PLANO DE NEGÓCIO

GUIA CONSULTORIA E COBRANÇA
Carlos Eduardo Landins Cremonini
Otávio Lúcio Neves

Paranavaí
-2008-

PLANO DE NEGÓCIO
GUIA CONSULTORIA E COBRANÇA
Trabalho apresentado para a aprovação na
disciplina
de
Estagio
Supervisionado
em
Administração da Faculdade Estadual de Educação
Ciências e Letras de Paranavaí
Orientadora: Prof.ª Christiane Censi Delbone

2

todos que colaboraram para que este projeto fosse realizado.Agradecimentos Agradecemos a Deus e as nossas famílias que nos apoiaram nas horas que fizemos este projeto. 3 . Agradecemos também aos nossos professores que nos auxiliarão nos momentos que mais precisamos e por fim.

aos nossos pais que nos momentos difíceis nos deram forças e sempre estiveram do nosso lado.” Obrigado. 4 .Dedicatória Dedicamos este projeto. “ao meu filho que ele possa ler este projeto quando vir sua maturidade e possa se espelhar nos projetos de sua vida e a minha esposa. a principal pessoa que me incentivou a crescer pessoalmente e profissionalmente.

.Forma de tributação a serem pagas. segue neste projeto toda a forma detalhada de abertura da empresa Guia Consultoria e Cobrança. Portanto. Empreendedorismo. foi possível ser analisado o setor das empresas que foi do interesse desta pesquisa. onde os principais tópicos a serem questionados pelo Acadêmico foram: . 5 . Palavras-chaves: Crédito. inicialmente na cidade de Paranavaí. a inadimplência do comercio de Paranavaí.Média de Faturamento Mensal Real. . Inadimplência. levando em consideração que a maioria dos empresários não tributa seu faturamento real. onde a pesquisa foi realizada. Foram realizadas várias pesquisas em empresas do comercio de Paranavaí.Média de títulos inadimplentes e seu percentual de perdas em ativos como cheques e notas promissórias. Assim. desde sua forma executiva até sua analise financeira.Resumo Este projeto pretende analisar a possibilidade de instalar um escritório de Assessoria Empresarial e Cobrança para empresas do comercio varejista da região do Noroeste do Paraná.

........... Analise de Mercado ...............................Sumário 1.................................................................................... 05 Forma Jurídica ....................................................................... 09 Estratégia de Distribuição ......................................................................... 07 Perfil de Pessoa Jurídica ......................... 10 Estratégia de Comunicação .......................................... 06 Ambiente de Atuação ..................................................................... 08 3........................................................................................................................ 08 Concorrentes ................................ 11 6 ................... 09 Estratégia de Promoção ............................................ 09 Segmentação de Mercado .................... 05 Setor que a empresa atuará .................................................................................................................................................................. 06 2.................................. 07 Perfil de Pessoa Física ................................................................................................................ 05 Fontes de Recursos .............................. 05 Dados dos Empresários ...................................... 10 Estratégia de Preço ........................................................................................................................................ 07 Fornecedores .............................................. Processo Operacional ..................................................... 06 Visão Geral .................................................................................. 08 Identificação das Necessidades . Sumário Executivo ................................................................................ 10 Força de Venda ................................................................................................. 05 Resumo do Negócio ............................................................................................................................................................. 06 Consumidores ......... 08 Estratégia do Produto ....................................................................... Plano de Marketing ........................................................................................ 10 4.............................................................................................................................

.......... 14 Política de Mão-de-Obra ..................................... 12 DRE ............................... 14 Política de Prazo ......................................................................... Anexos ..................... 11 Investimento Fixo ...................... 13 Ponto de Equilíbrio ...................................................................... 16 7....................................................................................... 15 Sazonalidade Financeira .................... 17 8............................Processo Operacional ....... 21 7 .................................................................................................................. 12 Indicadores Financeiros ................................................................................................................................................................................................................ Considerações Finais ......................... Analise Financeira ................................................................................................................................................................................................................................................................................................. 11 Faturamento Previsto ............................................................................. 16 6......................... 11 Layout ....................... 12 Custo Fixo Previsto ............ 14 Prospectos de elevação de lucros ................................................................................................. 15 Política de Tributos ............................................. 11 5...................................Demonstrativo de Resultados ....................................... Bibliografia ...................

8 . procurando sempre a inadimplência de pessoas físicas. Tributação e toda parte relacionada a impostos. tendo o objetivo de tornar a inadimplência do mesmo. Cursando o 3º ano do curso de Administração na Faculdade Estadual de Educação Ciências e Letras de Paranavaí. Sumário Executivo Resumo do Negócio Este estudo propõe analisar a viabilidade de instalação da empresa Guia Consultoria e Cobrança. existem poucas empresas concorrentes. Os estudos aqui propostos nesta pesquisa levam em consideração o inicio das atividade do negocio a partir do ano de 2011. O produto a ser proposto é a utilização de um Call Center para realizar a cobrança por telefone. com o devido treinamento para os atendentes. Na região proposta (Noroeste do Paraná). Os clientes em potencial. Este Plano de Negócio propõe a terceirização das cobranças dos clientes em potencial. relacionamento com o cliente. se assim for possível. sendo uma Sociedade Limitada com apenas um único sócio. além de ser estagiário de operação de negócios pelo Banco FIAT na concessionária de FIPAL FIAT. será a do Comércio. nula. além de cobrança por correspondências. Contabilidade Geral. são na sua maioria comércios de varejo. onde prestara serviço à cliente com um perfil varejista e de serviços também. Como profissional atuou na área de vendas de motocicletas na empresa Free Way (franqueada Honda) e como Assistente Administrativo na franqueada da Transportadora da Viação Garcia. porém nenhuma delas segue estes procedimentos resumidos neste sumário.1. gerenciamento de operação e logística. recrutamento e seleção. treinamento e motivação de colaboradores. Como habilidade o mesmo possui aptidão na administração mercadológica. O setor que a empresa atuará O setor que a empresa atuará. Dados do Empresário Diretor-executivo e proprietário: Carlos Eduardo Landins Cremonini. Forma Jurídica A Guia Consultoria e Cobrança serão enquadradas no sistema de Lucro Presumido de tributação. Pontos que necessitam de melhorias: Administração Financeira. marketing e gerenciamento de vendas e produtos.

transformando este em um ramo altamente competitivo e profissional. 9. § 2º. SEBRAE. 30 e 36. é a de Lucro Presumido.158-35/2001.249/95. para poder realizar o esperado e enquadrado neste Plano de Negócios. 4º. as Leis nºs 8. 9. arts. 9 . 27 e 45.Fontes de Recursos A empresa buscará financiamento em bancos. IRPJ. Ambiente de Atuação A legislação a ser aplicada para o funcionamento desta empresa. INCRA. 9.430/96. art. COFINS. 10. 5º. SALARIO EDUCAÇÃO. 1º. 27. 29. art. § 4º. ISS. 1º. ACIDENTES NO TRABALHO. 22. 22. arts. 8º. SESI. § 1º. Já a tributação são os seguintes tributos. inicialmente na região Noroeste do Paraná. 17. e alguns recursos próprios previstos nesta sociedade. Procurando aumentar a competitividade no mercado de cobranças.065/95. Analise de Mercado Visão Geral A região geográfica a ser atingida será o estado do Paraná. XXVI e 9. Ou seja. 516 a 528. 51 a 54. § 3º. § 2º. PIS/PASEP. 21. 20. 11. Indivíduos sujeitos a inovações e com uma relevante perspectiva do mercado do noroeste paranaense.718/98. art. 19. que trabalham com o comércio varejista e de serviços. tais como uma melhor formalização deste mercado na região. 7º. são as empresas com um índice elevado de inadimplência. 9º. 1º. ICMS e em relação a tributação sobre a mão-de-obra serão tributados. 2. O posicionamento e competitividade da Guia Consultoria e cobrança será de um elevado dinamismo e inovação. CSLL. Os padrões e tendências tecnológicas para este ramo do mercado. 15. 58. são de softwares independentes para o banco de dados de cliente e fornecedores.981/95. tornando-lhe altamente competitivo. § 7º. procurando mostrar ao mercado novas formas de se trabalhar com a inadimplência dos seus consumidores. onde os devedores são consumidores Físicos e/ou Jurídicos. RIR/99. SENAC. profissionalizar e dar oportunidades para pessoas se especializarem e terem mais conhecimentos. arts. o INSS. 13 e 14. E a evolução deste mercado e as expectativas futuras sobre este segmento de mercado trazem uma ótima perspectiva pois este mercado ainda é pouco conhecido pelos consumidores da região a evolução deste mercado ainda é insignificante comparada à evolução prevista para os próximos anos. uma área que abrange a cidade de Paranavaí e suas cidades adjacentes. MP 2. FGTS. Já o perfil de cliente a ser direcionado. V. 70 e 88. arts. além de controle financeiro e contábil. IPI.

10 . tem a faixa etária a partir dos vinte e um anos de idade com uma renda estável. Possui um poder aquisitivo igual ou superior a três salários mínimos. a área geográfica que este cliente residi ou trabalha deve ser de inicio toda a região do Noroeste do Paraná. pois os mesmos terão dificuldades de receber esses dividendos por conta própria. ou quando usa serviço de terceiros. principalmente pequenas e médias lojas que possuem dificuldades de receberem seus créditos inadimplentes. Normalmente. onde diretoria e gerência de setor analisam a viabilidade desse tipo de parceria. tais como o PIB (Produto Interno Bruto) conforme demonstra a pesquisa apontada em 2007 pelo IBGE. possuindo em média um faturamento anual de cinqüenta mil reais. Consumidores Perfil de Pessoa Física O perfil de pessoa física que será atendido pelos nossos serviços. Já para a tomada de decisões em empresas de micro. as empresas de micro. que é de quinze por cento (15%) de seu faturamento teremos uma média mensal de setecentos reais (R$ 700. Portanto. além de publicações na impressa escrita e falada. na sua maioria é o proprietário ou mesmo seu gerente que influencia ou toma essa decisão. Os principais benefícios que o consumidor procura são: a redução de custos operacionais com cobrança de títulos duvidosos e inadimplentes. onde efetue alguma atividade de autônomo ou profissional liberal. O consumidor costuma a se informar sobre certos serviços através de indicações pessoais de conhecidos e amigos. O cliente procura atrelar a conveniência de um serviço rápido. A situação financeira que estes clientes devem se encontrar deverá ser de um inicial problema financeiro. estão na confiabilidade e honestidade de um serviço bem realizado.As tendências macroeconômicas que podem afetar o negócio. Perfil de Pessoa Jurídica Inicialmente. utiliza os serviços de moto-boy. vão de acordo com a sua inadimplência. Já os principais critérios para tomar decisões de compra. Se levarmos em conta o percentual de inadimplência esperado por um varejista. O mesmo terá uma grande regularidade de compra se levar em conta a média nacional de inadimplência que é de 15% do faturamento do individuo. pequenos e médios portes são o principal publico alvo no perfil de Pessoa Jurídica. na sua maioria existe todo um processo a ser aguardado.00) mês de cada cliente com sua inadimplência. Já nas empresas de maior porte. é o crescimento econômico e populacional. as principais decisões tomadas que estão relacionadas ao financeiro. este cliente tem o costume de realizar sua própria cobrança de inadimplentes. O mercado a ser atingido no primeiro estagio será o varejista. passam pelo parecer do proprietário. A freqüência de compra dos consumidores. com a confiança e profissionalismo na cobrança de inadimplentes. pequeno e médio porte.

quanto na parte Jurídica (protesto. Fornecedores Um dos fornecedores a serem utilizados será o de serviços em moto-boy para a cobrança de títulos pessoalmente. tanto na parte operacional (a pratica da cobrança). o mesmo se diz aos serviços de apoio. Os principais critérios adotados pelas pessoas jurídicas para que possam tomar uma decisão de compra. toda parte de cobrança física. com esse tipo de parceria poderemos oferecer uma maior tranqüilidade para com esses créditos. postal ou telefônica. por se tratar de um período festivo e de muito consumo. Já. O canal de atendimento a ser utilizado para o atendimento ao cliente será o pessoal. alta inadimplência. diminuir as inadimplências em seu crediário e com cheques. ou qual possuem a mesma gama de atendimento. ainda sim existem inadimplentes. 3. trás mais confiança do cliente em relação aos processos. esta na forma de como a empresa de cobrança espera satisfazer as necessidades do cliente. Concorrentes O principal concorrente para este tipo de serviço. A periodicidade de compra dependerá da dificuldade de receber tal ativo. custos com operacional em cobrança. pois apesar de um período festivo. Já pelas formas de pagamento e financiamento deve ser sempre negociado sobre a manta de um contrato de prestação de serviço. garantias de um preço justo e uma cobrança segura e dentro das normas do CDC (Código de Defesa do Consumidor). ETC). Porém essa baixa não é tão significativa. com visitas personalizadas e atendimento telefônico. será o próprio cliente com o setor de crédito e cobrança.Os principais benefícios procurados pelos cliente de Pessoa Jurídica são: na sua maioria diminuir seu percentual de inadimplência. Outro fornecedor a ser utilizado. Necessidades tais como. Plano de Marketing Identificação das necessidades 11 . onde será realizada a parceria com uma empresa de confiança e índole indispensáveis para tal parceria. será um indireto para o fornecimento de materiais de expediente para o escritório. onde a maioria das médias empresas já utiliza tal setorização. SERASA. a região costuma ter uma sazonalidade baixa no inicio e no final do ano comercial. Em relação ao suporte técnico. No mais a região não possui concorrentes na região. já a forma de pagamento para este parceiro será com uma comissão conforme os recebimentos do mesmo.

o mesmo deverá ser de ótima visibilidade para que o cliente possa ver o ponto comercial com uma fácil acessibilidade e um ótimo fluxo de pessoas pelas ruas.Imagem superior. podemos definir que este estagio é o momento em que o produto esta sendo conhecido por todos. instalação de futuras franquias.O serviço atenderá o percentual de inadimplência que o público-alvo possui. planejamento. passou confiança e descrição em seus serviços. .beneficio para os clientes na utilização dos serviços. pois o desejo do cliente é receber pelos serviços ou produtos que venderam. Estratégia de Promoção Entre algumas estratégias utilizadas para a fidelização do cliente esta.Conveniência de possuir um ótimo custo . . alem de visitas pessoais analisando perfis de clientes e apresentando-lhe propostas Em relação ao ponto comercial. O produto está em um estagio de introdução na região do noroeste do Paraná. logomarca. a premiação por fidelidade e freqüência de utilização de serviço. pois poucos utilizam esse tipo de serviço. palestras e orientações sobre crédito e analise de crédito.Alta qualidade em relação ao atendimento e cobranças. Organização de coquetéis e almoços de negocio para a constante troca de interesses. . quando isso não acontece ocorre uma menor perspectiva nos ganhos do cliente. . O produto a ser oferecido para os consumidores em questão é a cobrança de títulos inadimplentes. palestras sobre crédito e atendimento. orientação de liberação de crédito. alem de demonstração de números e perspectivas de crescimento para esses clientes. principalmente na intermediação de negociação de altas dividas de consumidores inadimplentes. parcerias com empresas no ramo da publicidade e do marketing. em sua organização. tais como analise de credito. vendas por telefone. com baixos índices de transtornos com cobrança.Garantia de tranqüilidade na cobrança de seus consumidores. .Serviços agregados.inovação na cobrança de títulos por telefone e via correio. 12 . Estratégia de distribuição Os principais canais de distribuição de serviços são: o próprio escritório. Estratégia do Produto Segue a baixo alguns valores que o público-alvo demonstra dar grande importância: . inicialmente será locado por um ano podendo ser renovado por mais um ano. num ritmo lento de vendas. Assim. e status associado.

Estratégia de Comunicação Na estratégia de comunicação o objetivo da mensagem é informar aos clientes as vantagens de aderirem aos serviços e os prêmios de clientes especiais. a ponto de assumir novas formulas para a redução de sua inadimplência. Na área Psicográfica o consumidor a ser atingido deve possuir uma atitude arrojada para com o mercado regional. com no mínimo o ensino médio completo das classes A. A mensagem será destinada aos consumidores com potencial de inadimplência. B e C. que levam em consideração a forma mais segura de obter lucros. Já a forma de pagamento pelo serviço será efetuada de acordo com as duplicatas a serem recebidas por nós ou pelo cliente. os consumidores possuem uma facilidade de consumir produtos novos. rádios. Endereço. Telefone. depois será criado um site de divulgação e consulta para os clientes e interessados. Cartório de Protestos Negativo. Tempo de serviços ou de Firma Aberta.Segmentação de mercado Em relação à região a mesma possui uma ótima distribuição geográfica do publico – alvo em toda região noroeste do Paraná. e televisão de toda a região. porém se cansam fácil do produto que deixa de ser novidade. a segmentação demográfica segue o padrão de consumidor com uma faixa etária maior de 18 anos. A divulgação inicial será feita através de propagandas nos jornais escritos da região. SPC negativo. A estratégia a ser usada será a de criar uma expectativa para com o lançamento deste novo serviço. Razão social. onde o produto possui uma média qualidade e baixo preço. Força de Vendas 13 . de ambos os sexos. Estratégia de preços Os serviços a serem oferecidos terão uma estratégia de posicionamento de preço classificada em “valor bom”. Já os veículos a serem usados na divulgação destes serviços serão os principais canais possíveis tais como os jornais. já o prazo dependerá do que será acordado no contrato de prestação de serviços e para que o cadastro do cliente seja aprovado efetivamente para a efetuação dos serviços serão necessários dados como Nome fantasia. Créditos aprovados por um analista de cobrança de nossa empresa. Por se tratar de uma região de interior. Porém. na sua maioria encontramos empresários que pensam de forma tradicional.

tendo uma perspectiva do volume de atendimentos inicial de 1300 atendimentos mensais.00 %* 4.00 Impressora Multifuncional .0% 14 .HP Móveis e Utensílios 300.300.600. e os efetivos. As funções iniciais a serem exercidas serão as de: Gerencia.00 Telefones (cinco) 150. e Recepcionista.6 GHz 1 MB 80 GB 1.00 700. 4. os estagiários. Processos Operacionais A estrutura descrita terá uma capacidade máxima de 180 atendimentos ao dia.000. e o fluxo ideal para a ideal funcionamento dos devidos processos.600. No entanto o colaborador deverá algumas aptidões.A força de venda a ser utilizada deverá ter um perfil de atendentes de telefones.00 Fax 250.00 Cadeiras Estofadas (Cinco) 600.00 Notebook Dual Core 1.900.0% 10. Analise Financeira Investimento Fixo DISCRIMINAÇÃO VALOR R$ Construções 1.0% 20.6 GHz 1 MB 80 GB 1.00 2.00 Cadeiras Giratórias (Duas) 350. A organização da equipe se dará inicialmente através de dois patamares. com boa dicção e de voz agradável.00 Pentium Dual Core 1.00 Mesas para escritório (Duas) 1.00 3. possuindo um piso inicial a ser alcançado com as vendas e acima desse piso este receberá da mesma forma. raciocínio rápido. tais como facilidade de comunicação e expressão. Tele Atendimento. será inicialmente uma equipe de três atendentes e um supervisor.000.00 Baias p/ Telemarketing (Cinco) Computadores 800. Em relação ao treinamento da equipe. A remuneração do colaborador será comissionada de acordo com um percentual em cima das cobranças realizadas.0% 10. Layout Segue o ANEXO I o Layout de como será conduzido a posição de cada função. 5. estes deverão adquirir conhecimento sobre a legislação vigente em relação ao direito do consumidor e cobrança de dividas.00 Reforma e adaptações Máquinas e Equipamentos 1.350. deverá ter uma experiência de no mínimo seis meses na área de Call Center e vendas por telefone. e paciência na hora do atendimento com o devedor para que possa ser evitados maiores constrangimentos.

950.50% 7.00 Telefone 800.00 Propaganda e Publicidade 200.00 300.00 5.00 2.00 6.550.00 27.00% 10.00 500.00 Outros 415.000.450.00 Material de Expediente e Consumo 300.000.00 1.00 Custos Fixos Previsto Discriminação Valor R$ Mão-de-Obra + Encargos 2. Custo Direto do Serviço Preço de Venda Unitário Faturamento 150 12.00 10.00 Despesas Variadas 0.00 15.00 Luz 250.42 Manutenção 150.00 Depreciação Mensal 85.Outros 2.00 85.00 70.85% 15 .02 DRE – Demonstrativo de Resultados do Exercício DISCRIMINAÇÃO VALOR R$ % 1.00 250.000.00 TOTAL DE SERVIÇOS 28.00 10 50. Receita Total 28.00 3.Percentual de depreciação por grupo.00 Despesas de Viagem 200.496.00% Vendas (a prazo) 2.42 Faturamento Previsto Estimativa de Custos Descrição do Serviço Cobrança De títulos Palestras Sobre Analise De crédito Analise de Cadastro de consumidores Estudo de Inadimplências Taxa de Cobrança judicial Estimativa de Vendas Vendas Unitárias Custo Unit.00 3.00 Custo Direto 7.419.00 35.00 5.00 300.00% Vendas (à vista) 19.00 100.00 150.000.500.500.00 Estagiário .61 Retirada dos Sócios (Pró-Labore) 600.00 Água 70.Recepcionista TOTAL 415.550.0% 1.00 Contador 350.00 Serviços de Terceiros 150. 1.950. Custos Variáveis Totais Previsão de Custos (Custo da Mercadoria) 8.985.00 50 50.00 2 75.250.000.00 Software Personalizado Total Investimento Fixo * .86 36.00 Aluguel 400.565.00 60 50.00 150.500.467.00 30.800.00 100.

10 1.130.50 1.000.000.00 2.550.00% Comissões 0.02 22.53% Despesas de Viagem 200.61 Dias Úteis 10.40% Propaganda e Publicidade 200.37 31.10 Resultado 9.00% 0.021.51 % 25 16 .00 1.18 Diário 624.57% 31.64 1.00 1.45% 11.CS 8.467.60% Indicadores Financeiros Investimento 10.23% Material de Expediente e Consumo 300.00) Faturamento 28. Resultado Líquido Financeiro 822.00 0.00 Capital de Giro Total 10.35 Mensal 10.24 2.183.467.00 Custos Variáveis 10.12 40.65% 1.37 36. Custos Fixos Totais Mão-de-Obra + Encargos Retirada dos Sócios (Pró-Labore) Água Depreciação Mensal 5.57% 3.02 Investimentos 449.00 Capital Próprio (9.64 Financeiro Econômico Lucro Desejado 3.042.891.00 0. Investimentos Financiamento 7.42 0.61 8. Margem de Contribuição 4.192.70% Serviços de Terceiros 150.79 Diário 407.00% 1.615.60 % Operacion al Mensal 10.142.30% Manutenção 150.29 0.663.00 0.80% Contribuição Social .65% Impostos Estaduais (ICMS) Imposto Municipal (ISS) 0.00% 4.00 0.00 0.00 0.68% 4.53% Outros Custos Fixos 415.00 1.70% 85.08 3.00% 285.85% 449.65% 2.65 % 1.00% 18.00 1.Impostos Federais (PIS.450.450.00 2.370.05% Aluguel 400.IRPJ 449.25% Luz 250. IPI ou SUPER SIMPLES) 3.00% 1. COFINS.86 Custos Fixos 6.50 % 22.00 Diário 435.40 7.88% Telefone 800.419.00 Previsão de Inadimplência 4.50% 6.14 63.00 0.80% Contador 350.10% 70. Resultado Operacional 6.00 Financiamento 20.10 1.021.88% 9.496.57% 2.74% 600. Imposto Renda Pessoa Jurídica e Contribuição Social (Presumido/Real) Imposto de Renda Pessoa Jurídica .00 Mensal 15.550.

32 Investimentos 4.02 Custo Fixo 6.43 17 .623.820.0% Receita 28.405.38 Resultado 9.834.86 Custo Fixo 6.38 Resultado 7.50% Lucratividade Operacional 40.86 Custo Variável 10.00 Custo Variável 9.624.419.02 Investimentos 4.75 Redução no Custo da Mercadoria 10.73 Resultado 7.467.00 Receita 31.405.86% Prospectos de elevação de lucros Acréscimo no Preço 10.60% Prazo de Retorno do Investimento Rentabilidade Operacional 111.550.0% Receita 31.61% Resultado Final 86.00 Receita 28.467.33% Operacional Resultado Final 8 meses 9 meses Endividamento Geral Grau de Endividamento 257.834.Ponto de Equilíbrio Margem de Contribuição 63.85% Resultado Final 31.38 Investimentos 4.550.85 Custo Variável 11.00 Custo Variável 10.834.641.0% Redução no Custo Fixo 10.0% Acréscimo nas Vendas 10.38 Investimentos 4.436.475.467.666.75 Resultado 8.85 Custo Fixo 6.02 Custo Fixo 5.461.834.

02 FGTS 160.00 Atividade Ramo Vetado ao SUPERSIMPLES Alíquota de ISS do Município 4.496.33% 122.Imposto sobre Serviços TOTAL DE IMPOSTOS RELAÇÃO PERCENTUAL DE IMPOSTOS 1.Política de Prazos POLÍTICA DE VENDA Prazo médio de venda das mercadorias % Venda à Vista Venda a Prazo Este quadro apresenta a divisão das vendas à vista e a prazo Dias 70.20 18 .00 28.00 - A Prazo 50.00 30 Este quadro apresenta a divisão das compras à vista e a prazo Prazo Médio 15 em relação às compras totais.00 Receita Bruta Mensal (*) 28.40 CSLL .61 Total 2.008.05 INCRA 4.92 SESI.24 Salário Educação 50.61 Política de Tributos Receita Bruta Anual Faturamento Mensal 342.00 4.Programa de Integração Social 185.550. Política de Mão-de-obra Cargo/Função Tele-atendente TOTAL Nº func.376.15 488.00 - 30.64 Acidente de Trabalho 60.50 PIS .00 2.08 SEBRAE 12.Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços ISS .496.61 2.Imposto de Renda 1. POLÍTICA DE COMPRA Prazo médio de compras À Vista 50.12 SENAI. 4 4 Salário 502.00 30 Prazo Médio 9 % Dias em relação às vendas totais. SESC OU SEST 30.3% ENCARGOS INSS 900.370.00 %* Encargos 24.SENAC OU SENAT 20.Contribuição Financeira Social 856.Imposto sobre Produtos Industrializados ICMS .550.58 IPI .24 COFINS .600.0% IMPOSTOS LUCRO PRESUMIDO IR .142.Contribuição Social 822.72 15.

Segue os anexos para devido estudo. podendo proporcionar ao Noroeste do Paraná um novo conceito de analise de crédito e cobrança de títulos inadimplentes.98 Sazonalidade Financeira A Sazonalidade financeira tem por finalidade realizar uma projeção financeira do possível lucro da empresa em relação ao aquecimento do mercado do setor em questão. III e IV 6.238. podemos concluir a partir dos seguintes estudos que a execução dês Plano de Negócios seria viável para a região em questão. ANEXOS II.27 TOTAL GERAL DA TRIBUTAÇÃO 5. No caso deste estudo em especifico. o estudo leva em consideração o fluxo de vendas do mercado do varejo na região do Noroeste do Paraná. 19 .TOTAL DE ENCARGOS 1.614. onde este é o principal mercado a ser atingido. Considerações Finais Portanto.

7. Anexos ANEXO I – Layout de distribuição da organização. 20 .

ANEXO II – Perspectiva de sazonalidade de mercado no Primeiro ano de funcionamento 21 .

ANEXO III .Perspectiva de sazonalidade de mercado no Segundo ano de funcionamento 22 .

Perspectiva de sazonalidade de mercado no Terceiro ano de funcionamento 23 .ANEXO IV .

8. Bibliografia 24 .

zip&mail=&desc= 25 .sebraepr. 01/09/2008 ás 19:15 hs: http://www.br/portal/page/portal/PORTAL_INTERNET/PRINCIPAL2004/LICITA CAO?_dad=portal&file=Plano_de_%20Negocios_v151.Site do SEBRAE visitado nos seguintes dias: 31/10/2008 ás 11:30 hs.com.