You are on page 1of 7

ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012

BETÃO ESTRUTURAL I – 2012.04.30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO

Apresente todos os cálculos de forma detalhada.
Dados gerais para a resolução de todos os problemas seguintes
− Betão da classe C25/30 com αcc = 1.0 e diagrama σ-ε parábola-rectângulo;
− Aço A500 NR com diagrama σ-ε com ramo superior horizontal;
− Situação de projecto persistente; Estados limites do tipo STR.
− Documento de referência: NP EN1992-1-1, 2010

1. (10.5 val.)
Considere a viga de dois tramos representada na Figura junta.
q

A

B

C

7.00

0.60

g

7.00
0.30

gk = 20 KN/m

(pp incluido)

qk = 15 KN/m

(ψ0 = 0.7; ψ1 = 0.5; ψ2 = 0.3 )

d = 0.55

a) Esquematize o carregamento, incluindo os factores de segurança, que permitem obter os
valores de cálculo dos seguintes efeitos (admita que as acções permanentes têm a mesma
origem):
1) Momento máximo positivo no tramo AB
(0.5)
2) Momento em B
(0.5)
3) Esforço transverso em A
(0.5)
4) Reacção mínima em A
(0.5)

Pág. 1/7

30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO b) Recorrendo ao formulário anexo.04.9 = 129. demonstrando que essa pormenorização respeita as disposições construtivas relevantes da NP EN 1992-1-1. Se não resolveu a alínea b).5 kN.8 kN O valor de MEd em B é obtido a partir do carregamento indicado em a.00 = 70. do formulário: VEd = 3/8 x 27 x 7. determine VEd em A e MEd em B. RA = 3/8 x (27 + 22.5 x 7.00 + 7/16 x 22. Tendo em conta que VEd em A = RA e que pode ser obtido pela configuração a. 2/7 fcd .9 + 68.9 + 68. Pormenorize as armaduras.5 x 7 x 7/2 = – 303. considere MEd = 300 KNm.9 = 139.00 = 70.5‰ Pág. As Fs s Fc 3.m c) Verifique a segurança ao EL último de flexão em B.9 x 7 – 49.ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012 BETÃO ESTRUTURAL I – 2012.5) x 7.3) tem-se. do formulário.2) Para esse carregamento tem-se.9 kN MEd = 129.

0035 x (0.4 cm2 (5φ20 = 15.6 / 500) .7 cm2) smin = max {k1 x φ .154 m x2 = 1.577 x x + 303.26 x b x d x (fctm / fyk) .128 x x2 – 2230.5 0.30 x 0.26 x 0. 3/7 .23 cm2 34 50 Verifique-se a configuração (5φ20 = 15.002175 Asmax = 0.ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012 BETÃO ESTRUTURAL I – 2012.7 cm2) Armaduras em cedência εs = 0. 20 + 5 .154 = 0.30 x 0.8095 x 0.8095 x b x fcd x x x (d .00144 m2 = 14.55} Asmin = max {0.8095 x 0.154) / 0.60 x 104 = 72 cm2 Asmin = max {0.3 x 16700 x 0. 0.55 – 0.04 x Ac = 0.000223 .8095 x b x fcd x x MRd = Fc x z = 0.5 1687.λ x) = 303.416 x) = 303.168 m Fc = 0.5 x 20 = 20 mm 3 x φ20 3 x 20 = 60 mm TOTAL 100 + 20 + 60 = 180 mm 4 s = 300 – 180 = 120 mm ⇒ s = 120 / 4 = 30 mm > 25 mm ( A configuração satisfaz) Pág.6 kN = Fs As = 624.55 – 0. 0.000223 m2 = 2. 10 mm} ⇒ smin = max {20 mm .0013 x b x d} Asmin = max {0.000215} = 0. 10 mm} = 25 mm Espaçamentos Faces laterais 2 x 50 = 100 mm 2 x 0.6 / (435 x 103) = 0. dg + k2 . 10 mm} Tomando φ = 20 mm e dg = 20 mm tem-se smin = max {1 x 20 .04 x 0.0091 > 0.55 x (2.5 = 0 x1 = 0.5 φ20 2 x 0.30 x 16700 x x x (0.30 x 0. 0.0013 x 0.04. 25 mm .30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO Fc = 0.154 = 624.

00056 x 0.8 kN e) Determine a que distância de A os estribos podem passar para φ6//0. (2.8 kN > 139.9 x d = 0.9 x 0. ν1 = 0.5 val. considere VEd = 140 KN.9 x 0.75 x d x (1 + cotg α) = 0. Estribos φ6//0.0 .30 x 0.54 x 16700 / [cotg (30°) + tg (30°)] = 461. Então VRd.495 x 0.0008 x 0.20) = 0.6 Afastamento longitudinal máximo SL.41 m > 0.5 / 500 = 0.10 (2 ramos) e bielas a 30º permitem satisfazer a segurança ao esforço transverso em A. z = 0.6 cm2 / m (Asw / s)min = ρmin x bw x sen α ρmin = 0.0 x 0. VRd. VRd = VRd. cnom = cmin + ∆cdev Pág.10 (2 ramos) dado que o espaçamento duplica.5 / fyk = 0.00028 x 0.ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012 BETÃO ESTRUTURAL I – 2012.max = 1.55 = 0.30 x 104 = 2.8 – 104. 4/7 .4 kN pode ser determinado por: y = (139.08 x 250.715 m 2.75 x 0.8 kN Estribos φ6//0. A distância y do apoio A em que o esforço transverso é igual a 104.55 x 435000 x cotg 30° = 104.s = 0.9 x 0.54 VRd.20 = 2.4) / 49.max = 0.4 kN Quando o diagrama de esforço transverso for inferior a 104.55 x 435000 x cotg 30° = 208.) Suponha que a estrutura que analisou no problema anterior está inserida num ambiente XC3.20.08 x fck0.8 cm2 / m que é superior à mínima e produz um esforço resistente de metade de estribos φ6//0.10 (2 ramos) (Asw / s) = 2 x 0.10 As armaduras satisfazem os requisitos regulamentares.20 (2 ramos) corresponde a (Asw / s) = 2 x 0.30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO d) Verifique que estribos φ6//0.10 = 5.4 kN pode-se mudar para estribos φ6//0.20.28 / 0.8 kN > 139.495.s (φ6//0.max = αcw x b x z x ν1 x fcd / (cotg θ + tg θ) αcw = 1.55 x (1 + cotg 90°) = 0. a) Determine o recobrimento nominal para uma vida útil de 50 anos.4 cm2 / m < 5.0008 (Asw / s)min = 0. Se não resolveu a alínea b).6 x (1 – fck / 250) = 0.04.28 / 0.5 = 0.

γ .dur + ∆cdur. admitindo estribos φ6 mm e armadura longitudinal composta por diâmetros φ20 mm. 3.02 / 2 = 0.φestribo – ½ φlong = 0. 5/7 .st = ∆cdur.75 0 00 (-) 0.04.add .∆cdur.60 – 0. 10 mm} Armadura longitudinal (φ = 20 mm) cmin.4N) ∆cdur.b .dur = 25 mm (Classe estrutural S4.4N) ∆cdur. 25 mm .05 4Ø16 2.5 0 00 0. 25 mm . 3.) Considere a secção rectangular e os dois possíveis diagramas de extensões indicados na Figura seguinte. 10 mm} cmin = max { cmin.30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO ∆cdev = 10 mm cmin = max { cmin. em termos práticos não seria necessário corrigir o valor de d.55.90 (-) (+) 4Ø20 0.035 – 0.40 1.dur + ∆cdur.add = 0 cmin = max { 20 mm .st = ∆cdur.b = 20 mm cmin.γ .006 – 0.add . 10 mm} = 25 mm cnom = cmin + ∆cdev = 25 + 10 = 35 mm b) Com base nesse valor de recobrimento.5 val. cmin. d. corrija o valor da altura útil. Quadro 4. Quadro 4. cmin.∆cdur. poder-se ia corrigir a altura útil para: d = h – cnom .γ = ∆cdur. 10 mm} = 25 mm Armadura transversal (φ = 6 mm) cmin. que usou no problema anterior.b = 6 mm cmin.0 0 00 1.γ = ∆cdur. ou seja.ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012 BETÃO ESTRUTURAL I – 2012. Atendendo aos resultados da alínea anterior. (4.05 0.∆cdur.add = 0 cmin = max { 6 mm .b .549 m ≈ 0.0 0 00 (1) (2) Pág.dur = 25 mm (Classe estrutural S4.st .st .∆cdur.

85 – 0.14 x 10-4 = 188.416 x 0.45 – 0.9 + 601.70 x 16700 = 3785.7 (C) + 3785. o estado limite último é definido pela ocorrência de uma extensão na fibra mais comprimida εc = . 0.90 x b) Determine o par de esforços (MRd.416 x x) MRd = 188.1 = 816.0035 x (0.05) + Fc x (h / 2 – 0.7 – 0. tratando-se de uma situação de flexão composta com compressão em que a linha neutra cai dentro da secção.7 kN (C) Fc = 0.05) + 349. 6/7 .70 m εs1 = 0. NRd) que corresponde ao diagrama (1).05) + Fs2 x (h / 2 – 0.5 / 4.30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO a) Justifique que ambos os diagramas correspondem a estado limite último.2.5 ‰.4 (T) + 349.45 – 0. embora de modo não uniforme). Profundidade da linha neutra: x = 0. O diagrama (1) representa um estado limite último uma vez que.4 + 139.7) MRd = 75.2 (C) = 3946.7 x (0.7) / 0.0 ‰ na fibra que dista 3/7 h da fibra mais comprimida.45 – 0.4 kN (T) εs2 = 0.3.00075 σs1 = εs1 x Es = 0.04.4 kN.90 x 3. o estado limite último é definido pela ocorrência de uma extensão εc = .05) / 0.40 x 0.4 x (0.01 x 10-4 = 349.00075 x 200 x 106 = 150 000 kN / m2 Fs1 = 150 000 x 4 x 3.8095 x 0.m Pág.00325 σs2 = 435 000 kN / m2 Fs2 = 435 000 x 4 x 2.5 = 0.0035 x (0.7 = 0.2 x (0.05) + 3785.7 = 0.2 kN (C) NRd = 188. O diagrama (2) representa um estado limite último uma vez que.5 kN (C) MRd = Fs1 x (h / 2 – 0.ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012 BETÃO ESTRUTURAL I – 2012. tratando-se de uma situação de flexão composta com compressão em que a linha neutra cai fora da secção (secção totalmente comprimida.

s = Asw z f ywd (cotgθ + cotgα )senα s θ = 30° α = 60° ou 90° r= VRd . s ( 60 º ) isto é. (2. em percentagem. a redução seria de (1 – 0. 577 ) × 0 . 866 z f ywd (cotg30º + cotg 60º ) sen 60º s ou seja.866 Asw ( 1 .4 % FORMULÁRIO p L 3 pL 8 p L 10 pL 8 L 3 pL 8 7 pL 16 Pág.732 + 0) × 1 = s = = 0. VRd . s ( 60 º ) Asw z f ywd (cotg30º +cotg90º ) sen 90º (1.866) = 0. s (90 º ) = 0. quando se passa de estribos verticais para estribos inclinados a 60º. determine a redução de área de armaduras. Considere bielas a 30º.134 ≈ 13.) Relativamente à segurança ao esforço transverso.0 val. 732 + 0 .866 × VRd . s (90 º ) VRd .ISEL – Curso de Licenciatura em Engenharia Civil – Ano Lectivo 2011-2012 BETÃO ESTRUTURAL I – 2012. VRd .30 – 1º TESTE – SEMESTRE DE VERÃO – RESOLUÇÃO 4.04. 7/7 L 10 pL 16 1 pL 16 .