24 16.7x8 PCSP 14x8 PCSP 15x8 PCSP 16x8 PCSP 18x12 PCSP 19x12 PCSP 20x12 PCSP 22x12 PCSP 25x12 PCSP 25x16 PCSP 25.5 120.7 14 15 16 18 19 20 22 25 25 25.

1/2x67x24 1.0 PFSP 1.5 150.5 PFSP 1.5 132.1/2x45x24 1.0 122.12 39.24 79.5 PFSP 1.5 212.0 150.0 82.16 38.0 Referência I (mm) L (mm) (Flange SAE J518 8c .5 67.0 57.0 204.0 68.0 PFSP 1.20 67.0 118.24 53.0 PFSP 1.32 49.Fax: (19) 3272-0614 .0 110.1/4x45x20 1.0 95.Código 61) TERMINAL FLANGE 67 1/2º Referência (Flange SAE J518 8c .20 48.0 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFSP 3/4x67x12 3/4 .0 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFSP 3/4x90x12 3/4 .24 36.5 PFSP 1x67x16 1 .5 74.0 108.0 119.0 140.24 51.0 87.5 140.62 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP TERMINAL FLANGE 45º Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) PFSP 3/4x45x12 3/4 .Código 61) TERMINAL FLANGE 90º Referência (Flange SAE J518 8c .0 110.5 113.5 PFSP 2x67x32 2 .0 199.32 73.16 44.5 97.5 119.16 60.0 74.0 PFSP 2x45x32 2 .São Bernardo . nº 366 .0 142.5 128.5 75.5 PFSP 1.1/4x67x20 1.0 PFSP 2x90x32 2 .20 29.5 136.32 82.5 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFSP 3/4x60x12 3/4 .16 27.0 80.1/2 .12 25.1/4x60x20 1.20 42.5 101.5 65.0 PFSP 2x60x32 2 .1/4 .5 PFSP 1.5 PFSP 1x45x16 1 .1/4 .1/2x60x24 1.0 PFSP 1x90x16 1 .0 87.Código 61) TERMINAL FLANGE 60º Referência (Flange SAE J518 8c .0 209.1/2 .12 52.1/4 .0 158.1/2 .1/4 .12 35.5 67.5 160.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .1/2 .0 135.1/4x90x20 1.1/2x90x24 1.5 80.5 PFSP 1x60x16 1 .Código 61) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 76.32 114.0 PFSP 1.

Código 62) TERMINAL FLANGE REFORÇADA 45° Referência (Flange SAE J518c .1/2 .1/2 .20 15.24 43.32 60.16 19.0 78.0 138.16 32.1/4x20 1.0 PFRSP 2x45x32 2 .1/2 .0 PFRSP 1.24 20.0 134.0 PFRSP 1x22x16 1 .Código 62) TERMINAL FLANGE REFORÇADA 22 1/2º Referência H (mm) (Flange SAE J518c .0 77.0 72.12 28.1/4 .0 102.Fax: (19) 3272-0614 .5 113.0 PFRSP 1.0 98.São Bernardo . nº 366 .24 84.5 166.Código 62) TERMINAL FLANGE REFORÇADA 30º Referência (Flange SAE J518c .5 123.1/4 .12 61.0 116.20 78.1/2x22x24 1.0 PFRSP 1.5 PFRSP 1.1/2 .1/4x22x20 1.5 107.0 Referência I (mm) L (mm) (Flange SAE J518c .5 63.5 138.0 145.1/4x30x20 1.12 12.5 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFRSP 3/4x45x12 3/4 .5 PFRSP 1.0 137.0 PFRSP 1x30x16 1 .0 164.32 89.Código 62) C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 PFRSP 1.1/4 .16 73.0 PFRSP 2x30x32 2 .5 101.32 39.5 108.0 84.1/4x45x20 1.5 64.1/2x45x24 1.0 69.16 14.5 118.1/4 .0 147.0 PFRSP 2x32 2 .0 161.0 165.0 PFRSP 1.0 PFRSP 2x22x32 2 .5 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFRSP 3/4x30x12 3/4 .1/2x24 1.0 85.5 215.5 211.0 PFRSP 1x45x16 1 .5 105.0 140.0 117.24 27.0 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira I (mm) L (mm) PFRSP 3/4x22x12 3/4 .0 73.32 28.0 144.5 PFRSP 1.12 16.20 22.20 34.0 PFRSP 1x16 1 .1/2x30x24 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .63 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP TERMINAL FLANGE REFORÇADA RETO Medida nominal flange Referência dimensional mangueira PFRSP 3/4x12 3/4 .0 216.

1/2 .5 PFRSP 2x60x32 2 .0 PFRSP 1.0 150.16 67.1/2 .Código 62) TERMINAL FLANGE REFORÇADA 90º Referência (Flange SAE J518c .5 PFRSP 1.32 86.20 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.5 101.) Buna-N PASSP 16x8 16 -8 43.20 54.12 43.0 143.0 78.12 48.0 154.24 62.7 1.5/8 MOR 29 PASSP 30x16 30 66.0 122.6 92.0 112.24 60.1/4x67x20 1.0 219.0 122.5 123.5 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira PFRSP 3/4x67x12 3/4 .1/4x60x20 1.16 44.0 77.12 56.5 138.12 39.ext.1/2x67x24 1.0 PFRSP 2x67x32 2 .0 83.5 128. Ref.5 199.0 109.5 PFRSP 1x60x16 1 .5 122.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .32 129.0 1.8 1.0 143.5 PFRSP 1x67x16 1 .20 74.32 96.Código 62) TERMINAL FLANGE REFORÇADA 67 1/2º Medida nominal flange Referência dimensional mangueira PFRSP 3/4x60x12 3/4 .2 107.5 136.0 85.0 57. lado Ermeto dimensional mangueira (mm) I (mm) L (mm) Sext.24 89.0 PFRSP 1.0 2.1/2x90x24 1.0 91.1/4 .5 PFRSP 1.Código 62) TERMINAL ASA (24º) Referência Referência Diâm. nº 366 .0 87.0 102.16 51.0 69.5 145.16 64.5 Medida nominal flange Referência dimensional mangueira H (mm) I (mm) L (mm) PFRSP 3/4x90x12 3/4 .1/4 MOR 11 .0 Referência Referência H (mm) H (mm) L (mm) I (mm) I (mm) L (mm) (Flange SAE J518 8c .0 PFRSP 1x90x16 1 .São Bernardo .0 PFRSP 2x90x32 2 .1/4 .0 78.1/2 .0 76.0 PFRSP 1.64 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS PRENSADOS PARA MANGUEIRA MGSP TERMINAL FLANGE REFORÇADA 60º (Flange SAE J518c .0 109.0 214.20 48.5 165.1/4 .5/8 MOR 29 PASSP 25x16 25 .5 2 MOR 34 PASSP 38x20 38 69.2 79.Fax: (19) 3272-0614 .1/8 MOR 28 PASSP 25x12 25 .0 66.1/2x60x24 1.5 PFRSP 1. S2 O-ring (pol.1/4x90x20 1.

6 105 700 50 710 0.Fax: (19) 3272-0614 .2 19. Cobertura: Um trançado de aco inoxidável.120 MTF-6 -6 8. nº 366 .225 MTF-12 -12 16.0 56 420 170 710 0.0 16. Referência Referência Diâmetro dimensional interno mangueira (mm) Diâmetro externo (mm) Pressão máxima trabalho (kg/cm²) Pressão mínima ruptura (kg/cm²) Raio mínimo curvatura (mm) Serviço a Vácuo (mmHg) Peso por metro (kg/m) MTF-4 -4 4.73ºC a + 232ºC.São Bernardo . ar comprimido e produtos químicos compatíveis com o teflon. Para maiores informações vide página 4.8 7.150 MTF-8 -8 10.2 56 240 230 300 0.12 Referência da mangueira:MTF Referência dimensional da mangueira: .2 26.270 MTF-16 -16 22.7 70 420 130 710 0. Terminais: Reusáveis OBS.65 MANGUEIRAS E TERMINAIS MANGUEIRA DE TEFLON EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: MTF MTF .3 56 350 200 710 0. Faixa de temperatura: de .9 105 560 100 710 0.6 9.390 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. Tubo interno: Teflon extrudado.6 13.4 105 630 76 710 0.090 MTF-5 -5 6.12 Aplicação: Em circuitos de vapor.180 MTF-10 -10 13.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .: A mangueira MTF é exceção ao sistema de identificação por traços.1 10.

1/8 TTTF 22x12 22 39.0 38.0 25.1/4 1.12 TTTF 20x12 20 37.1/4 1.5 46.3/4 2 1.1/16 1.0 54.4 39.0 50.0 62.5 TTTF 10x6 10 41.1/8 TLTF 19x12 19 47.4x16 25.0 Referência d3 (mm) Sext.5 35.5/8 1.5 71.10 TLTF 18x12 18 47.0 11/16 11/16 TLTF 12x8 12 39.7x8 Referência do terminal ponta lisa: TLTF Diâmetro externo ponta lisa (d3): 12.5 1.) (pol.0 62.5 1.0 7/8 1 7/8 TTTF 12.0 1.0 15/16 1 -8 .0 62.3/4 1.0 30. ext Referência I L S2 S1 dimensional S3 tubo (mm) (mm) (pol.0 9/16 9/16 6.0 9/16 9/16 TLTF 8x5 8 39.) mangueira 39.0 50.0 57.0 25.5/8 1.0 1.1/16 1.0 30.1/8 1 TTTF 18x12 18 36.3/8 57.0 13/16 7/8 TLTF 14x8 14 39.5/8 1.5 71.Fax: (19) 3272-0614 .10 .0 1.) (pol.) (mm) mangueira TTTF 6x4 6 TTTF 6.4 55.5 1/2 5/8 9/16 29. Sext.São Bernardo .0 1.0 13/16 7/8 TLTF 6x4 6 TLTF 6.3/8 1.0 54.0 1.5 1/2 5/8 9/16 28.5 25.0 54.4x4 6.3/8 55.0 30.3/8 .5x6 9.1/8 -6 -8 .0 11/16 3/4 11/16 TTTF12x8 12 31.0 11/16 3/4 11/16 29.5 25.0 1.0 50.0 50.16 C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.1/4 1.5 39.5 71.0 1.5 1.5 25.1/8 TLTF 22x12 22 47.3/8 58.0 11/16 11/16 TLTF 10x6 10 39.0 1.0 1.5 35.0 59.12 TLTF 20x12 20 47.1/8 1. Diâm.4x16 25.3/8 1.0 53.0 62.3/8 1.1/8 .3/8 1.0 7/8 1.3/8 1.1/8 1.3/8 1.7 31.1/8 TLTF 25x16 25 55.0 TTTF 30x16 30 43. Sext.0 7/8 1 7/8 TTTF 14x8 14 32.5x6 9.3/8 TLTF 25.66 MANGUEIRAS E TERMINAIS TERMINAIS REUSÁVEIS PARA MANGUEIRA MTF EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE TERMINAL DE MANGUEIRA: EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO DE MANGUEIRA COM TERMINAIS: MTF-12*TT18*900 TLTF 12.7x8 12.0 1.5 1.1/16 7/8 TTTF 15x10 15 33.0 38.0 54.0 13/16 7/8 TLTF 15x10 15 39.0 TTTF 8x5 8 TTTF 9.0 53.1/16 1 TTTF 16x10 16 33.3/8 1.0 30.7 39.3/8 1.) (pol.4 -4 -5 28.0 1.3/8 TLTF 28x16 28 TLTF 30x16 30 .5 47.5 5/8 11/16 5/8 29.3/8 TTTF 25.1/16 1.0 50.5 35.5 71.16 TTTF 28x16 28 42.5 25.3/8 1.1/8 TTTF 25x16 25 42.0 40.5 25.0 56. nº 366 .7 mm Referência dimensional da mangueira: .0 15/16 1 TLTF 16x10 16 44. Sext.7x8 12.0 25.0 30.1/16 1.0 41.0 54.0 57.0 1 1.0 50.0 5/8 5/8 TLTF 9.3/8 55.0 50.5 46.8 TERMINAL PARA TUBO TERMINAL PONTA LISA Referência da mangueira: MTF-12 Referência dos terminais para tubo: TTTF 18x12 Comprimento da mangueira: 900 mm Referência Sext.4 42.5 35. Referência I I3 L S1 S3 dimensional (mm) (mm) (mm) (pol.4x4 -4 -5 -6 TLTF 12.0 1 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 1.0 25.1/8 TTTF 19x12 19 36.

nº 366 .Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

0 57..0 55.5 3.0 2.0 49.3 33.1/2 BSP JK JK JK JK JK JK JK JK .0 41.5 M22x1. ..9 67.0 2.. M20 JK .5/16 UNF JOR 1.0 21. M8 JK.98 2.95 3..5 M18x1.2 33.00 3..5 1.5 M20x1.8 1 d 2 h 1 9.1 h Rosca Métrica 1 Referência M8x1 M10x1 M12x1...5/16 UNF 1.0 24.5 1.2 18.1 60.0 38..00 Dimensões em milímetros.69 1.9 2 h1 8.5 1.1/4 BSP 1.3 16.0 Dimensões em milímetros JUNTA DE VEDAÇÃO DE BORRACHA REFERÊNCIA: JOR EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: JOR 3/4 UNF Borracha sintética Referência:JOR Medida da rosca: 3/4 UNF Rosca UNF Referência JOR 5/16 UNF JOR 3/8 UNF JOR 7/16 UNF JOR 1/2 UNF JOR 9/16 UNF JOR 3/4 UNF JOR 7/8 UNF JOR 1...0 1.46 2.5 42.1/4 BSP 1.2 20.2 22.0 18.5 M26x1..1/16 UNF 1.0 2.0 2..0 2.5 2.1/2 BSP 2 BSP 13.0 34.9 26.3 26..5 2.0 d JK .5/8 UNF 1.1 10..0 1.1/2 BSP 2 BSP JC JC JC JC JC JC JC JC JC Referência d 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1..0 22.0 33.9 38.5 M22x1.5 1.0 2 9. M22 JK .0 4.9 19.0 3..9 54.5 3.63 1. . M30 JK ..0 3. M10 JK ......5 M18x1.89 16.0 29. .5 M30x2 M33x2 M42x2 M48x2 2.5 M14x1.65 8.5 1..7 33. M42 JK .7 15.5 3.2 48.. . 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1.2 10. .5 M14x1.0 2. M16 JK .3 1.6 25.9 31.2 42.21 2.5 2.7 33.0 3. .5 Rosca Métrica M8x1 M10x1 M12x1.5 3..0 2.9 13.3 48.: Fornecido em cobre no estado recozido C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 3.2 24.9 21.3 42. M27 JK .0 2.95 2.2 26.5 M27x1.1/4 BSP 1.0 2.0 2 8.0 18..74 37.9 31.2 16.83 1.2 27. M48 d 1 12.7/8 UNF 5/16 UNF 3/8 UNF 7/16 UNF 1/2 UNF 9/16 UNF 3/4 UNF 7/8 UNF 1.9 21.0 2. OBS.9 32..92 10.3 48.0 1..2 16..5 M27x1.3 39.9 15.1/2 BSP d d 1 14.5 M30x2 M33x2 M42x2 M48x2 Referência JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC JC M8 M10 M12 M14 M16 M18 M20 M22 M24 M26 M27 M30 M33 M42 M48 d 1 11..1/4 BSP 1.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .47 26.5 M16x1.5 M26x1.2 h 1 2.2 26. M18 JK .2 14.2 22.0 d Dimensões em milímetros.68 VEDADORES JUNTA DE VEDAÇÃO CORTANTE DE AÇO EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JKA JKI JKA 1/8 BSP Aço Inox Referência:JKA Medida da rosca: 1/8 BSP PARA ROSCA MÉTRICA PARA ROSCA BSP Referência Rosca BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1. M12 JK .7/8 UNF d1 d2 6..5 M24x1..0 49.0 3.2 14.0 31...0 3..9 35.83 1. M26 JK .0 2.18 23.0 39.5/8 UNF JOR 1.59 29.0 4.0 48.9 20..2 20.2 18.5 M 16x1.2 30..9 29.9 17.07 7. JUNTA DE VEDAÇÃO DE COBRE EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: JC JC M 18 Cobre Referência:JC Medida da rosca: M18 PARA ROSCA MÉTRICA PARA ROSCA BSP Rosca BSP 1/8 BSP 1/4 BSP 3/8 BSP 1/2 BSP 3/4 BSP 1 BSP 1..5 3. .Fax: (19) 3272-0614 .9 23.2 26..0 27..9 13.3 27..5 1.São Bernardo .2 24.1 12.9 16...9 48.5 1.0 32.47 43.4 42.2 12.0 19.0 2.63 1.. M24 JK .3 16.0 3.9 21.5 M20x1.3 30. nº 366 .52 11.9 54.3/16 UNF JOR 1.5 1.5 2.3/16 UNF 1.0 2.5 M24x1.0 26.1/16 UNF JOR 1. M14 JK .5 4. M33 JK .2 48.0 4.9 13.36 19.95 2...

0 1/2 . acrescentar na referência o sufixo “ x AT”.0 7/16 .0 1.16UNCx32 MOR 22 VOR 22 30. nº 366 .1 18.1/2 CF 1.7 13.7 1.As dimensões acima são nominais.0 94.4 10. Exemplo de especificação: CF 1. C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.Fax: (19) 3272-0614 .Código 61 EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: REFERÊNCIA: CF 1.6 22.1/4 58.0 102.0 54.18UNCx38 MOR 27 VOR 27 Dimensões em milímetros.13UNCx38 MOR 26 VOR 26 77.9 36.16UNCx32 MOR 39 VOR 39 58.0 96.14UNCx38 MOR 18 VOR 18 69.5 16.0 46.0 82.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 65.1/2 CF 2 2 Parafuso Referência do O-ring Execução Execução AT normal Buna-N Viton 5/16 .Fornecido com parafusos.8 1 CF 1 52.: 1 . Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .0 3/8 .1/4 Ferro fundido CF Medida nominal de flange (pol.0 1/2 .5 16.SAE 3000 PSI FLANGE SAE J518c .2 13.0 8.4 13.8 43.1/4 Referência Execução normal a b c d e f 1/2 CF 1/2 38.69 FLANGE SAE CONJUNTO DE FLANGE .1/2 x AT.0 70.0 3/8 .0 3/4 CF 3/4 47.0 72.6 12.) Referência: CF Medida nominal da flange: 1.0 14. Pressão de utilização: 0 a 210 Kg/cm 2 OBS.25 a + 200 Para solicitação dos itens em execução AT. arruelas de pressão e O-rings correspondentes.0 79.18UNCx32 MOR 25 VOR 25 10.3 14.35 a + 120 .4 26.São Bernardo .1/4 CF 1.0 51. 2 .3 16.

0 5/8-11UNCx57 M16x2x50 MOR 26 VOR 26 2 CFR 2 CFRM 2 96.70 FLANGE SAE CONJUNTO DE FLANGE REFORÇADA CONJUNTO DE FLANGE REFORÇADA MÉTRICA SAE 6000 PSI EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO: Flange SAE J518c .25 a + 200 Para solicitação dos itens execução AT.5 113.0 3/8-16UNCx38 M10x1.As dimensões acima são nominais.35 a + 120 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.0 37.: 1 .) CFRM 3/4 Referência: CFRM Medida nominal da flange: 3/4 Referência Execução normal b c CFR 3/4 CFRM 3/4 50. Exemplo de especificação: CFRM 1.0 19.5 15.Fornecido com parafusos. nº 366 . 2 .8 81.1/2 79.1/2 CFR 1.0 30.5x70 MOR 27 VOR 27 1 e f Parafuso a 3/4 d Referência do O-ring Execução Execução AT normal Buna-N Viton Dimensões em milímetros.0 114.5 19.8 23.8 44.1/4 CFR Ferro Fundido CFRM Ferro Fundido CFR .7 95.0 60.8 71. OBS.conjunto de flange reforçada fornecidos com parafusos de fixação de rosca UNC CFRM .6 11.0 95.0 69.5 24. 2 Pressão de utilização: 0 a 420 kg/cm . Medida nominal da flange (pol.9 12.1/4 Referência: CFR Medida nominal da flange: 1.2 13.Fax: (19) 3272-0614 .5 133. arruelas de pressão e O-rings correspondentes.1/4 CFRM 1. Material do O-ring Buna -N (execução normal) Viton (execução AT) Temperatura de utilização (ºC) .75x40 MOR 22 VOR 22 1.7 31.conjunto de flange reforçada fornecidos com parafusos de fixação de rosca métrica.1/4 66.4 36.Código 62 REFERÊNCIA: CFR 1.0 27.1/4 CFR 1.São Bernardo .0 7/16-14UNCx44 M12x1.0 3/4-10UNCx70 M20x2.5x35 MOR 39 VOR 39 CFR 1 CFRM1 57.0 10.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .0 17.1/2 CFRM 1. acrescentar na referência o sufixo “ x AT”.8 21.2 27.1/4 x AT.0 1/2-13UNCx44 M14x2x45 MOR 18 VOR 18 1.0 77.

Fax: (19) 3272-0614 .São Bernardo . nº 366 .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .71 ANOTAÇÕES C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados w w w .Brasil Fone: (19) 3272-4133 . c o m . b r Central Hidraulica e Pneumática CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.com.Fax: (19) 3272-0614 CENTRAL DE VENDAS ON LINE http://www.São Bernardo CEP: 13030-600 Campinas/SP .br/vendas. nº 366 .chp.htm Catálogo Ermeto 603 . c h p .Tubos .

. encontra-se nas tabelas de especificação de cada tipo de tubo. . . corrosão e vibrações existentes na instalação. .São Bernardo . .para uso em altas pressões e quando existe problemas de corrosão. . 4 TUBO DOBRADO . Tubo de Aço Trefilado sem Costura . . 6 TUBULAÇÕES. . . . . Vibrações . . . TUBOS DE NOSSA LINHA: C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro. . . Tubo de Aço Inoxidável . . . . . . . . alta frequência de vibração e choque de pressão. . Tubo de Cobre Trefilado sem Costura . . . . 5 TUBO DE COBRE RECOZIDO BRILHANTE EM ROLOS . . . . . Para informações seguras a respeito de problemas de corrosão. . . . . . . . . A máxima pressão de trabalho recomendada para cada tubo. Esta flexão provoca fadiga no material da tubulação. . . pressão de trabalho e condições de solicitações mecânicas que trazem como consequência a definição de um coeficiente de segurança a ser utilizado no sistema. . . . . . . 2 . . . . . . 8 DISPOSITIVO DE DOBRAR TUBOS . . . . . . . . . . velocidade.01 TUBOS ÍNDICE ESCOLHA ADEQUADA DA TUBULAÇÃO . Tubo de Poliamida (Nylon) . . . estaremos contribuindo para que o sistema tenha escoamento laminar. . . . . . . . . entre os Suportes (mm) 1000 1500 2100 Tubo de Cobre Recozido Revestido com PVC-possui as mesmas características do anterior e tem uma resistência adicional à corrosão em função do revestimento de PVC. . . . . Substitui em alguns casos o tubo de aço inoxidável. . sendo que este é mais maleável. resiste a altas temperaturas. . . . Corrosão . . . . . . . . O cobre tende a endurecer quando dobrado ou flangeado e possui resistência mecânica menor em relação ao aço. 4 DISPOSITIVO DE SERRAR TUBOS . .adequado para dobrar. . Utilizando-se estas velocidades. possui boa resistência mecânica e suporta vibrações.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 . . .DIMENSÕES DO TUBO As dimensões são determinadas considerando-se as condições de vazão. . . . .é o volume de fluido que passa através da seção da tubulação num determinado tempo. 9 TUBO DE COBRE TREFILADO RECOZIDO SEM COSTURA . . Para diminuir ou solucionar esse tipo de problema e aumentar a vida dos componentes do circuito. . . . . . .possui boa resistência à corrosão. . . Vazão . . . . . contribuem para provocar flexões na tubulação.alta velocidade do fluido. . . . No diagrama da página 2. . .é a rapidez com que o fluido passa através da seção da tubulação. 1 . .é a pressão do fluido que o circuito irá operar. . . nº 366 . . . . . . . . . . . . . . . . . . Deve-se sempre observar a velocidade recomendada para o escoamento do fluido.o material do tubo deve resistir a corrosão provocada por agentes externos à tubulação e pelo próprio fluido a ser utilizado. . . . 2 TUBO DE POLIAMIDA (NYLON) . . TREFILADO C/ COSTURA 7 TUBO CURVADO DE AÇO. . 1 DIAGRAMA TEÓRICO PARA CÁLCULO DE TUBO DE COBRE RECOZIDO BRILHANTE REVESTIDO . . . . . A distância máxima entre os suportes não deve exceder o especificado abaixo: Diâmetro Externo do Tubo (mm) 4 até 10 acima de 10 até 25 acima de 25 Distância máx. . . .material incolor. . . leve e compatível quimicamente com a maioria dos agentes químicos. . . . . . . 6 TUBO DE AÇO TREFILADO SEM COSTURA . . . principalmente quando se tem tubos de grande comprimento. . . . . . consulte-nos. . 7 TUBO DE COBRE TREFILADO SEM COSTURA . . . . Pressão de Trabalho . . a ERMETO recomenda as velocidades de escoamento para óleo hidráulico nas condições de sucção e pressão. principalmente nas proximidades das conexões. . . .COM PVC . . . . . . . . . . . . . recomenda-se o uso de braçadeiras ou suportes para fixação da tubulação. Velocidade . . . . Para condições específicas de corrosão. . PROTEÇÃO ANTI-CORROSIVA EM TUBOS DE AÇO . . . . . . . . .Fax: (19) 3272-0614 . 3 TUBO DE AÇO INOX. . . . e o cálculo da tubulação invariavelmente resultará em um diâmetro comercial. . . . . 11 5 ESCOLHA ADEQUADA DA TUBULAÇÃO Para se definir a tubulação de uma determinada instalação. . . . .MATERIAL DO TUBO Na correta determinação do material do tubo devem ser consideradas todas as condições de temperatura. . . . . pode ser necessário utilizar liga especial para os tubos e conexões. há dois fatores a serem considerados: Tubo de Cobre Recozido Trefilado sem Costura -possui as mesmas características do anterior. . . .

02

TUBOS
DIAGRAMA TEÓRICO PARA CÁLCULO DE TUBULAÇÕES
400
Exemplos:
1. com Q = 60 L/min
e
di = 19 mm
resulta velocidade V = 3.5 m/s
2. com Q = 60 L/min
e
V = 1 m/s
resulta diâmetro interno di = 36 mm

300

200
0,4
pol.

mm

150
0,5

3

s

70

2

60

SUCÇÃO

100
90

50

80
70

1.1/2

40

1

s

2.1/2

60
1.1/4

30

50
1

20

2

7/8

5/8

15

2,5
3

1/2
20
3/8
15

5/16

10
9
8

s

4
5

PRESSÃO

3/4
30

1,5

s

40

25

7
1/4

6
6

10

7
3/16

5

8

4

Velocidade V (m/s)

Diâm. interno di

5
4
Vazão Q (L/min)

OBS:
As recomendações de velocidade correspondem a óleos
hidráulicos com viscosidade máxima de 315 SSU ( 9º E)
a 35º C funcionando a temperaturas de 18º C a 68º C.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

03

TUBOS
TUBO DE AÇO TREFILADO SEM COSTURA
REFERÊNCIA: TN

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
40 m TN 160130
Quantidade: 40 m
Ref. tubo de aço: TN
Diâmetro ext. do tubo: 16,0 mm
Diâmetro int. do tubo: 13,0 mm

Características:
1. Composição química referente ao aço SAE 1008/1010.
2. Resistência a tração 33 kg/mm² mínimo. Limite de escoamento 20 kg/mm² mínimo. Alongamento 20 % (sobre 50 mm) mínimo.
3. Dimensões e tolerâncias conforme DIN 2391 C (ABNT
NBR 8476.
Diâm.Externo
(mm)

Diâm. Interno
(mm)

Parede
(mm)

Referência
"TN"

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

4. Estado de fornecimento - Normalizado em forno de
atmosfera controlada-NBK conforme DIN 2391 C
(ABNT NBR 8476).
5. As máximas pressões de utilização indicadas referem-se
a resistência a tração do material e a um coeficiente
de segurança igual a 4 (quatro).
6. Fornecidos em barras de 3 a 6 metros, oleados para
proteção anti-corrosiva.
Diâm.Externo
(mm)

Diâm. Interno
(mm)

Parede
(mm)

Referência
"TN"

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

04,0

02,0

1,0

TN040020

0 a 500

22,0

17,0

2,5

TN220170

0 a 227

05,0

03,0

1,0

TN050030

0 a 400

22,0

18,0

2,0

TN220180

0 a 181

06,0

03,0

1,5

TN060030

0 a 500

25,0

17,5

3,75

TN250175

0 a 300

06,0

04,0

1,0

TN060040

0 a 333

25,0

19,0

3,0

TN250190

0 a 240

06,4

03,4

1,5

TN064034

0 a 468

25,0

21,0

2,0

TN250210

0 a 160

06,4

04,2

1,1

TN064042

0 a 343

25,4

17,5

3,95

TN254175

0 a 311

08,0

05,0

1,5

TN080050

0 a 375

25,4

19,4

3,0

TN254194

0 a 236

08,0

06,0

1,0

TN080060

0 a 250

25,4

21,4

2,0

TN254214

0 a 157

09,5

05,5

2,0

TN095055

0 a 421

28,0

19,0

4,5

TN280190

0 a 321

09,5

06,3

1,6

TN095063

0 a 336

28,0

22,0

3,0

TN280220

0 a 214

10,0

06,0

2,0

TN100060

0 a 400

28,0

24,0

2,0

TN280240

0 a 142

10,0

07,0

1,5

TN100070

0 a 300

30,0

21,0

4,5

TN300210

0 a 300

12,0

08,0

2,0

TN120080

0 a 333

30,0

24,0

3,0

TN300240

0 a 200

12,0

09,0

1,5

TN120090

0 a 250

30,0

25,0

2,5

TN300250

0 a 166

12,7

08,7

2,0

TN127087

0 a 314

32,0

22,0

5,0

TN320220

0 a 312

12,7

09,7

1,5

TN127097

0 a 236

32,0

24,0

4,0

TN320240

0 a 250

14,0

10,0

2,0

TN140100

0 a 285

32,0

27,0

2,5

TN320270

0 a 156

14,0

11,0

1,5

TN140110

0 a 214

35,0

24,0

5,5

TN350240

0 a 314

15,0

11,0

2,0

TN150110

0 a 266

35,0

27,0

4,0

TN350270

0 a 228

15,0

12,0

1,5

TN150120

0 a 200

35,0

30,0

2,5

TN350300

0 a 142

16,0

11,0

2,5

TN160110

0 a 312

38,0

26,0

6,0

TN380260

0 a 315

16,0

13,0

1,5

TN160130

0 a 187

38,0

30,0

4,0

TN380300

0 a 210

18,0

13,0

2,5

TN180130

0 a 277

38,0

32,0

3,0

TN380320

0 a 157

18,0

15,0

1,5

TN180150

0 a 166

42,0

29,0

6,5

TN420290

0 a 309

19,0

14,0

2,5

TN190140

0 a 263

42,0

34,0

4,0

TN420340

0 a 190

19,0

16,0

1,5

TN190160

0 a 157

42,0

38,0

2,0

TN420380

0a

20,0

14,0

3,0

TN200140

0 a 300

50,0

38,0

6,0

TN500380

0 a 250

20,0

16,0

2,0

TN200160

0 a 200

65,0

50,0

7,5

TN650500

0 a 250

22,0

15,0

3,5

TN220150

0 a 318

80,0

60,0

10,0

TN800600

0 a 250

95

Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.

OBS: Os tubos de aço trefilado sem costura ERMETO, quando solicitados podem ser fornecidos zincados externamente
A zincagem dos mesmos é obtida por processo eletrolítico, o que garante uma uniformidade da camada depositada, trazendo como benefícios um poder de proteção anti-corrosiva elevado, além de ser possível a perfeita cravação
dos anéis de penetração ERMETO.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

04

TUBOS

ä

12,0
12,7
14,0
15,0
16,0
18,0
19,0
20,0
22,0

Referência
"TCA"

Diâm. Int.
(mm)

TCA120090
TCA127097
TCA140100
TCA150110
TCA160110
TCA180130
TCA190140
TCA200140
TCA220180

9
9,7
10
11
11
13
14
14
18

Dimensões

DIÂM.EXT.DO TUBO

ä

Diâm.Ext.
(mm)

ä

ä

B

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
TCA 120090

ä

A

R

ä

DIÂM.INT.DO TUBO

REFERÊNCIA: TCA

ä

ä

TUBO CURVADO DE AÇO

ä

R

A

B

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

30
30
35
35
35
40
40
40
45

67
67
67
77
77
72
72
74
78

237
237
237
244
244
236
236
236
238

0
0
0
0
0
0
0
0
0

a
a
a
a
a
a
a
a
a

250
236
285
266
312
277
263
300
181

Diâm.Ext.
(mm)

25,0
25,4
28,0
30,0
32,0
35,0
38,0
42,0

Ref. tubo de curvado de aço: TCA
Diâmetro ext. do tubo: 12,0 mm
Diâmetro int. do tubo: 9,0 mm
Referência
"TCA"

Diâm. Int.
(mm)

TCA250190
TCA254194
TCA280220
TCA300240
TCA320240
TCA350270
TCA380300
TCA420340

19
19,4
22
24
24
27
30
34

Dimensões
R

A

50
50
55
60
60
70
75
85

90
90
98
107
107
125
140
165

B

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

244
244
248
255
255
260
265
280

0
0
0
0
0
0
0
0

a
a
a
a
a
a
a
a

240
236
214
200
250
228
210
190

Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.
OBS: Sob consulta, podemos fornecer tubos curvados de cobre (TCK).

TUBO DE COBRE TREFILADO SEM COSTURA
REFERÊNCIA: TK

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
20 m TK 150130
Quantidade: 20 m
Ref. tubo de cobre: TK
Diâmetro ext. do tubo: 15,0 mm
Diâmetro int. do tubo: 13,0 mm

Características:
1. Composição química referente ao cobre nº 122 (DHP).
SAE CA 122 - UNS 12200 - ABNT NBR 5030 CuDHP.
2. Resistência a tração 28 kg/mm2 mínimo. Limite de
2
escoamento 22 kg/mm mínimo. Alongamento 8% (sobre 50 mm) mínimo.
Diâm.Externo
(mm)

Diâm. Interno
(mm)

Parede
(mm)

Referência
"TK"

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

04,0
05,0
06,0
06,4
08,0
08,0
09,5
09,5
10,0
10,0
12,0
12,0
12,7
12,7
14,0
14,0
15,0
15,0
16,0
16,0
18,0
18,0

02,0
03,0
04,0
04,2
05,0
06,0
06,3
07,5
06,4
08,0
08,4
10,0
09,1
10,7
10,0
12,0
11,0
13,0
11,6
13,6
13,6
15,6

1,0
1,0
1,0
1,1
1,5
1,0
1,6
1,0
1,8
1,0
1,8
1,0
1,8
1,0
2,0
1,0
2,0
1,0
2,2
1,2
2,2
1,2

TK040020
TK050030
TK060040
TK064042
TK080050
TK080060
TK095063
TK095075
TK100064
TK100080
TK120084
TK120100
TK127091
TK127107
TK140100
TK140120
TK150110
TK150130
TK160116
TK160136
TK180136
TK180156

0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0

a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a

3. Dimensões e tolerâncias, conforme norma ASTM B 251
(ABNT NBR 5020).
4. As máximas pressões de utilização indicadas referem-se
a resistência a tração do material e a um coeficiente
de segurança igual a 4 (quatro).
5. Fornecidos em barras de 3 a 6 metros.
Diâm.Externo
(mm)

390
297
240
249
275
173
243
143
262
135
213
111
199
105
201
94
186
88
193
99
169
88

19,0
19,0
20,0
20,0
22,0
22,0
25,0
25,0
25,4
25,4
28,0
28,0
30,0
30,0
32,0
32,0
35,0
35,0
38,0
38,0
42,0
42,0

Diâm. Interno
(mm)

14,0
16,6
15,0
17,0
17,0
19,0
19,0
22,0
19,4
22,4
22,0
25,0
24,0
27,0
26,0
29,0
29,0
32,0
32,0
35,0
36,0
39,0

Parede
(mm)

Referência
"TK"

2,5
1,2
2,5
1,5
2,5
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5
3,0
1,5

TK190140
TK190166
TK200150
TK200170
TK220170
TK220190
TK250190
TK250220
TK254194
TK254224
TK280220
TK280250
TK300240
TK300270
TK320260
TK320290
TK350290
TK350320
TK380320
TK380350
TK420360
TK420390

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0

a 183
a 83
a 173
a 99
a 156
a 90
a 165
a 78
a 163
a 77
a 146
a 69
a 135
a 65
a 126
a 60
a 115
a 55
a 105
a 50
a 94
a 45

Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

05

TUBOS
TUBO DE COBRE TREFILADO RECOZIDO SEM COSTURA
REFERÊNCIA: TZ

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
12 m TZ 120100
Quantidade: 12 m
Ref. tubo de cobre recozido: TZ
Diâmetro ext. do tubo: 12,0 mm
Diâmetro int. do tubo: 10,0 mm

Características:
4. As máximas pressões de utilização indicadas referem-se
a resistência a tração do material e a um coeficiente
de segurança igual a 4 (quatro).
5. Fornecidos em barras de 3 a 6 metros não retas a olho
nú.
6. Adequado para aplicações onde necessitem o uso de
tubo maleável.

1. Composição química referente ao cobre nº 122 (DHP)
SAE CA 122 - UNS 12200 - ABNT NBR 5030 CuDHP.
2. Resistência a tração 20 kg/mm 2 mínimo. Limite de escoamento 6 kg/mm 2 mínimo. Alongamento 45 % (sobre 50 mm) mínimo.
3. Dimensões e tolerâncias, conforme norma ASTM B 251
(ABNT NBR 5020).
Diâm.Externo
(mm)

Diâm. Interno
(mm)

04,0
05,0
06,0
06,4
08,0
09,5
10,0
12,0
12,7
14,0
15,0
16,0

02,0
03,0
04,0
04,2
06,0
07,5
08,0
10,0
10,7
12,0
13,0
13,6

Parede
(mm)

Referência
"TZ"

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

Diâm.Externo
(mm)

Diâm. Interno
(mm)

Parede
(mm)

Referência
"TZ"

18,0
15,6
1,2
1,0
TZ040020 0 a 280
19,0
16,6
1,2
1,0
TZ050030 0 a 214
20,0
17,0
1,5
1,0
TZ060040 0 a 172
22,0
19,0
1,5
1,1
TZ064042 0 a 179
25,0
22,0
1,5
1,0
TZ080060 0 a 124
25,4
22,4
1,5
1,0
TZ095075 0 a 102
28,0
25,0
1,5
1,0
TZ100080 0 a 97
30,0
27,0
1,5
1,0
TZ120100 0 a 80
32,0
29,0
1,5
1,0
TZ127107 0 a 75
35,0
32,0
1,5
1,0
TZ140120 0 a 67
38,0
35,0
1,5
1,0
TZ150130 0 a 63
42,0
39,0
1,5
1,2
TZ160136 0 a 71
Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.

TZ180156
TZ190166
TZ200170
TZ220190
TZ250220
TZ254224
TZ280250
TZ300270
TZ320290
TZ350320
TZ380350
TZ420390

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0

a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a
a

63
59
71
64
56
54
49
46
43
39
36
32

TUBO DE COBRE RECOZIDO BRILHANTE EM ROLOS
REFERÊNCIA: RZ

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
500 m RZ 095079
Quantidade: 500 m
Ref. tubo de cobre recozido: RZ
Diâmetro ext. do tubo: 9,5 mm
Diâmetro int. do tubo: 7,9 mm

Características:
1. Produzido de acordo com a norma ASTM B68.
2. Composição química referente ao cobre nº 122 (DHP).
SAE CA 122 - UNS 12200 - ABNT NBR 5030 - CuDHP.
2
3. Resistência a tração 20 kg/mm mínimo. Alongamento mínimo 40% (sobre 50 mm).
4. Dimensões e tolerâncias de acordo com ASTM B251
(ABNT NBR 5020).
5. As máximas pressões de utilização indicadas, referem-se
a tração do material e a um coeficiente de segurança
igual a 4 (quatro).
6. Fornecidos em rolos de comprimentos indicados abaixo.
Referência
"RZ"

Diâm.Externo

Diâm. Interno

mm

mm

pol.

6,35

1/4

4,82

0.189

RZ095079

9,53

3/8

7,92

0.312

RZ127111

12,7

1/2

11,12

0.437

Trata-se de um tubo de cobre recozido brilhante que
garante sua utilização nas seguintes aplicações, entre
outras:
1. Em circuitos de refrigeração, óleohidráulicos, combustíveis, etc...onde é necessário total isenção de incrustações e/ou sujeira interna.
2. Em aplicações, onde é necessário a aplicação de um
tubo maleável.
Esp.Parede

pol.

RZ064048

Utilização:

mm

0,79

pol.

0.031

Pressões de
Utilização

Comprimento
dos Rolos

kg/cm2

psi

Proporção

m

120

1700

25%
75%

40 a 320
365 a 772

80

1130

25%
75%

40 a 224
231 a 490

60

850

25%
75%

40 a 120
150 a 357

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

06

TUBOS
TUBO DE COBRE RECOZIDO BRILHANTE REVESTIDO COM PVC
REFERÊNCIA: MZ

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
500 m MZ127111
Quantidade: 500 m
Ref. tubo de cobre recozido: MZ
Diâmetro ext. do tubo: 12,7 mm
Diâmetro int. do tubo:11,1 mm

Características:

Utilização:

1. Produzido de acordo com a norma ASTM B68.
2. Composição química referente ao cobre nº 122 (DHP)
SAE CA 122 - UNS 12200 - ABNT NBR 5030 CuDHP.
3. Resistência a tração 20 kg/mm2 mínimo. Alongamento
mínimo 40% (sobre 50 mm).
4. Dimensões e tolerâncias de acordo com ASTM B251
(ABNT NBR 5020).
5. As máximas pressões de utilização indicadas, referem-se
a resistência a tração do material e a um coeficiente
de segurança igual a 4 (quatro).
6. Fornecidos em rolos de comprimentos indicados
abaixo.
7. Revestimento de PVC de acordo com ANSI/ASTM
D1047.

Trata-se de um tubo de cobre recozido brilhante revestido
com PVC, o que garante sua utilização nas seguintes
aplicações, entre outras:
1. Ambientes onde há necessidade de resistência externa
do produto a ação corrosiva de produtos químicos de
um modo geral, substituindo com sucesso, em algum
caso, a utilização de tubos de aço inoxidável.
2. Em circuitos de refrigeração, óleohidráulicos, combustíveis, etc., onde é necessário total isenção de incrustações e/ou sujeiras internas.
3. Em aplicações, onde é necessário a aplicação de um
tubo maleável.

Referência
"MZ"

Diâm.Externo
do Tubo

Diâm. Externo
Tubo c/revestimento

Diâm.Interno
do Tubo

mm

pol.

mm

pol.

mm

pol.

MZ064048

6,35

1/4

7,95

0.281

4,82

0.189

MZ095079

9,53

3/8

11,13

0.406

7,92

0.312

1/2

14,30

0.531

11,12

0.437

MZ127111

12,7

Espessura do
Revestimento
mm

0,80

pol.

Pressões de
Utilização
kg/cm2

psi

120

1700

80

1130

60

850

0.032

Comprimento
dos Rolos
Proporção

25%
75%
25%
75%
25%
75%

m

40 a 320
365 a 772
40 a 224
231 a 490
40 a 120
150 a 357

TUBO DE POLIAMIDA (NYLON11)
REFERÊNCIA: TP

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
50 m TP040025

Características:

Quantidade: 50 m
Ref. tubo de poliamida: TP
Diâmetro ext. do tubo: 4,0 mm
Diâmetro int. do tubo: 2,5 mm

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.

Material - Poliamida 11 incolor.
Estabilidade dimensional.
Extremamente leve (1.04 g/cm3).
Baixa absorção de umidade.
Compatível quimicamente com a maioria dos agentes
quimicos.
Boa resistência mecânica.
Temperatura máxima de trabalho 150º C.
Fornecidos em rolos de até 50 metros.
Não necessita utilização de reforço de tubo - RT.

Diâm.Externo
(mm)

04,0
06,0
06,4
08,0
09,5
10,0
12,0`
12,7
16,0

Diâm. Interno
(mm)

Parede
(mm)

Referência
"TP"

02,5
04,0
4,36
06,0
6,36
07,0
09,0
9,56
12,0

0,75
1,0
1,02
1,0
1,57
1,5
1,5
1,57
2,0

TP040025
TP060040
TP064044
TP080060
TP095064
TP100070
TP120090
TP127096
TP160120

Pressões
de Utiliz.
(kg/cm2)

0
0
0
0
0
0
0
0
0

a
a
a
a
a
a
a
a
a

20
18
15
15
15
15
15
15
15

Utilização:
Os tubos de poliamida ERMETO podem ser utilizados nos
mais variados tipos de circuitos, onde se necessite de
condução prática e segura do fluido.
Conexões Utilizáveis:
É possível sua utilização com as conexões de aço, latão
ou inox correspondentes.
Os tubos de diâmetro externo de 4, 6, 8, 10 e 12 mm são
utilizáveis com conexões da linha leve de latão, onde as
dimensões são mais adequadas às pressões de trabalho
recomendadas para tubo de poliamida.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

07

TUBOS
TUBO DE AÇO INOXIDÁVEL TREFILADO COM COSTURA
REFERÊNCIA: TWI

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO:
100 m TWI120095
Quantidade: 100 m
Ref. tubo de inox: TWI
Diâmetro ext. do tubo: 12,0 mm
Diâmetro int. do tubo: 0,95 mm

Características:
1. Composição química referente ao aço inox AISI 316.
2. Resistência a tração 55 kg/mm 2 mínimo. Limite de escoamento 22 kg/mm 2 mínimo. Alongamento 50 % mínimo.
3. Dimensões e tolerâncias de acordo com a norma DIN
2465 D4 T3 (ASTM A 269).

Diâm.Externo
(mm)

6,0
6,4
8,0
9,5
10,0
12,0
12,7
16,0

Diâm. Interno
(mm)

4,0
4,4
6,0
7,5
8,0
9,5
9,7
12,5

4. Estado de fornecimento recozido com acabamento
brilhante.
5. As máximas pressões de utilização indicadas referem-se
a resistência a tração do material e a um coeficiente de
segurança igual a 4 (quatro).
6. Fornecidos em barras de 4 a 6 metros.

Parede
(mm)

Referência
"TWI "

1,0
1,0
1,0
1,0
1,0
1,25
1,5
1,75

TWI060040
TWI064044
TWI080060
TWI095075
TWI100080
TWI120095
TWI127097
TWI160125

Pressões de Utilização
(kg/cm2)

0 a 410
0 a 390
0 a 300
0 a 260
0 a 250
0 a 250
0 a 300
0 a 270

Diâmetros externos de tubos preferenciais, por motivos técnicos e comerciais.
OBS: Para dimensões diferentes das acima, cosulte-nos.

TUBO DOBRADO

Diâm.Externo
(mm)

Podemos fornecer, sob consulta, os tubos de nossa linha,
dobrados, dentro das características solicitadas pelo
cliente.Notar que os raios médios de curvatura possíveis de
serem obtidos estão relacionados na tabela ao lado.
As dobras são efetuadas a frio em eficientes máquinas que
garantem baixíssima ovalização na região da dobra, além
de não danificar a superfície externa do tubo.

6
6,4
8,0
9,5
10,0
12,0
12,7
14,0
15,0
16,0
18,0

Raio Médio
(mm)

25
25
25
30
30
30
30
35
35
35
40

Diâm.Ext.
(mm)

19,0
20,0
22,0
25,0
25,4
28,0
30,0
32,0
35,0
38,0
42,0

Raio Médio
(mm)

40
40
45
50
50
55
60
60
65
70
85

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

08

EQUIPAMENTOS PARA MONTAGEM
DISPOSITIVO DE SERRAR TUBOS
REFERÊNCIA: DST

1- UTILIZAÇÃO:

4- CAPACIDADE:

O Dispositivo de Serrar Tubos ERMETO é um
equipamento indispensável quando a operação de
corte transversal em tubos deverá ser efetuada com
eficiência, velocidade e precisão (corte em esquadro).

Pode-se serrar tubos dos mais variados materiais na
faixa de diâmetros externos de 4 a 42 mm.

2- MATERIAIS:

0 dispositivo pode ser fixado em bancadas através
dos furos de sua base ou opcionalmente entre os
mordentes de uma morça.

Os componentes do Dispositivo de Serrar Tubos são
construídos em aço carbono, tratados termicamente
e com tratamento superficial de fosfatização, de modo
a garantir uma longa vida útil do mesmo.

5- FIXACÃO:

6- FUNCIONAMENTO:
Após fixado o dispositivo, coloque o tubo por sobre
os apoios da base, gire a alavanca B até que o
mordente A fixe perfeitamente o tubo e, coloque a
serra (do arco de serra) entre as guias C e D e efetue
a operação de serrar.

3- PESO:
Peso aproximado: 4,7 kg

CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS:

B

Dimensões em mm.

C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS
Rua Benigno Ribeiro, nº 366 - São Bernardo - CEP: 13030-600 Campinas/SP

Fone: (19) 3272-4133 - Fax: (19) 3272-0614

4-Posicione o prisma de apoio de acordo com o diâmetro externo do tubo a ser dobrado. 10 14.0 16. 6. DISPOSITIVO DIÂMETRO EXTERNO DO TUBO POSIÇÃO DO PRISMA DE APOIO DDT 0410 DDT 1016 DDT 0410 DDT 1016 4. 8.Fax: (19) 3272-0614 . 16 Menor V de apoio voltado p/ o tubo Maior V de apoio voltado para o tubo 6. Ex: KDDT 0410 ou KDDT 1016. acrescentar a letra K antes da referência.09 EQUIPAMENTOS PARA MONTAGEM DISPOSITIVOS DE DOBRAR TUBOS REFERÊNCIA: DDT 0410 1. 5.1-Selecione o rolete fixo (RF) e o móvel (RM) correspondente ao diâmetro externo do tubo a ser dobrado.3-Fixe o dispositivo entre os mordentes de uma morça ou utilize outro sistema de fixação. 16 mm. fixe o mesmo através do grampo de fixação. 6. 9.2.5 10 10 12 DDT 1016 12. 3. 15. 12. 15. conforme tabela. 2. são construídos em aço carbono.0 18.6-Gire a alavanca até a posição desejada caracterizando a dobra do tubo.6.5 Kg.CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .4 DDT 0410 8 9.7.PESO APROXIMADO: DDT 0410 3. tratados termicamente e com tratamento superficial de fosfatização.5 14.PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO: 6. 10 mm. RF 1201. nº 366 . 6.0 24.MATERIAIS: Os componentes do DDT 0410 e DDT 1016. 6.0 4. tornando-a rápida e eficiente. 6.0 24.2 Kg .CAPACIDADE: DDT 0410-Dobra tubos de diâmetros externos de: 4.5. além de trabalhar com baixa ovalização na região de dobra. 12.São Bernardo .1.0 14. conforme tabela. indique a referência do dispositivo (DDT 0410 ou DDT 1016) e a referência dos roletes fixos (RF) e móveis ( RM ) que desejar.5 20.5 31.Introduza o tubo entre os roletes. RM 1202 (roletes p/ tubos de 12mm). com todos os roletes fixos (RF) e móveis (RM). C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.7 14 15 16 RF 0401 RF 0501 RF 0601 RF 0641 RF 0801 RF 0951 RF 1001 RF 1011 RF 1201 RF 1271 RF 1401 RF 1501 RF 1601 RM 0402 RM 0502 RM 0602 RM 0642 RM 0802 RM 0952 RM 1002 RM 1012 RM 1202 RM 1272 RM 1402 RM 1502 RM 1602 12. DDT 1016 7. 12.2 12. 12. 9.5.0 34.Para adquirir o Dispositivo de Dobrar Tubos ERMETO completo. 6.5 38. 5.7 8.5 .4 10.2-Efetue a montagem dos roletes no corpo do dispositivo. simplificam a operação de dobrar tubos. DDT 1016-Dobra tubos de diâmetros externos de 10. 14.4.DESCRIÇÃO: Os Dispositivos de Dobrar Tubos ERMETO. 6.0 26. de modo a garantir uma longa vida útil ao conjunto. 6. Ex: DDT 1016.Para adquirir o Dispositivo e somente um ou mais jogos de roletes.COMO ESPECIFICAR: 5. 5. REFERÊNCIA: DDT 1016 DIÂMETRO EXTERNO TUBO (mm) ROLETE FIXO REFERÊNCIA ROLETE MÓVEL REFERÊNCIA RAIO r (mm) 4 5 6 6. 5.

10 EQUIPAMENTOS PARA MONTAGEM CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS: Dimensões em mm.São Bernardo .CEP: 13030-600 Campinas/SP Fone: (19) 3272-4133 .Fax: (19) 3272-0614 . nº 366 . C e n t r a l H i d r a u l i c a e P n e u m á t i c a CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.

b r Central Hidraulica e Pneumática CENTRAL DE VENDAS Rua Benigno Ribeiro.br/vendas.Fax: (19) 3272-0614 CENTRAL DE VENDAS ON LINE http://www. c h p .chp.Brasil Fone: (19) 3272-4133 .com.htm Catálogo Ermeto . nº 366 .São Bernardo CEP: 13030-600 Campinas/SP .© CHP Central Hidráulica e Pneumática Todos os Direitos Reservados w w w . c o m .