9 formas de provocar identificação com seu

protagonista.
By Diego Schutt on 04/08/2010 in inspiração
0
5
O ditado é velho e conhecido: ninguém é perfeito. Todos nós cometemos erros, temos problemas, preocupações, nos
sentimos culpados, temos arrependimentos, sofremos. Essas sãoexperiências que não podem ser vendidas separadamente da
vida.

O tempero da vida está justamente nos dramas pelos quais todos nós passamos, e a forma como superamos
dificuldades e obstáculos.
O mesmo se aplica à vida do protagonista de uma história.
Um personagem perfeito, sem falhas de caráter, medos, angústias, pontos fracos e comportamentos contraditórios não é
verossímil e não provoca identificação com os leitores, já que não há espaço para uma trajetória de transformação. Ainda
que os desejos específicos do personagem não sejam iguais aos dos leitores, a identificação pode ocorrer em níveis mais
profundos e simbólicos da experiência humana.
Conheça 9 formas de provocar identificação com o protagonista da sua história.

1. Desejo e Objetivo
Estabeleça com clareza qual o objeto de desejo ou objetivo do seu protagonista e o quão desesperadamente ele quer alcançar
esse objetivo. Torne isso visível em todas suas ações. Seja o mais específico possível. Quanto mais pessoal o desejo, mais
ele envolverá a imaginação do leitor. Se o objetivo do personagem é salvar o mundo de um ataque extra-terrestre, descubra
qual o seu motivo pessoal para fazê-lo.

2. Falhas e Defeitos
Todos nós temos pontos fracos, dificuldades físicas, emocionais e/ou sociais. Temos uma tendência de simpatizar com
pessoas mais frágeis ou em desvantagem, talvez porque todos já passamos por alguma situação onde nos sentimos assim.
Essa posição de desvantagem abre a possibilidade de crescimento e aprendizado. Ganhe o apoio dos leitores na torcida pela
superação das dificuldades do seu protagonista mostrando sua vulnerabilidade.

3. O que está em jogo
Assistir um jogo amistoso não tem a mesma emoção do que assistir uma final de campeonato. Jogar cartas por simples
prazer não exige tanto foco ou envolve tanta ansiedade quanto jogar por dinheiro. Em qualquer decisão, sempre há algo em
jogo. O que o protagonista tem a perder na busca de seu objetivo? O que acontecerá se ele não conseguir o que quer?

4. Diálogos e Ações
Há uma lacuna entre a descrição que se ouve de uma pessoa e nossa percepção quando a conhecemos pessoalmente. A
melhor forma de se conhecer alguém é conversando e observando suas atitudes. Use diálogos e cenas de ação para revelar a
personalidade do personagem. Faça cada ação mostrar algum aspecto de sua identidade.

5. Pressão e Tensão
Algumas pessoas mudam completamente quando estão sob pressão e isso revela muito a respeito de suas
personalidades. Operar em modo de emergência exige uma série de habilidades e controle emocional que muitos não tem
desenvolvidos. Coloque seu personagem em situações extremas e revele aspectos de sua personalidade através de suas
reações. Mostre ao leitor as situações que o personagem está disposto a enfrentar para conquistar aquilo que quer.

6. Erros

Ele está disposto a sofrer com o personagem contanto que se sinta recompensado de alguma forma no final da narrativa. Coloque o protagonista nessa situação. é preciso fazer com que o leitor se interesse pela história já nos primeiros parágrafos. Eles são vitais no processo de decisão de leitura do texto completo. 7. Isso acontece porque quando não temos envolvimento emocional direto com um problema. Leia sobre como captar a atenção do leitor já nas primeiras linhas. 8. há momentos em que se chega em um ponto onde as estruturas físicas e psíquicas estão prestes a explodir. mas quando o problema é nosso. Sempre temos teorias milagrosas de como tirar um amigo de uma situação indesejada. deixe escapar de suas mãos ou frustre suas expectativas quanto aos resultados alcançados. É preciso dar ao leitor um senso de progressão ao longo do enredo. mas ele não espera receber nada de mão beijada. Fundo do Poço Mesmo que muitos acreditem que não há nada tão ruim que não possa piorar. O leitor quer suas expectativas correspondidas. Mostre as pequenas conquistas do personagem e como elas o aproximam cada vez mais daquilo que ele quer. muitas vezes não vemos solução. ainda que seja óbvio para o leitor que outra decisão é mais sensata. Progresso Não queremos ver o protagonista fracassando o tempo todo. Crie tensão e conflito no enredo fazendo seu personagem tomar decisões erradas. ajude-o a se recompor ou termine a história por aqui mostrando ao leitor as causas e consequências de seu fracasso. Esse ponto é extremamente pessoal e cruzar esse limite é quase inimaginável. podemos ser mais objetivos e racionais em nossas avaliações.Resolver o problema dos outros é bem mais fácil do que resolver os nossos. Ilusão Duas emoções importantes usadas em histórias são frustração e recompensa. Deixe seu protagonista chegar bem perto ou mesmo conquistar aquilo que quer por um período de tempo limitado e. na sequência. 9. . Independente do desenvolvimento do seu protagonista em um personagem complexo ao longo da narrativa.