PADRÃO DE RESPOSTA ESPERADO – NEUROLOGIA

VALOR DE CADA QUESTÃO: 2,0
1- Jovem, sexo masculino é hospitalizado com estado de mal epiléptico, febre,
confusão mental. Realizada punção lombar com análise do líquido
cefalorraquidiano e concluído diagnóstico de encefalite herpética. Referente
a este caso, responda:
A) Como está o lactato no líquido cefalorraquidiano.
RESPOSTA:
Lactato está normal
B) Qual o exame padrão ouro no líquido cefalorraquidiano do caso.
RESPOSTA:
Exame padrão ouro no líquido céfalorraquidiano é a reação em cadeia da
polimerase para herpes vírus.
C) Quais as alterações encontradas na ressonância magnética de crânio na
encefalite herpética.
RESPOSTA:
Alterações presentes na ressonância magnética de crânio: necrose hemorrágica
frontotemporal assimétrica.
D) Como se caracteriza o estado de mal epiléptico.
RESPOSTA:
Estado de mal epiléptico é caracterizado pela duração da crise epiléptica igual ou
acima de 30 minutos, ( 1 crise com esta duração ou crises subentrantes com esta
duração).
2- Paciente de 20 anos é atendido no pronto socorro em vigência de crise
epiléptica com as seguintes características: abalos clônicos em hemiface
esquerda, membro superior e inferior esquerdos. Referente a este caso
responda os itens abaixo:
A) Qual o tipo de crise epiléptica (classifique)
RESPOSTA: Crise epiléptica focal (ou parcial simples)
B) Deve ou não ser administrada alguma medicação.
RESPOSTA: Sim
C) Em caso afirmativo do item B, qual a medicação, via de administração e
dose.
RESPOSTA: Diazepam, endovenoso, na dose de cinco a dez miligramas sem
diluição
D) Qual o exame de neuroimagem padrão ouro na epilepsia.
RESPOSTA: Exame de neuroimagem padrão ouro na epilepsia é a
ressonância magnética de crânio.

Fase de recuperação D) Das cefaléias primárias qual é a de maior prevalência? RESPOSTA: Tipo Tensão 4. Qual o tratamento clínico que deve ser instituído neste caso? RESPOSTA: Dieta adequada (laxativa). vasoespasmo. Aura.Paciente de 50 anos. hiponatremia D). Nimodipina (60 mg VO 4/4 hs). fenitoína. hipervolemia. TC crânio: hemorragia subaracnóidea. III e IV . Pergunta-se: A) Qual o diagnóstico etiológico? RESPOSTA: Aneurisma de artéria comunicante posterior à esquerda B) Qual o exame que deve ser realizado para confirmar o diagnóstico? RESPOSTA: Angiografia cerebral C)Quais as complicações que podem ocorrer decorrentes desta patologia? RESPOSTA: Ressangramento.Responda: A) Quais são os parâmetros utilizados na escala de coma de Glasgow? RESPOSTA: Abertura ocular. controle da PA. hidrocefalia. deu entrada no pronto-socorro. rigidez de nuca.0 3. hemodiluição. Ao exame neurológico observado ptose palpebral. Fase álgica. apresenta descerebração à direita e lesão de III par à esquerda.Com relação às cefaléias responda: A) Quais os exames que devem ser realizados para diagnóstico de arterite temporal e qual o resultado esperado. evolui para coma. Localização: infratentorial D) Quais são os graus de malignidade dos astrocitomas? RESPOSTA: Graus I. II. Qual o tipo de herniação encontrada? RESPOSTA: Hérnia uncal ou lateral (à esquerda) C) Quais os tumores que predominam na infância e qual a localização? RESPOSTA: Meduloblastoma e astrocitoma. gênero feminino. controle hidroeletrolítico. melhor resposta motora B) Paciente com hematoma extradural temporal à esquerda. 5. melhor resposta verbal. seguido de perda da consciência. midríase e estrabismo divergente à esquerda (lesão completa de III par). com queixa de ter apresentado cefaléia súbita de forte intensidade. RESPOSTA: Exames: VHS e biópsia da artéria temporal. terapia dos 3 “H”: hipertensão. repouso no leito.PADRÃO DE RESPOSTA ESPERADO – NEUROLOGIA VALOR DE CADA QUESTÃO: 2. VHS aumentado Biopsia: arterite de células gigantes B) Qual a cefaléia em que se usa inalação de oxigênio puro para melhora da dor? RESPOSTA: cefaléia em salvas ou (cefaléia de horton ou cluster headache) C) Quais são as quatro fases da enxaqueca? RESPOSTA: Prodromo.