D.O.

DIÁRIO OFICIAL
do Estado do Rio de Janeiro

Poder Executivo

PODER EXECUTIVO

Ano XXXV - Nº 112 - Parte I Rio de Janeiro, sexta-feira - 26 de junho de 2009

3

Barra do Piraí investe em cultura para mudar perfil
Renata Cruz
Criador da expressão “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”, o cineasta Glauber Rocha, fundador do Cinema Novo brasileiro, não poderia imaginar que sua afirmação serviria, um dia, de lema para transformar a realidade de um município com pouco mais de 88 mil habitantes. Pelo menos é isso que pretende um ambicioso projeto desenvolvido pela Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Econômico, Turismo, Lazer e Cultura de Barra do Piraí, na região do Médio Paraíba. A ideia de fazer da cidade um Polo de Audiovisual ganhou força depois que mil moradores foram demitidos da maior empresa empregadora da cidade, a BR Metals, esvaziando não só a economia, mas também a autoestima da população. Segundo o secretário Roberto Monzo Filho, foi justamente esse momento de crise econômica que impulsionou a criação de uma nova atividade econômica para Barra do Piraí. - Tivemos que nos reinventar, buscar outras alternativas para empregar as pessoas. O Polo de Audiovisual faz parte dessa estratégia para fazer da cultura uma geradora de economia para o município. A cidade está, hoje, em busca de uma identidade e de um rótulo para levantar sua moral – detalha Monzo Filho. Barra do Piraí possui uma topografia desfavorável à atração de indústrias, ao contrário de outras cidades da região, como Resende, por exemplo, que tem áreas mais planas e acesso mais fácil a rodovias de grande movimentação. A saída, então, foi encontrar uma outra vocação econômica. - O modelo tradicional de desenvolvimento para as cidades se baseia na atração de empresas, que, até a instalação, trazem muita mão-de-obra, mas, depois de prontas, deixam muitas pessoas na rua ou trazem trabalhadores de outras cidades. Quando trabalhamos a cultura, fazemos uma fábrica sem chaminés. Além disso, não trazemos pessoas de fora. Valorizamos a população do município – argumenta o secretário. Foi assim que nasceu o projeto do Polo de Audiovisual, que, além de atrair iniciativas para a cidade, por meio de incentivos fiscais, futuramente, vai disponibilizar mão-de-obra qualificada para trabalhar na área. A primeira obra produzida na cidade é uma série para TV baseada em contos de Machado de Assis com a assinatura do cineasta Jom Tob Azulay. Enquadrada na Lei de Incentivo do ICMS e com patrocínio da Light, a série já está sendo rodada com elenco local. Entre as locações estão a Igreja de Ipiabas e a Fazenda da Taquara, ambas do século XIX. O projeto também inclui a capacitação de alunos da rede pública de ensino, por meio de oficinas de audiovisual. No fim da oficina, os estudantes apresentam curtas-metragens, que poderão competir pelo Festival Estudantil de Cinema. - A capacitação também pode levar os jovens a se tornarem empreendedores, já que eles estarão aptos a produzir vídeos institucionais, por exemplo, ou a trabalhar um uma TV pública local que estamos criando. Além disso, poderão ser aproveitados no elenco de produções que venham a ser rodadas no município. Com isso, os jovens passam a ter perspectiva, além de uma visão mais crítica sobre a realidade – finalizou Monzo Filho.

Ídolo tricolor será homenageado na Calçada da Fama
A Calçada da Fama do Maracanã, que reúne 97 craques do futebol mundial, vai eternizar mais um jogador. Dessa vez, o homenageado será o goleiro Paulo Victor, tricampeão estadual e campeão brasileiro pelo Fluminense. Ele colocará suas mãos na Calçada, neste domingo, às 17h, antes do FlaFlu válido pelo Campeonato Brasileiro. Entre os craques que já fazem parte da Calçada da Fama estão Pelé, Garrincha, Zico, Beckenbauer, Eusébio, Kaká e Marta. Paulo Victor será o oitavo goleiro a integrar a Calçada da Fama. Lá já estão os ex-tricolores Castilho e Félix, Gylmar e Leão, campeões mundiais com a Seleção; Raul Plassmann, campeão mundial pelo Flamengo; e Barbosa e Manga, que defenderam a Seleção nas Copas de 50 e 66, respectivamente. Paulo Victor Barbosa de Carvalho nasceu em Belém (PA) e está com 52 anos. Jogou oito partidas pela Seleção e disputou a Copa de 86 como reserva de Carlos. Ganhou destaque no Fluminense, onde tinha por costume usar camisas azuis. No Tricolor das Laranjeiras foi tricampeão carioca em 1983/1984/1985 e campeão brasileiro de 1984. No Estadual de 85, sofreu apenas 12 gols em 24 partidas, com média de apenas 0,5 gol por jogo. No Brasileiro de 82, a média dele foi de 0,52 gol por jogo, a mais baixa dos goleiros do Fluminense em campeonatos brasileiros. É o segundo goleiro que mais defendeu o clube, atrás apenas de Castilho. Paulo Victor defendeu, na carreira, os seguintes clubes: CEUB (DF), Brasília (DF), Vila Nova (GO), Atlético Mineiro, Operário (MT), Vitória (ES), Goiás (GO), Fluminense, Coritiba, América (RJ), Sport (PE), São José (SP), Maringá (PR), Remo (PA), Paysandu (PA) e Volta Redonda (RJ).

Proderj e Cedae estreitam parceria com protocolo de intenções
Com o objetivo de formalizar as futuras ações em conjunto e as que já estão em andamento entre o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj) e a Companhia de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), foi assinado esta semana, na sede da Companhia, protocolo de intenções, pelo presidente do Proderj, Paulo Coelho e pelo presidente da Cedae, Wagner Victer. A finalidade deste acordo é estabelecer e regular um Programa de Cooperação Técnica e Científica entre as duas instituições. Segundo o presidente da Cedae, o protocolo visa cobrir ações entre o Proderj e a Cedae, que começarão a ser desencadeadas na área de TI. Aperfeiçoar os trabalhos na área de Tecnologia da Informação e Comunicação, prover o intercâmbio de ferramentas de segurança da informação, de Business Intelligence (BI), de soluções e experiências de software livre, além do apoio mútuo nos processos de contingência e back-up, são algumas das ações definidas pelo acordo. - O Proderj é um órgão de excelência de informática dentro do governo. Estreitar a parceria com esta instituição só melhora a governança da Cedae, cuja meta é aumentar a qualificação da gestão através da modernização – comentou Victer. Para Coelho, o acordo é um passo muito importante, já que propõe a formalização de importantes projetos que as duas instituições desencadearão em conjunto, como a avaliação de riscos e vulnerabilidades do sistema comercial da Cedae, a adesão por parte da Cedae ao registro de preço de microcomputadores, à Infovia.RJ e o uso e suporte na área de software livre. - Este acordo que estamos assinando é como se fosse um guarda-chuva para nós. Fico muito feliz por dar continuidade à parceria que já existe com esta empresa estadual, cujo reconhecimento devese à prestação de serviços de saneamento para o estado – disse o presidente do Proderj.

Flávio Venturini faz show de graça na Rádio Roquette-Pinto
Nesta segunda-feira, às 12h30, o auditório da Rádio Roquette-Pinto 94,1 FM recebe Flávio Venturini para um bate-papo com o jornalista Jorge Ramos e apresentação de sucessos de sua carreira. No programa Agora no Ar, o cantor e compositor também cantará músicas de seu mais recente CD/DVD Não se Apague esta Noite. O novo álbum de Flávio Venturini reforça a velha máxima de que o palco é a extensão da casa do artista. Gravado entre o Museu das Artes da Pampulha – a casa de todos os mineiros – e a própria sala de estar de Venturini, o CD/DVD percorre uma trajetória devotada à busca da melodia perfeita. Para assistir ao show gratuito, os interessados devem retirar suas senhas até uma hora antes do programa. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 2333-2094.

SERV VIÇO S E RV I Ç O
Flávio Venturini no Agora no Ar Segunda-feira, 29/6 Endereço: Avenida Erasmo Braga, n° 118, 11° andar, Centro do Rio (Ao lado do fórum e em frente ao Terminal Rodoviário Menezes Cortes) Informações: 2333-2094 Entrada franca Lotação: 57 lugares Censura Livre

Somando forças