DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ___ VARA DE FAMÍLIA DA
COMARCA DE VILA VELHA-ES

Defensoria Amiga da Comunidade

CLEBER MOURA NUNES, brasileiro, separado, porteiro,
portadora do CPF nº 035865477-73, residente e domiciliado na Rua São
Mateus, nº 21, Barramares, Vila Velha-ES, CEP: 29131-432, tel.:30430250/9694-0204, vêm respeitosamente à presença de V. Exa., através
da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo, interpor a presente

AÇÃO DE GUARDA

De sua filha KAREN MELO NUNES em desfavor de ROSÂNGELA
SOUZA DE MELO, separada, brasileira, documentação desconhecida,
residente e domiciliada na Av. Nossa Senhora da Penha, nº1215,
Barramares, Vila Velha-ES, pelos fatos e fundamentos que consoante
passa a expor:
1. Justiça Gratuita
O autor se declara pobre no sentido legal da palavra, não
dispondo de recursos financeiros para arcar com as custas, despesas
processuais e honorários de advogado sem prejuízo de seu próprio
sustento e sem que tal verba lhe retire o necessário para manter o
amparo de sua família, razão pela qual requer que lhe seja deferido os
benefícios da Justiça Gratuita, nos termos do art. 4º da lei nº. 1.060/50.

Yuri

Dos fatos Os genitores eram casados no tempo do nascimento da criança. Contudo. conforme boletim de ocorrência em anexo. Dessa forma. erigindo o reconhecimento da filiação a direito fundamental. JOILSON SANTOS NASCIMENTO. andar com más companhias.137. não tem nenhuma presença na vida da criança e não exerce sua autoridade. processo de nº6531 (035. Além disso. sem prestar as devidas instruções que fazem parte da boa-educação. a autora fora morar com a genitora. Dos fundamentos O estado de filiação consiste em direito personalíssimo. Ademais. e sendo o único apto para criá-la. 3. apresenta comportamento agressivo frente ao outro filho que o casal tivera: KELNY NUNES MELO. a genitora tenta furtar-se de seus deveres como mãe. indisponível e imprescritível.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente). tendo em vista seu amor e carinho para com a criança. 8. O pai cuidara da criança até os 09 (nove) anos de idade. 27 da Lei nº. resta prejudicado o ambiente de convívio familiar em que se encontra a criança. como mostra termo de audiência. previstos respectivamente no art.020.DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO 2. Pelo exposto. ocorre que genitora é ausente. Na separação. estando ainda ligado aos princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana e da paternidade responsável.051) em anexo. para sua formação como indivíduo e cidadão. inc. e namorar escondido. especialmente abordado pelo art. e no art. III. porém estes se separaram no dia 16 de Junho de 2004. 1º. o atual companheiro da genitora. Yuri . fica clara a necessidade de ajuizamento da presente demanda no intuito conceder a guarda da criança para o genitor. pois a casa que possuíam ficara com esta. alegando que está sempre trabalhando. deixando a criança: ficar até meia-noite na rua. chegando a agredi-lo fisicamente. 226 da Constituição da República.

II – saúde e segurança.) § 2 º.. requer: 4. mais aptidão para propiciar aos filhos os seguintes fatores: I – afeto nas relações com o genitor e com o grupo familiar. 1. condição essencial para lhe conferir tal guarda.. A guarda será unilateral ou compartilhada. conforme o melhor teor do que prevê o art.2. A guarda unilateral será atribuída ao genitor que revele melhores condições para exercê-la e. 4. deve ser concedida a guarda desta para o genitor. Em vista da procedência do pedido. do CC/02. 4. Sejam deferidos os benefícios da Justiça Gratuita para o autor. Dos Pedidos Diante do exposto. 1. (.583. advertindo-lhe ainda de que. caso não o faça. 4.1. do CC/02: Art. A citação do réu para. 4. III – educação. em vista da condição de miserabilidade legal daqueles. uma vez que ele detém melhores condições para prover o desenvolvimento da filha.5.583. §2º. §2º.583. que o réu seja condenado ao pagamento das custas processuais e honorários advocatícios. 4. Protestam por todos os meios de prova admitidos em direito.3. Que seja concedida a guarda da menor para o seu pai. nos termos do art. presumir-se-ão como verdadeiros os fatos narrados nesta peça. apresentar contestação.DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO De outra banda. 1. devendo os últimos reverterem para o fundo de aparelhamento da Defensoria Pública. objetivamente.4. querendo. Yuri .

02 de Maio de 2013. Fábio Rodrigues Sousa Defensor Público Yuri . pedem e esperam deferimento.000.DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Dão a causa o valor de R$ 3. Vila Velha-ES. Termos em que.00 (três mil reais) para todos os fins de direito.