UFRRJ – IM – DL – Curso: Letras

Disciplina: Literatura Brasileira IV
Professor: Nonato Gurgel
Aluna ________________________________________Matrícula___________
ESTUDO DE TEXTO
Com base no texto Jesus (1984), de Paulo Leminski, responda as seguintes questões:
PARTE I – LÍNGUA, LINGUAGEM E DISCURSO
01 – Na “Carta de intenções” com a qual abre o seu livro, Leminski deixa claro o seu
objetivo: apresentar o seu biografado de forma humana, inscrevendo os seus discursos
utópicos e poéticos. Comente acerca do discurso poético de Jesus.
02 – Quais os idiomas falados, no Oriente médio, no contexto no qual surge Jesus vindo
da Galiléia?
03 – Registre e consulte a etimologia das seguintes palavras:
a – profeta:
b – batismo:
c – parábola:de
d – epifania:
04 – Qual é a característica do hebraico que possibilita, ao profeta bíblico, viver num
universo no qual os tempos do passado e do futuro co-existem num mesmo plano?
05 – Típico da escrita irônica e irreverente produzida pela literatura marginal, no
contexto da contracultura e da ditadura militar, o texto de Leminski é atravessado por
algumas gírias, frases e expressões que se aproximam da linguagem coloquial. Dê
exemplos dessas “travessias” lingüísticas.
06 – Sabemos que a chamada geração da poesia marginal dos anos 70 (a qual pertencem
Leminski e Ana C) filia-se à modernidade de 1922. No capítulo “Jesus macho e fêmea”,
o autor dialoga com a poética de Oswald de Andrade, ao citar, sem aspas, um adjetivo
utilizado pelo poeta paulista ao reler a Carta de Caminha. Qual é a frase do biógrafo que
remete ao poeta moderno, autor de “Erro de Português?

PARTE II – LITERATURA: visibilidade, forma e cânone
01 – Qual é o profeta bíblico cuja criatividade imagética faz o biógrafo o comparar aos
grandes autores do cânone literário ocidental?
02 – Qual, dentre os discípulos de Jesus, é considerado por Leminski como um dos
maiores poetas da literatura hebraica antiga?
03 – Qual estilo de vida serve de modelo para as metáforas, as parábolas, os trocadilhos
e os apólogos criados por Jesus?
04 – Dê exemplo dessas formas estéticas criadas por Jesus e recriadas por Leminski.
05 – Segundo o biógrafo, qual é a parábola mais “realizada” artisticamente do Novo
Testamento?
06 – Recorte o cânone literário e filosófico inscrito por Leminski para reler Jesus,
contextualizado os autores e suas obras.
PARTE III – A ESTÉTICA DOS EVANGELHOS
01 – Quais são os evangelhos mais representativos da tradição?
02 – Quais evangelhos canônicos servem de base para a escritura de Leminski?
03 – Dentre estes evangelhos, qual é o texto que Leminski considera mais elaborado
artisticamente?
04 – “As mulheres e as crianças são as primeiras que desistem de afundar navios”.
Em sintonia com a leitura dos evangelhos, qual é a frase da biografia de Leminski que
ratifica o verso de Ana Cristina Cesar?
05 – Segundo o biógrafo há, num único lugar do evangelho, uma imagem que remete à
escritura concreta do seu biografado. Qual é esta imagem de Jesus escritor?
06 – “Em João, definitivamente, Jesus deixa de ser uma pessoa real”. Como você lê esta
assertiva de Leminski, em relação ao “mais jovem dos discípulos”?

PARTE IV – CULTURA E RELIGIÃO
01 – Jesus filia-se a uma tradição evangélica que tem na figura do profeta João o seu
mestre. Quem é o mestre de João?
02 – Os nomes de João e Maria aparecem, em vários contextos evangélicos, nomeando
diferentes personagens do Novo Testamento. Distinga estes seres homônimos que fazem
parte da biografia de Jesus.
03 – Quem é considerado o primeiro teórico da doutrina de Jesus?
04 – Como Jesus vê a mulher? Com base na leitura do Leminski, comente acerca do
olhar feminino de Jesus.
05 – Com quais doutrinas religiosas e políticas o cristianismo é associado pelo autor?
06 – Relacione Jesus, o Judaísmo e a “dispersão dos judeus pelo mundo”.
PARTE V - JESUS CRISTO EU ESTOU AQUI
01 – O que significa nabi?
02 – O que inscrevem, na cruz, os romanos?
03 – Qual é a única característica física, de Cristo, sobre a qual o biógrafo diz saber?
Justifique a sua resposta.
04 – Segundo a conclusão do autor, em que consiste a revolução do seu biografado?
05 – Na sua “Carta de intenções”, Leminski deixa claro o seu objetivo: apresentar o seu
biografado de forma humana, inscrevendo os seus discursos utópicos e poéticos.
Comente acerca do discurso utópico que Jesus nos legou.
06 – Com base nas suas leituras em torno de Jesus e do Novo Testamento, cite uma
epifania.