You are on page 1of 30

Agroecologia em Rede

Manual do usuário

Índice
1. Início................................................................2
2. Consultar..........................................................3
a. Banco de Experiências.............................................................................3
a.1. Construção da consulta..........................................................................................3
a.2. Resultado da busca................................................................................................6

b. Banco de Pesquisas...............................................................................10
b.1. Construção de uma busca...................................................................................10
b.2. Resultado da busca..............................................................................................11

c. Contatos.................................................................................................14
c.1. Pessoas................................................................................................................14
c.2. Grupos, redes e instituições.................................................................................15

3. Cadastro.........................................................18
a. Grupo, Rede e/ou Instituição..................................................................18
b. Experiências...........................................................................................19
b.1. Cadastro de experiência em “Outras experiências”.............................................20
b.2. Cadastro de experiência em “Construção do Conhecimento Agroecológico”.....23

c. Como inserir coordenadas geográficas..................................................25

4. Alterar............................................................27
5. Idioma............................................................28
6. Fale conosco...................................................29
7. Entrar/Sair.....................................................30
1

1. Início
Agroecologia em Rede é um sistema de informações sobre iniciativas em
Agroecologia. É composto por três bancos de dados interligados entre si: o Banco
de Experiências, o Banco de Pesquisas e o Banco de Contatos (pessoais e
institucionais). As consultas e os cadastros nos bancos de dados podem ser feitas
livremente pelos visitantes do sistema.
As seguintes organizações são responsáveis pelo gerenciamento dos
bancos de dados:

Articulação Nacional de Agroecologia (ANA): gerencia o banco de
experiências no Brasil.
Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia):
gerencia o banco de pesquisas e o cadastro das experiências brasileiras
nas áreas de ensino, pesquisa e extensão agroecológica.
Sociedade Científica Latino-americana de Agroecologia (SOCLA):
gerencia o banco de pesquisas e o cadastro de experiências de ensino,
pesquisa e extensão agroecológica nos demais países latinoamericanos.

2

2. Consultar
a. Banco de Experiências
a.1. Construção da consulta
Uma consulta no Banco de Experiências pode ser realizada por meio de
palavra-chave, pela formulação de consulta ou por ambos.

Figura 1
Tela do ambiente de consultas

Filtro por formulação de busca
Uma busca deve ser formulada por meio da seleção de uma Localização,
uma ou mais Identidades ou uma ou mais Áreas Temáticas. A formulação poderá
também combinar o cruzamento dos dados (localização, com identidades e/ou
áreas temáticas).

Filtro por localização geográfica




Selecione o Botão “Localização”
Selecione o país, o estado ou a cidade
Clique no botão “Fechar”
Selecione o formato do resultado (se em mapa ou em lista)
Clique no botão “Buscar”

3

no menu à esquerda. Caso tenha selecionado alguma identidade errada. 4 .  Selecione o Botão “Identidades”  Selecione uma ou mais identidades e clique no botão fechar. clique no botão “limpar seleção” e selecione os novos critérios. Filtro por Eixo(s) Temático(s) As experiências são classificadas no sistema segundo um ou mais temas.  Selecione o formato do resultado (se em mapa ou em lista)  Clique no botão “Buscar” Caso queira iniciar nova busca.Caso queira iniciar nova busca. clique no botão “limpar seleção” e selecione os novos critérios. clique.  O sistema classifica as experiências em temas que estão organizados de forma hierárquica nas 10 áreas temáticas apresentadas na tela. Figura 2 Definição de localização geográfica Filtro por identidade(s) Indica o/s grupo/s social/is a que pertence as pessoas ou grupos que desenvolvem a experiência. no botão vermelho ao lado do nome para remover a seleção.

as pesquisas e os contatos cadastrados no sistema deverão ser avaliados pelos gestores do sistema antes que sejam definitivamente liberados. O sistema apresentará um mapa ou uma listagem de experiências classificadas segundo o tema (ou o cruzamento de temas) selecionado.  Selecione o formato do resultado (se em mapa ou em lista)  Clique no botão “Buscar” da tela principal. Obs. Para acessá-los clique no botão “+”.  Selecione no Botão “Situação”  Selecione a situação da experiência que deseja observar e clique em fechar  Selecione o formato do resultado (se em mapa ou em lista)  Clique no botão “Buscar” 5 . Caso seja aprovada poderá ser classificada como “sistematizada” (se ao cadastro forem associados documentos que descrevam e analisem a experiência) ou “identificada” (caso não hajam documentos associados ao cadastro). Filtro por palavra-chave Recupera experiências que contenham as palavras no título e no resumo do cadastro  Digite palavra-chave de seu interesse no campo em branco abaixo dos dizeres “Contém texto”  Selecione o formato do resultado. O sistema abrirá uma árvore apresentando um conjunto de temas e subtemas subordinados. Após a avaliação a experiência poderá ser rejeitada ou aprovada. clique no botão vermelho (menu principal) no painel a esquerda para removê-lo.: Não é necessário selecionar um subtema caso o tema da raiz tenha sido selecionado. se em “mapa” ou em “lista”  Clique no botão “Buscar”  O sistema apresentará o resultado de sua pesquisa em formato de mapa ou de lista Filtro por situação As experiências. Caso tenha selecionado um tema que foge ao seu interesse. Selecione com o mouse o botão “Áreas temáticas”. a experiência aparece como “não avaliada”. Caso seja rejeitada será excluída da base de dados.  Selecione o(s) tema(s) e o(s) subtema(s) de seu interesse e em seguida clique no botão fechar. Enquanto essa liberação não é realizada.

 Ao passar o mouse sobre os ícones surgem quadros de diálogo com informações básicas sobre a experiência. estado ou município. Resultado em MAPA  Cada ícone plotado no mapa representa uma experiência cadastrada.  O mapa é apresentado com um nível de aproximação (zoom) correspondente à sua seleção geográfica. o sistema tomará como referência a distribuição espacial das experiências selecionadas pelos demais critérios. Caso não seja selecionada nenhum país. O mapa poderá ser visto com diferentes níveis de aproximação por meio da seleção dos sinais “+” ou “-“ no canto direito da tela. Clique no título da experiência para entrar na tela “Detalhes da Experiência” (veja mais abaixo explicações a respeito). 6 .Figura 3 Filtro por situação da experiência a. Resultado da busca O sistema apresentará o resultado de sua busca no formato de mapa ou de lista. As distintas cores e formatos dos ícones representam as diferentes situações da experiência no sistema.  Por meio das setas para cima. para baixo. para esquerda e para direita.  Ao clicar no quadro surge um balão com informações adicionais. o mapa poderá ser composto de acordo com a sua preferência.2.

Figura 4 Visualização da consulta em formato de mapa Resultado em LISTA  Passe a seta do mouse no título para ler o resumo da experiência.  Clique no título da experiência desejada para entrar na tela “Detalhes da Experiência” (veja mais abaixo explicações a respeito). 7 . O mapa pode ser visualizado em três formatos: “Mapa” (representação do mapa rodoviário). tecle “Print Screen” no lado direito de seu teclado. clique no botão “limpar seleção” e selecione os novos critérios.  Para iniciar uma nova busca. salve a imagem em algum programa de sua preferência. “Satélite” (compõe a imagem a partir de fotos de satélites) e “Terreno” (usa o mapa de relevo).  O resultado da pesquisa pode ser impresso por meio do seguinte procedimento: selecione a opção “Tela Inteira” do seu navegador.

Poderá também acessar outros cadastros classificados pelo mesmo tema e área geográfica. poderá acessar informações sobre pessoas e instituições que desenvolvem experiências afins.Figura 5 Visualização do resultado em formato de lista Detalhes da Experiência Nessa tela. o usuário terá acesso ao resumo da experiência selecionada e terá informações sobre seus autores e seus relatores. Além disso. 8 .

9 .  Imprimir os Detalhes da Experiência  Clique no botão “Imprimir” no canto superior esquerdo da tela.  Configure a impressão na caixa de diálogo padrão da Impressora configurada em seu computador.Figura 6 Tela de detalhes de uma experiência Outras funções disponíveis nessa tela:  Navegação pelas informações  Clique nos links de interesse.  Enviar os Detalhes da Experiência por e-mail  Clique no botão “Enviar por e-mail”  Digite o endereço eletrônico do destinatário  Clique no botão “OK”  Digite o nome do destinatário  Clique no botão “OK”  Digite o nome do remetente  Clique no botão “OK”  Salvar a ficha de Detalhes no Computador  Clique no Botão “Salvar no meu Arquivo” no canto superior direito  Registrar comentário sobre a experiência no sistema  Clique no link “Comente a experiência”.

Preencha os três campos Clique no botão “Incluir” para enviar o seu comentário b.   O sistema apresentará uma tela com três campos: nome. 10 .1. Figura 7 Tela de ambiente da consulta de pesquisas Por palavra-chave  Digite palavra-chave de seu interesse no campo em branco  Clique no botão “Buscar”  O sistema apresentará uma lista das pesquisas que contenham a sua palavra chave no título e/ou no resumo. email e comentário. Banco de Pesquisas O banco de pesquisas é composto por resultados de trabalhos científicos em Agroecologia publicados em revistas ou em eventos científicos. Construção de uma busca Uma consulta no Banco de Pesquisas pode ser realizada por meio de palavra chave ou pela formulação de consulta. b.

b. A tela principal voltará a aparecer com a formulação de consulta. O sistema abrirá uma tela apresentando um conjunto de subtemas subordinados à área temática selecionada. Essa seleção também poderá cruzar áreas temáticas com áreas geográficas ou com biomas. a meso-região ou a cidade  Clique no botão “Selecionar”. o estado.  Caso se interesse em pesquisas que integram mais de um tema. O usuário poderá:  Passar a seta do mouse no título para ler o resumo da pesquisa. áreas geográficas ou biomas. Resultado da busca Após realizar sua busca. Biomas  Clique no Botão “Biomas”  Selecione o bioma de interesse  Clique no botão “Selecionar”. repita a operação.  Selecione com um clique com o botão esquerdo do mouse a área temática que engloba o seu tema de interesse. 11 .  A tela principal voltará a aparecer com a formulação de consulta. Áreas Geográficas  Clique no Botão “Áreas Geográficas”  Selecione país.Por formulação de consulta  Uma formulação de busca deve ser elaborada por meio da seleção de um ou mais temas. Caso contrário clique no botão “Buscar” da tela principal. O sistema apresentará uma listagem de pesquisas localizadas na área geográfica (ou áreas geográficas) selecionada.  Clicar no título da experiência desejada para entrar na tela “Detalhes da Pesquisa”. O sistema apresentará uma listagem de pesquisas classificadas segundo o tema (ou o cruzamento de temas) selecionado. A tela principal voltará a aparecer com a formulação de consulta. Áreas Temáticas  O sistema classifica as pesquisas em temas que estão organizados de forma hierárquica nas 10 áreas temáticas apresentadas na tela.  Clique no botão “Buscar” da tela principal.2. O sistema apresentará uma listagem de pesquisas localizada no bioma (ou biomas) selecionado.  Selecione o(s) subtema(s) de seu interesse e em seguida clique no botão selecionar. o sistema mostrará uma lista de resultados.  Clique no botão “Buscar” da tela principal.

Figura 8 Resultados de uma busca de pesquisas Detalhes da Pesquisa Nessa tela. poderá acessar informações sobre pessoas e instituições que desenvolvem pesquisas afins. Realizar outra pesquisa clicando no botão “Nova Busca”. o usuário terá acesso ao resumo da pesquisa selecionada e terá informações sobre seus autores. 12 . Além disso. Poderá também acessar outros registros no sistema classificados pelo mesmo tema e área geográfica.

 Configure a impressão na caixa de diálogo Padrão da Impressora configurada em seu computador.Figura 9 Tela de detalhes de uma pesquisa Outras funções a partir dessa tela:  Navegação pelas informações  Clique nos links de interesse.  Imprimir os Detalhes da Pesquisa  Clique no botão “Imprimir” no canto superior esquerdo da tela.  Enviar os Detalhes da Pesquisa por e-mail  Clique no botão “Enviar por e-mail”  Digite o endereço eletrônico do destinatário  Clique no botão “OK”  Digite o nome do destinatário  Clique no botão “OK”  Digite o nome do remetente  Clique no botão “OK”  Salvar a ficha de Detalhes no Computador  Clique no Botão “Salvar no meu Arquivo” no canto superior direito 13 .

Pessoas Uma consulta no Banco de Contatos Pessoais pode ser realizada por meio de busca livre pela formulação de consulta.1.  Digite o nome ou parte do nome da pessoa no campo em branco.  Clique no botão “Buscar” Formulação de Busca  Utilize esse meio se você quiser obter uma listagem de pessoas classificadas no sistema segundo áreas temáticas. 14 . Áreas Temáticas  O sistema classifica as pessoas segundo temas que estão organizados de forma hierárquica nas 10 áreas temáticas apresentadas na tela. Contatos c. Figura 10 Tela do ambiente de busca de pessoas Busca livre  Utilize esse meio caso saiba o nome da pessoa que está procurando identificar.c. áreas geográficas ou pelo cruzamento dos dois.

O sistema abrirá uma tela apresentando um conjunto de subtemas subordinados à área temática selecionada. repita a operação.  Caso se interesse em pessoas que trabalham em mais de um tema. c.  A tela principal voltará a aparecer com a formulação de consulta. O sistema apresentará uma listagem de pessoas que atuam na área geográfica selecionada ou áreas geográficas.  Selecione o(s) subtema(s) de seu interesse e em seguida clique no botão “Selecionar”. Figura 11 Escolha de área temática para busca de pessoas e de pesquisas Áreas Geográficas  Clique no Botão “Áreas Geográficas”  Selecione a região. redes e instituições Para realizar uma consulta no Banco de Grupos.2. O sistema apresentará uma listagem de pessoas classificadas segundo o tema selecionado ou o cruzamento de temas. Caso contrário clique no botão “Buscar” da tela principal. Grupos. Redes e Instituições você poderá utilizar: 15 . o estado. Clique a área temática que engloba o seu tema de interesse. a meso-região ou a cidade  Clique no botão “Selecionar”. A tela principal voltará a aparecer com a formulação de consulta.  Clique no botão “Buscar” da tela principal.

Clique no botão “Fechar”. Selecione o formato do resultado.     Áreas Temáticas  O sistema classifica os grupos. Tipo de Coletivo Selecione o Botão “Tipo de coletivo”.  Clique no botão “Buscar”. 16 . redes ou instituição em temas que estão organizados de forma hierárquica nas 10 áreas temáticas apresentadas na tela. Selecione um ou mais item. áreas temáticas e localização ou pelo cruzamento de dois ou três critérios anteriores. redes e instituições classificadas no sistema segundo tipo de coletivo. se mapa ou uma lista das experiências.Figura 12 Tela do ambiente de buscas de instituições. grupos e redes (demonstração da tela de escolha de área temática) Formulação de Busca  Utilize esse meio se você quiser obter um mapa ou uma listagem de grupos.

o estado ou a cidade que deseja fazer a busca. Selecione o formato do resultado. O sistema apresentará um mapa ou uma listagem de Grupos.  Selecione o(s) tema(s) e o(s) subtema(s) de seu interesse e em seguida clique no botão fechar. Caso tenha selecionado um tema que foge ao seu interesse. (se em mapa ou em lista) Clique no botão “Buscar”.  Clique no botão “Buscar” 17 . Busca livre  Utilize esse meio caso saiba o nome do grupo. O sistema abrirá uma árvore apresentando um conjunto de temas e subtemas subordinados.  Digite o nome ou parte do nome no campo em branco abaixo dos dizeres “Contém Texto”. clique no botão vermelho (menu principal) no painel a esquerda para removê-lo. redes e instituições classificadas segundo o tema selecionado ou o cruzamento de temas. Selecione o país. Obs.  Selecione o formato do resultado (se em mapa ou em lista)  Clique no botão “Buscar” da tela principal. Selecione com o mouse o botão “Áreas temáticas”. Clique no botão “Fechar”. redes ou instituição que está procurando identificar.: Não é necessário selecionar um subtema caso o tema da raiz tenha sido selecionado. para acessá-los clique no botão “+”. Localização      Selecione o Botão “Localização”.

pesquisas ou dados pesoais e institucionais. rede e/ou instituição.3. Figura 13 Tela para entrada no ambiente de cadastro a. É fundamental que a identificação seja memorizada ou anotada em local de fácil acesso. Estando de acordo com os princípios apresentados na Carta Política. Antes de obter o login é necessária a leitura da Carta Política do II ENA. O passo seguinte para o cadastramento é o preenchimento de campos obrigatórios (com asteriscos vermelhos) e facultativos. Toda atenção deve ser dada ao preenchimento da “Identificação”. o usuário deverá declarar sua aprovação apertando o botão “eu aceito”. Caso ainda não tenha se identificado e obtido o seu login clique em “Criar nova conta”.  Atenção! Antes de cadastrar um novo grupo. digite-o no campo Identificação e clique no botão “Entrar”. Para se identificar o usuário deverá se cadastrar para obtenção de seu login. Rede e/ou Instituição  Caso já tenha o seu login (ou seja. Cadastro O Agroecologia em Rede permite que qualquer pessoa cadastre suas experiências. já criou sua conta e tem uma “identificação”). Isso é fundamental para garantir a consistência do sistema na articulação entre as experiências e os grupos. verifique na lista apresentada se já foi previamente cadastrado. redes ou instituições e evitar duplicações de dados. Grupo. Esse cadastro é gratuito mas deve ser identificado. Essa carta identifica princípios gerais que dão unidade às pessoas que pretendem interagir por meio do sistema. 18 . É com ela que o usuário entrará novamente no sistema para efetuar novos cadastros ou alterar seus cadastros antigos. No Botão “Início” o usuário terá o resumo de seus cadastros no sistema.

rede e/ou instituição ainda não esteja cadastrada lista. rede ou instituição envie mensagem para o administrador do sistema para que o mesmo verifique a informação junto à pessoa que a cadastrou. clique no link “Se não está na lista abaixo. clique nas ficha específica. grupo ou rede” confirmando um novo cadastro.  Clique no botão “Enviar dados” Atualizações Após o registro de dados no sistema. Experiências O sistema permitirá o cadastro de todas experiências através da opção “Outras experiências” ou. b. é preciso verificar se ele já está cadastrado no sistema!  Caso seu grupo. 19 . clique aqui para adicionar nova instituição. rede ou instituição. Caso você identifique erros nos dados de um grupo. para identificação das experiências relacionadas à Construção do Conhecimento Agroecológico.  Preencha a ficha de registro dos dados.Figura 14 Antes de cadastrar um novo grupo. somente a pessoa que cadastrou terá a permissão de realizar atualizações/alterações no mesmo.

20 . basta repeti-lo.Figura 15 Utilização do menu superior para cadastrar nova experiência b. cartilha.  O campo “Chamada” refere-se ao detalhamento do título da Experiência.  “Ano de publicação” é o ano em que a sistematização (boletim. artigo) de referência foi publicada. caso seja necessário. Se o título for auto-explicativo. vídeo.  O campo “Grupo.1. rede ou instituição” de referência se refere à dinâmica social a qual aquela experiência está relacionada. Cadastro de experiência em “Outras experiências” Figura 16 Formulário de cadastro de nova experiência na categoria “outras experiências” (parte 1)  Preencha a ficha de registro da Experiência.

 Se há mais de um grupo. redes ou instituições.  Para que a experiência seja georeferenciada. 21 . indique o país. relacione-as marcando o nome desejado e clicando com a seta apontada para direita para que o nome passe para a tabela branca ao lado. fotos que melhor ilustrem as experiências. veja a seção “C” sobre como inserir coordenadas de latitude/longitude. o usuário deverá relatar de forma sintética a experiência. estado e o município de referência. pode colocar estes dados diretamente: veja a seção “C” sobre como inserir coordenadas de latitude/longitude  Se a experiência tiver uma região de abrangência maior. Poderá relacionar até 5 grupos. clique no botão “Procurar” e selecione o arquivo em seu computador. Para melhor seleção das áreas temáticas. rede ou instituição envolvida. já que um é subordinado ao outro. não é necessário marcar o subitem e seu item raiz. as soluções encontradas e os resultados alcançados. indique a “Identidade” dos autores da experiência.  Para refinar os critérios de identificação da experiência.  Poderão ser associados textos. poderá ser indicada através da lista de municípios. Para tanto.  No campo “Resumo”.  Indique até cinco áreas temáticas que melhor classifiquem a experiência. Se possuir coordenadas mais precisas. Se por acaso tiver coordenadas mais precisas. cartilhas. O resumo deverá conter: os principais problemas enfrentados. artigos.

Figura 17 Formulário de cadastro de nova experiência na categoria “outras experiências” (parte 2)  A área chamada “Processo de avaliação da experiência” destina-se à interlocução entre o administrador e a pessoa que cadastrou a experiência. acerto nos documentos etc. Nela o administrador poderá pedir informações complementares. Alterações Após o cadastro das informações.  Clique no botão “Enviar” para finalizar. solicitar ajustes. apenas a pessoa que cadastrou poderá realizar alterações. 22 .

Se por acaso tiver coordenadas mais precisas.  No campo “Resumo”.b. as soluções encontradas e os resultados alcançados.2. O resumo deverá conter: os principais problemas enfrentados. indique o país.  O campo “Grupo. rede ou instituição” de referência se refere à dinâmica social a qual aquela experiência está relacionada. estado e o município de referência. 23 . o usuário deverá relatar de forma sintética a experiência.  Para afinar os critérios de busca. Cadastro de experiência em “Construção do Conhecimento Agroecológico” Figura 18 Formulário de cadastro de nova experiência na categoria “Construção do Conhecimento Agroecológico” (parte 1)  Preencha a ficha de registro da Experiência. Poderá relacionar até 5 grupos. veja a seção “C” sobre como inserir coordenadas de latitude/longitude. indique a “Identidade” dos autores da experiência. redes ou instituições. relacionar marcando o nome desejado e clicando com a seta apontada para direita para que o nome passe para a tabela branca ao lado. pode colocar estes dados diretamente: veja a seção “C” sobre como inserir coordenadas de latitude/longitude  Se a experiência tiver uma região de abrangência maior. Se possuir coordenadas mais precisas. poderá ser indicada através da lista de municípios.  Para que a experiência seja georeferenciada. rede ou instituição envolvida.  Se há mais de um grupo.

 Clique no botão “Enviar” para finalizar. Para melhor seleção das áreas temáticas. cartilhas. Para tanto. pesquisa e/ou extensão e que se preencha as informações complementares. não é necessário marcar o subitem e seu item raiz.: O item Educação identifica as experiências de educação formal em Agroecologia. Nela o administrador poderá pedir informações complementares. solicitar ajustes. Indique até cinco áreas temáticas que melhor classifiquem a experiência. fotos que melhor ilustrem as experiências. clique no botão “Procurar” e selecione o arquivo em seu computador.  Poderão ser associados textos.  Para a construção do mapa da Construção do Conhecimento Agroecológico. acerto nos documentos etc. As experiências de educação não-formal devem ser registradas em Extensão. artigos. pede-se que indique a natureza da experiência: se ensino. Obs. 24 . Figura 19 Formulário de cadastro de nova experiência na categoria “Construção do Conhecimento Agroecológico” (parte 2)  A área chamada “Processo de avaliação da experiência” destina-se à interlocução entre o administrador e a pessoa que cadastrou a experiência. já que um é subordinado ao outro.

Por exemplo. deve haver um cuidado especial para a forma em que se coloca os pares de latitude/longitude. é possível mesmo ver a área da experiência em questão. que dão um grande salto na qualidade das informações visíveis no mapa. como por exemplo a figura 20 abaixo. Como inserir coordenadas geográficas O sistema é capaz de identificar geograficamente as experiências e instituições/grupos através dos municípios de referência e municípios de abrangência. e portanto apenas coloque dados de coordenada se você está em posse de coordenadas mais precisas do que a localização do município!  No caso dos pares de abrangência. Entretanto. tanto de referência como os pares de latitude/longitude de abrangência.c. lembre-se que não é obrigada/o a colocar uma coordenada: o sistema já identifica localização pelo município de referência. é incorreto colocar: 25 . para dois pontos. Em alguns casos. sob risco de se criar pontos totalmente fora do local desejado:  No caso do município de referência. Figura 20 Exemplo de experiência que foi alimentada com coordenada precisa de latitude e longitude: é possível ver a área trabalhada Para inserir coordenadas. em especial para grande zoom e com o uso das fotos de satélite nas consultas. há casos em que você pode ter em mãos coordenadas mais precisas. é preciso observar com atenção as seguintes recomendações e orientações. O sistema permite a alimentação destes dados precisos.

-43.897/-22. Exemplo de inserção de 3 pontos de coordenadas para definir a região de abrangência da experiência: -43.965 26 . com o máximo de casas decimais possíveis para precisão.543. Isso facilita a vida e garante a qualidade do ponto.latitude1/latitude2.longitude1/longitude2.-44.234/-22. Ou seja. o ponto e vírgula divide PARES DE LATITUDE/LONGITUDE.257/-21.  Não se esqueça de que aqui na América do Sul tanto longitude como latitude são NEGATIVOS.latitude2/longitude2. minuto e segundo utilize o conversor disponível no próprio local de inserção das coordenadas no formulário de alimentação.101.  Os dados devem ser inseridos em formato decimal. Se você tem seus dados no formato de grau. O modo correto é o seguinte: latitude1/longitude1.

somente a pessoa que cadastrou terá a permissão de realizar atualizações no mesmo. envie a correção através do “fale conosco” identificando exatamente qual o nome da instituição ou da experiência para que o administrador do sistema possa verificar a informação junto à pessoa que a preencheu. Alterar Após o registro de dados no sistema. 27 . Faça alterações dos dados. Clique no nome que deseja atualizar/alterar as informações. Para realizar alterações:     Selecione a experiência. grupo. redes ou instituições.: Caso você identifique erros em uma instituição ou experiência preenchida por outra pessoa. Clique no botão “Enviar dados” Obs.4.

5. 28 . Os idiomas disponíveis são português e castelhano. Idioma No menu “Idioma” o usuário poderá escolher a língua do sistema.

dúvidas. 29 . críticas ou sugestões. Fale conosco Para entrar em contato com a administração do Agroecologia em Rede:  Preencha seu nome e o endereço eletrônico.6. Esses campos são obrigatórios.  Digite seus comentários.  Clique no botão “Enviar”.

30 . Entrar/Sair Ao clicar no botão entrar. além de alterar as que já tiver inserido. o usuário poderá inserir novas experiências e instituições. o usuário cairá diretamente na página de login. o usuário fará o logoff do sistema. Ao se logar.7. grupos ou redes. Ao clicar no botão sair.