SÁBADO 27 DEZEMBRO 2014

Diretor José Manuel Ribeiro
Diretor adjunto Jorge Maia

Ano 30, n.º 309
0,90€ IVA Inc.

OOJOGO
JOGO

Medalha de Ouro
na categoria de redesenho

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

www.ojogo.pt

Presidente recua e o treinador
ador do Sporting
não muda, pelo menos até ao próximo jogo

Marcha
atrás
Bruno de Carvalho: “O Marco Silva
vai estar no banco em Guimarães”
P2-5

MÉDIO DO FC PORTO
ESTÁ NO TOP 100
DOS MELHORES DO MUNDO
E O SELECIONADOR MEXICANO
DIZ QUE FOI O ESPANHOL
QUE O PÔS LÁ

BENFICA

Explodiu as
estatísticas:
tem mais jogos,
mais golos
e mais minutos
esta época

Jonathan está de férias,
mas colado ao telefone
à espera de ser chamado

“Herrera
“Herrera
cresceu muito
com Lopetegui”

“ESTOU
ANSIOSO
PELO
BENFICA”
Defesa mais eficaz
só há 18 anos P10-13

ENTREVISTA
Norton de Matos não
compreende por que
foi despedido do Chaves

“A minha saída
fere a inteligência”
P22-23

INTERNACIONAL
Lesão no joelho direito está na reta final da recuperação

P6-9

Rúben Neves já trabalha

Chelsea vence [2-0]
West Ham e passa
o Natal na frente

Mourinho
imparável

P26-27

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

I LIGA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

SPORTING

2

Pedro Rocha / Global Imagens

VOLTE-FACE Contestação forte
à ameaça de despedir o treinador
pesou. Estrutura técnica sobrevive
pelo menos até ao jogo em Guimarães

JUSTIÇA TREINADOR MOVE
QUEIXA-CRIME A JOSÉ EDUARDO

BRUNO RECUA E MAR

Antigo jogador do Sporting, empresário e
apoiante de Bruno de Carvalho, José Eduardo
atacou Marco Silva ontem à tarde e o técnico
respondeu ao acionar-lhe uma queixa-crime.
O ex-lateral acusou o treinador de ter
“interesses próprios que não são os do
Sporting, mas de outras entidades, eventualmente do seu empresário [Carlos Gonçalves]”, dizendo-se “enganado” pelo técnico.

O líder dos leões desceu a
terreiro, negou cenário de
crise, não assumiu a
intenção de afastar Marco
Silva e acusou a Comunicação Social de “inventar
novela”. Certo é que foi
feita a vontade dos adeptos

CRÍTICAS PRESIDENTE VOLTOU
A SER VISADO NAS REDES SOCIAIS

FILIPE ALEXANDRE DIAS
MÁRIO DUARTE
RUI MIGUEL GOMES

A exemplo do que sucedeu na quinta-feira,
embora não de forma tão pronunciada,
Bruno de Carvalho voltou a ser alvo de duras
críticas por parte de vários adeptos leoninos
nas redes sociais depois da entrevista
concedida à Sporting TV. Ainda que as
mensagens de incentivo ao líder tenham
surgido em maior número, voltou a imperar
um tom crítico e contrário ao presidente.

Carvalho decidiu ontem recuar na decisão de despedir
Marco Silva com justa causa e
o técnico continuará à frente
da equipa, voltando normalmente aos treinos hoje, na
Academia Sporting, confirmou o presidente numa entrevista ao canal televisivo do

bbb Marcha-atrás – Bruno de

emblema de Alvalade. A decisão final de reconsiderar o cenário que O JOGO oportunamente noticiou foi motivada
pela falta de unanimidade que
o líder dos leões verificou nos
seus pares administrativos e
diretivos, bem como pela onda
de contestação junto de sócios
e adeptos que a ameaça de
afastamento do técnico suscitou nas redes sociais, uma área
à qual o responsável máximo
pelo emblema verde e branco
dedica especial atenção.
Segundo informações recolhidas pelo nosso jornal, Bruno de Carvalho tinha decidida
a saída de Marco Silva, movendo para tal efeito um processo
disciplinar que conduziria ao
afastamento de funções do jo-

vem treinador dos verdes e
brancos. O dossiê estava a ser
devidamente preparado, até
que ontem Bruno de Carvalho
entendeu por bem retroceder.
Ao longo dos últimos dias, o
responsávelmáximopelacondução dos destinos do emblema de Alvalade apercebeu-se
de várias correntes de opinião
contrárias à sua, que de forma
direta e indireta o tentaram
sensibilizar no sentido de
manter Marco Silva no cargo,
por entenderem ser essa a melhor decisão, a bem da estabilidade interna. Sem o suporte
pretendido, Bruno de Carvalho decidiu recuar e de imediato aproveitou o espaço que lhe
é dedicado na Sporting TV
sempre que necessário.

Tomada a decisão final, ao
início da noite de ontem, Bruno de Carvalho deslocou-se
aos estúdios do canal para
anunciar a continuidade no
técnico, mas sem nunca assumir ter estudado seriamente a
mudança no comando técnico
do coletivo verde e branco,
que, pelo menos até ao próximo compromisso da equipa, já
na segunda-feira, se vai manter inalterável. “O Marco Silva
estará a fazer o jogo da Taça da
Liga contra o V. Guimarães, é
o treinador do Sporting. Ter
lido hoje [ontem] que o Marco
Silva saiu é descabido e não faz
lógica nenhuma. Ele é o treinador do Sporting e recomeça
os treinos amanhã [hoje]”, revelou o líder dos lisboetas, que

“Ter lido
que o Marco
Silva está de
saída é
descabido.
Ele é o
treinador e
estará a
fazer o jogo
contra o V.
Guimarães”
Bruno de
Carvalho
Presidente do
Sporting

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

SPORTING

À PARTE

Triste com os sócios
Numa direta aos associados
que diz terem acreditado na
“manipulação”, Bruno de
Carvalho desabafou: “A
minha apreensão tem a ver
com os sportinguistas.
Insistem em ser enganados e
manipulados. Tenho de tirar
ilações e isto faz-me pensar
na minha condição de
presidente dedicado 24 horas
por dia.”

INQUÉRITO
Bruno de Carvalho revelou na Sporting TV que
Marco Silva continuará a treinar a equipa. Como
classific esta comunicação e o próprio discurso
do presidente?

“Que tudo isto não fique
assente numa paz podre”

AG confirmada
Confirmando que haverá
Assembleia Geral (AG) em
janeiro, o presidente do
Sporting acha o momento
ideal. “Se isto é assumido
como crise, é uma análise
que temos de fazer em
conjunto na AG. Temos todo
o prazer nisso e nada tem a
ver com o treinador ou a
equipa. Tem a ver com
questões de fundo do
Sporting”, defendeu.

RCO CONTINUA
admitiu questões internas,
mas atirando as culpas para
“invenções da Comunicação
Social”, depois de ter tecido
publicamente fortes críticas à
equipa, enviando recados a
Marco Silva: “O que se passa é
do foro interno e tem a ver

com situações normais dentro
de uma organização. É lógico
que decorrem processos internos e isso nada tem a ver com
as notícias veiculadas. Não há
crises.” Evasivo quanto ao futuro (do próprio treinador) e
abordando várias outras ques-

tões laterais ao conflito que
diz não existir (ver coluna em
anexo), o presidente concluiu:
“Cada macaco no seu galho e o
nosso galho é o de gerir e não
abdicamos de resolver problemas, de os perceber e tomar
decisões.”

Filipe Amorim / Global Imagens

Processo: líder dos leões chegou
a ter dossiê do despedimento esboçado
ribuiu
Pressão: falta de apoio interno cont
tem
também para a marcha-atrás de on

Menezes
Rodrigues
Ex-vicepresidente do
Sporting

“Em princípio, considero que é um boa decisão
por parte da Sporting, SAD a de manter o
Marco Silva à frente da equipa. O discurso do
presidente não vou comentar. Agora, acho
uma ótima ideia manter o treinador, que tem
feito um bom trabalho. Espero que esteja
realmente tudo bem e que isto não esteja
assente numa paz podre. Aguardo sinceramente que as coisas sejam resolvidas no imediato.
Com certeza que, se tudo for tratado de uma
forma genuína, as coisas vão correr bem e o
Sporting é que sairá a ganhar de tudo isto.”

“Marco Silva é quem sai
reforçado desta situação”

Tomaz
Morais
Ex-consultor
do Sporting

Fugas de informação
Atacando os meios de
comunicação, Bruno de
Carvalho deixou uma
suspeição no ar: “Sinto que o
que saiu na Imprensa não
tenha saído só por invenção,
mas tenha saído de dentro do
próprio Sporting, com
alguma maldade. O Sporting
que eu não via, felizmente,
há dois anos anda aí a pairar.”

“Para não falar em novela, este foi um enredo
escusado, montado pelo Sporting. Fica provado
o grande carácter e personalidade forte do
treinador, que teve sempre os jogadores e os
adeptos do seu lado. O discurso do presidente
foi um pouco confuso e, porventura, teria
resultado melhor em formato de comunicado.
Este não era o momento para despedir Marco
Silva e isto resultou tudo de impaciência após a
derrota em Guimarães, que causou mensagens
trocadas que deram em alguma instabilidade
no grupo. Agora, penso que é Marco Silva que
sai reforçado de toda esta situação, porque é um
treinador de enorme competência e com
grande sentido de liderança.”

“Espero que não haja mais
desencontros na estrutura”

Rivais estão a adorar
Considerando que as últimas
notícias serviram “para
esconder o que se passa
noutros clubes”, o líder
leonino lastimou: “Não me
preocupo com os rivais, mas
eles estão a adorar isso.”

3

Hugo
Malcato
Presidente da
Associação de
Adeptos
Sportinguistas

“Depois de ouvir o discurso do presidente
Bruno de Carvalho, fico satisfeito por saber
que Marco Silva continuará à frente da equipa
e que sejam completamente colocados de lado
quaisquer climas de suspeição. É o melhor para
todos. Fico também contente que tenha
havido elevação no tratamento desta questão
e que não haja mais desencontros entre as
estruturas responsáveis pelo futebol do
Sporting. Isso é o mais importante para que a
estabilidade impere.”

PUB

4
ÚLTIMO ONZE
(NACIONAL-SPORTING)

1-Rui Patrício
26-Paulo 3-Maurício
Oliveira
33-Jonathan
14-William

Adrien, André Martins,
Nani e Ryan Gauld são
baixas confirmadas,
enquanto Esgaio, Rabia,
Heldon, Tanaka e Marcelo
podem ser chamados como
atletas da equipa principal
e cumprir regulamentos

23-Adrien

36-Carlos
Mané

18-Carrillo

9-Slimani

MÁRIO DUARTE

MAIS UTILIZADOS DA ÉPOCA

Rui Patrício
Adrien Silva
William Carvalho
Maurício
Nani

1890’
1718’
1641’
1616’
1457’

TOP GOLOS

Slimani
Montero
Nani
Carlos Mané
Carrillo

8
7
7
5
5

OS MAIS PONTUADOS
POR O JOGO NA LIGA

Carrillo
Rui Patrício
Adrien Silva
Slimani
Nani
William Carvalho

80
79
77
67
65
65

CARTÕES AMARELOS NA I LIGA

Adrien Silva
Jefferson
Nani
Maurício
Slimani
William Carvalho

4
4
4
3
3
3

CARTÕES VERMELHOS NA I LIGA

Adrien Silva
Jefferson
William Carvalho
ÚLTIMOS JOGOS
Dia Prova

1
1
1

Adversário

I Liga (f)
Nacional
T. Portugal (f) Vizela
I Liga (c)
Moreirense
L. Campeões (f) Chelsea
I Liga (f)
Boavista

[1-0]
[3-2]
[1-1]
[3-1]
[3-1]

PRÓXIMOS JOGOS
29/12
04/01
07/01
11/01
14/01

Taça Liga
I Liga
T. Portugal
I Liga
Taça Liga

V. Guimarães
Estoril
Famalicão
Braga
Boavista

EQUIPA TÉCNICA
Treinador Marco Silva
Treinador adjunto João Pedro
Preparador físico Gonçalo Pedro
Treinador de GR Nélson Pereira

(f)
(c)
(c)
(f)
(c)

bbb Desfeita a dúvida sobre
quem comandaria a equipa
em Guimarães, no pontapé de
saída da Taça da Liga 2014/15
(ver mais informação nas páginas anteriores), sobra para
Marco Silva o desafio de, a partir de hoje, montar em dois
dias a equipa que regressa ao
palco onde sofreu a única derrota no plano interno esta
temporada. E, face ao assumido desde a época passada pelos
leões, afastados da prova em
2013/14 na sequência de um
penálti convertido já nos descontos por Josué, que deu a vitória (3-2) do FC Porto sobre o
Marítimo e o apuramento aos
dragões, enfrenta esse desafio
com a agravante de ter de
montar uma equipa inédita,
com recurso privilegiado a
atletas da equipa B e dos juniores, sem o aconselhável entrosamento e articulação de processos mecanizada.
Desde logo, o técnico dos
leões está impedido de chamar os lesionados Nani e André Martins e os castigados
Adrien (expulso frente ao Nacional) e Ryan Gauld (expulso
precisamente em Guimarães,
no duelo das equipas B das
duas equipas). Segundo o Artigo 11.º do Anexo III do Regu-

Pedro Rocha / Global Imagens

8-André
Martins

ONZE INÉDITO EM DOIS DIAS

Esgaio foi titular na Luz e deve recuperar lugar no onze em Guimarães, para a Taça da Liga
lamento das Competições Organizadas pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional, “os
clubes são obrigados a fazer
participar nas suas equipas em
cada jogo pelo menos cinco jogadores que tenham sido incluídos na ficha técnica (efetivos ou suplentes) em um dos
dois jogos oficiais imediatamente anteriores da época em
curso”. Nessas circunstâncias
encontram-se, por exemplo,
oguarda-redesMarceloBoeck,
que deve ser titular em Guimarães, mas também Heldon
ou Tanaka (que foram utiliza-

Wallyson,
Slavchev,
Geraldes ou
Podence
são alguns
dos
“reforços”
que podem
ser chamados

dos no decorrer do jogo para a
Taça de Portugal com o Vizela)
e Esgaio ou Rabia (que não jogaram, mas estiveram no banco em Moreira de Cónegos no
mesmo jogo). Com a chamada
destes cinco jogadores que
não são primeiras escolhas de
Marco Silva, o técnico preenche os requisitos impostos
pela Liga e abre vagas para
mais atletas da equipa B (Tobias, Podence...) e dos juniores, conforme pretendido pela
estrutura diretiva dos leões –
e, nas atuais circunstâncias, o
técnico não o deve descurar.

Na antecâmara do dérbi
dos bês na Academia
O jogo da próxima segunda-feira será o
ensaio geral para muitos dos jogadores
que serão chamados a defrontar o Vitória
de Guimarães para o embate que se segue:
a receção ao arquirrival Benfica, no duelo
da II Liga entre as equipas B de leões e
águias. O jogo relativo à 21ª jornada da
prova está agendado para dia 4, na
Academia e será mais uma oportunidade
dos atletas que serão agora chamados por
Marco Silva de se mostrarem.

Jeffren feliz por ter deixado os leões
Extremo espanhol
diz que “os dois
anos” passados em
Alvalade “não foram
muito bons”
bbb Jeffren tem estado em
evidência ao serviço do Valladolid, clube do patamar secundário do futebol espanhol que
é dos principais candidatos à
subida ao escalão principal, e
foi ouvido pelo site oficial da
Liga espanhola, reportandose ao período que passou em

Alvalade. “Estive mais de dois
anos fora do país, que não foram muito bons. A verdade é
que o regresso a Espanha permitiu que me reencontrasse
como futebolista”, afirmou o
extremo formado no Barcelona, clube que representou ao
mais alto nível em 2008,
quando foi lançado na equipa
principal por Pep Guardiola,
atual treinador do Bayern de
Munique. Jeffren, recorde-se,
transferiu-se em 2011 para o
Sporting, onde não conseguiu
vingar, na sequência de mui-

“Regresso a
Espanha
permitiu
que me
reencontrasse como
futebolista”
Jeffren
Jogador do
Valhadolid

tas lesões, o que suscitou, entre outros casos, a queixa por
parte da atual direção de gestão danosa a Godinho Lopes,
Nobre Guedes, Luís Duque e
Carlos Freitas.
“O Valhadolid é uma equipa
de primeira liga. Vamos fazer
tudo para lá regressar. Temos
de o conseguir, sem o encararmos como pressão”, prometeu
o extremo hispano-venezuelano que marcou um golo de
calcanhar à equipa B do Barcelona na última ronda do campeonato.

Ricardo Ordonez / Reuters

41-Cédric

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

DESAFIO Recurso privilegiado a jogadores da equipa B e dos juniores, conforme instituído desde
a última edição da Taça da Liga, leva Marco Silva a testar os “reforços” de Bruno de Carvalho

SPORTING 2014/15

21/12
17/12
14/12
10/12
05/12

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

SPORTING

Jeffren empatou em maio com o Real

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

SPORTING

5

Miguel A. Lopes / EPA

PUB

Slimani é trunfo do Sporting na receção à ex-equipa do treinador Marco Silva

DISPENSADO Avançado vai adiar integração nos trabalhos da
seleção da Argélia para a CAN e ajudar na 15ª jornada da I Liga

Slimani garantido
para o Estoril
O camisola 9 dos leões será
trunfo importante para a
receção à equipa canarinha
orientada por José Couceiro, a 3 de janeiro. Para isso,
o leão adia o início dos
trabalhos da seleção, que
começam dia 2
MÁRIO DUARTE
bbb O Sporting viu atendido

o pedido de dispensa do início
dos trabalhos da seleção de Argélia para a CAN de Islam Slimani e o avançado vai ser opção para receber o Estoril, no
próximo dia 3 de janeiro, um
dia depois de a equipa nacional argelina começar a preparar a principal competição futebolística no continente africano. O dono da camisola 9
verde e branca será, assim,
trunfo importante para o
compromisso relativo à próxima ronda da I Liga, numa altura em que era suposto ser já
baixa no plantel, como será ao
longo de janeiro, por força da
participação da Argélia na
Taça Africana das Nações.
O internacional argelino falhou as duas primeiras jornadas, depois de lhe ter sido instaurado um processo disciplinar no seguimento de
manifestar o desejo de ser autorizado a negociar a sua
transferência para clubes
como o West Ham, que lhe

oferecia cerca do triplo que
passaria a auferir em Alvalade, após o prometido aumento para 600 mil euros brutos
anuais entretanto consumado. Slimani seria integrado
nos trabalhos regulares da

8

GOLOS

Avançado argelino é o
melhor marcador da
equipa com oito golos
(seis na Liga e dois na
Champions) em 19 jogos

equipa orientada por Marco
Silva poucos dias antes do dérbi da Luz, no qual se estreou
esta época, marcando o golo
do empate contra o Benfica.
Desde então, realizou mais 18
jogos pelos leões e marcou
mais sete golos, sendo atualmente o melhor marcador da
equipa, com 19 jogos e oito golos (seis na I Liga e dois na
Champions). Curiosamente,
caso a Argélia de Slimani chegue à final da CAN, o avançado do Sporting joga pela seleção no mesmo dia (8 de fevereiro) em que está agendada a
receção ao Benfica por parte
dos leões. De qualquer forma,
o avançado está disponível
para receber o Estoril e ficará
fora dos planos durante cerca
de um mês.

Em busca do primeiro golo na CAN
Slimani é a principal referência no ataque não só do
Sporting, mas também da Argélia. Agora, na Guiné
Equatorial, o dono da camisola 9 verde e branca procura
o primeiro golo na CAN, prova em que já disputou três
partidas (frente à Costa do Marfim, Togo e Tunísia), em
janeiro de 2013. Internacional por 27 ocasiões pela
Argélia, Slimani leva 11 golos marcados pela seleção, o
último dos quais apontado a 15 de outubro, frente ao
Maláui. Antes, marcara à Rússia e à Coreia do Sul, no
Mundial do Brasil.

Começou a
jogar (e a
marcar)
esta época
frente ao
Benfica e
pode falhar
a receção
aos
encarnados
se chegar
à final da
CAN pela
Argélia

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

I LIGA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

FC PORTO

6

MIGUEL HERRERA
Selecionador do México
reconhece a grande evolução
do médio e elogia a dedicação
do treinador espanhol

“Lopetegui
decisivo para
este Herrera
aparecer”

Ivan Del Val / Global Imagens

Miguel Herrera não
estranhará se o FC Porto
fizer até uma boa transferência com o médio
mexicano a curto prazo,
porque vê-o com dimensão
tática para chegar a uma
grande liga da Europa
ANTÓNIO M. SOARES
bbb Não passou despercebida

FÉRIAS REGRESSO AMANHÃ
E SÓ DOIS DIAS PARA TRABALHAR
O plantel do FC Porto volta amanhã ao
trabalho depois de uma pausa de oito dias
para gozar férias de Natal e descansar dos
primeiros 23 jogos da temporada. O treino
será às 12 horas para permitir que alguns dos
estrangeiros cheguem no próprio dia, logo de
manhã. Lopetegui só terá dois dias para
preparar o Rio Ave, que já hoje treina depois
de ter parado “apenas” quatro dias.

no México – muito pelo contrário – a inclusão de Héctor
Herrera na lista dos 100 melhores futebolistas da Europa
elaborada pelo jornal britânico
“The Guardian”. A meio do
ano, no Mundial do Brasil, o
rendimento do médio do FC
Porto surpreendeu e os primeiros meses da temporada
tornaram-no num indiscutível de Lopetegui. Herrera ficou no GPS de grandes clubes
europeus e o selecionador mexicano, Miguel Herrera, não se

espanta. “Merece estar na lista
dos 100 melhores jogadores do
ano. Confirma o grande jogador que é. O mérito é dele, do
trabalho que tem feito e da dedicação. Está bem no FC Porto
e podemos dizer que a ponte
entre o futebol mexicano e o
europeu está feita. Agora só
lhe resta dar continuidade e
manter aquela confiança, porque pode ir longe”, sublinha a
O JOGO o treinador mexica-

“Herrera merece
estar na lista dos
melhores
jogadores do ano”
Miguel Herrera
SELECIONADOR DO MÉXICO

no, que, diga-se, foi o primeiro
a mostrar ao mundo um talento algo escondido e intermitente na primeira época no
Dragão.
Miguel Herrera admite que
o Brasil possa ter sido uma
montra importante, mas ,
para ele, a explicação é outra:
“A chegada de Lopetegui ao
FC Porto foi decisiva para
que este Herrera pudesse
aparecer mais. Melhorou muito com Lopetegui. Foi benéfico
por diversas razões: primeiro, por
causa da língua,
que permite ao jogador perceber melhor aquilo que o treinador deseja;
depois, porque Lopetegui
tem muita experiência a
trabalhar com jogadores jovens e sabe tirar deles o que
pretende; por fim, porque

Reyes é caso a ponderar
“É mais difícil um central
conseguir mostrar-se”
Se a temporada não podia
estar a correr melhor a Héctor
Herrera, a verdade é que para
o outro mexicano do FC
Porto, Diego Reyes, as coisas
estão longe das expectativas que o próprio jogador
tinha para esta temporada. A possibilidade de
sair emprestado surge
até como hipótese.
“São jogadores
diferentes. Talvez
para um central seja
mais difícil conseguir
mostrar-se. Tem cumprido
na seleção, mas era bom que
jogasse mais”, admitiu
Miguel Herrera.

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

FC PORTO

7

Subiu oito lugares e
é o quinto do plantel
Números acompanham exibições. No
ranking de O JOGO
é o melhor médio
portista
ANDRÉ MORAIS
bbb Há mais Herrera do que
no passado. O homónimo selecionador mexicano não tem
dúvidas em avançar com uma
opinião que, sendo qualitativa, reflete a quantidade que os
números comprovam. Héctor
Herrera tem mais jogos, mais
minutos, mais golos e mais assistências do que na época anterior por esta altura. E as exibições, valorizadas por essas
ações, são também bem melhores.
Na hierarquia de pontos O
JOGO, o médio mexicano é,
por esta altura, o quinto jogador de campo mais valioso do
FC Porto, atrás de Brahimi,
Danilo, Jackson e Bruno Martins Indi, um ponto por jogo a
mais do que a média de
2013/14 em dezembro: 5,64
agora, 4,5 há um ano.
O final da época, e a regularidade com que passou a jogar,
especialmente depois de Luís
Castro assumir a equipa, fizeram-no subir o nível. Herrera
terminou com 4,88 pontos O
JOGO por partida, no melhor
índice que encontramos para
uma avaliação comparativa. O
mexicano foi o 13º melhor do
plantel. Ou o nono pior, se preferirem.
O Mundial do Brasil devolveu-lhe a confiança. E entusiasmou Julen Lopetegui, que
desde o começo o elegeu com
um projeto muito particular e

“Herrera já está
num grande
clube da Europa,
mas é natural
que, com o
futebol que tem
mostrado, outros
clubes maiores o
tenham debaixo
de olho”

Herrera tem sido uma forte
aposta no futebol da equipa e
tem um papel importante no
meio-campo do FC Porto.
Tudo isso tem contribuído
para o crescimento dos últimos meses e para que se tenha
mantido ao nível do jogador
que mostrou ser no Mundial
do Brasil.”
Com este rendimento, não
surpreende que comecem a
surgir emblemas atentos – os
alemães do Borússia de
Dortmund já surgiram ligados
ao médio mexicano. “Herrera
já está num grande clube, mas
é natural que, com o futebol
que tem mostrado, outros clubes maiores o tenham debaixo de olho. O FC Porto poderá
ser apenas uma etapa na carreira, porque ele está a mostrar dimensão para mais. Não
sei quando e se vai mesmo
sair, como é óbvio, mas sei que

ele está pronto, porque está
um jogador mais completo.
Isso não quer dizer que não
possa melhorar ainda em certos aspetos. Mas, não me admirava se o FC Porto fizesse
um bom negócio com ele a
curto prazo”, acrescentou Miguel Herrera.
Não restam dúvidas na cabeça do selecionador mexicano
sobre a importância do médio
no FC Porto e também na seleção. Aliás, desde o Mundial,
Herrera já esteve em seis jogos
do México, tendo sido titular
em quatro. “Neste momento,
Herrera é um jogador cada vez
mais importante na nossa seleção. Será, talvez, o melhor
jogador que temos naquelas
funções e vou continuar a chamá-lo, porque é imprescindível na seleção do México”, rematou a O JOGO Miguel Herrera.

“Está bem no FC
Porto. Resta-lhe
manter a
confiança,
porque ainda
pode chegar
muito longe”

PONTOS

5,64

A média de Herrera está
três décimas acima da
média do plantel e vale mais
se considerarmos que é, a
par de Jackson, o único com
22 jogos disputados.

“Não sei quando e
se vai mesmo sair,
como é óbvio,
mas sei que ele
está pronto,
porque está um
jogador mais
completo”

ÚLTIMO ONZE
(FC PORTO-V. SETÚBAL)

12-Fabiano
4-Maicon 3-Martins
Indi
2-Danilo
26-Alex
Sandro
22-Campaña

16-Herrera

30-Óliver

11-Tello

7-Quaresma
9-Jackson

MAIS UTILIZADOS DA ÉPOCA

Jackson
Danilo
Martins Indi
Fabiano
Alex Sandro

1857’
1855’
1849’
1800’
1646’

TOP GOLOS

Jackson
Brahimi
Herrera
Aboubakar
Óliver
Danilo

18
8
4
3
3
3

Quintero
Quaresma
Tello

2
2
2

OS MAIS PONTUADOS
POR O JOGO NA I LIGA

Jackson
Brahimi
Danilo
Fabiano
Martins Indi

87
81
81
77
75

CARTÕES AMARELOS NA I LIGA

Casemiro
Alex Sandro
Martins Indi

5
4
4

CARTÕES VERMELHOS NA I LIGA

Maicon
ÚLTIMOS JOGOS
Dia Prova
19/12
14/12
10/12
06/12

1

Adversário

I Liga (c)
V. Setúbal
I Liga (c)
Benfica
L.Campeões (c) Shakhtar
I Liga (f)
Académica

30/11 I Liga (c)

Rio Ave

[4-0]
[0-2]
[1-1]
[3-0]
[5-0]

PRÓXIMOS JOGOS
30/12
04/01
11/01
14/01
18/01

“Herrera é
imprescindível na
seleção”

Taça Liga
I Liga
I Liga
Taça Liga
I Liga

Rio Ave
Gil Vicente
Belenenses
U. Madeira
Penafiel

(f)
(f)
(c)
(c)
(f)

EQUIPA TÉCNICA
Treinador Julen Lopetegui
Treinador adjunto Julián Calero
Treinador adjunto Rui Barros
Preparador físico Juan Carlos Martínez
Treinador de GR Juan Carlos Arévalo

Leonel de Castro / Global Imagens

Fábio Poço / Global Imagens\

“É importante no
meio-campo do
FC Porto”

o incluiu como um dos oito intocáveis no onze, juntamente
com Fabiano, Danilo, Alex
Sandro, Indi, Casemiro, Brahimi e Jackson.
Desses, apenas o lateral-esquerdo e Casemiro estão abaixo da média de 5,5 pontos por
jogo, que na época passada
poucos conseguiram atingir.
O facto, por si só, atesta a subida do nível exibicional, ainda
que Lopetegui até tenha menos pontos no campeonato do
que tinha então Paulo Fonseca. A Liga dos Campeões ajuda
a fazer a diferença. E Herrera
também se serviu dela para
brilhar mais. Na Champions
só mesmo Brahimi e Jackson
têm média melhor do que os
6,5 pontos por jogo de Herrera. No global, o mexicano fica
com 5,64, ligeiramente à frente de Óliver, que costuma jogar ao seu lado. Brahimi (com
6,29) é, como já dissemos, o
melhor. O peso de Herrera,
que se percebe à vista desarmada, tem eco nos números.

FC PORTO 2014/15

Herrera já marcou quatro golos esta época no FC Porto

8

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

FC PORTO

Rúben lesionou-se no
jogo da Champions
com o Shakhtar, dia
10 de dezembro

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

MERCADO JACKSON MARTÍNEZ
ENTRA NOS SONHOS DOS SPURS

Aproxima-se a janela de mercado de janeiro e
com ela as especulações: Jackson volta a estar
no radar do Tottenham, apesar da indisponibilidade do FC Porto para o negociar a meio do
ano. Além dos spurs, também Liverpool,
Roma e Juventus têm o colombiano apontado na agenda de observações como possível
reforço. Jackson, recorde-se, renovou em
agosto até 2017.

ITÁLIA ROLANDO CONTINUA NA
LISTA DE FAVORITOS DA JUVE

Leonel de Castro / Global Imagen

Allegri, treinador da Juventus, já fez saber
que precisa de um central em janeiro e,
ontem, em Itália, Rolando, que tem contrato
com o FC Porto até ao final da temporada,
continuava a ser apontado como mais forte
candidato à vaga. Rolando quer voltar a Itália,
onde deixou boa imagem, sobretudo no
Inter, mas falta saber se aceitará mudar-se a
seis meses de ser jogador livre.

PROTOCOLO DRAGÕES TESTAM
FORMAÇÃO COM O CELTA DE VIGO

RÚBEN JÁ TRABALHA
Ao contrário dos outros
jogadores do plantel,
Rúben Neves só teve
quatro dias de férias na
quadra natalícia. O
objetivo passa por estar
recuperado em meados de
janeiro
ANTÓNIO M. SOARES
bbb Rúben Neves começou a

trabalhar dois dias mais cedo
que os restantes jogadores do
plantel do FC Porto – só se
apresentam amanhã no Olival, depois das férias natalícias
– para não atrasar a recuperação da lesão no ligamento colateral interno do joelho direito. O objetivo é fazer com que
o médio regresse à competição
em janeiro, conforme, aliás, o
próprio revelara no Facebook,

depois de reavaliado pelo departamento médico do clube,
no dia a seguir ao jogo com o
Shakhtar Donetsk, que abandonou em maca.
Os próximos compromissos
para o campeonato com o Gil
Vicente e o Belenenses ainda
estão fora de hipótese para o
jogador, mas Julen Lopetegui
talvez já possa contar com o
português a seguir, a partir do
encontro da Taça da Liga, com
o União da Madeira. De qualquer forma, Rúben Neves não
se tem poupado a sacrifícios
para curar a lesão o quanto antes. Para ele as miniférias natalícias só começaram na segunda-feira, dois dias depois
dos outros jogadores, que entraram de férias a seguir ao
jogo com o V. Setúbal.

Ainda assim, Rúben teve
tempo para uma escapadela à
Euro Disney com a namorada,
viagem que ambos partilharam nas redes sociais, regressando depois a Portugal para

passar o Natal com a família.
Ontem, Rúben Neves prosseguiu os tratamentos no Olival
e complementou-os com o
plano de trabalho traçado pelo
departamento médico.

Balanço positivo nos profissionais
Rúben Neves é um dos jogadores do plantel que se
enquadram no “jogador-projeto” assumido por Julen
Lopetegui, um daqueles jovens que nem sequer faziam
parte do plantel principal e que tem sido aposta regular
do treinador espanhol. Ora, o balanço de Rúben não
podia ser mais positivo, quando ainda nem a meio da
temporada se chegou. Bastará constatar que já entrou
nos planos de Lopetegui em 15 encontros desde o início
da temporada – em nove deles até foi titular – marcou
um golo ao Marítimo, na estreia na Liga.

Em outubro, Rúben
Neves
recebeu o
Dragão de
Ouro
destinado à
revelação
do ano no
FC Porto,
com quem
prolongou
contrato
até 2017

Fábio Poço / Global Imagens

RECUPERAÇÃO As férias foram mais curtas para o médio, que retomou ontem o treino
específico para não atrasar a recuperação da lesão sofrida com o Shakhtar Donetsk

O jogo natalício entre Celta e FC Porto, em
juvenis, que os galegos venceram por 4-0 foi
apenas o primeiro de um protocolo que os
dois clubes celebraram para que mais jogos, e
em diferentes níveis, sejam efetuados nos
dois lados da fronteira. O facto de Pablo Sainz
Iniesta ter assumido funções no departamento de formação portista contribuiu para
estreitar os laços e firmar o protocolo.

CAF DOIS PORTISTAS CANDIDATOS
A AFRICANO MAIS PROMISSOR
Brahimi e Aboubakar estão entre os três
finalistas que discutem o prémio de jogador
africano mais promissor. O outro é N’Jie,
camaronês do Lyon. O troféu será entregue a 8
de janeiro, em Lagos, na Nigéria, pela Confederação Africana de Futebol, à margem do prémio
maior da cerimónia – o de melhor jogador: Yaya
Touré (Manchester City), Enyeama (Lille) ou
Aubameyang (Dortmund).
PUB

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

FC PORTO

PUB

ENTREVISTA Colombiano confessou numa entrevista que viveu os
melhores momentos no FC Porto e Atlético de Madrid

Falcao e os bons
tempos no Dragão
As conquistas europeias
pelos dois emblemas
fizeram com que El Tigre
isolasse as passagens por
FC Porto e At. Madrid como
as mais marcantes de uma
carreira cujo destino ele
decide pouco...
HUGO SOUSA

Antonio Simões/Global imagens

bbb A revista “Líbero” per-

guntou a Falcao em que clube
tinha sido mais feliz e a resposta do colombiano, atualmente no Manchester United,saiusemhesitações:“Desfrutei de todas as etapas da
minha carreira, independentemente de me ter sentido
realizado ou não, mas os momentos que me trouxeram
maior alegria talvez tenham
sido os das vitórias na Europa,
tanto no FC Porto como no
Atlético de Madrid. Fiquei
muito orgulhoso por tudo o
que conquistei nesses dois
clubes.” El Tigre venceu a Liga
Europa pelos dois clubes, tendo também conquistado a Supertaça Europeia ao serviço
dos colchoneros.
Depois de um ano no Mónaco, projeto milionário que entretanto se esvaziou, Falcao
procura recuperar fôlego no
Manchester United, onde está
por empréstimo, mas a trajetória no clube inglês tem sido
algo irregular. Quase um ano
depois de ter sido operado ao
joelho esquerdo, problema
que o afastou do Mundial do
Brasil, El Tigre ainda não voltou a evidenciar o rendimen-

Falcao lembrou as alegrias que viveu no FC Porto
to que o tornou num dos mais
cobiçados avançados do mundo. E, em jeito de balanço de
carreira, Falcao teve uma resposta curiosa quando confrontado com uma questão
curiosa: um futebolista é dono
do seu destino? “Não, não é.
Às vezes rio-me quando me
perguntam por que é que não
fui para um clube ou para outro, como se um futebolista
pudesse decidir onde vai trabalhar. Eu perguntaria a alguns jornalistas: ‘por que é
que não trabalhas na CNN ou
na ESPN?’. No futebol é igual.
Raramente temos as opções

quequeremos.Passeipormuitas situações na minha carreira em que não pude viver aquilo que queria. Queria ir para
um lugar e tinha de ir para outro”, disse. O falhanço da mudança para o Real Madrid, várias vezes anunciada, poderá
ser uma dessas frustrações. E
percebeu cedo que a ligação ao
Atlético de Madrid seria breve. “Quatro meses depois de
chegar, já sabia que não ia ficar
muito tempo”, contou, lembrando os problemas económicos que ditaram a venda
posterior ao Mónaco, onde ficou apenas uma época.

Em 85 jogos
pelos
dragões,
entre 2009
e 2011,
Falcao
marcou 72
golos. Pelo
Atlético fez
90 jogos e
apontou 70
golos

Brahimi fura clube restrito de médios
Único fora das
quatro maiores ligas
escolhido pelo “Goal.
com” para a lista dos
20 melhores
bbb

Brahimi já leva três prémios individuais no último
mês relativos ao ano de 2014
(melhor africano em Espanha,
melhor africano para a BBC e
melhor jogador argelino), alg u m a s no me a ç õ e s ( d o
“L’Équipe” e do “Guardian”,
por exemplo) e outras distin-

ções que mesmo sem a forma
de prémio têm muito sabor.
Ontem, foi o site “Goal.com”
a levá-lo a votos para se escolher o melhor médio de 2014.
Entre os 20 nomeados, Brahimi é o único que não joga num
dos quatro principais campeonatos da Europa: Espanha, Inglaterra, Alemanha ou Itália.
E por isso a dificuldade para ser
escolhido é ainda maior.
O site está a proceder à eleição do melhor onze do ano de
forma parcial. Para a baliza já
foi escolhido Manuel Neuer.

Na lista de 20 defesas, os quatro mais votados foram Sérgio
Ramos, Godín, Mascherano e
Lahm. Brahimi oscilou nos resultados durante o dia, mas ao
fim do mesmo estava abaixo
da primeira metade. Di María
e Toni Kroos tinham lugar praticamente certo e Modric ocupava o terceiro posto.
Na lista de 50 nomes já sujeitos a votos, não consta o nome
de nenhum jogador que tenha
estado em Portugal. Hoje, são
divulgados os avançados. Cristiano Ronaldo é o favorito.

PRÉMIO

3

Brahimi foi
galardoado
três vezes
este mês. O
prémio da
BBC para
melhor
africano é o
mais
importante

9

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

I LIGA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

BENFICA

10

JONATHAN RODRÍGUEZ
Avançado está de férias,
mas colado ao telefone,
à espera de novidades
para poder viajar
com destino a Lisboa

“ESTOU ANSIOSO PE

Rui Manuel Ferreira / Global Imagens

O uruguaio de 21 anos
aguarda que o Peñarol
anuncie a transferência,
numa altura em que o
clube procura ainda incluir
20 por cento numa futura
venda no acordo final com
o Benfica

BRAGANÇA PIZZI ANGARIA
RECEITA EM JOGO SOLIDÁRIO
Pizzi e Arnaldo Pereira (na foto) juntaram
ontem duas dezenas de amigos, em Bragança,
terra destes jogadores, para um jogo solidário
cuja receita reverteu para a delegação local da
Cruz Vermelha Portuguesa. “Numa altura de
dificuldades como a que vivemos, é importante ajudar”, disse Pizzi. O jogo foi organizado pela escolinha de futsal Arnaldo Pereira
pelo terceiro ano consecutivo. —A.G.R.

JOÃO SANCHES
MARCO GONÇALVES
bbb Jonathan Rodríguez está
de férias, mas desejoso de voltar rapidamente ao trabalho...
em Portugal e de águia ao peito. “Estou à espera que me digam alguma coisa. É natural
que esteja ansioso com esta espera”, confessa a O JOGO,
aguardando que Peñarol e
Benfica oficializem o acordo
de transferência, de modo a

poder viajar para Lisboa e começar a treinar às ordens de
Jorge Jesus.
Depois de falhada a transferência para o Braga no verão, o internacional uruguaio, de 21 anos, está agora a
um pequeno passo de assinar
pelo campeão nacional e assume que a mudança será o
concretizar de uma ambição.
“Jogar na Europa será um sonho, claro, ainda por cima
num clube muito grande
como é o caso do Benfica. É
outro mundo. Se for para ir
agora, tanto melhor. Se não
for... Mas conto que as coisas
corram bem. Há que esperar”, reconhece, assegurando, porém, que a dimensão
das águias e a nova realidade

que o espera na Luz não o intimidam. “Sinto-me preparado, mas há que esperar.
Não posso fazer outra coisa”,
sublinha, num discurso marcado precisamente pela impaciência. “Estou a gozar uns
dias de férias... e estou nesta
ansiedade”, declara.
O nervosismo de Jonathan
deverá ser prolongado por
mais alguns (poucos) dias,
pois segundo revela Juan Pedro Damiani, presidente do
Peñarol, o processo deverá ficar finalizado apenas a partir
da próxima segunda-feira.
“No dia 29, a nova Direção
vai tomar posse e então poderá haver algo concreto sobre o negócio de Jonathan
Rodríguez”, frisa a O JOGO o

líder dos carboneros, que foi
recentemente reeleito no
cargo, esclarecendo um dos
pontos por acertar num acordo que “será fácil de fechar” e
que implica para já o pagamento de cerca de cinco milhões de euros por parte das
águias. “Queremos manter,
claro, uma percentagem do
passe do atleta. O Benfica é
um clube que vende muito
bem e o Jonathan Rodríguez
vai ser um fora de série”, atira, sem confirmar os 20 por
cento que a Imprensa uruguaia refere como objetivo
do clube.
“Já viu o que o Suárez disse
dele [n.d.r. aos 21 anos, não
tinha a qualidade que vê em
Jonathan]? Vai dar muito di-

“Queremos
manter uma
percentagem do
passe. O
Benfica
vende bem
e ele vai ser
um fora de
série. Viu o
que o
Suárez disse
dele?”
Juan Pedro
Damiani
Presidente
do Peñarol

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

BENFICA

5

11

Médio apresenta-se apenas amanhã no plantel do Benfica,
mas é esperado em Espanha no início da semana

O BENFICA VAI
PAGAR CINCO
MILHÕES DE
EUROS PELO
AVANÇADO

Enzo faz escala
para Valência
O clube espanhol pretende
anunciar a contratação do
internacional argentino
nos próximos dias e Nuno
Espírito Santo conta
mesmo utilizá-lo no
importante duelo com o
Real Madrid, a 4 de janeiro
MARCO GONÇALVES

nheiro a ganhar ao Benfica e
não queremos perder essa
possibilidade de fazer um
importante encaixe no futuro com o Rodríguez”, reconhecendo também ele que
vê o avançado ansioso para
tentar ajudar o conjunto por-

tuguês a chegar ao título:
“Está completamente seduzido com a ideia de jogar no
Benfica. É um clube grande e
está muito motivado com
esta oportunidade.”
Por enquanto, Damiani
realça que o jogador “terá de

esperar”, mas acredita num
desfecho positivo a breve
prazo, até porque “o dinheiro
não é o problema”: “O Peñarol e o Benfica são clubes
amigos e tenho excelentes
relações com o presidente
Luís Filipe Vieira.”

apenas amanhã – e não hoje –
no Benfica, mas estará praticamente de passagem: o médio
deverá viajar no início da semana para Valência, de forma
a assinar um contrato de quatro épocas e meia com o clube
che, ou seja, válido até final de
2019. O internacional argentino deixa hoje o seu país, tendo
sido autorizado a apresentarse um dia mais tarde do que os
seus companheiros, que iniciam a preparação para o embate com o Nacional, encontro
referente à Taça da Liga. Porém, Enzo já não contará para
essa competição, pois Benfica
e Valência têm tudo acordado
para a transferência no mercado de janeiro: conforme adiantado por O JOGO, o emblema
agora detido pelo magnata de
Singapura Peter Lim vai pagar
25 milhões de euros, mais cinco por objetivos.
O Valência pretende apresentar o futebolista de 28
anos durante a próxima semana, de forma a que este
possa então integrar o plantel comandado por Nuno Espírito Santo, ao lado dos antigos (ex-) companheiros André Gomes e Rodrigo, e alinhar ainda na importante
partida com o Real Madrid,
para a 17ª jornada da liga espanhola, agendada para 4 de
janeiro. E se o treinador português deseja contar o mais
rapidamente possível com

Tony Dias / Global Imagens

ELO BENFICA”

REUTERS/Martin Cerchiarini

bbb Enzo Pérez apresenta-se

Enzo Pérez fez o último jogo pelo Benfica na Taça
Enzo Pérez, o próprio jogador
já manifestou a sua vontade

“Gostaria de ir para
o Valência. É um
clube muito
importante”
Enzo Pérez
Médio do Benfica

em mudar de camisola: “Claro que gostaria de ir para o Valência, é um clube muito importante da Europa”, admitiu nos últimos dias na Argentina.
Em Espanha, o plantel che
está também pronto para receber o médio, mas ontem o
avançado Paco Alcácer deixou um aviso a Enzo: “É um
bom jogador. Mas todos os
que vierem devem pensar
que devem dar tudo, porque
esta é uma grande equipa e
jogar aqui não é fácil.”
PUB

Os melhores
de 2014

OJOGO

Sabe quem foi o melhor futebolista
a atuar em Portugal no ano civil?
E qual o melhor onze que poderia
ser feito escolhendo jogadores
de todos os plantéis?

Não deixe
que os outros
escolham
por si
WWW.OJOGO.PT
VOTE EM

12

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

BENFICA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

JESUS IGUALA
ERIKSSON
NOS PONTOS

BENFICA 2014/15
ÚLTIMO ONZE
(BENFICA-GIL VICENTE)
20-Júlio César
37-César
14-Maxi
Pereira

33-Jardel
23-Benito

Os 37 pontos colhidos pelo
Benfica em 14 jornadas de
campeonato trazem à
memória a campanha da
temporada 1990/91

7-Samaris
30-Talisca

15-Ola John

10-Gaitán

11-Lima
17-Jonas

MAIS UTILIZADOS DA ÉPOCA

1870’
1816’
1814’
1786’
1650’

Filipe Amorim / Global Imagens

Maxi Pereira
Luisão
Gaitán
Salvio
Jardel
TOP GOLOS

Talisca
Jonas
Salvio
Lima
Gaitán

9
8
8
5
5

OS MAIS PONTUADOS
POR JOGO NA LIGA

Gaitán
Maxi Pereira
Salvio
Lima
Luisão
Enzo Pérez

89
80
80
75
75
68

CARTÕES AMARELOS NA I LIGA

André Almeida
Enzo Pérez
Samaris
Maxi Pereira
Salvio
Talisca

5
5
5
4
3
3

CARTÕES VERMELHOS NA I LIGA

Nada a assinalar
úLTIMOS JOGOS
Dia

Prova

21/12
18/12
14/12
09/12
06/12

I Liga (c)
Gil Vicente
[1-0]
T. Portugal (c) Braga
[1-2]
I Liga (f)
FC Porto
[2-0]
L.Campeões (c) B. Leverkusen [0-0]
I Liga (c)
Belenenses [3-0]

Adversário

PRÓXIMOS JOGOS
28/12 Taça da Liga
04/01 I Liga
11/01 I Liga
14/01 Taça da Liga
18/01 I Liga

Nacional
Penafiel
V. Guimarães
Arouca
Marítimo

EQUIPA TÉCNICA
Treinador Jorge Jesus
Treinador adjunto Raul José
Treinador adjunto Miguel Quaresma
Treinador adjunto Minervino Pietra
Preparador físico Mário Monteiro
Treinador de GR Hugo Oliveira

(c)
(f)
(f)
(c)
(f)

Jorge Jesus serviu-se também da solidez defensiva para guiar o Benfica à liderança da Liga na viragem do ano

Apesar de ter usado seis linhas diferentes no sector recuado, o atual Benfica
apenas é superado pelo de 1996/97 no que respeita a golos encaixados na Liga

MELHOR DEFESA
SÓ HÁ 18 ANOS
Sem sofrer golos há quatro
jornadas consecutivas – e
com visita ao Dragão pelo
meio –, a águia tem
fechado caminhos para a
baliza como há muito não
se via em igual período do
campeonato
FILIPE PEDRAS
bbb A teoria poderia fazer an-

tever outro cenário, até pelas
saídas de Garay e Siqueira, mas
a verdade é que este Benfica,
líder isolado na viragem do
ano, tem não só o melhor registo defensivo do campeonato (a par do FC Porto) como é
preciso recuar 18 anos para encontrar outro com trancas tão
afinadas ao fim de 14 jornadas.
Os sete golos sofridos na atual
campanha são batidos pela
meia dúzia encaixada em
1996/97 pelos então comandados de Paulo Autuori, numa
caminhada que acabaria por
conhecer três treinadores – o
brasileiro foi despedido depois
da 16ª jornada, Mário Wilson
assumiu na 17ª e Manuel José

terminou a campanha.
Apesar de os golos sofridos
não terem ligação exclusiva
com a defesa, o desempenho e
a eficácia da linha mais recuada (guarda-redes incluído) são
sempre relevantes. Neste sentido, o “feito” dos encarnados
no campeonato em curso ganha maior expressão se tivermos em conta que Jorge Jesus
utilizou seis composições diferentes na defesa, recorrendo
a uma dezena de jogadores.
Artur arrancou como titular
na baliza, Júlio César pegou e
caiu novamente antes de se fixar, e os quatro centrais do
plantel já foram lançados em
distintas parcerias. Nas laterais, André Almeida já fez as
vezes de Eliseu (à esquerda),
mas também Benito já teve
oportunidade de atuar.
Sem sofrer qualquer golo nas
últimas quatro jornadas da
Liga – e com passagem pelo
Dragão para medir forças com
o FC Porto –, os guarda-redes
encarnados apenas foram buscar bolas ao fundo das redes

5

ROMBOS

O Benfica sofreu golos em
cinco das 14 jornadas da
Liga, frente a Sporting,
Moreirense, Estoril (2),
Braga (2) e Nacional

nos jogos com Nacional, Braga
(2), Estoril (2), Moreirense e
Sporting, enquanto na referida época de 1996/97 os seis golos foram todos encaixados
em jogos distintos.
No presente registo, nota
para o facto de a esmagadora
maioria dos golos (6) terem
sido sofridos até à oitava jornada, altura em que, na lateral esquerda, Eliseu cedeu o posto
ao mais conservadorAndréAlmeida.

SOFRIDOS À 14ª JORNADA
14
12

11 11
9

7

13

12

16
14 14

12

11 11

10

11 11

8
6

1
1
7
/15 /14 /13 1/12 /1 /10 /09 /08 /0 /06 /05 /04 /03 /02 /0 00 /99 /98 /97
14 2013 2012 201 2010 009 008 007 006 005 004 003 002 001 000 999/ 998 1997 996
0
1
2
1
2
2
2
1
2 2 2 2 2 2 2

bbb Com cinco pontos deixados pelo caminho em 14 jornadas, o Benfica é líder isolado
com 37 no bolso e seis de avanço sobre o FC Porto. Um recorde com Jorge Jesus no comando técnico, mas também com
contornos históricos alargados: é preciso recuar 24 anos,
à época 1990/91, com SvenGoran Eriksson ao leme, para
encontrar semelhante aproveitamento em igual período.
De águia ao peito desde
2009/10, Jesus já tinha levado
a equipa até aos 36 pontos por
duas vezes (2011/12 e 2012/13)
no pedaço de competição em
análise, superando o melhor
(33) dos encarnados com a vitória a valer três pontos – o
modelo arrancou em 1995/96.
Antes disso, e fazendo a conversão para o atual sistema de
pontuação, as 12 vitórias e um
empatede1990/91,comEriksson, permitiriam igualar a
marca agora alcançada pela
equipa de Jesus.

ATAQUE
ABAIXO
DA MÉDIA
bbb Se o comportamento defensivo do atual Benfica é histórico, no ataque deteta-se
uma quebra. Olhando só à era
de Jorge Jesus, os 31 golos faturados por Lima (na foto) e demais colega estão acima dos 27
anotados em igual período das
épocas 2013/14 e 2010/11, mas
ficam aquém dos tiros certeiros de outras três campanhas
sob o comando do técnico: 37
em 2012/13, 34 em 2011/12 e
38 em 2009/10. Recorrendo à
média das cinco épocas anteriores (32,6 golos), o rendimento ofensivo está abaixo do
normal. Ainda assim, na Luz
mora a equipa mais realizadora da Liga (a par do FC Porto).

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

BENFICA

13

Pedro Rocha / Global Imagens

PUB

Rúben Amorim defrontou o Paços de Ferreira na primeira jornada e lesionou-se na seguinte

REINTEGRADO Afastado dos relvados desde agosto devido a lesão
grave no joelho direito, o médio recupera de forma “sensacional”

Rúben Amorim
volta em janeiro
O primeiro mês do ano
servirá para o centrocampista recuperar a condição
física, ele que nas últimas
semanas de dezembro já
era visto no relvado a fazer
treino individualizado
com e sem bola
JOÃO SANCHES
bbb Operado há quatro meses
a uma rotura total do ligamento cruzado do joelho direito,
Rúben Amorim está a ser protagonista de uma recuperação
“sensacional”, garantem a O
JOGO, e, se tudo correr de
acordo com as recentes previsões, será reincorporado nos
trabalhos regulares do plantel
em janeiro. O médio-centro
aproveitará o primeiro mês do
ano para fazer uma espécie de
segunda pré-temporada, com
o objetivo de readquirir condição física para ser reforço efetivo do Benfica no mês de fevereiro, conforme espera o
treinador Jorge Jesus.
O departamento médico dos
encarnadosrecusacorrerqualquer tipo de risco com um atleta que tem enfrentado diversos contratempos devido a lesões nos dois joelhos, mas,
segundo o apurado, regista
“com satisfação” os resultados
do empenho que Rúben Amorim tem evidenciado no cumprimento escrupuloso do pla-

no de reabilitação. O jogador
já faz trabalho de campo individualizado, com e sem bola,
há algumas semanas, estando
iminente a reintegração no
plantel, isto numa fase em
que os encarnados se vão con-

32’
ENTORSE

Segunda jornada do
campeonato: foi na visita ao
Boavista, ainda na primeira
parte, que o médio se
lesionou no joelho direito

formando com a transferência
de Enzo Pérez – é aguardado
no Valência no início da semana (ver página 11).
Rúben Amorim, recorde-se,
foi o primeiro azarado da temporada no Benfica. À segunda
jornada do campeonato,
aquando da deslocação ao reduto do Boavista, o centrocampista teve uma torção violenta no joelho direito ainda
na primeira parte (32’), num
lance junto à linha lateral – ficou com o pé preso no sintético –, e recebeu imediata ordem de substituição. O médio
saiu do terreno de jogo pelo
próprio pé, mas logo se suspeitou que poderia ter sofrido
uma lesão grave, cenário confirmado pelos exames complementares de diagnóstico.

Plantel retoma hoje a preparação
Após cinco dias de pausa para gozo da quadra natalícia, o
plantel do Benfica apresenta-se hoje no Caixa Futebol
Campus, no Seixal, para retomar a preparação, fazendoo à porta fechada. O treino está marcado para as 17h00 e
será dominado por exercícios com especial incidência no
apuro da vertente física. O próximo compromisso dos
encarnados – o último em 2014 – acontecerá no dia 30,
terça-feira, no Estádio da Luz, com o duelo frente ao
Nacional, a contar para a fase de grupos da Taça da Liga,
troféu cuja conquista procuram revalidar.

Departamento
médico do
Benfica
aplaude
recuperação de
Rúben
Amorim,
mas não
quer correr
riscos com
um atleta
com
historial
clínico

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

I LIGA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

JORGE MENDES
VÊ DANILO
NO TOPO

FUTEBOL

14

Empresário português
considera que o jovem
bracarense será o melhor
médio brasileiro, nos
próximos anos

Manuel de Almeida / LUSA

BRAGA Sérgio Conceição
é o segundo treinador da I
Liga com menos jogadores
utilizados. Em comparação
com a época passada,
o contraste é brutal
Com 1346 minutos, Pedro Tiba, aqui a fugir a Sturgeon (Belenenses), é o mais utilizado dos 22 atletas a quem Sérgio Conceição já recorreu

TERCEIRO LUGAR
REFLETE ESTABILIDADE

O clube que mais jogadores utilizou em 2013/14 é,
atualmente, um dos que
menos mexem. A estabilidade é uma marca de
Sérgio Conceição e ajuda a
explicar os bons resultados
desta temporada
BRUNO CABRAL

bbb O facto de a equipa, até

agora, só ter jogado em duas
competições (campeonato e
Taça de Portugal) pode ajudar,
mas, ainda assim, os números
de utilização do plantel de Sérgio Conceição não deixam de
ser uma prova inequívoca da
estabilidade encontrada pelo
Braga nesta época, com reflexos evidentes nos excelentes
resultados que tem vindo a
amealhar.

Fruto das várias alterações
efetuadas no plantel já depois
de a temporada ter começado
e também na reabertura do
mercado, em janeiro, sem esquecer o constante recurso à
equipa B para fazer face aos
impedimentos, o Braga terminou 2013/14 como a equipa da
I Liga que mais jogadores utilizou no campeonato (37) e no
somatório de todas as competições (39). Hoje, surge precisamente no polo oposto. Até
agora, Sérgio Conceição fez
alinhar 22 atletas em jogos oficiais e, na I Liga, só há um treinador que colocou em campo
menos jogadores do que o dos
bracarenses: Pedro Emanuel,
no Arouca (21).
Circunscrevendo a contabilidade ao campeonato, o

Há três
jogadores
do plantel
que ainda
não
jogaram
(Golas, Boly
e Mauro),
enquanto
Pedro Tiba e
Éder
estiveram
em todas as
partidas

Arouca continua a destacarse das restantes equipas (19),
enquanto o Braga surge a seguir, empatado com Moreirense, Nacional, Sporting e
Belenenses, todos com 22 jogadores utilizados.
Desde que encontrou o atual
onze-base, na sexta jornada,
frente ao Rio Ave, num jogo
que o Braga venceu por 3-0,
Sérgio Conceição só tem mexido por necessidade: Djavan
e Tiago Gomes têm repartido
a lateral esquerda; Alan rende
Rúben Micael quando é preciso; e Éder aproveitou a lesão de
Zé Luís para recuperar o lugar.
Custódio, Salvador Agra, Pedro Santos e Sami são os suplentes mais utilizados; Victor Golas, Boly e Mauro ainda
esperam uma oportunidade.

UTILIZAÇÃO EM 2014/15
Arouca
Braga
Penafiel
V. Guimarães
Nacional
Académica
Sporting
FC Porto
Moreirense
Estoril
Gil Vicente
Marítimo
Belenenses
V. Setúbal
P. Ferreira
Rio Ave
Benfica
Boavista

Nº de jogadores

21
22

bbb Parceiro do Braga na
transferência de Danilo para o
clube minhoto, no verão, o
empresário português Jorge
Mendes projeta um futuro de
grande sucesso para o jovem
jogador de 18 anos. “O Danilo
vai ser, provavelmente, o melhor médio brasileiro dos próximos anos”, afirmou o agente, em entrevista ao “Globoesporte”, do Brasil, reforçando
ainda mais a expectativa em
torno de um dos jogadores brasileiros mais promissores da
atualidade, nome indiscutível
nas convocatórias de Alexandre Gallo na preparação dos Jogos Olímpicos de 2016.
O ex-Vasco da Gama assinou
pelo Braga até 2019 e tem uma
cláusula de rescisão de 40 milhões de euros. Conquistou a
titularidade na quinta jornada
da I Liga, ante o Nacional, e
nunca mais a perdeu. O peso
na equipa é tal que o Braga
nem o dispensou para jogar o
Sul-Americano de sub-20.

OPERAÇÃO
UNIÃO JÁ EM
ANDAMENTO
bbb Depois dos dois dias de

23

24

25
27
28
28
29
31

folga concedidos por Sérgio
Conceição, o plantel do Braga
regressou ontem de manhã
aos treinos, começando a preparar o jogo de domingo
(16h00), na Madeira, frente ao
União, a contar para a primeira jornada do Grupo D da Taça
da Liga. Tiago Gomes e Zé Luís
(na foto) continuam a trabalhar de forma condicionada e
são os únicos jogadores que
não poderão viajar para a Madeira, hoje ao início da tarde.
Antes, a equipa irá treinar nos
campos de apoio do Estádio
Municipal de Braga e Sérgio
Conceição vai fazer a antevisão ao jogo com o União.

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

I LIGA

V. GUIMARÃES João Alves, com um passado ligado aos dois clubes, espera “mais um triunfo sobre

o Sporting” mas deixou um alerta sobre os efeitos da cobiça de outros emblemas sobre os jovens

“O mercado pode estar
a mexer com os miúdos”

SAD NÃO
ALIMENTA
POLÉMICA

O silêncio foi a forma
encontrada para deixar o
Sporting sem resposta
quanto ao facto de não ter
pedido bilhetes
bbb SUSANA CARDOSO

A poucos dias da reabertura das transferências,
vários são os vitorianos a
merecerem destaque na
Imprensa e como são
novos nestas andanças não
será fácil distanciarem-se
do que tem vindo a lume
SUSANA CARDOSO

Miguel Pereira / Global Imagens

bbb Os cinco anos passados

em Guimarães criaram uma ligação especial entre JoãoAlves
e o clube daCidade-Berço, continuando “a acompanhar com
toda a atenção o excelente arranque de época” protagonizado pelos minhotos. A “satisfação” é evidente quando o médio fala do emblema que “mais
marcou” a sua carreira e, a poucos dias do novo duelo com o
Sporting, onde também jogou
durante duas temporadas, espera “assistir a mais um triunfo”, tal como sucedeu no primeiro confronto entre ambos,
na nona jornada da I Liga.
Na altura, destacou-se a
goleada, por 3-0, imposta
pela equipa orientada por
Rui Vitória, embora, agora,
“a competição seja outra,
com implicações ao nível do
próprio jogo”. “A Taça da Liga
é uma prova diferente e os
treinadores devem aproveitar para rodar alguns jogadores, apostando nos que têm
sido menos utilizados, o que
poderá retirar um pouco de
emotividade. Mas, claro, que
se trata sempre de um confronto interessante e, se o

15

Tomané é uma das pérolas vitorianas que despertou a cobiça de clubes da Europa
Vitória tiver a mesma atitude
que teve no campeonato,
voltará a ganhar”, assegurou
o jogador, que há dias rescindiu contrato com o Freamunde, devido a salários em atraso, aguardando por um novo
desafio na carreira a partir de
janeiro.
Pela sua experiência, e
olhando para os últimos resultados e exibições dos vitorianos, sem vencer há três
jornadas consecutivas, João

“Se o Vitória de
Guimarães tiver a
mesma atitude do
campeonato,
voltará a ganhar”
João Alves
ex-jogador do V. Guimarães

Alves não esconde que “o
mercado pode estar a mexer
com os miúdos”. “Já tive a
idade deles e sei que, por mais
que a gente não queira, acaba
sempre por ser afetado, de
uma ou outra maneira, por
aquilo que vai sendo noticiado. E, tratando-se de grandes
clubes que os estão a cobiçar é
natural que a parte psicológica não esteja a funcionar a
cem por cento”, sustentou,
fazendo votos para “a força

do coletivo continue a imperar numa equipa que vale
pelo seu todo”.
Mas do lado dos leões as
coisas “também não estão
nada bem”, e a propósito dos
problemas internos do Sporting o médio vê “motivos
para mais preocupação porque há um cenário muito negativo que poderá afetar tudo
e todos”. “O Vitória poderá
aproveitar-se dessa instabilidade”, aconselhou.

Ricardo Valente já treinou
O avançado, exLeixões, teve ontem,
à tarde, o primeiro
contacto com os
novos companheiros
bbb O regresso ao trabalho do

Ricardo Valente (à dir.) treinou ontem no Complexo

plantel do V. Guimarães contou com a presença de Ricardo
Valente, o mais recente reforço, contratado ao Leixões, da
II Liga. O avançado só poderá
ser inscrito na Liga de Clubes
a partir de 1 de janeiro, pelo
que irá assistir na bancada do

Estádio D. Afonso Henriques
à receção ao Sporting, marcada para a próxima segundafeira. A possível estreia com a
camisola dos minhotos só poderá acontecer no dia 4, diante
do Nacional, em jogo da I Liga,
isto se o treinador Rui Vitória
entender que estão reunidas
as condições para a primeira
chamada.
Aos 23 anos, Ricardo Valente, que também poderá
ser utilizado nas alas, foi bem
recebido por todos os responsáveis mas, para já, não foi

autorizado a prestar qualquer declaração pública sobre o passo na carreira.
Com esta primeira aquisição, é óbvio que a SAD presidida por Júlio Mendes está a
precaver-se contra a iminente saída do internacional
sub-21 Tomané para os espanhóis do Levante. Este é o
único ponta de lança disponível, a juntar a Ricardo, proveniente da equipa B, uma
vez que o uruguaio Álvez
continua a recuperar de uma
lesão no joelho direito.

Para evitar polémicas, nenhum dirigente do V. Guimarães se pronunciou sobre a decisão do Sporting em não colocar à venda, em Alvalade,
bilhetes para o jogo da Taça da
Liga. Segundo O JOGO apurou, os responsáveis vitorianos não querem incendiar os
ânimos, até porque os incidentes ocorridos na nona jornada, quando dois sportinguistas foram esfaqueados no
final do jogo por um vimaranense sem ligação a nenhuma
das claques, foi lamentado
por todos, estando, agora, o
processo nas mãos das instâncias judiciais. Aliás, o indivíduo do sexo masculino, que,
na altura, estava na sua residência, localizada nas traseiras do D. Afonso Henriques,
está a aguardar julgamento
em prisão preventiva. Para
esta partida será solicitado o
habitual reforço policial, no
interior e exterior do estádio,
de modo a evitar qualquer forma de retaliação.

GIAN À
EXPERIÊNCIA
NA EQUIPA B
bbb O brasileiro Gian, de 21
anos, vai, a partir de segundafeira, cumprir um período à
experiência na equipa B. O
médio, um dos destaques da
Sanjoanense, no CNS, Série
D, está a ser seguido desde o
início da época mas vai passar
por uma fase de testes para
avaliar a sua adaptação a uma
realidade diferente. No domingo cumpre o último jogo
pela equipa de S. João da Madeira diante do Gafanha e, depois, parte para uma nova
aventura na expectativa de
agradar ao treinador Armando Evangelista.

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

16

I LIGA

MARÍTIMO:
CENTRAL E
MÉDIO NA MIRA

PENAFIEL Rui Quinta conta como o balneário emergiu da goleada (1-6) do Braga para os lugares

Steven Vitória, do Benfica,
é o desejado nos Barreiros,
onde a CAN deixará Leonel
Pontes com apenas duas
opções no eixo da defesa

“ESPÍRITO COLETIVO TORNOU
A EQUIPA MAIS COMPETITIVA”

Estela Silva/LUSA

bbbCom a partida iminente
de Gegé para representar Cabo
Verde na CAN (Taça de África
das Nações), o Marítimo ficará, em janeiro, com apenas
dois centrais, Bauer e Kaj, pois
Igor Rossi está lesionado. Neste contexto, a prioridade na
reabertura do mercado será a
contratação de um defesa central e, tal como acontecera já
no defeso, o nome de Steven
Vitória, do Benfica, está em
cima da mesa, ainda sem acordo para a cedência. Em causa
está o salário do jogador, considerado incomportável para
o orçamento do Marítimo.
Para lá dos esforços para reforçar a defesa com Steven Vitória, a SAD presidida por Carlos
Pereira pretende aproveitar o
mercado de inverno para contratar um médio.
O plantel regressou ontem
aos treinos para preparar o jogo
com o Estoril, da Taça da Liga,
ainda com Rúben Ferreira condicionado. —DAVID SPRANGER

seguros da tabela, com duas vitórias, um empate e uma grande mudança na atitude em campo

VAGNER VOLTA
À BALIZA
DO ESTORIL
bbbVagner

(na foto) deve
voltar a defender a baliza do
Estoril na receção ao Marítimo, na primeira jornada do
grupo B da Taça da Liga. O
guarda-redes brasileiro, 28
anos, que, em novembro, perdeu a titularidade para o polaco Pawel Kieszek, não joga
desde a partida com o Panathinaikos (Grécia), a 11 de dezembro, e pode fazer o décimo jogo
desta temporada, caso o treinador José Couceiro mantenha a rotação habitual na Taça.
A recuperar de uma intervenção cirúrgica, o médio Filipe
Gonçalves é o único indisponível para o encontro de amanhã. —MIGUEL GOUVEIA PEREIRA

Rui Quinta fez do pesadelo da goleada (1-6) do Braga a chave para a recuperação do Penafiel no campeonato
Depois de uma prolongada
agonia no fundo da tabela,
o Penafiel está “mais
próximo” daquilo que o
treinador acredita ser
capaz de fazer. Se continuar assim, tem a permanência ao alcance, acredita
LINO DEVESAS
bbb Dois treinadores e 12 jor-

nadas depois, o Penafiel emergiu da zona de despromoção,
fruto das das vitórias consecutivas comArouca (0-1) e Nacional (2-1) e do empate com Académica (1-1); ao segundo desta
série de jogos a pontuar, Rui
Quinta, que sucedeu a Ricardo
Chéu na quinta ronda da época do regresso do clube ao escalão principal, conseguiu a
proeza de colocar a equipa na
zona tranquila da classificação. O segredo, sustenta o treinador, está nos jogadores, que
tiveram “o mérito de encarar e

interpretar os jogos de forma
coletiva, o que tornou a equipa
mais competitiva e capaz de
conquistas”. A retoma do Penafiel teve início após a goleada caseira do Braga (1-6), uma
grande frustração para Rui
Quinta, mas que não o impediu de manter o norte e encontrar argumentos para motivar
os jogadores: “Fiz-lhes ver que,
na vida, já nos deparámos com
situações negativas inesperadas, mas que nem por isso deixámos de viver e de acreditar
na vida; que o que estava para
trás não podíamos alterar e
que o importante era a forma
como seríamos capazes de reagir a essa adversidade, e eles foram fantásticos!”
Rui Quinta entende que
“este Penafiel está mais próximo daquilo que é capaz de
fazer, é mais competitivo e
demonstra capacidade para
colocar em prática as nossas

ideias” e que o acumular dos
pontos “ajuda a passar a mensagem e permite que os jogadores confiem mais nas suas
capacidades”. Quanto à permanência, acredita que
30/32 pontos serão suficientes e está confiante: “Estou
certo de que vamos sobreviver, só não sei em que altura”.

A reabertura de mercado
está aí e promete reajustes no
Penafiel. “Vivemos a nossa
realidade! Temos tido muitas
contrariedades e tentaremos
encontrar uma ou outra solução para tornar o grupo mais
equilibrado e competitivo a
nível interno e externo”, admitiu, sem comentar nomes.

“Fiz-lhes ver que o
importante era a
forma como
seríamos capazes
de reagir a essa
adversidade [1-6
com o Braga] e eles
foram fantásticos” “Pensamos em nós e não no Benfica”
“Estou certo de
que vamos
sobreviver [na I
Liga], só não sei
em que altura”
Rui Quinta
Treinador do Penafiel

Após vitórias sobre Arouca e Nacional e empate na
Académica, o Penafiel inicia 2015 com o Benfica, em casa.
Será um jogo “complicado, como os outros todos”,
resume Rui Quinta, que acrescenta: “Temos de nos
agarrar ao que somos capazes e podemos fazer no jogo,
procurando dar corpo às nossas ideias, pois se começarmos a olhar para o valor do adversário não entramos em
campo”. O treinador sublinhou ainda que o Penafiel
“tem de manter a sua identidade, ser competitivo e
assumir a sua ambição” para fazer frente ao líder da Liga.

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

I LIGA

MOREIRENSE PATRICK
E HÉLIO PODEM SAIR

Filipe Ferreira será o
próximo jogador do Belenenses a renovar contrato. O
vínculo atual do lateralesquerdo é até 2016 e, ao que
tudo indica, a ligação à SAD
do Restelo terá mais uma
temporada.
Recorde-se que, recentemente, renovaram contrato
o guarda-redes Matt Jones, o
central Gonçalo Brandão, o
médio Rodrigo Dantas e o
extremo Fábio Nunes. —M.G.P.

NACIONAL MACHADO
PROCURA AVANÇADO

Manuel Machado quer
aproveitar o mercado de
janeiro para enriquecer o
ataque do Nacional, a fim de
melhorar a produtividade e
atenuar a dependência de
Marco Matias (na foto): são
dele metade dos 10 golos da
equipa na Liga. De saída
estão os pontas de lança
Lucas João e Suk, desejados
no Petro de Luanda (Angola)
e no Vitória de Setúbal,
respetivamente. —D.S.

V. SETÚBAL LUKAS
AVANÇA PARA TITULAR

O Vitória de Setúbal regressa
ao trabalho esta manhã, para
preparar a receção ao
Moreirense, com uma
alteração na baliza: Lukas
Raeder será o titular, devido
ao castigo de Ricardo Batista,
expulso com o FC Porto. A
ausência poderá, de resto,
prolongar-se. O guarda-redes
tem uma proposta do Bravos
do Maquis (Angola), mas os
sadinos estão renitentes em
deixá-lo sair. —CARLOS LOPES

Luís Pimenta, Samu
e Douglas vão a jogo
Petit vai convocar os
três juniores para a
receção ao Belenenses e testar jogadores menos utilizados
bbb

César Peixoto, 34 anos, foi suspenso por faltar à visita a uma escola

GIL VICENTE O clube alegou justa causa para pôr termo

ao vínculo com o médio. Hassan também está suspenso

César Peixoto
foi despedido
“Ainda não fui notificado”,
declarou o capitão gilista,
confrontado com o
desfecho do processo
disciplinar. Entretanto, a
ausência nos treinos valeu
a suspensão ao médio
egípcio Hossam Hassan
MIGUEL RIBEIRO
bbb O

processo disciplinar
desencadeado pela ausência
injustificada de César Peixoto
a uma visita social à escola da
Devesa culminou com o despedimento do jogador do Gil
Vicente com “justa causa”. “O
procedimento disciplinar terminou e todas as acusações
constantes da nota de culpa
foram dadas como provadas”,
explicou o clube, em comunicado.
Na nota de culpa apresentada ao jogador, constavam”comportamentos suscetíveis de integrar a violação
das normas laborais relativas
aos deveres dos trabalhadores”, e que, segundo o Gil Vicente, não foram devidamente contrariados na defesa apresentada por César Peixoto.
Este, lê-se no documento ontem difundido, não fez comparecer para audição quaisquer testemunhas, como era
“obrigação legal”, e “apesar de
lhe terem sido dadas duas
oportunidades para o efeito”.

Para já, César Peixoto não
reage ao despedimento nem
adianta se irá contestá-lo em
tribunal. “Ainda não fui notificado”, limitou-se a afirmar.

65
JOGOS

Nas quatro épocas em
Barcelos, César Peixoto fez
65 jogos, tendo apontado
quatro golos. Na presente
temporada, o médio jogou
apenas 344 minutos em
meia dúzia de partidas.

A saída de um dos capitães
abre espaço a reforços, designadamente, pela folga orçamental que representa, pois o
médio era um dos jogadores
com vencimento mais elevado no Gil Vicente.
Entretanto, o médio egípcio
Hossam Hassan, que estava já
na lista de dispensas na reabertura do mercado de inverno, faltou às últimas sessões
de trabalho, pelo que o Gil Vicente avançou também para
um processo disciplinar ao jogador, com suspensão de atividade. O clube adianta que
“não tem conhecimento do
paradeiro do jogador, que não
justificou a ausência”. Também neste caso, a saída será a
hipótese mais provável.

José Mota defende o plantel
Numa época marcada pela agonia no fundo da tabela, no
campeonato, a Taça da Liga é uma prova que poderá
permitir ao Gil Vicente jogar sem ansiedade e mostrar
mais da qualidade que José Mota lhe reconhece. “A
equipa é competitiva, bate-se sempre pela vitória e o
nível exibicional agrada-me”, defendeu o treinador. “O
Gil Vicente tem ambições na competição”, declarou, mas
isso não o impedirá de, diante do Covilhã (II Liga), “dar
oportunidade a jogadores menos utilizados”. Quanto a
reforços, Mota dispensa “grandes remodelações”:
“Apenas as que ofereçam mais vivacidade à equipa”.

Petit anunciou, ontem,
que o jogo do Boavista com o
Belenenses, na Taça da Liga,
“irá servir para dar oportunidades a jogadores menos utilizados e a juniores”. Nesse sentido, o treinador confirmou
que o central Luís Pimenta, o
médio-ofensivo Samu e o
avançado DouglasAbner serão
convocados. “Esta é uma boa
oportunidade para alguns
mostrarem se têm qualidade
para continuar no Boavista ou
para agarrarem o lugar na equipa”, adiantou, deixando claro
que a “prioridade é o campeo-

nato”. Seja como for, o técnico
dos axadrezados garantiu que
a “equipa vai dar o melhor para
honrar a camisola do Boavista
e tudo fazer para oferecer a desejada vitória aos adeptos, nesta quadra natalícia”.
A trabalhar com 31 jogadores, Petit revelou que, na próxima semana, vai reunir-se
com a administração para acertar o emagrecimento do “extenso” plantel. “Queremos ter
um grupo mais curto”, afirmou.O treinador vê ainda com
bons olhos a possibilidade de o
Boavista vir a ter uma equipa
B, na próxima época: “Agradame, porque temos muitos jogadores e podemos tirar proveito no futuro. Na transição
para os seniores, os jogadores
perceberiam melhor a filosofia
do Boavista”. —BRUNO CABRAL

Fernando Pereira / Global Imagens

BELENENSES FERREIRA
RENOVA EM BREVE

BOAVISTA

Ricardo Junior / Global Imagens

Patrick e Hélio Cruz, que
estão no Moreirense cedidos
pelo Ribeirão, continuam
com o futuro por definir. Os
atletas são desejados naquela
equipa do Campeonato
Nacional de Seniores, mas há
clubes da II Liga interessados
neles, com o Atlético à
cabeça. Após dois dias de
folga, o plantel regressou aos
treinos para preparar o jogo
de amanhã com o Arouca, da
Taça da Liga. —LINO DEVESAS

17

Duarte Duarte jogou 10 minutos pelo Paços de Ferreira

PAÇOS DE FERREIRA

Médio Duarte Duarte
rescindiu contrato
bbb O médio esquerdo Duarte Duarte, 27 anos, oficializou,
ontem, a desvinculação do Paços de Ferreira. Contratado ao
Benfica B, em 2012/13, despediu-se da Mata Real com apenas 10 minutos de utilização,
na época passada, com o Arouca (0-0). Quando se mudou
para o clube, Duarte Duarte
estava lesionado e o longo processo de recuperação tratou de
afastá-lo da equipa. Depois da
estreia, foi cedido à Oliveirense (II Liga), na segunda volta da
época passada, e no início desta temporada soube que não
teria lugar no plantel, mas,
acabou por ficar, à espera de de-

finição do futuro, que passará
por outro clube e já sem ligação
ao Paços de Ferreira. A rescisão
antecipou em ano e meio o fim
do vínculo de Duarte Duarte
com o emblema da Mata
Real.
O médio já não participou
no primeiro treino do plantel
após a pausa natalícia. Ricardo e Nélson Pedroso, lesionados, foram as únicas baixas.
Sem competição neste fim de
semana, uma vez que foi eliminada da Taça da Liga pelo
União da Madeira, a equipa
de Paulo Fonseca visita, esta
manhã (10h30), o Feirense,
para um jogo-treino. —A.C.

18

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

I LIGA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

i ligA

NASCIMENTO
INTOCÁVEL NA
ACADÉMICA

RESULTADOS 1 4ª JORNADA

bbbNos 14 jogos da Académi-

CLASSIFICAÇÃO

ca na I Liga, em 2014/15, Paulo
Sérgio foi mexendo no onze,
mas, há um jogador que desde
a primeira jornada é intocável
para o treinador: Ricardo Nascimento. O central, que assinou por dois anos, depois de
ter ajudado o Moreirense a subir ao escalão principal, é o
único do plantel que foi titular
em todos os jogos do campeonato, estatuto que partilhou
com Obiora até à última jornada: com o Penafiel (1-1), o nigeriano ficou no banco. Ricardo
Nascimento, que além de central também pode ser lateral
esquerdo, só não é totalista
porque foi substituído nos
derradeiros minutos com o
Arouca, devido a alguns problemas físicos.
Entretanto, numa iniciativa solidária, a claque Mancha
Negra, ofereceu, ontem, uma
refeição quente a mais de
meia centena de sem-abrigo
de Coimbra. —RICARDO SOUSA

RIO AVE:
MARTINS QUER
MAIS ADEPTOS
bbb Pedro Martins (na foto),

treinador do Rio Ave, admitiu,
em entrevista ao site oficial da
UEFA, que ficou desapontado
com os adeptos do Rio Ave, na
recente e inédita campanha na
Liga Europa. “Sinceramente,
após a qualificação para a fase
de grupos, esperava que a massa associativa e as pessoas de
Vila do Conde se envolvessem
mais com o clube.Tal não aconteceu, o que foi pena”, declarou o treinador, para quem o
“fator experiência” pesou no
final desta aventura na fase de
grupos. Mesmo assim, está satisfeito com a “época muito
positiva”: “Continuamos em
várias frentes”.—A.V.G.

Leonel de Castro / Global Imagens

Central é o mais regular da
Briosa, o único em quem o
treinador Paulo Sérgio
confiou em todos os jogos
do campeonato

FC Porto-V. Setúbal
Estoril-V. Guimarães
Académica-Penafiel
Arouca-Marítimo
Moreirense-Boavista
Benfica-Gil Vicente
Nacional-Sporting
Braga-P. Ferreira
Rio Ave-Belenenses

Pintassilgo, à esquerda na foto, vai regressar a um estádio onde viveu momentos marcantes

AROUCA Médio reencontra o Moreirense, onde passou seis anos.

Será um jogo especial para o melhor marcador de Pedro Emanuel

PINTASSILGO NÃO
VAI FESTEJAR GOLO
O camisola 10 do Arouca
tem grandes recordações
do adversário de amanhã,
na Taça da Liga. Em
Moreira de Cónegos,
festejou duas subidas e,
numa emergência, até
chegou a ocupar a baliza
ANDRÉ BASTOS

bbb O jogo de amanhã, que coloca frente a frente o Arouca e
o Moreirense, a contar para a
fase de grupos da Taça da Liga,
já mexe com Pintassilgo, médio de 29 anos, que no regresso
a Moreira deCónegos já prometeu não festejar caso marque à
antiga equipa. A localidade minhota diz-lhe muito, pois jogou no Moreirense, por empréstimo do V. Guimarães em
2005/06 e depois durante mais
cinco temporadas, desde
2008/09, até se transferir para
o Arouca. As recordações são
muitas. “Os maiores feitos foram as subidas da II B para a II
Liga, em 2009/10 e depois nova
subida, em 2011/12, desta vez
para a I Liga”, aponta, sem puxar muita pela memória, por
que não lhe é difícil apontar
momentos marcantes com a
camisoladoMoreirense.“Lem-

bro-me de ter ido uma vez para
a baliza contra o Ribeirão [derrota por 3-1] porque o nosso
guarda-redes foi expulso. Fui
para defender um penálti, infelizmente não consegui, mas
tentei”, brinca, antes de lembrar que, além de guarda-redes,
chegou a ser lateral-direito e esquerdo, central e ponta de lança de recurso.
De volta ao presente, Pintassilgo está à espera de um
jogo complicado, pois a equipa de Miguel Leal está “tranquila”, lembra. “É uma equipa
bem organizada, com jogadores de qualidade e que vale

pelo seu todo. Além disso, é
um clube estável, com todas
as condições para os jogadores
estarem focados no que têm
de fazer e com um treinador
que fez um bom trabalho no
Penafiel e agora está a dar seguimento no Moreirense”,
elogiou.
Contudo, o pensamento
do melhor marcador do Arouca, com três golos na segunda
época no clube, está, naturalmente, “em conquistar pontos” e reforçar ainda mais a
confiança que resultou da recente vitória com o Marítimo
(1-0), no campeonato.

Rui Sacramento vai para a baliza
Só amanhã, dia do jogo com o Moreirense, para a Taça da
Liga, é esperado em Arouca o guarda-redes Mauro
Goicoechea. A ausência do uruguaio, habitual titular de
Pedro Emanuel, garante a presença no onze a Rui
Sacramento, que já defendera nesta prova, nos encontros com o Tondela. Devidamente autorizados pelo
clube, os defesas espanhóis Ustaritz e Iván Balliu
falharam, ontem, o regresso aos trabalhos do Arouca,
num treino focado no aspeto físico, depois de quatro
dias de miniférias de Natal.

1º Benfica
2º FC Porto
3º Braga
4º V. Guimarães
5º Sporting
6º P. Ferreira
7º Belenenses
8º Rio Ave
9º Moreirense
10ºEstoril
11º Marítimo
12º Boavista
13º Nacional
14º Arouca
15º Penafiel
16ºV. Setúbal
17º Académica
18ºGil Vicente

J
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14
14

V
12
9
8
8
7
6
6
5
5
4
5
4
3
3
3
3
1
0

4-0
1-0
1-1
1-0
1-0
1-0
0-1
3-0
0-0
E
1
4
4
4
6
4
4
5
5
6
1
1
3
3
2
2
7
6

D
1
1
2
2
1
4
4
4
4
4
8
9
8
8
9
9
6
8

M
31
31
25
22
26
18
15
19
12
18
19
9
11
8
11
8
9
8

S
7
7
8
10
12
17
15
15
12
21
19
26
16
21
27
25
19
23

P
37
31
28
28
27
22
22
20
20
18
16
13
12
12
11
11
10
6

PRÓXIMA JORNADA 15ª
Sexta feira 02/01/2015

20h30 Belenenses-Académica (SportTV)
Sábado 03/01/2015

16h00
16h00
18h00
20h15

Paços de Ferreira-Rio Ave
Marítimo-Braga(SportTV)
Sporting-Estoril (SportTV)
Gil Vicente-FC Porto(SportTV)

Domingo, 04/01/2015

16h00
16h00
17h00
19h15

Boavista-Arouca
V. Setúbal-Moreirense
V. Guimarães-Nacional (SportTV)
Penafiel-Benfica (SportTV)

Nota: datas e horas sujeitas a alterações

GOLEADORES

Nas seis
temporadas
que passou
no Moreirense,
Pintassilgo
conheceu
quase todas
as posições
no terreno.
Em caso de
emergência, o médio
era solução,
de uma
ponta à
outra do
relvado







Clube
Jackson
FC Porto
Maazou
Marítimo
Talisca
Benfica
Deyverson
Belenenses
Hassan
Rio Ave
Bruno Moreira P. Ferreira
Slimani
Sporting

T
11
8
8
7
6
6
6

C
5
3
2
4
3
4
2

F
6
5
6
3
3
2
4

GP
(1)
(1)
(0)
(0)
(0)
(0)
(0)

Legenda: T, Total; C ,Casa; F, Fora; GP, Penálti. Critérios de
desempate favoráveis: a) menos minutos de jogo; b) mais
golos marcados fora; C) menos golos de penálti

EXCLUÍDOS
TAÇA DA LIGA
FASE 3, 1ª JORNADA
„ „ Duplo-amarelo: Diogo Viana (Gil Vicente), André Vilas
Boas (Rio Ave) e Adrien Silva (Sporting)
I LIGA
15ª JORNADA
„ Vermelho: Ricardo Baptista (V. Setúbal)

EM PERIGO DE EXCLUSÃO
Com quatro amarelos: Fernando Alexandre e Rui Pedro
(Académica), Ivan Balliu (Arouca), Bruno China e Fredy
(Belenenses), Maxi Pereira (Benfica), João Dias, Julian e Zé
Manuel (Boavista), Aderlan Santos, Baiano e Custódio
(Braga), Diogo Amado, Emídio Rafael, Filipe Gonçalves e
Tozé (Estoril), Alex Sandro e Indi (FC Porto), Adriano Fachini
e Yamissi (Gil Vicente), Danilo Pereira (Marítimo), André
Simões e Danielson (Moreirense), Marçal e Boubacar
(Nacional), Bruno Moreira, Seri, Ricardo Ferreira e Urreta (P.
Ferreira), Jefferson e Nani (Sporting), Traoré (V. Guimarães)
e Dani e Miguel Lourenço (V. Setúbal)

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

PUBLICIDADE

19

20

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

OPINIÃO

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

Planeta do Futebol
Luís
Freitas
Lobo

luisflobo@planetadofutebol.com
f facebook.com/luisfreitaslobo

Rafique e as velhas estrelas na Índia OBSERVANDO
das “Mil e Uma Noites do Futebol” AS ESTRELAS
JEJE
[CHENNAIYIN FC]

Dibyangshu Sarkar/AFP

Vendo alguns jogos da Super-Liga da Índia
fica, tirado das profundezas do futebol
indiano, um nome para apontar: Jeje
Lalpekhlua, um avançado interessante, nas
movimentações, desmarcações e remate.
Tem 23 anos (1,76 m) jogou pelo Chennaiyin
FC, mas o seu clube durante a época regular é
o Mohun Bagan. Internacional pela Índia
(fez oito golos em 22 jogos pela seleção), Jeje
dificilmente aguentaria o impacto com o
futebol europeu, mas a sua qualidade de jogo
foi o melhor que a Índia deixou desta
faraónica liga que organizou. A seguir. Se
puderem, claro.

Neste Natal, por cada dez
playstations, o Pai Natal
terá oferecido uma bola
verdadeira de futebol.
Neste cenário, será
possível um país com 1200
milhões de pessoas
inventar um novo futebol?

A

Índia tem uma população que já passa os 1200
milhões de pessoas.
Nunca, porém, o futebol ousou concorrer com o críquete,
desporto que leva à loucura
todo o país, mas quando três
das maiores empresas do país
se uniram para criar uma nova
Super-Liga de futebol, de repente tudo mudou.
A fórmula da competição,
sem subidas nem descidas: oito
equipas, cada qual representando uma região do país. At.
Kolkata, Chennaiyin, Delhi
Dynamos,GoaFC,KeralaBlasters, Mumbay City, NorthEast
Utd e Pune City. Criados em
sistema de franchising, cada
clube devia inscrever sete estrangeiros. Surgiram várias velhas estrelas atraídas por este
novo El-Dorado, mas nenhuma (como Del Piero, Pires,

Anelka, Ljungberg, Luís Garcia, Trezeguet, até Capdevila)
fizeram grandes jogos (algumas pouco jogaram mesmo) e
quem brilhou mais foram jogadores vindos de divisões secundárias britânicas ou espanholas (para além, também,
claro, de portugueses já quase
esquecidos como Edgar Marcelino e Bruno Ribeiro).
No banco, como treinadoresjogadores surgiram Materazzi
(Chennaiyin) e David James
(Kerala). Defrontaram-se na
meia-final (a duas mãos) e no
fim passou o onze de James
contra a equipa onde brilhou o
brasileiro Elano (fez oito golos). Do outro lado, porém, impôs-se um avançado canadiano, Iain Hume, 31 anos, há várias épocas na II Divisão
inglesa, no Preston.
O outro finalista foi o At.
Kolkata, patrocinado pelo At.
Madrid, com Luís Garcia como
principal figura, treinado pelo
astuto espanhol António Habas que antes andara pela África do Sul e Tailândia.
O jogo foi essencialmente
em contenção e contra-ataque.
Brilhou o guarda-redes cama-

ronês do Kolkata, Edell (vindo
do Hapoel israelita), atrás de
uma defesa chefiada pelo espanhol Josemi. Fez uma defesa
milagrosa frente ao avançado
inglês Chopra, 31 anos, vindo
do Blackpool com uma pomposa barriguita. No Kolkata, jogava Rafi solto na frente (Luís
Garcia, lesionado, não alinhou) e Borja mandava no
meio-campo. Tudo jogadores
saídos do fundo do baú dos seus
países que ultrapassaram as velhas estrelas.
Disputada após a regular liga
indiana (a I-League) esta Super-Liga atraiu, na primeira semana da competição, uma audiência de 170 milhões de pessoas! Face a isto, pode-se logo
pensar que a Índia é um gigante adormecido, mas o futebol
de um país não se constrói assim, só com a força do dinheiro, por mais que ele seja. Toda
esta encenação quase saída
dum conto das Mil e Uma Noites assusta-me mais do que me
deslumbra.
Assim, o mais positivo foi a
obrigatoriedade de os clubes
alinharem com pelo menos
cinco jogadores nacionais no

Vendo a
Final da
incrível
Super-Liga
da Índia,
jogada
durante
quatro
meses por
oito clubes
franchisados e que
acabou com
a vitória do
At.Kolkata,
extensão do
At. Madrid,
nas cores e
nas velhas
estrelas

onze inicial. O futebol indiano
encontrava aqui uma forma de
promover a sua formação. Por
isso, a suprema ironia surgiu
no minuto 93 do jogo da final,
quando o golo da vitória foi
marcado por um herói improvável, o Rafique, anónimo médio indiano que joga no East
Bengal, e saíra do banco do
Kolkata a 15 minutos do fim.
Antes, fora da final, ficara o
FC Goa, treinado pelo homem
que todos querem ver à frente
da seleção da Índia para revolucionar o seu futebol, como fez
no Japão nos anos 90. É Zico. O
cenário é, porém, diferente. A
globalização do futebol indiano necessita enquadrar os seus
jogadores com outros europeus ou sul-americanos, mas
de idades mais jovens que lhes
sirvam de catalisador técnico e
tático do seu futebol.
A possível aventura de Zico
terá de encontrar um cruzamento entre a realidade da liga
indiana e as ilusões desta megalómana Super-Liga. O desafio é, porém, fantástico: Zico,
Rafique e a construção do “admirável novo mundo” do futebol na Índia!

ROMEO FERNANDES
[FC GOA]

Outro jogador indiano que se destacou na
Super-Liga da Índia, foi o ala-extremo Romeo
Fernandes, muito rápido e esquivo (1,68 m) a
fugir aos defesas, sobre o lado direito do
ataque, podendo também jogar um pouco
desde posições mais recuadas, como médioala. Com 22 anos, tem jogado na seleção sub23 indiana. Foi uma aposta de Zico no FC Goa
devido à lesão da estrela francesa Robert Pires
e deu nas vistas, mas o seu clube durante a
época regular, na I-League, é o Dempo, no
qual também se destaca.

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

INTERNACIONAL

21

“Boxing Day”, Inglaterra, o futebol de Natal, duas jornadas em três dias! Uma tradição histórica e religiosa
ou, como diz Lineker, “oportunidade para sair de casa, farto de aguentar sogras e conversas sem interesse,
tomar umas cervejas com os amigos e ver futebol. O paraíso deve ser uma coisa assim!”. Também acho.

MUNDIAL DE CLUBES

TORRES ESPAÇO,
TÉCNICA OU MENTE?

TAYFUN AS EMOÇÕES PODEM
GANHAR JOGOS?

U

É

m jogador nunca perde a sua essência
ao longo da carreira, mas os locais por
onde passa podem mudar-lhe a forma
de ser. Dentro do campo, no jogo, isso pode
levar a concluir que ele se transformou
mesmo. Fernando Torres é um desses casos.
Na altura em que, aos 30 anos, vai regressar
ao seu At. Madrid, olhamos o seu trajeto por
Liverpool, Chelsea e Milan, e fica no ar a
pergunta: por que não teve a sua qualidade
reconhecida mais continuidade? Quem
pergunta é, sobretudo, quem não suporta os
seus defeitos. Penso que a resposta é um
pouco simples. Porque não se pode ser
protagonista e ajudante (guerreiro e poeta)
ao mesmo tempo.
O seu futebol (avançado-centro de vocação)
foi encolhendo sempre que se encurtavam os
espaços de terreno para se mover (e correr
atrás da bola). Nunca foi um nº 9 muito forte
na receção. Foi sempre mais de passada larga e
bola metida na sua frente. Por isso, jogou bem
no At. Madrid com espaços e pode renascer
agora com o sistema-Simeone (no mesmo
estilo em que jogava Diego Costa, pedindolhe coisas semelhantes).
O outro lado é mental e passa por quem o
treina (bem como adeptos e analistas que o
seguem todas as semanas) saber aceitar a
natureza do jogador e perceber que no
futebol o segredo do sucesso é conseguir
meter essa qualidade no que é distinto de
clube para clube. Muitos jogadores não o
sabem fazer sozinhos. Como Torres. “Entristecia depressa”, diziam os que se incomodam
com a cara que tantas vezes punha nos jogos.
Este tipo de jogadores precisa de quem os leve
nessa “descoberta guiada”.
Conclusão: o jogador pode ser grande, mas o
futebol como jogo é maior.

GOLOS

20

Número de
golos feitos
por Torres
no Chelsea
em três
épocas e
meia (em
110 jogos na
Premier
League). No
Liverpool,
fizera 65 em
102

o segundo técnico turco da história a
treinar uma equipa na Alemanha (o
outro foi Ozcan Arkoc, nos anos 70/80).
A forma atraente de jogar do seu Hannover
96, despertara, porém, a atenção sobre o que
escondem os pensamentos futebolísticos de
Tayfun Korkut, que antes passara pelas
camadas jovens de Estugarda e Hoffenheim
(para além de adjunto da seleção turca).
Como jogador, Tayfun foi um médio
“trabalhador” da seleção da Turquia. Quando,
porém, a Real Sociedad o convidou, em 2007,
para treinar os seus sub-19, percebeu-se logo
que existiam mais coisas na sua forma de
pensar o jogo. Recentemente, ouvindo-o
numa entrevista, foi fácil descobrir um
homem que sente o futebol com o chamado
primado da humanização da tática. Ou seja,
para ele “as emoções também podem ganhar
jogos”. A equipa como um estado de ânimo,
um fator que faz muito (para o bem e para o
mal) da personalidade futebolística turca.
Depois de uma época difícil, mudou muito a
equipa, era improvável que as novas peças
encaixassem tão depressa. A chave esteve em
perceber bem as características dos jogadores.
Nos últimos jogos, a equipa caiu um pouco na
tabela (está em oitavo) mas os princípios de
jogo continuam presentes, com Joselu como
nº 9 de um 4x2x3x1 que mete Stindl solto nas
costas, a entrar desde trás, e Kiyote a furar
desde a esquerda (enquanto, na direita,
formando o duo japonês do onze, se destacam as subidas do lateral Sakai).
Veremos como será a segunda volta da
Bundesliga mas, projetando o futuro, Tayfun
Korkut, é hoje, com 40 anos, dos treinadores
do cenário europeu que merece ser seguido
com maior atenção.

Khaled Elfiqi/EPA

Ronny Hartmann/AFP

Stefano Rellandini/Reuters

Como a Europa
se distanciou
da América do Sul

O
O Mundial
de Clubes
acentua
cada vez
mais a
diferença
financeira
entre os
clubes da
Europa e
América do
Sul.
Enquanto o
Real
comprou, o
San Lorenzo
vendeu os
seus
melhores
jogadores

Real Madrid venceu o
Mundial de Clubes,
mas ninguém, no fim
do jogo ou em seu redor, ficou
muito eufórico com isso.
Desde que a FIFA decidiu
acabar com a Taça Intercontinental a jogo único (no
Japão), este Mundialito
reúne equipas de todas as
confederações. Para elas, da
CONCACAF, África e
Oceânia, é mágico, mas para
os europeus retirou entusiasmo ao confronto direto com
os rivais sul-americanos. Ele
acaba por acontecer, mas já
noutra atmosfera e, sobretudo, marcada pelos atuais
ditames do futebol em que,
cada vez mais, fica notório,
mais do que questões
desportivas, a diferença de
poder entre Europa e
América do Sul.
Este Real Madrid-San
Lorenzo foi, nesse sentido,
penoso de assistir para quem
tem na memória aqueles
duelos titânicos intercontinentais de outrora. Hoje, o
poder financeiro europeu
esmagou o confronto,
sobretudo quando jogado
tanto tempo depois das finais
da Champions e da Libertadores. Desde essa data, o San

Lorenzo para além de perder
os seus defesas-centrais,
vendeu a dupla atacante:
Correa, para o At. Madrid
(emprestado ao Rayo
Vallecano) e Piatti (ao
Montreal do Canadá, que
disputa a Liga dos EUA). O
Real Madrid para juntar ao seu
onze, ainda adquiriu Kroos e
James. O jogo tornou-se,
assim, numa mera “formalidade”. Foi sempre o que o Real
quis, mesmo quando o San
Lorenzo, no fim, cresceu um
pouco.
De Lisboa a Marraquexe, fica,
porém, um nome: Sergio
Ramos. Numa equipa que
brilha pelos avançados, foram
dois cabeceamentos seus,
bem no alto (mais épico o de
Lisboa, claro) que abriram o
caminho aos títulos. Junto
com Pepe, ele forma um dupla
de raça. Ramos mais no corte,
Pepe mais no posicionamento
e sobretudo na velocidade de
reação para ir buscar bolas nas
costas o que permite a defesa/
equipa jogar 40 metros subida
no terreno.
Eles foram as figuras duma
final que mostrou como as
duas faces do futebol (EuropaAmérica do Sul) estão, na
elite, cada vez mais afastadas.

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

ENTREVISTA

22

NORTON
DE MATOS
4 “A minha saída fere a
Norton de Matos esteve
à frente do Chaves em 29
jogos oficiais, tendo
somando apenas quatro
derrotas: três para a II
Liga e uma para a Taça de
Portugal, em Vila do
Conde frente ao Rio Ave

33

O treinador deixa os
flavienses no quarto
lugar da II Liga, com 33
pontos, a três dos líderes
Freamunde e
Oliveirense. O clube
pediu 40 pontos no final
da primeira volta, mas
como faltam três jogos...

bbb

Textos IRENEU RIBEIRO

Luís Norton de Matos não
aguentou a pressão da família
Carvalho, que despediu o décimo treinador em apenas três
anos. Desta vez, a seguir a um
empate e com o Chaves a apenas três pontos da liderança,
algoincompreensívelaosolhos
do treinador, que, através de O
JOGO, falou pela primeira vez
à Comunicação Social.
Que balanço faz dos seis
meses em Trás-os-Montes?
—A experiência foi superpositiva e não posso dissociar a
parte social da parte desportiva. Fui para Trás-os-Montes
pela primeira vez, onde fui recebido de uma forma extraordinária. Tive um enriquecimento cultural e social assina-

láveis. Desportivamente
também foi ótimo, porque o
Chaves alcançou o melhor arranque de sempre: em 29 jogos o clube perdeu apenas quatro. E, pela primeira vez, o clubequalificou-separaasegunda
fase da Taça da Liga e foi eliminado nos oitavos de final na
Taça de Portugal, na casa do
Rio Ave. E estamos no quarto
lugar a apenas três pontos da
liderança. Abro aqui um parêntesis para lembrar que, na
época passada e por esta altura, o Penafiel tinha menos um
ponto e estava a sete do primeiro, e subiu de divisão. Portanto, acho que não podia exigir melhor. Perdemos pontos
em casa, sim, mas as nossas
exibições foram reconhecidas
pelo público, que é exigente.

Senti esse reconhecimento,
por isso o meu balanço é extremamente positivo.
Mas saiu depois de um
empate. Estranho, não?
—No último jogo, contra o
Freamunde, fizemos a melhor
primeira parte da época, marcámos um golo, dominámos

“Foi uma reação a
quente, que não é
carecida de
qualquer tipo de
lógica”
Norton de Matos
Ex-treinador do Chaves

completamente o jogo, mas ficou um penálti por marcar que
nos daria, eventualmente, o
2-0. Continuámos bem na segunda parte mas, e já perto do
final, o Freamunde empatou
devido a um erro nosso. Assim, em vez de um ficámos a
três pontos da frente. E esse
golo fortuito resultou numa
reunião de pronto para despedir o treinador. E isso faz-me
grande confusão, porque foi
uma reação a quente, que não
é carecida de qualquer tipo de
lógica. Até porque o Chaves
vai mesmo subir de divisão.
Sentiu que a sua saída já
estava a ser cozinhada?
—Senti, sim, mas não esperava sair quando estivesse a apenas três pontos do primeiro lugar. Nada me move contra o

Carlos – se não fosse ele seria
outro treinador qualquer –,
mas a verdade é que ele tinha
estado presente na bancada
nos últimos oito ou nove jogos
da equipa. E desde que saiu do
Tondela, era um nome que se
ouvia falar. Pelo menos vai
para este projeto conhecendo
bem a equipa. Agora, obviamente que queriam um pretexto e esse foi o empate, pois
não poderia ser boa a carreira
da equipa. Não acredito que
Carlos Pinto, ou outro treinador qualquer, consiga fazer um
campeonato imaculado em
casa. Sinto que houve uma
pressa em resolver-se um problema e quando leio um comunicado a dizer que não havia
condições para a minha continuidade, isso só pode ferir a in-

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

“Sempre disse que
o objetivo é subir”

Pedro Rocha / Global Imagens

Os flavienses podiam estar na frente,
não fossem algumas
arbitragens “manchadas por um erro”
bbb Norton de Matos estava
desolado por ter deixado “bife
do lombo depois de meses a
desossar a carne”. Ou seja, o
plantel agora está no ponto.
O investidor é o foco de
instabilidade no Chaves?
—Perdemos oito pontos em
casa, mas tivemos sempre o
público connosco. Podíamos
estar em primeiro lugar com
quatro pontos à maior; eu também queria isso. Tivemos uma
série de jogos com boas arbitragens, mas manchadas por
apenas um erro, que foi decisivo no desfecho. Mas o facto
de o clube ter tido dez treinadores nos últimos três anos
explica a inexistência de uma
lógica de continuidade de trabalho.
A subida de divisão é o
objetivo de um clube com
dinheiro. Concorda?
—Sempre disse que o objetivo é o de subir de divisão. Há
bastantes equipas que querem subir, mas estão encapotadas, para ver no que dá. E não
posso escamotear o facto de o
Chaves ter uma arma muito
forte, que é a financeira.

Volta a sair de um projeto a
meio. Sente-se frustrado?
—A minha mágoa, tristeza e
frustração é a de não me terem
deixado continuar a trabalhar,
agora que os processos estão
solidificados. E toda a gente
sabe que a II Liga tem altos e
baixos. Volto a falar do Penafiel, que na época passada subiu com 19 empates e com menos vitórias que a equipa do
Chaves, que não subiu. Portanto, o importante é a regularidade. Não assinei contrato
para ser campeão na primeira
volta, mas tinha objetivos traçados. E passavam por atingir

“Dez treinadores
em três anos
revela falta de
lógica na
continuidade”
Norton de Matos
Ex-treinador do Chaves

cerca de 40 pontos em cada
volta, algo perfeitamente tangível. Sinto um misto de desilusão e frustração, porque tenho feito equipas novas para
depois não lhes dar continuidade. E o Chaves vai subir.

23

“O meu
balanço no
Chaves é
extremamente
positivo”

“A verdade
é que ele
[Carlos
Pinto] tinha
estado
presente na
bancada
nos últimos
oito ou nove
jogos da
equipa”

“Obviamente que
queriam um
pretexto e
esse foi o
empate
[com o
Freamunde], pois
não poderia
ser a boa
carreira da
equipa”
Norton
de Matos
Ex-treinador
do Chaves

inteligência”
teligência de qualquer um.
Mas chegou a perceber por
que razão saiu?
—Boa questão. Sinceramente
não sei. Face a tudo isto, ao
nosso trajeto e às nossas ambições, e de perspetiva futura e
do desenvolvimento da equipa, toda a gente vê que a equipa está em crescendo, que vai
subir de divisão no final da
época. Não encontro qualquer
explicação, e repito: acho que
fere a intelectualidade de
qualquer pessoa, que tenha
um bocado de inteligência.
Fere porque não existe uma
lógica.
Quem está de fora pode
não perceber. E quem está
por dentro?
—Também não! Até tenho
uma relação fantástica, de res-

peito e admiração, com o presidente da SAD, com quem comecei a trabalhar. Mas quem
acaba por ter o poder todo é o
pai, o que decide tudo. Portanto, é difícil lidar com esta hierarquia. Pensei que a mudança
no comando de decisão de pai
para filho me daria maior liberdade, maior espaço para
trabalhar. No início, tive, sim,
mas esse espaço foi-se fechando até ser assumido por aquela pessoa que tem sido o mentor e timoneiro deste projeto.
Pensei que os dez treinadores
anteriores servissem de
exemplo para não se voltar a
cometer os mesmos erros.
O que lhe disseram?
—Oficialmente, queriam que
tivesse feito melhor. Ora bem,
mas melhor já nós tínhamos

feito, portanto, é um
pouco contraditório.
Melhor é pôr, garantidamente, o Chaves na
I Liga. E se não subir?
Até porque tem o melhor plantel, as melhores soluções,
equilíbrio e estabilidade financeira. Se
não houver interferências, não só dos dirigentes mas também
de pessoas de fora, o
Chaves vai subir de divisão. Se isso não acontecer, a minha frustração será ainda maior
porque está ali muito do
meu trabalho, saber e experiência. E aí estaremos perante uma decisão precipitada e
irresponsável.

“O sonho da família está
a tornar-se obsessivo”
O treinador nega interferências, mas reconhece
que o investidor, de tanto
querer a equipa na I Liga,
“comportava-se como um
adepto e não com a frieza
que caracteriza o chefe de
uma empresa”
bbb

No início, a relação do
treinador com o presidente da
SAD, Francisco Carvalho, filho do investidor, sempre foi
“e será excelente.”
Sabia que o Chaves era
gerido de forma familiar,
certo?
—Sim, sabia. É uma família
que tem um sonho, mas que
se tornou um bocado obsessivo em relação à sua concretização, e por essa razão o clube
necessita de uma maior estabilidade. O Chaves assenta
num pai que tem dois filhos na
estrutura. O presidente do
clube é Bruno Carvalho, mas
o presidente da SAD é Francisco Carvalho, o filho do investidor com o mesmo nome. Inicialmente, e foi isso que me levou a aceitar um desafio,
porque eu também tinha o sonho de ficar ligado à história
do clube, tratava dos assuntos
do futebol com o filho. E, à exceção de um jogador, tive liberdade na escolha do plantel.
E o recrutamento é, para mim,

o ponto-chave de uma época,
mesmo que não a termine.
Quando estive no V. Setúbal,
o recrutamento traduziu-se
em 13 jogos e 29 pontos; no V.
Guimarães o recrutamento
resultou numa subida de divisão, já não concretizada por
mim. Mas levou a que os jogadores a custo zero, e quase todos vindos de França, conseguissem um apuramento histórico para a pré-eliminatória
da Liga dosCampeões. Portanto, um dos meus pontos fortes, e que muito prezo, é o recrutamento. E voltei a fazer o
mesmo no Chaves.
Sentiu interferências
diretas no seu trabalho?
—Nestes clubes onde há um
investidor principal, é normal
confundir-se a parte emocional, e o presidente se comporte como um adepto e não com
a frieza que deve caracterizar
o chefe de uma empresa. E o

futebol é uma empresa muito
especial, que deveria ser avaliada no final do ano desportivo, traduzida numa classificação. Eu prefiro não falar em interferências, porque sei o que

“O meu ponto
forte é o
recrutamento e
voltei a fazê-lo”
Norton de Matos
Ex-treinador do Chaves

quero, para onde e como vou,
portanto, não reajo a isso, mas
sei que há decisões tomadas –
desde a equipa que vai jogar às
substituições – que podem
não ser do agrado de quem
manda.

“Em janeiro, vou visitar clubes
em países diferentes, entre os
quais a Guiné-Bissau”
bbb Norton de Matos está livre e motivado para

continuar a trabalhar em prol do futebol, como faz
“desde os 16 anos”, ainda que nem sempre no banco de
suplentes.
Equaciona abraçar um novo projeto?
—Vivo o futebol desde os 16 anos, apesar de ter feito
outras coisas na vida e de ter ido por outros caminhos,
mas sempre ligados à modalidade. Nesta altura, não
tenho nada para concretizar, apenas projetos na cabeça.
Obviamente que continuarei aberto a qualquer tipo de
situação e de competição, aqui, em Portugal. Em
janeiro, pretendo visitar alguns clubes em países
diferentes, entre os quais a Guiné-Bissau, um país que
aprendi a admirar e onde me sinto em casa. Mas e
voltando atrás: o meu projeto de carreira era subir no
Chaves e dar continuidade na I Liga, com um plantel que
está constituído para essa competição. Porque este
plantel para a II Liga é bom e caro, mas seria barato para a
I Liga porque se sustentaria a si próprio.

24

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

II LIGA

II LigA

THEO RYUKI
ELOGIA
VIDA PACATA

RESULTADOS 20ª JORNADA
Benfica B-Marítimo B
Portimonense-Oliveirense
Aves-Tondela
Olhanense-Ac. Viseu
Santa Clara-Trofense
Oriental-Covilhã
União da Madeira-Feirense
Chaves-Freamunde
V. Guimarães B-Sporting B
Braga B-FC Porto B
Beira-Mar-Atlético
Farense-Leixões

3-0
2-1
0-1
0-0
0-0
0-2
0-2
1-1
1-3
2-2
2-2
3-0

Trinco brasileiro fala a
língua de Kanazaki e atesta
o profissionalismo do
japonês, cuja vida se
resume ao lar e ao futebol
bbb HÉLIO NASCIMENTO

CLASSIFICAÇÃO
1º Freamunde 20
2º Oliveirense
20
3º Tondela
20
4º Chaves
20
5º Benfica B
20
6º Feirense
20
7º Portimonense 20
8º U. Madeira
20
9º FC Porto B
20
10º Covilhã
20
11º Sporting B
20
12º V. Guimarães B 20
13º Ac. Viseu
20
14º Farense
20
15º Beira-Mar
20
16º Braga B
20
17º Olhanense
20
18º Leixões
20
19º Atlético
20
20º Oriental
20
21º Aves
20
22º Santa Clara
20
23º Marítimo B
20
24ºTrofense
20

10
10
9
8
8
9
8
8
8
8
8
8
6
6
7
6
6
7
5
5
5
4
5
4

6
6
8
9
8
5
8
6
5
5
5
3
7
7
4
6
6
3
7
7
7
9
3
4

4
4
3
3
4
6
4
6
7
7
7
9
7
7
9
8
8
10
8
8
8
7
12
12

23
25
28
27
39
30
25
27
31
29
24
37
25
17
25
28
24
22
31
20
20
17
19
17

P

11
19
22
21
26
25
20
22
23
22
23
32
26
18
29
31
31
31
29
25
28
23
39
34

36
36
35
33
32
32
32
30
29
29
29
27
25
25
25
24
24
24
22
22
22
21
18
16

Virgilio Rodrigues / Algarvephotopress

J V E D M S

Jogou na principal liga do campeonato alemão e agora deseja experimentar a I Liga

PORTIMONENSE O avançado passa o tempo em casa, é reservado, gosta da comida

portuguesa, mas ainda não se expressa, devidamente, no idioma de Camões

O REINO DE KANAZAKI

PRÓXIMA JORNADA 21ª
Domingo, 04/01/2015
16h00 Atlético-Portimonense
16h00 Covilhã-União da Madeira
16h00 Feirense-Santa Clara
16h00 Leixões-Oriental
16h00 Ac. Viseu-Aves
16h00 Sporting B-Benfica B
16h00 Freamunde-Beira-Mar
16h00 Marítimo B-Braga B
16h00 Trofense-Chaves
16h00 Oliveirense-Farense
16h00 FC Porto B-V. Guimarães B
16h00 Tondela-Olhanense
Nota: datas e horas sujeitas a alterações

GOLEADORES
1º Rui Fonte
2º Tozé Marreco
3º Bjorn Maars
4º Crivellaro
5º Ivo
6º Fábio Martins
7º R. Valente
8º Luís Pinto
9º Kizito
10º Sandro Lima
11º Élio
12º Erivelto
13º Kanazaki
14º Caballero
15º Xavier
16º Hélder Costa

Clube
Benfica B
Tondela
Atlético
V. Guimarães B
FC Porto B
Braga B
Leixões
Chaves
Covilhã
Ac. Viseu
U. Madeira
Covilhã
Portimonense
Aves
Marítimo B
Benfica B

T
14
13
13
12
11
9
9
8
8
8
7
7
7
7
7
7

C
10
9
6
6
6
7
7
4
6
4
3
4
6
4
4
4

F
4
4
7
6
5
2
2
4
2
4
4
3
1
3
3
3

GP
(4)
(4)
(5)
(3)
(6)
(2)
(0)
(1)
(0)
(2)
(0)
(1)
(1)
(4)
(1)
(0)

Legenda. T Total; C Casa; F Fora; GP Penálti.
Critérios de desempate favoráveis: a) menos
minutos de jogo; b) mais golos marcados fora;
c) menos golos de penálti

EXCLUÍDOS
TAÇA DA LIGA

3ª FASE, 1ª JORN.

Nada a assinalar

II LIGA

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

21ª JORNADA

Vermelho: Tito (Aves), Vukcevic (Braga B) e
Dally (Freamunde)
Duplo-amarelo: Pedro Moreira (Beira-Mar),
José Pedro (Oliveirense), Davide (Santa
Clara), Ryan Gauld (Sporting B) e Luís Rocha
(V. Guimarães B)
9º amarelo: Tiago Mota (Oriental)
5º amarelo: Núrio Fortuna (Braga B), Guzzo
(Chaves), Kanazaki (Portimonense)
Zarabi (U. Madeira)

O avançado japonês já leva
nove golos, mais dois do
que na época passada, mas
quer mais, sabendo de
antemão que o seu sucesso
está ligado ao da equipa,
unificado pelo objetivo da
subida de escalão
HÉLIO NASCIMENTO

bbb Mu Kanazaki, futebolista do Portimonense, encarna
bem a figura do cidadão japonês com que nós, ocidentais,
estamos mais familiarizados:
pacato, introvertido e nada
dado a confusões, muito embora revelando, aqui e ali, notável sentido de humor. A todas estas características, Kanazaki acrescenta mais uma: é
bom de bola! O avançado dos
algarvios, uma espécie de imperador dos tempos modernos
à conquista do futebol português, bisou na última jornada
frente à então líder Oliveirense, tal como havia feito perante o Chaves – dois candidatos à
subida –, mostrando, mais
uma vez, a sua influência. É o
melhor marcador, com um total de nove golos, sete na II Liga
e mais dois nas taças, tendo já
suplantado o máximo da temporada transata (sete golos).

Quer atuando nos flancos, nas
costas do ponta de lança ou
mesmo em cunha, o internacional japonês nunca receia assumir o protagonismo e consegue, amiúde, fazer a diferença. É expedito no remate e
forte nas movimentações. “Fiquei muito feliz pelos golos,
mas ambos resultaram do trabalho coletivo. Sozinho era
impossível”, diz o jogador, de
25 anos, a cumprir a segunda
época em Portimão.
Kanazaki chegou no verão
do ano passado ao Algarve,
oriundo do futebol alemão,
e, aos poucos, começou a ambientar-se. De início não foi
fácil, sobretudo pelas dificuldades na comunicação, mas
o facto de ter jogado antes
num outro campeonato europeu e de ter convivido com
outros companheiros, acabou por proporcionar a integração. O avançado vive sozinho e passa muito tempo
em casa. Às vezes almoça ou
janta fora, em especial com
Theo Ryuki, o colega de equipa com quem mais convive,
por uma razão simples: Theo
tem dupla nacionalidade,
brasileira e japonesa, e é o intérprete ideal em caso de ne-

cessidade.
“ Po s s o r e nd e r m u i t o
mais”, promete Kanazaki,
muito reservado também perante o jornalista. É a custo
que se arranca alguma revelação, uma delas de cariz gastronómico, já que gosta de
comida portuguesa e é mesmo considerado um “bom
garfo”. Mais à vontade a falar
sobre os objetivos para esta

“Fiquei feliz pelos
golos, mas
resultaram do
trabalho coletivo.
Sozinho era
impossível”
“Posso render
muito mais. Quanto
a objetivos,
queremos subir,
claro!”
Kanazaki
Avançado do Portimonense

temporada, é lesto na resposta: “Queremos subir, claro!”.
O regresso à I Liga não é tema
muito falado no clube, apesar
da aproximação clara ao grupo da frente, mas, seja como
for, Kanazaki revela a mesma
ambição que tem em campo
e até a destreza com que procura o golo. Confrontado,
aliás, com o facto de marcar
de pé direito, pé esquerdo e
até de cabeça, o antigo jogador do Nuremberga volta a
dizer, apenas, que ficou “bastante feliz”, preferindo dividir os louros por todos os
companheiros.
Utilizado em 20 jogos esta
época, Kanazaki obteve nove
golos e vem confirmando o
que de bom já evidenciara
em 2013/14, o que tem levado, inclusive, a que o seu
nome surja associado a uma
eventual transferência, com
alguns clubes de topo na jogada. “O futuro? Não sei nem
vou falar disso. Logo se vê”,
comenta, com Theo Ryuki,
obviamente, a ajudar na tradução, porque o japonês, que
já vai percebendo algumas
coisas do idioma de Camões,
prefere a língua mãe ao inglês.

Kanazaki tem uma vida pacata em Portimão, dividida entre
os treinos e os longos períodos
que passa em casa, onde se distrai com jogos, televisão, cinema e alguma leitura. Convidado por companheiros, já tem
recusado passeios a Lisboa,
preferindo manter-se no lar.
“Às vezes vamos almoçar ou
jantar juntos, mas o Mu não sai
muito”, confirma Theo Ryuki,
um dos melhores amigos do
avançado. “Ele ainda não fala
português mas percebe quase
tudo”, adianta o “tradutor oficial”. “Somos amigos e passamos bastante tempo juntos. O
facto de eu falar japonês é uma
boa ajuda para ele”, reconhece
Theo, que tem alinhado a trinco no onze. “O Kanazaki é simples e boa pessoa. Tem-me ensinado muito, em especial no
que diz respeito ao futebol, por
ser mais velho e ter maior experiência”, finaliza.

FABRÍCIO
GARANTE QUE
É DIVERTIDO
bbb Nos primeiros tempos,

Kanazaki conviveu de perto
com Fabrício, já que estavam
instalados no mesmo hotel. O
médio brasileiro não se esquece dessa experiência e da amizade aí estabelecida. “O Kanazaki é caseiro e muito divertido”, garante Fabrício. Apesar
da barreira da língua, sempre
se entenderam. “Agora, já percebe o português, embora tenha dificuldades para dar a resposta. Entendíamo-mos com
um bocado de inglês, outro de
português e muita mímica. Às
vezes sai risada e pronto!”, conta, asseverando que o colega é
bem humorado e simples.
“Vive sozinho, o que é duro,
mas ele está habituado e
aguenta bem”, conclui.

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

II LIGA/DIVERSOS

AVES Depois do brilho da época passada, o treinador

FREAMUNDE PALATSI não sobreviveu à falta de resultados desportivos
ABANDONA O CLUBE

CHAVES JOÃO PAULO
FOI DISPENSADO

O defesa-central João Paulo
rescindiu o contrato com o
clube e regressou ao Brasil. O
jogador, que raramente foi
opção do anterior treinador,
entretanto despedido, abre
uma vaga no plantel de
Carlos Pinto, o técnico que
ocupou a vaga em aberto
com a saída de Norton de
Matos. O JOGO sabe que
estão previstas mais saídas e
que e chegarão a Trás-osMontes, nos próximos dias,
um defesa-central e um
avançado.—CARLOS VERAS

Valente já caiu
A decisão foi comunicada,
pelo presidente do clube,
quando Valente preparava
o regresso ao trabalho
depois da pequena pausa
natalícia. O treinador
acredita que o telefone vai
tocar em breve
JOAQUIM JORGE
bbb Fernando Valente rece-

beu a mais amarga das prendas,
pela boca do presidente Armando Silva. Uma surpresa desagradável, mas que foi “bem
aceite” pelo treinador que afirma compreender “a necessidade de mudança, quando os resultados não são os desejados”,
embora lamente a “falta de
tempo para fazer crescer um
grupo diferente do da época
anterior”. Valente aproveitou
a oportunidade para agradecer
ao Aves. “Um clube fantástico
e de gente de bem”. Fernando
Valente considera-se, hoje,
“um técnico mais experiente
e mais capaz de lidar com tudo
o que rodeia o futebol profis-

Tony Dias / Global Imagens

O francês Palatsi já não é o
treinador de guarda-redes
do Freamunde. O exguarda-redes de V. Guimarães e Beira-Mar terá
invocado razões pessoais
para deixar de fazer parte da
equipa técnica de Filó. Os
capões têm já alguns nomes
em carteira e a decisão
deverá ser tomada durante
o fim de semana. Palatsi
tinha chegado ao Freamunde no início da presente
temporada.—JOAQUIM JORGE

Fernando Valente cumpriu 79 jogos no Aves
sional.” Instado a explicar as razões do afastamento, Valente
aponta dois fatores de relevo:
“Por um lado, as expectativas
criadas pela época passada e,
claro, a intranquilidade criada
pela falta de resultados. A equi-

pa sempre deu boas respostas,
mas futebol é isto. Uma bola no
poste, um autogolo ou um penálti falhado, são imponderáveis do jogo que não conseguimos controlar e que podem fazer toda a diferença.”

25

ÁRBITROS CNS
SÉRIE A
Vilaverdense - Limianos
António Moreira (AF Vila Real)
Vianense - Fafe
Carlos Dias (AF Porto)
Pedras Salgadas - Mirandela
Pedro Maia (AF Porto)
Vieira - Bragança
João Santos (AF Porto)
Santa Maria - Cerveira
João Sousa (AF Bragança)
SÉRIE B
Vila Real - Famalicão
Luís Máximo (AF Castelo Branco)
Tirsense - Santa Eulália
José Laranjeira (AF Coimbra)
Ribeirão - Varzim
Hélder Malheiro (AF Lisboa)
Amarante - AD Oliveirense
António Costa (AF Aveiro)
Vizela - Felgueiras 1932
Daniel Cardoso (AF Aveiro)
SÉRIE C
Moimenta da Beira - Espinho
Humberto Teixeira (AF Porto)
Pedras Rubras - Salgueiros 08
Albano Correia (AF Braga)
Cinfães - Sobrado
André Gralha (AF Santarém)
Coimbrões - Sousense
Hélder Lamas (AF Braga)
Gondomar - Lourosa
Bruno Nunes (AF Viana do Castelo)
SÉRIE D
Camacha - S. João de Ver
Sandro Soares (AF Leiria)
Cesarense - Anadia
José Almeida (AF Lisboa)
Vildemoinhos - Estarreja
Gonçalo Martins (AF Vila Real)
Gafanha - Sanjoanense
Sérgio Guelho (AF Guarda)

Gouveia - Marítimo C
André Neto (AF Vila Real)
SÉRIE E
Tourizense - Mortágua
Diogo Vicente (AF Santarém)
Pombal - Benfica Castelo Branco
Ricardo Coimbra (AF Braga)
Nogueirense - Naval
António Alves (AF Vila Real)
Sernache - Oliveira do Hospital
Fábio Pilo (AF Leiria)
Pampilhosa - Sourense
Renato Mendes (AF Braga)
SÉRIE F
Leiria - Alcanenense
André Almeida (AF Ponta Delgada)
Eléctrico - Sertanense
Bruno Vieira (AF Beja)
Mafra - Torreense
Anzhony Rodrigues (AF Madeira)
Riachense - Fátima
Adelino Crespo (AF Santarém)
Caldas - Ouriense
Bruno Rebocho (AF Évora)
SÉRIE G
Sintrense - Sacavenense
Flávio Lima (AF Algarve)
Fabril - Loures
Nuno Alvo (AF Algarve)
Malveira - Pinhalnovense
Carlos Espadinha (AF Portalegre)
Cova da Piedade - Casa Pia
Eugénio Arez (AF Algarve)
SÉRIE H
Moura - Aljustrelense
José Gorjão (AF Beja)
Operário- Louletano
Marco Gomes (AF Leiria)
Quarteirense - Ferreiras
Pedro Sancho (AF Algarve)
Angrense - Atlético Reguengos
Duarte Oliveira (AF Braga)
PUB

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

26

2
0

Estádio Stamford Bridge, em Londres
Árbitro: Michael Oliver
CHELSEA Courtois; Ivanovic, Cahill,
Terry e Azpilicueta; Fàbregas e Matic;
Willian (Ramires 86’), Óscar (Mikel 83’) e
Hazard; Diego Costa (Drogba 83’)
Treinador: José Mourinho
WEST HAM Adrián; Jenkinson, Reid,
Collins e Cresswell; Kouyaté, Noble
(Song 59’) e Nolan; Downing
(Amalfitano 74’), Carroll (Sakho 59’) e
Enner Valencia
Treinador: Sam Allardyce
Golos: Terry (31’) e Diego Costa (62’)
Cartões amarelos: Collins (28’), Cresswell
(33’), Reid (58’)
Vermelhos: nada a assinalar

ANTÓNIO PIRES
bbb Manteve-se a tradição.

PREMIER LEAGUE
RESULTADOS 18ª JORNADA
ONTEM
Chelsea-West Ham
2-0
(Terry 31’, Diego Costa 62’)
Burnley-Liverpool
0-1
(Sterling 62’)
Crystal Palace-Southampton
1-3
(Dann 86’) (Mané 17’, Bertrand 48’,
Alderweireld 53’)
Everton-Stoke City
0-1
(Bojan 38’ g.p.)
Leicester-Tottenham
1-2
(Ulloa 48’) (Kane 1’, Eriksen 71’)
Manchester United-Newcastle
3-1
(Rooney 23’ e 36’, Van Persie 53’) (Papiss
Cissé 87’ g.p.)
Sunderland-Hull
1-3
(Adam Johnson 1’) (Ramirez 32’, Chester 51’,
Jelovic 90’+6’)
Swansea-Aston Villa
1-0
(Sigurdsson 13’)
West Bromwich-Manchester City
1-3
(Ideye 87’) (Fernando 8’, Touré 13’ g.p., David
Silva 34’)
Arsenal-QPR
2-1
(Alexis Sánchez 37’, Rosicky 65’) (Austin 79’)

CLASSIFICAÇÃO
J V E D GM GS P
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18
18

14 3
13 3
10 5
10 2
9 4
8 6
9 3
8 4
7 4
6 5
6 4
5 6
5 5
3 10
4 5
5 2
3 7
3 6
3 6
2 4

1
2
3
6
5
4
6
6
7
7
8
7
8
5
9
11
8
9
9
12

40
39
33
31
29
32
24
23
22
19
19
27
11
16
18
21
18
20
12
16

13
15
19
14
21
22
24
19
24
26
23
28
22
27
26
34
25
30
27
31

45
42
35
32
31
30
30
28
25
23
22
21
20
19
17
17
16
15
15
10

Com José Mourinho à frente,
o Chelsea não perde no Boxing Day e ontem o treinador
português somou a quarta vitória em cinco jogos disputados pelos blues no dia seguinte ao Natal. A vítima de ontem
foi o West Ham, derrotado por
2-0 em Stamford Bridge, um
resultado que permitiu, por
um lado, ao Chelsea segurar a
liderança e os três pontos de
vantagem sobre o Manchester
City, por outro, custou aos
hammers o quarto lugar, sendo ultrapassados na classificação pelo Southampton.
Para José Mourinho, este
triunfo permite-lhe ainda
igualar o holandês Martin Jol
como o técnico que mais jogos
disputou no Boxing Day sem
sair derrotado. Contudo, mais
relevante para o técnico português é outra tradição. Sempre que liderava a Premier
League – e já agora a Liga portuguesa, italiana e espanhola
– na primeira jornada após o
Natal acabou a época como
campeão. Aliás, os blues tam-

bém venceram o título em
2009/10, quando sob o comando deAncelotti chegaram
pela última vez na frente da
prova após o Boxing Day.
A partida de ontem, frente à
equipa revelação do campeonato, voltou a mostrar a melhor versão dos blues que apresentaram o seu onze de gala,
inclusive com Hazard, recuperado da lesão sofrida na segunda-feira passada. E o triunfo começou a desenhar-se aos
31’, por intermédio do eterno
capitão Terry. Na sequência de
um canto, Diego Costa ganhou a bola nas alturas e à boca
da baliza, com Matic nas costas, Terry fez o desvio para o
fundo das redes. Curiosamente, o defesa-central já tinha
marcado o primeiro golo na vitória, também por 2-0, sobre o
Stoke City na segunda-feira
passada.
No segundo tempo, a confirmação do triunfo chegou pelos
pés de Diego Costa. O avançado hispano-brasileiro teve um
excelente trabalho individual
e, depois de tirar da frente da
linha de tiro três adversários,
rematou cruzado para o fundo
da baliza. Foi o 13º golo do internacional espanhol na Premier League, encontrando-se
agora a apenas um do melhor
artilheiro da competição que é
Aguero.
Contratado esta época ao
Atlético de Madrid, Diego Costa tem sido uma das estrelas da
competição e justificado plenamente o investimento. Basta dizer que, na última época,
Torres, Eto’o e Ba juntos fizeram 19 golos em todo o campeonato.

INGLATERRA Um golo de Terry e
outro de Diego Costa garantiram
a Mourinho mais um Natal na frente
do campeonato. Costuma dar título

Tony O’Brien/Action Images

INTERNACIONAL

CHELSEA COM A CORDA
CHELSEA
WEST HAM

1º Chelsea
2º M. City
3º M. United
4º Southampton
5º West Ham
6º Arsenal
7º Tottenham
8º Swansea
9º Liverpool
10º Newcastle
11º Stoke
12º Everton
13º Aston Villa
14º Sunderland
15º WBA
16º QPR
17º Hull
18º Crystal Palace
19º Burnley
20º Leicester

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

Terry abriu a contagem desviando um cabeceamento de Diego Costa

“Agora sou feliz porque amo os meus jogadores”
Mourinho elogiou o
desempenho da sua
equipa e não podia
estar mais satisfeito
com o plantel
bbb O Chelsea segurou a liderança da Premier League com
uma vitória inequívoca e uma
boa exibição sobre o West
Ham que deixou José Mourinho muito contente. Aliás,
aquele que no regresso a
Stamford Bridge se autointitulou Happy One, voltou on-

tem a dar conta da sua felicidade, deixando implícito que
não o era no Real Madrid.
“Os resultados são bons e os
jogadores estão felizes. Como
treinador, estou feliz porque
a equipa está a jogar bem. E
como pessoa, também estou
feliz porque amo os meus jogadores. É importante sentirme feliz junto daqueles que
me rodeiam, é algo de que sentia falta há algum tempo e com
este grupo tenho esse carinho”, assumiu o treinador.
Quanto ao jogo, Mourinho

“É importante
sentir-me feliz
junto daqueles
que me rodeiam, é
algo de que sentia
falta há algum
tempo”
José Mourinho
treinador do Chelsea

comentou: “A perfeição é algo
que não existe, mas jogámos
muito bem contra uma equipa difícil. Estivemos bem contra duas versões diferentes: na
primeira, frente a uma equipa
defensiva, jogando com dinâmica e criando muitas oportunidades; na segunda parte,
contra um adversário ofensivo. Adaptámo-nos bem e encontrámos espaço para o contra-ataque. É muito importante uma equipa identificar os
diferentes momentos de um
jogo. Hoje, foi um bom exem-

plo, os jogadores estiveram
muito bem.”
Sobre a liderança, o português não quis valorizá-la em
demasiado porque “o futebol
é futebol e nunca se sabe o que
vai acontecer”, mas enalteceu: “Aquilo que podemos
tentar fazer é reduzir a imprevisibilidade do futebol e é isso
que temos estado a fazer jogando bem.”A terminar, ainda
um elogio ao capitão Terry:
“Não vejo diferenças para o jogador que tive naqueles anos
de 2004, 2005 e 2006.”

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

TODA

INTERNACIONAL

27

ROONEY BISA
E ASSISTE
COMO MÉDIO
Com Falcao e Van Persie no
ataque, o capitão do United
foi ainda assim a figura do
triunfo, por 3-1, sobre o
Newcastle

Mourinho
soma sete
campeonatos ganhos
na carreira
(dois no FC
Porto, dois
no Chelsea,
dois no
Inter e um
no Real
Madrid) e
em todas
essas
épocas que
foi campeão
era líder
após o Natal
tal como
sucede este
ano

cebeu e venceu o Newcastle
por 3-1, com Rooney a destacar-se a atuar em terrenos
mais recuados do que o habitual. O capitão dos red devils
fez dupla no meio-campo com
Carrick, atrás de Mata (que jogou nas costas de Falcao e Van
Persie), e bisou na partida (23’
e 36’), rubricando ainda a assistência para Van Persie aumentar a vantagem aos 53’
(3-0). Em branco ficou Falcao,
que ofereceu o primeiro golo
a Rooney, sendo que foi ainda
de uma recuperação de bola do
colombiano que se iniciou a
jogada para o segundo tento.
Papiss Cissé, que rendeu
Armstrong aos 64’, reduziu
para 3-1 na conversão de uma
grande penalidade (87’). Contas feitas, o Manchester United venceu pela 11ª vez consecutiva no Boxing Day, igualando assim um recorde de 110
anos que pertencia apenas ao
Aston Villa.

Tony O’Brien/Action Images

SAINTS
RECUPERAM
4º LUGAR

Ivanovic irritou os hammers
No fim da primeira parte, Ivanovic caiu na área do West
Ham, envolvido com Carroll, e reclamou penálti não
assinalado. Nem isso evitou reação quente dos hammers

bbb O Southampton, sem o
seu capitão José Fonte, foi
vencer (3-1) no campo do
Crystal Palace e aproveitou o
deslize do West Ham para ascender, isolado, ao quarto lugar da Premier League. O
triunfo surge nas vésperas da
receção ao líder Chelsea e Ronald Koeman (na foto), técnico dos Saints, não poupa elogios à equipa de Mourinho. “O
Chelsea é o maior teste para
todos. É a melhor equipa da
Premier League até ao momento, mas nós acreditamos
no nosso valor e acredito que
será um grande jogo”, afirmou
o holandês, logo após a vitória
sobre o Crystal Palace.

Toby Melville/Reuters

bbb O Manchester United re-

Fernando marcou ao WBA com um remate surpreendente dentro da área

VITÓRIA Médio ex-FC Porto estreia-se a marcar pelo City
que vence o WBA de Varela e segue na cola do Chelsea

Fernando mata
com acrobacia
WEST BROMWICH
MANCHESTER CITY

1
3

Estádio The Hawthorn, em West Bromwich
Árbitro: Mark Clattenburg
WEST BROMWICH Foster; Wisdom,
McAuley, Lescott e Pocognoli (Gamboa
66’); Morrison e Mulumbu; Sessegnon,
Gardner (Brunt 66’) e Varela (Ideye 66’);
Berahino.
Treinador: Alan Irvine
MANCHESTER CITY Hart; Sagna,
Demichelis, Mangala e Clichy; Fernando
e Yaya Touré (Fernandinho 69’); Jesús
Navas, David Silva (Kolarov 63’) e Nasri
(Lampard 75’); Milner
Treinador: Manuel Pellegrini
Golos: Fernando (8’), Yaya Touré (13’ g.p.),
David Silva (34’) e Ideye (87’)
Cartões amarelos: Fernando (85’)
Vermelhos: nada a assinalar

MÁRIO RUI SOBRAL

bo de bola a meio-campo, iniciando a construção do terceiro golo, apontado pelo espanhol David Silva.
De permeio, aos 13’, Yaya
Touré já havia feito o 2-0, de
grande penalidade, a castigar
derrube de Lescott a David Silva. Sem avançados – Milner
foi a unidade mais adiantada,
mas sem se entregar a marcações no eixo do ataque –, Pellegrini caçou os três pontos com
recurso a uma maior liberdade
dos médios na integração do
processo ofensivo. A entrada
demolidora do City, alicerçada
numa eficácia implacável,

bbb

Mesmo desfalcado na
frente do ataque pelas ausênciasforçadasdeAguero,Dzeko
e Jovetic (lesionados), o Manchester City desenhou cedo o
triunfo, por 3-1, no reduto do
West Bromwich Albion, mantendo-se assim a apenas três
pontos de distância do Chelsea, que lidera a Premier League. Fernando, logo aos oito
minutos, com um remate
acrobático (qual ponta de lança), aproveitou à boca da baliza um erro do guardião Ben
Foster para abrir caminho à sétima vitória consecutiva dos
citizens na liga inglesa, estreando-se a marcar pelos citizens, clube para onde se transferiu esta época. O antigo médio do FC Porto voltaria a ser
decisivo, aos 34’, após um rou-

“Não pensamos
no Chelsea, ainda
temos mais 20
jogos por
disputar”
“A corrida pelo
título é uma
corrida a quatro.
Há o United e
outras equipas”
Manuel Pellegrini
treinador do Manchester City

contrastou com um West
Bromwich perdulário na finalização, apesar de muito empreendedor na procura e criação de ocasiões de golo, num
jogo disputado a um ritmo frenético e marcado pela queda
de um nevão na segunda metade.
Varela, que alinhou de início, não teve muito jogo pelo
seu flanco (esquerdo), mas o
extremo cedido pelo FC Porto
foi dos mais esclarecidos do
WBA. Teve nos pés o golo
(54’), mas desperdiçou a
emenda ao segundo poste e,
pouco depois, foi substituído
(66’). Os da casa acabariam por
marcar (87’), após um canto,
num desvio fortuito de Ideye,
com culpas para Joe Hart, mas
o triunfo estava sentenciado
há muito.
No final, Manuel Pellegrini
mostrou-se “satisfeito” pelo
triunfo difícil, recusando a
ideia de que a discussão pelo
cetro de campeão se resuma a
apenas duas equipas. “Não
pensamos no Chelsea, ainda
temos mais 20 jogos por disputar. A corrida pelo título é
uma corrida a quatro. Há o
Manchester United e outras
equipas”, disse o técnico dos
citizens.
No Twitter, Fernando deu
conta da sua alegria: “Primeiro golo pelo Manchester City.
Estou muito feliz.”

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

INTERNACIONAL

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

INGLATERRA DI MARÍA SOFRE
NOVA LESÃO MUSCULAR

TURQUIA BRUMA
ENTRA EM EMPATE

DIBYANGSHU SARKAR/AFP

Action Images / Reuters

Di María voltou a lesionar-se e acabou por
falhar, ontem, a receção do Manchester
United ao Newcastle, informaram os red
devils através da sua conta oficial no Twitter.
O antigo extremo do Benfica havia regressado aos relvados, no passado dia 20, diante do
Aston Villa, entrando aos 61’, depois de ter
recuperado de uma lesão nos gémeos que o
deixou inativo durante um mês.

Messi tornou-se amigo de Neymar, que ainda não se sente ao nível do astro argentino

ESPANHA Neymar quer ser cada vez melhor jogador, mas admite

DOMINGO NA REVISTA J

O Atromitos, orientado por Sá Pinto, garantiu
a contratação de Katsouranis (na foto) por
seis meses. Aos 35 anos, o médio grego
encontrava-se ao serviço do Pune City, da
Índia, vai voltar a competir no seu país. “É
uma honra prosseguir a minha carreira no
Atromitos. Nos últimos anos está habituado a
ser altamente competitivo e quero ajudá-lo a
atingir os seus objetivos”, disse o jogador.

Mulheres
de jogadores
AS MAIS SEXY
DA J EM 2014

“Ronaldo e Messi
acima de todos”
É já considerado um dos
melhores jogadores do
mundo, mas o brasileiro do
Barcelona admite que é
difícil ganhar nos próximos anos a Bola de Ouro.
Diz ainda que o Brasil tem
de aprender com o Mundial
ANTÓNIO PIRES
bbb Neymar está no Brasil de

férias e à margem da inauguração do Instituto Projeto
Neymar jr., em Praia Grande,
no litoral de São Paulo, fez um
balanço do ano prestes a findar. Prometendo continuar a
trabalhar para ser cada vez melhor jogador, com humildade,
assume que, aos 22 anos, ainda não está ao nível de Cristia-

no Ronaldo e Messi.
Em entrevista ao Globoesporte, Neymar admite que
uma possível vitória na Bola
de Ouro ainda pode demorar:
“Não sei se é possível ser eleito o melhor do mundo. Messi
e Cristiano Ronaldo são dois
craques. Um [Messi] chamo
hoje de meu amigo. Eles estão
acima de qualquer jogador
hoje. Com os dois na briga, é
difícil ganhar”, reconheceu
com humildade, garantindo:
“Sei que tenho de ser cada vez
melhor, não posso parar a pensar que já está bom. Tenho de
procurar mais. Essa foi a principal lição de 2014.”
Depois de já ter cumprido a
primeira época na Europa, ao

Neymar diz
que a
humilhação
sofrida pelo
Brasil foi
como “uma
bronca do
pai”: “Você
esquece
que
apanhou,
mas não
esquece a
educação”

serviço do Barcelona, Neymar
recorda um ano com “alegrias
e tristezas”, a maior de todas
no Mundial, com a humilhação do Brasil nas meias-finais
frente à Alemanha. Uma derrota por 7-1 que o avançado comenta: “É um assunto superado, mas temos de manter a humildade e recordar o que
sucedeu porque nos faz aprender. É como quando você leva
uma bronca do pai. Você esquece que apanhou mas não
esquece a educação que ele te
deu.” E assumiu ainda: “No
Brasil estamos a andar devagar
em relação ao futebol, na questão tática... Temos de aprender
muito mais e rápido, para não
ficarmos para trás.”

Alcácer deixa aviso ao Real Madrid
Avançado do Valência antecipa o primeiro embate de
2015 confiante num
resultado positivo
bbb Os jogadores do Valência
ainda estão a gozar uns dias de
férias, concedidos pelo treinador Nuno Espírito Santo, mas
Paco Alcácer, avançado dos
che já falou ontem do primeiro jogo do ano de 2015, a 4 de
janeiro, frente ao Real Madrid.
E, apesar dos merengues so-

marem 22 triunfos consecutivos mostrou-se confiante
num bom resultado.
“Vamos ter um jogo importante contra a equipa que, no
presente, é a melhor do mundo. Mas no Mestalla temos de
ser fortes e o Real vai ter a vida
complicada”, afirmou, prosseguindo: “Em nossa casa temos
sido sérios e estamos a jogar
com todo o nosso coração e é
isso que nos tem dado pontos.” Por outro lado, Alcácer assumiu o desejo conquistar
esta época um título.

John Sibley/action images

GRÉCIA KATSOURANIS REFORÇA
ATROMITOS DE SÁ PINTO

que vai ser difícil atingir o mesmo nível que os melhores do mundo

Alcácer diz que o Valência é forte em casa

O Galatasaray de Bruma, que
rendeu Bulut aos 77’,
empatou 1-1 na visita ao
reduto do Gençlerbirligi, em
jogo da 15.ª ronda da liga
turca. Çolak ainda deu
vantagem ao Galatasaray
(19’), mas Stancu repôs a
igualdade (71’). O Galatasaray ocupa agora o primeiro
lugar com os mesmos 32
pontos do Besiktas, que joga
amanhã. O Fenerbahçe é
terceiro a dois pontos.

ALEMANHA RIVAL DO
SPORTING RENOVA

O lateral-esquerdo Ricardo
Rodriguez já tem acertada a
renovação de contrato com o
Wolfsburgo, adversário do
Sporting na Liga Europa. O
internacional suíço, de 22
anos, vai prolongar até 2019
o vínculo com o clube
alemão, onde milita
Vieirinha, e, de acordo com a
revista Kicker, ficará com
uma cláusula de rescisão
entre os 25 e os 30 milhões
de euros.

FRANÇA ADRIANO
VAI PARA O LE HAVRE

Adriano, 32 anos, vai
representar o Le Havre, da II
divisão francesa. “Feliz Natal
para os meus novos fãs do Le
Havre”, escreveu o avançado
na sua conta oficial no
Twitter. A confirmação da
contratação pelo clube está
condicionada pela “chegada
de fundos” e pela “validação”
da Direção Nacional de
Controlo de Gestão,
entidade que supervisiona as
contas dos clubes franceses.

LEOPOLDO SMITH/AFP

28

MÉXICO RONALDINHO
REAPARECE NO CLUBE
Ronaldinho (na foto) chegou
ontem ao México para se
juntar ao plantel do Querétaro. O internacional brasileiro
tinha recebido um ultimato
do clube mexicano para se
apresentar aos trabalhos até
ontem, depois de ter gozado
um período de férias extra e
de ter falhado os anteriores
prazos de regresso ao clube.
O jogador deverá treinar já
hoje com o clube que está a
cumprir e pré-temporada.

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

29

MODALIDADES

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

Tiago Petinga/Lusa

ATLETISMO Está desfeito o mistério
da ausência da maratonista nas últimas
competições e que vai ditar o seu
afastamento do alto rendimento
nos próximos meses

Sara Moreira, Rui Silva, Jéssica Augusto, Hermano Ferreira, Dulce Félix e Ricardo Ribas na apresentação da São Silvestre de Lisboa

GRÁVIDA,
JÉSSICA
10000
REGRESSA EM 2016
INSCRITOS

A organização da São
Silvestre de Lisboa
anunciou 10 mil inscritos na
prova que se realiza hoje
(17h30). O recorde de
participação é de 6568, na
edição de 2013

VOTOS SARA ELEITA
MELHOR DA EUROPA

Sara Moreira foi eleita a
melhor atleta europeia do
mês de novembro pela
Associação Europeia de
Atletismo. Este prémio,
assente numa votação online, teve como base a
excelente estreia na Maratona de Nova Iorque, com um
terceiro lugar e o tempo de 2h
26m00s. Nos postos
imediatos ficaram outras
fundistas, a inglesa Kate
Avery e a croata Lisa Nemec .

Fruto do relacionamento
com o futebolista Eduardo,
atual guarda-redes do
Dínamo de Zagreb, o
rebento nascerá em julho
de 2015. Jéssica deverá
reaparecer no final desse
ano
ANTÓNIO FLOR
bbb Jéssica

Augusto anunciou, ontem, na apresentação
da São Silvestre de Lisboa, que
está grávida de dois meses e
que por isso não participará
nem na corrida lisboeta, nem
em qualquer prova de âmbito
competitivo elevado nos próximos meses, estando o regresso ao mais alto nível mar-

cado para a maratona dos Jogos Olímpicos que se vai
realizar em agosto de 2016.
Jéssica soube que estava
grávida nos primeiros dias de
outubro, anulando, desde
logo, a presença no crosse da
Amora (9 de novembro), prova que definiria a sua aposta
competitiva neste inverno e
que seria o Europeu de cortamato (disputado a 14 de dezembro último), caso não tivesse ficado grávida.
A atleta manteve o seu estado em segredo até ontem,
acautelando qualquer situação que não fosse de encontro
ao que tinha planeado. O rebento, resultado da longa rela-

ção que mantém com o futebolista Eduardo – que neste
momento defende a baliza do
Dínamo de Zagreb –, deverá
nascer em julho de 2015, sendo que o período que se segue,
ou seja o terceiro e quarto trimestres do ano, será exclusivamente dedicado à recuperação da condição física da maratonista, num processo que
nunca é fácil. Assim sendo, o
quadro competitivo de Jéssica
sofreu alterações significativas, uma vez que já não fará
qualquer competição digna de
realce em 2015, mesmo sabendo-se que o Mundial de pista,
a realizar em agosto, já estava
antes praticamente descarta-

“Os atletas de alta
competição
também correm
por lazer e foi por
isso que decidi vir”
“A São Silvestre
tem evoluído
muito de ano para
ano e as pessoas
têm aderido”
Jéssica Augusto
Atleta

do, uma vez que quer Jéssica
quer o treinador António José
Costa não viam com especial
entusiasmo uma aposta nos
dez mil metros no campeonato que se vai disputar em Pequim. A maratona de Londres,
evento no qual a atleta esteve
nos últimos quatro anos, poderá marcar o seu retorno às
maratonas, em abril de 2016, e
com um objetivo muito importante que será o de cumprir o mínimo para a mesma
prova olímpica do Rio de Janeiro, embora seja muito previsível que já se possa contar
com uma Jéssica competitiva,
por exemplo, na próxima
temporada de são silvestres!

30

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

MODALIDADES

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

PUB

MOTORES HAMILTON
DESPORTISTA DO ANO
Lewis Hamilton, campeão
mundial de Fórmula 1, foi
eleito desportista do ano por
18 agências europeias de
notícias. O piloto da
Mercedes recolheu 82
pontos, mais um do que
Manuel Neuer, campeão
pela Alemanha no Mundial
de futebol. No terceiro lugar
ficou o tenista sérvio Novak
Djokovic, líder do ranking
ATP. No top 10, Cristiano
Ronaldo é quarto.

CICLISMO GONÇALVES
E VILELA NO ALGARVE
Ricardo Vilela e José
Gonçalves vão integrar a
Caja Rural na 41ª edição da
Volta ao Algarve (18 a 22 de
fevereiro). Os portugueses
disputarão a prova acompanhados pelos espanhóis
Omar Fraile, Luis Mas e
Ángel Madrazo, pelo
uruguaio Fabricio Ferrari,
pelo colombiano Heiner
Parra e pelo britânico Hugh
Carthy. A Caja Rural é uma
das 18 equipas confirmadas.

António Areia feliz no treino de ontem da Seleção Nacional

ANDEBOL Equipa nacional faz hoje, em Pinhel, o

primeiro de três jogos frente à Roménia

Areia estreia-se
Spínola de fora
Ponta-direita do Benfica
terá a primeira oportunidade na seleção principal,
que vai concentrar-se com
apenas 17 jogadores, após a
dispensa do lateral-direito
Pedro Spínola
RUI GUIMARÃES
bbb A Seleção Nacional de an-

TRIATLO JOÃO PEREIRA
REVELAÇÃO DO ANO
A Federação Internacional
de Triatlo atribuiu a João
Pereira o título de revelação
de 2014, considerando o top
5 do ranking uma “estrela
ascendente”. O organismo
destaca a distância sprint de
Londres, onde o português
conquistou o bronze, e a
distância olímpica de
Chicago, onde só foi
superado pelo espanhol
Javier Gomez Noya,
tetracampeão mundial.

H. PATINS ARRANQUE
FRENTE À ALEMANHA
Portugal entra na fase de
grupos do Mundial’15 (20 a
21 de junho) a jogar com a
Alemanha. Em La RocheSur-Yon (França), Portugal
integra o Grupo C e, após a
estreia a 21 de junho,
defronta a Áustria (22) e
Brasil (23). A última edição
foi disputada em Angola,
terminando com o penta da
Espanha que, em 2015,
começa por jogar com
França, Angola e Holanda.

debol concentrou-se ontem e
faz hoje o primeiro de três jogos frente à Roménia. O desta
noite (21 horas) em Pinhel, o
de amanhã (17 horas) em
Mêda e o de segunda-feira (21
horas) em Figueira de Castelo
Rodrigo.
Dos 17 atletas – Pedro Spínola foi dispensado após ter efetuado um exame que confirmou a indisponibilidade –
convocados por Rolando
Freitas, destaque para o ponta-direita do Benfica António

Areia, que faz a estreia na Seleção A. “Estou felicíssimo e
vou tentar aproveitar esta
oportunidade”, disse o extremo a O JOGO. “O objetivo é estar nos trabalhos da seleção regularmente, quanto mais vezes melhor. Não quero ficar
por aqui”, continuou Areia, 24
anos, natural de Lisboa.
“Em Portugal temos um leque excelente de jogadores e a
federação e esses atletas estão
a fazer um grande trabalho
para a evolução do andebol
português, temos todas as
condições para poder vingar a
nível internacional”, garantiu
o atleta que começou a jogar
no 1º de Dezembro de Queijas,
tendo ainda passado pelo Belenenses, estando há cinco
anos no Benfica, equipa pela
qual se sagrara campeão em
2007/08.

António Ventura
no Águas Santas
RUI GUIMARÃES
bbb O central António Ventura é o segundo reforço de inverno do Águas Santas, depois
da contratação do ponta-esquerda Pedro Cruz. “Vou para
melhor, tenho o professor
Paulo Faria que me vai ajudar
muito, será mais um treinador
na minha carreira”, disse o jogador, de 22 anos, formado no
CALE e no FC Porto, mas que
esta época jogava no ISMAI.
Assinou até 2015/16.

FORMAÇÃO

3

Areia jogou
os Mundiais
do Egito’09
e da
Grécia’11,
ambos de
sub-21, e o
Europeu de
sub-20 da
Eslováquia,
em 2010,
em que
Portugal foi
medalha de
prata

“Para mim é
excelente, é
uma
evolução na
carreira, é
um dos
clubes que
estão nos
lugares de
cima”
António
Ventura
Jogador do
Águas Santas

Ventura joga a central

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

PUBLICIDADE

31

32

SER CAMPEÃ
POR EQUIPAS
É OBJETIVO
Antes de terminar a
carreira, Joana quer subir
ao lugar mais alto do pódio
com as colegas leoninas no
Nacional
É nos tatamis de Alvalade que
Joana Ramos treina desde
2010. A partir dessa altura evoluiu bastante e, em sinal de
gratidão para com o Sporting,
companheiros de equipa e
treinador, não quer despedirse sem se sagrar campeã nacional por equipas. “Pode parecer
um objetivo pequeno, mas espero contribuir para que as minhas companheiras abracem
este título. Ser campeã com
estas miúdas que treinam comigo significa tudo”, afirma
Joana, cuja referência desportiva é o técnico Pedro Soares.
“Por tudo o que foi enquanto
atleta, por tudo o que é enquanto homem, líder e treinador. Pegou em mim e no Pina
e mostrou-nos que podíamos
ir mais além e fomos. Com ele
fui aos Jogos, fiz pódio num
europeu e o Pina foi bicampeão europeu e foi aos Jogos
pela terceira vez. Observá-lo é
como se lesse um livro de pedagogia.”

CURSO VAI
ESPERAR
ATÉ 2016
Com a alta competição, o curso de Direito tem sido adiado
e Joana Ramos, que está no
terceiro ano, está inscrita a
tempo parcial. “É difícil ter
um quimono a pesar 3 quilos
e um livro de direito penal a
pesar outros três. É pesado andar com seis quilos às costas e
como gosto de primar pela excelência e não dá para fazer as
duas coisas muito bem, o curso vai ficar em stand by até
2016”, explica Joana, acabada
de regressar de um estágio no
Japão, onde estiveram outros
elementos da Seleção Nacional. Voltará a competir em fevereiro no Grand Prix de Dusseldorf.

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

MODALIDADES

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

“Investi
3000 euros
e valeu
a pena”

JOANA RAMOS

Em entrevista a O JOGO, a judoca
explica o que investiu em competições internacionais até entrar no
projeto olímpico. Quer ir ao Rio’16
e depois parará para ser mãe
A judoca do Sporting
superou uma lesão que
quase a levou a abandonar
a carreira e em 2014 voltou
a estar entre as melhores
do mundo, naquele que
considera ser o melhor ano
dela de sempre
PAULO A. TEIXEIRA
bbb Mudou de Coimbra para

Lisboa, onde é judoca e treinadora da formação do Sporting.
Quase a fazer 33 anos, teve
uma época fantástica e com
uma particularidade rara: pagou do bolso boa parte das internacionalizações.
Que análise faz destes
últimos meses?
—Entre setembro e outubro
tive um mês e meio com cinco
resultados muito bons e que
me permitiram pontuar para o
ranking olímpico. Em 20 combates perdi quatro. Não foi uma
surpresa, porque trabalhei para
eles e ainda bem que apareceram agora e não no ano passado, porque não iam contar para
o apuramento olímpico.
Desde 2010 que não tinha
uma percentagem tão
elevada de vitórias (61,3 por
cento). Como justifica isso?
—Comparo os dois ciclos. E se
em 2010 até tive os melhores
resultados na primeira metade

do ano, em 2014 esses pontos
não iam contar para os Jogos,
por isso ainda bem que foi agora. O de 2014 é o meu melhor
ano de sempre, mesmo sem
pontuar no Europeu e Mundial.Talvez seja em 2015, foi assim em 2011 [ano em que foi
vice-campeã europeia]. É bom
ter quase 33 anos e poder dizer
que quando eu era mais nova
não tive a melhor época de
sempre!
Qual a sensação de voltar a
bater atletas de top 10
mundial?
—Já fui top 5 e sempre acreditei que era possível porque fazemos estágios internacionais
e trabalhamos com as nossas
adversárias e nos treinos as coisas aconteciam, só não entendia porque ainda era 34.ª do
ranking mundial, se até nos
treinos era superior a muitas...
Era uma questão de paciência e
saber esperar.
Participou em várias provas
a expensas próprias.
Porquê?
—Não estava no projeto olímpico e custeei do meu bolso as
competições a partir de Zagreb.
Entretanto, fui integrada no
projeto com retroativos a setembro, ou seja, vou ser ressarcida de tudo o que paguei.
Quandoembarqueinestaaven-

tura, sabia que era o tudo ou
nada. Eu decido quando vou
acabar a minha carreira e falta
um ano e oito meses para tal e
nem que tenha de ir a tudo a pagar, vou. Não quero pensar: “e
se eu tivesse apostado em mim,
apesar de ninguém mais o fazer? Como seria?” Foi um bocado na loucura e fui recompensada.
Ao competir a expensas
próprias, saiu mesmo tudo
do seu bolso?
—Sim, tudo. Se a federação diz
que não consegue pagar, decido fazê-lo eu.
Quanto gastou?
—Cerca de 3 mil euros, para as
provas de Astana, Tashkent e
Abu Dhabi. Tratei de tudo, desde as viagens à marcação de hotel. Só procurei ir a competições em que estivesse Portugal, porque a federação exige
que cada atleta leve um treinador e aí tive sempre o apoio do
treinador nacional, caso contrário, se levasse treinador de
clube, pagaria a dobrar.
Disse que ia terminar a
carreira dentro de um ano e
oito meses. Tenciona
mesmo abandonar depois
do Rio’16?
—Sim. Obviamente, não sei se
vou aos Jogos, mas estou bem
encaminhada.

RANKING

13

Joana Ramos ocupa a 13.ª
posição do ranking
mundial, sendo a 11.ª no
ranking olímpico

Porque tomou essa decisão?
—Em 2012, contraí uma lesão
gravíssima. Fui operada e nem

sequer sabia se, com a idade que
tinha, fazia sentido continuar
ou realizar outros projetos. Não
sabia se valia a pena apostar
numa carreira de alta competição. E não vejo o judo de ano a
ano. O objetivo último são os
Jogos e as coisas pensam-se a
quatro anos. Depois do Rio, há
Tóquio. Em 2020 terei 38 anos
e não faz sentido. Além disso,
sou mulher e o tempo passa...
Ser mãe é um objetivo?
—Sim, e não posso ser arrogante ao ponto de pensar que consigo ter um filho quando quiser. Já adiei muito. Aos 16 anos,
achava que ia ser mãe aos 26. Se
quero ser mãe, tem de ser a seguir ao Rio.

Os “melhores técnicos de sempre”
Embora dê muita importância ao trabalho do selecionador
António Matias (falecido em 2008), Joana considera que a
atual equipa técnica merece nota máxima. “Michel
Almeida, João Pina, Marco Morais e Go Tsunoda formam a
melhor equipa técnica com quem me lembro de ter
trabalhado”, atira, sem esconder a boa relação com João
Neto, antigo colega de clube e treinador da seleção
feminina. “Ele conhece os meus pontos fortes, sabe como
posso trabalhar os fracos, sabe quando fico nervosa.
Ambos temos o mesmo objetivo de interesse público que
é ter uma atleta nos Jogos e medalhas para Portugal.”

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

MODALIDADES

33

Perde dois quilos
na véspera da prova
“Observar o
Pedro Soares é
como ler um livro
de pedagogia. É a
minha referência.
Pegou em mim e
no Pina e
mostrou-nos que
podíamos ir mais
além e fomos”

Fotos: Paulo Spranger / Global Imagens

“Bater atletas do
top 10 era uma
questão de
paciência”

“Mais novos estão
sem esperança”
Joana lamenta falta
de apoios e avança
com uma solução:
tentar atrair patrocinadores

“No europeu’08,
rasguei as calças
durante um
combate. A
bancada estava
cheia, era o único
combate a
decorrer e tive de
trocar de calças à
frente de toda a
gente”
“Não posso ser
er
arrogante, a
ponto de pensar
nsar
que posso ser
er mãe
quando quiser.
ser. Se
quero ser mãe,
ãe,
tem de ser a
seguir ao Rio”
o”

bbb É uma das judocas

portuguesas mais experientes. Acha que a
renovação da Seleção está
assegurada com esta nova
geração?
—Há novos valores com muito talento, mas sentem-se sem
esperança. Ou conseguem entrar no projeto olímpico ou
não há plano nenhum, porque
não há dinheiro. Essa é a resposta que recebemos.
Refere-se ao Nuno Saraiva,
medalhado de bronze no
mundial de juniores?
—O Saraiva é um dos exemplos mais flagrantes. Tirou
duas medalhas em opens seniores, no mundial e no europeu de juniores. O que se faz
com ele? Qual é o plano?
Olhamos e não há nada para

“Considero que
2014 é o meu
melhor ano
de sempre,
mesmo sem
pontuar no
Europeu e
Mundial”

agarrar, não há um caminho
traçado e ele é uma esperança
olímpica. Tem de começar-se
já a apoiar esta geração, se não
eles perdem-se. Falo como representante dos atletas e
quem obtém resultados que
remetem para alto rendimento merecia uma bolsa.

Preconiza alguma solução?
—Podemos tentar atrair patrocinadores ou investidores,
ou rentabilizar melhor os dinheiros que vêm para o alto
rendimento. Temos de valorizar mais o judo pelos seus valores e como desporto consagrado pela UNESCO.

Por vezes passa
fome na perda de
peso, mas o sistema
de dupla pesagem
é-lhe vantajoso
bbb Não é gulosa, mas muitas

vezes tem de recusar “uma
boa mousse de chocolate”. Afinal, as dietas são um pesadelo
para qualquer judoca e Joana
tem períodos em que passa
fome. “Quando fazemos dieta
ficamos um pouco desidratados e com fome, mas para mim
basta ter uma alimentação regrada. E, apesar da dieta, há
que ingerir hidratos de carbono para termos energia para
treinar. A seguir ao treino de
musculação, bebi leite com
chocolate. É proteína com hidratos e agora [hora de almoço] não tenho fome.”
Para uma atleta que costuma
pesar 55/56 quilos, o atual esquema de dupla pesagem antes das provas é benéfica.
“Compito sempre com 54/54
quilos e meio, porque só na
véspera é preciso ter 52 quilos
e isso é uma mais-valia pela
minha idade. Na pesagem do
dia da prova, são sorteadas

quatro atletas que só podem
ter cinco por cento de peso a
mais. No caso da Telma, penso
que pode ter 59, 60 quilos”, diz
Joana, acrescentando que basta começar a beber água e um
bom jantar “para ganhar logo
um quilo.”
Dietas à parte, Joana adora
“comida portuguesa a sério”
e não dispensa “um bom cozido à portuguesa, arroz de cabidela ou arroz de lampreia”.
Na hora de preparar as refeições é que a preguiça leva a
melhor, pelo menos no que
toca à gastronomia portuguesa. “Gosto de cozinhar, mas
curiosamente não tenho
muito jeito para a cozinha
portuguesa e deixo isso para a
minha mãe”, conta Joana que
gosta de fazer risotos, massa
e sushi, com o qual estabelece
uma analogia curiosa. “Quando faço sushi parece mesmo
que estou a treinar judo. Não
pode ser à bruta, nem com
muita pressa. Todos os passos
têm de ser verificados. Temos
de ser minuciosos quando
aprendemos judo e quando
fazemos sushi”, sublinha Joana que está no terceiro ano da
licenciatura em Direito.

Cicatrizes são
como medalhas
bbb Joana tem algumas mar-

cas no corpo que já nem se
preocupa em esconder. “Estas
cicatrizes são medalhas”, diz,

enquanto nos mostra o local
onde foi operada às hérnias na
cervic
cervical. Este ano, em Abu
Dhabi
Dhabi, também ficou com a
cara em mau estado. “Saí de
um co
combate que até ganhei e
tinha rebentado os dedos,
doíam
doíam-me imenso. De repente, o Jo
João Neto, que estava comigo, diz ‘Joana, olha a tua
cara!’. T
Tinha a cara toda negra
e uma
um alto gigante no nariz e na
testa. Acontece frequentemente
mente.”
Poré
Porém, para uma “rapariga
bastan
bastante vaidosa”, Joana já
teve de superar momentos doloroso
lorosos, como a queda de cabelo que a afeta desde 2010. “Na
altura tive pânico de entrar
em pro
provas. O meu cabelo caiu
quase todo e foi muito difícil,
quand
quando estava perante fotógrafos
grafos. Pensava “ó meu Deus,
todos v
vão descobrir”. Depois,
aceite
aceitei a doença, percebi que
quem gosta de mim não me ia
ju
julgar e ainda tenho algum esperança de voltar a
ma
te todo o meu cabelo.”
ter

34

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

MODALIDADES

BASQUETEBOL Adeptos ovacionaram LeBron James no regresso à casa dos Heat, que também o

presentearam com um vídeo de tributo. Só no final não permitiram que fosse ele a festejar

Miami sem cerimónias
bbb Mais de cinco meses de-

pois de anunciar que voltava
a Cleveland, onde jogara entre 2003 e 2010, LeBron James foi recebido na American
Airlines Arena para o primeiro reencontro da fase regular
com uma ovação mal foi chamado na apresentação das
equipas. O King vestiu a camisola de Miami durante
quatro temporadas, alcançando dois títulos em quatro
presenças em Finals, memórias que fizeram parte de um
vídeo de tributo, mostrado
num desconto de tempo durante o primeiro período e
que levou a mais aplausos.
Houve ainda um abraço entusiasta de Dwyane Wade –
os ex-colegas e amigos passaram a Consoada juntos –, que,
com 24 dos 31 pontos feitos
na primeira parte, foi a principal figura do regresso dos
Heat às vitórias (101-91), após
o surpreendente desaire perante Philadelphia. LeBron

James marcou 30 pontos, mas
desperdiçou oito lances-livres de 18 tentativas. “É difícil jogar nestas circunstâncias. São muitas emoções”,
afirmou, acrescentando sentir falta dos ex-companheiros. Mesmo afetivo foi o discurso do jogador em relação

NBA

aos adeptos ou quanto à possibilidade de um dia ver retirada a camisola 6 que vestiu
entre 2010 e 2014. “É um assunto que diz respeito à organização. Fiz o suficiente para
isso. Se o fizerem, estarei na
cerimónia. Caso contrário,
fico em casa.”

BOSTON BROOKLYN 109-107

Jeff Green
Tyler Zeller
Jameer Nelson

22 Pts
9 Res
8 Ass

27
12
5

Jarrett Jack
Mason Plumlee
Jarrett Jack

MIAMI-CLEVELAND 101-91

Dwyane Wade
Deng/Andersen
Luol Deng

31 Pts
8 Res
8 Ass

30
LeBron James
9 Tristan Thompson
8
LeBron James

CHICAGO-LA LAKERS 113-93

Pau Gasol
Pau Gasol
Brooks/Rose

23 Pts
13 Res
6 Ass

19
14
8

Wesley Johnson
Ed Davis
Ronie Price

SAN ANTONIO-OKLAHOMA 106-114

Matt Bonner
Ginobili/Splitter
Manu Ginobili

17 Pts
7 Res
13 Ass

34 Russell Westbrook
15
Steven Adams
11 Russell Westbrook

LA CLIPPERS-GOLDEN STATE 100-86

Jamal Crawford
Blake Griffin
Blake Griffin

24 Pts
15 Res
6 Ass

15
13
7

Klay Thomspon
Harrison Barnes
Stephen Curry

Quatro
pontos de
Jarrett Jack
(27 pontos)
nos últimos
30 segundos deram a
Brooklyn o
triunfo
sobre
Boston
(109-107)

REENCONTRO KOBE
E GASOL ABRAÇADOS

Jogador com mais partidas a
25 de dezembro (15), Kobe
Bryant descansou neste ano
e falhou o segundo jogo
seguido, ausência que
justificou com “coisas da
idade”. A Mamba Negra
assistiu de fora à vitória de
Chicago sobre os Lakers (11393) e reviu o ex-companheiro Pau Gasol, que passou seis
anos em Los Angeles. No
final do jogo, os jogadores
abraçaram-se, tendo novo
reencontro marcado para 29
de janeiro. —C.D.

PANCADARIA ACY
E WALL CASTIGADOS

RESULTADOS E DESTAQUES

EPA/RHONA WISE

CATARINA DOMINGOS

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

LeBron abraçou o ex-companheiro Dwyane Wade

Protagonistas das cenas de
pancadaria no jogo entre
New York e Washington (91102), em pleno Dia de Natal,
Quincy Acy e John Wall já
conhecem os castigos que
lhes foram aplicados. A NBA
decidiu punir o extremo dos
Knicks com um jogo de
suspensão por ter provocado
o desentendimento,
enquanto o base dos Wizards
tem de pagar uma multa de
15 mil dólares (mais de 12 mil
euros) por ter reagido. —C.D.
PUB

CADERNO COMERCIAL | EDIÇÃO NORTE
Sábado 27 de dezembro de 2014

PARA ANUNCIAR www.ocasiao.pt | 800 200 226 (chamada grátis) | anunciar@ocasiao.pt | ENCONTRE EM www.lojadojornal.pt | A LOJA MAIS PERTO DE SI.

VEÍCULOS

ENSINO

CASAS

EMPREGO

DIVERSOS

RELAX

Concerto
de ano novo
[ BANDA DE MÚSICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE TORRES VEDRAS
CONVIDA HERMAN JOSÉ ]
de reputadas bandas profissionais do
nosso país. Constituída por um quadro
efetivo de 60 músicos, com idades compreendidas entre os 10 e os 70 anos, é
um local por excelência de partilha de
conhecimentos e vivências musicais bem
como um espaço de convivência que
proporciona um ambiente onde o espírito
de solidariedade e companheirismo são
incentivados.
O próximo concerto no dia 3 de janeiro
de 2015 no Pavilhão Multiusos da ExpoTorres pelas 21,30 horas, o Concerto de
Ano Novo com Herman José, é também
um dos projetos inovadores que a BBVTV
tem vindo a promover anualmente. Esta
será a quarta edição deste evento, tendo
a BBVTV convidado, em anos anteriores,

VEÍCULOS

CASAS

venda

€€ COMPRO €€

MERCEDES 190
DIESEL

CARROS, JIPES, AUTOCARAVANAS, MOTOS

Caixa de 5 velocidades. A.B.S
vidros elétricos, teto, jantes especiais, 260.000 kms . Ano 1992
Irrepreensível

918447430 ☎ 933054310

www.compramosviaturas.com

CLASSIFICADOS 

ARCOZELO / GAIA
☎ 917 816 294

Contacto: 916951855

COMPRO
VIATURAS

A pronto pagamento
a partir de 2001.
Desloco-me.
☎ 911 765 370

- 2 CASAS 1ªANDAR 50m²
- E 75m²(T2) V. PARAÍSO
- MORADIA NOVA T4

MIRAMAR (tudo em GAIA)
Respect. €245 e €285 e €850/Mês
Sou o Próprio, só Alugo c/ IRS,
fiador, etc... ☎ 914991401

arrendamentos//norte

Todos remodelados
Próximo do Carvalhido
Rua S. Dinis / Porto.
Próximo das Faculdades
Transportes à porta
☎ 911504138

CENTRO DE GAIA

PARA O REINO UNIDO
Senhora com + de
50 anos
C/ Inglês fluente
00447922545382
Envie mensagem

Precisa-se (m/f)

COZINHEIRO /
AJUDANTE DE COZINHA

Para churrasqueira-restaurante
Rua da Rechousa, 785
Canelas, Gaia
227126702 / 918477717

MUDANÇAS (★MESTRE SILA★)

20 Euros / hora

Camião + 2 homens

CASAS ESCRITÓRIOS, ETC.

Desmontamos e montamos
Equipa profissional

917961121

EMPREGADA

COSTUREIRA
Já especializada em cortinas, estores, colchas etc.
Área do Porto

PORTO - 969004049

DOMÉSTICA
INTERNA
☎ 969593575

Empilhadora 4,5TL - com
colunas laterais c/ ex de
velocidades marca BONSER,
só 5.000€ - Iman permanente
500kg, aparelho de soldar a
gasóleo de 350 Amp.

918345447

☎ 964099125

QUARTO INDEPENDENTE

ALUGA-SE OU VENDE-SE
COM

LOJA 154 m²
Na Rua dos Vanzeleres, 318
(Próx. à Casa da Música)

Dinâmica

VENDO

m/f

FRANÇA

Pintor Automóvel

Com serventia de
cozinha, lavandaria,
wc, TV Cabo, Internet.

PLAQUISTAS M/F
EMASSADORES
ESTUCADORES e
PINTORES

914087685

Contacto: 917069079

☎ 932346568

Com muita experiência,
responsável, dinâmico.
Para trabalhar na zona de
Gaia.
☎ 911 504 134

Resultados prováveis em 3
dias, ± 100% sejam quais forem
os seus problemas. Por favor
contacte grande médium com
21 anos de experiência! Ajuda-o em todos os seus problemas
de amor, dinheiro trabalho,
álcool, droga, cigarro, etc. Por
correspondência. Consultas:
R. Santos Pousada, 686 - 1.º
4000-480 Porto

• 968589269 •
220187389 • 917443987
Pagamento depois do resultado

RELAX
linhas

ANDAR-MORADIA
T2+1 • AZURARA
Junto à ponte do Rio Ave - Vila do
Conde. Mobilado, c/ garagem. Magnífica vista panorâmica p/rio e mar.
Renda: 300€/mês. O próprio.
252642033 ☎ 967267764

CASAS

Próximo C.C. Plaza
e Via Catarina

PERTO DO METRO

Equipado, c/ varanda p/ o exterior, em prédio todo recuperado

☎ 911504138

Telem. 918883684

DIVERSOS

outros

ALUGA-SE T2 APARTAMENTO T1+1 TRESPASSA-SE
TODO RESTAURADO

TELEFONISTA

outros

Com banho privativo, zona de
Bonfim/Campanhã - 200 €
Inclui água, luz, roupa
de cama e banho e limpeza

PORTO

CASAS

DIVERSOS

procuram-se

ALUGA-SE T1+1

QUARTOS

ALUGA-SE T2 / T2+1

EMPREGO

arrendamentos//norte

A sua viatura

Todo o País - Vamos ao local
Pagamento a dinheiro na hora

reconhecidos artistas como a Anabela,
Fernando Tordo, Rui Drummond e Vânia
Fernandes e os “One Vision”.
Este ano a BBVTV convida Herman
José para um espetáculo original no
qual o artista vai partilhar o palco com a
BBVTV. O concerto de uma hora e meia
será dividido numa primeira parte preenchida com repertório para banda sinfónica e numa segunda parte com os
temas mais conhecidos de Herman José
acompanhados pela banda.
Na primeira parte a banda irá interpretar um repertório sofisticado, que
irá certamente proporcionar ao público
momentos arrebatadores e permitir experimentar uma miríade de emoções às
quais ninguém vai ficar indiferente. //

(M/F)

A

Banda de Musica dos Bombeiros Voluntários de Torres
Vedras (BBVTV), atualmente
dirigida pelo maestro Rui Silva, começa a ser uma das referências e um dos polos por excelência
da cultura bandística em Portugal, não
só pela qualidade performativa que tem
vindo a apresentar, mas também pelo número de projetos que tem desenvolvido
nos últimos anos.
A banda é, na sua essência, um nicho
de aprendizagem na qual têm nascido
verdadeiros talentos musicais. Reflexo
disso é o elevado número de músicos profissionais que iniciaram o seu percurso
musical nesta banda e que hoje, além de
continuarem ligados a ela, fazem parte

Padaria e Pastelaria

Excelente localização
e Oportunidade
Avª Republica - GAIA
☎ 936512997 / 939333331

outros

SALÃO
ESTÉTICA E CABELEIREIRO
ÁGUAS SANTAS - MAIA
Ótima oportunidade 5.000 € Neg.
964448636 - 229737590

CEDÊNCIA DE POSIÇÃO
CAFETARIA - PASTELARIA - PADARIA
5.000 €
VILA NOVA GAIA

☎ 926152968

PORTÕES AUTOMÁTICOS
Venda e instalação de portas seccionadas para garagem e automatismos para
portões. Assistência técnica
a particulares e condomínios.
☎ 914153940

BRAGA TRAVESTY MULATONA
Praça de Bocage. Exótica boazona,
act/pass grande dte, botão rosa, pt
xxl, o... nat, Bjo boca! ☎ 962666480
/ 912159279 

O sí o certo
para anunciar.

A BRAGA TRAVESTY
Praça do Bocage. mulatona exótica. Praça O...natural, botão de
rosa, dote grande. Peito xxl, act.
100%, pass., foto real, s/enganos.
Últimos dias. Tel.: 962666480 /
912159279

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

EGO JUVENIL

A não ser que...

O

que será surpreendente
não é se Bruno de
Carvalho já se tiver
decidido a despedir Marco
Silva. Acredito, apesar das
declarações de ontem, que já o
tenha feito. O que é surpreendente é que Marco Silva ainda
não tenha decidido despedir-se
do Sporting. Espero que esteja
a tentar proteger o dinheiro.
Esteja a tentar proteger os
jogadores e continuará mais
verde do que aquilo que eu
pensava. Não o digo por
cinismo. Saia pelo seu próprio
pé ou à força, Marco deixará
sempre o balneário sozinho.
Não querer ficar com esse ónus
tem tanto de cavaleiro andante
como de inconsequente, e
nenhum profissional consolidado dá um gigantesco passo
atrás na carreira apenas por
egocentrismo.

O

Mourinho que se
desculpa por críticas
feitas a Allardyce não é
um bonzinho, assim como o
que fazia bullying sobre
Wenger, Benítez ou Mancini
não era um mauzão. Mourinho
desculpou-se publicamente
perante Allardyce porque os
interesses em jogo assim o
aconselhavam. Ainda faltam
Jaime Pacheco, Rui Jorge,
Ranieri, Zeman, Valdano,
Cruijff, Jesus...

VAMOS A MEIO

No máximo a meio

N

ão há surpresa na
promessa de Jorge
Mendes segundo a qual
Ronaldo não se reformará
antes dos 40 anos. Alguém que,
no limiar dos 30, ainda não fala
de outra coisa senão em crescer
é alguém por cuja cabeça o fim
nem sequer passa. E além
disso, batidos os recordes
todos, haverá muito por fazer
na MLS.

Um touro dentro de um Carocha

As mais sexy de 2014 em revista

José Afonso Sousa lançou recentemente
“O Volkswagen Carocha em Portugal”,
livro que conta a história do carro que
Hitler encomendou à Porshe e bateu todos
os recordes de vendas e popularidade. No
Só Conversa deste domingo.

Passaram ao longo do ano pelos estádios de
futebol portugueses para verem jogar os
seus “mais que tudo”. Mas passaram
também nas páginas da J, em produções
sensuais e entrevistas onde levantaram um
pouco o véu sobre as suas vidas.

Deco é uma das estrelas
do jogo de Zico no Maracanã
Palco de sete jogos do
Mundial, entre eles a final,
entre Alemanha e Argentina, o Maracanã volta a
receber estrelas do futebol
mundial. É hoje o tradicional Jogo das Estrelas,
organizado por Zico
HÉLIO ARAÚJO,

MOURINHO DIXIT
Vale o que vale

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

7

PAÍSES COMO
TREINADOR
Zico só vestiu a
camisola de três
clubes: Flamengo
(18 épocas),
Udinese e Kashima.
Como técnico já
conheceu sete
equipas: Kashima
(Japão),
Fenerbahçe
(Turquia),
Bunyodkor
(Uzbequistão),
CSKA de Moscovo
(Rússia),
Olympiacos
(Grécia), Al-Gharafa
(Catar), Goa (Índia)
e as seleções de
Japão e Iraque.

no Rio de Janeiro
bbb Deco, que foi campeão
europeu pelo FC Porto e pelo
Barcelona, é um dos convidados do Jogo das Estrelas, que se
realiza hoje. A partida teve a
primeira edição em 2004 e
contou desde então com o talento de grandes nomes do futebol brasileiro e mundial, graças à importância e ao carisma
do anfitrião Zico. Este ano, porém, a ideia foi homenagear jogadores estrangeiros que
atuam ou já o fizeram no Brasil. E a organização caprichou:
jamais foram reunidos tantos
nomes de peso para o já tradicional evento beneficente de
fim de ano no Maracanã.
“Eu arrisco dizer que é o Jogo
das Estrelas mais recheado dos
últimos tempos. O público
gosta sempre de ver ídolos do
passado e do presente. Muitos
deles fizeram história por aqui,
mas nem sequer receberam
uma homenagem no nosso
país”, começou por referir Júnior Coimbra. “Tê-los no nosso evento é uma forma de agradecer o que fizeram pelo nosso
futebol. É muito legal conseguir reunir tanta gente boa
para jogar no grande palco do
nosso futebol”, prosseguiu o
organizador e filho de Zico.
Dos 15 estrangeiros já confirmados para a partida deste sábado, o único que não teve a

Action Images

neto.joel@gmail.com

ESTA SEMANA NA REVISTA

Fora
da caixa
Joel Neto

OBSERVATORIO

36

Deco e Zico reencontram-se, esta tarde, no Maracanã, no Jogo das Estrelas
oportunidade de jogar no futebol brasileiro foi Etcheverry, o
bolivianoresponsávelpelaprimeira derrota de sempre do
Brasil em eliminatórias para
campeonatos do mundo, em
1993.
“Digamos que o Etcheverry
chega como nosso convidado
especial. Só teremos craques
em campo e faremos uma mistura interessante. Alguns deles participarão no Jogo das Estrelas pela primeira vez, como
o Robinho, por exemplo”, sublinhou Júnior Coimbra, con-

victo de que o público comparecerá em grande número:
“Tornou-se um evento desportivo da cidade e do Brasil e
pela venda antecipada percebemos que o público comparecerá em grande número novamente”, completou.
A lista dos estrangeiros para
a 11.ª edição do Jogo das Estrelas conta com Seedorf, Petkovic,RodolfoRodriguez,“Gato”
Fernández,DarioPereyra,Hugo de León, Figueroa, Romerito, Asprilla, Rivarola, Mancuso, Sérgio Ramirez, Etche-

verry, Aristizábal e “El Tigre”
Ramirez.
Já os brasileiros que já confirmaram a presença são: Robinho, Deco, Edmundo, Émerson Sheik, Juninho Pernambucano, Carlos Germano,
Wallace, Lucas Silva (Cruzeiro), Falcão (Futsal) Júnior, Sávio, Renato Gaúcho, Leonardo, Vampeta, Serginho (ExMilan), Émerson (ex-Grémio
e Real Madrid), Roger (ex-Benfica), Zinho, Luisinho Quintanilha, Mílton Cruz e Arturzinho.

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

37

Sétimo dia
José
Manuel
Ribeiro

jm.ribeiro@ojogo.pt

Há saldos para os erros dos árbitros?

Quem tomou o caminho
inédito (e até saudável,
desde que devidamente
ponderado) da responsabilização dos dirigentes foi
Bruno de Carvalho com os
processos a Godinho Lopes,
Luís Duque e Carlos Freitas.
Nessa altura, já tinha
assinado um insólito
contrato de quatro anos
com o treinador Marco
Silva. Quatro anos é muito
tempo e, sobretudo, muito
dinheiro. Um documento
assim exige certezas
absolutas, conhecimento
de causa e sintonia em
todos os capítulos. Não é o
tipo de contrato que possa
ser assinado por uma
direção que pretende impor
contratações indesejadas,
por exemplo, ou interferir,
mesmo que ao de leve, nas
escolhas técnicas. Não são
duas vias conciliáveis. Se
a decisão
Marco Silva foi uma
e
errada de Bruno de
rro
Carvalho, foi um erro
dioso e
tremendo, dispendioso
car a
impossível de assacar
ssoa. É
qualquer outra pessoa.
necessária muita
convicção para
assinar um
o
contrato de quatro
anos, cuja
validade, ainda
por cima, ultrapassa o mandato
da direção. Que
confiança
transmitiria,
relativamente às
decisões futuras
do presidente,
rasgá-lo ao fim de
seis meses?

Pedro Rocha / Global Imagens

Bruno de
Carvalho
Quatro anos
é muita
certeza

DOMINGO VENHAM AS NOTAS
DOS ÁRBITROS DO BENFICA

SEGUNDA-FEIRA MATRIMÓNIO
IMPROVÁVEL NA PEDREIRA

QUARTA-FEIRA A MÍSTICA
AFUNDOU EM 2013/14

A

T

alta a mística ao FC Porto”. Se alguém
conhece a etimologia da palavra é
Jorge Costa, autor da frase na nossa
edição de quarta-feira, mas o dicionário não ajuda
os demais a percebê-la. Mística é “uma atitude
coletiva afetivamente assente na devoção a uma
ideia, uma causa, uma personalidade, um clube,
etc.”. Não se impõe, não se ensina, não se distribui
em manuais aos novos jogadores e não é garantido
que os velhos a tenham assimilado só por serem
portugueses ou porque nasceram na casa. Não há
forma, legal pelo menos, de pôr um jogador do FC
Porto “doente” quando perde com o Benfica. Mas
é indiscutível que é mais difícil construir e
manter uma identidade quando praticamente
nunca há jogadores com mais de três anos no
clube. Entre os muitos privilégios que Jorge Jesus
teve no Benfica, dispor de Luisão, já no sexto ano
em Lisboa nessa altura, e Nuno Gomes não foi dos
menos relevantes. Ao FC Porto, eventualmente
por razões menos estruturais do que pontuais, foi
mais difícil ancorar jogadores, pelo menos
jogadores proeminentes, que fossem fazendo a
ponte entre gerações. Numa época de reforma
total, como esta, a falta desses elementos nota-se
ainda mais. É uma doença decorrente do atual
modo de vida das grandes equipas portuguesas e
sem uma cura tão clara como às vezes se sugere.
Nunca, neste século, o FC Porto fez um apelo tão
grande à mística como em 2013/14, primeiro com
o ultraportista Josué e os portistas Licá e Ricardo,
depois com o resgate de Quaresma, e esse plantel
levou com o carimbo, unânime, de pior de
sempre. Com muito exagero, mas levou.

palavra está certa: a arbitragem é um
sistema. Dias da Cunha não falhou na
semântica; falhou na lógica. A arbitragem
não só tem de ser um sistema como precisa de
provar, continuamente, que continua a ser um
sistema, para não pôr tudo em causa. Quando
sucedem os erros em cadeia que se têm visto nos
jogos do Benfica, e que logo são interpretados das
piores maneiras, é fundamental que o Conselho
de Arbitragem da FPF desça do Olimpo e sossegue
as pessoas da única maneira possível: mostrando
que o sistema está a funcionar, isto é, que os erros,
vári
riios deles com peso na atual classificação do
vários
campeonato foram devidamente punidos
campeonato,
do árbitros assistentes que os
nas notas dos
cometeram As falhas humanas são
cometeram.
inevitáveis; as falhas do sistema são
intoleráveis Quando estes incidentes
intoleráveis.
acont
acontecem, Vítor Pereira tem a
obr
obrigação
de mostrar às pessoas
que a estrutura funciona: os
de
deslizes
destes senhores foram
gra
graves,
por isso levaram a
de
determinadas
classificações que
ter tais e tais consequências.
terão
P
Porque
realmente sério não é
q a arbitragem falhe, mesmo
que
qu pareça beneficiar invariaque
vel
velmente
a mesma equipa. Séria
e
é a eventualidade,
essa sim
insu
insuportável,
de que os árbitros
cau estejam a ser premiados
em causa
por isso.

endo Bruno de Carvalho sobrevivido
incólume a Leonardo Jardim, já com três
divórcios repentinos às costas (Beira-Mar,
Braga e Olympiacos) e a fama de ser teso nas
discussões, quem tinha tudo para ser o casal
problemático de 2014/15 eram António Salvador
e esses setenta quilos de nitroglicerina chamados
Sérgio Conceição. Os augúrios adensaram-se
quando a época pareceu descarrilar como as
anteriores do Braga, embora um bom observador
já intuísse, nessa altura, que o problema podia
estar num calendário inicial demasiado severo
para uma equipa muito alterada. Assim que ele, o
calendário, aliviou, Conceição fez o milagre de
estabilizar um par de defesas-centrais – coisa
nunca vista desde a primeira época de Domingos
Paciência –, assentou o resto do onze, domesticou
Rafa (o Brahimi do Braga) e começou a ganhar o
que lhe apareceu na frente. Se não houvesse Nani,
a equipa seria comparável à do Sporting, jogador a
jogador, e ganharia em várias posições, incluindo
nalgumas inesperadas, como a de William
Carvalho (Danilo). É uma equipa furiosa, como
tinha de ser, e imune às conversas da treta. Falouse do árbitro, que Jorge Jesus procurou condicionar quando quis impor uma arbitragem caseira na
eliminatória da Taça, mas as referências às faltas
feitas pelo Braga no jogo do campeonato condicionavam era os jogadores bracarenses – e nenhum
vacilou. Atendendo à diferença de recursos do V.
Guimarães, é um terceiro classificado lógico nesta
altura.

“F

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

38

EUROSPORT 1

DESTAQUE
SPORT TV1
13H30. Futebol:
Liga Belga
Genk vs Oostende
SPORT TV1
17H00. Futebol:
Liga Belga
St. Liège vs Lokeren

Andebol
Torneio Inter Municipal Vale do Côa
Portugal vs Roménia

SPORT TV2
20h30. Basquetebol: NBA
LA Clippers
vs Toronto Raptors

21h00 Sport TV1

Pinhel recebe um dos jogos de preparação da nossa seleção
frente à Roménia, integrados no Torneio Inter Municipal Vale
do Côa. Os próximos estão calendarizados para os dois dias
seguintes, em Mêda e Figueira de Castelo Rodrigo.

SPORT TV 3

SPORTING TV

08:55 Futebol: Liga Belga - Anderlecht
vs Westerloo
10:45 Desportos Vários: Revista
Desportiva do Ano Modalidades
13:30 Futebol: Liga Belga - Genk vs
Oostende (direto)
15:30 Futebol: Magazine Footbrazil
16:00 Futebol: Histórias do Mundial
17:00 Futebol: Liga Belga - St. Liège vs
Lokeren (direto)
18:55 Futebol Internacional: Revista
Desportiva do Ano
20:05 Futebol Internacional: Revista
Desportiva do Ano
21:00 Andebol: Jogo de Preparação Portugal vs Roménia (direto)
23:00 Informação: Últimas Notícias
(direto)
23:40 Futebol: Liga Espanhola Clássicos do Ano - Valência vs vs
At. Madrid

09:20 Desportos Radicais: O Mundo
ao Contrário
10:20 Wrestling: Raw
12:00 Andebol: Europeu/Final
Feminina - Noruega vs Espanha
14:00 Surf: Circuiro WCT - Surf Report
15:30 Desportos Americanos: NFL GameDay
16:00 Desportos Americanos:NHL New York Rangers vs
Washington Capitals
18:00 Desportos de Inverno: Air &
Style Tour - Pequim
19:30 Wrestling: Nxt
20:20 Surf: Circuito WCT - Target Maui
Pro - Resumo
21.10 Surf: Circuiro WCT - Surf Report
22:40 Surf: Big Wave Punta Galea
Challenge
00:00 Desportos Americanos: NFL GameDay
00:30 Desportos Americanos: NHL Pittsburgh vs Washington
(direto)

09:00 Râguebi: Sporting vs Benfica
11:00 Do Fundo da Rede - Especial
Natal
12:30 Nomes Que Brilham
13:30 Topo da Tabela
14:30 Sócios Ao Vivo - Especial Natal
15:30 Circo de Natal Sporting
17:30 Futebol na Favela Pelada
19:30 Do Fundo da Rede - Especial
Natal
21:00 Sporting Grande Jornal
22:30 Ao Minuto
22:45 O Meu Sporting
23:00 A Nossa Fé
00:00 Nomes Que Brilham

09:10 Voleibol: Liga Mundial/Final EUA vs Brasil
12:10 Informação: Reverso da
Medalha
12:20 Voleibol: Liga Italiana Altotevere Città di CastelloSansepolcro vs Sir Safety
Perugia
14:10 Basquetebol:NBA - Boston
Celtics vs Brooklyn Nets
16:00 Andebol: Europeu/Final - França
vs Dinamarca
18:05 Râguebi: Heineken Cup/Final Toulon vs Saracens
20:00 Basquetebol: Magazine FIBA
Basketball
20:30 Basquetebol: NBA - LA Clippers
vs Toronto Raptors (direto)
23:00 Basquetebol: Mundial/Meiafinal - EUA vs Lituâna

SPORT TV 4
10:00 Golfe: Dubai Open - Resumo
11:00 Golfe: European Tour - Resumo
do Ano
12:00 Golfe: PGA Tour Latinoamérica Resumo
12:30 Golfe: Asian Tour - Golf Show
13:00 Ténis: ATP World Tour 1000 Final Toronto
15:30 Ténis: US Open - 3º Dia
22:10 Ténis: US Open - 4º Dia

TEMPO

0 16
O

Mínima

PORTO CANAL
09:30
11:00
11:30
12:00
12:30
13:30
14:00
14:30
15:00
17:00
18:30
19:00
20:00
21:00
22:00
23:30
00:00
01:00

90 Minutos à Porto
Pontos Cardeais
Caminhos da História
Maia - Cidade Europeia do
Desporto
Vida de Cão - Best Of
Territórios
Valter Hugo Mãe
Cinema Batalha - Especial Natal
Especial Circo de Natal
Porto Alive
Magazine Fim de Semana
Grandes Conversas
Jornal Diário
Concelhos e Negócios
Grandes Conversas - Pedro
Abrunhosa
Momentos Imperdíveis
Jornal Diário
Cadeira de Sonho

SPORT TV 5

BENFICA TV

10:00 Râguebi: ITM Cup - Final
12:00 Informação: Grelha de Partida Desportos Motorizados
13:30 Automobilismo: Fórmula E,
Pequim
15:10 Automobilismo: Fórmula E,
Malásia
16:55 Automobilismo: Fórmula E,
Uruguai
18:30 Automobilismo: FIA Endurance
Championship - Resumo do Ano
19:30 Motocrosse: Freestyle - IFMXF,
Rep. Checa
18:00 Desportos Motorizados:
Mundial - Balanço do Ano
21:55 Automobilismo: Mundial 1 Balanço
23:15 Desportos de Combate Combate Nacional - Odivelas Box
Cup 1
00:05 Râguebi: ITM Cup - Final

10:00
10:30
11:00
11:35
12:05
13:30
14:00
14:30
15:30
16:55

18:25
22:00
22:30
23:30
00:00

Benfica 10 Horas (direto)
Caixa Futebol Campus
O Top do Craque
Pelas Casas do Benfica
Basquetebol: Torneio Pedro
Raimundo - Portugal vs Cáceres
Corporate Club
Benfica 14 Horas (direto)
Off The Record
Cinema: Comboio Noturno Para
Lisboa
Basquetebol: Torneio Pedro
Raimundo - Benfica vs Bball
Córdoba
Basquetebol: Torneio Pedro
Raimundo (direto)
Benfica 21 Horas (direto)
E Pluribus Unum
Caixa Futebol Campus
Benfica 24 Horas (direto)

07:30 Biatlo: Taça do Mundo,
Eslovénia - Partida em massa,
masculinos
08:00 Saltos de Esqui: Taça do Mundo,
Suíça - HS 137
09:00 Patinagem Artística: Grand Prix,
Espanha
11:00 Desportos Vários: Magazine
Watts
12:30 Voleibol: Torneio Amigável,
Suíça - Volero Zurich vs Partizan
Vizura Beograd (direto)
14:30 Desportos Vários: Magazine
Watts
15:00 Voleibol: Torneio Amigável,
Suíça - Zarechie Odintsovo vs
Galatasaray Daikin Istanbul
(direto)
17:00 Desportos Vários: Magazine
Watts
17:30 Voleibol: Torneio Amigável,
Suíça - Volero Zurich vs Molico
Osasco (direto)
19:30 Desportos Vários: Magazine
Watts
20:00 Voleibol: Torneio Amigável,
Suíça - Zarechie Odintsovo vs
Cannes (direto)
22:00 Desportos Vários: Magazine
Watts
22:30 Pro Wrestling: Magazine This
Week on World Wrestling
Entertainment
23:00 Pro Wrestling: Vintage
Collection

SIC
05:05
06:00
06:35
08:20
09:10
12:15
13:00
14:00
14:20
14:45
16:50
20:00
21:50
22:50
22:55
23:50
00:50
01:40
02:50
04:25

Uma Aventura
Etnias
LOL
Disney Kids
Os Protegidos
O Nosso Mundo
Primeiro Jornal (direto)
Alta Definição
Fama Show
Filme: “A Corrida Para a
Montanha Mágica”
Filme: “Hobbit, Uma Viagem
Inesperada”
Jornal da Noite (direto)
Mar Salgado
Totoloto
Lado a Lado
Os Videos Mais Loucos do
Guinness World Records
Ray Donovan
EPT - Game of Champions
O Crime do Padre Amaro
Televendas

O

Máxima

Viana do Castelo

5º I 13º

Bragança

0º I 11º

Vila Real
Braga

2º I 13º

2º I 9º

PRÓXIMOS DIAS

Amanhã

Porto

Segunda-feira

4º I 13º
Aveiro

5º I 14º

Viseu

2º I 11º

Guarda

0º I 7º

Coimbra

4º I 12º

Castelo
Branco

Leiria

4º I 13º

2º I 13º

Portalegre

2º I 11º

Lisboa

6º I 13º
Évora

3º I 13º
MARÉS

Beja

4º I 14º

Norte Baixa-mar
00.10H-0,8 m // 12.50H-0,8 m
Norte Preia-mar
06.30H-3,4 m // 19.05H-3,1 m
Sul Baixa-mar
00.20H-0,9 m // 13.00H-0,9 m
Sul Preia-mar
07.00H-3,9 m // 19.35H-3,6 m

Faro

7º I 16º

EUROSPORT 2

SPORT TV 1

SPORT TV 2

07:30 Desportos Vários: Magazine
Watts
10:15 Esqui Alpino: Taça do Mundo,
Itália - Downhill masculino,
treinos (direto)
11:45 Desportos de Inverno:
Magazine Ski Pass
12:00 Saltos de Esqui: Taça do Mundo
- Torneio Quatro Trampolins,
Alemanha - HS 140
13:15 Saltos de Esqui: Taça do Mundo
- Torneio Quatro Trampolins,
Áustria - HS 130
14:15 Saltos de esqui: Taça do Mundo
- Torneio Quatro Trampolins,
Áustria - HS 140
15:15 Saltos de esqui: Taça do Mundo
- Torneio Quatro Trampolins,
Alemanha - HS 137, Qualificações
(direto)
16:45 Biatlo: World Team Challenge,
Alemanha (direto)
19:00 Desportos de Combate: Fight
Club
21:45 Hipismo: Magazine Horse
Racing Time
22:00 Desportos de Combate: King of
Kings, Polónia
23:00 Saltos de Esqui: Taça do Mundo
- Torneio Quatro Trampolins,
Alemanha - HS 137, qualificações

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

Açores
Limpo

Pouco
nublado

Madeira
Muito
nublado

Aguaceiros

RTP 1
06:30 Zig Zag
08:00 Bom Dia Portugal Fim de
Semana (direto)
10:45 Natal dos Hospitais
11:25 A Mãe do Senhor Ministro
13:00 Jornal da Tarde (direto)
14:15 Aqui Portugal (direto)
20:00 Telejornal (direto)
21:05 Chefs Academy - 2ª Temporada
22:45 Carlos do Carmo - Fado é Amor
00:35 Filme: “Capitães da Areia”
02:15 Janela Indiscreta
02:40 Hotel 5 Estrelas
03:20 Televendas
06:05 Escolhas do Consumidor

RTP 2
07:00
08:00
11:00
11:30
12:45
13:10
14:10
14:40
15:10
18:00
19:40
20:05
21:00
21:45
22:20
01:55

Euronews
Zig Zag
Consigo
Escolhas do Consumidor
Surf
Portugal 3.0
Ingrediente Secreto
Eurodeputados
Don Giovanni
A Lua e o Lago
Termas no Centro de Si
Sétima Legião
Jornal 2
Olhar a Moda
Ben-Hur
À Beira do Abismo - Os Jovens e a
Doença Mental
02:25 Toca a Todos - Concerto
03:55 Euronews

TVI
06:30
07:00
08:45
13:00
14:00
17:55
20:00
21:45
22:50
00:15
01:35
02:45

Animações
Kid Kanal
O Inspector Max
Jornal da Uma (direto)
Minissérie: “Gelo”
Sábado Especial
Jornal das 8 (direto)
Secret Story - Diário de Sábado
Jardins Proibidos
Secret Story - Fim de Semana
Ora Acerta
Filme: “Medidas Extraordinárias”
04:30 Batanetes
04:45 Tv Shop’s
06:15 Batanetes

Chuva

Trovoada

Neve

AGENDA

ANDEBOL
Torneio Inter Municipal
Vale do Côa Portugal-Roménia, 21h00,
Pavilhão Multiusos de
Pinhel.
Seleção nacional de
juniores A masculina Estágio de preparação para
a qualificação
do Campeonato do Mundo
sub-21/Brasil 2015,
a decorrer em Figueira de
Castelo Rodrigo, até dia 30.
ATLETISMO
São Silvestre de Lisboa,
partida às 17h30 da
Avenida da Liberdade
e chegada no mesmo local.
FUTEBOL
Juniores A - I Divisão - 17ª
Jornada - Zona Sul:
Sacavenense-Nacional,
15h00.
Juniores A - II Divisão - 13ª
Jornada - Série A:
Tirsense-Trofense, 15h00.
VOLEIBOL
Taça de Portugal - 2ª
eliminatória: AA
Coimbra-CV Lisboa, 15h00;
Santo Tirso-CV Espinho,
19h00.
Taça de Portugal
feminina - 2. eliminatória:
AA Coimbra-Juventude
Pacence, 15h00; Escola
Pedro
Lobato-Vilacondense,
17h00.

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

EXCITAÇÕES

39

AMANHÃ NA

Sónia
Pinto
Um brinde a 2015
Sónia Pinto, modelo de 26 anos, natural de Vila Pouca de Aguiar, vai
vestir uma lingerie azul na noite de 31 de dezembro. Acredita que
vai dar-lhe sorte para o novo ano. Antes disso, brindou com a J
numa sensual produção que oferecemos, este domingo, aos nossos
leitores. Sónia Pinto já foi capa da revista, em fevereiro de 2014, e o
sucesso foi tanto que aqui está ela novamente. E melhor do que
nunca! Na pequena entrevista que a modelo deu à J, falou do seu
Sporting, considerando que Marco Silva poderia ter feito mais pela
equipa até ao momento.

PROPRIEDADE Global Notícias, Publicações, S.A.
CONTRIBUINTE 500 096 791, Rua Gonçalo Cristóvão, 195,
4049-011 PORTO, TELEFONE 22 507 19 00 (Geral), FAX 22
507 19 99. Detentores de mais de 10% do capital da
empresa – CONTROLINVESTE CONTEÚDOS, S.A.
CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Daniel Proença de
Carvalho (Presidente), Vítor Ribeiro, José Carlos Lourenço,

Pedro Coimbra, Rolando Oliveira, Luís Montez e Jorge
Carreira (administradores) DIRETOR José Manuel Ribeiro
DIRETOR ADJUNTO Jorge Maia REDAÇÃO DO PORTO
Rua Gonçalo Cristóvão, 195, 4049-011 PORTO; REDAÇÃO
DE LISBOA Avenida da Liberdade, 266, 1250-149 LISBOA
ASSINATURAS LINHA DE APOIO 707 200 508 (Custo das
chamadas da rede fixa 0,10 eur/minuto e da rede móvel

0,25 eur/minuto, sendo ambas taxadas ao segundo após
o 1º minuto. Valores sujeitos a IVA) – E-mail:
apoiocliente@noticiasdirect.pt DEPARTAMENTO
COMERCIAL DIRETOR-GERAL COMERCIAL Luís Ferreira
DIREÇÃO COMERCIAL Paulo Pereira da Silva LISBOA:
Frederico Almeida Dias (agências), Luís Barradas (diretos)
PORTO: Vítor Cunha (agências e diretos)

IMPRESSÃO Naveprinter (Porto) EGF (Lisboa)
DISTRIBUIÇÃO VASP
Sociedade de Transportes e Distribuição Lda.
Tiragem média do mês de novembro 2014
(Decreto Lei 645/76) 32.506
Nº REGISTO ERC 110 487, DEPÓSITO LEGAL 7938/94,
ISSN 0872-2811

f facebook.com/diariodesportivo.ojogo
t twitter.com/ojogo

40
PORTO Rua Gonçalo Cristóvão, 195 – 4049-011 PORTO TELEFONE (Geral) 22 507 19 00 FAX (Redação) 22 507 19 99 E-MAIL (Geral)
geral@ojogo.pt (PUBLICIDADE) Porto - 22 209 61 47/36 E-MAIL publicidadenorte@controlinveste.pt INTERNET www.ojogo.pt
LISBOA Avenida da Liberdade, 266 – 1250-149 LISBOA TELEFONE (Geral) 21 318 75 00 FAX (Redação) 21 318 76 96 (PUBLICIDADE)
Lisboa - 21 318 77 81/84 – 21 318 74 76 E-MAIL publicidadesul@controlinveste.pt
ASSINATURAS Linha de apoio 707 200 508 (Custo das chamadas da rede fixa 0,10 eur/minuto e da rede móvel 0,25 eur/minuto, sendo
ambas taxadas ao segundo após o 1º minuto. Valores sujeitos a IVA) – E-MAIL apoiocliente@noticiasdirect.pt

Sábado, 27 dezembro 2014
www.ojogo.pt

ASSINATURAS 707 200 508
Das 7 às 18 horas, dias úteis.
E-mail: apoiocliente@noticiasdirect.pt
Custo das chamadas da rede fixa 0,10 eur/minuto e da rede móvel 0,25 eur/minuto,
sendo ambas taxadas ao segundo após o 1º minuto. Valores sujeitos a IVA

OUTROS JOGOS
CONCURSO Nº102/2014

8

9

19

25

49

2

10

27

45

49

2

3

16

24

27

43

7

8

23

36

48

10

3ª feira

CONCURSO Nº103/2014

17

26

6ª feira

CONCURSO Nº103/2014

1

4ª feira

CONCURSO Nº102/2014

7

Sábado

CONCURSO Nº51/2014

1 1 X 1 2 1 1 X X X X 2 X 0 1
CONCURSO Nº51/2014

9

9

4

6

1

CONCURSO Nº50/2014
1º Prémio

9

9

2

8

4

5

9

CONCURSO Nº52/2014
1º Prémio

1

1

9

5

7

AMARANTE ESTRELAS
DO FUTEBOL JUNTAS
PELA SOLIDARIEDADE

Jogo final
João
Araújo

Após o êxito de 2013, em que
foram angariadas três
toneladas de alimentos para
auxiliar famílias carenciadas,
a família do futebol volta a
reunir-se, a partir das 16 horas
de hoje, no Estádio Municipal de Amarante, sob o lema
“Jogamos juntos pela
Cáritas”. Este ano, para ver
Paulo Machado, Costinha,
Pedro Mendes, Rui Barros, o
treinador Manuel Cajuda ou
o estilista Luís Onofre, entre
outros, basta, à entrada,
entregar dois quilos de
alimentos.

joao.araujo@ojogo.pt

Zona de conforto
Bruno de Carvalho reconsiderou e
manteve Marco Silva, poupando ambos
ao prolongamento do “braço de ferro”

dr

S

ousa Cintra, ex-presidente do
Sporting, expiou publicamente o que
considerou um dos seus maiores
“pecados” na liderança dos leões: o despedimento de Robson, em 1993/94, após a
eliminação nos oitavos de final da Taça
UEFA, pelo Salzburgo. O Sporting era
segundo no campeonato, com os mesmos
pontos do líder Benfica (futuro campeão) e
do terceiro FC Porto, que ficaria à frente dos
verdes e brancos.
Vem esta recordação, naturalmente, a
propósito do risco de se assumirem ruturas
como o beco sem saída em que, aparentemente, Bruno de Carvalho entrara no
relacionamento, enquanto presidente e
treinador, com Marco Silva. Dirão os
detratores do técnico que a equipa está, à 14.ª
jornada, a dez pontos do topo da Liga e que
tem apresentado um futebol sofrível
perante adversários de menor estatuto,
casos dos recentes confrontos com Moreirense e Vizela, este para a Taça. Opiniões à
parte, o Sporting é o único dos três grandes
ainda em quatro frentes na viragem do ano,
o que deverá ser creditado a um treinador
que trabalha com um plantel carenciado,
sobretudo na defesa.
Perante a ameaça de um desfecho a recordar
Sousa Cintra, o presidente fez marcha atrás e
encontrou uma alternativa ao beco sem
saída, mantendo o treinador. O “braço de
ferro” iria, inevitavelmente, implicar
vencedores, vencidos e, claro, uma indemnização. Assim, tudo isto ficou, convenientemente na mesma e só o tempo familiar de
Bruno de Carvalho saiu prejudicado. Ainda
que tivesse abandonado o conforto do lar
para desmentir uma notícia inventada pela
comunicação social...

Jorge Mendes diz que Ronaldo não vai deixar de jogar antes dos 40 anos

FUTURO Empresário do jogador diz que CR7 é o melhor desportista

da história e que não vai terminar a carreira antes dos 40 anos

Ronaldo: o cinema
depois do futebol
No futuro, mesmo quando
deixar de jogar – o que não
deverá suceder antes dos
40 anos –, o capitão da
seleção portuguesa deverá
manter-se sob os holofotes. Quem o diz é Jorge
Mendes, agente do jogador
bbb Numa entrevista ao
“Globoesporte”, do Brasil, Jorge Mendes teceu diversos elogios a Cristiano Ronaldo, o
mais famoso dos seus representados, mas também fez revelações curiosas. Para começar, disse que acredita que continue a jogar até aos 40 anos.

“Conheço-o e sei que, se eu
lhe perguntar hoje, ele vai-me
dizer talvez mais três, quatro,
cinco anos, talvez até os 35.
Mas não vai encerrar a carreira
antes dos 40 anos. E será sempre a fazer golos e com grande
rendimento”, declarou o empresário, que considera CR7 “o
melhor jogador de todos os
tempos”. “É o melhor desportista da história, nunca iremos
encontrar alguém como ele”,
acrescentou, atribuindo-lhe a
maior responsabilidade na
transformação do Real Madrid.
Para o futuro do jogador,

ELEITO
“A diferença entre
ele e o segundo
melhor do mundo
é muito grande”
Jorge Mendes
Agente de Ronaldo

Mendes prevê que passe pelo
cinema: “É possível. Penso
que tem jeito para isso”.

MELHOR
DO MUNDO

O “The
Guardian”, de
Inglaterra,
promoveu
uma eleição
do melhor do
mundo. CR7
teve 74% dos
votos, contra
12% de Messi
e 8% de
Neuer.

BEIRA-MAR
PAULO ALVES
É APRESENTADO HOJE
Paulo Alves (na foto) é o novo
treinador do Beira-Mar e vai
ser apresentado, ao final da
manhã de hoje, no Municipal de Aveiro, após o treino
matinal. Ontem, num hotel
do Porto, Omar Scafuro,
presidente da SAD, Kal
Baiano, diretor da SAD para o
futebol, e Nuno Frechaut,
diretor desportivo, chegaram
a acordo com o técnico por
uma época e meia. Jorge
Neves, o treinador despedido, reafirmou ontem não
existir acordo para a rescisão
contratual.—J.M.V.