You are on page 1of 41
Área de Educação e Cultura Empreendedora

Área de Educação e Cultura

Empreendedora

Contextualização

A sociedade contemporânea exige pessoas empreendedoras, autônomas, com competências múltiplas, que saibam

trabalhar em equipe, tenham capacidade de

aprender e de adaptar-se a situações novas

e complexas, de enfrentarem novos

desafios e promoverem transformações.

Desafio iniciado em 2001

Treinamento Empresarial
Treinamento
Empresarial
Desafio iniciado em 2001 Treinamento Empresarial Educação Empreendedora
Educação Empreendedora
Educação
Empreendedora

Relatório da Unesco 4 pilares

Jacques Delors

Saber aprender;

Saber fazer;

Saber ser;

Saber Conviver.

da Unesco – 4 pilares Jacques Delors • Saber aprender; • Saber fazer; • Saber ser;
Concepção Educacional Integrada do SEBRAE • Aprender Conhecer • Teorias cognitivas • Hemisfério esquerdo

Concepção Educacional Integrada do SEBRAE

Aprender Conhecer

Teorias cognitivas

Hemisfério esquerdo

Razão/lógica

Pensar crítico

Competências cognitivas

Aprender Ser/Conviver

Teorias humanistas

Hemisfério direito

Intuição/síntese

Pensar criativo

Competências atitudinais

Aprender Fazer

Teoria sociocrítica

Base do cérebro

Motriz/operacional

Pensar operacional

Competências de aplicação

Educação SEBRAE

Formação do ser humano de maneira integral

Foco na aprendizagem e construção do conhecimento pelo participante

Desenvolvimento de competências:

Cognitivas;

Atitudinas;

Aplicação.

Utilização de estratégias que estimulem a aprendizagem e consideração aos diferentes estilos.

Foco mais na estratégia e menos no conteúdo

Conteúdo é meio.

Matriz de Soluções Educacionais

Conjunto de cursos que visa o desenvolvimento de competências para abertura e gestão de pequenos negócios utilizando diferentes meios, inclusive educação a distância

Cursos de curta duração

Foco na educação continuada

Respeita a autonomia do adulto para construir seu plano

• Respeita a autonomia do adulto para construir seu plano de desenvolvimento (trilha de aprendizagem) •

de desenvolvimento (trilha de aprendizagem)

Possibilita o aprendizado conforme interesse ou necessidade do cliente.

de desenvolvimento (trilha de aprendizagem) • Possibilita o aprendizado conforme interesse ou necessidade do cliente.

Mapa de Competências

Mapa de Competências

Modalidades

Presencial

A distância:

Rádio

Televisão

Material impresso

Internet

Semi-presencial.

• Presencial • A distância:  Rádio  Televisão  Material impresso  Internet • Semi-presencial.

Educação SEBRAE pelo Rádio

Educação SEBRAE pelo Rádio A Gente Sabe, a Gente Faz.
Educação SEBRAE pelo Rádio A Gente Sabe, a Gente Faz.

Educação SEBRAE pelo Rádio 2009

Educação SEBRAE pelo Rádio 2009
Educação SEBRAE pelo Rádio 2009
Educação SEBRAE pelo Rádio 2009

Kit Educativo

Composto de vídeo e apostila

Estudo autônomo ou telessala

Linguagem simples

Vídeo:

autônomo ou telessala • Linguagem simples • Vídeo: – Aprender a ser; – Aprender a conviver;

Aprender a ser;

Aprender a conviver;

Apostila:

Aprender a conhecer;

Aprender a fazer.

Aprender a Empreender

Aprender a Empreender Juntos Somos Fortes Kit’s Educativo S a b o r & G e

Juntos Somos Fortes

Aprender a Empreender Juntos Somos Fortes Kit’s Educativo S a b o r & G e

Kit’s Educativo

Sabor & Gestão

Educativo S a b o r & G e s t ã o Aprender a Empreender

Aprender a Empreender Têxtil e Confecção

e s t ã o Aprender a Empreender Têxtil e Confecção B o a s V

Boas Vendas

Têxtil e Confecção B o a s V e n d a s Juntos Somos Fortes

Juntos Somos Fortes Agronegócio

e Confecção B o a s V e n d a s Juntos Somos Fortes Agronegócio

Aprender a Empreender Hotéis e Pousadas

e Confecção B o a s V e n d a s Juntos Somos Fortes Agronegócio

Educação SEBRAE pela Internet

Educação SEBRAE pela Internet

http://educacao.sebrae.com.br/

Aprender a Empreender

D-Olho na Qualidade

Internacionalização das MPE

Iniciando um Pequeno Grande Negócio

Como Vender Mais e Melhor

das MPE • Iniciando um Pequeno Grande Negócio • Como Vender Mais e Melhor • Análise

Análise e Planejamento Financeiro

Objetivos Disseminar a cultura empreendedora entre os jovens a fim de despertar a iniciativa e
Objetivos Disseminar a cultura empreendedora entre os jovens a fim de despertar a iniciativa e
Objetivos Disseminar a cultura empreendedora entre os jovens a fim de despertar a iniciativa e

Objetivos

Disseminar a cultura empreendedora entre

os jovens a fim de despertar a iniciativa

e a busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho por meio da criação de seus próprios empreendimentos.

e a busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho por meio da criação de

Metodologia

Contempla a vivência do aluno nas

diversas fases do curso através de jogos, dinâmicas, exercícios e

pesquisas intra e extra classe.

Temas Trabalhados por Anos Escolares

3º Ano: Mundo Faz de Conta 4º Ano: Praticando a Natureza

5º Ano: Locadora de Gibi 6º Ano: Quem Sabe faz a Hora

7º Ano: Oficina de Estamparia

8º Ano: Show Room de Papel 9º Ano: Desenvolvendo Empreendedores

O que é?

O jogo de empresas Desafio Sebrae é uma competição

nacional, de caráter educacional, promovida pelo

Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - em parceria com a Coppe/UFRJ.

O jogo utiliza um software exclusivo

e a competição tem como objetivo repassar os conhecimentos da área de negócios para todos participantes, independentemente do curso de graduação que estejam fazendo.

da área de negócios para todos participantes, independentemente do curso de graduação que estejam fazendo.
da área de negócios para todos participantes, independentemente do curso de graduação que estejam fazendo.
da área de negócios para todos participantes, independentemente do curso de graduação que estejam fazendo.

Como funciona?

Os jogadores reúnem-se em grupos com 3 a 5 componentes e cada equipe fica responsável por gerenciar virtualmente uma empresa. As equipes são divididas em chaves, onde são simuladas

situações semelhantes às que os empresários

enfrentam no dia a dia.

são divididas em chaves, onde são simuladas situações semelhantes às que os empresários enfrentam no dia
são divididas em chaves, onde são simuladas situações semelhantes às que os empresários enfrentam no dia
são divididas em chaves, onde são simuladas situações semelhantes às que os empresários enfrentam no dia
A História do Seminário
A História do Seminário

Metodologia desenvolvida nos EUA desde os anos 60, baseado em estudos da equipe de David McCleland sobre a motivação para a realização.

Nos anos 80, a ONU incorpora a metodologia e, em parceria com a MSI, dos EUA, cria o ETW.

Projeto introduzido no Brasil em 1991, no RS e SC.

A partir de 1993 o projeto é assumido pelo Sebrae a

efetiva nacionalização só aconteceria sete anos

depois.

O que é o Seminário Empretec?
O que é o Seminário Empretec?

Metodologia trabalha, através de vivências, 10

Características do Comportamento Empreendedor (CCEs), que compreendem 30 comportamentos

comuns aos empreendedores de sucesso

Abordagem de fundo psicológico, que procura a

mudança comportamental com foco na melhoria do desempenho na gestão empresarial.

As Caractarísticas e os Comportamentos Empreendedores
As Caractarísticas e os
Comportamentos Empreendedores

Conjunto de Realização (5 CCEs)

Conjunto de Planejamento (3 CCEs)

Conjunto de Poder (2 CCEs)

O Conjunto de Realização

Busca de Oportunidades e Iniciativa

Persistência

Comprometimento

Exigência de Qualidade e Eficiência

Correr Riscos Calculados

O Conjunto de Planejamento
O Conjunto de Planejamento

Estabelecimento de Metas

Busca de Informações

Planejamento e Monitoramento Sistemático

O Conjunto de Poder

Persuasão e Rede de Contatos

Independência e Autoconfiança

O Ciclo de Aprendizagem Vivencial
O Ciclo de Aprendizagem Vivencial
Reconhecimento Aplicação Compreensão Processamento Auto -avaliação Experimentação
Reconhecimento
Aplicação
Compreensão
Processamento
Auto -avaliação
Experimentação
Quem são os Empretecos Brasileiros?
Quem são os Empretecos Brasileiros?

Em 2002, o SEBRAE realizou a primeira pesquisa de

impacto sobre o Programa Empretec no Brasil e

comparou-a ao GEM 2001. Alguns resultados:

78,8% possuem escolaridade superior (14,8% no

GEM)

37% estão na faixa etária de 35-44 anos, a mais freqüente (a faixa 25-34 é a mais freqüente no GEM)

54,2% situam-se em famílias com renda superior a 12 SM mensais (13,4% no GEM)

41,2% são mulheres (37% no GEM)

Como são suas empresas?
Como são suas empresas?

41% dos Empretecos já eram empresários ao participar do

Seminário, contra uma média de 14% na PEA 83% deles por

Oportunidade, contra 14% no GEM. Suas empresas:

92% são MPE’s

87% estão no setor de Serviços

O Capital Fixo médio é de R$ 51.300,00 (atualizados sobre 2002 pelo IGP-M)

Cada empresa tem em média 14,2 empregados

93% das empresas têm taxa de prevalência superior a um ano

(54% no GEM)

A produtividade é 2,47 vezes superior à média Brasil (IBGE)

O que acontece depois do Seminário?
O que acontece depois do Seminário?

71% das empresas apresentaram crescimento e a média foi de 64% sobre o exercício anterior ao Seminário. 12% se mantiveram estáveis e 17% apresentaram redução de receitas (média de 14%) ou

fecharam as portas. Além disso:

50% tiveram crescimento de lucros (média de 66%)

O número de empresas com planos por escrito aumentou de 7% para 31%

54% dos empresários se declararam mais seguros para decidir depois do Seminário

62% das empresas geraram mais empregos do que antes do Seminário

A massa salarial aumentou 32% sobre o volume pré- Seminário

Os números do Empretec no Brasil
Os números do Empretec no Brasil

De 1993 a 2008 5.079 SEMINÁRIOS, 135.766 Empretecos

Média de 317 SEMINÁRIOS / ano; 8.485 novos

Empretecos / ano

O Programa Empretec no Mundo

A Gestão internacional do Empretec está a cargo da DITE, órgão da

UNCTAD

A visão internacional é usar a marca como base para a implantação de BDSs em países em desenvolvimento ampliando a geração de emprego, riqueza e renda

Neste contexto, o Brasil tem destaque como principal parceiro potencial

O Empretec está presente em 31 países (23 ativos), em sua maioria na América Latina e Caribe, África, Oriente Médio e Europa Oriental

Apenas 12 países possuem equipe própria para a realização de

Seminário

Apenas 6 países já fizeram mais de 50 Seminários

Apenas o Brasil já fez mais de 500 Seminários marca repetida

anualmente

Mais de 90% dos Empretecos no mundo são brasileiros (e mais de 95% dos instrutores)

Trabalho e Empreendedorismo da Mulher
Trabalho e Empreendedorismo da Mulher
Trabalho e Empreendedorismo da Mulher Promove o empreendedorismo e oportunidades de negócios, através da atuação

Promove o empreendedorismo e oportunidades de negócios, através da atuação integrada de mulheres e de sua rede sócio-cultural, criando condições técnicas e operacionais para a geração de pequenos novos

negócios.

e de sua rede sócio-cultural, criando condições técnicas e operacionais para a geração de pequenos novos
e de sua rede sócio-cultural, criando condições técnicas e operacionais para a geração de pequenos novos
Muito obrigado! Francisco José Marins Ferreira Gerente da Área de Educação e Cultura Empreendedora -
Muito obrigado! Francisco José Marins Ferreira Gerente da Área de Educação e Cultura Empreendedora -
Muito obrigado!
Francisco José Marins Ferreira
Gerente da Área de Educação e Cultura
Empreendedora - SEBRAE/RJ
fjose@sebraerj.com.br