O papel da entidade representativa é lutar pela sua categoria e levando em conta que já

estamos no mês de janeiro, a Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares
de Pernambuco (ASPRA – PE) encaminhou ofícios para o Governo do Estado sobre a
necessidade da retomada das negociações com os PMs e BMs. A tropa está ansiosa e
tem cobrado um posicionamento por parte das Associações.
“Quando encerramos a greve no ano passado, foi criada uma comissão de negociação e
houve a promessa de que o reajuste salarial deveria ser tratado a partir de janeiro. Além
dos salários, ainda temos que reiniciar as discussões sobre o Plano de Cargos e
Carreiras, a revisão do Código Disciplinar e discutir outros pontos de interesse da tropa
pois, até o momento, nada do que solicitamos foi atendido”, conta o presidente da
ASPRA – PE, José Roberto Vieira. Os documentos foram encaminhados ao Governo do
Estado, Secretaria de Defesa Social, Secretaria de Administração, Comandos da Polícia
Militar e do Corpo de Bombeiros.

Comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. A tropa está ansiosa e tem cobrado um posicionamento por parte das Associações. Secretaria de Defesa Social. nada do que solicitamos foi atendido”. até o momento. José Roberto Vieira. O papel da entidade representativa é lutar pela sua categoria e levando em conta que já estamos no mês de janeiro. Secretaria de Administração. O papel da entidade representativa é lutar pela sua categoria e levando em conta que já estamos no mês de janeiro.O papel da entidade representativa é lutar pela sua categoria e levando em conta que já estamos no mês de janeiro. ainda temos que reiniciar as discussões sobre o Plano de Cargos e Carreiras. ainda temos que reiniciar as discussões sobre o Plano de Cargos e Carreiras. nada do que solicitamos foi atendido”. Além dos salários. foi criada uma comissão de negociação e houve a promessa de que o reajuste salarial deveria ser tratado a partir de janeiro. foi criada uma comissão de negociação e houve a promessa de que o reajuste salarial deveria ser tratado a partir de janeiro. a revisão do Código Disciplinar e discutir outros pontos de interesse da tropa pois. a Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (ASPRA – PE) encaminhou ofícios para o Governo do Estado sobre a necessidade da retomada das negociações com os PMs e BMs. Secretaria de Defesa Social. “Quando encerramos a greve no ano passado. a Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (ASPRA – PE) encaminhou ofícios para o Governo do Estado sobre a . A tropa está ansiosa e tem cobrado um posicionamento por parte das Associações. Secretaria de Administração. Os documentos foram encaminhados ao Governo do Estado. conta o presidente da ASPRA – PE. Além dos salários. até o momento. conta o presidente da ASPRA – PE. Os documentos foram encaminhados ao Governo do Estado. a Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (ASPRA – PE) encaminhou ofícios para o Governo do Estado sobre a necessidade da retomada das negociações com os PMs e BMs. a revisão do Código Disciplinar e discutir outros pontos de interesse da tropa pois. José Roberto Vieira. “Quando encerramos a greve no ano passado.

ainda temos que reiniciar as discussões sobre o Plano de Cargos e Carreiras. José Roberto Vieira. até o momento. A tropa está ansiosa e tem cobrado um posicionamento por parte das Associações. até o momento. José Roberto Vieira. Comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. “Quando encerramos a greve no ano passado. Além dos salários. nada do que solicitamos foi atendido”. a revisão do Código Disciplinar e discutir outros pontos de interesse da tropa pois. a revisão do Código Disciplinar e discutir outros pontos de interesse da tropa pois. foi criada uma comissão de negociação e houve a promessa de que o reajuste salarial deveria ser tratado a partir de janeiro. ainda temos que reiniciar as discussões sobre o Plano de Cargos e Carreiras. Secretaria de Defesa Social. foi criada uma comissão de negociação e houve a promessa de que o reajuste salarial deveria ser tratado a partir de janeiro. conta o presidente da ASPRA – PE. Comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Os documentos foram encaminhados ao Governo do Estado. nada do que solicitamos foi atendido”. Secretaria de Administração. Secretaria de Defesa Social. “Quando encerramos a greve no ano passado. . A tropa está ansiosa e tem cobrado um posicionamento por parte das Associações. a Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (ASPRA – PE) encaminhou ofícios para o Governo do Estado sobre a necessidade da retomada das negociações com os PMs e BMs. Além dos salários. conta o presidente da ASPRA – PE. O papel da entidade representativa é lutar pela sua categoria e levando em conta que já estamos no mês de janeiro. Secretaria de Administração.necessidade da retomada das negociações com os PMs e BMs. Os documentos foram encaminhados ao Governo do Estado.