You are on page 1of 30

A origem do Jiu-Jitsu se perde na noite dos tempos, acredita-se que no primeiro ataque

ou defesa de um ser humano – onde estaria caracterizada – ―A luta em si‖.
Evidentemente o instinto de ataque e defesa está latente no homem. A coordenação
desta agressividade, sua estilização e o respeito às ―Leis da Natureza‖, resultaram na
criação das Artes Marciais, dando luz à uma ciência e estudos fundamentados na
eficiência destes. Das Artes Marciais, o Jiu-Jitsu é uma das mais sutis, considerando que
o estudo da anatomia humana e seus pontos frágeis, o uso de alavancas, o princípio da
física e flexibilidade harmonizados com a mente, resultam numa das mais requintadas
artes. O Jiu-Jitsu tem como princípio básico utilizar o mínimo de força. Para um bom
resultado, aproveita-se a força e fraqueza adversária. Selecione abaixo um país, para
conhecer um pouco mais sobre a história do Jiu-Jitsu.
Índia

Segundo os antigos e o conhecimento verbal, esta arte (Jiu-Jitsu), teria se iniciado na
antiga Índia. Em especial pelos monges. Segundo os princípios religiosos os monges
não podiam usar de agressividade e sim desvencilhar de um súbito ataque ou mesmo
imobilizar o assaltante em suas peregrinações pelo mundo afora.
China

A China por sua vez caracterizou o Jiu-Jitsu como prática bélica, pois esta civilização
desenvolveu um grande número de estilos de artes marciais. O Jiu-Jitsu era praticado
com um kimono curto de mãos livres, além da luta corporal, tinha grande importância
no desarmamento.Sua prática chega ao auge na época dos ―Reinos Combatentes‖ e da
unificação da China por ―Chin Shih Huang Ti‖.
Japão

O Jiu-Jitsu chega ao Japão no séc. II depois de Cristo, vinda da China. Muitas foram as
correntes que transmitiram esta arte ao país do ―Sol Nascente‖, existindo inclusive,
inúmeras lendas nipônicas relacionadas à criação desta arte marcial. A história
registrada em 1.600, afirma que um monge chinês ―Chen Gen Pin‖ teria ensinado a três
samurais, cada qual recebendo uma especialização, sendo a Atemi, baseada em torções
e projeções. E estas foram difundidas em todo o Japão, em alguns casos se fundindo
com outras escolas de Jiu-Jitsu. No Japão feudal utilizaram-se inúmeros nomes
relacionados ao Jiu-Jitsu, alguns se divergindo em fundamentos técnicos, enquanto
outros eram extremamente semelhantes: Aikijitsu, Tai Jitsu, Yawara, Kempô, e mesmo
o termo Jiu-Jitsu se dividia entre estilos como: Kito Ryu, Shito Ryu, Tejin e outros. É
nesta época, onde a forte divisão da classe social japonesa enaltecia a nobreza dos
Samurais, que o Jiu-Jitsu se desenvolveu a fundo. Os pequenos nipônicos aperfeiçoam a
arte de lutar, podendo decidir a vida ou a morte de um guerreiro em disputa. Era então o
Jiu-Jitsu, uma prática obrigatória aos jovens que futuramente seriam ―Samurais‖ ao lado
da esgrima, literatura, pintura, cavalaria e outros.

Brasil

O Jiu-Jitsu chega ao Brasil junto com a imigração japonesa em 1908 – pelo porto de
Santos – com o navio Kasato-Maru. Nesta época os japoneses foram atraídos pelas
favoráveis condições de plantio e suposto enriquecimento fácil (como pregavam
anúncios no Japão com o intuito de atrair imigrantes ao Brasil). Muitos agricultores
vieram, entre eles, muitos conhecedores, praticantes e até mestres de Jiu-Jitsu. Os
treinos eram reservados à Colônia. Somente em 1913 com a vinda de Mitsuyo Maeda.
O ―Conde Koma‖ é que esta arte se torna conhecida no Brasil. Maeda percorreu o Brasil
em inúmeros desafios que que atraíam o público. Foi diversas vezes entrevistado pela
revista ―O Cruzeiro‖ e outras do gênero. Para difundir ainda mais a arte, escreve o livro
―A Arte do Jyudo― – Cultura Japonesa- (editora escolar em 1925). É importante
ressaltar que Maeda introduziu no Brasil o Jiu-Jitsu e o Judô, pois ―Koma‖ foi um dos
mais renomados lutadores da ―KODOKAN‖. Não existia na época uma distinção clara
entre as duas lutas, sendo assim, ―Maeda praticamente ensinava o jiu-jitsu, pois o judô
permanecia num conjunto de regras esportivas – visando uma prática mundial –
segundo seu criador ―Jigoro Kano‖. Mitsuyo Maeda se instala em Belém do Pará, abre
uma academia e entre seus diversos alunos como: Samuel Pinto, Antonio Ferro, Nilo
Peçanha, La Rocke, Teixeira Lemos onde se destaca o ―pequeno‖ Carlos Gracie. Maeda
falece em 1946, vítima de uremia e no anonimato.
Carlos Gracie, que fora treinado por Mitsuo Maeda passa pôr Minas Gerais e, em Belo
Horizonte ministra algumas aulas num hotel da região. Em seguida vem para São Paulo
e no bairro das Perdizes monta uma academia. Sem o sucesso desejado, se instala no
Rio de Janeiro e na Capital começa a ensinar, e também a seus irmãos: George, Gastão,
Hélio e Oswaldo. Hélio Gracie passa a ser o grande nome e difusor do Jiu-Jitsu. Já
instalado no Rio, forma inúmeros discípulos. George Gracie foi um desbravador, viajou
por todo o Brasil, no entanto, estimulou muito o Jiu-Jitsu em São Paulo, tendo como
alunos: Otávio de Almeida, Nahum Rabay, Candoca, Osvaldo Carnivalle , Romeu
Bertho e muitos outros. Alguns continuam na ativa. No Rio de Janeiro mais
especificadamente na zona oeste, o mestre ―Fada‖ foi notoriamente um dos baluartes do
Jiu-Jitsu, tendo grande número de formados. Enquanto isso, na mesma época de Mitsuo
Maeda, outros japoneses continuaram difundindo o Jiu-Jitsu. ―Geo Omori‖ por
exemplo, aceitava desafios no picadeiro do circo ―queirolhos‖ e foi ele também quem
fundou a primeira Academia do Brasil, em São Paulo no Frontão do Braz na Rua
Rangel Pestana , no ano de 1925 ( Segundo o historiador Inezil Penna). Os irmãos Ono
chegaram ao Brasil na década de 30, tendo sido discípulos de um renomado mestre de
Jiu-Jitsu do Japão. Aqui no Brasil formaram muitos alunos, mas acabaram por adotar a
prática do judô. Takeo Yuano muito conceituado por sua exímia técnica, viajou por todo
o Brasil e ensinou Jiu-Jitsu em cidades como São Paulo e outras, principalmente em
Minas Gerais, onde lecionou e até estimulou a criação da federação local.
Rio de Janeiro

Conhecida como a ―Meca‖ do Jiu-Jitsu, por ter concentrado praticamente toda a Família
Gracie. Os grandes nomes da família Gracie depois de Hélio foram: Carlson e Rolls
Gracie. Atualmente Rickson Gracie é reconhecido como o melhor lutador do mundo! A
primeira organização do Brasil foi a fundação da Federação Carioca, formada por Hélio
e continuada por Robson Gracie. Atualmente existem a Confederação Brasileira e

Mundial, comandadas por Carlos Gracie Júnior. Existem inúmeros professores que não
pertecem a família Gracie e executam extraordinário trabalho, tais como: Equipe Nova
União, Alliance, Dojô, Bustamante na Zona Oeste e Norte, que apresentam inúmeras
academias em todo o Estado.
São Paulo

O Mestre Octávio, impulsiona o desenvolvimento local do Esporte, criando junto à
Federação Paulista de Pugilismo, o Departamento de Jiu-Jitsu. Desta época até os anos
80, destacavam-se os seguintes Professores: Pedro Hemetério, Oswaldo Carnivalle,
Gastão Gracie, Nahum Rabay, Orlando Saraiva, Romeu Bertho e Candoca. Com o
falecimento do Mestre Octávio em 1983, o Jiu-Jitsu paulista entra em franca
decadência. Em 1989 o Professor Moisés Muradi retoma os eventos com abrangência
Estadual, dinamizando novamente o esporte, e em dedicação e homenagem ao antigo
mestre Octávio, Moisés cria em 1991 a Federação Paulista de Jiu-Jitsu, que alcança
grande sucesso, sendo considerada na época como a Segunda Potência depois do Rio de
Janeiro. Em 1993 acaba o mandato de Muradi, época em que o Jiu-Jitsu se tornou alvo
da mídia e o lutador Royce Gracie vencia um dos primeiros ―Ultimate Fight‖. Com a
propaganda explícita, muitos praticantes faixas pretas que nunca se preocuparam em
lecionar, passaram a dar aulas, devido ao ―Pool‖ da Publicidade iniciada por Royce.
Entre as inúmeras equipes se destacam a Lótus / Equilíbrio que foi consecutivamente
Penta-Campeã Paulista (93, 94, 95, 96 e 97) 7a, Cia. Athlética, Alliance, Saraiva,
Gracie, e outras… Em 1997 tendo propósitos e ideologia em prol do esporte, o
Professor Moisés Muradi juntamente com os professores Orlando Saraiva, Waldomiro
Perez Jr., Raul Vieira e Souza, Maximiliano Trombini, Rick Kowarick Givanildo
Santana – Eduardo leitão – Franco Penteado – Gilberto Cardoso – Edmilson Alves,
Nilson Liboni, Paulo Theodoro, e outros, decidiu fundar a FESP (Federação do Estado
de São Paulo de Brazilian Jiu-Jitsu)
Site: http://www.rociangracie.blog.br/?page_id=14

O jiu-jitsu se popularizou no Japão, mas historiadores apontam a Índia como seu ponto
de origem. Séculos antes de Cristo, os primeiros praticantes foram os monges indianos,
que viviam sob a constante ameaça dos bandidos que circulavam nos arredores dos
monastérios ou atacavam as suas caravanas. Por suas convicções religiosas, eles não
podiam usar armas nem golpes traumáticos (socos e chutes). Como se essa desvantagem
não fosse suficiente, ficar rezando o dia inteiro não lhes concedia um porte físico
privilegiado. A solução era utilizar uma arte fundamentada em técnica, alavanca e base.
A nova arte marcial deu tão certo que os monges conseguiram escapar da extinção e
ainda exportaram seus conhecimentos para a vizinha China.
Facilmente assimilado pelos chineses, o jiu-jitsu se difundiu como uma das técnicas de
mano a mano utilizadas pelos exércitos do imperador Chin Shih Huang Ti, o
comandante que reuniu os reinos entre 221 e 206 A.C. Segundo uma lenda oriental, o
sacerdote chinês Chen Gen Pin ensinou a técnica dos guerreiros chineses a três
samurais. Cada um deles aprendeu uma característica (a imobilização, a torção e a
projeção, respectivamente) e levou esse conhecimento ao arquipélago japonês.

Logo assumiu o status de luta mais praticada do país e o estudo da arte em diversos centros diferentes causou uma explosão de novos golpes. efeitos especiais e todas as presepadas que os norte-americanos adoram. a arte que passou pela Índia. mas é a mais perfeita e eficiente forma de defesa pessoal já criada. o aprendizado desse estilo era permitido apenas a nobres e samurais. Através de Hélio. Site: http://akxebjj. tanto por pobres quanto por ricos. no Brasil. Renzo. foi o começo de uma revolução. Na primeira metade dos anos 1990 foi realizado um evento reuniu praticantes de diversos estilos de artes marciais para um torneio sem divisão de pesos e com o mínimo de regras. especialmente o anabolizado Ken Shamrock. foi a vez de Hélio Gracie. No final do século XIX. Royler. O interesse do brasileiro por artes marciais conquistou a confiança do sensei japonês. Mitsu Maeda. Nunca uma luta fora aprimorada tanto em tão pouco tempo. Royce Gracie. Em 1914. conhecido como Conde Koma. mas não era. China e Japão encontrou a sua expressão mais completa e definitiva. irmão de Carlos. Hélio retomou a defesa que prioriza a vitória do mais fraco e a torna acessível a pessoas de qualquer constituição física. venceu esse campeonato sem grande dificuldade – derrotando Shamrock em 57 segundos. O estilo era praticado em segredo. Para deslumbramento dos gringos. não tem ―kiais‖ ou gritos de guerra. uma missão diplomática trouxe Maeda a Belém. Os holofotes estavam voltados para os representantes americanos. o judô tornou-se esporte oficial do Japão e o jiu-jitsu passou a ser uma luta marginal. era mestre em judô e jiu-jitsu e foi o homem que construiu uma das amizades mais importantes da história das artes marciais. que se tornou professor de seu filho Carlos Gracie. Rorion. no Brasil colonial. proibida e perseguida pelo governo – talvez como a capoeira. Sem exagero. aplicações e inovações. o primeiro brasileiro a ter contato direto com o jiu-jitsu. Na Cidade Maravilhosa. mas a assimilação dos japoneses foi imediata. e Rolker percorreram os ringues do mundo estabelecendo um novo parâmetro para o mundo das artes marciais. Voltando à essência dos monges hindus. Como todo bom ―show‖ hollywoodiano.Segundo registros. As situações de combate dos antigos guerreiros chineses e samurais japoneses também foram inseridas dentro das possibilidades. Inicialmente. Logo. não rende filmes. o aprendiz se tornou mestre e mudou-se para o Rio de Janeiro. Se tivesse o marketing norte-americano. depois de Cristo. onde conheceu Gastão Gracie. Ninguém deu muita bola para um brasileiro de vinte e poucos anos que vestia quimono branco. Jiu-jitsu brasileiro não é coreografado.com/historia-bjj/ . aprender a arte que o velho Conde Koma havia ensinado a Carlos. Socos e chutes foram incorporados no momento em que chegaram a existir cerca de 700 estilos diferentes do jiu-jitsu. A novidade era que esse campeonato seria realizado nos Estados Unidos e divulgado no mundo inteiro. Hélio Gracie poderia ter rivalizado em popularidade mundial com o astro Bruce Lee. Bom. filho de Hélio. não tinha o porte físico de um gigante e praticava um estilo marcial brasileiro pouco conhecido. Seus irmãos Rickson. o primeiro Ultimate Fighting Championship foi cercado por luzes. era só uma questão de tempo… Parecia roteiro de filme. o jiu-jitsu desembarcou no Japão no século II.

para que se possa compreender a criação da forma de luta que. ou seja. foi chamada pelos japoneses de ―Arte Suave‖. tais como ―sistema de alavanca. . tendo de se defender contra assaltos de bandidos que infestavam a região – apareceram aqueles que realmente são os criadores da luta que permitia a sua defesa sem o uso de armas atentatórias a moral de sua religião. (adoradores da religião de Deus Brama. que é o JIU-JITSU – o pai de todas as lutas. que florescia antes do Budismo). séculos mais tarde. O Budismo Cerca de 2500 anos passados. permite ao mais fraco defender-se e derrotar um adversário fisicamente mais forte. técnica de defesa pessoal que. 2. reinou na Índia DEVANAMPRIYA PRIYADARSIM. Monges budistas. sem necessidade do uso da força bruta. que usava o dialeto Pali ou o Sânscrito. Uma das principais preocupações de Buda (―O Iluminado‖). a origem do JIU-JITSU é inegavelmente atribuída à Índia. moveram pertinaz campanha até conseguir expulsar os monges budistas do solo indiano. sentindo-se prejudicados pelo espírito da religião Budista. consequentemente para o JIU-JITSU. em longas caminhadas. Dentre seus seguidores – monges de longínquos monastérios obrigados a percorrer pelo interior da Índia. foi dotar seus seguidores de grande cultura e conhecimento gerais. equilíbrio. centro de gravidade e o estudo minucioso dos pontos vitais do corpo humano‖. A morte do rei Asoka trouxe funesta conseqüência para o Budismo e. Torna-se. lançou as bases da religião que traria o seu nome e logo desenvolve-se por toda a Índia. conhecido como rei ASOKA – 2 séculos depois de BUDA.História do Jiu-Jitsu Apesar de contraditórias versões. Assim nasceu o JIU-JITSU – com o espírito de defesa que é a sua essência. razão da pouca influência do JIU-JITSU na Índia. membro da tribo SAKYA . Homem culto e de grande inteligência. foram os criadores da mais perfeita e completa forma de defesa pessoal de todas as épocas. Propagação A disseminação do JIU-JITSU pela Ásia viria séculos mais tarde quando ( a cerca de 250 AC. momento de força. de grande saber e de perfeito conhecimento do corpo humano. nascia ao norte da Índia (algumas milhas acima de Benares). o príncipe SIDDHARTHA GAUTAMA. A aplicação de leis físicas. portanto. propiciou aos seus criadores fazer do JIU-JITSU uma arte científica de luta. necessário o conhecimento das origens do Budismo. ou seja.250 anos passados). berço das religiões e de cultura inigualável. com o mínimo de esforço. para melhor propagarem a sua fé.. Os brâmanes.

Tanto o KENPÔ como o KARATÊ nasceram do ATEMÍ (golpe traumático) de JIU-JITSU. onde a forte divisão da calsse social japonesa enaltecia a nobreza dos Samurais que o Jiu-Jitsu se desenvolve a fundo. é essencialmente um tradicional esporte). finalmente.600. o JIU-JITSU foi-se ramificando. Mais de 100 estilos foram criados. sem dúvida. a China onde sua prática chega no auge na época dos ―Reinos Combatentes‖ e na unificação da China por ― Chin Shih Huang Ti‖. No Japão Feudal se utilizam inúmeros nomes relacionados com o Jiu-Jitsu. Os pequenos nipônicos aperfeiçoam a arte de lutar. Desta forma nasceu. o JIU-JITSU atingiram o Ceilão. afirma que um monge chinês ―Chen Gen Pin‖ teria ensinado três Samurais. pintura. emigrando em seguida para o Ocidente. cavalaria e outros. uma prática obrigatória aos jovens que futuramente seriam ―Samurais‖ ao lado da esgrima. Muitas foram as correntes que transmitiram esta arte ao país do ‖ Sol Nascente‖. a cada qual ensinara uma especialização a saber: Atemi. advindo da China. a cerca de 300 anos. o budismo e. e estes difundidos a todo o japão. porém. passou a se chamar pelo nome de KARATÊJITSU (arte de lutas com mãos vazias). nascido no sul da China. o traço marcante entre o Budismo e as antigas Seitas de JIU-JITSU. o Japão – onde cresceu e tomou grande impulso. inicialmente. o Sião e todo o sudeste da Ásia. Pai de Todas As Lutas Orientais Na sua migração da Índia para o Continente Asiático. . A história registrada em 1. sobre forma de verdadeiras seitas da arte marcial de luta (à serviço dos Senhores Feudais) nas guerras que apreendiam. Yawara. e mesmo o termo Jiu-Jitsu se dividia entre estilos como: Kito ryu. literatura.A filosofia ZEN (nascida do Budismo) é. e. Depois. com ele. onde poderiam decidir a vida ou a morte de um guerreiro em disputa. Posteriormente. inclusive a ilha de OKINOWA onde. Asoka desenvolveu-o criando milhares de Monastérios dentro e fora da Índia. É nesta época. com o uso das quedas e desequilíbrio do JIU-JITSU. Tejin e outros. Tai Jitsu. ou mesmo se fundindo com outras escolas de jiu-jitsu.II depois de Cristo. existem inúmeras lendas nipônicas relacionadas à criação e artes marciais. dando origem a estilos e lutas oriundas de suas diversas partes. a Birmânia e o Tibet. Shito Ryu. Era então o Jiu-Jitsu. Aikijitsu. torções e projeções. no Japão que o JIU-JITSU cresceu e enriqueceu-se. Desta maneira. inclusive. a mil anos atrás o: SUMÔ (sem kimono. emigrou para diversas regiões. Abraçado ao Budismo. transformando-se na mais completa e melhor forma de defesa pessoal que se conhece em nossos dias. alguns se divergiam em fundamentos técnicos outros eram extremamente semelhantes. KENPÔ-JITSU Arte de aplicar um golpe traumático (ATEMÍ) de JIU-JITSU (com braço) Do KENPÔ originou-se o chamado ―Box Chinês‖. Kempô. O Jiu-Jitsu chega ao Japão no séc. O KENPÔ. Foi.

baseado em projeções e imobilizações com pouquíssimas finalizações. tinham condições de derrotar. passou a ser o problema de maior preocupação para os filhos do império do Sol Nascente. Nascimento do Judô Em meados do século passado. em luta corpo-a-corpo.Com o passar dos anos. um funcionário do Ministério de Cultura Japonesa e professor de JIU-JITSU – Jigoro Kano – é escolhido para criar o JIU-JITSU falsificado ―para inglês ver‖. em 1882. o comodoro Perry retorna ao Japão com nova esquadra. Sendo os japoneses homens de pequena estatura. O ensino de JIU-JITSU aos estrangeiros passou a ser crime de lesapátria. propiciando a penetração dos ocidentais. Um falso estilo de JIU-JITSU Os japoneses de pequena estatura com conhecimentos de JIU-JITSU. tornou-se o JIU-JITSU a maior arte marcial japonesa e a sua maior riqueza. o governo japonês. numa luta real. muito assemelhado ao princípio do jiu-jitsu em sua fase chinesa. O resultado foi a abertura dos portos de SHIMODA e HAKODATE. quando entregou ao Xogum uma carta intimando à abertura dos portos. era um país fechado à cobiça ocidental. novos portos foram abertos – iniciando-se a fase MEIJÍ. uma modalidade que assemelhasse com o jiu-jitsu e que não deixasse transparecer as técnicas eficientes e secretas da nobre arte. ambos pequenos e de pouca importância. Os cento e treze estilos de JIU-JITSU e milhares de escolas tiveram seus nomes mudados para Judô. Assim sendo. a partir do momento em que estes aprendessem JIU-JITSU. acarretando sério perigo ao seu grande segredo: o JIU-JITSU. Em março de 1854. o Imperador MEIJÍ inicia grandes modificações sociais. em 8 de julho de 1853. recebeu a visita de uma esquadra norte-americana comandada pelo comodoro Perry. aos grandes e fortes ocidentais. Foi assim fechado aos olhos estranhos os segredos de sua arte marcial milenar. grave ameaça apresentou-se ao povo japonês. criar um falso estilo de JIU-JITSU para uso externo. a supremacia técnica dos japoneses. Porém. fundou a escola KODOKAN. desapareceria. sem eficiência como luta real. A curiosidade dos ocidentais. Resolveu então. . O pprofessor Jigoro Kano. em aprender o famoso sistema de luta (o JIU-JITSU). O Japão que. o JIU-JITSU os tornava poderosos e invencíveis perante os ocidentais apesar da grande envergadura que possuem. Nasceu então o sistema KANO de JIU-JITSU (que mais tarde foi batizado com o nome de Judô). Em 1869. até esta época. Os livros e publicações sobre o verdadeiro JIU-JITSU foram recolhidos. trouxe sério e grave problema para os hipônicos. Em 1871. por volta de 1880. A ―ocidentalização‖ do Japão e a conseqüente penetração estrangeira iniciada nesta fase – que até então era um país fechado à cobiça de europeus e americanos. com a vitória do Imperador sobre o Xogum.

Não satisfeitos em desmembrarem o JIU-JITSU (num esporte de quedas e outro de traumatismos) os japoneses criaram um esporte de torções de JIU-JITSU. o professor FUNAKOSHI transforma o Karatê-Jitsu (um estilo de JIU-JITSU traumático). como o Judô. ficando a chefia do governo com sua mãe. Assim foi ocultamente introduzido no Judô o: GOSHIN-JITSU Dentro do mesmo espírito de raciocínio do início deste século. um estilo de JIUJITSU que servisse de defesa pessoal para os judocas – já que o Judô é mero esporte. Os japoneses passaram. em linhas gerais. aboliu o poder feudal neutralizando as oligarquias locais. trataram de introduzir secretamente. C. E. após a morte de KANO. sem a presença incômoda de KANO. às escondidas. num esporte ineficiente como luta verdadeira e cria o KARATÊ-DO que. fortaleceu a administração centralizada. para proteção contra invasões. acompanhado de grande propaganda. forçou as famílias . C. C. ganhou rapidamente o mundo ocidental com larga propaganda. e criador do primeiro império unificado chinês. até a instalação da primeira república chinesa (1912). Subiu ao trono (246 a. C.). no Judô. o primeiro imperador soberano de Qin (221 a.). conseguiu seguidamente conquistar os outros estados e proclamou-se Shi Huang Ti. último governante da dinastia Ts'in. responsável para construção da Grande Muralha (204 a.). Idealizador de um sistema administrativo.). Recentemente. até que sua maioridade foi oficialmente declarada (238 a. então.) Imperador chinês nascido no estado de Qin (Chin). o AI-KI-DÔ esportivo que é oriundo do: AI-KI-JITSU (arte de executar torções de JIU-JITSU) o que também ocorreu por volta deste início de século. Chao Cheng ou Shih Huang Ti ou Ch'in Shi Huang Ti (259 . cujas normas foram mantidas. ao treino de JIU-JITSU. Partindo do poderoso estado de Qin.210 a.O judô esportivo – que nada mais é que um esporte das quedas do JIU-JITSU – foi exportado para o ocidente. os próprios japoneses sentiram que o Judô estava lhes prejudicando em relação aos estudos do JIU-JITSU. ou Ch'in. Li Puwei. entre si. C. no noroeste da China.

e os galhos mais grossos dobrados.ufcg. história da dinastia Qin e os livros guardados na biblioteca imperial. exceto os que versavam sobre medicina. dividiu o país em 36 distritos militares. C. . uniformizou os padrões de peso e medida. construiu uma rede de estradas e canais e construiu a Grande Muralha.dec. Parte superior do formulário Parte inferior do formulário Site: www. deu prestígio a alquimistas e mágicos e entrou em conflito com os confucionistas. em que foram destruídos todos os livros do reino. “Conta uma delas que certa vez um menino Chinês de nome Li-Tei-Feng. C.br/biografias/ShinHuan. o império chinês por ele unificado entrou em colapso e foi totalmente desmembrado (206 a. observou assustado uma tempestade.edu. Mas quando a tempestade parou a arvorezinha levantou a copa e estava lá. Após sua morte. as maiores árvores eram arrancadas.). agricultura. a linguagem escrita e as leis.). tal como dantes! O local onde surgiu essa lenda na China ainda hoje e considerado o local de nascimento dos princípios do judô: Ceder para Vencer”. profecias. C. o que resultou na famosa queima de livros (213 a. Em busca do elixir da imortalidade (220 a. salvou-se apenas uma pequena arvorezinha simplesmente inclinando sua copa ate o chão. Xianyang (Hsienyang).html As histórias do surgimento do Judô também fazem referencia aos ensinamentos dos golpes ensinados para imobilizar o oponente. por meio da interligação das fortalezas de defesa contra os invasores do norte. conta o Sensei Daurio.aristocráticas abastadas a viverem na capital.).

subiu ao trono em 1867. aos agricultores e instituiu a escola pública para todos os japoneses. cujo nome era Mutsuhito. Inspirou-se nos seus poemas para criar os 5 Princípios do Reiki e usou um conjunto de 125 poemas de Mutsuhito para recitar durante a Hatsurei-Ho. ao introduzir ideias e tecnologias Ocidentais.htm . Site: http://www. Foi o primeiro imperador a conceder títulos das suas próprias terras. O Imperador Meiji (1852-1912). Mikao Usui era um grande admirador deste imperador. no Japão.org/_reiki/his_meiji. Foi o 122. era bastante carismático. a nível industrial e militar.portais. levando o seu país a tornar-se poderoso mundialmente. Marcou o início de uma revolução nacional.O IMPERADOR MEIJI "Meiji" significa Governo Iluminado. Apesar de jovem.º Imperador do Japão e ficou conhecido como um símbolo da modernização do Japão.

para espanto geral. Não era para menos: nos 214 anos anteriores. Nesse dia. O episódio iniciou a mudança de uma fechada sociedade feudal para uma potência militar e econômica. Quando desembarcaram. ainda mais em se tratando de como era o Japão há 150 anos. em três quartos de século. As enormes embarcações circundaram a baía atraindo a atenção da população local. liderada pelo comodoro Mathew Perry. Acabaram despertando para uma escalada econômica. não restavam dúvidas: era um ultimato.Japão . A proporção das mudanças que aconteceram a partir desse dia foi extraordinária. Quando a frota americana chegou. usando apenas uma das mãos. no livro A Era do Capital. “Não parecia de forma alguma que em apenas meio século o Japão se tornaria uma potência mundial capaz de derrotar uma potência europeia (a Rússia) numa guerra de maiores proporções. Ou o ilha abria seus portos ou seria bombardeada. solicitando permissão para que os barcos americanos aportassem no Japão. Os estampidos ensurdecedores e as pesadas bolas de aço caindo sobre as águas da baía atingiram o objetivo do comodoro. Encostados na parede. Millard Fillmore. a visita de quatro navios americanos fez com que o país abandonasse dois séculos de isolamento. o arquipélago era dividido em vários territórios autônomos governados por daimiôs. estaria perto de rivalizar com a Marinha inglesa”. afirma o historiador britânico Eric Hobsbawm. e que. reverência e curiosidade. esperando que uma multidão se juntasse na praia. Um amontoado de ilhas feudais onde não se podia andar livremente nem ter um sobrenome começou a se transformar na grande nação japonesa em 8 de julho de 1853. poucos estrangeiros se atreveram a chegar perto das ilhas. disparou uma carga de 22 tiros de seus potentes canhões. Perry e seus comandantes foram recebidos com uma mistura de medo. aportou na baía de Edo (atual Tóquio). Perry sabia disso e navegou devagar. chefes de clãs que governavam . os japoneses fizeram muito mais que atender ao pedido americano. tecnológica e militar poucas vezes observada na história de uma nação.O dia em que a ilha se abriu ao mundo Em 1853. E quando entregaram uma carta do presidente. uma pequena frota de navios americanos. Aí.

afirma Madalena Natsuko Hashimoto. afirma Madalena. a Companhia de Jesus estava.” Na maioria do país. após uma série de assassinatos e perseguições. os damiôs proibiram a presença de estrangeiros. A quantidade de guerreiros samurais que servia o clã dos Tokugawa também inspirava respeito dentre os demais. por meio da religião. os religiosos foram banidos. as notícias sobre o que acontecia fora das ilhas chegavam somente através deles. Por isso. Além da economia ser essencialmente agrária. “Cada senhor fazia suas próprias leis. já que os habitantes também haviam sido proibidos de deixar o país sob pena de morte. as relações entre os proprietários de terras e os camponeses eram uma versão local de feudalismo. o governo xogunal. alinhados à política do poderoso xogum. Navegadores holandeses e chineses podiam entrar no porto de Nagasaki. Isso em pleno século 19. “Para o xogunato. Para isso. Eles não podiam ter sequer um sobrenome. Na tardou para que a proibição fosse estendida para os outros hans. Por mais de dois séculos. os camponeses não tinham direito de circular ou de deixar seu local de nascimento. Esse total fechamento do território fez com que o Japão vivesse anos de estabilidade política.seu próprio han (propriedade). precisavam de autorização prévia do bakufu. depois de quase um século de contato com os jesuítas portugueses e espanhóis. o xogum Ieyasu Tokugawa decretou uma lei que proibia a entrada de estrangeiros em suas terras. algo raro até então. As ilhas estavam fechadas para o mundo desde o século 17. Por isso. dominando politicamente o país”. Assustados com o crescimento do cristianismo. o maior entre os mais de 250 daimiôs. Tinham apenas de defender seu daimiô e se dedicar à arte da guerra. que possuía cerca de um terço do território habitado pelos nihon jin (o povo local). . Os samurais não podiam trabalhar nem tocar em dinheiro. Mas havia exceções. “Mas eles tinham relações de suserania e interdependência diferentes dos senhores feudais europeus”. Em 1639. o líder da família era chamado de xogum. O principal clã era o dos Tokugawa. professora de literatura e cultura japonesas da Universidade de São Paulo.

os americanos não seriam tão amáveis. Masahiro Abe. Em 1853. A Inglaterra vencera os poderosos chineses. tomou a frente das negociações. O . apenas simbólico. mas também nos Tokugawa. os líderes japoneses proibiram a construção de grandes embarcações. Além disso. E travavam. finalmente firmou um acordo em 31 de março de 1854. Enquanto o xogum padecia doente. Russos. naquele momento. mas não gozava de nenhum poder político. Eles perceberam que não teriam condições de se defender. Abe cedeu muito mais do que queriam os japoneses e bem menos do que queriam os americanos. A gravidade da situação fez com que o governo xogunal saísse de sua rotina de auto-suficiência e pedisse conselhos aos principais daimiôs e até à família imperial. Uma dessas investidas ocorreu sete anos antes da chegada do comodoro Perry. um novo conflito.O isolamento foi mantido apesar do assédio das potências europeias. sem sucesso. os americanos também tentaram furar o bloqueio. a fim de que ninguém se aventurasse a ir mais longe do que a costa do país. Pressionado pelos dois lados. Não havia no Japão navios que se comparassem aos da Marinha americana. mas recebeu provisões para seguir viagem em agradecimento ao ato de bondade. A tripulação não obteve autorização para desembarcar. apenas duas defendiam a abertura do país para o comércio exterior. como parte da política de isolamento. O imperador. as notícias vindas do exterior davam conta da disposição dos ocidentais em combater e destruir quem se opusesse a seus interesses. Das cerca de 50 respostas recebidas. era venerado pela população. que ficava instalado na distante Kyoto. atemorizada com a salva de tiros em Edo. Durante anos. o chefe do Conselho de Anciãos. na primeira Guerra do Ópio (1839-42). A visita do comodoro Perry e seus enormes navios negros instalou o medo não só entre a população. a segunda Guerra do Ópio (1856-60). No início do século 19. britânicos e franceses tentaram durante o século 18 estabelecer contatos comerciais e diplomáticos. O barco Manhattan se aproximou da baía de Edo para desembarcar 22 náufragos japoneses que haviam sido recolhidos no mar.

Assassinatos e tramas políticas insuflaram ainda mais os ânimos. Forças de segurança começaram a ser treinadas por instrutores holandeses. O jovem Mutsuhito assumiu o trono com 14 anos ao lado de um ministério. ficou reforçada a figura do imperador – fato que colocava os japoneses em sintonia com as políticas ocidentais da época – em oposição aos defensores da velha oligarquia. Em 1868. pressionou o bakufu e obteve a abertura aos navios americanos em mais quatro portos: Yokohama. composto por integrantes das famílias golpistas. Em 1871. os daimiôs perderam o poder sobre suas terras. um novo capítulo se abria na história do Japão: a Restauração Meiji. o marco da entrada do país na modernidade. que apoiavam o enfraquecido xogum. A partir daí. Depois de séculos. E. representado pela figura do imperador. um cidadão holandês e um comerciante britânico foram assassinados. o governo japonês iniciou a construção de barcos e fortificações e a compra de armamentos. As primeiras medidas do governo foram acabar com as velhas instituições. Nesse novo cenário. Ainda sob efeito do susto.tratado permitia que os navios dos Estados Unidos atracassem nos portos de Hakodate e Shimoda e que fosse instalado um consulado americano no país. o cônsul americano que havia se instalado em Shimoda. os estrangeiros foram alvo da fúria dos opositores mais radicais. sob o lema fukoku-kyohei (desenvolver o Estado e ampliar as Forças Armadas). Naquele momento. O golpe restaurou o império e extinguiu o velho sistema de governo. o país mergulhou numa série de conflitos entre os clãs descontentes com o velho governo. . Um funcionário do consulado americano. o Japão se unia em torno de um poder político único. Os americanos também ganharam a permissão para fixar residência nas cidades de Edo e Osaka. As novas concessões aos gaijins (como são chamados os estrangeiros no Japão) não foram aprovadas pelos daimiôs e muito menos pela família imperial. Towsend Harris. Em 1958. Nagasaki e Hyogo. em 1867. para aprender técnicas ocidentais de defesa e combate marítimo. que renunciou. Niigata. cinco dos clãs descontentes se uniram e cercaram o palácio do xogum. Mas os esforços não foram suficientes para intimidar os Estados Unidos.

Até 1890. Rapidamente. incluindo alistamento militar obrigatório para quem completasse 21 anos. pouca gente se opôs à reforma. como arroz e fio de seda. Insatisfeitos com a perda de seu antigo status.Em troca. O governo japonês passou a convidar conselheiros e técnicos das mais diversas especialidades. principalmente nas indústrias de base. Já o sistema educacional tomou emprestadas idéias francesas. pelo menos 3 mil estrangeiros trabalharam para o império. Também foi abolida a classe guerreira dos samurais. 30 mil samurais fizeram uma rebelião em 1877. o Japão exportava apenas matérias básicas. Entre 1872 e 1890. O sistema bancário foi reformulado nos moldes do Federal Reserve o Banco Central americano. O poder judiciário também ganhou toques importados da Europa. muitos japoneses também foram incentivados a estudar no exterior. que se misturaram às práticas xintoístas e confucionistas. o país passou a seguir modelos ocidentais para modernizar as instituições do país. No início da década de 1880. Nesse período. Logo que ele e sua equipe adquiriam os conhecimentos necessários. sob o comando do imperador. os estrangeiros eram enviados de volta aos seus países. por um exército de 40 mil homens do agora fortalecido imperador. transportes e comunicações. Cada han foi transformado em uma província administrada por um governador indicado. alemãs e anglo-americanas. Com o bolso cheio. A nova Constituição. nesse caso. começou a ser criado nos moldes franceses. O resultado do aprendizado se refletiu num grande investimento em setores estratégicos. Eles ficavam sempre sob a supervisão de um membro do governo. As dívidas contraídas pelos antigos senhores feudais foram assumidas pelo império. que foi promulgada em 1889. teve enorme influência do modelo alemão. Eles foram derrotados depois de 6 meses de combates. receberam uma pensão do governo. nem isso impediu a revolta. uma monarquia autoritária. foram construídos 2250 quilômetros de estradas de ferro no país. um exército único. todas as principais cidades estavam ligadas por telégrafos. Em seu lugar. Os samurais dispensados também receberiam pagamentos do governo mas. Durante esse período. Mas uma rápida revolução .

Em 1894. a China teve de fazer várias concessões. Em 1905. em troca de uma compensação financeira. A superioridade japonesa em terra e (quem diria?) no mar fez com que o conflito fosse decidido a seu favor. no ano seguinte. A afronta não passou despercebida pelo novo império.industrial estava a caminho. A Coréia foi anexada pelo Japão em 1910 e a ocupação. Portos na mira do Ocidente Nagasaki Único porto aberto para chineses e holandeses durante o período Tokugawa Kyoto Capital imperial até a mudança para Edo Uraga . No mês de fevereiro de 1904. derrotada. A guerra foi só o começo do surto expansionista japonês. ficou marcado como um dos mais cruéis episódios do século 20. Pela primeira vez uma nação asiática derrotava uma potência européia. iniciando uma guerra contra os temidos chineses. aos chineses. exigia que o país devolvesse o estratégico porto Arthur. O país invadiu a península da Coréia. Um acordo patrocinado pela Rússia. principalmente tecidos. os japoneses lançaram um ataque surpresa à frota russa estacionada no local. que durou até a Segunda Guerra. a Rússia czarista. teve que assinar um tratado de paz com o Japão. os japoneses deixaram claro que sua receita para o crescimento também envolvia pretensões expansionistas. o caminho estava aberto para os russos. entre elas se desfazer da ilha de Formosa (atual Taiwan) e parte da Manchúria. O Japão ainda provaria que não só seus vizinhos asiáticos deveriam temê-lo. mas costurado pela França e Alemanha. Em 1900. A rápida revolução na economia exigia também um redirecionamento da política externa do país. eles instalaram exatamente naquele porto uma base naval. Desenvolvimento no século 19 era sinônimo de imperialismo. o país que era constituído por pequenos feudos cinco décadas antes tinha metade de sua exportação constituída por produtos manufaturados. que até hoje mantém acesos ressentimentos entre os dois países. Apenas 50 anos após a chegada do comodoro Perry na baía de Tóquio. Negócio fechado. Vários combates se seguiram e. na Manchúria. Derrotada.

a arte nipônica foi exibida para uma plateia que imediatamente se encantou com os traços delicados. O império Meiji é restaurado 1869 As terras de todos os daimiôs são confiscadas 1877 A grande rebelião samurai é esmagada 1889 Promulgação da nova Constituição 1894 Começa guerra contra a China 1904 Começa guerra contra a Rússia 1910 Anexação da Coréia 1912 Morte do imperador e fim da Era Meiji Tons japoneses na Europa Enquanto o Japão entrava em uma ebulição de ocidentalismo. em 1867. depois de 210 anos de isolamento 1868 Acaba a era dos xogunatos. Naquela feira.Porto que viu a chegada do comodoro Perry Edo (tóquio) Capital oficial do país a partir de 1868 Hakodate Um dos dois primeiros portos abertos aos americanos para comércio Nasce o império 1854 Dois portos são abertos. a assimetria e a falta de perspectiva das . Anunciada pela comitiva de Perry e pelos diplomatas que se instalavam nas ilhas nipônicas. a novidade se transformaria em moda a partir da Grande Exposição Universal de Paris. sua cultura exótica invadia os ateliês europeus. adquirindo a forma das instituições européias e americanas.

de Toulose-Lautrec (1893) Fragmento de Déjeuner sur l`Herbe.com. criado por Vincent van Gogh entre 1886-1888 Saiba mais The Emergence of Meiji Japan. de Claude Monet (1865) Japonaiserie: courtesan. de Paul Gauguin (1889) Jane Avril. Esses dois livros são bem mais realistas e mostram a fantástica transformação pela qual o Japão passou depois da fatídica visita da esquadra americana. Foi na pintura que os traços japoneses encontraram os seguidores mais entusiasmados. Anita Malfatti também se deixou influenciar. Entre eles estava Vincent van Gogh. Marius B.imagens. Gustav Klimt e Toulose-Lautrec. Cambridge University.br/aventuras-historia/japao-dia-ilha-se- abriu-ao-mundo-433439. que caiu de amores pelas cores e o brilho das pinturas trazidas da terra do sol nascente. Paul Gaughin.shtml .abril. 1990 Muitos livros sobre o tema. porcelanas e leques japoneses também foram parar em quadros de Claude Monet. pintando dois quadros: O Japonês e A Japonesa. John Whitney Hall. quimonos. Tuttle Company. Tóquio. axaltam a importância do episódio para o comércio mundial. A partir daí nasceu uma manifestação artística que influenciaria desde a literatura até a moda: o japonismo. principalmente de autores norte-americanos. Site: http://guiadoestudante. Charles E. para a liberdade dos povos etc. Figuras de gueixas. No Brasil. Jansen. Edgar Degas. pintado pelo austríaco Gustav Klimt em 1909 La Belle Angèle. From Pre-History to Modern Times. Judith II (Salomé). 1995 Japan.

difundindo suas técnicas aprendidas na China. não podiam usar armas. já influenciada pelo Kung-fu tradicional que ele aprendera em Shao-Lin e Huang-Ti. chegou ao Japão. a classe guerreira indiana. menos nítida é a História. Quase mil anos após a morte de Buda. conseguindo. com o que exponho a seguir. surgiu uma arte que englobava luta marcial com práticas de meditação. o primeiro período clássico das artes marciais japonesas. outro príncipe. também aprendeu o Vajramushti em sua educação militar. Sidarta Gautama era um príncipe e.O Jiu-Jitsu – Genesis Quanto mais antiga. destarte. Sidarta ensinou a arte aos monges budistas. É a época do Bu-jitsu. passou a ser ali secretamente ensinado. desenvolveu-se muito a cultura chinesa no Japão. com o velho mestre Prajnatara. como tal. Na antiga Índia. a arte de Bodhidharma chegou ao Japão. Mais tarde. por força de sua filosofia. aprendeu o Vajramushti em sua educação militar. Era o período . embora haja concordância. com grande assimilação das suas artes militares por parte dos guerreiros japoneses. há mais de 3. um monge budista chamado Ennin. a hierarquia e as artes marciais chinesas. filho do rei Suganda. desta vez Bodhidharma. Como o pensamento oriental era profundamente influenciado pelo taoismo e pelo budismo. conservar suas vidas e seus pertences. Tornando-se Buda. tornando mais difícil a constatação dos dados que a compõem. por parte de vários estudiosos. Seu conhecimento. Minha pesquisa pode não representar com fidelidade absoluta os fatos que se desenrolaram desde a criação do Jiu-jitsu até nossos dias. os quais.. praticado pela Dshastra. e seus detalhes se desvanecem nos confins do tempo.C. por volta do ano de 848. Ao serem atacados e roubados em suas viagens e peregrinações.000 anos A. Como os japoneses costumavam copiar a escrita. Era o Vajramushti. então. na época do príncipe Shotoki Taishu (595 a 621). estes anacoretas começaram a usar o Vajramushti como auto defesa. Viajando para a China a convite do imperador. Bodhidharma hospedou-se no templo Shao-Lin.

ensinou a velha arte sino-indiana a três samurais: Fukuno Masakatsu (Hichiroemon). Foi aí que o xogum. Kakutei-jitsu. em que várias escolas (ryu). A partir daí. o comodoro Perry desembarca com sua esquadra americana de Navios Negros no Japão e obriga o país a abrir suas portas e seus portos ao mundo ocidental. holandeses e outros estrangeiros queriam aprender aqueles golpes terríveis que lhes eram infligidos pelos seus adversários orientais. principalmente em Nara. numa inteligente medida.Bu-gei. O Jiu-jitsu da época englobava uma grande variedade de técnicas. Hakuda. Kempo. Mas elas eram designadas pelo nome genérico de Jiu-jitsu. Shikaku. Tai-jitsu. Para que isso não acontecesse. É óbvio que os americanos. Nin-jitsu. Gusoku. oriunda da Índia e influenciada pela China. praticante de Jiu-jitsu. o xogum baixou uma lei considerando o Jiu-jitsu um patrimônio nacional. naquela época capital do império japonês. denominado Chin-Gempin no Japão. temendo a pena de morte. alemães. determinou ao seu ministro da agricultura. mas estes. Natushi. se fixaram no ensino das artes marciais. 1603 marca o início do período Bu-do. Genkutsu. pois a cultura desenvolvia-se celeremente. Kokusoku. Iai-jitsu. Cho-gusoku. Em 1621. Ken-jitsu. ensinando a arte marcial que. Wa-jitsu. Koshi-nomawari. o intercâmbio mercadológico e cultural fez com que houvesse lutas esportivas entre ocidentais e orientais. Os ocidentais continuaram pressionando os japoneses para lhes ensinar Jiu-jitsu. que aproximadamente coincide com o domínio da família Tokugawa na terra do sol nascente. em 1853. que criasse um sistema de . Miura Yoshitatsu (Yojiemon) e Iosegai Jirozaemon. sendo sua divulgação um crime de lesa-pátria. e ensinadas em nada menos de 159 escolas. Cada um deles fundou sua própria escola. Exatamente duzentos e cinqüenta anos mais tarde. todas para combate com mãos desarmadas ou não: Aiki-jitsu. era chamada de Jiu-jitsu no Japão. Chicra-kurabe. o mestre chinês Chin Yuan Ping. não ousavam transmitir a arte. Toride-yawara. entre outras. Invariavelmente tais lutas eram vencidas pelos japoneses. embora mais leves e mais franzinos sob o ponto de vista étnico e morfológico.

Ele observou que os pinheiros. voltar à posição vertical. Era um desempate tão interessante que também acabou por ser desmembrado. dando origem a uma luta não menos interessante: o Sumô. Mas acontece que Jigoro Kano era um gênio. e deixou os golpes perigosos escondidos nos katas. O ministro cumpriu a missão: seu nome era Jigoro Kano. ambos se dirigiam a um círculo desenhado sobre o tatame. também. o Japão teve de assinar um tratado de paz com as forças aliadas. Hoje esse tratado encontrase em poder de um museu japonês. Outro fato interessante merece. das suas torções (Aiki-jitsu). fortes e rijos. sob o nome de Judô. e podiam. curvavam-se até que a neve de seus ramos escorregava para o chão. a bordo de um navio americano. Até hoje pouca gente sabe disso. Dos seus golpes traumáticos (Karate-jitsu). pois foi “subtraído” do navio americano por alguns ninjas. ser aqui narrado: para terminar com a Segunda Guerra Mundial. Mais tarde. que fosse empurrado para fora do círculo ou que encostasse o joelho no chão. principalmente quanto à sua filosofia. mais finos e flexíveis. Quando terminava o tempo da luta sem que um dos lutadores dominasse completamente seu adversário. Eu sempre conto a meus novos alunos a história do Médico de Nagasaki.golpes sem eficiência em combate real. após a explosão das duas bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki. Os salgueiros. o grande Morihei Ueshiba criou o Aiki-do. surgiu o Karate-do. e seu sistema de luta esportiva é até hoje praticado por inúmeros esportistas no mundo inteiro. e ninguém percebeu. quebravam-se sob o peso da neve que se acumulava em seus galhos. mas que pudesse ser utilizado em luta esportiva. . Perdia a luta aquele que fosse derrubado. No Jiu-jitsu nunca houve empate. entretanto. Este é o princípio do Jiu-jitsu: ceder para vencer. Miura e Iosegai – há uma quarta personagem que muito influenciou o Jiu-jitsu. Diga-se de passagem que a arte marcial dos ninjas é o Jiu-jitsu. então. Além dos três patriarcas citados anteriormente – Fukuno. cada uma das partes constituintes do Jiu-jitsu foi sendo desmembrada e praticada separadamente. É a seguinte: Shirobei Akiyama voltava da casa de um de seus pacientes sob forte nevasca.

Um deles era Carlos Gracie. um dos guerreiros mais leais e irmão jurado de Liu Bei e de Zhang Fei. mas depois fixou-se em Belém do Pará.O cinema é que deu uma visão deturpada deles. O outro aluno de Maeda no Pará era o Barão de Loanza. teve também um filho adotivo. que se encontra dentro do kung fu. e não poderia deixar de citá-lo novamente aqui. mas depois fixou-se no Rio Grande do Sul. Foi morto em batalha contra o reino de Wu. Ensinou Jiu-jitsu no Rio. Adotando o pseudônimo de Conde Koma.64 m de altura e 74 kg de peso. decano da minha linhagem. Era um japonês de olhar tranqüilo. com as piruetas e toda aquela gritaria. Loanza também ensinou a meu pai. Kwan Yu foi o inventor de uma das armas mais famosas. mas os três irmãos não tiveram chance. Maeda nunca perdeu uma luta. A despeito de seu tamanho. ele era muito forte e temido por seus inimigos. . o lendario "Lebre Vermelha" que de acordo com a lenda corria 1000 léguasem um dia. foi um dos maiores guerreiros da China Antiga. derrotando adversários muito mais fortes e pesados do que ele. Suas habilidades foram usadas em combinação contra o temivel Lu Bu. na França. que pesava 50 kg. Guan Yu. Seu irmão Hélio é indiscutivelmente o lutador mais famoso do mundo. dois dos quais vieram divulgar bastante a Arte Suave no Brasil. Kwan Ping. Kwan Yu pegou para si o cavalo de Lu Bu. na Bélgica. na Espanha. que foi meu primeiro professor. tornando-a o maior baluarte do Jiu-jitsu em nosso país. com 1. Após a morte de Lu Bu. no México e em Cuba. que passou seus conhecimentos a outros membros de sua família. Aí ensinou Jiu-jitsu a diversos alunos. Isto lhe valeu o apelido de O Homem das Mil Lutas. Venceu sempre. mais conhecido como Kwan Kung. na Itália. pois ele lutou mil vezes mesmo. na Alemanha. Tenho muito orgulho de haver sido seu aluno. o guan dao (ou kwan tao). O Jiu-jitsu chegou ao Brasil em 1913 através de Mitsuyo Maeda. lutou na Rússia. Mitsuyo entrou no Brasil pelo porto de Santos.

a deusa do sol 3 .wikipedia. De acordo com a tradição do Santuário de Asama. o que sugere que o nome deve ter sido oficializado séculos após sua morte. a 70. O nome Suinin foi lhe dado postumamente e é característico do budismo chinês.org/wiki/Guan_Yu Imperador Suinin (垂仁天皇 . Nihonshoki registra a luta realizada entre Nomi no Sukune e Taima no Kehaya realizada durante sua época. e que governou do Palácio do Tamaki-no-Miya em Makimuku na Província de Yamato. Misasagi do Imperador Suinin . E que. Depois de vinte anos de pesquisa. a princesa Yamatohime-no-Mikoto . que estabelece o Santuário de Ise. o Imperador Suinin ordenou a sua filha. Os registros do Monge Jien afirmam que Tehiede Tuhōyō foi o terceiro filho do Imperador Sujin com Mimaki-hime. os japoneses tradicionalmente aceitam a existência histórica deste soberano. possivelmente no momento em que as lendas sobre as origens da Dinastia Yamato foram compiladas como as crônicas conhecidas hoje como o Kojiki. No contexto de eventos como este. No entanto. seu nome era Tehiede Tuhōyō no Mikoto Diz a lenda que cerca de dois mil anos atrás. escolheu a Região de Ise.C.Site: http://pt. como a origem do Sumô (Sumai). Não há datas concretas podem ser atribuídas a vida deste imperador ou reinado. mas ele é convencionalmente considerado como tendo reinado de 29 a. não foram descobertos registros contemporâneos que confirmem a visão de que esta figura histórica realmente reinou 6 . Antes da sua ascensão ao trono. a mais antiga veneração de Konohanasakuya-hime na base do Monte Fuji foi realizada no terceiro ano do reinado do Imperador Suinin 5 . a primeira Alta Sacerdotisa (Saigū) foi nomeada para o Santuário de Ise no que se tornaria conhecida como Província de Ise. Suinen-tennō?) 1 foi o 11º Imperador do Japão. que encontrasse um local adequado para realizar as cerimônias em homenagem a Omikami Amaterasu. durante o reinado do Imperador Suinin. na lista tradicional de sucessão.

cujo reinado foi curto. tendo vindo para o Japão vários artistas e clérigos chineses. Shōtoku Taishi era o segundo filho do imperador Yomei. Restabeleceu os contactos com a China que tinham sido interrompidos desde o século V. ele tornou-se príncipe herdeiro e regente..C. Nascimento: 7 de fevereiro de 574 d. Filiação: Imperador Yōmei Filho: Prince Yamashiro Nascimento 7 de fevereiro de 574 Morte 8 de abril de 622 (48 anos) Pai Imperador Yōmei Shōtoku Taishi (7 de fevereiro de 574 — 8 de abril de 622) foi regente do Japão entre 593 e 622. Quando a sua tia Suiko se tornou imperatriz. títulos que manteve até à sua morte. cujo reinado foi curto. Shōtoku Taishi era o segundo filho do imperador Yomei. Japão Falecimento: 8 de abril de 622 d.C.C. até 70 Antecessor(a) Imperador Sujin Sucessor(a) Imperador Keiko Site: Shōtoku Taishi foi regente do Japão entre 593 e 622.Mandato 29 a. Graças .

O calendário chinês seria também adotado no país. posto que haja alguns grupos que treinem a modalidade. Japão  Educação: Universidade de Waseda . no Japão.wikipedia. Shōtoku foi responsável pela introdução no Japão do budismo e do confucionismo. Site: http://pt. Em 604 Taishi teria promulgado a Constituição em Dezessete Artigos. no dia 29 de janeiro de 1982. no ano de 1532. em 1° de 1892. Durante os séculos XX e XXI. Ibaraki  Falecimento: 29 de janeiro de 1982. Nasceu em Shimodate. além do manuseio de bastão e espada (kenjutsu e iaijutsu) etc. que vão desde nage waza (projeções) a atemi waza (socos e pontapés). Takenuchi-ryu (竹内流) é um vetusto estilo de koryu japonês. Wikipédia   Nascimento: 1 de junho de 1892.org/wiki/Takenouchi-ryu  Hironori Otsuka  Hironori Otsuka foi um mestre de caratê japonês. sendo este último uma das estruturas em madeira mais antigas que existem no mundo) podem ser confirmados com certeza como tendo sido iniciativa sua. senhor do castelo de Ichinose. Shimodate. O currículo de jiu-jitsu compreende uma vasta gama de técnicas. um documento dirigido aos funcionários que devem governar de acordo com os preceitos budistas (os funcionários são convidados a venerar as "Três Jóias" no segundo artigo do texto) e confucionistas. e faleceu em Tóquio. o estilo passou a ser quase que exclusivo da família Takenuchi. Atribui-se a Taishi a fundação de sete templos budistas. que foi fundado pelo samurai Takenouchi Chūnagon Daijō Nakatsukasadaiyū Hisamori.a sua ação o Japão adotou uma organização administrativa que foi decalcada da chinesa. Ibaraki. dos quais apenas dois (o de Shitennoji em Osaka e o Horyu em Nara.

associacaokanzen. misturando técnicas de artes marciais como Jiu-Jitsu (sem armas) com a luta difundida pelo mestre Gichin Funakoshi (considerado o pai do Karate moderno e criador do estilo Shotokan). Mushti = Pancada. atribui-se sua criação a Shiva. Bodhidharma. um Budoka altamente talentoso (ver secção de História – Fundador do estilo Wado-Ryu). Acredita – se que o próprio Budha Sidharta Gotama a praticasse.O estilo de Karate Wado-Ryu. golpe. . símbolo universal de Harmonia e Paz (ver secção de História – Origem do nome WadoRyu). bastão. Pertencendo à cultura dravidiana (povo que habitava a Índia nos tempos antigos). Site: http://www. foi fundado pelo mestre japonês Hironori Ohtsuka em 1934. Rei.com. pois. viajou por muitas terras levando os ensinamentos budistas através do Nepal. que era príncipe a aprendeu de seu pai. como era patriarca do budismo. soco. Na China. do Tibete e da China. antes de se tornar Budha. foi levada ao esquecimento após a invasão dos arianos. Era ensinados aos filhos dos nobres e. O Vajramushti é provavelmente. O Wado-Ryu (caminho da paz) está simbolizado por uma pomba. De origem lendária. a divindade destruidora dos hindus. hospedou – se no templo de Shaolin onde. antes de se tornar um monge budista. que passou a ser conhecida como Ch’an (ou Zen). como tal. após longos anos de meditação. era um príncipe do reino de Kapilavastu.br/novo/historia-do-karate/ Vajramushti Do Sânscrito = Soco Real Vajra = Vara. tendo sido preservados apenas pela casta guerreira dos Kshastriya e mais tarde pelos monges nômades do Budismo. criou uma nova concepção do Budismo. tendo se originado na Índia antes mesmo que fossem escritos os Vedas. Bodhidharma. a mais antiga arte marcial que o mundo conhece.

Esta é uma das artes marciais mais antigas no mundo. Do Vajramushti pouco se sabe em nossos dias.blogspot. vajra e mushti podem ter diversos significados.Acontece que as longas meditações exigidas para a prática do Ch’an estavam muito além das capacidades físicas dos monges daquele templo e bodhidharma viu – se obrigado a ensinar – lhes os rudimentos do Vajramushti para que pudessem fortalecer o corpo. pois as longas meditações em posições sentadas atrofiavam parcialmente o uso das pernas. dos 108 pontos vitais no corpo humano (sthula sharira ou corpo físico denso). Pois Bruce Lee a procurou exaustivamente quando lá esteve com a finalidade de filmar “A flauta Silenciosa”. Kabádi e Vajramushti são artes marciais praticadas em Tamil Nadu e Kerala por muitos séculos. pancada.br/p/conhecendo-ovajramushti. batida".foi praticante assíduo do Kalaripayat.o Buddha . É aceito que o Vajramushti é a arte marcial mais antiga. cetro". Chilambam. O Kalaripayattu era uma arte praticada pelos xátrias. Siddhartha Gautama . Kalaripayattu. Ao Vajramushti. e mushti significa "soco. porém o mais aceito e correto é "Caminho do Rei") e o Kalarippayatt (que pode ser traduzido como "O caminho da arena") são artes marciais muito antigas originárias da Índia. a classe guerreira da Índia. em sânscrito. apenas.html O Vajramushti (do Sânscrito. Khalorika. . da região de Kerala. que era uma luta onde quase não se usavam os golpes com os pés. Seu propósito está em ajudar a manter uma harmonia exterior e interior no homem e com a sociedade. que ficou conhecida através dos tempos com o nome de Kung Fu Shaolin. Sabemos que na Índia não existe mais essa arte.com. significa "o local onde se pratica as técnicas marciais dos Kshatrias". tornando – os aptos à meditação. e todas as outras artes são derivadas dele[carece de fontes]. Budhidharma acrescentou técnicas pertencentes aos antigos estilos de Kung Fu Chinês. O Kalaripayattu é uma prática vinculada aos Rishis. o Vajramushti é mais conhecido como Kalaripayatt ou Kalaripayattu. O Kalaripayattu é a Arte Antiga do "Marma". Entretanto. Vajra significa "bastão. Site: http://kungfuembarradeguabiraba. Kalari significa "escola" e payatu significa "arte marcial". isto é. dando origem a uma luta excepcional habilidade. Foi daí que se acredita que a palavra Kalarippayatt tenha surgido.

Kalaripayatu é uma mistura única de práticas espirituais. onde criou-se e desenvolveu-se o Karate-dô e o Kempô. treinaram outros e escolheram 21 peritos em combate corpo a corpo. mental e espiritual O alvo do Kalaripayatu está não unicamente na arte de defesa pessoal. assim como treinamento ético e espiritual aos praticantes. Graças ao monge Bodhidharma. do que uma mera arte de luta . tal ensinamento era feito reservadamente. um monge Budista do Sul da Índia (um príncipe de Tamil Nadu). lanças. o Kalaripayátu e o Vajramushti tomaram o nome de Kung Fu. por sua vez. Eles são os mestres líderes na Europa e América. A Medicina Ayurvédica tradicional faz par com o Kalaripayatu. A idade dourada de Kalaripayatu foi do XIII século ao século XVIII. mas também no vigor da mente através de exercícios físicos e Yoga. com os quais os guerreiros. Esses 21 guerreiros estabeleceram 21 Kalaris para proteger a terra e manter a paz. guia seus estudantes num caminho que os permitirá estarem prontos para qualquer situação na vida. quando as técnicas foram mais divulgadas e praticadas publicamente. Na China. Yodhas. Kalaripayátu e o Vajramushti foram introduzidos na China e no Japão. No Japão. O treinamento segue rituais estritos. A cultura física. e depois em outras terras e países. Já no século XIX. Esses. Surgimento Acredita-se que os Rishis guerreiros ensinaram seus segredos para os principais Brahmins. O vigor da mente é o vigor de corpo. e quando isto ocorria. 'marmas'. os colonialistas britânicos declararam o Kalaripayatu e o Vajramushti como técnicas ilegais a sua prática e ensino foi gradualmente extinta. No Gurukula.Elas são mais divulgadas como artes de condicionamento espiritual e mental. Kalarippayattu se espalhou na Europa devido aos esforços do Anil Machado e na América por Shiva Rhea. físico e emocional do Ser Humano. que são tratados com massagens e óleos essenciais do Ayurveda e ervas medicinais ditadas pelos Gurus. há um treinamento físico rígido. O Kalariguru. O Kalaripayattu pode ou não ser praticado com armas. tais como: bastões longos ou curtos. mentais e físicas. estas artes foram desenvolvidas dentro do sistema samurai. espada.como tantas que já existem. foram treinados. 'residência dos mestres'. Mestre de Defesa Pessoal. Poucos mestres ensinavam estas artes. . Seu nome é designado como "Kalarichikitsa" e baseia-se em identificar pontos vitais. etc.

wikipedia. inclusive a esposa e. mas antes foi estudante de diversas outras linhas de Yoga e Budismo. a prática mais profunda do Vajramushti só é transmitida para os membros com o grau de discípulos ou instrutor-missionário. discipulo direto do Swami Vyaghrananda Bhagwan. discipulo de Shri Munirishi Saddhu. ou tribo Sakya. da casta nobre dos chátrias. algumas artes marciais perderam o seu verdadeiro sentido espiritual e de autoconhecimento. significa o santo dos Çakya. o que viria a ser à base do budismo. Filho de um rajá. também conhecido oficialmente pelo nome de Mestre Uberto Gama. O nome Çakyamuni. sul da India. foi educado na abundância e no luxo.Atualmente no Brasil O ensinamento do Vajramushti no Brasil foi transmitido pelo Grão-Mestre Sri Swami Vyaghrananda Bhagwan. deixou a corte e todas as suas riquezas. uma das principais religiões mundiais e. começou a refletir sobre a velhice. foi nascido e criado em Kerala. antes de tornar-se mestre de Raja Vidya Yoga. na futura fronteira da Índia com o Nepal. Atualmente. Aos 16 anos casou-se com sua prima Yaçodhara.com/search?q=cache:AwdPR5H_klUJ:pt. A partir dos 29 anos quando saiu do palácio em sua carruagem." Shri Swami Vyaghra Yogi Site: http://webcache.googleusercontent. Afirma-se que o mestre Vyaghra Yogi Gamaji passou por diversas escolas de Yoga. chegou ao quarto dan da faixa preta em Taekwondo. Aos 30 anos. um modelo de perfeita virtude. é o atual grão-mestre Sri Vyaghra Yogi Gamaji. citado do Bhagavad Gita. a dor. e passaram a ser meros esportes ou espetáculos de pancadaria. observando as casualidades que encontrou ao longo de seus passeios. "Dentro da Ordem Filosófica Vidya Yoga Ashram. Como uma linhagem espiritual a linha Raja Vidya Yoga mantém a prática destas artes marciais em sua codificação. para os budistas.org/wi ki/Vajra_mushti+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br Príncipe oriental nascido em Kapilavastu. que por sua vez. com o cocheiro Channa. a morte. mesmo sabendo que se tornara pai. etc. capital do reino de Çakya. O sucessor do Vajramushti no Brasil. preparado para suceder o pai. como também é conhecido.. segundo o Vishwa Unnyayan Samsad e o Vishwa Parishad. fundador do budismo. o rei da tribo. e a superação de tudo isso mediante a contemplação. rumou para . sob o capítulo Yodha Vidya. O motivo principal desta decisão é para preservar a tradição milenar e evitar a deturpação dos princípios filosóficos.

Em Buddh Gaya até hoje se venera uma árvore descendente daquela em que ele descansou. o estado que permite contemplar o ciclo da reencarnação universal. segundo os escritos sagrados. Oudh. sua capital. onde. conscientizar-se das próprias encarnações passadas e encontrar o meio de superar a dor.html . Também ali decidiu que as mulheres podiam entrar para a ordem como monjas e seguiu pregando ensinamentos filosóficos místico-humanitários. na região de Bihar.edu. onde fez o célebre sermão de fogo e. seguindo sua peregrinação e conquistando novos discípulos. foram enviados para pregar a nova mensagem à humanidade. Convidado para o reino de Kossala. o famoso mosteiro de Jetavana. ou seja. onde. fazendo muitos discípulos e seguidores. conforme as práticas dos brâmanes sujeitou-se durante seis anos às mais severas privações e mortificações. Com o segundo. preparados. Em pouco tempo. Depois seguiu para o noroeste da Índia. Tinha então 35 anos.o sul. os seguidores aumentaram e. até sua morte em Kusinagara. Uddaka Ramaputta. junto com cinco discípulos.ufcg. o primeiro centro de irradiação do budismo para o resto da Índia e para os países próximos. atingiu um estado espiritual superior e.br/biografias/SidaBuda. fundou em Rajagaha. visitou sua família e converteu seus pais. mais tarde Buddh Gaya. Por sua vez. seguindo seu caminho. a mulher. Site: http://www. o filho Rahula e o primo Ananda. em Gaya. chegou a uma aldeia chamada Senanigama. alcançou finalmente o nirvana. que se tornou seu principal apoio.dec. onde encontrou seu primeiro mestre: Alara Kalama. dirigiu-se para Uruvela. sentado embaixo de uma árvore.