You are on page 1of 12

1

A técnica do spiral taping e suas aplicações
Raimundo Nonato da Silva Menezes1
e-mail: nato.menezes@bol.com.br
Dayana Priscila Maia Mejia2
Pós-graduação em Acupuntura – Faculdade Ávila

Resumo
Aprimorada pelo acupunturista Nabutaka Tanaka em 1980, a técnica do Spiral Taping vem
ganhando espaço no que se diz sobre tratamento para alívio da dor, na reabilitação
neuromuscular e até em harmonização energética do organismo.Trata-se de aplicação de
tiras de esparadrapo com larguras específicas, de forma estratégica e sem medicamentos, nas
áreas afetadas, tendo efeito antiinflamatório, analgésico, de sinergismo muscular e
proporcionando equilíbrio energético. Essa técnica tem como vantagem não ser invasiva,
apresentar baixo custo, facilidade na aplicação, rápido resultado e acessibilidade do
material usado. O trabalho a seguir dá informação sobre a técnica da terapia do
esparadrapo, mostrando sua utilidade, eficiência e a possibilidade de associar aos
conhecimentos da Medicina Tradicional Chinesa.
Palavras chave: Spiral Taping; terapia do esparadrapo; esparadrapoterapia.
1. Introdução
Usando linhas adesivas distintas entre si, a esparadrapoterapia é uma técnica japonesa
aprimorada através de várias pesquisas realizadas pelo acupunturista e osteopata Nabutaka
Tanaka associou os conhecimentos da acupuntura, cinesiologia, neurologia, ortopedia,
biofísica e desenvolveu o Spiral Taping.
Com colagem de fitas adesivas em lugares determinados e com formatos específicos,
provoca-se um estímulo no sistema nervoso havendo a liberação de substâncias relaxantes
musculares, analgésicos e antiinflamatórios, fazendo com que essa terapia seja indicada para
doenças osteomusculares.
Devido a essa resposta eficaz, a técnica tem sido difundida no meio esportivo no Japão,
Coréia, EUA, Tailândia e, no Brasil, pelo médico Tamadassa Yamada desde 1996.
Segundo Spiralle (2010) por apresentar versatilidade, essa técnica pode ser associada a outras
tais como acupuntura, massagem e fisioterapia, proporcionando bem estar para aqueles que
convivem com a dor.
Há uma teoria de que o material adesivo, quando tensionado, age mecanicamente,
minimizando o quadro traumático e restabelecendo a atividade muscular normal. Neste
sentido, alguns exemplos da aplicação de tiras adesivas, visando o aspecto funcional, são
comumente endereçados à patela e ao vasto medial oblíquo, além das escápulas e dos
trapézios. Outros autores, no entanto, sugerem que a ação do taping se dá por efeitos
neuromusculares, frutos de uma maior retro-alimentação proprioceptiva, que é proporcionada
pelo material, quando em contato com a pele demonstraram que o taping promove uma maior

1

2

Pós-graduando em Acupuntura.

Orientadora, Fisioterapeuta, Especialista em Metodologia do Ensino Superior, Mestranda em Bioética e Direito
em Saúde.

também oriental. Serrão (2007) narra que a Técnica do Esparadrapo consiste em aplicar tirinhas de esparadrapo. ou dominante. inclusive na modulação da produção de força pelo corpo humano. de aproximadamente 20 anos. fazendo efeito no sistema músculo esquelético nos casos de entorse. de mais ou menos vinte anos. (2000). Histórico Este trabalho apresenta uma técnica recente. deve seguir o sentido de uma “espiral de energia predominante” do indivíduo. edemas e outras patologias. órgãos e em quadros emocionais e isso é devido a um nervo que abrange a pele. enquanto os 5% restantes apresentam a mesma espiral ascendendo da esquerda para a direita. Já Dutra (2012) diz que a taping terapia ou spiral taping é uma técnica de tratamento que consiste na colagem de fitas adesivas sobre a pele e que a aplicação correta das fitas adesivas (esparadrapo) sobre o ponto específico da dor proporciona uma melhora imediata do problema. mioarticular que usa bandagens terapêuticas feitas por fita adesiva – esparadrapo em forma de espiral (spiral taping). quadrado. de retículo (cross taping) ou em células no formato circular. segundo os autores acima é de melhora imediata do problema. proporcionando assim alívio das dores. Se houver fator irritante do tecido pode afetar a função visceral. pode haver a contratura ou dor no músculo associado. Quanto ao material adesivo aplicado. estrela ou em xis. 2. as espirais também parecem estar sujeitas à troca de sentido em determinadas situações ainda desconhecidas. é possível encontrar diferenças quanto à terminologia empregada e na forma como as tiras são colocadas sobre a pele. relaxamento dos músculos e aumento da força muscular. 95% das pessoas parecem apresentar a espiral predominante ascendendo da direita para a esquerda. onde o ortopedista e acupunturista Nabutaka Tanaka observou que a direção em que se aplicava as bandagens influenciava na resposta de melhora do paciente. músculos e vísceras. Caso um desses órgãos apresente uma disfunção. sem medicamento associado e em local adequado. No que se refere aos protocolos de aplicação do taping. Relatam que é uma técnica japonesa. O resultado obtido com essa técnica. não há informações sobre a presença ou não de qualquer tipo de substância medicamentosa. Tem efeito potente e eficaz nas algias do sistema muscular. Caraciki (2006). no entanto. Definição Mancuso (2011). mas que poderiam estar relacionadas a processos patológicos e/ou emocionais. segundo a teoria tradicional japonesa. os resultados parecem variar muito quanto à disposição das mesmas que.2 capacidade de percepção de posicionamento no espaço em tornozelos hígidos. Harikyu( 2012). denominada O’RING test. sem medicamentos sobre a pele com fins terapêuticos. Connepi (2010) e Dutra (2012) dividem a sobre a mesma opinião sobre a definição da técnica do esparadrapo. . direcionado para esquerda. Haddad (2007). Mancuso (2012) e Gomes (2012) descrevem que a direção da bandagem que se apresenta mais eficiente é da extremidade para o centro. ou recessiva. O spiral taping tem ação em vísceras. Mancuso (2012) conceitua a Esparadrapoterapia como uma técnica japonesa que se utiliza de bandagens terapêuticas por fitas adesivas em forma de espiral . Levando-se em conta o ponto de vista do examinador. Os mesmos autores salientam ainda que a avaliação do sentido da espiral predominante costuma ser realizada por meio de uma técnica. Para Olausson et al. 3. Contudo.

Mecanismo de ação A técnica do esparadrapo tem como princípio a colagem de fitas adesivas em locais pré determinados do corpo. http://xa. Desde então. pois pergunta ao próprio corpo o que deve e como se deve fazer o tratamento. Além de agir em todo sistema mioarticular. essa terapia passou a ser difundida em todo Japão. com formato específico. com sucesso. além de liberação de substâncias analgésicas e antiinflamatórias. a técnica do Spiral taping.org. a denominação da técnica foi mudada de Spiral Balance para Spiral taping. segundo Serrão (2007) proporcionam estímulos de ação reflexa no hipotálamo surtindo efeito nas vísceras (reflexo cutâneo visceral). O tratamento O início do tratamento com a Técnica do esparadrapo dá-se com o uso do O`Ring Test ou teste bi-digital ou teste neuromuscular do anel. Durante a maratona de Hákone Ekiden. no tratamento de distúrbio de fala. glândulas. Em 1985. se a dor é por causa orgânica. a técnica de Spiral taping foi demonstrada na equipe da universidade de Yamanashi.ambbdort.3 Devido a esse efeito surpreendente.br/. O uso desse procedimento proporciona um tratamento mais preciso.yimg. ajuda a definir a largura da fita adesiva (de 3 a 5 mm) e o tipo de tira a ser usada (articular ou muscular). . que tem ação direta em quadro de angústia e depressão. que consiste em uma investigação clínica não invasiva. Dessa forma pode-se definir a direção da fita (direita e esquerda). em 1994. nos grupamentos musculares ao redor de cada articulação. ortopedia e biofísica. Spiralle (2012) informa que a técnica vem sendo difundida no Brasil. dando estímulo cutâneo que ativará o sistema nervoso. isenta de medicação. 5. segundo http://www. essa técnica tem sido usada. lesões ocasionadas por prática de esporte ou decorrente de esforço repetitivo. que apresentou melhora significativa no desempenho dos atletas. 4.com/ explica que essa técnica consiste em realizar um anel com o primeiro e terceiro dedos da mão esquerda e puxar esse elo com o segundo dedo da mão direita. conforme ilustram as figuras 1 e 2. Nabutaka Tanaka concentrou suas pesquisas durante cinco anos. Na área da fonoaudiologia. neurologia. qual taping é o mais adequado e qual a dose de estímulo deve ser usada. artrite. Além dessas orientações Serrão (2007) ainda acrescenta que o O`Ring Teste. músculos e proporcionando o aumento de mediador químico serotonina. regularização do metabolismo e do tônus muscular. observando um formato espiralado nas linhas traçadas nessas áreas. Mancuso (2012) e Dutra (2012) explicam que tais informações são levadas ao cérebro pelas vias motoras e pelo sistema nervoso autônomo acarretando em melhora na circulação. associando a conhecimentos da área de acupuntura cinesiologia. desde 1996 pelo médico japonês Tamadassa Yamada com bastante sucesso. fazendo com que esse tratamento seja indicado para reumatismo. identificando se a lesão é de ordem traumática ou orgânica.

Para a linha de pesquisa e tratamento que não optar em usar o teste neuromuscular do anel.4 Fonte: http://xa.br Figura 3 – Tipos de Malhas .com Figura 1 e 2. a técnica do esparadrapo disponibiliza uma grande listagem de protocolos pré determinados. determinando qual tipo de malha será usada no tratamento. de acordo com a figura 3. Após esse procedimento.yimg.terapiadecaminhos. Fonte: http://www.O-ring test direto Quando houver mais de uma lesão e tiver a necessidade de determinar qual lesão terá prioridade no tratamento. realiza-se uma anamnese direcionada. usa-se o teste de rotação cervical ou o uso do O`Ring test no ponto P10 (ponto GYOSAI).com.

artrose. sobre lesões cutâneas. Mancuso (2012) e Spiralle (2012) afirmam que a técnica do esparadrapo não possui contra indicação. é uma malha de socorro que deve ser usada para acalmar a dor. 3 – MUSCULAR – Quando a dor é muscular. desde crianças até idosos. IMES (2012) alerta que o resultado de uma boa colagem tem o resultado forte no O`Ring test no ponto Yoti e sobre as fitas. a técnica seja aplicada e o mesmo apresentar ardência ou coceira.SOS – Como o nome indica. Caraciki (2006) compartilha com a mesma opinião de Azevedo (2012) que o spiral taping não deverá ser usado em situações que apresente fraturas. Dutra (2012) acrescenta que problemas ortopédicos como lombalgia. dores articulares e musculares se encaixam no tratamento com spiral taping. antiinflamatórias e analgésicas. o resultado é fraco. Se a s fitas de esparadrapo permanecerem por mais tempo que o indicado. ruptura de ligamentar ou tendinosa. com ressalva para bebês que tem a pele muito sensível. 6. 2 – ARTICULAR . Caraciki (2004) alerta que é importante a avaliação do paciente no ponto Yote (TA4). poderá causar efeito contrário. A mesma autora ainda explica que é uma opção de tratamento para pessoas com medo de agulha. de acordo com profissionais da área. a mesma apresenta indicações e contra indicações. bursite. o esparadrapo deverá ser removido imediatamente. 5 – CÍRCULO OU CÉLULA – Funciona quase igual ao SOS. já que há a promoção de estímulo que ativa o sistema nervoso. caso este seja escolhido como auxílio o diagnóstico. antes e depois da aplicação das tiras.Quando a dor é articular. cervicobraquialgia. Após esse prazo. Porém.5 1 . bandagens ou outros tipos de adesivos. Serrão (2007) alerta a importância de realizar uma boa anamnese e verificar a hipersensibilidade ao material usado na esparadrapoterapia. ciatalgia. 6– LOSANGO – Também quase igual ao SOS (é um quadrado na posição de losango). 4– JOGO DA VELHA – Geralmente colocada na parte posterior do corpo. Por outro lado. liberando substâncias que relaxam a musculatura. Indicação e contra indicação O spiral taping é uma técnica recente e vem ganhando adeptos na prática devido a sua eficácia e fácil tratamento.Usados nos casos de necessidade de drenar o local em que há inchaço ou edema Mancuso (2012) e Spiralle (2012) indicam a aplicação da técnica duas vezes por semana. com o O`Ring Test. hérnia de disco. Em relação a contra indicação há uma certa divergência de opiniões. devendo as fitas permanecer por três dias. Mancuso (2012) indica a técnica para tratamento de reumatismo. Porém a mesma sugere cautela com o uso nos primeiros meses de gestação. pacientes que esteja em tratamento com correntes elétricas. . Caso o paciente não saiba. torção. Além disso. lesões oriundas de prática de esporte ou decorrente de esforço repetitivo. atrite. Dutra (2012) complementa que qualquer pessoa pode se submeter ao tratamento. em pessoas que apresentam câncer. o paciente deverá retornar para uma consulta e ser reavaliado pelo terapeuta. dificultando assim o uso da acupuntura. 7 – PONTOS CARDEAIS . luxação .

. a partir de duas preposições chamadas premissas. já que essa terapia permite o tratamento tanto da parte física quanto da parte energética. Parte de princípios reconhecidos como verdadeiros e indiscutíveis e possibilita chegar a conclusões de maneira puramente formal.Para insônia. F 14 .Reflexo nos rins e no músculo quadrado lombar. . no ponto VC22. De acordo com Lakatos e Marconi (2001. Relação do spiral taping com a medicina tradicional chinesa A técnica do spiral taping permite a associação com outras terapias inclusive a acupuntura.Para cólica menstrual o autor acima sugere a aplicação de uma célula no ponto BP6. -Para cãibras.6 Facenf (2012) ressalta que essa técnica não deve ser usada em tratamentos de patologias originada por desordens metabólicas e/ou funcionais por ainda não apresentar estudos que comprovem sua eficácia. denominada conclusão. é o método que parte do geral e. Serrão (2007) sugere alguns protocolos complementares que utilizam apenas células ou pequenas tiras em xis nos pontos de acupuntura: . que parte de uma observação geral para uma particular.Reflexo nos pulmões e músculos peitorais. só que usando as fitas de esparadrapo de forma estratégica no lugar das agulhas sendo uma ótima alternativa para quem tem medo de agulha. Metodologia Adotou-se neste artigo o método dedutivo. desce ao particular. duas células. usando pontos de acupuntura e a teoria da Medicina Tradicional Chinesa. de acordo com a acepção clássica. uma acima de cada sobrancelha. 56) “o método dedutivo. colocar uma célula no ponto VB 31. Caraciki (2006) enfatiza que os meridianos são estimulados nessa técnica.Para angústia e tosse.Reflexo no fígado e músculo oblíquo do abdômen. P 1 . coloca-se uma célula no ponto VG26. p. a seguir. VC 4 . a sugestão é colocar uma célula no topo do osso esterno.Reflexo no coração e músculos do diafragma. podem causar reação reflexa em alguns órgãos como exemplo: VC12 – reação reflexa no estômago e nos músculo reto abdominal.Reflexo no duodeno. isto é. O protótipo do raciocínio dedutivo é o silogismo. quando colocadas em pontos de acupuntura. VC 3 . . em virtude unicamente de sua lógica”. VC 15 . Isso é observado quando Pascoeto (2005) e Mancuso ( 2011) relatam que nessa técnica há a possibilidade de mesclar os conhecimentos da medicina ocidental e oriental. 7.Para reduzir o sono. nelas logicamente implicadas.Reflexo na bexiga. . Algumas células. retira uma terceira. 8. promovendo o reequilíbrio do fluxo energético através das fitas de esparadrapo que funcionam como ponte restabelecendo a circulação energética do corpo. VB 25 . que consiste numa construção lógica que.

revistas. uma extração do que realmente enriqueceria a pesquisa ora proposta. esta poderia ser corrigida com a aplicação de esparadrapo no sentido correto. Resultado e Discussão De acordo com Schwelzer (2000). podem-se destacar os receptores cutâneos da pele pilosa. Assim. que são os do tipo Pacinni e Ruffi ni. Adotou-se neste trabalho as técnicas que envolvem pesquisa bibliográfica. Mais precisamente. na sua grande maioria. conseqüentemente. complementando o estudo e análise dos assuntos pertinentes ao tema.7 Foi utilizado um procedimento exploratório. 37) “a principal forma de coleta de dados é a leitura (livros. sites. a técnica oriental conhecida como Taping. Parte da medicina oriental discute a relação entre o equilíbrio e o desequilíbrio de forças internas e externas que atuam sobre o corpo e que estas. efetivada por meio de levantamento e leitura do material bibliográfico acerca do objeto da pesquisa. que certamente é utilizada para todos os tipos de pesquisa. consiste na aplicação de tiras adesivas sobre a pele de pacientes em busca de uma melhora no quadro funcional. ou estudo exploratório. CDs etc. o que corrigiria os vetores de força atuantes sobre o corpo. Pressupõe-se que o comportamento humano é melhor compreendido no contexto social onde ocorre”. Visando relacionar a teoria oriental da técnica a partir de uma fundamentação neurofisiológica. foram feitos fichamentos acerca dos temas e após isso. p. “a pesquisa exploratória. Após serem catalogados e devidamente separados os materiais que embasem a pesquisa. que como . apesar da popularidade do método. parte-se do princípio de que qualquer material em contato com a pele poderá estimular grupos específicos de receptores cutâneos. no instrumento de medida.). e que quando a espiral predominante é dita “enfraquecida”. quando estes apresentam algum tipo de acometimento desta natureza. 39) em outras palavras. proporciona uma melhora quase que total após a aplicação da técnica. O ponto de partida foi a realização de uma pesquisa bibliográfica. Para Nascimento (2008. Entretanto. Segundo Nascimento (2008. quanto alteradas. sendo considerada uma forma alternativa de tratamento. poucos são os estudos encontrados na literatura que discutem os possíveis mecanismos fisiológicos ou mecânicos envolvidos no mesmo. consultas à web e pesquisa documental. tem por finalidade evitar que as predisposições não fundadas no repertório que se pretende conhecer influam nas percepções do pesquisador e. seu significado e o contexto onde ela se insere. tem por objetivo conhecer a variável de estudo tal como se apresenta. Nessa concepção. esse estudo tem um sentido geral diverso do aplicado à maioria dos estudos: é realizado durante a fase de planejamento da pesquisa. como o estudo preliminar realizado com a finalidade de melhor adequar o instrumento de medida à realidade que se pretende conhecer. como se uma subpesquisa fosse e se destina a obter informação do Universo de Respostas de modo a refletir verdadeiramente as características da realidade. alinhando-os e normalizando as forças atuantes sobre o mesmo. acreditando-se ser útil na prevenção de lesões ósteomioarticulares e no processo de reabilitação das mesmas. p. com o objetivo de permitir que atletas e praticantes de atividade física regular possam desempenhar suas tarefas com o mínimo de conforto possível. jornais. Esta técnica também é chamada de pesquisa bibliográfica”. na qualidade de parte integrante da pesquisa principal. apesar dos relatos de que. poderiam ser restabelecidas por meio de técnicas tais como o Spiral Taping. 9. É amplamente utilizada por fisioterapeutas que atuam em clubes e academias. Esta técnica preconiza que o corpo possuiria duas espirais de energia.

Olausson et al. (2000) observaram que estes receptores diminuíram signifi cativamente sua atividade basal quando seguiram a direção da espiral esquerda (de 14 impulsos/segundo para 4 impulsos/segundo) e aumentaram quando seguiram o estímulo da espiral direita (de 14 impulsos/segundo para valores de aproximadamente 16 impulsos/segundo).Esparadrapoterapia para dor lombar (lombalgia) . Desta forma. o que nãopermite uma boa realimentação sensorial. a cada novo movimento. sugerem que um aumento no estímulo proprioceptivo cutâneo pode aumentar o número de unidades motoras recrutadas e com isso a efi ciência na força da contração. provendo informação a partir da área estimulada. algo que justifica a presença deste mecanismo é o fato de que o corno dorsal da medula manda expansões diretas e indiretas para os cornos anterior e lateral do mesmo segmento medular através das fibras proprioespinhais (interneurônios medulares).com. os receptores cutâneos. é pouco provável que haja alguma acomodação no envio de informações ao sistema nervoso central por parte destes receptores com o tempo. Portanto. e indiretas para níveis acima e abaixo do nível de entrada através das fibras interespinhais.br Figura 4 . alguns destes receptores podem sofrer resistências em direções relativas à sua distribuição sobre a pele.8 mecanoreceptores. assim como Karlsson e Andreasson (2002). estarão sendo estimulados continuamente. sabe-se que estes receptores cutâneos possuem respostas diferenciadas quanto à direção do estímulo gerado. Segundo Grandori e Pedotti (2006). os corpúsculos de Pacini tendem à hiperpolarização quando são estimulados em uma determinada direção e tendem à despolarização quando são estimulados em uma nova direção. (2006) mostraram que a aplicação de esparadrapo aumenta a entrada proprioceptiva e permite um posicionamento mais adequado das articulações (figuras 4 e 5) e. Além disso.terapiadecaminhos. Fonte: http://www. e tende a diminuir a propriocepção do indivíduo. são sensíveis às tensões e vibrações que são aplicadas na pele. Com a aplicação do material adesivo (esparadrapo). A única forma desse processo não acontecer é se o segmento for imobilizado com esparadrapo. por sua vez. Como a pele está sofrendo diferentes forças constantemente. Heit et al. novos potenciais de ação serão gerados. sendo esta perpendicular à anterior. Do ponto de vista anatômico.

9 Fonte: http://xa. Fonte: Haddad. A partir destas vias. Figura 6 . apóia-se a teoria de que a colocação do esparadrapo no sentido da espiral esquerda produza uma redução na freqüência de estímulos destas terminações para a medula. (2000).Bursite Talvez se possa explicar tal fato quando se observa a freqüência dos potenciais de ação gerados.Esparadrapoterapia para dor lombar No que se refere aos efeitos do material adesivo sobre os receptores cutâneos. o corno anterior ipsilateral da medula passa a receber mais aferências inibitórias e o segmento tenderá a uma hiperpolarização. a somação temporal que existia sobre o interneurônio inibitório do tipo Ib diminui. o corno anterior ipsilateral da medula passa a receber menos aferências inibitórias e o segmento fi cará facilitado pela diminuição da inibição. ou seja. Portanto. e não o contrário. assim. Estes neurônios são conhecidos pela sua atuação inibitória no corno anterior da medula ipsilateralmente à raiz de entrada do estímulo. 2007. Kandell (2003) mostra que os receptores cutâneos enviam expansões excitatórias para os interneurônios inibitórios do tipo Ib. a somação temporal e espacialque existia sobre o interneurônio inibitório do tipo Ib aumenta. sugere-se que. “enfraquecer o que estiver exacerbado”. Olausson et al. Logo. Sendo assim.yimg. interessam-nos as vias indiretas proprioespinhais relacionadas ao toque. e exigirá mais potenciais de ação para que ocorra uma contração (OLAUSSON et al. 2000). Portanto. quando são colocados esparadrapos no sentido da espiral direita há um aumento na freqüência de estímulos dessa terminação cutânea para a medula e. conforme ilustra figura 6. ao manterem os disparos numa faixa basal de 14 impulsos/segundo. observaram que o aumento de estimulação no interneurônio do tipo Ib que . A utilização da técnica aqui investigada preconiza que o tratamento deve ser feito apenas fortalecendo o que estiver fraco.com Figura 5 ..

ou seja. Assim. Figura 8 . De acordo com Haddad (2007). Não é utilizado qualquer tipo de medicamento. de acordo com figuras 7 e 8 .10 se consegue ao se estimular o sentido da espiral não dominante é mínimo (15 a 16 impulsos/segundo). Fonte: http://www. Garnett e Stephens (20011) discutem que a estimulação de receptores cutâneos produz uma alteração no limiar de excitação da musculatura e que pode. de natureza não elástica. aplicado criteriosamente no sentido e locais adequados. facilitar ou inibir a mesma.6% dos participantes foram classifi cados como OE. ou até alterar a ordem de recrutamento das unidades motoras. de fato. Além disso. por ter sido um estudo controlado e com a participação de sujeitos sem a presença de qualquer patologia. apenas utiliza-se o esparadrapo comum. ao circundar o antebraço poderiam estar sendo estimuladas tanto a musculatura flexora quanto a extensora.Dedos dos pés dormentes Fonte: Haddad.com. as fitas. após uma análise individual . Entretanto. de modo que o efeito do esparadrapo poderia ser anulado. ao passo que a inibição observada no sentido da espiral não dominante é muito maior (4 impulsos/segundo). há menor somação temporal no interneurônio. Outro achado importante deste estudo é que os resultados percentuais encontrados em termos de predominância do sentido da espiral diferem daqueles apresentados pela literatura que mostra que aproximadamente 95% das pessoas possuem espiral dominante à esquerda (OE).Enxaqueca hemicraniana .br Figura 7 . suspeita-se da minimização de qualquer efeito emocional. no sentido ou perpendicular às fibras musculares. com o propósito de corrigir fluxo energético. em relação ao protocolo proposto. as fitas são estrategicamente colocadas na região a ser tratada. são coladas sobre a pele na forma de SPIRAL (fitas estreitas) ou CROSS TAPE (fitas em formas de retículos). como é comumente discutido por aqueles que também se utilizam da técnica.terapiadecaminhos. enquanto neste trabalho apenas 34. 2007.

em sessões rápidas.nº 6 . tendo em vista a grande popularização desta técnica como meio alternativo de otimização da performancede atletas e de tratamento de patologias ósteomioarticulares. Paulo Alexandre. Harikyu.org. 2012. Disponível em: http://www. esta técnica pode ser usada para tratamento da parte artromuscular. Em atletas. desde crianças até idosos. Acesso em: 17 ago.blogspot. Acesso em: 15 ago. 2012. tendo sua eficácia comprovada por diversos esportistas tratados nas várias academias.com. Mesmo apresentando tal eficácia e ter boa aceitação dentre os profissionais da área da saúde.scribd. pode lavar o local sem problemas. Como surgiu o Spiral Taping. Disponível em: http://www. Milton. Taping. 2012. desvendando assim outras técnicas de aplicação. CUNHA. 9. Acesso em: 16 ago. Disponível em: http://www.bancodesaude. 2012. CANTO. Bi-Digital O-Ring Test – Teste do Anel Bi-Digital. 2012. CORREIA JUNIOR. Qualquer pessoa pode se beneficiar desta técnica. O paciente fica com os movimentos livres e. Técnica do Esparadrapo (Therapeutic Taping. O tempo ideal de permanência das fitas é de três dias e após esse período.massagem. Acesso em: 20 ago.br. Acesso em: 15 ago.net. 2012. pois sua pele é muito sensível.ambbdort.com. Conclusão A esparadrapoterapia é uma técnica recente que vem surpreendendo profissionais da área da saúde e da Medicina tradicional Chinesa com resultados positivos e imediatos. Ano VI . Acesso em: 16 ago. melhorando desempenho esportivo e para regularizar o fluxo energético do corpo colocando pedaços de esparadrapo em linhas de meridiano. Disponível em: www. . Concurso e fisioterapia.br. CARACIKI. Por isso. 2012.Agosto/Setembro de 2012. 2012. AZEVEDO.11 A spiral taping é aplicada duas vezes por semana. Disponível em: http://spiralle. o Spiral Taping mostrou-se um excelente método de tratamento. necessita de estudos mais aprofundados. a pessoa deverá retornar à clínica para ser reavaliada pelo terapeuta. sugere-se que novos estudos sejam realizados com vistas ao aumento da quantidade de material adesivo colocado e na avaliação de outras regiões do corpo.blogspot.Um Novo Conceito em Terapia. Spiral taping.concursoefisioterapia. Acesso em: 13 ago. Referências ASSOCIAÇÃO Médica Brasileira de BDORT. Spiral Taping.com. depois de duas horas. Abigail Muniz. por ser nova. Spiral Esparadrapoterapia). Disponível em: http://www. exceto bebês.com/. o spiral taping é uma terapia que. Disponível em: http://pt. Técnica do Esparadrapo.com/doc/28416438/SPIRALTAPING-Autor-Paulo-Alexandre-Azevedo.com. Podendo ser aplicada de forma multiprofissional. Acesso em: 20 ago. Acupuntura Japonesa.aumentando seu espectro de ação tanto na medicina ocidental como na Tradicional Chinesa.br. Spiral Taping .terapiadecaminhos. Miriam Conde. Disponível em: http://cunhaharikyu-in.

fisioterapeutasplugadas. Sociedade de Estudos e Pesquisas da Acupuntura Clássica http://www.C. Isabel Cristina Moraes et al. IMES. 1998. Jessel TM.866(1-2):178-87. Acesso em: 20 de agosto 2012. 2007.866(1-2):178-87. Disponível em: http://www. Sistema de Gerenciamento de Conferências (OCS). Rio de Janeiro: EDIBTED. S.br.25:102-7.br. KAKUDA N. Tactile directional sensibility : Peripheral neural mechanisms in man. 2012. Tactile directional sensibility : Peripheral neural mechanisms in man. M.tripod.com. KAKUDA N. O uso da Técnica do Esparadrapo (Spiral Tape) sobre os distúrbios Osteomusculares. Barueri: Manole. R Enferm UERJ 2003. PROESA. Ann Neurosci 1976.Instituto Mineiro de Estudos Sistêmicos.1:381-5 GOMES. Acesso em: 20 ago. Disponível em: http://proesa.br. Acesso em: 20 ago.ifal.Programa de Exercício e Saúde. Disponível em: . TANAKA. Brain Res 2000.br. Disponível em: http://connepi.sepaccbrasil. Acesso em: 15 de agosto 2012.com. Marcos Guimarães. 2003.com. O que é spiral taping. Disponível em: Spiral Taping do Brasil. 11:182-7. HADDAD.http://search. Acesso em: 15 ago 2012.com. Princípios de Neurociência. Biomechanical eff ectiveness of taping the A2 pulley in rock climbers.facenf.br. 4a ed. Tapping terapia: abordagens e métodos no processo de reabilitação de lesões. J Hand Surg 2000.Terapia do esparadrapo.12 GRANDORI F. 3 ed. 2012.br/2. Brain Res 2000. Schwartz JH.uerj. WESSBERG J. Acesso em: 23 ago. 2012. Spiral taping.com. Chinesa. Mecanismos de ação da Terapia do Esparadrapo. Dutra.grupooriental. Spiral Taping. V CONNEPI – 2010. 2012. OLAUSSON H. . Kandel RE. PEDOTTI A. Apostila de Técnicas utilizando Bandagem e Esparadrapo como Terapia. Dutra.scribd. MANCUSO. OLAUSSON H. Acesso em: 17 ago.edu. H. Carlos Roberto Serrão & Bona. Disponível em: http://www. WESSBERG J.html. Disponível em: http://www.4shared. Acesso em: 16 ago. F.com. 2012. SCHWEIZER A. C. Acupuntura com Fitas. Nobutaka. Some aspects of the excitation in a mechanoreceptor (Pacinian corpuscle). São Paulo: Spiral Taping do Brasil. Juliana Prestes. Disponível em: pt. Spiral taping.