Aula 03 – Constitucional

VI
N
C
POVO
UL
GOVERNO
O
=
TERRITÓR
N
IO
A
CI
É O VÍNCULO JURÍDICO-POLÍTICO QUEO
UM INDIVÍDUO TEM COM O ESTADO N
NACIONAL = BRASILEIRO
AL

ELEMENTOS
CONSTITUTIVOS DO
ESTADO

NACIONALID
ADE

GOZO DOS DIREITOS POLÍTICOS
(VOTAR E SER VOTADO)

CIDADANIA

NACIONALIDADE É PRESSUPOSTO DE CIDADANIA. É ATO DE
SOBERANIA ESTATAL
NACIONALID
ADE

PRIMÁRIA/INVOLUNTÁ
RIA OU ORIGINÁRIA

SECUNDÁRIA/VOLUNTÁ
RIA
DERIVADA/ADQUIRIDA

Não ocorre
manifestação de
vontade.

Ocorre manifestação
de vontade.

 Critérios de
Nacionalidade
Página 1

Da Reciprocidade . desde que não estejam a serviço Nascidos no estrangeiro. Princ. Ou que venha residir na RFB e opte após maioridade em qualquer tempo. de pai/mãe brasileira. desde que seja registrada em repartição brasileira. NACIONALIDADE POTESTATIVA ORDINÁR IA NATURALIZADOS EXTRAORDIN ÁRIA  Países de língua portuguesa (língua oficial)  01 ano ininterrupto residência no Brasil Demais estrangeiros  15 anos ininterruptos residência no Brasil  Sem condenação penal  Requerimento Princípio básico que fundamenta a naturalização Página 2  HEIMATLOS: Não possui pátria. de pai/mãe brasileira a serviço do Brasil. Jus Soli (Territorial)  Jus Sanguini (Sangue) Nasceu no território é nacional Relação sanguíneas NATOS Nascidos na RFB. ainda que de pais estrangeiros. Nascidos no estrangeiro.

Após perder a nacionalidade (o NATO) pode solicitar a naturalização.  Adquirir outra nacionalidade voluntariamente (Nato ou Naturalizado). como condição para permanência em seu território ou para exercício de direitos civis. Imposição de naturalização. pela norma estrangeira.  Pedido de nacionalidade é discricionário ao Chefe do Poder Executivo. CARGOS PRIVATIVOS DE BRASILEIRO   PERDA DA NASCIONALIDADE (NATO E NATURALIZADO) Cancelada naturalização  STJ  Virtude de atividade nociva ao interesse nacional. SALVO:    REPÚBLICA E VICE CÂMARA DOS DEPUTADOS SENADO MINISTRO STF ESTADO DE DEFESA S CARREIRA DIPLOMÁTICA OFICIAL DAS FORÇAS ARMADAS PRESIDEN TE Reconhecimento de nacionalidade originária pela lei estrangeira. Página 3  Bandeira   Hino  Selo Nacional  Armas . Sendo negado não pode recorrer.

 Símbolos da República Federativa do Brasil: Página 4 .

. PASSIVA DIREITOS POLÍTICOS POSITIVOS (1ª DIMENSÃO – LIBERDADE)  AÇÃO POPULAR  INICIATIVA POPULAR  ORGANIZAÇÃO E PARTICIPAÇÃO EM PARTIDOS POLÍTICOS Página 5  Só cidadão pode propor.  Direito de ser votado. SUFRÁGIO UNIVERSAL  ALISTABILIDADE / CAPACITDADE ELEITORAL ATIVA  ELEGIBILIDADE /  CAPACITDADE ELEITORAL  Votar e ser votado.  Português pode ter título de eleitor. plebiscito e referendos.  Direito de Votar em eleições.  Escrutínio: Forma de exercer o direito.  Voto: Exercício do Sufrágio.

SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS  Cancelamento da naturalização  STJ Página 6  Recusa de cumprir obrigação ou prestação alternativa (Escusa de Consciência)  Improbidade Administrativa. PERDA DOS DIREITOS DIREITOS POLÍTICOS NEGATIVOS  SUSPENSÃO DOS DIREITOS  INEGIBILIDADE  É vedada a CASSAÇÃO de Direitos Políticos PERDA DOS DIREITOS POLÍTICOS  Incapacidade civil absoluta.  Condenação criminal  STJ  enquanto durar os efeitos. .